domingo, 28 de agosto de 2011

Os próximos passos do nosso movimento



Nossos guerreiros de Montes Claros enforcam o subsídio.




Os próximos passos do nosso movimento


Enquanto estabelecemos essa nossa heroica luta de resistência e de conquistas, que já dura 82 dias, sobre o governo de Minas e sua máquina de poder, precisamos pensar o horizonte que se abre a partir da conquista do nosso piso.

Como havia dito anteriormente, o piso pode se tornar o embrião para o necessário processo de federalização da folha de pagamento dos educadores do Brasil. Claro que isso não acontecerá de um dia para o outro, mas não podemos permitir que essa luta seja esquecida, e nem tampouco que seja apropriada por forças alheias aos interesses de classe dos educadores.

E quando coloco este problema neste momento, não estou fugindo do foco central da nossa luta, e do qual não abrimos mão de maneira alguma: o nosso piso salarial nacional. Então vocês poderão indagar: se o piso é o nosso objetivo central para este momento, por que pensar em federalização? E eu respondo: porque o piso traz, em si, o germe da federalização. E explico a seguir.

Reparem que neste momento o Governo de Minas trouxe, de forma requentada, através da mídia, a possibilidade de escalonar o nosso piso em função da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Já apontamos ontem, aqui no blog, algumas alternativas que o governo poderá lançar mão para pagar o nosso piso de forma integral, mesmo que os limites da LRF sejam ultrapassados.

Mas, há um argumento ainda mais poderoso que não mencionei, e que é justamente este caráter NACIONAL do piso dos educadores. Em se tratando de uma política nacional, regida por lei federal que estabelece os valores mínimos e enseja a possibilidade da cooperação entre os entes federativos, não há que se falar em qualquer obstáculo para o cumprimento da Lei 11.738/2008.

A Lei do Piso não está subordinada aos limites orçamentários de quaisquer estados ou municípios, pois do contrário ela não teria razão de ser, e quebraria o sentido de fomento à Educação pública e à valorização dos educadores que estão inscritos na Carta Maior do país. A Constituição Federal prevê explicitamente a criação de um piso dos educadores, que se materializou através da Lei do Piso, que agora deve entrar, finalmente, em vigor.

A Lei do Piso tem, portanto, este sentido que transcende as esferas do município e do estado e está relacionada com a determinação (note bem, eu disse determinação e não sugestão) constitucional de que seja criado o piso como forma de valorizar o profissional do magistério em escala nacional.

Não bastasse esse imperativo constitucional em relação ao piso, que o STF julgou constitucional na sua forma de vencimento inicial, a Lei do Piso nos traz ainda um outro item fundamental, voltado para a conquista de um padrão comum de qualidade, que é o mínimo de um terço do tempo da jornada de trabalho para as atividades extraclasse. Tal exigência constitui o que chamamos de um dos pilares fundamentais para que ocorra uma real valorização do ofício do magistério e para se alcançar um ensino de qualidade.

E para completar, a lei determinou também um prazo para a criação, pelos entes federados, de planos de carreira que assegurassem os diferentes níveis de remuneração com base na escolaridade, no tempo, e outros critérios afins, sem prejuízo das conquistas acumuladas pela categoria em cada região.

No caso de Minas, temos um plano de carreira em plena vigência, que assegura ao profissional com curso médio um valor do piso mínimo, considerando o critério da proporcionalidade da jornada de de 24 horas e o piso do MEC, de R$ 712,20. Sobre este valor aplica-se o percentual de 22% para cada mudança de nível: PEB2A - R$ 868,88; PEB3A - R$ 1.060; PEB4A - R$ 1.293,24; PEB5A - R$ 1.577,76; e PEB6A - R$ 1924,86.

Sobre os valores encontrados em cada nível aplicam-se ainda as diferentes progressões na carreira: letras A, B, C, etc, no percentual de 3% cada. Um professor PEB4D, por exemplo, terá que receber, como piso, no mínimo o valor de R$ 1.413,16. Sobre este valor inicial incidem as gratificações (20% de pó de giz, biênios e quinquênios, etc). E assim forma-se a remuneração total.

Mas, se a conquista do piso será uma grande vitória para os educadores de Minas e do Brasil, não podemos esquecer que ele ainda encarna o conflito federativo, que levou inclusive cinco desgovernadores estaduais a questioná-lo na Justiça, felizmente sem sucesso. Se de um lado as regras básicas do piso salarial dos educadores foram definidas nacionalmente, a sua aplicação se dá nas esferas municipais e estaduais. E é aí que morre o perigo, como já pudemos sentir aqui em Minas, o segundo ou terceiro estado mais rico do país.

Imagine-se a pressão que os 5000 e poucos prefeitos e os 27 governadores não farão sobre o Congresso Nacional e sobre o MEC para que estes adotem percentuais de reajuste anual aquém do que manda a atual regra? Já há um projeto de lei em estado avançado de votação no Congresso, que propõe a alteração da data base para o reajuste do piso, de janeiro para maio; além disso, a Câmara dos Deputados, sem que tal fato tivesse gerado repercussão entre os interessados (que somos nós, os educadores) tentou mudar o critério de reajuste anual atual, passando do custo aluno ano para o INPC, o que nos traria um grande prejuízo. Parece-me que o Senado da República, na Comissão de Educação, deu uma melhorada no projeto e manteve os dois critérios: do custo aluno ano e do INPC, adotando-se o mais elevado. É preciso estar vigilante em relação a isso, pois tal projeto volta para uma nova votação na Câmara dos Deputados.

Mas, imaginemos que através de uma grande pressão dos educadores do Brasil se consiga um novo patamar monetário para o valor do piso. Seguramente boa parte dos estados e municípios não terão recursos próprios para bancar o piso e terão que pedir ajuda à União. E como uma das exigências para tal é a aplicação correta dos recursos da Educação, o mais comum é que estes entes federados tentem, tal como faz Minas Gerais, dar o calote nos educadores.

E nem sempre encontraremos categorias mobilizadas e que tenham entre seus quadros os bravos componentes do NDG, o que propiciará aos gestores regionais a sonegação dos direitos previstos em lei. O próprio governo federal, para escapar de um repasse mais acentuado de recursos, poderá se aliar aos governos estaduais com o fito de reduzir as políticas de reajustes do piso. Não esqueçamos que o projeto a que fiz alusão acima, que corre no Congresso Nacional, teve o patrocínio original do Governo Federal.

Portanto, conquistado o nosso piso em Minas Gerais, na sua forma integral e no mínimo a partir da decisão do STF em abril último (a orientação da CNTE corroborou com essa minha compreensão sugerida ontem, aqui no blog), devemos voltar as nossas atenções também (mas não somente) para a construção de um amplo movimento nacional dos educadores, para avançar na federalização da folha de pagamento dos educadores, com um plano de carreira nacional, jornada de trabalho comum, piso salarial decente, e um findo de financiamento administrado pela União, sem prejuízo das conquistas regionais.

Aqui em Minas, o governo tem duas formas de lidar com a situação do piso no seu atual estágio: 1) através do reconhecimento de que precisa pagar o piso e com a apresentação de uma proposta de tabela implementando o piso, tal como defendemos (esta seria a solução mais inteligente); ou, 2) o governo continuaria a sua política de confronto com a categoria. Neste caso, apresentaria um projeto de escalonamento e tentaria fazer com que ele fosse aprovado diretamente na ALMG, sem passar pela análise da categoria, como tentou fazer com o ajuste do subsídio.

Para tentar barrar a pressão que nós faremos, o governo usaria, além do legislativo sob seu controle, de duas outras instituições a seu serviço: o judiciário - tentando aprovar a contratação de mais substitutos -, e a mídia de aluguel, que receberia mais verba para engrossar na crítica à nossa greve.

Claro que o NDG (Núcleo Duro da Greve) não se curvará, caso o governo faça a segunda opção. Nós já demonstramos a nossa capacidade de mobilização e de ação e vamos nos unir ainda mais e seguramente a greve tomará uma outra dimensão, podendo, aí sim, criar-se um clima acentuado de desobediência civil e de embate direto contra o governo e sua máquina. Esta luta pode se nacionalizar, tal como o piso, o que não ficaria nada bem para o governo e para o projeto de poder que ele encarna.

Talvez tenha chegado o momento do governo olhar para os educadores com mais respeito e apresentar uma proposta digna, que atenda o que diz a lei, poupando a população mineira, especialmente os educadores, os alunos e os pais de alunos, de mais sacrifícios. O tempo da enrolação, da mentira e da procrastinação já acabou. É hora do governo colocar os pés no chão, sentir o piso de Minas, literalmente, que não para mais de tremer, até que se pague o nosso piso.

É isso, pessoal da luta, membros do NDG, educadores em greve pela base, que escrevem as mais bonitas páginas de resistência e de luta da história de Minas e do Brasil.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

***

182 comentários:

  1. Divino - MG

    Viva!!! Viva!!! Viva!!!

    Bom dia Euler e Guerreiros do NDG,

    mais uma grande ADESÃO e fortalecimento do movimento da greve na SRE/Carangola (Zona da Mata). Ontem (27/08) a convite de BRAVOS e ADMIRADOS EDUCADORES da Cidade de Fervedouro, estivemos na E.E. Joaquim Bartholomeu Pedrosa, explanamos a respeito do PISO e a necessidade de GREVE, mostramos vídeos e fotos do movimento, tiramos eventuais dúvidas, e o mais importante de tudo; a lista de greve que já estava sendo organizada e passada pelos Guerreiros daquela notável Escola ganhou mais força, mais adesão, enfim, anunciaram a greve daquela Admirada Instituição de Ensino, com mais de 120 servidores, e mais de 1400 alunos.
    NOSSO ETERNO AGRADECIMENTO AQUELES QUE CONVIDARAM O NDG de Divino e AOS QUE ADERIRAM AO MOVIMENTO.
    Próximo passo do NDG de Divino, professor JOSIAS professora RANIELLE preparem terreno em Alvorada e Ponte Alta, estamos chegando lá!!!
    A CONQUISTA DO TÃO ESPERADO PISO ESTÁ MUITO PRÓXIMA É SERÁ DE TODOS NÓS!!!

    ResponderExcluir
  2. Sr. EULER
    Bom dia
    Sua análise é perfeita.O seu trato com as palavras e ideias é de uma competência comparável a muitos analistas e articulistas que a todo momento saltam a frente dos acontecimentos.Uma característa que aprecio em você é a clareza.Ocorre,no entanto,se você Me permite o comentário,que em certo momento seu texto atribui ao que você nomeia de NDG um papel tão vital na greve,que sem ele o movimento não existiria.De fato seu blog é um ponto de convergência mas atribuir-lhe tal importância seria menosprezar o sacrifício de milhares de trabalhadores, que sequer sabem da existência deste blog, além de negar-lhes o papel de sujeito desta história que ,acreditamos, está perto de um final feliz.
    Desculpe a crítica.É o que penso.
    Abraço grandão.

    ResponderExcluir
  3. Oi EULER ,bom dia!
    Fiquei sabendo que os substitutos não podem dar provas ou notas.Isto é verdade?Alguém sabe alguma coisa a respeito?
    Beijinhos coleginhas.Nosso dia tá chegando.Nosso Kadafi tupiniquim há de cair.
    Em tempo:as manifestação no Chile fazendo vítimas.Que pena.
    Se não receber salário este mês também serei uma vitima:entrarei na inadimplencia,não abastecerei a despensa...

    ResponderExcluir
  4. E isso ai,vamos buscar nosso piso integral!Euler vc e o maximo!Força na luta pessoal!Vamos fazer MG tremer nas bases!Jamais esqueceremos essa greve!vamos ficar na historia!Se o Enem for prejudicado,o Brasil todo ficara contra essa erva daninha e sua corja e ai nos ajudara!Portanto nao nos resta ficar firmes na luta ,apesar dos apertos que estamos passando no momento,mas dias melhores virao!

    ResponderExcluir
  5. Euler estou viciadissima em seu blog,meu Deus como vc e sabio!Entro umas sete vezes ao dia para me inteirar das informaçoes e assim me fortaleço.Suas palavras me deixa segura,animada e com certeza da vitoria.Agradeço a Deus por vc existir!Vamos continuar na luta a vitoria esta proxima!

    ResponderExcluir
  6. NÃO PERCAM, A BEATRIZ ESTÁ AO VIVO NA RÁDIO FAVELA 106,7.
    OUÇAM, ESTÁ INTERSSANTE.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia subcomandante; bom dia a todos!
    Mais uma brilhante leitura do movimento. Parabéns Euler, a Educação Brasileira te agradece.

    Acredito que o nosso NDG, está dando muita dor de cabeça para o (dês) governo, afinal “eles” merecem. E a palavra de ordem tem que ser FORTALECER! Temos uma oportunidade histórica de resgatarmos a nossa dignidade, auto-estima, respeito. Resgatarmos a nossa carreira.

    Estamos mostrando para toda sociedade que existe uma Ditadura em Minas e em outras partes do Brasil, ás vezes muito disfarçadas, outras vezes nem tanto. Com o exemplo ditatorial em Minas, a sociedade pode compreender porque é tão difícil as nossas vidas (classe trabalhadora). Direitos confiscados, corrupção... Benefícios para poucos...Poder Judiciário submisso, Assembléia Legislativa composta em sua maioria por uma “carneirada”, que não questionam , estão prontos pra obedecer o “Coronel”, uma Polícia treinada para repreender trabalhadores, uma Imprensa que ao que parece antes das edições o (dês)governo precisa aprovar o que será divulgado...

    Mas também Nós, Educadores de Minas, estamos dando para a Sociedade Brasileira uma verdadeira aula de CIDADANIA, RESISTÊNCIA. Estamos plantando o embrião da LIBERDADE.
    A Ditadura não pode caber mais nesse país...!

    VAMOS FORTALECER O NOSSO MOVIMENTO! GREVE ATÉ O PISO!
    COM LUTA, COM GARRA, O PISO SAI NA MARRA! 1, 2, 3, 4, 5 MIL, NÓS É QUE FAZEMOS A HISTÓRIA DO BRASIL!!!

    Um bom domingo a todos os companheiros, e força na luta.
    Professor Odair José

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Euler e caros combatentes de luta! Meu café da manhã é bem mais saboroso acompanhado de suas sábias e magníficas avaliações. Como sempre! Concordo com você em número, gênero e grau, principalmente no que se refere ao desgoverno respeitar os professores e parar com essa pirraça para conosco. Ele está agindo pior que os meus alunos de 7 anos. Gente como um sujeito desse, pode estar governador de Minas?
    Abraço a todos, força e luta até o Piso.

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Euler, bom dia NDG,
    Temos que ter muita calma nessa hora, não é hora de entrarmos em pânico.Tenho certeza de que o desgoverno e suas lacaias tem muito mais motivos para se preocuparem do que nós.Afinal o tempo estar sendo mais inimigo deles do que nosso.Como disse nosso amigo casusa e o tempo não pára...Quem tem que garantir os dias letivos para os alunos é o desgovernador e não nós. Não podemos desistir agora temos que aguardar e confiar em Deus sempre...
    Abraços a todos e principalmente os membros do NDG
    Gostei muito dessa sigla fica parecendo que somos membros de uma sociedade secreta kkkkkkkk...
    Gilvânia
    Juntos até a vitória!!!

    ResponderExcluir
  10. DOMINGO NA CIDADE INADIMINISTRÁVEL.

    ...domingo,28/08/11, na CIDADE INADIMINISTRÁVEL*(RB), a equipe de avaliações que analisam as mentiras implantadas na "MÍDIA DE ALUGUER MINEIRA", está reunida.
    ...estão resolvendo se vão fazer uma pesquisa popular para avaliar os resultados da matéria paga no jornal " ESTADO DE SÍTIO", o grande jornal dos banheiros públicos.
    ...precisam enganar a opinião pública, para dar sustentação ao projeto maior(2014)...
    ...nesta hora estão chamando o MARO, presidente da associação dos pais da CIDADE INADIMINISTRÁVEL, (APCI)que já foi porteiro, depois foi promovido àá relações pública da república dos bananas e, agora também como presidente da APCI vai dar entrevistas para toda a "MÍDIA DE ALUGUER MINEIRA".

    ...e agora como o NDG do BLOG DO EULER, irá reagir à 'MÍDIA DE ALUGUER MINEIRA"...
    ...o MARO, está rindo à toa, também recebendo tanto dinheiro...
    ...haja supositórios ROLHEX GG nas farmácias, hein MARO?
    ...uma sugestão para o NDG, mande umas caixas de supositórios, ROLHEX GG, pro MARO e também
    pro NANÁ.
    *(RB = república dos bananas)

    ResponderExcluir
  11. BOM DIA EULER, JÁ ESTOU CEDO AQUI PARA COLHER DESSA FONTE INESGOTÁVEL DE INFORMAÇÕES, FORÇA E COERÊNCIA.
    FICO ME PERGUNTANDO? O QUE OS PROFESSORES FIZERAM PARA ESSES GOVERNANTES? PORQUE NOS TRATAM TÃO MAL, COM TANTO DESCASO E COM TANTA ENROLAÇÃO. ACHO QUE ELES AINDA ESTÃO NO TEMPO QUE O PROFESSOR QUE TRABALHAVA ERA A FILHA DO FAZENDEIRO.MAS AGORA QUE CHEGAMOS ATÉ AQUI COM A CERTEZA DA LUTA POR JUSTIÇA, RECUAR JAMAIS. PEÇO ENCARECIDAMENTE QUE NINGUÉM RETORNE, QUEM NÃO PAROU QUE PARE CORRENDO. O FIM ESTÁ MUITO PRÓXIMO SE DEUS QUISER, E ELE HÁ DE QUERER.vAI SER MUITO BOM VER A TIA "NANA" NEGOCIANDO.
    ABRAÇOS E FORÇA NA LUTA GUERREIROS.

    ResponderExcluir
  12. Euler e demais colegas,

    Acho que com a conquista do piso sacramentada, deveríamos focar na conservação dos nossos direitos conquistados, os tais penduricalhos. Pela fala da Beatriz percebe-se que a próxima malvadeza da Renatinha será cortar nossos benefícios.

