quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Educadores mineiros passarão 53 dias com salário ZERO. Não esqueceremos jamais de mais este ato de crueldade do governo mineiro



Educadores mineiros passarão 53 dias com salário ZERO. Não esqueceremos jamais de mais este ato de crueldade do governo mineiro



No dia 27 de setembro, após 112 dias da nossa heroica greve, os educadores mineiros, reunidos em assembleia, decidiram pela suspensão da paralisação. Um termo de acordo foi assinado pelo governo e o sindicato, prevendo inclusive a não punição dos grevistas após a suspensão da greve. Contudo, a primeira punição feita aos educadores em greve foi o contracheque zerado referente ao pagamento do quinto dia útil do mês de outubro.

O governo poderia até alegar que não houve tempo hábil para mandar rodar uma folha normal, do quinto dia útil, uma vez que o fechamento do ponto ocorre por volta do dia dia 20 de cada mês. Mas, nada impedia ao governo de rodar uma folha extra de pagamento para os educadores, que já haviam retornado ao trabalho desde o dia 29 de setembro - e ainda por cima com a cobrança dos governantes para que os profissionais da Educação fizessem a reposição das aulas.

Os depoimentos que foram publicados aqui no blog, tanto em destaque num dos nossos posts, quanto entre os inúmeros comentários desde o dia 1º de outubro, dão-nos a percepção do alcance de tal atitude desumana, cruel e covarde do Governo de Minas e dos seus apoiadores e parceiros.

A maioria dos educadores é arrimo de família, muitos com crianças recém-nascidas e passando por enormes dificuldades para garantir a sobrevivência, que o suor do rosto com o trabalho, previsto até mesmo em passagens bíblicas, deveria assegurar. Em Minas, os educadores estão trabalhando o mês de outubro sem qualquer fonte de sobrevivência própria, já que o governo do estado, e a comissão tripartite que já se reuniu por três vezes, não conseguiram ou não quiseram aprovar o pagamento de uma folha extra agora em outubro.

Para quem tem condições de socorrer-se com amigos e parentes - e eu me incluo entre essas pessoas - dá até para "tocar o barco" até o quinto dia útil de novembro. Mas, muitos de nós, educadores, não contam com a ajuda extra de amigos e parentes. Aliás, já havíamos sofrido cortes de salário durante três meses consecutivos por parte do governo, em outra atitude irresponsável e moralmente indefensável. Cortar a fonte de sobrevivência dos trabalhadores em greve - já admitem as melhores cabeças do mundo jurídico - representa a abolição prática da Lei de Greve. Esta lei estabelece limites e critérios para que os trabalhadores lancem mão dessa forma de luta como meio legítimo de alcançar seus objetivos e interesses de classe. No nosso caso então, tratava-se de cobrar o cumprimento de uma lei federal - a lei do piso - e nada mais. Cortar o salário, mesmo quando a greve é considerada legal - e a tal abusividade da greve foi considerada apenas após 100 dias de paralisação - deveria gerar punição ao governante.

Ora, então o governo não cumpre uma lei federal - a lei do piso - e nada lhe acontece. Corta salários dos educadores durante uma greve legal - e nada lhe acontece. Reduz o salário de quem optou pelo sistema de vencimento básico, o que significa suspender um reajuste salarial aplicado no início do ano, após seis meses de vigência, para uma parte da categoria, algo inusitado - e nada lhe acontece. E finalmente, para não repetir aqui outras práticas igualmente condenáveis já citadas neste blog, o governo tem a insensibilidade de permitir que milhares de educadores, a maioria dos quais arrimo de família, passem todo o mês de outubro e uma parte de setembro e novembro sem qualquer fonte de subsistência - e novamente nada lhe acontece.

Minas não tem Ministério Público, não tem poder judiciário, não tem legislativo e não tem uma grande mídia independente. Temos um arremedo de estado de direito e de república, já que o governo tudo pode contra os indefesos súditos do rei.

Ora, a situação na qual vivem os educadores de Minas é vergonhosa, é humilhante e é digna de ser contada e mostrada para todo o Brasil e no exterior. O segundo ou terceiro estado mais rico do país, que investe na realização da Copa do Mundo, constrói cidades administrativas e demais obras faraônicas, realiza festas milionárias, etc., é capaz de manter os educadores sem salário durante todo o longo mês de outubro. E a continuar esta lengalenga da comissão tripartite - formada por parlamentares, deputados e sindicato -, somente no quinto dia útil de novembro os educadores verão algum salário. Se considerarmos que o salário de setembro veio pela metade (além da redução salarial aplicada como castigo pela opção do sistema de Vencimento Básico), e que, portanto, só durou no máximo até o dia 15 de setembro, teremos uma situação na qual os educadores mineiros ficarão 53 dias sem salário algum. São 15 dias no mês de setembro + 31 dias de outubro + 7 dias de novembro, totalizando 53 dias sem salário. Isso não dá para esquecer. Nós não permitiremos que se esqueçam de tal ato, que beira ao sadismo, para dizer o mínimo.

Mesmo que o governo pague as aulas repostas no mês de dezembro, não temos o direito de esquecer que fomos submetidos a essa forma cruel e desumana de tratamento durante quase dois meses - sem falar das outras formas degradantes e humilhantes de que fomos vítimas e das quais já se falou aqui inúmeras vezes - todas elas agredindo grosseiramente a Carta Internacional dos Direitos Humanos.

Se o governo pensa que agindo dessa forma estará desestimulando os educadores para futuras greves, acho que ele tem algum problema de compreensão do mundo e da natureza humana. Tal ato imoral e desumano do governo apenas alimenta em todos os educadores mais ódio de classe e disposição de luta. Seguramente as próximas batalhas serão ainda mais organizadas e fortes. Nenhum de nós, que está recebendo o vil castigo de um governo que joga dinheiro fora com futilidades, enquanto se nega a pagar um salário durante o mês de outubro - que é por direito dos trabalhadores -, há de se intimidar e de esquecer deste gesto pequeno - embora de grande significado moral, que atenta contra os melhores princípios éticos e republicanos.

Milhares de educadores de Minas estão vivendo o mês de outubro - e parte de setembro e novembro - sem qualquer salário. Trabalham, trabalham, mas não recebem a contrapartida prevista em lei. É esta a filosofia de eficiência, de choque de gestão, que o atual governador e seu padrinho político defendem para os servidores públicos, especialmente para os educadores. É bom que todos saibam disso. É bom inclusive que a cantora Ivete Sangalo, que receberá no dia 20 o título de cidadã honorária (ainda não se sabe por qual mérito) e medalha dos dragões da Inconfidência, saiba que os educadores de Minas estão sem salário. Será bom também que a presidenta Dilma, o ex-presidente Lula, o ministro do MEC, todos eles tendo visitado o estado de Minas durante a nossa greve pelo cumprimento de uma lei federal - e tendo se omitido covardemente -, também eles precisam ser informados que Minas Gerais está deixando os educadores sem salário e sem fonte de sobrevivência.

O salário de novembro, o décimo terceiro, o pagamento tardio da reposição, tudo após novembro e dezembro, não vão remediar o grande prejuízo causado a milhares de educadores, que dependem da mixaria de salário que o estado paga aos mestres para sustentarem suas famílias. E como eu disse anteriormente, recebemos aqui depoimentos de colegas que estão grávidas e sem recursos sequer para se alimentar; de pais de família que não têm como garantir o sustento de seus filhos até o final do mês. E enquanto isso, deputados, secretários de estado, governador, todos eles recebendo salários que ultrapassam a casa dos 15, 20 ou 30 mil reais mensais - entre salário e verbas indenizatórias -, tratam a questão como algo irrelevante. Não são dignos de respeito aqueles que não respeitam os de baixo.

Por isso, não será demais repetir aos quatro cantos: em Minas, os educadores estão sem salário, por castigo e capricho dos governantes, e por omissão dos demais poderes constituídos.

Um forte abraço a todos os que lutam e não perderam a esperança de construirmos um mundo melhor para todos! Força na luta e até a nossa vitória!


***

176 comentários:

  1. QUE PODER É ESSE?
    Tenhamos a certeza, pelas próprias dificuldades já superadas, que não há mal que dure para sempre.
    Vai passar. Reis e rainhas passaram. Aquele que busca nos intimidar também passará. Que poder é esse que passa por cima de todos os outros poderes constituídos e prossegue impunemente?

    ResponderExcluir
  2. Enquanto isso a Dilma está passeando na Africa, após ensinar a Europa a sair da crise...
    Seria cômico se não fosse trágico.
    Que país é esse?
    No mês do Professor se condecora uma cantora de axé music enquanto os mestres morrem de fome.
    Cadê o STF? Cadê as leis?
    Vamos começar uma campanha nacional para que se queime todas as guias de impostos nas principais praças públicas do país em janeiro do ano que vem : CHOQUE DE REALIDADE. O povo mostrará assim aos governantes que eles trabalham com as riquezas que nos produzimos para nós todos, não para que eles dividam fartamente entre entre si e deixem migalhas para o povo não. Tem que se ter educação, saude, segurança, lazer, etc...
    CHOQUE DE REALIDADE: O imposto é para gerar bens e dignidade ao povo.

    ResponderExcluir
  3. Euler,
    O que não dá pra engolir é a empáfia dessas 2 secretarias que se acham, o silencio de Aécio, o senador que recebe por Minas e esbalda-se no Rio evitando bafômetro, a cara de pau desse governador( não acho justo antecipar o décimo terceiro por causa dos demais profissionais que não fizeram greve. Só falta agora não querer pagar o piso para os 153 mil funcionários que não querem o SUBSÍDIO.
    Piso para as 8 carreiras da educacão já.....
    Ashley Educadora BH

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Euler! Isto sem falar em mais uma crueldade desse desgoverno: A ordem no ipsemg é não atender quem estava em greve, por um único mês sem contribuição. Eu estive lá e vi com os meus próprios olhos e senti na própria pele. Eu mesma, que estou com um problema mais sério e que dependo de uma cirurgia para biopsia tive que ir ao setor de recadastramento do cartão enfrentar todo o estresse de provar que meu caso é de urgência para que a coordenadoria possa aprovar a cirurgia. E agora a angústia de esperar se será aprovada. Tem muitos professores sofrendo por mais este motivo Euler e caros colegas. Mais um fato que não poderemos esquecer.

    ResponderExcluir
  5. Euler,
    Vamos criar uma Abaixo assinado pedindo o pagamento do prêmio por produtividade. COmo proceder para q isto ocorra?
    Vc tem alguma notícia da data do pagamento? Já sabemos que o governo irá viabilizar (pela última reunião da comissão tripartite) o pagamento, mas, quando?
    POderemos pressionar assim, focar no abaixo assinado e entregar ao Deputado Rogério Corrêia... O que vc acha?

    ResponderExcluir
  6. Euler,
    Não podemos esquecer que os médicos não estão no atendendo pelo IPSEMG, pois todos os grevistas aparecem no site como funcionário sem cadastro! É uma vergonha, além de não termos salário, não temos o direito de ficar doente! A verdade é que estamos doentes por falta de salário.
    Marinez Saraiva - professora há 29 anos em Viçosa/MG

    ResponderExcluir
  7. PARABÉNS PELO TEXTO , EULER . MAIS UMA VEZ ESTOU CONVICTO DE QUE VOCÊ DEVERIA ESTUDAR DIREITO . COM A SUA VISÃO E CAPACIDADE DE SE EXPRESSAR , VOCÊ PODERIA DAR NOVOS RUMOS À JUSTIÇA DE NOSSO PAÍS .
    UM GRANDE ABRAÇO !

