segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Pronunciamento do governador não foi para o NDG



Pronunciamento do governador não foi para o NDG

A menos que quisesse reconhecer que precisa pagar o piso, era natural que o governo de Minas tentasse manter uma coerência dentro da incoerente postura que vem assumindo desde o início da greve dos educadores.

Passados 83 dias de greve, quando o governo já poderia ter dado uma solução para o principal, legítimo e legal pleito dos educadores - o piso salarial -, o que o governo de Minas poderia dizer, caso não quisesse pagar este piso? Nada.

Por isso, o discurso do governador foi dirigido para o público externo e também para aqueles que ainda continuam em sala de aula. Não foi um discurso voltado para quem está na luta, para os combativos guerreiros que enfrentam chuva, sol, frio, estrada, fome, tudo. Estes (nós) só têm ouvidos para um discurso, direto e reto: vou cumprir a lei e pagar o piso.

O governo sabe disso e por isso, como quer reduzir ao máximo o impacto de propostas indecentes que possa apresentar, investe no entorno da greve, na periferia dela. Promete que vai investir no subsídio, para conter quem quis permanecer neste sistema; diz que já paga até mais do que o piso através do subsídio - uma incoerência sem tamanho, já que ao mesmo tempo diz que o estado não tem dinheiro para pagar o piso. E para não parecer redundante, diz que o sindicato apresentou proposta com 300% de reajuste - estava se referindo, no caso, aos R$ 1.597,00. Claro que não interessava dizer que o sindicato flexibilizou e aceitou o piso do MEC de R$ 1.187,00 - até mesmo o proporcional! -, pois isso desmentiria a acusação de que o sindicato está intransigente.

Para o público externo, o governo quer passar a ideia de que está aberto às negociações, apesar da dita intransigência do sindicato. Há neste lance, uma tentativa de jogar a população contra a greve, como se o governo quisesse negociar; como se o governo tivesse até apresentado proposta de aumento e aprimoramento do subsídio, mas nós estaríamos em greve por conta de interesses outros.

O governo aposta no trabalho de imprensa de alguns jornalecos como aquele que se autodeclara "o grande jornal dos mineiros". Mas, desconhece a força que hoje alcançou a Internet, para combater e desfazer essas manobras.

Ao pedir a intermediação do MP, o governo quer fazer parecer que existe um impasse em torno de meros pontos de vista diferentes, e que um terceiro órgão poderia ajudar a solucionar este impasse. Não iria o governo admitir que o que existe de fato é uma lei federal, e uma determinação do STF, e que o governo não cumpre, apenas isso, e nada mais.

E para completar o quadro o governo advertiu: há uma crise econômica aí fora... é preciso olhar os limites da lei de responsabilidade fiscal... e as finanças do estado... O estranho, membros do NDG, é que estes argumentos servem apenas quando tratam de pagar os nossos salários! Ninguém lembra destes pretextos para os gastos com a Copa do Mundo, para os gastos com obras faraônicas, com os juros de bancos, com os salários dos deputados e da alta hierarquia do governo, com as contratações através de leis delegadas de centenas de cabos eleitorais do governo, etc., etc., etc.

O único recado dirigido especificamente para o NDG (Núcelo Duro da Greve) foi quando disse que buscaria negociar uma solução intermediada pelo MP. O governo já deve ter percebido que o papo conosco é: PISO implantado nos nossos contracheques enquanto vencimento básico. Nada de subsídio, nem de escalonamento e muito menos de retirada dos nossos direitos adquiridos - as gratificações, que o governo chama maldosamente de penduricalhos.

Que ele venha com uma proposta concreta para quem está em greve, nos termos em que temos mencionado. Do contrário, a greve vai prosseguir e pode se alastrar, já que o discurso do governo a cada dia perde mais substância e apoio de outros setores da comunidade.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a vitória!

***

222 comentários:

  1. Oi Euler....
    Mais uma vez você se superou. Você faz análises belíssimas, e isto aumenta a nossa auto estima que de vez enquando vai lá para baixo. Vamos aguardar os próximos passos desta novela. Abraços mil....

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo comandante Euler, greve até que nos paguem o Piso. E mais uma vez parabéns pela sua colocação.
    Abraço a todos os bravos que estão na luta.

    ResponderExcluir
  3. Argh!
    Essa palavra exprime o que sinto ao ouvir a voz do desgovernador. Ele pensa que o NDG é o quê?
    Ops!! É melhor que ele não saiba mesmo. Assim ele mete os pés pelas mãos. E só nos junta cada vez mais. E vejam bem, o q foi construído até não agora entre nós só tem que SER FORTALECIDO;
    Uma aluna do EJA me ligou falando q não vai mais as tais aulas dos poucos tampões. O que um deles falou: ESTAVA A TOA MESMO! e O GOVERNO VAI NOS PAGAR ATÉ 31 DE DEZEMBRO. E além do mais seus professores não querem voltar.
    Observe o discurso. Essa é a educação que o governo de Minas quer oferecer. Lógico que pra ele, o governo, esse profissional sei lá de que área, é o que SERVE. Colabora perfeitamente com o plano de um político ELITISTA. " O pobre? Educação de qualidade???" Esse deve ser o pensamento que povoa a cabeça da maioria dos políticos desse país. Queridos, se não lutarmos com UNHAS E DENTES agora...JÁ ERA educação!!!
    Está por um fio!!

    ResponderExcluir
  4. Com certeza. companheiro Euler! Agora mais do que nunca não podemos desanimar, por mais difícil que pareça. Está na hora de arranjarmos forças para lutar contra esse "bandido de colarinho branco". Abraços!!!!

    ResponderExcluir
  5. Realmente, já é uma novela essa história do governo dizer que já paga mais que o piso. Pena que ele é bem menos original que os autores de novelas ( mexicanas , no caso).

    ResponderExcluir
  6. RECADO PARA O PROF EULER

    Pronunciamento do governador não foi para o NDG

    Pois é, Prof Euler... a situação ficando complicada pra nós... até quando quem está na greve desde o início vai conseguir sustentar esse movimento por mais tempo? (estamos sem salário)
    Acho que a única coisa que pode sustentar o movimento por mais tempo seria a ADESÃO de quem continua em sala de aula. Por isso o Sindicato deveria fazer uma CAMPANHA/APELO aos que ainda estão trabalhando para se juntarem a nós.
    Sem essa demonstração de força para o governo acho que corremos o risco de morrer na praia.
    Eu resisto de greve o tempo que for necessário; mas esse é um movimento de massa não é mesmo?

    ResponderExcluir
  7. Como dizia Tim Maia: "Só no Brasil puta goza, traficante cheira..." e, como eu esqueci o 3º item, complemento: Ministério Público intermedia. Promotores, cumpram sua função: Denuniciem o governo por não cumprimento da lei do piso.

    Abs.

    Ricardo.

    ResponderExcluir
  8. Não devemos nos esquecer que o governo após ou durante e aplicação do piso também deverá negociar a fixação do tempo mínimo de 1/3 da jornada para as atividades extra classe, resumindo: cargo de 16 aulas ou extenção de jornada devidamente remunerada .

    ResponderExcluir
  9. As vezes nossos discursos em sala de aula parecem incoerentes com a realidade social. Quando buscamos formar cidadãos conscientes, com opinião formada e verdadeiros agentes ativos na sociedade e vemos um desrespeito a sociedade de forma tao descabida com descumprimento de lei e desvalorizaçao dos profissinais que ainda sao a pequena parcela que acredita num pais melhor para todos.

    ResponderExcluir
  10. Caro Euler,
    Mais um capitulo de anastamalvadeza e suas amiguinhas.
    Tem condicão de um Governador vir a público e falar tantas bobagens em 9 minutos?
    Pagar 13, no quinto dia, nós tratar respeitosamente.Cade a novidade? alias, cade o respeito?( corte de pagamento, 83 dias sem negociar) respeito demais pro meu gosto .
    Também acho que se chamou o sindicato pra negociar agora, é sobre o piso.Se o papo de subsidio aparecer, a Bia tem que levantar e deixar claro pela centésima vez( ou talvez ela precise dos lápis de cor)que so negocia o piso. E pode ser até proporcional.
    Fiquei com uma dúvida, se só ele falou, porque levar a tropa de choque?
    Que medo de responder a perguntas não? pronunciamento e não uma entrevista coletiva... Isto me passa desconhecimento, descaso, falta de compromisso, pra não dizer outra coisa...
    Minas está mudando. e se Deus quiser, saímos dessa greve mais politizados, compromissados,mais espertos com esse governo e muito mais solidários.Sinto que essa luta, fortaleceu e nos deu uma nova conciëncia de classe.
    Saímos maiores e melhores. O governo perdeu a chance histórica e se apequenou.
    O POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO.
    Ashley

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde Euler,
    Acabo de saber que a escola DR. GUILHERMINO DE OLIVEIRA, DE INHAPIM aderiu ao movimento. Estará parada a partir de amanhã. Valeu colegas!
    Estaremos firmes na luta até a vitória, com o pagamento do piso. "Se DEUS é por nós, quem será contra nós?"

    ResponderExcluir
  12. Sindicato e pais criticam reforço para alunos da rede estadual pela TV


    Cristiane Silva
    Publicação: 29/08/2011 17:32 Atualização: 29/08/2011 17:52
    O anuncio feito pelo governo de Minas na manhã desta segunda-feira de que os alunos do Ensino Médio receberão aulas de reforço pela Rede Minas não agradou o sindicato dos professores estaduais nem os pais dos alunos, longe das salas de aula há 83 dias.

    Pela primeira vez desde o início da paralisação, o governador falou sobre o movimento. Além de reforçar que o governo está aberto a negociações com o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE), Anastasia anunciou que aulas telelevisionadas serão transmitidas para amenizar os prejuízos aos alunos sem classes desde 8 de junho.

    Para a coordenadora do Sind-UTE, Beatriz Cerqueira, as aulas pela televisão não vão resolver o problema, mas sim o pagamento do piso salarial aos profissionais. “Aulas pela TV não substituem o professor. O governo deveria cumprir a lei federal para que houvesse o fim da greve. Segundo o governador, a adesão à paralisação é de apenas 20%. Nós afirmamos que é de 50% e o estado tenta minimizar o movimento. Se a adesão fosse tão baixa, não haveria necessidade de aulas de reforço pela televisão”, afirma a sindicalista.

    O presidente da Federação das Associações de Pais e Alunos das Escolas Públicas de Minas (Fapaemg), Mário de Assis, também não acredita que as aulas de reforço vão ser suficientes. “É uma boa iniciativa do governo, é o que lhe cabe. Acho que a internet teria até um alcance maior. Mas os jovens não vão largar a vida rotineira, os barzinhos ou o trabalho para assistir televisão. Eles precisam voltar para a escola. Sempre temi que um dia a sala de aula acabasse para ser substituída pelo telensino”, lamenta.

    O governo ainda está analisando de que forma o reforço virtual será transmitido pela TV, desde o formato dos programas à grade de horários. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Educação (SEE), a Rede Minas será utilizada por causa de sua abrangência no estado. Equipes da Secretaria da Educação Básica estão reunidas nesta segunda-feira discutindo ajustes pedagógicos relacionados às aulas. A expectativa é de que elas comecem ainda no mês de setembro.
    Erica

    ResponderExcluir
  13. Caro Euler,
    Foi colocado hoje no site da educação uma matéria sobre o pronunciamento do "bandido de colarinho branco". Tudo da maneira perversa e mentirosa que todo mundo sabe, horrível, horrível! Sem comentários.......

    ResponderExcluir
  14. Também sinto que nosso barco tá fazendo água.Eu gosto da Bia mas,Me sinto indefesa já que o sindicato não se mostra.Deveriam ser mais didáticos.Explicar com mais clareza cada nova vileza destes pútridos.Para mim o sindicato tem a cara da Bia mas, sei que não é o suficiente.

    ResponderExcluir
  15. Euler e companheiros,
    Decidi que, em nome da LRF ( lei de responsabilidade das minhas filhas ), não vou mais pagar impostos. Afinal, tenho que ter responsabilidade com elas e comprar o que elas precisam. Além disso, vou pagar apenas o que for mesmo gasto em água e luz, nada de taxas de incêndio, de esgoto, de luz pública.
    E tenho dito!!!!!!!!!!!
    Affff, se desse certo!

    ResponderExcluir
  16. Ato Público em favor do Piso Salarial da Educação e pela qualidade da Educação Pública
    Data: 30/8 (terça-feira), às 14 horas,
    Local: Praça Louis Ensch, em Cel. Fabriciano
    Vamos denunciar que Minas paga Piso Salarial de 369,00 ao educador.
    Nossa luta é pelo Piso! E quem luta, além de educar, conquista!
    Participe! Demonstre sua indignação!
    Haverá ônibus saindo da Subsede de Ipatinga, às 13h15. Ligue ou envie email. 38222640 - sinduteipatinga@hotmail.com

    ResponderExcluir
  17. Concordo com a colega anônimo 17:41, é impressindível que os colegas que estão em sala de aula AINDA se manisfestem dando total apoio ao colegas de luta, afinal o piso é para TODOS!
    CONSELHEIRO lAFAIETE

    ResponderExcluir
  18. FORÇA COMPANHEIROS!!!!!!!!!!!!!
    PISO JÀ.

    ResponderExcluir
  19. Caríssimo Euler. o Estado de Minas precisa passar urgentemente por uma intervenção. É inadmissível termos como representante maior um governado desprovido de faculdades mentais sadias, já que é claro e notório a falta de lucidez desse senhor. Camisa de força para esse mau-caráter.

    ResponderExcluir
  20. Caro Euler,

    Em Paracatu duas escolas aderiram à greve hoje, e os professores estão visitando as outras que ainda não pararam, vamos mostrar para esse governador que podemos nos tornar ainda mais fortes.
    Obrigado à vocês do NDG.

    ResponderExcluir
  21. Nem me preocupo com piso mais, quero só ver o que Naná vai fazer com o 1/3 extra classe.

    Jornada de 16 aulas? Vai pagar as extensões? Vamos ver as cenas dos próximos capítulos.

    ResponderExcluir
  22. 7 é conta de mentiroso.
    1-não negocio com grevista.
    2-Já pago mais que o Piso no subsidio.
    3-Vou pagar o Piso para os 153,0000
    4-Vou pagar o Piso escanolado.
    5-NãO posso ferir a LRF.
    6-Não posso pagar o Piso porque o mundo está em crise.
    7-Estou aberto a negociações com o sindUte.
    Êta governo mentiroso....
    Mas não desanimem, mentira tem perna curta.
    E a população já sabe quem está mentindo.

    ResponderExcluir
  23. Isabel Assumpção - Manhuaçu29 de agosto de 2011 19:06

    Euler,

    Cada comentário seu é um bálsamo para nossos ânimos. Ninguém em sã consciência pode ainda acreditar nesse desgoverno. Vamos até o fim e com a Graça de Deus conseguiremos mudar a história da educação em Minas e tomara Deus que em todo o país pois nós, brasileiros que fazemos essa nação merecemos dias melhores. FORÇA, UNIDADE e PAZ. "Saudações aos que têm coragem"!!! Até a vitória.
    P.S.: tá todo mundo ficando viciado no NDG...rsrsrssrrs.
    Grande abraço.
    Isabel

    ResponderExcluir
  24. GOVERNO DESMERECE OS PROFESSORES GREVISTAS.

    COLOCAM-NOS COMO SE NÃO TIVÉSSEMOS A MÍNIMA IMPORTÂNCIA.

    MOSTRAM A MÃO PESADA E IMPIEDOSA DO GOVERNO.

    ELES NÃO QUEREM NEGOCIAÇÃO NENHUMA.

    ELES NÃO TÊM COMPROMISSO NENHUM COM A EDUCAÇÃO.

    QUEREM NOS VENCER PELO CANSAÇO.

    QUEREM JOGAR A CULPA NAS NOSSAS COSTAS.

    POR ISTO,

    NDG, VAMOS LEVANTAR ESTA GREVE,

    VAMOS INJETAR ÂNIMO NO PESSOAL,

    VAMOS FAZER O BRASIL NOS OUVIR.

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    VAMOS CONVIDAR A TODOS PROFESSORES PARA VIREM EM BH, DIA 31/08/11.

    VAMOS FAZER TREMER ESTE CHÃO.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  25. Sei que a nossa vitória está próxima. força e coragem a todos. juliana montes claros

    ResponderExcluir
  26. PRESADO EULER E COLEGAS PROFESSORES:

    ESPERO SINCERAMENTE QUE OS DEFENSORES DA LEGALIDADE DESTE BLOG PASSEM TAMBÉM A COBRAR O FIM DA LEI 100. POIS MILHARES DE PROFESSORES VIVEM NA ILEGALIDADE! SOU DESIGNADO (ESTIVE FIRME EM TODA GREVE) E JAMAIS TEREI DIREITO AO PISO. MESMO SE EU PASSAR NO PRÓXIMO CONCURSO ESTAREI DE FORA DA LEI PISO, E AÍ IREI RECORRER AO NÚCLEO DURO DA GREVE.

    ResponderExcluir
  27. sUGSTÃO, LEIAM VALE A PENA!!!!
    Apesar do calor, recebi a sugestão por e-mail de que no dia 31 deveríamos TODOS DE ROUPAS PRETAS EM LUTO PELA EDUCAÇÃO, se o fizessemos com certeza chamariamso a atenção da mídia.
    Sou profossor da rede particular pela manhã e irei trabalhar de preto onde irei a assembleia a tarde de preto (sou efetivo no noturno e estou de greve desde 8 de junho).

    ResponderExcluir
  28. Há uma enquete no site do senado pesquisando a opinião publica sobre um projeto de lei que vai colocar corrupção no rol dos crimes hediondos.

    Vamos convocar os amigos internautas para uma avalanche a favor da tipificacao da corrupção como crime hediondo?

