sábado, 1 de outubro de 2011

O NDG deve estabelecer um programa e um prazo para a comissão de negociação




O ótimo vídeo acima é uma sugestão da nossa combativa amiga Cristina, do Blog da Cris.




Música "Ando devagar", de Almir Sater, por sugestão da combativa colega Educadora Mineira.



O NDG deve estabelecer um programa e um prazo para a comissão de negociação


Na compreensão do governo, a suspensão da greve tornará tudo mais fácil para que ele imponha sua vontade. Mas, não é essa a compreensão que nós, educadores do NDG - Núcleo Duro da Greve - temos. Demos uma pausa, mas estamos atentos e podemos retomar a greve, caso percebamos que o governo deseja nos enrolar, destruir nossa carreira, roubar o nosso piso. Isso nós não aceitaremos!

Por isso devemos estabelecer um programa mínimo para esta negociação e cobrar prazos para a definição de cada ponto defendido pelos educadores. Existem dois níveis imediatos de reivindicações: um de sobrevivência imediata, e outro de conquista dos nossos direitos na carreira e em relação ao piso.

No primeiro bloco, está a realidade dos educadores em greve, bravos e bravas guerreiras com os quais partilhamos cada momento da nossa heroica greve de 112 dias - que se encontra suspensa, mas que não acabou.

Na segunda-feira, os contracheques de centenas de educadores estarão zerados, por conta da truculência do governo de Minas, que cortou todos os dias de greve, inclusive sábados e domingos, em mais um gesto de desumanidade e crueldade, do que tem sido a característica marcante deste governo até o momento. Além da hipocrisia, claro.

Com dois meses de contracheques zerados - outubro e novembro - simplesmente não dá para sobreviver. Trata-se de uma perda, de um prejuízo irreparável e que não sensibilizou nem o (des) procurador da justiça, que atuou na greve como assessor direto do governador, nem tampouco ao desembargador, que julgou nossa greve abusiva. Diferentemente do que estamos vendo em relação à greve dos trabalhadores dos Correios, quando o magistrado do TST, agindo com independência e idoneidade moral, reconhece que cortar a fonte de sobrevivência dos trabalhadores em greve significa cassar o direito de greve estabelecido em lei federal.

Por isso devemos exigir:

a) imediato pagamento dos salários de agosto na folha de outubro, e de setembro na folha de novembro, sem corte, em folha extra, ainda na primeira quinzena de outubro e de novembro;

b) devolução da diferença entre a remuneração paga até junho de 2011, e o salário de dezembro de 2010, quando o governo, para punir quem optou pelo antigo sistema, reduziu os salários dos educadores, de forma ilegal e imoral. Existe verba no orçamento do estado para este fim;

c) pagamento imediato do tal 14º - que é na verdade 60 a 80 % do salário referente a dezembro de 2010 - ainda em outubro de 2011.

Com relação à reposição das aulas, devemos estabelecer alguns pontos:

1) o governo cortou nosso salário sem negociar a reposição. Deve arcar, portanto, com esta reposição.

2) caso o governo nos pague os meses de agosto e setembro como reivindicamos acima, ou seja, nas folhas de outubro e novembro, temos o compromisso moral de repor estas aulas, pois elas não terão sido cortadas. Já em relação aos meses de junho e julho que o governo já cortou, fica a critério de cada professor aceitar ou não fazer a reposição.

3) neste caso, o governo deve anistiar a todos os educadores em greve, inclusive aos que não quiserem fazer a reposição, já que tiveram (tivemos) nosso salário cortado antes que a reposição fosse negociada. Logo, ao invés de devolver este corte referente a junho e julho aos educadores que não quiserem fazer a reposição, que o governo faça bom uso deste recurso pagando aos substitutos pela reposição aos sábados e feriados.

Outros pontos do programa mínimo para a negociação com o governo:

a) imediata anulação da exoneração dos diretores e vice-diretores que participaram da nossa greve;

b) garantia de férias prêmio para quem tenha este direito, incluindo principalmente os educadores que participaram da nossa heroica greve;

c) nenhuma punição aos colegas que participaram da greve;

Pontos de negociação envolvendo a carreira e o piso:

1) abrir a possibilidade de mudança de sistema remuneratório para todos os educadores - efetivos, efetivados e designados -, a qualquer tempo, podendo migrar de um sistema para o outro, ou vice-versa, de acordo com a conveniência particular de cada servidor;

2) implantação do piso salarial nacional no antigo sistema remuneratório, obedecendo o plano de carreira e os percentuais da tabela salarial em vigor. Que o piso seja implantado na carreira no máximo em janeiro de 2012, com o novo valor do piso estabelecido pelo MEC para aquele ano.

3) o governo de Minas deve apresentar uma planilha de custos detalhada com a implantação do piso de uma só vez em todas as carreiras dos educadores de Minas. Caso necessite complementação da União, poderá fazê-lo, pois em 2012 está previsto aporte de R$1,2 bilhão de ajuda da União para o FUNDEB para os dez estados mais pobres da Federação, incluindo obviamente Minas Gerais;

4) garantir a posse, ainda em 2012, dos diretores e vice-diretores indicados no primeiro semestre de 2011 pela comunidade escolar.

O que faremos caso o governo não nos atenda?

Já na segunda-feira, nesta nova reunião marcada entre governo, sindicato e parlamentares, teremos uma ideia dos rumos desta negociação. Se ficar patente que o governo pretende apenas nos enrolar, o armistício estará suspenso e nossas espadas serão desembainhadas novamente.

De imediato, lançaremos um manifesto a toda a sociedade mineira dos de baixo, denunciando que o governo mineiro, além de não pagar o piso a que temos direito, quer nos submeter a uma situação degradante: trabalhar sem salário (outubro e novembro), além de confiscar recursos que nos pertencem.

Devemos aproveitar o funcionamento escolar regular para convocar os alunos e pais de alunos, além dos educadores, inclusive os que não participaram da greve, podendo, desta feita, se redimirem do erro que cometeram. Neste caso, reservaremos as duas últimas aulas, todos os dias, para uma discussão coletiva da nossa luta, da realidade dramática que vive Minas Gerais e estabelecer estratégias de ação.

Uma dessas ações deve ser um dia paralisação estadual com grande concentração de educadores, alunos e pais de alunos e demais apoiadores na Cidade Administrativa. Seria muito importante colocar 20 mil pessoas naquele local, que fora feito para afastar o poder administrativo-burocrático do contato com a pressão popular.

É importante que os pais e alunos saibam que, se tivermos o apoio de todos, muito provavelmente arrancaremos o que temos direito. E se não tivermos esse apoio com envolvimento de todos, deflagaremos nova greve, pois não vamos continuar trabalhando por mais dois meses sem receber. O governo de Minas mantem dois professores em sala de aula - o titular e um substituto - mas não tem dinheiro para pagar o nosso piso.

Por isso, comecemos a discutir essas questões com os bravos e bravas guerreiros e guerreiras do NDG, para que nos preparemos para novas mobilizações sociais. Claro que o governo terá agora a oportunidade de mostrar que deseja uma trégua mais longa, atendendo as nossas reivindicações. Que são modestíssimas, muito aquém do que merecemos.

Estejamos prontos, portanto, para organizar nossas fileiras e nos preparar para novas jornadas, caso o governo demonstre que continua não nos respeitando.

De imediato, durante a próxima semana, caso não haja qualquer sinalização do governo em atendimento aos nossos pleitos, especialmente no tocante ao pagamento imediato do salário de agosto, agora na folha de outubro, temos que iniciar também uma campanha por arrecadação de alimentos e recursos para ajudar os nossos guerreiros e guerreiras. Esta campanha precisa ser pública, com montagem de barracas em praça pública e a participação de pais de alunos, estudantes e educadores. As aulas continuam, mas no contra-turno todos nós estaríamos envolvidos nessa campanha, dialogando com a comunidade, recolhendo contribuição em alimentos e recursos devidamente registrados por um comando local, e denunciando o governo de Minas para o Brasil e para o mundo.

É importante que o mundo saiba que um dos estados - ou vários - onde acontecerá a Copa do Mundo de 2014, os educadores passam fome, apanham da polícia e não têm sequer os seus direitos respeitados.

Um forte abraço a todos, força na luta e até a nossa vitória!

***

Carta ao Senador Cristovam Buarque


Guaxupé/MG, 30 de Setembro de 2011.

Boa tarde Exmo. Senador Cristovam Buarque!

Obrigado por tudo que V.Exa. tem feito pela educação neste nosso país sem educação!

Sem educação dos governos, dos ministérios públicos, dos tribunais de justiça, e da força policial que não protege os educadores, ao contrário, comete a maior das violências - maior que gás de pimenta, bala de borracha e cassetetes - a humilhação em nível nacional.

Gostaria de lhe pedir encarecidamente, de forma angustiada e sofrida, para que o senhor intervenha por nós Professores de Minas Gerais!

Na forma de discurso no senado, de ofícios, ou qualquer ato seu, mas que venha em nosso auxílio, diante da barbárie que estamos sofrendo com este governo de Minas.

Não quero nem me ater aqui à implantação do nosso Piso Nacional na Carreira, porque vejo, aliás, não vejo mais possibilidades de recorrer a ninguém, nenhuma instituição deste país, porque nenhuma delas nos ouve, nos socorre, nos reconhece. Aqui em Minas Gerais não existe, para nós, nenhuma destas instituições. Para estes, da forma que somos tratados, somos menos que bandidos! Sim porque os bandidos são protegidos, intocáveis e desfrutam de uma verba mensal que faz vergonha nos nossos contra-cheques! E as instituições, os Direitos Humanos, os consideram muito mais que a nós, Educadores que somos! Até acredito que o senhor também esteja sofrendo com esta situação aqui em Minas! Mas por ora, meu pedido é outro!

Me refiro ao fato de nós Professores termos - aceitado um acordo de boa fé com o governo suspendendo a nossa histórica greve - termos voltado às aulas, mas termos que conviver diuturnamente, todos os dias, com aquelas pessoas que se intitulam de "professores", (os tampões) que ocuparam nossos lugares nas salas de aulas durante a greve, e que agora ficam pela escola, passeando, fofocando, sorrindo na nossa cara, comendo a merenda dos alunos - aquela que o nosso digníssimo desembargador de Minas afirma ser o único alimento das crianças dos rincões mineiros - desfilando pela escola, usando a mesma sala dos Professores, e mais ainda, recebendo salário!

Ora, pode-se contratar pessoas desqualificadas para substituir Professores em greve? Não é contra a lei de greve? Se não há dinheiro para pagar o Piso aos verdadeiros Professores, por que haveria para gastar com professores fura-greve sem qualificação para ministrar conteúdos aos nossos alunos com o discurso de prepará-los para o ENEM?

É desumano, é imoral, é muito humilhante para nós Professores, sermos submetidos a este tipo de humilhação, pelo governo! E ainda mais, em meio a tudo isso, este mesmo governador vais às TV's, em todos os canais, e diz estar preocupados com os alunos e pais de alunos, jogando-os contra nós Professores, desfazendo de nossa luta pelo Piso Salarial Nacional na Carreira, que é uma lei federal, que é nosso de direito, mas que todas as instituições mineiras que deveriam zelar pela aplicação dessas Leis, se curvam para servir apenas ao governo. E nós trabalhadores desvalorizados, somos deixados à beira do caminho da justiça e do respeito a dignidade humana!

Como viver assim, eu lhe pergunto? Como? Até quando? Quem vai olhar por nós? Nós estamos sendo mortificados aos poucos, em doses homeopáticas de crueldades e desmoralização por este governante, que, se diz "professor de direito" e que se elegeu com esta bandeira, traindo à todos, todos aqueles que votaram neste senhor
cruel e desprezível!

Até quando? Que mais será preciso acontecer para vermos a justiça dar frutos bons?

Tomando a frase de um grande pensador dos nossos tempos de hoje, o digníssimo e inteligentíssimo Professor Euler Conrado, lutador incansável pelo reconhecimento e implantação do nosso Piso Salarial em Minas, ele diz "parece que em Minas Gerais os magistrados, promotores, juízes e desembargadores, fazem o mesmo curso e estudam pela mesma cartilha...".

A sensação que temos é que estamos dentro de um ovo, em um outro país, que não o Brasil, que não nossa Minas Gerais!

Não são 112 dias de greve e de sofrimento, é muito mais que isso!

Estas pessoas que deveriam zelar pelo cumprimento das leis, não estudaram? Não tiveram Professores, um dia, para lhes proporcionar tudo o que eles têm hoje?

Greve de Fome, balas de borracha, tropa de choque, polícia, gás de pimenta, cassetetes, repressão, sangue, violência, ... isto tudo não deveria, mas ficará para sempre marcado nos livros de história da educação, no futuro, e os historiadores terão que passar estes "conteúdos" aos alunos! E os nomes daqueles que impediram que essa classe sobrevivesse, e os daqueles que impediram que essa classe extinguisse, estarão lá, escritos também, para que todas as gerações futuras rendam as devidas glórias!

Oxalá Deus permita que eles não precisem viver tudo novamente!

Vera Maria da Silva Ribeiro- Guaxupé/MG

Professora - Mestre em Educação
Professora de coração, Mineira,

Brasileira e Educadora

196 comentários:

  1. Bom, espero que suas palavras sejam as do Sindute. Voltar sem negociar os pontos que o senhor listou, é de se concordar, foi um erro absurdo de avaliação. Voltamos com promessas de negociação de quem, em 112 dias não se dispos a isso. Não sei o que levou a essa postura, mas queira Deus que reconsiderem isso, pois seria compactuar com uma afronta que nós, sinceramente, não merecemos.
    Que se acerte os ponteiros e que se usem os canais -legislativo, judiciário, executivo, sociedade civil organizada (ou não) - no sentido de denunciar os absurdos jurídicos que são impetrados em Minas.

    ResponderExcluir
  2. Ao Sentinela e outros colegas de plantão:
    Para quem ainda está com dúvida em retornar a carreira de vencimento básico.


    É muito comum dúvidas pairarem mentes de muitos professores sobre a saída do subsídio, principalmente quem entrou no Estado no último concurso público alegando que não tem direito nenhuma vantagem por tempo de serviço. Com o choque de gestão do governo Aécio Neves, os quinquênios foram tirados para os novatos na carreira, mas os biênios ainda continuam valendo, é só a secretaria de sua escola fazer o pedido de publicação. Veja o contracheque e a primeira designação de uma professora que ingressou no Estado em 2006 que depois foi efetivada com a Lei 100/2007.
    http://sind-utegovernadorvaladares.blogspot.com/2011/08/prazo-para-sair-do-subsidio-termina-dia.html

    ResponderExcluir
  3. Sou fã do seu blog, ou melhor dos seus textos maravilhosos, carregados de verdade, de honestidade e de coragem! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  4. Euler,
    Estou afastada das minhas atividades. Já cumpri o meu papel de Professora, com dedicação e amor. Fico apavorada com o corte de salário dos Professores, com as necessidades que muitos estão passando. Vou fazer uma campanha aqui. Depois entro em contato com você, por e-mail, para que me dê o nº de sua conta pessoal, para que eu deposite o que conseguir angariar. Assim, você poderá socorrer, pelo menos, três ou quatro colegas próximos de você e que estão precisando de uma ajudazinha extra. Infelizmente não posso prometer mais do que isso.
    Lágrimas de revolta me vêm nesse momento, acampanhadas de uma ternura muito grande por vocês todos.
    Deus os abençoe. Eu farei a minha pequena parte, como o pequeno beija-flor que carregava uma gotinha de água, intencionado que estava a ajudar a apagar um incêndio na floresta.
    Fiquem todos com Deus.
    Leitores e participantes deste Blog, vamos fazer a nossa parte. É uma questão de humanidade. Não podemos cruzar os braços diante da fatalidade.
    Prefiro ficar no anonimato. Começarei a agir já na próxima Segunda-feira.
    Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  5. INDIGNALDO, BRILHANTE!!!

    Sinto-me também INDIGNALDA com esse homem de pedra, sem alma e sem coração e reitero minha advertência:

    CUIDADO COM AÉCIO NEVES E ANASTASIA, ELES CAUSAM CÂNCER NA SOCIEDADE.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  6. VAMOS PROCURAR OS DEPUTADOS E DIZER-LHES QUE QUEREMOS UM REPRESENTANTE INDEPENDENTE DO NDG, NA COMISSÃO DE NEGOCIAÇÃO COM este governinho HIPÓCRITA, FALSO, MENTIROSO E INJUSTO.

    AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  7. Professor Euler, Cris, combatentes do NDG, serviço de inteligência do NDG, todos(as), companheiros(as) de batalhas, vamos eleger o nosso representante independente para forçarmos a nossa aceitação na comissão de negociação com este governozinho de merda.

    Vamos ficar de vigília, atentos e colocar pressão em cima deste governozinho asqueroso.

    Vamos acionar a imprensa de outros Estados, os deputados federais e senadores.

    Vamos atingi-los na feridinha dói-dói, o aécinho.

    AÉCIO E ANASTASIA, ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  8. VAMOS PROCURAR OS DEPUTADOS E DIZER-LHES QUE QUEREMOS UM REPRESENTANTE INDEPENDENTE DO NDG, NA COMISSÃO DE NEGOCIAÇÃO COM este governinho HIPÓCRITA, FALSO, MENTIROSO E INJUSTO.

    AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  9. Euler,
    Nossos contra cheques não virão zerados em novembro, já que retornando agora, teremos o mês de outubro trabalhado normalmente.

    ResponderExcluir
  10. Por e-mail:

    "hilda marcelino:

    "O governo de Minas mantem dois professores em sala de aula - o titular e um substituto - mas não tem dinheiro para pagar o nosso piso".

    No meu caso e de alguns outros colegas, temos mais de um tampão em um só cargo. Imagina eu indo pra sala de aula com dois "guarda-costas", um pra cada horário! Portanto ele me paga um mísero salário de 500,00 reais (pra fazer o serviço de dois no mesmo cargo) e paga 1.122,00 pra cada tampão. Ou seja, minhas aulas valem 2.244,00, mas o projeto de ditador acha que eu não mereço isso mesmo depois de 20 anos de carreira. Como dizíamos lá na roça: vai lamber sabão!

    Hilda Marcelino
    Prof. Português".

