sexta-feira, 5 de agosto de 2011

O que sobrará do governo de Minas após a greve dos educadores?


O que sobrará do governo de Minas após a greve dos educadores?


A continuar a intransigência e os métodos despóticos com os quais o governo mineiro vem lidando com a greve dos educadores, é difícil prever um bom termo para este embate.

O governo insiste em não negociar uma saída para colocar um fim à paralisação, que já se aproxima dos 60 dias. Educadores com salários cortados e reduzidos, em clara agressão à Carta Magna do país; alunos prejudicados; a imagem da escola pública absolutamente arranhada pela revelação da dramática situação em que se encontra. Estes são apenas alguns recortes da realidade mineira.

Enquanto isso, ao invés de buscar solução aceitável, o governo brinca de dizer através da mídia que já paga até mais que o piso através do subsídio, quando os contracheques dos professores escancaram, diante de todos, a realidade nua da miserabilidade em que se encontram os educadores mineiros.

Um estado que está entre os três mais ricos do Brasil, que cresce anualmente nos mesmos percentuais, ou maiores até, que a China; que tem recurso para construir cidades administrativas, viadutos, estádios de futebol, mas ao mesmo tempo tem a desfaçatez de se vangloriar por pagar aos professores um teto salarial de R$ 1.122,00. Isso quando deputados, secretários de governo, governador, desembargadores, promotores de justiça, diretores do TCE, entre outros cargos do alto escalão, recebem entre 30 e 80 salários mínimos.

Se o governo continuar tratando a greve dos educadores com essa inabilidade de amadores, seguramente colherá um desgaste que pode comprometer de forma irrecuperável a imagem e a autoridade moral do governo.

As estratégias do governo, herdadas da Era faraônica, centradas na divisão da categoria e no controle da mídia e da justiça, podem estar chegando a um limite. E o governo não conseguiu perceber isso.

O governo precisa entender que não há solução paliativa para a questão do piso salarial, que é lei federal, questionada e considerada constitucional inclusive pelo STF. Cabe ao governo cumprir a lei e pagar o piso.

Mas, o governo age de uma maneira que depõe contra a sua idoneidade moral. E por que digo isso? Não se trata de falso moralismo ou de preconceitos de quaisquer natureza, mas da conduta que deve apresentar um governante ante aos princípios republicanos, da transparência, da moralidade, da publicidade e do contraditório.

Ao divulgar pela mídia que já paga até mais que o piso através do subsídio, o governo precisa provar isso. Não basta fugir pela tangente e dizer que o piso reivindicado pelo sindicato está acima do piso do MEC. Até porque, pela proporcionalidade aplicada pelo governo, para a jornada de 24 horas, o governo poderia dizer inclusive que já paga os R$ 1.597,00 através do subsídio.

Contudo, ele sabe que está tergiversando, falando para inglês ver. E sabe também que tem uma mídia dócil, que não questiona o que precisa ser questionado.

Primeiramente, o governo comete um erro grave de não reconhecer que subsídio não é vencimento inicial, mas totalidade de salário, idêntico ao espírito da ADI 4167, que fora rejeitada pelo STF. Não sejamos ingênuos: o governo está cansado de saber disso, mas não quer reconhecer publicamente.

Em ambientes mais reservados, o governo admite que o piso verdadeiro, mesmo o do MEC, se aplicado em Minas custaria um investimento pelo menos 3 vezes maior do que o subsídio. A secretária do Seplag teria confidenciado isso para o deputado Rogério Correia. Este, por sua vez, revelou tal conversa (a dos R$ 4 bilhões, lembram-se?) em sua fala na tribuna da ALMG, mas, infelizmente, depois disso não tocou mais no assunto e não se sabe por qual motivo, tanto o deputado quanto a direção sindical fizeram total silêncio em relação a este importante dado.

Ficar esclarecido para a população que o governo não paga o piso porque ele tem um custo muito mais elevado do que o subsídio, é bem diferente de ficar batendo boca com o governo, dizendo que ele não paga o piso, enquanto o governo diz que já paga através do subsídio, cujo salário-teto atinge nominalmente o valor do piso, mas descaracteriza sua essência.

Mas, se a greve permanecer por um tempo, o governo terá que oferecer uma alternativa para o seu fim. O custo político da greve já começa a desesperar as hostes governamentais. Para os pais dos alunos e os próprios alunos, não interessa o argumento de que o subsídio é maior do que o piso; o que interessa é que os filhos deles estão sem aula. E quando eles se dirigem até os professores para saberem o motivo da greve, e ficam sabendo a verdade, claro que a revolta se transfere para aquele que deve assegurar a escola pública para os cidadãos - o governo.

Se o governo tentar uma solução tipo meia boca, convocando contratados, qualquer um que passe na esquina da escola, para lecionar no lugar dos professores em greve, pode se decepcionar com isso. Não apenas pela ausência de profissionais habilitados, mas pela indignação que tal ato poderá gerar. Os alunos do 3º ano do 2º grau, por exemplo, são alunos com certo amadurecimento político e não aceitarão soluções arranjadas, só para inglês ver. Além disso, contratar durante a greve fere a Lei de Greve, embora a preocupação com o cumprimento das leis vigentes não seja um componente forte deste governo.

Por outro lado, se o governo tentar uma negociação exclusivamente por meio do subsídio, estará alijando desse processo mais de 100 mil profissionais, a maioria dos quais com um bom tempo de serviço prestado ao estado. Portanto, ao invés de oferecer ajustes no subsídio, que teriam custos, obviamente, o melhor seria pagar logo o piso, mesmo que isso represente um custo maior para o estado.

É bom lembrar que a realidade salarial dos educadores é tão humilhante, que chega a ser uma agressão ao bom senso tentar fugir ao compromisso legal de pagar um piso miserável, como o do MEC, por exemplo.

A única forma do governo sair bem dessa história é implantar o piso na antiga carreira, mesmo que seja o piso proporcional do MEC, e oferecer a possibilidade, para aqueles que estavam receosos e permaneceram no subsídio, de optarem pelo antigo sistema, mesmo após o dia 10.

Qualquer outra solução não ficará bem para o governo. Se promover pequenos ajustes no subsídio, certamente não cumprirá a lei do piso no antigo sistema e com isso a greve continuará. Ou, se terminar, será num ambiente muito negativo, de indignação, de revolta, que seguramente vai gerar consequências mais para frente.

Um governo que se inicia deveria ter a preocupação de tentar acertar as coisas logo de cara, afim de poder governar com relativa tranquilidade durante os próximos anos. Foi assim, aliás, que o governo se comportou com a segurança pública, notadamente em função da ameça de greve feita pela Polícia Militar. Imediatamente o governo arquitetou uma solução com reajustes anuais e um valor total que chegará aos R$ 4.000,00 de vencimento básico (e não de subsídio, que é teto) para o profissional com ensino médio.

Já para os educadores, que reivindicam um piso que pode ser o proporcional do MEC (R$ 712,20) ou o da CNTE (R$ 1.597,00), mas que seja pago enquanto vencimento básico, salário inicial na tabela do profissional com ensino médio, isso o governo não paga e ainda usa o subterfúgio do subsídio para dizer que já paga até mais do que o piso.

Ora, há um limite para a falta de decência. Ao fazer este jogo, o governo e seus assessores demonstram que não têm respeito pelos educadores, e consequentemente, pela própria educação pública; e consequentemente, pelos filhos das famílias dos trabalhadores, que dependem da escola pública.

É revoltante para um educador ouvir do governo que já paga até mais que o piso através do subsídio. Isso agride a nossa inteligência; e põe em dúvida a inteligência de quem nos julga tão incapazes, a ponto de não sabermos diferenciar uma coisa da outra. Zombam dos educadores, mas zombam também da comunidade, que é igualmente capaz, com um pouco de esforço, de entender o que está em jogo, as diferenças e o comportamento de cada uma das partes envolvidas.

Seria mais respeitável para o governo dizer publicamente que não tem condições financeiras de bancar o piso, mesmo o do MEC. Claro que isso teria consequências. O governo teria que explicar melhor como investe os recursos da Educação. Teria que explicar também, em não havendo dinheiro em caixa, por que não solicita a complementação ao governo federal, tal como está previsto na lei do piso?

Por isso, para escapar dessas questões, o governo prefere repetir a mesma mentira, ao estilo do propagandista nazista Goebbels: "uma mentira dita cem vezes torna-se verdade". E o governo sabe que conta com os amigáveis jornalistas que alimentam a mentira dizendo: olha, pessoal, o governo diz uma coisa e o sindicato diz outra - como se tratasse de uma disputa partidária. Os jornalistas não fazem por conta própria qualquer investigação sobre o tema, para arguir ao governo sobre as questões que colocamos aqui. Aliás, os jornalistas poderiam até questionar ao sindicato sobre as contradições que ele também comete. Mas, teria que indagar ao governo:

- Por que não paga o piso no antigo sistema remuneratório, que é composto por vencimento básico e gratificações, e através do qual mais de 100 mil educadores recebem piso próximo ou até abaixo de um salário mínimo?

Se o governo pagasse o piso salarial, tal como manda a lei, os investimentos poderiam até ultrapassar a tal Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Neste caso, o que fazer? A melhor resposta que encontrei até agora veio do Tribunal de Contas de Pernambuco, que, consultado sobre o conflito entre a Lei do Piso e a LRF, respondeu:

"Embora o TCE já tenha respondido consulta semelhante, o relator do processo, conselheiro Valdecir Pascoal, opinou que fosse dada ao consulente a seguinte resposta:

I) Não há conflito entre as duas Leis porque cada qual deriva de comandos constitucionais diversos; II) A Lei de Responsabilidade Fiscal estabelece normas de finanças públicas direcionadas à gestão fiscal, enquanto a Lei nº 11.738/2008 trata da reserva legal para fixação do piso dos profissionais do magistério público; III) Se, ao implantar o piso salarial, a despesa total com pessoal ultrapassar o limite de gastos estabelecidos pela LRF, deve a administração pública adotar medidas para corrigir o desequilíbrio fiscal; IV) Essas medidas estão previstas na própria LRF, quais sejam, eliminação do percentual excedente nos dois quadrimestres seguintes, sendo pelo menos 1/3 no primeiro.

Publicado no Jornal do Commercio, no Diario de Pernambuco e na Folha de Pernambuco, 10.07.11".

Claro que uma outra solução poderá ser encontrada, com os governos estaduais e prefeitos pressionando o Congresso para que retirem os gastos com o pessoal da Educação dos limites da LRF. Embora a melhor solução mesmo seja a federalização da folha de pagamento dos educadores, como este blog, estimulado inicialmente pelos colegas João Paulo, Luciano História e Rômulo, tem defendido. Mas, esta possibilidade, pelo visto, terá que nascer da luta da base.

Concluindo: o governo de Minas, se desejar salvar a sua imagem e a própria governabilidade, deve chamar o sindicato para negociar o pagamento do piso, imediatamente, sem enrolação, sem imposição do tipo "só negociamos se a greve acabar", porque nada disso será aceito pela base da categoria. Não é apenas a direção sindical que o governo precisa convencer, mas acima de tudo, a base da categoria. Esta base, cada vez mais fortalecida por um núcleo duro composto por centenas de lideranças, não aceita mais enrolação ou jogo de faz de conta.

- Pague o piso, e salve o seu governo, Anastasia. É conselho deste blog para o governador de Minas.

Enquanto isso, a greve continua, até a nossa vitória!

Um forte abraço a todos e força na luta!

***

"
João Paulo Ferreira de Assis:

Prezado amigo Professor Euler

Eles do governo só nos levarão a sério quando os alunos perderem o ano letivo. Não há meio termo. Aí sim, eles vão nos dar valor. Infelizmente, esta é a verdade. Sinto pelo alunos, sinto muitíssimo.

E sugiro a eles que entrem em blogs de escolas particulares, algumas têm inclusive portal, onde cada professor tem o seu blog, disponibiliza filmes pedagógicos, responde dúvidas. Um exemplo é o Colégio Nossa Senhora de Lourdes, na cidade de Lavras. Eu o mencionei porque eu estudei naquela conceituada escola em 1971, cursando o Admissão (fui da última turma de Admissão), e a 5ª, 6ª e 7ª série, até 1974, quando mudamo-nos para Barbacena, e concluí o ginásio na Escola de Primeiro Grau São José. (www.colegiodelourdes.com.br)É só pedir no Google ou Yahoo, Colégio Nossa Senhora de Lourdes ''Lavras MG'', que se abre a página de consultas. Aí você clica sobre colegiodelourdes.com.br e acessa a página da escola, que pertence às Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade. No canto superior esquerdo vá em videoaulas e acesse a matéria que você quer.

Sei que não é a mesma coisa de ter uma aula com o professor, mas pelo menos dá para se fazer alguma coisa.
Lógico que não é só o Colégio Nossa Senhora de Lourdes, há muitas outras escolas particulares na Net. Então é só acessar.
"

"
Eduardo:

Euler e companheiros gostaria de lhes enviar cópia do e mail que mandei para o Deputado João Leite, respondendo a matéria do Jornal Estado de Minas de 04 de agosto de 2011.

Sr Deputado João Leite,

O jornal Estado de Minas, do dia 04 de agosto de 2011 trouxe uma matéria na qual o Sr, se posiciona a favor do subsídio defendido pelo governo de Minas Gerais.

O Sr tem todo direito de se posicionar a favor do governo, visto que faz parte do partido do Governador Antônio Anastasia. Sei que o Sr é cristão, já até assisti pregação sua na igreja a qual pertenço Igreja Batista da Lagoinha, como cristão fiquei extremamente decepcionado com a matéria do Estado de Minas. O jornal cita o Sr defendendo que o Governo de Minas já paga o piso.

Tenho vários colegas que o vencimento básico voltou para 369,00 aqueles com ensino médio, e no meu caso o meu vencimento básico voltou para 560,00. Creio que o Sr deve se posicionar a favor do Governo, mas não pode faltar com a verdade.

Sei também que o Sr é formado em História, gostaria de lhe propor que trocasse a seu subsídio, pelo nosso subsídio que o Governo tanto defende. Tenho certeza que o seu subsídio deve ser quase trinta vezes maior que o nosso subsídio, e maior ainda que o nosso vencimento básico.

O único pedido que faço ao Sr, se ainda não o fez, faça uma pesquisa ,leia mais sobre a lei do piso nacional dos professores. Leia a decisão do STF, na qual o nosso vencimento básico, não pode se tornar total de remuneração como quer o Governo.

A lei é clara são 1.187,00 para os professores com nível médio, portanto os demais profissionais tem que ter sua posição no plano de carreira ajustada. O sindicato dos professores defende um outro valor. Não sou de nenhum partido político, gostaria somente que a verdade prevalecesse nós professores estamos cansados de mentiras.

Por último, e novamente defenda o Governo sim, mas, não falte com a verdade nem seja omisso, pois sei que como cristão não podemos agir dessa forma.
"

"
Anônimo:

Caro Euler e companheiros de luta, o embate que ora se trava fica elucidado com nitidez neste texto que acabo ler. Parabéns a você, pela capacidade de fazer a História deste momento junto conosco. Euler, para mim, o verdadeiro Educador precisa ter o respeito dele próprio, de seus alunos, de seus pares, enfim, de toda a sociedade. Nós não podemos ser cúmplices de um sistema interessado em manter encabrestada grande parte do seu povo. Temos a capacidade de discernir o certo do errado. Essa questão já foi tratada à exaustão aqui, neste blog e, também, em outros espaços a que temos acesso. Agora, a questão que não quer calar é a seguinte: por que muitos colegas de trabalho, mesmo insatisfeitos, não aderem ao nosso movimento de reivindicação do cumprimento da Lei. Eu mesma penso ter a resposta: não creio que seja por falta de compreensão da realidade e, sim, devido ao nível de empobrecimento de muitos da classe que não podem ficar tempo nenhum sem receber a migalha mensal que lhes é “cabida neste latifúndio”. Corta-me a alma, sair, juntamente com outros companheiros, para explicar, exemplificar, mostrar, elucidar, tentar persuadir e convencer colegas de outras escolas e de outras cidades a aderirem ao nosso movimento e, alguns nem ficarem para a discussão e análise da nossa proposta. Outros ficam, ouvem, discutem, na maioria das vezes, concordam com o que é exposto, mas... não podem parar. Precisamos perguntar: Por que a Educação Pública no Brasil se encontra neste estágio mórbido? Por esse motivo que este blog, os seus textos, os nossos textos, a nossa interlocução se fazem tão necessários neste momento. Pois, essas são questões a serem debatidas, principalmente nas arenas políticas. Por quem nos representa. Ocorre, porém, que as arenas políticas estão em todas as nossas áreas de atuação, em todos os níveis e, nos setores da Educação, de forma privilegiada. Quem são os responsáveis por construir uma sociedade mais crítica e mais justa? Em grande parte, nós, os Educadores. Pois, à medida que os professores exigirem seus direitos, ‘fincarem pé’, não deixarem ser ludibriados, obterão mais consideração pela profissão, mostrarão a todos quanto são imprescindíveis para a formação de uma sociedade mais justa e igualitária e seremos mais felizes, porque o conhecimento nos torna mais sábios e ser sábio é ser, também, político, na essência da palavra!"

"
Wilma:

Euler,
Vamos fazer uma chamada de adesão ao nosso MOVIMENTO. Você que conhece a realidade da EDUCAÇÃO em nosso estado. Você que enfrenta carga horária exaustiva. Você que trabalha em duas ou três escolas para conseguir sobreviver. Você que acredita na EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE. Você que sempre reclamou do baixo salário no final do mês. Você que é desrespeitado e desvalorizado. Você que é EDUCADOR DE VERDADE. Você que acredita na MUDANÇA. Você que está acostumado a LUTAR. Você que não se deixa ENGANAR. Você que faz parte da CATEGORIA. Você que é a favor das nossas reivindicações. Você que é INTELIGENTE. Você que acredita que a EDUCAÇÃO é a base de todo DESENVOLVIMENTO. Você que acredita na entidade que nos representa. Você que já superou tantos DESAFIOS. Você que sabe o que representa o PISO SALARIAL PARA OS EDUCADORES. Você que ainda não aderiu à GREVE. Venha, só falta VOCÊ! A sua participação é fundamental para mudarmos o triste cenário vivido por nós, EDUCADORES MINEIROS e concretizarmos os nossos desejos. VENHA, você é quem falta para COMPLETAR O NOSSO TIME e conquistarmos o nosso PISO!
"

"
Educadora de São Miguel do Anta-MG:

Euler,
Já não consigo mais deixar de acessar o seu blog, este é o BLOG DA EDUCAÇÃO. Aqui sinto-me como se estivesse conversando, lado a lado, com os meus colegas de profissão, é maravilhoso!
Gostaria de aproveitar este espaço para chamar os nossos colegas que, por algum motivo, ainda não aderiram à GREVE, principalmente, os colegas das cidades de ARAPONGA, CANAÃ, ESTEVÃO DE ARAÚJO, são colegas que sempre foram responsáveis e comprometidos com a melhoria da EDUCAÇÃO PÚBLICA. Então, juntem-se a nós na LUTA PELO PAGAMENTO DO NOSSO PISO SALARIAL. A hora é AGORA! Queremos apenas o que é nosso de direito, nada além! Esta Luta também é de vocês! Vocês estão fazendo muita falta! Venham fazer parte desta CONQUISTA e juntos comemoraremos a VITÓRIA!
"

"
Jayme - Ubá:

Bom dia Euler, bom dia a todos os companheiros. O momento é de luta, agora então deveria ser intensa. Mais, infelizmente, tenho que noticiar que aqui em Ubá, minha escola era até ontem a única que havia parado totalmente. Diante desse fato, muitos professores que não queriam aderir a greve resolvem retornar a sala de aula a partir de segunda feira. Poucos, dentre eles eu, resolveram comprar a briga e pagar pra ver (literalmente). É triste, ver tantas desculpas esfarrapadas, mais devemos respeita-las, mesmo não concordando. Grande abraço a todos, por aqui ficamos fazendo uma luta de guerrilha, com poucos combatentes."

"
Anônimo:

Aqui em minha cidade, interior das Gerais, há cartazes falando sobre a Lei do Piso e contracheques em vários locais (lanchonete, postos de gasolina, mercearia, etc.) A verdade está sendo mostrada a todos.
"

"
Anônimo:

Se voltarmos para a escola sem o piso, não vamos repor as aulas, até porque o nosso salário "já foi pro Beleléu" no pagamento do mês de julho. O ano letivo precisa ser fechado, milhões de alunos e pais já estão cobrando isso, e contratar um número grande de professores para nos substituir também é impossível, visto que, os gastos com a burocracia da contratação seriam muito altos,nossos salários confiscados não pagariam e não se esqueçam que existe a Lei de Responsabilidade Fiscal, a tal, que só existe quando estamos em greve. É pagar o piso ou pagar um preço muito maior."

"
EDUCADORA:

Euler,
Os seus textos e análises são um SHOW! Os pais, alunos e pessoas da comunidade que conversam comigo, estão tão indignados, decepcionados com as atitudes e a forma como este governo vem tratando dos assuntos referentes à EDUCAÇÃO e os EDUCADORES que, disseram que é o FIM da carreira política dele e de seus comparsas! Ele deveria ser mais esperto e negociar rápido o PAGAMENTO DO PISO SALARIAL porque a cada dia que passa está aumentando a fúria de toda população CONTRA O GOVERNO DE MINAS! Continuemos firmes na LUTA até o PISO!
"

"
Antônio Augusto:

Sr. Anastacia,tenha mais humildade e lembre-se que os mais humildes ganharão força política no futuro próximo.Não pense que cedendo, você irá perder, pelo contrário só terá a ganhar."

"
juliana:

Euler, ao ler o texto de hoje, me ocorreu que o governo mineiro está "dando corda pra se esforcar".O que me parece é que comprometeu prematuramente os recursos para o pagamento do nosso Piso salarial em outras demandas, achando que nós nos renderíamos à falsa ilusão do subsídio. Percebendo mais tarde que sua estratégia estava fadada ao fracasso e que não aceitamos o subsídio, se desesperou e, tenta remendar a mentira. Mentira remendada, fica cada vez maior e fatalmente chega ao limite insustentável. Mas como voltar atrás nesse momento, uma vez que os gastos não podem ser claramente explicados e o dinheiro dos educadores não foi reservado para o fim de direito? Com a "corda no pescoço", ele se enrola mais, a cada dia. É só esperar. Nosso Piso há de chegar. Força na luta e que Deus providencie aquilo que necessitamos. Juliana-Montes Claros"

"
Anônimo:

Excelente o comentário. Seria tão bom se o Anastasia visitasse o blog e fizesse uma leitura atenta e reflexiva do tema.Tenho certeza que ele iria refletir e negociar."

"
Anônimo:

Caro Euler, você possui alguma informação sobre a questão da publicação do acórdão e o recurso que o governo pode apresentar a este, que foi citada por uma companheira de SC na reunião do dia 3. Seria interessante analisar o lado judicial e publicar para que desde já nossos colegas sintam-se mais dispostos a entrar ou permanecer na greve."

"
Anônimo:

Bom dia Euler, a arrogância deste sujeito só faz aumentar o número de adeptos ao nosso movimento. Além de sr o corte da merreca do que nos paga outra motivação. E eu não reponho uma aula. Cortou, está cortado.
Abraço e até a vitória final!!!!!!
"

"
Ashley:

Euler,
Estou acompanhando seu blog desde o inicio da greve e estou encantada com o crescimento político de varios colegas.
Seu blog ta sendo consultado direto e tem dado animo nessa luta tao desigual.
Parabéns Euller,continue assim.
Ashley
"

"
Anônimo:

Pessoal acessem o blog Estuda Minas .É um blog sobre educação do Jornal Estado de Minas.Façam seus comentários principalmente sobre a greve dos professores."

"
Professor Marcelo:

Caros professores, é duro ter um governador que usa de mentiras para não cumprir o que deveria. Será que o Anastasia não teve uma boa educação de seus pais? Será que esse moço consegue dormir em paz? E essa mídia? Que vergonha. Porém, somos BRASILEIROS E NÃO DESISTIREMOS NUNCA."

"
Anônimo:

Se voltarmos para a escola sem o piso, não vamos repor as aulas, até porque o nosso salário "já foi pro Beleléu" no pagamento do mês de julho. O ano letivo precisa ser fechado, milhões de alunos e pais já estão cobrando isso, e contratar um número grande de professores para nos substituir também é impossível, visto que, os gastos com a burocracia da contratação seriam muito altos,nossos salários confiscados não pagariam e não se esqueçam que existe a Lei de Responsabilidade Fiscal, a tal, que só existe quando estamos em greve. É pagar o piso ou pagar um preço muito maior."

"
Educadora de São Miguel do Anta-MG:

Euler,
Como o seu blog é o blog dos EDUCADORES, porque é um espaço fantástico para debatermos as questões que nos afligem, vamos lá. ALERTA TOTAL A TODA CATEGORIA! Está vencendo no dia 10/08 o prazo de opção ao regime remuneratório. Servidores, não deixem para a última hora, todos já sabem que a melhor opção para nós é o ANTIGO REGIME REMUNERATÓRIO, o Subsídio é coisa do GOVERNO. Aparentemente, podemos "perder" alguns trocados agora, mas optando pelo ANTIGO REGIME o lucro que teremos compensará as possíveis "perdas" atuais. Temos que pensar em nossa CARREIRA, não podemos dedicar anos numa profissão e simplesmente parecer que não saimos do lugar, ou seja, temos a impressão de estarmos sempre começando, isso é o Subsídio! Não podemos deixar que terceiros apontem os caminhos que devemos seguir, se quem vive o dia a dia da sala de aula somos nós. Ninguém melhor do que o EDUCADOR para saber o que é melhor para si. Não precisamos de governo e secretárias para orientar-nos em nossas escolhas, sabemos fazê-las muito bem, basta olharmos os nossos CONTRACHEQUES, deles precisamos para CUMPRIR AS LEIS, como por exemplo a do PISO. Nós, ao contrário do que muitos políticos pensam, temos capacidade de pensar, interpretar, analisar, criticar, opinar e mudar sempre que a situação nos exigir. Um detalhe importante é que quem optar pelo Subsídio não terá como VOLTAR e não terá como recorrer! Aliás, pra dizer bem a verdade, não quero nem ouvir falar mais em Subsídio! Esta palavra está causando-me náuseas. O governador que vá oferecer Subsídio para as suas secretárias e outros "amiguinhos"... Ele quer economizar às custas dos EDUCADORES! EDUCADOR DE VERDADE não se deixa ENGANAR! Como a MAIORIA dos servidores já optaram pelo RETORNO AO ANTIGO SISTEMA REMUNERATÓRIO, então teremos o FIM DO SUBSÍDIO! A melhor resposta que podemos dar ao governador é esta: QUEREMOS O NOSSO PISO!
"

"
João Paulo Ferreira de Assis:

Prezado amigo Professor Euler

Sugiro que se publique para os alunos uns links de escolas particulares e cursinhos para que eles possam acessar, como meio de se preparar para o ENEM. Assim, deixaríamos à mostra a despreocupação do governo em relação aos alunos e a nossa preocupação com eles.

Aliás, você já percebeu que os CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO SÓ ACONTECEM EM ESCOLAS PÚBLICAS? VOCÊ JÁ VIU ALGUMA ESCOLA PARTICULAR TER UM PROJETOR MULTIMÍDIA E COMPUTADORES DE ÚLTIMA GERAÇÃO FURTADOS? E já percebeste que a PMMG não pega ninguém? Deve ser por ordem superior. Afinal ''escola de pobre'' ter ensino de qualidade é coisa de comunista, é um crime digno das maiores penalidades. Não é atoa que temos um elitista convicto como superior hierárquico da Polícia. Até parece política dirigida. Some a isso o menosprezo aos professores, o desaparelhamento das escolas e as péssimas condições de trabalho dos professores de escolas públicas e você verá que é esta a política educacional do PSDB. ACHO QUE NÓS TEMOS DE DEIXAR ISTO BEM CLARO PARA OS ALUNOS.
"

"
EDUCADORA:

Colegas,
Por favor, nem pensem em voltar para a escola sem o nosso PISO! Não chegamos até aqui para nada. Queremos alcançar o nosso objetivo que é o PAGAMENTO DO PISO SALARIAL! A negociação é o PISO!
".

Comentário geral do Blog: olá pessoal da luta, é bom que fique claro que sem luta, sem greve, não haverá conquista. Não podemos renunciar, sob qualquer pretexto, ao nosso direito e dever moral até de lutar pelos nossos direitos. Aos colegas que estão em dúvida, lembrem-se: antes de pensar em voltar para a escola com cara de derrota, pensem em permanecer em greve, porque quem está na luta é já um vitorioso, teve coragem moral para lutar, quando muitos se calaram. Tenho orgulho de travar este combate ao lado de vocês, guerreiros e guerreiras da Educação que estão em luta, e vou permanece em greve o tempo que for necessário para que alcancemos os nossos objetivos. Disseram aqui que o governador apresentará uma nova proposta para segunda-feira. Vamos considerar que isso seja uma primeira vitória do nosso movimento, pois o governo, antes, sequer aceitava a hipótese de negociar. Com a proposta nas mãos, se for apresentada, é claro, vamos estudá-la com calma. Não temos pressa para terminar a greve e voltar para a escola insatisfeitos. Se julgarmos que a tal proposta não nos satisfaz, devemos apresentar nossa contra-proposta e deixar claro que sem atingir os nossos objetivos, a greve continua. E que a última palavra será sempre da categoria em greve. Um forte abraço e força na luta!

"
Kátia - João Monlevade:

O governador estará na minha cidade, João Monlevade, no póximo dia 11, para inauguração do CTI do Hospital Margarida. Vamos preparar para ele uma bela recepção??
Kátia - João Monlevade
"

"
Anônimo:

Caro Colega Euler
Moro em Montezuma norte de Minas, e hoje depois de muita luta aderimos a greve a partir de segunda antes tarde do que nunca que Deus nos ajude nessa luta .
"

"
Anônimo:

Euler,
O governador pensou que havendo o corte do salário, iríamos recuar e retornar! Para surpresa dele, estamos resistindo. Afinal, EDUCADOR tem "crédito", estamos acostumados a cumprir com as nossas obrigações. Ficaremos firmes na luta até que PAGUEM O NOSSO PISO!
"

"
Sebastião de Oliveira:

Caro Euler,
A rádio itatiaia informou agora às 12:50hs, que o governador Anastasia não garantiu que vai abrir negociações com os grevistas, mas vai tomar medidas administrativas para não trazer maiores prejuizos aos alunos, principalmente os do 3ºano.

Também a associação de Pais e Alunos irão até ao ministério público pedir o fim da greve.

Sebastião de Oliveira
"

Comentário do Blog: Pois é, combativo colega Sebastião, medidas administrativas não resolverão os problemas da categoria e da Educação Pública. O governador continua mal assessorado. Mas, se insistir nessa linha de conduta, como dissemos no texto acima, vai colher tempestade. A categoria não vai se intimidar. Se ele quiser pagar para ver, vai conhecer a ira de milhares de educadores, com um apoio muito expressivo da comunidade, que está se revoltando contra este governo. Além disso, profissional da Educação que aceitar "cobrir" as aulas de quem está em greve não é digno deste nome. E digo mais: se eu não perceber uma mudança de linha em relação a este governo até este final de semana, vou começar a mudar o tom aqui no blog. Podem esperar. Um forte abraço e força na luta!

"
Anônimo:

Governador em João Monlevade para inaugurar CTI? Fala pra ele aproveitar e visitar a Educação que está agonizando. Mas nós, os verdadeiros educadores, estamos firmes e fortes esperando que ele se convença de que não vamos abrir mão do Piso. Caso ele não negocie, daqui há alguns dias quem vai estar no CTI é o governo dele (ou ele mesmo). Olha as 13 Almas aí, geeeeeeeeeeeeente!!!"

"
EDUCADORA:

Euler,
Anastasia deveria reconhecer que, quanto mais maldades forem feitas contra os EDUCADORES isto refletirá na população. Daí mais dificuldades terá de levar o seu governo até o fim. Sabemos que, se houvesse diálogo e o cumprimento de Leis por parte do governo, não seria necessário a categoria entrar em GREVE. Mas, infelizmente, o governo não quer ceder. Ele precisa entender que tal atitude não irá diminuí-lo, muito pelo contrário, negociando, atendendo à categoria, poderá salvar o seu nome que já está quase no lixo. "Os humildes serão exaltados!" Força EDUCADORES, vamos mostrar que aprendemos com o Maior dos MESTRES: JESUS!
"

"
Gleiferson Crow:

Caros companheiros

Dia 10 de agosto é a data final para o retorno ao sistema de remuneração "antigo" e na fala da digníssima Secretária de Educação Ana Lúcia Gazzola no Jornal da Rádio Itatiaia pela manhã sistema extinto. Vale a pergunta:
-Como o governo disponibiliza como opção para seus respeitados servidores uma opção que já foi extinta? Por que ele e seus dirigentes façam da seguinte maneira:
. opção 1: Piso Salarial Nacional
. opção 2: Subsídio

"Governo de Minas estuda nova proposta para professores em greve A proposta deve ser apresentada nesta segunda-feira."
http://www.itatiaia.com.br/site/noticias/noticia/4361 Hoje foi o governador que disse no Jornal da Itatiaia que Minas já paga o PISO. Ele ainda não entendeu, PISO não é SUBSÍDIO.

"Sem o PISO, não PISO na escola."

