terça-feira, 23 de agosto de 2011

Governo de Minas joga a sua última e desesperada cartada, antes de se render ao império da lei e nos pagar o piso



Governo de Minas joga a sua última e desesperada cartada, antes de se render ao império da lei e nos pagar o piso. Não queremos o subsídio, que é sinônimo de confisco, calote e trapaça.


Foi um dia agitado, este 22 de agosto, em plena segunda-feira. Logo pela manhã, um telefonema confirmando nossa ida até a cidade de São José da Lapa. Nossa missão: ajudar a impedir, pelo convencimento, a contratação de substitutos para os professores em greve na E.E. Elias Issa. Lá chegando, uma turma de mais de 10 educadores que trabalham naquela escola já estavam a postos. Turma de luta, exemplo para Minas, como de resto temos verificado em todos os cantos desse estado - Carangola, Divino, Montes Claros, Valadares, etc., etc., etc. A nossa greve está recuperando os melhores sentimentos de respeito, solidariedade, autoestima, companheirismo. Bastou um pouco de conversa e os poucos candidatos-substitutos que lá apareceram desistiram de aceitar a indecente proposta do governo, de tentar recrutar cidadãos, mesmo sem formação adequada, para substituir os verdadeiros professores titulares, que se encontram em greve.

Logo em seguida, de volta ao bunker, uma chuva de comentários de toda parte de Minas caía sobre o blog dando conta de que aconteciam novas e novas e novas adesões e apoios ao nosso movimento. Em várias cidades de Minas a greve se fortalece, enquanto apenas em algumas poucas escolas houve retorno ao trabalho. Felizmente, o NÚCLEO DURO da greve, composto por centenas de lideranças espalhadas por toda Minas Gerais, continua firme, inarredável, cada vez atraindo mais colegas para a luta. Sem o piso ninguém volta para a escola, é o nosso lema.

Entre o apoiamento verificado, registramos a adesão de expressiva parcela de estudantes da UFMG, que em solidariedade à nossa luta, vão se retirar de sala de aula e participar da nossa mobilização do dia 24, inclusive com programação própria de atividades.

Além disso, é digno de registro também a iniciativa de enviar um protesto ou denúncia ao Ministério Público cobrando uma postura condizente com o papel de fiscal da Lei daquele órgão, em oposição ao cômodo papel de "mediador" entre as partes. Queremos que o MP atue contra o atos de ilegalidade do governo de Minas, que não paga o piso, descumprindo uma lei federal; corta e reduz salários; contrata pessoas sem habilitação para substituir professores em greve; tenta transformar diretores de escola em capitães do mato para "caçar" os escravos professores. Pelo menos uma dezena de combativos colegas já enviaram mensagens de protesto ao MP.

Mas, a nota final do dia, que seria cômica, se não fosse trágica, ficou por conta da secretária da Deseducação de Minas, após a visita da estranha figura do presidente daquela entidade cujo nome não faz bem ao ambiente mencionar.

Numa desesperada tentativa de colocar um fim à greve dos educadores, que já dura 77 dias, e ao mesmo tempo fugir ao compromisso constitucional de pagar o piso salarial nacional, instituído pela Lei 11.738/2008, o governo jogou o que pode ser a sua última cartada: o "novo" subsídio.

Pelas notícias plantadas na mídia mineira, sempre dócil e serviçal ao governo, com esse novo subsídio o governo tentaria melhorar o posicionamento dos mais antigos, que agora o governo reconhece, "foram injustiçados". O problema é que agora a justiça se fará não pelas mãos do governo mineiro, que teve tempo para fazê-lo e não o fez, mas pelo cumprimento da lei federal que determina o pagamento do piso salarial.

Logo à noite, a toda poderosa Rede Globo descobre, após 76 dias, que em Minas os educadores estão de greve - e que tal importante fato deveria ter sido notícia nacional desde o primeiro dia. O enfoque dado pela emissora foi o pedido da tal entidade dita representante dos pais de alunos para que o ENEM fosse prorrogado. O motivo? A greve dos educadores. Uai, perguntamos nós, com o linguajar mineiro, mas a greve não atingia só 2% das escolas? Por que o MEC haveria de suspender um exame nacional por conta de uma paralisação tão insignificante?

Claro que a emissora de TV mencionada não quis formular tal pergunta a si própria, que poucas vezes noticiou sobre a nossa greve, e quase sempre jogando contra o nosso justo movimento, dizendo que as aulas estavam sendo retomadas, ou que atrapalhamos o trânsito da cidade. Papel, aliás, comum a toda a grande imprensa mineira, que se tornou a expressão acabada da negação da liberdade de expressão.

Logo em seguida, pegando carona na matéria que "descobriu" a nossa greve, aparece a secretária da Educação do governo de Minas, dizendo que o governo apresentaria uma proposta de um subsídio melhorado para atender aos educadores em greve. E disse mais: em Minas, o professor com curso superior, no subsídio, começa recebendo R$ 1.320,00, o que representaria, segundo a secretária, 85% a mais do que o piso do MEC. Pura propaganda nacional a favor do governo mineiro.

Essa forma de expor a realidade para uma população leiga no assunto tem o claro objetivo de jogar as pessoas da comunidade contra os educadores. Qual é impressão que se tem quando se ouve a fala da secretária? Primeiro, que o governo pagaria 85% acima do que está previsto no piso do MEC - o que é mentira!; segundo, que um professor em início de carreira receberia R$ 1.320,00 pela jornada de 24 horas. Sem explicar nada sobre o conteúdo dessas afirmações, o governo tenta fazer parecer que a nossa greve não tem razão de ser; ou seria, como o governo já repetiu, meramente por razões políticas.

Mas, as afirmações da secretária mais uma vez agridem aos educadores e demonstram o quanto esse governo faz pouco caso dos servidores públicos da Educação. Primeiro, é preciso dizer, mais uma vez, que o valor de R$ 1.320,00 é teto, somatória de vencimento básico e gratificações, diferentemente do valor do piso, que é salário inicial. Logo, não dá para fazer essa comparação grosseira entre dois valores com características completamente distintas. Além disso, a secretária, para confundir ainda mais, comparou o teto salarial do professor nível III (curso superior), com o piso do professor nível I (curso médio). É ou não é muita esperteza?

Mas, vamos corrigir a secretária acerca dos valores que ela mencionou. O piso proporcional do MEC é de R$ 712,20 para o professor com ensino médio (PEB 1 A). Seguindo a tabela vigente para todas as carreiras do estado de Minas, o professor com ensino superior (PEB3A - dois níveis acima do nível I) teria direito ao piso de R$ 1.060, sobre cujo valor incidiriam as gratificações. Se fôssemos levar a sério a fala da secretária, a conta seria assim: R$ 1.060,00 + 85% = R$ 1.961,00, o que é bem diferente do valor indicado por ela: R$ 1.320,00. Logo, podemos afirmar que ela não conhece somas elementares de matemática - e poderia tomar umas aulas com os nossos colegas professores, quando a greve acabar, claro, porque se depender dos substitutos ela continuará sem saber de nada -, ou então, ela agiu de forma proposital, para iludir os cidadãos comuns.

De qualquer modo, nada pode nos afastar do objetivo pelo qual estamos há 77 dias em greve: a conquista do piso enquanto vencimento básico, conforme determina a lei federal, considerada pelo STF como plenamente constitucional. Aliás, pelo andamento dos trâmites burocráticos no STF, tudo indica que a publicação do acórdão está próximo de acontecer. Talvez seja por isso que o governo mineiro procure uma cartada final em torno de um subsídio melhorado.

E aqui voltamos a afirmar o que temos dito: o subsídio é inferior ao piso (enquanto vencimento básico), tanto para os antigos servidores, quanto para os novatos. O subsídio descaracteriza o piso, pois ele subsume na parcela única o vencimento básico e as gratificações, e com isso descola-se do piso enquanto instrumento nacional de valorização profissional e salarial dos educadores.

Através do piso enquanto vencimento básico, mesmo que neste primeiro momento ele tenha um valor reduzido, aquém do que merecemos, pode-se prever um crescimento na carreira em vários sentidos, tanto pelas gratificações que são mantidas, quanto pelas políticas nacionais de reajuste anual baseado no custo aluno ano, não dependendo da boa (má) vontade dos governantes regionais. Para janeiro de 2012, por exemplo, está previsto um reajuste de 22% no piso, contra zero por cento de reajuste no subsídio.

O próprio governo acabou confessando que o custo da implantação do piso é superior ao do subsídio: o primeiro causaria um impacto de 2,5 bilhões para os 153 mil educadores que fizeram opção pelo antigo sistema, enquanto o outro teria o impacto de apenas 1,4 bilhão para os 380 mil educadores, incluindo os aposentados.

Se a nova proposta de subsídio do governo alcançar os índices de investimento do piso, a pergunta que se fará é: por que então não pagar o piso? Aliás, esta é a pergunta que não quer calar desde o primeiro momento. Se o subsídio é mais vantajoso do que o piso, como tem dito o governo, por que o governo não atende aos educadores, paga logo o piso e ainda economiza dinheiro para o estado?

Ora, fica evidente que o subsídio é sinônimo de confisco salarial, calote, trapaça, de enrolação, enfim, para não pagar o piso tal como manda a lei. O que chega a ser uma vergonha para Minas e para o Brasil. O governo de um estado tido como um dos mais ricos do país descumpre a lei e nada acontece para forçá-lo a se enquadrar no império da legalidade. O legislativo é conivente e assiste a tudo sem nada dizer, agindo, com raras exceções, como um bando de carneirinhos, com polpudos salários e favores mil. O judiciário é rápido quando julga matérias contra os educadores em greve, mas quando se trata de obrigar o governo a cumprir a lei... Lei? O que é isso? De que planeta vocês estão falando?

Por isso, e apesar disso, a nossa greve se faz necessária, como forma de forçar o governo a reconhecer o nosso direito constitucional ao piso salarial. O governo precisa aprender a nos respeitar, a respeitar os alunos e os pais de alunos. Precisa aprender que investir em educação pública é uma das poucas possibilidades de abrir para milhões de crianças, jovens e adultos novos horizontes, com uma visão crítica de mundo e a possibilidade de mobilidade social. Os 3,44% a mais no orçamento do estado, que o governo se recusa a investir para cumprir uma lei federal e pagar o piso, tem causado grandes prejuízos. As vítimas dessa atitude do governo são os educadores em greve há 77 dias, privados ilegalmente de sua fonte de sobrevivência (mas resistindo heroicamente); os alunos, que estão sem aula e privados de um direito constitucional a um ensino público de qualidade; e os pais de alunos, pela desesperança num futuro melhor para seus filhos.

O governo precisa responder pelo estrago social que está causando em Minas Gerais, por conta dessa intransigência em querer impor um sistema remuneratório que é a negação da lei federal, que instituiu o piso salarial dos educadores. Até quando o governo continuará zombando da população mineira, especialmente dos de baixo?

Por isso, colegas, é preciso manter a greve, firmes na luta, reforçar e ampliar as adesões e o apoio e exigir do governo que ele volte à legalidade. Exigir do Ministério Público que ele cumpra o seu papel de fiscal da lei; denunciar essa mídia comprada, para que ela tome vergonha na cara e respeite a inteligência dos mineiros; cobrar do legislativo que eles façam jus às atribuições e aos salários gigantescos e não merecidos que eles recebem; e cobrar da Justiça que ela imponha o cumprimento da lei por parte das autoridades constituídas, a começar pelo governo de Minas, que deveria dar o exemplo de moralidade, impessoalidade, transparência, eficiência e legalidade.

Diante disso, a nossa greve vai continuar! A assembleia do dia 24 deve representar mais um importante momento de união e reflexão coletiva da categoria, com o reforço do apoio de centenas de grupos, entidades e movimentos sociais. Não queremos subsídio, queremos o nosso piso!

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

***

271 comentários:

  1. Professora aposentada23 de agosto de 2011 01:59

    Bom dia Prof. Euler!!!
    Na ocasião da implantação desse "suicídio", cheguei a postar aqui sobre a forma que foi feito, usando salário de dezembro, quando eu estava de licença saúde e fui posicionada na letra B, justo quando iria me aposentar no mês seguinte. A própria SEE respondeu ao meu questionamento, para que eu voltasse à carreira antiga e depois retornasse ao "suicídio".
    Estranho, que logo hoje,em que, depois de meses parado, a decisão do STF foi para o SEÇÃO DE COMPOSIÇÃO DE ACÓRDÃOS, apareça esse passe de mágica de "suicídio 2- o retorno"...
    Saindo o acórdão, acaba a desculpa!!
    Espero que os colegas mantenham firmes na decisão e PISO, PISO, PISO!!!!
    Abraços, e mais uma vez, Parabéns pelos textos brilhantes, que tem sido responsável não só para manter acesa a chama da LUTA, como para ganhar mais adesões.

    ResponderExcluir
  2. Euller,
    Eu já sabia que vc ia fazer uma análise brilhante e verdadeira dessa falacia que é esse DESgoverno de anasta e cia LTDA.
    É achar que como eles, precisamos de lápis de cor pra desenhar e nos ensinar a ler nas entrelinhas, esquecendo que sabemos muito bem fazer inferencias.
    PISO JÁ E NÃO NOVO SUBSIDIO.
    Ahley
    BH

    ResponderExcluir
  3. Sem o piso: É GREVEEEEEEEEEEEEEE!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Euler.
    A cartada final para um subsídio aprimorado não seria apresentada ao Sindicato em um processo de negociação, mas levada à Assembléia Legislativa através de projeto de lei.

    Já vimos este filme antes.

    Veja Blog Beatriz Cerqueira

    ResponderExcluir
  5. De todas as palavras novas Satanastasia merece o trofeu de a mais criativa. Parabéns ao autor, pois reflete realmente o que nosso governante anda representando.

    ResponderExcluir
  6. Não devemos mais negociar com esse ditador. Temos que buscar os dispositivos legais para obtermos o piso através da justiça federal. Duvido que ele vá apresentar a proposta de piso nessa reunião dia 24/08. Ele novamente vai insistir no subisídio para ganhar tempo e o ministério público estadual vai continuar com a fala mansa de intermediar entre as partes.

    ResponderExcluir
  7. Professoras)es),
    Bom dia.

    O Governo está querendo esvaziar a nossa assembleia e acho que está conseguindo, pois ontem, na TV, ELE já anunciou que não tem novas propostas. E antes da assembleia podemos afirmar que a greve vai continuar.
    Não nos resta outro caminho senão seguir com a greve, até que se cumpra a lei.

    Mas temos boas notícias também, o acórdão 4167 no STF, está quase pronto para ser publicado, segundo algumas informações, isto deverá ocorrer até 31/08/11, podendo acontecer antes.

    Temos que ser pacientes e aguardar os fatos.
    A VERDADE É QUE, não existe negociação por parte do governo.
    Esperamos somente o cumprimento da lei.

    FORÇA, CORAGEM, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    ... E O SOL NASCE NOVAMENTE;
    ... E A LUTA CONTINUA.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  8. Marisa Karla-Governador Valadares23 de agosto de 2011 07:32

    Bom dia,
    QUE A LEI SE CUMPRA!
    PISO JÁ!

    ResponderExcluir
  9. Alguém pode me dizer em q planeta essa Secretáia da Educação de MGda educação vive? REPOSIONAMENTO NA TABELA POR TEMPO DE SERVIÇO, não é vantagem, é obrigação para com o servidor público, se ela não sabe a CARREIRA DO SERVIDOR tem de ser preservada... O que estamos exigindo é o PISO SALARIAL NACIONAL DO MAGISTÉRIO = R$1.127,00 pra 40 horas, e não me venha dizer q trabalhamos 24h, pq o tempo que estudamos e preparamos atividades em casa, dá até o dobro disso aí... Então SEJA DIGNA ao representar a sua profissão na TV, dessa vida a única coisa que se leva é a A VERDADE DO QUE SE FOI!

    Elzeline - BHTE/Venda Nova

    ResponderExcluir
  10. A reportagem feita pela Rede Globo de Jornalismo ontem, "esqueceu" de perguntar para a secretária de educação em Minas Gerais: "...se o subsídio usado como forma de remuneração é superior ao piso salarial do MEC não seria mais interessante pro Estado implantar o piso e economizar cerca de 80% aos cofres públicos e ainda resolver todo o transtorno desta greve"?????????????????????????????????????????????????????????????