    ResponderExcluir
  11. Euler, seu texto está excelente, mas precisa ser passado para quem vai participar da reunião na segunda-feira.
    Não seria possível você levá-lo, para Beatriz, no Sindute, como uma sugestão que é também aceita pelos professores em geral
    Vai ser uma pena ele não ser passado antes da reunião.
    Mãe de aluno

    ResponderExcluir
  12. Sugiro que os professores façam a campanha de alimentos na própria sala de aula e também no comércio.Isso vai ficar público e o povo vai poder sentir o descaso do governo.
    Vamos manchar mais ainda a imagem dele.

    ResponderExcluir
  13. Colega,

    Venho falando direto aqui no blog do nosso companheiro Euler, temos uma arma poderosa nas nossas mãos que é o dom da palavra e os alunos (eleitores ou não mas, a família vota)para pudermos trabalhar cidadania, falar sobre a nossa greve, os desmandos desse governadozinho de meia tigela, as humilhações, temos os vídeos, os textos divulgados na greve, os manifestos de apoio de pessoas renomadas. Precisamos agir e já. Falar da corja que nos representam(?)na Assembléia homologativa, que são igual vaquinhas de presépio, baixam a cabeça apoiando a todos os desmandos do encardido. Dá nomes a essa corja nojenta (João Leite, Duarte Bechir, Gustavo Valadares e companhia Ltda ). Vamos lá gente usar as armas que temos em mãos e diga-se de passagem muita poderosa e nas eleições do ano que vem vamos colocar o nosso bloco na rua pra zoar muito. Vamos dá dor de cabeça para as pretensões de Aecinho porqueira.

    Abraços

    Gleide Mara

    ResponderExcluir
  14. Beatriz, minha filha!
    Vc leu o texto que o professor Euler Conrado acabou de escrever. Estou boba com a capacidade de sistematização e objetividade do rapaz.
    Vai marcar tôca (como diziam no meu tempo)se vc não chama-lo para conversar. Chamem ele e as outras lideranças do tal NDG.
    A união faz a força!
    Carminha

    ResponderExcluir
  15. Sabe de uma coisa gente?

    Eu tô achando que Naná vai mijar pra trás com o acordo. Ele nunca foi de palavra.E vocês sabem que pessoas assim quando está de TPM sai de baixo.

    ResponderExcluir
  16. E triste né pessoal, não tem dinheiro para nos pagar, mas tem dinheiro para contratar gente para ficar atoa na escola,eu por exemplo estou com três tampões, cada um pior que o outro.

    ResponderExcluir
  17. Prezado Euler,boa noite.
    Como sempre somos fortalecidos com textos coesos,os quais trazem explicações acerca daquilo que vivenciamos.Seria interessante que um membro do NDG participasse das próximas negociações,de preferência você,como foi sugerido em comentário anterior.
    Quero parabenizar ao professor Daniel pelo vídeo postado.Sabemos de tudo isso.Pena que o governo faça vista grossa.

    ResponderExcluir
  18. Euler quando o sindute chega a editar alguma coisa no blog da Beatriz horas já se passaram as informações estão chegando a passo de tartaruga em certas cidades precisamos que o o sindute informe mais rapidamente os acontecimentos se não perceberam há mais de ano estamos lutando e sendo massacrados e sempre cedendo e continua tudo pra quando o governo quiser essa de NEGOCIAR já aconteceu já descreditei dessa educação de minas 23 anos e desisto vou fazer qualquer outra coisa será bem melhor, novamente os interesses CONTINUAM SENDO DE UMA MINORIA

    ResponderExcluir
  19. Concordo com o grande Euler, se não acertar todos os pontos já esta semana vamos parar - NÃO TRABALHO SEM SALARIO - ESTOU LECIONANDO ENTÃO QUERO MEU DIM DIM, SEM ELE NÃO IREI NA ESCOLA...

    ResponderExcluir
  20. Olá companheiro de luta!
    Concordo com a conscientização da população quanto o não pagamento nesses dois meses porém, acho uma nova greve esse ano meio difícil de acontecer(pelo menos com aquela força que estava).
    Sou a favor de uma greve diferente esse ano.Para não perdermos o 'resto" de pagamento neste ano, poderíamos ficar em sala de aula mas sem lecionar, apenas conscientizando alunos sobre a situação. Isso seria uma forma de "forçar" pais e alunos a ficarem mais ainda do nosso lado.
    Na verdade me acho um pouco mais radical.Acho que todas as greves deveriam acontecer dessa forma:
    *todos os dias aconteceriam assembleias.
    *para evitar corte e falta de pagamento,todo mundo cumprindo seu respectivo horário, mas sem dar aula.Isso sustentaria uma greve por tempo indeterminado de verdade porque continuaríamos com salário e força para lutar pelos nossos direitos já postados aqui inúmeras vezes.
    Firmes até a vitória!

    ResponderExcluir
  21. Sabado a noite, tempos de "relativa" calmaria...

    O sub-comandante Euler conspirando contra os Donos do Poder.

    Eu, no quarto quase sem móveis, do meu humilde barraco, lendo as notas de cárceres "Eu, Gregório Bezerra, acuso!"

    Que ser humano estupendo esse Gregório. "Que cabra macho".

    Pelos cerrados de Goiás, sertão de Minas, nas fazendas de Mato Grosso, São Paulo e norte do Paraná, lá se encontrava Gregório Bezerra, com ânimo, a organizar núcleos de futuras Ligas Camponesas e sindicatos rurais, contra o latifúndio, grileiros e o imperialismo.

    Nos cárceres uma conduta exemplar.

    Agora no dia 12 de outubro próximo completa-se 28 anos de ausência do "Velho Gregório". Sua coragem está presente, como presentes estão suas palavras e a promessa de estar sempre, nas ruas, ao lado do povo, para lutar pela libertação nacional, do jugo de nossa Pátria pelos imperialistas, pelo progresso do Brasil, contra o atraso e pelo bem-estar de todo o povo brasileiro.

    Em tempos de trégua, de vigilância redobradíssima, ler Gregório é uma injeção de ânimo imensurável.

    O nosso semblante é o mesmo de Gregório, na ocasião que ele foi amarrado e arrastado pelo pescoço pelas ruas do Recife em 1964. Serenidade e ódio de classe, pois senhores do poder constitúído, a guerra não acabou!

    Rômulo

    ResponderExcluir
  22. Acho melhor os professores do estado de minas e do ceará começar a plantar pimenta p/ vender p/ estes governinho de meia tijela para fazer pó e jogar na cara de funcionário público. E professores fazer também p/ jogar na cara desses Governadores e deputados fuleras , bundão , estrupador de sálario nos dias de eleição, que esta bem pertinho , nos aguarde nada como o tempo. Vamos também continuar com nossas campanhas fora do Brasil deu muito certo.Temos amigos lá fora é só divulgar é tiro certo.A greve para mim continua de´pé é só chamar, se tiver que morrer que morremos na luta .

    ResponderExcluir
  23. Sempre ALERTA! Vamos começar a campanha já!

    ResponderExcluir
  24. Posse dos novos ainda em 2012, Euler? Penso que tinha de ser imediatamente. Ainda em outubro! Afinal de contas era para ser no dia 1º de agosto.

    ResponderExcluir
  25. Se formos retornar à greve, devemos planejar o movimento: seriamente, ousadamente e radicalmente.
    As ações do }Sindicato também precisam ser mais transparentes. Desconfio muito da proposta de trégua nessa greve, quando colegas assumiram uma postura mais radical. Não sabemos a quem interessou essa trégua. Não há nada que indique que seremos atendidos em nenhuma de nossas reivindicações. É preciso que as coisas sejam colocadas com mais clareza para a categoria. Será que alguém está ganhando com isso. Bem, não importa. Caso haja interesses escusos por parte de alguém, nós, a categoria de base precisamos nos organizar por nós mesmos e articularmos um movimento mais impactante ou então, aceitarmos passivamente o massacre do governador, dos deputados e dos promotores e desembargadores, além da mídia. Parece que todos se uniram a fim de nos desgastar.
    Não podemos nos mobilizar sem que o Sindicato conte com um jurídico REALMENTE atuante. Será que os advogados do sindicato são tão ruins que não conseguem nada? Ou também estão a serviço dos poderes prostituídos e fingem trabalhar para nós? Será que a contribuição descontada mensalmente em nossos salários não é suficiente para contratar advogados competentes?
    Estou pronta a retomar a greve, mas não quero fazer papel de boba nem servir de trampolim político para ninguém.

    ResponderExcluir
  26. Vamos p/ Brasília acampar enfrente o stf, no comgresso em todos os lugares de Basília. Até que nos veja e nos receba, poRque nos dias de eleição eles vem nas nossas portas com cara de tijela não tem vergonha porque que vamos ter. Já que temos que ficar com fome e temos que mendigar sálario que seja na capital da ESPERANÇA.E POR FAVOR NÃO DEMORE MUITO, POIS O TEMPO É INIMIGO DA PERFEIÇÃO.

    ResponderExcluir
  27. caro Euler,
    As dificuldades são tantas que eu não tenho nem palavras para expressar o tamanho.Eu não sei como resolver essa situação estou num estado de inércia diante dos fatos.Sem dinheiro, sem garantias, humilhada pelo descaso de ter um professor tampão na escola e ter que conviver com ele e me ssentindo ultrajada nos meus direitos como profissional que sou.Quero deixar bem claro que se eu ficar sem salário eu não reporei nem um dia de greve que se o governo for pagar esse salário de reposição de greve só ano que vem que ele fique de esmola para ele porque daqui a pouco quem vai estar pedindo esmola sou eu.Mas diferentemente de alguns colegas que visitam esse blog eu só culpo o governo pelas nossas desgraças e peço a misericórdia de Deus para com ele.Que cada migalha de pão que faltar na mesa dos meus filhos Deus dê para ele em forma de abundância.
    amigo até a próxima, felicidades...
    GilVânia, História.

    ResponderExcluir
  28. Hoje, 1º de outubro...são seis meses sem o convívio com o companheiro Luis Carlos Martinho.

    Negão, que saudade das nossas prosas, violas e sonhos...

    Para os amigos do Blog um poema feito em sua homenagem:

    "Quando olhei a vida
    E seu convite
    Disse firme: BEM-VINDA!

    Quando esse mundo injusto
    E seus heróis
    Decretaram o fim
    Pensei: SONHEM!

    Meus companheiros
    Soldados vermelhos
    Fizeram planos
    De anos e guerra

    Fui só mais um
    dos alistados
    de braços dados
    campo e cidade

    Sabia que a trilha era longa
    como longa é nossa sede
    hoje estou aqui
    não há derrota, não me rendi
    hei de seguir
    por outros olhos
    essa batalha
    por dias novos
    hei de seguir
    por outras mãos
    de calo e canto
    e amanhãs
    pois legiões
    de homens jovens
    empunharão
    essas bandeiras
    e no futuro
    sem restrição
    gritem meu nome
    Sou Luis, Revolução!"

    R. Ventura

    Obs 1: As correntes estão guardadas comigo. Companheiros bancários e trabalhadores dos Correiros, precisando é só pedir!

    Obs 2: É importante ir pra cima desse governo de meia-tijela pois com mais dois meses de corte vai ficar dificil (ou impossível) comprar as asinhas de frango.

    Saudações,
    Rômulo

    ResponderExcluir
  29. Euler, boa noite! Pode contar comigo para arregaçar as mangas e começar a campanha. Sou NDG como você e não estou suportando trabalhar com os tampões. Desde o dia 08/06 em greve. Apanhamos, levamos gás de pimenta, bala de borracha e bomba de gás. Fora a humilhação de não ter o dinheiro para arracar com minhas responsabilidades financeiras. Outra questão que temos que verificar é a possibilidade de entrar na justiça contra o desgoverno e quem quer que seja cobrando danos morais, pois é assim que me sinto.
    Amplexos,
    Elenice Vidal Prata - Pedagoga NDG
    elenicevidal@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  30. Tem razão o camarada Rômulo, sem salário em outubro e novembro não dá pra comprar as asinhas de frango e comemorar no latifúndio do comandante Martinho, tio do Luis Carlos Martinho, guerreiro homenageado hoje pelo combativo Rômulo.

    Outubro também é o mês de lembrarmos do grande revolucionário Carlos Marighella. E também do Gregório Bezerra, outro valente revolucionário, exemplo de lutador social apaixonado pelas causas dos de baixo. E por falar em Luis Carlos, não podemos esquecer também do Prestes, outro dirigente comunista, e do capitão Carlos Lamarca. Uma história de valentes, como valente é povo brasileiro dos de baixo, e de todo o mundo; como valente também são os educadores de Minas e do Brasil, os que lutam por seus direitos e por um mundo melhor e mais justo para todos.

    Um forte abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  31. por que não assinam um termo de ajustamento de conduta entre sind-ute e governo? registrado em cartório é claro

    ResponderExcluir
  32. NDG de Plantão

    Caros amigos acabei de postar esse comentário
    no Blog da Beatriz Cerqueira (SindUTE/MG):

    Parabéns Bia e equipe SindUTE. Os poucos momentos que tive a oportunidade de conversar com você, pude perceber a grandiosidade de uma mulher de raça e que honra a camisa que veste, em nenhum momento apresentou desmorecimento junto aos nossos objetivos. O que devemos fazer a partir de agora é caminhar sempre juntos como ocorreu nessa greve que está suspensa. É preciso mobilizar cada vez mais a comunidade escolar e a sociedade, pois os que são responsáveis por fazer valer o poder e a voz do cidadão, estão a favor de uma máquina que escraviza pessoas e defende interesses pessoais e de campanha partidária.

    Juntos e unidos para fazer valer a Lei Federal 11738/08.

    acorrentados ALMG _ PISO EducaÇão 2011_ NDG....wmv
    http://www.youtube.com/watch?v=iP4mj_3fbyA

    NDG de Plantão


    Com o Piso, SENDO construído começamos a voltar para a escola, mas o nosso espírito de luta ainda está na luta e de plantão.


    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. Ao amigo e irmão NDG João Martinho
    greve 100 dias SOS educação MG NDG pca7 BH set12 2011 sos
    http://www.youtube.com/watch?v=R5D9FXV4vVE

    Obrigado por fazer parte da minha cabeça pensante amigo e companheiro João Martinho, seguir seus passos é uma busca ao pensamento político e crítico; seguir seus passos faz o coração tremer de coragem e buscar a justiça, a verdade, é libertar para uma vida de conquistas.

    "Volta teu rosto sempre na direção do sol, e então, as sombras ficarão para trás."
    sabedoria oriental

    Para os amigos que estão convivendo com os " TAMPAX ", não discuta, tente ignora ou buscar uma (talvez aliança) para derrubarmos o DITADOR
    Antônio Anastasia (PSDB) e todos que a ele se aliar. Vale esse pensamento:

    "Conhecer os outros é inteligência, conhecer-se a si próprio é verdadeira sabedoria. Controlar os outros é força, controlar-se a si próprio é verdadeiro poder." (Lao-Tsé)

    Gleiferson Crow (ser pensante, NDG)
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. Olá Euler! Olá colegas de luta!
    Caro Rômulo que conheci em BH juntamente com Euler, li seu comentário de ontem e me emocionei, o de hoje também muito interessante.
    Acho incrível essa sua capacidade de sonhar, acreditar no ser humano, lutar sempre.
    Você é um dos que fazem a luta valer a pena!
    Força e coragem a todos!
    Josélia - GV

    ResponderExcluir
  35. ME SENTI UM PEDAÇO DO NADA QUANDO ME OFERECERAM UMA SEXTA BÁSICA, MAS VISTO ESTAR MESMO EM PEDAÇOS SEM AUTO ESTIMA APÓS ENCONTRAR UM TAMPÃO RECEBENDO EM MEU LUGAR E EU SEM DINHEIRO PARA QUALQUER COISA E SEM ALMOÇAR ATÉ ÀS 6 HORAS, QUANDO RECEBI A NOTÍCIA QUE HAVIA UMA SEXTA BÁSICA PARA MIM AGRADECI A DEUS, PEGUEI A SACOLA DE SEREAIS E FUI PARA CASA PREPARAR O ALMOÇO. NÃO SEI O QUE FARIA SE EU TIVESSE FILHOS DEPENDENTES PARA SUSTENTAR, E ME PREOCUPO MUITO COM COMPANHEIROS QUE ASSIM COMO EU AINDA TEM OUTUBRO TODO E NOVEMBRO SEM DINHEIRO, MAS SOU NDG E SE NÃO ME PAGAREM O PISO CONTNUO A GREVE E DIA 8 IREI DE MALA E CUIA POIS SE NECESSÁRIO JÁ FICO ACAMPADO.
    NDG CARATINGA!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  36. Manifesto por uma legítima Comissão da Verdade e Justiça
    Manifesto por uma legítima Comissão da Verdade e Justiça
    Leiam, divulguem, assinem on line
    http://www.PetitionOnline.com/PL7376/petition.html


    Gleiferson Crow (ser pensante, NDG)
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/
    O Projeto de Lei (PL) 7.376/2010, que cria a Comissão Nacional daVerdade, está prestes a ser votado no Senado em regime de urgência urgentíssima, agora sob a designação de Projeto de Lei da Câmara (PLC) 88/2011.

    BLOG Helena Greco
    http://institutohelenagreco.blogspot.com/2011/09/manifesto-por-uma-legitima-comissao-da.html?showComment=1317513965085#c3606950846082033051

    ResponderExcluir
  37. "PENSAR É TRANSGREDIR

    Não lembro em que momento percebi que viver deveria ser uma permanente reinvenção de nós mesmos — para não morrermos soterrados na poeira da banalidade embora pareça que ainda estamos vivos.
    Mas compreendi, num lampejo: então é isso, então é assim. Apesar dos medos, convém não ser demais fútil nem demais acomodada. Algumas vezes é preciso pegar o touro pelos chifres, mergulhar para depois ver o que acontece: porque a vida não tem de ser sorvida como uma taça que se esvazia, mas como o jarro que se renova a cada gole bebido. (grifo meu)
    Para reinventar-se é preciso pensar: isso aprendi muito cedo.”
    Lya Luft

    Que renovemos nossas forças, apesar da desconfiança, da insegurança, do desencanto, apesar dos pesares, é preciso seguir em frente, afinal somos desdobráveis, somos educadores !

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  38. Marisa Karla -Governador Valadares1 de outubro de 2011 21:11

    PARA RÔMULO:
    Grande poeta! Grande na força e sensibilidade!
    Repito:lindo texto!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  39. PMs se revoltam por que professora impediu aluno MILITAR de assistir aula armado. E o que os professores sentiram com gás de pimenta no olhos, ninguém fala????