    Estou sentindo que estamos muito próximos de perder os seguintes;
    *Gratificação de Incentivo à Docência;
    *Vantagem Temp. Incorp.

    Temos que parar com essa balela de piso, pois essa batalha já está ganha e focar nas nossas gratificações. Acredito que o Sindicato deva direcionar para esse lado, pois de nada adianta eles pagarem o piso e nao termos ganhos reais, já que as vantagens serão cortadas e/ou reduzidas.

    ResponderExcluir
  13. Explicar o inexplicável é muito complicado. Por várias vezes as Secretárias do Governador, disseram na TV que o subsídio era muito melhor, pois correspondia 57% mais que o piso e chegaram até com o percentual de 85%. Agora depois da publicação do acórdão, que não tem para onde fugir, é obrigado cumprir a lei e pagar o piso, vem com esta desculpa que o governo não tem recurso para tal. Como prof. de matemática, não consigo explicar estes misteriosos cálculos. INACREDITÁVEL!!!
    Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  14. Euler
    Bom dia!
    Estava fazendo uns cálculos ,Euler, vê se tem lógica:os professores regentes de aulas no caso 6º ao 9º ano e dos ensino médio já possuem este 1/3 de carga horária extra classe, explico melhor: para quem tem a carga horária de 24 horas, são 18 horas/aula( módulos de 50 minutos) em sala de aula, isto é na realidade 15 horas relógio em sala de aula!Já estão fazendo 1 hora a menos pois o certo seria 16 horas em sala de aula!Este 1/3 só se aplicaria aos professores regente de turma que ficam 20 horas relógio em sala de aula!Concorda comigo?


    Atenciosamente,

    Aparecida

    ResponderExcluir
  15. "Minas está cada vez mais rica
    [...]

    No conjunto, Minas está em terceiro lugar no ranking da geração de riquezas do país, com um PIB de R$ 282,5 bilhões, maior que o de países como o Chile ou Israel".

    [...]

    http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2011/08/28/internas_economia,247480/minas-esta-cada-vez-mais-rica.shtml

    POR ISSO É QUE TEMOS QUE LUTAR PELOS NOSSOS DIREITOS, CASO CONTRÁRIO TODA ESTA RIQUEZA PRODUZIDA POR NÓS, SE DESVIARÁ PARA OS BOLSOS, AS CONTAS, MALAS etc DE QUEM NÃO FEZ POR MERECER!
    Mas a turma do NDG merece!

    ResponderExcluir
  16. Bom dia Euler!

    Depois da publicação do acordão, o movimento esta crescendo muito. A máscara caiu, e se o governo não pagar o piso MINAS VAI PARAR....

    ResponderExcluir
  17. ILVANI - Varzelândia28 de agosto de 2011 09:38

    Euler, eu, assim como todos nós que estamos “ligados” no seu blog diariamente, fico tentando entender o momento e, se possível, prever as ações do governo, sempre no intuito de antecipar as decisões e melhorar as chances de vitória da nossa categoria. Aqui no seu blog percebemos, pelo nível dos textos, que os freqüentadores são pessoas de altíssimo nível, inteligentes e bem informados. Tenho certeza que esse exercício de tentativa de previsão de acontecimentos é feita por muitos dos que aqui freqüentam. Claro que no sindicato tem pessoas muito experientes para executar essa tarefa de previsão de ações, mas este exercício de previsão é também um modo de nos informarmos e nos mantermos unidos. Euler, nesse sentido, eu quero apresentar para você e seus leitores uma idéia que tive, sempre pensando em conquistar a vitória, que ao meu ver está próxima, se nós soubermos “jogar o jogo” com o governo. Euler, nós pagamos todos os meses ao nosso sindicato, através de desconto em folha, uma determinada quantia que o sindicato usa nas diversas ações que faz. No meu caso, o desconto é de R$ 13,20. Bem, eu não sou do sindicato, não tenho dados nenhum sobre quanto o nosso sindicato gasta ou quanto já gastou com esta greve, tampouco sei quanto ainda tem de reserva para gastar, mas tenho certeza que o governo deve estimar e especular sobre isto. Se o sindicato já estiver com pouca reserva e o governo perceber, ele pode querer arriscar prolongar esta greve por mais uma ou duas semanas. Quero propor que, mesmo sem sabermos se o sindicato precisa, que nós façamos um movimento financeiro de apoio ao sindicato, para que o governo nem pense em jogar financeiramente contra nossa categoria. Estamos todos com nossos salários cortados, mas creio que um depósito de R$ 10,00 reais de pelo menos 100.000 dos 153.000 que voltaram para a remuneração por piso, o que daria R$ 1.000.000, seria o suficiente para a Beatriz fazer alguns anúncios na mídia e para o governo perceber que não é por aí que seremos vencidos.
    Euler, eu temo que alguns possam pensar que tenho algum interesse outro que não seja o da nossa vitória. De qualquer maneira está aí a minha proposta. Não sei nem se a Beatriz aceitaria isto. Nem sei o número da conta do sindicato. Vou aguardar comentários. Se a idéia for aceita, qualquer um pode descobrir o número da conta oficial do Sindute e informar. Claro que todos iríamos confirmar antes de depositar.

    PS1 – Euler, fui nas últimas 5 assembléias aí em BH e moro a 590 Km daí. Moro em Varzelândia-MG e sabe de uma coisa: Eu ainda não cansei. O governo nem pense que estamos cansados, pelo contrário, estamos mais motivados. Estamos lutando por algo muito justo. Estamos nos mobilizando para irmos com o dobro de professores na quarta, dia 31/08/2011.
    Acho muito importante que o governo saiba que não estamos cansados, e sim motivados. Vamos mostrar isto nesta próxima assembléia.

    PS2- Aos professores que querem receber pelo piso e ainda, por qualquer motivo, não entraram na greve. Pensem bem: Se você for a BH na quarta feira, que problema pode ocorrer com você? Penso que o único risco é de você ficar muito feliz em participar de um momento histórico de luta por um direito que você sabe que tem e que está sendo tirado de você. Por favor, vá lá e faça a diferença. Todos sabem que o piso é direito, mas para a mídia e o governo temos que mostrar isto com a quantidade de pessoas reunidas, reivindicando o que queremos. Temos que cantar, gritar, levantar bandeiras, nos movimentar. Da última vez acredito que éramos lá, pelo menos 10.000 pessoas no movimento. Desta vez, se você for, podemos ter 20.000 ou até 30.000. Vocês que ainda não foram farão a diferença! Nós que sempre vamos não podemos faltar de jeito nenhum!

    Queremos o piso sem escalonamento. È nosso direito.

    Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns, colegas do NDG de Divino, fico muito feliz em ver que a sementinha que platamos aí, floresceu, formou-se uma árvore frondosa e está dando ótimos frutos!
    Um grande abraço a todos vocês!

    Educadora Mineira

    ResponderExcluir
  19. Vergonha! Vergonha! Vergonha!!!
    Na E E Presidente Dutra em Belo Horizonte, há um grupo de professores furando greve e assinando ponto sem alunos em sala de aula. Não tiveram o salário decontado???? E ao final da greve nossos filhos terão as aulas repostas por eles????
    Denunciamos à SEE e nenhuma providência foi tomada. Será que alguém do NDG poderia fazer uma visitinha por lá?

    ResponderExcluir
  20. Estamos aguardando os colegas de Alvorada, Ponte Alta, Carangola (os que ainda não tomaram posição), Espera Feliz (os que ainda não tomaram posição), Faria Lemos e Tombos. Só faltam vocês. Tenho certeza de que os integrantes do NDG da nossa região não vai se decepcionar com os demais colegas, já enfrentamos tudo nesses 82 dias, vocês começarão agora, vamos integrar, não tem problema se será por poucos dias, o que não pode é dizer como alguns colegas estão dizendo em sala: O QUE O QUE VIER É LUCRO, essa fala demoraliza o profissional que está propagando-a. Estamos aguardando o apoio de vocês, já disse em outro comentário que preocupar verdadeiramente com a formação do nosso aluno é antes de tudo preocupar com a nossa , porque se eu mesmo (a) não tenho, vou formar com qualidade quem? Então reflitamos, com essa postura estamos querendo enganar quem?

    ResponderExcluir
  21. Caro anônimo das 09:27!

    A perda para os novatos será imensa com esses e mais cortes, pois no subsídio não há benefícios. E a lei ao que parece não garante que o subsídio será extinto, garante sim o direito ao piso para os que ficaram na carreira antiga. Portanto, é de suma importância que principalmente os que pretendem fazer concurso e os que estão na lei 100 façam a greve com toda a intensidade para garantir seus direitos. E os lei 100 podem se preparar porque para ter vantagens econômicas provaavelmente o governo vai jogá-los numa situação de que terão que passar por concurso para ingressarem na carreira. Ele tentou usá-los como massa de manobra para desarticular a categoria, como não conseguiu, agora dar a eles os mesmos direitos que os efetivos configurará prejuízo. Assim penso, se estiver errado melhor.

    ResponderExcluir
  22. Ilvanir!
    Na assembléia do dia 24 foi distribuído um planfleto que fala da monção de apoio aos servidores da Eduacação de Minas Gerais, veja no foto dele no blog http://professorabernadete.blogspot.com/ e nele há o aviso de que o SindUTE abriu uma conta para receber doações que é a seguinte:
    Caixa Econõmica Federal
    agência:0086
    Operação:03
    conta: 1137-5
    Mas vale a pena conferir se realmente essa conta é do sindicato.

    ResponderExcluir
  23. Sobre o comentário da colega Gilvânia,"do movimento financeiro de apoio ao sindicato", tenho também uma sugestão mais rápida. Se os que forem a BH na próxima 4ª feira e tiverem condições ( muitos tem pais, maridos, tentando segurar essa situação) de pagar a sua própria refeição, já diminuiria para o sindicato. É mesmo preciso pensar em tudo.A luta é desigual.

    ResponderExcluir
  24. Bom dia Euler!
    Uma amiga informou-me que Gazola estava na TV assembleia e falou que irá contratar para todas as séries, vocês têm essa informação? É uma vergonha nacional isso, falta muito respeito conosco.
    Materemos firmes na luta até a vitória.

    ResponderExcluir
  25. Ai! Ai! Ai! Renatinha Hiena! Acabei de ler no jornal O Tempo, que vc mesma irá fazer os cálculos. Não prometa coisas que vc não pode cumprir. Todos nós sabemos que vc não sabe fazer contas. Vc sempre subtrai. Vou lhe dar uma dica: Convide o Euler pra tomar um chá e conversa vai, conversa vem, diga que está precisando de uma ajudinha nos cálculos. Ele é fera na matemática e tenho certeza que ele irá lhe ajudar. AH! No blog da Cris vc encontrará tb uma tabela prontinha. Então , pra que se desgastar tanto? Menina malvada, vai ficar de castigo por toda a eternidade pra aprender a fazer contas!

    ResponderExcluir
  26. Edson Coutinho - Carangola-MG28 de agosto de 2011 10:15

    Caro Euler
    O governo de Minas Gerais alega dificuldade para o pagamento do Piso Salarial em função da Lei de Responsabilidade Fiscal(LRF). Na verdade, isso não procede e, você deu como exemplo, o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. Acontece que o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais(TCE-MG) também tem decisão firmada no sentido de considerar legítima a aplicabilidade do Piso Salarial face à LRF. Tal decisão do Tribunal Pleno, que teve como relator o Conselheiro Gilberto Diniz, foi publicada no Informativo de Jurisprudência nº 31/2010 do TCE-MG.

    ResponderExcluir
  27. RECEBEREMOS DE MANEIRA INDIRETA, MAIS UMA VEZ, UMA PROPOSTA DESCOMPROMISSADA COM A EDUCAÇÃO E COM OS EDUCADORES, POR PARTE DO GOVERNO.

    NÃO VAMOS NOS ILUDIR, NÃO EXISTE VONTADE DO GOVERNO PARA CUMPRIR A LEI.

    ESPERAMOS ANSIOSO O POSICIONAMENTO DO MINISTÉRIO PÚBLICO.

    GOSTARIA DE SABER SE AS DECISÕES E ATÉ MESMO A MOROSIDADE DO MINISTÉRIO PÚBLICO, PODEM SER CONTESTADAS E, COMO FAZÊ-LAS.

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  28. VAMOS NOS PREPARAR E DESENVOLVER ESTRATÉGIAS PARA NOS DEFENDER E SUPORTARMOS NO MÍNIMO MAIS UMA SEMANA DE GREVE.

    SERÁ QUE PODEMOS SOLICITAR O CUMPRIMENTO DA LEI EM TRIBUNAIS FEDERAIS?

    SE PUDERMOS, QUE SE FAÇA IMEDIATAMENTE.

    ResponderExcluir
  29. GOSTARIA DE SABER POR QUE AINDA NÃO SAIU OUTRA LISTA COM OS NOMES DOS SERVIDORES QUE OPTARAM PELA ANTIGA CARREIRA.EULER VOCÊ TEM ALGUMA INFORMAÇÃO POR FAVOR OU MESMO ALGUM LEITOR DO BLOG PODE ME INFORMAR? AGRADEÇO QUEM TIVER NOTÍCIAS.

    ResponderExcluir
  30. Caríssimo Euler
    Gostaria de postar aqui algumas observações:
    Primeiro te parabenizar pela sua análise no post de hoje que pela enésima vez é de um brilhantismo, esclarecimento e consistência indiscutíveis.
    Gostaria também de refletir sobre alguns fatos que têm ocorrido nesta nossa maravilhosa greve e que penso que podem ser muito válidos para uma nova postura da nossa classe de educadores, a partir deste divisor de águas que será a nossa conquista deste tão almejado PISO.
    Alguns fatos e relatos que tenho ouvido e presenciado chegam às raias da comicidade, do ridículo , do burlesco à la era medieval, ou escravocrata, ou colonialista, como preferir (rsrs).
    Eis alguns:
    Um colega aqui no blog relatando que uma certa diretora chegou ao desplante de proibir os professores de acessarem o seu blog , meu caro (pasmem ! nao, gente, contem outra piada rs !Isso é de se fazer corar de rir - tem gente que ainda acredita que comunistas comem criancinhas, em papai noel...
    Um outro propõe a uns posts atrás que os educadores devem parar de fazer nas escolas festas para aniversários de diretoras, fazendo listinhas de arrecadação, estas coisas. Quero aplaudir o colega que propos isto. Chega desta subserviência e servilismo nas nossas escolas.SOMOS TODOS EDUCADORES.
    Um colega do interior estava me contando que quando foi fazer uma conscientização na sua escola que estava parcialmente em greve e evitar a contratação dos professores tampax, um grupo de colegas pelegos ( pasmem, colegas ??? ) o recebeu com ameaças como se ele fosse um inimigo. Gente , será que Freud explica as atitudes destes colegas(?) infelizes, medrosos, covardes? Este é um ambiente onde se ganha o pão juntos, ainda comentei com ele.
    Então, estas e outras resenhas penso que devem nos trazer um lado positivo a nos servirem como reflexão e tomada de atitudes depois deste divisor de águas. Ou seja, temos que cuidar para ,a partir de agora, implantarmos uma nova mentalidade nas nossas escolas ( o que já era sem tempo) de democracia verdadeira, de basta à subserviência e ao servilismo, de medo de caras feias, de temor de nâo ser bem colocado na avaliação de desempenho ( porque muitos alegam isto), até mesmo como podemos "ensinar" estes valores para os nossos educandos se nós não praticamos isto ?
    Mas a boa notícia, esperamos e acreditamos firmemente é que estamos inaugurando uma nova era a partir de agora.
    Abraços fraternos e até a festa da nossa grande VITÓRIA !

    ResponderExcluir
  31. "Claro que o NDG (Núcleo Duro da Greve) não se curvará, caso o governo faça a segunda opção. Nós já demonstramos a nossa capacidade de mobilização e de ação e vamos nos unir ainda mais e seguramente a greve tomará uma outra dimensão, podendo, aí sim, criar-se um clima acentuado de desobediência civil e de embate direto contra o governo e sua máquina. Esta luta pode se nacionalizar, tal como o piso, o que não ficaria nada bem para o governo e para o projeto de poder que ele encarna. "

    Papai Noel existe!
    Melhor trabalhar com a realidade, companheiro. Ninguém aqui é bobo para deixar-se levar por algo demagogo assim.
    Vamos manter os pés no chão.

    ResponderExcluir
  32. Cada vez mais me vicio em seus textos maravilhosos. Com eles você consegue unir a categoria e ao mesmo tempo esclarecer possíveis dúvidas quanto aos nossos direitos, nos enchendo de esperança na certeza que dias melhores virão.

    Um forte abraço.

    Que Deus o proteja sempre, pra que possa continuar nessa luta contra os demandos desse "governadorzinho de araque"

    ResponderExcluir
  33. Bom dia Euler!

    Uma notícia interessante no sitio do jornal O tempo, um dos poucos meios de comunicação imparciais.

    Professor Luciano

    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=180748,OTE&IdCanal=

    ResponderExcluir
  34. Bom dia NDG

    GREVE histórica dos Professores e Profissionais do Magistério Mineiros

    PISO é Lei Federal
    e agora com ACÓRDÃO publicado !

    NDG sugestão de pensamentos:

    “Sonha e serás livre de espírito…
    luta e serás livre na vida. ” (Che Guevara)

    "Primeiro eles te ignoram, depois riem de você,
    depois brigam, e então você vence." (Mahatma Gandhi)

    "Há homens que lutam um dia e são bons,
    há outros que lutam um ano e são melhores,
    há os que lutam muitos anos e são muito bons.
    Mas há os que lutam toda a vida
    e estes são imprescindíveis." (Bertold Brecht)

    O ser humano sonha, pensa, age ... E LUTA !
    Gleiferson Crow

    Que o azul do céu e o raiar do sol,
    traga mais energia para todos nós. Gleiferson Crow

    "Lembremo-nos de que o homem interior se renova sempre.
    A luta enriquece-o de experiência, a dor aprimora-lhe
    as emoções e o sacrifício tempera-lhe o caráter.
    O Espírito encarnado sofre constantes transformações por fora,
    a fim de acrisolar-se e engrandecer-se por dentro."
    (Chico Xavier)

    "Uma coisa lançou profundas raízes em mim:
    a convicção de que a moral é o fundamento das coisas,
    e de que a verdade é a substância de qualquer moral.
    A verdade tornou-se meu único objectivo.
    Ganhou importância a cada dia. E também a minha definição dela se foi constantemente ampliando."
    Mahatma Gandhi

    "Será que o governador não entendeu
    até agora que nós só queremos o piso,
    que é nosso direito legal?"
    Beatriz Cerqueira (Coordenadora do SindUTE)

    É GREVE, É GREVE, É GREVE !