    ResponderExcluir
  11. Greve até a vitória final. Ou este Desgoverno está achando que estamos aqui a passeio?
    Abraço a todos os bravos combatentes e até amanhã em mais uma assembléia, na qual, todos juntos ergueremos os braços em uma única voz dando continuidade a nossa luta justa.
    PISO JÁ E NÃO NOVO SUBSIDIO.

    ResponderExcluir
  12. Euler,
    Se a secretária afirma que paga 85% a mais com o subsídio, então em reuniao com o sindicato ela deveria mostrar o quanto vai economizar e não dizer que o acréscimo seria de 3,44% nas despesas. Vejam só a arbitrariedade... O peixe morre pela boca. Hahahahahahahahahahahah rsrsrs

    ResponderExcluir
  13. Esse (des)governo já está ficando previsível, por que de certa forma, já esperávamos por essa maldade. Acredito que ele ainda fará mais uma tentativa, antes de se curvar diante da lei. Essa outra maldade( que eles chamam estratégia), é demonstrar que são "bonsinhos" e permitir de imediato, o retorno dos interessados ao subsídio.
    Depois não terá outra saída, a não ser cumprir a lei. Por tudo isso e mais, precisamos nos manter firmes e determinados. NOSSA LUTA È PELO PISO. ENTÃO VAMOS CONTINUAR FIRMES ATÉ O PISO!
    Essa assembleia de amanhã é muito importante, precisa-se muito cuidado para não ter manipulações. Caso perceba-se algo nesse sentido, deve-se apresentar o contra-cheque para ter direito a votar. Colegas que forem a assembleia, levem um contra-cheque, caso exija, você estará prevenido.
    Que Deus Esteja conosco e nos força, sabedoria, persistência nessa batalha. ACREDITANDO SEMPRE QUE JUNTOS PODEMOS MAIS, BOM DIA OS COLEGAS DE CAMINHADA!

    A globo fez comercial de um código de ética, para continuar sem ética.kkkkk Se fosse uma emissora séria não precisaria propagar, todos os brasileiros saberiam.

    Maria Helena - Ipatinga

    ResponderExcluir
  14. Colegas de Ipatinga, em especial os da EE João XXIII e EE Amaro Lanari( Ideal), estamos esperando vocês se juntarem a nós. Vocês também fizeram opção pelo piso, então venham brigar por ele.
    " Quem luta, às vezes ganha às vezes perde, quem não luta, perde sempre!"
    Maria Helena - Ipatinga

    ResponderExcluir
  15. SATANAStasia malígno, o seu lugar é no inferno.

    ResponderExcluir
  16. Euler,

    Saberia dizer se o pagamento do Prêmio de Produtividade está confirmado para o próximo pagamento?

    ResponderExcluir
  17. Vejam a frase dita por Anastasia em entrevista :

    “Minha mãe e minhas irmãs são professoras, uma profissão muito nobre que também abracei com especial dedicação.”

    Fonte: http://www.casacampoecia.com.br/revista/informacao/entrevista/antonio-anastasia-muito-alem-do-professor-do-tecnico-e-do-politico

    Veja como são os nossos políticos, gente que mente descaradamente sem o menor escrúpulo, isto é demagogia e tem muitos colegas professores que vão na onda dessa gente.

    "Você pode enganar algumas pessoas o tempo todo ou todas as pessoas durante algum tempo, mas você não pode enganar todas as pessoas o tempo todo." (Abraham Lincoln)

    Reflita, e questione este é o governo que Minas merece?

    ResponderExcluir
  18. CHARLOTTE SAMPAIO:

    PISO PARA TODOS OS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO!!!

    SEM PISO A GREVE CONTINUA!!!

    ResponderExcluir
  19. Joaquim - Sete Lagoas23 de agosto de 2011 08:11

    Colegas, boicote à Rede Globo. Eu gostava do Programa do Luciano Huck, mas depois que ele se apresentou como amiguinho do Faraó, nunca mais vi seu Programa. Vamos dar uma basta a essa mídia prostituta.
    Alguns companheiros estão falando em greve mais fraca. Fraca???? Há muito tempo não vemos tantas Escolas que, historicamente, não aderiam e, agora, estão conosco.
    A GREVE CONTINUA APÓS ESSA ASSEMBLÉIA PARA DESESPERO DO GOVERNO INCOMPETENTE E SUAS BUROCRATAS, OU MELHOR, VACAS DE BASÃ (nome bíblico para as senhoras riquinhas que oprimiam o povo de Deus - Livro de Amós).
    Até a VITÓRIA companheiros!!!

    ResponderExcluir
  20. O acórdão tá chegando! Se cuida satanastazia. O que esse (DES)governo não aceita é o aumento anual estabelecido na lei do piso, mas vai ter que engolirrrrrrrrrr!

    ResponderExcluir
  21. CHARLOTTE SAMPAIO NÃO ABANDONA O FRONT:

    A VERDADEIRA CONQUISTA DESSA GREVE SERÁ O DESPERTAR DE CONSCIÊNCIA DA CATEGORIA PARA QUE QUEM TEM QUE DETERMINAR OS RUMOS DO ENSINO PÚBLICO É QUEM ESTÁ NA LINHA DE FRENTE, OU SEJA, O PROFESSOR E NÃO OS TECNOCRATAS QUE NADA SABEM DA REALIDADE DA SALA DE AULA.

    ResponderExcluir
  22. Colegas d E.E. Professor Rousset, Sete Lagoas, estamos esperando vocês na luta. Até quando vão ficar aí parados. A fama de "Escola boa" está dando a vocês melhores salários? A vitória está chegando e vocês não merecem receber o fruto da luta dos outros. Um pouco de vergonha não faz mal a ninguém.

    ResponderExcluir
  23. Fátima - Professora de História - Ubá23 de agosto de 2011 08:19

    Já está na hora de efetuarmos uma cobrança mais rigorosa do judiciário. Não é possível que um poder criado para fiscalizar e cuidar para que as leis sejam cumpridas, dificulte de forma duvidosa o cumprimento de uma lei. Veja o caso da demora na publicação do Acordão. Afinal trata-se do julgamento de uma matéria de extrema importânia social e que deveria ser tratada em caráter de emergência.
    Afinal para para que serve o poder Judiciário, se não para defender o povo.

    ResponderExcluir
  24. Vilma Luiza, de Montes Claros23 de agosto de 2011 08:19

    Os deputados estaduais, em sua maioria, estão acintosamente nos ignorando há mais de setenta dias; esquecendo dos seus eleitores, estão lá legislando apenas as causas que interessam ao aprendiz de ditador; só falta agora votarem um projeto de lei que muda a carreira dos educadores sem o aval do nosso representante legal, o Sind-Ute; se acham que vamos engolir isso novamente, que nos aguardem... que não venham a essa altura do campeonato, se arvorar a dizer o que é melhor para nós. Nós sabemos o que queremos: PISO SALARIAL NACIONAL, e SÓ COM ELE RETORNAREMOS ÀS SALAS DE AULA! É nossa carreira e nossa dignidade que está em jogo! E um viva especial aos companheiros de todas as frentes que se mobilizam para nos apoiarem nesse momento. Deus nos abençoe a todos! Abraço e até a vitória!

    ResponderExcluir
  25. Grande sub-comandante Euler, o governo já tem informação sobre a publicação do acordão, por isso esta cartada final. Companheiros, se chegamos até aqui, vamos até o final. Força na luta, haveremos de vencer.

    ResponderExcluir
  26. Aos colegas das E.E. Simeão Ribeiro e Prof. Alcides Carvalho, de Montes Claros: vocês estão fazendo falta nessa frente de batalha,companheiros! já passou da hora de fortalecerem o nosso pelotão! Há tanta gente se mobilizando por aí em prol da liberdade em Minas, e vocês facilitando as coisas para o desvario desse (des)governador louco? Até quando vão se omitir?! Ainda está em tempo, venham!

    ResponderExcluir
  27. Olá amigo Euler,
    Falei alguma bobeira que não condizia com a realidade? Já é o terceiro comentário que faço e vc não publica. Lembra-se que faço parte do núcleo de greve e gostaria que meus comentérios fossem publicados se não me sentirei muito inútil.
    Força na luta!!!
    Até a vitória com o piso.
    Gilvânia

    ResponderExcluir
  28. Olá combativa Gilvânia,

    Seu outro comentário foi publicado no post abaixo. Geralmente ficam dois posts na página inicial e você deve ter feito alguma confusão. Mas, não houve qualquer censura.

    Abraços e força na luta!

    Euler

    ResponderExcluir
  29. Falete, Coronel Murta23 de agosto de 2011 08:53

    Querido amigo Euler,
    Se todos tivessem acesso ao seu BIG BLOG,inclusive estes que ficam nas escolas vendo "A BANDA PASSAR" e ajudando o Governa ""DOR"" arremessar suas pedras naqueles que lutam por todos..com certeza teríamos uma adesao maior de servidores em greve, pelo menos eu ainda quero acreditar nesta hipótese.O seu Blog tanto quanto outros é um leque de esclarecimentos.
    Até amanhã,na praça da assembleia.bj
    SE O GOVERNO ENROLA, ENROLA, NAO VOLTAMOS PRA ESCOLA
    E SE O GOVERNO AMEAÇA, ESTAREMOS LÁ NA PRAÇA.

    ResponderExcluir
  30. Caros professores,
    Concordo com prof. Euler, realmente é a ultima catarda do Governo, ao oferecer aperfeiçoamento do subsídio. Claro, com o subsídio, o governo não será devedor dos servidores e com a implantação do piso o governo terá uma dívida, cujo tamanho vai ficar determinada com a publicação do acórdão que esta para acontecer.Então vale a pena não desistir, tudo indica que o governo não tem nada mais a fazer, a não ser cumprir a lei.
    Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  31. CHARLOTTE SAMPAIO CANTA COM CHICO BUARQUE:

    "APESAR DE VOCÊ ANASTAZISTA":

    Amanhã vai ser outro dia

    Hoje você é quem manda
    Falou, tá falado
    Não tem discussão, não
    A minha gente hoje anda
    Falando de lado e olhando pro chão
    Viu?
    Você que inventou esse Estado
    Inventou de inventar
    Toda escuridão
    Você que inventou o pecado
    Esqueceu-se de inventar o perdão

    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Eu pergunto a você onde vai se esconder
    Da enorme euforia?
    Como vai proibir
    Quando o galo insistir em cantar?
    Água nova brotando
    E a gente se amando sem parar

    Quando chegar o momento
    Esse meu sofrimento
    Vou cobrar com juros. Juro!
    Todo esse amor reprimido
    Esse grito contido
    Esse samba no escuro

    Você que inventou a tristeza
    Ora tenha a fineza
    De "desinventar"
    Você vai pagar, e é dobrado
    Cada lágrima rolada
    Nesse meu penar

    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Ainda pago pra ver
    O jardim florescer
    Qual você não queria

    Você vai se amargar
    Vendo o dia raiar
    Sem lhe pedir licença

    E eu vou morrer de rir
    E esse dia há de vir
    Antes do que você pensa
    Apesar de você

    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Você vai ter que ver
    A manhã renascer
    E esbanjar poesia

    Como vai se explicar
    Vendo o céu clarear, de repente
    Impunemente?
    Como vai abafar
    Nosso coro a cantar
    Na sua frente
    Apesar de você

    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Você vai se dar mal, etc e tal
    La, laiá, la laiá, la laiá

    com alegria, justiça e legalidade a GREVE CONTINUA e vamos arrancar esse PISO na MARRA!!!

    FORÇA E CORAGEM COLEGAS!!!!
    o que importa é que nós temos consciência que nossa greve é justa!!!! NÃO ESTAMOS PEDINDO NADA, APENAS EXIGINDO O QUE É NOSSO DE DIREITO, e um direito constitucional!!!

    ResponderExcluir
  32. Companheiros,

    leiam o jornal SUPER NOTÍCIA DE HOJE.

    Tá lá escrito com todas as letras:

    "SECRETARIA DE EDUCAÇÃO RECUA: GOVERNO RECONHECE QUE REGIME DE SUBSÍDIO IMPLANTADO EM JANEIRO TEM "F-A-L-H-A-S G-R-A-V-E-S".

    Estamos ganhando essa luta companheiros!

    SUBSÍDIO NÃO!

    FORÇA NA LUTA!!!

    ResponderExcluir
  33. Prof. Euler e Educadores de Minas,

    Concordo que é a última e desesperada cartada do governo. Vêm mais atrocidades por aí, tipo mudança de prazo para retorno ao subsídio após melhorias (não podem esperar a data anual estabelecida em lei).
    O desgoverno não vê a hora de estampar mais um contracheque com cortes, apostando na nossa volta. Mas sejamos fortes, resistamos!
    Para repor os dias parados vamos exigir contra cheque especial com reposição e ele não pode negar, sob pena de ter o ano letivo, perdido.
    Da nossa parte, poderemos iniciar já em setembro, um novo ano letivo e ter nosso pagamento em dia.
    Euller, você está certo: Vão mexer agora com os “antigos”. Vão tentar passar mel na nossa boca.
    Este povinho do governo aposta mesmo na nossa falta de inteligência? Enganam-se!
    Esta greve mais do nunca está no seu ápice. Estamos na “rede GLOBINHO”
    Estamos incomodando. São entidades cobrando postura do governo.
    Só nos resta continuar de greve, ir para as portas das escolas, chamar para a luta, quem ainda não veio. E se quem já aderiu continuar (e com certeza, vamos continuar), já dá para vencer.
    Sugiro ao SIND UTE, que precisamos agir rápido. Tomar conhecimento da nova e indecente proposta do subsídio, imprimir tabelas comparativas com o subsídio e com o Piso. Mostrar aos que não têm vantagens que inicialmente fica assim:
    Ganham R$1273,80 contra os R$1320,00 do subsídio. A diferença é de apenas
    R$46,20. (segundo a tabela do blog do João Filocre (Secretário Adjunto de Educação
    de Minas em dois períodos: 1997 a 1998 e 2003 a 2010.)
    Em janeiro do ano que vem, temos já calculado reajuste de 22% contra O% do subsídio, então o salário passa para R$1.527,00. Deixam de ganhar nestes 4 meses restantes (setembro/outubro/novembro/ dezembro)R$184,80 que equivale a 4xR$46,20 e ganham num único mês R$207,00. Isto vezes 4 dá R$828,00 de ganho contra os R$184,80 “perdidos” neste ano.O sindicato precisa mostrar isto.Acho que tabelas comparativas precisam ser espalhadas amanhã na assembléia.( É possível tomar conhecimento destes projeto, através da bancada da oposição?)
    No mais, nosso antídoto contra o veneno do desgoverno será a INFORMAÇÂO e conforme você já disse REFLEXÂO/AÇÂO.

    ResponderExcluir
  34. SATANAStasia, seu lugar é no inferno.

    ResponderExcluir
  35. Hoje no bate papo de redação entre jornalistas da Rádio Itatiaia eu esperava ouvir algum comentário sobre a nossa greve. Para nossa surpresa, o jornalista Carlos Viana tocou no assunto da educação, dizendo que o custo aluno/mês em Minas gira em torno de R$ 400 a 500 reais. E que os resultados são fracos. E que seria melhor dar uma bolsa de R$ 250 reais por mês para os pais escolherem se querem matricular os filhos na rede pública ou privada. Vejam bem que visão privatista, neoliberal e afastada da realidade. Imediatamente mandei a seguinte mensagem para a Rádio Itatiaia:

    "Caro Jornalista Carlos Viana,

    Sua informação sobre o custo aluno MENSAL em Minas não confere com a realidade. O custo aluno ANO não chega a R$ 2.000,00, seja para os alunos do ensino fundamental ou ensino médio. Acho que essas informações precisam ser estudadas com mais carinho, pois induzem a equívocos seríssimos. E só contribuem com a visão privatista muito comum ao atual governo.

    O FUNDEB, por exemplo, repassa cerca de R$ 400 mil reais por mês pelo montante de 2,3 milhões de alunos, o que perfaz uma média próxima de R$ 170 por aluno / mês, para pagar salários de todos os educadores e investir na manutenção da estrutura física da rede.

