domingo, 27 de junho de 2010

Site do Sind-UTE está fora do ar, novamente. Mas, o Blog do Euler, não (kkk)


Pessoal, desde ontem, dia 26, que o site do Sind-UTE está "fora do ar", ou da rede mundial da Internet, se preferirem. Não sabemos o motivo. Talvez seja, como da outra vez, uma ação de hackers a serviço do governo Aécio-Anastasia. Ou talvez seja apenas alguma reforma estrutural no site.

Mas, o Blog do Euler continua de pé! kkkkkk

E como todo mundo sabe, amanhã, dia 28, às 11 horas, está marcada a votação em segundo turno na ALMG do PL 4689/2010.

Quem puder, apesar do péssimo horário, bem próximo do início do jogo do Brasil, marcado para 15h30m, favor comparecer, levar cartazes, apitos, etc. Faça este esforço, vai!

O colega Igor fez até algumas sugestões de frases ou idéias, a saber:

"Discutindo com colegas de luta, resolvemos elaborar/criar cartazes com frases relacionadas a "certos" deputados. Sabemos que todos que votaram contra as emendas têm a mesma culpa, porém alguns se destacaram pela forma desrespeitosa com que nos trataram.

Veja alguns exemplos:


- Dep. Rui Muniz: disse que precisamos saber ler e interpretar as coisas.

- Dep. Lafayette Andrade: disse que o projeto é bom demais pra gente, que íamos ganhar muito bem.

- Pinduca: que não está nem ai para o que pensamos, afinal quem vota nele é o povo e não a gente.


- Mauri Torres: me pareceu muito com o liminha do Silvio Santos, belo animador de platéia/auditório, sempre levantando e fazendo gestos animando os deputados governistas a se levantarem também.

É importante lebrar que a maior parte dos deputados nos recebeu de forma muito respeitosa, mesmo sendo do Governo,
somente alguns foram ridículos. Diante disso resolvemos fazer cartazes com dizeres como exemplo:

- Pinduca, Laffayette e Anastasia, a mesma porcaria.

- Mauri, pode esperar, a sua hora vai chegar.


- Pinduca, os professores precisam de "bulamssia. "


E é isto aí, pessoal. Firmes na luta, sempre!

12 comentários:

  1. Beatriz amigo Poncio27 de junho de 2010 13:52

    Ei querido Euler vejo que essa situação do site do sindute é coisa do governo, pode crer.Boa a sua colocação quanto ao seu blog ele não está contaminado rsrsrs então fico feliz, muito feliz por ter um blog que nos orienta e nos faz sentir aconchegados.Estou agora aqui escrevendo pra vc passando um "malzão" dores pelo corpo e uma gripe chatinha que em meio a idas e vindas me alcançou, (mas isso passa). Estou numa profunda tristeza por não poder atender ao soado da trombeta para amanhã, mas estarei orando pedindo a Deus para que atue a nosso favor e isso eu sei que me fará descansar.Te vi semana passada, mas não cheguei perto pra lhe cumprimentar, pois fui tomada pelo corre-corre.Olha, estava conversando com Silvia e outros colegas aqui em Mutum para reunirmos e começar a nossa campanha eleitoral.Precisamos nos unir e entrar em comum acordo e elegermos governantes que saibam trabalhar e agir com imparcialidade, ou seja desempenhar o seu trabalho de forma justa e honesta.Estou indignada, mas prosseguindo e crendo que os muros da injustiça, mentira e insensibilidade irão cair e teremos vitórias.Permaneça firme amigão, mais uma coisinha que gostaria de dizer e que me faz feliz também, mas muito feliz mesmo:Mesmo não conseguindo no momento tudo aquilo que almejamos, eu digo que estou satisfeita pelos grandiosos momentos que vivi em todo o decorrer da nossa luta, de poder conhecer pessoas, de poder me divertir, rir e até emocionar por alguns momentos. Posso gritar bem alto "Ê TREM BÃO SÔ, SER PROFESSOR(a)E MINEIRA UAI". TEM UMA FRASE QUE DIZ: MINAS É UM TREM BÃO QUE ESTÁ DENTRO DA GENTE, É ESSE JEITINHO GOSTOSO DE SE SENTIR DIFERENTES UAI".Beijos amigão, sei que em breve estaremos festeijando a nossa vitoria em outro arraial com, churrasco de picanha, feijão tropeiro e muita linguiça de Mutum. Hummm! que delícia sinto cheiro de vitória.

    ResponderExcluir
  2. João Paulo Ferreira de Assis27 de junho de 2010 15:48

    Dei uma sugestão no sentido de se questionar a constitucionalidade só daqueles pontos que ferem a Constituição. Outrossim, sugiro também o recurso ao Ministério Público da União para denunciar o descumprimento da lei pelo governo de Minas, por ferir preceitos legais e constitucionais, e ainda nos obrigar a lecionar pelo Conteúdo Básico Comum, quando a determinação federal é o PCN. Era bom que mataríamos dois coelhos com uma só cajadada.