    " Você só vai conseguir a sua liberdade se deixar o seu inimigo
    saber que você não está fazendo nada para conquistá-la.
    Esta é a única maneira de conseguir a liberdade."
    (Malcom X)

    "A causa que defendemos, não é só nossa,
    ela é igualmente a causa de todo o Brasil.
    Uma República Federal baseada em sólidos
    princípios de justiça e recíprocas conveniências
    uniria hoje todas as Províncias irmãs,
    tornando mais forte e respeitada a Nação Brasileira. "(Bento Gonçalves)

    Educação é muito mais!
    Estudantes de verdade,
    são estudantes de verdade!!!
    Ninguém quer brincar de estudar. Gleiferson Crow

    Nas grandes batalhas da vida,
    o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer.(Mahatma Gandhi)

    abraços e até breve

    Gleiferson Crow (NDG)
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Muito boa a dica do nosso combativo colega Edson Coutinho, de CARANGOLA - MG.

    De fato, o Pleno do TCE de Minas também deixou claro, pelo que transcrevo a seguir, que a Lei do Piso não entra em conflito com a LRF. E o parecer ainda chama a atenção para a possibilidade do governo (estadual ou municipal) recorrer à ajuda da União, caso necessite.

    Vejam:

    "Adequação do Plano de Carreira do Magistério Público Municipal ao Piso Salarial dos Profissionais da Educação Básica

    É legítima a adequação do plano de carreira do magistério público municipal ao piso salarial dos profissionais da educação básica, com amparo na Lei Federal 11.738/08 (lei que prevê a instituição e a atualização do piso salarial nacional para os profissionais da educação básica), impondo-se ao Poder Público, entretanto, o dever de adotar as medidas prescritas na LRF e na CR/88. Essa foi a resposta do Tribunal Pleno a consulta. O Cons. Gilberto Diniz, relator, assinalou que a adequação da remuneração dos profissionais do magistério público da educação básica ao piso salarial a que se refere a Lei 11.738/08 constitui uma exceção à vedação do parágrafo único do art. 22 da LRF, segundo o qual, uma vez atingido o percentual de 95% do limite dos gastos com pessoal, ficaria vedada a concessão de vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração a qualquer título. Explicou ser a exceção em tela fundamentada no inc. I do parágrafo único do art. 22 da LRF e, em seguida, ponderou que o Poder Público não fica dispensado de observar as demais proibições insertas nos incs. II a V do parágrafo único do art. 22 da LC 101/00, nem de adotar medidas compensatórias a fim de impedir ou sanear o desequilíbrio porventura gerado nos gastos com pessoal. Salientou ser importante, para a efetivação do piso salarial, a norma fixada no art. 4º da Lei 11.738/08, a qual determina que a União complemente a integralização do valor do piso nos casos em que o ente federativo, a partir da consideração dos recursos constitucionalmente vinculados à educação, não tenha disponibilidade orçamentária para cumprir o valor estabelecido. Por derradeiro, informou que a constitucionalidade da Lei 11.738/08 foi arguida por meio da ADI 4.167-3 e que o STF (1) deferiu parcialmente a cautelar para fixar interpretação do art. 2º da citada Lei conforme à CR/88, no sentido de que, até o julgamento final da ação, a referência do piso salarial é a remuneração; (2) deferiu a cautelar em relação ao §4º do art. 2º; e (3) deu interpretação conforme à CR/88 ao art. 3º, para estabelecer que o cálculo das obrigações relativas ao piso salarial se dará a partir de 01.01.09. Concluiu que o deferimento parcial da cautelar na ADI não inibe ou compromete a manifestação do Tribunal de Contas, pois tanto o objeto da Ação como a decisão proferida pelo STF não alcançam o objeto da presente consulta. O voto foi aprovado à unanimidade (Consulta nº 812.465, Rel. Cons. Gilberto Diniz, 25.08.10)."

    OU seja, a LRF não é desculpa para o Governo de Minas deixar de pagar o nosso tão esperado PISOzinho.

    ResponderExcluir
  36. Vamos suportar o tempo que for preciso. Alguns bravos guerreiros deixam seu sangue no chão, mas novas frentes estão se formando.

    ResponderExcluir
  37. Euler, vc se lembra do seriado do Jaspion? Assista ao 1º episodio e vc verá de onde surgiram as figurinhas Gorgonzola, Hiena e até a cidade administrativa. Imperdível!

    ResponderExcluir
  38. Colegas de luta,
    Temos que ficar bem alertas com o governo e os Deputados. Eles levarão para Assembleia projetos que após o CUMPRIMENTO DA LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL tentem diminuir os percentuais em cada mudança de nível e grau (Plano de Carreira). Todos conhecemos muito bem essa corja, só pensam em levar vantagens pessoais, pro bolso deles. Tentam tirar o máximo que conseguem dos de baixo para favorecer os de cima. Vamos ficar de olho! O governo "dá com uma mão e tira com a outra", sabemos muito bem disto. Com a conquista do PISO, que está próxima, não podemos aceitar perder nenhum centavo em cima do que já temos, quero dizer, vantagens, gratificações, percentuais na mudança de nível e grau. GREVE até o piso no contracheque sem nenhum prejuízo.

    ResponderExcluir
  39. Elton Castro (Januária)
    Governo simula formas de dar o piso


    Publicado no Jornal OTEMPO em 28/08/2011

    O governo de Minas estuda uma maneira para cumprir com o piso nacional da educação, no valor de R$1.187,97,estabelecido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) desde a quarta-feira da semana passada. Uma opção, seria o pagamento escalonado, mas Estado afirma ainda não ter nenhuma definição sobre o assunto.

    De acordo com a secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, o governo está simulando duas possibilidades de pagamento. A primeira, estima o valor que terá que ser gasto para pagar os 153 mil servidores da educação que optaram pelo modelo antigo de salário.
    A outra, seria um levantamento do que seria gasto com os 398 mil cargos, incluindo os profissionais que permaneceram no subsídio como forma de remuneração. "Eu mesma estou fazendo os cálculos. Ainda aguardamos a palavra final do STF, mas certamente não temos esse valor de imediato. Não iremos extrapolar com o orçamento do Estado", afirmou a secretária.

    A coordenadora do Sindicato Único do Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), Beatriz Cerqueira, não quis se manifestar sobre a possível proposta. "Ficamos sabendo disso pela imprensa. Isso é um desrespeito com a categoria". Os professores estão em greve desde o último dia 8 de junho. (CG)

    ResponderExcluir
  40. O NDG de Itabirito passa um recado às escolas que ainda não aderiram a greve. A luta é de todos! Saia da sala de aula e junte-se a nós.

    Se vocês ainda não entenderam, saibam que o seu patrão já menosprezou, ignorou, confiscou e faz piadinhas menosprezando e desqualificando a nossa classe em horário nobre na TV.

    Vão continuar aí vendo boi voar? Tibúrcio, Raul Soares, Henrique Michael, Intendente.

    ResponderExcluir
  41. Achei excelente o programa com a Beatriz Cerqueira na Rádio Favela. Vou virar ouvinte do programa. Ele chama-se Tribuna do Trabalhador. Tem participação do ouvinte, é bem interativo. Parabéns a Beatriz pela clareza nas ideias, ao professor Rômulo pelo nível de politização e aos companheiros da Liga pela forma como conduziram o programa.
    Valeu,
    Diego de BH

    ResponderExcluir
  42. Companheiros(as),
    Estou muito feliz porque agora podemos sentir orgulho de pertencermos À CATEGORIA! Antigamente não tínhamos a UNIÃO e a PERSEVERANÇA que temos hoje, talvez por isto deixamos de lutar e conquistar muitos dos nossos direitos! Tenho certeza que daqui pra frente, a Educação será diferente, conseguiremos lutar e alcançar todos os benefícios a que temos direito. Não vamos permitir que a Educação continue sendo usada somente nas campanhas eleitorais para ganhar as eleições. Percebe-se que o governo não têm interesse em melhorar a Educação para ter o que prometer durante as campanhas. Ele (o governo) que vá procurar outra área para explorar! Aliás, espero que o povo fique mais esperto e não acredite em falsas propagandas e promessas, em qualquer área, que são típicas de políticos corruptos. Quem quer FAZ não só FALA. Continuemos UNIDOS E FIRMES NA LUTA e EM GREVE ATÉ O PISO SALARIAL NO CONTRACHEQUE. ABRAÇOS A TODOS OS COMPANHEIROS(AS) DE CAMINHADA!!!

    ResponderExcluir
  43. DOMINGO NA CIDADE INADIMINISTRÁVEL.

    ...domingo,28/08/11, na CIDADE INADIMINISTRÁVEL*(RB), a equipe de avaliações do NANÁ que analisam as mentiras implantadas na "MÍDIA DE ALUGUER MINEIRA", está reunida.
    ...estão resolvendo se vão fazer uma pesquisa popular para avaliar os resultados da matéria paga no jornal " ESTADO DE SÍTIO", o grande jornal dos banheiros públicos.
    ...precisam enganar a opinião pública, para dar sustentação ao projeto maior(2014)...
    ...nesta hora estão chamando o MARO, presidente da associação dos pais da CIDADE INADIMINISTRÁVEL, (APCI)que já foi porteiro, depois foi promovido àá relações públicas da república dos bananas e, agora também como presidente da APCI, para dar entrevistas para toda a "MÍDIA DE ALUGUER MINEIRA".

    ...e agora como o NDG do BLOG DO EULER, irá reagir à 'MÍDIA DE ALUGUER MINEIRA"...
    ...o NDG precisa de ter mais ações contra este complexo sistema da "MÍDIA DE ALUGUER MINEIRA",
    vamos aguardar.
    ...enquanto isso...
    ...o MARO, está rindo à toa, também recebendo tanto dinheiro...
    ...haja supositórios ROLHEX GG nas farmácias, hein MARO?
    ...uma sugestão para o NDG, mande umas caixas de supositórios, ROLHEX GG, pro MARO e também
    pro NANÁ, eles adoram estes supositórios ROLHEX GG.
    *(RB = república dos bananas)

    ResponderExcluir
  44. Bom dia comandante Euler e companheiros do NDG!

    O chá da horta da educação mineira. Estamos firmes na luta e não sairemos dela sem a vitória. Não aceitaremos mais nenhuma desculpa "bilolada" da renatinha. Já tiveram tempo de sobra para se adequarem à lei. Pague o piso ou greve até a copa de 2014.

    Campanha
    Levem pelo menos mais um à assembléia do dia 31. Serão + de vinte mil.

    ResponderExcluir
  45. Bom dia companheiros de luta!!

    Anônimo das 9:27,

    Gostaria de expor minha opinião com relação as suas dúvidas.

    O incentivo a docência é o pó de giz(ele está previsto no nosso plano de carreira- só se mudarem o plano). Acho que temos q/ficar atentos, mas sinceramente acho pouco provável.

    Mas como digo, temos que ficar atentos. A VTI, esta sim, deve ser abolida, pois ela entrou para complementar o vencimento básico, como teremos o piso, não faz sentido sentido ela existir e o governo não vai dar nada de graça.

    Agora, temos sim, que ficarmos de olhos bem abertos, para ele não extinguir com as gratificações(biênios,quinquênios). Os já conquistados não tem como ele nos tirá, mas os próximos...fiquemos atentos para o que ele apresentar.

    Na verdade, não devemos nem podemos aceitar nenhuma alteração em nossa carreira, apenas a aplicação do piso.

    Um abraço a todos e fiquemos em constante vigilância para não puxarem o nosso tapete, agora que estamos quase lá!!!

    ResponderExcluir
  46. Onde está o Ministério Público Estadual para fiscalizar e exigir, imediatamente, o CUMPRIMENTO DA LEI FEDERAL?

    Será que teremos que ACIONAR A JUSTIÇA para eles também?

    QUE ESTADO É ESSE!!!

    NÃO TÊM LEIS! NÃO RESPEITA AS LEIS! CRIA-SE AS LEIS PRÓPRIAS! TUDO PODE! NINGUÉM FISCALIZA!

    SÓ ACONTECE NO BRASIL! PARA UM GOVERNO CUMPRIR AS LEIS, AS PESSOAS TÊM QUE LUTAR E FAZER GREVE!

    SOCORRO!!! ME TIREM DAQUI!!!

    ResponderExcluir
  47. VAMOS SEGUIR FIRMES.

    SE FOR NECESSÁRIO, A GREVE CONTINUA.

    ATÉ A VITÓRIA.

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  48. Euler
    No jornal impresso "O Tempo",Pág.7, foi publicado uma página inteira um comunicado do governo, tentando mais uma vez enganar e confundir a sociedade citando as providências que foram tomadas para reduzir os prejuízos causados aos alunos e pais, pela paralisação parcial de algumas escolas, entre elas, contratação de professores substitutos para os alunos do 3º ano, programa de aulas à distância com conteúdos das disciplinas para o 3º ano e envio de projeto de lei à Assembleia Legislativa com um conjunto de significativas medidas de aperfeiçoamento para os servidores que aderiram ao subsídio. E para terminar fala também da publicação do Acórdão que mesmo constitucional, jamais tomará medidas que implique ultrapassar a LRF, além de lamentar a intransigência do SindUTE, que decidiu manter a greve parcial mais uma vez, numa clara demonstração de o movimento tem objetivos que fogem à mesa de negociações, reiterando que continua aberto para negociar com o Sindicato medidas que ponham fim à paralisação.
    Analisando: Que cara de pau, pagando propaganda enganosa, com o nosso dinheiro para essa mídia de aluguel. Não tem negociação, é só pagar o piso e pronto. Senão é GREVE....é GREVE...é GREVE...é GREVE...

    ResponderExcluir
  49. Esses políticos são mesmo engraçados! Quando é pra votar no aumento de salários de Deputados, Senadores, Juízes e companhia, votam imediatamente valores exorbitante sem preocupar se preocupar com LRF ou quaisquer outros prejuizos que poderão causar aos cofres públicos. Quando é pra PAGAR um mísero PISO SALARIAL AOS EDUCADORES, ficam enrolando, inventando e cavando mil e uma desculpas... Este é o Brasil que temos!!! GREVE, GREVE E GREVE, ATÉ QUE SE CUMPRA A LEI FEDERAL!

    ResponderExcluir
  50. Euler,

    Leia a matéria que o jornal TRIBUNA DE MINAS, aqui de JF, fez sobre a nossa luta. Ela é muito interessante e deixa claro aquilo que o governo quer negar: nossa luta é justa e, por isso, nosso movimento está crescendo.

    http://www.tribunademinas.com.br/politica/professor-luta-ha-mais-de-20-anos-por-piso-salarial-1.823387

    Até a vitória,
    Educadora em Luta

    ResponderExcluir
  51. Tentei mandar por email, não consegui, pois ultrapassou 300 caracteres. (Leia, pois talvez, resolverá não publicar nos comentários)Também isto tá mais pra testamento rsrsrs...
    Euller,
    Não nos esqueçamos da truculência deste desgoverno.
    Ele ainda não se curvou a nós (ou ao piso).
    N o dia 30/08 com certeza estaremos novamente chocados com sua astúcia maligna.
    Portanto na próxima assembléia já temos que ter organizado outro ato para atrair a mídia e toda a sociedade.
    Penso que caso a greve continue (e acho que vai continuar) temos que ir direto para a porta do MP com MORDAÇAS (de preferência preta, para não acharem que estamos de máscaras.De TNT fica baratinho).
    Uma faixa com letras garrafais: ANASTASIA CALA A BOCA DA JUSTIÇA DE MINAS!!!
    Ficaremos com as mordaças, tiraremos ao toque dos tambores e gritaremos: JUSTIÇA!JUSTIÇA!(O nº de vezes que combinarmos) colocaremos de novo as mordaças e assim sucessivamente.
    Sugiro que a passeata seja para o cumprimento das leis em Minas Gerais. Temos que incomodar este povo.
    Outra idéia é também atacar o PSDB.
    PARTIDO
    SILENCIADOR DA JUSTIÇA
    BRASILEIRA!

    PARTIDO
    SEM
    DIÁLOGO,SÓ DIZ
    BESTEIRA
    Outra idéia é fazer o boneco em tamanho real do Anastasia com armas, escopetas (de fabricação nossa, é claro) empunhadas para todos os lados em cima do caminhão de som. Ao ouvir o som dos tiros, bem altos para parar BH, (DJ não falta) deitaremos todos no asfalto, levantaremos novamente ao som de “BRAVA GENTE, BRASILEIRA” e faremos isto em vários momentos da passeata. Se isto não colar para todo o grupo, pois tem pessoas mais idosas, poderíamos formar a comissão de frente do caminhão assim. Na frente a faixa:” ANASTASIA ASSASSINA A EDUCACÃO EM MG “Ah, acho melhor este boneco ir embaixo mesmo, ele não pode subir no nosso palanque, não!
    Bom, parabenizo a sua capacidade em já prever nossas futuras lutas. Concordo!
    Parece até que tu tens bola de cristal, ô gente!!
    Fica aí minha sugestão. Se achar que vale a pena, faça chegar ao conhecimento dos NDGs e de cada subsede. Se a idéia for pra frente me comunique, pois posso ajudar daqui ou indo aí em BH. A minha subsede está ocupadíssima também com a greve no município. Se a idéia não for acatada, não tem problema...
    Mandei por email, porque elemento surpresa de passeata não pode ser exposto, concorda? Abraços...
    adrianappalves@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  52. Olá turma de combate, membros do NDG,

    O jornaleco Estado de Minas, na sua edição deste domingo, além da matéria paga pelo governo com suas considerações ridículas, ainda fez uma reportagem tentando caracterizar o nosso movimento como sendo massa de manobra eleitoreira do PT.