    Então, se o estado tiver R$ 250,00 (como você propôs) por aluno mês para passar para uma rede privada, seria melhor investir este dinheiro na rede pública, pois assim nós teríamos educadores com melhor remuneração e não com os atuais R$ 369,00 de piso, o mais baixo do país. E uma vergonha para Minas Gerais.

    Cordialmente,

    Euler"

    Vamos ver se o jornalista tem a dignidade de corrigir a fala dele no próximo programa.

    ResponderExcluir
  36. Convém levar O CONTRACHEQUE , pois tuuuudo pode acontecer amanhã. Não aceitamos manobra venha de onde vier. Essa última cartada do governo deve ser já de desespero. Sabem que o PISO é lei e o quanto 'desinformados" tirarem dele considerarão lucros. Mas nós , que estamos firmes sabemos bem o que queremos. Quem chegou até aqui sabe bem o que quer: PISO! Considerei positivo para a categoria o fato de ontem no Jornal Nacional já ser anunciado o que vem por aí. Assim já chegamos na PRAÇA DA ALMG com o grito preparado: GREVE!!!!!GREVE!!! GREVE!!!
    Com quem o governo pensa que está lidando? Ah, creio que não sabe mesmo, mas precisa cair a ficha dele o quanto antes. Quando vejo a secretariazinha do MAL falando, imagino que ela nos considera sem cérebro. Acabei de receber o telefonema de uma amiga que a escola dela que estava quietinha, firme, todos trabalhando, agora param e vão dia 24. Ufa!! Como disse um colega aqui. Só ajoelharmos para para implorar a adesão. Pois creio que sabem bem o que significa receber de piso 369,00 - 550, 00 ou 615,00 . Em qualquer uma dessas situações o professor DEVE pegar seu contracheque e seguir pra ALMG com muito desejo de justiça.
    GREVE! greve! GREVE!!!!!

    ResponderExcluir
  37. Essa vaca, bezerrona (desculpe o palavreado) disse no jornal O Tempo que o modelo antigo de remuneração está extinto. Já sabia que nós professores não representávamos nada para o governo, mas agora é demais! Então o que são os 153 mil servidores que optaram pelo regime antigo? Esse governo safado quer nos empurrar o suicidio goela abaixo. Tivemos o direito de optar pelo regime e ele quer nos impor o suicidio? Ditador! Temos que dar um basta! É greve até a conquista do piso

    ResponderExcluir
  38. Neste momento, à 9h30m, acontece uma panfletagem na BR 381 entre BH e Sabará (ponte provisória sobre o Rio das Velhas). A atividade é realizada por um grupo de educadores do Núcleo Duro da greve da Capital e Grande BH, entre os quais o comandante João Martinho, a diretora da subsede de Vespasiano Cláudia Luiza e o valente Rômulo, representando Ribeirão das Neves e Sabará.

    Outras atividades estão previstas para o dia de hoje em toda Minas Gerais!

    ResponderExcluir
  39. Pessoal, está no blog da Beatriz:

    12:20: Participação no Jornal da TV Alterosas. A Secretária ainda não confirmou a presença. O sindicato já confirmou.
    Precisamos aumentar o ibope das emissoras que se abrem ao debate.Já imaginarem se todos os professores assistirem? Haverá pico de audiência ,enquanto a globinho, apresenta não sei o quê...
    Peça a todos para ficarem ligados. Aluta se ganha com pequenos atos, também!

    ResponderExcluir
  40. Olá companheiros de batalha e demais leitores do Blog do Euler,

    A equipe "Azia e má gestão" não estudou sobre coerência, ou melhor, não valoriza o ensino, por isso não sabe usar a coerência!(Ironia...)
    Queremos o Piso! Todos nós percebemos a tamanha incoerência: O subsídio "subsolo" é melhor? Fique com ele pra vocês: Anastasia e equipe!
    O Piso é inferior? Ah... mas nós sabemos o que é! Esse é nosso por lei desde 2008 e dele não abrimos mão!
    Ô Anastasia e equipe, se com o subsolo o Estado gasta mais (que incoerência!) é só economizar e pagar o Vencimento Básico com os demais direitos adquiridos: ou seja o nosso Piso!
    Nós "educadores mineiros" não mudamos nossas ideias, estamos convictos e "Sem o piso não pisamos na escola".
    Abraços aos companheiros de batalha!
    Euler, parabéns pelas palavras de hoje e por tudo que tem feito no seu blog que se tornou um espaço nosso!

    Patrícia Cruz. Pará de Minas.

    ResponderExcluir
  41. CHARLOTTE SAMPAIO PROCURA:

    Conheci um professor de História chamado Petrônio em uma das assembléias. Ele me pareceu bem combativo. Até hoje não vi sua participação aqui no blog.Pessoas assim como ele têm que estar no combate. Alguém conhece o colega??? Colegas assim não podem ficar em casa de pijama!!! rsrsrs
    Pra rua colega companheiro!!!

    ResponderExcluir
  42. Companheiros de luta,hoje conseguimos que nossa escola (E.E."Professor Pinheiro Campos -Oliveira) fizesse parte do movimento de greve,são 28 professores parados e poucos cumprindo horário.Foi uma Luta,estamos juntos.
    Martinha

    ResponderExcluir
  43. Bom dia companheiros!!!

    Não estamos pedindo esmolas,não aceitaremos esmolas com nome de subsídio.

    Queremos e exigimos o cumprimento da LEI Federal, queremos O PISO e sem ele NÃO VOLTAREMOS PARA A ESCOLA!!!!

    Um abraço e força nesta luta, pois estamos tratando com pessoas doentes pelo poder!!!

    ResponderExcluir
  44. EULER ,MAIS UMA PROVA QUE MINAS NÃO FAZ PARTE DO BRASIL! EITA ANASTASIA, ESSE CARA É UM DOENTE.



    http://www.hojeemdia.com.br/minas/minas-ignora-denatran-e-garante-que-n-o-cumprira-decis-o-1.330272

    ResponderExcluir
  45. Sr.Govrnador,vê se toma vergonha e deixa de enrolação, paga logo esse piso.A Lei foi feita para ser cumprida,dê bom exemplo.E o Poder Judiciário? Esqueceu qual é sua função? Onde está a justiça neste País? Que vergonha virou este País! As Leis em benefícios dos trabalhadores só ficam no papel. Acorda Judiciario! Onde está a Democracia?

    ResponderExcluir
  46. EULER
    P a r a b é n s pelas brilhantes análises.

    EU NÃO ENTENDO ESTE GOVERNO:SUGERIU QUE VOLTÁSSEMOS PARA O VENCIMENTO BÁSICO E AGORA NOS OFERECE MELHORIAS NO SUBSÍDIO. ESTOU ENGANADA OU ESTE POVO ESTÁ MAIS PERDIDO QUE CEGO EM TIROTEIO?
    GREVE ATÉ O PISO.
    AGORA NÃO PODEMOS RECUAR!!!!!!!
    ESTE É UM DAQUELES MOMENTOS NO QUAL SUA OPÇÃO É DETERMINANTE PARA SUA SOBREVIVÊNCIA FUTURA.

    ResponderExcluir
  47. Euler,
    se eles quiserem podem negociar o subsídio para os designados e novos concursados(meu caso).Ora, se n houver uma melhoria nesse modelo, ano que vem faremos outra greve.Nem cogito no momento a mudança na forma de remuneração para os casos citados porque isso vai ser outra "novela".
    Não recuem, piso já! A nossa vez chegou...

    ResponderExcluir
  48. Euler, vc viu?
    Vai ser dado novo prazo para escolhermos
    a forma de remureração.
    Sabe o que dá vontade de fazer?
    Preencher requerimento de novo "reafirmando" minha escolha pelo sistema "em extinção", rsrs, ou seja , deixar óbvio que eu quero o piso e não o teto.
    Abs!

    ResponderExcluir
  49. Aos colegas da E.E.Dom Cavati em Ubaporanga que fizeram a opção pelo PISO SALARIAL, um recado do coração:Vocês estão fazendo falta nessa frente de batalha.Estamos precisando fortalecer o nosso pelotão!Ainda está em tempo,venham!Participem da vitória!
    "O Bônus é para todos,porém o ônus é só para os fortes com ideais" Participar da luta é fazer parte da nossa história.....

    ResponderExcluir
  50. ANASTASIA NÃO É DOENTE.ELE É ARROGANTE, CHEIO DE SI E ESTA RESPALDADO POR UMA REDE DE CONCHAVOS TECIDOS NOS MAIS BAIXOS PROSTÍBULOS POLÍTICOS.
    DEPOIS QUE ESTE TERREMOTO ACABAR, VÃO RESTAR UM PROFUNDO DESENCANTO COM A MÁQUINA INSTITUCIONAL E UMA DESCRENÇA GENERALIZADA NA JUSTIÇA DESTE PAÍS.
    DEMOCRACIA REPRESENTATIVA É UMA FALÁCIA.UM NOVO MODELO PRECISA EMERGIR DESTA LAMA NA QUAL ESTÁ MERGULHADA A POLÍTICA DO BRASIL.

    ResponderExcluir
  51. http://www.otempo.com.br/supernoticia/noticias/?IdNoticia=61108,SUP

    Secretaria de Educação recua
    Governo reconhece que regime de subsídio implantado em janeiro tem ´falhas graves´; novo modelo foi apresentado ontem

    Demorou muito tempo para o governo perceber isto, 77 dias de uma greve que luta pelo PISO, Lei Federal.

    Não vamos cair nesta armadilha do governo. Apresenta isto hoje que se diz melhorias no subsidio, abre novo prazo para retorno ao subsidio.
    Neste periodo sai o acórdão, que o obriga a pagar retroativo, os que resisterem terao o direito, os outros o governo vai dizer que não tem direito porque optou pelo subsidio, cuidado com as jogadas politicas.

    Ja que estamos na luta pelo Piso, queremos o piso. Sem o PISO, a greve continua.

    ResponderExcluir
  52. ONDE VC VIU ISTO, ANÔNIMO 9:53?

    ResponderExcluir
  53. Recebi por E-mail:

    "Anônimo: ESCÂNDALO: FAPAEMG É MANTIDA COM VERBAS PÚBLICAS

    Segundo o site da SEE o presidente da FAPAEMG, Mário de Assis em reunião com a Secretária de Educação Ana Lúcia Gazola em 22/08/2011, “ressaltou a importância da medida tomada pela Secretaria de Educação em relação ao 3º ano do ensino médio e pediu para que fosse considerada a possibilidade de estender a iniciativa para as demais séries.”

    O curioso deste fato é a postura do governo que, para desqualificar o nosso movimento , classificou a greve de política - neste caso entendido como partidária - e cala-se de forma conveniente diante das afirmativas da FAPAEMG . Alguém sabe a fonte de recursos da FAPAEMG? Vou responder: O Estado. Isso mesmo a entidade vive de doações do poder público intermediados pelos deputados Doutor Viana e Paulo Piau este último chegou a presentear - com dinheiro do povo - com um veículo de luxo a entidade. Preciso escrever mais? Como pode uma entidade de defesa de alunos de escolas públicas ser mantida pelo governo? Teria esta entidade alguma autonomia para pedir o adiamento do ENEM ou propor medida para finalizar o movimento de greve ? Outra pergunta : O Sr. Mário de Assis , presidente da entidade tem filho matriculado na escola pública ?

    Veja no link abaixo a FAPAEMG recebendo parte de seus 30 dinheiros - as custas do Estado - como pagamento de sua bajulação indecente. (clique aqui para ver : http://www.paulopiau.com.br/index.php?option=com_rsgallery2&page=inline&id=469&Itemid=86)"

    ResponderExcluir
  54. GRAÇA
    Bom dia Prof Euler,

    Voce tem razão, segundona foi "bruaba". A fala da secretaria na rede globo teve a única finalidade de convencer a população, que o governo "está fazendo tudo para por fim á greve." Mais uma entre centenas de mentiras. O Sindute deve reinvidicar espaço e divulgar na globo, jornal nacional, através de imagens, o que é piso e o que é teto e desmascarar para todo o pais as incoerencias do desgoverno. Digo através de imagens pq imagens falam mais que mil palavras. Agora, fica mais fácil entender a saida dos deputados do PMDB do bloco de oposição, ja foram aliciados pelo poder e com certeza votarão a favor do desgoverno.Dia 24 deve marcar o inicio da ação de cobrança mais agressiva junto à Assembleía Legislativa. Os deputados ganahm uma fortuna, não vamos admitir que continuem ignorando os professores!

    ResponderExcluir
  55. Bom dia a todos !!!

    É GREVE, É GREVE, É GREVE !

    Acabei de fazer visita ao Blog da Beatriz Cerqueira, e tem novas notícias:

    Agenda da greve em BH

    23/08

    1) Os Da's de Filosofia, História, Geografia, Ciências Sociais, Serviço Social, Direito realizarão mobilização em apoio à greve da categoria.
    No horário da manhã a mobilização será de 11:30 às 12:30
    No horário da noite a mobilização será de 18:00 às 19:00

    2) Panfletagem na BR 381, Ponte do Rio das Velhas, organizada pela Subsede de Sabará

    3) Ato em conjunto com a subsede de Contagem, Ibirité e Barreiro, as 10;00, no Restaurante Popular do Barreiro

    4) Atividade em pontos de BH organizada pelas subsedes de BH e Grande BH
    5) 12:20: Participação no Jornal da TV Alterosas. A Secretária ainda não confirmou a presença. O sindicato já confirmou.
    ______________ . . .
    Que o azul do céu e o raiar do sol,
    traga mais energia para todos nós. Gleiferson Crow
    . . . ________


    ABRAÇOS
    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com

    ALÔ, ALÔ, ALÔ
    Ricardo de Governador Valadares MG
    juntos até a vitória !!!

    ResponderExcluir
  56. Pessoal,
    Vamos manter-nos firmes, porque o acórdão vai sair. Não podemos JAMAIS cair em mais uma das armadilhas deste DESgoverno. Propostas de melhorias no subsídio, está maluco! Não queremos subsídio que é o mesmo que TETO, QUEREMOS O PISO. A secretária é tão idiota que pensa que vai enganar-nos dizendo que o subsídio de 1320,00 é maior que o PISO DO MEC, mesmo que seja o proporcional. Não sabia que 1320,00 ("pelados") porque é o valor máximo que um servidor com graduação recebe, independente se está no início ou final de carreira, que na verdade subtraindo os descontos cai para 1120,00 é maior que o PISO acrescido das vantagens e gratificações adquiridas ao longo da carreira. Realmente, o DESgoverno não aprendeu as quatro operações básicas da matemática. Mas nós, servidores da educação do Estado de Minas Gerais, dominamos muito bem as quatro operações e as habilidades de leitura, interpretação, análise e escrita; portanto compreendemos também a LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL. Governador, não adianta melhorias no subsídio, pois o que queremos é o PISO SALARIAL, este é o motivo de nossa greve. Greve até o PAGAMENTO DO PISO SALARIAL no vencimento.

    ResponderExcluir
  57. Meus queridos(as) companheiros(as), nossa vitória está próxima, e o governador está desesperado, por isto irá propor melhorias no subsídio na tentativa de impedir-nos de alcançar o nosso tão sonhado PISO SALARIAL no vencimento básico. Mas é melhor que o governo desista, nossa decisão já está tomada e de forma muito consciente. Agora que já estamos quase lá, o DESgoverno vem com esta história de melhorias no subsídio. Ah, Ah, Ah... De jeito nenhum! Sem o PISO NÃO PISO NA ESCOLA! Em nenhum momento da nossa greve nos interessou melhorias no subsídio, pois já está mais do definido que este modelo de remuneração NÃO É O QUE QUEREMOS! Já provamos que NÃO QUEREMOS TETO! QUEREMOS PISO! Nenhuma outra proposta interessa-nos! GREVE ATÉ O PISO SALARIAL no vencimento básico!