    Acesse o link abaixo e a enquete está na barra do lado direito na

    http://www.senado.gov.br/noticias/principal.aspx

    ResponderExcluir
  29. Certa vez, vi um comentário que dizia que a sociedade brasileira vive bestializada diante de tanta criminalidade, corrupção, etc. A sociedade inerte, até critica, comenta, mas nada faz para que algo mude. O motivo de tanta corrupção, chegou-se à conclusão, é motivado pelo simples fato de que o povo brasileiro, uma boa parte, diz que se chegasse a algum cargo público, faria o mesmo, pois afinal todos roubam e nada se faz para coibí-los, no Brasil tudo pode!. Ocorre-me então um pensamento: Se a corrupçao já não ofende tanto o povo, tendo em vista que o melhor é levar vantagem em tudo, por qual motivo a sociedade mineira iria se estarrecer e cobrar o governo por descumprir uma Lei Federal? Temos visto a população reclamar do trânsito, reclamar dos professores, reclamar que seus filhos estão sem aulas, etc. Percebe-se então, que a maioria olha somente para o seu problema, o governo pode ser fora da Lei, descumprir uma ordem federal que está tudo bem. Não importa se seus filhos, a sociedade em geral, vê aqueles que deveriam cumprir a Lei,descumprirem. O que importa é o problema pessoal de cada um. Corrupção, criminalidade, governo fora da Lei? To nem aí, to nem aí, To nem aí, logo logo, vem Natal, carnaval, copa de 2014 é tudo beleza, Viva Anastasia, Viva PSDB! e a imprensa?? amém.amém.amém

    ResponderExcluir
  30. boa noite, Euler...lamentavel ainda termos professores trabalhando como se nada tivesse acontecendo. Sou de ouro preto e trabalho em uma escola do distrito em que poucos professores aderiram a greve. No turno da manha os alunos nao estao indo, otimo!!! No turno da tarde alguns "fura greve" convencem os alunos a irem normalmente, sujeirada mesmo!!! No turno da noite poucos alunos estao indo a aula e os que estao indo ja disseram que nao esta tendo aula direito, ate aula de 30 minutos tiveram para irem embora cedo, brincadeira ne? Quando nossa luta terminar, com vitoria, esses pelegos serao os primeiros a buscar o pagamento no quinto dia util, tenho certeza absoluta! Desculpem o desabafo, mas estava precisando dividir com todos a triste realidade educacional que enfrento e acho que nao voltarei a mesma para a minha escola.
    Que DEUS nos proteja sempre!!!!

    ResponderExcluir
  31. Aqui no sul de minas mais duas cidades entram na greve , eu to falando... o nosso movimento ta crescendo rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  32. Euler,
    Boa noite!
    Você já viu a Assembléia sessão de sábado falando da falência de Minas Gerais.Alguns deputados defenderam a implantação do Piso, ainda estou lendo...


    Aparecida

    ResponderExcluir
  33. Euler...estamos muito próximos da vitória, percebi isso quando eu vi o MGTV agora a noite. Pela primeira vez eles colocaram a fala do governador e em seguida a fala da Beatriz contestando tudo o que o governador afirmava. A mídia comprada mineira mostrou na reportagem de hoje o que já devia ter sido mostrado desde o início da nossa greve...quem está falando a verdade!!
    Até a vitória e força na luta!!!!Erica

    ResponderExcluir
  34. O que mais me mata é ler por alguns meios de comunicação que a decisão do STF não muda em nada a postura do governo.Se o Brasil fosse um país serio esse governador já seria obrigado a pagar o piso para pelo menos os 38% que estão na carreira antiga e depois para os demais.
    O governo quer que os educadores fiquem refém dele e não ele fique refém da lei do piso.
    Se o governo tivesse interesse de valorizar os educadores através do subsídio no mínimo deveria propor que o aumento anual do subsídio fosse o igual ao aumento anual do piso( se o piso sobe 20% o subsídio sobe 20%)progressões de 2 em 2 anos sem retorno de letra em caso de promoção e não de 3 em 3, aumento da porcentagem da progressão e da promoção, promoção anual ou pelo menos de 2 em 2 anos e não a cada 5 anos.
    O que leva uma pessoa hoje ser professor do com esse subsídio? o cara passa no concurso, depois de 3 anos tem um aumento de 2,5% e se tiver pós graduação tem que esperar 8 anos para ser promovido para ganhar 10% a mais.

    ResponderExcluir
  35. Na verdade, o discurso do governo é dirigido para quem optou ficar no subsídio! Só fala em melhorias neste sistema! Insiste em dizer que, daqui pra frente, esta será a forma de remuneração para quem ingressar na rede estadual de ensino em MG. Volto a dizer, o governo nunca fala do assunto que realmente nos interessa e que é o motivo da nossa Greve, ou seja, o CUMPRIMENTO DA LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL! Conclui-se que, até hoje, o governo não se interessou em acabar com a nossa greve, uma vez que para isto acontecer, bastaria PAGAR O PISO SALARIAL NO VENCIMENTO BÁSICO. O pronunciamento feito por ele hoje, é VAZIO, cheio de LOROTAS E MENTIRAS... PISO SALARIAL NO VENCIMENTO BÁSICO (NO CONTRACHEQUE) E FIM DE GREVE!!! UM FORTE ABRAÇO.

    ResponderExcluir
  36. E eu, que tinha pensado que a piada do dia havia sido o "pronunciamento" do Desgoverno, fui pego de calças curtas e quase tive um enfarto de tanto rir!

    Olha a lastima que serão as milagrosas aulas televisionadas que vao preparar os alunos para o Enem!

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!

    Leiam o link:

    http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/educacao/37147-estudantes-mineiros-ganham-mais-um-instrumento-na-preparacao-para-o-enem-estudantes-mineiros-ganham-mais-um-instrumento-na-preparacao-para-o-enem

    ResponderExcluir
  37. Jornal MG TV 2ª edição:
    http://g1.globo.com/videos/minas-gerais/v/governo-diz-que-vai-pedir-mp-para-intermediar-negociacao-com-professores/1612899/#/MGTV 2/20110829/page/1

    agora essa fala dessa jornalecazinha ai no final é triste viuuu?

    ResponderExcluir
  38. Qual é a instituição no Estado ou no País que tem a responsabilidade de fazer com que as leis votadas, sacramentadas, promulgadas, não sei mais o quê sejam cumpridas? Penso que adormeci durante alguns dias (83), acordei e tudo mudou. Não colocaram nenhum substituto ainda para o MPE? Qual é a função atual do MPE?
    Desculpem-me a ignorância.

    ResponderExcluir
  39. Pessoal,
    Leiam a reportagem completa, publicada hoje, no jornal O TEMPO. Só retomando: depois fala-se em LRF!

    Evolução.O reajuste da remuneração dos congressistas é superior ao dobro do de categorias organizadas

    Salário de deputado e senador cresceu 222% em dez anos

    O aumento é 20 pontos percentuais maior que o do salário mínimo

    Publicado no Jornal O TEMPO em 29/08/2011
    CRISTIANO MARTINS

    ResponderExcluir
  40. Publicado no jornal O TEMPO, dia 29/08/11

    Salário de deputado e senador cresceu 222% em dez anos
    [...]
    Benefícios sem fim
    Além do salário, os congressistas contam ainda, todo mês, com os seguintes benefícios:
    - Verba indenizatória de até R$ 15 mil
    - Verba para transporte aéreo de até R$ 27 mil
    - Cota de até R$ 1.000 para telefone fixo e ilimitada para celular
    - Auxílio-moradia no valor de R$ 3.800
    - Verba de R$ 520 para a compra de combustível
    - "Cotão" de até R$ 35, 5 mil para custear fretamento de aeronaves, combustível, assinaturas de publicações, entre outros gastos.
    *Fonte: Site Congresso em Foco, com base em dados da Câmara, do Senado e da ONG Transparência Brasil

    E NÃO SE PODE PAGAR UM MÍSERO PISO SALARIAL AOS PROFESSORES CUJO VALOR É DE 1.187,00 POR CAUSA DA LRF?! CONTA ESTA PRA OUTRO.

    Os "de cima" NÃO querem é perder as mordomias. Então, estão tramando CONTRA NÓS.

    QUEREMOS O QUE É NOSSO POR DIREITO! QUEREMOS O CUMPRIMENTO, IMEDIATO, DA LEI FEDERAL 11.738/08! QUEREMOS O PISO SALARIAL NO VENCIMENTO BÁSICO!

    ResponderExcluir
  41. OLÁ CARO EULER - CONCORDO PLENAMENTE COM A SUA ADJETIVAÇÃO - NÓS QUE AINDA ESTAMOS EM SALA DE AULA, SOMOS TRAÍDORES DA CLASSE. INFELIZMENTE, RECONHEÇO, E SINTO-ME MAL - MAS, AQUI NO ALTO RIO PARDO - SÃO JOÃO DO PARAÍSO - NORTÃO DE MINAS - SERTÃO DA IGNORÂNCIA - NÓS (OITO), FIZEMOS UNS 05 DIAS DE GREVE - FOMOS DESPREZADOS, DISCRIMINADOS - TEVE UM PROFESSOR, QUE EXIBIU UM CONTRA-CHEQUE, DISSE QUE NÓS GANHAMOS BEM - COLOCOU MINHOCA NA CABEÇA DOS ALUNOS. AQUI, ELES USAM A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO PARA PERSEGUIR OS QUE NÃO ACEITAM SER MEDÍOCRES - CARO COMPANHEIRO EULER - AQUI, A MENTALIDADE É TUCANA - A MAIORIA (DOS PROFESSORES )VOTARAM NO DEPUTADO ARLEN SANTIAGO, ELE É DA BASE DO GOVERNO - NÃO PRECISO FALAR MAIS NADA

    ResponderExcluir
  42. Boa noite, amigos e companheiros de luta!!!

    Então, agora vamos ser substituídos pela TV Minas??? Que coisa ridícula, não???

    Só nos faltava isso! Primeiro professor tampão, agora rede de televisão! (Oopa, deu rima!! kkk³³)

    O Desgovernador anda bem confuso.. ou tem a intenção de confundir a tds? Primeiro diz q paga além do Piso, depois diz que Minas não tem recursos p/ pagar o Piso... Diz que está aberto à negociação, mas não dá o ar da graça e o pior, não apresenta a resposta que queremos, simples assim: Vou pagar o Piso a que vcs têm direito!
    Diz estar preocupado com os alunos sem aula.. Não resolve.. Nos ignora e ainda diz q somos só 10% em greve... Coisa estranha, não???

    10% incomodando tanto?

    Agora a questão é: Educação é coisa séria e sabemos q não é interesse dessse governo investir seriamente nela, nós educadores temos aqui um papel preponderante... o de formar os alunos de modo que tenham condições de pleno desenvolvimento de seu senso crítico, de sua autonomia, capacidd de pensar, estabelecer relações e acima de tudo... capacidd de ler as entrelinhas, compreender a realidd em q estão inseridos e traçar melhores rumos a esse Estado e consequentemente a esse País.

    Nessa sociedd neoliberal, em que o Ter sobressai ao Ser.. Em q o individualismo, a falta de ética, a desonestidd são apectos tão banalizados, tratados como "normais" nadamos contra a corrente, qdo apresentamos outros valores, qdo assumimos a Educação de maneira plena e responsável!

    Nós professores, temos esse compromisso... O da transformação da nossa prática, através do exercício da democracia, da capacidd de discussão e tendo objs claros a respeito da SOCIEDD QUE QUEREMOS.

    Não nos cabe a reprodução de um sistema que esmaga, excluí e individualiza!!!

    Boa noite a tds...

    Seguimos firmes na luta!!!

    Bethe (Piranguinho - Sul de Minas)

    ResponderExcluir
  43. Leiam a reportagem abaixo, publicada hoje, no jornal O TEMPO.

    Parlamentares lutam na Justiça por vencimento superior ao teto

    Parlamentares e servidores do Congresso vêm brigando na Justiça para garantir os salários superiores ao teto de R$ 26,7 mil. Duas decisões contraditórias marcaram os últimos rounds dessa luta.
    Em relação à Câmara, a desembargadora Mônica Sifuentes, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª. Região, rejeitou um recurso da União contra a decisão que já havia vedado os supersalários. Ela entendeu que os servidores podem receber hora extra, desde que o total não ultrapasse o teto.
    Já para o Senado, o presidente do TRF, Olindo Menezes, liberou os supersalários. Segundo ele, o corte dos pagamentos afetaria repentinamente o planejamento econômico de centenas de servidores. O presidente da Casa, José Sarney, é um dos beneficiados. (CM)

    Gente,
    A reportagem acima é um verdadeiro absurdo! Isto não cabe denúncia? Afinal não elegemos esta corja para levarem vida de reis e rainhas...Enquanto nós LUTAMOS pelo PAGAMENTO DE UM MÍSERO PISO SALARIAL DE 1.187,00 e que cavam milhões de desculpas para NÃO NOS PAGAR. QUEREM TIRAR DE QUEM NÃO TÊM... ONDE ESTÁ A JUSTIÇA DESTE PAÍS? DESTE ESTADO? A JUSTIÇA SÓ TRABALHA A FAVOR DOS QUE ESTÃO "POR CIMA", DAQUELES QUE ESTÃO NO PODER? É, no mínimo, revoltante!

    ResponderExcluir
  44. Caro Euler

    Duas escolas da cidade de Papagaios aderiram ao movimento desde sexta-feira 26/08 : EE Renato Filgueiras e EE Diogo de Castro . As novas adesões fortalecem a nossa luta e dão apoio político ao sindicato nas negociações .

    Um abraço

    Anderson -Pará de Minas

    ResponderExcluir
  45. AVISO DE SEPULTAMENTO

    Comunicamos com enorme alegria que no dia 24/08/2011, o falecimento do Sistema Remuneratório por Subsidio.

    Local: Praça 7 - Centro da Capital
    Hora: Às 10 horas

    Contamos com presença de todos os profissionais de educação de MG e simpatizantes.

    Atenciosamente
    Sindute Floresta

    ResponderExcluir
  46. Enfim a raposa velha deu sinal de vida!!! Não foi à toa que durante o desgoverno do faraó ele era o braço direito, arquitetou o falso choque de gestão que eletrocutou a carreira de magistério em MG. Por que ele não presta contas ao MEC sobre onde tem "enfiado" os 25% da educação por aqui?
    Sabemos que onde os desgovernos mais fazem arranjos pra desviar verbas são em educação e saúde.
    Justamente o que a população carente mais precisa. Por isso fica fácil manipular "os de baixo" na época de eleições.
    Se ele diz que somente poucos professores estão parados, por que a preocupação a ponto de transmitir reforço visual pela tv? Quanta incoerência...
    Mais uma vez ele vai fazer o que puder pra enfiar esse suicídio goela abaixo dos servidores que optaram pelo piso.
    Ah! Por onde andam nossos deputados, senadores, vereadores, lideranças políticas? Até agora, pouquíssimos se manifestaram em nosso favor.
    Durante as campanhas, tapinhas nas costas; depois, pé no nosso traseiro!!!
    QUE PAÍS É ESSE?
    É A (!) DO BRASIL!!!

    ResponderExcluir
  47. OLÁ COLEGAS DE LUTA, BOA NOITE.
    ESSE PONUNCIAMENTO DO GOVERNO HOJE, NÃO PASSOU DE MAIS UM EMBRÓLIO, SO LERO, LERO. O FORA DA LEI ESTÁ SE QUEIMANDO POLITICAMENTE E CADA DIA QUE PASSA SUA IMAGEM DE POLITICA SE APAGA MAIS. EU TENHO VERGONHA DE FALAR QUE VOTEI EM UMA PESSOA ASSIM, FOI A 1º VEZ QUE VOTEI EM UM CANDIDATO DO "PSDBOSTA", ME DESCULPE A EXPRESSÃO. ESSE FORA DA LEI AGORA QUER TENTAR APENA SE ERGUER E TENTAR MELHORAR SUA IMAGEM JUNTO A OPINIÃO PÚBLICA. ESTA TENTANDO CRIAR FATO PARA QUE ISSO ACONTEÇA. COMPANHEIROS DE LUTA, VAMOS FORTALECER AINDA MAIS ESSA GREVE, NOSSO PISO ESTA PERTO DE SER PAGO E O DESGOVERNO VAI TER QUE PAGAR, ISSO É FATO E CERTO. VAMOS MANTER FORTE, UNIDOS E COM FÉ E ESPERAR PELO PISO. FIQUEM COM DEUS, NOSSA LUTA É TOTALMENTE VITORIOSA.

    ResponderExcluir
  48. Caros Colegas,

    Essa é para relaxar. Afinal, educadores de Minas também merecem serem felizes.

    http://t.co/pdEOMqN

    ResponderExcluir
  49. ANASTASIA, LEI NÃO SE NEGOCIA SE CUMPRE!

    ResponderExcluir
  50. denúncia: Na Escola Estadual Três Poderes em BH, a professora tampax está "enrolando" matemática. A coitada só sabe explicar para os alunos que não sabe matemática. Assim é fácil, né Sr. desgovernador?

    ResponderExcluir
  51. Se fosse pra NEGOCIAR, não chamaria LEI!

    ResponderExcluir
  52. Bla...bla...bla...bla...bla... " Não vou me sensibilizar com choradeiras de estados e municípios que dizem que não pode pagar..." Assim falou o Ministro, com era mesmo o nome dele? Então mais cedo ou mais tarde o governo terá que pagar, porque eu nem me sensibilizo tambèm, só quero meu Piso com meus "PENDURICALHOS" ou seja , todos os meu benificios.

    ResponderExcluir
  53. Mateus 8:23 -27 E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram. E eis que se levantou no mar tão grande tempestade que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo. Os discípulos, pois, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Salva-nos, Senhor, que estamos perecendo. Ele lhes respondeu: Por que temeis, homens de pouca fé? Então, levantando-se repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se grande bonança. E aqueles homens se maravilharam, dizendo: Que homem é este, que até os ventos e o mar lhe obedecem?
    Tendo fé meus companheiros obteremos a vitória.

    ResponderExcluir
  54. ANASTASIA,
    Aguardamos a seguinte negociação e pronunciamento: "Eu vou CUMPRIR A LEI FEDERAL 11.738/08. Vou PAGAR AOS EDUCADORES O PISO SALARIAL no vencimento básico". Viu só GOVERNADOR, como é fácil acabar com a GREVE?!!!

    ResponderExcluir
  55. Precisamos iniciar novamente uma corrente de orações, como fizemos na semana passada.Lembram-se? Na quarta, publicação do acórdão.
    Desta vez, rezando com muita fá, quem sabe o piso no contracheque?
    Vamos orar,orar,orar...Deus é maior e está do nosso lado.Concordam?

    ResponderExcluir
  56. COMISSÕES / EDUCAÇÃO
    26/08/2011 - 16h29
    Na pauta, projeto que estende a professores mesmo reajuste de senadores
    [Foto]

    Projeto dos senadores Cristovam Buarque (PDT-DF) e Pedro Simon (PMDB-RS) que estende ao Piso Salarial Profissional Nacional dos Professores o mesmo reajuste concedido anualmente aos senadores está agendado para exame na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) na próxima terça-feira (30). A relatora, senadora Ana Rita (PT-ES), apresentou substitutivo Substitutivo é quando o relator de determinada proposta introduz mudanças a ponto de alterá-la integralmente, o Regimento Interno do Senado chama este novo texto de "substitutivo". Quando é aprovado, o substitutivo precisa passar por "turno suplementar", isto é, uma nova votação. ao projeto (PLS 325/2010), com solução que considera mais compatível com a capacidade financeira de estados e municípios.

    Pela proposta da relatora, além do reajuste já previsto em lei com base na variação do valor mínimo anual por aluno, investimento a cargo de estados e municípios, o piso dos salários dos professores da rede pública da educação básica deve incorporar um adicional de um quarto do percentual do aumento obtido pelos senadores em 2011, de 61,78%. Esse acréscimo seria mantido até o piso corresponder ao dobro do valor real que tinha em 2009, de R$ 950,00. Sem considerar a inflação, seria elevar o piso até que chegasse a R$ 1.900,00.