    ResponderExcluir
  3. Caro Euler,

    Esse Laffayete Andrada não sabe até hoje qual a diferença entre piso salarial e remuneração, pois, ele disse que nosso piso passaria de pouco mais de 300,00 para 1320,00 (kkkkkkkkkkk). Outro comentário feito por ele semana passada na Comissão (acho que é a CCJ) demonstrou total desconhecimento do Projeto de lei, para se ter uma ideia ele falou que os professores teriam a possibilidade de ganhos de 3.300,00 para uma carga horária de 40 horas,onde ele tomou dessa cachaça.
    Quanto ao Pinduca, é uma marionete, coitado não tem opinião própria é o famoso "pau mandado" (desculpe a expressão).
    Essa situação demonstra que os deputados da situação não fazem nada além do que o governo quer, ou seja, eles representam o governo e não o povo.

    Apoio inteiramente a sua iniciativa.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
  4. Olá Euler , q ótimo poder acompanhar tudo através do seu blog !Estou intrigada com uma questão: vc disse q foi conquistado o direito à reajuste anual , mas como ,me explique por favor, através de qual dispositivo esse direito foi conquistado? Não corremos o risco de perdermos assim como perdemos o direito aos biênios e quinquênios?
    Abraços,
    Elaine-Betim
    PS: Não posso deixar de comentar a rídicula 'apresentação' do deputado Pinduca na assembéia.Pensar q uma 'marmota' daquelas é daqui...

    ResponderExcluir
  5. Euler,
    Na escola em que trabalho, (E.E Helena Guerra)o povo anda meio "esmorecido" por tantos "nãos" que tem nos cortado a alma. A direção também já está meio cansada de tanta pressão da Metropolitana para o cumprimento do calendário dentre outros embates, mas uma pergunta que não calou ontem, durante nossa fatídica reposição: E se Helio Costa assumir a direção dessa máquina louca que é o Estado de Minas Gerais? Você já ponderou isso? Em que pé ficarão as negociações travadas agora?

    Um abraço fraterno e feliz por ser sempre tão bem acolhida nesse seu espaço que ainda está imune!

    Rosemeire- Contagem

    ResponderExcluir
  6. Euler,
    hoje fiquei muito triste ao assistir tv ALMG e deparei com a festa do Anastásia e sua corja se organizando para a eleição e notei muitas faixas do interior em apoio a ele será que interior não tem noção do ele esta fazendo com os professores?

    Um abraço

    Dinha.

    ResponderExcluir
  7. Olá pessoal! Um abração em todos Beatriz Poncio e os bravos colegas de Mutum (melhoras para vc, Beatriz), João Paulo, Anderson (colega de Vespasiano), Elaine e Rose.

    Vou responder ao questionamento da Elaine, de Betim, sobre o reajuste anual.

    O PL 4689/2010, ao passar pela Comissão de Constituição e Justiça, foi transformado em Substitutivo Nº 1, incorporando no seu texto, a pedido do poder executivo, a previsão de reajuste anual, nos seguintes termos:

    "Art. 23– Os valores dos subsídios dos servidores de que trata o art. 1º desta lei serão reajustados anualmente, a partir do exercício financeiro seguinte ao do início de sua vigência, observado o disposto no art. 22."

    Já o artigo 22 é aquele da tal Lei de Resp. Fiscal. Ou seja, havendo dinheiro em caixa, fica assegurado o reajuste. Mas, não há indicação do índice de reajuste.

    No final das contas, embora seja importante constar o reajuste na lei, tudo dependerá mesmo é da nossa pressão, a cada ano. Ter o reajuste previsto em lei é importante até como argumento para cobrar através da luta e também na justiça, se necessário for.

    Aproveito para um outro comentário:

    Aos companheiros de Mutum: têm toda a razão em começar a pensar na nossa atuação política, pois nós acabamos de ver ao vivo e em cores a qualidade dos políticos que nos representam em Minas. Uma porcaria, com poucas e honradas exceções.

    O companheiro Anderson demonstrou acima o nível de políticos que nos representam na ALMG.

    João Paulo: Assino embaixo as considerações que vc faz sobre o ingresso na justiça contra alguns pontos da lei que será aprovada, o MP e o CBC.

    Rose: Qualquer que seja o governo vamos ter que brigar muito para garantir as conquistas e arrancar novas, incluindo aquilo que nos tiraram agora, como o reposicionamento pelo tempo de serviço e os percentuais de promoção e progressão.

