terça-feira, 29 de junho de 2010

Educadores de Ipatinga podem conquistar piso do magistério


O jornal Hoje em Dia, de hoje, 29.06, traz a seguinte notícia, que reproduzo abaixo. Reparem que para a jornada de 20 horas semanais, o salário (vencimento básico) de um professor com curso superior será de R$1.968,00:

"
Ipatinga pode ser primeira a pagar piso integral a professores

Aumento dos servidores será de 13,75% e será pago de forma gradativa até novembro de 2011

Ipatinga, no Vale do Aço, pode ser o primeiro município no Estado a pagar integralmente o Piso Salarial Profissional Nacional (PSPN) aos profissionais da rede municipal. Está previsto para a tarde desta terça-feira (29) a segunda votação, na Câmara Municipal, do Projeto de Lei 106/10, de autoria do Executivo.

Os 13 vereadores da cidade adiantaram que manterão o voto da primeira votação, quando a proposta foi aprovada. O Projeto de Lei deve ser enviado para sanção do prefeito Robson Gomes (PPS), ainda na terça.

Motivo de duas greves no município, o reajuste é reivindicado desde que a Lei Federal de julho de 2008 entrou em vigor. O aumento será de 13,75% e será pago de forma gradativa até novembro de 2011. Os novos salários devem ser pagos já em julho e também serão estendidos aos cargos contratados e em comissão.

O piso proposto pela categoria é de um vencimento inicial, sem inclusão das vantagens, de R$1.312,85 para nível médio e de R$1.968,00 para formação superior em jornada de 20 horas semanais. O reajuste vale somente para os profissionais da rede municipal. Os professores do Estado continuam recebendo o piso estadual de R$ 935.

O anúncio deixou a categoria satisfeita. Segundo a coordenadora-geral do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas em Ipatinga (Sind-UTE), Feliciana Saldanha, a implantação deste piso é uma conquista política inédita. “Ipatinga será a primeira do Brasil a implantá-lo. Desde que foi aprovado, em 2008, buscamos essa efetivação com diálogo e duas paralisações. Inicialmente, a prefeitura nos informou que seria impossível arcar com o piso nacional. A ideia de instituí-lo de forma gradativa surgiu durante as negociações”, detalha.

Segundo a Secretária Municipal de Educação de Ipatinga, o município já pagava o valor do piso, mas proporcional às horas trabalhadas. A lei propõe que valor deve ser pago de retroativo a 1º de junho de 2010. Para cobrir as despesas serão utilizadas dotações orçamentárias em vigor e as dos anos subsequentes. Com o aumento, o impacto orçamentário na folha passa para 45,56% do total. Para o secretário de Governo de Ipatinga, Francisco Lemos, a medida prova o compromisso firmado com o sindicato. “Agimos como países de primeiro mundo, que investem em Educação, prevenindo problemas de segurança e de saúde”, afirma."

Fonte: Hoje em Dia

5 comentários:

  1. Se a prefeitura de Ipatinga pode pagar esse valor fora as vantagens, não entendo o fato do segundo Estado mais rico da federação dizer que não pode pagar o piso mais as vantagens por tempo de serviço.A quantidade de aulas em relação ao valor eu achei interessante e um grande problema que eu vejo na educação em Minas é o tempo de serviço trabalhado. Já trabalhei durante um ano com 60 aulas e outros 5 anos com mais de 40 contando estado e colégio particular, hoje o que mais desejo é passar em um cefet e trabalhar com no maximo 16 aulas. Acho que é possivel um professor desenvolver um excelente trabalho com 24 aulas em apenas um horario do dia (manhã, tarde ou noite) e ainda ter tempo para cuidar da saúde e da família,acima disso um ou dois, até mesmo os três itens mencionados(trabalho, saúde e familia )ficaram prejudicados.Valorização do tempo de serviço e reorganização da jornada de trabalho, temos que continuar lutando.

    Luciano,História, Janaúba

    ResponderExcluir
  2. Agora não sei se mudo para Nova Lima ou Ipatinga. Adriana

    ResponderExcluir
  3. BOA NOITE EULER!

    ADOREI SEU TEXTO SOBRE: "MINAS, OH MINAS QUE VERGONHA!"; FIZ UM COMENTÁRIO EM MEU BLOG E O COLOCO AQUI:


    terça-feira, 29 de junho de 2010

    EULER CONRADO : UMA DAS ESTRELAS DA GREVE DOS EDUCADORES DE MG/2010
    TODOS OS DIAS ENTRO NO BLOG DO PROFESSOR DE HISTÓRIA EULER CONRADO( EULERCONRADO.BLOGSPOT.COM); SINTO-ME ÍNTIMA DELE, NO SENTIDO DE COMPARTILHAR SUAS IDEIAS. SEU BLOG FOI IMPORTANTÍSSIMO PARA MIM E PARA MILHARES DE EDUCADORES. VOCÊ EULER, TAMBÉM FOI ESTRELA DA GREVE 2010, BATALHOU E HONROU MINAS GERAIS COMO EDUCADOR E SER HUMANO. VOCÊ FEZ HISTÓRIA SENHOR PROFESSOR DE HISTÓRIA E FEZ ( E FAZ E FARÁ) UMA BELA HISTÓRIA! MEUS PARABÉNS E MEU PROFUNDO RESPEITO.
    MUITO OBRIGADA E SAIBA QUE ESTOU NO SEU RASTRO, OK? ABRAÇÃO!

    *******************x***********************

    RETIREI ESSA PARTE DO TEXTO DO EULER ( ABAIXO HÁ A POSTAGEM COMPLETA) PORQUE, O QUE ELE ESCREVEU, MERECE QUE TIREMOS O NOSSO CHAPÉU E QUE NOS ORGULHEMOS DE TER PESSOAS COMO ELE NOS REPRESENTANDO NAS ASSEMBLEIAS:


    ..."Num dado momento, alma generosa que tenho, tive até dó daquele punhado de gente que diz representar o povo - tirando aqueles da oposição que realmente cumprem este papel -, mas que não passam de um punhado de imbecis, ridículos e pau mandados. É a degeneração moral de um ser. E isso dá dó. Jamais gostaria de interpretar tal papel. Prefiro muito mais o meu minguado salário e minha labuta diária, onde posso encarar cada pessoa que passa por mim de cabeça erguida, olhar nos olhos e expressar o que sinto, sem rodeios, sem hipocrisia"...( EULER)
    Postado por polivanda@gmail.com às 18:45 0 comentários.
    ABRAÇÃO!

    ResponderExcluir
  4. João Paulo Ferreira de Assis30 de junho de 2010 10:59

    Que vergonha para o Estado, deixar-se superar por um município, que, aliás, tem muito menos recursos. Vergonha para Belo Horizonte também.

    ResponderExcluir
  5. Um alerta aos bravos Professores de Minas Gerais: A PMMG está crescendo o olho no salário de vocês. No blog renataaspra.blogspot.com, da associação dos PMs, publicaram a tabela completa dos novos salários dos professores. Na seção de comentários, soldados (a maioria semi-analfabetos, a julgar pela escrita) reclamam da justa valorização que está sendo concedida aos professores. CUIDADO, GENTE!

    ResponderExcluir