    ResponderExcluir
  8. Professor Euler,
    Não esqueçamos nas próximas eleições os nomes de todos aqueles que estiverem juntamente com o governo de Minas. Este governo, certamente não disputará coisa alguma, mas quem governa sempre apresenta à sociedade um candidato aliado.Divulgaremos, a todos os cantos, as atrocidades deste governo.
    Professor Herbet
    Cristália - MG

    ResponderExcluir
  9. Amigo Euler, bom dia!
    O desgoverno de MG é tão canalha que corta tudo. Corta salário, corta até a possibilidade que eu tenho para continuar colocando arroz e feijão na mesa da minha família. Sou Pedagoga e faço artesanato (sabonetes e caixas personalizadas), mas meus clientes não tem dinheiro para pagar, pois são na maioria professores e trabalhadores da educação. Ou seja, em nenhum momento cruzei os braços. Sou NDG ativamente na greve e a noite fazendo artesanato para garantir o sustento de minha família. Mas nem isto o desgoverno de MG "permite". Como sou NDG NÃO DESISTO NUNCA E TAMBÉM NÃO ESQUECEREI NUNCA O QUE ESTAMOS PASSANDO. Até breve, pois tenho sentido que encontraremos logo...Amplexos, Elenice Vidal Prata (Pedagoga NDG)

    ResponderExcluir
  10. TÁ AÍ SUBCOMANDANTE EULER A RESPOSTA, OS TRIBUNAIS E SEUS 30 DINHEIROS, PASMEM QUE "OS 30 DINARES" CHEGA A QUASE MEIO BILHÃO, DIZEM QUE É PRA DESPESAS TRABALHISTAS DE 20 ANOS ATRÁS, TODOS NO BOLSO DO AÓCIO PLAY.CALAM SOB A MÃO PESADA DE GRANA EM SEUS BOLSOS. UM DIA COM FÉ EM DEUS ISTO TERÁ FIM, NADA PERMANECE, TUDO MUDA E AQUI NÃO É DIFERENTE DA LEI DA VIDA. DEPOIS DESSA OMISSÃO DA PRESIDENTE COM SINDROME DE GRANDEZA MUNDIAL(PASSEANDO AS NOSSAS CUSTAS), DO METIROSO LULA E DESTE FALASTRÃO HADAHH(QUE AINDA QUER SER PREFEITO DE SP.), SÓ DEUS MESMO, MAS NÃO PERCAMOS AS ESPERANÇAS, O ÓDIO DE ANASTAZIA VAI SE VOLTAR CONTRA ELE MESMO, NÃO DEMORA MUITO. ABÇOS A TODOS COLEGAS.


    Comissão aprova R$ 304 milhões extras para TJMG
    Publicado no Jornal OTEMPO em 19/10/2011Avalie esta notícias
    DANIEL LEITE
    NotíciaComentários(0) CompartilheMais notícias
    AA0
    FOTO: RAÍLA MELO/ALMG

    Projeto aprovado na CFFO ainda precisa ser apreciado em plenário
    O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e o Tribunal de Justiça Militar (TJMMG) deverão receber verba suplementar do orçamento do Estado ainda neste ano para quitar dívidas trabalhistas de quase 20 anos atrás, em um total aproximado de R$ 304,3 milhões. A Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Assembleia Legislativa aprovou, ontem, em turno único, projeto de lei que autoriza a abertura de crédito nesse valor, mas o projeto ainda precisa ser aprovado em plenário.

    A ideia é que os recursos sejam incluídos no orçamento de 2011 do Estado para a quitação de diversas obrigações trabalhistas de servidores e magistrados dos dois órgãos do Judiciário.
    Dentre elas, há férias de funcionários que foram vendidas mas o pagamento não foi realizado, promoções internas não recompensadas financeiramente e salários que não tiveram acertos.

    A adição de recursos deverá colocar em dia as dívidas com mais de 23 mil funcionários e magistrados. Segundo o presidente da Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis), juiz Bruno Terra Dias, serão atendidos ativos, inativos e pensionistas. Muitos débitos, de acordo com ele, foram originados na década de 1990.

    Os tribunais confirmaram que a maior parte do dinheiro será usada para os pagamentos a servidores e ex-integrantes de seus quadros, num total de R$ 224,3 milhões, ou seja, 73% do total. Segundo a assessoria de imprensa, há débitos ainda em Unidade Real de Valor (URV), de 1994, anterior ao Plano Real.

    ResponderExcluir
  11. É SUBCOMANDANTE EULER PARECE QUE CHILENOS TEM MAIS CULHÕES QUE NÓS BRASILEIROS BONZINHOS, ATÉ QUANDO????????????


    Chile pretende adotar Lei de Segurança para conter protestos contra o governo
    19/10/2011 07h35Avalie esta notícia »
    NotíciaComentários(0) CompartilheMais notícias
    AA0
    FOTO: ASSOCIATED PRESS

    Confrontos entre policiais e manifestantes têm ficado ainda mais tensos durante o protesto no Chile, que já dura cinco meses
    Enfrentando protestos há cerca de cinco meses, o governo do Chile advertiu nessa terça (18) que reprimirá de forma dura as próximas manifestações. Autoridades informaram que vão apelar para o uso da Lei de Segurança do Estado, que pune aqueles que ameaçam instituições públicas e pode levar à prisão.

    Apesar da advertência, estão programadas para hoje (19) várias manifestações em todo o país. Os protestos, em geral, são liderados por estudantes, que reivindicam reformas na educação. Mas as manifestações ganharam o apoio dos professores e dos reitores das universidades, além de outras categorias profissionais.

    Ontem, as principais ruas de Santiago, a capital chilena, foram tomadas por barricadas e um ônibus foi queimado em uma das avenidas da cidade. Policiais usaram gás lacrimogêneo e jatos de água para conter os manifestantes. Os estudantes reagiram, atirando coquetéis molotov contra a polícia.

    O ministro do Interior, Rodrigo Hinzpeter, disse que a Lei de Segurança do Estado será utilizada para impor penas mais duras aos manifestantes que atearam fogo a ônibus. Um grupo usou máscaras para cobrir o rosto.

    Nos últimos meses, o governo do presidente Sebastián Piñera apresentou propostas de reforma da educação. As sugestões foram rechaçadas pelos estudantes e professores. A principal reivindicação é a gratuidade do ensino superior no país – atualmente, as universidades chilenas são todas privadas.

    ResponderExcluir
  12. DEUS É MAIOR, QUEIRA O PAI ETERNO QUE ESTA COPA NÃO VINGUE POR AQUI E ESTA CAMBADA TODA PASSE COMO SÃO, QUINTO MUNDO PRA BAIXO, AH DEUS NÓS DÁ ESTA BENÇÃO.

    Funcionários de aeroportos em São Paulo e Brasília agendam dois dias de paralisação
    18/10/2011 17h15Avalie esta notícia »
    DA REDAÇÃO
    Siga em: twitter.com/OTEMPOonline
    NotíciaComentários(0) CompartilheMais notícias
    AA0
    Os aeroportuários de Guarulhos (SP), Campinas (SP) e Brasília decidiram fazer uma paralisação de 48 horas, a partir da meia-noite de quarta-feira (19), em protesto contra o processo de privatização dos terminais. O diretor do Sindicato Nacional dos Aeroportuários Marcelo Tavares disse que a greve trará transtornos aos passageiros, pois o sindicato espera a adesão de 90% dos trabalhadores dos três aeroportos.

    “Infelizmente, os usuários dos aeroportos vão sofrer com atrasos. Apenas os trabalhadores em cargo de confiança não deverão participar da greve”, disse o diretor.

    Cerca de 3 mil funcionários deverão cruzar os braços nos três aeroportos. Os setores de operações, administração e terminais de carga deverão ser os mais atingidos.

    A transferência dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos (Campinas) e Brasília à iniciativa privada deve começar em dezembro. Em agosto, o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, que já está sendo construído na região metropolitana de Natal, foi privatizado. O governo também estuda transferir para o setor privado a exploração de outros aeroportos internacionais, como Galeão-Tom Jobim, no Rio de Janeiro, e Confins, em Minas Gerais.

    AGÊNCIA BRASIL

    ResponderExcluir
  13. Olá Euler. Li seu post é até chorei, porque não tenho nem o que comer. Literalmente. Vou para a escola onde tenho dois cargos e não posso nem almoçar na escola: a diretora PROIBIU que os professores comessem na escola. Já até emagreci. Estou humilhada e sem forças!
    Maria Paula
    Belo Horizonte

    ResponderExcluir
  14. Nojo!! Nojo!! É nojo que eu sinto desse governador sem lei, déspota e ditador.
    Ultimamente, não tenho mais prazer em ir para a escola.Entro em pânico só de ouvir o sinal da escola tocar.Sem auto estima, deprimida, desvalorizada e sem salário.Taí o resultado de mais de 100 dias sob pressão psicólica e muita repressão.
    Para remediar a situação somente com piso na carreira. Cadê nosso pisoooooo??

    ResponderExcluir
  15. Tamanho da letra

    terça-feira, 18 de outubro de 2011

    Aulas em anexo de escola são suspensas

    APÓS PROTESTO DE PAIS E PROFESSORES, SMED PROCURA NOVO IMÓVEL PARA ABRIR SALAS DE AULA PARA 170 CRIANÇAS
    E A PREFEITA AQUI É DO PT E CASTIGA OS MESTRES PRA LÁ, JOGA DURO.

    Por ANDRÉ BIANCHINI, da redação do DRD Online, andre@drd.com.br
    FOTO: Pierry Aires

    OS ALUNOS da Escola Municipal Olegário Maciel terão as aulas suspensas até que um novo imóvel seja providenciado

    GOVERNADOR VALADARES -
    Foram suspensas por prazo indeterminado as aulas no anexo da Escola Municipal Olegário Maciel, no bairro JK 1, em Governador Valadares. O imóvel que abrigava desde junho do ano passado as atividades letivas é um ginásio de esportes que foi adaptado para abrigar 170 crianças com idades de 6 a 10 anos.

    A decisão foi tomada pela Secretaria Municipal de Educação (Smed) que se reuniu na noite da última segunda-feira (17) com os pais dos alunos e professores para buscar uma solução para os problemas elencados pela comunidade escolar que, na manhã de anteontem, realizou uma manifestação pacífica por causa da falta de ventilação no prédio, ausência de luz solar, calor excessivo — já que o telhado é fabricado com metalão — e o medo dos pais e servidores públicos contraírem uma doença respiratória após a morte de uma professora que lecionava na unidade de ensino.

    Leia a reportagem naíntegra na edição desta quarta-feira (19) no DRD.

    ResponderExcluir
  16. Professor Euler,

    Divulgue esse vídeo sobre os deputados suecos.

    Tenho certeza que é assim que deveria ser o no Brasil.

    http://www.youtube.com/watch?v=9SBEWzkEl8k&feature=player_embedded

    Obrigado

    Jorge Pinto - ATB - Barão de Cocais

    ResponderExcluir
  17. ELEIÇÕES, ELEIÇÕES E ELEIÇÕES...
    CARO AMIGO EULER,
    VAMOS DAR O TROCO NO PSDB EM MINAS NAS ELEIÇÕES VINDOURAS. PRECISAMOS NOS ORGANIZAR E SETORIZAR A NOSSA LUTA. QUAL EXÉRCITO BEM TREINADDO E MOTIVIVADO PELO CONJUNTO DE MALDADES DESSE DESGOVERNO, VAMOS SOLAPAR A BASE ELEITORAL DO PSDB EM MINAS, ELEGENDO E PARTICIPANDO ATIVAMENTE DO PROCESSO ELEITORAL EM 2012. O MOMENTO HISTÓRICO NOS FAVORECE. SÃO CENTENAS DE VEREADORES (AS) QUE PODEMOS ELEGER.IMAGINE TODOS AS CAMARAS DE VEREADORES TENDO PROFESSORES-VEREADORES COMPROMETIDOS COM NOSSA CAUSA. IMAGINE A OPOSIÇÃO QUE O SENHOR AÉCIO E A CORJA TERÃO A PARTIR DE 2012. POR FAVOR, VAMOS USAR NOSSOS BLOGS PARA IMPLEMENTAR ESSA IDEIA.
    ATÉ 2012!!!!!
    MURILO MAIA - MONTES CLAROS
    COMITE PERMANENTE ANTI-PSDB.

    ResponderExcluir
  18. http://www.otempo.com.br/esportes/ultimas/?IdNoticia=49240

    Depois de 57 versões, tabela da Copa do Mundo está pronta



    Copa do Mundo do Brasil já tema a tabela definida
    Depois de 57 versões, a tabela da Copa do Mundo de 2014 finalmente está pronta. O cronograma foi aprovado nesta terça-feira pelo departamento do Mundial da Fifa, segundo informações do jornal Folha de São Paulo.

    A principal dificuldade encontrada para montar a tabela foi para conciliar pontos específicos do país como clima, distâncias, infraestrutura, política e dinheiro. São Paulo será confirmada como sede de abertura do Mundial e o Rio de Janeiro será escolhida para encerrar o evento.