    ResponderExcluir
  58. Rosilene M. Matos Conselheiro Pena23 de agosto de 2011 10:41

    OLHA AI PESSOAL!
    SERÁ QUE NOSSOS PEDIDOS AJUDARAM?
    ADI 4167 - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE (Processo físico)
    Andamentos
    DJ/DJe
    Jurisprudência
    Deslocamentos
    Detalhes
    Petições
    Petição Inicial
    Recursos
    Guia Origem Destino Data de Remessa Data de Recebimento
    1917/2011 SEÇÃO DE CONTROLE DE ACÓRDÃOS SEÇÃO DE COMPOSIÇÃO DE ACÓRDÃOS 22/08/2011 22/08/2011
    1373/2011 GABINETE MINISTRO JOAQUIM BARBOSA SEÇÃO DE CONTROLE DE ACÓRDÃOS 30/05/2011 30/05/2011

    ResponderExcluir
  59. Esta secretária do DESgoverno é muito cínica mesmo. A cara que ela fez durante a reportagem do MGTV 2ª edição de ontem é de puro cinismo, como quem quer mandar um recado aos grevistas, tipo: "estão pensando que irão vencer, que irão conseguir o que querem, o PISO"... Se amanhã o governador não anunciar o CUMPRIMENTO DA LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL no vencimento básico, a nossa GREVE continuará! A vitória está mais próxima do que esta secretariazinha imagina!!!

    ResponderExcluir
  60. Subsidio, suicídio NEM PINTADO DE OURO!!!!!
    GREVE! GREVE!!
    Só agora percebeu q o SUICÍDIO tem falhas?
    Tentando nos enganar? SOBROU!!!!
    Vem mais uma! VAI SOBRAR DE NOVO!
    Gente essa megera e seu SINHOZINHO nos considera sem cérebro!
    SEM PISO? greve!

    ResponderExcluir
  61. Olá Euler e blogueiros!

    Euler, parabéns pelo exposto! Esse cordeirinho do Anastazista é apenas técnico, sem brilho político e pau mandado da DIREITA S/A. Se esse modelo de Gestão Pública - Choque de Gestão em detrimento do servidor e outras políticas públicas -, não serve para Minas, imagine para o Brasil.

    EDUCADORES: vamos desconstruir as certezas do Aécio e sua trupe neoliberalista. Sugiro que deixem "um pouco" os livros e trabalhem criticidade incessantemente com seus alunos. Trabalhe a realidade dos alunos relacionando-as com sua formação pedagógica.

    Você blogueiro já observou o edital do concurso da SEE? No último certame, foram exigidos do candidato, conhecimento na LDB, Constituição, Leis 869/52, 15293/04, etc. Agora, o caminho para que o Governo estabeleça suas forças está mais do que evidente: quanto menos conhecimento da estrutura da máquina administrativa tiver o servidor melhor; quanto menos critico for o servidor melhor; quanto menos capacidade de leitura e escrita tiver o servidor melhor; quanto maior capacidade de lhe dar com estatísticas (dados do inferno) melhor. Afinal, o papel aceita qualquer coisa, mas, números nem sempre representam a realidade. Basta observarmos os “números” apresentados pelo Governo em relação à educação do estado.

    Isso tudo somado caminha lado a lado da maior entre as perversidades implantada de forma sorrateira que esses neoliberalistas podem oferecer: alienação. Portanto, temos que romper com esse modelo econômico e essas orientações, que, em sua
    maioria, são construídas dentro de superintendências ou por consultores que jamais pisaram em escola pública. Um grande exemplo é esse CBC. Não estão exigindo conhecimento, apenas [re]produções.

    Parabenizo os estudante da UFMG pela iniciativa, sensibilidade e soma de forças. Que sirva de exemplo para os estudantes das demais universidades.

    Governador, optamos pelo Piso e não SUBSÍDIO!

    Todos firmes e de pé!

    ResponderExcluir
  62. Que vergonha para um governo de Estado, deixar de CUMPRIR UMA LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL, alegando que esta causará um impacto no orçamento de 3,44%. Por causa deste míseros 3,44%, que para um Estado como Minas Gerais, não representa nada, o governador causou sim, o maior impacto e prejuízo aos Educadores e Educandos de toda rede estadual de ensino. Depois vai para a mídia e fala que a Educação é prioridade no governo, diz que Minas sai na frente, que é pioneira em alguns projetos mas não consegue investir 3,44% para PAGAR O PISO SALARIAL e garantir o CUMPRIMENTO DA LEI FEDERAL. Será que as obras faraônicas, obras da Copa 2014 está causando o mesmo impacto de apenas 3,44% no orçamento do Estado. Permitir que uma greve aconteça e ultrapasse os 76 dias por causa de apenas 3,44% é um verdadeiro absurdo, falta de respeito, de responsabilidade e de compromisso com toda população! Ah, me esqueci! Educação não traz votos, apenas em épocas de eleições. Já outros setores... GREVE ATÉ O PAGAMENTO DO PISO SALARIAL no vencimento básico.

    ResponderExcluir
  63. SLOGAN PARA ESTE GOVERNADOR, hoje e em suas futuras campanhas políticas:

    - XÔ SATANÁS! (campanha PERMANENTE).

    Vamos fazer faixas, adesivos e levar para as ruas.

    SATANÁStasia, o seu lugar é no inferno.

    AÉCIO E ANASTASIA, INIMIGOS N°1
    DA EDUCAÇÃO E DOS EDUCADORES.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  64. HINOS DE FUTEBOL NA LUTA PELO PISO
    PISO,PISO,QUERIDO TÃO COMBATIDO JAMAIS VENCIDO(CRUZEIRO)
    LUTAR,LUTAR,LUTAR ESSE É NOSSO IDEAL.

    ResponderExcluir
  65. João Paulo Ferreira de Assis23 de agosto de 2011 11:06

    Prezado amigo Professor Euler

    Muito bem a propósito veio o comentário do Anônimo das 10:01, conclamando-nos a não voltarmos para o subsídio. Eu já havia lembrado aos prezados amigos o perigo de voltarmos ao subsídio, visto que a lei está tendo sua constitucionalidade contestada por ADIN. E lembrei o que se passou em 1837 com o Padre José Lameda de Oliveira, vigário colado de São José del-Rei (hoje Tiradentes) que pediu exoneração da sua paróquia e pediu para ser colado na vizinha São João del-Rei. A Assembleia Geral anulou a lei provincial mineira, e o padre ficou sem uma e sem outra.
    Se voltarmos para o subsídio o Estado pode até se recusar a nos pagar o vencimento básico alegando que exercemos nosso direito de escolha.
    Fiquemos, pois, na CARREIRA ANTIGA.

    A propósito:

    SUSTENTAI O FOGO, QUE A VITÓRIA É NOSSA.

    João Paulo Ferreira de Assis.

    ATÉ A VITÓRIA!!!!!

    ResponderExcluir
  66. Martinha e núcleo duro da cidade de Oliveira: visitem Cláudio. Vocês conseguiram com o Pinheiro Campos e podem ajudar aqui.

    ResponderExcluir
  67. Que engraçado, agora o DESgoverno quer apresentar melhorias no subsídio com o objetivo de acabar com a nossa greve. Como ele é "bonzinho"! Pena que esqueceram de dizer que a nossa greve é pelo CUMPRIMENTO DA LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL no vencimento básico! A mídia sempre esquece dos oprimidos! Ofereceu maior tempo para que os opressores falassem e se defendessem. Afinal, quiseram passar a falsa imagem à população, de que os culpados pela continuidade da greve somos nós, os servidores da Educação e não o governador mineiro FORA DA LEI! Se o governador não PAGAR O PISO SALARIAL no vencimento básico, a greve continuará. Afinal, o acórdão já está a caminho mesmo... Só espero que não demore muito...

    ResponderExcluir
  68. Fiquemos na CARREIRA ANTIGA ou estaremos rasgando a nossa CARTA DE ALFORRIA! PISO é sinônimo de LIBERDADE! SUBSÍDIO é sinônimo de ESCRAVIDÃO!

    ResponderExcluir
  69. CAMPANHA:

    - XÔ SATANÁS!

    - SATANÁStasia, seu lugar é no inferno.

    AÉCIO E ANASTASIA, INIMIGOS N°1
    DA EDUCAÇÃO E DOS EDUCADORES.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  70. No jornal folha de S.Paulo,saiu uma reportagem do Lula cobrando do ministro de educação Fernando Haddad: Por que até o hoje os professores não estão recebendo o PISO NACIONAL? E ele explica que é porque alguns governadores entraram na justiça, e em abril é que saiu o resultado positivo para os professores.

    ResponderExcluir
  71. CAROS PROFESSORES,

    Na hora de fazer esta NOVA ESCOLHA, lembrem-se que, com o regime remuneratório teremos 22% de aumento, já em janeiro/12.
    E também reajuste anuais todo início de ano.

    Pensem nisso.

    ResponderExcluir
  72. Gostaria que o acórdão viesse de jatinho e não a cavalo. Não sei por quê no Brasil, a JUSTIÇA é tão lenta!!! Será que não dá pra ser diferente? Tudo seria mais fácil!!!

    ResponderExcluir
  73. O cheiro de vitória da educação estáno ar. Mas, é importante permanecermos no ataque, estamos ganhando aos 45 do 2ºtempo e não podemos nos dar ao luxo de perder o nosso direito que é o piso.

    ps. Aproveito o espaço, convoco os professores do "núcleo duro" de Aimorés, vamos fazer uma manifestação para que o terceiro ano pare de funcionar, contem comigo.

    ResponderExcluir
  74. É Fernando Haddad, realmente, de abril até hoje, é muito pouco tempo para se exigir o CUMPRIMENTO DE UMA LEI FEDERAL!!! Com pessoas deste tipo no "Poder", onde vamos parar? Quando é para nos cobrar, não esperam nem a gente respirar, mas quando é para nos PAGAR, ai dá pra dormir e roncar!!! Valha-me Deus! Greve até o PAGAMENTO DO PISO SALARIAL no vencimento básico!

    ResponderExcluir
  75. PROFESSORAS(ES),
    EXPLIQUEM PARA TODOS OS COLEGAS,

    NO REGIME REMUNERATÓRIO, JÁ TEREMOS LOGO EM JANEIRO/12 22% DE AUMENTO.
    E AUMENTOS ANUAIS, ESTABELECIDOS PELO MEC.

    PENSEM NISSO.

    ResponderExcluir
  76. CAMPANHA:

    - XÔ SATANÁS!

    - SATANÁStasia, seu lugar é no inferno.

    AÉCIO E ANASTASIA, INIMIGOS N°1
    DA EDUCAÇÃO E DOS EDUCADORES.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    VENCEREMOS!

    ResponderExcluir
  77. Amanhã é o dia (D),muitos Divinenses estarão marcando presença na assembleia,na oportunidade convocamos todos companheiros e companheiras de luta.Vamos tremer BH.No entanto deixo este versículo para todos que estão nesta batalha dura, mas não impossível.
    Tenha bom ânimo..."No mundo haveis de ter aflições.Corajem!Eu venci o mundo"...
    Jõao (16:33). FORÇA NA LUTA ATÉ A VITÓRIA!

    ResponderExcluir
  78. Esta greve vai entrar pra História da Educação, nunca vi tantas barbaridades e aberrações cometidas de um só vez, por um DESgoverno na tentativa de intimidar a CATEGORIA em greve. Se for levar ao "PÉ da LEI" a coisa está feia pro lado deles!!!

    ResponderExcluir
  79. Notícia quente, às 11h48m,

    A linha Verde foi ocupada pelos educadores em greve, na altura do San Marino, numa das pistas. Dezenas de educadores em greve, do núcleo duro, lá se encontram, com carro de som, panfletagem e ocupação da rodovia.

    ResponderExcluir
  80. O Ministério Público não deveria permitir que o governo mineiro abrisse nova oportunidade de escolha aos servidores da Educação sem antes CUMPRIR A LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL no vencimento básico. Já errou a primeira vez, porque tivemos que optar às escuras, irá errar de novo? A diferença é que agora temos a certeza de que o acórdão está chegando. E com ele a certeza da nossa vitória! Portanto temos que permanecer na CARREIRA ANTIGA, voltar para o subsídio, JAMAIS! Não vamos colocar tudo a perder na hora de vencer!!! Queremos saborear o gostinho da vitória! Greve até o PAGAMENTO DO PISO SALARIAL no vencimento básico.

    ResponderExcluir
  81. ALÔ Sind UTE,

    Queremos adesivos e faixas.

    CAMPANHA:

    - XÔ SATANÁS!

    - SATANÁStasia, seu lugar é no inferno.

    AÉCIO E ANASTASIA, INIMIGOS N°1
    DA EDUCAÇÃO E DOS EDUCADORES.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    VENCEREMOS!

    ResponderExcluir
  82. EULER, ESTOU AQUI INDIGNADA. APESAR DE NAO ESTARMOS EM GREVE NA REGIAO DE SAO DOMINGOS E NOVA ERA, PARALISAMOS DIA 11 E 31 DE MAIO. A SRE JA ESTA NOS COBRANDO A REPOSIÇÃO E AS FERIAS PREMIO ESTAO CONDICIONADAS AO PAGAMENTO DESTES DOIS DIAS. COMO JA HOUVE CORTE, EU NAO PRETENDO REPOR AS AULAS, POREM FUI INFORMADA QUE SE NAO REPOR TEREI MAIS UM DIA CORTADO. ISSO PROCEDE?

    ResponderExcluir
  83. Quero compartilhar com os colegas a mensagem que enviei ao site da Globo (Jornal Nacional) referente à resportagem de ontem:
    "Sou professora em Minas Gerais e estamos em greve a 76 dias (hoje) e fiquei decepcionada com a reportagem acrítica e sem problematização veiculada sobre o tema no JN de ontem. Nossa luta contra o despotismo em MG é muito dura e já é muito difícil sem a veiculação nacional de falácias da Secretária de Educação. Nossa luta é pelo Piso Nacional da Educação, lei do governo Lula e que, descumprindo essa lei, o governador de MG insiste em não pagar e não negociar com a categoria. Omitiu o JN este dado tão importante; a redação de vcs procurou se informar sobre os detalhes do movimento e suas reivindicações? Informou que o próprio MP de MG está em cena tentando uma 'negociação' (apesar das negativas do governo)? Informou que o Ministro da Educação na semana passada legitimou a luta de MG? Informou que deputados lutam uma luta inglória ao nosso lado? Que o próprio governo de MG informou que atender às reivindicações dos professores corresponderia hoje a um aumento de 3,44% nas despesas com a Educação? E que passou por cima de outra lei federal, a de que profissionais em greve não podem ser substituídos (com a conivência vergonhosa da Justiça de MG)? Informou que vários professores contratados como "tapa-buracos" para as aulas do 3 ano não possuem formação adequada para o cargo? Mencionou que aguardamos a publicação de Acórdão do Supremo que obrigará o governo de MG a pagar o que reivindicamos? Mencionou que haverá outra Assembleia dia 24/08/2011?
    Creio que nós, profissionais da educação de MG, merecemos uma abordagem menos tendenciosa, mais clara e mais justa com nossa aula de cidadania.

    ResponderExcluir
  84. Sou mãe de aluna que estuda na E.E.Dr.Guilhermino de Oliveira na cidade de Inhapim,próximo a Caratinga.Minha filha chegou mais cedo em casa,perguntei pra ela se amanhã a escola faria a paralização,ela respondeu-me que não,somente "DOIS"professores(geografia e Educ.Fisica)que estão de greve.
    Como tenho acompanhado e apoiado voces grevista,fico indignada com a atitude desses que se "DIZEM" educadores não valorizar a classe que pertencem e nem sequer sabem lutar por seus direitos,são individualistas e outras coisas mais.

    ResponderExcluir
  85. Vamos quebrar TUDO, vamos, vamos....
    Essa é uma musiquinha que meus alunos cantam na hora do recreio.
    Essa é a vontade que estou tendo, diante de tanto descaso com nós Educadores...

    E a LUTA continua...

    ResponderExcluir
  86. Pergunta: Por que lei do PNE traz tanto desespero para governadores e prefeitos?
    Resposta: Porque tira de suas mãos o controle dos
    salários dos EDUCADORES.

    SEM O PISO, A GREVE CONTINUA.
    Força, estamos chegando lá!

    ResponderExcluir
  87. Gostaria de pedir desculpas pelo erro cometido no comentário que fiz hoje. No lugar de catarda lê-se: cartada. Foi devido a pressa, pois tinha um compromisso naquela hora.
    Recomendação: Firmes e unidos que vencerão esta batalha.
    Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  88. Para Angélica
    Vc deveria se envergonhar colega de não estando em greve paralisar, isso que é aproveitar do movimento. Parou 2 dias pra que? Descansar?
    Tenham dignidade por favor, entrem na luta de verdade,estamos desde dia 8 em greve, com corte de pagamento, pressão de todo lado e vem vc preocupada com 2 dias de reposição e férias prêmio....Vocês não pensam na classe que pertencem? parem de olhar para seus próprios umbigos.Venham para a luta de fato.
    Troféu óleo de peroba pra vocês!
    INDIGNADA!!!!