    O projeto original associa duas regras: concede aos professores o já previsto percentual de aumento do valor mínimo por aluno, mas prevalecendo, se maior, o reajuste concedido no mesmo período aos senadores.

    Equiparação ao Supremo

    A proposta de Cristovam e Simon surgiu logo após o Congresso aprovar, em dezembro do ano passado, lei que equiparou os salários de senadores, deputados, ministros de estado, vice-presidente e presidente da Republica aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

    Os autores justificaram à época que a extensão aos professores seria uma "mínima demonstração de interesse do Senado com a educação e com a própria credibilidade". Destacaram que havia uma desigualdade substancial entre o que se pagava a um parlamentar e aos professores, com consequências consideradas desastrosas para o futuro do país.

    Em seu relatório, Ana Rita afirma que a valorização dos profissionais da educação, principalmente dos professores da educação básica, não somente preocupa como "atormenta a consciência de todos os parlamentares". Considerou ainda que não haverá qualidade na educação enquanto professores, pela baixa remuneração, "forem obrigados a múltiplas jornadas de trabalho e a duplos empregos".

    Mas ressalvou que o projeto, principalmente no que se refere a reajuste imediato de 61,78%, seria de difícil absorção, "de um só golpe", pelos orçamentos estaduais e municipais em 2011. Até porque, conforme sua análise, não seria coerente comparar o volume de despesas exigido por 81 senadores com o montante necessário para o aumento dos salários de até 2 milhões de professores.

    Se aprovado na CE, o projeto seguirá depois para a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde receberá decisão terminativaDecisão terminativa é aquela tomada por uma comissão, com valor de uma decisão do Senado. Quando tramita terminativamente, o projeto não vai a Plenário: dependendo do tipo de matéria e do resultado da votação, ele é enviado diretamente à Câmara dos Deputados, encaminhado à sanção, promulgado ou arquivado. Ele somente será votado pelo Plenário do Senado se recurso com esse objetivo, assinado por pelo menos nove senadores, for apresentado à Mesa. Após a votação do parecer da comissão, o prazo para a interposição de recurso para a apreciação da matéria no Plenário do Senado é de cinco dias úteis. .

    http://www.senado.gov.br/noticias/na-pauta-projeto-que-estende-a-professores-mesmo-reajuste-de-senadores.aspx

    ResponderExcluir
  57. No pronunciamento de hoje, o governador foi acompanhado de suas lacaias, não aceitou nenhum questionamento/perguntas por parte dos jornalistas. Será por quê? Fiquei pensando... Será que ficou com medo das palavras PISO SALARIAL? Ou das palavras LEI FEDERAL 11.738/08? Ou ainda, de como anda a Educação após a contratação dos "professores-tampão"?

    ResponderExcluir
  58. Gracieusa,

    O nome do Relator da Adin 4167: Ministro Joaquim Barbosa, justificando que o prazo de adequação do orçamento público com implantação do piso já havia exaurido; e que tal justificativa financeira orçamentária não o sensibilizava,

    É só o sr Anastásia fechar as secretarias que foram criadas, passar ir trabalhar de onibus, deixar de fazer politica barata no interior de MG,...etc..

    ResponderExcluir
  59. Concordo com o BARRETO sobre a mentalidade que impera no "Nortão de Minas" e até mais, no "Nordestão de Minas", Jequitinhonha...
    Eita, povo "despolitizado" quando se trata de unir e lutar pelos direitos.
    Também, vivemos "longe demais das capitais" e perto da falta de tudo...

    ResponderExcluir
  60. NDG, VAMOS LEVANTAR ESTA GREVE,

    VAMOS INJETAR ÂNIMO NO PESSOAL,

    VAMOS POSTAR MENSAGENS POSITIVAS E MOTIVACIONAIS.

    VAMOS FAZER O BRASIL NOS OUVIR.

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    VAMOS CONVIDAR A TODOS PROFESSORES PARA VIREM EM BH, DIA 31/08/11.

    VAMOS FAZER TREMER ESTE CHÃO.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  61. É pessoal, hoje cheguei a uma conclusão terrível.
    satanasia ou naná, para os íntimos, está com mania de deus das gerais. Vejam se não tenho razão:
    I) Convoca a imprensa mineira para lhe servir de platéia;
    II) Manda o MPE (Ministério Privativo do Executivo) agendar uma reunião com o sindicato, (será que o MPE agora está se prestando ao papel de garoto de recados?).
    III) Repete a mesma idiotice sobre o suicídio;
    IV) Leva a "sapolla" e "hiena" para servirem de enfeites (cruz-credo!) em seu palanque;
    V) Diz que já paga mais que o piso, (mas se paga mais que o piso, então vai fazer economia e não ferirá a LRF).
    Analisando essas façanhas, cheguei à conclusão de que satanasia se acha o "nero das gerais". E todo mundo sabe o que nero fez...
    É melhor o faraó ficar esperto porque senão o "nero das gerais" vai fazer o projeto 2014 dele virar "pó" (ops, será que ele vai gostar?).
    PISO NELES!!!!!!!
    Abraços a todos.
    Luiz.

    ResponderExcluir
  62. ESTAMOS VENDO O TOPO DA MONTANHA.

    PRECISAMOS DE FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    EXISTE UMA PARTE DA ESCALADA QUE EXIGE MUITA DETERMINAÇÃO.

    PARA ALCANÇAR A VITÓRIA, ALGUM SOFRIMENTO TEM QUE SER SUPORTADO.

    ESTAMOS DECIDIDOS, VAMOS VENCER ESTA GUERRA.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  63. Caros colegas,

    A postura do governador, hoje, durante o pronunciamento foi condizente com o seu projeto político.

    O governo pagará o piso! Estejamos certos disso.
    Pagará, não pelo compromisso social, mas por que a lei determina e a greve já está o prejudicando politicamente.

    Como estão no mesmo balaio, o governador só não anunciou, hoje, o pagamento do Piso, para colocar em cena o ministério público estadual, duramente criticado e também já sofrendo as consequências de sua inoperância.

    Desta forma, o governador já se colocou para a sociedade mineira como um bom administrador, preocupado com as finanças, com responsabilidade e pés no chão.

    Provavelmente amanhã, ou quarta feira pela manhã, o MPE promoverá o entendimento entre Sindicato e governo, ficando "bem na fita" com a opinião pública.

    E o que mais nos interessa: OS PROFESSORES VOLTARÃO PARA AS SALAS DE AULA COM O PISO NO BOLSO!

    Falta só um pouquinho! "Só um beicinho de pulga", como se diz no interior.

    Abraços

    Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  64. Pra gnt relembrar... pensar... discutir!!!...

    "O Analfabeto Político

    O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.
    O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais."
    Bertolt Brecht


    PRECISAMOS ALFABETIZAR NOSSOS ALUNOS DENTRO DA PERSPECTIVA DA NÃO ALIENAÇÃO!!!


    Abço a tds

    Bethe

    ResponderExcluir
  65. VAMOS FAZER O BRASIL NOS OUVIR.

    AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  66. VAMOS DENUNCIAR O MINISTÉRIO PÚBLICO NO CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

    ResponderExcluir
  67. QUERIDOS COLEGAS. NÃO SE ILUDAM.A BIA NO MGTV NADA MAIS É DO QUE UM ITEM NA RELAÇÃO DE PALHAÇADAS QUE AINDA ESTÁ POR VIR.
    DE QUALQUER FORMA ELA SE SAIU DIVINAMENTE.A BIA É ÓTIMA.

    ResponderExcluir
  68. Ola!

    Quatro estados dos que entrou com a ADI, pediu esclarecimento do acórdão, resta saber agora quanto tempo isto vai demorar, para de fato o governo nao ter argumento para questionar o pagamento do nosso piso.

    http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=2645108

    O julgamento da ADI 4631 do subsidio tem se movimentado no STF tambem, resta saber o real interesse do governo sobre ela, para garantir que vai economizar muito dim dim.

    http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?numero=4631&classe=ADI&origem=AP&recurso=0&tipoJulgamento=M

    Mas a luta pelo piso continua, tomara que saia logo, pois estamos no nosso limite. Queremos o que e de direito. Nosso tão sonhado reconhecimento da carreira.

    Jr d dias

    ResponderExcluir
  69. Amigos, sei que a greve é dura, mas para que todos aguentem firmes passem a fazer parte do Núcleo Duro da Greve. O NDG garante aprendizado, compartilha informações que muitas vezes não chega de forma correta nas escolas e que os jornais as vezes não publicam. Garante amizades verdadeiras e para sempre, pois conhecemos pessoas que lutam junto com você. Você pode ainda participar dos atos organizados pelo sindicato e pelo NDG, pois sindicato somos todos nós. E vocês que por medo ou por dinheiro aindam estão nas escolas não pensem. Pare de trabalhar e venha fazer juntos uma nova história na educação de MG. Não se anulem. Coragem. Lutem! Busquem! Conquistem!
    Amplexos, Elenice Vidal Prata

    ResponderExcluir
  70. Colegas não sei se consegui postar mas quero dizer a todos sem distinção que precisamos visualizar nosso piso em nossos contracheques.Vamos agir e usar nosso poder de pensamento pois acredito nessa enorme força que todos nós temos.A física quântica já prova isto.Vamos imaginar, desejar, visualizar recebendo, vendo nosso contracheque com o vencimento básico concedido a nós ao qual merecemos e até mais .Faço isso sempre antes de dormir..ou seja durmo imaginado o que quero.Dou asas a minha imaginação e durmo com esta imagem ..sempre vendo o final o ápice do que almejo e sempre consigo tudo..Vamos começar hoje...agora...coletivamente ..DESEJO...VISUALIZO..TENHO.
    NADA PODERÁ NOS TIRAR OS SONHOE E LES TÊM MUITA FORÇA JÁ PROVADO DIVERSAS VEZES.aBRAÇOS A TODOS E VITÓRIA...VITÓRIA...VITÓRIA....

    ResponderExcluir
  71. REUNIÃO COM O MPE PRA QUÊ? AFINAL NINGUÉM MAIS CONFIA QUE ESTE ORGÃO VÁ CUMPRIR O SEU PAPEL.

    O QUE ME DEIXA APOPLÉTICA É SABER QUE MEU FUTURO DEPENDE DESTA QUADRILHA.

    ResponderExcluir
  72. Olá Euler!
    Gostei de ver a Beatriz falar logo em seguida do dignissimo senhor que só fala que já paga o piso.
    Ela o desmentiu direitinho.
    Penso eu: se cada deputado contribuísse com 10% de seu salário,que não é pequeno, quem sabe não precisaria nem de greve?Eles tem ajuda para tudo, nós temos que viver com nosso mísero salário, sem ganhar ticket alimentação, abono família,que era de 0,24 para cada filho, que já sumiu até do contracheque e ainda nos tiram as nossas gratificações.
    Vamos deputados, estendam as mãos para o governador, quem sabe?
    A desculpa de que não pode ultrapassar a lei fiscal já é para boi dormir, não quer é assumir que os 25% da educação estão escondidinhos para a copa.Só dos educadores é que saem as verbinhas.Na novela das 7 o prefeito também tirou dos professores Até em novelas eles retratam a realidade da educação brasileira.É vergonhoso. Continuaremos em greve até o piso,Sr Governadoooooooooooooooorrrrrrrrrrrrrr.
    Até a vitória.

    ResponderExcluir
  73. RETIRADO DO SITE DO CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

    Funções do MP

    O Ministério Público (MP) é um órgão de Estado que atua na defesa da ordem jurídica e fiscaliza o cumprimento da lei no Brasil. Na Constituição de 1988, o MP está incluído nas funções essenciais à justiça e não possui vinculação funcional a qualquer dos poderes do Estado.

    Independente e autônomo, o MP tem orçamento, carreira e administração próprios. Considerado o fiscal das leis, o órgão atua como defensor do povo. É papel do MP defender o patrimônio nacional, o patrimônio público e social. O que inclui o patrimônio cultural, o meio ambiente, os direitos e interesses da coletividade, especialmente das comunidades indígenas, a família, a criança, o adolescente e o idoso.

    O MP atua também na defesa dos interesses sociais e individuais indisponíveis e no controle externo da atividade policial. Desta forma, o órgão trata da investigação de crimes, da requisição de instauração de inquéritos policiais, da promoção pela responsabilização dos culpados, do combate à tortura e aos meios ilícitos de provas, entre outras possibilidades de atuação. Os membros do MP têm liberdade de ação tanto para pedir a absolvição do réu quanto para acusá-lo.
    A organização do MP no Brasil está dividida entre o Ministério Público da União (MPU) e o Ministério Público dos Estados (MPE). O MPU compreende os ramos: Ministério Público Federal (MPF); Ministério Público do Trabalho (MPT); Ministério Público Militar (MPM) e Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). O MPE possui unidades representativas em todos os Estados.

    O MPU é regido pela Lei Complementar n.º 75/1993 e o MP pela Lei Complementar n.º 8.625/1993., sendo que a legislação garante a possibilidade de atuação conjunta entre os órgãos na defesa de interesses difusos e de meio ambiente.

    ResponderExcluir
  74. Blog da Beatriz
    SOBRE O ANÚNCIO DO GOVERNADOR
    O Governador do Estado convocou uma coletiva com a Imprensa para as 10 horas desta segunda-feira. Na verdade não foi uma coletiva e sim um pronunciamento uma vez que os jornalistas não tiveram o direito de fazer nenhuma pergunta.
    No pronunciamento, o Governador abordou questões que não significaram nenhuma novidade como as questões abaixo:

    Anúncio do Governador: 62% da categoria optou pelo subsídio

    Obsevação do sindicato: dos 398 mil cargos da educação, apenas 200 mil tiveram o direito de opção entre as formas de remuneração. Destes, 153 mil saíram do subsídio. Portanto, não se pode afirmar que 62% optaram pelo subsídio, porque o Estado não deu o direito de opção a todos os servidores da educação.

    Anúncio do Governador: A decisão do STF não muda em nada a nova sistemática de remuneração em Minas Gerais
    Observação do sindicato: o Estado de Minas não paga o Piso Salarial Profissional Nacional determinado pela Lei Federal 11.738/08. Conforme julgamento do Supremo Tribunal Federal publicado no dia 24/08, "é constitucional a norma geral federal que fixou o Piso Salarial dos professores do ensino médio com base no vencimento e não na remuneração global."
    O Subsídio, forma de remuneração implantada em Minas Gerais, não é Piso Salarial mas remuneração global, conforme descrito nos artigos 2o. e 3o. da Lei Estadual 18.975/10.

    Anúncio do Governador: O sindicato reivindica 300% de reajuste
    Observação do sindicato: A reivindicação da categoria é o pagamento do Piso Salarial Profissional Nacional instituído pela Lei Federal 11.738/10. O governador não recebeu reivindicação de 300% de reajuste e sim de cumprimento da Lei do Piso.

    Anúncio do Governador: A adesão à greve é de 20%
    Observação do Sindicato: a greve atinge 50% do estado. A estratégia de minimizar o movimento não é o melhor instrumento para resolver o conflito em questão.
    Anúncio do Governador: Pedirá ao Ministério Público que agende nova reunião para dialogar com o sindicato.

    Observação do sindicato: estamos abertos ao diálogo. Na semana passada, antecedendo a assembleia do dia 24/08, o sindicato procurou diversas vezes o Ministério Público sem conseguir o agendamento de reunião.

    Anúncio do Governador: Os alunos não serão prejudicados.
    Observação do sindicato: se o governo acha que contratar pessoas sem formação para responder pelo processo de ensino aprendizagem dos alunos da rede estadual não traz prejuízo ou que 83 dias de greve já não causou enorme prejuízo a todos, não sabemos o que, na visão do governo, causaria prejuízo.
    Nesta segunda-feira o sindicato entrega um dossiê da educação mineira e das relações de trabalho a representantes da Organização Internacional de Trabalho (OIT)

    ResponderExcluir
  75. Esse governo vem com essa conversinha torta no MG TV , mas pelo menos dessa vez o sindicato teve direito de resposta e a Beatriz, como sempre, se saiu muito bem. É isso aí, não tem dessa de Lei de Responsabilidade Fiscal não. Ele teve tempo de sobra para se organizar. Não outra alternativa: É PAGAR O PISO E PRONTO E ACABOU. CASO CONTRÁRIO, NÃO ARREDAREMOS OS PÉS DA GREVE, VAMOS REMAR ATÉ CHEGAR AO DESTINO. Governo desaforado, insiste em mentir para a população. Ditadorzinho. Ele pensa que está enganando a quem? Aos professores lógico que não. E até a sociedade já está caindo na real que nossa greve é legítima, que devemos continuar até conseguirmos o Piso. Então, sem o piso, A GREVE CONTINUA!!!

    ResponderExcluir
  76. Gente, que beleza! Professores online! Imagine a cena! Os pais saindo para trabalhar e dizendo ao filho: fique quietinho que à noite nós estamos de volta. Na hora da aula, presta atenção, viu? Não muda de canal. Rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  77. AINDA MAIS ESTA!
    ESTES GOVERNADORES PEDINDO ESCLARECIMENTO...
    MAIS ENRROLAÇÃO, MAIS PARALIZAÇÃO,MAIS CONGESTIONAMENTO...
    COLEGAS QUE ESTÃO TRABALHANDO...ACORDEM!SAIAM DESTE SONO LETÁRGICO ANTES QUE VIRE PESADELO.
    SAIA DA SALA. PRECISAMOS NOS UNIR CONTRA ESTES ENGANADORES.ELES MATAM ATÉ A MÃE SE PRECISO FOR,PARA FICAR NO PODER.

    ResponderExcluir
  78. RETIRADO DO SITE DO CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

    Corregedoria Nacional

    Com o dever de executar as funções executivas de inspeção e correição geral do Conselho, a Corregedoria Nacional do Ministério Público é um órgão do CNMP. O corregedor é eleito entre os membros do Ministério Público que integram o CNMP, para um mandato coincidente com o seu mandato de conselheiro.

    A recondução ao cargo é proibida pela Constituição Federal. Ao assumir o posto, o corregedor exercerá suas funções com dedicação exclusiva ao CNMP, ficando afastado do órgão do Ministério Público a que pertence. Atualmente, a função é exercida pelo promotor de justiça pelo Ministério Público de Santa Catarina Sandro José Neis, um dos três representantes dos MPs estaduais.