    Como prêmio de consolação pelo bom desenvolvimento das obras, Belo Horizonte deverá receber uma das semifinais da competição, além da final da Copa das Confederações de 2013.

    Ainda de acordo com a publicação, provavelmente o Brasil deverá atuar em Brasília e Fortaleza na primeira fase da competição. Os locais das outras partidas já foram marcados, porém ainda não há nenhuma seleção conhecida.

    Para se marcar os jogos, levou-se em conta o clima. Locais quentes como Cuiabá e Manaus terão partidas mais tarde, enquanto os locais mais frios, como Curitiba e Porto Alegre, terão os jogos mais cedos. Deverão ser três horários de jogos por dia. O mais cedo será próximo da hora do almoço e o mais tarde no início da noite.

    Ficou estabelecido ainda que nenhuma seleção fará uma longa viagem, como por exemplo, atuar em Manaus e depois seguir para Porto Alegre.



    Aécio Neves fez os mineiros acreditarem que o estado poderia abrir a Copa. Mas, ele nem mora aqui! Bem feito!! Não tem abertura de copa!!!!


    Deixem seus comentários no portal.

    ResponderExcluir
  19. O que podemos fazer Euler, para garantir pelo menos o sustento nestes 15 dias a mais sem salários. Não tenho mais forças! Já pedi empréstimo para todo mundo! É muita crueldade e beira a bárbarie!
    Não existe comissão de ética, não existe OAB, Supremo... qualquer instância para nos ajudar?

    Choro o dia inteiro, pois minhas contas chegam e eu que nunca tive nome no SPC, agora terei!

    Almoço pão com manteiga, porque não tenho dinheiro nem para pagar um PF. Ando mais de 4km por dia para ir a escola.

    Estou muito triste e minha vontade e ir a um psiquiatra e não voltar nunca mais para a educação.

    Este governo está nos humilhando e ninguém faz nada!

    ResponderExcluir
  20. Degringolou!

    O governo está permitindo a inscrição de tecnólogo para o concurso. Não tem professor.

    Bem feito!

    ResponderExcluir
  21. A perversidade, o autoritarismo desse governo é inacreditável! Como pode o governo cortar atendimento médico de grevistas? Inconcebível, governo tirano! Mais uma denúncia para homenagear a vinda da Ivete.

    ResponderExcluir
  22. Bom dia Professor Euler, desejo muito que este blog fique ativo durante as eleições estaduais, motivo: campanha contra esta turma de...........

    ResponderExcluir
  23. Euler você tem alguma notícia sobre as férias-prêmio? continua suspensa a sua publicação? Ou o assunto não foi tratado na última reunião?
    Aguardo notícias.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  24. Inferno!

    A sala dos professores se transformou em solo maldito. Um fura-greve ainda teve coragem de me perguntar como ficou a questão do piso. Perdi a educação que mamãe me deu. Estou pensando em fazer concurso para Rondônia para ficar o mais longe possível de Minas.

    ResponderExcluir
  25. Bom dia Subcomandante Euler, e demais membros do NDG!
    Subcomandante, parabéns por mais esse belo texto, porém triste e real.
    Mas nos proporciona fortalecermos ainda mais para RESISTIRMOS PRA LUTARMOS EM FAVOR DAS NOSSA DIGNIDADADE E DOS NOSSOS DIREITOS.

    Veja bem, participei da nossa heróica greve desde o primeiro dia. Somos testemunhas de todo o terror espalhado pelo governo e seus “capitães do mato”. Ficou escancarado a falta de respeito e a ditadura instaurada em Minas.

    Sofremos muita pressão (sou designado em um cargo e por muito pouco não fui exonerado). Sofremos e até hoje estou praticamente sem salário. Meu filhinho nasceu no dia 07 de Setembro, data da “Independência”. Minha situação poderia ainda está pior se não fosse a Licença Maternidade da minha esposa que também é professora. Só estou relatando isso pra confirmar a COVARDIA desse (dês) governo. Não estou aqui pra lamentações e sim pra reafirmar meu compromisso de SEMPRE LUTAR PELO QUE ACREDITO. SEMPRE LUTAR MEUS DIREITOS.TESMUNHAR O PAPEL DE CIDADÃO QUE SOU E QUE ENSINO PARA OS MEUS ALUNOS! E PRA FORTALECIMENTO DA NOSSA CLASSE.

    Digo e repito , além fortalecermos o nosso sindicato incentivando a ampla filiação , é chegado a hora (se é que já não passou ) de CONSTRUIRMOS UM PARTIDO FORTE DOS EDUCADORES A NÍVEL MUNICIPAL, ESTADUAL E FEDERAL.

    NÃO PODEMOS ACEITAR PELO FATO DE LUTARMOS PELOS NOSSOS DIREITOS , SERMOS TRATADOS COMO CRIMINOSOS, OU ATÉ PIOR.

    Saudações a quem tem Coragem!!!
    Professor Odair José

    ResponderExcluir
  26. "AÓCIO PLAY"

    Amo a criatividade desse meu povo.

    ResponderExcluir
  27. João Paulo Ferreira de Assis19 de outubro de 2011 11:26

    Prezado amigo e companheiro de luta Professor Euler

    Acho que isto tem que ser denunciado para os jornalistas estrangeiros, e para a Anistia Internacional, e Americas Watch. E na campanha política do ano que vem, a cada candidato a prefeito do PSDB que visitar nossa casa, nós jogarmos isso na cara dele, que não podemos apoiá-lo.

    Outra coisa: alertemos nossos alunos que essas marchas contra a corrupção são na verdade organizadas pelo PSDB contra a Presidenta Dilma. Quer prova maior do que essa, a de um grupo de moços que portava cartazes contra o governo paulista, e a repórter global Veruska Donato começou a gritar com eles. Ah! a Globo não mostrou os cartazes.

    Saudações, e até a vitória
    João Paulo Ferreira de Assis.

    POST SCRIPTUM:

    Eu se fosse os professores que estão em dificuldades iria nos núcleos de prática jurídica das universidades que têm curso de Direito, pedia gratuidade jurídica e via se podia alegar FATO DO PRÍNCIPE (FACTUM PRINCIPIS) para não pagar as contas agora.
    Explico o que é FATO DO PRÍNCIPE: quando você fica impedido de cumprir um contrato por decisão do governo. Por exemplo: umas férias prêmio canceladas na véspera do início, e você já assinou contrato com empresa de turismo, e como as férias foram canceladas pelo Estado, você tem de ir lecionar, e não pode cumprir o contrato. No nosso caso, teríamos de pegar as notícias de jornal em que o governo acenava com a antecipação do 13° e pagamento do prêmio de produtividade, e depois as notícias em que ele descartou tais pagamentos, para podermos ver se nos é concedido um prazo para pagarmos.

    ResponderExcluir
  28. As divergências de opinião não devem significar
    hostilidade. Se fosse assim, minha mulher e eu
    deveríamos ser inimigos mortais.
    Não conheço duas pessoas no mundo
    que não tenham tido divergências de opinião.
    Como seguidor da Gita (Bhagavad Gita),
    sempre procurei nutrir pelos que discordam de mim
    o mesmo afeto que nutro pelos que me são
    mais queridos e vizinhos.
    (Carla/GV-INDIGNADA)

    ResponderExcluir
  29. Bom dia a todos(as)

    PROF. ROMEU de Caratinga

    Tenho lido e às vezes postado algumas mensagens aqui. Algumas pediram a perseverança na greve, algumas pediram calma e prudência, e agora oportunizo-me a escrever algumas palavras de solidariedade, de apoio a todos(as)- como eu - vivem momentos de angústia, de desesperança, de falta de alimentos, de falta de tudo.

    Algumas sugestões foram dadas e eu li outro dia e reforço a ideia de quem a tornou pública aqui que é a criação de um fundo para socorrer os "irmãos" mais necessitados. Peço a quem puder criar uma conta bancária ainda hoje para podermos contribuir de imediato, além de doações em alimentos (que também pode ajudar muito). FAZ-SE URGÊNCIA URGENTÍSSIMA!!

    Outro apelo que faço é o de que precisamos de mais confiança em nós mesmos. Hoje temos uma liderança sindical, uma pessoa que nos dá confiança, e isso é importante, principalmente pra quem atua na luta dentro das subsedes. Penso nesse momento em um time de futebol, que bom seria se tivéssemos 11 beatrizes em campo, 11 craques fazendo jogadas mirabolantes,rsrs, mas não temos tudo isso. Contudo, temos reservas de luxo, temos hoje o NDG - Núcleo Duro da Greve - que tem feito gols inéditos dignos de replay e aproveito esse post para CONCLAMAR - a todos(as) do NDG do qual me incluo e sinto orgulho disso - A CRIARMOS UMA ASSOCIAÇÃO DOS NDG COM A FINALIDADE DE FORTALECIMENTO E UNIÃO DESSE NÚCLEO.
    A criação dessa associação viria para consolidar nossa união, para congregação política, para discussões afins ao movimento e às questões sociais e para tomarmos decisões políticas a nortear a categoria.
    Sabemos que o "Sindicato" enquanto representante da categoria não tem como fundamento esse mérito da questão.
    Somos 400.000 mil educadores em MG. E quanto a nossa representação política? Quantos Vereadores nós somos? Quantos Deputados? Quantos Senadores?
    Quantos Diretores de Escola somos hoje na greve?
    Quantos poderíamos ser? E quantos Diretores perversos e ditatoriais temos a nos chefiar?
    Até quando NDG ?
    Precisamos resolver essas questões!
    Não devemos/podemos deixar esse barco à deriva mais. Podemos tomar o leme, muitos de nós.

    Para o ano que vem Valorosos(as) Guerreiros(as) com o piso conquistado, com a dignidade assegurada/retomada, haveremos de nos encontrarmos a fim de discutirmos essas idéias, basta querermos.
    Para o ano que vem tenho uma associação recreativa prontinha no papel - ARTE - ASSOCIAÇÃO RECREATIVA DOS TRABALHADORES(AS) EM EDUCAÇÃO MG - para pormos em prática.
    Quem se interessar é só postar aqui, pedindo licença ao sub-comandante Euler, claro, não quero insubordinação nesse blog.. rsrs

    ABRAÇO NDG

    ResponderExcluir
  30. Um homem não pode fazer o certo numa área da vida, enquanto está ocupado em fazer o errado em outra. A vida é um todo indivisível.
    Mahatma Gandhi

    Carla/GV- Indignada)

    ResponderExcluir
  31. FORA ANASTASIA
    FORA DITADOR
    FORA ANASTASIA
    FORA DITADOR

    ResponderExcluir
  32. Algém sabe o resultado da reunião de hoje? O que ficou decidido?

    ResponderExcluir
  33. Esse desgovernador não deve ter família,por isso não tem referências de valores.Ele deve ter nascido de chocadeira.Tenho tanto ódio daquela cara gorda e aquela conversa mole que me dá nojo.Fico em dúvida se essa corja são realmente seres humanos ou são imitações feita de barro da pior espécie.Quando leio os comentários e vejo colegas no desespero fico muito chateada .Que Deus nos ajude!Euler, eu também amo você!

    ResponderExcluir
  34. Bom dia colegas da luta, Prof. Euler:

    Não há como não ficarmos comovidos vendo nossos colegas de profissão passando por estas situação realmente humilhante, e não ver ninguém instituido de algum poder fazer nada, absolutamente nada, para mudar este cenário desumano e indecente! E tudo isso por um simples capricho de um governante que ne nega a governar para todos, e tenta transformar nós, educadores que somos, em seres sem referência, sem respeito, sem reconhecimento, sem cobertura de lei alguma!

    Tudo está errado e fora da lei, mas esta mesma lei insiste em querer mostrar ao Brasil todo que nós é que estamos fora da lei! Ora, a quem recorrer então? Por que deste jogo ridículo de palavras e mais palavras nas falas destes juizes, promotores, desembargadores, deputados, etc. etc. etc.? Será que não há nesta Minas Gerais, neste Brasil, alguém disposto a inverter este processo cruel que estamos vivenciando em Minas? Por que não se cumpre, simplesmente, a lei? O que mais precisa acontecer?

    Rezo todos os dias a Deus e Nossa Senhora, para que todos nós que estamos vivendo este infortúnio e sofrendo na carne as dores fortes dessa injustiça, permaneçamos de pé e que não caiamos em tristeza nem depressão! Pelo contrário, façamos deste, nossa força de lutar!