    A nossa greve é pelo cumprimento de uma lei federal e estivesse o PT ou qualquer outro partido no governo ela estaria acontecendo.

    O fato de haver membros da direção do sindicato ligados a um partido político não quer dizer que este partido controle a nossa greve e a nossa categoria. Eu pelo menos não sou ligado a nenhum partido político, embora a CF assegure a qualquer cidadão este direito.

    Quem decide iniciar, manter e terminar a nossa greve é a assembleia da categoria.

    Acho que o sindicato tem a obrigação moral de pedir direito de resposta a este jornaleco, pois está passando da hora de Minas se levantar contra essa imprensa canalha, que manipula e ilude os mineiros em nome da liberdade de imprensa e de expressão.

    Se o governo não pagar o piso, a greve continua e nós não vamos aceitar qualquer tentativa de criminalização judicial ou pela mídia.

    Se o governo não tem dinheiro para pagar, peça ajuda ao governo federal. Se ele está enroscado nas suas contas, que se proceda a uma intervenção federal, mas sem o nosso piso, nada feito.

    ResponderExcluir
  53. Professoras(es),

    Vamos acessar o BLOG DO LULA / AMIGOS DO PRESIDENTE e, deixar muitas mensagens pedindo que nos auxilie e nos mostre um caminho para que a lei do PISO SALARIAL NACIONAL DO EDUCADORES, sancionada por ele, seja cumprida aqui em Minas.

    ResponderExcluir
  54. Anônimo das 11:37,

    Ótima esta sua ideia:

    - VAMOS ACIONAR A JUSTIÇA PARA O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL.

    ResponderExcluir
  55. ...autores dos quadrinhos 'CIDADE INADIMINISTRÁVEL *(RB)", estão pensando em repassá-los para algum quadro de humor, de alguma mídia.
    vocês sabem de alguém interessado?

    ESTÁ É UMA FORMA DE FALARMOS "TUDO" QUE QUISERMOS DELES.

    ResponderExcluir
  56. BLOG DO LULA
    AMIGOS DO PRESIDENTE
    LIVRO DE VISITAS

    VAMOS MANDAR MUITAS MENSAGENS.

    ResponderExcluir
  57. Pessoal, boa tarde!
    Enquanto algumas escolas aderem ao movimento neste momento crucial, momento em que devemos nos unir mais e fortalecer a luta justa, fiquei sabendo que na EE Maria Josefina Sales Wardi, no bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, alguns professores vão retornar ao trabalho amanhã, dia 29/08. A atitude destes professores é uma demonstração indiscutível de COVARDIA!
    Pessoal do NDG, vocês poderiam fazer uma visita a esta escola?

    ResponderExcluir
  58. Caro companheiros de Luta,
    Quero usar deste espaço para dizer a Secretária(Serviçal do desgorveno anastAZIA) que seria bom ela entrar na escola e assistí às dos bravos professores mineiros para ver se ela aprende um pouco de matemática séria e não vá fazer essas contas safadas que vem fazendo, e tentando engalobar a sociedade mineira. Olha sra. serviçal: Nós, professores mineiros não vamos deixar!!!
    Como que a sra. serviçal tem dinheiro para pagar de 57% a 85% no subsídio(suicídio) e não tem 3,44% para pagar o piso? Chega de PIADAS, não é sra. Serviçal. Pague o piso e irá te sobrar dinheiro para investir mais em educação. Chega de palhaçada...
    GRANDE ABRAÇO COMPANHEIROS. ATÉ A VITÓRIA NO CONTRACHEQUE

    ResponderExcluir
  59. GENTE, PELO AMOR DE DEUS , O PISO JA ESTÁ CONQUISTADO. renata vilhena JA DEU O BRACO A TORCER NAO TEM COMO ELES CORRER.
    AGORA, A DISCUSSAO DEVE SER EM CIMA DE 2 PONTOS:
    1) pAGTO ESCALONADO;
    2) CORTE DAS VANTAGENS.

    PAREM DE FALAR DE CONQUISTA DE PISO, O GOVERNO JAMAIS PODERA DE CUMPRIR UMA LEI FEDERAL. CAIAMOS NA REAL. A LUTA AGORA É ESSA

    ResponderExcluir
  60. Aos companheiros de luta de Pará de Minas: Nossa vitória está próxima.
    Aos companheiros que voltaram às salas em Pará de Minas: que feio!!!!!!!!! Vão nos deixar lutar sozinhos por vocês???

    ResponderExcluir
  61. ...enquanto isso...
    ...do otro lado da CIDADE INADIMINISTRÁVEL *(RB), o NDG está pensando se vai mandar chamar a polícia pro Minstero Púbro.
    ...se isso acontecer vai ser uma vergonha danada...
    ...aí será um caso de hipertensão fuderal?
    vamos aguardar...

    ...aí pessoal do NDG, muito cuidado com a renatinha barata tonta, ela está muito caladinha hoje.

    ResponderExcluir
  62. Colegas,

    Concordo com a colega Adriana, na próxima assembleia devemos ir em passeata até o Ministério Público cobrar uma atitude.

    Luciano Português

    ResponderExcluir
  63. .......a coordenadora regional do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Geais (Sind-UTE/MG), Victória de Fátima Mello. "Estamos na reta final da greve, mas temos que engrossá-la neste momento. Quem não teve nenhum desconto no seu salário até agora, está na hora de ter. Quem não fez nenhum sacrifício pela categoria até agora, está na hora de fazer. Isso traz para a pauta da sociedade a discussão sobre qual é o valor da educação pública."

    ResponderExcluir
  64. Caro Euler,
    Os professores de Espinosa esao atentos a todo tipo de manobra deste desgorveno e suas serviçais: a renata vilhena e a gazolla(escrito em minúscula porque é isto que elas são) minúsculas. Estamos na caça aos professores substitutos(prostitutos)que prostituem sua propria carreira. A EE Professora Joana Porto estará totalmente em greve a partir desta segunda feira.
    Abraços
    Até a próxima assembléia.

    ResponderExcluir
  65. De acordo com balanço da Secretaria de Estado de Educação, entre as 3.779 escolas estaduais existentes, o número de unidades completamente paradas subiu de 56 para 68, enquanto a quantidade de instituições de ensino parcialmente paradas saltou de 690 para 728.
    Fonte:http://www.tribunademinas.com.br/politica/professor-luta-ha-mais-de-20-anos-por-piso-salarial-1.823387

    ResponderExcluir
  66. Caro Euler, isso mesmo que se deve focar. Nesse possivel escalonamento do pagto. Ou na perda das vantagens.
    Agora, parem de falem em nao cumprir o piso.
    Sejamos muito sincero: nao sou especialista em direito, mas pode ter alguem ai q pode me corrigir se estiver errado.
    Enquanto nao fica "transito julgado" ninguem tem obrigacao de pagar, embora o retroativo vai ter que pagar. logico q o bom senso diz que antes mesmo do acordao o governo deveria pagar o piso, MAS OBRIGACAO JURIDICA NAO TINHA.
    Agora nao tem pra onde correr. O pagto do piso aos 153 mil sao favas contadas. Agora , vamos falar nesse PAGAMENTO "DESCARONADO", e na possivel perda de vantagens.
    Outra coisa:
    ano passado com 26 dias de greve , a mesma foi decretada ilegal. passamos 21 dias na ilegalidade (por isso aceitamos akela proposta indecorosa de subsisdio - foi uma saida honrosa, pois o Sindute tava pagando multa diaria). Esse ano a greve esta com mais de 80 dias e nada de ilegalidade. Estamos com razao. Nao tem pra onde correr

    ResponderExcluir
  67. Pessoal, boa tarde!
    Enquanto algumas escolas aderem ao movimento neste momento crucial, momento em que devemos nos unir mais e fortalecer a luta justa, fiquei sabendo que na EE Maria Josefina Sales Wardi, no bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, alguns professores vão retornar ao trabalho amanhã, dia 29/08. A atitude destes professores é uma demonstração indiscutível de COVARDIA!
    Pessoal do NDG, vocês poderiam fazer uma visita a esta escola?

    ResponderExcluir
  68. Anônimo das 12:49
    Isso segundo a SEE, né? Pode triplicar, quadruplicar esse número,pois são mestres em enganar!

    ResponderExcluir
  69. 28 AGO Juiz de Fora


    Política

    28 de Agosto de 2011 - 07:00
    Professor luta há mais de 20 anos por piso salarial. Calor das ruas nos últimos dias carrega esperança da categoria por fazer cumprir princípio constitucional de 88

    Por Táscia Souza

    Docentes votam pela manutenção da greve no estado
    Sempre esteve na Constituição Federal a "valorização dos profissionais do ensino, garantido, na forma da lei, plano de carreira para o magistério público, com piso salarial profissional", ainda que o inciso V do artigo 206 tenha tido sua redação modificada por emendas subsequentes. De qualquer forma estava lá, na Carta Magna de 1988, a mesma garantia que os professores da rede estadual de ensino em greve há 82 dias

    Disponível em : http://www.tribunademinas.com.br/politica/professor-luta-ha-mais-de-20-anos-por-piso-salarial-1.823387. Acessado em 28 de agosto de 2011.

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  70. Amigo Euler:
    Sou professora e faço parte do NDG de Divino com muito orgulho..Nossa luta nos aproximou e desvendou um caráter admirável em nosso meio.
    Mais uma vez a equipe do desgovernador Anastasia tenta por meio da mídia Jornal Estado de Minas 28/08 desmoralizar o movimento dos professores alegando tratar-se de um movimento partidário(PT).É uma pena ver um jornal que antes era referência nacional,sucumbir por causa de seus atuais diretores,cumprir os mandos e desmandos desde a época de Aécio.Será que
    essa equipe ainda não percebeu que o povo mineiro é racional e inteligente o suficiente para julgar o certo e o errado nessa história triste de não cumprimento de um direito legítimo do professorado mineiro?Ou pior ainda: eles(desgovernador e equipe) sabem da sagacidade dos mineiros mas a ignoram ao bel prazer deles como fizeram os grandes loucos da humanidade.Do alto da insanidade Adolf Rithler,Nero e tantos mais ignoraram e aniquilaram povos . Uma vez que Anastasia se julga acima da lei, do bem e do mal,acredito na segunda hipótese. Só lamento.

    ResponderExcluir
  71. Caros colegas:

    O piso ja ta ganho,,,agora temos que focar no seu pagamento integral e imediato.Só com a união alcançaremos de imediato nosso objetivo`.É preciso que todos se moblizem,,vamos lotar a próxima assembléia e sairmos de lá só depois da vitória.

    ResponderExcluir
  72. Educadora MINEIRA,
    vc tem como postar a materia toda? So pode ler direto no site quem é assinante. Se puderm posta a materia completa.

    ResponderExcluir
  73. João Paulo Ferreira de Assis28 de agosto de 2011 13:30

    Prezado sr. Roberto Nogueira

    Isto que está a causar tanto espanto ao senhor, infelizmente é verdade. Não duvido que tenha inclusive diretores acessando o blog para anotar o nome de quem está comentando para futuras perseguições, ou para entregar listas na SRE.
    Só vou lhe contar um caso. Dia 11 de agosto os professores de uma escola reuniram-se para aderir à greve. Só que encontraram o recinto cheio de secretárias e de auxiliares de serviços gerais. O diretor e uma das vice-diretoras estava presentes. Também estavam representantes do SINDUTE, subsede Barbacena. Primeiro pediu-se que as pessoas decidissem se queriam votação aberta ou secreta. 21 pessoas (inclusive este que vos escreve) escolheram votação aberta. Mas 26 escolheram votação secreta. Pois bem, era para ter aparecido 47 votos. No entanto apareceram 60... E a greve foi derrotada por 32 a 28. O pessoal do Sindicato nos disse que independente do resultado nós tínhamos o direito de nos declararmos em greve. Aí uma colega nossa solicitou que todos que não eram professores saíssem de sala. E fizemos uma votação só entre os professores. 23 votos a favor e 08 contrários, mas é importante salientar que estes que votaram contra RESPEITARAM A VONTADE DA MAIORIA E SOMARAM CONOSCO. Comunicamos ao diretor imediatamente a nossa resolução que seria válida a partir do dia 15 de agosto, visto que no dia 12, daríamos uma satisfação aos alunos.
    Pois bem, acredite se quiser. Na hora do recreio veio a represália. O tradicional café dos professores não foi servido, porque as auxiliares se consideraram ofendidas pela nossa colega. Os professores então mandaram buscar o lanche numa padaria. As serviçais da escola estão quase todas com uma tromba danada para nós.
    No dia 25 de agosto, reunião do comando de greve, havia professores-tampax ESCUTANDO ATRÁS DA PORTA. Ao serem surpreendidos, FUGIRAM.
    Infelizmente não é piada.

    Saudações e ATÉ A VITÓRIA!!!!
    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  74. Caríssimo Euler
    Na reta final da conquista do PISO, acho necessário algumas observações:
    Temos que continuar alertas, vigilantes, atentos, firmes nesta reta final, pois estamos lidando com uma trupe terrível que atualmente habita a "casa de marfim" , a cidade administrativa, que se consideram acima do bem e do mal e acima das leis e do bom senso e da justiça social, uma gente que parece que faz um governo do faz de conta.

    Vamos suplicar mais uma vez a intercessão das 13 almas benditas para darem uma sacudida naquele pessoal que se dizem governantes para acordarem para a realidade.
    Uma gente que já conhecemos há bom tempo, que utilizam, dentre outros métodos: a mentira deslavada e descarada, a manipulação de dados e números, a rasteira chamada subsídio, a falta de compromisso social, o descaso com os (nós) educadores e o povo , o cinismo, a enorme (gravíssima ) insensibilidade social,etc , etc.
    Mais uma que saiu no jornal O Tempo desta tecnocrata insensível Renata Vilhena afirmando que ela mesma que vai fazer as contas(?!). Precisamos ficar alertas. Desta gente pirracenta e arrogante pode-se esperar tudo.
    Mas com a nossa força , conscientização e garra venceremos! Não é possível que a munição de maldades desta gente não tenha acabado.
    Minas clama por justiça, já!
    Abraços fraternos.

    ResponderExcluir
  75. VAMOS NOS PREPARAR.

    O GOVERNO VAI BATER FORTE.

    PRECISAMOS ABSORVER ESTA PANCADA ANUNCIADA.

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  76. Companheiros:

    Se você tá em dúvida se ja voltou ou não para o sistema anterior.Basta entrar no portal do servidor com sua senha e verificar sua situação em dados do servidor.

    ResponderExcluir
  77. Vamos atacacar o MP agora, visto que que esta "sucursal do governo" se acovarda e se mantém em silêncio diante dos disparates deste desgoverno safado e medíocre. Eles são políticos e só conseguem fazer as coisas na velocidade do jegue,a não ser quando o interesse passa de jato na porta deles, aí as decisões são à velocidade da luz.
    Ruy Aguiar

    ResponderExcluir
  78. Caríssimo Euler
    Permita-me considerações sobre a matéria paga do governo nos jornais de hoje em nosso estado.
    Não é novidade que este jornaleco insidioso chamado "o grande(?) jornal dos mineiros" venha com ataques grotescos a nós educadores e à nossa causa.Pelo que eu saiba já é o segundo editorial que ele solta neste sentido, além de matérias distorcidas e parciais sobre a nossa greve. Este mesmo jornal que ficou a serviço, colado no antecessor deste desgovernador. Todo dia tinha uma foto daquela figura neste jornal e reportagens bajuladoras.
    Outro fato que merece destaque , a meu ver, é a repetição da tese do "jornalista" picareta da rádio itatiaia que sugeriu que somos massa de manobra do deputado Rogério Correia. Quanta imbecilidade. Então este jornaleco provinciano e que escreve "informações de curral" continua achando válido sustentar esta infeliz tese. Será que eles acham que estão lidando com descerebrados? Que a opinião pública mineira vai cair mais uma vez nesta? Nos poupem, senhores.
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  79. Aí pessoal, saiu uma reportagem no "OTempo" que a renata hiena está, ela própria, se encarregando de fazer os cálculos para "dar" o piso para os professores.
    Sinceramente estou muito preocupado com este fato e já explico o porque:
    I) No "xoque" de má-gestão de faraó e satania, ela só ajudou a ferrar nosso salário;
    II) Ajudou satanasia, vulgo naná, a parir o "suicídio I" e o "suicídio II";
    III) Afirmou categoricamente que o suicídio, vindo de suas entranhas e de naná, pagava até 85% a mais que o piso.
    Diante de provas tão contundentes, só se pode chegar a uma conclusão: além de mentirosa e cínica, renata hiena também é analfabeta em cálculos.
    PISO NELES, PESSOAL!!!!!!
    LUIZ.

    ResponderExcluir
  80. Beatriz Amigo Poncio28 de agosto de 2011 13:55

    Amigo Euler, boa tarde!! Parabéns a você pelo blog, até agora 574080 visitantes e principalmente pela excelente articulação com as palavras.Olha, estava aqui pensando e visualizando que um novo partido político acaba de ser fecundado: que tal PTNDG - Partido do Trabalhador do Nucleo Duro da Greve.Sabe-se que"O partido político é uma associação de pessoas que tem a mesma concepção de vida" e isso é o que estamos vivenciando no momento.Temos tudo, isto é,temos um candidato e temos também um grande número de eleitores e então o que acha??pense nisso.No mais meu querido, Um grande ABRAÇO E QUE DEUS CONTINUE NOS FORTALECENDO, NOS UNINDO E NOS LIVRANDO DE TODO O MAL.Até quarta firmes e mais fortes!!!