    Fale com a Corregedoria Nacional
    Telefones: (61) 3366-9169/9165/9162
    Fax: (61) 3366-9172
    E-mail: corregedoria@cnmp.gov.br

    ResponderExcluir
  79. Paródia com a Música "Quero Que Vá Tudo Pro Inferno" de Roberto Carlos

    Vamos cantar e refletir:

    "Quero Que o SUBSÍDIO Vá Pro Inferno"

    De que vale A LEI se o MINISTÉRIO NÃO FISCALIZAR
    Se não tenho o PISO e eu estou a lhe esperar
    Só tenho ESPERANÇAS no meu pensamento
    E a sua ausência é todo o meu tormento
    Quero que O PISO venha logo pro meu CONTRACHEQUE
    E que o SUBSÍDIO vá pro inferno

    De que vale a minha boa vida de CRISTÃ
    Se entro no meu QUARTO e O SUBSÍDIO ALI ESTÁ
    Onde quer que eu ande tudo é tão triste
    Não me interessa o que de BOM NO SUBSÍDIO existe
    Quero que O PISO venha logo pro meu CONTRACHEQUE
    E que O SUBSÍDIO vá pro inferno

    Não suporto mais GOVERNO DITADOR
    Quero É MUDAR de GOVERNADOR
    Só quero que O PISO venha logo pro meu CONTRACHEQUE
    E que O SUBSÍDIO vá pro inferno
    Oh, oh,

    Não suporto mais ESTA ENROLAÇÃO
    PREFIRO até LUTAR do que ACOVARDAR
    Só quero que o PISO VENHA PRO MEU CONTRACHEQUE
    E que O SUBSÍDIO vá pro inferno
    E que O SUBSÍDIO vá pro inferno
    E que O SUBSÍDIO vá pro inferno
    E que O SUBSÍDIO vá pro inferno
    E que O SUBSÍDIO vá pro inferno
    E que O SUBSÍDIO vá pro inferno

    ResponderExcluir
  80. PEÇO AO PROFESSOR EULER QUE VISITE O SITE DO CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

    ResponderExcluir
  81. Ola Euler, vamos fazer um baixo assinado eletronico, pedindo ao ministro Joaquim Barboza agilidade no texto final com os devidos esclarecimentos solicitados pelos governadores.

    Qual o procedimento para se fazer um abaixo assinado eletronico? Tem da o ponta pe inicial?

    Temos que continuar nossa luta, comunicar a LUlA nosso parceiro nesta decisao, os muitos amigos(as) que tem apoiado nossa causa.

    ResponderExcluir
  82. VENCER OS PROFESSORES, SERIA UMA SOLUÇÃO OU UMA PREOCUPAÇÃO PARA O GOVERNO?

    ELES VÃO NOS PAGAR O PISO.

    O SINDICATO PRECISA SER BOM NEGOCIADOR.

    ResponderExcluir
  83. Para os que ainda não tiveram coragem de entrar pra valer no movimento, a citação de Pascal, lembrada por Chico Anísio - 80 anos - nada a ver com os mais de 80 dias de greve: "Não me envergonho de mudar de ideia, pois não me envergonho de pensar."
    Sim, até a vitória! Rozana - Três Pontas

    ResponderExcluir
  84. Em Inhapim: A E. E."Doutor Guilhermino de Oliveira" adere a greve a partir de amanhã. Antes tarde do que nunca. Apenas dois professores não concordaram.
    Para quem eles trabalham? Vamos conquistá-los aí pessoal...
    O "Alberto Azevedo" estava desde o início... Notícias das outras Escolas? Vamos convocar esse pessoal aí para visitar o "Professor Antônio Carlos" e o "Alípio Fernandes", vamos até o Alegre, a Vila Marques, o São Silvestre... São Domingos das Dores, São Sebastião do Anta? Itajutiba? Jerusalém? Bom Jesus do Rochedo? Santo Antonio? Taquaral? São Silvestre? Macadame? Novo Horizonte? Peixe? Tabajara? Januários? Córrego dos Braz?
    "O grevista enfrenta ônibus e passa noites viajando para assembleias e passeatas na capital Belo Horizonte e em outras atividades que se fazem necessárias como visitas as escolas para conseguir novos companheiros, visitas as autoridades, planfletagens, palestras e outras mais." - do Blog Mulher de Multifacetas.
    Valeu Pessoal!
    E Caratinga, Santa Rita de Minas, Santa Bárbara do Leste, Vargem Alegre, Ubaporanga, Entre Folhas, Iapu, São João do Oriente, Piedade, Ipaba? Onde e como estão vocês?
    Vamos superlotar caixa de recados do Euler!

    ResponderExcluir
  85. Boa noite amigos, estou assistindo agora no jornal das dez na globonews que o governo federal baixou uma norma para reduzir os gastos em 20 bilhoes. Foi um recado aos deputados e senadores que não haverá aprovação de emendas, logo, não haverá aumento de gastos nos estados. Não sei até onde isso afeta nossa batalha, mais é bom ficar ligado para que o governo estadual não use isso como desculpa. Abraço.

    ResponderExcluir
  86. SOMOS OU NÃO DO NNNDDDGGG?

    Todos sabiam que a parada não seria mamão com açúcar. Aluns pontos que podemos levantar é que as cartas já foram lançadas e estão sendo descartadas.

    Gorgonzola foi a primeira - Mordeu sua própria língua de tanto falar besteiras

    Renatinha Gélida - tropessou nas operações matemáticas. Não sabe matemática. Tirou zero na prova do PISO/TETO e SUICÍDIO... (ops) subsídio.

    Se a gente entender a jogada, as duas "bruacas" já são cartas descaradas e desacreditadas.

    A terceira carta foi jogada hoje. Não sei quanto tempo "ela" vai conseguir sustentar este monte de mentiras com mais mentiras.

    Já estão todos desacreditados. Eles que se enterrem pra lá e passem o meu PISO pra cá!

    Forte abraço a todos guerreiros e principalmente Euler e o NDG.

    ResponderExcluir
  87. Beatriz,

    Envie um dossiê da educação também para a OAB e várias outras entidades.

    Envie um dossiê também ao senador Cristovam Buarque.

    Precisamos mostrar isto para toda a sociedade
    Brasileira.

    ResponderExcluir
  88. QUE COISA, HEIM!? VOCÊ PROFESSOR VOTOU NESSE AI! É O TRABALHO DA PIG FAZ A CABEÇA DE MUITA GENTE! "QUEM VÊ CARA NÃO VE CORAÇÃO"!MAS VC É DO BEM, ASSUME! AGORA O QUE TEMOS A FAZER É NOS UNIRMOS CADA VEZ MAIS NESSA BUSCA! VAMOS CONSEGUIR! JÁ CONSEGUIMOS MUITO. TEMOS QUE PARALIZAR TOTAL COMUNICAR COM QUEM ESTÁ NAS ESCOLAS. TEMOS QUE CONSEGUIR PARAR TOTAL."ÀGUA MOLE E PEDRA DURA TANTO BATE ATÉ QUE FURA!ESTAMOS CONSEGUINDO MAIS E MAIS ADESÕES! VAMOS CONTINUAR TRALHANDO...NOSSA LUTA É PARA SALVAR A EDUCAÇÃO PUBLICA! TEMOS QUE SENSIBILIZAR OS OUTROS QUE AINDA NÃO ESTÃO CONSCIENTES DESSA LUTA. PEDIR SOLIDARIEDADE COM OS COLEGAS QUE ESTÃO LUTANDO DESDE O COMEÇO.TODOS JUNTOS SOMOS FORTES.FORÇA EULER!FORÇA BEATRIZ! FORÇA NDG! A CADA DIA VCS SE SUPERAM E NÓS VAMOS JUNTOS! ATÉ A VITÓRIA!ABRAÇOS A TODOS!

    ResponderExcluir
  89. Companheiros de luta.

    Na pauta, projeto que estende a professores mesmo reajuste a senadores,
    Projeto dos senadores Cristovam Buarque (PDT-DF) e Pedro Simon (PMDB-RS) que estende ao Piso Salarial Profissional Nacional dos Professores o mesmo reajuste concedido anualmente aos senadores está agendado para exame na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) na próxima terça-feira (30). A relatora, senadora Ana Rita (PT-ES), apresentou substitutivo ao projeto (PLS 325/2010), com solução que considera mais compatível com a capacidade financeira de estados e municípios.

    Pela proposta da relatora, além do reajuste já previsto em lei com base na variação do valor mínimo anual por aluno, investimento a cargo de estados e municípios, o piso dos salários dos professores da rede pública da educação básica deve incorporar um adicional de um quarto do percentual do aumento obtido pelos senadores em 2011, de 61,78%. Esse acréscimo seria mantido até o piso corresponder ao dobro do valor real que tinha em 2009, de R$ 950,00. Sem considerar a inflação, seria elevar o piso até que chegasse a R$ 1.900,00.

    O projeto original associa duas regras: concede aos professores o já previsto percentual de aumento do valor mínimo por aluno, mas prevalecendo, se maior, o reajuste concedido no mesmo período aos senadores.

    Equiparação ao Supremo

    A proposta de Cristovam e Simon surgiu logo após o Congresso aprovar, em dezembro do ano passado, lei que equiparou os salários de senadores, deputados, ministros de estado, vice-presidente e presidente da Republica aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

    Os autores justificaram à época que a extensão aos professores seria uma "mínima demonstração de interesse do Senado com a educação e com a própria credibilidade". Destacaram que havia uma desigualdade substancial entre o que se pagava a um parlamentar e aos professores, com consequências consideradas desastrosas para o futuro do país.

    Em seu relatório, Ana Rita afirma que a valorização dos profissionais da educação, principalmente dos professores da educação básica, não somente preocupa como "atormenta a consciência de todos os parlamentares". Considerou ainda que não haverá qualidade na educação enquanto professores, pela baixa remuneração, "forem obrigados a múltiplas jornadas de trabalho e a duplos empregos".

    Mas ressalvou que o projeto, principalmente no que se refere a reajuste imediato de 61,78%, seria de difícil absorção, "de um só golpe", pelos orçamentos estaduais e municipais em 2011. Até porque, conforme sua análise, não seria coerente comparar o volume de despesas exigido por 81 senadores com o montante necessário para o aumento dos salários de até 2 milhões de professores.

    Se aprovado na CE, o projeto seguirá depois para a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde receberá decisão terminativa .

    Fonte: Agência Senado, 26/08/2011

    Elton Castro (januária)

    ResponderExcluir
  90. LUTO E PANELAÇO PELA EDUCAÇÃO!!!!

    NO DIA 31/08, VAMOS FAZER ESFORÇO PARA DEMONSTRAR NOSSA INSATISFAÇÃO !!!!

    SAIA DE PRETO, EM LUTO PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA/MINEIRA E COM UMA PANELA NA MÃO PARA FAZERMOS UM GRANDE PANELAÇO NAS RUAS DE BELO HORIZONTE!!!!!

    ATÉ O PISO COMPANHEIRAS/OS!!!

    ResponderExcluir
  91. Enfim um bom exemplo nesse país que merece aplausos e deve ser sequido:

    Renault faz acordo recorde, dá aumento de 20% e abono de R$ 62 mil
    Dimitri do Valle
    Especial para o UOL Economia, em Curitiba

    ResponderExcluir
  92. Olá, Euler,
    Recebi e gostei da ideia: no dia 31/08, todos de camisa preta em sinal de luto pela educação. Ou , no mínimo, fitas pretas amarradas ao pulso.
    abraços
    Rita Frugoli

    ResponderExcluir
  93. E OS NOSSOS REPRESENTANTES, AQUÍ DO NORTE DE MINAS:ARLEN SANTIAGO,GIL PEREIRA,TADEUZINHO,PAULO GUEDES,ANA MARIA,CARLOS PIMENTA...Esses ditos, mamam na teta do Estado a anos, receberam votos de Profissionais da Educação e até onde sei até o momento não deram uma palavra de apoio ao nosso movimento.Pelo contrário, vivem babando o ... e bajulando esse (des)governo.
    NÃO PODEMOS ESQUECER A OMISSÃO, TRAIÇÃO DESSE VAGABUNDOS. E DAR A RESPOSTA NAS ELEIÇÕES!
    SERIA BOM UM INFORMA COM O NOME DE TODOS ESSES INCOMPETENTES QUE NÃO NOS REPRESENTAM DE VERDADE!

    GREVE ATÉ O PISO! SAIU DO ARMÁRIO (DES)GOVERNADOR, AGORA PAGA O QUE NOS DEVE!

    ResponderExcluir
  94. Vocês já devem ter visto a propaganda do governo na qual afirmam estar oferecendo vacinas DE GRAÇA para as crianças.Será que nós temos cara de bobos.Desde quando o governo DÁ alguma coisa? Por isso querem uma educação bem ruim.Quanto pior melhor.Assim estas ideias vão sendo reproduzidas e assimiladas como verdades pelas pessoas mais simples.Daí a importância do professor.

    ResponderExcluir
  95. O governo quer vencer-nos pelo cansaço.
    O governo usa de toda maldade para não fazer o que é justo. É assim mesmo e o silêncio dos bons pode sim fazer o mal triunfar. Como temos um NDG que resiste e não se cala. Em nome desse NDG, CONVOCAMOS a todos os educadores que venham fortalecer esse movimento mais e mais. E vale lembrar, se continuarmos juntos e conscientizando outros A ESTAREM DIA 31 NA ALMG, MOSTRAREMOS para o ditador e outros q possam vir que há uma CLASSE q não se dobra a mentiras e pressões.
    TODOS PELA EDUCAÇÃO!
    Fácil? Não é não!!
    Mas a vitória é só para quem tem coragem.
    Ingerimos esse ingrediente precioso a cada vez que entramos aqui.
    A GREVE CONTINUA SIM!!!Caso esse ditadorzinho não acorde da loucura dele.

    ResponderExcluir
  96. Achei ótima a idéia do Luto e do Panelaço na nossa Assembléia - 31/08, quarta-feira.

    Vamos lá companheiros(as) todos(as) de preto e panela na mão para fazermos um bonito e barulhento panelaço em BH.

    Até o Piso!!!!

    ResponderExcluir
  97. Precisamos iniciar uma discussão se aceitaremos o piso somente para os que optaram pela carreira antiga ou vamos comprar uma briga sem consultar os interessados( os que optaram pelo subsídio). Pois na minha escola realmente os que optaram pelo subsídio estão satisfeitos e ainda tem alguns que optaram pelo vencimento básico querendo voltar para o subsídio. Então como essa proposta será colocada na mesa de negociação. A equipe que negociará tem que saber que realmente tem gente que prefere ficar no subsídio, então o sindicato ficará mal na fita. Agora temos que torcer para que o subsídio seja inconstitucional, pois acho que não vale apena comprar essa briga com greve. devemos aceitar o piso para quem optou pela carreira antiga e quem achar que foi lesado entrar na justiça, pois com certeza o governador já tem gente para defender o subsidio e dar declarações que não quer o modelo antigo.
    Mas reafirmo a greve só termina com a implementação do piso nacional no vencimento básico. Depois a luta continuará na justiça.

    Abraços

    Idinei de Ipatinga

    ResponderExcluir
  98. " Carlinhos do Machado"29 de agosto de 2011 22:43

    O "N D G" dará mais vez o recado para esse professorinho PANTUFA, na nossa assembléia do dia 31/8/11.Se ele não sabe o que é LEI, e nem sabe respeitar uma categoria ele verá o resultado nas ruas de BH. A GREVE CONTINÚA COMPANHEIROS, ATÉ QUE PAGUE O PISO.

    ResponderExcluir
  99. Ricardo Machado- Rio de Janeiro29 de agosto de 2011 22:44

    Sejam águias,professores mineiros. Voem alto

    Neste domingo 28/08/2011, fui a um culto de uma igreja evangélica. A mensagem do pregador foi sobre a águia, fazendo um anelo entre seus atributos e os de uma pessoa que tem princípios e visão. Sem querer dissociar a pregação ouvida, que foi ótima e contextualizada, fiquei pensando nos professores que não entraram em greve e nos que entraram. Em tempo, sou professor formado em Geografia, não atuando, mas como profissão anterior, atuei anos como bancário e como comissário de bordo, categorias extremamente politizadas, cientes de seus direitos e, consequentemente respeitadas.

    O ponto que me levou a pensar nos professores foi a conclusão da pregação. A águia tem duas opções: ou morre aos quarenta anos ou vive até os setenta. Para tanto, precisa fazer uma escolha extrema: desfazer-se de suas penas velhas e pesadas arrancando-as uma a uma, raspar o bico e unhas até o toco para que possam nascer novamente e assim viver mais trinta anos.

    Vejo professores tentando arrancar suas penas, bicos e unhas, buscando poder viver seus trinta anos a mais com dignidade, enquanto outros, sem visão, optam pela morte em vida.
    Acredito que todos nós temos necessidades e, em grande parte, financeiras, mas parafraseando a canção, vocês que não entraram em greve, só tem fome de dinheiro imediato que depois será diluído? Não estão famintos de respeito, dignidade, autoestima? A vida é só agora?

    E o futuro? Com suas penas velhas, não poderão voar, ou seja, não serão livres, não poderão caçar, pois seu sustento vindouro estará comprometido e, sem falar que, com seu bico desfigurado, não terão voz, engolindo o amargo gosto de ter vivido uma vida insípida.

    ResponderExcluir
  100. Professor Euler e membros do NDG,
    sou professor da E.E Américo Martins em Montes Claros,infelizmente a minha escola é uma das poucas que não aderiram a greve. Reconheço a nossa covardia, mas gostaria que nos ajudassem, pois além de não aderir a greve, muitos de nós não voltamos pra antiga carreira, porém nós queremos o Piso. O que pode ser feito por nós?

    ResponderExcluir
  101. TENHAMOS PENSAMENTOS E AÇÕES POSITIVAS CONSTANTEMENTE.

    COMEÇAMOS A VENCER ESTE COMBATE.

    COM AÇÕES POSITIVAS, DIARIAMENTE, ALCANÇAREMOS O OBJETIVO.

    SEJAMOS HUMILDES E RESPEITOSOS COM TODOS.

    VAMOS RESPEITAR O GOVERNO.

    NÃO SOMOS CONTRA O GOVERNO.

    SOMOS A FAVOR DA JUSTIÇA, DIGNIDADE E DA LIBERDADE.

    ESTAMOS APRENDENDO MUITO COM ESTA GREVE.

    VAMOS VALORIZAR CADA MILÍMETRO CONQUISTADO.

    SÓ COM A EDUCAÇÃO PODEMOS MUDAR O MUNDO.(Nelson Mandela)

    AGINDO ASSIM, VENCEREMOS.

    ...E O SOL NASCE NOVAMENTE;
    ...E A LUTA CONTINUA;
    ...ASSIM É A VIDA.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  102. O que temíamos aconteceu: entraram com o famoso embargo declaratório.

    Vejam no site do STF: http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=2645108

    29/08/2011
    - ESTADO DE SANTA CATARINA E OUTRO - EMB.DECL.
    - GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL - EMB.DECL.
    - SINDICATO DO SERVIDORES E EMPREGADOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA-CE - EMB.DECL.
    - GOVERNADOR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL - EMB.DECL.