    ResponderExcluir
  40. Se 10 vidas eu tivesse, 10 vidas eu daria para continuar em greve e arrancar este piso para os professores em MG.
    Deveríamos esperar pelo menos mais uma semana para estudar as propostas do governo e estabelecer as nossas condições para suspender a greve. Inverteu-se a situação.
    Professor ainda revoltado com o fim da greve e totalmente desmotivado para dar aulas.

    ResponderExcluir
  41. Marisa Karla -Governador Valadares1 de outubro de 2011 21:34

    Anônimo das 20:53,
    "Me senti um pedaço do nada quando me ofereceram uma cesta básica."
    Oh amiga,não se classifica assim não!
    Eu particulamente sinto é orgulho, admiração por
    colegas como você, que mesmo passando por privações não desistiu de lutar.
    Você é uma heroína!É fácil lutar quando se tem
    conforto,como é o meu caso,mas quando a carência
    se instala no meio familiar...aí,tem que ter
    "sangue na veia" para continuar na luta.
    PARABÉNS!Não se envergonhe de nada!
    A cesta que te deram é o pagamento pelos que não
    lutaram.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  42. QUANTO MAIS TENHO NOJO DESSES TAMPAX , MAIS FORÇA EU TENHO PARA LUTAR,NÃO PENSE QUE NÃO QUERO QUE ELES TRABALHE , SÓ QUE PRECISAVA SER DE MANEIRA CERTA E NÃO AGORA. NOSSA ESCOLA É ÓTIMA TODOS SÃO COMPANHEIROS, AMIGOS DE VERDADE E NÃO TEMOS HÁBITO DE MALTRATAR MINGUÉM,SÓ PEGARAM AGENTE DE OVO VIRADO.MEUS ALUNOS DISSE QUE SE POR VENTURA VOLTAR A TER GREVE ELES VÃO CONOSCO ATÉ O FIM. E SE O GOVERNO GOSTA DE NÚMEROS ELE VAI TER 100% DE ADESÃO ESTUDANTIL POIS NÃO CONSEGÉM VER TANTO SOFRIMENTO DOS PROFESSORES E QUE OS PAIS VÃO TAMBÉM E VAMOS ACERTAR ESSE PISO LOGO.

    ResponderExcluir
  43. Marisa Karla -Governador Valadares1 de outubro de 2011 21:42

    Anônimo das 20:53
    Desculpe-me!Mil desculpas!!!
    Depois que postei,reli seu post e percebi que o
    anônimo se tratava de um homem(amigo)e não de uma
    amiga.Perdoe-me de coração.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  44. VAMOS FAZER A CHAMADA GERAL DOS PROFESSORES DO BRASIL POIS DEPOIS QUE ESTIVE EM BRASÍLIA NUM ENCONTRO DE GREVISTAS LOGO SENTE QUE É MUITO FACÍL ESSE ENCONTRO E ACAMPAMOS POR LÁ MESMO. SOMOS FORTES E SE JUNTARMOS A ELES MAIS FORTES SEREMOS, A UNÃO FAZ A FORÇA.PENSE NISSO NDG E NDC E SIND-UTE.CEARÁ, RG, SERGIPE , SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO E MINAS E OUTROS QUE QUIZEREM JUNTAR-SE A NÓS.

    ResponderExcluir
  45. Aqueles professores que tiverem "Tampões" em suas escolas deveriam filmá-los e repassar para algum jornal de alguma emissora de tv e comentar sobre a questão do governo não ter dinheiro para pagar o piso mas ter dinheiro para pagar os "Tampões". E a responsabilidade fiscal??? Onde fica???

    ResponderExcluir
  46. Tocando em Frente
    Almir Sater

    Ando devagar
    Porque já tive pressa

    [...]

    E levo esse sorriso
    Porque já chorei demais

    Hoje me sinto mais forte,
    Mais feliz, quem sabe
    [...]

    Penso que cumprir a vida
    Seja simplesmente
    Compreender a marcha
    E ir tocando em frente

    Como um velho boiadeiro
    Levando a boiada
    Eu vou tocando os dias
    Pela longa estrada, eu vou
    Estrada eu sou

    Cada um de nós compõe a sua história
    Cada ser em si
    Carrega o dom de ser capaz
    E ser feliz


    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  47. Depois de tudo que a categoria passou, pela falta de negociação e pelo descaso com a Educação após mais de 100 dias de greve não acredito que neste momento o governo negociará alguma coisa.
    Não é ser pessimista e sim realista.

    ResponderExcluir
  48. Precisamos começar do ZERO e planejar como afetar o governo com o apoio dos pais e alunos, articulando tudo dentro da escola, como um amigo disse aqui, nos dois últimos horários, ou algo parecido.

    ResponderExcluir
  49. A Bia sabe o que os professores querem que seja negociado ou ela vai negociar o que ela quer negociar.Não queremos piso de 712 para 2012 e nem piso escalonado.Se esse sindicato nos ferrar dessa vez,vamos desfiliar e fundar outro tendo Euler a frente das negociações.Não tô nem dormindo de ansiedade,minha glicemia foi a 400,tudo por causa do sindicato que não agiu na hora certa!Boa noite a todos!

    ResponderExcluir
  50. Muito bom seu texto.Esse que está no governo é muito desumano, está querendo ver os colegas da greve na miséria, passando fome, pois sem salário outubro e novembro não vai ter como sobreviver.Sobre a reposição , caso só pague após a mesma, já sobrevivemos com o corte, então basta não repor as aulas. Será que vai ser possível contratar milhares de professores ?
    Devemos lembrar à comissão sobre a carga horária, ou seja, 2/3 em sala de aula e 1/3 com as outras atividades pertinentes ao professor.
    Força na luta e até a vitória !

    ResponderExcluir
  51. Euler,

    Parabéns, mais uma vez, pela lucidez deste texto.
    Concordo, plenamente, que é preciso colocar um "cronograma e prazo para a comissão de negociação".
    Além disso, insisto, que precisamos nos mobilizar dentro das escolas, realizando atividades variadas de pressão.

    Tais atividades, penso eu, não servem como substitutas à greve. Elas são sugeridas, na maioria
    da vezes, por aqueles que não têm coragem ou força para entrar na greve. No entanto, estas atividades se realizadas neste momento, apenas como mobilização e pressão, acredito que seriam interessantes: diminuição do horário de aulas, (tartaruga); ir à escola e parar as atividades docentes. Outras deverão ser sugeridas e combinadas para se colocar em prática em todo o Estado. O certo é que não podemos ficar esperando muita coisa desta equipe de negociação. Eles não querem negociar nada... querem, sim, nos enrolar! (Claro, exceto os Deputados que nos apoiam e equipe do Sind-Ute).


    Aguardo retorno dos colegas a estas considerações.

    Joaquim - Sete Lagoas

    ResponderExcluir
  52. Euler, concordo com vc em quase tudo. Só acho que esqueceu de dizer que o sindicato deve tratar do concurso, pois no edital só consta subsídio e as vagas dos efetivados estão fora( contrariando Constituição Federal).
    Penso também que não temos qualquer obrigação de repor seja o dia que for. Deve ser dado o direito de escolha para todos os dias de reposição, quem desejar que reponha e quem não desejar deixe que o substituto faça a reposição. Diante de tudo de ruim que o desgoverno fez e faz, temos o direito de escolher. Um abraço e parabéns pelo seu trabalho.

    ResponderExcluir
  53. Entrar no SindUte, é a mesma coisa de ler jornal de ontem.

    ResponderExcluir
  54. Parabéns, Profª Ms. Vera Maria da Silva Ribeiro,pelo texto magnífico endereçado ao Senador Cristovam Buarque, nossa luta não há de ser em vão e todos esses anos de estudos dedicados ao magistério, também, não! Havemos de ser recompensados (as)e respeitados(as).

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  55. Olá, pessoal da luta, turma do NDG em tempos de uma pausa que pode ser suspensa a qualquer momento!

    Boa noite!

    Primeiramente, permita-me dizer algumas breves palavras sobre o sindicato e sobre as negociações. Acho que a comissão que nos representa terá o bom senso de trazer as propostas para a aprovação da assembleia. Portanto, não podemos levantar desconfiança em relação a este ponto.

    O que me preocupa é esta dinâmica de encaminhamento das questões. Por exemplo. O ponto que eu levantei sobre a devolução da diferença entre o que recebíamos até junho e o confisco imposto pelo governo para quem aderiu ao sistema de VB não está na pauta da comissão de negociação. A maioria dos professores passaram de um salário total de R$ 1.320,00 para R$ 935,00.

    Esta é uma questão que nunca foi debatida no interior do sindicato, porque o objetivo, inicialmente, era o piso de R$ 1.597,00 e pensava-se que pagando este piso não precisaríamos nos preocupar com a redução do nosso salário.

    Desde abril de 2011 eu alertei para este ponto, pois corríamos o risco de ficar um bom tempo, até o pagamento do piso, com os salários abaixo daquele praticado para uma parcela da categoria.

    Além disso, com a existência das duas carreiras, o que ficou evidente para o ano de 2011 é que o governo aplicou um reajuste para quem ficou no subsídio - uma espécie de prêmio pelo confisco de 2,5 bilhões de reais -, e puniu os que ficaram no sistema de VB, que passaram (passamos) a receber o mesmo salário de 2010.

    Além da indecência e da imoralidade que representa este ato, precisamos discutir também a legalidade do mesmo.

    Então como é que uma parte de uma mesma categoria recebe reajuste e a outra não?

    E não existe este papo do governo de dizer que quem quiser poderá retornar para o subsídio. Ora, qualquer jurista que mereça este nome entenderá que se trata de uma chantagem: ou vocês ficam no subsídio, que representa um enorme confisco salarial, a morte do piso e do plano de carreira, e com isso o salário de vocês em 2011 será um pouco melhor; ou vocês voltam para o antigo sistema, mas não terão nenhum reajuste salarial em 2011.

    Isso é ilegal! Isso é imoral! Isso é indecente!

    Principalmente quando consideramos que o próprio governo e a assembleia aprovaram o orçamento do estado com a previsão do pagamento do valor da remuneração com os reajustes a partir de janeiro de 2011 para TODOS os educadores. Além disso, a Constituição Federal proíbe a redução salarial.

    O governo somente poderia deixar de pagar este valor se ele aplicasse a lei do piso já em julho ou agosto de 2011, quando, aí sim, não haveria perda ou redução salarial.

    Mas, como o governo comete a ilegalidade de não pagar o piso em 2011, terá que pagar pelo menos a diferença que nos roubou neste ano, que dá em torno de R$ 2.100,00 em média para cada servidor por cargo de 24 horas.

    Ou seja: este é um governo que confisca nossos salários por termos optado pelo antigo sistema de VB e gasta R$ 218 milhões com os substitutos, para ficarem passeando pelo pátio das escolas.

    Um absurdo que só acontece em Minas Gerais, porque não temos imprensa livre, não temos procuradoria da justiça, não temos um legislativo independente e não temos uma justiça com autonomia para julgar e mandar aplicar as leis existentes no país.

    Que republiqueta de 5ª categoria esta!!!

    ResponderExcluir
  56. Ontem tive um experiência semelhante a do Euler. Conheci um substituto de outro professor ( pro meu cargo não apareceu). Uma pessoa simples, humilde, fala tranquila. Aparentemente uma boa pessoa.

    Não entrei no mérito das causas que o levaram a estar ali. Cada um tem suas razões. Eu não faria isso. Mas cada um é cada um. Nessa greve fiz vários bicos... garçom, mesa de som, violão...me virei. Eles também estão fazendo o bico deles...nos prejudicando? Sim. Mas feitas as devidas ponderações agora vou alfinetar.

    Enquanto designado fui menosprezado várias vezes pela minha condição funcional e nessa greve seriamos massacrados. Os professores que criticam o fim da greve se esqueceram que o Sindicato havia perdido várias batalhas contra o governo e que na quarta-feira todos os designados grevistas seriam exonerados. Foi muita pressão em casa. Tenho uma filha de 6 meses e poderia ter meu pescoço cortado.

    A suspensão da greve além de estratégica fez justiça aos designados que poderiam perder o emprego. Acaso a batalha fosse vencida, aqueles que criticam o fim da greve me pagariam os salários que teria a receber até 23/12? Evidente que não. Ou acaso tais pessoas nos consideram indignos? Meros peões em um jogo de xadrez. Na hora da votação pelo fim da greve ouvi vaias e fiquei triste.

    Então o que penso é que tais profissionais substitutos, com ou sem habilitação, não são os culpados pela nossa situação. A culpa é do governo. Professor sem habilitação é outra coisa. Isso é procedimento normal! Até entre grevistas tem e nem por isso ninguém os critica...são colegas educadores do NDG!

    Agradeço o espaço!

    ResponderExcluir
  57. Boa noite Euler.POR FAVOR ENCARECIDAMENTE ME RESPONDA:QUANTO A ESSES TAMPAX O SINDUTE NÃO PODE MOVER UMA AÇÃO QUANTO A ISSO,POIS ISSO É ABUSO DO DINHEIRO PÚBLICO.O TAMPÃO QUE ESTAVA EM MEU LUGAR DISSE QUE PEGOU AS AULAS PQ SABIA QUE GANHARIA UM SALÁRIO E FICARIA ATOA ATÉ O FINAL DO ANO, GRANA EXTRA.ISSO NÃO É CASO DE DENUNCIA DE USO INDEVIDO DO DINHEIRO PÚBLICO.ACHO MUITO ESTRANHO MINAS GERAIS NÃO TER LEI.

    ResponderExcluir
  58. Devemos estar dispostos a entrar em greve novamente, caso nossas reivindicações não sejam atendidas.
    E já inciar o movimento fazendo campanhas para ajudar os colegas.

    ResponderExcluir
  59. Ao Anônimo das 21:57: qual mídia iria transmitir a nossa denúncia????

    ResponderExcluir
  60. Boa noite amigos guerreiros do NDG/NDE
    Boa noite amigo guerreiro Euler.

    SONHANDO PARA SOBREVIVER.

    Amigos, temos de manter acesa a chama da esperança, não nesse sistema que subjuga os de baixo, portanto, nos subjuga a nós educadores também. Temos sido vítimas da tirania desse senhor. Temos gemido sob o jugo desse CARRASCO, MAS NOSSA CAPACIDADE DE CONTINUAR SONHANDO NÃO PODE MORRER.

    TEMOS DE SONHAR, PARA SOBREVIVERMOS.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  61. Ao Gilson Vieira Soares - então porque o sindicato não disse claramente que o movimento deveria ser suspenso por causa das demissões dos designados? Assim não teria enrola,enrola,pois o que foi dito é que o governo havia aceitado reconhecer o piso na carreira.E pelo que parece NÃO FOI NADA DISTO! Respeito muito os designados e depois dessa greve,mais ainda.Sei que milhares de efetivos ficaram com a bunda na cadeira fingindo que davam aula,enquanto muitos designados estavam conosco na luta.Desejo de coração que voce passe no concurso,pois sei que é brabo ser designado neste estado de merreca em que vivemos.Boa Sorte e beijos na sua filhinha.

    ResponderExcluir
  62. Boa Noite!!!!
    Concordo com a Marisa Karla, o anônimo das 20:53" não deve ficar envergonhado por receber uma cesta básica.Você lutou... Indecente,vergonhoso são os PROFESSORES(AS) que não LUTARAM,estes,fizeram papel FEIO:ficaram esperando as "possíveis" conquistas,numa BOA,sem se privarem de nada.Talvez se estes PELEGOS tivessem lutado, juntos com os(as) bravos(as) guerreiros,uma pessoa de BRIO,ètica como você, não precisaria passar por PRIVAÇÕES alimentares.Mas, dizem que o mundo é dos espertos,desonestos.Queriam o BÔnus sem pagar por ele,sem lutar por ele.Pode ter certeza ,UM SER IMPOTANTÍSSIMO está te classificando como CREDORA ,possuidora de ética moral.Enquanto os PELEGOS...,simplesmente,DEVEDORES.Não entraram na LUTA mas, sempre de olho nos resultados das NOSSAS assembleias.VERGONHA é esperar que tudo chegue a nós, através do esforço,sofrimento do outro.FÉ em DEUS e PÉ na TABA!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  63. De fato, caro anônimo das 23h03, acho que cabe sim uma ação na justiça, pois entre os princípios da Administração pública da Carta Magna, constam: a eficiência, a moralidade, a legalidade, a publicidade e a transparência.

    O governo de Minas fere a todos estes princípios constitucionais.

    A contratação de designados faz-se necessária quando existem cargos vagos, ou para cobrir licenças médicas, todos em caráter precário.

    No caso dos substitutos, além da ilegalidade de terem sido contratados durante a nossa greve, agora, com o nosso retorno, nada justifica que eles permaneçam na escola. O governo não pode contratar pessoas ao bel prazer, sem apontar a existência do cargo vago, ou da licença médica do professor titular, ou outra legalmente reconhecida.

    Se forem contratados, por exemplo, para reposição, primeiro é preciso provar que o professor titular não deseja realizar esta reposição; segundo, este novo contratado faria o trabalho específico de reposição - com os critérios específicos para tal.

    Nem vou entrar aqui no mérito da não formação acadêmica adequada, pois esta parte caducou com o retorno dos nossos professores titulares.

    Então, penso que o sindicato deveria entrar com uma ação e cobrando do governador, da secretária da Educação e dos diretores de escola que os mantêm o ressarcimento, aos cofres públicos, dos R$ 218 milhões que custa manter tais substitutos.

    Escola não é local de bico para fura-greves, mas, sim, de profissionais da Educação, devidamente qualificados, como é o caso da enorme maioria dos colegas da rede estadual, sejam eles efetivos, efetivados ou designados.

    ResponderExcluir
  64. Colegas, na minha opinião, vocês que estão em exercício, deveriam ir para a escola e dar aula somente até as 11 horas, turno da manhã, que na maioria das escolas, foi o que entrou em greve.
    Não façam o gostinho do bebezão, é isso que ele quer, por isso não dispensou os tampax.

    ResponderExcluir
  65. Ouvi um comentario que o premio de produtividade seria pago atraves de uma segunda folha de pagamento entre os dias 15 a 20 de outubro. Alguem sabe algo a respeito?