Concordo em tudo com a fala da EDUCADORA, não podemos voltar para o trabalho sem o PISO. Piso é LEI FEDERAL.

abraços
Gleiferson Crow

http://leiajeissaeemg.blogspot.com/
"

"
EDUCADORA:

Euler,
Sinto a necessidade de fazer uma rápida análise quanto as possíveis consequências que as atitudes do nosso governador poderão gerar no cenário político do estado e do país.
Olha governador, enquanto político, medir forças com os EDUCADORES não será nada favorável à sua imagem! Além de ser um tanto injusto, uma vez que detém a Maquina do governo. Não existe escola sem professor e a sociedade está exigente, querem os melhores! Não pense que resolvendo apenas a situação de nossos alunos do 3º ano do Ensino Médio, o problema acabou. Precisamos de soluções para todos os EDUCADORES E ALUNOS. Quem você acha que produz os resultados com altos índices para VOCÊ governador exibir na mídia? Governador, não é assim que você irá conseguir que a EDUCAÇÃO DE MINAS fique em primeiro lugar! Para isto, é preciso reconhecer a importância da figura do PROFESSOR e valorizá-lo! Se não tivermos BONS PROFESSORES, não atingiremos meta alguma. Para haver aprendizagem efetiva temos que ter à frente das salas de aulas, excelentes profissionais, ao contrário, vira pura DEMAGOGIA.
"

"
JU OLIVEIRA:

OLÁ EULER,

Não sei. A estratégia é jogar a sociedade contra o movimento de greve e consequentemente contra nós, professores. Sinto que os alunos e suas famílias estão se revoltando sim. São poucos que conseguem atribuir a culpa ao Governo. A maioria tem como alvo primeiro o professorado. Tenho medo. Se o sndicato afrouxar agora, será a vitória da mentira e certamente a esperança de que a lei seja cumprida ficará abalada. Minha escola não está em greve, eu não estou em greve. Aguardarei a assembléia de 3ª feira para uma tomada de posição também mais radical.
"

Comentário do Blog: Com todo respeito que um educador merece, eu lhe pergunto: quantas assembleias mais vocês vão esperar para tomar a decisão? A decisão de entrar em greve já foi tomada pela categoria desde o dia 08 de junho e vocês estão fazendo o jogo do governo, de forma muita cômoda, com a desculpa de que os pais de alunos estão contra os educadores. Na verdade, vocês é que estão contra os educadores e contra os alunos, pois se o nosso movimento for derrotado, quem perde é a Educação e com isso, obviamente, os maiores prejudicados são os alunos. Saiam de cima do muro e entrem na luta, enquanto há tempo ainda para isso. Quem vai defender os interesses da categoria não é o governo, nem os diretores de escola, nem os pais de alunos que estão no seu direito de reivindicar Educação para os filhos. Somos nós, os educadores que estamos em greve, que podemos salvar a carreira e o salário dos educadores. Que vocês que não participaram vão usufruir depois, às nossas custas, de forma não merecida. Não acha isso uma vergonha para vocês? Por isso, ainda é tempo de acordar para a luta. Não esperem a próxima assembleia, decidam já, hoje, amanhã, neste final de semana. Mostrem que vocês são educadores e não cidadãos de quinta categoria como nos trata o governo.

"
Laurinha:

Senhora Gazzola,
Ora, faça-me rir!
Extinguir o sistema remuneratório (piso)! Que conversa é essa? Não estaria pretensa Secretaria ficando gagá?

Está, está bem... de algum tempo para cá, o Blog do Euler tem despertado o senso de humor de muitos e tem aceitado piadas, insinuações e outras coisas mais, por ser um espaço de exercício de democracia e cidadania. Mas a Senhora exagerou, hein? Que piada infame, absolutamente sem graça para muitos, mas que me provocou o riso e um leve menear de cabeça, como quem diz: “Ih, endoidou de vez”. Faça-me o favor, Gazzola!!!

E pensar que eu acreditei na Senhora, pelo fato de ser professora (costumo escrever essa palavra com letra maiúscula, mas não me parece coerente agora...). Aliás, quantos de vocês da troupe do Governo são professores? Eu gostaria de saber! Porque parece que não são, não. Os cargos dos senhores não são para sempre. Os senhores ESTÃO, não SÃO, no sentido restrito da palavra. Lembrem-se: tudo passa. Até uva passa...

Fico aqui, imaginando com os meus botões, o que sobrarão dos senhores depois desse pequeno vendaval público. Apesar de dizerem que brasileiro não tem memória, já fizemos um pacto: jamais nos esqueceremos do ano de 2011- o ano em que o esteio da sociedade se cansou do descaso dos governantes. E pensar que lutamos por um piso irrisório, comparado com o seu salário, Gazolla, que lhe possibilita comprar roupas de grife e perfumes franceses, dentre outros itens, que lhe enfeitam a aparência, mas não sua alma.

Não fosse o respeito que eu tenho pelos animais, escreveria seu nome na boca do sapo e costuraria. Dizem que essa mandinga é boa para quem dá com a língua nos dentes, sem pensar direito na conseqüência de seus atos.

Use sua inteligência (porque burra a Senhora não é), para ajudar nas negociações. Resolvam essa situação de uma vez por todas, porque se depender dos professores, a greve continua até que os Senhores tomem uma boa dose de juízo.
Mas hoje, eu estou boazinha: vou lhe dar um desconto, afinal, a Senhora é pau mandado, uma baba-ovo. Cruzes!!!
E tenho dito.
"

"
Anônimo:

Análise da greve em Minas:

http://www.redebrasilatual.com.br/temas/trabalho/2011/08/em-mg-professores-denunciam-descumprimento-da-lei-do-piso
"

"
Anônimo:

Olá, Euler.
Estava agora olhando alguns sites e me deparei com o site sobre educação do Gilberto Dimenstein. Lá tem uma parte que se chama: cidadão jornalista e li uma carta de professor de São Paulo que foi publicada. A publicação é antiga, mas ainda existe o contato para enviar cartas. Quem sabe você, com sua capacidade ímpar de explicar as coisas, escreve para lá? É só uma idéia afinal a tal página é da Folha de São Paulo e deve ter grande alcance nacional.

Um abraço e um lembrete a todos: SEM O PISO NADA DE VOLTAR PARA A ESCOLA! E NADA DE PAGAR OS DIAS QUE FORAM DESCONTADOS! VAMOS JUNTOS ATÉ O FIM!
"

"
Rosilene Vale:

Muita força nessa batalha que é JUSTA!
04/08/2011 Rosilene Vale - Comentário feito a partir da fala da secretária na RADIO ITATIAIA:

Vale refletir sobre o seguinte fato: POR QUE RAZÃO MAIS DE 82.000 PROFSSORES retornaram a carreira antiga? Esse número diz o que precisa ser dito: o que o governo nos ofereceu nada mais é que A DESTRUIÇÃO DA NOSSA CARREIRA! Ou estaríamos todos loucos? É muito evidente que a secretária que fala aos jornalistaS da ITATIAIA pretende jogar a sociedade contra os educadores. nÃO ACREDITO QUE ELA MESMA ESTEJA CONVENCIDA do que diz em relação ao "maravilhoso subsidio' que ela tanto defende. Para nossa categoria esse modelo poderia ser chamado de SUICÍDIO.

Também acrescento ainda mais, não creio que tenha professor que ainda tenha dúvida do real objetivo desse GOVERNO que, desesperadamente, tenta convencer que o tal subsídio é perfeito, mais que o PISO, etc., etc e etc. Cansamos desse blá, blá da secretária de voz insuportavelmente desagradável e enganadora. Ela só esqueceu sobre quem somos. Temos já uma GREVE de 2010 no currículo. O retorno sem o objetivo alcançado significa o fim... Se já não existe tanto profissional no mercado, um desencanto pela atuação, a derrocada do ensino público, profissionais de outras áreas usando a educação como o famoso "bico", professores que atuam manhã, tarde e noite devido o BAIXO SALÁRIO JÁ ANUNCIADO POR NOSSA CATEGORIA...Imaginem como ficará o quadro depois de um retorno sem que esse governo nos atenda? Imaginaram?

Pois bem, vale mesmo essa reflexão para aqueles que ainda não entenderam o quanto o momento é HISTÓRICO e logo valioso para todos, todos, todos os educadores e aqui esqueçamos essa divisão que o governo tenta implantar a qualquer custo. Está nas nossas mãos o SIM o NÃO!!
"

"
Anônimo:

A medida administrativa é: pediu às escolas que façam um levantamento de todos os professores do 3º ano que estão em greve;

Os profissionais das SREs serão deslocados para Belo Horizonte, terça-feira próxima, para tratarem da substituição deles pelos professores das escolas, nessa série de ensino. Deve ser mais um GASTO ENORME de dinheiro com o pagamento de diárias para essa gente na capital. É assim que o dinheiro vai e não sobra para o que sério e certo.

Agora é muito interessante ver como o governo respeita os alunos e os pais deles, pois em vez de resolver a questão do PISO SALARIAL, prefere maquiar a situação, colocando profissionais de forma improvisada para ocupar um horário com os alunos, exatamente para não ter mais a cobrança dos alunos, nem dos pais! Mas será que esses alunos e esses pais vão concordar com isso?! Mais uma vez vemos como esse governo trata a educação neste estado! Isso deve ser porque muitas famílias estão ligando para 0800, que a SEE disponibilizou para falar da greve,cobrando medidas do governo, diante disso resolveu mascarar a situação com essa atitude absurda! Então, aguardaremos o desenrolar de mais um capítulo da falta de senso deste governo.
"

"
Anônimo:

Deixem seus comentários: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=125990"

"
Anônimo:

É fato! A medida administrativa é mesmo substituir os professores grevistas que dão aula para o 3º ano."

"
Graça:

Boa tarde Prof Euler,
Uma vez mais voce se superou!
Posto o e-mail que enviei hoje aos nosso associados e colegas, fica à sua vontade, publica-lo ou não.

Att

Graça

Sent: Friday, August 05, 2011 1:01 PM
Subject: ASSEEITARE URGENTE !AVISO INFORMATIVO

Prezados Colegas,

Os professores e servidores da rede estadual de MG permanecem em greve por tempo indeterminado, ou até que o governo de MG cumpra A LEI FEDERAL que definiu o PISO (salário mínimo inicial) PARA OS INTEGRANTES DOS QUADROS DE MAGISTÉRIO. Dessa vez não se pode usar o batido jargão "de greve por interesse político". A luta é pelo direito de receber o piso salarial determinado por Lei Federal, confirmada em julgamento do STF, ao qual não cabe mais recurso.

DECISÃO DO SUPREMO NÃO SE DISCUTE OU NEGOCIA, CUMPRE-SE!

Ainda assim, o governo aproveita-se de seu poder ($$$) sobre a mídia e continua a repetir que já paga o piso, mas todos sabemos que não é verdade, pois ele considerou o teto (vencimento básico + direitos e vantagens) como piso.

O que o governo ainda não percebeu é que " mídia on line " não admite a costumeira censura dos poderosos, "a lei da mordaça" não funciona no mundo sem fronteiras da internet.
E quando digo governo, me refiro ao executivo e ao legislativo, pois a tal Lei do Subsídio foi aprovada em 2010, por unanimidade pela Assembléia de MG. Os deputados eleitos para legislar e atuar em favor do povo, abriram mão de seu principal dever e, portanto, podem e devem ser responsabilidados pela situação de conflito entre educadores X governo e pela greve que se estende desde 08/06/2011.
Agora, devem exercer o atual mandato para no mínimo, reparar os prejuízos causados aos educadores, alunos e pais.
Merecem nosso apoio e respeito os colegas da ativa que estão em greve, com dignidade e coragem dão exemplo de cidadania, eles estão lutando por todos nós, aposentados.
Atenciosamente,

Graça Lenzi

Até aqui expressei minha opinião pessoal, o que segue é o informativo da ASSEEITARE.

Favor ler e divulgar :

No anexo, enviamos o aviso:
UTILIDADE PÚBLICA AVISO URGENTE PARA OS SERVIDORES DA REDE ESTADUAL DA EDUCAÇÃO DE MG

Pedimos que voces imprimam o aviso e divulguem nas rádios e em locais públicos, nas Igrejas e Templos, durante as missas, cultos.

Na segunda, dia 25/07/11, foi publicada no MG e no Portal do Servidor a RESOLUÇÃO CONJUNTA SEPLAG/SEE N.º 8386, DE 20 DE JULHO DE 2011 e o anexo com a listagem dos servidores que já fizeram a opção para o retorno à antiga carreira.

São 1.157 páginas + de 84.000 servidores!

BH mais de 20.000 servidores pág 01 a 275
Listo abaixo apenas as SRE onde temos associados:

1)ITAJUBÁ mais de 1.200 servidores ja retornaram
Ativos - Pag 540 a 547 -Aposentados pag 547 a 557

2)CAXAMBU - mais de 1.000 servidores pág 380 a 394

3)POÇOS CALDAS-mais de 150 servidores-pág 909 a 912

4)POUSO ALEGRE SÓ 2 servidores (???) pág. 948 VARGINHA mais de 580 servidores pág -1167 a 1.175

É a primeira listagem publicada, oficialmente, se você já fez a opção pelo retorno e se seu nome não constar na listagem, vá à SRE com o o protocolo de seu requerimento e solicite a publicação imediata, antes de 10/08/11.

Consultar :www.portaldoservidor.mg.gov.br ou http://www.iof.mg.gov.br/institucional/institucional/resolucoes-conjuntas.html
"

"
ASSEEITARE :

continuação post anterior:
ASSEEITARE_ UTILIDADE PÚBLICA_ AVISO URGENTE ! (anexo para imprimir e divulgar)
A TODOS OS SERVIDORES DA REDE ESTADUAL DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

DIA 10/08/2011 (PRÓXIMA QUARTA FEIRA )

É ÚLTIMO PRAZO PARA O SERVIDOR PROTOCOLAR NA S.R.E. O REQUERIMENTO PARA O RETORNO À SUA ANTIGA E LEGÍTIMA CARREIRA!

DEPOIS DESSA DATA NÃO HAVERÁ COMO MANIFESTAR SUA OPÇÃO!O SERVIDOR FICARÁ PARA SEMPRE NO SISTEMA DE REMUNERAÇÃO POR SUBSÍDIO!

ANALISE SUA SITUAÇÃO E EXERÇA SEU DIREITO!

DIRETORES E SECRETÁRIOS DE ESCOLAS NÃO PRECISAM FAZER A OPÇÃO, POIS CONTINUAM NA ANTIGA CARREIRA.

PARA MAIS INFORMAÇÕES :
Para se inteirar da Lei 15.293/04- Carreiras da Educação Básica do Estado de Minas Gerais
Consulte:http://www.planejamento.mg.gov.br/servidor/planos_carreiras/leis_carreiras.asp

Mesmo cientes que a opção é decisão pessoal e merece respeito, é preciso buscar informações para melhor decidir. Para isso, sugerimos consultar os seguintes sites ou endereços:

www.blogdoeulerconrado.blogspot.com; www.joaofilocre.com.br; www.direitodoservidor.wordpress.com;
www.blogdabeatrizcerqueira.blogspot.com; www.sindutemg.org.br

NÃO HÁ MAIS TEMPO A PERDER!
EXERÇA SEU DIREITO: A OPÇÃO PARA O RETORNO À ANTIGA E LEGÍTIMA CARREIRA!
PRAZO MÁXIMO PARA OPÇÃO:10/08/2011
Ajude a divulgar! Sua atuação fará a diferença!
Contamos com você
Atenciosamente,
Graça Lenzi

ASSEEITARE - Associação dos Servidores Estaduais da Educação de Itajubá e Região
"

"
Anônimo:

Nossa,como é que alguém tem coragem de escrever uma barbaridade dessa (Opinião desastrosa) nesse blog. Sinceramente voce deveria ter vergonha de dizer Minha escola não esta de greve,eu não estou de greve,vou esperar próxima assembleia .Deveria ter vergonha de dizer isso.Osalunos e pais sabem sim que o culpado de toda essa situação é do governador que não admite negociar. Jú Oliveira. Todos aí nessa realmente são profesores???? Leia o poema O Analfabeto político."

"
Gracieusa Brito:

Profº Euler, anime - se, ainda temos esperança, veja isso:
Ver galeria de especiais
Opine

O plano Brasil sem Miséria tem por objetivo tirar 16,267 milhões de cidadãos da pobreza extrema. Na sua opinião, qual setor mais importante a ser fortalecido nesta campanha?

Educação
(41%, 658 votos)
Saúde
(28%, 444 votos)
Emprego e renda
(14%, 227 votos)
Qualificação profissional
(8%, 125 votos)
Agricultura familiar
(5%, 81 votos)
Segurança pública
(4%, 79 votos)

Total de votos: 1.614

http://blog.planalto.gov.br/categoria/destaques/conversa-com-a-presidenta/

Enquetes anteriores
FEDERALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO JÁ.
O Governo Federal já tem a LDB e o PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA, já desenvolveu o sistema de avaliação da educação e também de valorização dos profissionais. Já paga e bem o piso de quase 4 mil reais aos professores federais. Também já arrecarda quase a totalidade dos impostos que compoem o PIB.
Em contrapartida haverá enorme economia pois não haverá tantas secretarias, tantas propagandas de desgovernos que a cada eleição desmantelam todo o sistema educacional para dar empregos aos financiadores das campanhas eleitoreiras. E nem tantos "subsídios castigos " aos funcionários que julgam ser culpados por que eles não conseguiram emplacar nas urnas, e culpam os mesmos pelas derrotas eleitorais.
A idéia dos companheiros João Paulo, Luciano História e Rômulo é excelente, e tem que ser ampliada e divulgada.
SEM MEDO DE SER FELIZES!
"

"
Anônimo:

Eu chorei, literalmente, quando li a reportagem do jornal "O Tempo" sobre o protesto em frente à agência bancária da Avenida Vilarinho. É muito triste você pensar que foram anos de sonhos, de projetos, de aprendizado numa faculdade, atividades estas realizadas com tanto empenho, visando a melhor qualificação ou desenvolver ao máximo nossas competências para exercer uma profissão tão digna e cheia de futuro...Tornamo-nos EDUCADORES num pais de políticos corruptos, administradores medíocres e elitistas. Exercendo nossa profissão em escola pública ou particular, não importa: somos responsáveis pela formação do cidadão sim!O que estamos vivenciando aqui em Minas com esta greve é aviltante. Deveríamos ter direito , além do que nos foi usurpado, (salário, remuneração) a indenização por tortura psicológica nesta ditadura do AZIA.
"

"
Anônimo:

/caro amigo Euler, gostaria de ter informações sobre o ACÓRDÃO. O q está segurando (impedindo) p q ele seja publicado?".

"
Anônimo:

Caros Euler e companheiros de luta, no comentário de hoje, já parabenizei o responsável por este espaço de discussão e lutas por nossos Direitos. Agora, cumprimento-o, novamente, pela resposta à professora que não sabe se ainda entrará em greve. Francamente. É o fim da picada. Ontem, em Espera Feliz, também, passamos por isso: existem aqueles que ainda estão pensando, enquanto eles pensam, nós 'damos a cara pra bater'. Penso que, de pessoas que não lutam por seus direitos, a Educação não precisa, tais devem estar satisfeitos, e Piso, para eles, é uma bobagem! Pois deveriam assinar um documento abdicando-se das vantagens que, certamente, obterão sem suor e lágrimas. À custa da dor alheia. Porém, deixemos os titubeantes de lado e vamos em frente. Quanto à postagem da minha amiga que informa sobre a aberração de os funcionários da SREs receberem capacitação para nos substituírem nos 3ºs anos, essa eu quero ver, há alguns que ao fazerem o "repasse de alguma capacitação" para professores já são uma lástima, outros não vão sozinhos, só andam em duplinhas, tipo 'Cosme e Damião'. Quero vê-los na sala com quarenta alunos, abordando com conhecimento e propriedade os diversificados conteúdos que compõem a grade curricular desta série. Será um vexame. Quem participar verá. O ponto positivo disso é que, quem sabe, esses que se candidatarem a nos substituir passem a ver a carreira do Magistério através de um outro olhar, olhar de respeito por quem realmente é Mestre!"

"
ABC:

Euler, Anastasia anda tão engraçadinho, não acha? Veja bem: Na entrevista concedida à Itatiaia, ele falou que a greve é LOCALIZADA... kkkkkkkkkkkkkk Localizada mesmo, no ESTADO DE MINAS GERAIS, de Norte a Sul, não é, governador? Achei que nossos governantes fossem mais inteligentes, mais responsáveis, mais sérios, visão ampla. Ledo engano. ABC "

"
Flávio/Bhte:

Gostei da sentada que a turma do CONLUTAS deu nos representantes da CNTE e CUT no último comando de greve. Até os petistas aplaudiram rsss...

Anastazista,

não queira empurrar goela abaixo aumento de subsídio na próxima 2a feira porque assim como o faraó, cairá do cavalo. Esta com ódio da categoria porque quase perdeu a eleição para governador e agora fica de pirraça.

ATENÇÃO BLOGUEIROS,

Em setembro tem gratificação para os servidores do Estado (aquela merreca que a curriola do choque de Gestão batizou de 14º).

FEDERALIZAÇÃO DO ENSINO JÁ!
"

"
Anônimo:

Euler e companheiros de luta, acabei de chegar na minha cidade e saber que mais uma escola aderiu ao movimento. A partir de segunda-feira todos estarão lutando conosco. E é do 1º ao 5º ano. Abraço e até a vitória final!"

"
Anônimo:

Não sou contra a greve, acho que devem lutar pelos seus direitos mas não acho justo que os alunos pagam por isso. A verdade é O ÚNICO QUE SAI PERDENDO, um ano de suas vidas jogados fora. Será que alguém já pensou nisso? Quantos pais lutando para comprar material para seus filhos, para no fim se deparar no meio de uma guerra, onde cada parte pensa em se próprio. O que fazer? Quem pode vai para uma particular, o pobre perde o ano."

Comentário do Blog: Vamos por partes, meu caro. Não é só o aluno quem perde, mas todos nós, educadores, alunos, pais de alunos, a sociedade como um todo, enfim, perde quando não se investe adequadamente em educação. Não adianta manter uma escola funcionando só para constar na estatística. Precisamos de uma escola de qualidade, e isso só se consegue com educadores bem remunerados e em condições adequadas de trabalho. A nossa luta não é apenas pelo interesse egoístico de um ou outro educador, mas uma luta pela salvação da educação pública, que está ameaçada pelas políticas dos governos, conscientemente voltadas para destruir esse espaço público de formação crítica dos filhos das famílias dos trabalhadores. Não me venha com discurso reducionista, querendo desconhecer quem é o verdadeiro responsável por esta tragédia: o governo de Minas, aqui em nosso estado, e os demais governos, nas respectivas esferas de poder. Nós estamos perdendo salário, sendo ameaçados, humilhados através da mídia comprada, e não vamos arredar pé de lutar pelos nossos direitos. A nossa vitória não se limita à realidade de um ano letivo apenas, mas à conquista da possibilidade de uma escola pública de qualidade e uma carreira decente para toda uma vida. E para o bem de toda a comunidade, especialmente dos mais pobres.

"
JU OLIVEIRA:

OI EULER,

VOCÊ ESTÁ CERTO QUANTO AO SABÃO QUE PASSOU EM MIM E EM MEUS COLEGAS QUE NÃO ADERIRAM À GREVE. DEVEMOS SIM TER VERGONHA. MAS CERTAMENTE, CADA UM DE NÓS TEM MOTIVOS FORTES PARA TOMAR ESTA POSIÇÃO. MAS SUAS PALAVRAS, DURAS, NÃO ME AFASTARÃO DAQUI PORQUE GOSTO DO QUE ESCREVE E COMPARTILHO DESSES IDEAIS, MESMO NÃO ESTANDO EM GREVE.

MAS O MOTIVO DE MEU CONTATO É INFORMAR QUE HOJE A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO ANA LÚCIA GAZZOLA ESTARÁ AO VIVO NO JORNAL BAND MINAS ÀS 18:45.

NOSSA PARTICIPAÇÃO SERÁ IMPORTANTE. ENVIEMOS NOSSOS QUESTIONAMENTOS.

DIVULGUE POR FAVOR PARA OS SEUS COMPANHEIROS DE LUTA.

E ABRAÇOS...
"

"
JU OLIVEIRA:

EULER,

LI O COMENTÁRIO DE UM ANÔNIMO QUE ME CITOU TAMBÉM CRITICANDO MINHA POSTAGEM. O FATO É QUE NÃO OMITIRIA A INFORMAÇÃO DE QUE NÃO ESTOU EM GREVE DE FORMA HIPÓCRITA. SABEMOS QUE MUITAS ESCOLAS NÃO PARARAM. EU TENHO CORAGEM DE ADMITIR ISSO E COMENTAR AQUI EM SEU BLOG MOSTRANDO MINHA CARA, ACREDITANDO SER ESTE UM ESPAÇO DEMOCRÁTICO. E APESAR DE NÃO ESTAR EM GREVE, MANIFESTO COMO POSSO, USANDO OS ESPAÇOS VIRTUAIS.
"

Comentário do Blog: cara colega JU, não quis ser grosseiro com você, embora não pudesse esconder a minha opinião contrária a atitude de quem, nesse momento, não participa da greve. Claro que todos têm razões diferentes, mas isso se aplica também a quem está em greve, que também teria razões para deixar de participar. Seria importante, dada a sua disposição de estar participando desse debate e de outros fóruns, repensar a atitude que você e seus colegas estão assumindo. Precisamos de todos em greve, para colocar o governo cada vez mais contra a parede. Quem entrar em greve já terá muito pouco a perder, mas será bem vindo e poderá fazer muita diferença. Por isso, discuta com seus colegas sobre o que você tem acompanhado pela internet. Um abraço e coragem para entrar em greve!

"
Anônimo:

Prezado Euler, tenho certeza de que o Anastasia está se enforcando cada vez mais com a ´própria corda que criou. Diante dele está uma Lei Federal a nosso favor que ele tem de cumprir, queira sim queira não, o subsídio não colou, principalmente para os mais antigos, o dinheiro está escasso por motivos de desvios. Ele joga a culpa na publicação do acórdão que, felizmente, será aprovado a qualquer momento. É só ele pagar o piso salarial para os 150 mil professores que retornaram à carreira antiga e continuar o subsídio para aqueles que o desejarem. Não há nada a fazer, pois conheço alguns professores aqui na minha cidade que gostam do subsídio, não sei o porquê de tanto amor assim. Perco sono quando me lembro de duas palavras: SUBSÍDIO E ANASTASIA."

Blog do Euler em Caratinga:

Atenção, pessoal da luta, amanhã, sábado, estarei na cidade de Caratinga, participando de uma assembleia dos educadores. Embarco hoje a noite juntamente com o combativo amigo Rômulo. Portanto, durante todo o dia de amanhã não postarei os comentários. Mas, no final da noite, quando estiver de volta ao bunker, farei um relato da viagem e novas impressões sobre a nossa luta. Por toda parte tem acontecido este deslocamento de educadores, para fortalecer a luta dos colegas de outras cidades, ou escolas. Como lembrou a colega ABC no seu comentário, a nossa greve está de fato "localizada" em todo o estado de Minas Gerais. Um forte abraço a todos e força na luta. Até às 21h eu aindo estarei no bunker. Mas, amanhã cedo não haverá um post novo como tem acontecido. Que pena que com o salário de professor de Minas ainda não conseguimos adquirir um tablet, rsrs, para poder escrever diretamente do ônibus ou da assembleia. Chegaremos lá!

Na Band, a bazófia da Gazzola

Acabo de ver a entrevista ensaiada feita pela Band com a secretária de Educação (ou seria Deseducação?) de Minas.

Impressionante a falta de sensibilidade para com a realidade dos educadores e da Educação. Sem falar no cinismo de querer demonstrar preocupação com os alunos do 3º ano do 2º grau. Mas, se há mais de 90% das escolas funcionando normalmente, por que tanto desespero deste governo?

Agora, acho que a direção sindical tem a obrigação moral de ingressar na Justiça contra a Band, que tem a cara de pau de fazer uma entrevista dessa em horário "nobre", sem ouvir a outra parte. Jornalismozinho de meia tigela este. Mas, também, para um governo de meia tigela, fica tudo do mesmo tamanho. Um governo que mente, descumpre lei e se apresenta com fachada de gente séria, quando desrespeita a inteligência das pessoas, não merece respeito.

A greve continua e vamos fortalecê-la, apesar da arrogância deste governo, que vai caindo no descrédito popular. Olha o que eu estou dizendo: não demorará muito para que ocorram manifestações de rua com caráter mais radical. O governo está brincando com os educadores e com a população de baixa renda. Vai receber o troco.

"
Anônimo:

A band minas só perguntou o que a secretária queria responder!
Jornalismo podre...
A greve continua cada dia mais forte!!!!!
"

"
Gracieusa Brito:

leiam, companheiros:

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2011/08/05/interna_gerais,243572/professores-pedem-dinheiro-nas-portas-de-bancos-para-completar-salario-cortado.shtml

CHOREI.
"

"
Josiano - João Monlevade:

Olá Euler!
Sou um professor designado e estou de greve sozinho nas duas escolas que trabalho pela rede estadual, estive pensando no penúltimo artigo postado por você, em que você chama a atenção para a estratégia maldita do governo, e eu pergunto, se, salientando que é se, pois eu tenho fé no contrário, o numero de servidores que fizerem opção para a carreira antiga for menor que a metade, e o governo administrar as duas carreiras, uma pagando o piso no vencimento básico e a outra como está previsto no edital do concurso, o subsídio, como ficará a minha situação já que até agora pelo que entendi sou obrigado, uma vez que fui compusóriamente enquadrado no subsídio e não posso voltar para carreira antiga, a continuar a receber e conviver com essa, ( perdão a palavra que melhor expressa minha indignação diante do ignóbio vencimento que foi imposto) merda. obrigado! Aguardo resposta e até a vitória.
Josiano - João Monlevade
"

Comentário do Blog: Olá, Josiano, Parabéns pela atitude e pelo exemplo. Vamos torcer para que você ingresse na carreira como concursado. Quanto a sua pergunta, estamos lutando para detonar o subsídio. Será muito difícil para o governo manter os dois sistemas, que têm características completamente distintas. Não cansaremos enquanto os designados e novos concursados também tenham direito a optar pela antiga carreira. E este é um outro dado que os jornalistas de aluguel não indagam para o governo: se o subsídio é tão bom, por que os educadores designados e os novatos ou os que ficarem presos após o dia 10 não podem optar pelo antigo sistema? Por si só este ato revela o caráter destruidor da carreira que representa o subsídio. Um forte abraço e força na luta!

"
TÊ, GUAXUPÉ:

ESTOU EM GREVE SOZINHA DESDE 08 DE JULHO...
GRAÇAS A DEUS MINHA ESCOLA ADERIU A PARTIR DESSA SEGUNDA-FEIRA. OUTRAS ESCOLAS VIRÃO...
VAMOS SEGUIR EM FRENTE ATÉ O PISO NACIONAL.
TÊ, GUAXUPÉ
"

Comentário do Blog: Parabéns, colega, e que os seus colegas que entraram em greve agora sejam bem vindos à luta!

Atenção colegas: Fiquem atentos para uma nova carga publicitária / propagandística do governo neste final de semana. Como sempre, o jornal da Famíglia do Faraó deve dar a tônica desta campanha suja contra os educadores. Durante a assembleia do dia 03, alguns educadores ventilaram no meu ouvido a necessidade de se pedir, nas ruas, o Impeachment do governador de Minas. Eu achava que ainda estava cedo para isso. Mas, a depender da atitude deste governo nos próximos dias, vou me tornar partidário dessa tese. Minas não pode continuar com essa realidade de ditadura travestida de democracia. Não vamos nos calar e não vamos aceitar que as coisas continuem assim. Se eles pensam que estão nos desgastando, estão muito enganados. Eu por exemplo estou me sentindo como se a greve tivesse começado hoje. Ou seja: com total energia para levar essa luta até as últimas consequências. E vocês, colegas, como estão?

"
EDUCADORA:

Euler,
Como sempre, vou utilizar este maravilhoso espaço para complementar a sua resposta à colega
Ju Oliveira. Se os pais dos alunos de "sua escola" estão culpando os professores pela GREVE, é porque falta a eles informação e cabe a vocês, professores, informá-los, esclarecê-los. Faça isto e verás como terás não só o apoio como a participação deles nas assembleias. Outra questão é referente à adesão à GREVE. Penso que é exatamente por ficar aguardando assembleias é que estamos deixando de ter os 100% de adesão dos servidores. Uma vez deflagrada a GREVE, você não precisa esperar que todos da sua escola decidam participar, pois a decisão já foi tomada pela CATEGORIA, você pode aderir sozinha, a greve não acontece por escola mas pela CATEGORIA. Ju, não se intimide, faça valer o título de EDUCADORA, venha juntar-se a nós. Você e toda sua escola serão muito bem-vindos! Convoca também os PAIS, ALUNOS E A COMUNIDADE para inteirar-se do assunto e participar. Com certeza TODOS estarão do nosso lado lutando pelo CUMPRIMENTO DA LEI e consequentemente pela QUALIDADE DA EDUCAÇÃO PÚBLICA EM MINAS GERAIS! Abraços e venham mesmo!!!
"

"
Anônimo:

Euler,
Eu já postei aqui no seu blog, há um tempo atrás, a sugestão do IMPEACHMENT deste governador mineiro. Afinal, ele não está exercendo o seu cargo a contento. O que ele e suas secretárias estão fazendo com a EDUCAÇÃO e com os EDUCADORES é uma aberração, suas atitudes tem afetado toda a população, principalmente os menos favorecidos. Já falei e repito, os políticos são eleitos pelo POVO, devem portanto, trabalhar para o POVO, atendendo aos interesses do POVO. Cabe ao POVO fiscalizar, acompanhar, criticar, sugerir, mudar de governo quando este não cumpre com suas funções. Já provamos que não somos idiotas. O governador precisa compreender que ele está governador, é passageiro. Político não é "profissão" apesar que muitos gostariam que fosse. Agora, PROFESSOR é uma PROFISSÃO muito digna e importante para o crescimento da NAÇÃO! Portanto, concordo plenamente com você Euler, se continuarmos sendo ignorados, desrespeitados e massacrados por este governo e suas secretárias, vamos nos organizar e ir para as ruas gritar: FORA ANASTASIA!"