    ResponderExcluir
  103. Euler, o governador de Minas está em crise, em seu mundo próprio, seu mundo interior. Dá o calote, falta com o comrpomisso de política (apesar de ele não ser político?...) É técnico. Técnico em quê. Em ludibriar, faltar com a verdade, o respeito a LEI MAIOR. Que esquisito! A isto tudo damos o nome de quê? Nunca vi um governador tão INSEGURO, INEXPERIENTE E OUTRAS COSITAS MÁS.Mentiroso, faz um discurso e faz outra, outra coisa. Isto me parece INSEGURANÇA. Tem que ter PEITO para administrar um povo, o nosso dinheiro, os TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS, e CUMPRIR LEIS. Que decepção meu caro governador,( professor?). A TODOS (AS) COMBATENTES,sigamos, vamos para frente em busca de nossos direitos, no momento, O PISO SALARIAL.TODOS SE PUDEREM LEIAM O TEXTO DO Bertoldo Bret " O analfabeto político". Até a próxima .Beijos para todos e todas.

    ResponderExcluir
  104. Os famigerados professores bem merecem o que estão sofrendo...
    Quem mandou votar no homem?

    ResponderExcluir
  105. Professor Euler,

    Você sabe nos informar se já houve algum contato do Governo ou do Ministério Público com nosso sindicato, hoje depois do pronunciamento do Governador?

    ResponderExcluir
  106. Colegas de sofrimento.
    É aviltante ler no site da see que estão estudando meios para tornar efetivado pela lei 100 tal qual o efetivo concursado.Quando é que vamos parar de fugir deste assunto ?Os efetivados não estão do nosso lado.São anastasistas roxos...
    Vamos ter que engolir mais esta sacanagem?O governador cita a Constituição quando é para não pagar nosso piso ...Estes aproveitadores estão precisando de cadeia.Que bagunça esse governo de minas !
    Por favor EULER não Me censure.Estou tão indignada.
    Professora a beira de um ataque de nervos

    ResponderExcluir
  107. Desde já gostaria de dizer que este blog é o melhor que está tendo. Parabéns ao Euler por iniciativa tão maravilhosa. Sou aposentada,mas gosto de ficar informada e passar informação para os outros. quando estava na ativa sempre participava de movimentos grevistas aqui em Sabará. Mas agora infelizmente nao sei o que está acontecendo aqui. praticamente ninguem aderiu a greve. EStão todos trabalhando normalmente,como se nada tivesse acontecendo. Que coisa triste. O momento é de se unir pois o interesse é de todos. Mesmo aposentada estou com vontade de ir a assembléia,pelo menos serei uma pessoa a mais,como aquele beija flor...
    Quem sabe vcs tem como mandar alguém aqui para conversar com esses professores "acomodados".
    Estou orando muito por vcs,guerreiros valentes.
    Parabéns!!!!!!!

    ResponderExcluir
  108. Não quero ser pessimista, no sentido de esperar, dos que estão na sala de aula a adesão ao movimento. Muitos são pessoas sem ética ou compromisso algum com a Educação.
    Segundo alunos da Escola Prof. Guilherme Hallais França/ Vespasiano que estão frequentando as aulas com horário alternativo, estão acontecendo 3 aulas de um mesmo conteúdo em um dia, o que é proibido por lei. E ainda, nessas aulas, o dito professor só fica em sala um horário e nos outros fica em outra sala. Ou seja, o professor está em duas salas ao mesmo tempo. Pois, dá 7 h/a, no período de 5 h/a. Que absurdo, que falta de respeito com os alunos e com os pais!Que enganação!
    Cadê o pais desses alunos, será que só querem ter um lugar para mandar os filhos? E a direção, que está para defender o direito do aluno?
    Isso só reforça a luta, por que não queremos estar ao lado dos covardes!

    ResponderExcluir
  109. Euler, não tem como deixar de registrar aqui com sua permissão ,a indignação com as atitudes do Governo de Minas diante de tanta desculpa esfarrapada para não pagar o nosso piso salarial.O que ele vem fazendo até agora é legislando em causa própria e tentando nos subornar com esse subsídio, cancelando as vantagens que a Lei nos garantiu.
    Quando começamos receber os quinquênios a publicação cita " tendo em vista a competência delegada pelo anexo VI, item I alínea "b" da resolução nº 3.163, de 19 de setembro de 1979 nos termos do artigo 231 da constituição Estadual de Minas Gerais.(10%)
    Os biênios pela mesma forma, cita a Lei nº 8.517 de 09 de janeiro de 1984 (5%).
    Gratificação de 10% por Pós graduação, artigo 151 da Lei 7.109 de 13 de outubro de 1977 com redação dada pelo artigo 67, da Lei nº 11.050 de 19 de janeiro de 1993 , e os demais direitos e vantagens adquiridos por Lei.
    Acredito que um Governo tem que respeitar a sociedade e sobretudo dar exemplo de cidadania não medindo esforços para realizar o bem estar de todos nós e cumprir as Leis.Portanto,o que estamos reivindicando são os nossos direitos que por mérito e reconhecimento do STF nos foi concedido e que para mim continua ainda pouco diante da grandeza do trabalho de um professor.
    Subsídio jamais !!! Piso salarial + nossas vantagens. Afinal, são direitos adquiridos!!!

    ResponderExcluir
  110. MINISTÉRIO PÚBLICO IMPARCIAL...SERÁ?

    ResponderExcluir
  111. Alguém aí falou que no "nortão" de minas o povo é despolitizado e insinuou que estamos do lado do governador. desculpe, não é a primeira vez que leio isso aqui, mas não concordo. primeiro porque é muito fácil as pessoas serem manipuladas pelo jogo sujo dos pretensos candidatos; segundo porque sabemos que aécio é muito forte na região metropolitana! Se perguntassem o que o governo do estado fez para nós, aqui de montes claros e no norte de minas, não sabemos dizer. ele deve ter feito muita coisa boa para a região metropolitana, ou será que eles também são despolitizados?

    só sei que faremos uma campanha violenta nas próximas eleições: FORA ANASTASIA E TODA A CORJA DO PSDB!

    ResponderExcluir
  112. Um líder verdadeiro não usa o poder para proveito própio, não ostenta o cargo que tem até porque todos os cargos são passageiros.Nada nos garante a permanência neste reino.Nascemos para a eternidade.O dinheiro não nos poupa da morte, nem os cargos, nem os títulos, nem as condecorações.Evidentemente, podemos nos valer dos bens materiais, podemos evoluir,podemos ocupar cargos de destaque.Temos inteligência para isso.O que não podemos é nos tornar servos desses bens ou dessas glórias.Quem assim age acaba indo ao encontro da própria ruína.Tudo isso é passageiro.E o ser humano tem de buscar em sua vida o que não passa. O que é eterno. O que não se corrompe com o tempo. Livro Ágape

    Resposta dada por Nosso Senhor Jesus Cristo, após momento de oração sobre a nossa greve.
    Caiu como luva para o Sr. Anastasia! Potanto, senhor governador, seja mais humilde, reconheça que está errado e nos pague o piso que é nosso por direito!
    O Sr. Governador poderá cair em suas armadilhas!!Cuidado hein!!Foi um aviso de DEUS!!!
    Ilza - Virgolândia

    ResponderExcluir
  113. Euler,aula onlaine,desde quando nossos alunos tem computador em casa. E uma pequena minoria,nem os da escola nao funcionam.So se ele des um computados para cada.Nossos alunos passam fome.Vao para a escola e para comer o lanche.Acorda satanas dos inferno.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  114. Pare o mundo que quero descer!
    Li que se aécio não for candidato a presidente será a governador de novo.É meu caro EULER , nada é tão ruim que não possa piorar.Se isso acontecer de fato ,vou voltar para Bahia terra daquele filhote de Cruz credo do finado antonio Carlos magalhães, o qual eu odeio tanto quanto a anastasia..Eta paisinho de %*+#=!!!!!'

    ResponderExcluir
  115. Socorro,o governador de Minas ficou doido,nao sabe mais o que fala.Esta totalmente desiquilibrado!

    ResponderExcluir
  116. A Escola Estadual Hilda de Araujo Osório Zauza no Município de Timóteo entrou em greve. 100% .

    ResponderExcluir
  117. Ô, o cara não sabe nem falar. Alguém conta pra ele e pras duas baratas tonta que não é subZídio e sim subSídio , com S com de S mesmo. Se eles não sabem nem o nome do que estão defendendo fica mto difícil de acreditar que isso é mesmo bom. Vai procurar uma escola pra aprender língua portuguesa e cálculos. Ops!!! Os bons professores estão em greve. É nisso que dá estudar nessas escolas onde "PAGOU, PASSOU".
    Ahhhh!!! Agora entendi!! Eles dizem subZídio, pra combinar com AnastaZia, aZia, GaZZola, hipocris(z)ia ... (hiii!! não combina mesmo). Se Disserem subSídio pode lembrar ao povo o que este trio realmente é: são uns SICÁRIOS.
    Karla Vivian, BH

    ResponderExcluir
  118. URGENTE!!!
    O caminhão do Ministério Público está aqui em Oliveira e consultamos um advogado para nos orientar, ele nos disse que devemos entrar com mandato de segurança contra o governo,de forma individual.Alguém sabe como?Por favor enviem por e-mail( martarosantos@gmail.com)

    ResponderExcluir
  119. A frase do nortão de Minas foi muito infeliz, MOC é a principal cidade do interior que está em greve(capital do norte).Aqui no Norte o Anastasia perdeu vem várias cidades muito em função da influência dos professores.Tem várias cidades no triangulo e no sul que também a adesão da greve foi fraca, ou seja , o problema não é a região.Detesto essa forma de preconceito regional principalmente quando uma pessoa da própria região é que acaba fazendo, talvez não foi a real intenção de quem escreveu mas pegou mal.

    ResponderExcluir
  120. PARA O ANÔNIMO DAS 21:20:
    SOBRE O EMBARGO DECLARATÓRIO (O PEDIDO DE ESCLARECIMENTO)- SOBRE A DEMORA DO JULGAMENTO AQUI EXPLICA BEM:

    E, no que diz respeito ao seu julgamento, dispõe o art. 537 que o juiz julgará em 5 (cinco) dias, enquanto que em superior instância o relator os apresentará em mesa na sessão subseqüente, proferindo voto. No tribunal, o relator dos embargos será também o relator do acórdão embargado [o relator do recurso de apelação, por exemplo, será o relator dos embargos de declaração].

    RESUMINDO PARECE QUE É NA PRIMEIRA AUDIÊNCIA OU SESSÃO SUBSEQUENTE A APRESENTAÇÃO DESTA AÇÃO AJUIZADA POR ESSES MALDITOS GOVERNADORES.

    DENISE

    ResponderExcluir
  121. Assim somos nós. Os NDG.

    Não Desisto, Gazolla!
    Nâo Dá, Gang!
    Não Durmo. Guerreio!
    Na Determinação, Garanto.
    Não Divido.Grudo.
    Na Dúvida, Greve.
    Não Demoro. Galopo.
    Na Dificuldade. Gracejo
    Não Desanimo, Grito.
    No Debate, Ganho.

    ResponderExcluir
  122. Euler

    Esta sendo compartilhado no facebook. Por favor divulgueaqui também:
    NO DIA 31/08, VAMOS FAZER ESFORÇO PARA DEMONSTRAR NOSSA INSATISFAÇÃO !!!!

    SAIA DE PRETO, EM LUTO PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA/MINEIRA E COM UMA PANELA NA MÃO PARA FAZERMOS UM GRANDE PANE
    Assembleia as 14 horas

    ResponderExcluir
  123. VAMOS uberlândia, tupaciguara, araguari, ituiutaba,centralina, arapora, canapolis ... tiangulo confiamos e contamos com voces, TODOS JUNTOS VENCERMOS ESSE PISO E NOSSO e tao simples é só PAGAR E A GREVE ACABA vamos gente cade voces sindute divulga fala convença mostre que voces tambem sao do NDG ACREDITO...ACREDITO...EM VOCES

    ResponderExcluir
  124. TURMA DA NANÁ:

    - Gorgonzola: o governador pediu pra você revisar o texto que ele vai usar no pronunciamento.
    - Velhena: deixa eu ver:

    Blá, blá, blá, deficit zero
    Blá, blá, blá, o melhor estado do país para se viver
    Blá, blá, blá, o choque de gestão
    Blá, blá, blá, aumento de 10% para os professores
    Blá, blá, blá, subsídio
    Blá, blá, blá, professor da família
    Blá, blá, blá, tudo isso custou para o Estado xxxx Bilhões de reais.

    - Gorgonzola: o que você achou?
    - Velhena: o texto engana bem, mas esse valor de xxxx bilhões tá muito exagerado. Nos meus cálculos seria apenas 10% desse valor. Não sei onde estão os outros 90%.
    - Gorgonzola: você considerou os gastos com a propaganda.
    - Velhena: agora fechou!

    ResponderExcluir
  125. TURMA DA NANÁ:

    - Velhena: droga! Droga! Droga!
    - Gorgonzola: que que foi Velhena?
    - Velhena: é que a Naná pediu pra eu resolver o “quebra-cabeça do piso” então fui na loja e comprei este, mas está muito difícil.
    - Gorgonzola: há quanto tempo você está tentando resolver isso.
    - Velhena: 5 meses.
    - Gorgonzola: o que!? 5 meses pra resolver um quebra cabeça tão fácil!.
    - Velhena: calma! Calma! Ainda tenho muito tempo.
    - Gorgonzola: como assim tem muito tempo?
    - Velhena: é que na caixa tava escrito de 3 a 5 anos.

    ResponderExcluir
  126. Este mau elemento-Anastasia, provavelmente foi um aluno muito, muito, mas muito levado, abusado, incompetente,e desinteressado. Pois houve tempo suficiente para fazer o dever de casa e ele não o fez. Porém, fica tentando fazer argumentos em vão e que nada tem a ver com o que realmente nós educadores queremos . Acorda desgoverno sem compreensão e sua corja, entendam de uma vez, o objetivo dos educadores e tudo fica resolvido. Pense bem, fiquei ansiosa para ver a nota do fora da lei, pensando que fosse algo relevante, mas para minha decepção, só mentiras, mentiras e enganação. E tem mais, como não está conseguindo enganar os professores, deu uma de bonzinho e quer enganar os alunos e os pais, dizendo que está muito preocupado com a greve, por que estes vão ficar prejudicado. Tenta me enganar que eu gosto, se o próprio elemento ruim-Anastsia está causado este prejuizo enorme aos alunos e os pais.

    ResponderExcluir
  127. Laudo
    Exame do pronunciamento do governador revela estado crítico de saúde: Diarreia de palavras, prisão de ventre de ideias.
    Deve ser encaminhamento para o Núcleo Duro da Greve, para maiores avaliações de desempenho.
    A meta é atingir o máximo de proficiência nas´suas últimas cagadas.

    ResponderExcluir
  128. AO ANÔNIMO QUE POSTOU ÀS 18:12 :

    Hoje, assistindo ao jornal da Band, fiquei sabendo de uma notícia muito ruim: A Presidente Dilma recomenda que o país ECONOMIZE US$10.000.000.000,00 para fazer FRENTE aos "JUROS da DÍVIDA EXTERNA" e "CONTER GASTOS".
    Bem, então fico a pensar: - Será exatamente por isso que a Dona Presidente até o presente momento não deu as caras favoravelmente à nossa LUTA pelo PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL??? Sei não, essa gente é muito traiçoeira. FEDERALIZAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS DO PESSOAL DA EDUCAÇÃO com DILMA na contramão???!!! ... 'tá difícil!!!
    PRECISAMOS FAZER UM LEVANTE no DIA 07/09/2011,
    caso os governos não cumpram a LEI DO PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL. Convocação IMEDIATA dos profissionais da EDUCAÇÃO de todo o BRASIL e de todas as categorias que lutam pela REAL ORDEM E PELO REAL PROGRESSO.
    ***AS MORDOMIAS, AS CORRUPÇÕES, AS LUXÚRIAS lá EM CIMA já passaram dos limites.
    CHEGA DE MENTIRAS!
    CHEGA DE MÍDIAS COMPRADAS, ALUGADAS!
    CHEGA DE PROFESSORES SUBSTITUTOS, digo, PROSTITUTOS!
    CHEGA DA DESMORALIZAÇÃO GERAL DA SOCIEDADE!!!
    CHEGA DE VERBAS POLPUDAS PARA ESTÁDIOS DE FUTEBOL!
    CHEGA DE HOSPITAIS DE PRONTO-SOCORRO NA MISÉRIA!
    CHEGA DE MÉDICOS DE PRONTO-SOCORRO RECEBENDO SALÁRIOS DE MERRECA!
    CHEGA DE ENTIDADES COVARDES COMO A APPMG!
    CHEGA DE EMBURRECIMENTO DAS CLASSES CARENTES!
    CHEGA DE LEIS QUE NÃO SÃO CUMPRIDAS! "COMPRIDAS" até que muitas delas são.
    CHEGA DE ANALFABETOS, PALHAÇOS E OUTRAS TANTAS ABERRAÇÕES NO COMANDO DA NAÇÃO!
    CHEGA DE VOTO OBRIGATÓRIO! VOTAR NOS SUPRACITADOS?!
    CHEGA DE TANTA INVERSÃO DE VALORES!
    CHEGA DE INFLAÇÃO SÓ PARA OS POBRES!
    CHEGA DE FALSAS RELIGIÕES QUE NA HORA "H" DEIXAM OS POBRES PROFESSORES SE VIRAREM SOZINHOS!
    CHEGA DE PODRES PODERES!
    CHEGA DO ERRADO QUE VIROU CERTO!
    OS PODRES PODERES ESTÃO A REPETIR OS MESMOS ERROS DA ATLÂNTIDA.
    CHEGA DE DESGRAÇA!
    CHEGA DE DESGRAÇA!
    CHEGA DE DESGRAÇA!
    CHEGA DE DESGRAÇA!
    CHEGA DE DESGRAÇA!
    CHEGA DE DESGRAÇA!
    CHEGA DE DESGRAÇA!
    CHEGA DE PARTIDOS! PRECISAMOS DE INTEIROS!!!
    OS PODRES PODERES SERÃO SUCUMBIDOS PELO CÂNCER.
    ESSE CÂNCER COMEÇA NAS ATITUDES ESPIRITUAIS DESSES INSENSATOS N A B A B O S!!!
    ***ANOTEM EM SEUS CADERNOS OS COMENTÁRIOS QUE ESTOU AQUI A TECER.
    ENFIM, MUITA COISA RUIM VAI ACONTECER ENTRE OS NABABOS.
    NÃO SOU ORIUNDO DA DESGRAÇA DESTA TERRA.
    PROFESSORES, CONTINUEM FIRMES NA LUTA!
    A ÚNICA COISA QUE SOBRA NESTE PLANETINHA DE MERDA é a S E N S A T E Z, a H O N R A D E Z daqueles que são HONESTOS, daqueles que são B O N S!!!
    O MAL ESTÁ GRASSANDO EM NÍVEIS GALOPANTES.
    NÃO HÁ PIEDADE, SOMENTE INIQÜIDADE.
    O BEM PRECISA TRIUNFAR SOBRE A TERRA! COMO OS PROFESSORES LUTAM POR ISSO, logo são MARGINALIZADOS pelos PODRES PODERES.
    O BEM PRECISA TRIUNFAR, do contrário... 2012 e pra frente .... (sei não...)
    PARABÉNS DO FUNDO DO CORAÇÃO A TODOS OS EDUCADORES DO BRASIL E DO MUNDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    NÃO DESISTAMOS DE LUTAR COM AFINCO!!!
    URGE QUE EXTIRPEMOS PELA RAIZ A ESCÓRIA,
    MUDANDO O CURSO DA
    H I S T Ó R I A!!!
    EU FALO EM NOME DO
    DIVINO ESPÍRITO SANTO.
    ***

    ResponderExcluir
  129. Euler sofro muito com esse descaso com a educaçao.Tenho dois cargos e em um deles sou aposentada.Sempre fui reponsavel,me empenho o maximo com todos eles,levo ate pra minha casa para recupera -los e veja o que merecemos.Qualquer um serve para nos substituir,nao vejo empenho dos politicos para resolver nossa situaçao.Mais uma coisa e certa ,seremos usados nas politicas futuras.Força a todos,acredito que nossa vitoria esta perto.