    ResponderExcluir
  66. Euler e companheiros a diferença no salário de que optou pelo VB de +-300 reais ele vai usar para pagar os substitutos.
    Se 153 mil profissionais estão "recebendo" pelo menos 300 reais a menos por mês, o governo está economizando aproximadamente 45 milhões por mês, da para pagar os tampões, as propagandas e ainda sobra.

    OBS: Sei que é humilhante mais eu não tô nem aí, quem puder faça como eu: almoço na escola na hora do recreio e ainda faço uma marmita para meu esposo que também participou da greve, a noite ele janta na escola que trabalha e trás um marmitex para mim.



    Helena.

    ResponderExcluir
  67. URGENTE, URGENTE, URGENTE///////1
    O texto acima, do Grande Professor Euler, precisa ser levado O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL à reunião da próxima 2ªfeira.
    E mais: POR QUE O SIND-UTE NÃO INCLUI O PROF. EULER COMO UM DE NOSSOS REPRESENTANTES NA REUNIÃO?

    Desgraça, há momentos em que eu não entendo essa minha gente da EDUCAÇÃO (os do Sindicato).
    O PROF. EULER é, SEM SOMBRA DE DÚVIDA, A PESSOA QUE DEVE NOS REPRESENTAR NESSA REUNIÃO. Não estou aqui a DESCONSIDERAR ninguém. Claro que não!
    É óbvio, ululante que o PROF. EULER é um profundo conhecedor de todos os nossos direitos,
    ESCREVE e FALA BEM.
    ***Será que vamos deixar passar
    MAIS ESTA OPORTUNIDADE???!!!
    Pelo amor de Deus!
    VAMOS ACORDAR, EDUCAÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  68. SE O ANESTESIA NÃO DISPENSOU OS "tampinhas", está na cara que ele não vai cumprir o prometido conosco; por isso MANTÉM os "tampinhas".
    TÃO SIMPLES.

    ResponderExcluir
  69. Vamos postar no blog da Beatriz que queremos o Euler nas negociações. Não dá pra ignorar o que ele e seu blog significaram nessa e na outra greve.

    ResponderExcluir
  70. Onde está Bia com as notícias,morreu?

    ResponderExcluir
  71. No sait da Seplag fala sobre pagamento prêmio produtividade.Será pago na mesma data dos últimos dois anos,entre quinze a vinte de outubro ,em folha extra.Tomara ser verdade!Fala tbém na possibilidade de parcelamento do décimo terceira.Aí eu mato eles com a ajuda de vocês!

    ResponderExcluir
  72. EULER CONRADO em toda "reunión",
    condição SINE QUA NON.
    (ablativo latino; ao pé da letra: SEM AS QUAIS NÃO ... poderemos realizar a "reunión")

    EULER CONRADO em toda "reunión",
    condição SINE QUA NON

    EULER CONRADO em toda "reunión",
    condição SINE QUA NON

    ResponderExcluir
  73. Euler, boa noite, pela terceira vez vou tentar postar este fato: Se voce olhar as ações do piso vai ver que alguma coisa esta acontecendo com as ações dos proponentes daqui de Gov. Valadares. Olhando todos que constam na lista de A a Z vai ver que não tem nem 50 pessoas de GV, muito estranho, liguei para o sindute daqui e a resposta foi de surpresa e até agora continua a mesma coisa, deve ter muitos nesta situação, vou revogar a procuração dos advogados do sindute e procurar um particular, tem muita coisa para ser reivindicada e o tempo passa rapido, uma vez que o estado vai recorrer a todas as instancias para não pagar, melhor entrar logo com a ação, por favor verique com alguem daí do sindicato o que ocorre, espero que desta vez vc publique, muito obrigada, Carla-GV.

    ResponderExcluir
  74. Euler e colegas professores do NDG,
    Nós demos 112 dias para o governo se manifestar e ele nos deu uma hora para avaliar as suas propostas e acabar com a greve. E muitas dúvidas pairam no ar:
    1- A Beatriz dispensou a sua reunião com a Ministra Carmem no STF?
    2- O Sindute entrou com algum pedido ao STF para a implantação do piso imediatamente e na carreira?
    3 - A Comissão da Educação, que estava esperando ser completada por um representante do PSDB e que viria a MG em 1º lugar, devido à greve, continua com seus trabalhos, ou foi desfeita?
    4 - E após o julgamento dos recursos do Acordão, ele deverá ser implantado imediatamente?
    5 - Minas Gerais foi incluído vergonhosamente entre os 10 Estados mais pobres do Brasil e terá direito à uma implementação de recursos do Fundeb, superior a 1 Bilhão de reais. O que o governo Mineiro fará com este dinheiro, que deveria ser usado para pagar o piso?
    6 - Em janeiro/2012 o piso terá um aumento entre 16% e 22%. O governo nos pagará este reajuste?
    7 - Um professor tampax está recebendo o mesmo que um professor com 20 anos de professorado e continuará recebendo sem fazer nada na Escola. Como o aluno vai sair da sala de aula para ter reforço, no mesmo horário, com o professor tampax. Será que a física poderia explicar esta situação?
    8 - Em uma mesma escola, os professores que não entraram na greve, encerrarão o ano letivo em 23 de dezembro e os demais em fevereiro de 2012. O próximo ano letivo deveria começar em 01 de fevereiro de 2012. O que farão estes fura-greves neste período, receberão sem trabalhar? As Escolas não poderão receber novos alunos sem o ano anterior ter terminado.
    9- Quando os novos diretores tomarem posse, receberão este abacaxi para descascar?
    10- Quero os 5% que foram retirados do meu salário ao voltar para o plano de vencimento básico.Mais uma ilegalidade deste governo hipócrita.
    Hoje ( domingo) é dia de Santa Terezinha, doutora da Igreja. Que uma chuva de rosas, em forma de bençãos, caiam sobre os professores de Minas e de todo o Brasil e que alcancemos o nosso tão sonhado piso nacional. Em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém!

    ResponderExcluir
  75. Cara colega Carla - GV:

    Não deixei de publicar nenhum comentário seu. Talvez você não tenha conseguido enviar os tais comentários anteriores, por razões que eu desconheço.

    Um abraço,

    Euler

    ResponderExcluir
  76. Caros colegas que pedem minha presença na reunião da comissão de negociação. Agradeço a confiança, mas, esclareço:

    1) minha presença nesta reunião não fará grande diferença, pois o sindicato vai encaminhar propostas e ouvir as contra-propostas do governo e depois submetê-las ao comando de greve e à assembleia da categoria;

    2) o importante é que os nossos representantes, sejam quais forem, encaminhem as nossas propostas, briguem por elas, mostrem para o governo que certas propostas são emergenciais, outras são inegociáveis, e assim por diante. O governo precisa saber qual é o estado de espírito da base da categoria - o pior possível, ou seja, pronto para o combate. Determinadas propostas do governo a comissão não deve nem aceitá-las: deve dizer logo, de cara, que aquilo fere aos interesses da categoria e mandar o governo reformular e melhorar aquela proposta, e assim por diante;

    3) confesso que não teria nenhum prazer em participar de uma reunião com a maioria das figuras que vi na foto da comissão (deputados) e que será acrescida das figuras do governo (secretárias/o). Se a reunião for antes do almoço, seguramente eu perderia o apetite, dada a realidade indigesta que se apresentaria; se a reunião for depois do almoço eu correria o risco de passar mal, com vômitos e tudo mais, e o serviço de Saúde em nosso estado, tal como o da Educação, não vai nada bem, não vai nada bem...

    4) por último, numa reunião deste tipo é importante que se respeite a hierarquia. No NDG só o comandante Martinho tem patente maior do que a minha, mas na comissão do sindicato, não. É a coordenadora quem deve tomar a frente, apresentar as propostas e na maioria das vezes é ela quem deve falar pelo sindicato. Não ficaria adequado, por exemplo, eu bater na mesa diante de alguma proposta indecorosa do governo e perguntar para eles se eles viveriam com aquilo que eles estão propondo para nós. Muito provavelmente eles pediriam que eu me retirasse da sala de reunião - o que eu faria de bom grado, não sem antes dizer algumas palavras educadas para aqueles senhoras e senhoras.

    E no final das contas, se tudo desse errado, eu seria o culpado.

    Logo, talvez seja melhor que eu continue atuando como a maioria da categoria, apresentando propostas, criticando, cobrando e ajudando a organizar a base da categoria para uma pressão direta, caso a conversa na comissão não nos atenda.

    E é bom que eles saibam que aqueles sobre cujas vidas eles estão decidindo estão do lado de fora, mas não aceitarão ficar para sempre do lado de fora, caso suas (nossas) reivindicações não sejam atendidas. Vamos balançar aqueles prédios da Cidade Administrativa até sair o que nós queremos.

    Um forte abraço e força na luta!

    Euler

    ResponderExcluir
  77. NDG DE PLANTÃO
    REPOSIÇÃO DE AULAS: AGUARDEM !!!
    Atenção:
    COMENTÁRIO da Beatriz Cerqueira

    " Beatriz Cerqueira disse...
    Prezados colegas,
    reforço a necessidade de aguardarmos a reunião com o governo para iniciarem a reposição. Corremos o risco de nos matar numa reposição e receber apenas a hora trabalhada. Aguardem.
    Atenciosamente,
    Beatriz

    1 de outubro de 2011 18:13" IN BLOG DA BEATRIZ CERQUEIRA

    Gleiferson Crow (ser pensante, NDG)
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  78. Euler,
    Completando a lista do anônimo das 2:00 h ( que como eu, dorme e acorda pensando no piso dos professores)digo:

    11 - E o 1/3 da carga horária que deveria ser cumprido extra-classe ( planejamento e correções de trabalhos, provas, diários, etc..)?
    Ainda bato na tecla de que a carga horária de 40 horas equivale, aonde é aplicada, a somente um turno ( 30 hs em sala e 10 fora da sala), ou seja, em MG somos enganados e a nossa carga horária deveria ser no mínimo de 30 h para continuarmos trabalhando, como já faço, 20 h em sala de aula. Aí nosso piso proporcionalmente seria melhor.

    13 - Como sugerir ao STF que coloque no Acórdão a punição aos Estados e Municípios que não cumprirem a lei 11738.

    14 - Euler, você conseguiria o salário, a carga horária e o plano de carreira dos outros estados para fazermos uma análise geral?

    Se houver o retorno da greve, estarei na linha de frente.

    ResponderExcluir
  79. NDG de PLANTÃO
    Informa:

    Com relação aos " TAMPAX's "

    Sejamos práticos, eles foram contratados em caráter emergencial http://leiajeissaeemg.blogspot.com/2011/08/proxima-assembleia-16-de-agosto.html

    1. "Designação de professores para o 3º ano do ensino médio" RESOLUÇÃO IMAGEM AMPLIADA
    http://4.bp.blogspot.com/-znHYDAKiVKs/TkbcHQMGwII/AAAAAAAAAdw/q4Sn9VDEul8/s1600/resolucao_1905_8_11.jpg

    Leiam com atenção o art. 5º Resolução 1905 / 2011

    "Art. 5º Na hipótese de retorno do titular, o professor designado nos termos desta resolução poderá continuar como designado (está na resolução) continuando: a critério da direção da escola, atuando na reposição de aulas ou em aulas de reforço,até o término do ano letivo de 2011." Ou seja o nosso ano letivo terminar-se-á em março de 2012. Vamos ser práticos e respeitar essa decisão a nosso favor, ou seja, as aulas dos sábados letivos e feriados poderão ser ministradas pelos professores substitutos, vamos utilizar a resolução da SEE/MG a nosso favor. Leiam a resolução na íntegra
    http://4.bp.blogspot.com/-znHYDAKiVKs/TkbcHQMGwII/AAAAAAAAAdw/q4Sn9VDEul8/s1600/resolucao_1905_8_11.jpg

    É através da informação que podemos dialogar.

    Abraços.

    Gleiferson Crow (ser pensante, NDG)
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  80. Daqui pra frente, ficarei na expectativa, aguardando

    o momento em que este blog de utilidade pública

    chegue a 1.000.000 (um milhão) de visitas.

    Se se coloca algumas propagandas boas nele,

    dá pra levar uma greve até dezembro (rsrsrs)...

    ResponderExcluir
  81. Caro Euler, 5ª feira fui para a escola mas disse à diretora que não iria para a sala porque a minha substituta ficaria a toa na escola e receberia do mesmo jeito, ai ela foi pra sala e eu fiquei os 5 horarios sem fazer nada, mas ja me pediram pelo amor de Deus pra ir pra sala na 2ª feira porque a tampax não domina a sala, não suporto olhar pra cara daquele monte de imbecis a toa na sala dos professores! essa sitiuação tem que ser resolvida URGENTEMENTE!!!

    ResponderExcluir
  82. Euler ou alguém desse blog...
    Vocês sabem porque o blog do José Elias Issa foi removido?

    ResponderExcluir
  83. João Paulo Ferreira de Assis2 de outubro de 2011 09:48

    ATENÇÃO ANÔNIMO DAS 23:03

    Qualquer cidadão pode propor uma ação popular para ressarcimento de gastos indevidos com o governo. No caso seriam duas ações, uma para que o governador devolva aos cofres públicos o que gastou a mais com publicidade mentirosa.

    A outra é para obrigá-lo a devolver aos cofres públicos o dinheiro pago indevidamente aos tampões.

    ResponderExcluir
  84. Caros colegas do NDG, devemos observar doi pontos de extrema importância:
    1- Este blog foi a melhor representação de força da categoria, pois suas postagens "in greve" mostravam força, garra, disposição e confiança.

    CLARO QUE ERA OBS. PELO GOVERNO - E AINDA É......

    2- Portanto, mesmo que não concordemos com algo, devemos deixar de chorar e se sentir derrotados NÃO PODEMOS DE FORMA ALGUMA NESTE BLOG MOSTRAR FRAQUEZA - POIS DIMINUI O MORAL DA TURMA E MOSTRA AO "NAZISTA" NOSSAS FRAQUEZAS.... SEMPRE FIRMES E CONFIANTES E CLARO SE NÃO PAGAR ESTES MESES E O PISO NO PLANO DE CARREIRA EM 2012 A GREVE CONTINUA

    ResponderExcluir
  85. Gostaria de parabenizar os Srs. magistrados mineiros ( não todos) bem como alguns políticos deste nobre estado, e alguns ministros, pois são de uma nobreza invejada, uma postura ética, moral e claro uma evidente aplicação do principio legal de imparcialidade.
    PARABÉNS A TODOS VOCÊS, QUE TENHAM UMA ENORME PAZ DE ESPÍRITO POR TER A CONSCIÊNCIA DE DEVER CUMPRIDO. " DE DEVER FAVORES AO GOVERNADOR E/OU SENADOR - SEU BANDO DE IMORAIS E CORRUPTOS SAFADOS....."
    OBS* DESCULPE AS PALAVRAS DURAS "NOBRES SENHORES"

    ResponderExcluir
  86. Euler,
    gostaria de saber se após negociados os pontos da reinvindicação o sind ute vai submetê-los a apreciação da categoria ou somente da comissão?
    Gilvânia, história.

    ResponderExcluir
  87. Euler, meu filho,
    Por várias vezes você autorizou a cópia de seus sensatos e maravilhosos textos. Então, o que fiz? Copie e colei no Blog da Beatriz, uma boa parte dele, pedindo a ela, pelo amor de DEUS, que lesse. Ela postou e respondeu:
    "Prezado Euler,
    obrigada pela contribuição. São pontos fundamentais. A questão do pagamento imediato já foi abordada na reunião de quinta-feira e será discutida nesta segunda, assim como os demais pontos.
    Um abraço,
    Beatriz"
    Creio que não ficará aborrecido comigo. Talvez ela pense que foi você quem escreveu no Blog dela o comentário.
    Com carinho,
    Para sempre,
    sua "namorada virtual".

    ResponderExcluir
  88. A proposta do anônimo das 19:54 deve ser considerada, ou seja, caso o governo não nos pague um salário em outubro e outro em novembro - salário inteiro, pois o que ganhamos já é uma ajuda de custo -, devemos ir para Brasília.

    Imaginem uma caravana, uns três ônibus apenas, com cento e poucos educadores, com panelas vazias e uma faixa - ou uma bandeira gigante -, em frente ao Congresso, ao STF e ao Palácio do Planalto, com os seguintes dizeres:

    "Somos professores de Minas Gerais! Estamos passando fome, sem salários e sem condições de trabalhar.
    Nos deem uma esmola por favor, pois o PISO SALARIAL que vocês aprovaram não saiu do discurso, e promessa não enche barriga!

    O governo de Minas e o Federal e os demais têm dinheiro para a COPA do MUNDO, para banqueiros, empreiteiros, salários de marajás, mas não têm para pagar salários dignos aos educadores."

    ResponderExcluir
  89. Atenção !!!
    Caros leitores, realmente o LEIA foi REMOVIDO .
    Já estou recuperando.

    Como editor do LEIA, agora terá
    um outro nome:

    LEIA: LIBERTA MINAS - NDG
    Gleiferson Crow

    Em breve o endereço ficará disponível.
    Obrigado, aguardem.

    Gleiferson Crow (ser pensante, NDG)
    LEIA: LIBERTA MINAS - NDG

    ResponderExcluir
  90. Obrigada, Prof. Euler, pela indicação da canção. Afinal, Almir Sater é Almir Sater, suas canções falam da terra, dos homens, das gentes simples, detentora de muita sabedoria e dessa confiança de que tudo pode ser melhor, por isso TOCANDO EM FRENTE.

    Ontem, ao longo do dia e, principalmente à noite, percebi pelos textos escritos muita tristeza, muita revolta, muita dor, gente que já se encontra doente em face de tanto desencanto, de tanta indiferença vivida e presenciada, mas com tudo isso e por tudo isso não podemos perder a fé na vida e nem nós mesmos. Apesar de todo o sofrimento que cada um tem passado, uns mais, outros menos, mas todos têm sofrido. Ainda, assim, penso que não podemos nos julgar derrotados, não podemos perder as esperanças, e nem abandonar a profissão que escolhemos para fazermos a diferença nesse país, toda essa mobilização não há de ter sido em vão, obviamente já vimos que temos muito pela frente por que reivindicar, posto que estamos travando um embate com a “MÁQUINA DE MOER GENTE” , mesmo assim, temos que TOCAR EM FRENTE. Começamos escrever a história da educação em Minas Gerais, foram 112 dias, essa história não findou, por enquanto a página terminou com reticências [...]. Ela continua, conosco, pois todos somos protagonistas nesse episódio. Então sigamos o curso da vida ... diz GUIMARÃES ROSA que ela quer de nós é CORAGEM!
    FELICIDADES PARA TODOS NÓS! Mais uma semana começa e há de nos trazer mais esperanças!