"
Anônimo:

Euler, e colegas,
Os professores da rede municipal de Ipatinga tiveram uma vitória hoje. O prefeito iniciou ontem, contratações de professores para substituir os grevistas. (o triste é que apareceram alguns profissionais para os contratos). Só que hoje, antes deles começarem a trabalhar o promotor expediu uma liminar suspendendo os contratos, pois segundo ele, é inconstitucional contratações para substituir trabalhadores em greve. O MP também obrigou a reabertura das negociações, que já iniciaram hoje. BRAVOS COLEGAS DE IPATINGA. Outra notícia: Mais 5 colegas da Escola em que trabalho JOÃO XXIII resolveram aderir ao movimento a partir de amanhã. Antes tarde do que nunca! LUTA ATÈ A CONQUISTA DO PISO!...
"

Comentário do Blog: Boas notícias, colega! Parabéns às diretoras do sindicato Feliciana e Cida, que tomaram a corajosa atitude de iniciar uma greve de fome; parabéns aos educadores do município de Ipatinga que estão em greve pelo piso; parabéns ao Ministério Público da cidade, que, ao contrário do MP do estado, não está se omitindo. Um forte abraço a todos e força na luta!

"
Anônimo:

Caríssimo Euler,
graças a Deus, louvo por este espaço preciosíssimo que se tornou o seu blog. Peço licença para expor algumas reflexões aqui:

- chego a ficar emocionado (indignação, contentamento, vibração, sentimento de justiça ) quando leio suas interessantes reflexões e de outros colegas que postam informações interativas nisto que se tornou a verdadeira revolução silenciosa pela internet;

- a cada vez que ouço e leio notícias sobre este (des)governadorzinho e suas asseclas - leia-se secretárias - bem como outros de sua trupe como deputados de sua base , sempre repetindo o mesmo bordão " que o governo de minas já paga o piso", aumenta a minha indignação e certamente a de milhares de companheiros(as) que estamos nesta luta gloriosa;

- agora as últimas manobras desta trupe são dignas de um teatro rocambolesco, de uma gente que não está preparada para ocupar o cargo que ocupam, que acham que nós educadores e o bom povo destas nossas minas gerais somos todos imbecis, tolos que caímos em qualquer bicaria tosca, como eles estão tentando passar através desta imprensa medíocre e comprada como a rádio itatiaia, e agora com a última entrevista da Gazzola na Band;

- esta trupe vem com este enredo orquestrada de mentiras tentando calar os educadores e confundir a opinião pública; mas são muito amadores, desde o comunicado mentiroso que veicularam na rede globo na semana passada, e continuam este festival de inverdades e provocações;

- mas fingem que não percebem que estão se enredando na própria atitude nefasta que voltará contra eles, no momento certo em que a justiça haverá de ser feita, e a "verdade nos libertará"; ora, não se governa com este amadorismo;

- agora, só faltava esta, este (des)governadorzinho fascistóide acha que vai resolver a questão da greve tomando "medidas administrativas " como remanejar pessoal para substituir os professores das turmas de terceiros anos que estão em greve; ora esta, quanta "sabedoria" de um governante? assim ele e sua trupe acha que vai resolver o problema ! Ledo engano;

- gente, é muita cara de pau ! vocês notaram a rispidez e o nervosismo que a secretária estava respondendo a uma repórter numa entrevista á rádio itatiaia? isto deve revelar alguma coisa , não acham? esta gente deve se cuidar enquanto é tempo para não irem pro lixo da história de minas, logo logo;

-abraços a todos(as) bravos (as) e valentes guerreiros (as). Haveremos de chegar à uma vitória gloriosa com a sensação e a certeza de termos "combatido o bom combate ".

- Em tempo: sugiro enviarmos milhares de e-mails pra esta rede vendida band minas entupindo seu fale conosco em forma de protesto por esta grosseria em não fazer um debate democrático e ouvir todas as partes , e não este jornalismozinho vendido .
"

"
EDUCADORA:

Euler,
Estou como você, cheia de energia. A cada mentira dita pelo governador e suas secretárias fortaleço-me mais, servem de combustível para continuar lutando. Prezo sempre pela VERDADE. Está claro que o objetivo deste governo é impor a todo custo as suas ideias, incluindo o FIM DA CARREIRA DE PROFESSOR E DA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE PARA TODOS. Mas como disse no início da nossa conversa, estamos cheios de gás para lutarmos até a VITÓRIA! Temos uma população em massa a nosso FAVOR! Porque, modéstia a parte, nós sabemos cativar, usar bem as palavras, informar, ouvir e aceitar diferentes opiniões, dialogar e formar cidadãos. Coisas que AnastAZIA e sua corja precisam aprender...
"

"
Anônimo:

ALUNOS DAS ESCOLAS PÚBLICAS IRÃO FAZER UMATO PÚBLICO CONTRA O GOVERNO ANASTÁZIA. SEGUNDA FEIRA TODOS VÃO A PRAÇA 7 COM CADERNOS EM PUNHO EXIGINDO DO GOVERNO O SEU DIREITO CONSTITUCIONAL IDEM AO PISO DOS PROFESSORES."

"
Anônimo:

NUNCA PODEMOS DEIXAR DE LEMBRAR QUE FOI A MESMA BAND (IDA) QUE MANDOU DEMITIR O JORNALISTA JORGE KAJURU APÓS TECER ALGUMAS CRÍTICAS A FESTA ARQUITETADA PELO AÈCINHO DURANTE UM JOGO DA SELEÇÃO SO RICARDO TEIXEIRA."

"
Denise:

Jú Oliveira,

Não tenha medo. Você não estará sozinha.Na escola que eu trabalho somente nesta semana os educadores do 1ºturno aderiram a greve.

O 2º turno se omite baseada em colocações como a sua. Os nossos alunos e os seus pais, tem as mesmas necessidades que nós e os nossos filhos.

Temos direito a um salário digno. Um salário que possibilite a garantia miníma aos nossos filhos.

Não somos responsáveis pelo péssimo salário que recebemos.Os responsáveis são aqueles benditos 57 deputados que não exercem de fato suas funções. São apenas vaquinhas... de pr...só acatam o que o executivo quer.

Venha pra luta. Sinta orgulho mesmo sendo a única a lutar em sua escola.

Eu espero que as minhas guerreiras que no ano passado sofremos juntas na greve e repormos todos os dias que foi devido aos nossos alunos, tomem consciência e participem.

EE.Profª Maria Cecília de Melo, esta é a minha escola e que eu amo trabalhar.

Euler, não temos tablet, mas dá pra pagar uma hora em uma lan house. Não vou agüentar ficar todo este tempo sem te ouvir.

Abraços e que As 13 Almas estejam sempre conosco. Amém
"

"
Anônimo:

CREIO QUE A MELHOR ESTRATÉGIA DE CHAMAR ATENÇÃO DA MÍDIA NACIONAL, NESSE MOMENTO, É DE QUE UM BOM GRUPO DE PROFESSORES SE REÚNAM E INICIEM UMA GREVE DE FOME EM FRENTE A SEDE DO GOVERNO!"

"
Anônimo:

Eu também estou disposta a ficar em greve até o ano que vem se for preciso. Se for preciso, lutar para tirar esse governador do poder. Estou com o gás total atrás do piso (que convenhamos, é uma bela de uma mixaria, mas já que nos é direito, EU QUERO, EU EXIJO E SÓ SAIO DA GREVE COM O PISO). Sinto muito pelos alunos, mas estou no Estado há 5 anos e sei que se eu não lutar pela valorização da minha categoria, da minha profissão, eu não aguento mais 5 anos. Então, como todos os grevistas, estou sofrendo com a pressão da greve, com os comentários idiotas contra nossa classe, com falta de pagamento (que por sinal não vou e acho que ninguém deve repor os dia cortados). Mas estou tentando enxergar mais longe, meu futuro, não quero daqui 1 ano e meio está ganhando um salário mínimo. Não me formei para pedir esmola. EU QUERO SALÁRIO DIGNO! É HORA DE COLOCAR ESSE GOVERNO CONTRA A PAREDE E EXIGIR ATENÇÃO À EDUCAÇÃO. E NÃO SÓ ESSE ANASTASIA. QUALQUER GOVERNADOR DE MG TEM QUE ESTAR CIENTE QUE NÃO VAMOS MAIS TOLERAR SER A CATEGORIA MAL PAGA, MAL VESTIDA, PENDURADA EM ÔNIBUS, TRABALHAR 3 TURNOS. ELES VÃO TER QUE NOS RESPEITAR. NEM QUE ARRANQUEMOS ESSE RESPEITO NA MARRA, NA REVOLUÇÃO. IR PARA AS RUAS DE FORMA INCANSÁVEL, COLOCAR FAIXAS, SINDICATO COMPRAR HORÁRIOS NA MÍDIA, ALUNOS PERDEREM O ANO... E O QUE MAIS TIVER QUE ACONTECER. NÃO DEVEMOS TEMER NADA. SOMOS O CÉREBRO DO BRASIL. SOMOS RESPONSÁVEIS PELO FUTURO DA NAÇÃO. SOMOS OS PROFISSIONAIS DIGNOS DE APLAUSOS POIS POR NÓS PASSAM MÉDICOS, ADVOGADOS, CIENTÍSTAS, POETAS. SEM PROFESSOR UMA NAÇÃO, UM POVO NÃO É NADA. NÃO SABE NEM USAR NÚMEROS PARA DAR UM TELEFONEMA. QUEREMOS DIGNIDADE. O BRASIL VAI TER QUE OLHAR PARA MG E VER QUE FIZEMOS A HISTÓRIA EM 2001. A EDUCAÇÃO VAI TER QUE MUDAR, A HORA É ESSA. ESPERAR MAIS O QUE? MAIS QUANTOS ANOS? FICAR ASSIM PARA SEMPRE OU PIORAR? NÃO!!! O BRASIL SE RENDERÁ AOS PROFESSORES DE MG, POIS NEM QUE TIREMOS FORA ESSE GOVERNO ELE VAI TER QUE NOS RESPEITAR. ELE NÃO VAI TER SOSSEGO. ESTUDEI, FORMEI, ESPECIALIZEI E QUERO ATUAR NA MINHA ÁREA E NÃO SERÁ ESSE GOVERNO DE MEIA TIGELA QUE VAI ME DESMOTIVAR. JUNTOS SOMOS MAIS. O POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO. VAMOS MARCAR A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO EM MG, NÃO SÓ POR CONSEGUIRMOS O PISO, MAS POR MOSTRARMOS QUE NEM NOS DEIXANDO NA MISÉRIA SEM SALÁRIO NOS ACOVARDAMOS. O GOVERNO SE RENDERÁ A NÓS."

"
Gleiferson Crow:

Caro Euler e companheiros de LUTA

Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer.
Mahatma Gandhi"

(Meu Deus! Por quê?) Essa é a maneira de iniciar este comentário, estive na EE Mestre Cornélio em Capim Branco (pertence a REGIONAL DE SETE LAGOAS) que está funcionando normalmente, percebi que está havendo muita pressão por parte do GOVERNO E DE SEUS REPRESENTANTES em relação ao nosso MOVIMENTO em busca de JUSTIÇA e imediatamente fui até minha casa e busquei 3 (TRÊS) INFORMATIVOS do SindUTE nº 36, 37 e 39
"EM RESPEITO À VERDADE: O NOSSO CONTRACHEQUE
Minas: o PIOR SALÁRIO da educação do país" - nº 39, mas antes consegui a atenção de nossos companheiros que ainda não aderiram a GREVE, pois a escola está funcionando normalmente. Fiz o convite para estarem presentes no dia 9 de agosto, terça-feira e ainda informei sobre o especial que sai da cidade de Matozinhos para a ASSEMBLEIA. Muitos deles ainda continuam na dúvida com relação ao PISO X SUBSÍDIO, expliquei sobre as vantagens de voltar para o sistema "antigo" que irá preservar nossos direitos. E ainda, reforcei se o SUBSÍDIO fosse bom seria adotado em todos os seguimentos do setor público do Estado de Minas Gerais, e ainda " O subsídio descaracteriza a carreira dos profissionais da educação, reduz percentuais de promoção e progressão na carreira, rebaixa o salário dos profissionais que dedicaram a sua vida funcional ao Estado, remunerando-os com o mesmo salário daqueles que começaram a trabalhar este ano. " SindUTE Informa nº39 http://www.sindutemg.org.br/novosite/janela.php?pasta=files&arquivo=2111
Essa já é a terceira escola que visito e deixo o convite para aderir a categoria, pois se não acreditarmos que juntos venceremos, pessoas que deveriam representar e zelar pelo povo, vira e age como um fora da lei. Faço aqui minhas as palavras do nosso amigo e companheiro Euler Conrado e de outros companheiros que já citaram "Durante a assembleia do dia 03, alguns educadores ventilaram no meu ouvido a necessidade de se pedir, nas ruas, o Impeachment do governador de Minas. Eu achava que ainda estava cedo para isso. Mas, a depender da atitude deste governo nos próximos dias, vou me tornar partidário dessa tese." Já disse em outros comentários: temos que "varrer" políticos fora da Lei para fora de Minas Gerais. Conversando com alguns colegas de trabalho, pois já trabalhei nessa escola alguns disseram que a escola tem que informar para a superintência todos os dias quem faltou (se por motivo de greve ou não, se tem algum professor de greve, isso d-i-a-r-a-m-e-n-t-e , acho que tem mais gente além de Timótio Cabral (personagem de Cordel Encantado) querendo ser Rei de Seráfia, rs rs rs !!! Coronelismo meu caro governador, estamos no século XXI "vigésimo primeiro século da Era Cristã e primeiro século do terceiro milênio. Compreende ..."
Sempre participei dos movimentos de GREVE, e a cada movimento sinto a necessidade de mais informações. Por isso sempre estou presente nas assembleias, faço as leituras dos blog e do SindUTE e faço até cópias dos informativos e passo a informação para todos que perguntam para mim, e sempre faço o convite: TUDO É DECIDIDO EM ASSEMBLEIA, ficar em casa, na escola (mesmo com o aluno em casa, e a escola parada) não resolve.

Vamos caminhar juntos !!! A união faz a força.

Fora Anastasia! Fora Anastasia ! Fora Anastasia! Queremos o cumprimento da Lei Federal 11.738/08

Piso Salarial JÁ !

abraços a todos !!! E que Deus esteja sempre presente e as almas que intercedam por nós também.

Profº Gleiferson Crow
LEIA: O Jornal do José Elias Issa

leiajeissaeemg.blogspot.com
"

"
Anônimo:

Infelizmente vivemos nos resquícios da ditadura onde é cômodo apoiar o poder. Infelizmente, nós da educação seremos os últimos a nos livrar desse cabresto, pois, nos auto culpamos por todos os maus sucessos de nossos alunos. Sempre temos expectativas de que cidadãos idôneos serão formados, e por nossa tristeZa basta que o trânsito feche por alguns segundos para sentir quanto as nossas expectativas são em vão. precisamos, caros colegas professores, deixar urgentemente de usar as "palmatórias" para que essas pessoas que outrora fora nossos alunos se posicionem ao nosso lado, e pare de pregar na mídia a intolerância e o ódio. Saibam vocês caros alunos que as aulas insalubres e melancólicas se deve ao nosso comodismo medíocre que nos impede de discernir entre o certo e o errado. Não sei o que é mais melancólico, a tolerar um professor como Esse inerte Anastasia, que não respeita nada e ninguém ou alguns alunos que hoje pelo fato de ocupar cargos importantes, dão chiliques diante de uma manifestação popular digna e legal que é a nossa GREVE. ORGULHE CAROS ALUNOS QUE TIVEREM HOMBRIDADE, POIS, OS QUE ORGULHAM DESSE MOVIMENTO QUE É RENEGADO PELOS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO, PELOS CORRUPTOS E CORRUPTORES TERÃO SEUS NOME NOS LUGARES MAIS ALTOS DA LEGALIDADE HONROSA QUE HOJE É EXCEÇÃO EM NOSSO PAIS.
DEMOCRACIA SE FAZ COM INFORMAÇÃO DISCERNIMENTO, E ACIMA DE TUDO SENSIBILIDADE. LIDAR COM SERES HUMANOS, PRINCIPALMENTE JOVENS, QUE ALMEJAM FUTUROS MELHORES NÃO PODEM SER TRATADOS COMO MEROS NÚMEROS DE PESQUISAS QUE IRÃO DAR AOS NOSSOS GOVERNANTES O GOSTO DE USAR NOS SEUS CAPRICHOS POLÍTICOS
"

"
Josias guedes:

Caro Euler e colegas.

Tenho um sábio amigo Professor de Geografia que um dia diante da minha indignação em relação à educação conduzida por gráficos, me disse o seguinte: concordo com você, educação não são meros números e tudo que tem sido produzido por esse governo,na época era o Faraó, está sendo represado.E me aconselhou, não desista da educação: eles passarão, nós ficaremos. Um rio represado por uma represa que não deixa sair uma gota d`água tem seus dias para resistir . Ele me alertou: um dia isso vai arrebentar, quer eles queiram ou não.
Esse governo vem represando nossa greve e as águas não param de chegar. Nada impedirá o fluxo das águas.
A sociedade do antigo regime viveu séculos represando águas e a represa arrebentou impiedosamente... Luís XVI e Maria Antonieta tentaram escapar de Paris e o que aconteceu?Cabeças rolaram literalmente.
Nasci em um município onde uma família ficou despoticamente no poder por mais de vinte anos e domingo passado toda a trupe Cozzolino teve que dar tchau ao poder, que até então era um coronelismo no século XXI. Até as escolas municipais tinham o sobrenome da família, sem nenhuma consulta popular para tal.O povo tinha medo até de dar entrevistas sobre a real situação do município de Magé.
A represa do Anastasia há de romper. Até mesmo mentiras tem data de validade, a do governador já expirou e a cada dia e artimanha que faz apodrece e piora o seu produto/discurso.
Caso a sociedade compre o discurso/produto do governador não terá nem o PROCON para reclamar. Quem vai pagar o preço é a sociedade, em décadas ou até séculos de um governo podremente neoliberal que tem uma propaganda falsa e que defende na prática o estado mínimo.
É preciso acordar e somarmos forças para que essa represa arrebente e de preferência carregue o Anastasia e seu modelo de governo para bem longe...
Tudo que li no blog do Euler hoje com informações das artimanhas do governo me indignam e a represa está trincando...
Até quando ele vai manter essa estrutura repugnante e a sociedade e autoridades mineiras permanecerão praticamente inertes?
"

"
Sandra Caratinga:

No site da SEE
"Diretora americana vem conhecer a educação mineira"
" Mary Beth Pelosky conhecerá projetos da Secretaria de Estado de Educação e visitará quadro escolas da rede estadual de ensino" Pessoal, acho que ela também merece conhecer a "verdadeira educação mineira". Quem mora próximo às escolas que ela vai visitar, por favor , mostrem a ela!
"

"
Anônimo:

Professora
Caro Euler , gostaria que vc fizesse uma visita na cidade de Rio Piiracicaba , para nos ajudar junto aos nossos colegas que irredutíveis. Grata .
"

"
Anônimo:

Virgem da lapa está em festa e ao mesmo tempo em luto pela atitude do nosso gooverrno de se esconder diante dos problemas que envolvem a educação mineira."

"
Anônimo:

Você que é efetivo,efetivado ou designado, não tenha medo de participar da greve,somos amparados pela lei. Venha!Juntem-se a nós."

"
Anônimo:

Caro amigo euler, morro de preocupação quando esse blog que é a nossa "boca" demora postar um comentário."

"
Anônimo:

nossos pralamentares !!!! êta povinho feliz!! !eis aí nossa democracia representativa neoliberal...

Deputados compareceram em peso à reunião extraordinária que foi realizada no dia 15 de julho

O cancelamento do pagamento das sessões extraordinárias aos deputados estaduais não teria passado de uma decisão meramente moralizadora, uma vez que os parlamentares já teriam encontrado uma saída para não perder os R$ 8 mil mensais conhecidos como jetom. Ainda em maio deste ano, quando a Presidência da Assembleia oficializou o fim do pagamento do benefício, os deputados acordaram não fazer barulho e continuar frequentando as reuniões extraordinárias sob a condição de receber, mensalmente, por meio da distribuição de pontos na Casa, o valor de R$ 7 mil. O assunto é tratado com reserva no Legislativo.

Segundo deputados ouvidos, que pediram anonimato, a maneira encontrada para executar o acordo seria por meio de uma Proposta de Emenda Parlamentar anexada a algum projeto de lei prevendo mudanças na distribuição de pontos dos gabinetes da Casa. "Seria o equivalente a um VL 56 por gabinete, o que totaliza R$ 7.866, praticamente o mesmo que recebíamos com as extraordinárias", informou um deputado.

Pelo sistema da Casa, cada parlamentar tem 275 pontos para distribuir entre os funcionários do gabinete, o que dá um máximo de 23 cargos. Soma-se a isso o pagamento da verba indenizatória, onde entram gastos com material de escritório e de consumo interno. "A emenda iria abrir brecha para que fossem repassados aos gabinetes o montante. O problema é que ainda não encontramos o momento propício para engatar a matéria em um projeto. Quando fechamos o acordo, estávamos prevendo começar a receber já em agosto", disse outro deputado.

Além deles, outros dois assessores parlamentares confirmaram a movimentação dos deputados para "evitar perdas financeiras" com o cancelamento do jetom. "Por isso, as sessões extraordinárias continuam dando quorum", afirmou um funcionário da Casa. "O pagamento do jetom estava colocando a Casa no alvo das críticas da opinião pública. Não tinha como manter o benefício", disse outro assessor.

Já foram convocadas na atual legislatura 21 reuniões extraordinárias, sendo que a última ocorreu em 15 de julho, antes do recesso parlamentar. Até maio deste ano, cada deputado recebia o equivalente a R$ 1.002, sendo que podem ser convocadas até oito reuniões por mês. O jetom turbinava os salários dos deputados em até R$ 8. 016 por mês. O benefício acabou criando entre os parlamentares a tradição de derrubarem o quorum nas sessões ordinárias forçando a convocação das reuniões extras. Atualmente, os deputados contam com um subsídio mensal de R$ 20 mil, auxílio moradia de R$ 2.250 e R$ 20 mil em pagamento de verba indenizatória. Dessa maneira, o custeio mensal da Casa com a atividade parlamentar gira em torno de R$ 3,7 milhões, segundo levantamento do mês de maio divulgado pelo Legislativo. Apenas no primeiro semestre, foram gastos R$ 17 milhões.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o presidente da Casa, deputado Dinis Pinheiros (PSDB), negou a manobra. A diretoria geral da Mesa também afirmou que não existem projetos ou emendas que preveem o aumento das verbas ou mudanças no regime de distribuição de pontos.
"

"
" Carlinhos do Machado":

Estamos perto de um feito histórico, que é a conquista do nosso reconhecimento profissional, que é de direito e já sacramentado pelo STF, e só o nosso desgoverno desconhece. Há resistência por parte do desgoverno de não dar o braço a torcer em uma coisa que já é fato, de não fazer valer a lei do piso. Dizem que a ASSEMBLEIA é a casa do povo, más ha restrições em divulgar e mostrar o nosso salário diante de monstruosos salários recebidos pelos nossos deputados. O chefe da casa sentiu-se humilhado com os vencimentos da categoria dos educadores em postar um contra-choque mísero que recebemos em relação aos nossos representantes na assembléia. Que vergonha hein deputados!!!

CONTINUAREMOS FIRMES NA LUTA COMPANHEIROS...
"

"
Giovane Diniz (Pipoca):

Caro anônimo, do post, "preocupado "com os alunos, antes de mais nada, egoísmo por egoísmo, vocês também o são pois, pensam apenas em seus flilhos. Sabemos que não se preocupam com a Educação e a aprendizagem de verdade, o que querem são as Babás dos seus marmanjos bebezinhos, de volta para poderem ir trabalhar em paz.

Se esquecem que nós PROFESSORES, também temos filhos, e mais do que estudo, precisamos dar a eles comiga, moradia e dignidade.

Se você não tem dinheiro para pagar uma escola particular, deveria ser um dos primeiros a aderir à nossa luta, que também beneficiará seu filho.
Quanto ao ano perdido, caso ocorra, que seja um, dois três anos perdidos, mas a greve só acaba quando o governo pagar o piso e pronto.

Melhor perder um ano a ver um filho meu morrer de fome porque fui covarde e me omiti.
Caros companheiros, força na luta
"

"
Júlia:

Professor Euler,
Sou ATB efetiva e na minha SRE me explicaram que se o Piso Salarial sair, será somente para professor, que o sindicato fala que é pra gente tb para que continuemos no movimento, mas a garantia é somente para o professor.

Fiquei muito triste, pq sou graduada em Pedagogia, pós graduada em Gestão Escolar, lutei tanto por uma carreira que pra mim não existe.... Será que o sindicato tem coragem de enganar a gente assim? Pq aqui na minha região (Vale do Aço) sou uma das únicas ATBs que trabalha na greve, me dedico mesmo...

Conto com vc pra me ajudar a ter certeza sobre isso, pois o Filocre em seu site afirma que não tenho direito ao piso, aqui no seu blog já vi comentários, mas, sem uma certeza...
Será que em seus encontros com a Beatriz Cerqueira, vc poderia sondá-la sobre isso, fazendo favor?
Conto com seu apoio. Muito obrigada.

Júlia
"

"
Giovane Diniz (Pipoca):

Acredito que já passou da hora de assumirmos uma postura mais radical. Havia dito isso há algum tempo, e hoje vejo que tinha razão. Se for preciso, lutaremos com armas em punho, mas agora é guerra. Que venha a polícia, o batalhao de choque, ou quem quer que seja; guerra vai até o fim, ainda que seja preciso derramar sangue."

"
Anônimo:

Cara colega JU Oliveira, tenha força e coragem em aderir á greve. Eu comecei a lutar sozinha na minha escola e hoje os meus colegas reconheceram o erro e entraram de greve. Tenha coragem, entre na luta e convença seus colegas a participarem conosco. Ficaremos felizes com o apoio de todos vocês!!
Euler penso que já está na hora de tomarmos as praças, ruas e locais públicos de BH, montando barracas e pedir auxílio e doações à população para nossos colegas que estão precisando de ajuda. Quem sabe assim o governador pinóquio tome vergonha na cara e nos pague o piso!!
"

Aviso breve do Blog: Minha viagem para Caratinga foi cancelada. Ou melhor, eu bem que tentei, mas as passagens para Caratinga e mesmo para Ipatinga estavam esgotadas. Uma pena, porque seria muito bom ter travado esse contado com os bravos guerreiros e guerreiras de Caratinga e região. Será que o governador mandou comprar todas as passagens para impedir a nossa ida àquela cidade?

Mas, não faltará oportunidade para conhecermos os colegas educadores e também a cidade de Caratinga. Agradeço especialmente a combativa colega Conceição, diretora da subsede do Sind-UTE local, que foi quem entrou em contato com o Rômulo e depois comigo. Não imaginávamos que o ônibus estaria lotado. E olha que cheguei na Rodoviária por volta de 22h30m com a intenção de viajar à meia noite. Como são seis horas de viagem e a assembleia dos combativos colegas acontece às 9h não daria para pegar o próximo ônibus, que sai às 6h da madrugada. Já liguei para o amigo Rômulo comunicando-lhe o ocorrido e ele também pediu que transmitisse as desculpas pelo imprevisto e o desejo de que tudo ocorra da melhor forma durante a assembleia dos educadores de Caratinga.

Aos bravos colegas de Caratinga deixo também registrado aqui no blog os meus votos de que a assembleia seja marcada pela disposição de combate dos colegas, em favor da greve geral por tempo indeterminado, até que o governador nos pague o piso.

Um abraço aos bravos educadores de Caratinga e região, à colega Conceição e demais diretoras da subsede, e que depois da assembleia, se puderem, enviem-nos um relato para que possamos divulgar para toda Minas Gerais este importante encontro de luta. Um forte abraço a todos e força na luta.


E, como estou de volta ao bunker, significa que amanhã terá novo post. Talvez não tão cedo quanto o habitual, mas até o meio da tarde sai. Lógico que se fosse um relato da viagem à cidade de Caratinga traria mais novidades. Mas, faltam temas para abordarmos acerca da nossa luta; Um deles é novíssimo e vocês ainda não ouviram falar: um tal de subsídio... Um abração a todos e força na luta!

***

"Professor Odair José - Montes Claros:

COMPANHEIROS,

Em Montes Claros a nossa GREVE SE FORTALECE! Tivemos em torno de 05 novas escolas que se juntaram ao nosso movimento essa semana. Acredito que já ultrapassa os SETENTA POR CENTO DE ADESÃO! A cada visita, a cada panfletagem, a cada ato, nos fortalecemos...

O “governinho coronelzinho” que se cuide, pois mesmo com os “capitães do mato” que soltou por aí, a cada dia o movimento cresce.

Hoje (05/08) pela manhã ao visitarmos uma escola de referência situada na área central de Montes Claros, aconteceu uma cena típica da época das senzalas... Antes de concluirmos a reunião com os professores, , apareceu o secretário da escola e a vice diretora intimando-os a retornarem às “suas salas”.

Pobres “capitães do mato”, não perceberam ainda que o bonde da história passou... E aqui papel eles se prestam... Não sabem que vivemos em outros tempos... E apesar da opressão, apesar da covardia, apesar da luta desleal, apesar da imprensa tendenciosa, apesar da demora de muitos companheiros aderirem á luta, apesar... apesar...àqueles professores deram O GRITO DE LIBERDADE, e se juntaram à nossa batalha!

É TEMPO DE UNIÃO! É TEMPO DE REAÇÃO! TODA A CATEGORIA DE EDUCADORES DEVE RETORNAR URGENTEMENTE À CARREIRA ANTIGA!
O PRAZO SE ESGOTA NO PRÓXIMO DIA 10.

DEVEMOS RADICALIZAR O NOSSO MOVIMENTO! FORA O (DES) GOVERNO!

COM LUTA! COM GARRA! O NOSSO PISO SAI NA MARRA!

SOCIEDADE MINEIRA: A EDUCAÇÃO PÚBLICA PEDE SOCORRO! A SAÚDE PÚBLICA PEDE SOCORRO! A SEGURANÇA PÚBLICA PEDE SOCORRO!
PRECISAMOS... TODA A SOCIEDADE MINEIRA MINEIRA NOS UNIRMOS PARA MORALIZAR ESSE ESTADO. NÃO PODEMOS MAIS ACEITAR QUE UMA MINORIA SE ESBANJE COM AS NOSSAS RIQUEZAS, ENQUANTO O NOSSO POVO FICA SEM PROTEÇÃO, SEM SAÚDE, SEM EDUCAÇÃO...!

BASTA! MORALIZAÇÃO JÁ! ABAIXO A DITADURA EM MINAS! ABAIXO O DITADOR!

SE O GOVERNO ENROLA... ENROLA...NÃO VOLTAMOS PRA ESCOLA! ATÉ A VITÓRIA...!

Grande Abraço Euler

Professor Odair José
"

Comentário do Blog: Um forte abraço ao combativo amigo professor Odair José e a todos os guerreiros de Montes Claros e região, que estão firmes na luta, até a nossa vitória!

"
Gleiferson Crow:

Olá Euler
BOAS NOTÍCIAS
Acabei de deixar esse mesmo comentário no Blog da Cris

MINAS SEM CENSURA
Anastasia, EDUCAÇÃO é coisa séria

http://www.minassemcensura.com.br/files/Insensato%20governo.pdf

"Professores mineiros não recebem o PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL Lei Federal 11.738/08 . De acordo com o SindUTE/MG, além de o Estado descumprir a Lei Federal, ainda responde a mais de 3 mil ações judiciais e por isso, e não estabelece nenhum processo de negociação."

http://www.minassemcensura.com.br/files/Insensato%20governo.pdf

abraços

Gleiferson Crow
LEIA: O Jornal do José Elias Issa
http://leiajeissaeemg.blogspot.com/"

"
Álvaro Machado:

Euler ak está o link da pag do STF para que vc acompanhe e informe a todos educadores de MG como esta o andamento no STF da ADI 4631.

http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?numero=4631&classe=ADI&origem=AP&recurso=0&tipoJulgamento=M

Um forte abraço!!
"

"
Anônimo:

Ju Oliveira,não adianta tentar se explicar. A postura sua e de seus colegas são repugnantes. Afinal vocês são ou não professores da rede estadual. A escola que você trabalha deve ser só de 1ª a 4ª série. So´pode porque professora primária é que tem medo de greve. Diga o nome de sua escola e cidade para irmos aí.
"

"
Anônimo:

À todos os Mineiros(as),

Olá Euler e colegas,

DETERMINAÇÃO, CONFIANÇA E AÇÃO!

“ Até que esteja determinado, vai existir hesitação, vai existir a chance de voltar atrás, vai existir a ineficácia.
No momento que uma pessoa se compromete definitivamente, então, a Providência também se move. Todo tipo de coisas ocorrem para ajudar; coisas que jamais ocorreriam se não houvesse a DETERMINAÇÃO”. W. H. Murray, da expedição escocesa ao Himalaia.
“ Tudo que puder fazer, ou sonhar que possa fazer, faça. A ousadia tem gênio, poder e mágica inerentes.” Goethe.
Existe coisas que depois de iniciada não tem volta.
Como disse um nobre colega, a represa tem uma enorme energia em suas águas represadas.
Não menospreze nunca a capacidade de alguém, principalmente de toda uma categoria.
A maldade quando é demais se tropeça nela mesma.