    ResponderExcluir
  130. Pessoal da luta, turma do NDG,

    Esse negócio de chegar ao poder é uma coisa séria. Os partidos quase sempre se tornam iguais quando chegam ao poder.

    Andei lendo rapidamente três petições de embargos feitos ao acórdão do STF - a do CE, de SC e do RS. Três estados com diferentes partidos, este último dirigido pelo PT.

    A pior petição, pela ótica dos educadores, foi feita justamente pelo governo dirigido pelo PT.

    Os desgovernos de Ceará e de Santa Catarina pedem para que o piso enquanto vencimento básico passe a valer somente após a decisão do STF em abril de 2011. Pedem, portanto, para que o período pretérito, de janeiro de 2010 a abril de 2011, não seja alcançado pela decisão do STF, uma vez que estava em vigor o conceito de piso enquanto remuneração total, por decisão liminar do STF.

    Já o desgovernador do Rio Grande do Sul pede para que o piso enquanto vencimento básico possa ser implantado gradualmente, em um ano e meio após o trânsito em julgado do acórdão. Acho que nem Anastasia teria a cara de pau de fazer um pedido desse. Ou teria?

    Fato é que ao ler o texto do embargo do desgovernador do RS tem-se a impressão de estar ouvindo o pronunciamento do governador de Minas, com suas advertências ao risco de ultrapassar a LRF e desestabilização das finanças do estado.

    Ao invés destes desgovernadores pressionarem para que a União crie um mecanismo concreto de repasse de verbas, para fins de financiamento do piso, e que retire da LRF a folha da Educação, eles preferem aplicar o calote nos educadores.

    Eis aí a face materializada do conluio entre os diversos governos, das diversas esferas de poder para nos calotear e aplicar confiscos e choques.

    Vamos ver qual será a decisão final do STF.

    Seguramente, se os ministros forem coerentes com a decisão tomada, não aceitarão qualquer forma de escalonamento ou parcelamento do nosso piso. No máximo - ou na pior das hipóteses - deverão se prender a uma das duas datas para o pagamento do piso: abril de 2011 ou agosto de 2011.

    Detalhe: o governo de SC, dos três mencionados, foi o único que solicitou do STF que este cobre da União uma efetiva cooperação com os entes federativos, para fins do pagamento do piso.

    Da nossa parte, o lema é o mesmo: sem o piso, não voltamos para a escola. Os governos que resolvam os seus conflitos com os de cima, aos quais servem caninamente. Do nosso piso, não abrimos mão. E após a nossa vitória em Minas, devemos nos preparar para cobrar de Brasília uma solução definitiva para o financiamento do piso, pois do contrário em breve eles nos tomarão o pouco que estamos conquistando.


    Um forte abraço e força na luta! Até a nossa vitória!

    ResponderExcluir
  131. Quanto tempo o STF tem para responder as petições feitas pelos governadores?

    ResponderExcluir
  132. Se esse governador não obedece nem ao STF, logo merece ser cassado como foi o Collor de Melo.

    ResponderExcluir
  133. PROFESSORA ELIZABETH-AIMORÉS-MG30 de agosto de 2011 00:38

    http://youtu.be/Lo1gPVsKp5E

    http://www.youtube.com/watch?v=Lo1gPVsKp5E&feature=player_embedded


    OUÇA COM BASTANTE ATENÇÃO A ESTE VÍDEO ACIMA E TALVEZ VC ENTENDA PORQUE Q NA FALA DO GOVERNADOR , HOJE , DIA 29/08/2011 ÁS 10 :00 H EM REDE NACIONAL , ELE AGRADECE AOS PROFESSORES QUE ESTÃO EM SALA DE AULA E TALVEZ SEJA ESSE O PRINCIPAL MOTIVO DELE AINDA NÃO TER OBEDECIDO AO STF , EM NOS PAGAR O PISO NACIONAL QUE É UMA LEI . SE VC AINDA ACREDITA NAS MENTIRAS POR ELE PROFERIDAS JUNTAMENTE COM SUAS SECRETÁRIAS , E VC CONTINUA NESSA INÉRCIA , NESSE SEU COMODISMO , TRABALHANDO NO LUGAR DOS COLEGAS EM GREVE , VC MERECE O SALÁRIO QUE ESTÁ DEFENDENDO , VC MERECE RECEBER PELO SUBSÍDIO , DEPOIS DE TANTAS DEMONSTRAÇÕES PELO SINDUTE , PELAS EXPLICAÇÕES NOS BLOGGEs DA BEATRIZ ,DO EULEER . , QUE ESSA FORMA DE PAGAMENTO É UM ROUBO EM NOSSOS BOLSOS . SE TODOS ESSES PROFESSORES QUE FORAM ELOGIADOS PELO GOVERNADOR SE POSICIONAREM AO NOSSO LADO NESSA ÚLTIMA SEMANA , MOSTRANDO A ESTE MENTIROSO ( QUEM MENTE É FILHO DO DEMO , POIS , ELE É O PAI DA MENTIRA) , IRÁ DEMONSTRAR A FORÇA QUE EXISTE EM NOSSA CATEGORIA . O PIOR JÁ SOFREMOS - CORTE DO SALÁRIO - E NÓS ESTAMOS SOBREVIVENDO PELA GRAÇA DE DEUS - CONTRATAÇÕES DE SUBSTITUTOS - E ESTAMOS FIRMES .... SE VCS ADERIREM A GREVE , O PROBLEMA QUE ENFRENTARÃO SERÁ MUITO MENOR ... PENSEM NISSO E VENHAM PARA ABRAÇARMOS A VITÓRIA JUNTOS . NÃO TENHAM MEDO ... NENHUM DIRETOR PODE MANDÁ-LOS EMBORA , POIS NÃO EXISTE FALTA PARA GREVE . SE VC RESOLVER SOZINHO EM SUA ESCOLA , NÃO ACONTECERÁ NADA COM VC . O MÁXIMO QUE ACONTECERÁ É OBTERMOS O PAGAMENTO DO PISO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL, POIS O GOVERNO SERÁ DESMASCARADO E O NÚMERO QUE SERÁ DEMONSTRADO SOBRE OS PROFESSSORES EM SALA DE AULA SERÁ ASSUSTADORAMENTE MENOR DO QUE ELE DIVULGOU , POIS VC NÃO MAIS ESTARÁ NAS SALAS DE AULA ESPERANDO COM COMODISMO O TÃO ALMEJADO E JUSTO PISO NACIONAL. CREIA NISSO , CREIA EM DEUS , POIS NOSSA LUTA É POR JUSTIÇA ... NADA MAIS DO QUE JUSTIÇA. DIA 31 /08/2011 ÀS 14 H , NOVA ASSEMBLÉIA EM BH E SE DEUS QUISER , NOSSAS ORAÇOES SERÃO MAIS UMA VEZ OUVIDAS E TEREMOS O RESULTADO DO PAGAMENTO DO PISO E PODEREMOS RETORNAR DE CABEÇAS ERGUIDAS PARA NOSSAS SALAS DE AULA , CONVICTOS DO EXERCÍCIO DA CIDADANIA .

    ResponderExcluir
  134. Gente esta é para acabar. A Professora Eleita Diretora da EE Professora Maria Coutinho disse que é melhor fazer greve branca para ver se ela toma posse logo. Ta doida para chegar ao poder em vez de se juntar a nós, pobres professores. Se nem tomou posse tá assim, imagina quando tomar. Fazendo greve branca é feio viu. Engrossa o movimento que é melhor. E para de chamar os colegas.

    ResponderExcluir
  135. Euler,

    Pesquisei a respeito do tempo médio de análise dos embargos declaratórios e encontrei este artigo da CLT (não sei se cabe em nosso caso:


    Art. 897-A Caberão embargos de declaração da sentença ou acórdão, no prazo de cinco dias, devendo seu julgamento ocorrer na primeira audiência ou sessão subseqüente a sua apresentação, registrado na certidão, admitido efeito modificativo da decisão nos casos de omissão e contradição no julgado e manifesto equívoco no exame dos pressupostos extrínsecos do recurso.

    Parágrafo único. Os erros materiais poderão ser corrigidos de ofício ou a requerimento de qualquer das partes.

    ResponderExcluir
  136. Já pensaram amigos?
    Aí Anastasia e o PSDB morrem de enfarto :

    "Projeto dos senadores Cristovam Buarque (PDT-DF) e Pedro Simon (PMDB-RS) que estende ao Piso Salarial Profissional Nacional dos Professores o mesmo reajuste concedido anualmente aos senadores está agendado para exame na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) na próxima terça-feira (30). A relatora, senadora Ana Rita (PT-ES), apresentou substitutivo ao projeto (PLS 325/2010), com solução que considera mais compatível com a capacidade financeira de estados e municípios.

    Pela proposta da relatora, além do reajuste já previsto em lei com base na variação do valor mínimo anual por aluno, investimento a cargo de estados e municípios, o piso dos salários dos professores da rede pública da educação básica deve incorporar um adicional de um quarto do percentual do aumento obtido pelos senadores em 2011, de 61,78%. Esse acréscimo seria mantido até o piso corresponder ao dobro do valor real que tinha em 2009, de R$ 950,00. Sem considerar a inflação, seria elevar o piso até que chegasse a R$ 1.900,00.

    O projeto original associa duas regras: concede aos professores o já previsto percentual de aumento do valor mínimo por aluno, mas prevalecendo, se maior, o reajuste concedido no mesmo período aos senadores.

    Equiparação ao Supremo

    A proposta de Cristovam e Simon surgiu logo após o Congresso aprovar, em dezembro do ano passado, lei que equiparou os salários de senadores, deputados, ministros de estado, vice-presidente e presidente da Republica aos dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

    Os autores justificaram à época que a extensão aos professores seria uma "mínima demonstração de interesse do Senado com a educação e com a própria credibilidade". Destacaram que havia uma desigualdade substancial entre o que se pagava a um parlamentar e aos professores, com consequências consideradas desastrosas para o futuro do país.

    Em seu relatório, Ana Rita afirma que a valorização dos profissionais da educação, principalmente dos professores da educação básica, não somente preocupa como "atormenta a consciência de todos os parlamentares". Considerou ainda que não haverá qualidade na educação enquanto professores, pela baixa remuneração, "forem obrigados a múltiplas jornadas de trabalho e a duplos empregos".

    Mas ressalvou que o projeto, principalmente no que se refere a reajuste imediato de 61,78%, seria de difícil absorção, "de um só golpe", pelos orçamentos estaduais e municipais em 2011. Até porque, conforme sua análise, não seria coerente comparar o volume de despesas exigido por 81 senadores com o montante necessário para o aumento dos salários de até 2 milhões de professores.

    Se aprovado na CE, o projeto seguirá depois para a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde receberá decisão terminativa ."

    http://www.senado.gov.br/noticias/na-pauta-projeto-que-estende-a-professores-mesmo-reajuste-de-senadores.aspx

    ResponderExcluir
  137. João Paulo Ferreira de Assis30 de agosto de 2011 01:34

    Prezado amigo e companheiro de luta Professor Euler

    Que má notícia. Talvez nós tenhamos de renunciar mesmo ao que o Estado nos ficou devendo entre janeiro de 2010 e abril de 2011. Principalmente se os pedidos do Ceará e Santa Catarina forem considerados procedentes. Se pensarmos que por muito pouco nós não perdemos essa votação, ficando em 5 a 5, quando para criar vínculo deveria ter seis votos a favor, veremos que o STF não é lá muito confiável. Agora com essa do Rio Grande do Sul (mas eles não haviam se retirado?) fica pior ainda. Talvez nós tenhamos de encerrar a greve aceitando o pagamento escalonado, coisa que nós não queríamos. Em todo o caso ainda é melhor do que o subsídio melhorado.
    O Brasil infelizmente está cheio de reaças. Nós temos que matar um leão a cada dia.
    Fique certo de uma coisa, companheiro Euler, esta do Ceará e de Santa Catarina deve ter tido o dedo do Aécio ou até do mesmo do Márcio Lacerda que é correligionário político do Cid Gomes.
    Veja você, nós professores é que somos desunidos. As elites são unidas. Quem assiste a TV Panorama de Juiz de Fora, cansa de ver as alfinetadas que os grandes supermercados daquela cidade trocam entre si nos comerciais: Bahamas, Bretas, e o Sales, este último de Barbacena. Só que POR BAIXO DO PANO FAZEM NEGÓCIOS MILIONÁRIOS. O Bretas alugou para o Sales o seu prédio no Largo Marechal Deodoro, próximo à Policlínica Maternidade, em Barbacena. O Sales alugou para o Bretas em Varginha, um outro prédio. Os contratos estão quase vencendo. E dois novos hipermercados serão construídos em Barbacena, o do Bretas e o do Sales. Já existe o do Bahamas, perto da Estação Ferroviária.
    Eles são unidos e coesos. Nós somos divididos. Por isso que a gente não vence as guerras. Vencemos alguma batalha de Caporetto e depois sofremos o efeito Vittorio Veneto. (Batalhas da 1ª guerra mundial: a primeira vencida pelos austríacos e a 2ª pelos italianos, que ficaram com o Tirol sul e o Trentino). Fiz este esclarecimento para os leitores não versados em História.
    Devemos tirar lições desta nossa desunião.

    Saudações, ATÉ A VITÓRIA!!!!
    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  138. Ao anônimo das 22:44
    Meus PÊSAMES!!!
    Quem mandou vocês serem um bando de IDIOTAS...
    MERECIDO!

    ResponderExcluir
  139. Código de Processo Civil

    Art. 537. O juiz julgará os embargos em 5 (cinco) dias; nos tribunais, o relator apresentará os embargos em mesa na sessão subseqüente, proferindo voto.

    O prazo não é longo, e se mantiver a lógica e o bom senso que teve ao julgar o mérito, o digníssimo ministro Joaquim Barbosa, não decepcionará a classe dos profissionais em educação ao julgar os embargos apresentados.
    Lembrem-se da famosa frase por ele proferida na ocasião:"... não me sensibilisa de maneira alguma argumentos de ordem financeira, visto que tiveram tempo para se adequar à lei...."

    Um grande abraço à todos

    ResponderExcluir
  140. Turma de combate, membros do NDG,

    Já disseram aqui no blog, não me lembro quem, nem quando, que estamos pouco assistidos por uma orientação jurídica adequada. Em toda nossa greve, nem um parecer jurídico foi dado, a nos orientar sobre as questões em debate.

    Claro que a nossa luta será decidida principalmente através da pressão direta, da nossa greve, que representa a nossa força organizada e capaz de pressionar o governo a fazer concessões e a cumprir a lei.

    Mas, um bom departamento jurídico faz falta ao sindicato. Não estou questionando a competência dos advogados do sindicato. Mas, vejo que a demanda do sindicato é muito grande e durante a greve seria necessário um reforço com a contratação temporária de juristas que pudessem acompanhar a nossa luta.

    Nem precisaria se restringir ao nosso sindicato, já que a luta pelo piso é nacional. Se aquela entidade que diz nos representar tivesse um compromisso mais sério com a implementação do piso ofereceria este acompanhamento, estabelecendo inclusive uma articulação nacional para esta assistência.

    Mas, a referida entidade e a central que o sind-UTE faz propaganda pra baixo e pra cima são muito bons para aparecerem em carros de som. Não sei sequer se entraram com grana para manter a nossa greve - espero que pelo menos isso, já que a propaganda que o sindicato faz dessas entidades é algo desproporcional à ajuda que eles prestam à nossa luta.

    E por falar em questões jurídicas, encontrei este texto, que fala sobre a eficácia de uma decisão judicial do STF antes mesmo do chamado trânsito em julgado. Vejam o texto a seguir:

    (continua...)

    ResponderExcluir
  141. (...continuação)

    "STF entende que decisão em ADI vale antes do trânsito em julgado

    De: STF - 23/06/2004 17h27 (original)

    O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (23/6), por maioria, que não é necessário aguardar o trânsito em julgado de acórdão de Ação Direta de Inconstitucionalidade para que a decisão comece a produzir efeitos. O entendimento foi resultado do julgamento de Reclamação (Rcl 2576),com relatoria da ministra Ellen Gracie​.

    Na ação, o Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita de Santa Catarina buscava garantir a autoridade de decisão do STF na decisão de mérito na Ação Direta de Inconstitucionalidade 2335, que declarou constitucional a Lei Complementar 189/00, de Santa Catarina. A referida lei dispõe sobre o pagamento de diárias aos Auditores Fiscais.

    O sindicato esclarece que o STF, embora tivesse concedido em 2000 liminar suspendendo os efeitos da lei estadual, na apreciação do mérito, em junho de 2003, julgou a ADI improcedente.

    Contra esse acórdão foram interpostos dois Embargos de Declaração. Um do Partido Popular Socialista (PPS) e outro da Procuradoria Geral da República.

    A Gerência de Recursos Humanos da Secretaria da Fazenda de Santa Catarina, ao receber a notícia da interposição dos Embargos de Declaração, determinou, por comunicação interna, a suspensão do cumprimento do acórdão do Supremo. Em conseqüência, deixaram de ser pagas as diárias dos auditores fiscais da Secretaria da Fazenda com base na Lei Complementar, pois a questão voltou a ser regidas pela lei que fora revogada.

    O sindicato alegou que essa decisão administrativa, da qual resultou a redução das diárias de seus filiados, configura descumprimento ao julgado do STF. A Secretaria de Fazenda afirmou que o acórdão do STF não transitou em julgado e assim não poderia ser cumprido.