    ResponderExcluir
  89. CHARLOTTE SAMPAIO FAZ EXORCISMO:

    Xô SATANÀStasia!!! xô!

    Xô ana LÚCIFER Gazolla!!! xô

    ResponderExcluir
  90. Extra!!
    Em tempo real. Neste exatto momento está acontecendo manifestação..a caminho da CIDADE ADMINISTRATIVA ..NA mG 10.
    qUEM MORA MAIS PERTO VAMOS PESSOAL ..REFORÇAR QUEM SE ENCONTRA POR LÁ!!
    Os guerreiros se encontram em frente SAN MARINO
    ABRAÇO!!

    ResponderExcluir
  91. Realmente pessoal, em 21 anos de serviços prestados ao estado nunca vi tanta bagunça provocada pela incapacidade de um governador. A diretora da minha escola disse que não vou ter o direito de repor as minhas aulas(quando eu voltar) para o EJA Ensino Médio e que o professor substituto é quem vai continuar fazendo a reposição, ou seja, a turma vai ter dois professores da mesma disciplina. Ele dará aula aos sábados e no 1º horário e eu entro no 2º. É mole? Alguém sabe mais alguma coisa sobre essas contratações? Na minha escola o edital foi com o nº total das aulas do meu cargo (18), e não o nº de aulas das turmas do 3º ano (3). Acho que foi para atrair os substitutos. Onde está a SRE de Sete lagoas que não vê isso? Seja o que for só volto para a escola quando a greve acabar, ou seja, com a vitória. Abraços a todos o lutadores, estes são dignos de serem chamados de MESTRES.

    ResponderExcluir
  92. Jornal o tempo.

    Em greve há mais de setenta dias, professores da rede estadual distribuíram panfletos na BR-381, em Sabará, na manhã desta terça-feira (23). Segundo a assessoria do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), os panfletos falam sobre a paralisação e explicam as exigências dos educadores.

    O Sind-UTE informou ainda que, além de falar sobre a greve, o objetivo da ação é mostrar para moradores de outros estados o piso salarial que é pago em Minas. Um carro de som também foi usado para ressaltar os motivos da paralisação.

    A categoria, que pede a adoção do piso salarial nacional de R$ 1.597 para uma jornada de 40 horas semanais, informou que apesar de Ana Lúcia Gazzola, secretária de Estado de Educação, ter dito que o governo reconhece as falhas graves do subsídio atual e que divulgará nesta terça-feira um novo modelo, os trabalhadores continuarão de braços cruzados.

    Uma nova reunião para negociar o fim da greve deve ser realizada esta semana entre representantes do governo e do Sind-UTE.

    Segundo a Polícia Rodoviária Federal, cerca de setenta professores estiveram no local, retenções de até 5km, nos dois sentidos, foram registradas na rodovia por causa da ação, que terminou por volta das 11h.

    Força na luta companheiros, piso, piso, PISO só nos interessa o PISO.

    Até que em fim a minha cidade acordou estão todos aderindo a greve sejam bem vindos companheiros e ate a vitória. Elton Castro (Januária).

    ResponderExcluir
  93. EXORCISMO II:

    ana LUCIFER e sua falange de diabos... olha só o que a ALMA DO MAL disse:

    A SEE reconheceu que o regime, implantado em janeiro deste ano, tinha "falhas graves" e que, por isso, foi "aperfeiçoado". O anúncio da mudança foi feito ontem em reunião da secretária de Educação, Ana Lúcia Gazzola, com membros da Federação de Pais e Alunos de Escolas Públicas de Minas (Fapaemg). Os detalhes serão divulgados hoje.

    Falhas graves???? kkkk
    ana LUCIFER, quem disse que queremos o seu SUBSÍDIO cheirando a ENXOFRE???

    Nossa GREVE VITORIOSA vai jogar você e o SATANÁSTASIA NAS PROFUNDEZAS DO INFERNO!!!

    ResponderExcluir
  94. Um recado para os professores do Teotônio Vilela,da cidade de Uberlândia turno matutino, vamos ter vergonha na cara e aderir ao movimento,antes tarde do que nunca. Fiquei sabendo que um único professor desse turno aderiu a greve,e ainda voces foram coniventes com a contratação de um "tampão" para o lugar dele. Sempre há tempo de corrigir os erros, entrem nessa batalha para o bem de todos.
    DEUS ABENÇÕE OS BRAVOS COMBATENTES, ABRAÇOS ATÉ A VITÓRIA!!!!!!
    ANTÔNIO.

    ResponderExcluir
  95. Quem o OOVERNO DE MINAS pensa que é para dizer: A SEE informou ontem, novamente, que não há chance de o modelo do piso salarial ser adotado.

    Sera que o governo de Minas, pensa que aqui e republica federativa, individual, onde se cria leis proprias, tem a justiça que o dar amparo, acoberta os mal feitos.

    Acorda governador, voce esta se enrolando a cada dia mais, quando suas secretarias, dizem coisas sem pensar, sem fundamentação.

    Subsidio não é piso salarial é teto.

    A nossa GREVE e pelo piso salarial, garantido por uma lei federal, que mais cedo ou mais tarde vc tem que cumprir. Se vc não quer ver seu nome gravado como o governador que prejudicou milhares de estudantes, deixando de oferecer uma educação necessaria para o comprimento do ano letivo, cumpra a Lei do PISO.

    Se não nos pagar pr direito, consenso, direito, aguarde o acórdão sai logo, entraremos na justiça, juntando-se a milhares de processos ja, e teremos o direito desde 2008, vai ficar muito mais caro para vc.

    PISO é LEI. A GREVE só acaba com o pagamento do mesmo.

    ResponderExcluir
  96. Super Notícias desta terça-feira 23 de agosto de 2011

    Sem piso, a GREVE continua .

    GOVERNO admite ERRO GRAVE, mas continua sem falar em cumprir a LEI Federal 11738 / 08


    "Será que o governador não entendeu
    até agora que nós só queremos o piso,
    que é nosso direito legal?"
    Beatriz Cerqueira (Coordenadora do SindUTE)

    abraços
    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  97. Por e-mail:

    "Irenilda:

    BOA TARDE EULER,

    Gostaria de fazer uma denuncia através do seu blog, na E. E. Hamilton Lopes perto da minha casa os professores substitutos estão trabalhando com apenas 16 alunos em turma de 40 alunos, dessa maneira vale a reposição?".

    Comentário: Não, não vale como dia letivo. Somente se houver a presença de 50% mais um. Então, os alunos terão que voltar e o tampão terá que repor esta "aula". E é bom que os alunos saibam disso, para que boicotem os tais tampões.

    ResponderExcluir
  98. Colegas, fiquei sabendo que a inspetora da minha escola estava lá verificando se tinha alunos suficientes em sala com os fura-greve, corri lá pra ver o furdunço. Bem, ela disse que sem 50%+1, nada feito, terão que repor. Achei pouco e bom!!! Ela é uma inspetora consciente e tb reclama muito do subsídio, mas, nos levou em 1ª mão a notícia do "Novo Subsídio" e disse que é a última oferta da SEE e que o MP vai nos obrigar a voltar e já deu garantia ao governo que o subsídio é legal sim e teremos que aceitar. Foi por isso que ela falou cinicamente na TV que a greve terminaria essa semana, ela já sabe o que o MP vai fazer... DISCARADA!!!!!
    E agora, o que faremos? Estado sem Lei, que vergonha....
    Ana

    ResponderExcluir
  99. SEM PISO NÃO PISAMOS NA ESCOLA, SatAnastasia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  100. ELES estão perdidos.

    O TEMPO corre a nosso favor.

    ...Enquanto isto...

    - O acórdão será publicado.

    ... Não aceitaremos outro regime de pagtos.
    Em janeiro de 2012 + 22% (regime remuneratório).

    A LEI TERÁ DE SER CUMPRIDA.

    Vamos ser PACIENTES e manter a greve por mais uma semana.

    ELES ESTÃO PERDIDOS.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  101. Precisamos agora de um músico e compositor, para amanhã,24/08, com o tema:

    - XÔ SATANÁS.

    ResponderExcluir
  102. AMANHÃ 24/08
    ASSEMBLEIA DOS PROFESSORES.

    Sind UTE,

    Queremos muitos adesivos e muitas faixas:

    - XÔ SATANÁS!

    - SATANÁStasia, seu lugar é no inferno.

    AÉCIO E ANASTASIA, INIMIGOS N°1
    DA EDUCAÇÃO E DOS EDUCADORES.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS!

    ResponderExcluir
  103. A EE Maria Josefina Sales Wardi em Nova Lima (Jardim Canadá) está ligando para algumas pessoas e ameaçando, inclusive de demissão. É preciso tomar alguma providência. O Sindute não se posicionou quanto ao fato. Lembremos da Lei de Greve. É preciso que alguém do comando de greve, do Sindute, sei lá... Enfim, que alguém vá até a referida escola e veja o que estão fazendo!

    ResponderExcluir
  104. ATENÇÃO

    Se a Beatriz e os advogados do Sind UTE, lerem os comentários deste blog, perceberão o caminho a seguir.

    Ao Ministério Público, solicitando o cumprimento da lei.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  105. Chega de conversa fiada,satanás,tu e esta cara de broaca,que ontem no jornal nacional parecia que tinha tomado todas,paguem o piso e pronto!!!!Não queremos saber de porcaria nenhuma de suicídio.Se é tão bom como dizem,levem prá suas mansões e comam ele com caviar, entenderam???? Queremos PISO,PISO,PISO E NADA MAIS!!!!!! Sem piso,a GREVE CONTINUA PESSOAL!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  106. Euler,

    O Mauro Tramonte do programa Balanço Geral, acabou de mostrar a manifestação em frente à Cidade Administrativa e fez um comentário muito estranho, gozado mesmo!!! Dizia ele:
    O Anastasia não pode agora aumentar o salário dos professores pois não teria como infringir a lei de responsabilidade fiscal..."E os outros governadores que já passaram?", continuou o Mauro, "por que já não foram dando os aumentos? O senhor Aécio Neves, que era antes o governador, por que ele não foi dando os aumentos? Foram oito anos... E agora, o Anastasia, que é o seu sucessor, está com este pepino na mão!!!" E eu digo:
    - Ah! Coitadinho do Mauro...Nunca soube que era o próprio ANASTAZISTA que manipulava toda a gestão do nosso digníssimo FARAÓ?....
    Me poupe Mauro Tramonte!!!!!!

    Circe Reis - Itabirito MG

    ResponderExcluir
  107. COMPANHEIROS!
    É costume dizer que brasileiro tem a memória curta. Então, é bom não nos esquecermos que nossa carreira começou a arruinar com o FHC, congelando nossos salários; depois veio o Azedo, digo, Azeredo e saiu devendo nosso 13°; e por último os irmãos metralha,sobrinho e afilhado, criando a carreira de suicídio. Todos do PSDB! Hoje foi anunciado pelo DESGOVERNADOR a construção de uma catedral no valor de 100 MILHÕES DE REAIS até 2014. Se , como ele afirmou, o dinheiro virá de doações de empresários mineiros, o que ele estava fazendo lá? Bom menino! Mais uma vez vamos pagar a conta. Por isso e pelas falsas promessas desse desgoverno é que não devemos recuar agora.
    A GREVE DEVE CONTINUAR ATÉ QUE "NOSSO" PISO SEJA PAGO.
    É NOSSO DIREITO TERMOS UMA VIDA DIGNA, SEM PRECISARMOS MENDIGAR AJUDA DE FAMILIARES OU RECORRERMOS A CONSTANTES EMPRÉSTIMOS BANCÁRIOS PARA SUSTENTAR NOSSAS FAMÍLIAS.
    CHEGA DE TANTA FALCATRUA COM O NOSSO DINHEIRO!

    ResponderExcluir
  108. Caro Euler e colegas
    É grande minha indgnação ao ouvir colegas professores dizendo em tom sarcástico que entende a lei do piso, blablablablablá, mas que o pagamento que recebe do estado dá para pagar suas contas, então está bom.
    Elementos como esses desmoralizam nossa categoria.
    Somos profissionais, investimos em nossa formação, prestamos nosso serviço com qualidade e precisamos receber adequadamente pelo mesmo e não apenas "para pagar as contas", conforme disse a infeliz.
    colegas assim envergonham a categoria!

    ResponderExcluir
  109. Para Angélica-SDPRATA:
    Que feio Dona Angélica, além de não fazer greve
    ainda vem pedir informações ao Euler?
    O blog é para troca de informação para combatentes e não para pelegos coniventes com este governo déspota.Se você não quer enfrentar tudo o que já enfrentamos,então não fique indignada com corte de 02 dias e férias prêmio.Você está no lugar que merece.Quem não faz greve é porque assina embaixo dos desmandos do Anastasia.
    Querida, só para te lembrar nós tivemos foi todo
    o SALÁRIO CORTADO e nem por isso estamos indignados,o contrário nos tornamos mais fortes!
    Sabe porque ainda não conseguimos a vitória do piso? Por causa de pelegos como você! Se a paralisação fosse em massa, a sociedade já teria
    exigido o cumprimento da lei e esta greve já teria acabado!Pense nisso!Tenha um pouco de vergonha na cara!

    ResponderExcluir
  110. Amanhã assembléia NOVAMENTE!!
    "Um dia em que tudo pode acontecer... Ou nada!"
    Com a notícia de nossa greve no JORNA NACIONAL da Globo fiquei muito desesperada!! A mesma fala da Secretária durante toda a greve!! Deus nos abençoe amanhã!! São muito desgaste.. na minha Escola , só eu e mais 2 professores do terceiro ano não voltaram!!O resto está lá nos prejudicando, o que mais dói que não são os professores tampax!!Maria do Carmo

    ResponderExcluir
  111. Gente é amanhã: sem o PISO A GREVE CONTINUA MAIS FORTE DO QUE NUNCA!!!

    ResponderExcluir
  112. Esta chegou por e-mail:

    "pino luiz orozimbo:

    Corajosos e corajosas colega professores.

    Esta noite perdi algumas horas de sono tentando chegar a uma conclusão: A "graxolla" é burra ou analfabeta? Se o "suicídio" proposto pelo "merdasia" é 85% acima do piso, nós, professores e demais profissionais da educação que o queremos, estamos propondo uma mega economia ao estado.

    Já ouviram a expressão: "quando a esmola é demais...", esse ditado só não é mais apropriado, porque a turma do "aéciopó" e do "merdasia", são do MAL.
    PISO NELES PESSOAL!!!!!!!!!"