    Quanto ao ambiente na sua escola, seria importante vocês tentarem criar um espaço de reflexão e diálogo, inclusive para levantar a moral do pessoal e se necessário enfrentar coletivamente as pressões da cúpula da Metropolitana. Conte conosco nesta luta. A democratização e a ampliação da autonomia nas escolas faz parte dos nossos objetivos e consta de lei federal.

    Um abraço a todos e obrigado pela visita!

    Euler

    ResponderExcluir
  8. Olá, Dinha!

    Não fique triste por conta dessas besteiras que passam nas TVs. As faixas que vc viu provavelmente foram feitas pelo próprio governo e as pessoas do Interior nem têm conhecimento que estão fazendo faixas em nome delas. Aqui em Vespasiano (e acho que no Brasil inteiro, também) isso é muito comum. O próprio prefeito manda os funcionários da prefeitura colocarem faixas com elogios pra ele, rsrs.

    É ridículo, mas é coisa de político com p bem minúsculo; e como temos uma cidadania pouco politizada isso passa batido. Os próprios órgãos de fiscalização, como Ministério Público e o legislativo deveriam ser mais rigorosos, mas eles acabam compactuando, salvo exceções.

    Um abraço,

    Euler

    ResponderExcluir
  9. Sobre a colega que se referiu ao "interior"...ainda reina completamente coronelismo, cabresto e não existe Partidos políticos, existe "religião". Não se vota por mérito do candidato. Vota-se pela "facção" à que se pertence.Seria cômico se não fosse trágico,mas falar em ou de "políticos" na escola, arrisca-se a ser expulso por colegas e alunos. Mesmo assim vamos dando nosso "jeitinho"...jogando algo aqui, algo acolá..e tentando "politizar" a "politicagem".Pelo menos analisar atos do governo dá para fazer...e assim vamos nos infiltrando...e poucos com coragem, mas "estamos na luta".SEMPRE AVANTE. Abraços aos colegas!!!

    ResponderExcluir
  10. Euler,se vc pensa que "Vespa"...nome carinhoso ao qual me refiro à essa cidade, é interior...Se eu colocasse um blog como o seu no ar, já teria recebido ameaças de "apedrejamento" para toda a família :-( Aí a violência é social, bandidos, tráfico,assaltos. Interior se livra disso, mas é à duras penas que se conquista a tal da LIBERDADE DE EXPRESSÃO.PELO MENOS SÃO DUAS "FACÇÕES"...PELO MENOS UMA SERÁ CONTRÁRIA AO GOVERNO...já é um consolo.

    ResponderExcluir
  11. Olá colega do Interior!

    Entendo o que vc fala. De uma certa forma, Vespá (por aqui, um tempo atrás nós dizíamos Vespó, por conta da poluição de uma fábrica de cimento, rsrs) também passou por situação semelhante a que vc menciona. Era brabo o coronelismo e praticamente não havia oposição aos "donos" da cidade. Hoje Vespá tem 100 mil habitantes, está bem próxima de BH, o que provocou mudanças. Mas, politicamente continua um atraso total, apesar de termos (pelo menos o pessoal mais combativo) liberdade para reunir as pessoas em praça pública e chamar o prefeito e os vereadores de canalhas quando achamos necessário, rsrs.

    Mas, entendo a realidade que vc descreveu. No Interior, nos rincões de Minas, ainda prevalecem quase as mesmas práticas do coronelismo da época do Império. Claro que aos poucos vai mudando, embora a mudança cultural seja sempre muito lenta.

    Um abraço,

    Euler

    ResponderExcluir
  12. João Paulo Ferreira de Assis28 de junho de 2010 00:50

    Companheiros, eu estava observando o evoluir das pesquisas, o Hélio Costa caiu para 46% e o Anastasia subiu para 23%. Creio que nossa luta vai ser mais difícil do que parece. Anastasia está literalmente comprando os prefeitos do interior. Dia 10 de junho, eu estava na Rodoviária de Carandaí, quando ouvi um foguetório repentino, carros de som falando que graças aos deputados Lafaiete Andrada e Bonifácio Andrada e ao governador Anastasia, a estrada de Carandaí a Lagoa Dourada, finalmente será asfaltada. Lafaiete Andrada teve a sensaboria de escrever uma carta para uma professora de Português da nossa escola comunicando o tal asfaltamento. A professora, já revoltada, desfez a carta em pedacinhos.
    Nós vamos ter de pressionar os vereadores e os prefeitos das nossas cidades para que eles não se vendam ao Anastasia. Nesta vamos precisar inclusive da solidariedade dos professores municipais.´A luta é difícil. Aqui em Ressaquinha onde moro já aconteceu uma aberração tipo, aluna de 8ª série ser empregada na Prefeitura só para operar a máquina de xerox para o público. Os vereadores fixaram o salário dela bem superior ao de uma professora de ensino fundamental. Fui professor dela, e tive de aguentá-la dois anos seguidos, na 7ª e na 8ª.

    ResponderExcluir