    ResponderExcluir
  81. Euler,boa tarde.
    Adoro ler seus textos, são divinos.
    Li acima sobre arrecadação de $ para comemorar aniversário de diretores, supervisoras, etc.
    Eu vivia revoltada, enquanto professora ativa, pois professores nunca eram lembrados em seus aniversários, sendo que na escola tinha até bloquinho com datas de aniversário e os telefones de todos os servodores.
    A diretora nem se quer nos dava um abraço.
    Elas são tão importantes quanto os professores, cada um na sua função,é claro.
    Tem que ser proibidas estas listinhas nas escolas.
    Um abraço e esta greve está demaiiiiiiiiiiiiiisssss

    ResponderExcluir
  82. Euler, concordo plenamente com a Adriana. Eu, inclusive, já havia falado da necessidade de incomodar o MP mineiro. Ao final da assembleia de 31/08 que nossa passeata se dirija à sede do MP e, após a manifestação, continuemos acampados por lá até que o MP se pronuncie a respeito do descumprimento da lei do piso nacional dos educadores em Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  83. SEMPRE ACHEI QUE ESTE GOVERNO GOSTA DE ENROLAR A GREVE PARA FAZER CAIXA PARA NOS PAGAR O DÉCIMO QUARTO E O DÉCIMO TERCEIRO!!NADA ME TIRA DA CABEÇA QUE ISSO É BEM RELEVANTE PARA QUE ELE ENROLE!TENHO PLENA CERTEZA POIS ELES MESMO DISSERAM QUE A CONTRATAÇÃO DOS PROFESSORES TAMPAX SERIA PAGA COM OS CORTES DOS NOSSOS SALÁRIO!!FICA AÍ UM DESABAFO!!

    ResponderExcluir
  84. ALÔ PT,
    ALÔ PESSOAL DO PT,

    O JORNAL "ESTADO DE MINAS", DISCRIMINA CLARAMENTE O PT.

    SÓ É RESPEITADO E TEM VALOR, O PESSOAL DO PSDB.

    ResponderExcluir
  85. Euler e demais companheiros(as),
    Sinto-me profundamente ofendida com a publicação feita no jornal Estado de Minas. Eu também não sou filiada a nenhum partido político e mesmo que fosse, seja quem for e do partido que for se neste momento estivesse no governo cometendo todas as injustiças e atrocidades que o governo atual está cometendo, eu estaria reprovando e reivindicando os nossos direitos do mesmo jeito. Não sou como determinadas "pessoas" que são fanáticas com partidos e suas siglas. Voto em pessoas comprometidas com a maioria da população e que colocam como prioridade de governo, melhoria nas áreas sociais, dentre elas a Saúde, a Educação, a Segurança e a Moradia. Não me identifico com a Filosofia daqueles políticos que para ganhar as eleições, usam do discurso político carregado de MENTIRAS E ILUSÕES e sim dos que FAZEM antes mesmo de prometer. Portanto, independente do partido a que pertença, se for político corrupto, temos que extirpá-lo do "poder". Pessoas assim não servem para representar uma Nação, um Estado ou um Município. Não aceito ser chamada de "massa de manobra" e nem de "massa eleitoreira do PT", pois somos seres pensantes, que sabemos muito bem fazer análises, criticar e mudar, quando a situação assim nos exigir. Esse governo não sabe A FORÇA E O PODER QUE TEMOS! TODOS DA CATEGORIA PRECISAM ADERIR AO NOSSO MOVIMENTO! TEMOS QUE MOSTRAR A ESTE ANASTASIA, QUE ATÉ OS QUE VOTARAM NELE E/OU SÃO FILIADOS AO PSDB, ESTÃO INDIGNADOS COM SUAS ATITUDES E ESTÃO DISPOSTOS A TIRÁ-LO DO PODER! GREVE, GREVE, GREVE ATÉ O PISO SALARIAL NO CONTRACHEQUE! UM ABRAÇO A TODOS E DIA 31/08 BH VAI LOTAR, 31 MIL MANIFESTANTES, NO MÍNIMO! CADA UM DEVERÁ CONVIDAR PELO MENOS 3 PESSOAS!!! FORÇA E FIRMES NA LUTA!!!

    ResponderExcluir
  86. VAMOS SER FORTES E ABSORVER A PANCADA QUE VEM POR AÍ.

    UNIÃO E GREVE NELES.

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    AS VANTAGENS ADQUIRIDAS SÃO INTOCÁVEIS.

    NÃO NEGOCIEM NADA, NADA COM ELES.

    NÃO CEDAM UM MILÍMETRO SEQUER.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  87. Deveríamos fazer uma campanha em forma de PROTESTO para que TODOS os EDUCADORES, FAMILIARES E AMIGOS parem de assinar e comprar o jornal "Estado de Minas". Deixem que apenas o governo e sua corja, mantenha o jornaleco. Vamos ver no que dá? O que acontecerá com o jornaleco!? Afinal, não são poucos os Educadores, Familiares, Amigos e Conhecidos que assinam, compram e leem esta p... Abraços aos colegas e Força na LUTA ATÉ O PISO NO CONTRACHEQUE!!!

    ResponderExcluir
  88. Professor Euler,

    CUIDADO, pode ter gato no blog.(14:06) e outros.

    ResponderExcluir
  89. Por que será que em alguns jornais "o governo mineiro estuda forma de PAGAR O PISO SALARIAL inclusive para os 398 mil cargos da educação" e em outros nem toca na palavra PISO SALARIAL só fala na mesma ladainha de sempre, melhorias e investimentos no subsídio. Isto é para confundir-nos e denegrir a nossa imagem perante a sociedade? Onde está o Ministério Público Estadual para fiscalizar e cobrar imediatamente do governo o CUMPRIMENTO DA LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL? Esta palhaçada precisa acabar logo! Estas não são atitudes apropriadas para um governo! Ele está sendo um péssimo exemplo e influência para o povo menos esclarecido e que não teve oportunidades... GREVE ATÉ O PISO SALARIAL NO CONTRACHEQUE!

    ResponderExcluir
  90. Euler, estou entendendo direito ou vocês acham que devemos aceitar a proporcionalidade no piso, se isso for aceito estaremos rasgando a lei que não propõe em nenhum momento proporcinalidade. A lei é clara, a jornada de trabalho de no máximo 40 horas, ou seja se a jornada de trabalho oferecida for menor que 40 horas, é sobre ela que se deve aplicar o piso. e não uma proporção de 720 reais, esse lixo eu repudio. ou somos valorizados mesmo ou essa luta terá sido em vão!!!!

    ResponderExcluir
  91. Anônimo das 14:45

    ELES NÃO PRECISAM DA VENDA DO JORNAIS, SOMENTE AS VERBAS PUBLICITÁRIAS. BASTA.

    ESTAMOS VIVENDO UM DOS PIORES MOMENTOS DA HISTÓRIA.

    "A DITADURA BRANCA".

    ResponderExcluir
  92. NAS HORAS MAIS DIFÍCEIS DA BATALHAS...

    DETERMINAÇÃO!

    "Até que esteja determinado, vai existir hesitação, vai existir a chance de voltar atrás, vai existir a ineficácia. Com respeito a todas as ações de iniciativa (e criação) existe uma verdade elementar, e ignorá-la mata incontáveis idéias e planos esplêndidos: no momento que uma pessoa se compromete definitivamente, então a Providência também se move. Todo tipo de coisas ocorrem para ajudar; coisas que jamais ocorreriam se não houvesse a determinação. Toda uma corrente de situações resultam da decisão, surgindo a favor da pessoa uma série de acontecimentos, de encontros e de material para assisti-lo, que nenhum homem seria capaz de imaginar. Aprendi a ter um profundo respeito por um dos versos de Goethe: Tudo que puder fazer, ou sonhar que pode fazer, faça. A ousadia tem gênio, poder e mágica inerentes." W.H. Murray da Expedição Escosesa ao Himalaia.

    ResponderExcluir
  93. http://historiaspraboiacordar.wordpress.com/2011/08/26/a-radicalidade-do-jornal-estado-de-minas-e-do-governo-anastasia-x-a-serenidade-daqueles-que-tem-a-lei-ao-seu-lado/


    Do blog Histórias pra boi acordar.

    ResponderExcluir
  94. Como havia postado ontem, a pressão ao Ministério Público deve ser feita JÁ. Passeata em direção ao MP. Vamos fazer uma fila na porta do ÓRGÃO para o registro de denúncia. Vamos incomadar. Saimos de lá só quando houver um pronunciamento decente.

    ResponderExcluir
  95. Pessoal,
    O projeto do governo sobre o "novo subsídio" vai ser votado na Assembleia. Temos que ter acesso a lista com o nome de cada Deputado que votou a FAVOR do governo E CONTRA NÓS. Espero que antes de votar eles façam uma análise e reflexões acerca das consequências que tal atitude poderá acarretar para eles no futuro próximo. Afinal, eleição não se ganha mais com MENTIRAS! Além do mais, nós PROFESSORES/EDUCADORES trabalharemos CONTRA TODOS os que votarem a FAVOR DO GOVERNO. Não se esqueçam que PROFESSOR/EDUCADOR é formador de opinião e têm o dever e o poder de transformação!!! GREVE ATÉ O PISO SALARIAL NO CONTRACHEQUE. UM FORTE ABRAÇO E FORÇA NA LUTA!!!

    ResponderExcluir
  96. UMA IDÉIA PARA O MOVIMENTO,FAZER UMA PARADA GAY COM OS NOSSOS PROFISSIONAIS(QUE COM TODO RESPEITO SÃO ENCANTADORES ) COM O SEGUINTE FRASE: O MOVIMENTO GAY APOIA O PISO. PAGUE O PISO JÁ. QUEM SABE ASSIM O GOVERNO CAI NA REAL E PAGA LOGO ESSE PISO.ADOROOOOOOOOOO.....GOSTOU??????????.........

    ResponderExcluir
  97. Boa tarde companheiros de batalha,

    Nossa luta pelo PISO não tem vínculo com partidarismo, não estamos lutando por uma lei simplesmente pelo fato dela ter sido sancionada pelo presidente Lula, tampouco estamos em Greve porque somos do PT, eu pelo menos não sou filiada a partidos políticos. Porém, algo garanto: eu e minha família não votamos em "Azia e má gestão" porque o partido do PSDB tem prometido há anos "melhorias na Educação" e só explora e escraviza todos os segmentos da Educação Pública de Minas utilizando meios horríveis e por que não mencionar "meios adotados na ditadura..." Hoje, além da minha família não suportar a atual gestão, nós "eu e minha família" mostramos o que a gestão atual tem feito com a Educação Pública do nosso EStado e ainda gasta o dinheiro público para veicular mentiras na mídia. Quanto mais vocês agirem assim "Anastasia e equipe", gastando o dinheiro público com mentiras.... mais adeptos ao movimento ANTI PSDB surgirão!

    Abraços aos companheiros e que Justiça seja feita,

    Patrícia Cruz. Pará de Minas.

    ResponderExcluir
  98. GRAÇA:

    MEC diz que Estado está obrigado a cumprir a lei

    Ministério da Educação (MEC) foi procurado ontem pela reportagem de O TEMPO para esclarecer como deverá ficar a situação dos professores mineiros diante da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu o piso nacional de R$ 1.187,97. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, assim como outros Estados, Minas está obrigado a cumprir a lei 11.738, que definiu a remuneração.

    No entanto, segundo o MEC, cabe ao Ministério Público Estadual (MPE) fiscalizar o cumprimento da lei.

    Ontem, pelo terceiro dia consecutivo, o MPE se esquivou de comentar o assunto. A assessoria do órgão informou apenas que a promotora Maria Elmira Dick, que até então intermediava as negociações entre sindicato e governo, não está mais no caso. Segundo a assessoria, somente o procurador geral Alceu José Torres Marques irá se pronunciar, o que não aconteceu até noite. (TT)
    CONTINUA...

    ResponderExcluir
  99. GRAÇA:Boa tarde prof Euler,

    SUGESTÃO : Se até o dia 31/08/2011, o Ministéro Publico Estadual continuar omisso diante de sua missão, deveremos apresentar denuncia do mesmo ao CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA.

    UM CONSELHO QUE INCOMODA MUITA GENTE.

    Após um longo debate e uma série de propostas, a reforma do Poder Judiciário aprovada em 2004 foi uma resposta à crise da Justiça. O remédio encontrado para afastar os tumores sem matar o corpo foi a criação de um sistema nacional de controle, denominado Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Essa solução está hoje ameaçada por propostas que pretendem acabar com o papel de fiscalização e investigação exercido pelo CNJ. Há quem pretenda subverter, por meio de um exercício interpretativo no mínimo controverso, uma das principais reformas aprovadas em nossa Constituição. Órgão ainda jovem, a partir de 2008, por iniciativa do então ministro corregedor-geral Gilson Dipp, o conselho começou a realizar inspeções e audiências públicas em diversas unidades do Judiciário, tornando transparente aos olhos da opinião pública o que gerava odor podre em um corpo que necessita ser saudável tanto para a consolidação do regime democrático como para o fortalecimento dos direitos individuais e coletivos. (...) Era assim no passado, e o Poder Judiciário foi exposto a uma investigação no Parlamento exatamente porque não fez esse dever de casa, e nada nos garante que o fará sem a atuação firme e autônoma do CNJ. Nesse momento, a vigilância é mais do que sinal de prudência. É imperiosa e sobressai como dever de todos os que aceitam o desafio de aprimorar a Justiça. Políticas voltadas ao combate à impunidade se deparam com resistências.
    Não por acaso são criados fatos e elaboradas teses capazes de ludibriar os inocentes e provocar retrocessos que causarão prejuízos irreparáveis ao Brasil. Um conselho criado justamente porque os meios de controle existentes até a década passada eram ineficazes e parciais não pode ter a sua atuação condicionada ao prévio esgotamento dos meios de que os tribunais há muito tempo dispõem e que, na prática, pouco ou nunca utilizaram para corrigir os desvios de seus integrantes. Um conselho assim incomoda e muito, sobretudo os interesses corporativos, que, relembremos, não convenceram o Supremo Tribunal Federal no julgamento da ADI nº 3.367-1, que afirmou a constitucionalidade do CNJ, registrando, inclusive, no voto condutor, a inoperância de muitas das corregedorias locais, o que todos já sabíamos. A tese de que a competência do CNJ é subsidiária, e, assim, somente pode ser exercida após a constatação de que os tribunais de origem foram inertes ou parciais, interessa tão somente àqueles que depositam suas fichas no jogo do tempo, da prescrição e do esquecimento. O CNJ incomoda e precisa de nossa proteção para não ser transformado em mais um órgão burocrático e ineficiente.MARIA TEREZA SADEK, doutora em ciência política, é professora do Departamento de Ciência Política da USP e diretora de pesquisa do Centro Brasileiro de Estudos e PesquisasJudiciais.http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz2808201107.htm

    ResponderExcluir
  100. Quem vai querer fazer propagandas publicitárias num jornal que NÃO VENDE, NÃO CIRCULA? Só mesmo o ANASTASIA E SUA CORJA!!!

    ResponderExcluir
  101. Piso integral! A Lei é clara: ...para ATÉ 40 horas. Nada de piso proporcional ou não é piso!
    Repararam que o Jornal O tempo já está colocando nos seus textos a palavra, antes retirada, ATÉ? Todos sabem que isso significa piso integral seja qual for a jornada oferecida em cada estado.

    Firmes na luta!

    ResponderExcluir
  102. Jodson, 15:07,

    Tambem 720 uma porcaria, acredito que nem 1187 , nem 1597 é justo para o professor, no entanto, temos que largar o fanatismo e ver as coisas como são e nao como queriamos q fosse.

    olha a lei ai

    "§ 3o Os vencimentos iniciais referentes às demais jornadas de trabalho serão, no mínimo, proporcionais ao valor mencionado no caput deste artigo."

    É muito humilhante saber que precisamos nos humilhar de tal forma por 720 reais de vencimento básico. Q moral, nós que trabalhamos em escola localizadas em áreas de risco social, temos pra dizer a um aluno largar o trafico de drogas. Ele vai retrucar dizendo que em um final de semana, ganha o dobro do que nós ganhamos no mês.

    ResponderExcluir
  103. GRAÇA continua

    CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA http://www.cnj.jus.br/



    Como Peticionar ao CNJ?
    http://www.cnj.jus.br/sobre-o-cnj/como-peticionar-ao-cnj
    Para que o Conselho Nacional de Justiça possa receber as reclamações e representações relacionadas à sua competência institucional, é importante que as petições atendam aos requisitos previstos no Regimento Interno do CNJ.

    A formalização de manifestação dirigida ao CNJ deve ser feita por meio de petição escrita, devidamente fundamentada e assinada.

    É preciso advogado para peticionar ao CNJ?

    Não. Qualquer cidadão pode representar ao Conselho, desde que apresente petição escrita e os documentos necessários a sua inequívoca identificação.

    Como devo encaminhar a petição?

    O peticionamento eletrônico no CNJ foi disciplinado pela Portaria nº 52, de 20 de abril 2010, conforme orientações abaixo:

    1. A partir de 1º de agosto de 2010, o CNJ só recebe petições por via eletrônica, sendo que o cadastramento no E-CNJ não é obrigatório para quem pode entregar a petição na Sede do CNJ.

    2. Para se cadastrar no sistema E-CNJ, é necessário acessar o site https://www.cnj.jus.br/ecnj/, clicar a opção "Cadastre-se (com ou sem Certificado Digital)” e preencher as informações solicitadas na página seguinte. Após a realização do cadastro, será necessário ativá-lo pessoalmente em um dos órgãos conveniados, conforme a lista disponível no endereço https://www.cnj.jus.br/ecnj/listarUsuariosAtivacao.php. Quando o cadastramento é realizado fazendo uso de certificado digital, a exigência de apresentação presencial no Conselho Nacional de Justiça ou em um dos tribunais conveniados é dispensada.

    3. Quem não for cadastrado poderá fazer a entrega do requerimento e documentos digitalizados pessoalmente na Seção de Protocolo do CNJ, utilizando-se dos equipamentos disponíveis para digitalização (no Anexo II do Supremo Tribunal Federal, Praça dos Três Poderes, S/N – Brasília - DF).