    ResponderExcluir
  113. EULER, POSTEI UM COMENTÁRIO SOBRE AÇÕES MAIS RADICAIS, COMO SOLTAR FOGUETES, BUZINAÇO, CORNETAS, PANELAÇÕ, GRITOS DE FORA ANASTASIA, ENFRENTAMENTO CORPO A CORPO, E VC NÃO PUBLICOU? VOCÊ ACHA QUE EXAGEREI? MAS NA MINHA OPINIÃO ESSAS PASSEATAS JÁ DEU. TEMOS QUE PARTIR PARA CIMA AGORA, GUERRA MESMO, REVOLUÇÃO, QUEBRADEIRA. SE O GOVERNO AMANHÃ NÃO ANUNCIA O PISO, TEMOS QUE PROMOVER LEVANTES. ATITUDES EXTREMAS, PARA PASSAR NO BRASIL INTEIRO. E OUTRA, SEM O PISO A GREVE CONTINUA. ACHO INCLUSIVE QUE DEVEMOS DEIXAR ESSE ANO LETIVO SE PERDER. O GOVERNO FICARÁ PÉSSIMO DIANTE DA SOCIEDADE, SERÁ REPERCUSSÃO NACIONAL. NÃO VAMOS REPOR OS DIA PARADOS E DEVERÍAMOS DEIXAR O ANO PERDER PARA ESSE DITADOR SE VER EM PÉSSIMOS LENÇÓIS. PORQUE A SECRETÁRIA ANDA AFIRMANDO QUE GARANTE OS 200 DIAS LETIVOS. COMO? ELA PRECISA DE NÓS PARA ISSO. E AQUELE SUJEITO LÍDER DA ASSOCIAÇÃO DOS PAIS SE REUNIU COM A SECRETÁRIA PEDINDO SUBSTITUTOS PARA AS OUTRAS SÉRIES TAMBÉM. ESSE ANO LETIVO TEM QUE SE PERDER, DOA A QUEM DOER. SERÁ UMA LIÇÃO QUE MG DARÁ QUE JAMAIS SERÁ ESQUECIDA NA HISTÓRIA DA NOSSA CATEGORIA. AMANHÃ FIRMES E FORTES, SEM O PISO, GREVE, GREVE, GREVE, GREVE!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  114. Companheiros de luta ,quero compartilhar com vocês uma experiência que julgo inédita em minha cidade -Bocaiúva.Na semana passada o "n´cleo duro " da greve ,em visita a uma escola da cidade a fim de conscientizar os alunos do desrespeito do governo ao contratar substitutos(tanto aos educadores quanto aos alunos),ouviu destes palavras de repúdio aos professores que não estão na luta e ,especialmente ,uma proposta que aceitamos de pronto:queriam aulas em outros ambientes que não as escolas ,promovidas por guerreiros da educação e boicotariam as aulas dos substitutos.Iniciamos hoje ,com as disciplinas de História(onde usando de recursos que não encontraríamos na escola-datashow por exemplo)com a historia e reflexão sobre o capitalismo,enfantizando o neoliberalismo característico da política do Estado.Foi um momento impar...afirmei aos alunos a nossa satisfação em estar com eles e o nosso compromisso com o exemplo de cidadania e dignidade.Em tempo:escolas do 1º ao 5º ano paralisaram por três dias...esperamos que reflitam e venham somar de modo mais consistente.Renata -Historia -Bocaiuva

    ResponderExcluir
  115. Se o Ministério Público juntamente com o DESgoverno vier impor-nos o subsídio dizendo que este é legal e exigindo que retornemos às salas de aulas teremos que exigir que o governo federal tome as devidas providências, afinal de que vale a LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL? O subsídio é legal para eles, para nós o legal é o PISO SALARIAL. O governo do Estado vai mandar também no governo Federal? Como fica a hierarquia? Por quê será que Anastasia exerce controle sobre aqueles que ocupam o "Poder"? A população exige, através do seu apoio à greve dos trabalhadores em educação, que o governo mineiro negocie com a CATEGORIA CUMPRINDO A LEI FEDERAL DO PISO SALARIAL no vencimento básico.

    ResponderExcluir
  116. Euler
    Saiu agora no site da educação:
    A Secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, se reuniu no início da tarde desta terça-feira (23-08), com os diretores das superintendências regionais de ensino para explicar as propostas de aperfeiçoamento do sistema de remuneração por subsídio. Os detalhes dos avanços no modelo serão divulgados durante a tarde de hoje, em coletiva na Cidade Administrativa, Prédio Gerais – 3º andar, na Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

    ResponderExcluir
  117. Amanhã se não tivermos o PISO SALARIAL no vencimento básico, teremos que votar pela continuidade da greve. Não estamos de greve para aceitar qualquer proposta, queremos o PISO SALARIAL, apenas esta proposta nos interessa.

    ResponderExcluir
  118. Olá, combativo Anônimo das 14h53,

    seus comentários foram publicados sim, talvez você tenha redigido os seus textos em outro post e não os encontrou, mas foram publicados, sim. Só não publicamos aquilo que é preconceituoso (de vez em quando escapa algum texto, e quando percebo eu apago, claro), ou num nível abaixo da crítica, ou claramente provocativo contra a nossa greve. O que não é o caso dos seus textos, que contêm sugestões e propostas de luta, que são legítimas.

    Um forte abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  119. Por quê será que somente agora, que já estamos na reta final de nossa conquista pelo PISO SALARIAL, que o DESgoverno anunciou melhorias no subsídio, afirmando que irá posicionar os servidores de acordo com o tempo de serviço e a escolaridade? É muito estranho, não acham? Eles (governador, secretárias, MP...) precisam respeitar as LEIS e as nossas decisões. De forma alguma queremos o subsídio, se querem considerar o tempo de serviço e a escolaridade, então ótimo, que façam isto em cima DO PISO e NÃO DO TETO (subsídio). São 153.000 servidores da Educação exigindo o PISO SALARIAL. Se a proposta de amanhã não for o PAGAMENTO DO PISO SALARIAL no vencimento básico, a nossa greve continuará.

    ResponderExcluir
  120. Olá pessoal do combate!

    Belo Horizonte e região está vivendo hoje um dia de grande agitação. Houve panfletagem e ocupação da BR 381, na altura de Sabará, pela manhã; depois houve ocupação da rodovia MG 010, próximo da Cidade Administrativa no sentido BH-Confins, parando o trânsito por um bom tempo - representando o nosso blog lá estavam o comandante João Martinho, Rômulo e Cláudia Luiza; no Barreiro houve panfletagem, e as mobilizações continuam em várias partes de BH e região. O dia não acabou!!!

    Nós dissemos aqui que o chão de Minas ia tremer se não pagassem o piso. Eles não acreditaram. O núcleo duro da greve e demais apoiadores de outras categorias estão mostrando que sem o piso, ninguém pisa na escola!

    Um abraço especial à combativa turma de luta de BOCAIUVA e parabéns aos alunos que se recusaram a ficar em sala de aula com os tampões e se aliaram aos verdadeiros professores em greve.

    Força na luta, pessoal, até a conquista do piso!

    ResponderExcluir
  121. É um verdadeiro absurdo meia dúzia de pessoas que se acham "poderosos" querer impor um sistema remuneratório, o subsídio (aplicar o calote) em uma CATEGORIA tão expressiva como a dos trabalhadores(as) em Educação. Não vamos deixar que isto aconteça! É greve até o PISO SALARIAL.

    ResponderExcluir
  122. ALÔ Sind UTE,

    Queremos amanhã 24/08, muitos adesivos e muitas faixas:

    - XÔ SATANÁS!"

    - SATANÁStasia, seu lugar é no inferno.

    AÉCIO E ANASTASIA, INIMIGOS N°1
    DA EDUCAÇÃO E DOS EDUCADORES.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS!

    ResponderExcluir
  123. Notícia quentíssima do Blog do Euler:

    Dezenas de educadores, juntamente com outras dezenas de militantes do MST estão agora, às 15h33m, em marcha pela Av. Afonso Pena em direção à Praça Sete, na Capital mineira. Quem nos informa é outro membro do núcleo duro da greve, o combativo professor Alex. Pelo menos uma faixa da Afonso Pena já foi ocupada. O movimento está crescendo e o governo continua brincando de subsídio. Até agora este governo não pôs os pés no chão, embora esteja com as mãos no nosso piso!

    Força na luta, pessoal! Até a vitória!

    ResponderExcluir
  124. CARANGOLA fará, hoje, às 16h uma passeata com pais,alunos e professores saindo da ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, centro da cidade, até a sede da SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO, onde haverá manifestação. O objetivo dessa passeata é integrar esses segmentos, de modo que toda a sociedade se integre e se inteire de nossas reivindicações, que é a melhoria da qualidade da educação pública em Minas e no Brasil.Pede-se que todos compareçam vestidos com roupas pretas.
    Haverá apoio da Imprensa Local

    ResponderExcluir
  125. Euler,
    Moro muito distante de BH, mas quando leio os seus relatos das manifestações que estão ocorrendo hoje, fico querendo estar lá também para mostrar a minha indignação com este DESgoverno e apoiar os nossos colegas de LUTA! Todos que estão participando dessas Manifestações estão de PARABÉNS, isto é ser CIDADÃO, é assim que construimos o nosso PRESENTE e o nosso FUTURO e é assim que escrevemos a nossa HISTÓRIA! Que Deus ilumine e abençoe a todos. Vamos continuar Firmes na LUTA PELO PISO SALARIAL!

    ResponderExcluir
  126. É ISTO AÍ EULER, VAMOS FAZER BALANÇAR ESTE SOLO.

    AQUI EM MINAS É ASSIM, LIBERDADE E JUSTIÇA.

    NÃO ATROPELEM OS NOSSOS DIREITOS, SENÃO..

    VAMOS FAZER ESTE CHÃO TREMER.

    FORA SATANÁS, FORA A BROACA LUCIFEIA E A IENA FEDIDA.
    EM FALAR NISTO EXISTE UM MAL CHEIRO DANADO DESTAS DEMONADAS. VAI FEDER ASSIM LÁ NAS PREFUNDAS DOS INFERNOS.

    ResponderExcluir
  127. É preciso considerarmos que o MP de Minas (e demais instituições que neste momento seriam importantes) não tem tradição de confronto com o governo. Houve mesmo um procurador de justiça que o lugar em que ele mais aparecia era nas colunas sociais dos jornais. Onde tivesse uma inauguração, um evento, um flash, lá estava ele. E os integrantes desses cargos são todos de um mesmo extrato social, todos "amiguinhos", comungam das mesmas vernissages, dos mesmos coqueteis e badalações. Por isso, buscam sempre se proteger uns aos outros, querem apenas se perpetuar no topo das instituições e fazem qualquer conchavo para possibilitar isso. Assim, não espanta o serviismo, a mediocridade de atuação e a tendência a sempre "estar junto cm o governo".
    Penso que a nova cartada quanto ao subsídio é impor mais trabalho aos servidores da educação, obrigando que queira ficar na carreira antiga tenha que fazer nova manifestação. Deveria ser o contrário, a manifestação tinha que ser de quem quer ir para o "suicídio", por uma simples questão de justiça para aqueles que estão há bem mais tempo no estado.
    Infelizmente, as abordagens jornalísticas revelam que a imprensa mineira perdeu definitivamente a dignidade. Elas funcionam, basicamente, como porta-vozes do governo. Não há uma análise distoante do que prega o governo. Não pode haver assessoria de imprensa melhor. Acaba que jornalista em minas ficou uma categoria profissional prostituta...o governo pagando bem que mal tem em beneficiá-lo.
    O importante é resistir, sempre...pra sempre....

    ResponderExcluir
  128. Euler
    Veja esta publicação no jornal: O Tempo
    Ana Lúcia admitiu que o subsídio, como estava, provocou um "achatamento" dos salários dos servidores mais antigos. "Não foi considerado o tempo de serviço e os profissionais mais jovens acabaram ficando praticamente com o mesmo salário dos mais experientes. Acredito que, com as correções, a remuneração vai ficar muito melhor e os professores vão aceitar. O modelo velho está em extinção", afirmou.
    A secretária informou ainda que os professores terão um novo prazo para escolher entre o sistema antigo e o subsídio. A data deverá ser divulgada hoje.
    Hoje, a SEE detalhará como o servidor da educação seria enquadrado nas 15 faixas salariais do plano de carreira. Nele, o profissional passa por uma avaliação de desempenho a cada dois anos e pode mudar de faixa, com um aumento médio de 3% no salário. A situação dos diretores e vice-diretores escolares, que ficaram com uma remuneração mais baixa no subsídio, também será corrigida.

    ResponderExcluir
  129. Gente, nossa saída agora é pedir o impechament do governador. Amei o Xô satanás. Que depois do impechament ele vá para o inferno com suas panicats. Força, gente!!!!

    ResponderExcluir
  130. Euler

    Será que esta "faixa"que a secrtária fala que vai encaixar os professores seia a de GAZA?? Acho que o fim das maldades ainda não terminou....

    ResponderExcluir
  131. Euler,qual o horario deste jornalista Carlos viana???

    ResponderExcluir
  132. olá gente,
    Acabei de ver no site da SEE. Protejam-se que vem bomba ai!
    https://www.educacao.mg.gov.br/imprensa/noticias/2277-avancos-no-subsidio-sao-apresentados-aos-diretores-das-superintendencias-regionais-de-ensino.
    Não podemos sucumbir agora, pois as armas do Governasia estão acabando. firmes na luta até o piso!!!

    ResponderExcluir
  133. PREVISÕES DE MADAME CHARLOTTE(a que tudo sabe e tudo vê):

    Sob o comando do NÚCLEO DURO a categoria vai levar a NOCAUTE esse governadorzinho e suas miquinhas amestradas!!!
    PARABÉNS PROFESSOR EULER E TODOS QUE MOMENTO NENHUM BAIXARAM A GUARDA!!!
    Só mesmo pessoas como vocês para resgatar a nossa confiança no poder de luta que juntos possuímos. O NÚCLEO DURO jogou definitivamente a última PÁ DE CAL sobre os pelegos que até pouco tempo manipulavam nossos movimentos reivindicatórios!!!
    OBRIGADO AO NÚCLEO DURO POR RESGATAR NO CONFIANÇA NA LUTA!!!

    ResponderExcluir
  134. José Alfredo Junqueira23 de agosto de 2011 16:03

    Para a senhora Andréia Neves(será que ela lê este blog?):Madame,a sra.não conseguiu censurar a reportagem na Globo mostrando a realidade em Minas?Mais de 70 dias de greve,escolas às moscas etc.Quê isso "véi",tá sem prestígio?Vai proibir as propagandas na GROBO?E a candidatura do "véi"?Situação difícil,em?Concordo com alguns comentaristas que dizem que já está tudo "armado".Vão dar uma maqueada no subsídio e algum desembargador ou juíz mancomunado($$$$$$)vai obrigar(tentar) o fim da greve ou multa e demissão.Já vimos este filme.Isto realmente é mais um indício que o acórdão está para ser publicado.Fé e força para todos.

    ResponderExcluir
  135. Educadora,estou como você,louca para estar onde estão estes bravos guerreiros.Queria poder fazer muito mais,mas torço pelos companheiros que não têm medo,que enfrentam.Continuo sozinha de greve na minha escola e vou continuar até a VITÓRIA,COM O PISO,COMPANHEIRA!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  136. De novo não. Achei que tinha exorcizado o tal subsidio de minha vida e a Gazolla aparece com ele de novo. O que este subsidio tem para deixar esta mulher tão apaixonada? Ela que fique com ele. Envie o meu formulario e desde já estou no vencimento extinto.

    ResponderExcluir
  137. Na ALEMANHA um professor com a mesma experiência de um brasileiro ganha 30 mil por ano, seis vezes mais que nós! Em PORTUGAl ganham 50 mil por ano e estão reclamando de salários, eles trabalham com 9 aulas semanais e 14 alunos em sala!( meu sonho de consumo). SE QUEREMOS SER UM PAÍS DE PRIMEIRO MUNDO, NOSSOS GOVERNANTES TEM QUE MUDAR SUAS MENTES!!ALUNOS isso é o
    IDEAL, menos alunos mais dedicação a VCS!!

    maria do carmo. EE.JOÃO PAULO I

    ResponderExcluir
  138. Se não é o PISO, não tem fim da greve!!!

    ResponderExcluir
  139. Ter, 23 de Agosto de 2011 14:53
    NO SITE DA SEE ACREDITE QUEM QUISER!

    (...)a secretária destacou que o governo está realizando todos os investimentos possíveis na melhoria salarial dos professores e que os avanços nos subsídio vão de encontro a essa ideia. “Estamos aperfeiçoando o subsídio porque esse é o modelo que o governo vai investir”, explicou Ana Lucia Gazzola. Atualmente, 62% dos servidores da educação recebem por subsídio. Já os outros 38% fizeram a opção de retornar à forma de remuneração anterior.

    "VÃO DE ENCONTRO, NÃO SERIA AO ENCONTRO???? SOS! ATO FALHO?? AO MENOS AGORA A GAZZOLA FALOU A VERDADE! SUBSIDIO AFRONTA, BATE DE FRENTE COM A QUALQUER SUPOSTA MELHORIA SALARIAL!
    O DESGOVERNO VAI IGNORAR O SINDUTE E NEGOCIARA COM OS DEPUTADOS!
    VAMOS COBRAR DOS DIGNISSIMOS DEPUTADOS,AFINAL FORAM CULPADOS PELA APROVAÇÃO UNANIME DO SUICIDIO EM 2010. LEMBRAM????

    ResponderExcluir
  140. É muita cara de pau. Depois de todo esse tempo, reconhecem a pobreza do subsídio e, INSTANTANEAMENTE, adicionam melhorias a ele, como se todo esse processo fosse a coisa mais normal do mundo, não tivesse prejudicado ninguém. Que estado é esse? Lembrando que o governo de minas tem escritório em brasília e amigos e amigas no STF e, com certeza, deve estar buzinando no STF para melar de algum jeito.