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  91. ATENÇÃO:

    O LEIA não é mais o Jornal do ... AGORA
    é um dos Jornais do NDG Liberta Minas.

    NOVO ENDEREÇO:

    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/
    LEIA: Liberta Minas NDG

    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  92. Colegas, voces poderiam imagiar o quanto o povinho lá de cima (Anastasia e sua corja) deve estar com os nervos a flor da pele (irado mesmo) durante o movimento de greve Minas ser inncluida entre os dez estados mais pabres para receber a tal complementação para o nosso piso nacional!!!
    Penso que para eles isso foi uma derrota terrível,
    pois o que sempre expôs para os mineiro e o mundo inteiro é que Minas avançava maravilhosamente bem. E agora? é vergonhoso, muito vergonhoso, principalmente para Anastasia e Aécio que tentaram pregar essa farsa...
    Até as inumeras propagadas enganosas sumiram da tv. perceberam?
    Para os colegas que estão chatiados com os tampões, ignore os e consiguirá trabalhar tranquilamente, na verdade se esses coitados pegaram um serviço dessa forma é porque estava precisando muito de um bico. Isso volta ao normal. Mesmo sabendo que nós educadores ganhamos muito pouco. Quantos não gastariam de estar nos nossos lugares?
    UM ABRAÇO BEM CARINHOSO A TODOS E NÃO NÃO FIQUEM
    COM ESSES PENSAMENTOS NEGATIVOS QUE ATRAI COISAS RUINS, E ISSO NÃO É BOM PARA O NOSSSO EGO...

    ResponderExcluir
  93. ESSA DESCONFIANÇA CHEGOU ATÉ MINAS GERAIS

    O Judiciário de confiança abalada
    Wálter Maierovitch

    26 de setembro de 2011 às 9:00h

    Na sua história, o judiciário passou por momentos difíceis. Lembro da cassação, pela ditadura, dos íntegros ministros Victor Nunes Leal e Evandro Lins e Silva, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ambos tiveram recente mente a memória desrespeitada pelo ministro Eros Grau, que deu pela constitucionalidade da lei de autoanistia, esta elaborada pelo regime militar para encobrir arbitrariedades e garantir impunidade a autores e partícipes de assassinatos, torturas e terrorismo de Estado.

    Na presente quadra, o Judiciário passa por outro tipo de dificuldade e decorre de um processo de perda de credibilidade pela população. Isso pela ausência de imparcialidade e pela falta de trato igualitário dos cidadãos perante a lei. De permeio, episódios desmoralizantes vieram a furo, como, por exemplo, a falsa comunicação de crime feita pelo ministro Gilmar Mendes: afirmava ser vítima de grampo e, com particular teatralidade, levantou suspeitas contra a Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

    [...]

    Disponível em: http://www.cartacapital.com.br/politica/o-judiciario-de-confianca-abalada Acessado em 02 de outubro de 2011.

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  94. Educadora Mineira,

    Como sempre você nos brinda com sábias palavras, além do bom gosto musical.

    Parabéns e obrigado por estar presente nessa luta, sempre contribuindo positivamente para levantar o moral da nossa turma.

    Um forte abraço para os valentes educadores de CARANGOLA e região!

    ResponderExcluir
  95. Professor Luiano , Betim.
    Não entendo tanto pessimísmos por grande parte de nossos colegas. Confio no sindicato e todos que fizeram a greve também, não é? se não confiássemos não teríamos ficado 112 dias em greve, então temos que dar um grande crédito de confiança para a Beatriz.

    ResponderExcluir
  96. No meu ver, os professores tem que pensar mais nos colegas do sindicato, e parar de ver esta situação de negociação como ponto negativo..O sindicato está muito sobrecarregado, até mesmo por ser um momento de grande entrave com o governo, e por isso, não podem estar dando uma atenção maior no site, contudo, eles sabem que o euler e outros fazem esse papel tão importante que é de informar o que vem acontecendo..
    Sobre decisões, é importante lembrar, que o sindicato sempre levou a categoria, para está sim, votar e dizer sua vontade..

    O sindicato é hoje uma referência nacional de luta e comprometimento..Esteve lutando e debatendo o tempo todo..

    EU ENTENDO O MOMENTO DIFICIL E PRECÁRIO, POR ESTAREM SEM SALÁRIOS, MAS PODEM TER CERTEZA, O SINDICATO ESTÁ FAZENDO O MELHOR POSSÍVEL PARA TODOS, PARA UMA COLETIVIDADE..
    NÃO VAMOS PERDER A UNIÃO AGORA E CRITICAR UNS AOS OUTROS, PORQUE DIA 08/10 PODEMOS ESTAR TODOS JUNTOS NOVAMENTE NA BRIGA E EM GREVE...

    UM ABRAÇO E CONFIAR...

    ResponderExcluir
  97. Caro Euler
    e companheiros(as)

    estas ignomínias perpetradas por este infeliz desgoverno de Minas é algo sem par, algo incomensurável, inacreditável, meio que surrealista

    estou me referindo a estas séries de barbaridades que têm cometido , em conluio com seus comparsas: assembléia homologativa, desministério público, embargadores, mídia de aluguel et caterva...

    ora, em qualquer manual universal de resolução de conflitos reza que dado o armistício, o aceno da bandeira branca, é hora de as partes abaixarem as armas e procurarem o caminho do entendimento para a paz,

    AO CONTRÁRIO (pasmem!) DO QUE ESTÁ PARECENDO AS ATITUDES DESTES LOUCOS DESTE DESGOVERNO DE MINAS, ou seja, parece que os insanos continuam espalhando cizânia, tormenta, aflição, tortura psicológica - algo, que como diz o ditado "se contar, ninguém acredita"

    SOCORRO! SOCORRO! OXALÁ QUE DESTE LODO SURJA A FLOR DE LÓTUS!!!

    ResponderExcluir
  98. É PRECISO DENUNCIAR A DILMA QUE EM SUA CAMPANHA PROMETEU VALORIZAR O PROFESSOR E ATÉ AGORA O QUE TEM FEITO É SÓ IGNORAR O CAOS EM QUE SE ENCONTRA A EDUCAÇÃO NO BRASIL.
    ELA É RESPONSÁVEL SIM PELA IMPLANTAÇÃO DO PISO NACIONAL EM TODOS OS ESTADOS POIS TRATA-SE DE UMA LEI FEDERAL!!!
    FAZ-SE URGENTE DENUNCIAR A OMISSÃO DO GOVERNO FEDERAL!!!

    ResponderExcluir
  99. José Elias, tudo bem?
    Em relação aos tampax, os professores das turmas deveriam ir aos sábados, mas ficariam à toa e os tampax dariam aulas.Se os professores ficassem nas salas de aula assistindo as aulas deles, nossa, num instante iriam pedir dispensa. Professor novato DETESTA que alguém assista suas aulas.Se for possível, gravar e filmar as aulas, discretamente.Ah, se fosse no meu tempo!
    Mãe de aluno e professora aposentada.

    ResponderExcluir
  100. Bom, gostaria de comentar algumas coisas:
    A falta de comunicação entre o sindicato e a categoria é algo inadmissível nesse momento, onde as coisas não estão claras. O site do Sindute permanece, como o Blog da Beatriz, congelado. Fico realmente triste com isso, pois fica evidente o descaso em relação aos que penaram durante 112 dias de movimento e clamam por informação. Aliás, informação é poder.
    Concordo ipsis literis com a fala do companheiro de 02 de Outubro, 01:59. Esses pontos precisam ser iluminados o quanto antes.
    Alguém falou na situação dos designados. Bom, passarinho que come pedra sabe o c** que tem. Essa justificativa para o encerramento do movimento é, no meu entender, falha. Até porque, no caso de uma vitória posterior, esse seria um ponto fundamental de discussão, o retorno desses às funções.
    Isso era uma possibilidade (ainda que soasse remota) desde o começo do processo e caberia ao sindicato, junto a esse segmento, discutir a melhor forma de participação no movimento, ou algo nesse sentido.
    A verdade é que tomamos um "toco" e não tem muita saída não. Ou radicalizamos o processo, sem ter uma idéia clara da adesão nesse momento, ou escolhemos melhores advogados, pois é uma derrota jurídica atrás da outra, ao contrário do que temos visto por aí, como no RGS, no Correios, etc...

    ResponderExcluir
  101. Discordo do companheiro de 11:02. O Sindicato tem o dever e a obrigação de informar e instruir o movimento.

    ResponderExcluir
  102. Euler, posso enviar o seu texto para os deputados que participarão da reunião com o sindicato e demais?
    Obrigada
    Mãe de aluno e professora aposentada

    ResponderExcluir
  103. Para quem acredita em negociação com Anastasia, Duendes, Fadas, Papai Noel e outras entidades bizarras:

    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=183901,OTE&busca=or%E7amento&pagina=1

    É serio essa negociação?

    ResponderExcluir
  104. "Gente estúpida... Gente hipócrita!"

    ResponderExcluir
  105. POWER TO THE TEACHERS!!!

    Greve já!!!
    Greve até o PISO no PLANO DE CARREIRA!!!

    ResponderExcluir
  106. Na atual conjuntura, devemos ler só o que nos interessa no texto.

    Orçamento ignora possível aumento para professores

    Projeto de reajuste está suspenso, mas pode voltar à pauta após acordo

    Publicado no Jornal OTEMPO em 02/10/2011Avalie esta notícia » 246810DANIEL LEITE

    [...]

    Segundo o subsecretário de Planejamento, Gestão e Qualidade do Gasto, André Reis, "não há previsão na lei orçamentária" para o impacto que seria causado pelos gastos adicionais. Ele lembra, no entanto, que o orçamento tem uma reserva de contingência de R$ 513 milhões para situações como essa.

    Pessoal. As despesas com a folha de pagamento em 2012 alcançarão R$ 22 bilhões, 14% a mais em comparação ao ano atual. Segundo o subsecretário, o setor de Educação, com 300 mil servidores, e o da Segurança, com 60 mil, são os que mais oneram o Estado, e estão, segundo Reis, dentro dos parâmetros em relação ao número de servidores.



    Legislativo e Judiciário dobram total de recursos em sete anos
    Entre 2006 e 2010, os gastos com os Poderes Legislativo e Judiciário no Estado tiveram aumentos contínuos, que se repetirão em 2012. O Tribunal de Justiça (TJMG) é o que receberá o maior aporte.
    No ano passado, a Assembleia, por exemplo, teve direito a R$ 835 milhões. Em 2006, foram R$ 469 milhões, e, para o próximo ano, serão R$ 944 milhões.
    Enquanto isso, os recursos para o Ministério Público vão ultrapassar a marca de R$ 1 bilhão. Em 2006, o órgão teve orçamento de R$ 587 milhões e, no ano passado, de R$ 905 milhões.
    O TJMG já ultrapassou essa marca há alguns anos. Em 2006, o orçamento do Estado separou R$ 1,7 bilhão para o tribunal. Em 2012, serão mais de R$ 3 bilhões. (DL)



    - Projeto está suspenso, mas PODE voltar à pauta.
    - Haveria impacto no orçamento - no entanto há uma reserva de contingência de R$ 513 milhões para situações como essa.

    - As despesas com a folha de pagamento em 2012 alcançarão R$ 22 bilhões, 14% a mais em comparação ao ano atual.Apesar do grande número de Servidores na área da Educação e da Segurança,segundo Reis, ainda assim está dentro dos parâmetros em relação ao número de servidores.

    - Entre 2006 e 2010, os gastos com os Poderes Legislativo e Judiciário no Estado tiveram aumentos contínuos, que se repetirão em 2012

    - o TRJMG e a ALMG terão aumentos nos aportes financeiros.

    RESUMINDO, não há problemas para o governo negociar conosco o que nos é de direito, pois pela matéria tem DINHEIRO em abundância para todos e para nós, valem-se da tal reserva que o próprio Secretário mencionou. Logo, essa negociação tem de ser bastante séria!

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  107. Pedro Paulo G. Teixeira - Gov. Valadares2 de outubro de 2011 13:07

    Eu não participava de greves, porque sempre me pareceu que o sindicato funcionava quase como uma secretaria do governo. Muitas conquistas eram simples conservação de direitos adquiridos, pelos quais nem deveríamos ter que lutar, como é o caso do piso aplicado sobre o plano de carreira. Mas decidi entrar nesta greve, porque percebi que não se trata simplesmente de recorrer à justiça, já que a mesma demonstrou que pode ser facilmente comprada e não nos oferece qualquer garantia. Entendo agora que estive equivocado quanto à não necessidade de se fazer greve ou tomar posições mais radicais. Passei então a fazer o meu papel e me envolver no movimento, adotei uma postura solidária e alinhada com a categoria, ou seja, entrei de cabeça.
    Ao longo do período da minha adesão, que foi definitiva, senti um sindicato forte, determinado a promover a integração entre os educadores e a lutar até o fim pelos nossos direitos. Dei segmento à minha integração e fiz questão de participar da última assembléia, no dia 27 de setembro. Tudo me dizia que seria um momento muito forte, com apoio de vários setores, a categoria aprofundando a pressão sobre o governo, eu não poderia ficar de fora daquele momento histórico. Foi uma assembleia cansativa, por causa da reunião com o secretário do governo e a demora me fez pensar que as coisas estavam avançando. No fim do dia, a Beatriz apresentou um desfecho que considerei aceitável, com o governo se curvando diante da necessidade de se aplicar a lei nacional do piso, segundo ela, tudo escrito e assinado. Diante de tal quadro, achei que seria sim o momento certo para darmos uma trégua.
    Mas eis que no dia seguinte, logo cedo, ouço a Gazzola dizendo que havíamos cedido e que a partir disso o governo aceitaria negociar, reafirmando que não negociaria com a categoria em greve, o contrário do que a Beatriz havia dito. Depois ouço a entrevista do governador (aí sim, ele aceitou ser interrogado), dizendo mais outras tantas coisas inteiramente contrárias ao que ouvimos no fim da assembléia. Em seguida, leio o "documento" aceito pelo sindicato como acordo, um texto horripilante, pobre, totalmente estranho para mim, algo que eu jamais aceitaria e outra vez muito distante do que a coordenadora nos apresentou antes da votação.
    Agora, o silêncio. Vejo uma comissão mais de enrolação do que de negociação. Tenho que trabalhar à sombra de um substituto, cuja presença é uma agressão à minha dignidade e ao respeito que é devido aos alunos. Durante os anos em que fui designado, jamais tive qualquer garantia mesmo fora das greves, minhas aulas poderiam ser entregues a um efetivo a qualquer momento. A simples existência de professores designados é já um erro, uma afronta aos princípios do serviço público, cujos cargos devem ser ocupados através de concurso. Se tivemos agora esse problema de consciência pela ameaça de demissão, é porque aceitamos, durante anos e anos, que muitas vagas ficassem de fora dos concursos e que o governo fizesse as contratações, sempre excessivamente numerosas. Deveríamos assumir todos os possíveis prejuízos decorrentes da greve, incluindo as demissões, da mesma maneira como assumimos os prejuízos causados aos alunos.
    A nossa luta deveria ser um conjunto, em favor da legalidade, inclusive contra as demissões. A lei esteve o tempo todo do nosso lado, não precisaríamos recuar. A direção do sindicato foi pressionada de alguma forma que não sabemos e não saberemos. O governo cairia, poderíamos ter mudado a história política de Minas e até mesmo do Brasil, mas faltou coragem ao comando. Falo do comando porque, caso decidissem seguir em frente, a categoria teria respondido de maneira favorável. Desde o dia 27 venho refletindo sobre o que concluir. Sob pena de estar errado como já estive várias vezes antes, devo concluir que sofremos uma grande e grave derrota. Pode acontecer de nos levantarmos outra vez, mas, a depender da coordenação do sindicato, não me parece que caminhamos para isso, infelizmente.

    ResponderExcluir
  108. Pessoal, ontem mesmo a Beatriz respondeu alguns cometários no blog dela, o que eu não concordo é com esse pessoal que fica querendo a Beatriz na frente de um PC tirando suas dúvidas, pelo que percebi dela, ela corre atras, e quem realmente vai nas assembleias e presta atenção no que ela fala, não fica aqui questionando as postagens dela no blog, pois sabe que ela esta indo onde nós não podemos ir.
    O que nós temos que fazer é aguardar e ficar a postos para qualquer chamado do sindicato, e confiar.
    Nem todas as guerras foram vencidas em uma única batalha, a recuo não significa derrota, e sim estratégia. O governo disse que não negociava com a categoria em greve, voltamos, e se ele não negociar agora, teremos mais armas contra ele.
    Acho muito deprimente ler esses comentários que desmerecem os colegas, e com relação as substitutos, vamos usa-los a nosso favor. Sempre pedimos professores eventuais, que eles sejam esses eventuais e vamos mantê-los o máximo de tempo em nossas escolas, fazendo o governo ter gastos maiores, por pirraça de um desgoverno.

    ResponderExcluir
  109. gente, dia 08/10 ta ai...
    Se o governo não cumprir, vamos fazer de Minas um CEARA...
    lutar e lutar, sempreeeee!

    ResponderExcluir
  110. Oi, pessoas queridas,
    Hoje é Domingo - pede cachimbo. Mas como eu não fumo nada, de jeito nenhum, talvez o Domingo peça uma "piada" - tão verdadeira, gente...
    Leiam:

    É, só agora me dei conta!

    Meu cachorro dorme

    cerca de 20 horas por dia.
    Ele tem a sua comida preparada.

    Ele pode comer quando ele quiser.
    Suas refeições são fornecidas

    sem custo para ele.
    Ele visita o Dr. uma vez por ano

    para seu checkup, e

    novamente durante o ano

    se houver necessidades .
    Para isso, ele não paga nada e

    nada é exigido dele.
    Ele mora em um bairro agradável

    em uma casa que é muito maior

    do que ele precisa,

    mas ele não é obrigado

    a fazer qualquer manutenção.
    Se ele faz uma confusão, alguém limpa.
    Ele tem a sua escolha,

    lugares de luxo para dormir.
    Ele recebe essas acomodações

    absolutamente sem custo.
    Ele está vivendo como um rei, e

    não tem absolutamente

    nenhuma despesa .
    Todos os seus custos

    são pagos por outros

    que saem para ganhar a vida

    todos os dias.
    Eu estava pensando

    sobre tudo isso, e

    de repente me atingiu

    como um tijolo ........