    Permanecermos fortes e unidos nesta hora em que falta o alimento, o almoço, o remédio, o prazer em educar, não é tarefa nada fácil, é quase que impossível! Mas é preciso, é sublime! E depois da nossa vitória que virá, cobremos então, de forma muito cara, a conta de todos estes políticos que ousaram atravessar o nosso caminho, a nossa dignidade e o nosso valor!
    Se não há mais a quem recorrer, recorramos a nós mesmos, permanecendo juntos, unidos e fortes!

    Vera Ribeiro - Guaxupé

    ResponderExcluir
  35. Euler, cadê você ? precisamos de notícias. abraços.

    ResponderExcluir
  36. Alguém saberia me explicar por que outros profissionais têm um Conselho Regional e os Educadores não???
    Além do Sindicato, precisamos sim, de uma Associação como disse o Romeu de Caratinga. Dizem por aí que somos desunidos - não poderão usar mais este jargão, após esta greve - pois, com certeza, nascerá do "fundo do poço" desta categoria uma nova realidade para os educadores.

    ResponderExcluir
  37. Pessoal, precisamos que o SINDIUT abra uma conta para ajudarmos os nossos colegas que estão com maiores dificuldades.
    Seria mais uma forma de mostrarmos a nossa união e solidariedade.

    ResponderExcluir
  38. Acho que nós professores deveríamos nos unir e sair para as ruas e protestar não só pelos nossos baixos salários, mas tb pelos altos impostos pagos aqui em Minas, denunciar todo o abuso de poder desse governo e acabar com sua carreira política que está apenas começando. Vamos colegas conscientizar nossos alunos e pais de alunos.

    ResponderExcluir
  39. Alguém tem alguma notícia desta suposta reunião entre o governo e o sindicato que aconteceria às 10h de hoje? Já são 13h37m e até agora não localizei qualquer nota a respeito desta reunião.

    ResponderExcluir
  40. Quem planta colhe amigos. Hoje o Anastasia planta rancor e colherá milhares de cabos eleitorais contra ele e o Aécio (seu mestre). Acho que depois de tanta maldade feita pelos dois seria uma vergonha e uma desonra algum professor votar ou mesmo se calar numa eleição sobre o quanto esses caras são tiranos!!!

    ResponderExcluir
  41. Dizem que o serviço de publicidade e comunicação do sindicato é terceirizado. Se for verdadeira esta suposição acho que deveriam cancelar o contrato com esta empresa terceirizada e contratar um bom assessor de imprensa para manter a categoria bem informada.

    Muita gente não gosta que se critica o que está errado com o nosso sindicato, mas se não falarmos nada, as coisas não acontecem. Até mesmo o deputado Rogério Correia tem um assessor para alimentar seu blog e twitter mantendo as pessoas informadas das atividades que ele participa.

    Uma coisa é uma análise comentada das decisões que a coordenadora Bia faz no blog dela - e isso realmente é mais demorado. Mas, outra coisa é informar rapidamente a categoria sobre os andamentos da negociação. Isso qualquer funcionário do sindicato que soubesse minimamente anotar os informes e transcrevê-los no site do sindicato resolveria o problema, com maior agilidade. Coisa prática e que atende às expectativas de uma categoria que está ávida por informações.

    Precisamos saber o que foi decidido em nosso nome, e gostamos de saber das coisas rapidamente, para nos preparar melhor. Qual foi o resultado da reunião de ontem no STF? E da reunião de hoje com a SEE-MG? Alguém do sindicato sabe informar se essas reuniões aconteceram e o que foi encaminhado?

    ResponderExcluir
  42. Acabei de chegar em casa. Antes de ir a qualquer outro lugar, dei uma passada por aqui (prioridade é prioridade, não é?)
    Estou muito triste com a situação de penúria de muitos dos nossos colegas. Já passa da hora de tomarmos uma providência. Abra-se uma conta de SOS Professor Grevista, como já sugeri aqui, sei lá quantas vezes. O comentário do(a) colega que disse almocar pão e manteiga me deixou arrasada. Não consegui comer depois disso. Choro por qualquer coisa, de tão sentimental que eu ando.Até propaganda de fralda infantil me deixa fragilizada. Meu Deus, até quando???
    Senhor Deus, por favor, ouve as nossas orações, dá-nos um pingo de esperança e coragem para aguentarmos essa provação.
    __________________________

    Quanto ao Blog do Sind, esse silêncio me atordoa, me aflige, me deixa ansiosa.

    Gente, eu PRECISO ajudar a quem precisa mais do que eu, nesse momento dificil. Pelo amor de Deus, alguém tome uma iniciativa. Por que não você, Euler? Já que você insiste em não receber o nosso presente, abra uma conta, se não quiser usar a sua, para que possamos contribuir com os colegas. Nós confiamos em você. Eu lhe daria um cheque em branco, assinado, sem o menor receio. Juro.

    Contem comigo.
    Aguardo notícias. Boas notícias. Qualquer coisa que me tire da tristeza que sinto hoje, neesse 19 de outubro, primavera fria.

    Fiquem todos com Papai do Céu.

    ResponderExcluir
  43. Biobira - Biologia19 de outubro de 2011 14:18

    Euler, obrigado pela dica!
    Fui ao Sindute contagem e o juridico preparou uma notificação administrativa que protocolei junto a escola (diretamente à direção), dizendo que a partir desta data qualquer forma de pressão que venham sofrer pela direção ou inspeção da escola no que diz respeito a cobranças de reposição serão encaradas como assédio moral e as mesmas poderão ser procesadas. Qualquer decisão ou ordem destinada a mim a partir de agora deve ser feita por escrito em documento com tempo para que possa fazer minha defesa prévia.
    Não aceito loucuras sem fundamento da SEE e tampouco falta de respeito de inspeção e direção de escola que me ameaçaram de sofrer proceso adiministrativo e outras sanções caso não repusse da forma que ACHAM que tem que ser.
    Inclusive o modelo se encontra no Sindute e serve a outros que com certeza passam pelo mesmo problema.
    Caso queira lhe envio por email para postar em seu blog.

    ResponderExcluir
  44. Gente, tb estou muito comovida com os relatos de quem está precisando muito. Na nossa escola nos mobilizamos para ajudar um colega. Cada um doou uma coisinha e no final sei que o pouco se tornou muito. Euler, ajude nos a pensar m algo para ajudar quem diz almoçar pão com manteiga, isso não pode acontecer não. sei que muita gente quer ajudar, mas não sabemos como.

    Pollyanna

    ResponderExcluir
  45. Concordo com você Porf. Euler, o sindicato tem a obrigação de informar rapidamente! Até porque em situação de greve, quanto mais rápido for a informação mais eficiente será a nossa açao! Por exemplo, como vamos mobilizar nossos colegas que estão em dúvidas se entram ou não em greve, sem ter as infomações corretas e pontuais! O que dizer a eles, aos pais e alunos, se nós mesmos não temos as informações que todos precisam ter?
    Outro ponto, por ocasião da suspensão da greve, foi dito que os deputados, ou a ALMG, iria intervir rapidamente para anistiar certos impasses da greve, com aprovação de propostas acordadas na suspensão, mas até agora não se falou nada, não se anistiou nada! Não há nenhuma notícia de que está se fazendo algo paralelo a Comissão Tripartite. É claro que o Sindicato tem suas estratégias para negociar, (e tem que ter mesmo), mas tem muita fala do acordo de suspensão que ainda não foi falado depois desses vinte dias. Temos que confiar e apoiar o sindicato, ou a Beatriz a frente da negociação, mas temos o direito de saber o que se está sendo feito para exigir o cumprimento do acordo. Por exemplo, por que no acordo havia a promessa de não punição, mas logo em seguida o governo cortou os pgtos? Por que os deputados disseram que iriam agilizar certos trâmites e não se falou mais nada sobre? Só acompanhar a comissão e não ter poder de se exigir o cumprimento não ajuda em nada! Afinal, estamos com nossos "direitos violados" ou não?

    ResponderExcluir
  46. Olá, combativa colega das 14:10,

    Acho que cada subsede deveria tomar esta providência, de fazer um levantamento detalhado da realidade em sua região e localizar as pessoas que estão mais necessitadas e ajudá-las. Falo isso porque a nossa subsede, aqui em Vespasiano e São José, também está em falta nesta área. Sei que a nossa subsede tem algum dinheiro em caixa, mas não sabe como utilizar.

    Mas, vou deixar uma sugestão prática aos diretores de cada subsede de Minas:

    1) peguem a lista de telefone de cada escola, peça para chamar uma ou duas pessoas que atuaram na greve (o ideal seria já ter o nome dessas pessoas) e peça para que estas pessoas façam este levantamento detalhado na escola delas, num prazo máximo de 24 horas;

    2) estes colegas professores retornariam a ligação para a subsede passando o nome e endereço de cada pessoa com suas necessidades mais imediatas;

    3) o diretor da subsede, na sequência, pegaria um carro (táxi, bicicleta, qualquer coisa) e iria direto para a casa desses colegas com: a) cesta básica completa, b) um valor em espécie para ajudar no abatimento de contas prioritárias; c) uma palavra de apoio moral;

    4) mas para que isso possa ser ainda mais ágil, seria bom que as pessoas mais necessitadas entrassem em contato com os diretores da subsede e diretamente expusesse sua situação. Cada subsede, se não tiver alguma condição em caixa, deve requerer da direção estadual ou então organizar campanhas de coletas em caráter emergencial;

    5) se não houver subsede que atue na sua região, organize um grupo do NDG e tome essas providências.

    6) coloco o meu e-mail à disposição para receber pedidos de socorro e prometo encaminhar para a direção estadual, ou mesmo para a categoria (sem citar o nome de ninguém, claro), indicando o número e a conta bancária da pessoa, para quem quiser contribuir. Não vou colocar o número da minha conta pessoal porque não considero esta a melhor forma, já que não é uma conta que tenha controle coletivo.

    Meu e-mail: euler.conrado@gmail.com

    Um forte abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  47. João Paulo Ferreira de Assis19 de outubro de 2011 14:35

    Prezado amigo e companheiro de luta Professor Euler

    Li, com muita preocupação, o depoimento do anônimo das 10:23. Alguma coisa precisa ser feita. Ninguém pode abdicar do almoço, pois pode contrair uma úlcera. É preciso que este anônimo dê-nos pelo menos o endereço da sua escola, ou o da sua casa, para que se possa providenciar o envio de uma cesta básica. Pelo menos o nome da escola.

    Saudações, e até a vitória.
    João Paulo Ferreira de Assis.

    POST SCRIPTUM:

    Aconselha-se a postar este depoimento do anônimo das 10:23 também no blog da Beatriz Cerqueira, para que ela possa na próxima reunião solicitar pelo menos que alguma antecipação, nem que seja a metade do prêmio de produtividade para a próxima semana.
    Sugere-se também que uma comissão de professores vá ao Dom Walmor.

    ResponderExcluir
  48. rogeriocorreia_ Rogério Correia PT
    Sim.Polemica do desconto de setembro.Querem fazer de duas vezes.Segunda resolve. RT @martarosantos: @rogeriocorreia_ a Bia ja deu noticias?

    ResponderExcluir
  49. Caro Prof. Euler,

    Concordo em ajudar estes colegas! Neste momento que alguns dizem estar apreensivos e tristes, podemos transformar este gesto em motivação e alegrias para quem, por Deus e Nossa senhora, estão em melhores condições, e querem e podem ajudar aos colegas!´Seria um momento de nós também darmos uma lição de solidariedade aos nossos alunos e corrigirmos esta agressão fortuita do nosso governador.
    É claro que esta ação de "arrecadar dinheiro" é delicada, mas, gozando vc da confiança que aduiriu neste seu (nosso) BLOG, não há ninguém mais talhado para essa tarefa! Quem mais conta com o respeito e a confiança que você meu caro Professor? Sei que você deve ter outras tarefas além de educar e alimentar este Blog, mas esta seria uma tarefa que faria um bem enorme a todos nós, a quem pode ajudar e a quem precisa de ajuda! Penso que não precisaria identificar ou enumerar ninguém, nem quem ajuda e nem quem está sendo ajudado, o ato por si só já basta!
    Você se encarregaria de encaminhar esta ajuda, junto com uma senha para estes colegas (por email), que depois poderiam, se assim desejarem, postar os comentários aqui no blog com as devidas senhas! Dessa forma, se preservaria a intimidade deles e só você saberia quem teria sido apoiado! O que você acha da proposta? É viável?