    ResponderExcluir
  141. "Quem evita decepções também evita novas conquistas. A busca pela vitória é um risco. De seguro, apenas há a certeza de que o primeiro passo é o importante ato de tentar." Com corte de salário, com substituições, com ameaças, com críticas, mas acima de tudo com muita raça , chegaremos ao piso.
    A luta continua e agora o que comanda é a ADRENALINA que meu corpo produz ,ao simplesmente imaginar vencer esse governo ditador e todos que estão do seu lado.

    Meus neurônios impulsionam ...PIso
    Meu coração bate... PISO
    Em minhas veias correm...PISO
    Em meus olhos vejo...PISO
    Em minha pele sinto... piso
    E com minha garganta eu grito...PISO

    A greve hj alimenta meus sonhos...

    Sul de Minas forte na busca pelo piso.

    ResponderExcluir
  142. "Não há conquistas fáceis. São as estradas sinuosas que levam ao caminho certo. O profissional, em qualquer ofício, alcançará o triunfo a partir de um espírito tenaz, forte, obstinado."

    Piso já!
    Acorda Anastasia

    ResponderExcluir
  143. "A força não vem de vencer. Suas lutas desenvolvem suas forças. Quando você atravessa dificuldades e decide não se render, isso é força."
    Arnold Schwarzenegger

    Sul de Minas na luta pelo piso.

    ResponderExcluir
  144. "Como poucos, eu conheci as lutas e as tempestades. Como poucos, eu amei a palavra liberdade e por ela briguei."
    Oswald de Andrade

    Amanhã ...Sul de Minas invadindo BH

    Queremos o PISO

    ResponderExcluir
  145. leiam por favor
    https://www.educacao.mg.gov.br/images/stories/servidor/subsidio-versao-definitiva1-web.pdf
    noticia quente sobre o que o desgoverno fez para o subsidio.
    Abraços, Erika Rocha. Ipatinga

    ResponderExcluir
  146. CHARLOTTE SAMPAIO REPASSA NOTÍCIA MENTIROSA DO JORNAL HOJE EM DIA:

    "A greve dos professores completou 76 dias nesta terça-feira. Segundo a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, a paralisação atinge 18% das 3.777 escolas públicas estaduais: 2% estão totalmente paradas e outros 16% em paralisação parcial. Para o Sind-UTE/MG, a adesão é maior e atinge 50% das escolas."

    http://www.hojeemdia.com.br/minas/professores-e-fisioterapeutas-fazem-protesto-e-travam-transito-1.330339

    ResponderExcluir
  147. Olá combativos colegas do Núcleo Duro da Greve, no mínimo esse senhor O presidente da Fapaemg, Mário de Assis é rídiculo propôs pra demoníaca GAZOLLA substituir os outros profissionais da educação além dos verdadeiros professores do terceiros anos substituídos pelos professores tampax isso é engraçado.Aonde eles encontrar esses profissionais?
    Até a vitória!!!
    Gilvânia História.

    ResponderExcluir
  148. Engraçado esse governo. Se acaso o subsídio fosse mesmo melhor para o professor, ele seria mais oneroso aos cofres públicos, o que faria o governo ter a opção pelo piso em nossos vencimentos básicos. Logo vemos que este governo está mentindo. Lógica simples!!!

    ResponderExcluir
  149. Ei pessoal, acabou sair as melhorias do subsidio no site da SEE. De acordo com as propostas o subsidio para quem tem ensino superior passa de 1320 para 1386!! Hummm!! ai tem coisaaaa!

    ResponderExcluir
  150. LIÇÃO N° 1

    Nunca fira os sentimentos dos MINEIROS.
    Principalmente de toda uma comunidade ou categoria de trabalhadores.
    E vocês estão maltratando os professores mineiros.
    Vão se arrependerem por isto, aqui se faz, aqui se paga.Podem ter CERTEZA disto.

    O SEU NOME JÁ ESTÁ MARCADO PARA SEMPRE,
    +++SATANÁS MALIGNO+++

    Mas nós, o faremos dobrar diante da JUSTIÇA DIVINA E DOS HOMENS.
    E conhecerás a IRA DOS QUE FORAM INJUSTIÇADOS.
    E sentirás na pele a desgraça e chorará clamando por PERDÃO.
    ... Os sinais já começaram.

    XÔ SATANÁS,
    SATANÁStasia, seu lugar é no inferno.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  151. Ja está no site da SEE a nova proposta cantada por verso e prosa
    1- Um reajuste de 5% na tabela do subsidio
    2- o bla bla de praxe
    3- reajuste ao cargos comissionados
    4- para fechar com chave de ouro o novo prazo para voltar ao suicidio

    ResponderExcluir
  152. Olá,
    Não creio que vocês vão gostar, mais se quiserem ver o mais novo golpe de suicidio da Secretária Mazolla. um tiro no .... Pelo amor de Deus, meu povo, não vamos aceitar isto de jeito nenhum. (acesse a SEE MG, vá em servidor no quadro azul do lado, clique em avanços no subsídio, depois que abrir clique no link do mesmo, e morra de susto!!!), ou de raiva.

    ResponderExcluir
  153. Mário de Assis, parece até nome de poeta.
    Secretário de Plantão, na porta do inferno.
    Cuidado com a Broaca Luciféia.

    ** Este pessoal fede pra daná.

    ResponderExcluir
  154. AMANHÃ, 24/08/11, VAMOS INVADIR BH.

    ResponderExcluir
  155. O SEU NOME ESTÁ MARCADO, PARA SEMPRE.

    +++SATANÁS MALIGNO+++

    ResponderExcluir
  156. Euler

    Saiu a tabela e a proposta no site da educação.
    Favor verificar e nos dê seu parecer. Acho que ainda continua péssimo para nós professores. O PISO será muito melhor! Ainda mais para quem tem benefícios para receber futuramente. Obrigado!

    ResponderExcluir
  157. Prezados Colegas,
    Navegando pelo site do STF, procurei observar a tramitação de ADIs que já tiveram o acórdão publicado e tive uma feliz constatação: depois que o processo segue para a composição de acórdãos (como foi o nosso ontem), leva, em média, 3 dias para a sua publicação.
    Estamos muito próximos de uma vitória !
    É Piso ou Piso !

    ResponderExcluir
  158. APÓS A PUBLICAÇÃO DO ACÓRDÃO,

    MANDATO DE SEGURANÇA, NELES,

    E CUMPRA-SE A LEI.

    XÔ SATANÁS.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS!

    ResponderExcluir
  159. Amigo Euler, leia sua caixa de emails urgente, le o que te mandei escrito urgente, pois éa chamada urgencia urgentíssima. Ajude-me a convencer o Sind-UTE da importancia do comunicado já que eu não obtive exito.

    Anônimo disse...

    " Euler,
    Se a secretária afirma que paga 85% a mais com o subsídio, então em reuniao com o sindicato ela deveria mostrar o quanto vai economizar e não dizer que o acréscimo seria de 3,44% nas despesas. Vejam só a arbitrariedade... O peixe morre pela boca. Hahahahahahahahahahahah rsrsrs" PARABÉNS amigo das 7:51, ótima a sua sugestão, tentei repassá-la ao sindicato, pena que não obtive exito, pela burocracia.

    ResponderExcluir
  160. GRAÇA:
    Boa tarde Prof Euler,

    Lutamos pelo PISO e SEE insiste no subsidio, é inacreditável!
    Posto o e-mail que recebi agora, do Dr.Leonardo Carneiro, com a da proposta da SEE para conhecimento de todos.

    "SOLAVANCOS NO SUBSÍDIO"
    leonardocarneiro | 23/08/2011 at 16:52 | Categories: Regime jurídico da política pública de pessoal | URL: http://wp.me/pmxEj-4W
    Clique no link abaixo para acessar a proposta apresentada pelo Estado de Minas Gerais no caso da greve dos profissionais da Educação. Além do trocadilho acima, por ora não faremos comentários.
    Nos próximos dias divulgaremos nossa análise.

    Solavancos no subs�dio - proposta da Secretaria de Educa��o.pdf

    http://direitodoservidor.files.wordpress.com/2011/08/solavancos-no-subsdio-proposta-da-secretaria-de-educao.pdf

    ResponderExcluir
  161. Maior enganação, um tapa buraco sem eneficacia estas melhorias no subsidio, besta de quem retornar para ele.

    O governo acha que vai passar mel na boca com isto?

    Piso é lei, cumpra-a.

    Pensei que fosse melhorar, colocar todos no nivel de acordo com o tempo de serviço, kd os quinquenios, bienios, pós-graduação?

    Sem o Piso que é lei, onde fala que o piso e vencimento basico acrescido das vantagens que temos nos nossos contra-cheques, nao devemos aceitar.

    Se vc não e filiado ao sindicato, nao entrou com a ação na justiça, faça isto, temos que garantir nossos direitos, custe o que custar. Piso é Lei, tem que cumprir.

    Alunos sem ano escolar letivo, por culpa do GOVERNADOR ANASTASIA.

    ResponderExcluir
  162. Pessoal,não adianta ficar praguejando,nossa indignação é grande, mas vamos ter equilíbrio, sabedoria.
    Vamos usar nossa inteligência, imaginem na Assembléia se cada professor trocar o debate, o poder das palavras por esses xingamentos, empobrece a discussão.
    Este blog é uma espaço democrático e inteligente, portanto vamos manter a calma, respirar fundo, pois xingar é baixar o nível e entrar no jogo deles.
    Força na luta e que venha o PISO!!!!

    ResponderExcluir
  163. Sou professora há 24 anos, no princípio tinha muito orgulho de ser professora e até já ganhei bem, acredita? Depois de um tempo vi a educação deteriorar, o professor desmoralizado, desmotivado, salários péssimos. Ser professor virou sinônimo de não ter nada melhor para fazer, um quase "incompetente"....vivíamos cabisbaixo...
    Mas hoje, posso dizer que tenho orgulho de ser professor, quando vejo a fibra dos NOBRES colegas, da resistência, alguns sacrificando o pão de cada dia, um vez que o governo sem compaixão confiscou os salários...
    Parabéns Euler por cmpartilhar conosco que vivemos no interior, as movimentações do núcleo duro da greve e parabéns aos guerreiros q vão às ruas da capital mineira. FORÇA NA LUTA, NÃO ESMOREÇAM...

    ResponderExcluir
  164. Euler tive outra idéia...(somos uma fábrica viva de idéias, por isso você nos intitulou de "chão da fábrica" e combina tão bem com o PISO da fábrica) por que não pensou nisso antes. Peça alguém ai pra fazer uns papeizinhos com o endereço do seu blog pra gente distribuir amanhã na greve,porque infelizmente minha impressora está sem tinta. Uma amiga aí falou que conheceu um combativo que não está entre nós... por mera falta de um boca a boca. E nisso somos MESTRES também...
    Gente, vamos lotar a ASSEMBLÉIA AMANHÃ ! Pelo amor de Deus, não nos deixe sermos derrotados por meia dúzia que o GOVERNO plantar no nosso meio para votar contra nós e acabar o nosso movimento.
    SE FICARMOS SEM ESSE PISO, MUITAS CABEÇAS VÃO ROLAR NO SINDICATO OU SERÁ O CASO DE ROLAR ATÉ MESMO O SINDICATO TODO, COMO JÁ FIZEMOS UMA VEZ A TAL APPMG QUE ABANDONAMOS NOS IDOS DE 78 SEI LÁ... PRA CRIAR O SINDUTE(O departamento jurídico INOPERANTE...).

    ResponderExcluir
  165. VAMOS FICAR NO REGIME REMUNERATÓRIO.
    EM JANEIRO/12 + 22% JÁ ESTÃO GARANTIDOS.

    APÓS A PUBLICAÇÃO DO ACÓRDÃO,
    MANDATO DE SEGURANÇA NELES E,
    CUMPRA-SE A LEI.

    CONTINUAMOS FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    ResponderExcluir
  166. O SEU NOME ESTÁ MARCADO PARA SEMPRE.

    +++SATANÁS MALIGNO+++

    ResponderExcluir
  167. Combatentes da Educação, membros do Núcleo Duro da Greve e da luta pela base (tá virando corrente sindical esta expressão, rsrs),

    Já tenho até um título para o novo post da noite: "Governo de Minas anuncia uma bomba, mas solta um traque. Nós queremos é PISO!"

    Quem já pode verificar a nova proposta da versão dita melhorada do tal subsídio, pode constatar que só quem for muito bobo e desavisado retornará para aquele sistema.

    Imaginem bem, se eu vou trocar meus 22% de reajuste em janeiro de 2012 por 5% em abril do mencionado ano. Meu salário com o piso reajustado em 2012 será de R$ 1.680,00. Já com o subsídio ele seria de R$ 1.456,00.

    Além disso, a regra de progressão para os antigos, pelo tempo de serviço, vai até 2015. E nem mesmo os rebaixados percentuais de 10% para promoção e 2,5% para progressão (contra os 22% e 3% do nosso plano de carreira) foram alterados.

    Ou seja, só os diretores e secretários de escola terão um reajuste um pouco maior.

    Em resumo, um fiasco. Não troco o meu piso pelo subsídio de jeito nenhum e recomento aos 153 mil colegas que optaram pelo antigo sistema a permanecerem no sistema de vencimento básico.

    Após a nossa vitória, com a implantação do piso, vamos exigir também que o governo permita que os designados e aqueles que ficaram no subsídio, iludidos, possam retornar.

    O regime que está em extinção é o do subsídio. O do piso está apenas começando!

    Um forte abraço a todos, força na luta, e mais tarde volto com novas análises.

    ResponderExcluir
  168. Sind UTE,

    Faça uma ou duas ou três tabelas, fazendo uma previsão dos rendimentos dos professores.
    Contando o tempo e a escolaridade, pelo REGIME REMUNERATÓRIO.

    PRECISAMOS DE COMPARAÇÕES.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    VENCEREMOS!

    ResponderExcluir
  169. MESTRE EULER, COMPANHEIROS DE lUTA!

    Sobre o comportamento da imprensa em não cobrir nossa greve como deveria ou como gostaríamos, é muito simples... Essa imprensa recebe concessão do poder público estabelecido (anastazia), é como se fosse um serviçal submetido às vontades do patrão que a qualquer hora pode negar tais concessões. Ela é reflexo de uma camada social que se diverte moendo carne dos de baixo. De maneira ipócrita dá a imprensão de que defende o povo, porém em questões que não afetam a credibilidade junto ao governador. Estamos falando de uma imprensa, reflexo de uma burguesia decadente, covarde e mentirosa, pois se trabalhasse com a notícia sem retoques, nenhum... Eu disse, nenhum fora da lei ocuparia os poderes contituídos, se realmete militasse ao lado do povo como o faz os trabalhadores em educação. Entretanto os de cima não perdem por esperar haverá o dia em que esta ordem estabelecida pelos de cima se romperá... A internet vem surgindo como um fator de desequilíbrio na manutenção da ordem que favorece os desalmados da pretença elite.

    Discordo do anônimo das 13:48, que disse que o MP possa nos obrigar a voltar para o subsídio. Quando o governo abriu a opção de volta à carreira antiga, não o fez por filantropia, mas porque biênios, quinquênios e gratificações, são direitos adquiridos os quais não podem ser tirados de forma arbitrária... Assim se o MP nos impuser o subsídio que é a soma de todas as vantagens e consequente extição desses direitos ao longo da carreira, ele estará mais ilegal que o governo que na pior das ipóteses acatou a ordem judicial da opção de escolha.

    FORÇA NA LUTA GUERREIROS DE MINAS.
    NOSSO NOME É REVOLUÇÃO NOSSA BANDEIRA A EDUCAÇÃO, NOSSO OBJETIVO A LEI, NOSSA ARMA A UNIÃO, NOSSO INIMIGO ANASTAZIA (pirracento)!!!

    NOSSO DESFILE DE INDEPENDÊNCIA COMEÇOU NO DIA 8 DE JUNHO E SÓ VAI TERMINAR QUANDO OS GUERREIROS QUIZEREM NÃO QUANDO OS GOVERNOS MANDAREM...
    SEM O PISO NÃO PISAMOS NA ESCOLA!