    Acho que o meu cão

    é um Deputado ou Senador!

    Beijinhos carinhos.
    Eu.

    ResponderExcluir
  111. Caro Euler,sou professora,mas atualmente estou em ajustamento funcional devido às doenças adquiridas pelas más condições de trabalho que são constantes nas escolas.Às vezes me sinto meio sem forças para a luta (como muitos outros colegas que postam seus textos no seu blog),mas todos os dias quando abro seu blog e leio seus textos bem elaborados,verdadeiros e cheios de motivação,eu me sinto revigorada e com muita esperança de que dias melhores virão e que a justiça será feita.E quando nossa situação tiver totalmente resolvida Deus há de nos dar forças para abençoar quem fez pouco caso e espalhou cizânia onde nós semeamos.Obrigada pelo muito que tem feito para todos nós e que Deus continue te iluminando sempre.Um grande abraço.Professora Maria.

    ResponderExcluir
  112. Caro Comandante Euler,

    Não sei em qual artigo ou parágrafo, mas realmente existe nas leis trabalhistas que NINGUÉM pode sofrer redução de salário estando na mesma função e mesma carga-horária. Nisso, o Prof. João Paulo pode nos ajudar.

    Temos de nos organizar para entrar na justiça quanto a esse ponto, individual ou coletivamente. Mas deixar passar, isso não podemos.

    Paulo Andrade - Barreiro-BH

    ResponderExcluir
  113. NDG de vigília nas negociações

    É de extrema importância manter circulando toda e qualquer informação sobre os "sonhos" de poder e glória desses representantes do POVO.

    "Aquele que não representa o poder
    e a voz do seu povo, não é digno de governar." Gleiferson Crow (Ten. NDG)
    Pare ! Olhe ! Escute ! Leia: LIBERTA Minas.
    Procure informações a respeito desses representantes da voz e do poder do povo, podem ser inimigos da EDUCAÇÃO:

    1
    Antônio Julio (PMDB) Pará de Minas - MG- 12/08/1950 Empresário e advogado - dep.antonio.julio@almg.gov.br "santinho de pau ôco (convocado pelo governo para renegociar o fim da greve
    2
    Aécio Neves PSDB - Senador
    3
    ANASTASIA (PSDB) Governador de Minas
    4
    Antônio Carlos Arantes,
    5
    Bonifácio Mourão,
    6
    Carlos Mosconi,
    7
    Cássio Soares (PRTB) - Passos - MG (Economista) 07/06/1981 dep.cassio.soares@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    8
    Cássio Soares,
    9
    Célio Moreira,
    10
    Dalmo Ribeiro Silva,
    11
    Delvito Alves,
    12
    Dinis Pinheiro
    13
    Drº Viana,
    14
    Duarte Bechir (PMN) - Cristais - MG - 11/08/1957
    Técnico em pesquisas do IBGE - dep.duarte.bechir@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    15
    Duarte Bechir,
    16
    Gustavo Corrêa (DEM)- São Paulo - SP
    Bacharel em Direito - 21/08/1975 - dep.gustavo.correa@almg.gov.br "se esquivou da resposta. "Nós, aqui, tentando colocar panos quentes e vocês colocando mais lenha na fogueira",
    17
    Gustavo Valadares,
    18
    Inácio Franco,
    19
    João Bosco,
    20
    João Leite (PSDB)- Belo Horizonte - MG - 13/10/1955-
    Ex-atleta profissional e bacharel em História - dep.joao.leite@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    21
    João Leite,
    22
    Lafayette Andrada (PSDB) faz parte do GOVERNO, anda juntinho com ele.
    23
    Lisa Prado,
    24
    Luís Humberto Carneiro,
    25
    Luiz Humberto (PSDB) 24/03/1953 - Uberlândia - MG
    Empresário rural - dep.luiz.humberto@almg.gov.br - candidatura à Prefeitura de Uberlândia, no Triângulo Mineiro
    26
    Luzia Ferreira
    27
    Rômulo Viegas,
    28
    Rosângela Reis,
    29
    Sebastião Costa (PPS) - 12/07/1949 - Divino - MG
    Advogado e professor - dep.sebastiao.costa@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    30
    Sebastião Costa,
    Acesso obrigatório dos NDG:

    Lista de fotos dos deputados em exercício
    http://www.almg.gov.br/deputados/fotos_deputados.pdf

    Lista de contato dos deputados em exercício
    http://www.almg.gov.br/telefonica/lista_dados_dep.txt

    Deputados estaduais em exercício majoritários por localidade
    http://www.almg.gov.br/eleicoes2010/resultados/majoritarios.asp


    "Luto, logo existo. Gritar se preciso, calar jamais ! ‎... Vamos juntos escrever uma Minas Gerais mais livre e pensante, logo liberta."
    Tenente Gleiferson Crow (nova patente) Honrarei enquanto existir.

    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  114. NDG de vigília nas negociações

    É de extrema importância manter circulando toda e qualquer informação sobre os "sonhos" de poder e glória desses representantes do POVO.

    "Aquele que não representa o poder
    e a voz do seu povo, não é digno de governar." Gleiferson Crow (Ten. NDG)
    Pare ! Olhe ! Escute ! Leia: LIBERTA Minas.
    Procure informações a respeito desses representantes da voz e do poder do povo, podem ser inimigos da EDUCAÇÃO:


    1
    Antônio Julio (PMDB) Pará de Minas - MG- 12/08/1950 Empresário e advogado - dep.antonio.julio@almg.gov.br "santinho de pau ôco (convocado pelo governo para renegociar o fim da greve
    2
    Aécio Neves PSDB - Senador
    3
    ANASTASIA (PSDB) Governador de Minas
    4
    Antônio Carlos Arantes,
    5
    Bonifácio Mourão,
    6
    Carlos Mosconi,
    7
    Cássio Soares (PRTB) - Passos - MG (Economista) 07/06/1981 dep.cassio.soares@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    8
    Cássio Soares,
    9
    Célio Moreira,
    10
    Dalmo Ribeiro Silva,
    11
    Delvito Alves,
    12
    Dinis Pinheiro
    13
    Drº Viana,
    14
    Duarte Bechir (PMN) - Cristais - MG - 11/08/1957
    Técnico em pesquisas do IBGE - dep.duarte.bechir@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    15
    Duarte Bechir,
    16
    Gustavo Corrêa (DEM)- São Paulo - SP
    Bacharel em Direito - 21/08/1975 - dep.gustavo.correa@almg.gov.br "se esquivou da resposta. "Nós, aqui, tentando colocar panos quentes e vocês colocando mais lenha na fogueira",
    17
    Gustavo Valadares,
    18
    Inácio Franco,
    19
    João Bosco,
    20
    João Leite (PSDB)- Belo Horizonte - MG - 13/10/1955-
    Ex-atleta profissional e bacharel em História - dep.joao.leite@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    21
    João Leite,
    22
    Lafayette Andrada (PSDB) faz parte do GOVERNO, anda juntinho com ele.
    23
    Lisa Prado,
    24
    Luís Humberto Carneiro,
    25
    Luiz Humberto (PSDB) 24/03/1953 - Uberlândia - MG
    Empresário rural - dep.luiz.humberto@almg.gov.br - candidatura à Prefeitura de Uberlândia, no Triângulo Mineiro
    26
    Luzia Ferreira
    27
    Rômulo Viegas,
    28
    Rosângela Reis,
    29
    Sebastião Costa (PPS) - 12/07/1949 - Divino - MG
    Advogado e professor - dep.sebastiao.costa@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    30
    Sebastião Costa,
    Acesso obrigatório dos NDG:

    Lista de fotos dos deputados em exercício
    http://www.almg.gov.br/deputados/fotos_deputados.pdf

    Lista de contato dos deputados em exercício
    http://www.almg.gov.br/telefonica/lista_dados_dep.txt

    Deputados estaduais em exercício majoritários por localidade
    http://www.almg.gov.br/eleicoes2010/resultados/majoritarios.asp


    "Luto, logo existo. Gritar se preciso, calar jamais ! ‎... Vamos juntos escrever uma Minas Gerais mais livre e pensante, logo liberta."
    Tenente Gleiferson Crow (nova patente) Honrarei enquanto existir.

    "Seus sonhos são os nossos sonhos.
    Seus combates serão sempre os nossos combates!" Tenente Rômulo (NDG)
    Qualquer informação a acrescentar, favor enviar para gscrow@gmail.com .

    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  115. NDG DE PLANTÃO_ ATENÇÃO:

    Rede TV É Notícia entrevista Aécio Neves (PSDB) Senador, neste domingo (após Dr. Hollywood)
    00:30 h (madrugada da segunda-feira) http://www.redetv.com.br/jornalismo/enoticia/

    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  116. O Antônio Júlio nos defendeu e defendeu o piso dentro da nossa carreira, ele falou q é amigo do Anastasia, mas não concordava com as atitudes dele, ouvi ele falando a nosso favor e votando a nosso favor, eu nem sabia quem ele era, mas quando ouvi ele falando, gostei e até o cumprimentei pelo apoio, não vamos coloca-lo como nosso inimigo, ele nos defendeu.

    ResponderExcluir
  117. A HORA É PARA SE PENSAR EM UMA LUTA SÓ.
    BRASIL TODO EM UM MESMO COMPASSO, OS ESTADOS QUE ESTIVERAM EM LUTA PELO PISO E FORAM MASSACRADOS PELOS DITADORES. VAMOS COMEÇAR A CAMPANHA PARA UM MOVIMENTO SÓ
    SERÁ SE É POSSÍVEL?? AO MESMO TEMPO?? EULER VC TEM RESPOSTA PRA ESSA DUVIDA? SE A QUESTÃO É A MESMA, POR QUE NÃO UM MOVIMENTO SÓ. TODOS OS EDUCADORES EM BRASÍLIA. JÁ QUE FOI LÁ QUE APROVARAM NOSSO PISO.
    AGUARDO A RESPOSTA. E PARABÉNS PELA SERENIDADE QUE É NOTÓRIA EM VC!
    ABRAÇO! PRONTO PARA VOLTAR AO MOVIMENTO E GRITAR PELO PISO!

    ResponderExcluir
  118. Que tal organizarmos para o próximo Dia do Professor uma gigantesca manifestação envolvendo todos os estados que estiveram em greve por conta do piso salarial.
    Chega de musiquinhas na TV enaltecendo nossas funções. Queremos o salário que nos é de direito. Somos trabalhadores. Não queremos salário emocional.
    Se pudéssemos contar com a CNTE, poderíamos articular uma grande manifestação neste dia em defesa dos nossos direitos, mas, infelizmente, não podemos contar com a Confederação.

    ResponderExcluir
  119. Em muitas escolas, os grevistas não foram bem recebidos.
    Tem diretorias que estão na prorrogação mas não querem soltar o osso, coitadas(os)...
    Tem calendários de reposição prontos em algumas escolas antes das negociações terminarem.
    Os pelegos substitutos estão querendo é que chegue o dia do pagamento.
    A sapuda da secretária está com uma batata quente nas mãos. Com ela será oficializado o fim da educação com alguma pouca qualidade em Minas Gerais.

    Como diz o "Indignaldo", nós só queremos o cumprimento da lei, da lei, da LEI!!!!

    Que Brasil é esse, que minas de seres corruptos e almas vazias...
    ...Escorias humanas, víboras venenosas, excrementos asquerosos...
    Estado Público de calamidades morais...

    ResponderExcluir
  120. AÉCIO + ANASTASIA = IMORALIDADE HUMANA + EXCREMENTOS

    ResponderExcluir
  121. Pessoal, não vejo qualquer indício de que o desgoverno fará acordo a nosso favor. Não é pessimismo, é realismo. Vamos pensar novas formas de nos prepararmos para retomar a greve. Alguém tem idéias?
    Ou vamos ficar trabalhando e ganhando VB e com salário menor do que os que estão no subsídio? Além de todos os outros absurdos que nem vou citar?

    ResponderExcluir
  122. Gente,
    Cadê a CHARLOTTE? Precisamos dela!

    ResponderExcluir
  123. Fala do deputado Antonio Julio em 2010 contra o subsídio.
    http://www.antoniojulio.com.br/interno.php?Conteudo=videos&pagina=9

    ResponderExcluir
  124. TODO O PODER AOS PROFESSORES!!!!

    GREVE JÁ!!!

    ResponderExcluir
  125. Só esperando a convocação geral...
    Não falei, ACAMPAMENTO NACIONAL em Brasília?
    Não percam de vista o Frei Gilvander, o Deputado Saulo, o Deputado Rogério Correia, o jornalista Lauro Tramonte, e todas as entidades sociais e sindicais que nos apoiaram. Que tal uma homenagem a eles na próxima paralisação do dia 08/10 - MEDALHA DE MÉRITO --> AMIGOS DA EDUCAÇÃO. Eles merecem.

    ResponderExcluir
  126. CHARLOTTE,
    Não nos abandone. Partilho de suas angústias, mas não podemos nos dividir. Precisamos do seu bom humor. Volte, amiga.(desculpe a intimidade, mas parece que eu a conheço há anos.)

    ResponderExcluir
  127. Em muitas escolas, os grevistas não foram bem recebidos.
    Tem diretorias que estão na prorrogação mas não querem soltar o osso, coitadas(os)...
    Tem calendários de reposição prontos em algumas escolas antes das negociações terminarem.
    Os pelegos substitutos estão querendo é que chegue o dia do pagamento.
    A sapuda da secretária está com uma batata quente nas mãos. Com ela será oficializado o fim da educação com alguma pouca qualidade em Minas Gerais.

    Como diz o "Indignaldo", nós só queremos o cumprimento da lei, da lei, da LEI!!!!

    Que Brasil é esse, que minas de seres corruptos e almas vazias...
    ...Escorias humanas, víboras venenosas, excrementos asquerosos...
    Estado Público de calamidades morais...

    ResponderExcluir
  128. Não devemos ficar fazendo suposições sobre as futuras negociações do sindicato. pois assim agindo estaremos disseminando a discórdia e fornecendo material para o nosso maior inimigo Antônio Anastasia. Quanto aos substitutos eles tem prazo de validade. Durará até o primeiro pagamento e as suas atribuções dentro da escola. Cabe a cada diretor cobrar de dar para eles tarefas árduas, como recuperar alunos que não querem estudar e não frequentam com assiduidade as aulas.

    ResponderExcluir
  129. AÉCIO + ANASTASIA = INDECÊNCIA HUMANA + EXCREMENTOS

    ResponderExcluir
  130. AÉCIO + ANASTASIA = ANALFABETISMO + IMORALIDADE

    ResponderExcluir
  131. Como grevistas não foram bem recebido na escola?1º o diretor nem pode optar em nada , qualquer motivo de insatisfação por parte de diretor deve se reclamar. 2º quem fez favoritismo foi punido pelo governador.E outra coisa vc tem que pensar que trabalhamos para os alunos e não para o diretor.Temos que respeitar mas não ser submisso.3ºEsse lugar é nosso quem tem que achar certo ou errado não será diretor não pois quem coloca eles na escola somos nos.

    ResponderExcluir
  132. NDG de vigília nas negociações

    É de extrema importância manter circulando toda e qualquer informação sobre os "sonhos" de poder e glória desses representantes do POVO.

    "Aquele que não representa o poder
    e a voz do seu povo, não é digno de governar." Gleiferson Crow (NDG)

    Pare ! Olhe ! Escute ! Leia: LIBERTA Minas.
    Procure informações a respeito desses representantes da voz e do poder do povo, podem ser inimigos da EDUCAÇÃO:



    1 Aécio Neves PSDB - Senador (ex-governador de Minas por 8 anos)
    2 ANASTASIA (PSDB) Governador de Minas
    3 Antônio Carlos Arantes,
    4 Bonifácio Mourão,
    5 Carlos Mosconi,
    6 Cássio Soares (PRTB) - Passos - MG (Economista) 07/06/1981 dep.cassio.soares@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    7 Cássio Soares,
    8 Célio Moreira,
    9 Dalmo Ribeiro Silva,
    10 Delvito Alves,
    11 Dinis Pinheiro
    12 Drº Viana,
    13 Duarte Bechir (PMN) - Cristais - MG - 11/08/1957
    Técnico em pesquisas do IBGE - dep.duarte.bechir@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    14 Duarte Bechir,
    15 Gustavo Corrêa (DEM)- São Paulo - SP
    Bacharel em Direito - 21/08/1975 - dep.gustavo.correa@almg.gov.br "se esquivou da resposta. "Nós, aqui, tentando colocar panos quentes e vocês colocando mais lenha na fogueira",
    16 Gustavo Valadares,
    17 Inácio Franco,
    18 João Bosco,
    19 João Leite (PSDB)- Belo Horizonte - MG - 13/10/1955-
    Ex-atleta profissional e bacharel em História - dep.joao.leite@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    20 João Leite,
    21 Lafayette Andrada (PSDB) faz parte do GOVERNO, anda juntinho com ele.
    22 Lisa Prado,
    23 Luís Humberto Carneiro,
    24 Luiz Humberto (PSDB) 24/03/1953 - Uberlândia - MG
    Empresário rural - dep.luiz.humberto@almg.gov.br - candidatura à Prefeitura de Uberlândia, no Triângulo Mineiro
    25 Luzia Ferreira
    26 Rômulo Viegas,
    27 Rosângela Reis,
    28 Sebastião Costa (PPS) - 12/07/1949 - Divino - MG
    Advogado e professor - dep.sebastiao.costa@almg.gov.br - olhos do governo ditador na COMISSÃO, ALERTA!!!
    29 Sebastião Costa,

    Agora, quem assume o topo (ordem alfabética é um dos maiores INIMIGOS DA EDUCAÇÃO).