Parem ,...pensem, ...reflitam,,,,fiquem em silêncio,...ANALISEM.
Em todo espaço do tempo existe a OPORTUNIDADE.

Queridos educadores,

O PREJUIZO que estes dois últimos governos estão fazendo à educação em Minas Gerais, È TERRIVELMENTE TRÁGICO E QUASE IRREVERSÍVEL.

Não somos nós os SALVADORES DA PÁTRIA.
Combatemos o bom combate e fazemos a nossa parte.
Começamos a perder a ideologia de uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE E COM OPORTUNIDADES IGUAIS PARA TODOS.
O Estado ditador quer nos podar o direito de TER expectativas .
Começamos a perder os sonhos de sermos A PORTA PARA O CONHECIMENTO.
Não somos nós mais os responsáveis pela EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO dos filhos dos Mineiros.
A história, sem dúvidas, contará a VERDADE.

Por isto meus amigos a mínima ação é necessária.
A semente de LIBERDADE E CONHECIMENTO ainda está em solo fértil dentro dos coraçõess dos MINEIROS.

È verdade, senhores e senhoras, professores e professoras, Mineiros de Minas Gerais, O GOVERNADOR DE MINAS GERAIS quer acabar com o sonho de LIBERDADE de todos os Mineiros, pois a maior liberdade do ser humano é conquistada através do CONHECIMENTO que satisfaz a alma. E a nossa alma necessita sonhar.

...Mas isto não tarefa fácil para ELES, pois aprendemos com nossa história a conhecer A LIBERDADE logo ao nascer e, o nosso professor SONHADOR FOI TIRADENTES.

Teremos energia como as águas represadas e LUTAREMOS PELA LIBERDADE, IGUALDADE E JUSTIÇA SOCIAL.
A sabedoria, o entendimento, a sensatez e a persistência serão as nossas armas.


Senhor Governador,
A maior virtude de um governo é promover a JUSTIÇA SOCIAL E EDUCAÇÃO PARA O POVO.
De outro ponto de vista, o povo percebe na HUMILDADE a Grandeza de um Governante sábio.
Não cometa erros primários de se colocar em posição CONTRÁRIA à vontade do povo e, principalmente contra A EDUCAÇÃO AMPLA para o povo.
Não se cerque de auxiliares incompetentes e medrosos, seja inteligente e procure estar próximo do povo, tenha a sensatez e a sensibilidade de fazer esta analise.
Neste momento então serás recebido de braços abertos e perceberás como é bom SER POVO, principalmente morando em MINAS GERAIS.
Abra o coração e seja útil em sua terra, cumprindo honradamente as tarefas mais dignas e procure sempre ser justo com todas as pessoas.

Querendo ou não, deste tempo em diante, SOMENTE A SOCIEDADE, AS COMUNIDADES, O POVO UNIDO POR IDEAIS COMUNS, poderão LUTAR, REIVINDICAR COM AUTORIDADE ,POR UMA EDUCAÇÃO DIGNA PARA TODOS OS FILHOS DE MINAS GERAIS.

“ Enquanto as andorinhas procuram sempre novos horizontes, os abutres estão sempre procurando carniças dos animais vencidos”

“O sonho que se sonha junto começa a tornar realidade”

Salve a liberdade de ser livre.

Com altivez,
Fazendo a minha parte...
Obrigado e um abraço a todos.
"

"
Anônimo:

Olá Euler e colegas.

Gostaria de uma informação.
- Existe alguma ação na justiça para o pagamento correto do ABONO FAMÍLIA?
-Qual a posição desta reivindicação?

Obrigado
."

"
Entre as palavras:

Prezado Euler, sua análise do momento da greve está correta e bem delineada. Creio que a preocupação reside é no cansaço dos professores que estão sendo bombardeados pela mídia, via uma manobra perversa governamental, agora pelos pais (sem nenhuma noção do campo jurídico) e - como é de natureza das greves - pela possibilidade aberta de retenção de salários ou mesmo o corte. Policiais e médicos não arrastam o pé. Gritam alto desde a década de 90 e conquistaram muito mais que nós professores. Os docentes não podem, não devem e não tem o que temer. Lembremos que a luta faz parte da democracia e temos que gitar mais alto, parar novamente a cidade, pedir apoio dos alunos, explicar mais de mil vezes o direito ao piso salarial. O movimento de agora, que me lembra a fase boa do sindicalismo da década de 80, merece mais força. Um bom recurso, além do blog são as redes informacionais à disposição que não deixa de ser uma forma de atingir os alunos que adoram ficar nelas. Neste caminho sugiro que todos nós, enviemos e-mails aos deputados e ao próprio governo no intuito de solicitar o pagamento justo dos professores. Veja meu amigo "quem cuida dos seus não se degenera". Sua coragem e perseverança são admiráveis. Força, saúde e paz.

prof. Dr. Lúcio Alves de Barros (lucba@terra.com.br)
"

"
Anônimo:

Que pena que vc não vem a caratinga... A assembléia de hj é para voltarmos na 2ª feira, aliás, as cidadezinhas vizinhas estão todas voltando... A única escola estadual de Ipatinga que estava parada, voltou dia 01/08, Sobrália e sâo João do Oriente voltam na próxima 2ª, então o pessoal daqui tb desanimou...

Enquanto eu tento animar o pessoal, um professor da minha escola afirma categoricamente a todos os colegas que a greve só alcança 2% mesmo, que o próprio sindicato sabe disso e ele que conhecem não sei quem que trabalha no sindicato, sabe que é a verdade, por isso ele vai voltar....

Precisamos de uma solução rápida, pois o povo tá cansando de esperar....
"

Comentário do Blog: Ânimo, colega, que estória é essa de "o povo tá cansado". Cansado de quê? De lutar? Devia estar cansado é de ser enganado, de ter o salário confiscado, de ser humilhado, de ver as condições de trabalho piorando a cada dia, de não receber o piso, que é direito legal... enfim, há muitos motivos para estarmos em greve, e não cansados de lutar.

Voltar para a sala de aula não vai resolver coisa alguma. Pelo contrário, vai dar mais força para o governo nos massacrar. Quanto a esse infeliz que você mencionou, que joga contra a greve, a nossa categoria está cheia de gente assim. Mas, eles não devem ser a nossa referência de citação. Mire-se no exemplo dos que lutam. Comece por você, colega. Ao invés de justificar o trágico, para entregar os pontos, una-se aos que estão de pé para arrastar para a luta os demais colegas que vacilam. É tempo é de guerra contra o governo. Devemos nos erguer para o combate corajoso; enquanto estivermos lutando, não temos nada a perder, já que nos roubaram quase tudo. Restam a nossa dignidade e o nosso compromisso moral com a valorização dos educadores e com a Educação de qualidade. Entregar os pontos agora, ante à arrogância do governo, jamais! Levante a cabeça e mantenha-se firme na luta, como vêm fazendo milhares de educadores de toda Minas Gerais. Um forte abraço e força na luta
!

"
Professor de Cristália:

Professor Euler,

A superintendente de Montes Claros esteve na cidade de Cristália - MG ontem e, com ela, estava um deputado que é secretário de Anastasia. Ele afirmou a um colega professor que o governador irá contratar professores para substituir os grevistas para que os alunos do 3º ano não fiquem prejudicados no ENEM. Ora... realmente não há preocupação deste governo com a educação, uma vez que pensa em uma única série deixando as demais e, sem contar que não há professores habilitados e qualificados para substituição.
Professor de Cristália.
"

Comentário do Blog: Descobre o nome do deputado para a gente vaiar o infeliz no plenário da ALMG. Mais um pau mandado do governo, que deveria respeitar os eleitores que tiveram a infelicidade de votar num elemento desse, que ao invés de cobrar do governador o pagamento do piso se dispõe a visitar escolas para tentar esvaziar nossa greve. Vamos acertar as contas com ele aqui na ALMG!

"
Leo- Barbacena:

Parabéns a todos por esta luta, com a graça de Deus será vencida. Gostaria de saber onde estão os representantes do SINDIUT DE BARBACENA, ganharam a eleição e agora se acomodoram?

Leo- Barbacena
"

"
Fernanda Monteiro de Freitas- Graduanda de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Uberlândia:

Conheci o blog através de minha mãe (Maria Helena Monteiro - Professora do Ensino Básico/ Elias de Moraes - Monte Carmelo) e desde então estou viciada... entro todos os dias e sempre que posso deixo um comentário! Fico feliz em ver que os professores, estão saindo de suas zonas de conforto e estão lutando por seus direitos!Pena que se houver acordos, estes irão favorecer os professores bundões e reclamões, aqueles que não fazem nada para melhoria da educação! Acredito em vocês e apoio totalmente! Chega de miserê!!! Afinal lutamos tanto, enfrentamos vestibulares, moramos em república, pegamos ônibus lotados, gastamos um dinheirão com xérox, gastamos nosso tempo indo a eventos científicos, investindo em Especializações, Mestrado e Doutorado e o mínimo que queremos é um salário justo! Afinal o governo deveria dar mais valor aos discentes, porque de acordo com as estatísticas, a cada dia, diminui a procura por licenciaturas... Crise total!!! Daqui uns dias os políticos irão aprovar uma lei, na qual será permitido obrigar as pessoas a serem professores... kkkkk E tem mais... ao que se refere á pais e alunos, ao invés de se organizarem contra os profissionais da educação, deveriam se organizar á favor... quem sabe assim os professores teriam mais confiança, e talvez essa greve já teria terminado!
"

"
Anônimo:

Caro Euler e Companheiros,

A MESMA MIDIA que esbravejou, gritou e quase derrubou a mundo - quando tentaram provar uma Lei tentando censurar de certo modo a Imprensa, fizeram editoriais bonitos, materias de primeira página, FALARAM DE DEMOCRACIA - etc...pOIS É, QUEM PRATICA A VERDADEIRA CENSURA NO PAIS É A PRÓPRIA MIDIA, covarde, vendida, nunca denuncia a falência da Educação, ACEITA PRESSÃO do gvoverno para não denunciar nada, um forte movimento como a da Educação, você ainda encontra Jornal que quase nunca fala nada, o próprio Jornal Estado de Minas, quando é para elogiar algo da educação em Minas dá aquele espaço - Como pode um Jornal dá um editorial de primeira página ( em negrito) defendendo o Azeredo do Mensalão??? Mas a história sempre é implavável com os falsos fatos, pois esta mesma midia que condena a CENSURA É A MESMA QUE A PRATICA DE FORMA VIOLENTA!!!
- Por isso, acho que poderíamos fazer vários dizeres denunciando tal prerrogativa.
A Região de Manhuaçu conta com mais de 60% em greve - queremos o piso.
Já dei a ideia de publicarmos a fala do Ministro Joaquim Barbosa sobre o piso, deveríamos publicar não só a dele, como esta da Censura.
"

"
Anônimo:

Olá Euler e colegas,

TÁTICAS!

Faço a sugestão de que neste final de semana escrevamos textos expondo nossa opinião sobre a mídia em nosso Estado.
Devemos mostrar-lhes qual a VERDADEIRA OPINIÃO da categoria dos Professores em Minas Gerais. Humildemente sabemos também que somos formadores de opinião pública.
Em seguida peço ao Euler que as repasse estes textos para o site do Sind UTE MG.

Precisamos consequetemente que o Sind UTE MG escolha os melhores e os envie para toda a mídia,rádio, televisão e jornais, para autoridades, igrejas, Deputados Estaduais e Federais, Senadores, Vereadores, partidos políticos. Para todos estes sem distinção.

“O QUE PENSAM OS EDUCADORES DE MINAS GERAIS, A RESPEITO DA IMPRENSA EM NOSSO ESTADO”.
Precisamos de encartes circulando dentro dos jornais e todas as formas de comunicação possível.

Neste momento necessitamos ter uma atenção especial com as famílias, pois precisamos muito demonstrar equilíbrio e ter a CONFIANÇA das famílias Mineiras.

Como estamos em GREVE, precisamos usar as melhores armas e, nosso caso a inteligência, a comunicação e a persistência.

“Ter esperança é acreditar sempre na VITÓRIA, em todas as situações que a vida nos coloca”.

Fazendo a minha parte...
Obrigado.
"

"
Anônimo:

Olá Euler e colegas,

FÁBULAS
Persistência!

Um homem investe tudo o que tem numa pequena oficina. Trabalha dia e noite, inclusive dormindo na própria oficina. Para poder continuar nos negócios, empenha as jóias da própria esposa.

Quando apresentou o resultado final de seu trabalho a uma grande empresa, dizem-lhe que seu produto não atende ao padrão de qualidade exigido.

O homem desiste? Não!
Volta a escola por mais dois anos, sendo vítima da maior gozação dos seus colegas e de alguns professores que o tachavam de "visionário".

O homem fica chateado? Não!
Após dois anos, a empresa que o recusou finalmente fecha contrato com ele.

Durante a guerra, sua fábrica é bombardeada duas vezes, sendo que grande parte dela é destruída.

O homem se desespera e desiste? Não!
Reconstrói sua fábrica mas, um terremoto novamente a arrasa.

Essa é a gota d'água e o homem desiste? Não!

Imediatamente após a guerra segue-se uma grande escassez de gasolina em todo o país e este homem não pode sair de automóvel nem para comprar comida para a família.

Ele entra em pânico e desiste? Não!
Criativo, ele adapta um pequeno motor a sua bicicleta e sai as ruas. Os vizinhos ficam maravilhados e todos querem também as chamadas "bicicletas motorizadas". A demanda por motores aumenta muito e logo ele fica sem mercadoria.

Decide então montar uma fábrica para essa novíssima invenção. Como não tem capital, resolve pedir ajuda para mais de quinze mil lojas espalhadas pelo país.
Como a idéia é boa, consegue apoio de mais ou menos cinco mil lojas, que lhe adiantam o capital necessário para a indústria.

Encurtando a história: hoje a Honda Corporation é um dos maiores impérios da indústria automobilística japonesa, conhecida e respeitada no mundo inteiro.

Tudo porque o Sr. Soichiro Honda, seu fundador, não se deixou abater pelos terríveis obstáculos que encontrou pela frente.

Portanto, se você adquiriu a mania de viver reclamando, pare com isso! O que sabemos é uma gota d'água. O que ignoramos é um oceano.

Lembre-se, nosso dia não se acaba ao anoitecer e sim começa sempre amanhã, não se desanime, vamos acordar todo dia como se tivéssemos descobrindo um mundo novo.

“ Faça tudo que for possível, com satisfação, continuamente, todos os dias, e, seus objetivos se realizarão, e, alcançarás a paz.”

...Estejam sempre muito bem.

Fazendo a minha parte...
Obrigado.
"

"
Anônimo:

Olá Euler e colegas,
FÁBULAS
O VÔO DA ÁGUIA!

A Águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie.
Chega a viver 70 anos.
Mas, para chegar a essa idade, aos 40 anos ela tem que tomar uma séria e difícil decisão.
Aos 40 anos ela está com as unhas compridas e flexíveis, mas não consegue mais agarrar as presas das quais se alimenta.
O bico alongado e pontiagudo se curva.
Apontadas contra o peito estão as asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar já é tão difícil...
Então, a águia só tem duas alternativas: morrer...
ou enfrentar um doloroso processo de renovação que irá durar 150 dias.
Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não necessite voar.
Então, após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico em uma parede até conseguir arrancá-lo.
Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual irá depois arrancar suas unhas. Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas.
E só após cinco meses sai para o famoso vôo da renovação e para viver então mais trinta anos.
Você não acha que “pode ser” o seu tempo de
começar um processo de renovação ?
Para que continuemos a voar um vôo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes, medos, inseguranças, e pré-conceitos que nos causaram dor.
Liberte-se disso e aproveite o resultado valioso que uma renovação sempre traz.
...Estejam todos sempre muito bem.


***Tenho enviado algumas fábulas para motivar e elevar a auto-estima dos professores e leitores deste blog.

LIBERDADE, JUSTIÇA E PERSISTÊNCIA.
VAMOS EM FRENTE.

Fazendo a minha parte...
Obrigado.
"

Comentário do Blog: olá, combativa colega, boa iniciativa e boas fábulas. Se puder mandar uma parte, seria bom. Um forte abraço e força na luta!

"
Anônimo:

Olá caros colegas em luta:

"Desabafo de uma professora em busca de dignidade".

Sou professora, professorinha como muitos dizem. Trabalhei por longos e incansáveis anos em lugares de difícil acesso, cursando minha faculdade, o pós graduação, enfrentei tempos ruins, lutei junto aos meus companheiros, criei meus filhos, em busca de um mundo melhor.

Hoje me vejo lutando pelos direitos por mim adquiridos (e com muito suor) que me são negados. Subsídio?! Eu quero o PISO SALARIAL a que tenho direito, juntamente com meus biênios e quinquênios e outras vantagens.

Por que o governo me nega o que me é de direito?
Eu sou uma professora que luta por um amanhã melhor, ensinando aos meus alunos a dignidade, o respeito, a força e a coragem de vencer e ser uma pessoa digna e bem sucedida.
O que meus filhos me perguntam sempre?

- Mãe, porque o governo só trata desta forma os professores? Por que só vocês não tem um salário digno? Como podemos cortar ainda mais as despesas em nossa casa? A senhora não vai poder pagar meu curso este mês?

Ora!!! Sou um ser humano vencedor e não será um governo que despreza nossa classe que me derrotará.

Quando meus filhos eram crianças, lutei em busca de uma contribuição dada a cada filho:R$0,24!!!!

Parece brincadeira, meu Deus. Eu não brinco em sala de aula com a vida dos meus alunos, pelo contrário, trato-os com respeito, carinho e dignidade, pois todo ser humano merece. EU TRABALHO COM VIDAS!

O que fazer? Desistir? Cruzar os braços? EU SOU BRASILEIRA. Não desisto. Desabafo, choro, clamo o direito que me é negado.

Peço a Deus que toque no coração destes políticos (espero que eles o tenham).

Que a nossa classe se una mais em busca de um salário mais digno e que o bom senso prevaleça.

Obrigado Euler por este espaço por nós tão importante.
Lembre sempre que tudo que é pedido às almas, alcançamos, quando pedimos com fé.

Que Deus nos abençoe sempre, cada vez mais.
"

"
Anônimo:

QUANDO O ANÔNIMO DIZ QUE PROFESSORA PRIMÁRIA QUE TEM MEDO DE GREVE. EU PENSEI , IMAGINEM SE AS PROFESSORAS PRIMÁRIAS RESOLVESSEM DESISTIR DA GREVE, GARANTO COM TODA CERTEZA QUE ESTARIA MAIS FRACA. NÃO MENOSPREZE O COLEGA , PORQUE VOCÊ HOJE COMO PROFESSOR, JÁ FOI ALUNO DE UMA PROFESSORA PRIMÁRIA E O MOMENTO É DE MUITA UNIÃO, É ATRAVÉS DE UM COMENTÁRIO DESSES QUE A CLASSE PODE SE DESUNIR."

Comentário do Blog: concordo com você, colega, devemos evitar estas manifestações de preconceito em relação aos colegas. Somos todos educadores, trabalhadores, lutamos por interesses comuns. E a nossa greve tem a participação de todos, não importa se estejam lecionando para alunos do 3º ano do 2º Grau, ou para os anos iniciais do ensino fundamental, etc. Não esqueçamos que somos, antes de tudo, proletários, e além disso, educadores, no conceito mais amplo, que a própria lei federal já nos confere. Ou seja, todos os que trabalham na escola são educadores.

"
Anônimo:

Olá Euler e colegas,
REFLEXÃO

QUANDO UM SONHO SE TORNA REALIDADE!

Quando um sonho se torna realidade, a gente não acredita, não sabe se chora, se ri ou se grita, se belisca, abre e fecha os olhos, se apalpa.
Talvez esteja dentro de nossa natureza, não acreditar na realização dos próprios sonhos.
Olhamos para eles como olhamos para o arco-íris e as estrelas:
- lindos,
- encantadores,
- maravilhosos e
- inatingíveis.
Mas gostamos de olhar, mesmo cientes, que nunca poderemos tocá-los. O fato de existirem já é um encanto e um milagre Divino..
E justamente por que não acreditamos, não corremos atrás, não construímos, não tentamos. Olhamos para aquilo que os outros conseguem e dizemos que eles têm muita sorte. Não nos incluímos nesta categoria.
*MAS se um dia resolvemos pegar as sete cores do arco-íris e trazer para a realidade de nossas vidas, veremos que nós também temos muita sorte, que nós também podemos.
SE aproveitamos o brilho das estrelas para iluminar nossos caminhos e não nos cegar, veremos que teremos uma caminhada mais nítida.
SÓ vivemos de cinza por opção, pois a vida é colorida, é intensa.
VAMOS olhá-la com olhos nus;
- tocá-la,
- vivê-la,
- amá-la.
CORRER atrás do que desejamos, esticar os braços até alcançarmos, subir escadas, transpor barreiras, lutar pelo que nos realizará. BRIGAR se preciso for..
TALVEZ assim a gente não se surpreenda tanto quando nossa mão atingir, mesmo que timidamente, uma das cores do arco-íris ou a ponta de uma estrela.
TALVEZ os outros se surpreendam.
Mas nós não, por que ACREDITAMOS SEMPRE. Por que, bem no nosso íntimo, sabemos que o caminho poderá ser longo, mas que chegaremos lá, que VENCEREMOS.

O SEGREDO É, ACREDITAR SEMPRE NA VITÓRIA, PERSISTENTEMENTE.

...Estejam sempre muito bem feliz !

Fazendo a minha parte...
Obrigado.
"

"
BARRETO:

Colega Euler - sobre a contratação de profissionais despreparados; por aqui já, acontece, exemplo disso :
- professores que falam "Nós vai corrigir a questã" -
- Leonardo é Vince ou Vinte ?
- Preencha a Fincha
- Que isso, greve não é ato de cidadania.
- Ingreja
- A criança é de menor.
- Sou professora, mas nunca li um livro

Essas são as perolas, professores do PSDB

Como é vergonhoso a tentativa do GOVERNO DO PSDB de colocarem as pessoas no serviço público pela VIA MORAL -

MINAS É O VATICANO DO BRASIL - tem as suas próprias leis - O Bispo Anastasia e o Papa Neves
são os representantes máximos.

E A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA MINEIRA AGORA É ASSEMBLÉIA HOMOLOGATIVA - ALIÁS, PARECE MAIS A CÂMARA FEDERAL - os Deputas Mineiros falam somente do Governo Federal - Pois, Minas é o paraíso - o Vaticano do Brasil
"


"
Rômulo Neves:

EM MINAS GERAIS ATÉ A “INCOMPETÊNCIA” ESTÁ INCOMODADA

A greve dos professores da educação da rede estadual de Minas Gerais em 2011 ficará na história. De um lado, uma nova sociedade que emerge dos efeitos de um mundo que se reinventa (e nele é preciso considerar que todos devem estar e não apenas “os poucos” de uma elite maléfica e violenta); de outro, esta elite (representada pela tucanada de plantão) que utiliza de artifícios retirados das doutrinas imperialistas europeias para se manter no poder. Diga-se: o autoritarismo doutrinário transvestido de modernidade: coerção pela mídia; pela polícia, judiciário e legislativo subserviente; por dados estatísticos mentirosos; por discursos pífios; pelo empobrecimento da democracia, se é que ela já existiu.

Neste turbilhão de eventos que acontecem nesta greve dos professores fica evidente que até mesmo a “incompetência” deve estar incomodada com o governador de Minas Gerais Anastasia (PSDB). Ser incompetente, conforme nos ensina Aurélio é “a falta de autoridade ou dos conhecimentos necessários para o julgamento de alguma coisa”. Vejamos: como autoridade eleita pelo povo de Minas Gerais deveria o dito saber 1) que vivemos em um estado de direito, logo regido por leis; 2) que a interpretação das leis não se refere apenas ao que deseja aqueles que se apropriam do poder para usufruir das riquezas da sociedade; 3) que, no mundo contemporâneo, as informações não circulam apenas por meio da mídia comprada (Globo, Estado de Minas, Rádio Itatiaia, Band Minas e outros). As redes sociais e outros canais, sobretudo, da web disseminam informações e ideias com rapidez e eficiência; 4) que, embora na República o legislativo e o judiciário sejam importantes, a vida de desenvolve, em grande medida, fora da “truculência” de seus ditames; 5) que em cada indivíduo, existe um ser pensante, reflexivo, que vive a realidade e o sonho, que possui desejos e autonomia para escolher e para decidir.

Dito isto – e poderíamos dizer muito mais –, tem-se: 1) a explicitação do que é o neoliberalismo (política adotada por Anastasia, Aécio, FHC, Serra e os partidários do PSDB e Democratas), infelizmente ainda presente em nosso cotidiano. E é simples explicar: é preciso esfacelar os serviços públicos universais (aqueles que realmente atendem aos mais pobres) para que sobre dinheiro para enriquecer a minoria que está no poder e os seus apadrinhados; 2) o ideal de liberdade que durante mais de 200 anos tem íntima relação com o Estado de Minas Gerais, considerado um dos berços da política no Brasil, sucumbe diante da truculência de um poder medíocre e temporário, pois esquece Anastasia e os seus que logo darão adeus ao palácio da (in)liberdade; 3) Se a autoridade maior do Estado não é capaz de respeitar as leis, a legalidade e os anseios da sociedade que o elegeu, o que se esperar dos cidadãos desta mesma sociedade: desobediência às leis, negação destas “autoridades”, violência (salve-se quem puder).

Como consequência, a “incompetência” está incomodada. As trapalhadas da tucanada em Minas Gerais chegam ao ridículo. Não é a falta de “autoridade” ou “conhecimento” em “julgar” os efeitos da greve que motiva tão descalabro comportamento de Anastasia, Gazolla (Secretária de Educação) Villela (Secretária de Planejamento) e trupe, pois autoridade e conhecimento têm. Então como explicar o prejuízo que impõem aos mineiros, à liberdade e a democracia? 1) O ano letivo está, praticamente, perdido para aqueles que dependem dos serviços públicos (também isto não faz diferença para Anastasia e Aécio. Por que defender os interesses do povo?); 2) os professores estão com os salários cortados (mesmo que a lei impeça que em estado de greve ocorra à suspensão do pagamento ou qualquer outra forma de retaliação aos grevistas, em Minas Gerais o poder judiciário se comporta como se estivesse acima da Constituição); 3) quando, exatamente agora, a sociedade clama por educação formal para vencer os desafios do crescimento econômico e do desenvolvimento social, centena de milhares de pessoas (estudantes) é privada de um dos mais importantes bens da humanidade: a educação.

Já que nem “incompetência” é suficiente para explicar o que a dupla Anastasia-Aécio fazem em Minas Gerais, a ideia do IMPEACHMENT (como já se manifesta em várias partes do Estado) do governador Anastasia deve realmente ser considerada.

Rômulo Neves
Doutor em Ciência Política
"

"
João Paulo Ferreira de Assis:

Deputado secretário do Anastasia, que eu saiba é o Lafaiete Andrada."

"
Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O que sobrará do governo de Minas após a greve dos...":

Olá Euler e colegas,

FÁBULA, para analisar.

FAZENDO A MINHA PARTE...

Conta-se que houve um incêndio em uma floresta. O fogo ardia fortemente e todos os animais fugiam.
Então um beija-flor começou a voar até o rio, encher o biquinho de água e ir até sobre o fogo e jogar aquela pouca água.
Fez isto várias vezes, até que um cervo parou e perguntou ao beija-flor porque tinha aquela atitude, se não ia alcançar objetivo algum.

(PARA ANALISE DE TODOS)

*** O beija-flor então respondeu:

- Estou apenas fazendo a minha parte.

...Estejam todos sempre muito bem e feliz!

Obrigado e boa noite a todos, até amanhã, se Deus quiser.
"

"
Gilda:

Euler,
A rádio Itatiaia hj pela manhã, divulgou um comunicado sobre a Greve dos educadores de Ipatinga, dizendo que o MP julgou a greve ilegal e que os professores contratados na sexta e hj (06/08), pq a prefeitura fez plantão pra contratar; vão assumir na segunda 08/08.
Que absurdo! Será que esse tal prefeitinho de Ipatinga é parente do nosso "Timotinho das Alterosas?"
Li aqui uma boa sugestão para os professores de Ipatinga, irem pra dentro das salas assistirem as aulas dos contratados, "provarem seus conhecimentos" kkkkkkk. Afinal, são professores que estão traindo outros da sua própria classe.
A que ponto chegamos gente!!!!!!!!
Gilda
"

"
Anônimo:

Olá Euler e colegas,

Boa noite!

Sugiro que as melhores matérias deste blog sejam selecionadas, publicadas e distribuídas através de encarte e panfletos.

Precisamos urgentemente de OBJETIVIDADE.

Obrigado.
"

"
Rogério Trindade - Curvelo:

Vamos twitar enviando comentários para microblog de quem está relacionado á educação. Mais uma forma de extravasar e denunciar:

@VIOMUNDO Golpe na Educação: em MG, governo ameaça substituir professores em greve por pessoas despreparadas para não aplicar o Piso.
@vivencia
@redebrasilatual
@PaiseMestres Golpe na Educação: em MG, governo ameaça substituir professores em greve por pessoas despreparadas para não aplicar o Piso.
@NOVA_ESCOLA
@maiseducacao
@dilmabr Presidente, interceda junto ao STF pra publicar o acórdão. Educadores de MG prejudicados pela demora. Anastasia não reconhece Piso.
@CNTE_oficial É preciso mais do falácias pra nos ajudar. Educadores de MG ameaçados pela truculência de Anastasia. Vamos agir!
@cutnacional Cadê vocês pra socorrer os educadores de MG? O Sindute não é filiado de vocês? Pra quê? Só na hora de subir nos palanques?
@cartamaior Educadores de MG pedem socorro. Anastasia quer acabar com a carreira e não reconhece Piso.
@blog_educacao Educadores de MG pedem socorro. Anastasia quer acabar com a carreira e não paga Piso.
@MEC_Comunicacao Professores de MG pedem socorro. Anastasia quer acabar com carreira impondo subsídio em vez de Piso.
@portalvermelho Psdebista Anastasia quer acabar com a carreira dos educadores impondo-lhes pagamento por subsídio. Mídia é conivente,
@renatavilhena Pensando em professores substitutos para enganar pais e alunos? Acha que eles são tão burros?

Rogério Trindade - Curvelo"

119 comentários:

  1. Excelente o comentário. Seria tão bom se o Anastasia visitasse o blog e fizesse uma leitura atenta e reflexiva do tema.Tenho certeza que ele iria refletir e negociar.

    ResponderExcluir
  2. Euller,
    Estou acompanhando seu blog desde o inicio da greve e estou encantada com o crescimento político de varios colegas.
    Seu blog ta sendo consultado direto e tem dado animo nessa luta tao desigual.
    Parabéns Euller,continue assim.
    Ashley

    ResponderExcluir
  3. Sr. Anastacia,tenha mais humildade e lembre-se que os mais humildes ganharão força política no futuro próximo.Não pense que cedendo, você irá perder, pelo contrário só terá a ganhar.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Euler, a arrogância deste sujeito só faz aumentar o número de adeptos ao nosso movimento. Além de sr o corte da merreca do que nos paga outra motivação. E eu não reponho uma aula. Cortou, está cortado.
    Abraço e até a vitória final!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Caro Euler, você possui alguma informação sobre a questão da publicação do acórdão e o recurso que o governo pode apresentar a este, que foi citada por uma companheira de SC na reunião do dia 3. Seria interessante analisar o lado judicial e publicar para que desde já nossos colegas sintam-se mais dispostos a entrar ou permanecer na greve.

    ResponderExcluir
  6. Pessoal acessem o blog Estuda Minas .É um blog sobre educação do Jornal Estado de Minas.Façam seus comentários principalmente sobre a greve dos professores.

    ResponderExcluir
  7. Euler, ao ler o texto de hoje, me ocorreu que o governo mineiro está "dando corda pra se esforcar".O que me parece é que comprometeu prematuramente os recursos para o pagamento do nosso Piso salarial em outras demandas, achando que nós nos renderíamos à falsa ilusão do subsídio. Percebendo mais tarde que sua estratégia estava fadada ao fracasso e que não aceitamos o subsídio, se desesperou e, tenta remendar a mentira. Mentira remendada, fica cada vez maior e fatalmente chega ao limite insustentável. Mas como voltar atrás nesse momento, uma vez que os gastos não podem ser claramente explicados e o dinheiro dos educadores não foi reservado para o fim de direito? Com a "corda no pescoço", ele se enrola mais, a cada dia. É só esperar. Nosso Piso há de chegar. Força na luta e que Deus providencie aquilo que necessitamos. Juliana-Montes Claros

    ResponderExcluir
  8. Caros professores, é duro ter um governador que usa de mentiras para não cumprir o que deveria. Será que o Anastasia não teve uma boa educação de seus pais? Será que esse moço consegue dormir em paz? E essa mídia? Que vergonha. Porém, somos BRASILEIROS E NÃO DESISTIREMOS NUNCA.

    ResponderExcluir
  9. Euler,
    Os seus textos e análises são um SHOW! Os pais, alunos e pessoas da comunidade que conversam comigo, estão tão indignados, decepcionados com as atitudes e a forma como este governo vem tratando dos assuntos referentes à EDUCAÇÃO e os EDUCADORES que, disseram que é o FIM da carreira política dele e de seus comparsas! Ele deveria ser mais esperto e negociar rápido o PAGAMENTO DO PISO SALARIAL porque a cada dia que passa está aumentando a fúria de toda população CONTRA O GOVERNO DE MINAS! Continuemos firmes na LUTA até o PISO!