    4. O cadastramento é necessário para o envio de petições à distância, por meio eletrônico, bem como para acompanhamento das movimentações do processo eletrônico.
    http://www.cnj.jus.br/sobre-o-cnj/como-peticionar-ao-cnj

    MODELO DE PETIÇÃO http://www.cnj.jus.br/images/corregedoria/modelo_de_rd.pdf

    ResponderExcluir
  104. Caríssimo Euler,
    Mais uma vez aqui para dizer do servico maravilhoso que vc prestou a educacao.Essa greve é histórica e vc fez história ao lado da Beatriz e de milhares de professores do núcleo duro dessa greve.
    Gostaria de saber se o Estado terá que pagar o piso no outro mes, se dentro de 10 dias sair a sentenca de transitado e julgado do acordão, se não houver nenhum embargo declaratório.
    Essa, não tem pra Ana, Renata e gazzola.Ele e elas deveriam estar com vergonha de tantas mentiras e de tantos maldades(57%,85%,MG já paga mais que o piso, NÃO tem dinheiro pra pagar o piso, LRF,pagamento escalonado,).Será que nunca teremos um governo justo nessas Minas Gerais, ou pelo menos um MPE isento, que faca esse governo pagar o piso e cumprir a lei federal? ANO PASSADO ESSE MESMO MPE, foi rapido em declarar a greve ilegal e cobrar multa do sindicato.Esse ano, porque não faz a mesma coisa com esse Desgoverno fora da Lei?
    Firmes ate o PISO no nosso contracheque integralmente(ESCALONADO SO NO PAGAMENTO DE RENATA, ANA E GAZZOLLA OK. elas aceitam ok) RSSSS
    Ashley

    ResponderExcluir
  105. Uma Assembleia Legislativa subserviente e um Judiciário dominado.
    Estamos vivendo uma ditadura e só agora estamos descobrindo.

    Quando existe um governo acima das leis, acima do bem e do mal, os direitos dos cidadãos começam a ser tutelados por este Governo em todas as situações que vão aparecendo.

    Dominaram a imprensa com as gordas verbas publicitárias.

    Modificam-se as leis de acordo com a conveniência de seus projetos de poder.

    Partidos políticos começam a serem capturados e favorecidos em CONVENIÊNCIA DE UM SISTEMA DE GOVERNO AUTORITÁRIO. PARA DOMINAR O POVO.

    PRECISAMOS LEVAR ESTA REALIDADE AOS TRIBUNAIS FEDERAIS, URGENTEMENTE.

    INTERVENÇÃO FEDERAL EM MINAS GERAIS, SE FOR PRECISO.

    NÃO ABANDONAREMOS A LUTA E VAMOS AONDE NOS FOR NECESSÁRIO PARA DEFENDER OS NOSSOS DIREITOS.

    NÃO VAMOS NOS RENDER E MOSTRAREMOS PARA TODO O BRASIL A VERDADE SOBRE AÉCIO E ANASTASIA.

    PASSEMOS A DENUNCIÁ-LOS NA IMPRENSA DE OUTROS ESTADOS.

    O BRASIL PRECISA CONHECER A NOSSA REALIDADE.

    GRITAREMOS FORTES PARA TODO O BRASIL OUVIR.

    PODEM TER CERTEZA DISTO.

    LIBERDADE E JUSTIÇA.

    JAMAIS DESISTIREMOS.

    LUTAREMOS INCANSAVELMENTE, CONSTANTEMENTE, DIARIAMENTE, ATÉ QUE SE FAÇA JUSTIÇA COM A CATEGORIA DOS PROFESSORES.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  106. Caro Euler, lendo todas as noticias nos jornais mineiros, na fala oficial do governo, algo me intrigou; o governo fala em escalonar o pagamento do piso até o valor de R$1.187,97 e em nenhum momento se falou no piso proporcional. Ai resolvi pesquisar sobre a lei do piso, e apesar de não ter uma base (compreensão) jurídica, afinal sou engenheiro e professor (designado com licenciatura), vi que na lei não se fala em proporcionalidade do piso, mas sim este (piso) como valor mínimo e com carga horária até 40h. O que me faz pensar que o governo, para não estar ilegal (lembrando que MG é PSDB e o federal é PT e que ambos pensam nas eleições 2012/14 e esta greve será usada em campanhas) ele pensa uma forma de pagar o integral do MEC, para isto, no meu entendimento, ele pode manter as 24h e seria visto pelos seus partidários como um derrtado, ou exigir da categoria que se trabalhe as 40h; ai neste caso acabaria com grande parte dos designados e possivelmente dos efetivados e teria num futuro uma categoria menor e possivelmente, também, a anulação do concurso público do ano que vem. No entanto esta proposta poderia manter a greve e o risco de uma perda do ano letivo o que queimaria sua carreira política e abalaria a estrutura do PSDB em MG, que hoje, infelizmente, é soberana em minas.
    Esta súbita sumida do governador dos noticiários pode ter haver com isto. Lembrando que tudo isto é apenas um entendimento meu, nada de concreto. Por reafirmo meu pensamento, piso proporcional na lei não é mencionado, apenas o piso integral como valor mínimo a ser pago como sendo R$1.187,97.

    Rumo a vitória;
    prof. designado do sul de MG, em greve desde o dia 8/6 e que só volta junto da nossa histórica vitória.

    ResponderExcluir
  107. OLÁ PESSOAL.
    ESTOU ESTARRECIDO COM A MATÉRIA QUE LI HOJE NO EM, É UM ABSURDO. ESTE JORNAL DEIXOU DE SER O GRANDE JORNAL DOS MINEIRO PARA SER UM JORNAL DO DESGOVERNO. FALAR QUE NOSSA GREVE É POLITICA, SIGNIFICA UM TOTAL DESRRESPEITO COM TODOS OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO. NÃO SOU FILIADO A PARTIDO NENHUM, FAÇO GREVE PORQUE TENHO CONCIENCIA DO QUE QUERO. NÃO ADIANTA O GOVERNO VIR TENTEAR ENGANAR O POVO, POIS QUEM ESTA ERRADO É ELE QUE NÃO CUMPRI A LEI DO PISO.
    TA NA HORA DESSE GOVERNO ACORDAR E NÃO MAIS TENTAR VIR COM ALGO PARA ENGANAR A TODOS.
    É PAGAR O QUE A LEI MANDA E PRONTO. SO ASSIM A GREVE ACABA. SEM O PISO A GREVE NÃO ACABA, NOS PROFESSORE SOMOS CONCIENTE E NINGUEM NOS MANIPULA. QUANTO A ESSE JORNAL, ELE PERDEU DE VEZ A SUA CREDIBILIDADE.
    ESTAMOS MAIS FORTE AINDA NESTA LUTA, SEM PISO, NÃO PISO NA ESCOLA.

    ResponderExcluir
  108. Como a questão da proporcionalidade do piso volta constantemente à discussão, vou transcrever a parte específica da Lei 11.738/2008, que nos ajudará a entender este problema:

    "Art. 2o O piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica será de R$ 950,00 (novecentos e cinqüenta reais) mensais, para a formação em nível médio, na modalidade Normal, prevista no art. 62 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.

    - Comentário: claro que este valor, hoje, subiu para R$ 1.187,00 de acordo com o MEC.

    § 1o O piso salarial profissional nacional é o valor abaixo do qual a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios não poderão fixar o vencimento inicial das Carreiras do magistério público da educação básica, para a jornada de, no máximo, 40 (quarenta) horas semanais.

    Comentário: neste artigo define-se que nenhum profissional do magistério poderá ganhar abaixo do piso indicado acima para uma jornada semanal de no máximo 40 horas.

    (...)

    § 3o Os vencimentos iniciais referentes às demais jornadas de trabalho serão, no mínimo, proporcionais ao valor mencionado no caput deste artigo."

    Comentário: como a jornada indicada é a de 40 horas, significa dizer que as "demais jornadas" sejam para mais ou para menos (no caso de Minas). Neste caso, o legislador entendeu que para estas jornadas pode-se (não é obrigado, mas é feita essa concessão) pagar PROPORCIONALMENTE ao valor mencionado. Ou seja, sendo o piso de R$ 1.187,00, para a jornada de 24 para o professor com formação em ensino médio pode-se aplicar o valor proporcional que resultará sim em R$ 712,20.

    E é claro que se a lei faculta esta possibilidade o governante, ainda mais um governo como o de Minas, vai explorá-la sem dó nem piedade.

    Mas, mesmo assim, pelas demonstrações que já fizemos, é vantajoso e é uma vitória para a categoria. E quando o governo diz que não consegue pagar o piso é exatamente com base nessa concepção proporcional de piso.

    Mas, em janeiro tem reajuste próximo de 22% - isto se o MEC e o Congresso não garfarem a gente antes, como já fizeram em relação ao valor do piso. Por isso, nossa luta não para. Venceremos na conquista do piso, impediremos qualquer tentativa de mudança nas nossas gratificações e haveremos de mobilizar o país para impedir que na esfera federal eles nos roubem.

    P.S. Estejamos prontos e vigilantes em relação à ALMG. O momento dela vai chegar. Logo, logo, o governo enviará projeto para implantar o piso e é aí que temos que estar atentos. Ele quer esvaziar a greve antes, para que a carneirada da sua base de governo vote qualquer coisa que ele mandar. O NDG não vai deixar.

    Precisamos cerrar fileiras, trazer grandes caravanas nos dias de votação, acampar na ALMG, pegar o nome e o endereço de cada deputado e sua base de votação, conhecer quem são as lideranças locais às quais eles estão ligados e fazer marcação em cima de cada um. Nós não vamos permitir que roubem os nossos sonhos, pois se isso acontecer, como disseram os lutadores sociais da Espanha, nós roubaremos o sono deles!

    Um forte abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  109. DITADURA BRANCA.

    Alcançar o poder e fazer uso das leis em benefício de um projeto de poder duradouro.
    Dominar a imprensa, o judiciário e o legislativo, são ações primordiais para CONSOLIDAR este processo.

    Agora quem tem que ACÓRDAR ´somos nós e toda a população de Minas Gerais.

    NDG do BLOG DE EULER, faça transparente este assunto para que todos nós possamos entender melhor.

    A DITADURA BRANCA ESTÁ INSTALADA NO GOVERNO DE MINAS GERAIS.

    VAMOS A LUTA IMEDIATAMENTE.

    ResponderExcluir
  110. João Paulo Ferreira de Assis28 de agosto de 2011 16:05

    Prezado amigo Professor Euler

    Show de bola este comentário da Graça, 15:24, sobre a necessidade de recurso ao Conselho Nacional de Justiça, caso o Ministério Público não cumpra o seu dever.

    Saudações e ATÉ A VITÓRIA!!!!!

    João Paulo Ferreira de Assis

    ResponderExcluir
  111. Agora que a nossa luta está legitimada pela LEI, temos mais do que nunca continuarmos firmes e fortes, tentando trazer mais servidores para lutarem conosco. Quanto mais pessoas engrossar o nosso movimento de luta, mais pressão faremos nos três poderes! Que venham TODOS DA CATEGORIA LUTAR CONOSCO, para mostrarmos, ao governo, nossa UNIÃO, nossa INDIGNAÇÃO, nossa FORÇA e o nosso PODER!!!

    ResponderExcluir
  112. P.S. Ao Anônimo da 05h55m:

    Caro combativo colega, quando menciono o papel destacado do NDG não estou de maneira alguma desprezando aqueles que não se sentem incluídos neste conceito.

    Concordo com você que todos os que estão em greve têm um papel muito importante. E aqui cabe uma explicação. O conceito de NDG (Núcleo Duro da Greve) surgiu nos meus textos inicialmente para caracterizar aqueles colegas mais aguerridos, que estavam em luta desde o primeiro momento.

    Referia-me a estes colegas como "centenas de lideranças espalhadas por Minas Gerais", mesmo que muitos deles sequer soubessem da existência deste blog e do conceito que eu lhes atribuía.

    É fato que a greve é feita por todos que nela estão, sem exceção; mas, também é fato que o destacado papel das lideranças de cada região, de cada cidade, de cada escola, tem fundamental importância para iniciar, manter e fortalecer a greve.

    Por outro lado, o conceito de NDG não está fechado. Qualquer colega que esteja em greve, independentemente de quando entrou em greve, pode se considerar dentro ou fora do NDG, de acordo com a sua compreensão e livre escolha.

    Não é um partido (a brava colega Beatriz Poncio, de MUTUM - um abraço aos guerreiros de Mutum!!!) chegou a mencionar tal possibilidade; outra colega combativa colega, a Gilvânia, disse que o NDG passa a idéia de uma sociedade secreta, rsrs. Já cheguei a considerar o NDG uma espécie de um embrião para uma possível corrente no nosso movimento. E assim, cada qual idealiza o seu (nosso) NDG.

    Mas, de concreto mesmo o que temos é que o NDG é uma forma idealizada de materializar a identificação entre aqueles que estão espiritualmente e na prática firmes na luta.

    Talvez tenha sido este o sentimento que tiveram os primeiros cristãos que se reuniam nas catacumbas de Roma Antiga; ou quem sabe entre os comunistas e anarquistas quando conspiravam e realizavam as mais bonitas lutas sociais que marcaram a história da humanidade, antes que todos estes movimentos tivessem tomado outros rumos.

    Um abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  113. Queridos(as) Companheiros(as),
    Para mim, TODOS que aderiram à greve, independentemente de quando iniciou no movimento, se entraram com a certeza de que só sairão quando alcançarmos a vitória, ou seja, O PAGAMENTO DO PISO SALARIAL NO CONTRACHEQUE, já pode se considerar do NÚCLEO DURO DA GREVE!!! EU SOU DO NÚCLEO DURO DA GREVE!!! Que venham mais pessoas fazer parte do NDG! UM FORTE ABRAÇO A TODOS DO NDG!!!

    ResponderExcluir
  114. Ao anonimo das 3:32,o primeiro a dar palpite errado. A entrevista na RÁDIO FAVELA que a Beatriz vai dar, fui eu que liguei pra lá, contei todo o processo de negociação com o governo e pedi apoio da rádio a nós e que a entrevistassem. Por sugestão do Exelentíssimo Senhor Professor Euler, O SABETUDO, que sempre quando abre a nós a sua raríssima inteligencia nos ilumina e nos direciona a buscar apoio onde será possivel encontrar. É do Euler que nos vem a inspiração de pensar até a exaustão cerebral em como podemos acelerar a pressao sobre o poder gigantesco da terceira maior economia brasileira que é o nosso magnífico estado de MINAS GERAIS. Através do NDG enviamos e-mails ao STF falando da necessidade de apressar o ACÓRDÃO, pois tem professores com salários cortados, enviamos e-mails a embaixada do JAPÃO com os contracheques, enviamos e-mails a embaixada da ALEMANHA com contracheques, enviamos e-mails ao REPÓRTERES SEM FRONTEIRA, uma ONG que não tem como ser comprada por nenhum poder da Terra. Fora o que me foge da memória por hora narrar. Passamos dias e noites trabalhando direto e pensando como fortalecer e apoiar a BIA, enquanto o departamento juridico do sindicato, não se abala. Estamos em todas as redes sociais: msns, orkuts, blogs, twitters, facebookes, e-mails, etc e assim formamos uma rede interligada de comunicação. E a informação verdadeira gera uma força de energia poderosa, capás de mudar todas as situações nessa ditadura covardemente silenciosa que se instaurou nos poderes de Minas Gerais. Até oração as 13 ALMAS com grandes queimas de velas fizemos aqui para que as mesmas nos ajudassem a conseguir o nosso piso salarial e foi proposta de uma companheira do NDG. Portanto como você pode perceber, o Euler é um grande líder, das novas forças de levante das Minas Gerais e o bom é saber que em todos os estados do Brasil, tem já estabelecido essa nova liderança, o LÍDER VIRTUAL com seus seguidores que não medem esforços e são incansáveis apoiadores das ações que almejam justiça para nossa sofrida classe. E não vamos ficar por aqui porque o Euler terá muitas batalhas virtuais até transformar as escolas do Brasil em escolas tão boas ou melhores que as do primeito mundo. Parabéns Euler e ao NDG e que nós nos valorizemos, nesse país que impera o ter, nós SOMOS. Esse é o verdadeiro valor: SER. O ser é transcedental e nos acompanhara enquanto o ter é passageiro e viajantes da luz que somos todos o ter será apenas para engrandecer a nossa família, pois não pedimos fortuna apenas o que dê para que vivamos com dignidade. Que o Divino Espírito Santo de Deus, te ilumine sempre e proteja seu cérebro. Paz e força.
    É greve, é greve, é greve, é greve, é greve...Até que o Anastazia pague o piso que nos deve !
    Minhas 13 Almas Benditas e poderosas, celebraremos missas de Ação de Graças em honra a vocês, em todas as cidades de Minas onde tiver um NDG ao recebermos primeiro salário com o PISO NACIONAL SALARIAL implantado.
    Todos do NDG deverá celebrar, cada um em sua cidade concordam comigo pessoal? Promessa é dívida. Eu vou cumprir a minha parte.

    ResponderExcluir
  115. Uma greve dura, um combate de vida e morte contra o governo exigiu um núcleo duro composto por membros da direção do sindicato e lideranças de vários locais do estado e aqueles que se entregam muito na luta.

    Precisou do Núcleo Duro pois não foi toda a diretoria do do sindicato que entrou em greve. Me disseram que nas reuniões do comando rolou muito debate e embate em relação aos diretores de subsede que não aderiram a greve.

    Eu quero participar desse novo processo embrionário que está sendo gestado nessa greve e tem como polo coesor o Blog do Professor Euler de Vespasiano.

    Heitor

    ResponderExcluir
  116. Vamos lá pessoal, num coro bem bonito:

    SUBSÍDIO! TÔ FORA!
    EU NÃO! QUERO NÃO! MINHA FAMÍLIA NÃO DEIXA NÃO! QUERO NÃO!

    PISO! TÔ DENTRO!
    QUERO SIM! POSSO SIM! O GOVERNO NÃO MANDA EM MIM! QUERO SIM!

    ResponderExcluir
  117. caro Euler
    outras escolas de santa luzia estão se organizando para aderir à grave a partir do início desta semana. são eles: Domingos Ornelas e Geraldo Teixeira da Costa Sobrinho. Espero que possa decidir a situação mais rápido possível.

    ResponderExcluir
  118. PROCURA-SE OS DITADORES:

    ANTÔNIO ANASTASIA E MUAMMAR KADHAFI

    Para aqueles que encontrarem:

    Prêmio de PISO SALARIAL NACIONAL DE 1.187,00 aos Servidores da Educação!

