terça-feira, 1 de junho de 2010

Termo de Acordo prevê proposta preliminar para 10 de junho


O cronograma de funcionamento da Comissão de Negociação entre o sind-UTE e o Governo de Minas, que consta do Termo de Acordo assinado entre as partes, prevê uma proposta preliminar para o dia 10 de junho.

Pelo cronograma, ontem, 31, era o dia de instalação do GT (Grupo de Trabalho) e definição do crongrama de trabalho. No dia 07, apresentação de relatório com perfil do pessoal da Educação; no dia 10, apresentação e discussão da proposta preliminar; no dia 11, discussão da proposta preliminar; no dia 12, discussão da proposta preliminar; e no dia 15, apresentação e discussão de relatório final.

Seria muito importante que o sindicato mantivesse a categoria informada de cada passo dado, para que as propostas fossem discutidas previamente pela categoria e não apenas quando
tudo estivesse acordado entre os membros da comissão.

Todos sabemos que o mais importante é o aumento no piso real, aumento substancial, que dê, como disse uma colega numa reunião na subsede de Vespasiano, um aumento que dê para ela sentir que teve aumento de fato.

Mas, caso se confirme a impossibilidade de um aumento no piso para este ano, 2010, a comissão deve pelo menos barganhar alguma forma de abono emergencial para este ano, tipo: passar o auxílio-transporte de R$ 32,00 para R$ 132,00 e algum outro penduricalho que faça com que o vencimento líquido dos educadores alcance pelo menos dois salários mínimos (R$ 1.020,00). Por enquanto, o vencimento líquido de um professor em Minas, já com o reajuste de 10% incluso, somando piso e penduricalhos, está em R$ 826,00.

E para o próximo ano, esperamos que se alcance o nosso piso (piso mesmo, não teto) de R$ 1.312,00 para professor com ensino médio e jornada de 24 horas. Já que a categoria decidiu democraticamente suspender a greve, vamos aguardar e acompanhar o desenrolar dos trabalhos da comissão.

9 comentários:

  1. Euler,

    Acho muito sábio e necessário o que você disse sobre o sindicato nos manter informados de cada passo e não só quando tudo tivesse acordado. Sennão ficamos a ver navios e mais uma vez todo o movimento desacreditado. O pagamento dos dias parados, por exemplo, já está sendo questionado por muitos professores, na minha escola, aqui em Itabirito, que só querem começar a fazer o reposicionamento a partir do da 20 de junho/2010. Dizem querer ver primeiro o dinheiro na conta para depois começarem a repor. Na verdade, eles não estão acreditando que o governo vai pagar. O que você acha?

    ResponderExcluir
  2. OLHA EULER , PUBLIQUE ESTA MENSAGEM DA REVISTA VEJA DESTA SEMANA PÓIS É BRINCADEIRA !!
    http://plataovag.blogspot.com/2010/06/mudar-os-professores-ou-mudar-de.html#comments

    ResponderExcluir
  3. SIGA ESTE LINK E TRANCREVA UMA NOTA DE REPUDIO PARA ESTA REVISTA!
    http://plataovag.blogspot.com/2010/06/mudar-os-professores-ou-mudar-de.html#comments

    ResponderExcluir
  4. FLÁVIA CALDEIRA BRANT COSTA5 de junho de 2010 13:21

    Euler, nós podemos participar da discurssão da proposta preliminar do dia 10/06? Chegou na minha escola um cartaz pedindo 1 representante de cada turno para esta discurssão, mas não vi mais nada sobre o assunto, me esclarece por favor, aguardando, obrigada, abraços, Flávia

    ResponderExcluir
  5. Oi, Circe,

    Desculpe o atraso em respondê-la. Acho que devemos acreditar que o governo vai pagar o corte, porque senão ficará mal diante da opinião pública, numa época delicada como esta, de eleições bem próximas. Ele assinou um termo. Tem que cumprir. Mesmo porque se não pagar, nós paramos a reposição das aulas e aí será pior para o próprio governo.

    Um abraço,

    Euler

    ResponderExcluir
  6. Flávia,

    Não estou ciente deste processo de escolha de uma pessoa por turno em cada escola. Acho que a negociação ficará mesmo a cargo da tal comissão formada pelo sindicato e o governo. Claro que nada nos impede de enviar sugestões para a direção do sindicato. E se a direção quiser o nosso respaldo terá que socializar as propostas o mais rápido possível e nos ouvir em assembléia, que o fórum adequado para este tipo de discussão. Tomara que já no dia 10 o sindicato divulgue a proposta preliminar da comissão, para que possamos apreciá-la e apresentar as nossas críticas e sugestões.

    Abraços,

    Euler

    ResponderExcluir
  7. FlÁVIA CALDEIRA BRANT COSTA6 de junho de 2010 21:55

    Euler,

    obrigada pela presteza de sua resposta, só vi este cartaz na minha escola mas como ninguém mais se pronunciou deve ter havido um erro. Estamos todos na expectativa do dia 15/06/2010, por haver esta falta de comunicação do sind ut conosco muitos estão desagreditados, tive que apostar muitas cervejas com meus professores para encorajá-los a irem dia 15/06, se você tiver alguma novidade poste para a gente...( tem dó de mim, são muitas cervejas...), na fé sempre, Flávia

    ResponderExcluir
  8. FLÁVIA CALDEIRA BRANT COSTA9 de junho de 2010 00:47

    Euler,

    você sabe se será realmente dia 15/06 o encontro para que seja conhecida e votada a proposta preliminar? Estou perguntando pois será no horário do Jogo do Brasil, será que vão manter este dia e este horário?????? na fé, Flávia

    ResponderExcluir
  9. FLÁVIA CALDEIRA BRANT COSTA9 de junho de 2010 01:10

    Euler,

    Acabei de vr o cartaz do Sind ut chamando para a Assembléia dia 17/06 as 14:00 horas.
    Vamos lá aprovar ou rejeitar a proposta Preliminar que nos será apresentada..... Agora galera é a hora de valorizar nossa greve, vamos lá pois quem não for estará deixando que outras pessoas votem por ele, EU ESTAREI LÁ, E VOCÊS????

    ResponderExcluir