    ResponderExcluir
  10. Educadora de São Miguel do Anta-MG5 de agosto de 2011 08:51

    Euler,
    Já não consigo mais deixar de acessar o seu blog, este é o BLOG DA EDUCAÇÃO. Aqui sinto-me como se estivesse conversando, lado a lado, com os meus colegas de profissão, é maravilhoso!
    Gostaria de aproveitar este espaço para chamar os nossos colegas que, por algum motivo, ainda não aderiram à GREVE, principalmente, os colegas das cidades de ARAPONGA, CANAÃ, ESTEVÃO DE ARAÚJO, são colegas que sempre foram responsáveis e comprometidos com a melhoria da EDUCAÇÃO PÚBLICA. Então, juntem-se a nós na LUTA PELO PAGAMENTO DO NOSSO PISO SALARIAL. A hora é AGORA! Queremos apenas o que é nosso de direito, nada além! Esta Luta também é de vocês! Vocês estão fazendo muita falta! Venham fazer parte desta CONQUISTA e juntos comemoraremos a VITÓRIA!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Euler, bom dia a todos os companheiros. O momento é de luta, agora então deveria ser intensa. Mais, infelizmente, tenho que noticiar que aqui em Ubá, minha escola era até ontem a unica que havia parado totalmente. Diante desse fato, muitos professores que não queriam aderir a greve resolvem retornar a sala de aula a partir de segunda feira. Poucos, dentre eles eu, resolveram comprar a briga e pagar pra ver (literalmente). É triste, ver tantas desculpas esfarrapadas, mais devemos respeita-las, mesmo nao concordando. Grande abraço a todos, por aqui ficamos fazendo uma luta de guerrilha, com poucos combatentes.

    ResponderExcluir
  12. Euler,
    Vamos fazer uma chamada de adesão ao nosso MOVIMENTO. Você que conhece a realidade da EDUCAÇÃO em nosso estado. Você que enfrenta carga horária exaustiva. Você que trabalha em duas ou três escolas para conseguir sobreviver. Você que acredita na EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE. Você que sempre reclamou do baixo salário no final do mês. Você que é desrespeitado e desvalorizado. Você que é EDUCADOR DE VERDADE. Você que acredita na MUDANÇA. Você que está acostumado a LUTAR. Você que não se deixa ENGANAR. Você que faz parte da CATEGORIA. Você que é a favor das nossas reivindicações. Você que é INTELIGENTE. Você que acredita que a EDUCAÇÃO é a base de todo DESENVOLVIMENTO. Você que acredita na entidade que nos representa. Você que já superou tantos DESAFIOS. Você que sabe o que representa o PISO SALARIAL PARA OS EDUCADORES. Você que ainda não aderiu à GREVE. Venha, só falta VOCÊ! A sua participação é fundamental para mudarmos o triste cenário vivido por nós, EDUCADORES MINEIROS e concretizarmos os nossos desejos. VENHA, você é quem falta para COMPLETAR O NOSSO TIME e consquistarmos o nosso PISO!

    ResponderExcluir
  13. Caro Euler e companheiros de luta, o embate que ora se trava fica elucidado com nitidez neste texto que acabo ler. Parabéns a você, pela capacidade de fazer a História deste momento junto conosco. Euler, para mim, o verdadeiro Educador precisa ter o respeito dele próprio, de seus alunos, de seus pares, enfim, de toda a sociedade. Nós não podemos ser cúmplices de um sistema interessado em manter encabrestada grande parte do seu povo. Temos a capacidade de discernir o certo do errado. Essa questão já foi tratada à exaustão aqui, neste blog e, também, em outros espaços a que temos acesso. Agora, a questão que não quer calar é a seguinte: por que muitos colegas de trabalho, mesmo insatisfeitos, não aderem ao nosso movimento de reivindicação do cumprimento da Lei. Eu mesma penso ter a resposta: não creio que seja por falta de compreensão da realidade e, sim, devido ao nível de empobrecimento de muitos da classe que não podem ficar tempo nenhum sem receber a migalha mensal que lhes é “cabida neste latifúndio”. Corta-me a alma, sair, juntamente com outros companheiros, para explicar, exemplificar, mostrar, elucidar, tentar persuadir e convencer colegas de outras escolas e de outras cidades a aderirem ao nosso movimento e, alguns nem ficarem para a discussão e análise da nossa proposta. Outros ficam, ouvem, discutem, na maioria das vezes, concordam com o que é exposto, mas... não podem parar. Precisamos perguntar: Por que a Educação Pública no Brasil se encontra neste estágio mórbido? Por esse motivo que este blog, os seus textos, os nossos textos, a nossa interlocução se fazem tão necessários neste momento. Pois, essas são questões a serem debatidas, principalmente nas arenas políticas. Por quem nos representa. Ocorre, porém, que as arenas políticas estão em todas as nossas áreas de atuação, em todos os níveis e, nos setores da Educação, de forma privilegiada. Quem são os responsáveis por construir uma sociedade mais crítica e mais justa? Em grande parte, nós, os Educadores. Pois, à medida que os professores exigirem seus direitos, ‘fincarem pé’, não deixarem ser ludibriados, obterão mais consideração pela profissão, mostrarão a todos quanto são imprescindíveis para a formação de uma sociedade mais justa e igualitária e seremos mais felizes, porque o conhecimento nos torna mais sábios e ser sábio é ser, também, político, na essência da palavra!

    ResponderExcluir
  14. Euler e companheiros gostaria de lhes enviar cópia do e mail que mandei para o Deputado João Leite, respondendo a matéria do Jornal Estado de Minas de 04 de agosto de 2011.

    Sr Deputado João Leite,

    O jornal Estado de Minas, do dia 04 de agosto de 2011 trouxe uma matéria na qual o Sr, se posiciona a favor do subsídio defendido pelo governo de Minas Gerais.

    O Sr tem todo direito de se posicionar a favor do governo, visto que faz parte do partido do Governador Antônio Anastasia. Sei que o Sr é cristão, já até assisti pregação sua na igreja a qual pertenço Igreja Batista da Lagoinha, como cristão fiquei extremamente decepcionado com a matéria do Estado de Minas. O jornal cita o Sr defendendo que o Governo de Minas já paga o piso.

    Tenho vários colegas que o vencimento básico voltou para 369,00 aqueles com ensino médio, e no meu caso o meu vencimento básico voltou para 560,00. Creio que o Sr deve se posicionar a favor do Governo, mas não pode faltar com a verdade.

    Sei também que o Sr é formado em História, gostaria de lhe propor que trocasse a seu subsídio, pelo nosso subsídio que o Governo tanto defende. Tenho certeza que o seu subsídio deve ser quase trinta vezes maior que o nosso subsídio, e maior ainda que o nosso vencimento básico.

    O único pedido que faço ao Sr, se ainda não o fez, faça uma pesquisa ,leia mais sobre a lei do piso nacional dos professores. Leia a decisão do STF, na qual o nosso vencimento básico, não pode se tornar total de remuneração como quer o Governo.

    A lei é clara são 1.187,00 para os professores com nível médio, portanto os demais profissionais tem que ter sua posição no plano de carreira ajustada. O sindicato dos professores defende um outro valor. Não sou de nenhum partido político, gostaria somente que a verdade prevalecesse nós professores estamos cansados de mentiras.

    Por último, e novamente defenda o Governo sim, mas, não falte com a verdade nem seja omisso, pois sei que como cristão não podemos agir dessa forma.

    ResponderExcluir
  15. João Paulo Ferreira de Assis5 de agosto de 2011 09:51

    Prezado amigo Professor Euler

    Eles do governo só nos levarão a sério quando os alunos perderem o ano letivo. Não há meio termo. Aí sim, eles vão nos dar valor. Infelizmente, esta é a verdade. Sinto pelo alunos, sinto muitíssimo.
    E sugiro a eles que entrem em blogs de escolas particulares, algumas têm inclusive portal, onde cada professor tem o seu blog, disponibiliza filmes pedagógicos, responde dúvidas. Um exemplo é o Colégio Nossa Senhora de Lourdes, na cidade de Lavras. Eu o mencionei porque eu estudei naquela conceituada escola em 1971, cursando o Admissão (fui da última turma de Admissão), e a 5ª, 6ª e 7ª série, até 1974, quando mudamo-nos para Barbacena, e concluí o ginásio na Escola de Primeiro Grau São José. (www.colegiodelourdes.com.br)É só pedir no Google ou Yahoo, Colégio Nossa Senhora de Lourdes ''Lavras MG'', que se abre a página de consultas. Aí você clica sobre colegiodelourdes.com.br e acessa a página da escola, que pertence às Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade. No canto superior esquerdo vá em videoaulas e acesse a matéria que você quer.
    Sei que não é a mesma coisa de ter uma aula com o professor, mas pelo menos dá para se fazer alguma coisa.
    Lógico que não é só o Colégio Nossa Senhora de Lourdes, há muitas outras escolas particulares na Net. Então é só acessar.

    ResponderExcluir
  16. Se voltarmos para a escola sem o piso, não vamos repor as aulas, até porque o nosso salário "já foi pro Beleléu" no pagamento do mês de julho. O ano letivo precisa ser fechado, milhões de alunos e pais já estão cobrando isso, e contratar um número grande de professores para nos substituir também é impossível, visto que, os gastos com a burocracia da contratação seriam muito altos,nossos salários confiscados não pagariam e não se esqueçam que existe a Lei de Responsabilidade Fiscal, a tal, que só existe quando estamos em greve. É pagar o piso ou pagar um preço muito maior.

    ResponderExcluir
  17. Aqui em minha cidade, interior das Gerais, há cartazes falando sobre a Lei do Piso e contracheques em vários locais (lanchonete, postos de gasolina, mercearia, etc.) A verdade está sendo mostrada a todos.

    ResponderExcluir
  18. João Paulo Ferreira de Assis5 de agosto de 2011 10:11

    Prezado amigo Professor Euler

    Sugiro que se publique para os alunos uns links de escolas particulares e cursinhos para que eles possam acessar, como meio de se preparar para o ENEM. Assim, deixaríamos à mostra a despreocupação do governo em relação aos alunos e a nossa preocupação com eles.
    Aliás, você já percebeu que os CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO SÓ ACONTECEM EM ESCOLAS PÚBLICAS? VOCÊ JÁ VIU ALGUMA ESCOLA PARTICULAR TER UM PROJETOR MULTIMÍDIA E COMPUTADORES DE ÚLTIMA GERAÇÃO FURTADOS? E já percebeste que a PMMG não pega ninguém? Deve ser por ordem superior. Afinal ''escola de pobre'' ter ensino de qualidade é coisa de comunista, é um crime digno das maiores penalidades. Não é atoa que temos um elitista convicto como superior hierárquico da Polícia. Até parece política dirigida. Some a isso o menosprezo aos professores, o desaparelhamento das escolas e as péssimas condições de trabalho dos professores de escolas públicas e você verá que é esta a política educacional do PSDB. ACHO QUE NÓS TEMOS DE DEIXAR ISTO BEM CLARO PARA OS ALUNOS.

    ResponderExcluir
  19. Educadora de São Miguel do Anta-MG5 de agosto de 2011 10:22

    Euler,
    Como o seu blog é o blog dos EDUCADORES, porque é um espaço fantástico para debatermos as questões que nos afligem, vamos lá. ALERTA TOTAL A TODA CATEGORIA! Está vencendo no dia 10/08 o prazo de opção ao regime remuneratório. Servidores, não deixem para a última hora, todos já sabem que a melhor opção para nós é o ANTIGO REGIME REMUNERATÓRIO, o Subsídio é coisa do GOVERNO. Aparentemente, podemos "perder" alguns trocados agora, mas optando pelo ANTIGO REGIME o lucro que teremos compensará as possíveis "perdas" atuais. Temos que pensar em nossa CARREIRA, não podemos dedicar anos numa profissão e simplesmente parecer que não saimos do lugar, ou seja, temos a impressão de estarmos sempre começando, isso é o Subsídio! Não podemos deixar que terceiros apontem os caminhos que devemos seguir, se quem vive o dia a dia da sala de aula somos nós. Ninguém melhor do que o EDUCADOR para saber o que é melhor para si. Não precisamos de governo e secretárias para orientar-nos em nossas escolhas, sabemos fazê-las muito bem, basta olharmos os nossos CONTRACHEQUES, deles precisamos para CUMPRIR AS LEIS, como por exemplo a do PISO. Nós, ao contrário do que muitos políticos pensam, temos capacidade de pensar, interpretar, analisar, criticar, opinar e mudar sempre que a situação nos exigir. Um detalhe importante é que quem optar pelo Subsídio não terá como VOLTAR e não terá como recorrer! Aliás, pra dizer bem a verdade, não quero nem ouvir falar mais em Subsídio! Esta palavra está causando-me náuseas. O governador que vá oferecer Subsídio para as suas secretárias e outros "amiguinhos"... Ele quer economizar às custas dos EDUCADORES! EDUCADOR DE VERDADE não se deixa ENGANAR! Como a MAIORIA dos servidores já optaram pelo RETORNO AO ANTIGO SISTEMA REMUNERATÓRIO, então teremos o FIM DO SUBSÍDIO! A melhor resposta que podemos dar ao governador é esta: QUEREMOS O NOSSO PISO!

    ResponderExcluir
  20. Colegas,
    Por favor, nem pensem em voltar para a escola sem o nosso PISO! Não chegamos até aqui para nada. Queremos alcançar o nosso objetivo que é o PAGAMENTO DO PISO SALARIAL! A negociação é o PISO!

    ResponderExcluir
  21. O governador estará na minha cidade, João Monlevade, no póximo dia 11, para inauguração do CTI do Hospital Margarida. Vamos preparar para ele uma bela recepção??
    Kátia - João Monlevade

    ResponderExcluir
  22. O governador estará na minha cidade, João Monlevade, no póximo dia 11, para inauguração do CTI do Hospital Margarida. Vamos preparar para ele uma bela recepção??
    Kátia - João Monlevade

    ResponderExcluir
  23. O governador estará na minha cidade, João Monlevade, no póximo dia 11, para inauguração do CTI do Hospital Margarida. Vamos preparar para ele uma bela recepção??
    Kátia - João Monlevade

    ResponderExcluir
  24. O governador estará na minha cidade, João Monlevade, no póximo dia 11, para inauguração do CTI do Hospital Margarida. Vamos preparar para ele uma bela recepção??
    Kátia - João Monlevade.

    ResponderExcluir
  25. Caro Colega Euler
    Moro em Montezuma norte de Minas, e hoje depois de muita luta aderimos a greve a partir de segunda antes tarde do que nunca que Deus nos ajude nessa luta .

    ResponderExcluir
  26. Euler,
    O governador pensou que havendo o corte do salário, iríamos recuar e retornar! Para surpresa dele, estamos resistindo. Afinal, EDUCADOR tem "crédito", estamos acostumados a cumprir com as nossas obrigações. Ficaremos firmes na luta até que PAGUEM O NOSSO PISO!

    ResponderExcluir
  27. Caro Euler,
    A rádio itatiaia informou agora às 12:50hs, que o governador Anastasia não garantiu que vai abrir negociações com os grevistas, mas vai tomar medidas administrativas para não trazer maiores prejuizos aos alunos, principalmente os do 3ºano.
    Também a associação de Pais e Alunos irão até ao ministério público pedir o fim da greve.
    Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  28. Euler,
    Anastasia deveria reconhecer que, quanto mais maldades forem feitas contra os EDUCADORES isto refletirá na população. Daí mais dificuldades terá de levar o seu governo até o fim. Sabemos que, se houvesse diálogo e o cumprimento de Leis por parte do governo, não seria necessário a categoria entrar em GREVE. Mas, infelizmente, o governo não quer ceder. Ele precisa entender que tal atitude não irá diminuí-lo, muito pelo contrário, negociando, atendendo à categoria, poderá salvar o seu nome que já está quase no lixo. "Os humildes serão exaltados!" Força EDUCADORES, vamos mostrar que aprendemos com o Maior dos MESTRES: JESUS!

    ResponderExcluir
  29. Governador em João Monlevade para inaugurar CTI? Fala pra ele aproveitar e visitar a Educação que está agonizando. Mas nós, os verdadeiros educadores, estamos firmes e fortes esperando que ele se convença de que não vamos abrir mão do Piso. Caso ele não negocie, daqui há alguns dias quem vai estar no CTI é o governo dele (ou ele mesmo). Olha as 13 Almas aí, geeeeeeeeeeeeente!!!

    ResponderExcluir
  30. Caros companheiros

    Dia 10 de agosto é a data final para o retorno ao sistema de remuneração "antigo" e na fala da digníssima Secretária de Educação Ana Lúcia Gazzola no Jornal da Rádio Itatiaia pela manhã sistema extinto. Vale a pergunta:
    -Como o governo disponibiliza como opção para seus respeitados servidores uma opção que já foi extinta? Por que ele e seus dirigentes façam da seguinte maneira:
    . opção 1: Piso Salarial Nacional
    . opção 2: Subsídio

    "Governo de Minas estuda nova proposta para professores em greve A proposta deve ser apresentada nesta segunda-feira."
    http://www.itatiaia.com.br/site/noticias/noticia/4361 Hoje foi o governador que disse no Jornal da Itatiaia que Minas já paga o PISO. Ele ainda não entendeu, PISO não é SUBSÍDIO.

    "Sem o PISO, não PISO na escola."

    Concordo em tudo com a fala da EDUCADORA, não podemos voltar para o trabalho sem o PISO. Piso é LEI FEDERAL.

    abraços
    Gleiferson Crow
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. Euler,
    Sinto a necessidade de fazer uma rápida análise quanto as possíveis consequências que as atitudes do nosso governador poderão gerar no cenário político do estado e do país.
    Olha governador, enquanto político, medir forças com os EDUCADORES não será nada favorável à sua imagem! Além de ser um tanto injusto, uma vez que detém a Maquina do governo. Não existe escola sem professor e a sociedade está exigente, querem os melhores! Não pense que resolvendo apenas a situação de nossos alunos do 3º ano do Ensino Médio, o problema acabou. Precisamos de soluções para todos os EDUCADORES E ALUNOS. Quem você acha que produz os resultados com altos índices para VOCÊ governador exibir na mídia? Governador, não é assim que você irá conseguir que a EDUCAÇÃO DE MINAS fique em primeiro lugar! Para isto, é preciso reconhecer a importância da figura do PROFESSOR e valorizá-lo! Se não tivermos BONS PROFESSORES, não atingiremos meta alguma. Para haver aprendizagem efetiva temos que ter à frente das salas de aulas, excelentes profissionais, ao contrário, vira pura DEMAGOGIA.

    ResponderExcluir
  32. Análise da greve em Minas: http://www.redebrasilatual.com.br/temas/trabalho/2011/08/em-mg-professores-denunciam-descumprimento-da-lei-do-piso

    ResponderExcluir
  33. Muita força nessa batalha que é JUSTA!
    04/08/2011 Rosilene Vale - Comentário feito a partir da fala da secretária na RADIO ITATIAIA:

    Vale refletir sobre o seguinte fato: POR QUE RAZÃO MAIS DE 82.000 PROFSSORES retornaram a carreira antiga? Esse número diz o que precisa ser dito: o que o governo nos ofereceu nada mais é que A DESTRUIÇÃO DA NOSSA CARREIRA! Ou estaríamos todos loucos? É muito evidente que a secretária que fala aos jornalistaS da ITATIAIA pretende jogar a sociedade contra os educadores. nÃO ACREDITO QUE ELA MESMA ESTEJA CONVENCIDA do que diz em relação ao "maravilhoso subsidio' que ela tanto defende. Para nossa categoria esse modelo poderia ser chamado de SUICÍDIO.
    Também acrescento ainda mais, não creio que tenha professor que ainda tenha dúvida do real objetivo desse GOVERNO que, desesperadamente, tenta convercer que o tal subsídio é perfeito, mais que o PISO, etc., etc e etc. Cansamos desse blá, blá da secretária de voz insuportávelmente desagradável e enganadora. Ela só esqueceu sobre quem somos. Temos já uma GREVE de 2010 no currículo. O retorno sem o objetivo alcançado significa o fim... Se já não existe tanto profissional no mercado, um desecanto pela atuação, a derrocada do ensino público, profissionais de outras áreas usando a educação como o famoso "bico", professores que atuam manhã, tarde e noite devido o BAIXO SALÁRIO JÁ ANUNCIADO POR NOSSA CATEGORIA...Imaginem como ficará o quadro depois de um retorno sem que esse governo nos atenda? Imaginaram?
    Pois bem, vale mesmo essa reflexão para aqueles que ainda não entenderam o quanto o momento é HISTÓRICO e logo valioso para todos, todos, todos os educadores e aqui esqueçamos essa divisão que o governo tenta implantar a qualquer custo. Está nas nossas mãos o SIM o NÃO!!

    ResponderExcluir
  34. Olá, Euler.
    Estava agora olhando alguns sites e me deparei com o site sobre educação do Gilberto Dimenstein. Lá tem uma parte que se chama: cidadão jornalista e li uma carta de professor de São Paulo que foi publicada. A publicação é antiga, mas ainda existe o contato para enviar cartas. Quem sabe você, com sua capacidade ímpar de explicar as coisas, escreve para lá? É só uma idéia afinal a tal página é da Folha de São Paulo e deve ter grande alcance nacional.
    Um abraço e um lembrete a todos: SEM O PISO NADA DE VOLTAR PARA A ESCOLA! E NADA DE PAGAR OS DIAS QUE FORAM DESCONTADOS! VAMOS JUNTOS ATÉ O FIM!

    ResponderExcluir
  35. Senhora Gazzola,
    Ora, faça-me rir!
    Extinguir o sistema remuneratório (piso)! Que conversa é essa? Não estaria pretensa Secretaria ficando gagá?
    Está, está bem... de algum tempo para cá, o Blog do Euler tem despertado o senso de humor de muitos e tem aceitado piadas, insinuações e outras coisas mais, por ser um espaço de exercício de democracia e cidadania. Mas a Senhora exagerou, hein? Que piada infame, absolutamente sem graça para muitos, mas que me provocou o riso e um leve menear de cabeça, como quem diz: “Ih, endoidou de vez”. Faça-me o favor, Gazzola!!!
    E pensar que eu acreditei na Senhora, pelo fato de ser professora (costumo escrever essa palavra com letra maiúscula, mas não me parece coerente agora...). Aliás, quantos de vocês da troupe do Governo são professores? Eu gostaria de saber! Porque parece que não são, não. Os cargos dos senhores não são para sempre. Os senhores ESTÃO, não SÃO, no sentido restrito da palavra. Lembrem-se: tudo passa. Até uva passa...
    Fico aqui, imaginando com os meus botões, o que sobrarão dos senhores depois desse pequeno vendaval público. Apesar de dizerem que brasileiro não tem memória, já fizemos um pacto: jamais nos esqueceremos do ano de 2011- o ano em que o esteio da sociedade se cansou do descaso dos governantes. E pensar que lutamos por um piso irrisório, comparado com o seu salário, Gazolla, que lhe possibilita comprar roupas de grife e perfumes franceses, dentre outros itens, que lhe enfeitam a aparência, mas não sua alma.
    Não fosse o respeito que eu tenho pelos animais, escreveria seu nome na boca do sapo e costuraria. Dizem que essa mandinga é boa para quem dá com a língua nos dentes, sem pensar direito na conseqüência de seus atos.
    Use sua inteligência (porque burra a Senhora não é), para ajudar nas negociações. Resolvam essa situação de uma vez por todas, porque se depender dos professores, a greve continua até que os Senhores tomem uma boa dose de juízo.
    Mas hoje, eu estou boazinha: vou lhe dar um desconto, afinal, a Senhora é pau mandado, uma baba-ovo. Cruzes!!!
    E tenho dito.

    ResponderExcluir
  36. OLÁ EULER,

    Não sei. A estratégia é jogar a sociedade contra o movimento de greve e consequentemente contra nós, professores. Sinto que os alunos e suas famílias estão se revoltando sim. São poucos que conseguem atribuir a culpa ao Governo. A maioria tem como alvo primeiro o professorado. Tenho medo. Se o sndicato afrouxar agora, será a vitória da mentira e certamente a esperança de que a lei seja cumprida ficará abalada. Minha escola não está em greve, eu não estou em greve. Aguardarei a assembléia de 3ª feira para uma tomada de posição também mais radical.

    ResponderExcluir
  37. A medida administrativa é: pediu às escolas que façam um levantamento de todos os professores do 3º ano que estão em greve;
    Os profissionais das SREs serão deslocados para Belo Horizonte, terça-feira próxima, para tratarem da substituição deles pelos professores das escolas, nessa série de ensino. Deve ser mais um GASTO ENORME de dinheiro com o pagamento de diárias para essa gente na capital. É assim que o dinheiro vai e não sobra para o que sério e certo.
    Agora é muito interessante ver como o governo respeita os alunos e os pais deles,pois em vez de resolver a questão do PISO SALARIAL, prefere maquiar a situação, colocando profissionais de forma improvisada para ocupar um horário com os alunos, exatamente para naõ ter mais a cobrança dos alunos, nem dos pais! Mas será que esses alunos e esses pais vão concordar com isso?! Mais uma vez vemos como esse governo trata a educação neste estado! Isso deve ser porque muitas famílias estão ligando para 0800, que a SEE disponibilizou para falar da greve,cobrando medidas do governo, diante disso resolveu mascarar a situação com essa atitude absurda! Então, aguardaremos o desenrolar de mais um capítulo da falta de senso deste governo.

    ResponderExcluir
  38. Boa tarde Prof Euler,
    Uma vez mais voce se superou!
    Posto o e-mail que enviei hoje aos nosso associados e colegas, fica à sua vontade, publica-lo ou não.
    Att
    Graça
    Sent: Friday, August 05, 2011 1:01 PM
    Subject: ASSEEITARE URGENTE !AVISO INFORMATIVO

    Prezados Colegas,

    Os professores e servidores da rede estadual de MG permanecem em greve por tempo indeterminado, ou até que o governo de MG cumpra A LEI FEDERAL que definiu o PISO (salário mínimo inicial) PARA OS INTEGRANTES DOS QUADROS DE MAGISTÉRIO. Dessa vez não se pode usar o batido jargão "de greve por interesse político". A luta é pelo direito de receber o piso salarial determinado por Lei Federal, confirmada em julgamento do STF, ao qual não cabe mais recurso.
    DECISÃO DO SUPREMO NÃO SE DISCUTE OU NEGOCIA, CUMPRE-SE!
    Ainda assim, o governo aproveita-se de seu poder ($$$) sobre a mídia e continua a repetir que ja paga o piso, mas todos sabemos que não é verdade, pois ele considerou o teto (vencimento básico + direitos e vantagens) como piso.
    O que o governo ainda não percebeu é que " mídia on line " não admite a costumeira censura dos poderosos, "a lei da mordaça" não funciona no mundo sem fronteiras da internet.
    E quando digo governo, me refiro ao executivo e ao legislativo, pois a tal Lei do Subsídio foi aprovada em 2010, por unanimidade pela Assembléia de MG. Os deputados eleitos para legislar e atuar em favor do povo, abriram mão de seu principal dever e, portanto, podem e devem ser responsabilidados pela situação de conflito entre educadores X governo e pela greve que se estende desde 08/06/2011.
    Agora, devem exercer o atual mandato para no mínimo, reparar os prejuízos causados aos educadores, alunos e pais.
    Merecem nosso apoio e respeito os colegas da ativa que estão em greve, com dignidade e coragem dão exemplo de cidadania, eles estão lutando por todos nós, aposentados.
    Atenciosamente,
    Graça Lenzi
    Até aqui expressei minha opinião pessoal, o que segue é o informativo da ASSEEITARE.

    Favor ler e divulgar :
    No anexo, enviamos o aviso:
    UTILIDADE PÚBLICA AVISO URGENTE PARA OS SERVIDORES DA REDE ESTADUAL DA EDUCAÇÃO DE MG

    Pedimos que voces imprimam o aviso e divulguem nas rádios e em locais públicos, nas Igrejas e Templos, durante as missas, cultos.

    Na segunda, dia 25/07/11, foi publicada no MG e no Portal do Servidor a RESOLUÇÃO CONJUNTA SEPLAG/SEE N.º 8386, DE 20 DE JULHO DE 2011 e o anexo com a listagem dos servidores que já fizeram a opção para o retorno à antiga carreira.

    São 1.157 páginas + de 84.000 servidores!
    BH mais de 20.000 servidores pág 01 a 275
    Listo abaixo apenas as SRE onde temos associados:
    1)ITAJUBÁ mais de 1.200 servidores ja retornaram
    Ativos-Pag 540 a 547-Aposentados pag 547 a 557
    2)CAXAMBU - mais de 1.000 servidores pág 380 a 3943)POÇOS CALDAS-mais de 150 servidores-pág 909 a 912 4)POUSO ALEGRE SÓ 2 servidores (???) pág. 948 VARGINHA mais de 580 servidores pág -1167 a 1.175
    É a primeira listagem publicada, oficialmente, se voce já fez a opção pelo retorno e se seu nome não constar na listagem, vá à SRE com o o protocolo de seu requerimento e solicite a publicação imediata, antes de 10/08/11.
    Consultar :www.portaldoservidor.mg.gov.br ouhttp://www.iof.mg.gov.br/institucional/institucional/resolucoes-conjuntas.html

    ResponderExcluir
  39. É fato! A medida administrativa é mesmo substituir os professores grevistas que dão aula para o 3º ano.

    ResponderExcluir
  40. Deixem seus comentários:http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=125990

    ResponderExcluir
  41. continuação post anterior:
    ASSEEITARE_ UTILIDADE PÚBLICA_ AVISO URGENTE ! (anexo para imprimir e divulgar)
    A TODOS OS SERVIDORES DA REDE ESTADUAL DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

    DIA 10/08/2011 (PRÓXIMA QUARTA FEIRA )

    É ÚLTIMO PRAZO PARA O SERVIDOR PROTOCOLAR NA S.R.E. O REQUERIMENTO PARA O RETORNO À SUA ANTIGA E LEGÍTIMA CARREIRA!

    DEPOIS DESSA DATA NÃO HAVERÁ COMO MANIFESTAR SUA OPÇÃO!O SERVIDOR FICARÁ PARA SEMPRE NO SISTEMA DE REMUNERAÇÃO POR SUBSÍDIO!

    ANALISE SUA SITUAÇÃO E EXERÇA SEU DIREITO!

    DIRETORES E SECRETÁRIOS DE ESCOLAS NÃO PRECISAM FAZER A OPÇÃO, POIS CONTINUAM NA ANTIGA CARREIRA.

    PARA MAIS INFORMAÇÕES :
    Para se inteirar da Lei 15.293/04- Carreiras da Educação Básica do Estado de Minas Gerais
    Consulte:http://www.planejamento.mg.gov.br/servidor/planos_carreiras/leis_carreiras.asp

    Mesmo cientes que a opção é decisão pessoal e merece respeito, é preciso buscar informações para melhor decidir. Para isso, sugerimos consultar os seguintes sites ou endereços:

    www.blogdoeulerconrado.blogspot.com;www.joaofilocre.com.br ;www.direitodoservidor.wordpress.com;
    www.blogdabeatrizcerqueira.blogspot.com;;www.sindutemg.org.br
    NÃO HÁ MAIS TEMPO A PERDER!
    EXERÇA SEU DIREITO: A OPÇÃO PARA O RETORNO À ANTIGA E LEGÍTIMA CARREIRA!
    PRAZO MÁXIMO PARA OPÇÃO:10/08/2011
    Ajude a divulgar! Sua atuação fará a diferença!
    Contamos com você
    Atenciosamente,
    Graça Lenzi
    ASSEEITARE - Associação dos Servidores Estaduais da Educação de Itajubá e Região

    ResponderExcluir
  42. Profº Euler, anime - se, ainda temos esperança, veja isso:
    Ver galeria de especiais
    Opine

    O plano Brasil sem Miséria tem por objetivo tirar 16,267 milhões de cidadãos da pobreza extrema. Na sua opinião, qual setor mais importante a ser fortalecido nesta campanha?

    Educação
    (41%, 658 votos)
    Saúde
    (28%, 444 votos)
    Emprego e renda
    (14%, 227 votos)
    Qualificação profissional
    (8%, 125 votos)
    Agricultura familiar
    (5%, 81 votos)
    Segurança pública
    (4%, 79 votos)

    Total de votos: 1.614

    http://blog.planalto.gov.br/categoria/destaques/conversa-com-a-presidenta/

    Enquetes anteriores
    FEDERALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO JÁ.
    O Governo Federal já tem a LDB e o PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA, já desenvolveu o sistema de avaliação da educação e também de valorização dos profissionais. Já paga e bem o piso de quase 4 mil reais aos professores federais. Também já arrecarda quase a totalidade dos impostos que compoem o PIB.
    Em contrapartida haverá enorme economia pois não haverá tantas secretarias, tantas propagandas de desgovernos que a cada eleição desmantelam todo o sistema educacional para dar empregos aos financiadores das campanhas eleitoreiras. E nem tantos "subsídios castigos " aos funcionários que julgam ser culpados por que eles não conseguiram emplacar nas urnas, e culpam os mesmos pelas derrotas eleitorais.
    A idéia dos companheiros João Paulo, Luciano História e Rômulo é excelente, e tem que ser ampliada e divulgada.
    SEM MEDO DE SER FELIZES!

    ResponderExcluir
  43. Nossa,como é que alguém tem coragem de escrever uma barbaridade dessa(Opinião desastrosa)nesse blog.Sinceramente voce deveria ter vergonha de dizer Minha escola não esta de greve,eu não estou de greve,vou esperar próxima assembleia .Deveria ter vergonha de dizer isso.Osalunos e pais sabem sim que o culpado de toda essa situaçãoé do governador que não admite negociar.Jú Oliveira.Todos aí nessa realmente são profesores???? Leia o poema O Analfabeto político.