    Ao votar, a ministra Ellen Gracie disse entender ser desnecessário o trânsito em julgado para que a decisão proferida no julgamento do mérito seja cumprida.

    Primeiro, porque ao julgar improcedente a ADI 2335, a Corte revogou a decisão proferida em sede de medida cautelar. Segundo, pela própria presunção de constitucionalidade que goza a Lei. "Se ainda não julgada inconstitucional, a Lei conseqüentemente é considerada constitucional e, assim, deve ser cumprida", afirmou.

    Ainda segundo a ministra, a interposição de Embargos de Declaração, cuja conseqüência fundamental é a interrupção do prazo para outros recursos, não impede a implementação da decisão. "Nosso sistema processual permite o cumprimento de decisões judiciais em razão do poder geral de cautela sem que tenha ocorrido o trânsito em julgado ou o julgamento final da questão".

    Assim, a Reclamação foi julgada procedente para que a Secretaria de Fazenda de Santa Catarina proceda ao pagamento das diárias, na forma prevista pela Lei Complementar 189/00, sem prejuízo de que posteriormente, se houver a reforma do julgamento nos Embargos de Declaração, se faça o estorno dos valores."

    Fonte: http://direito2.com/stf/2004/jun/23/stf_entende_que_decisao_em_adi_vale_antes_do_transito_em_julgado

    ResponderExcluir
  142. Embargo declaratório, não muda em nada mais a lei e ainda protelando eles só vão pagar as multas previstas, no máximo em 15 dias sai o resultado para quem protelou e com isso Minas não fica desobrigada a pagar o piso. Leiam o Acórdão,está tudo já previsto lá. A gente não teme nada. Ainda hoje um formando em Direito mandou no meu orkut: O HOMEM DA CAPA PRETA(JUÍZ) BATEU O MARTELO AGORA VOCÊ VENCEU. O GOVERNO TEM QUE TE PAGAR.

    ResponderExcluir
  143. Caros companheiros
    - NDG -
    A nossa voz é a voz de DEUS.

    "A greve, no fundo,
    é a linguagem dos que
    não são ouvidos." (Martin Luther King)

    Em países democráticos como o Brasil, ainda tem pessoas que acham que são os "donos" dos meios de comunicação, "donos" da verdade, "donos" das justiça, "donos" do ESTADO. Onde está a liberdade de expressão? E a liberdade de imprensa?! Por onde andarás Sra. Democracia e Sra. Justiça ? Acredito que em outros morros, não em Minas.

    Aos JORNALISTAS com carinho: psiuuuuu! Vocês estão proibidos de falar, de perguntar, silêncio o Governador Antônio Anastasia (PSDB) vai falar.
    E ele tá com guarda costas: AS SECRETÁRIAS II.
    ABRAÇO

    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  144. Anônino de 22:44, espere a nossa greve terminar e comece a de vocês... rsrsrsrsrsrrs. Ou vá e mande todos se unirem a nós aí,quem sabe, o governador ao ver todas as escolas fechadas se sinta sozinho e ACORDE para o fato que LEI É PARA CUMPRIR e volte a legalidade.

    ResponderExcluir
  145. Anônimo de 22:53, famigerada é a sua progenitora, que no seu caso, jogou o feto fora e criou a placenta. Sem cultura. Cresça, estude e apareça para um debate.
    "Os cães ladram e a caravana passa..." Aposto que a sua situação é muito pior que a nossa, aja visto que podemos trabalhar em várias áreas, enquanto você com essa mágoa toda deve estar é morrendo de inveja. Tem gentinha que tem inveja até por ser tão minúsculo que não pode nem se dar ao luxo de ser PROFESSOR, quanto mais ser PROFESSOR GREVISTA, pois entrou por debaixo dos panos, pela porta dos fundos e tem medo, porque se perder o emprego não achará outro jamais.
    Abra um pouco a sua mente... leia e reflita:
    Os cães ladram e a caravana passa … Um sábio ditado árabe, diz que não importa o latido dos cães, não importa o barulho que façam, a caravana segue o seu caminho, apesar deles… existe uma estrela a ser seguida, um pensamento a ser preservado, e nada vai impedir que a caravana siga o seu rumo… mesmo que pare por alguns momentos, mesmo que alguns cães se julguem alimentados pegando os restos que caíram durante a passagem, a caravana segue o seu rumo, mais fortalecida, mais coesa, deixando cada vez mais longe o barulho dos cães esfomeados. Uma caravana é feita de gestos, de sonhos, de atitudes, de longas vivências, de cumplicidades, de sentimentos fortes, de amizade, de amor e de desejos. Ela segue o seu caminho, totalmente indiferente ao ganido de cães enlouquecidos, atrás de alguma cadela no cio …
    Assim somos nós, o NDG comandada pelo Excelentíssimo Professor Euler.

    ResponderExcluir
  146. Em tempo: NDG* = NÚCLEO DURO DE GREVE - PRESENTE!

    ResponderExcluir
  147. Cadê o jurídico do sindicato? Temos a sensação de estarmos abandonados? Somos unidos e fortes mas precisamos da certeza que nossos interlocutores(sindicato)estão agindo.
    Por que o sindicato não comunica o que está fazendo? Esta espera é terrível e em algumas escolas só conseguimos manter a greve quando temos notícias concretas para dar.

    ResponderExcluir
  148. André Augusto /BH30 de agosto de 2011 06:48

    André Augusto/ BH
    Sem esforço de nossa parte,
    jamais atingiremos o alto da
    montanha. Não desanime no
    meio da estrada: siga à frente,
    porque os horizontes se
    tornarão amplos e maravilhosos
    à medida que for subindo. Mas
    não se iluda, pois só atingirá
    o cimo da montanha se
    estiver decidido a enfrentar
    o esforço da caminhada.
    Nao existe conquista sem sacrificio. É meramente claro,que não precisamos ser chicoteados, pendurados e até pregados na cruz.

    Mas com o exemplo do filho único de DEUS, temos que nos sacrificar por aquilo que desejamos. Quando se pronuncia a palavra ”sacrifício“, fala-se concretamente de que todo sacrfício exije dor e renúncia.

    Na ótica filosófica não existe nenhuma conquista sem “sacrifício”. Por isso se você deseja alguma coisa na
    sua vida deve sacrificar-se,pôs, se assim não for, nada concretizarás na sua vida.

    Poeta Sabio

    Faço parte do NDG, abraços companheiros de luta juntos venceremos.

    ResponderExcluir
  149. Bom dia a todos meus colegas de ensino e de luta. Bom dia Euler!!!
    Agora posso participar diretamente do seu blog, a escola que trabalho, E.E Armenio Veloso em Montes Claros finalmente entrou em greve. Me sentia envegonhada em estar obtendo informações de quem está dando a cara a tapa, de quem está lutando por mim e eu passivamente assistindo a tudo. Desejo a todos nós força que esse é o nosso momento, o momento crucial.
    E fico feliz, pois a cada golpe baixo dado por esse governo, mais forte ficamos.
    Abraços a todos.
    Chris.

    ResponderExcluir
  150. Ao anônimo das 22:44,

    Começem aderindo à greve. É muita cara de pau pedir ajuda ao NDG, estando furando greve. Corram atrás dos seus direitos junto com a categoria. Caso contário, amarguem no subsidio até a próxima oportunidade de mudanças, se houver ...

    ResponderExcluir
  151. VENCER OS PROFESSORES?
    QUAL O LUCRO POLÍTICO?
    - UMA CATEGORIA MAGOADA E REVOLTADA.

    UMA MARCA PARA SEMPRE NO CURRÍCULO DESTES POLÍTICOS.

    POR ISTO:

    VAMOS FAZER O BRASIL NOS OUVIR.

    AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ATENÇÃO Sind UTE,

    DIA 07/09/11
    "GRITO DOS EXCLUÍDOS"
    EM CONGONHAS MG - 70KM DE BH.

    VAMOS ORGANIZAR CARAVANAS E GRITAR PARA O BRASIL INTEIRO NOS OUVIR.

    ResponderExcluir
  152. VAMOS APRESENTAR A NOSSA PROPOSTA:

    - CUMPRIMENTO DA LEI DO PISO NACIONAL.

    VAMOS OUVIR A PROPOSTA DO GOVERNO.

    VAMOS GANHAR PRAZO ATÉ 01/09/11 PARA TER TEMPO DE APRESENTA´-LA EM NOSSA ASSEMBLEIA.

    VAMOS APRESENTAR TAMBÉM UMA CONTRA PROPOSTA NA ASSEMBLÉIA E LEVÁ-LA AO GOVERNO.

    VAMOS JOGANDO COM ELES, MAS SEM NUNCA DEIXAR DE TOMAR TODAS AS PROVIDÊNCIAS NECESSÁRIAS.

    ResponderExcluir
  153. ATENÇÃO Sind UTE,

    GRITO DOS EXCUÌDOS,
    DIA 07/09/11
    EM CONGONHAS MG - 70KM DE BH,

    VAMOS FAZER UMA GRANDE CARAVANA,
    AFINAL NOS TORNAMOS UM MOVIMENTO SOCIAL COM REPERCUSSÕES EM TODO O BRASIL, PARA A VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS EM EDUCAÇÃO.

    VAMOS GRITAR E FAZER O BRASIL NOS OUVIR.

    AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  154. Beatriz,

    Envie o dossiê da "A REALIDADE DA EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS", para todas as entidades representativas e com interesse no assunto.

    Este dossiê é uma ferramenta para fazer que o Brasil nos ouça.

    ResponderExcluir
  155. Olá companheiros do NDG, olá Euler...
    Você ouviu a fala do nosso desgovernador quando ele agradecia aos professores que estão em sala de aula? Vocês estão entendendo porque me chateia os professores tampões, os que optaram pelo subsídio e os que apesar de terem optado pela remuneração antiga se acorvadaram e estão na sala trabalhando.Esse é o preço de carregar esses imbecis nas costas. E para completar tenho uma colega que está trabalhando que questionou:SE SOU A FAVOR DO SUBSÍDIO PORQUE NELE EU ESTOU GANHANDO MUITO MAIS PORQUE HAVERIA DE FAZER GREVE?EXISTE PERGUNTA MAIS IDIOTA E SEM FUNDAMENTAÇÃO.Me deu vontade de falar cala a boca magda.
    Gilvânia, indignada.

    ResponderExcluir
  156. Bom dia companheiros de luta!

    É muita cara de pau deste senadorzinho de meia tigela. Leia o que ele disse a respeito do motivo do não pagamento do nosso Piso. Está no jornal O Tempo.

    Farrapo. Ontem, o senador Aécio Neves (PSDB) disse que o salário pago aos professores em Minas "não é o ideal". Aécio responsabilizou o governo federal, que, segundo ele, não transfere receitas suficientes para Estados e municípios. "Nós só vamos remunerar melhor no momento em que o Estado se fortaleça ainda mais, buscando arrecadar mais e nós saiamos desse farrapo de federação que existe hoje no Brasil". (JS com Cristiano Martins)

    ResponderExcluir
  157. PESSOAL DO NDG,

    O GOVERNO DISSE ONTEM QUE SOMOS MUITO POUCOS PROFESSORES EM GREVE.

    PRECISAMOS AUMENTAR ESTE NÚMERO DE GREVISTAS.
    PRECISAMOS TAMBÉM ANIMAR O PESSOAL QUE JÁ ESTÃO NA GREVE.

    VAMOS FAZER O BRASIL NOS OUVIR.

    AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  158. Estado x sindicato
    Subsídio. O Estado alega que o subsídio, modelo de remuneração que incorpora benefícios e gratificações, é constitucional porque chega a um valor único de, no mínimo, R$ 1.122 para 24 horas semanais, maior do que o piso nacional.


    Reajuste. O governador afirmou que, inicialmente, a reivindicação do sindicato era de um reajuste de 300%, isso porque o que a categoria queria era que o piso salarial passasse de R$ 369 para R$ 1.597 (piso definido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação). O sindicato anunciou, no último dia 16, que negocia o vencimento básico de R$ 1.187,97.

    Assembleia. O sindicato afirma que vai manter a greve até que o Estado pague o piso de R$ 1.187,97 estabelecido pelo MEC, sem incorporação dos benefícios. A próxima assembleia será amanhã.


    Adesão 1. Segundo balanço informado
    ontem pela Secretaria de Estado da Educação (SEE),
    o número de escolas totalmente paradas subiu
    de 57 para 61. Já o de instituições parcialmente afetadas caiu de 771 para 738.

    Adesão 2. O Sind-UTE
    diz que metade dos professores aderiu à greve e 794 escolas estão totalmente paradas.

    Greve até o Piso!

    Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  159. FORÇA, CORAGEM. RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    ResponderExcluir
  160. Bom dia Euler! Mais uma reportagem imparcial do jornal o tempo. E o mais interessante é a fala do Aécio Néves que diz : "não é o ideal" o salário pago para os professores. Até o Aécio confessa.

    O link é esse :

    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=180885,OTE&IdCanal=

    Deixem seu comentário lá. Professor Luciano

    ResponderExcluir
  161. Algum contato do Governo ou do Ministério Público com o nosso sindicato, após o pronunciamento do Governador?

    ResponderExcluir
  162. O impasse sobre o pagamento do piso nacional de R$ 1.187,97 aos professores da rede estadual tem provocado uma enxurrada de ações na Justiça contra o governo de Minas. Balanço do Tribunal de Justiça do Estado indica que desde o último dia 4 de julho, quando os primeiros processos foram protocolados, pelo menos 5.000 ações começaram a tramitar nas sete varas de Fazenda do Fórum Lafayette.


    A média diária de contestações, segundo a assessoria do fórum, varia entre cem e 150 processos, a maioria com assistência jurídica do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE). Definido pela Lei 11.738, de julho de 2008, o piso nacional para jornada de até 40 horas semanais foi reconhecido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) como a base de remuneração para profissionais de nível médio. Na decisão, que vale para todo país, os ministros do Supremo julgaram improcedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) impetrada pelos governos do Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Paraná e Ceará.


    A professora Leyla Alves Lima, 43, é uma das profissionais que procuraram a Justiça contra o governo. "Espero que o resultado saia logo e mostre que a Justiça de Minas cumpre a lei e não seja amordaçada pelo Estado", disse.


    No Tribunal de Justiça, ninguém foi indicado para comentar a avalanche de ações, mas, segundo um servidor do órgão, os processos têm "congestionado" o fórum. A assessoria de imprensa do fórum confirmou que as ações aumentaram bastante o volume de trabalho do órgão, mas ainda não chegaram às mãos dos juízes. Até ontem, o Estado ainda não havia sido notificado em nenhuma das ações.

    Pronunciamento. Pela primeira vez desde que os professores entraram em greve, em 8 de junho, o governador Antonio Anastasia fez seu primeiro pronunciamento oficial sobre a paralisação. Anastasia repassou ao Ministério Público Estadual (MPE) a tarefa de tentar entrar em acordo com a categoria. A negociação, segundo o governador, deve ser de "boa fé". A assessoria de imprensa do MPE confirmou um encontro, às 11h de hoje, com membros do Sind-UTE. O Estado, de acordo com o órgão, não terá representante no encontro e deverá ser convocado separadamente.


    Nos menos de dez minutos em que falou aos jornalistas, acompanhado das secretárias de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, e de Planejamento, Renata Vilhena, Antonio Anastasia afirmou que o Estado deve cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, que limita em 46,55% os gastos do Estado com pagamento de servidores. "A nova norma de remuneração, o subsídio, determinou o valor de R$ 1.122 para 24 horas semanais, 57% a mais do que estabelece o piso salarial federal, que é de R$ 1.187 para 40 horas semanais". No pronunciamento não foi aberto espaço para as perguntas dos jornalistas.

    Fonte: Jornal O tempo on line

    ResponderExcluir
  163. Minas Gerais decanta em alto e bom som que é o estado que mais cresce no país, que está bem econômicamente e agora vem falar que não tem dinheiro? Então o governo mente em um dos dois pontos, ou faz propaganda enganosa sobre o crescimento de Minas ou mente que não tem dinheiro para cumprir uma lei federal. Sendo uma lei federal ele tem que cumprir independente se tem ou não dinheiro, basta ele exonerar a folha de pagamento que poderá encontrar meios de pagar aos pobres professores o tão sonhado Piso Salarial.

    ResponderExcluir
  164. ATENÇÃO COLEGAS DE IPATINGA E REGIÃO

    Ato Público em favor do Piso Salarial da Educação

    e pela qualidade da Educação Pública

    Data: 30/8 (terça-feira), às 14 horas,

    Local: Praça Louis Ensch, em Cel. Fabriciano (frente à Prefeitura).

    Vamos denunciar à sociedade mineira que Minas paga Piso Salarial de 369,00 ao educador.

    Nossa luta é pelo Piso! E quem luta, além de educar, conquista!

    Participe! Demonstre sua indignação!


    Haverá ônibus saindo da Subsede de Ipatinga, às 13h15. Ligue ou envie email. 38222640 -

    Tirem o pijama e venham para luta!

    Maria Helena - Ipatinga

    ResponderExcluir
  165. AMANHÃ DIA 31/08 VAMOS APROVAR UMA CONTRA PROPOSTA AO GOVERNO E MANTER A GREVE.

    VENCER OS PROFESSORES?
    QUAL O LUCRO POLÍTICO DISTO?

    - UMA MARCA PARA SEMPRE NO CURRÍCULO DESTES POLÍTICOS.

    POR ISTO:

    VAMOS FAZER O BRASIL NOS OUVIR.

    AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  166. Reportagem ridícula no sitio do portal UAI do Estado de Minas. Deixem seus comentários de repúdio nesse sitio.

    A manchete é :

    "Confira como será o reforço pela TV aos alunos prejudicadas pela greve"

    Vai o link:
    http://www.em.com.br/app/noticia/especiais/educacao/2011/08/30/internas_educacao,247783/confira-como-sera-o-reforco-pela-tv-aos-alunos-prejudicadas-pela-greve.shtml

    ResponderExcluir
  167. Faço minhas as palavras do anônimo das 7:15 ao anônimo das 22:44 e a todos aqueles que se acovardaram até agora, e não assumiram seu papel de verdadeiros educadores.

    Maria Helena - Ipatinga

    ResponderExcluir
  168. ESTE GOVERNO NÃO TEM COMPROMISSO NENHUM COM A EDUCAÇÃO.

    CONVERSARAM COM O SINDICATO NO DIA 16/08, E SÓ ONTEM 28/08, HOUVE ESTE PRONUNCIAMENTO FRIO, DESQUALIFICANDO O NOSSO MOVIMENTO E NÃO MOSTRANDO NENHUM INTERESSE EM RESOLVER A SITUAÇÃO.
    ESTE É O GOVERNO AÉCIO/ANASTASIA QUE PRECISAMOS MOSTRAR PARA TODO O BRASIL.

    ESTAMOS FIRMES E LUTAMOS POR UMA CAUSA JUSTA.