    Importante:

    Este blog esta tendo um papel muito importante, pois está sendo utilizado como um meio de comunicação com TODOS NDG's DE PLANTÃO e leitores diversos, todos são leitores (cidadãos críticos e pensantes) e as informações seguem uma política horizontal. Não estamos aqui para julgar ninguém, e como os próprios leitores tem se manifestado em favor de um dos nossos representantes, o nome dele agora está aqui, nesta parte da lista:

    Antonio Julio (PMDB) Pará de Minas - MG- 12/08/1950 Empresário e advogado - dep.antonio.julio@almg.gov.br (convocado pelo governo para renegociar o fim da greve)
    Anônimo disse...
    O Antônio Júlio nos defendeu e defendeu o piso dentro da nossa carreira, ele falou q é amigo do Anastasia, mas não concordava com as atitudes dele, ouvi ele falando a nosso favor e votando a nosso favor, eu nem sabia quem ele era, mas quando ouvi ele falando, gostei e até o cumprimentei pelo apoio, não vamos coloca-lo como nosso inimigo, ele nos defendeu.
    2 de outubro de 2011 15:37
    ______________________
    Anônimo disse...
    Fala do deputado Antonio Julio em 2010 contra o subsídio.
    http://www.antoniojulio.com.br/interno.php?Conteudo=videos&pagina=9
    2 de outubro de 2011 15:58

    abraços !!!
    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  133. Cuidado com as cobras venenosas, elas purificam o ar e infecta o meio ambiente.

    ResponderExcluir
  134. Por e-mail:

    "hilda marcelino:

    Liguei a TV Assembleia agora e Betinho Duarte (presidente do Comitê Brasileiro pela Anistia/MG)na companhia de uma jornalista do Hoje em Dia e outra de O Tempo discutem sobre a compra da mídia nos tempos da ditadura (1964). Por que será que as jornalistas nao falam dos dias atuais? Quanta hipocrisia!!! Pena que o programa é gravado...

    Sugestãp para o Dia do Professor: luto pela (des)educaçao no Brasil.

    HILDA MARCELINO".

    ResponderExcluir
  135. É MUITO FACIL RESOLVER ISSO.

    VAMOS ESPERAR ATÉ AMNHA PARA VER QUE NORTE VAI DAR ESSA REUNIÃO, SE CASO ACHARMOS QUE ESTAMOS SENDO ENGANADOS, VAMOS TODOS OS ESTADOS( PRINCIPALMENTE MINAS E CEARA) ATÉ BRASILIA, MAS VAMOS PARA FICAR ACAMPADOS LA. TENHO CERTEZA QUE NAO FICAREMOS ACAMPADOS, POIS RESOLVERÃO NOSSO CASO EM DOIS PALITOS.

    EU ACHO QUE MUITOS SÃO POBRES DE ESPIRITO E PRINCIPALMENTE DEVE TER UMA BOA PORCENTAGEM DE COVARDIA E MEDO, POIS TEM MEDO DE IR A BRASILIA..

    VAMOS TODOS OS ESTADOS QUE ESTAO REVINDICANDO SEUS DIREITOS, TENHO CERTEZA QUE CEARA VAI TOPAR..

    AMÉM...

    ResponderExcluir
  136. HEY HO! LET'S GO!!!

    DISTRAÍDOS VENCEREMOS!!!

    GREVE NELES AGAIN AND AGAIN!!!

    SEM PISO NUM PISO NA ESCOLA!!!

    ResponderExcluir
  137. NESSA MADRUGADA A REDE TV VAI ENTREVISTAR O SAFADO DO AECIO NEVES, SE CASO NAO DER NADA NA REUVIÃO VAMOS COMEÇAR NOSSA GREVE FAZENDO BARULHO NA PORTA DA REDE TV.
    E CHAMAR AS REDES CONCORRENTES PARA VER, ELES VÃO ADORAR...,.

    ResponderExcluir
  138. Dia do Professor

    15 de outubro é data muito importante para todos NÓS. Seria o Dia D da EDUCAÇÃO, DO SindUTE, do NDG e dos Deputados e Senadores aliados da educação, dia esse para reunir todos TODOS mesmo na CIDADE ADMINISTRATIVA e mostrar para os representam que estamos juntos.

    "Aquele que não representa o poder e a voz do seu povo, não é digno de governar." Gleiferson Crow (NDG)

    O dia D do NDG seria o dia 31 de agosto, se todos os NDG's de plantão concordarem.

    Temos que acompanhar cada suspiro, tudo que diz respeito aos nossos direitos e ao nosso PISO SALARIAL: Lei Federal 11.738/08.

    Abraços!

    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  139. COME ON EVERYBODY!!!

    STRIKE AGAIN!!!

    GREVE NELES!!! é a volta do cipó no lombo de quem mandou dá!!!

    SEM MEDO DE SER FELIZ!!!
    A GREVE JÁ VAI COMEÇAR!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  140. SÓ UMA GREVE FIRME E FORME NOS SALVARÁ DO MONSTRO ANASTASIA E SEUS TENTÁCULOS: GAZZOLA E VILHENA!!!

    VAMO LUTAR MOÇADA!!!

    chamemos AS TARTARUGAS NINJAS PARA NOS AJUDAR, BATMAN, SUPER-HOMEM, CAPITÃO AMÉRICA, WOLWERINE, HULK E ETC... mas vamos lutar...

    ResponderExcluir
  141. tirem o medo e o desânimo do caminho que vamos passar com a nossa GREVE!!!

    ResponderExcluir
  142. PREPARAR
    APONTAR
    e GREVE NELES!!!

    eles pensaram que NÓIS FUMO, MAIS NÓIS VORTEMO!!!

    E RIPA NA CHULIPA, MOÇADA!!!

    ResponderExcluir
  143. Boa noite, combatente Euler!
    Tenho visto os comentários dos nossos amigos aqui no blog falando dos professores tampões, na minha escola eles não estão lá mais não,dizem que o diretor os mandou embora, será que eles estão recebendo em casa? Que coisa boa em? Mas o que nos chegou aqui é que eles só receberão as reposições, será verdade?
    Um forte abraços a todos NDG JM.

    ResponderExcluir
  144. NDG de Plantão

    Temos que deixar bem claro, que estamos com a GREVE SUSPENSA, caso o acordo não seja cumprido, a GREVE CONTINUA.

    Valemos das sábias palavras de Mahatma Gandhi:

    "Unir a mais firme resistência ao mal com a maior benevolência para com o malfeitor. Não existe outro modo de purificar o mundo."
    (Mahatma Gandhi)

    "É injusto e imoral tentar fugir às conseqüências dos próprios atos. É justo que a pessoa que come em demasia se sinta mal ou jejue. É injusto que quem cede aos próprios apetites fuja às conseqüências, tomando tônicos ou outros remédios. É ainda mais injusto que uma pessoa ceda às próprias paixões animalescas e fuja às conseqüências dos próprios atos." (Mahatma Gandhi)

    "Aprendi, graças a uma amarga experiência, a única suprema lição: controlar a ira. E do mesmo modo que o calor conservado se transforma em energia, assim a nossa ira controlada pode transformar-se em uma função capaz de mover o mundo. Não é que eu não me ire ou perca o controle. O que eu não dou é campo à ira. Cultivo a paciência e a mansidão e, de uma maneira geral, consigo. Mas quando a ira me assalta, limito-me a controlá-la. Como consigo? É um hábito que cada um deve adquirir e cultivar com uma prática assídua." (Mahatma Gandhi)

    abraços !!!

    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  145. Antônio Júlio como líder, pode ser encarado como uma sinalização de seriedade por parte do governo na negociação? Vejam o que ele diz sobre o subsídio:
    http://www.youtube.com/watch?v=iPuhrjCdwJ8&feature=player_embedded

    Por que o governo o aceitou como líder?

    O que vcs acham?

    ResponderExcluir
  146. Anônimo das 20h26min, esperamos que haja coerência entre o discurso proferido no dia 28 de junho deste ano e as argumentações para negociação com o governo nesta semana!

    Vamos esperar para conferir!

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  147. VAMOS NOS PREPARAR PARA NOVAS BATALHAS NESTA GUERRA.

    ... E O SOL NASCE NOVAMENTE;
    ... E A LUTA CONTINUA;
    ... ASSIM É A VIDA.

    ResponderExcluir
  148. Anônimo de 2 de outubro de 2011 13:41

    Não faça uma comparação tão absurda!!!

    O seu cão ou qualquer outro tem muito mais valor e humanidade que esses crápulas...

    Paulo Andrade - Barreiro-BH

    ResponderExcluir
  149. Boa noite ! Caro Euler se o governo tentar enrolar nessa negociação, simples : GREEEEEVEEEE !!!!!!

    ResponderExcluir
  150. Estranho,não consigo postar comentários usando o INTERNET EXPLORER 8 ?

    ResponderExcluir
  151. Boa noite a todos os amigos do NDG/NDE

    BLOG DO EULER: PONTO DE ENCONTRO PARA NOVAS AÇÕES.

    ARTICULANDO......

    TODOS PARA BRASÍLIA!
    QUEM SABE LÁ TEREMOS VISIBILIDADE NO BRASIL E NO MUNDO.

    Sufocaram nossa voz em MINAS, mas ela há de ecoar no mundo...

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  152. Boa noite.

    NDG/NDE CONSPIRANDO!!!

    ARTICULANDO!!!

    GREVE NACIONAL.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  153. Boa noite a todos.

    NDG/NDE SELANDO COESÃO:

    TODOS POR UM, UM POR TODOS. MEXEU COM UM, MEXEU COM TODOS.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  154. Terra chamando Charlotte,terra chamando Charlotte:
    Alôôôôôôôôôô,há alguém aí??????????????????

    ResponderExcluir
  155. QUERIDO EULLER.
    PREZADOS COLEGAS DE PROFISSÃO.
    PAZ E BEM!
    EULLER, SOU PROFESSORA DE HISTORIA,(ATUALMENTE FORA DA SALA DE AULA)E SEREI ETERNAMENTE GRATA A VOCÊ,E TANTAS OUTRAS PESSOAS,QUE, DURANTE TODOS ESSES DIAS DE GREVE ME DERAM OPORTUNIDADE DE APRENDIZAGEM EM TODOS OS SENTIDOS.
    VOCÊ E BRILHANTE, INTELIGENTE,HUMILDE E DE UMA SABEDORIA QUE VEM DE DEUS.PERCEBO ISSO PELA SUA POSTURA EM MANTER A CLASSE UNIDA, EM RESPONDER AS PROPOSTAS QUE LHE SÃO FEITAS DE PARTICIPAÇÃO NAS REUNIÕES DE NEGOCIAÇÃO ENTRE OUTROS.
    NÃO SEI COMO CHEGUEI ATE O BLOG,POREM AGRADEÇO A DEUS POR TER TIDO A OPORTUNIDADE DE CONHECER TANTAS PESSOAS(ESSA E A SENSAÇÃO QUE TENHO).
    UM DIA VOU CONHECE-LO PESSOALMENTE.
    GOSTARIA DE TER UM PROFESSOR COMO VOCÊ SEMPRE, POIS TIVE OPORTUNIDADE DE SENTIR EM SALA DE AULA COM SUAS AULAS DE HISTORIA.
    OBRIGADA POR TUDO.
    COM RELAÇÃO A INTERRUPÇÃO DA GREVE EU ACREDITO QUE FOI O MELHOR PARA O MOMENTO.MAS QUE NÃO SERA SEU FIM.
    QUEIRA DEUS QUE TODOS SE CONSCIENTIZEM QUE E PRECISO MUITA UNIÃO. ALGUNS COLEGAS QUE QUE POR VENTURA NÃO PUDEREM PARAR NOVAMENTE,LEVANTEM A CABEÇA POIS JÁ PARTICIPARAM COM LOUVOR.
    QUEIRA DEUS QUE AS PESSOAS QUE NÃO SENSIBILIZARAM ,COM TUDO QUE ACONTECEU,( OS FURA GREVE)TENHAM VERGONHA NA CARA E TOMEM UMA POSIÇÃO NO QUE DER E VIER.OU SEJA: SE HOUVER NECESSIDADE DE CONTINUAR COM A GREVE.
    ESTAREI REZANDO POR TODOS.
    A VITORIA VIRA COM CERTEZA.
    QUE DEUS NOS ABENÇOE E NOS GUARDE.
    ABRAÇOS A TODOS

    ResponderExcluir
  156. Caro Euler,

    Aqui em Uberlândia também estamos de plantão aguardando as negociações, prontos para retomar a greve caso o governo nos enrole.

    Abraços a todos e força na luta.

    Um grevista de Uberlândia

    ResponderExcluir
  157. Espero que dê tudo certo amanhã.
    Caso contrário,
    ir a BRASÍLIA é a SOLUÇÃO.

    ResponderExcluir
  158. Caro Euler e combatentes!

    Sejamos mais pragmáticos.
    Enquanto esperamos o desenrolar das negociações vamos buscar identificar os 153.000 optantes pelo vencimento básico/piso e carreira.
    Somos capazes disso, basta identificarmos em nossas escolas e enviarmos para o BLOG.
    Imaginemos uma marcha virtual dos 153.000?
    É claro que contamos com o excelente trabalho do valoroso "Gleiferson Crow", assim como o fez com as escolas em greve.
    Quem sabe os verdadeiros números não nos surpreenderá como naquele levantamento?
    Postarei amanhã o nº de professores da minha escola.
    Espero que todos façam o mesmo.
    Será um grande passo para nos identificarmos e termos a verdadeira dimensão do nosso exército.

    Um grande abraço e todos na luta.

    ResponderExcluir
  159. Boa noite a todos.

    NDG/NDE E O GRITO DE GUERRA:

    PRONTIDÃO!

    É só chamar.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  160. Olá pessoal, a Beatriz postou no blog dela.

    ResponderExcluir
  161. Boa noite a todos
    "...Esperar vale mais que entender." Guimarães Rosa. vamos dar tempo à Beatriz,pelas informações de seu blog, ela esta na luta,não para.Talvés esteja aí, a desatualização das noticias.Cada qual no seu quadrado, o nosso, no momento, cobrar dos deputados que obtiveram votos em nosso município sua posição em relação à reinvindicação do piso nacional, lembrando-os da eleição do ano vindouro e o apoio a seus respectivos candidatos.
    Isabel _ Caiana

    ResponderExcluir
  162. Carlos José - Nova Lima2 de outubro de 2011 23:35

    Euler e colegas professores do NDG:
    Notícias dos colegas professores em greve do Pará:
    O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (SINTEPP) informa aos professores, alunos, funcionários de escola e sociedade em geral que, apesar de notícias veiculadas na imprensa local sobre a decisão do Juiz da 1ª Vara de Fazenda da Capital, Elder Lisboa, nesta quinta-feira (29), em que determina o retorno de 50% dos (as) trabalhadores (as) ao seu local de trabalho e a abusividade da greve, o sindicato informa que não foi notificado oficialmente e reafirma a decisão dos trabalhadores em assembléia geral: A continuidade da greve por tempo indeterminado.

    As motivações dos trabalhadores da educação, que levaram ao movimento grevista, a rigor são o descumprimento do acórdão do STF, publicado no dia 24/08, por parte do Governo Estadual, que consiste no pagamento integral do Piso Salarial Nacional (PSPN) e a implantação do Plano de Carreira dos Trabalhadores da Educação, lei sancionada pelo governo no dia 02/07/2010, que apesar do discurso governista, em função da pressa do governo, incorre em inúmeros erros, como por exemplo, a redução de salários.

    A greve de milhares de trabalhadores (as) da educação não pode ser considerada abusiva. Por tanto, professores, alunos e funcionários de escola estão mobilizados para dar continuidade a greve!

    Avançar na luta sempre! (SINTEPP, 30/09/11)
    ************************************************
    Só posso desejar FORÇA E VITÓRIA aos colegas do Pará e do Ceará que estão lutando bravamente por seus direitos.
    Escutem no youtube a música FORÇA E VITÓRIA com o Padre Marcelo e Belo; ou com Eliana Ribeiro, autora da música, e uma das mais belas vozes católicas.
    Um abraço em todos. Carlos José/Nova Lima

    ResponderExcluir
  163. Boa noite.

    NDG/NDE NA MIRA DO TIRA.

    TIRA A MÃO DO NOSSO PISO ANASTASIA.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  164. NDG de Plantão

    Contagem REGRESSIVA

    Verificar contra CHEQUE:
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/2011/07/seplag-consultar-contra-cheque_02.html

    ABRAÇOS

    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  165. CHARLOTTE, precisamos de você para o possível retorno ao movimento nas ruas de BH se não tivernmos os resultados até dis 08/10. Não podemos dispersar agora, é hora de união e você é muito importante nesta guerra pois precisamos de pessoas de garra como você. Já pensou se os educadores como você forem substituidos por tampão? Não vamos deixar que isso aconteça, firme na luta e até a vitória.
    NDG CARATINGA.

    ResponderExcluir
  166. Euler acho que a greve perdeu o sentido, acho que devemos agora mudar a estratégia, parar de incomodar somente os alunos e pais, porque o governador e seus comparsas fora da lei não se incomodam com greve. Acho que poderíamos fazer um ultimo esforço em caso desse governo se recusar pagar nosso piso, conforme a lei. Sugiro que consigamos um dia de paralisação geral das escolas, ou até dois com uma caravana gigantesca até Brasília, com um comboio de ônibus , muitos mesmos, se possível centenas pra mostrar de vez ao mundo que nosso governo é fora da lei e que nos trata com o maior descaso do mundo e ao chegar na capital buscar nos ministros, deputados, senadores e na presidenta o apoio em nossa luta. Quero ver o governador segurar a onda da imprensa nacional.O que você acha??? Valeu

    ResponderExcluir
  167. Que tristeza, meu contracheque esta com R$0,01 vou ficar sem dinheiro pra ir trabalhar.

    ResponderExcluir
  168. Abri agora meu contra cheque veio zerado. Greve, greve, greve...

    ResponderExcluir
  169. SOS NDG

    ContraCheque ZERADOOOOO mesmo, irei verificar com meus amigos lá no trabalho (escola), na minha opinião ISSO é muito GRAVE.

    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/2011/07/seplag-consultar-contra-cheque_02.html

    O SindUTE e a ALMG tem que tomar uma atitude drástica contra esse tirano desse Anastasia PSDB.

    A GREVE bate a porta novamente !!!


    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  170. Não liberaram o contracheque no Portal. Aparece uma mensagem dizendo que os caracteres estão errados.

    ResponderExcluir
  171. Que tenhamos uma semana de boas novidades!