    ResponderExcluir
  44. Eu chorei, literalmente, quando li a reportagem do jornal "O Tempo" sobre o protesto em frente à agência bancária da Avenida Vilarinho. É muito triste você pensar que foram anos de sonhos, de projetos, de aprendizado numa faculdade, atividades estas realizadas com tanto empenho, visando a melhor qualificação ou desenvolver ao máximo nossas competências para exercer uma profissão tão digna e cheia de futuro...Tornamo-nos EDUCADORES num pais de políticos corruptos, administradores medíocres e elitistas. Exercendo nossa profissão em escola pública ou particular, não importa: somos responsáveis pela formação do cidadão sim!O que estamos vivenciando aqui em Minas com esta greve é aviltante. Deveríamos ter direito , além do que nos foi usurpado, (salário, remuneração) a indenização por tortura psicológica nesta ditadura do AZIA.

    ResponderExcluir
  45. /caro amigo Euler, gostaria de ter informações sobre o ACÓRDÃO.O q está segurando ( impedindo ) p q ele seja publicado?

    ResponderExcluir
  46. Não sou contra a greve,acho que devem lutar pelos seus direitos mas não acho justo que os alunos pagam por isso.A verdade é O ÚNICO QUE SAI PERDENDO,um ano de suas vidas jogados fora.Será que alguém já pensou nisso?Quantos pais lutando para comprar material para seus filhos,para no fim se deparar no meio de uma guerra,onde cada parte pensa em se próprio.O que fazer?Quem pode vai para uma particular,o pobre perde o ano.

    ResponderExcluir
  47. OI EULER,

    VOCÊ ESTÁ CERTO QUANTO AO SABÃO QUE PASSOU EM MIM E EM MEUS COLEGAS QUE NÃO ADERIRAM À GREVE. DEVEMOS SIM TER VERGONHA. MAS CERTAMENTE, CADA UM DE NÓS TEM MOTIVOS FORTES PARA TOMAR ESTA POSIÇÃO. MAS SUAS PALAVRAS, DURAS, NÃO ME AFASTARÃO DAQUI PORQUE GOSTO DO QUE ESCREVE E COMPARTILHO DESSES IDEAIS, MESMO NÃO ESTANDO EM GREVE.

    MAS O MOTIVO DE MEU CONTATO É INFORMAR QUE HOJE A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO ANA LÚCIA GAZZOLA ESTARÁ AO VIVO NO JORNAL BAND MINAS ÀS 18:45.

    NOSSA PARTICIPAÇÃO SERÁ IMPORTANTE. ENVIEMOS NOSSOS QUESTIONAMENTOS.

    DIVULGUE POR FAVOR PARA OS SEUS COMPANHEIROS DE LUTA.

    E ABRAÇOS...

    ResponderExcluir
  48. EULER,

    LI O COMENTÁRIO DE UM ANÔNIMO QUE ME CITOU TAMBÉM CRITICANDO MINHA POSTAGEM. O FATO É QUE NÃO OMITIRIA A INFORMAÇÃO DE QUE NÃO ESTOU EM GREVE DE FORMA HIPÓCRITA. SABEMOS QUE MUITAS ESCOLAS NÃO PARARAM. EU TENHO CORAGEM DE ADMITIR ISSO E COMENTAR AQUI EM SEU BLOG MOSTRANDO MINHA CARA, ACREDITANDO SER ESTE UM ESPAÇO DEMOCRÁTICO. E APESAR DE NÃO ESTAR EM GREVE, MANIFESTO COMO POSSO, USANDO OS ESPAÇOS VIRTUAIS.

    ResponderExcluir
  49. Euler e companheiros de luta,acabei de chegar na minha cidade e saber que mais uma escola aderiu ao movimento. A partir de segunda-feira todos estarão lutando conosco. E é do 1º ao 5º ano. Abraço e até a vitória final!

    ResponderExcluir
  50. Euler, Anastasia anda tão engraçadinho, não acha. Veja bem: Na entrevista concedida à Itatiaia, ele falou que a greve é LOCALIZADA... kkkkkkkkkkkkkk Localizada mesmo, no ESTADO DE MINAS GERAIS, de Norte a Sul, não é, governador? Achei que nossos governantes fossem mais inteligentes, mais responsáveis, mais sérios, visão ampla. Ledo engano. ABC

    ResponderExcluir
  51. Caros Euler e companheiros de luta, no comentário de hoje, já parabenizei o responsável por este espaço de discussão e lutas por nossos Direitos. Agora, cumprimento-o, novamente, pela resposta à professora que não sabe se ainda entrará em greve. Francamente. É o fim da picada. Ontem, em Espera Feliz, também, passamos por isso: existem aqueles que ainda estão pensando, enquanto eles pensam, nós 'damos a cara pra bater'. Penso que, de pessoas que não lutam por seus direitos, a Educação não precisa, tais devem estar satisfeitos, e Piso, para eles, é uma bobagem! Pois deveriam assinar um documento abdicando-se das vantagens que, certamente, obterão sem suor e lágrimas. À custa da dor alheia. Porém, deixemos os titubeantes de lado e vamos em frente. Quanto à postagem da minha amiga que informa sobre a aberração de os funcionários da SREs receberem capacitação para nos substituírem nos 3ºs anos, essa eu quero ver, há alguns que ao fazerem o "repasse de alguma capacitação" para professores já são uma lástima, outros não vão sozinhos, só andam em duplinhas, tipo 'Cosme e Damião'. Quero vê-los na sala com quarenta alunos, abordando com conhecimento e propriedade os diversificados conteúdos que compõem a grade curricular desta série. Será um vexame. Quem participar verá. O ponto positivo disso é que, quem sabe, esses que se candidatarem a nos substituir passem a ver a carreira do Magistério através de um outro olhar, olhar de respeito por quem realmente é Mestre!

    ResponderExcluir
  52. Gostei da sentada que a turma do CONLUTAS deu nos representantes da CNTE e CUT no último comando de greve. Até os petistas aplaudiram rsss...

    Anastazista,

    não queira empurrar goela abaixo aumento de subsídio na próxima 2a feira porque assim como o faraó, cairá do cavalo. Esta com ódio da categoria porque quase perdeu a eleição para governador e agora fica de pirraça.

    ATENÇÃO BLOGUEIROS,

    Em setembro tem gratificação para os servidores do Estado (aquela merreca que a curriola do choque de Gestão batizou de 14º).

    FEDERALIZAÇÃO DO ENSINO JÁ!

    ResponderExcluir
  53. Prezado Euler, tenho certeza de que o Anastasia está se enforcando cada vez mais com a ´própria corda que criou. Diante dele está uma Lei Federal a nosso favor que ele tem de cumprir, queira sim queira não, o subsídio não colou, principalmente para os mais antigos, o dinheiro está escasso por motivos de desvios. Ele joga a culpa na publicação do acórdão que, felizmente, será aprovado a qualquer momento. É só ele pagar o piso salarial para os 150 mil professores que retornaram à carreira antiga e continuar o subsídio para aqueles que o desejarem. Não há nada a fazer, pois conheço alguns professores aqui na minha cidade que gostam do subsídio, não sei o porquê de tanto amor assim. Perco sono quando me lembro de duas palavras: SUBSÍDIO E ANASTASIA.

    ResponderExcluir
  54. leiam, companheiros:
    http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2011/08/05/interna_gerais,243572/professores-pedem-dinheiro-nas-portas-de-bancos-para-completar-salario-cortado.shtml
    CHOREI.

    ResponderExcluir
  55. A band minas só perguntou o que a secretária queria responder!
    Jornalismo podre...
    A greve continua cada dia mais forte!!!!!

    ResponderExcluir
  56. Olá Euler!
    Sou um professor designado e estou de greve sozinho nas duas escolas que trabalho pela rede estadual, estive pensando no penúltimo artigo postado por você, em que você chama a atenção para a estratégia maldita do governo, e eu pergunto, se, salientando que é se, pois eu tenho fé no contrário, o numero de servidores que fizerem opção para a carreira antiga for menor que a metade, e o governo administrar as duas carreiras, uma pagando o piso no vencimento básico e a outra como está previsto no edital do concurso, o subsídio, como ficará a minha situação já que até agora pelo que entendi sou obrigado, uma vez que fui compusóriamente enquadrado no subsídio e não posso voltar para carreira antiga, a continuar a receber e conviver com essa, ( perdão a palavra que melhor expressa minha indignação diante do ignóbio vencimento que foi imposto) merda.
    obrigado! Aguardo resposta e até a vitória.
    Josiano
    João Monlevade

    ResponderExcluir
  57. ESTOU EM GREVE SOZINHA DESDE 08 DE JULHO...
    GRAÇAS A DEUS MINHA ESCOLA ADERIU A PARTIR DESSA SEGUNDA-FEIRA. OUTRAS ESCOLAS VIRÃO...
    VAMOS SEGUIR EM FRENTE ATÉ O PISO NACIONAL.
    TÊ, GUAXUPÉ

    ResponderExcluir
  58. Euler,
    Como sempre, vou utilizar este maravilhoso espaço para complementar a sua resposta à colega
    Ju Oliveira. Se os pais dos alunos de "sua escola" estão culpando os professores pela GREVE, é porque falta a eles informação e cabe a vocês, professores, informá-los, esclarecê-los. Faça isto e verás como terás não só o apoio como a participação deles nas assembleias. Outra questão é referente à adesão à GREVE. Penso que é exatamente por ficar aguardando assembleias é que estamos deixando de ter os 100% de adesão dos servidores. Uma vez deflagrada a GREVE, você não precisa esperar que todos da sua escola decidam participar, pois a decisão já foi tomada pela CATEGORIA, você pode aderir sozinha, a greve não acontece por escola mas pela CATEGORIA. Ju, não se intimide, faça valer o título de EDUCADORA, venha juntar-se a nós. Você e toda sua escola serão muito bem-vindos! Convoca também os PAIS, ALUNOS E A COMUNIDADE para inteirar-se do assunto e participar. Com certeza TODOS estarão do nosso lado lutando pelo CUMPRIMENTO DA LEI e consequentemente pela QUALIDADE DA EDUCAÇÃO PÚBLICA EM MINAS GERAIS! Abraços e venham mesmo!!!

    ResponderExcluir
  59. Euler, e colegas,
    Os professores da rede municipal de Ipatinga tiveram uma vitória hoje. O prefeito iniciou ontem, contratações de professores para substituir os grevistas. ( o triste é que apareceram alguns profissionais para os contratos). Só que hoje, antes deles começarem a trabalhar o promotor expediu uma liminar suspendendo os contratos, pois segundo ele, é inconstitucional contratações para substituir trabalhadores em greve. O MP também obrigou a reabertura das negociações, que já iniciaram hoje. BRAVOS COLEGAS DE IPATINGA. Outra notícia: Mais 5 colegas da Escola em que trabalho JOÃO XXIII resolveram aderir ao movimento a partir de amanhã. Antes tarde do que nunca! LUTA ATÈ A CONQUISTA DO PISO!....

    ResponderExcluir
  60. Euler,
    Eu já postei aqui no seu blog, há um tempo atrás, a sugestão do IMPEACHMENT deste governador mineiro. Afinal, ele não está exercendo o seu cargo a contento. O que ele e suas secretárias estão fazendo com a EDUCAÇÃO e com os EDUCADORES é uma aberração, suas atitudes tem afetado toda a população, principalmente os menos favorecidos. Já falei e repito, os políticos são eleitos pelo POVO, devem portanto, trabalhar para o POVO, atendendo aos interesses do POVO. Cabe ao POVO fiscalizar, acompanhar, criticar, sugerir, mudar de governo quando este não cumpre com suas funções. Já provamos que não somos idiotas. O governador precisa compreender que ele está governador, é passageiro. Político não é "profissão" apesar que muitos gostariam que fosse. Agora, PROFESSOR é uma PROFISSÃO muito digna e importante para o crescimento da NAÇÃO! Portanto, concordo plenamente com você Euler, se continuarmos sendo ignorados, desrespeitados e massacrados por este governo e suas secretárias, vamos nos organizar e ir para as ruas gritar: FORA ANASTASIA!

    ResponderExcluir
  61. Caríssimo Euller,
    graças a Deus, louvo por este espaço preciosíssimo que se tornou o seu blog. Peço licença para expor algumas reflexões aqui:
    - chego a ficar emocionado (indignaçao, contentamento, vibraçao, sentimento de justiça ) quando leio suas interessantes reflexões e de outros colegas que postam informações interativas nisto que se tornou a verdadeira revolução silenciosa pela internet;
    - a cada vez que ouço e leio notícias sobre este (des)governadorzinho e suas asseclas - leia-se secretárias - bem como outros de sua trupe como deputados de sua base , sempre repetindo o mesmo bordão " que o governo de minas já paga o piso", aumenta a minha indignação e certamente a de milhares de companheiros(as) que estamos nesta luta gloriosa;
    - agora as últimas manobras desta trupe são dignas de um teatro rocambolesco, de uma gente que não está preparada para ocupar o cargo que ocupam, que acham que nós educadores e o bom povo destas nossas minas gerais somos todos imbecis, tolos que caímos em qualquer bicaria tosca, como eles estão tentando passar através desta imprensa medíocre e comprada como a rádio itatiaia, e agora com a última entrevista da Gazzola na Band;

    - esta trupe vem com este enredo orquestrada de mentiras tentando calar os educadores e confundir a opinião pública; mas são muito amadores, desde o comunicado mentiroso que veicularam na rede globo na semana passada, e continuam este festival de inverdades e provocaçõesj;
    - mas fingem que não percebem que estão se enredando na própria atitude nefasta que voltará contra eles, no momento certo em que a justiça haverá de ser feita, e a "verdade nos libertará"; ora, não se governa com este amadorismo;
    - agora, só faltava esta, este (des)governadorzinho fascistóide acha que vai resolver a questão da greve tomando "medidas administrativas " como remanejar pessoal para substituir os professores das turmas de terceiros anos que estão em greve; ora esta, quanta "sabedoria" de um governante? assim ele e sua trupe acha que vai resolver o problema ! Ledo engano;
    - gente, é muita cara de pau ! vocês notaram a rispidez e o nervosismo que a secretária estava respondendo a uma repórter numa entrevista á rádio itatiaia? isto deve revelar alguma coisa , não acham? esta gente deve se cuidar enquanto é tempo para não irem pro lixo da história de minas, logo logo;
    -abraços a todos(as) bravos (as) e valentes guerreiros (as). Haveremos de chegar à uma vitória gloriosa com a sensação e a certeza de termos "combatido o bom combate ".
    - Em tempo: sugiro enviarmos milhares de e-mails pra esta rede vendida band minas entupindo seu fale conosco em forma de protesto por esta grosseria em não fazer um debate democrático e ouvir todas as partes , e não este jornalismozinho vendido .

    ResponderExcluir
  62. Euler,
    Estou como você, cheia de energia. A cada mentira dita pelo governador e suas secretárias fortaleço-me mais, servem de combustível para continuar lutando. Prezo sempre pela VERDADE. Está claro que o objetivo deste governo é impor a todo custo as suas ideias, incluindo o FIM DA CARREIRA DE PROFESSOR E DA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE PARA TODOS. Mas como disse no início da nossa conversa, estamos cheios de gás para lutarmos até a VITÓRIA! Temos uma população em massa a nosso FAVOR! Porque, modéstia a parte, nós sabemos cativar, usar bem as palavras, informar, ouvir e aceitar diferentes opiniões, dialogar e formar cidadãos. Coisas que AnastAZIA e sua corja precisam aprender...

    ResponderExcluir
  63. NUNCA PODEMOS DEIXAR DE LEMBRAR QUE FOI A MESMA BAND (IDA) QUE MANDOU DEMITIR O JORNALISTA JORGE KAJURU APÓS TECER ALGUMAS CRÍTICAS A FESTA ARQUITETADA PELO AÈCINHO DURANTE UM JOGO DA SELEÇÃO SO RICARDO TEIXEIRA.

    ResponderExcluir
  64. Aos dirigentes do Sind UTE
    Aos professores,
    Á sociedade Mineira em geral.


    OLÁ EULER,

    COMUNICAÇÃO É TUDO!

    Precisa-se agora massificar as informações para toda a sociedade.
    Precisa-se ganhar a confiança das famílias para a causa.
    Precisa-se mostrar que a categoria dos professores esta muito PREOCUPADA com a qualidade do ensino em Minas Gerais.
    Precisa-se mostrar para todos que o Governo de Minas tem posição dúbia quanto a EDUCAÇÃO e os EDUCADORES.
    É o Neo Liberalismo em ação, com a valorização de SISTEMAS e não das PESSOAS.
    Precisa-se mostrar que o Governo de Minas usa como parâmetros uma EDUCAÇÃO DE RESULTADOS MAQUIADOS, sendo o que a população, a sociedade, necessita é de uma EDUCAÇÃO VERDADEIRA.
    Precisa-se mostrar que o governo está dividindo os educadores em duas classes e, com o objetivo de desvalorizar a imagem dos professores perante a sociedade.
    Este modo de agir demonstra como ELES têm medo do desenvolvimento humano, neste caso o DESENVOLVIMENTO AMPLO DOS PROFESSORES.

    PRECISA-SE FALAR DA “GRANDE IMPRENSA OFICIAL DE MINAS”
    QUAIS SERÃO OS VERDADEIROS MOTIVOS DA OMISSÃO DA IMPRENSA, NESTA QUESTÃO DOS EDUCADORES?

    Enquanto isso...
    ...As famílias com melhores condições econômicas colocam seus filhos em escolas particulares, principalmente no 2° grau, proporcionando a estes alunos um ensino de qualidade melhor e maiores facilidades na hora de GARANTIR UMA VAGA nas universidades federais, as melhores do país e também GRATUITAS.
    Onde esta a igualdade de oportunidades para todos os mineiros?
    ...Ou estão favorecendo a vida dos burgueses, conscientemente?

    ESTA É A NOSSA MAIS VERDADEIRA REALIDADE.

    Enquanto isso acontece, ... os filhos dos assalariados estão sendo discriminados pelo Governo de Minas, não tendo igualdade de OPORTUNIDADES.
    Da mesma forma os professores da rede pública, estão tendo que se desdobrarem em jornadas de trabalho desumanas para conseguirem um pouco mais de rendimentos para sua sobrevivência e de sua família.
    As PROFESSORAS, são a grande maioria dos educadores, pois bem, ELAS ainda tem uma longa jornada em seus lares. Todos sabem que a mulher é a gerente das tarefas do lar, participa do educação dos filhos, etc...

    Precisa-se dar um basta a esta hipocrisia do Governo de Minas.
    Precisa-se reivindicar todos os direitos na justiça, inclusive o pagamento do ABONO FAMÍLIA.

    MINAS GERAIS PRECISA URGENTEMENTE DE UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, COMEÇANDO COM A VALORIZAÇÃO DOS EDUCADORES, EM TODOS OS SENTIDOS.
    SÃO OS EDUCADORES A LINHA DE FRENTE DA EDUCAÇÃO, O PRIMEIRO CONTATO, SÃO ELES AS PORTAS PARA O CONHECIMENTO.
    UM GOVERNO QUE TOMA O CAMINHO DE IR CONTRA ELES, DEMONSTRA GRANDE FALTA DE SENSIBILIDADE, FALTA DE JUSTIÇA E TAMBÉM FALTA DE INTELIGÊNCIA. DEMONSTRA O DESEJO DE UM ATRASO SOCIAL. DEMONSTRA PRINCIPALMENTE UM GRANDE MEDO DE VALORIZAR E PROMOVER O CONHECIMENTO E O PROGRESSO DAS PESSOAS.

    Será que o Governo de Minas, junto com todos os seus auxiliares têm tanto medo da classe dos Professores?
    Será que os Professores não sabem a força que têm?
    - Os professores precisam saber usar o que têm de melhor, A INTELIGÊNCIA E A COMUNICAÇÃO.
    Para aqueles quenão estão sendo companheiros, precisa-se de conscientizá-los da importância e do direito de igualdade e justiça salarial pelo sagrado trabalho de TODOS OS PROFESSORES.

    Fazendo a minha parte...
    Obrigado,

    Sensatezrespeitoejustiça

    ResponderExcluir
  65. Jú Oliveira,

    Não tenha medo. Você não estará sozinha.Na escola que eu trabalho somente nesta semana os educadores do 1ºturno aderiram a greve.

    O 2ºturno se omitem baseada em colocações como a sua. Os nossos alunos e os seus pais, tem as mesmas necessidades que nós e os nossos filhos.

    Temos direito a um salário digno.Um salário que possibilite a garantia miníma aos nossos filhos.

    Não somos responsáveis pelo péssimo salário que recebemos.Os responsáveis são aqueles benditos 57 deputados que não exercem de fato suas funções. São apenas vaquinhas... de pr...só acatam o que o executivo quer.

    Venha pra luta.Sinta orgulho mesmo sendo a única a lutar em sua escola.

    Eu espero que as minhas guerreiras que no ano passado sofremos juntas na greve e repormos todos os dias que foi devido aos nossos alunos, tomem consciência e participem.

    EE.Profª Maria Cecília de Melo, esta é a minha escola e que eu amo trabalhar.

    Euler,não temos tablet, mas dá pra pagar uma hora em uma lan house. Não vou agüentar ficar todo este tempo sem te ouvir.

    Abraços e que As 13 Almas estejam sempre conosco. Amém

    ResponderExcluir
  66. ALUNOS DAS ESCOLAS PÚBLICAS IRÃO FAZER UMATO PÚBLICO CONTRA O GOVERNO ANASTÁZIA.SEGUNDA FEIRA TODOS VÃO A PRAÇA 7 COM CADERNOS EM PUNHO EXIGINDO DO GOVERNO O SEU DIREITO CONSTITUCIONAL IDEM AO PISO DOS PROFESSORES.

    ResponderExcluir
  67. Aos dirigentes do Sind UTE
    Aos professores,
    Á sociedade Mineira em geral.


    OLÁ EULER,

    COMUNICAÇÃO É TUDO!

    Precisa-se agora massificar as informações para toda a sociedade.
    Precisa-se ganhar a confiança das famílias para a causa.
    Precisa-se mostrar que a categoria dos professores esta muito PREOCUPADA com a qualidade do ensino em Minas Gerais.
    Precisa-se mostrar para todos que o Governo de Minas tem posição dúbia quanto a EDUCAÇÃO e os EDUCADORES.
    É o Neo Liberalismo em ação, com a valorização de SISTEMAS e não das PESSOAS.
    Precisa-se mostrar que o Governo de Minas usa como parâmetros uma EDUCAÇÃO DE RESULTADOS MAQUIADOS, sendo o que a população, a sociedade, necessita é de uma EDUCAÇÃO VERDADEIRA.
    Precisa-se mostrar que o governo está dividindo os educadores em duas classes e, com o objetivo de desvalorizar a imagem dos professores perante a sociedade.
    Este modo de agir demonstra como ELES têm medo do desenvolvimento humano, neste caso o DESENVOLVIMENTO AMPLO DOS PROFESSORES.

    PRECISA-SE FALAR DA “GRANDE IMPRENSA OFICIAL DE MINAS”
    QUAIS SERÃO OS VERDADEIROS MOTIVOS DA OMISSÃO DA IMPRENSA, NESTA QUESTÃO DOS EDUCADORES?

    Enquanto isso...
    ...As famílias com melhores condições econômicas colocam seus filhos em escolas particulares, principalmente no 2° grau, proporcionando a estes alunos um ensino de qualidade melhor e maiores facilidades na hora de GARANTIR UMA VAGA nas universidades federais, as melhores do país e também GRATUITAS.
    Onde esta a igualdade de oportunidades para todos os mineiros?
    ...Ou estão favorecendo a vida dos burgueses, conscientemente?

    ESTA É A NOSSA MAIS VERDADEIRA REALIDADE.

    Enquanto isso acontece, ... os filhos dos assalariados estão sendo discriminados pelo Governo de Minas, não tendo igualdade de OPORTUNIDADES.
    Da mesma forma os professores da rede pública, estão tendo que se desdobrarem em jornadas de trabalho desumanas para conseguirem um pouco mais de rendimentos para sua sobrevivência e de sua família.
    As PROFESSORAS, são a grande maioria dos educadores, pois bem, ELAS ainda tem uma longa jornada em seus lares. Todos sabem que a mulher é a gerente das tarefas do lar, participa do educação dos filhos, etc...

    Precisa-se dar um basta a esta hipocrisia do Governo de Minas.
    Precisa-se reivindicar todos os direitos na justiça, inclusive o pagamento do ABONO FAMÍLIA.

    MINAS GERAIS PRECISA URGENTEMENTE DE UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, COMEÇANDO COM A VALORIZAÇÃO DOS EDUCADORES, EM TODOS OS SENTIDOS.
    SÃO OS EDUCADORES A LINHA DE FRENTE DA EDUCAÇÃO, O PRIMEIRO CONTATO, SÃO ELES AS PORTAS PARA O CONHECIMENTO.
    UM GOVERNO QUE TOMA O CAMINHO DE IR CONTRA ELES, DEMONSTRA GRANDE FALTA DE SENSIBILIDADE, FALTA DE JUSTIÇA E TAMBÉM FALTA DE INTELIGÊNCIA. DEMONSTRA O DESEJO DE UM ATRASO SOCIAL. DEMONSTRA PRINCIPALMENTE UM GRANDE MEDO DE VALORIZAR E PROMOVER O CONHECIMENTO E O PROGRESSO DAS PESSOAS.

    Será que o Governo de Minas, junto com todos os seus auxiliares têm tanto medo da classe dos Professores?
    Será que os Professores não sabem a força que têm?
    - Os professores precisam saber usar o que têm de melhor, A INTELIGÊNCIA E A COMUNICAÇÃO.
    Para aqueles que não estão sendo companheiros, precisa-se conscientizá-los da importância e do direito de igualdade e justiça salarial pelo sagrado trabalho de CADA PROFESSOR(A).

    Fazendo a minha parte...
    Obrigado,

    Sensatezrespeitoejustiça

    ResponderExcluir
  68. CREIO QUE A MELHOR ESTRATÉGIA DE CHAMAR ATENÇÃO DA MÍDIA NACIONAL, NESSE MOMENTO, É DE QUE UM BOM GRUPO DE PROFESSORES SE REUNAM E INICIEM UMA GREVE DE FOME EM FRENTE A SEDE DO GOVERNO!

    ResponderExcluir
  69. Eu também estou disposta a ficar em greve até o ano que vem se for preciso. Se for preciso, lutar para tirar esse governador do poder. Estou com o gás total atrás do piso (que convenhamos, é uma bela de uma mixaria, mas já que nos é direito, EU QUERO, EU EXIJO E SÓ SAIO DA GREVE COM O PISO). Sinto muito pelos alunos, mas estou no Estado há 5 anos e sei que se eu não lutar pela valorização da minha categoria, da minha profissão, eu não aguento mais 5 anos. Então, como todos os grevistas, estou sofrendo com a pressão da greve, com os comentários idiotas contra nossa classe, com falta de pagamento (que por sinal não vou e acho que ninguém deve repor os dia cortados). Mas estou tentando enxergar mais longe, meu futuro, não quero daqui 1 ano e meio está ganhando um salário mínimo. Não me formei para pedir esmola. EU QUERO SALÁRIO DIGNO! É HORA DE COLOCAR ESSE GOVERNO CONTRA A PAREDE E EXIGIR ATENÇÃO À EDUCAÇÃO. E NÃO SÓ ESSE ANASTASIA. QUALQUER GOVERNADOR DE MG TEM QUE ESTAR CIENTE QUE NÃO VAMOS MAIS TOLERAR SER A CATEGORIA MAL PAGA, MAL VESTIDA, PENDURADA EM ÔNIBUS, TRABALHAR 3 TURNOS. ELES VÃO TER QUE NOS RESPEITAR. NEM QUE ARRANQUEMOS ESSE RESPEITO NA MARRA, NA REVOLUÇÃO. IR PARA AS RUAS DE FORMA INCANSÁVEL, COLOCAR FAIXAS, SINDICATO COMPRAR HORÁRIOS NA MÍDIA, ALUNOS PERDEREM O ANO... E O QUE MAIS TIVER QUE ACONTECER. NÃO DEVEMOS TEMER NADA. SOMOS O CÉREBRO DO BRASIL. SOMOS RESPONSÁVEIS PELO FUTURO DA NAÇÃO. SOMOS OS PROFISSIONAIS DIGNOS DE APLAUSOS POIS POR NÓS PASSAM MÉDICOS, ADVOGADOS, CIENTÍSTAS, POETAS. SEM PROFESSOR UMA NAÇÃO, UM POVO NÃO É NADA. NÃO SABE NEM USAR NÚMEROS PARA DAR UM TELEFONEMA. QUEREMOS DIGNIDADE. O BRASIL VAI TER QUE OLHAR PARA MG E VER QUE FIZEMOS A HISTÓRIA EM 2001. A EDUCAÇÃO VAI TER QUE MUDAR, A HORA É ESSA. ESPERAR MAIS O QUE? MAIS QUANTOS ANOS? FICAR ASSIM PARA SEMPRE OU PIORAR? NÃO!!! O BRASIL SE RENDERÁ AOS PROFESSORES DE MG, POIS NEM QUE TIREMOS FORA ESSE GOVERNO ELE VAI TER QUE NOS RESPEITAR. ELE NÃO VAI TER SOSSEGO. ESTUDEI, FORMEI, ESPECIALIZEI E QUERO ATUAR NA MINHA ÁREA E NÃO SERÁ ESSE GOVERNO DE MEIA TIGELA QUE VAI ME DESMOTIVAR. JUNTOS SOMOS MAIS. O POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO. VAMOS MARCAR A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO EM MG, NÃO SÓ POR CONSEGUIRMOS O PISO, MAS POR MOSTRARMOS QUE NEM NOS DEIXANDO NA MISÉRIA SEM SALÁRIO NOS ACOVARDAMOS. O GOVERNO SE RENDERÁ A NÓS.

    ResponderExcluir
  70. Aos dirigentes do Sind UTE
    Aos professores,
    Á sociedade Mineira em geral.


    OLÁ EULER,

    COMUNICAÇÃO É TUDO!

    Precisa-se agora massificar as informações para toda a sociedade.
    Precisa-se ganhar a confiança das famílias para a causa.
    Precisa-se mostrar que a categoria dos professores esta muito PREOCUPADA com a qualidade do ensino em Minas Gerais.
    Precisa-se mostrar para todos que o Governo de Minas tem posição dúbia quanto a EDUCAÇÃO e os EDUCADORES.
    É o Neo Liberalismo em ação, com a valorização de SISTEMAS e não das PESSOAS.
    Precisa-se mostrar que o Governo de Minas usa como parâmetros uma EDUCAÇÃO DE RESULTADOS MAQUIADOS, sendo o que a população, a sociedade, necessita é de uma EDUCAÇÃO VERDADEIRA.
    Precisa-se mostrar que o governo está dividindo os educadores em duas classes e, com o objetivo de desvalorizar a imagem dos professores perante a sociedade.
    Este modo de agir demonstra como ELES têm medo do desenvolvimento humano, neste caso o DESENVOLVIMENTO AMPLO DOS PROFESSORES.

    PRECISA-SE FALAR DA “GRANDE IMPRENSA OFICIAL DE MINAS”
    QUAIS SERÃO OS VERDADEIROS MOTIVOS DA OMISSÃO DA IMPRENSA, NESTA QUESTÃO DOS EDUCADORES?

    Enquanto isso...
    ...As famílias com melhores condições econômicas colocam seus filhos em escolas particulares, principalmente no 2° grau, proporcionando a estes alunos um ensino de qualidade melhor e maiores facilidades na hora de GARANTIR UMA VAGA nas universidades federais, as melhores do país e também GRATUITAS.
    Onde esta a igualdade de oportunidades para todos os mineiros?
    ...Ou estão favorecendo a vida dos burgueses, conscientemente?

    ESTA É A NOSSA MAIS VERDADEIRA REALIDADE.

    Enquanto isso acontece, ... os filhos dos assalariados estão sendo discriminados pelo Governo de Minas, não tendo igualdade de OPORTUNIDADES.
    Da mesma forma os professores da rede pública, estão tendo que se desdobrarem em jornadas de trabalho desumanas para conseguirem um pouco mais de rendimentos para sua sobrevivência e de sua família.
    As PROFESSORAS, são a grande maioria dos educadores, pois bem, ELAS ainda tem uma longa jornada em seus lares. Todos sabem que a mulher é a gerente das tarefas do lar, participa do educação dos filhos, etc...

    Precisa-se dar um basta a esta hipocrisia do Governo de Minas.
    Precisa-se reivindicar todos os direitos na justiça, inclusive o pagamento do ABONO FAMÍLIA.

    MINAS GERAIS PRECISA URGENTEMENTE DE UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, COMEÇANDO COM A VALORIZAÇÃO DOS EDUCADORES, EM TODOS OS SENTIDOS.
    SÃO OS EDUCADORES A LINHA DE FRENTE DA EDUCAÇÃO, O PRIMEIRO CONTATO, SÃO ELES AS PORTAS PARA O CONHECIMENTO.
    UM GOVERNO QUE TOMA O CAMINHO DE IR CONTRA ELES, DEMONSTRA GRANDE FALTA DE SENSIBILIDADE, FALTA DE JUSTIÇA E TAMBÉM FALTA DE INTELIGÊNCIA. DEMONSTRA O DESEJO DE UM ATRASO SOCIAL. DEMONSTRA PRINCIPALMENTE UM GRANDE MEDO DE VALORIZAR E PROMOVER O CONHECIMENTO E O PROGRESSO DAS PESSOAS.