    ResponderExcluir
  169. Camisa de força para o governador de Minas....IMPEACHEMENT JÁ!!!!!

    ResponderExcluir
  170. O NOSSO MOVIMENTO CRESCE, ESTAMOS RECEBENDO MUITAS ADESÕES NAS ÚLTIMA HORAS.

    VENHAM TODOS, ESTAMOS LUTANDO POR TODA A CATEGORIA.

    VAMOS FAZER O BRASIL NOS OUVIR.

    AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  171. Só para animar os colegas a se manterem firmes na luta, rsrs:

    - em setembro temos direito ao pagamento do mês de julho, que como sabemos teve duas semanas de recesso, além dos sábados e domingos.

    - em outubro temos os sábados e domingos referentes ao mês de agosto e o bônus a que alguns chamam de décimo quarto salário.

    - para quem aderiu à greve até o dia 20 de agosto, os descontos só começarão em outubro, assim mesmo respeitando-se os sábados e domingos e a gratificação mencionada;

    - ou seja: o NDG tem muito combustível ainda para queimar, rsrs.

    - para quem entrou em greve após o dia 20 de agosto, só em novembro que o governo poderá aplicar os cortes.

    Claro que até lá já teremos negociado a reposição com pagamento antecipado do corte - se o governo quiser que haja reposição.

    Daqui a pouco vou postar outro texto apresentando o que seria um esboço de proposta para negociação, com base na lei do piso e outros pontos. Claro que é uma proposta para análise e crítica dos colegas do NDG.

    Um forte abraço e até daqui a pouco!

    ResponderExcluir
  172. Sei que a hora não é apropriada para tratar desse assunto, mas vejam o que acontece na educação de Minas. Manchete minha: “Governo paga cursinho para alunos de escola particular” Visitando um primo meu “que estuda numa das melhores escolas da cidade” encontrei-o fazendo cursinho à noite numa escola estadual perto de sua casa. Vocês devem saber, o tal de “Aprofundamento de Estudos” para alunos do 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio. Ele tem apostilas xerocadas e encadernadas de Física, Português, Matemática, etc e ainda merenda na escola(a escola recebe verbas para esses alunos). Aprofundando nas pesquisas, soube que o 1º critério de vagas é para os alunos da própria escola ( muitos fazem um “biquinho” durante o dia, não têm dinheiro para pagar a passagem para retornar à escola à noite, etc) e como não completou o número desejado, abriu o 2º critério: alunos da “comunidade”. Lotou a escola rapidamente (alunos e ex-alunos de escolas particulares, conhecidos dele, e até pessoas mais velhas, estudando para concurso) .Coitados dos alunos de escola pública ao competirem por uma vaga nas universidades e coitados de vocês professores, a “água” escoa por um ralo ENORME. Assinado:um ex-professor que abriu os olhos a tempo. Torço por vocês.

    ResponderExcluir
  173. VENCER OS PROFESSORES?
    QUAL O LUCRO POLÍTICO?
    - UMA CATEGORIA MAGOADA E REVOLTADA.

    UMA MARCA PARA SEMPRE NO CURRÍCULO DESTES POLÍTICOS.

    POR ISTO:

    VAMOS FAZER O BRASIL NOS OUVIR.

    AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ATENÇÃO Sind UTE,

    DIA 07/09/11
    "GRITO DOS EXCLUÍDOS"
    EM CONGONHAS MG - 70KM DE BH.

    VAMOS ORGANIZAR CARAVANAS E GRITAR PARA O BRASIL INTEIRO NOS OUVIR.

    ResponderExcluir
  174. VAMOS PEDIR PARA QUE O SENADOR CRISTOVAM BUARQUE, SEJA A NOSSA VOZ NO SENADO.

    cristovam@senador.gov.br

    ResponderExcluir
  175. CHARLOTTE SAMPAIO STRIKES AGAIN:

    Só para animar os colegas a se manterem firmes na luta, rsrs:

    - ou seja: o NDG tem muito combustível ainda para queimar, rsrs.

    Claro que até lá já teremos negociado a reposição com pagamento antecipado do corte - se o governo quiser que haja reposição.


    *** Tudo que quero é que o NÚCLEO DURO fique cada vez mais duro porque ele é a VANGUARDA do movimento!!!

    *** Tudo que mais acredito é que depois desse movimento(se vitorioso ele for) na maioria das escolas haverá um núcleo duro de professores e que de uma vez por todas os colegas terão entendido que nosso trabalho vai além de ministar aula de qualidade. ENSINO PÚBLICO DE QUALIDADE PARA TODOS E EM TODOS OS NÍVEIS.

    #### QUE O NÚCLEO DURO NÃO AMOLEÇA NESSA RETA FINAL!!! ###

    ABRAÇOS DESSA DONDOCA GUERRILHEIRA!!!rsrsrs

    ResponderExcluir
  176. O SINDICATO FOI CONVOCADO PARA UMA REUNIÃO COM O MINISTÉRIO PÚBLICO HOJE 30/08 ÀS 11 HS, SEM A PRESENÇA DO GOVERNO.

    UMA BOA HORA PARA EXPORMOS TODAS AS VERDADES E INDAGAR AO MP SOBRE A LEGITIMIDADE DA LEI DO PISO NACIONAL.

    ResponderExcluir
  177. BOM E GRANDE DIA

    Amanhã estarei aí, com vocês pela primeira vez, lutando pela nossa causa. A nossa escola parou semana passada e arregaçamos as mangas. Gostei da ideia de ir a Congonhas no grito dos excluídos, vai ser muito bom, pois temos outras pessoas que lutam pelos seus direitos. Este blog me mostrou, me abriu os olhos para a realidade. Depois de 25 anos de serviços, muitas injustiças, já era hora (antes tarde do que nunca)de "sair do armário"!!!!!!!!!!!!
    Que Deus nos abençoe e coloque um pouco de juízo, se é possível, na cabeça deste "governador".
    Abraços

    ResponderExcluir
  178. Nova notícia no jornal "O Tempo"

    ResponderExcluir
  179. Aulas pela TV Minas??? Moro em Curvelo e nem aqui nem na região existe essa tal de TV Minas...

    Em que país esse governo pensa que vive?

    Quanto à aulas Online, piorou!!!

    CALA BOCA GOVERNADOR!!!

    ResponderExcluir
  180. GRAÇA:
    Bom dia Prof Euler,

    Voce notou isso?
    "Anastasia repassou ao Ministério Público Estadual (MPE) a tarefa de tentar entrar em acordo com a categoria. A negociação, segundo o governador, deve ser de "boa fé". A assessoria de imprensa do MPE confirmou um encontro, às 11h de hoje, com membros do Sind-UTE. O Estado, de acordo com o órgão, não terá representante no encontro e deverá ser convocado separadamente.

    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=180885,OTE&IdCanal=

    COMO CHEGAR A UM ACORDO SE AS PARTES NÃO SE REUNEM??? POR QUE SERÁ????

    ResponderExcluir
  181. Anônimo de 22:40

    Sugiro aos que não voltaram para a carreira antiga e agora estão chorando, ligarem para
    APPMG Tel: 3273 1126. Eles defenderam os seus direitos....

    ResponderExcluir
  182. A reunião hoje, às 11h, entre o sindicato e o MP pode ser o primeiro passo para avançar nas negociações.

    O MP deve estar colhendo informações do sindicato para conhecer aqueles pontos inegociáveis, talvez com o intuito de preparar uma próxima reunião com o governo já com os elementos principais bem adiantados.

    A reunião com o governo tem que ser com proposta de piso. O tempo de discussão de subsídio já acabou.

    Acompanhemos o desenrolar dessas negociações...

    ResponderExcluir
  183. CHARLOTTE ASKS A QUESTION

    *** Toda greve logo é julgada ilegal... pq essa não foi até agora?

    ResponderExcluir
  184. CHARLOTTE SAMPAIO SOCCER TEAM

    Se fosse um time de futebol... o Ministério Público e o Judiciário formam a defesa do Governo.
    A imprensa mineira seria o meio de campo!!!
    Jogo duro para os professores!!!

    ResponderExcluir
  185. GOSTEI DA IDEIA, No dia 31/08, todos de camisa preta em sinal de luto pela educação.

    ResponderExcluir
  186. CHARLOTTE SAMPAIO NÃO CONVERSA COM GNOMOS:

    >>> A reunião hoje, às 11h, entre o sindicato e o MP pode ser o primeiro passo para avançar nas negociações. >>>
    ........Acreditar nisso é o mesmo que CONVERSAR COM DUENDES, FADAS, SALAMANDRAS E SÍLFIDES......

    >>>>> O QUE O GOVERNO TÁ QUERENDO DIZER É QUE NÃO PAGA O PISO em hipótese alguma >>>>>>>>>

    no mais... quem tem olhos pra ver, que veja; quem tem ouvidos pra ouvir, que ouça!!!

    ResponderExcluir
  187. Euler, por fineza, se possível,
    coloque a informação referente ao "salário"
    na parte do post, seguido do texto. o q acha?
    Bom dia!

    ResponderExcluir
  188. Bom dia a todos

    NDG Terça-feira 30 de agosto, no LEIA
    Contagem regressiva . . .


    "A greve, no fundo,
    é a linguagem dos que
    não são ouvidos." (Martin Luther King)

    COMUNICADO IMPORTANTE
    NDG Hoje 30 de agosto 07:02 h no NOTICIÁRIO da Rádio Itatiaia


    "Ministério Público apoia governo mineiro para pedir complemento ao governo federal, para pagar um salário melhor aos professores, como determina a LEI FEDERAL 11738/08 Piso Salarial dos Profissionais do Magistério R$ 1187 por 24 horas semanais. Quem garante é o chefe da Procuradoria Geral do estado Alceu Torres, e faz grande reunião para saber o que os promotores podem e devem fazer com o movimento grevista dos professores, representantes da categoria dos professores e do governo acontece hoje dia 30 de agosto, que atenda aos interesses dos professores e das crianças que estão sem aula."


    Juntos venceremos, a cada dia uma nova vitória !

    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  189. sim euler concordo com voce , porem ficou faltando a posse de imediato dos diretores indicados pela comunidade escolar, pois tem escolas que estao um caos

    ResponderExcluir
  190. Bom dia a todos e todas
    Está no jornal O Tempo que o Ministério Público chamou o Sindicato para um encontro:
    "A assessoria de imprensa do MPE confirmou um encontro, às 11h de hoje, com membros do Sind-UTE. O Estado, de acordo com o órgão, não terá representante no encontro e deverá ser convocado separadamente."
    fonte:
    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=180885,OTE&IdCanal=

    ResponderExcluir
  191. URGENTE
    URGENTE
    Parece que o MP finalmente chamou o Sindicato para conversar. Mas, segundo o Jornal O TEmpo, o encontro será somente com o sindicato e com o governo em outro momento.
    Teria que ser uma reunião com sindicato e governo para sair deste impasse e cobrar que o governo cumpra a lei.

    ResponderExcluir
  192. Pessoas queridas,
    Às 11 horas, vamos começar a nossa corrente de palavras e pensamentos positivos. Repitamos, como um mantra: somos vencedores. Somos vencedores. Somos vencedores. Que nossos lábios não pronuniciem palavras degradantes e nossas mentes não se deixem tomar por pensamentos que não sejam elevados à suprema graça de Deus. Visualizemos nosso contracheque já com o piso e todas as vantagens a que temos direito. Quem souber rezar, que reze. Quem souber orar, que ore. Estou contritamente ligada na força espiritual das almas benditas, que não nos desampararão. Eu, parcticularmente, às 11 horas, acenderei uma vela. Conversarei com Nossa Senhora de Fátima, minha Santinha de devoção. Não importa a sua religião, peça a proteção!!!
    Ps.: Pelo amor de Deus, não pronuniciem nomes daquelas pessoas, que já carregam carga negativa. Se puderem, não façam nenhuma postagem que sugira dúvida ou derrota.
    Creiam: a palavra tem poder. O pensamento é poderoso. A fé remove montanhas.
    Entrarei em comunhão com as forças poderosas do Universo, a partir de agora.
    Eu quero!
    Eu posso!
    Eu consigo!!!
    Beijos a todos.

    ResponderExcluir
  193. Nós que estamos nesse movimento, seja desde dia 08 de junho ou que acabou de aderir nos últimos segundo tem a OBRIGAÇÃO MORAL de mostrar a esse ditador que uma classe unida tem SANGUE NA VEIA.
    Não me refiro àqueles que estão em sala ou fazem greve branca. Esses já estão marcados para sempre, caso não venham para o movimento. Serão lembrado como aqueles que trabalharam á favor do ditador.
    Trabalham tanto a favor que mereceram UM AGRADECIMENTO ANUNCIADO NA GLOBO. (urgh)
    Apesar desses traidores da classe, vamos que vamos. Uns limpando as feridas uns dos outros.
    Estamos sem dinheiro, quase mendigando, sem exagero. Pois todos sabem bem o minguado que recebemos e q agora deixamos de receber.
    Mesmo com seu apoio ao DITADOR, estamos mais unidos do que nunca.
    AMANHÃ É DIA DE COLOCAR ESSE DITADOR NO LIVRO DA HISTÓRIA.
    aecio e anastazia e ainda seus associados(PROFESSORES EM SALA OU GREVE BRANCA)
    TENTARAM DESTRUIR A EDUCAÇÃO PUBLICA EM MINAS GERAIS.
    Isso mesmo, TENTARAM!!!!!!!!!!!!!!!!!
    O NDG não permitirá!
    Abraço e n desanimem jamais.
    QUEM LUTA JÁ É VENCEDOR.

    ResponderExcluir
  194. Apesar de vocês,
    (profs q trabalham normalmente neste momento, profs q fazem greve branca, diretores pelegos, auxiliares de secretaria q nuuuunca se pronunciam, ajudante de serviços que vivem debaixo dos pés dos diretores e ainda assim não vem pra luta)

    APESAR DE TODOS ESSES QUE FICAM TORCENDO CONTRA,
    VENCEREMOS!!
    Na verdade, JÁ VENCEMOS!
    O que vem pela frente é PISO1
    Sem ele não pisamos, não pisamos na escola.
    TENHO DITO!
    ATÉ AMANHÃ PARA ESCREVER MAIS UMA PÁGINA NESSE LIVRO Q COMEÇAMOS A ESCREVER EM 2010.
    ABRAÇO E AQUI DE LONGE ,, MAS JÁ PREPARANDO PARA IR AMANHÃ MOSTRAR A FORÇA DO INTERIOR.
    ABRAÇO

    ResponderExcluir
  195. Como alguém que não entrou nesse movimento pode vir aqui pedir ajuda??
    Não dá pra conceber isso.
    Acho q é piada. Não cairemos em piada nesse BLOG.
    Aqui só tem SERES PENSANTES.
    CRIEM UM BLOG PARA VCS.
    SUGESTÃO PARA UMA CHAMADA:
    AQUI APENAS OS ASSOCIADOS DO anastAZIA/aéCIO/.
    Quem sabe pode até vingar?
    Incentivo porque aqui no BLOGDOEULER só tem mestre em incentivo. Aqui não tem espaço para choradeira não.
    FORA!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  196. Caro anônimo das 11:27,

    Não podemos generalizar, sou ATB e estou no movimento a mais de 30 dias. E sinceramente, não conheço nenhum ATB que esteja torcendo contra, dos que conheço, os que não estão na greve, também voltaram pra carreira antiga. Não concordo com os que estão trabalhando normalmente, mas, daí a dizer que torcem contra é outra coisa.

    Vamos tomar cuidado como que falamos.

    Um abraço a todos e força na luta!!!

    Lucineia

    ResponderExcluir
  197. Já ia me esquecendo, na minha escola tem uma ASB em greve, sozinha, as demais trabalham normalmente. Em todas as carreiras da educação existem profissionais em greve sim.
    Lucineia

    ResponderExcluir
  198. Saudações revolucionárias a todos que estão no front contra esse protótipo de DITADOR e seus sequazes.

    Situações como esta que estamos vivenciando, deixa transparecer o dualismo vigente no meio social, onde sempre um grupo pequeno e combativo enfrenta em benefício do conjunto todo tipo de atribulação e são crucificados pelos próprios iguais que são a maioria.

    Situações como essa se repetem cotidianamente e a lição que tiramos dela é manter a cabeça erguida, a convicção de não fugir da luta, ser pessoa de caráter e de espírito elevado.

    Avante companheiros.

    Até a vitória.

    Elias Júnior.

    Diamantina

    ResponderExcluir
  199. "Cerca de 50 professores da rede estadual de ensino, em greve há mais de 80 dias, organizaram um ato público na manhã desta terça-feira (29) em um dos pontos mais movimentados de Belo Horizonte. Com caixões e velas nas mãos, os educadores fizeram o “enterro” do subsídio oferecido pelo Governo na Praça Sete, no centro da capital.

    Além do ato, também foram realizadas duas reuniões sobre a paralisação. Uma entre o Ministério Público Estadual (MPE) e membros do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE) e outra com a Superintendência Metropolitana de Educação, com uma comissão de cinco professores.

    A sede da superintendência foi ocupada pacificamente nesta manhã, segundo informou o sindicato."

    Atualizada às 12h29.

    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=128139

    ResponderExcluir
  200. Não sei se é novidade para você Euler. Se não for desconsidere. Esta é a mais nova do governo:

    Prezados diretores(as),

    Encaminho nota de convocação aos professores designados que se encontram em greve.
    De ordem da Secretária de Educação Ana Lúcia Gazzola, a direção da Escola deverá fazer chegar esta convocação a todos os designados que não estão comparecendo ao trabalho.

    Atenciosamente,
    CONVOCAÇÃO

    A Secretaria de Estado de Educação vem a público convocar os profissionais da rede estadual de ensino e, especialmente, aqueles cujo ingresso tenha ocorrido mediante designação, a retornarem imediatamente ao exercício de suas funções.

    Esclarece que o ato de designação representa medida excepcional e precária e o não comparecimento do servidor que se encontre nessa situação constitui falta injustificada que não se compatibiliza com a natureza, finalidade e os motivos da própria designação.

    A greve vem causando prejuízos irrecuperáveis aos alunos da rede estadual de ensino, especialmente àqueles em fase de conclusão do ensino médio, tendo em vista a realização do ENEM, em outubro, e sua utilização nos vestibulares e no PROUNI, fatos que já obrigaram esta Secretaria a adotar medidas excepcionais na tentativa de contornar o problema.

    Da mesma forma a greve vem causando transtornos às famílias desses alunos e à própria sociedade, não subsistindo motivos para que os professores não retornem à sala de aula.

    Especialmente em relação aos professores designados, não há dualidade de sistemática remuneratória, havendo pagamento único mediante subsídio, cujo valor indiscutivelmente supera o do piso estabelecido pela legislação nacional.

    Belo Horizonte, 30 de agosto de 2011.

    Ana Lúcia Almeida Gazzola
    Secretária de Estado de Educação de Minas Gerais

    ResponderExcluir