    Educadora Mineira

    ResponderExcluir
  172. Fiquei sabendo que a PM pressionará o governo para que defina a data e pague logo o premio produtividade. Aguardemos!!!

    ResponderExcluir
  173. 15/10 sem pagamento: LUTO NA EDUCAÇÃO!!!!

    ResponderExcluir
  174. Olhei meu contracheque no portal, a princípio deu esse erro, mas depois abril normalmente, porem zerado, como irei trabalhar??? gasto por dia + ou - 10,00 com passagens, e agora??
    Fora Anastasia!!!

    ResponderExcluir
  175. NDG de Plantão

    Eu consegui via o LEIA: Liberta Minas
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/2011/07/seplag-consultar-contra-cheque_02.html

    Tinha deixado aberto desde às 23:50h.

    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  176. Enquanto ouço Beatles...

    "Temos que deixar bem claro, que estamos com a GREVE SUSPENSA, caso o acordo não seja cumprido, a GREVE CONTINUA."

    De que acordo vocês falam aqui???
    Eu não acredito que o Anastasia faria acordo com gente da nossa laia. Para ele professor é gentinha, gentalha.
    Ele não precisa disso. Ele só queria desarticular nossa greve. Como ele estava desesperado e viu que a greve podia durar mais 100 dias ele fabricou esse acordo e a direção do sindicato caiu(?)que nem patinho na lagoa.
    A propósito eu continuo não confiando nessa diretoria do sindicato... eu não acredito no PT
    Eu só acreido em mim, no John e na Yoko.
    A greve acabou.
    AGORA VAMOS TER QUE COMEÇAR UMA OUTRA GREVE.
    Contra o Anastasia, contra a Gazzola, contra a mídia mineira, contra o Judiciário e pra mostrar ao SINDICATO, de uma vez por todas, que nós queremos GREVE porque não vamos aceitar o fim do Plano de Carreira e não abrimos mão do Piso!!!
    Que o PT pare de dar pitaco no nosso movimento!!!
    Na nossa greve mandamos nós. Nós dizemos quando começar e quando parar!
    PELA AUTONOMIA DA CATEGORIA!!! E acho que o NDG que significado essa autonomia.Aliás, se a greve durou tanto tempo deve-se única e exclusivamente à categoria sob a lúcida orientação do pessoal do NDG. Se dependesse apenas do sindicato ela teria acabado com 15 dias. Desminta-me se você não for hipócrita ou alienado!
    Sigamos então com a greve LIKE A ROLLING STONE porque PEDRA QUE ROLA NÃO CRIA LIMBO.
    Fora PT! deixa a gente em paz
    Fora CUT! deixa a gente em paz
    Fora CNTE! deixa a gente em paz

    ResponderExcluir
  177. Então quer dizer que se o prêmio sair, vamos ficar devendo-o à pressão da polícia! (kkkk)


    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  178. LUTO p* nenhuma.

    Vamos comemorar com alegria promovendo uma grande paralisação.
    Quem tem que perder o sono é o anastasia e sua gang.
    Eles é que tem motivo pra fazerem LUTO.
    Nós somos a pedra no sapato deles!
    SEJAMOS O PIOR PESADELO DELES!!!

    ResponderExcluir
  179. LUTO pq fiii???
    EU não morri.
    Você não morreu, graças a Deus.
    Quem morreu é o sossego do anastasia e sua gang.
    Nós somos a pedra no sapato deles.
    Nós de agora em diante NÒS somos o pior pesadelo deles.
    GREVE SIM!!! Vamos infernizá-los com mais 100 dias de greve!
    Com nossa GREVE vamos jogar a última pá de cal sobre o PSDB, PT e CUT!!!
    Eles que façam luto!
    Brindemos a morte deles!!!

    ResponderExcluir
  180. NDG DE PLANTÃO

    Notícias no BLOG da Beatriz Cerqueira

    "Desafios da semana
    Gostaria de agradecer a todos que postaram avaliações sobre o nosso movimento. O blog acabou se tornando um canal direto e rápido de comunicação com a categoria, contato que se torna muito difícil de ser feito diretamente em razão do tamanho do estado, do número de escolas e diante das nossas necessidades por comunicação e informações.
    Em função do grande número de comentários, peço um pouco de paciência que todos serão publicados.
    Nossa greve foi suspensa na terça-feira e já na quarta estive em Brasília numa audiência com a Ministra do Supremo Tribunal Federal Carmem Lúcia. Ela é a Ministra Relatora da Reclamação que protocolamos no STF a respeito do Direito de Greve. Embora ela tenha se manifestado em relação ao nosso pedido de liminar (pelo indeferimento) ainda haverá o julgamento do mérito e é fundamental que tenhamos melhores instrumentos para que os Tribunais de Justiça não atuem da forma como o TJMG atuou em nossa greve. Ela ouviu atentamente tudo o que relatamos. A audiência com a Ministra foi possível através da mediação do gabinete do Deputado Padre João.
    Na quinta-feira aconteceu a primeira reunião da Comissão Tripartite. Foi na Assembleia Legislativa e o relato assim como a sua composição está no site do sindicato. Nesta reunião assinamos o documento que já estava assinado pelo Secretário de Estado de Governo Danilo de Castro. Foi o mesmo documento lido na assembleia de terça-feira e também no Comando Estadual de Greve que se reuniu na noite da mesma terça-feira.
    (continua...)

    ResponderExcluir
  181. Sei que vários colegas fizeram uma comparação de comissões 2010 x 2011, e é natural que se faça. Estamos calejados de comissões. Mas há fatores presentes em 2011 que nos fortalecem como a decisão final sobre a composição do Piso Salarial pelo STF, o reconhecimento de modificação no Piso Salarial por parte do Governo do Estado, a participação da Assembleia Legislativa que será quem votará o projeto final. Percebo também que a categoria suspendeu esta greve mais alerta, vigilante, entre outras questões.
    Na sexta-feira, fiz contato com o Anísio, Presidente do Sindicato do Ceará para prestar a nossa solidariedade e colocar o Sind-UTE MG a disposição para o que precisarem. Nesta semana articularemos melhor como ajudar.
    No sábado, dia 01/10, tive a honra de participar da reunião da direção estadual do MST onde em conjunto com o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), MTD (Movimento dos Trabalhadores Desempregados), Assembleia e Consulta Popular além do MST fizemos uma avaliação da conjuntura principalmente sobre a nossa greve e tudo o que ela representou no cenário mineiro e nacional e a importância desta articulação entre movimentos sociais e sindicais continuar.
    Aos que se preocuram, rezaram e foram solidários, trago a boa notícia de que a Marilda e o Bidu (nossos companheiros da greve de fome) estão bem.
    Os desafios da semana
    Nesta segunda-feira acontecerá a 2a. reunião da Comissão Tripartite. Os pontos que o sindicato quer discutir já foram informados na reunião de quinta-feira e a nossa expectativa é iniciar todas as discussões. Recebi vários questionamentos a respeito de reposição, pagamento, férias-prêmio, etc e a orientação do sindicato é aguardar. Trataremos de tudo nesta reunião. Mas sem perder o foco que é o Piso Salarial na carreira.
    Ainda nesta segunda, a partir de 18:30 na sede do SindEletro (Rua Mucuri, 274, Floresta) acontece a Plenária dos Movimentos Sociais para avaliação do nosso movimento e próximos encaminhamentos.
    Nesta semana, em São Paulo, acontece a Plenária Nacional Estatutária da Cut. Os representantes do Sind-UTE foram eleitos na Plenária Estadual que aconteceu no Sesc Venda Nova (os representantes para a Plenária Estadual foram eleitos no Comando Estadual de Greve). Participarão e levarão toda a discussão da nossa greve os companheiros Manoel Rosalvo (Nanuque), Nivalda (Juiz de Fora), Eric Bonfim (Teófilo Otoni), Mirtes (Unaí), Feliciana (Ipatinga), além do Antônio Carlos Hilário e Lourdes Aparecida que são da Direção Estadual da CUT. Minha participação, assim como da Feliciana e Marilda, depende do cronograma de reuniões da Comissão, porque a nossa prioridade é esta negociação.
    Na terça-feira, dia 04/10, começa a fase final do Fórum Técnico de Segurança nas escolas. É uma atividade promovida pela Assembleia Legislativa e será uma ótima oportunidade para falarmos das nossas condições, da nossa greve e da nossa luta pelo Piso Salarial. O Fórum é coordenado pela Comissão de Educação, cujo presidente é o Deputado Bosco, da região de Araxá. Comissão que não atuou em nada durante a nossa greve e ignorou várias denúncias que fizemos relacionados a problemas nas escolas estaduais como os desvios de recursos e má aplicação de verbas públicas numa escola da cidade de Espinosa. Quem puder, é importante participar ajudando na distribuição do nosso material, fazendo discussões, denunciando as situações vividas no cotidiano da escola. A suspensão da greve não significa a pacificação da categoria. Continuamos mobilizados.
    No dia 08 de outubro (sábado) teremos reunião do Comando Estadual de Greve. Avaliaremos a nossa greve e tudo o que acontecer esta semana na Comissão Tripartite." Blog da Beatriz Cerqueira
    http://blogdabeatrizcerqueira.blogspot.com/

    Abraços ! Juntos venceremos .

    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  182. hiphop disse...

    CHARLOTTE, precisamos de você para o possível retorno ao movimento nas ruas de BH se não tivernmos os resultados até dis 08/10. Não podemos dispersar agora, é hora de união e você é muito importante nesta guerra pois precisamos de pessoas de garra como você. Já pensou se os educadores como você forem substituidos por tampão? Não vamos deixar que isso aconteça, firme na luta e até a vitória.
    NDG CARATINGA.

    CHARLOTTE VAI À GUERRA!!!

    Tô mais viva do que NUNCA!
    Mais disposta à luta do que NUNCA!
    De salto e com todos os meus cremes e perfumes... que é pra abafar o cheiro aputrefato do Anastasia e do PSDB!!!
    Não há perfume que dê conta: meu bem, anastazista fede a xixi de rato!
    GREVE JÁ!!!!
    NÃO ME INTERESSA ACORDO.
    ME INTERESSA O PISO E TODAS AS NOSSAS EXIGÊNCIA!!!
    Nossa GREVE vai abaixar o topete do Anastazista e a arrogância da Gazzola!
    Fora PSDB!
    Vamos todos enterrar de vez essa política neoliberal em Minas!

    ResponderExcluir
  183. Nada de prêmio de produtividade... Prometeram, mas não cumpriram, como sempre.

    Tiopaul, não precisa ficar tão aborrecido. É apenas uma piada. E é pra rir! Fui eu que postei a piada.
    Tá bom: eu concordo com você. Cachorro é muito melhor que político. Aliás, cachorro é melhor que gente. A cada dia, gosto mais do meu "Djou".
    Sossegue, viu?

    ResponderExcluir
  184. Euler, mais um mês sem salário ninguém aguenta. O que podemos fazer? O sindicato tem que colocar este fato como prioridade.

    ResponderExcluir
  185. Pof Euler
    Primeiro quero dar os parabéns pela sua luta, sou aposentada sempre aderi a greve, como cortar só o salário do professor em greve, e a justiça , os policias, eles não cortam, sendo que todos eles onde estão hoje, passou pela mão da querida professora, estou orando, e Deus é justo, vai mudar aquele coração de pedra do governador, por um coração de carne. "Tudo posso naquele que me fortalece". E o Espírito santo está intercendo por nós. Nosso Deus, obgdo
    Se te ergues uma luzinha segue, mesmo que esta te leve a um pântamo.
    Anonimo

    ResponderExcluir
  186. Companheiros e companheiras, tenho convicção que este desgoverno não aguenta mais nem ouvir falar em greve, se ele não nos pagar o que nos é de direito (piso salarial nacional na carreira) vamos infernizar a vida dele com mais uma greve de muiiiitos dias, e deixa o calendário do ano que vem se estender até quando tiver que durar.
    É CLARO QUE PARA ISSO TEMOS QUE NOS ORGANIZAR PARA QUE OS GUERREIROS NÃO CONTINUEM SEM DIM DIM.VAMOS ATENTAR PARA AS DOAÇÕES QUE O SIND-UTE RECEBEU E SAIRMOS EM BUSCA DE MAIS PATROCINADORES OU ALGO ASSIM, VAMOS TODOS POSTARMOS IDÉIAS AQUI E ASSIM QUEM SABE APAREÇA UMA IDÉIA BRILHANTE DE SAIDA.
    MAURO NDG Caratinga.

    ResponderExcluir
  187. e a posse dos diretores que ninguem fala nada e nao postaram meu comentario, que nao continha nenhuma palavra de ofensa, estou começando a duvidar da posiçao do sindicato

    ResponderExcluir
  188. Se o sindicato não negociar o pagamento da "Nossa" gratificação ou 14º, para JÁ, para pelo menos amenizar a falta do salário... Sinceramente... Esse sindicato tá brincando conosco. Da próxima vez faremos o possível p/ que não sejam ouvidos e não daremos apoio algum.

    ResponderExcluir
  189. A Irredutibilidade do Salário e a questão do Paradigma Salarial

    http://www.rh.com.br/Portal/Salario_Beneficio/Artigo/6002/a-irredutibilidade-do-salario-e-a-questao-do-paradigma-salarial.html

    Temos que ir no Ministério do Trabalho... com este artigo na Constituição, não tem desculpas para o Tonhão!!!!

    O nosso caso não se encaixa em nenhuma das exceções da lei.....

    Paulo Andrade - Barreiro-BH

    ResponderExcluir
  190. Professora, com muito ORGULHO E MUITO AMOR3 de outubro de 2011 14:31

    Grande Euler,PARABÉNS MAIS UMA VEZ POR ESTE SEU ATIVISMO!!!Li algum comentário no seu blog sobre uma greve ainda este ano, caso as negociaçoes nao florescerem nossas expectativas.Companheiro, vejo se acontecer uma greve novamente depois de suspendermos a de 112 dias possa nao ter aquela força gigante que conseguimos, e aí o governo vai sentir mais à vontade em fazer aquilo que é de seu perfil: IGNORAR A NOSSA CATEGORIA, você nao acha? Veja bem, NAO VAMOS QUEIMAR NOSSO FILME QUE BRILHOU DESDE 08 DE JUNHO ATÉ 27/09/2011, TAO FORTEMENTE POR TODOS OS CANTOS DESTE PAÍS. Pensaríamos sim, numa greve em 2012. Espero ver sua opioniao quanto ao meu comentário.abraços

    ResponderExcluir
  191. EULER , BOA NOITE. PARABÉNS PELA SUA ATUAÇÃO! SEM ELA, NOSSA GREVE JAMAIS CHEGARIA AOS 112 DIAS. DEVEMOS TOMAR CUIDADO COM ESSE PRAZO PARA MELHORIAS E REPOSICIONAMENTOS 2012-2015. PODE SAIR ALGO A NOSSO FAVOR NO STF E O GOVERNO MOSTRAR ACORDO COM O SINDUTE-MG:" UNIÃO DETERMINA E CATEGORIA ENTENDE DIFICULDADES DO GOVERNO MINEIRO". ESSE MALDITO É A ENCARNAÇÃO DE SATÃ E CONSEGUE SEMEAR A DISCÓRDIA. ABRAÇOS. ROSANA DE PEDRO LEOPOLDO - NDG.

    ResponderExcluir
  192. gente estúpida, gente hipócrita!

    ResponderExcluir
  193. euler, o pessoal da minha escola já está repondo e, se eu não fosse, a professora substituta iria no meu lugar. eu fui só pra não dar esse gostinho pra ela, pra mostrar que ela não serve pra nada na escola. adorei quando os alunos falaram que não gostaram dela, que ficaram meditando na aula dela e escondendo o celular tocando música alta. não consigo olhar para a cara daquela traidora!!! até quando esses tampax vão ficar na escola, alguém sabe??

    o pessoal aqui da escola está falando que ano que vem não terá produtividade, que o estado está decretando falência, alguém sabe alguma coisa sobre isso??

    outra coisa, veio um advogado aqui na escola, que está entrando na justiça para recebermos o valor descontado do ipsemg nos últimos cinco anos, o stf declarou que o estado não podia ter feito esses descontos. VAMOS TODOS ENTRAR NA JUSTIÇA , AS PESSOAS JÁ ESTÃO GANHANDO E RECEBENDO TODO O VALOR DESCONTADO! ENTREM EM CONTATO COM UM ADVOGADO TRABALHISTA, VAMOS RECEBER O QUE É NOSSO, JÁ QUE O GOVERNO ESTÁ AMARRANDO O PISO E NOS DEIXANDO NA MISÉRIA SEM SALÁRIO!!

    ResponderExcluir
  194. A suspensão da greve foi uma maneira que os educadores tentar pelo menos uma negociação com o governo,mas podendo retorna a greve a qualquer momento que ate durou 112 dias,todos os educadores de minas gerais merecem um piso salarial digno,porque uma boa sociedade começa pela educação,mas para ter uma boa educação tem que ter profissionais qualificados,quem em MG tem muitos mas não são respeitados da forma que merecem pelo fato da falta de interesse do governo em negociar com os profissionais da educação,os educadores luta por um direito legal e constitucional,com isso os educadores devem lutar por todos os direitos e beneficios que são por direito para poder praticar um trabalho em favor da educação e do desenvolvimento da sociedade.

    ResponderExcluir
  195. O governo diz que não tem dinheiro para pagar o Piso dos professores, mas tem dinheiro pra contratar substitutos que não são nem formados pra tomar seus lugares? Sinceramente isso é uma piada, porque com 12 milhões de reais que pagarão o salário dos substitutos, poderiam muito bem pagar o piso, porque o governo tem dinheiro pra tudo, menos pra investir na educação, que é o que realmente importa.

    ResponderExcluir
  196. Boa tarde,

    O vídeo no início da postagem foi muito bom, esclareceu muito sobre as manifestações e realidade sobre a educação no Brasil.
    O governo diz que o subsídio é superior ao Piso, se fosse assim mesmo, eles teriam que adorar o Piso, pois iria gerar economia para o Estado, e é aí que ele entra em contradição.
    Se fosse para aumentar salário de deputado, senador, governador... eles não entrariam com argumentos sobre o salário ser superior ao que deve ser; iriam logo entrar em acordo entre eles e aprovar; além de auxílio moradia, transporte, e etc que estes recebem, o que não devia existir. Isto me parece mais uma sociedade Feudalista e Absolutista do que Democrática.

    ResponderExcluir