    Será que o Governo de Minas, junto com todos os seus auxiliares têm tanto medo da classe dos Professores?
    Será que os Professores não sabem a força que têm?
    - Os professores precisam saber usar o que têm de melhor, A INTELIGÊNCIA E A COMUNICAÇÃO.
    Para aqueles que não estão sendo companheiros, precisa-se conscientizá-los da importância e do direito de igualdade e justiça salarial pelo sagrado trabalho de CADA PROFESSOR(A).

    Fazendo a minha parte...
    Obrigado,

    Sensatezrespeitoejustiça

    ResponderExcluir
  71. Caro Euler e colegas.

    Tenho um sábio amigo Professor de Geografia que um dia diante da minha indignação em relação à educação conduzida por gráficos, me disse o seguinte: concordo com você, educação não são meros números e tudo que tem sido produzido por esse governo,na época era o Faraó, está sendo represado.E me aconselhou, não desista da educação: eles passarão, nós ficaremos. Um rio represado por uma represa que não deixa sair uma gota d`água tem seus dias para resistir . Ele me alertou: um dia isso vai arrebentar, quer eles queiram ou não.
    Esse governo vem represando nossa greve e as águas não param de chegar. Nada impedirá o fluxo das águas.
    A sociedade do antigo regime viveu séculos represando águas e a represa arrebentou impiedosamente... Luís XVI e Maria Antonieta tentaram escapar de Paris e o que aconteceu?Cabeças rolaram literalmente.
    Nasci em um município onde uma família ficou despoticamente no poder por mais de vinte anos e domingo passado toda a trupe Cozzolino teve que dar tchau ao poder, que até então era um coronelismo no século XXI. Até as escolas municipais tinham o sobrenome da família, sem nenhuma consulta popular para tal.O povo tinha medo até de dar entrevistas sobre a real situação do município de Magé.
    A represa do Anastasia há de romper. Até mesmo mentiras tem data de validade, a do governador já expirou e a cada dia e artimanha que faz apodrece e piora o seu produto/discurso.
    Caso a sociedade compre o discurso/produto do governador não terá nem o PROCON para reclamar. Quem vai pagar o preço é a sociedade, em décadas ou até séculos de um governo podremente neoliberal que tem uma propaganda falsa e que defende na prática o estado mínimo.
    É preciso acordar e somarmos forças para que essa represa arrebente e de preferência carregue o Anastasia e seu modelo de governo para bem longe...
    Tudo que li no blog do Euler hoje com informações das artimanhas do governo me indignam e a represa está trincando...
    Até quando ele vai manter essa estrutura repugnante e a sociedade e autoridades mineiras permanecerão praticamente inertes?

    ResponderExcluir
  72. Infelismente vivemos nos resquios da ditadura onde é cômodo apoiar o poder. nfelismente, nós da educação seremos os últimos a nos livrar desse cabresto, pois, nos auto culpamos por todos os maus sucessos de nossos alunos. Sempre temos expectativas de que cidadãos idôneos serão formados, e por nossa tristeZa basta que o trânsto feche por alguns segundos para sentir quanto as nossas expectativas são em vão. precisamos, caros colegas professores, deixar urgentemente de usar as "palmatórias" para que essas pessoas que outrora fora nossos alunos se posicionem ao nosso lado, e pare de pregar na mídia a intolerância e o ódio. Saibam vocês caros alunos que as aulas insalubres e melancólicas se deve ao nosso comodismo medíocre que nos impede de discernir entre o certo e o errado. Não sei o que é mais melancólico, atolerar um professor como Esse inerte Anastasia, que não respeita nada e ninguém ou alguns alunos que hoje pelo fato de ocupar cargos importantes, dão chiliques diante de uma manifestação popular digna e legal que é a nossa GREVE. ORGULHE CAROS ALUNOS QUE TIVEREM HOMBRIDADE, POIS, OS QUE ORGULHAM DESSE MOVIMENTO QUE É RENEGADO PELOS VEÍCULOS DE COMUNICAÇAO, PELOS CORRUPTOS E CORRUPTORES TERÃO SEUS NOME NOS LUGARES MAIS ALTOS DA LEGALIDADE HONROSA QUE HOJE É EXCEÇÃO EM NOSSO PAIS.
    DEMOCRACIA SE FAZ COM INFORMAÇÃO DISCERNIMENTO, E ACIMA DE TUDO SENSIBILIDADE. LIDAR COM SERES HUMANOS, PRINCIPALMENTE JOVENS, QUE ALMEJAM FUTUROS MELHORES NÃO PODEM SER TRATADOS COMO MEROS NÚMEROS DE PESQUISAS QUE IRÃO DAR AOS NOSSOS GOVERNANTES O GOSTO DE USAR NOS SEUS CAPRICHOS POLÍTICOS

    ResponderExcluir
  73. Cara colega JU Oliveira, tenha força e coragem em aderir á greve.Eu comecei a lutar sozinha na minha escola e hoje os meus colegas reconheceram o erro e entraram de greve.Tenha coragem, entre na luta e convença seus colegas a participarem conosco.Ficaremos felizes com o apoio de todos vocês!!
    Euler penso que já está na hora de tomarmos as praças, ruas e locais públicos de BH, motando barracas e pedir auxílio e doações à população para nossos colegas que estão precisando de ajuda.Quem sabe assim o governador pinóquio tome vergonha na cara e nos pague o piso!!

    ResponderExcluir
  74. Professor Euler,
    Sou ATB efetiva e na minha SRE me explicaram que se o Piso Salarial sair, será somente para professor, que o sindicato fala que é pra gente tb para que continuemos no movimento, mas a garantia é somente para o professor.
    Fiquei muito triste, pq sou graduada em Pedagogia, pós graduada em Gestão Escolar, lutei tanto por uma carreira que pra mim não existe.... Será que o sindicato tem coragem de enganar a gente assim? Pq aqui na minha região(Vale do Aço) sou uma das únicas ATBs que trabalha na greve, me dedico mesmo...
    Conto com vc pra me ajudar a ter certeza sobre isso, pois o Filocre em seu site afirma que não tenho direito ao piso, aqui no seu blog já vi comentários, mas, sem uma certeza...
    Será que em seus encontros com a Beatriz Cerqueira, vc poderia sondá-la sobre isso, fazendo favor?
    Conto com seu apoio. Muito obrigada.

    Júlia

    ResponderExcluir
  75. DESCULPE AÍ. MEU AMIGO AURÉLIO DISSE QUE A PALAVRA CORRETA É REQUÍCIO.
    NÃO CONFIE MUITO NA MINHA ORTOGRAFIA E PONTUAÇÃO, NÃO É ATOA QUE ESCOLHI EXATAS. KKKKKKK

    ResponderExcluir
  76. Acredito que já passou da hora de assumirmos uma postura mais radical. Havia dito isso há algum tempo, e hoje vejo que tinha razão. Se for preciso, lutaremos com armas em punho, mas agora é guerra. Que venha a polícia, o batalhao de choque, ou quem quer que seja; guerra vai até o fim, ainda que seja preciso derramar sangue.

    ResponderExcluir
  77. " Carlinhos do Machado"5 de agosto de 2011 22:27

    Estamos perto de um feito histórico,que é a conquista do nosso reconhecimento profissional, que é de direito e já sacramentado pelo STF, e só o nosso desgoverno desconhece.Há resistência por parte do desgoverno de não dar o braço a torcer em uma coisa que já é fato de não fazer valer a lei do piso.Dizem que a ASSEMBLÈIA é a casa do povo, más ha restrições em divulgar e mostrar o nosso salário diante de monstruosos salários recebidos pelos nossos deputados. O chefe da casa sentiu-se humilhado com os vencimentos da categoria dos educadores em postar um contra-choque mísero que recebemos em relação aos nossos representantes na assembléia.Que vergonha em deputados!!!
    CONTINUAREMOS FIRME NA LUTA COMPANHEIROS...

    ResponderExcluir
  78. Caro anônimo, do post, "preocupado "com os alunos, antes de mais nada, egoísmo por egoísmo, vocês também o são pois, pensam apenas em seus flilhos. Sabemos que não se preocupam com a Educação e a aprendizagem de verdade, o que querem são as Babás dos seus marmanjos bebezinhos, de volta para poderem ir trabalhar em paz.
    Se esquecem que nós PROFESSORES, também temos filhos, e mais do que estudo, precisamos dar a eles comiga, moradia e dignidade.
    Se você não tem dinheiro para pagar uma escola particular, deveria ser um dos primeiros a aderir à nossa luta, que também beneficiará seu filho.
    Quanto ao ano perdido, caso ocorra, que seja um, dois três anos perdidos, mas a greve só acaba quando o governo pagar o piso e pronto.
    Melhgor perder um ano a ver um filho meu morrer de fome porque fui covarde e me omiti.
    Caros companheiros, força na luta.

    ResponderExcluir
  79. nossos pralamentares !!!!êta povinho feliz!!!eis aí nossa democracia representativa neoliberal...

    Deputados compareceram em peso à reunião extraordinária que foi realizada no dia 15 de julho


    O cancelamento do pagamento das sessões extraordinárias aos deputados estaduais não teria passado de uma decisão meramente moralizadora, uma vez que os parlamentares já teriam encontrado uma saída para não perder os R$ 8 mil mensais conhecidos como jetom. Ainda em maio deste ano, quando a Presidência da Assembleia oficializou o fim do pagamento do benefício, os deputados acordaram não fazer barulho e continuar frequentando as reuniões extraordinárias sob a condição de receber, mensalmente, por meio da distribuição de pontos na Casa, o valor de R$ 7 mil. O assunto é tratado com reserva no Legislativo.

    Segundo deputados ouvidos, que pediram anonimato, a maneira encontrada para executar o acordo seria por meio de uma Proposta de Emenda Parlamentar anexada a algum projeto de lei prevendo mudanças na distribuição de pontos dos gabinetes da Casa. "Seria o equivalente a um VL 56 por gabinete, o que totaliza R$ 7.866, praticamente o mesmo que recebíamos com as extraordinárias", informou um deputado.

    Pelo sistema da Casa, cada parlamentar tem 275 pontos para distribuir entre os funcionários do gabinete, o que dá um máximo de 23 cargos. Soma-se a isso o pagamento da verba indenizatória, onde entram gastos com material de escritório e de consumo interno. "A emenda iria abrir brecha para que fossem repassados aos gabinetes o montante. O problema é que ainda não encontramos o momento propício para engatar a matéria em um projeto. Quando fechamos o acordo, estávamos prevendo começar a receber já em agosto", disse outro deputado.

    Além deles, outros dois assessores parlamentares confirmaram a movimentação dos deputados para "evitar perdas financeiras" com o cancelamento do jetom. "Por isso, as sessões extraordinárias continuam dando quorum", afirmou um funcionário da Casa. "O pagamento do jetom estava colocando a Casa no alvo das críticas da opinião pública. Não tinha como manter o benefício", disse outro assessor.

    Já foram convocadas na atual legislatura 21 reuniões extraordinárias, sendo que a última ocorreu em 15 de julho, antes do recesso parlamentar. Até maio deste ano, cada deputado recebia o equivalente a R$ 1.002, sendo que podem ser convocadas até oito reuniões por mês. O jetom turbinava os salários dos deputados em até R$ 8. 016 por mês. O benefício acabou criando entre os parlamentares a tradição de derrubarem o quorum nas sessões ordinárias forçando a convocação das reuniões extras. Atualmente, os deputados contam com um subsídio mensal de R$ 20 mil, auxílio moradia de R$ 2.250 e R$ 20 mil em pagamento de verba indenizatória. Dessa maneira, o custeio mensal da Casa com a atividade parlamentar gira em torno de R$ 3,7 milhões, segundo levantamento do mês de maio divulgado pelo Legislativo. Apenas no primeiro semestre, foram gastos R$ 17 milhões.

    Por meio de sua assessoria de imprensa, o presidente da Casa, deputado Dinis Pinheiros (PSDB), negou a manobra. A diretoria geral da Mesa também afirmou que não existem projetos ou emendas que preveem o aumento das verbas ou mudanças no regime de distribuição de pontos.

    ResponderExcluir
  80. Será que não tem pesquisas que apontam a popularidade dese pilantra governador de MG.

    ResponderExcluir
  81. Virgem da lapa está em festa e ao mesmo tempo em luto pela atitude do nosso gooverrno de se esconder diante dos problemas que envolvem a educação mineira.

    ResponderExcluir
  82. Você que é efetivo,efetivado ou designado, não tenha medo de participar da greve,somos amparados pela lei. Venha!Juntem-se a nós.

    ResponderExcluir
  83. Caro amigo euler, morro de preocupação quando esse blog que é a nossa "boca" demora postar um comentário.

    ResponderExcluir
  84. Sandra Caratinga
    No site da SEE
    "Diretora americana vem conhecer a educação mineira"
    " Mary Beth Pelosky conhecerá projetos da Secretaria de Estado de Educação e visitará quadro escolas da rede estadual de ensino"
    Pessoal, acho que ela também merece conhecer a "verdadeira educação mineira".Quem mora próximo às escolas que ela vai visitar, por favor , mostrem a ela!

    ResponderExcluir
  85. Caro Euler e companheiros de LUTA

    Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer.
    Mahatma Gandhi"

    (Meu Deus! Por quê?) Essa é a maneira de iniciar este comentário, estive na EE Mestre Cornélio em Capim Branco (pertence a REGIONAL DE SETE LAGOAS) que está funcionando normalmente, percebi que está havendo muita pressão por parte do GOVERNO E DE SEUS REPRESENTANTES em relação ao nosso MOVIMENTO em busca de JUSTIÇA e imediatamente fui até minha casa e busquei 3 (TRÊS) INFORMATIVOS do SindUTE nº 36, 37 e 39
    "EM RESPEITO À VERDADE: O NOSSO CONTRACHEQUE
    Minas: o PIOR SALÁRIO da educação do país" - nº 39, mas antes consegui a atenção de nossos companheiros que ainda não aderiram a GREVE, pois a escola está funcionando normalmente. Fiz o convite para estarem presentes no dia 9 de agosto, terça-feira e ainda informei sobre o especial que sai da cidade de Matozinhos para a ASSEMBLEIA. Muitos deles ainda continuam na dúvida com relação ao PISO X SUBSÍDIO, expliquei sobre as vantagens de voltar para o sistema "antigo" que irá preservar nossos direitos. E ainda, reforcei se o SUBSÍDIO fosse bom seria adotado em todos os seguimentos do setor público do Estado de Minas Gerais, e ainda " O subsídio descaracteriza a carreira dos profissionais da educação, reduz percentuais de promoção e progressão na carreira, rebaixa o salário dos profissionais que dedicaram a sua vida funcional ao Estado, remunerando-os com o mesmo salário daqueles que começaram a trabalhar este ano. " SindUTE Informa nº39 http://www.sindutemg.org.br/novosite/janela.php?pasta=files&arquivo=2111
    Essa já é a terceira escola que visito e deixo o convite para aderir a categoria, pois se não acreditarmos que juntos venceremos, pessoas que deveriam representar e zelar pelo povo, vira e age como um fora da lei. Faço aqui minhas as palavras do nosso amigo e companheiro Euler Conrado e de outros companheiros que já citaram "Durante a assembleia do dia 03, alguns educadores ventilaram no meu ouvido a necessidade de se pedir, nas ruas, o Impeachment do governador de Minas. Eu achava que ainda estava cedo para isso. Mas, a depender da atitude deste governo nos próximos dias, vou me tornar partidário dessa tese." Já disse em outros comentários: temos que "varrer" políticos fora da Lei para fora de Minas Gerais. Conversando com alguns colegas de trabalho, pois já trabalhei nessa escola alguns disseram que a escola tem que informar para a superintência todos os dias quem faltou (se por motivo de greve ou não, se tem algum professor de greve, isso d-i-a-r-a-m-e-n-t-e , acho que tem mais gente além de Timótio Cabral (personagem de Cordel Encantado) querendo ser Rei de Seráfia, rs rs rs !!! Coronelismo meu caro governador, estamos no século XXI "vigésimo primeiro século da Era Cristã e primeiro século do terceiro milênio. Compreende ..."
    Sempre participei dos movimentos de GREVE, e a cada movimento sinto a necessidade de mais informações. Por isso sempre estou presente nas assembleias, faço as leituras dos blog e do SindUTE e faço até cópias dos informativos e passo a informação para todos que perguntam para mim, e sempre faço o convite: TUDO É DECIDIDO EM ASSEMBLEIA, ficar em casa, na escola (mesmo com o aluno em casa, e a escola parada) não resolve.

    Vamos caminhar juntos !!! A união faz a força.

    Fora Anastasia! Fora Anastasia ! Fora Anastasia! Queremos o cumprimento da Lei Federal 11.738/08

    Piso Salarial JÁ !

    abraços a todos !!! E que Deus esteja sempre presente e as almas que intercedam por nós também.

    Profº Gleiferson Crow
    LEIA: O Jornal do José Elias Issa
    leiajeissaeemg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  86. Professora
    Caro Euler , gostaria que vc fizesse uma visita na cidade de Rio Piiracicaba , para nos ajudar junto aos nossos colegas que irredutíveis. Grata .

    ResponderExcluir
  87. COMPANHEIROS,
    Em Montes Claros a nossa GREVE SE FORTALECE! Tivemos em torno de 05 novas escolas que se juntaram ao nosso movimento essa semana. Acredito que já ultrapassa os SETENTA POR CENTO DE ADESÃO! A cada visita, a cada panfletagem, a cada ato, nos fortalecemos...
    O “governinho coronelzinho” que se cuide, pois mesmo com os “capitães do mato” que soltou por aí, a cada dia o movimento cresce.
    Hoje(05/08) pela manhã ao visitarmos uma escola de referência situada na área central de Montes Claros, aconteceu uma cena típica da época das senzalas... Antes de concluirmos a reunião com os professores, , apareceu o secretário da escola e a vice diretora intimando-os a retornarem às “suas salas”. Pobres “capitães do mato”, não perceberam ainda que o bonde da história passou... E aqui papel eles se prestam...Não sabem que vivemos em outros tempos... E apesar da opressão, apesar da covardia, apesar da luta desleal, apesar da imprensa tendenciosa, apesar da demora de muitos companheiros aderirem á luta, apesar... apesar...àqueles professores deram O GRITO DE LIBERDADE, e se juntaram à nossa batalha!
    È TEMPO DE UNIÃO! È TEMPO DE REAÇÃO! TODA A CATEGORIA DE EDUCADORES DEVE RETORNAR URGENTEMENTE À CARREIRA ANTIGA!
    O PRAZO SE ESGOTA NO PRÓXIMO DIA 10.

    DEVEMOS RADICALIZAR O NOSSO MOVIMENTO! FORA O (DES) GOVERNO!
    COM LUTA! COM GARRA! O NOSSO PISO SAI NA MARRA!

    SOCIEDADE MINEIRA: A EDUCAÇÃO PÚBLICA PEDE SOCORRO! A SAÚDE PÚBLICA PEDE SOCORRO! A SEGURANÇA PÚBLICA PEDE SOCORRO!
    PRECISAMOS... TODA A SOCIEDADE MINEIRA MINEIRANOS UNIRMOS PARA MORALIZAR ESSE ESTADO. NÃO PODEMOS MAIS ACEITAR QUE UMA MINORIA SE ESBANJE COM AS NOSSAS RIQUEZAS, ENQUANTO O NOSSO POVO FICA SEM PROTEÇÃO, SEM SAÚDE, SEM EDUCAÇÃO...!

    BASTA! MORALIZAÇÃO JÁ! ABAIXO A DITADURA EM MINAS! ABAIXO O DITADOR!

    SE O GOVERNO ENROLA... ENROLA...NÃO VOLTAMOS PRA ESCOLA! ATÉ A VITÓRIA...!
    Grande Abraço Euler
    Professor Odair José

    ResponderExcluir
  88. Olá Euler
    BOAS NOTÍCIAS
    Acabei de deixar esse mesmo comentário no Blog da Cris

    MINAS SEM CENSURA
    Anastasia, EDUCAÇÃO é coisa séria

    http://www.minassemcensura.com.br/files/Insensato%20governo.pdf

    "Professores mineiros não recebem o PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL Lei Federal 11.738/08 . De acordo com o SindUTE/MG, além de o Estado descumprir a Lei Federal, ainda responde a mais de 3 mil ações judiciais e por isso, e não estabelece nenhum processo de negociação." http://www.minassemcensura.com.br/files/Insensato%20governo.pdf

    abraços
    Gleiferson Crow
    LEIA: O Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  89. Euler ak está o link da pag do STF para que vc acompanhe e informe a todos educadores de MG como esta o andamento no STF da ADI 4631.
    http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?numero=4631&classe=ADI&origem=AP&recurso=0&tipoJulgamento=M
    Um forte abraço!!

    ResponderExcluir
  90. Ju Oliveira,não adianta tentar se explicar.A postura sua e de seus colegas são repugnantes.Afinal voces são ou não professores da rede estadual. A escola que voce trabalha deve ser só de 1ª a 4ª série.So´pode porque professora primária é que tem medo de greve.Diga o nome de sua escola e cidade para irmos aí.

    ResponderExcluir
  91. À todos os Mineiros(as),

    Olá Euler e colegas,

    DETERMINAÇÃO, CONFIANÇA E AÇÃO!

    “ Até que esteja determinado, vai existir hesitação, vai existir a chance de voltar atrás, vai existir a ineficácia.
    No momento que uma pessoa se compromete definitivamente, então, a Providência também se move. Todo tipo de coisas ocorrem para ajudar; coisas que jamais ocorreriam se não houvesse a DETERMINAÇÃO”. W. H. Murray, da expedição escocesa ao Himalaia.
    “ Tudo que puder fazer, ou sonhar que possa fazer, faça. A ousadia tem gênio, poder e mágica inerentes.” Goethe.
    Existe coisas que depois de iniciada não tem volta.
    Como disse um nobre colega, a represa tem uma enorme energia em suas águas represadas.
    Não menospreze nunca a capacidade de alguém, principalmente de toda uma categoria.
    A maldade quando é demais se tropeça nela mesma.

    Parem ,...pensem, ...reflitam,,,,fiquem em silêncio,...ANALISEM.
    Em todo espaço do tempo existe a OPORTUNIDADE.

    Queridos educadores,

    O PREJUIZO que estes dois últimos governos estão fazendo à educação em Minas Gerais, È TERRIVELMENTE TRÁGICO E QUASE IRREVERSÍVEL.

    Não somos nós os SALVADORES DA PÁTRIA.
    Combatemos o bom combate e fazemos a nossa parte.
    Começamos a perder a ideologia de uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE E COM OPORTUNIDADES IGUAIS PARA TODOS.
    O Estado ditador quer nos podar o direito de TER expectativas .
    Começamos a perder os sonhos de sermos A PORTA PARA O CONHECIMENTO.
    Não somos nós mais os responsáveis pela EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO dos filhos dos Mineiros.
    A história, sem dúvidas, contará a VERDADE.

    Por isto meus amigos a mínima ação é necessária.
    A semente de LIBERDADE E CONHECIMENTO ainda está em solo fértil dentro dos coraçõess dos MINEIROS.

    È verdade, senhores e senhoras, professores e professoras, Mineiros de Minas Gerais, O GOVERNADOR DE MINAS GERAIS quer acabar com o sonho de LIBERDADE de todos os Mineiros, pois a maior liberdade do ser humano é conquistada através do CONHECIMENTO que satisfaz a alma. E a nossa alma necessita sonhar.

    ...Mas isto não tarefa fácil para ELES, pois aprendemos com nossa história a conhecer A LIBERDADE logo ao nascer e, o nosso professor SONHADOR FOI TIRADENTES.

    Teremos energia como as águas represadas e LUTAREMOS PELA LIBERDADE, IGUALDADE E JUSTIÇA SOCIAL.
    A sabedoria, o entendimento, a sensatez e a persistência serão as nossas armas.


    Senhor Governador,
    A maior virtude de um governo é promover a JUSTIÇA SOCIAL E EDUCAÇÃO PARA O POVO.
    De outro ponto de vista, o povo percebe na HUMILDADE a Grandeza de um Governante sábio.
    Não cometa erros primários de se colocar em posição CONTRÁRIA à vontade do povo e, principalmente contra A EDUCAÇÃO AMPLA para o povo.
    Não se cerque de auxiliares incompetentes e medrosos, seja inteligente e procure estar próximo do povo, tenha a sensatez e a sensibilidade de fazer esta analise.
    Neste momento então serás recebido de braços abertos e perceberás como é bom SER POVO, principalmente morando em MINAS GERAIS.
    Abra o coração e seja útil em sua terra, cumprindo honradamente as tarefas mais dignas e procure sempre ser justo com todas as pessoas.

    Querendo ou não, deste tempo em diante, SOMENTE A SOCIEDADE, AS COMUNIDADES, O POVO UNIDO POR IDEAIS COMUNS, poderão LUTAR, REIVINDICAR COM AUTORIDADE ,POR UMA EDUCAÇÃO DIGNA PARA TODOS OS FILHOS DE MINAS GERAIS.

    “ Enquanto as andorinhas procuram sempre novos horizontes, os abutres estão sempre procurando carniças dos animais vencidos”

    “O sonho que se sonha junto começa a tornar realidade”

    Salve a liberdade de ser livre.

    Com altivez,
    Fazendo a minha parte...
    Obrigado e um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  92. Que pena que vc não vem a caratinga... A assembléia de hj é para voltarmos na 2ª feira, aliás, as cidadezinhas vizinhas estão todas voltando... A única escola estadua de Ipatinga que estava parada, voltou dia 01/08, Sobrália e sâo João do Oriente voltam na próxima 2ª, então o pessoal daqui tb desanimou...
    Enquanto eu tento animar o pessoal, um professor da minha eescola afiram categorigamente a todos os colegas que a greve só alcança 2% mesmo, que o poróprio sindicato sabe disso e ele que conhecem não sei quem que trabalha no sindicato, sabe que é a verdade, por isso ele vai voltar....
    Precisamos de uma solução rápida, pois o povo tá cansando de esperar....

    ResponderExcluir
  93. Prezado Heuler, sua análise do momento da greve está correta e bem delineada. Creio que a preocupação reside é no cansaço dos professores que estão sendo bombardeados pela mídia, via uma manobra perversa governamental, agora pelos pais (sem nenhuma noção do campo jurídico) e - como é de natureza das greves - pela possibilidade aberta de retenção de salários ou mesmo o corte. Policiais e médicos não arrastam o pé. Gritam alto desde a década de 90 e conquistaram muito mais que nós professores. Os docentes não podem, não devem e não tem o que temer. Lembremos que a luta faz parte da democracia e temos que gitar mais alto, parar novamente a cidade, pedir apoio dos alunos, explicar mais de mil vezes o direito ao piso salarial. O movimento de agora, que me lembra a fase boa do sindicalismo da década de 80, merece mais força. Um bom recurso, além do blog são as redes informacionais à disposição que não deixa de ser uma forma de atingir os alunos que adoram ficar nelas. Neste caminho sugiro que todos nós, enviemos e-mails aos deputados e ao próprio governo no intuito de solicitar o pagamento justo dos professores. Veja meu amigo "quem cuida dos seus não se degenera". Sua coragem e perseverança são admiráveis. Força,saúde e paz.

    prof. Dr. Lúcio Alves de Barros (lucba@terra.com.br)

    ResponderExcluir
  94. À todos os Mineiros(as),

    Olá Euler e colegas,

    DETERMINAÇÃO, CONFIANÇA E AÇÃO!

    “ Até que esteja determinado, vai existir hesitação, vai existir a chance de voltar atrás, vai existir a ineficácia.
    No momento que uma pessoa se compromete definitivamente, então, a Providência também se move. Todo tipo de coisas ocorrem para ajudar; coisas que jamais ocorreriam se não houvesse a DETERMINAÇÃO”. W. H. Murray, da expedição escocesa ao Himalaia.
    “ Tudo que puder fazer, ou sonhar que possa fazer, faça. A ousadia tem gênio, poder e mágica inerentes.” Goethe.
    Existe coisas que depois de iniciada não tem volta.
    Como disse um nobre colega, a represa tem uma enorme energia em suas águas represadas.
    Não menospreze nunca a capacidade de alguém, principalmente de toda uma categoria.
    A maldade quando é demais se tropeça nela mesma.

    Parem ,...pensem, ...reflitam,,,,fiquem em silêncio,...ANALISEM.
    Em todo espaço do tempo existe a OPORTUNIDADE.

    Queridos educadores,

    O PREJUIZO que estes dois últimos governos estão fazendo à educação em Minas Gerais, È TERRIVELMENTE TRÁGICO E QUASE IRREVERSÍVEL.

    Não somos nós os SALVADORES DA PÁTRIA.
    Combatemos o bom combate e fazemos a nossa parte.
    Começamos a perder a ideologia de uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE E COM OPORTUNIDADES IGUAIS PARA TODOS.
    O Estado ditador quer nos podar o direito de TER expectativas .
    Começamos a perder os sonhos de sermos A PORTA PARA O CONHECIMENTO.
    Não somos nós mais os responsáveis pela EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO dos filhos dos Mineiros.
    A história, sem dúvidas, contará a VERDADE.

    Por isto meus amigos a mínima ação é necessária.
    A semente de LIBERDADE E CONHECIMENTO ainda está em solo fértil dentro dos coraçõess dos MINEIROS.

    È verdade, senhores e senhoras, professores e professoras, Mineiros de Minas Gerais, O GOVERNADOR DE MINAS GERAIS quer acabar com o sonho de LIBERDADE de todos os Mineiros, pois a maior liberdade do ser humano é conquistada através do CONHECIMENTO que satisfaz a alma. E a nossa alma necessita sonhar.

    ...Mas isto não tarefa fácil para ELES, pois aprendemos com nossa história a conhecer A LIBERDADE logo ao nascer e, o nosso professor SONHADOR FOI TIRADENTES.

    Teremos energia como as águas represadas e LUTAREMOS PELA LIBERDADE, IGUALDADE E JUSTIÇA SOCIAL.
    A sabedoria, o entendimento, a sensatez e a persistência serão as nossas armas.


    Senhor Governador,
    A maior virtude de um governo é promover a JUSTIÇA SOCIAL E EDUCAÇÃO PARA O POVO.
    De outro ponto de vista, o povo percebe na HUMILDADE a Grandeza de um Governante sábio.
    Não cometa erros primários de se colocar em posição CONTRÁRIA à vontade do povo e, principalmente contra A EDUCAÇÃO AMPLA para o povo.
    Não se cerque de auxiliares incompetentes e medrosos, seja inteligente e procure estar próximo do povo, tenha a sensatez e a sensibilidade de fazer esta analise.
    Neste momento então serás recebido de braços abertos e perceberás como é bom SER POVO, principalmente morando em MINAS GERAIS.
    Abra o coração e seja útil em sua terra, cumprindo honradamente as tarefas mais dignas e procure sempre ser justo com todas as pessoas.

    Querendo ou não, deste tempo em diante, SOMENTE A SOCIEDADE, AS COMUNIDADES, O POVO UNIDO POR IDEAIS COMUNS, poderão LUTAR, REIVINDICAR COM AUTORIDADE ,POR UMA EDUCAÇÃO DIGNA PARA TODOS OS FILHOS DE MINAS GERAIS.

    “ Enquanto as andorinhas procuram sempre novos horizontes, os abutres estão sempre procurando carniças dos animais vencidos”

    “O sonho que se sonha junto começa a tornar realidade”

    Salve a liberdade de ser livre.

    Com altivez,
    Fazendo a minha parte...
    Obrigado e um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  95. À todos os Mineiros(as),

    Olá Euler e colegas,

    DETERMINAÇÃO, CONFIANÇA E AÇÃO!

    “ Até que esteja determinado, vai existir hesitação, vai existir a chance de voltar atrás, vai existir a ineficácia.
    No momento que uma pessoa se compromete definitivamente, então, a Providência também se move. Todo tipo de coisas ocorrem para ajudar; coisas que jamais ocorreriam se não houvesse a DETERMINAÇÃO”. W. H. Murray, da expedição escocesa ao Himalaia.
    “ Tudo que puder fazer, ou sonhar que possa fazer, faça. A ousadia tem gênio, poder e mágica inerentes.” Goethe.
    Existe coisas que depois de iniciada não tem volta.
    Como disse um nobre colega, a represa tem uma enorme energia em suas águas represadas.
    Não menospreze nunca a capacidade de alguém, principalmente de toda uma categoria.
    A maldade quando é demais se tropeça nela mesma.

    Parem ,...pensem, ...reflitam,,,,fiquem em silêncio,...ANALISEM.
    Em todo espaço do tempo existe a OPORTUNIDADE.

    Queridos educadores,

    O PREJUIZO que estes dois últimos governos estão fazendo à educação em Minas Gerais, È TERRIVELMENTE TRÁGICO E QUASE IRREVERSÍVEL.

    Não somos nós os SALVADORES DA PÁTRIA.
    Combatemos o bom combate e fazemos a nossa parte.
    Começamos a perder a ideologia de uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE E COM OPORTUNIDADES IGUAIS PARA TODOS.
    O Estado ditador quer nos podar o direito de TER expectativas .
    Começamos a perder os sonhos de sermos A PORTA PARA O CONHECIMENTO.
    Não somos nós mais os responsáveis pela EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO dos filhos dos Mineiros.
    A história, sem dúvidas, contará a VERDADE.

    Por isto meus amigos a mínima ação é necessária.
    A semente de LIBERDADE E CONHECIMENTO ainda está em solo fértil dentro dos coraçõess dos MINEIROS.

    È verdade, senhores e senhoras, professores e professoras, Mineiros de Minas Gerais, O GOVERNADOR DE MINAS GERAIS quer acabar com o sonho de LIBERDADE de todos os Mineiros, pois a maior liberdade do ser humano é conquistada através do CONHECIMENTO que satisfaz a alma. E a nossa alma necessita sonhar.