    ResponderExcluir
  119. FIQUEM TODOS SABENDO ESSE MOVIMENTO É TOTALMENTE CONTRA PARTIDOS POLÍTICOS PRINCIPALMENTE AQUELES QUE BUSCAM O OPORTUNISMO POLÍTICO.QUE NO FINAL DAS CONTAS SÃO TODOS,TODO PARTIDO POLÍTICO E TODO AQUELE QUE PENSA EM CANDITAR-SE A UM CARGO POLÍTICO,DEPUTADO,VEREADOR,SENADOR COM CERTEZA É COM CERTEZA COM INTERESSE PESSOAL.RS

    ResponderExcluir
  120. BLOG DO LULA
    AMIGOS DO PRESIDENTE
    LIVRO DE VISITAS.

    VAMOS MANDAR MUITAS MENSAGENS E CONTAR A NOSSA REALIDADE.

    ResponderExcluir
  121. PROCURAREMOS DEFENDER TODOS OS NOSSOS DIREITOS:

    - NO STF
    - MO CNJ
    - NO MPF
    - AONDE FOR NECESSÁRIO, NÓS IREMOS.

    ResponderExcluir
  122. Geeeeeeeeeeente, por que não denunciamos ainda o MP mineiro ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), pela sua inécia e parcialidade no tratamento com a greve dos professores de Minas Gerais? O que estamos esperando?
    Alguém tem o endereço eletrônico do CNJ? Precisamos mandar milhares de denúncias.
    Maria de Lourdes

    ResponderExcluir
  123. Cris e demais colegas,

    Penso que perder a VTI nesse momento seria terrível. Essa vantagem representava uma parcela significativa do meu salário.

    Como o próprio nome diz: Vantagem TEMPORÁRIA Incorporável, provavelmente iremos perder esse benefício. Sendo assim, nesse primeiro momento não teríamos um aumento real (pelo menos no meu caso) considerando o valor percebido no Subsídio Turbinado.

    Portanto, considero que o foco principal do Sindicato deva ser em manter os benefícios conquistados, assim como conservar os percentuais adotados nas promoções e progressões.

    ResponderExcluir
  124. Euler nós de Montes Claros estamos firmes na luta. Na sexta-feira enforcamos o subsídio com o
    acórdão, foi legal e a TV fez a cobertura. Agora a pouco vi que postaram um vídeo no blog da subsede e no youtube, vale a pena conferir
    Ps. não sei postar o link

    ResponderExcluir
  125. Poderemos acionar o MPF, já que LPSNP é federal?

    ResponderExcluir
  126. Caríssimo Euler

    Ao prezado companheiro João Paulo Ferreira de Assis
    Fico admirado pelo relato que você mencionou, o ocorrido na sua escola e cidade. Lamentável mesmo todas as práticas indecorosas da diretoria e afins. Minha solidariedade a vocês guerreiros e guerreiras que não se curvaram. Espero que sirvam de exemplos encorajadores para os medrosos e covardes.
    Abraço fraterno!
    Em tempo: gente, cadê o ministério público com este silêncio e omissão? até o jornal O Tempo observou isto. JUSTIÇA NELES!
    O PISO SERÁ NOSSO, SEMPRE !

    ResponderExcluir
  127. Boa tarde a todos
    Fico muito feliz e agradecida ao Euler por me oferecer a oportunidade de estar atualizada através deste blog. É aqui que busco sempre informações de última hora e coloco meus colegas também em dia com os acontecimentos. É aqui que me fortaleço para a luta, apesar das dificuldades pessoais a que fomos expostos através deste governo asqueroso. Sou professora em João Monlevade e trabalho na única escola que está em greve nesta cidade. E de greve desde 8 de junho. Temos aqui também heroicos professores em greve apesar de suas escolas estarem funcionando normalmente.
    A história mostra que em quase todos os momentos difíceis como o atual, existiram aqueles que estavam contra os trabalhadores ou que traíram sua classe. Infelizmente, com a nossa classe não é diferente! Um ou outro ainda está colocando seus interesses pessoais acima da luta da categoria e não paralisaram. Não aceitam a democracia, não querem cumprir a decisão da maioria! Mas também não terão coragem suficiente para renunciarem aos ganhos que resultarem de toda a luta do movimento...
    Mas esqueçamos mais esta desilusão e vamos ao que importa! O prazer de ver a ´Casa Branca` ruir. A mentiras caírem por terra. A prepotência abaixar a cabeça.
    Obrigada pela força Euler e a todos colegas que se mantêm firmes apesar das adversidades! Vamos juntos até o fim! Até que nossos direitos sejam cumpridos!
    Abraços a todos
    Patrícia Mata

    ResponderExcluir
  128. Caros Combatentes !
    Já tramita na Assembleia ,Projeto modificando Estatuto Servidor Público e Magistério . e é desse semestre ., procurem informar , por favor! A pessoa que podia fornecer cópia , teve problema seu computador , perdeu arquivo.

    ResponderExcluir
  129. Meu (minha) querido(a) das 15:19, lamento, mas não podemos contar com o movimento gay. Quem quer fazer gol contra? Boi preto conhece boi preto...
    Mas quero lhe dizer que aaddooooreeeeiiiii sua ideia! Eu estaria lá, se isso fosse possível.
    Purpurina para todos.
    Vitória à vista.
    Confetes a valer!!!

    ResponderExcluir
  130. AS CONTAS QUE O GOVERNO ESTÁ FAZENDO É PARA MEXER EM NOSSAS VANTAGENS E IGUALAR OS NOSSOS VENCIMENTOS AO DO SUBSÍDIO, APESAR DO PISO.

    O QUE FAREMOS?

    ResponderExcluir
  131. Se você não conseguir fazer uma coisa grandiosa hoje, faça alguma coisa pequena.
    Pequenos riachos acabam convertendo-se em grandes rios.
    Conquistamos o Acórdão agora é PISO PARA TODOS.
    Estamos de olhos bem abertos afinal já dizia meu avô em anastazzziaaSS não se confia nem mesmo na lei. firmes na luta.

    ResponderExcluir
  132. Boa noite companheiros e companheiras
    Firmes na luta, e , lembrando que sem sofrimento não vencemos os desafios.
    Este governo mineiro deveria tomar muiiiiiiito cuidado, pois nada fica impune neste mundo. Eles sabem o quanto estão errados, nos massacram, humilham... Não pensem que isto tudo fica impune aos olhos de Deus, não maltratem os seus semelhantes. Não adianta mandinga, despacho, nem tentar se livrar do castigo. A mão do Senhor é justa, pensem governantes. Sejam justos, prudentes e honestos. Roubam para si o que não lhes pertence. Paguem aos professores o que lhes é devido, por lei, não tirem um centavo...
    Nada acontece sem a presença dos olhos de DEUS.
    Que sejamos abençoados para continuarmos na luta, honestamente, justamente, sem usar do mal, como faz o governo mineiro. Até quarta-feira, juntos, combatendo o bom combate.
    E que a paz de Deus esteja sempre em nossos corações.

    ResponderExcluir
  133. PROCURA-SE:

    ANTÔNIO ANASTASIA, MUAMMAR KADHAFI E O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

    Para aqueles que encontrarem:

    Prêmio de PISO SALARIAL NACIONAL DE 1.187,00 aos Servidores da Educação!

    ResponderExcluir
  134. Prezado Euler,

    Enviei este comentário por email, pois não sei se está chegando até voce. Por favor divulgue no Blog para os amigos.

    De acordo com o portal Agenciaminas, o governador fará, amanhã, as 10 horas, um pronunciamento a respeito da greve na educação.

    Vamor ver o que vem por aí !

    Abraço a todos,

    Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  135. Divino - MG

    Boa noite a todos.

    Duas considerações a serem feitas:
    1ª) Vamos encher de recados as caixas de e-mails dos Deputados Estaduais a respeito da negativa ao Subsídio II;
    2ª) Pelo brilhante trabalho prestado aos Educadores Mineiros temos que fazer de Beatriz Cerqueira e Euler nossos próximos Deputados Estaduais, já passou da hora de nos unirmos para elegermos quem nos represente na ALMG.

    ResponderExcluir
  136. Caros combativos colegas de luta, turma do NDG,

    Daqui a uma hora mais ou menos sai o novo texto do blog, intitulado "Governo de Minas diz em nota que pode descumprir a lei e a ordem do STF. Pergunta-se: e o Ministério Público de Minas? Existe?"

    ResponderExcluir
  137. O GOVERNO VAI PAGAR O PISO PROPORCIONAL, PORÉM VAI MEXER NAS NOSSAS VANTAGENS E FAZER COM QUE O VENCIMENTO TOTAL FIQUE IGUAL AO SUBSÍDIO.

    O QUE FAREMOS?

    ResponderExcluir
  138. Pessoal,
    Quero enviar pedidos de SOCORRO, para a presidenta Dilma e o ex-presidente Lula. Não sei como fazer, pois não tenho o e-mail deles e nem o blog, este nem sei se têm! Quem souber, poderia informar aqui no blog do Euler, para que todos possam enviar o seu pedindo SOCORRO!

    ResponderExcluir
  139. INTERVENÇÃO DAS INSTÂNCIAS FEDERAIS AQUI EM MINAS, URGENTE!

    ResponderExcluir
  140. Caros Colegas ,
    Boa Noite!
    Transcreverei aqui uma perda acontecida em setembro de 2010,leiam !
    1)Se o servidor posicionado na carreira de Professor de Educação Básica -PEB, de Especialista em Educação Básica -EEB ,de Analista -ANE,com ocupação0019-Inspetor Escolar , possuir registro da verba "00158-Gratificação Por Curso ¨¨em seus dados financeiros ,ao ser reposicionado em nível da carreira de escolaridade equivalenteà que ensejou a percepçao da verba 000158,ocorrerá:
    a)Para o Professor de Educação Básica
    -Com verba 158 especificada com 10%(dez por cento):
    -Reposicionado nos níveis Iou IIouIII,Mantem a verba 158com 10%;
    -Reposicionado nos níveisIVouVouVI-Encerra a verba 158 com data -29/06/2010e Abre verba "00420-Vantagem Temporária Incorporável ,Lei nº15.784/05 ¨com data 30/06/2010e valor igual ao pago na verba 158 encerrada.
    Aqui os 10% -Pós Graduação-Art.67,da Lei nº11.050/93 Mediante o exposto é correr e encontrar o projeto Estatuto que se encontra na aAssembleia

    ResponderExcluir
  141. PODEMOS RECORRER AO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA E DENUNCIAR O MP.
    URGENTEMENTE.

    ResponderExcluir
  142. O QUÊ!?

    DESCUMPRIR A LEI E A ORDEM DO STF!?

    POLÍCIA, POLÍCIA, PEGA LADRÃO!

    ResponderExcluir
  143. Onde Está o Dinheiro?
    Gal Costa

    Onde está o dinheiro?
    O gato comeu, o gato comeu
    E ninguém viu
    O gato fugiu, o gato fugiu
    O seu paradeiro
    Está no estrangeiro
    Onde está o dinheiro?

    Onde está o dinheiro?
    O gato comeu, o gato comeu
    E ninguém viu
    O gato fugiu, o gato fugiu
    O seu paradeiro
    Está no estrangeiro
    Onde está o dinheiro?

    Eu vou procurar
    E hei de encontrar
    E com o dinheiro na mão
    Eu compro um vagão
    Eu compro a nação
    Eu compro até seu coração

    Onde está o dinheiro?
    O gato comeu, o gato comeu
    E ninguém viu
    O gato fugiu, o gato fugiu
    O seu paradeiro
    Está no estrangeiro
    Onde está o dinheiro?

    Onde está o dinheiro?
    O gato comeu, o gato comeu
    E ninguém viu
    O gato fugiu, o gato fugiu
    O seu paradeiro
    Está no estrangeiro
    Onde está o dinheiro?

    No norte não está
    No sul estará
    Tem gente que sabe e não diz
    Está tudo por um triz
    E aí está o xis
    E não se pode ser feliz
    Onde está o dinheiro?

    O gato comeu, o gato comeu
    E ninguém viu
    O gato fugiu, o gato fugiu
    O seu paradeiro
    Está no estrangeiro
    Onde está o dinheiro?

    Onde está o dinheiro?
    O gato comeu, o gato comeu
    E ninguém viu
    O gato fugiu, o gato fugiu
    O seu paradeiro
    Está no estrangeiro
    Onde está o dinheiro?

    Eu vou procurar
    E hei de encontrar
    E com o dinheiro na mão
    Eu compro um vagão
    Eu compro a nação
    Eu compro até seu coração

    ResponderExcluir
  144. GRAÇA:

    ATENÇÃO! AS TABELAS COM O PISO ESTÃO PRONTAS DESDE 2010!

    Vejam analise do Prof Filocre em 30 de abril:

    Tabelas Vencimento Básico
    1. Os valores da tabela de vencimento básico da carreira de PROFESSOR DA EDUCAÇÃO BÁSICA (PEB) serão afetados pela decisão do STF, em 06 de abril, sobre piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica. Os novos valores já estão publicados nesta página.

    2. Como a Lei fala em piso salarial nacional para os “profissionais do magistério”, a SEEMG deverá se manifestar sobre as novas tabelas do Especialista da Educação Básica (EEB), Analista da Educação Básica (AEB) e Analista Educacional (ANE).

    Os valores dessas tabelas foram fixadas pela Lei 18.802, de 31/março/2010, e passaram a vigorar a partir de 01 de maio de 2010.
    Para calcular a remuneração mensal é necessário aplicar a esses valores as vantagens e gratificação a que faz jus cada servidor.
    http://www.joaofilocre.com.br/wp-content/uploads/2011/05/Captura-de-tela-2011-05-06-%C3%A0s-23.06.401.png

    CONTINUA

    ResponderExcluir
  145. Euler,
    O governo quer porque quer desmoralizar o SindUte. Se não tem ninguém de outro partido, é porque não estão entrando na luta. Pelo que sei, ao elegermos a chapa, ninugém cita a qual partido pertence.
    Para acabar com essa rede de ciúmes, deixo aqui o meu convite a todos os Deputados e Deputadas dos partidos que formam a base do governo a nos apoiarem nesta luta. Nossa luta é aberta. Aceitamos apoio de todos os segmentos sociais. Se eles ainda não estão nos apoiando, se não sentiram-se convidados, que venham´, mostrem suas caras e lutem conosco por aquilo que acreditamos: PISO SALARIAL JÁ!!!

    Eu também não sou filiada a nenhum partido. E também que bobagem. Então agora tenho que olhar quem faz o folheto de ofertas de cada supermercado, de cada loja, a qual partido pertence. Sai neura.

    Piso integral já, sem escalonamento, com todas as vantagens já conquistadas para todos.

    Sem piso eu não volto para a escola!!!ABC

    ResponderExcluir
  146. A greve faz-se necessária até que o governo cumpra a lei, pague o piso.
    Por isso, nossa única saída é ficar atentos e não deixar o governo enviar à ALEMG o projeto para implantação deste sem moblização, para tanto, devemos enviar e-mail aos deputados pedindo apoio e mostrando estar atento ao seu trabalho(voto). Todo companheiro que possuir o endereço deverá postá-lo para que possamos começar a trabalhar.
    Eis o primeiro:
    Durval Angelo - deputadodurvalangelo@alemg.gov.br.
    isabel

    ResponderExcluir
  147. Concordo plenamente com o post da GRAÇA!
    "GRAÇA:Boa tarde prof Euler,

    SUGESTÃO : Se até o dia 31/08/2011, o Ministéro Publico Estadual continuar omisso diante de sua missão, deveremos apresentar denuncia do mesmo ao CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA."
    nAÕ SEI PORQUE O JURÍDICO DO SINDICATO já NÃO USOU ESSA ESTRATÉGIA!!Com tanto desmando e abuso das leis!!Não estou mais aguentando essa guerra de notícia!!Sempre arrebenta do nosso lado!!Só discordo Graça, pq não já, fazer isso amanhã mesmo!!nada de esperar dia 31/08!!Outra coisa, o jurídico já solucionou as substituição ilegais?!!agora estão ameaçando substituir os prof. dos 1ºs e 2ºs anos também! estou realmente de saco cheio de tudo isso!!! Se tudo está a nosso favor!!
    detalhe estou de greve desde 06/08 mas cansada de tanto disse me disse!!Quando vc acha que está resolvido, vem não sei o quê, que este reizinho de araque , pode fazer e pressionar!acho que de agora em diante ou ler só os comentários do Euler!!pq acho que vou pirar...
    maria contagem

    ResponderExcluir
  148. E a OAB não vai se pronunciar diante da omissão do MPE? Não acredito!!!

    ResponderExcluir
  149. Quero ver a hora em que TODA, eu disse TODA SOCIEDADE SE REVOLTAR CONTRA ESTE DITADOR! E ISTO ESTÁ MUITO PRÓXIMO DE ACONTECER, CASO ELE NÃO PAGUE O NOSSO PISO SALARIAL, IMEDIATAMENTE! A sociedade já não aguenta mais tanto descaso com a EDUCAÇÃO PÚBLICA... O RECADO ESTÁ DADO!

    ResponderExcluir
  150. Pessoal,
    No site da ALMG, têm o e-mail e o endereço de TODOS os Deputados, independente do partido a que pertence. Vamos começar a procurá-los já!

    ResponderExcluir
  151. Maria (Contagem),

    Estou com você.
    Já estou esgotada com tanto disse-me-disse. Essa guerra de nervos me mata. Postei um texto no Blog da Beatriz, reclamando da falata de notícias substanciais, dizendo que nós precisamos que ela nos dê satisfações. Aproveitei para comentar do meio milhão de visitas ao Blog do Euler e do tanto que os seus textos têm contribuído para a permanência da greve. A moça postou, mas me deu um "pito"...Não fiquei magoada, não. Só acho que, se contribuo para a sobrevivência do Sind Ute, mereço, sim,satisfações.
    Um abraço a todos.
    Vou me afastar um pouco. Estou ficando piradinha da silva!