    Vera Ribeiro - Guaxupé

    ResponderExcluir
  50. Pessoal eii não amaldiçoem o governador pois maldição volta para gente! ABENÇOE!Eu abençoei pessoas que tramaram contra mim e hoje eles passam por "situaçoes piores pelas quais eu passo"(SITUAÇOES ESSAS TEMPORÁRIAS NO TEMPO DE DEUS)! Eu fiz 112 dias de greve e não fiquei sem dinheiro nem um dia! Nesse mêS em vez de vir zerado O "CONTRACHEQUE" veio com 770 reias devido a liberação de bienios atrasados visto que eu retornei ao VB( VENC. BÁSICO)Eu tenho orado para o governador e pedindo bençãos para ele pois, quanto mais liberarmos bençãos Deus está observando se o FARAÓ do nosso século
    está na posição para recebê-las pois RECEBE QUEM LIBERA NÃO É MESMO? Mas sou solidária com as pessoas que não tem a fé que tenho! Pois sirvo a um Deus que é das causas impossíveis e já fui provada e aprovada por Deus! E jamais serei derrotada! Então, nesse batalhão de educadores sei que tem fiéis adoradores de Deus e que podemos ser porta vozes de VITÓRIA!Quem viver verá nossa vitória em JESUS! E gostaria que ao vercermos esta batalha fizessemos um culto de louvor e agradecimento á Deus pela vitória sobre o Faraó Mineiro! Já imaginaram o chão de B.H tremendo com aquela mesma multidão de 10 mil professores voltando para agradecer e não para reclamar? Pensem e façam esse voto pois será agradável para Deus! Pedi nesse momento ao Espirito Santo uma palavra na bíblia e saiu: "Porque daqui a bem pouco se cumprirá a minha indignação, e a minha ira para os consumir. Porque o Senhor dos exércitos suscitará contra ele um fragelo, como a matança de Midiã junto á rocha de Orebe, e como a sua vara sobre o mar, que contra ele se levantará, como sucedeu aos egípcios.

    E ACONTECERÁ NAQUELE DIA, QUE SUA CARGA SERÁ TIRADA DO TEU OMBRO,E O SEU JUGO DO SEU PESCOÇO: EO JUGO SERÁ DESPEDAÇADO POR CAUSA DA UNÇÃO. ISAIAS10 VERSOS 25,26,27

    Pessoal a CARGA DE FARAÓ(MINEIRO) SERÁ TIRADA DOS NOSSOS OMBROS!Se puderem ler todo o capítulo 10 de Isaias verão que diz ; "AI DOS QUE DECRETAM LEIS INJUSTAS, E DOS ESCRIVÃES QUE ESCREVEM PERVERSIDADES PARA PREJUDICAREM OS POBRES EM JUIZO, E PARA ARREBATAREM O DIREITO DOS AFLITOS DO MEU POVO,PARA DESPOJAREM AS VIÚVAS E OS ÓRFÃOS!"

    Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa. Números 23:19 e igualmente podemos ver em êxodo 20:16 Não dirás falso testemunho contra o teu proximo.
    VEMOS NOSSO GOVERNADOR PORTADOR DE FALSO TESTEMUNHO CONTRA NOSSA CLASSE! A BATALHA AGORA É COM DEUS AMIGOS FIQUEM TRANQUILOS SE VOCES NAO TEM FÉ EU TENHO POR VOCÊS. E SE CONCORDAM COM O QUE EU DISSE ORIENTADA PELO ESPÍRITO DE DEUS TODOS OS QUE POSTAREM ALGUM COMENTÁRIO APÓS O MEU DIGAM "AMÉM!". E AÍ VCS PODERÃO POSTAR O QUE QUISEREM FAÇAM ISSO NÃO ESQUEÇAM QUE DEUS É FIEL!
    DEUS ABENÇOE TODOS VOCÊS!AMÉM! ATÉ A NOSSA VITÓRIA PESSOAL QUE É DA VONTADE DE DEUS!
    MARLI G.V

    ResponderExcluir
  51. AlÔ, SindUte!
    Queremos notícias! Por que tanta morosidade?
    Quem é ansioso, nessa hora, morre!
    Esperar por notícias no Blog da Bia? Só á noite!
    Que TARDANÇA!

    ResponderExcluir
  52. Ler o ato no 110 vale a pena ver a resposta da PGR a ADI 4167 O PISO ESTA CADA VEZ MAIS PERTO.

    http://redir.stf.jus.br/estfvisualizadorpub/jsp/consultarprocessoeletronico/ConsultarProcessoEletronico.jsf?seqobjetoincidente=2645108

    ResponderExcluir
  53. Euler, tirando a Bia penso que o restante do Sind-UTE(sede) é todo inoperante, com raríssimas exceções. Penso que todos por lá são terceirizados inclusive, e porque não dizer principalmente, o setor "MORTO" jurídico.
    "Se for verdadeira esta suposição acho que deveriam cancelar o contrato com esta empresa terceirizada e contratar um bom assessor de imprensa" - CONCORDO PLENAMENTE. Beatriz Cerqueira tem que ter assessores a altura do seu brilho. Espero que a reunião com a CONTE de todos os jurícos ontém tenha sido nessa direção porque ao que parece os advogados nossos, estão defendendo os GOVERNOS. Eles põe um porém em tudo que propomos, quando não deixam passar os prazos processuais por inoperancia total. Nossa categoria precisa de advogados agéis e que atuem com afinco para nos garantir vitórias.

    ResponderExcluir
  54. Por sugestão do colega que pesquisou no site do STF (que até ontem de madrugada não tinha disponibilizado o inteiro teor do parecer da PGR):

    Pessoal da luta, acabo de ler a parte final do parecer da PGR contra os embargos dos desgovernadores em relação ao acórdão da ADI 4167. São 22 páginas e pude ler rapidamente somente algumas, pois estou de saída agora. Maravilhoso! A PGR sustenta tudo o que nós já dissemos aqui em relação ao falso argumento da LRF, e também em relação à questão da ajuda da União, caso o governo disser que não tem recursos.

    Uma pena que em Minas não exista Ministério Público. O órgão federal dá um banho nestes desgovernos regionais.

    Vou ler com mais calma depois. Quem tiver interessado basta ir direto ao link abaixo, clicar em "ver peças eletrônicas" e abrir o item número 110.

    Link:

    http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=2645108

    Um forte abraço, rumo ao piso que é nosso direito!

    À brava colega Vera, de Guaxupé. Estou à disposição para ajudar no que for preciso. Se alguém quiser pedir ajuda diretamente no meu e-mail, detalhando a forma de ajuda farei o possível para encontrar uma solução junto com vocês, sem revelar nome de ninguém, claro.

    Um forte abraço e força na luta!

    Meu e-mail: euler.conrado@gmail.com

    ResponderExcluir
  55. Olá Euler.
    Não estou passando fome, mas estou em uma situação calamitosa. Estou com quase todas às minhas contas atrasadas.
    Só tenho dinherio para pagar passagem para trabalhar até amanhã. Nos próximos dias conto com as bençãos de Deus.
    Choro toda a vez que lembro dessa situação.
    Penso que todos nós professores estamos nos sentindo humilhados com a falta de dinheiro e também com o descumprimento de leis básicas previstas na nossa constiuição, como direito de greve, direito a uma vida digna, alimentação,...

    Espero que o sindicato seja mais firme e se imponha, pois quem como eu fez 100 e tantos dias de greve está passando muitas privações e necessidades!!!
    Sinto-me envergonhada com esta situação!

    Mas vou ficar com a palavra da Marli acima:
    "AI DOS QUE DECRETAM LEIS INJUSTAS, E DOS ESCRIVÃES QUE ESCREVEM PERVERSIDADES PARA PREJUDICAREM OS POBRES EM JUIZO, E PARA ARREBATAREM O DIREITO DOS AFLITOS DO MEU POVO,PARA DESPOJAREM AS VIÚVAS E OS ÓRFÃOS!"

    ResponderExcluir
  56. GRAÇA:

    Boa tarde Prof.Euler,

    Lendo os comentarios não há como não se indignar diante da situação de penúria de nossos colegas.
    A questão é complicada, voce esta certo,o sindicato não teria como distribuir a ajuda a nivel estadual. É preciso que em cada cidade, independente do sindicato, um grupo se organize e encontre formas de ajudar os mais necessitados.Abrir uma conta seria viável, desde que houvesse como distribuir os recursos, como comprovar os gastos, etc etc.

    Sobre os demais comentários, penso ser importante refletir:

    1. O prof Romeu de Caratinga esta certo. Precisamos sim de uma organização oficial para defender nossos interesses e nos representar em todas as instancias e para tal,é preciso que a organização seja forte, bem estruturada e independente, sem vínculos com partidos politicos. Estou pronta para ajudar!

    2. Sobre o comentário do colega João Paulo, discordo e explico o motivo: As marchas não são contra o governo federal e não são coordenadas pelo PSDB, preste bem atenção e verá que as marchas estão eclodindo por todo o planeta e comprovam o o descontamento do povo com a realidade perversa do sistema. Só para lembrar: No caso da educação, o governo do PT, age tal e qual o PSDB. É só ver o que alega o governado do RGS, Tarso Genro do PT, para não pagar o piso.Isso é só um exemplo.E tem mais, pq a CNTE, a Cut ficaram tão timidas durante nossa greve???? Para para pensar!!!!!

    3. Beatriz esta dando o máximo e merece todo nosso respeito. Porém, já é mais que hora de se reestruturar o site, agilizar as informações e permitir a participação dos associados " on line full time."
    Alguem sabe informar quantos funcionários e quantos advogados trabalham na sede do Sindute em BH?

    E por ultimo, sera possivel organizar grpos para se revezarem, amanha dia 20, na Assembléia e na festa de entrega da medalha á Ivete? Oportunidade imperdível, a midia toda estará lá!

    ResponderExcluir
  57. Euler e companheiros, com relação a indicação do(a) colega das 15:10, vale a pena ler especificamente o parágrafo 40 da decisão da PGR:
    no qual diz:
    " 40 No mais, não subsistem as alegações quanto a eventual descumprimento dos limites de gasto com pessoal estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, visto que a mesma lei traz regras que excepcionam os pagamentos devidos em razão judicial"

    Nos parágrafos abaixo, ainda deixa explícito que todos os estados tiveram tempo para se adaptar a lei e seu "cumprimento deve ser imediato (deveria ter começado na data da publicação da ata do julgamento)"...

    Então combativos(as) colegas não adianta o desgoverno de Minas vir com a proposta de escalonamento e argumento de que a Lei de Responsabilidade Fiscal não permite, o Piso é nosso por direito.
    Companheiros(as) vamos manter firmes mais do nunca nossa mobilização!

    Grande abraço!!!
    Sem Salário a mais de 50 dias, mas nunca irei perder a esperança a vontade/capacidade de lutar!!

    ResponderExcluir
  58. Euler participei de toda a greve desde o dia 08/06 no inicio meus colegas entraram firme na luta mas quando pode contratar professores tampoes eles desistiram e voltaram fiquei sozinha até o dia 29/09 pois como professora de historia nao poderia ficar de fora desse movimento.
    Eu li sobre o que vc escreveu q agreve virá mais forte nao é isso que eu acho pois infelizmente o nosso sindicato tem um juridico muito fraco o q estou assistindo sao reunioes vazias sem nada de concreto é o governo impondo e o sindicato obedecendo e demorando para postar os resultados deixando todo mundo agoniado nao sei se enfrentaria isso de novo sabendo que a derrota é eminente. Estou me sentindo um pouco igual a mulher do Gerard Depardieu no filme Germinal que lutou muito e acabou voltando a trabalhar nas minas burguesas. Estou muito decepcionada pois nao acho q a greve tinha q ter terminado, voltamos sem o piso e estamos sendo pisados, humilhados pelos pelegos q estao com salario e cumprindo igual carneirinho a reposição imposta pelo governo. O mais triste de tudo q eu ainda nao comecei a reposição aguardando uma resposta do sindicato e o pessoal da subsede de Joao Monlevade a qual pertenço já estao repondo estou me sentindo numa torre de babel. Nem o pessoal do proprio sindicato confia nele, acho q vou me desfiliar e virar pelego pois essa tal dignidade nao existe pelo menos no magisterio. a unica alegria minha foi com assinatura do acordao no mais foi só paulada, sindicato fraco, juridico frouxo e professores humilhados nao precisa de mais nada.