    SARAVÁ ANASTAZIA
    VÁ DE RETRO SATANÁS
    EU TRABALHO O ANO INTEIRO
    TIRE A MÃO DO MEU DINHEIRO.

    TODO PODER AOS TRABALHADORES!!!

    ResponderExcluir
  170. Olha aí, turma do combate,

    Entre as muitas movimentações de hoje, eu mencionei já acima a grande passeata com ocupação da Praça Sete, em BH. Este ato, especificamente, foi organizado, entre outras, pelas seguintes entidades: MST, Via Campesina, MAB e movimentos estudantis. Com a informação do professor Alex e do Comandante Martinho diretamente para o Blog do Euler, espaço de resistência e luta dos educadores de Minas e do Brasil.

    ResponderExcluir
  171. Euler,

    É preciso explicar bem essa porcaria de versão melhorada do subsídio deixar claro que é uma droga. Continuam seguindo o mesmo modelo de mudança de nível na carreira, ou seja, eu tenho licenciatura plena e pós graduação, continuarei (recebendo como licenciatura curta), é mole ou quer mais?
    A arrogância deste governo é inacreditável!!

    QUEREMOS É O NOSSO PISO!!!!

    ResponderExcluir
  172. Olá pessoal,
    Aguentemos firmes o governo está quase sendo vencido, ele está desesperado, somos uma força muito grande!!

    PISO, PISO,PISO, PISO,PISO, PISO!!!!!!!

    ResponderExcluir
  173. PARABÉNS, CAMARADA EULER. AQUI, DO ALTO DO RIO PARDO, SÃO JOÃO DO PARAÍSO, HÁ SOMENTE 05 (CINCO) COMPANHEIROS QUE SE MANTEM INFORMADOS SOBRE A GREVE. NÃO É FÁCIL PERMANECER AQUI, COM A BOCA ESCANCARADA CHEIA DE DENTES OBSERVANDO VOCÊS LUTAREM. QUEM DIRIA, A GAZZOLA, QUE SE APRESENTOU COMO LIBERTÁRIA, NO SEMINÁRIO, LÁ EM CAXAMBU - SE DIZENDO FIDEL CASTRO - E SERVINDO DE BODE ESPIATÓRIO DO NANÁ - ESSA PÁTRIA CHAMA LAMA BRASIL -

    ResponderExcluir
  174. Gente, que governo ridículo!!!!!

    Aumento de 5% em abril... Reposicionar de novo, se eu nem fui reposicionada ano passado!!!kkkkkkkkkkk Minha situação está toda enrolada desde a implantação desse lindo "suicídio". Gato escaldado tem medo de água fria!!! Tô fora!! Pega quem quiser, eu não quero e ponto final.
    Marta

    ResponderExcluir
  175. Marisa Karla-Governador Valadares23 de agosto de 2011 17:55

    Colegas,
    Amanhã, se a proposta não for o piso ecoaremos por
    toda Minas:GREVE!!!!GREVE!!!!GREVE!!!!
    E o MP? Pode nos obrigar a retornar? Ele tem poder para isso?
    Não é a categoria que decide isso?Por favor,quem
    souber me responda.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  176. Exatamente agora, dia 23/08 às 17:55 hs às vésperas de mais uma de nossas assembleias vejo mais uma propaganda enganosa na TV GLOBO do desesperado governo de Minas Gerais tentando ludibriar os servidores pra que voltem para o subsídio.
    ACORDEM PESSOAL, NÃO CAIAM NESSA ARMADILHA ARDILOSA.Vamos em frente companheirada, nossa meta é simplesmente a: IMPLANTAÇÃO DO PISO SALARIAL PROFISSIONAL.

    ResponderExcluir
  177. Euler,
    Peço encarecidamente que no post de hj vc faça um paralelo entre esse "subsídio recauchutado" e o Piso, pq tem muita gente desinformada que vai entrar nessa barca furada.
    A propósito, os ATBs e ASBs nem apareceram nas tabelas do "novo suicídio". Será que na tabela do Piso tb ficarão de fora? O sindicato precisa olhar o lado deles tb...
    Carla

    ResponderExcluir
  178. Aos companheiros do núcleo duro da greve e a todos que estão fazendo história nas Minas dos educadores

    Caminhando e cantando e seguindo a canção
    Somos todos iguais braços dados ou não
    Nas escolas nas ruas, campos, construções
    Caminhando e cantado e seguindo a canção
    Vem vamos embora que esperar não é saber
    Quem sabe faz a hora não espera acontecer

    Pelos campos a fome em grandes plantações
    Pelas ruas marchando indecisos cordões
    Ainda fazem da flor seu mais forte refrão
    E acreditam nas flores vencendo o canhão

    Há soldados armados, amados ou não
    Quase todos perdidos de armas na mão
    Nos quartéis lhes ensinam uma antiga lição:
    De morrer pela pátria e viver sem razão

    Vem vamos embora que esperar não é saber
    Quem sabe faz a hora não espera acontecer

    Nas escolas, nas ruas, campos, construções
    Somos todos soldados, armados ou não
    Caminhando e cantando e seguindo a canção
    Somos todos iguais, braços dados ou não
    Os amores na mente, as flores no chão
    A certeza na frente, a história na mão
    Caminhando e cantando e seguindo a canção
    Aprendendo e ensinando uma nova lição

    Vem vamos embora que esperar não é saber
    Quem sabe faz a hora não espera acontecer

    O grito do PISO vai ecoar novamente em "Belô". O chão de minas vai tremEEEEEEeeeeeerrrrrRRRrrrr________________Se não for PISO... ...Vai__________________________________________________________________ ser GREEEEVEEEEEEEE

    ResponderExcluir
  179. Euler, eu tentei ser séria, não depreciar com palavras, mas o aumento do sub... agora na grobo, oferecido para o retorno ai suicidio foi 0,5%, isso mesmo senhores professores, cinco por centooooo !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Riam todossssssssssss... rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrrsrsrsrsrsrsrssssrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr... Valei - me Deus, esse povo é bom de cálculo . Assim que pretendem nos convencer... nem se fosse 100% não pagariam meu PISO e os meus quinquênios e biênios. E eu com medo do CANTO DAS SEREIASSSSS... POR QUE É BONITO MAS MORTAL, OUVI UMA GRALHA ... RSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSRSR TEM DÓ ANASTazia...

    ResponderExcluir
  180. Este governo está achando que somos bobos da corte. Não voltaremos até conseguirmos o piso.

    ResponderExcluir
  181. Quanto será que a Gazola recebe? E a Renata Vilhena? Quem souber favor colocar aqui no blog. Obrigada

    ResponderExcluir
  182. Gente, MANDADO DE SEGURANÇA AGORAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA CONTRA ISSOO... RAPIDO, MAS SÓ CONTRA ISSO E BEM FUNDAMENTADO JURIDICAMENTE E NÃO ESSES ENGODOS CHEIO DE "PENDURICALHOS" QUE O JURÍDICO DO SINDUTE FAZ COM UM MONTE DE COISINHAS JUNTOS. VAMOS MANDAR EMAILS PRA BIA ACIONAR O JURIDICO, EULER , LIGA PRA ELA NO HOTEL. O TELEFONE TA NO MEU EMAIL ESCRITO URGENTE AÍ.

    ResponderExcluir
  183. Se não tiver nada nas entrelinhas,
    deram um tiro no próprio pé.

    Está fácil demais, dá até pra desconfiar.

    COM A PUBLICAÇÃO DO ACÓRDÃO,
    MANDATO DE SEGURANÇA NELES E,
    CUMPRA-SE A LEI.

    Com isto o número de professoras(es), optantes pelo REGIME REMUNERATÓRIO, AUMENTARÁ.

    EM JANEIRO/12, JÁ TEMOS 22% DE AUMENTO GARANTIDO AO PISO.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS),
    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  184. Acho melhor levar lápis de cor, papel e régua para a assembleia amanhã. A gente vai ter que desenhar pra eles entenderem:
    P I S O
    PPP III SSS OOO

    Sem o piso não pisamos na escola.
    Força na luta, companheiros!!!
    Até amanhã, na Assembleia.

    ResponderExcluir
  185. Essa é a tal MELHORIA no subsísio???????
    É muita CARA DE PAU.
    Liiiiiiiiiitros de óleo de peroba neles.

    Sem o piso, a greve continuuuuuuuua.

    Firmes na luta até a vitória, ela está muito próxima.

    ResponderExcluir
  186. Professor Euler,

    PRECISA-SE LER E ANALISAR este projeto de lei que foi enviado pelo Governo para a Assembleia Legislativa, hoje dia 24/08/11.
    Pode ser que tenha alguma MALDADE escondida nas entrelinhas ou explicito no texto.

    Por isto, peço o favor que faça isto por nós.

    Grato.

    ResponderExcluir
  187. Eu já mandei o meu pedido e você? Vai me ajudar?

    BIA, acione agora o departamento júrico do sindicato e faça o MANDADO DE SEGURANÇA AGORA CONTRA O "NOVO SUBSIDIO", A LEI É PISO SALARIAL, MAS SÓ CONTRA O NOVO SUBSIDIO E NÃO AQUELE MONTE DE COISAS SEM BOA FUNDAMENTAÇÃO JURÍDICA QUE OS ADVOGADOS AI FAZEM,POIS O QUE VENCE SÃO AS FUNDAMENTAÇÕES. Prove que o departamento júridico ai sabe fazer alguma coisa que presta.

    ResponderExcluir
  188. "Pais e mães de Carangola lutam pelo retorno às aulas, os direitos dos professores e de uma educação de qualidade para seus filhos". Caros Euler e companheiros de luta, esse é o título da matéria do jornal online "O Combatente" daqui de Carangola, acabo de chegar dessa manifestação, a subsede do Sindute daqui providenciou som e professores acompanharam a manifestação até a SRE onde foram feitas várias manifestações. Foi um movimento proveitoso. Esclarecemos, mais uma vez, que a culpa de estarmos em greve é do Governo Anastasia e não dos professores. Pais pediram que providências sejam tomadas, uma vez que seus filhos têm direito a uma educação de qualidade, pois a escola pública não é gratuita, todos pagam impostos. Pedimos a eles que cobrem do Ministério Público, exijam o cumprimento da Lei ao Governo. E, para finalizar, declaramos: sem piso não voltamos para a escola!

    ResponderExcluir
  189. Diante da proposta indecente do governo, peço por favor, para ninguém desistir agora. Só após passar tanto tempo que a "toda poderosa" na mídia brasileira abriu espaço para as duas partes pronuciar. Por favor NÃO DESISTAM, lembrando que as grandes conquistas da hstória foram arrancadas a sangue, suor e lágrimas. VAMOS CONTINUAR FIRMES ATÉ A VITÓRIA.

    ResponderExcluir
  190. Boa noite Euler e companheiros de luta!
    Houve uma panfletagem bacana na região do Barreiro, em frente ao Via Shopping. Os professores distribuiram panfletos com a foto do nosso "digníssimo" (des)governador a caráter de Hitler e atrás, o salário de R$369,00 de uma professora. A população está favorável ao nosso movimento! Não vamos desistir agora! O PISO TEM QUE SAIR, POR BEM OU NA MARRA!
    Ps: SIMPLESMENTE RIDÍCULO A TABELA DE "SUICÍDIO" APRESENTADA PELA SECRETÁRIA!!!
    Prof. Eduardo
    B.H.

    ResponderExcluir
  191. ESSAS MELHORIAS É UMA VERDADEIRA M... ANASTAZIA DEVERIA PEGAR ESSEA - M - PRA ELE, COM CERTEZA NÃO DARIA NEM PRA UM DIA. EU NÃO QUERO MELHORIA EM SUBSIDIO, QUERO É PIIIIISOOOOOOO.ACONTEÇA OQUE ACONTECER NÃO SAIO DO PIIIIIIIIIIIISOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  192. José Alfredo Junqueira23 de agosto de 2011 18:35

    Gosto mais dos têrmos "Satãnazia" e Aécio Lúcifer Neves(vejam como combinou a semântica).Hoje,após o Dep.Rogério Corrêia exigir a negociação para o pagamento do piso na Almg,o dep.Gustavo Valadares gaguejou,engasgou,pensei que fôsse passar mal.Tb,que ingrata missão,defender o indefensável.Deu na Globo(tb o Estadual Central em greve 100%,talvez seja um dos maiores trunfos dos professores)tá na boca do povo!

    ResponderExcluir
  193. Esse governador acha que a gente é besta. Trocar 22% em janeiro/2012 pra 5% em abril/2012.
    Fiquem alerta companheirada, não se deixem enganar. A nossa meta é o PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL instituído por lei.
    LEI foi feita pra CUMPRIR.
    Até amanhã companheiros de Luta.

    ResponderExcluir
  194. Matheus capítulo 23 versículo 12: Qualquer, pois, que a si mesmo se exaltar (ditador de Minas Gerais se achando mais poderoso que as Leis Federais), será humilhado; e qualquer que a si mesmo se humilhar(profissionais da Educação lutando pelos seus direitos), será exaltado.

    ResponderExcluir
  195. Diga pra essa tal de Gazzola:

    Eu passo!Não quero.

    ResponderExcluir
  196. Euler, poxa, amanhã todos de volta ao subsídio.
    Esse aumento de 5% é fantástico. Tudo que eu, depois de 10 anos de carreira sonhei.
    Como o Anastasia é bonzinho. Nossa, já vou pegar meu requerimento pedindo para voltar.
    Deus, como estou feliz!


    Fala sério, Anastasia. Isso é o que chamo de proposta indecente. E vai ter alguém que vai apoiar esse louco, demente -pois só uma pessoa insana teria coragem de , depois de 75 dias de greve , apresentar aos que ficaram por livre espontânea vontade - ou não - no subsídio esse tesloucado reajuste?
    Bem feito a quem voltar. Deve mesmo ser tão insano quanto o desgovernador.
    Agora, para diretores, até que foi bonzinho.Por quê?

    Estou rindo até agora. Não posso acreditar nessa lorota. Espero que a imprensa veja a besteira de ter apoiado esse hitler sem charme e inteligência, ou melhor, inteligência para o mal.
    Por isso vai construir catedral imensa: para pedir perdão a Deus dos pecados contra os professores.
    Amanhã é greve,greve,greve até o piso.
    E que o MP nos proteja.
    Abraços
    Rita Frugoli

    ResponderExcluir
  197. saiu agora na globo minas a lista de melhorias no subsidio...nosso governador que r mesmo é o subsídio...aff

    ResponderExcluir
  198. Olá Euler e blogueiros!
    Acabo de chegar da manifestação na Afonso Pena. Fizemos duas filas e o caos foi geral. Esses movimentos sociais têm uma organização de dar inveja.

    kkkkkkkkkkk... Aumento do Suicídio? Projeto de Lei enviado para assembleia? Vamos pôr fogo em todos os gabinetes!

    /o\ Todos firmes e de pé! A greve continua!

    ResponderExcluir
  199. Caros colegas, vocês viram as tabelas, penso que essa TRUPE DESGOVERNADA, DESCEREBRADA está nos comparando a eles, dentro do nosso cérebro existem neurônios e não ERVILHAS. Veja se somos ignorantes a tal ponto de aceitarmos o que foi proposto e, ainda, 5% para 2012, estão de chacota conosco! É preciso deixar claro para essa TRUPE DOS CÉREBROS DE ERVILHA que falta ao professor salário digno,
    mas não falta INTELIGÊNCIA, logo não vamos cair nessa armadilha! Nós não entramos em greve à espera de SUBSÍDIO MAQUIADO. Queremos que se cumpra a LEI DO PISO. Ponto e Pronto!

    ResponderExcluir
  200. Ricardo / Valadares23 de agosto de 2011 18:49

    E aí galera! Estamls firmes na greve. Sem piso, não piso na escola. Daqui a pouco estaremos saindo aqui de Valadares em ruma a BH. Juntos estaremos para dizer ao DESgoverno de MG que não somos TAPADOS e nem menos inteligente do que ele para aceitar esta DESproposta. E isso aí galera. Firmes na LUTA! Já avisei minha mãe que se a greve continuar por muito tempo vou ter comer na casa dela e da minha sogra....elas acharam o máximo...rsrsrsrs.....por isso voltar, JAMAIS>..... Abraçossssssssss a todossssssss..... os bravos colegas.

    ResponderExcluir