    ResponderExcluir
  152. Meu DEUS, QUE ESTADO É ESSE.
    ONDE ESTÁ A JUSTIÇA,NÃO TEM?
    POVO POBRE DE MINAS VÁ PARA A RUA.
    LEMBRA AQUELE DEPUTADO DO CHICO ANISIO.
    ODEIO POBRE. ESSE GOVERNO TAMBÉM ODEIA,POIS SÃO OS FILHOS DA CLASSE BAIXA QUE ESTA SEM AULA.
    QUE VERGONHA ANASTASIA.E AI DILMA NÃO VAI OLHAR PELO POBRES DE MINAS NÃO?

    ResponderExcluir
  153. http://www.youtube.com/watch?v=LrBTDMmFmA8&feature=related

    vamos assistir e indicar o video nas nossas redes sociais. No MG Record

    ResponderExcluir
  154. boa noite !
    muitos estão postando aqui que o governo pode aplicar o piso e acabar com as vantagens (bienio,quinquenio etc...)alguém pode nos esclarecer quanto a isso? o governo tem poder para reunir com a corja de deputados aliados e decidir que vai diminuir as nossas vantagens? não é um direito adquirido? como fica isso?

    ResponderExcluir
  155. Caríssimos colegas, precisamos urgentemente acamparmos no MPE e pedirmos justiça a esse Ministério.Que se faça cumprir a Lei Federal, exigindo do governo mineiro que nos pague rapidamente os dias cortados, e ainda, que se cumpra a Lei do Piso.Pensemos nisso,mas deixo bem claro, todos nós na porta do MPE(quarta-feira),depois da nossa assembleia.Um grande abraço a todos.

    ResponderExcluir
  156. Tentar associar a greve com partido político é querer nos desqualificar e reduzir o crescente apoio que estamos tendo de vários seguimentos da sociedade.
    Nossa greve é apartidária,mesmo porque, temos de estar atentos (a) e precavidos contra qualquer político administrador do momento que queira nos prejudicar em nossos direitos, seja qual for a ideologia partidária que o mesmo professe.
    Precisamos do apoio de todos aqueles que desejam um país em que a justiça funcione para todos. Precisamos daqueles que desejam um país onde NENHUM cidadão se coloque acima das leis vigentes, por mais alto que seja o cargo que ocupe. Precisamos enfim, daqueles que acreditam no poder transformador da EDUCAÇÃO na vida do indivíduo e a considerem elemento fundamental na construção de um país democrático e com justiça PARA TODOS.

    ResponderExcluir
  157. O Anestesia soltou nota (agência minas) dizendo que vai fazer um pronunciamente amanhã, 29/08,às 10h, na cidade administrativa, sobre a greve ( no site, eles chamaram a nossa greve de paralisação parcial, dá para acreditar nisto). Qual será a nova pérola que este desgoverno irá soltar. A categoria tem que ficar atenta e mais mobilizada!

    ResponderExcluir
  158. A greve deve continuar até que o governador cumpra a lei 11.738/08. No dia 24/08/2011 o STF (Supremo Tribunal Federal) publicou o acórdão que determina que PISO é vencimento básico e não remuneração global (subsídio). Se o goveno de MG pagar o piso do MEC de R$ 1187,00 , mesmo proporcional, ou seja, R$712,00, a greve termina imediatamente. Mas parece que o governo de está achando que Minas é um país, por isso não precisa cumprir leis federais. É o cúmulo do absurdo os trabalhadores em educação terem que fazer greve para o governo cumprir algo que já é lei.

    Se a lei fosse para privatizar as escolas garanto que ele seria o primeiro a implantar, para beneficiar o setor privado, pois a única especialidade dos tucanos é essa, acabar com tudo que é público em prol do setor privado.

    ResponderExcluir
  159. Porque não realizar a assembleia em frente o MPE, desta forma todos que lá estiverem verão e ouvirão
    nosso brado retubante - de tristeza (pela postura(descaso) dos governantes, da ineficácia dos procuradores gerais, da inércia dos deputados que nos conhecem de 4 em 4 anos e depois desaparecem ,esquecendo do leitor que o colocou ali,e, da união, força e garra dos educadores em prol do salário justo, que se edificou.
    Assim estes sentirão a força da indignação, o grito de revolta esplodindo nos milhares de peitos dos destemidos querreiros.
    Quem sabe isso não os farão acordar s serem mais ligeiros em sua labuta.
    isabel

    ResponderExcluir
  160. Olha nossa educaçao ai geeeeeeeeeeeeeeeeeeeeete!SOS,Educaçao Publica(Pais revoltados demolem escola pela sua precariedade!Indico a Todos,Professor Muzucheli,Porque nao sobra dinheiro para educaçao,publicado em 27,08,11.Fiquei imprescionada com o que vi no texto,nao perca!

    ResponderExcluir
  161. Neste momento de luta, parabenizo e deixo aqui o meu apoio ao colega Everaldo Dornelas de Queiroz que disse:
    "Se a lei fosse para privatizar as escolas garanto que ele, governandor, seria o primeiro a implantar, para beneficiar o setor privado, pois a única especialidade dos tucanos é essa, acabar com tudo que é público em prol do setor privado".

    ResponderExcluir
  162. Bom dia, queridos companheiros de luta, sei que muitos ficaram balançados com mais esse despropósito do excelentíssimo senhor desgovernador. Não se desesperem "primeiro eles nos ignoram, depois riem de nós ( estão passando por essa fase) depois brigam entre si ( já estão quase lá), depois a gente vence". Vamos voltar do princípio e fortalecer nossa greve. Vamos parar Minas 100%. Continuamos com os ataques pela internet, bombardeando todas os canais possíveis. Dia 31 vamos lotar a Assembléia.É greve, é greve, é greve. Se estamos cansados agora, o governo também tá. Isso deve tá tirando o sono de muita gente. E cabeças vão rolar. Lembremos que somos a única chance para nossos alunos, pais, e para todos os excluídos deste país. Se Deus colocou essa responsabilidade sobre nossos ombros é porque temos força e sabedoria para carregar. Recebam meu otimismo e aproveitem dessa força. Vamos tomar fôlego e embora pra luta. Bjs

    ResponderExcluir
  163. Campanha: esse vídeo precisa de 1 milhão de acesso. Vamo lá gente, repassem:
    http://www.youtube.com/watch?v=B9k-_mGyM54&feature=related

    ResponderExcluir
  164. Não concordo com essa interpretação da lei sobre a proporcionalidade. Por exemplo, a cidade de Ipatinga, oferece o cargo de 20 horas semanais. Se essa linha de raciocínio estiver correta o professor receberá menos que um salário minimo para trabalhar em nossa cidade. Raciocínio lógico permite que essa proporcionalidade não seja entendida para cargos menores que 40 horas ela é somente para os maiores de 40 horas. Espero que os professores, atentem para este detalhe, porque senão o pisso salarial tornará nossos salários ainda menores. Não podemos acreditar no que esses políticos querem que acreditemos. Não sejamos omisso, interpretem a lie da forma correta....

    ResponderExcluir
  165. José Alfredo Junqueira29 de agosto de 2011 10:24

    Mentiras escalonadas,roubo escalonado,foras da lei escalonados,desespero escalonado,derrota escalonada.Escalonados,vou repetir para vocês a frase(ordem judicial) "Não me sensibiliza nem um pouco questões de ordens orçamentárias".Recado(fumo) do Ministro do STF Joaquim Barbosa.Véi,é pagar o piso ou pagar o piso!

    ResponderExcluir
  166. O "governa dor" disse a pouco que o acórdão não muda nada em Minas, que vai pessoalmente ao ministério público, exigir que ele convoque os professores para negociação. Que coisa mais confusa, por mais que a gente tente não entende. Será que ele declarou Minas independente do Brasil. O rapaz parece meio confuso, será que comeu maionese estragada.

    ResponderExcluir
  167. Caro Euler
    Nos professores de Espinosa que também somos do NDG, pois estamos a 84 dias dias na luta conseguimos parar hoje 100% de 3 escolas: EE professora Joana Porto e EE Virgínio Cruz de ensino fundamental, a EE Joaquim de Freitas de ensino fundamental e médio e a EE Betânia Tolentino Silveira que estava em greve parcial até agora. A partir de hoje esta escola é 100% greve.
    A luta continua companheiros. Vamos engrossar o movimento. Não podemos dar ouvidos a esse Kadaffi.
    Até a vitória

    ResponderExcluir
  168. Euler, meu filho, Kd o tal pronunciamento?

    ResponderExcluir
  169. Esta turma do governo está tentando enrolar a sociedade. temos que ficar espertos. O Anestesiado mentiu mais uma vez, em seu pronunciamento, que, aliás, só foi feito após 83 dias de greve, o que demonstra o "valor" que ele dá a área de Educação. A Renata "ingrata" continua com a lógica financista e a gorgonzola não sabe nem aonde está. Vamos continuar unidos e fortes, até que o piso seja pago. Nada mais, nada menos!

    ResponderExcluir
  170. Veja No sait O Tempo de hoje.O salario de deputados e senadores cresceu 222% em dez anos.Eo nosso quanto subiu,seus desonestos.Na hora de nos pagar nunca tem dinheiro ,voces embolsa tudo.O salario tbem e escalonado ou tiveram que entrar na justiça para recebe- los( os acentos desapareceram do meu humilde computador)

    ResponderExcluir
  171. Márcio Paulo de Oliveira29 de agosto de 2011 13:00

    Boa tarde companheiros. Inacreditável a falta de respeito e de compromisso do governador para com os alunos, pais e os trabalhadores em educação. Vamos precisar de novas inserções mediáticas esclarecendo a população das inverdades que o governador fez em seu pronunciamento.
    Observemos:
    a) O governo sempre esteve aberto a negociação. (enviar um projeto de lei de "melhorias no subsídio" para o legislativo sem apresentar para a categoria é uma forma de negociação?)
    b) A reivindicação do sindUTE é de 300% de reajuste.(Foi isso que foi protocolado?)

    Ainda tem muita lenha para queimar companheirada, não observo bom senso do governo.
    A greve continua!

    ResponderExcluir
  172. Jornal O Tempo,Anastasia convocara sindicato para negociaçao.Negociar o que se queremos so o piso integarl claro.E so pagar e pronto.Nao vamos cair em suas armadilhas,seu satanas dos infernos!

    ResponderExcluir
  173. Isabel Assumpção - Manhuaçu29 de agosto de 2011 14:06

    Bravos combatentes,
    parece que o desgoverno está com a metralhadora enlouquecida: é tiro pra todo lado! A hora é de total união e muita cabeça fria para não entrarmos no jogo sujo deles... sei também que isso é impossível pois já estamos mostrando nossa capacidade de lutar, de mostrar à sociedade que ainda dá tempo de mudar os rumos da vida dos mineiros, pois é a grande maioria que necessita de escola pública para os filhos uma vez que acreditam que um futuro melhor pode vir via educação de qualidade, portanto, nossa luta é justa e não pararemos até que cumpramos com nossos propósitos, que ao ver dos que estão em luta, já passou do cumprimento do piso; é muito mais... Nos aguarde que esta greve é só o começo de mudanças profundas. FORÇA, UNIDADE e PAZ aos que têm coragem!!! Até a vitória.
    Grande abraço a cada um que se dispõe a nunca mais se dobrar aos que dizem ter o poder nas mãos.
    Isabel Assumpção

    ResponderExcluir
  174. Laece Falete, educadora em Coronel Murta, Vale do Jequitinhonha29 de agosto de 2011 14:28

    ...Sólo le pido a dios:"QUE A INJUSTIÇA E A MEN TIRA NAO ME SEJA INDIFERENTE".
    Aqui em Minas Gerais a EDUCAÇAO PAROU, MAS....
    A NOSSA GREVE CONTINUA CADA VEZ MAIS FORTE..
    Parabéns aos TANTOS MIL componentes do NDG.
    Até dia 31 de agosto, lá na assembleia..
    Com certeza continuaremos firmes nesta luta até o PAGAMENTO DO PISO.

    ResponderExcluir
  175. Hoje no MGTV o digníssimo falou novamente sobre a lei fiscal, que não terá dinheiro para pagar e que vai tentar negociar.
    A negociação a fazer é cumprir logo a lei e deixar as professoras voltarem a trabalhar SENÃO o ano letivo vai pro SACO e o que vai chover de pai entrando com ação contra este ditador, não vai ser brincadeira.
    Será que vai engavetar os processos desta natureza também?
    Ministério Público,estamos esperando o cumprimento da lei,porque senão em quem confiar mais neste BRASIL?

    ResponderExcluir
  176. O governo afirma que, das 13.780 escolas do Estado, 58 estão totalmente paradas, o que representa 0,48%. É esse o número? Temos 50% de adesão à greve em todo o Estado. Em números absolutos, são 794 escolas fechadas em Minas. Claro que o governo não tem interesse em mostrar a força do movimento. Se fossem só essas 58 escolas, a greve não teria a repercussão que está tendo. Toda a sociedade está sensibilizada com nossa causa. As pessoas sabem que as nossas reivindicações são legítimas.( entrevista da Beatriz, jornal O Tempo,retirado do blog da cris)
    Sinceramente, nem 1000 escolas em greve, credo....que classe é essa que nem pára aumentar nossos salários não entram em greve!! odeio esses professores pelegos!!São umas classes de passa fome com certeza!!nós professores em greve estamos carregando 12.786 escolas nas costas!! sei não estou ficando desestimulada com essa fala!!desculpem mas é o que estou sentindo agora que acabei de ler!!

    ResponderExcluir
  177. Governo cala a boca da IMPRENSA
    É ou não é uma ditadura disfarçada? Não permitir que os jornalistas fizessem perguntas mostra claramente a maneira de agir do governo. MEU DEUS, QUE ABSURDO. QUE PAÍS É ESSE?

    ResponderExcluir
  178. BOA TARDE

    DEVEMOS ANALISAR AS ENTRELINHAS, UMA FEZ QUE O GOVERNO AFIRMA QUE PAGA MAIS QUE O PISO COM VENCIMENTO DE 1320,00. NÃO SERIA ENTÃO O CASO DE ENTRAR RECURSO PARA GARANTIR AS VANTAGENS EM CIMA DOS 1320,00? A GENTE SÓ ESCUTE, JÁ PAGO O PISO, JA ISSO, JÁ AQUILO...
    O PROBLEMA ESTA NAS VANTAGENS, O SUBSÍDIO PARA O NOVATO, ESTÁ ATÉ RAZOÁVEL.
    MAS QUANDO ELE PAGARÁ DIREITOS GARANTIDOS NA CONSTITUIÇÃO?
    TÔ DE SACO CHEIO DE TANTA ENROLAÇÃO, E O MP QUE NÃO FAZ NADA.

    ATÉ

    ResponderExcluir
  179. Caro Euler,
    em primeiro lugar gostaria de parabenizá-lo pelo blog, confesso que me sinto reanimada cada vez que passo por aqui; se não pelas notícias, ao menos pelo seu ânimo e espírito de luta. Saiba que contribuiu significativamente para que eu aderisse ao movimento. E como sei que informação e análises claras contribuem na luta, tomei a liberdade de colocar o link do seu blog no meu; se julgar pertinente e quiser divulgar também o meu blog. Tenho escrito também (não com tanta competência) sobre nossa greve. O endereço é: http://cienciaeducacaoemais.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  180. Como não recebe FUNDEB?




    MINAS GERAIS - MG
    julho/2011
    Origens do FUNDEB
    Decêndio 1º 2º 3º Total
    FPE 10.257.632,04 2.530.019,43 9.478.605,45 22.266.256,92
    FPM 31.580.894,51 7.789.346,69 29.182.443,53 68.552.684,73
    IPI-EXP 2.699.501,42 880.276,33 1.384.682,72 4.964.460,47
    ICMS 20.284.996,63 219.013.594,37 33.771.224,57 273.069.815,57
    Complementação da União 0,00 0,00 0,00 0,00
    Lei Complementar Nº 87 0,00 0,00 2.338.613,93 2.338.613,93
    ITR 103.297,52 16.156,39 83.404,15 202.858,06
    IPVA 2.400.613,53 4.121.350,11 2.369.434,26 8.891.397,90
    ITCMD 1.418.086,67 995.074,69 1.020.941,87 3.434.103,23
    Total 68.745.022,32 235.345.818,01 79.629.350,48 383.720.190,81(TOTAL)
    A partir de 1998, dos valores do FPM, FPE, IPI-Exportação e ICMS LC 87/96, já está descontada a parcela de 15 % (quinze por cento) destinada ao FUNDEF.

    A partir 2007, dos valores do FPM, FPE, IPI-Exportação e ICMS LC 87/96 e do ITR, já estão descontados da parcela destinada ao FUNDEB.


    Site FNDE

    Aparecida

    ResponderExcluir
  181. Depois de desgastar seu secretariado - Renata e Gazzola - na mídia, agora a bola da vez é o Procurador Geral do Estado de MG. Onde está o Choque de Gestão como modelo exitoso de MG? Subestimaram o poder de articulação do magistério e agora Anastazia e sua trupe tentam juntar os cacos e salvar a pele do Craquécio de chegar à presidência. Essa bula de horrores que encontrou pilares no legisltaivo/judiciário/midiático está ruindo.

    Nem o apelo com publicidade gasta em horário nobre funcionou e esta prática perversa também está com seus dias contados. A sociedade mineira não é boba e quem dará o golpe de misericórdia desta vez serão os pais. Aliás, onde anda o Mário de Assis? Se as aulas presenciais já são um desafio, imaginem as virtuais?

    Enfim, o tripé está caindo um a um. Não temos o que negociar; aumente os impostos das mineradoras que destroem o panorama de Minas; deixem de investir em obras que não trazem conforto algum para a população, estas só servem para que empreiteiros façam farra com dinheiro público; acabe com os cargos comissionados.

    Todos firmes e de pé!
    Sem o Pios, não piso na escola!

    Firmes

    ResponderExcluir
  182. professores de minas gerais, vamos boicotar o desfile de 7 de setembro, sem professores nao tem desfile. quem vai responsabilizar pelos alunos!as escolas que não aderiram ao movimento grevista pelo piso nacional que é para todos pelo menos de uma força e não desfile para esse descumpridor de leis.
    Vai aparecer na midia e é a nossa oportunidade de mostrarmos a população que não estamos satisfeitos com esse governo de minas gerais que não da a mínima para as questões sociais...

    ResponderExcluir