    ResponderExcluir
  59. O BMG não para de me ligar! Como não tive "margem" (nem salários) eles não puderam descontar empréstimo!
    Da última vez falei com a moça para ir cobrar do Anastasia, pois era ele quem estava com meu salário.

    SAFADEZA

    carolina
    BH

    ResponderExcluir
  60. Só uma coisa que me deixa intrigado (para não dizer zangado). Nas reuniões da comissão tripartite, participaram 04 deputados da oposição e quatro representantes do sindicato. Será que não dava para estas oito pessoas baterem o pé e dizerem: Não saímos daqui sem um salário garantido para outubro, pois tem educador passando necessidades de sobrevivência. Ou vocês aprovam alguma coisa sobre isso ou nós vamos direto para a imprensa internacional denunciar o descaso, a crueldade e a humilhação a que os educadores estão sendo submetidos em Minas. Afinal, a comissão é para negociar ou é para aceitar tudo o que o governo diz???

    ResponderExcluir
  61. Boa tarde a todos os amigos do NDG/NDE

    Concordo com o Romeu de Caratinga, precisamos sim organizar uma associação como forma de consolidação de nossa unidade, embora os 112 dias de greve já se encarregaram de promover essa coesão, que precisa ser solidificada. Acredito que uma associação seria o caminho.
    Outra coisa que acredito mesmo é a criação do PEB - Partido dos educadores brasileiros. Por que não Charlotte, se outros professores nos traíram, não significa necessariamente, que todos nos trairão. Essa é uma sentença descabida, desculpe-me. Eu elegeria a Beatriz, o comandante Euler e muitos outros colegas que têm manifestado nesse blog como, por exemplo, o próprio Romeu, o Cleiferson, o João Paulo Ferreira, o comandante Martinho, o tiopaul, o Odair José, a educadora mineira (desculpe-me pela falta das patentes, eu as confundi rsrsrs) e tantos outros por essa Minas Gerais e pelo Brasil.

    SERÍAMOS LEGITIMAMENTE REPRSENTADOS.

    TEMOS DE PENSAR NESSA POSSIBILIDADE SIM E URGENTE.

    Abraços

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  62. Euler você está mais que certo!

    Parabéns pela Lucidez

    "Só uma coisa que me deixa intrigado (para não dizer zangado). Nas reuniões da comissão tripartite, participaram 04 deputados da oposição e quatro representantes do sindicato. Será que não dava para estas oito pessoas baterem o pé e dizerem: Não saímos daqui sem um salário garantido para outubro, pois tem educador passando necessidades de sobrevivência. Ou vocês aprovam alguma coisa sobre isso ou nós vamos direto para a imprensa internacional denunciar o descaso, a crueldade e a humilhação a que os educadores estão sendo submetidos em Minas. Afinal, a comissão é para negociar ou é para aceitar tudo o que o governo diz??? "

    ResponderExcluir
  63. EULER,
    QUAL A POSSIBILIDADE DE CRIARMOS VIA SINDICATO UM FUNDO DE GREVE? JÁ QUE O ESTADO ESTÁ USANDO DO CORTE DE PONTO PARA PODAR ESTE NOSSO DIREITO ASSEGURADO NA CONSTITUIÇÃO.
    ALGO PRECISA SER FEITO.
    GILSON.

    ResponderExcluir
  64. Euler,

    VAMOS FUNDAR O CANAL DE COMUNICAÇÃO NA INTERNET DA EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS E NO BRASIL.

    Vamos agilizar esta nova empresa de comunicação.

    Que tal a emissão de 2.000 cotas de R$10,00 (dez reais) cada, com pagtos em depósitos identificados e em seguida você emitiria o certificado de participação.

    Deverá ser limitado o número de cotas por participantes, para evitar a propriedade absoluta e formação de de maiorias.
    Queremos uma empresa democrática.

    Deverá ser feito um estatuto com as condições previamente divulgadas:

    - Regras gerais;
    - N° máximo de 20 cotas ou 1% por participante em cada etapa de capitalização;
    - Cadastro;
    - Emissão de certificado;
    - Acompanhamento legal, etc...

    Daqui a 2 (dois) meses emitiria mais uma remessa de 2.000 cotas com preferência para quem já seja portador, com as mesmas proporções definidas.

    E daí a mais 2 (dois) meses uma última capitalização com os mesmos requisitos anteriores.

    Dentro de 5 a seis meses aproximadamente totalizaríamos um montante de R$60.000,00 (sessenta mil reais) para iniciarmos o negócio.
    Imagino que seja suficiente para montar toda a estrutura exigida pela empresa.

    *** Pense nisto com carinho.

    QUEREMOS SER SEUS SÓCIOS NESTE INVESTIMENTO.

    Steve Jobs começou seus negócios em um garage.
    Uma boa ideia vale milhões.
    Nós acreditamos em você.

    ResponderExcluir
  65. Anastasia não é governador é sim um ditador, desgovernador como ele tem coragem de fazer uma crueldade, uma desumaqnidade como esta com os proessores!!!

    ResponderExcluir
  66. A imprensa por acaso se importa conosco?

    ResponderExcluir
  67. O que mais me deixa triste é saber que alguns professores voltaram para o subsídio porque não aguentaram a pressão causada pelo confisco e ainda deram a desculpa de que está chegando o décimo terceiro. Como alguns ainda pensam pequeno!

    ResponderExcluir
  68. Ninguém tem notícia da reunião da manhã com a see. Tão dizendo na escola que os tampões foram demitidos. Alguem tem alguma notícia?

    ResponderExcluir
  69. Pessoal, o BMG não me dá sossego.Já mandei cobrarem do Abreu,se ele não pagar,nem eu! Falam aqui prá não ficar criticando o sindicato,mas como a gente fica? Só vou repor depois de negociarem e essa enrolação tá me dando nos nervos! Até agora nada de solução e so adiam.Prá piorar ainda querem a nossa paciência.Alguém pode me informar aonde consigo mais paciência,pois a minha já esgotou,junto com as moedinhas do cofre!!!!!!
    NOTÍCIAS SINDICATO,RÁPIDO,POR FAVOR!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  70. Como é possivel um professor herói receber uma miseriaq de salario enquanto um deputado bandido recebe mais de 10 mil reais por mes?

    Ninguem sabe pergunte ao ditador anastasia quem sabre ele responde, claro que nao pois ele nao ta nem ai para a eduacação ele so quer pensar no seu bolso.

    Queria aproveitar para dizer a professora 'IZABEL-GEOGRAFIA' OBRIGADO POR TER ME OBRIDO OS OLHOS SOBRE A REALIDADE EM QUE VIVEMOS ADORO VC!!!!

    Vamos continuar lutando contra a ditadura em Minas Gerais, chega de injustiça, chega de impunidade.


    Vamos lutar e apoir cada vez mais os nossos heróis professores que estão apenas lutando por justiça!!

    ResponderExcluir
  71. "FORA ANASTASIA
    FORA DITADOR
    FORA ANASTASIA
    FORA DESGOVERNADOR"

    Vinicius-Aluno

    ResponderExcluir
  72. João Paulo Ferreira de Assis19 de outubro de 2011 17:03

    O movimento mundial é contra o neoliberalismo. Este do Brasil, é para fazer os neoliberais voltarem ao poder. O movimento que a elite de São Paulo está promovendo é contra o governo da Presidenta Dilma. É contra nós todos. Se eles ganharem, vocês acham que o nosso Piso salarial estará garantido? O Movimento Occupy Wall Street, tem objetivos totalmente diferentes. O Movimento contra a corrupção, se diz apartidário, mas experimente comparecer a ele com faixas contra o Anastasia. Aconselho a professora que discordou de mim a não embarcar nessa canoa furada. Se ela levar uma faixa denunciando o Anastasia, ela pode ser até hostilizada pelos repórteres, como os jovens que estavam com umas faixas contra o governo paulista ouviram o destampatório da Veruska Donato, que só faltou chamar a Polícia para eles.

    Nós temos, sim, que orientar os nossos alunos a não se deixarem iludir com essas marchas contra a corrupção, pois elas são contra o governo federal.

    ResponderExcluir
  73. Caro Sub-Comandante Euler e demais companheiros,

    O "Anônimo de 19 de outubro de 2011 15:42" fez a leitura do parágrafo crucial para a nossa causa. O parágrafo 40... Mais eu adorei o parágrafo 43 sobre o ordinário EFEITO RETROATIVO e o CUMPRIMENTO IMEDIATO...

    Item 110:
    http://redir.stf.jus.br/estfvisualizadorpub/jsp/consultarprocessoeletronico/ConsultarProcessoEletronico.jsf?seqobjetoincidente=2645108

    A nossa vitória será mais saborosa que pensávamos...

    Abraços e Força na luta!

    Paulo Andrade - Barreiro-BH

    ResponderExcluir
  74. O colega João Paulo tem razão sobre a campanha contra a corrupção no Brasil: ela é dirigida exclusivamente contra o governo federal e nada dizem dos corruptos regionais. É bem diferente dos indignados e dos acampamentos nos EUA contra o neoliberalismo e o sistema financeiro.

    Não se compara também com a mobilização dos estudantes e demais setores sociais oprimidos no Chile, ou dos protestos na Grécia, na Espanha, na Inglaterra, na Itália, etc.

    Aqui, uma parte da esquerda está no poder administrando a máquina do estado em favor dos banqueiros; e a oposição de direita - PSDB e DEMO - usa o falso moralismo contra a corrupção para tentar tomar o governo federal.

    Os verdadeiros movimentos dos de baixo, no Brasil, são os dos educadores, dos sem-terra, dos sem-teto, das categorias em greve, etc.

    Um forte abraço a todos. Volto mais tarde, pois agora tenho que ir para a escola, e infelizmente sem saber nada sobre a suposta reunião do governo com o sindicato. Nada poderei dizer aos meus colegas de escola, do porteiro à cantineira, passando pelos colegas professores, todos querem saber das novidades, se houve algum avanço - e sobretudo quem fez greve - se haverá algum pagamento em outubro.

    Mas, temos que esperar pela boa vontade dos diretores do sindicato que não conseguem agilizar as informações em tempo real, coisa que hoje, com a tecnologia que temos, é difícil entender como podemos ser tão lentos para informar uma categoria que está espalhada por todo o estado.

    Um forte abraço, força na luta, voltamos depois das 22h.

    Euler

    ResponderExcluir
  75. Meu diretor disse estar indignado pela minha atitude em relação a esperar o resultado das negociações entre o governo e o sindicato. Disse que não sabe como eu ensino aos meus alunos ideologia, se eu me deixo ser alienado pelo sind-ute, se quase todos os outros professores já declararam fim da greve e estão repondo as aulas que motivo me leva a recusar-me à reposição.
    Eu disse a ele que como filósofo formado em univeridade federal que diz ser, ele deveria lembrar, se não faltou a essa aula, que um historiador não deve cometer o mesmo duas vezes, pois o passado nos ensina, e como ele sabe em 2003 ele que estava na educação fez greve e não recebeu devido ao erro de repor aulas sem antes receber. Quanto à alienação eu realmente seria alienado se me COLOCASSE COMO MUITOS À DISPOSIÇÃO DAS IMPOSIÇÕES do desgoverno de minas, assim como ele, sem antes questionar meus direitos, mas apenas acatar suas ordens como deveres inquestionáveis.

    ESTOU MUITO TRISTE COM O SILÊNCIO DO SINDICATO, POIS FIQUEI DE DAR UMA RESPOSTA AO MEU DIRETOR FILÓSOFO, SOBRE A REPOSIÇÃO, EM UMA REUNIÃO QUE INICIA AGORA ÀS 17:30 E ESTOU INDO SEM NEHUM PARECER.

    Mauro ndg de caratinga.

    ResponderExcluir
  76. Boa tarde a todos os amigos.