    ...Mas isto não tarefa fácil para ELES, pois aprendemos com nossa história a conhecer A LIBERDADE logo ao nascer e, o nosso professor SONHADOR FOI TIRADENTES.

    Teremos energia como as águas represadas e LUTAREMOS PELA LIBERDADE, IGUALDADE E JUSTIÇA SOCIAL.
    A sabedoria, o entendimento, a sensatez e a persistência serão as nossas armas.


    Senhor Governador,
    A maior virtude de um governo é promover a JUSTIÇA SOCIAL E EDUCAÇÃO PARA O POVO.
    De outro ponto de vista, o povo percebe na HUMILDADE a Grandeza de um Governante sábio.
    Não cometa erros primários de se colocar em posição CONTRÁRIA à vontade do povo e, principalmente contra A EDUCAÇÃO AMPLA para o povo.
    Não se cerque de auxiliares incompetentes e medrosos, seja inteligente e procure estar próximo do povo, tenha a sensatez e a sensibilidade de fazer esta analise.
    Neste momento então serás recebido de braços abertos e perceberás como é bom SER POVO, principalmente morando em MINAS GERAIS.
    Abra o coração e seja útil em sua terra, cumprindo honradamente as tarefas mais dignas e procure sempre ser justo com todas as pessoas.

    Querendo ou não, deste tempo em diante, SOMENTE A SOCIEDADE, AS COMUNIDADES, O POVO UNIDO POR IDEAIS COMUNS, poderão LUTAR, REIVINDICAR COM AUTORIDADE ,POR UMA EDUCAÇÃO DIGNA PARA TODOS OS FILHOS DE MINAS GERAIS.

    “ Enquanto as andorinhas procuram sempre novos horizontes, os abutres estão sempre procurando carniças dos animais vencidos”

    “O sonho que se sonha junto começa a tornar realidade”

    Salve a liberdade de ser livre.

    Com altivez,
    Fazendo a minha parte...
    Obrigado e um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  96. Olá Euler e colegas.

    Gostaria de uma informação.
    - Existe alguma ação na justiça para o pagamento correto do ABONO FAMÍLIA?
    -Qual a posição desta reivindicação?

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  97. Professor Euler,
    A superintendente de Montes Claros esteve na cidade de Cristália - MG ontem e, com ela, estava um deputado que é secretário de Anastasia. Ele afirmou a um colega professor que o governador irá contratar professores para substituir os grevistas para que os alunos do 3º ano não fiquem prejudicados no ENEM. Ora... realmente não há preocupação deste governo com a educação, uma vez que pensa em uma única série deixando as demais e, sem contar que não há professores habilitados e qualificados para substituição.
    Professor de Cristália.

    ResponderExcluir
  98. Parabéns a todos por esta luta, com a graça de Deus será vencida. Gostaria de saber onde estão os representantes do SINDIUT DE BARBACENA, ganharam a eleição e agora se acomodoram?
    Leo- Barbacena

    ResponderExcluir
  99. Fernanda Monteiro6 de agosto de 2011 10:48

    Fernanda Monteiro de Freitas- Graduanda de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Uberlândia

    Conheci o blog através de minha mãe (Maria Helena Monteiro- Professora do Ensino Básico/ Elias de Moraes- Monte Carmelo) e desde então estou viciada... entro todos os dias e sempre que posso deixo um comentário! Fico feliz em ver que os professores, estão saindo de suas zonas de conforto e estão lutando por seus direitos!Pena que se houver acordos, estes irão favorecer os professores bundões e reclamões, aqueles que não fazem nada para melhoria da educação! Acredito em vocês e apoio totalmente! Chega de miserê!!! Afinal lutamos tanto, enfrentamos vestibulares, moramos em república, pegamos ônibus lotados, gastamos um dinheirão com xérox,gastamos nosso tempo indo a eventos científicos, investindo em Especializações, Mestrado e Doutorado e o mínimo que queremos é um salário justo! Afinal o governo deveria dar mais valor aos discentes, porque de acordo com as estatísticas, a cada dia, diminui a procura por licenciaturas...Crise total!!! Daqui uns dias os politicos irão aprovar uma lei, na qual será permitido obrigar as pessoas a serem professores... kkkkk E tem mais... ao que se refere á pais e alunos, ao invés de se organizarem contra os profissionais da educação, deveriam se organizar á favor... quem sabe assim os professores teriam mais confiança, e tavez essa greve já teria terminado!

    ResponderExcluir
  100. Olá Euler e colegas,

    TÁTICAS!

    Faço a sugestão de que neste final de semana escrevamos textos expondo nossa opinião sobre a mídia em nosso Estado.
    Devemos mostrar-lhes qual a VERDADEIRA OPINIÃO da categoria dos Professores em Minas Gerais. Humildemente sabemos também que somos formadores de opinião pública.
    Em seguida peço ao Euler que as repasse estes textos para o site do Sind UTE MG.
    Precisamos consequetemente que o Sind UTE MG escolha os melhores e os envie para toda a mídia,rádio, televisão e jornais, para autoridades, igrejas, Deputados Estaduais e Federais, Senadores, Vereadores, partidos políticos. Para todos estes sem distinção.
    “O QUE PENSAM OS EDUCADORES DE MINAS GERAIS, A RESPEITO DA IMPRENSA EM NOSSO ESTADO”.
    Precisamos de encartes circulando dentro dos jornais e todas as formas de comunicação possível.

    Neste momento necessitamos ter uma atenção especial com as famílias, pois precisamos muito demonstrar equilíbrio e ter a CONFIANÇA das famílias Mineiras.

    Como estamos em GREVE, precisamos usar as melhores armas e, nosso caso a inteligência, a comunicação e a persistência.

    “Ter esperança é acreditar sempre na VITÓRIA, em todas as situações que a vida nos coloca”.

    Fazendo a minha parte...
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  101. Caro Euler e Companheiros,

    A MESMA MIDIA que esbravejou, gritou e quase derrubou a mundo - quando tentaram provar uma Lei tentando censurar de certo modo a Imprensa, fizeram editoriais bonitos, materias de primeira página, FALARAM DE DEMOCRACIA - etc...pOIS É, QUEM
    PRATICA A VERDADEIRA CENSURA NO PAIS É A PRÓPRIA MIDIA, covarde, vendida, nunca denuncia a falência da Educação, ACEITA PRESSÃO do gvoverno para não denunciar nada, um forte movimento como a da Educação, você ainda encontra Jornal que quase nunca fala nada, o próprio Jornal Estado de Minas, quando é para elogiar algo da educação em Minas dá aquele espaço - Como pode um Jornal dá um editorial de primeira página ( em negrito) defendendo o Azeredo do Mensalão??? Mas a história sempre é implavável com os falsos fatos, pois esta mesma midia que condena a CENSURA É A MESMA QUE A PRATICA DE FORMA VIOLENTA!!!
    - Por isso, acho que poderiamos fazer vários dizeres denunciando tal prerrogativa.
    A Região de Manhuaçu conta com mais de 60% em greve - queremos o piso.
    Já dei a ideia de publicarmos a fala do Ministro Joaquim Barbosa sobre o piso, deveriamos publicar não só a dele, como esta da Censura.

    ResponderExcluir
  102. Olá Euler e colegas,
    FÁBULAS!
    O bom uso da Imaginação!
    Um cachorrinho, perdido na selva, vê um tigre correndo em sua direção.
    Pensa rápido, vê uns ossos no chão e se põe a mordê-los.
    Então, quando o tigre está a ponto de atacá-lo, o cachorrinho diz:
    - Ah, que delícia este tigre que acabo de comer!
    O tigre pára bruscamente e sai apavorado correndo do cachorrinho, e no caminho vai pensando:
    "Que cachorro bravo!
    Por pouco não come a mim também!"
    Um macaco (dedo duro), que havia visto a cena, sai correndo atrás do tigre e conta como ele havia sido enganado.
    O tigre, furioso, diz:
    - Este Cachorro Vai me pagar!
    O cachorrinho vê que o tigre vem atrás dele de novo e desta vez traz o macaco montado em suas costas.
    "Ah, macaco traidor!
    O que faço agora?", pensou o cachorrinho.
    Em vez de sair correndo, ele ficou de costas, como se não estivesse vendo nada. Quando o tigre está a ponto de atacá-lo de novo, o cachorrinho diz:
    - Macaco preguiçoso!
    Faz meia hora que eu o mandei me trazer um outro tigre e ele ainda não voltou!

    "EM MOMENTOS DE CRISE, SÓ A IMAGINAÇÃO
    É MAIS IMPORTANTE QUE O CONHECIMENTO."
    (Albert Einstein)

    Fazendo a minha parte...
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  103. Olá Euler e colegas,
    FÁBULAS!
    O Vencedor e o perdedor!


    Um vencedor é sempre parte da resposta

    Um perdedor é sempre parte do problema

    Um vencedor possui sempre um programa

    Um perdedor possui sempre uma desculpa

    Um vencedor diz "Deixe-me ajudá-lo"

    Um perdedor diz "Não é minha Obrigação"

    Um vencedor vislumbra uma resposta para cada problema

    Um perdedor vê todos os problemas, sem Resposta

    Um vencedor diz "Pode ser difícil, mas não impossível"

    Um perdedor diz "pode ser possível, mas é difícil"

    Um vencedor entende que sem Deus
    não poderá encontrar-se com o melhor,
    para a sua Vida.

    Um perdedor crê que pode viver sempre
    baseado em seus Recursos próprios e seu
    orgulho pessoal.

    Tenham sempre bons propósitos e, a vida lhes sorrirá sempre.

    ...Estejam sempre muito bem.



    Fazendo a minha parte...
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  104. Olá Euler e colegas,
    FÁBULAS
    Persistência!

    Um homem investe tudo o que tem numa pequena oficina. Trabalha dia e noite, inclusive dormindo na própria oficina. Para poder continuar nos negócios, empenha as jóias da própria esposa.
    Quando apresentou o resultado final de seu trabalho a uma grande empresa, dizem-lhe que seu produto não atende ao padrão de qualidade exigido.

    O homem desiste? Não!
    Volta a escola por mais dois anos, sendo vítima da maior gozação dos seus colegas e de alguns professores que o tachavam de "visionário".

    O homem fica chateado? Não!
    Após dois anos, a empresa que o recusou finalmente fecha contrato com ele.

    Durante a guerra, sua fábrica é bombardeada duas vezes, sendo que grande parte dela é destruída.

    O homem se desespera e desiste? Não!
    Reconstrói sua fábrica mas, um terremoto novamente a arrasa.

    Essa é a gota d'água e o homem desiste? Não!

    Imediatamente após a guerra segue-se uma grande escassez de gasolina em todo o país e este homem não pode sair de automóvel nem para comprar comida para a família.

    Ele entra em pânico e desiste? Não!
    Criativo, ele adapta um pequeno motor a sua bicicleta e sai as ruas. Os vizinhos ficam maravilhados e todos querem também as chamadas "bicicletas motorizadas". A demanda por motores aumenta muito e logo ele fica sem mercadoria.

    Decide então montar uma fábrica para essa novíssima invenção. Como não tem capital, resolve pedir ajuda para mais de quinze mil lojas espalhadas pelo país.
    Como a idéia é boa, consegue apoio de mais ou menos cinco mil lojas, que lhe adiantam o capital necessário para a indústria.

    Encurtando a história: hoje a Honda Corporation é um dos maiores impérios da indústria automobilística japonesa, conhecida e respeitada no mundo inteiro.
    Tudo porque o Sr. Soichiro Honda, seu fundador, não se deixou abater pelos terríveis obstáculos que encontrou pela frente.

    Portanto, se você adquiriu a mania de viver reclamando, pare com isso! O que sabemos é uma gota d'água. O que ignoramos é um oceano.
    Lembre-se, nosso dia não se acaba ao anoitecer e sim começa sempre amanhã, não se desanime, vamos acordar todo dia como se tivéssemos descobrindo um mundo novo.

    “ Faça tudo que for possível, com satisfação, continuamente, todos os dias, e, seus objetivos se realizarão, e, alcançarás a paz.”

    ...Estejam sempre muito bem.

    Fazendo a minha parte...
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  105. Olá Euler e colegas,
    FÁBULAS
    Viva a vida - (Alfred Henfil)
    Seja feliz
    "Por muito tempo eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade.
    Mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado antes de começar a viver.
    Um trabalho não terminado, uma conta a ser paga.
    Aí sim, a vida de verdade começaria.
    Por fim, cheguei a conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade.
    Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade.
    A felicidade é o caminho!
    Assim, aproveite todos os momentos que você tem. E aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar, especial o suficiente para passar seu tempo; e lembre-se que o tempo não espera ninguém.
    Portanto, pare de esperar até que você termine a faculdade;
    até que você volte para a faculdade;
    até que você perca 5 quilos;
    até que você ganhe 5 quilos;
    até que você tenha tido filhos;
    até que seus filhos tenham saído de casa;
    até que você se case;
    até que você se divorcie;
    até sexta à noite;
    até segunda de manhã;
    até que você tenha comprado um carro ou uma casa nova;
    até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos;
    até o próximo verão, outono, inverno;
    até que você esteja aposentado;
    até que a sua música toque;
    ...não há hora melhor para ser feliz do que AGORA MESMO....
    Lembre-se: Felicidade é uma viagem, não um destino.
    Seja feliz todos os dias, todas as horas, todos os minutos, todos os segundos,...AGORA NESTE INSTANTE. ’’
    ...e não se esqueça que, a FELICIDADE é transmissível.

    ... Estejam sempre muito bem.

    Fazendo a minha parte...
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  106. Olá Euler e colegas,
    FÁBULAS
    O VÔO DA ÁGUIA!

    A Águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie.
    Chega a viver 70 anos.
    Mas, para chegar a essa idade, aos 40 anos ela tem que tomar uma séria e difícil decisão.
    Aos 40 anos ela está com as unhas compridas e flexíveis, mas não consegue mais agarrar as presas das quais se alimenta.
    O bico alongado e pontiagudo se curva.
    Apontadas contra o peito estão as asas, envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar já é tão difícil...
    Então, a águia só tem duas alternativas: morrer...
    ou enfrentar um doloroso processo de renovação que irá durar 150 dias.
    Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não necessite voar.
    Então, após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico em uma parede até conseguir arrancá-lo.
    Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual irá depois arrancar suas unhas. Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas.
    E só após cinco meses sai para o famoso vôo da renovação e para viver então mais trinta anos.
    Você não acha que “pode ser” o seu tempo de
    começar um processo de renovação ?
    Para que continuemos a voar um vôo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes, medos, inseguranças, e pré-conceitos que nos causaram dor.
    Liberte-se disso e aproveite o resultado valioso que uma renovação sempre traz.
    ...Estejam todos sempre muito bem.


    ***Tenho enviado algumas fábulas para motivar e elevar a auto-estima dos professores e leitores deste blog.

    LIBERDADE, JUSTIÇA E PERSISTÊNCIA.
    VAMOS EM FRENTE.

    Fazendo a minha parte...
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  107. Olá caros colegas em luta:
    "Desabafo de uma professora em busca de dignidade".
    Sou professora, professorinha como muitos dizem. Trabalhei por longos e incansáveis anos em lugares de difícil acesso, cursando minha faculdade, o pós graduação, enfrentei tempos ruins, lutei junto aos meus companheiros, criei meus filhos,em busca de um mundo melhor.
    Hoje me vejo lutando pelos direitos por mim adquiridos (e com muito suor)que me são negados. Subsídio?! Eu quero o PISO SALARIAL a que tenho direito, juntamente com meus biênios e quinquênios e outras vantagens.
    Por que o governo me nega o que me é de direito?
    Eu sou uma professora que luta por um amanhã melhor, ensinando aos meus alunos a dignidade, o respeito, a força e a coragem de vencer e ser uma pessoa digna e bem sucedida.
    O que meus filhos me perguntam sempre?
    _Mãe, porque o governo só trata desta forma os professores? Por que só vocês não tem um salário digno? Como podemos cortar ainda mais as despesas em nossa casa? A senhora não vai poder pagar meu curso este mês?
    Ora!!! Sou um ser humano vencedor e não será um governo que despreza nossa classe que me derrotará.
    Quando meus filhos eram crianças, lutei em busca de uma contribuição dada a cada filho:R$0,24!!!!
    Parece brincadeira, meu Deus. Eu não brinco em sala de aula com a vida dos meus alunos, pelo contrário, trato-os com respeito, carinho e dignidade, pois todo ser humano merece.EU TRABALHO COM VIDAS!
    O que fazer? Desistir? Cruzar os braços? EU SOU BRASILEIRA.Não desisto. Desabafo, choro, clamo o direito que me é negado.
    Peço a Deus que toque no coração destes políticos (espero que eles o tenham).
    Que a nossa classe se una mais em busca de um salário mais digno e que o bom senso prevaleça.
    Obrigado Euler por este espaço por nós tão importante.
    Lembre sempre que tudo que é pedido às almas, alcançamos, quando pedimos com fé.
    Que Deus nos abençoe sempre, cada vez mais.

    ResponderExcluir
  108. Olá Euler e colegas,
    FÁBULAS (IMPORTANTÍSSIMO, ANALISEM POR FAVOR)
    SERÁ QUE OS EDUCADORES SABEM A FORCA QUE TÊM?
    Vida de Elefante!
    Você já observou elefante no circo? Durante o espetáculo, o enorme animal faz demonstrações de força descomunais. Mas, antes de entrar em cena, permanece preso, quieto, contido somente por uma corrente que aprisiona uma de suas patas a uma pequena estaca cravada no solo.

    A estaca é só um pequeno pedaço de madeira.

    E, ainda que a corrente fosse grossa, parece óbvio que ele, capaz de derrubar uma árvore com sua própria força, poderia, com facilidade, arrancá-la do solo e fugir.

    Que mistério! Por que o elefante não foge?

    Há alguns anos descobri que, por sorte minha, alguém havia sido bastante sábio para encontrar a resposta: o elefante do circo não escapa porque foi preso à estaca ainda muito pequeno. Fechei os olhos e imaginei o pequeno recém-nascido preso: naquele momento, o elefantinho puxou, forçou, tentando se soltar. E, apesar de todo o esforço, não pôde sair. A estaca era muito pesada para ele. E o elefantinho tentava, tentava e nada. Até que um dia, cansado, aceitou o seu destino: ficar amarrado na estaca, balançando o corpo de lá para cá, eternamente, esperando a hora de entrar no espetáculo.

    Então, aquele elefante enorme não se solta porque acredita que não pode. Para que ele consiga quebrar os grilhões é necessário que ocorra algo fora do comum, como um incêndio por exemplo. O medo do fogo faria com que o elefante em desespero quebrasse a corrente e fugisse.

    Isso muitas vezes acontece conosco! Vivemos acreditando em um montão de coisas ? que não podemos ter? que não podemos ser? que não vamos conseguir..., simplesmente porque, quando éramos crianças e inexperientes, algo não deu certo ou ouvimos tantos nãos que a corrente da estaca? ficou gravada na nossa memória com tanta força que perdemos a criatividade e aceitamos o "sempre foi assim..."

    Poderia dizer que o fogo para nós seria: a perda de um emprego, ou algum Outro problema ou algo que nos fizesse sair da zona de conforto.

    A única maneira de tentar de novo é não ter medo de enfrentar as barreiras, colocar muita coragem no coração e não ter receio de arrebentar as correntes! Não espere que o seu "circo" pegue fogo para começar a se movimentar. Vá em frente!
    Autor desconhecido.

    *** Mais um fábula de motivação e auto-estima.
    Esta era para amanhã cedo(07/08/2011) mas,não consegui segurar-me e postei hoje mesmo.

    Fazendo a minha parte.
    Obrigado..

    ResponderExcluir
  109. QUANDO O ANÔNIMO DIZ QUE PROFESSORA PRIMÁRIA QUE TEM MEDO DE GREVE.EU PENSEI ,IMAGINEM SE AS PROFESSORAS PRIMÁRIAS RESOLVESSEM DESISTIR DA GREVE,GARANTO COM TODA CERTEZA QUE ESTARIA MAIS FRACA.NÃO MENOSPREZE O COLEGA ,PORQUE VOCÊ HOJE COMO PROFESSOR,JÁ FOI ALUNO DE UMA PROFESSORA PRIMÁRIA E O MOMENTO É DE MUITA UNIÃO, É ATRAVÉS DE UM COMENTÁRIO DESSES QUE A CLASSE PODE SE DESUNIR.

    ResponderExcluir
  110. Olá Euler e colegas,
    REFLEXÃO

    QUANDO UM SONHO SE TORNA REALIDADE!

    Quando um sonho se torna realidade, a gente não acredita, não sabe se chora, se ri ou se grita, se belisca, abre e fecha os olhos, se apalpa.
    Talvez esteja dentro de nossa natureza, não acreditar na realização dos próprios sonhos.
    Olhamos para eles como olhamos para o arco-íris e as estrelas:
    - lindos,
    - encantadores,
    - maravilhosos e
    - inatingíveis.
    Mas gostamos de olhar, mesmo cientes, que nunca poderemos tocá-los. O fato de existirem já é um encanto e um milagre Divino..
    E justamente por que não acreditamos, não corremos atrás, não construímos, não tentamos. Olhamos para aquilo que os outros conseguem e dizemos que eles têm muita sorte. Não nos incluímos nesta categoria.
    *MAS se um dia resolvemos pegar as sete cores do arco-íris e trazer para a realidade de nossas vidas, veremos que nós também temos muita sorte, que nós também podemos.
    SE aproveitamos o brilho das estrelas para iluminar nossos caminhos e não nos cegar, veremos que teremos uma caminhada mais nítida.
    SÓ vivemos de cinza por opção, pois a vida é colorida, é intensa.
    VAMOS olhá-la com olhos nus;
    - tocá-la,
    - vivê-la,
    - amá-la.
    CORRER atrás do que desejamos, esticar os braços até alcançarmos, subir escadas, transpor barreiras, lutar pelo que nos realizará. BRIGAR se preciso for..
    TALVEZ assim a gente não se surpreenda tanto quando nossa mão atingir, mesmo que timidamente, uma das cores do arco-íris ou a ponta de uma estrela.
    TALVEZ os outros se surpreendam.
    Mas nós não, por que ACREDITAMOS SEMPRE. Por que, bem no nosso íntimo, sabemos que o caminho poderá ser longo, mas que chegaremos lá, que VENCEREMOS.

    O SEGREDO É, ACREDITAR SEMPRE NA VITÓRIA, PERSISTENTEMENTE.

    ...Estejam sempre muito bem feliz !

    Fazendo a minha parte...
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  111. João Paulo Ferreira de Assis6 de agosto de 2011 20:46

    Deputado secretário do Anastasia, que eu saiba é o Lafaiete Andrada.

    ResponderExcluir
  112. Colega Euler - sobre a contratação de profissionais despreparados; por aqui já, acontece, exemplo disso :
    - professores que falam "Nós vai corrigir a questã" -
    - Leonardo é Vince ou Vinte ?
    - Preencha a Fincha
    - Que isso, greve não é ato de cidadania.
    - Ingreja
    - A criança é de menor.
    - Sou professora, mas nunca li um livro

    Essas são as perolas, professores do PSDB

    Como é vergonhoso a tentativa do GOVERNO DO PSDB de colocarem as pessoas no serviço público pela VIA MORAL -

    MINAS É O VATICANO DO BRASIL - tem as suas próprias leis - O Bispo Anastasia e o Papa Neves
    são os representantes máximos.

    E A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA MINEIRA AGORA É ASSEMBLÉIA HOMOLOGATIVA - ALIÁS, PARECE MAIS A CÂMARA FEDERAL - os Deputas Mineiros falam somente do Governo Federal - Pois, Minas é o paraíso - o Vaticano do Brasil

    ResponderExcluir
  113. EM MINAS GERAIS ATÉ A “INCOMPETÊNCIA” ESTÁ INCOMODADA (parte 1)


    A greve dos professores da educação da rede estadual de Minas Gerais em 2011 ficará na história. De um lado, uma nova sociedade que emerge dos efeitos de um mundo que se reinventa (e nele é preciso considerar que todos devem estar e não apenas “os poucos” de uma elite maléfica e violenta); de outro, esta elite (representada pela tucanada de plantão) que utiliza de artifícios retirados das doutrinas imperialistas europeias para se manter no poder. Diga-se: o autoritarismo doutrinário transvestido de modernidade: coerção pela mídia; pela polícia, judiciário e legislativo subserviente; por dados estatísticos mentirosos; por discursos pífios; pelo empobrecimento da democracia, se é que ela já existiu.
    Neste turbilhão de eventos que acontecem nesta greve dos professores fica evidente que até mesmo a “incompetência” deve estar incomodada com o governador de Minas Gerais Anastasia (PSDB). Ser incompetente, conforme nos ensina Aurélio é “a falta de autoridade ou dos conhecimentos necessários para o julgamento de alguma coisa”. Vejamos: como autoridade eleita pelo povo de Minas Gerais deveria o dito saber 1) que vivemos em um estado de direito, logo regido por leis; 2) que a interpretação das leis não se refere apenas ao que deseja aqueles que se apropriam do poder para usufruir das riquezas da sociedade; 3) que, no mundo contemporâneo, as informações não circulam apenas por meio da mídia comprada (Globo, Estado de Minas, Rádio Itatiaia, Band Minas e outros). As redes sociais e outros canais, sobretudo, da web disseminam informações e ideias com rapidez e eficiência; 4) que, embora na República o legislativo e o judiciário sejam importantes, a vida de desenvolve, em grande medida, fora da “truculência” de seus ditames; 5) que em cada indivíduo, existe um ser pensante, reflexivo, que vive a realidade e o sonho, que possui desejos e autonomia para escolher e para decidir.

    ResponderExcluir
  114. EM MINAS GERAIS ATÉ A “INCOMPETÊNCIA” ESTÁ INCOMODADA (parte 2)

    Dito isto – e poderíamos dizer muito mais –, tem-se: 1) a explicitação do que é o neoliberalismo (política adotada por Anastasia, Aécio, FHC, Serra e os partidários do PSDB e Democratas), infelizmente ainda presente em nosso cotidiano. E é simples explicar: é preciso esfacelar os serviços públicos universais (aqueles que realmente atendem aos mais pobres) para que sobre dinheiro para enriquecer a minoria que está no poder e os seus apadrinhados; 2) o ideal de liberdade que durante mais de 200 anos tem íntima relação com o Estado de Minas Gerais, considerado um dos berços da política no Brasil, sucumbe diante da truculência de um poder medíocre e temporário, pois esquece Anastasia e os seus que logo darão adeus ao palácio da (in)liberdade; 3) Se a autoridade maior do Estado não é capaz de respeitar as leis, a legalidade e os anseios da sociedade que o elegeu, o que se esperar dos cidadãos desta mesma sociedade: desobediência às leis, negação destas “autoridades”, violência (salve-se quem puder).
    Como consequência, a “incompetência” está incomodada. As trapalhadas da tucanada em Minas Gerais chegam ao ridículo. Não é a falta de “autoridade” ou “conhecimento” em “julgar” os efeitos da greve que motiva tão descalabro comportamento de Anastasia, Gazolla (Secretária de Educação) Villela (Secretária de Planejamento) e trupe, pois autoridade e conhecimento têm. Então como explicar o prejuízo que impõem aos mineiros, à liberdade e a democracia? 1) O ano letivo está, praticamente, perdido para aqueles que dependem dos serviços públicos (também isto não faz diferença para Anastasia e Aécio. Por que defender os interesses do povo?); 2) os professores estão com os salários cortados (mesmo que a lei impeça que em estado de greve ocorra à suspensão do pagamento ou qualquer outra forma de retaliação aos grevistas, em Minas Gerais o poder judiciário se comporta como se estivesse acima da Constituição); 3) quando, exatamente agora, a sociedade clama por educação formal para vencer os desafios do crescimento econômico e do desenvolvimento social, centena de milhares de pessoas (estudantes) é privada de um dos mais importantes bens da humanidade: a educação.
    Já que nem “incompetência” é suficiente para explicar o que a dupla Anastasia-Aécio fazem em Minas Gerais, a ideia do IMPEACHMENT (como já se manifesta em várias partes do Estado) do governador Anastasia deve realmente ser considerada.


    Rômulo Neves
    Doutor em Ciência Política

    ResponderExcluir
  115. Comentário que deixei no O Tempo: Demorou esse tal Mário de Assis aparecer! Ele tem filho na escola pública? Se tem, deveria ter aparecido antes. Quanto ao fim da greve, está nas mãos do governo. Queremos que os pais ingressem mesmo no MP. Aliás, é isso que tenho orientado aos meus alunos e seus pais. O MP já deveria ter dado o seu parecer mesmo. Mas sabem porque demora tanto? Porque sabe que o governo é que está ilegalidade ao não cumprir uma lei federal. Quanto aos comentários que dizem que deveríamos deixar a profissão para quem quer, tenho a dizer o seguinte: os escravos, na época da escravidão, também não queriam ser escravizados, mas nem por isso alguém apareceu pra trabalhar no lugar deles. Quanto à contratação de professores para nos substituir no 3º ano: o governo pensa que nossos alunos são todos alienados? lógico que não vão se sujeitar a aulas com pessoas despreparadas! Nós professores podemos ir às portas das escolas e motivá-los a não entrar. E quais seriam os capachos que tomariam os nossos lugares? O pessoal das superintendências? Ha... ha... ha... essa eu quero ver! Foi sempre o que nós queríamos: ver os almofadinhas puxa-sacos (claro que tem exceções) aguentando turmas com 45, 50 alunos! Quero ver o governo arrumar tantos professores, principalmente para Química e Física. Se já é difícil arrumar até pra Português! Lógico que o governo não se preocupa com qualidade. Certa vez, uma diretora disse pra um professor convidado a assumir aulas de inglês e que disse não saber nada dessa disciplina: __ Ensina eles (os alunos) a falar I LOVE YOU e tá bom! Isso é o que o governo quer para nossos filhos. Minha filha também está sem aulas, mas prefiro assim do que se sujeitar a aceitar o cabresto que o governo quer lhes colocar. Se liga, Anastasia! Ainda é tempo de evitar a sua maior derrocada, pois mesmo depois de voltarmos para a sala de aula, você nunca será esquecido. Você escolhe como quer ser lembrado. Rogério Trindade - Curvelo

    ResponderExcluir
  116. Euler,
    A rádio Itatiaia hj pela manhã, divulgou um comunicado sobre a Greve dos educadores de Ipatinga, dizendo que o MP julgou a greve ilegal e que os professores contratados na sexta e hj(06/08), pq a prefeitura fez plantão pra contratar; vão assumir na segunda 08/08.
    Que absurdo! Será que esse tal prefeitinho de Ipatinga é parente do nosso "Timotinho das Alterosas?"
    Li aqui uma boa sugestão para os professores de Ipatinga, irem pra dentro das salas assistirem as aulas dos contratados, "provarem seus conhecimentos" kkkkkkk. Afinal, são professores que estão traindo outros da sua própria classe.
    A que ponto chegamos gente!!!!!!!!
    Gilda

    ResponderExcluir
  117. Olá Euler e colegas,

    FÁBULA, para analisar.

    FAZENDO A MINHA PARTE...

    Conta-se que houve um incêndio em uma floresta. O fogo ardia fortemente e todos os animais fugiam.
    Então um beija-flor começou a voar até o rio, encher o biquinho de água e ir até sobre o fogo e jogar aquela pouca água.
    Fez isto várias vezes, até que um cervo parou e perguntou ao beija-flor porque tinha aquela atitude, se não ia alcançar objetivo algum.

    (PARA ANALISE DE TODOS)

    *** O beija-flor então respondeu:

    - Estou apenas fazendo a minha parte.

    ...Estejam todos sempre muito bem e feliz!

    Obrigado e boa noite a todos, até amanhã, se Deus quiser.

    ResponderExcluir
  118. Vamos twitar enviando comentários para microblog de quem está relacionado á educação. Mais uma forma de extravasar e denunciar:
    @VIOMUNDO Golpe na Educação: em MG, governo ameaça substituir professores em greve por pessoas despreparadas para não aplicar o Piso.
    @vivencia
    @redebrasilatual
    @PaiseMestres Golpe na Educação: em MG, governo ameaça substituir professores em greve por pessoas despreparadas para não aplicar o Piso.
    @NOVA_ESCOLA
    @maiseducacao
    @dilmabr Presidente, interceda junto ao STF pra publicar o acórdão. Educadores de MG prejudicados pela demora. Anastasia não reconhece Piso.
    @CNTE_oficial É preciso mais do falácias pra nos ajudar. Educadores de MG ameaçados pela truculência de Anastasia. Vamos agir!
    @cutnacional Cadê vocês pra socorrer os educadores de MG? O Sindute não é filiado de vocês? Pra quê? Só na hora de subir nos palanques?
    @cartamaior Educadores de MG pedem socorro. Anastasia quer acabar com a carreira e não reconhece Piso.
    @blog_educacao Educadores de MG pedem socorro. Anastasia quer acabar com a carreira e não paga Piso.
    @MEC_Comunicacao Professores de MG pedem socorro. Anastasia quer acabar com carreira impondo subsídio em vez de Piso.
    @portalvermelho Psdebista Anastasia quer acabar com a carreira dos educadores impondo-lhes pagamento por subsídio. Mídia é conivente,
    @renatavilhena Pensando em professores substitutos para enganr pais e alunos? Acha que eles são tão burros?
    Rogério Trindade - Curvelo

    ResponderExcluir
  119. Olá Euler e colegas,

    Boa noite!

    Sugiro que as melhores matérias deste blog sejam selecionadas, publicadas e distribuídas através de encarte e panfletos.
    Precisamos urgentemente de OBJETIVIDADE.

    Obrigado.

    ResponderExcluir