    A todos os meus alunos e, em especial a você Vinicius, pela seriedade e criticidade com que está conseguindo olhar para nossa luta.
    Sinto-me orgulhosa por vê-los como protagonistas das possíveis futuras mudanças políticas e sociais.
    NUNCA DEIXE DE INDIGNAR COM AS INJUSTIÇAS SOCIAIS.

    VOCÊS SÃO A NOSSA MOTIVAÇÃO.

    Amo vocês.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  77. Caríssimo Euler,
    Li todo o parecer da Procuradora Geral da República(Deborah Macedo Duprat Britto Pereira, onde a mesma rejeita todos os embargos de declaracão dos 4 estados e rejeitou o agravo do Desgovernador do RS.Tem como trocar isso em miúdos para a gente? segundo esse parecer o piso deve ser pago a partir de quando? e o que seria essa Retificacão das inexatidões materiais apontadas? Tem algum jurista que possa nós explicar esse parecer da PGR?
    Sei mesmo sendo leiga que ele foi bom para nós, mais não sei até onde.
    Obrigada se alguém bem entendido em direito me explicar e aos demais colegas, essas questões.
    Denise BH

    ResponderExcluir
  78. Ao anônimo(a) das 10:23 de hoje:

    "Choro o dia inteiro, pois minhas contas chegam e eu que nunca tive nome no SPC, agora terei!

    Almoço pão com manteiga, porque não tenho dinheiro nem para pagar um PF. Ando mais de 4km por dia para ir a escola.

    Estou muito triste e minha vontade e ir a um psiquiatra e não voltar nunca mais para a educação."

    Me intristeci com seu sentimento de tristeza!
    Não quero que você fique assim, nem que vá ao psiquiatra e muito menos que deixe a educação! Não por este motivo! Fique forte e persista!

    Gostaria de lhe proporcionar uma ajuda.

    Para isto, preciso lhe identificar!Você concordaria? Você poderia responder por aqui no Blog e depois se identificar através do email do Prof. Euler, o qual tenho contato.

    Um forte abraço, força e paz no seu coração!

    Ps.: Estou postando como anônimo, por motivo óbvio.

    ResponderExcluir
  79. Euler,

    VAMOS FUNDAR O CANAL DE COMUNICAÇÃO NA INTERNET DA EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS E NO BRASIL.

    Vamos agilizar esta nova empresa de comunicação.

    Que tal a emissão de 2.000 cotas de R$10,00 (dez reais) cada, com pagtos em depósitos identificados e em seguida você emitiria o certificado de participação.

    Deverá ser limitado o número de cotas por participantes, para evitar a propriedade absoluta e formação de de maiorias.
    Queremos uma empresa democrática.

    Deverá ser feito um estatuto com as condições previamente divulgadas:

    - Regras gerais;
    - N° máximo de 20 cotas ou 1% por participante em cada etapa de capitalização;
    - Cadastro;
    - Emissão de certificado;
    - Acompanhamento legal, etc...

    Daqui a 2 (dois) meses emitiria mais uma remessa de 2.000 cotas com preferência para quem já seja portador, com as mesmas proporções definidas.

    E daí a mais 2 (dois) meses uma última capitalização com os mesmos requisitos anteriores.

    Dentro de 5 a seis meses aproximadamente totalizaríamos um montante de R$60.000,00 (sessenta mil reais) para iniciarmos o negócio.
    Imagino que seja suficiente para montar toda a estrutura exigida pela empresa.

    *** Pense nisto com carinho.

    QUEREMOS SER SEUS SÓCIOS NESTE INVESTIMENTO.

    As oportunidades que não aproveitamos outros as aproveitarão.

    Steve Jobs começou seus negócios em um garage.
    Uma boa ideia vale milhões.
    Nós acreditamos em você.

    ResponderExcluir
  80. "NUNCA TROQUE O QUE MAIS QUER NA VIDA, PELO QUE MAIS QUER NO MOMENTO."

    ResponderExcluir
  81. Euler, sugiro a todos que a partir de janeiro do ano que vem iniciemos um fundo de greve, os professores poderiam doar de R$ 5,00 a R$ 10,00 ou até mais por mês para garantirmos nosso sustento em futuras greves. Infelizmente, enquanto esse ditador estiver no comando, muitas greves teremos que fazer.

    ResponderExcluir
  82. Elaine professora com muito orgulho19 de outubro de 2011 18:33

    Oi,educador Euler,sou educadora e lenciono a matéria História como você,admiro sua conciência política, e acredito que você tenha colaborado muito para nossa luta, que é dura, mais honesta.Sobre o seu post, concordo com você, e acho que Anastácia,é insensato e tolo por não valorizar a nossa classe,somos formadores de opinião,podemos sim através da educação,formamos pessoas mais conscientes que políticos como ele,não merecem nossa confiança e não podem nos governar.Elaine Caratinga

    ResponderExcluir
  83. como são hipócritas esses pau mandado do ditador... viram agora na tv assembléia? o deputado Bechir falando que acha melindroso fazer uma audiência pública para discutir interesses da polícia militar. Como se aquele espaço fosse privado ou que sabe, de propriedade dele. Burro!!!!!Será que está com medo, depois da nossa presença naquela casa?Nos aguardem Bechir, João Leite, esse tal de Mourão, Gustavo Correia e outros mais. Pra aqueles que pescam votos aqui no vle do Jequitinhonha, podem ter certeza, as coisas já estão mudando,nos aguardem...

    ResponderExcluir
  84. Minas está vivendo politicamente como no início do século XX, prevalece aí os interesses fisiológicos garantindo o patrimõnio das oligarquias, amparadas pelas relações promíscuas de seus cabos eleitorais atrelados aos interesses dos "CORONÉIS".

    O nosso atual governador deve estar ensandecido pelo "PODER", e vem repetindo a famosa frase de Luís XIV, "O ESTADO SOU EU".

    ResponderExcluir
  85. Propaganda do governo:levar a energia do Sol para o Mineirão.
    E para os professores? Eles merecem toda a energia do Sol e de todas as estrelas.
    A vitória está próxima.

    ResponderExcluir
  86. Ô colegas, essa cambada de canalhas, capachos do governador que me recuso a chamar de deputados deveriam ter vergonha de aceitar condecorar Ivete no dia 20. O governador tudo bem que não tem vergonha na cara, ele já mostrou a que veio, mas essa corja deveria ser contra e condecorar os profissionais da educação e outros servidores também que sobrevivem com esse salário de miséria e passam por toda essa humilhação de cabeças erguidas. Talvez seja porque eles acham que não sabemos levantar poeira como ela, mas dia 20 vamos mostrar a eles quem somos nós.no ano que vem e em 2014 vamos arrebentar a boca do balão.
    EULER por favor guarde todos os vídeos e documentos possíveis vamos precisar para refrescar a memória dos companheiros.
    Abraços

    ResponderExcluir
  87. Salário zero... e pra alguns, corte do ipsemg também viu!!! Eu tenho uma cirurgia agendada para o dia 26 agora, e infelizmente não sei se irei conseguir fazê-la, pois, quando fui usar a carteirinha, encontrei ela bloqueada. Já falei em todos os setores possíveis e nada de resolver. Acredito que só com liminar, pois era uma cirurgia já marcada, e o desconto que é bom... vem no contracheque depois como Atraso!

    ResponderExcluir
  88. Boa noite guerreiras(os).

    2012 é ano de eleição dos cabos eleitorais(vereadores e prefeitos)de 2014,temos muito que trabalhar,vamos verificar o que estes fizeram a favor do povo,chega de enganação.E O PISO ALGUÉM VIU???
    Lutar sempre.
    josé Henrique

    ResponderExcluir
  89. Amém!Amém!Amém! Para o comentário da Marli de GV.
    Penso como você. Acrescento que os 112 dias de greve só foram possíveis porque DEUS segurou a todos no seu colo.
    Já disse outras vezes que esta greve é de DEUS. E continuo achando. Então vamos orar cada um no seu credo. O sindicato, os da linha de frente, todos nós precisamos saber que DEUS usou as pessoas e os fatos que foram precisos para que a greve tivesse o percurso que teve.DEUS está à frente das negociações.
    Não sejamos descrentes. Ainda vamos comemorar o pagamento do PISO SALARIAL. Nesta hora vamos louvar o senhor , a sua misericórdia e justiça.

    ResponderExcluir
  90. Caro Euler,

    Alguns companheiros no blog deram a ideia de unirmos para ajudarmos os colegas que estão em maiores dificuldades.

    Gostei da ideia e me coloco à disposição.

    Se alguém puder abrir uma conta e nos passar o número.

    Também estamos na greve desde o início, mas temos como nos virar com os parentes.

    Por isso, vamos todos mostrar a nossa solidariedade.

    Unidos na alegria e na dor
    Mas sempre valorizando o amor,
    O amor que tudo pode,
    Que nasce da irmã caridade.

    Um grevista de Uberlândia

    ResponderExcluir
  91. Prezada Marli G.V.

    Amém!!!! Eu também creio! Deus proverá em nome de Jesus!Glória a DEus pela sua vida e pelas suas palavras...
    Abraços pra você e leitores deste blog: Jesus os abençoe!

    ResponderExcluir
  92. CARO EULER,
    MUITO OBRIGADA PELAS PALAVRAS. SEI QUE EM MUITO VOCÊ SE LEMBROU DE MIM. MUITO OBRIGADA. TENTO PASSAR PELO TRABALHO SEM FAZER MUITO ALARDE AFINAL DESCOBRI QUE TENHO MAIS COMPANHEIROS AQUI NO BLOG DO QUE DENTRO DA ESCOLA. SÓ ENCONTRO FORÇAS AQUI, COM SEU CARINHO, SEI QUE ANTES DE TUDO, O QUE TE MOVE, É O AMOR AO PRÓXIMO. DEUS O ABENÇOE, ORO A DEUS POR VOCÊ.É COM LÁGRIMAS QUE LEIO ESCREVO AQUI. OBRIGADA.

    KELLEM, MONTES CLAROS

    ResponderExcluir
  93. Euler,
    Saiu as noticias da reunião da Bia com a Gazola e o Noronha. Esse povo não tem coracão mesmo. Gente ruim é foda....
    Voce viu a discriminacão entre os funcionários comuns das escolas e sobre quem fez greve nas SRE s??? Muito desaforo. 2 pesos e duas medidas Euler.
    Temo que o mesmo aconteca na hora do piso. Esse pessoal só vai querer pagar para os professores.., ignorando a propria lei estadual que trata das 8 carreiras na educacao.
    nossa luta devera ser' PISO PARA OS 153 MIL QUE OPTARAM PELO VENCIMENTO BÁSICO, CONTRA O FAMIGERADO SUBSIDIO.
    Ashley

    ResponderExcluir
  94. Euler
    É uma mistura de indignação e desesperança, penso que o "saco de maldades" do governo já se esgotou, ou não? Talvez tenhamos que repensar nossa forma de luta.Dar aula um ou dois dias na semana, ou cumprir o horário na escola para não dar o prazer do governo cortar nosso salário nem contratar os substitutos, não sei o que é legal ou possível, mas o que não dá é fazer uma greve, maravilhosa por sinal, de 112 dias e voltar para a sala de aula nessa situação de penúria, não dá!

    ResponderExcluir
  95. Euler, meu caro, quanta saudade! Quem merece Gazzola como Secretária da Educação? Ela não gosta de professores, muito menos de crianças, adolescentes. A tristeza que ela vem espalhando repercute dentro de sala. E ela continua fingindo que não vê. Precisamos de uma Secretária que entenda e sinta a educação de modo diferente, com a alma. Simples assim. ABC

    ResponderExcluir
  96. Meu grande amigo Euler,

    Permita-me iniciar um debate fraterno com os companheiros e companheiras que defendem a criação de um Partido de Educadores.

    Longe de mim vir com sectarismo e dogmas...

    Mas vamos lá!

    Essa semana estou relendo a obra "Fundamentos do Leninismo" de Stalin.
    É isso mesmo gente, mais calma! É sem sectarismo de ambas as partes, rsss.

    Para iniciar o debate fraterno gostaria de deixar um pensamento de Stalin que está no capítulo "PC - Vanguarda da Classe Operária".

    "O Partido tem que ser, antes de tudo, o destacamento de vanguarda da classe operária. O Partido tem que incorporar em suas fileiras a todos os melhores elementos da classe operária, assimilar sua experiência, seu espírito revolucionário, sua abnegação sem limites pela causa do proletariado. Mas para ser um verdadeiro destacamento de vanguarda, o Partido tem que estar aparelhado com uma teoria revolucionária, com o conhecimento das leis do movimento, com o conhecimento das leis da revolução. Sem isto, não terá forças bastantes para dirigir a luta do proletariado, para conduzi-lo atrás de si. O Partido não pode ser o verdadeiro Partido se se limita a registrar o que vive e o que pensa a massa da classe operária, se marcha a reboque do movimento espontâneo desta, se não sabe vencer a inércia e a indiferença política do movimento espontâneo, se não é capaz de elevar-se acima dos interesses momentâneos do proletariado (Euler grifa essa parte pra nós..rsss), se não sabe elevar as massas ao nível dos interesses de classe do proletariado. O Partido tem que marchar à frente da classe operária, tem que ver mais longe que a classe operária, tem que conduzir atrás de si o proletariado e não marchar a reboque da espontaneidade.

    O partido tem que ser da classe e não de segmentos da classe.

    Um forte abraço,
    Rômulo

    ResponderExcluir
  97. Fico pensativa quando leio comentários achando que o sindicato está inoperante.
    Pelo amor de Deus, vocês não travaram esta batalha?
    Não viram a imprensa vendida, a promotoria comprada?
    Não viram o apelo à presidenta, à OIT, à ministra, aos senadores, às instâncias máximas do país?Até o STJ foi contra nós.
    O que esperam é um milagre. O sindicato bater o pé e o governo atender.
    Vocês não conhecem o governo que tem?As suas secretarias?
    Só DEUS nos dará esta vitória que está perto de acontecer.
    Devemos ter calma. Aquilo que é postado pelo sindicato ou pelo blog da Beatriz tem que ter consistência. Eles não podem simplesmente ficar em informes extra-oficiais. Por isso é essencial a cautela, o cuidado com as informações. Mesmo porque nós não aceitamos “erros” de informações postadas por estes, ou estou errada?
    Ah corram lá que a Bia acabou de postar!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  98. Viram o horário que a reunião do sindicato acabou?
    Às 19:30.Como ter informes antes?
    Cautela, cautela,cautela.Nosso sindicato hoje é orgulho para os demais sindicatos do Brasil.Reconheçamos isto!(Não sou do sindicato e nem idolatro a Beatriz Cerqueira,apenas sou justo)

    ResponderExcluir
  99. Contem comigo. Excelentes ideias - do professor Romeu, da Izabel/Geografia. RENASCEREMOS. Chega de esperarmos por valorização. Mostremos NOSSA FORÇA. Somos formadores de opiniões, afinal. Acreditemos mais em nós... PISO + VALORIZAÇÃO + UNIÃO DA CLASSE = RESPEITO .

    ResponderExcluir
  100. Pessoal! Temos que usar todas essas injustiças e desmascarar o PSDB. Ano que vem tem eleição e 2014 o playboyzinho será candidato. Temos provas o suficiente para desmascará-lo para todo o Brasil.

    ResponderExcluir
  101. Pessoal calma, esse processo de negociação está sendo osso, mas se ficarmos brigando entre nós mesmos e duvidando explicitamente da capacidade de negociação da Sind-Ute daremos mais força, ainda a este governo fascista e mentiroso.

    ResponderExcluir
  102. Olá, Euler e companheiros de luta.Fiquei comovida com os relatos de alguns companheiros nossos que estão passando por necessidades essenciais.Quero ajudar com o que for possível, mas para isso acontecer é preciso ter uma conta para depósito das doações.Pensem nisso o mais rápido possível.Ah,a Beatriz já postou o resultado da reunião de hoje no blog dela.Deem uma olhada lá.Um grande abraço.Professora Maria.

    ResponderExcluir
  103. Olá!!

    Chegou-me a encher os olhos, quase chorei. Confesso que fiquei emocionado. Li e reli todo o parecer. Deus é JUSTO! Vamos ver qual será a desculpa pra não pagar...Até que enfim um Parecer completamente a nosso favor!!

    ResponderExcluir
  104. Que tal cada um de nós nos dirigirmos à praça da opressão, montarmos um fogãozinho lá, cada um levar um pacote de macarrão, um pouco de carne moida, cebola, tomate, pimentão e fazermos um grande sopão para acabar com a fome dos professores por algumas horas?

    ResponderExcluir
  105. Gente, não é possível um ser humano, professor, trabalhando passando fome e ainda proibido de merendar na escola.
    Quebra tudo amiga, dá uma de doida que aí vc ou afasta ou se aposenta ou consegue um ajustamento funcional. Não dá prá ser NDG e aceitar isso não.
    Força na peruca viu? Tamos juntos...

    ResponderExcluir
  106. Pessoal

    Notícias sobre a reunião de hoje estão no blog da beatriz. acessem

    Prof. Romeu - Caratinga

    ResponderExcluir
  107. Minha esposa e eu somos professores eu no estado e ela no estado e município. Com o salário dela no município dá pro básico (não dá pra pagar todas as contas, mas necessidade não passamos). Mas tem colegas que só tem o salário do estado e eu não posso criticá-los quando dizem "nunca mais entro de greve".

    ResponderExcluir
  108. Tem notícias no blog da Beatriz. Inclusive a demissão dos prostitutos.

    ResponderExcluir
  109. Gostaria de lembrar que a idéia de fazer o Partido dos Professores foi minha como se pode verificar em posts anteriores e comunicar que como "mãe da criança" já até entrei em contato com colegas de classe envolvidos em políticas partidárias e eles amaram a idéia e vão colocá - la em ação sim . Vai ser "gestado" o PARTIDO DOS PROFESSORES DO BRASIL.

    ResponderExcluir
  110. Gostaria de saber se haverá uma equipe de professores para recepcionar (rsrsrs) a cantora Ivete Sangalo aqui em BH. Em qual horário acontecerá tal festejo?

    ResponderExcluir
  111. Deus seja louvado!LI o parecer do PGR ,tudo de bom!Principal,escalonamento o tempo exauriu e pagamento imediato do piso!E agora sua corja maldita,viram que fora de MG existem pessoas que não se vendem e nem aceitam coações.Vocês nos coagiram e nos humilharam e agora está chegando nossa vitória.Não porque querem nos pagar por merecimento nas porque serão obrigado a nos pagar sem escalonamento.Quem ri por último ri melhor!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.Se virem!

    ResponderExcluir
  112. REUNIAO DO GOVERNO NO DIA DE HOJE, SOBRE A REPOSIÇÃO, FALTAS GREVE, PAGAMENTOS, 13º E DESLIGAMENTO DOS SUBSTITUTOS.

    http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2011/10/19/interna_gerais,257012/definido-acordo-entre-governo-e-professores-sobre-faltas-durante-a-greve.shtml

    ResponderExcluir
  113. DA VONTADE DE ESFREGAR O PARECER DO PROCURADOR GERAL DA REPUBLICA NA CARA, NA CARA DAQUELE PROMOTORSINHO DE MEIA TIGELA,

    MUITO PALHAÇO O CARA!


    AFFF...

    ResponderExcluir
  114. Boa noite a todos(as)

    Prof. Romeu de Caratinga

    Novamente faço uso desse blog para me dirigir aos valorosos(as) companheiros(as) de luta. Gostaria de agradecer primeiramente à Profª Graça pelo apoio à criação de uma associação, porém, nobre colega, a associação não teria a incumbência prioritária de defender os interesses da categoria (para isso temos o nosso sindicato), mas, discutir interesses outros a partir da missão para a qual ela seria criada, ou seja, para colocarmos em prática tudo aquilo que foi aqui postado com vistas a um direcionamento político-partidário, com propósitos definidos e estratégias comuns visando ao bem estar da categoria em todos os sentidos.

    Quanto ao assunto da criação de um partido político também apoio a iniciativa e não acho impossível essa tarefa.
    Só não gostei da sigla - me perdoem - mas sugestiono outra que tenho comigo há alguns anos, em conversa com uma companheira, que hoje já não atua na educação(Kendroa), mas que nos ajudou e muito aqui na região. O nome sugerido é:
    PTE - PARTIDO DOS TRABALHADORES(AS) EM EDUCAÇÃO

    Sonhemos. Sonhar é preciso! Seria o partido de todos os educadores, pensem, em todas as redes: particulares, estaduais, municipais, distritais, autônomos(cursinhos), etc. Cada educador sendo esclarecido. Quantos votos tem um educador em sua família? Em sua comunidade onde ele atua ( conselhos, igrejas, associações de bairros, voluntários, etc e tal, existe um leque muito amplo que não consigo enxergar agora.

    Por último, não quero me alongar e ser chato, não posso esquecer que a sugestão do Prof. Euler de os diretores nas subsedes ligarem para as escolas é muito válida, farei isso amanhã mesmo, sugiro - a todos que se preocupam com a situação dos colegas e sabedores que somos de que eles precisam nesse momento é de um pouco de dinheiro para saldar contas de água, luz, aluguel e outras despesas - a todos que estão nos lendo (grevistas ou não) e estão nas escolas e sentindo a necessidade do colega ao lado, que vocês não se intimidem em fazer um "caixa" para ajudar, fazer uma cesta básica, etc.
    E principalmente àqueles que não fizeram greve de jeito nenhum, que se sensibilizem nesse momento e ajudem o irmão, a irmã que lutou por você e também por sua família. Lembrem-se disso!

    Abraço a todos(as). Amanhã haverá de ser melhor!

    ResponderExcluir
  115. O sindicato entao que nos perdoe... sem dinheiro,humilhados, sem informaçoes... nao ha coraçao de professor que resista...

    ResponderExcluir
  116. Anônimo. Boa noite Euler. Sei que são vários os assuntos a serem discutidos pelo SINDUT a respetio de nossa greve. Meu assunto talvez não agrade a muitos ,mas fazer o quê ?
    . Sou efetivado L100 ,me sinto de certa forma lesado ,pois somente com 06 aulas .Tenho mais de 15 anos no estado ,fomos pegos de surpresa.Sinceramente as vezes penso que isso me levara a loucura .Sera que este assunto também entrará ou será discutido com a secretária? Sei que somos muitos em tal situação .Se alguém souber de alguma coisa a respeito ,por favor divulgue aqui pra nos. OBRIGADO!!!!

    ResponderExcluir
  117. Revoltada e indignada com toda essa situação,nada acontece,tem reunião aqui e acolá,mas onde está a solução, onde estão nossos representantes. será que ele svão para essas reuniões sem argumentos para saberem nos defender.Fico aguniada de ver a situação de meus colegas,é isso mesmo que esse governador hipócrita quer que aconteça,quer que voltemos todos para o subsídio até dia 31/10. O que está me salvando é que moro perto da escola e meu marido trabalha,senão estaria em maos lençois,masDeus é grande e tudo se resolverá. Só,espero que se resolva a situação do piso antes do dia marcado,pois senão teremos uma debandada em massa para esse sistema. os prof. estão assustados e receosos com medo do piso não ser aprovado. Por favor Euller nos dê uma luz.

    ResponderExcluir
  118. Euller, boa noite.
    Gostaria que você explicase o seguinte trecho da ADI 4167, na Manifestação da PGR.
    "Os efeitos da decisão na fiscalização abstrata de constitucionalidade, operam a partir da publicação da respectiva ata de julgamento, desde que não haja - como não há no presente caso - pronunciamento da corte em sentido contrário."
    Qual seria a data desta ata? Seria a do início da ADI (29/10/2008)?
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  119. Euler por favor explique isso não entendi.No mês de dezembro haverá o pagamento, com o desconto de metade das faltas de setembro, mas também será feito o pagamento das reposições realizadas. O mesmo ocorrerá em janeiro. Será assim, se em setembro num total de 80 horas / aulas se tivesse trabalho todo mês, em outubro repôs apenas 20h/a então haverá um desconto no salário de dezembro de 20h/a porque não repus?

    ResponderExcluir
  120. Caro Euler, não temos direito a 1 mês de férias? Como ficaremos em Janeiro?
    Temos a opção de não repor sem sofrer um processo administrativo? No Blog da Beatriz está o resultado da reunião de hj, mas não fala a respeito.

    ResponderExcluir
  121. Caros colegas interessados em ajudar os grevistas em dificuldades .Durante a greve a subsede de Caxambu disponibilizou o número da conta do Sindute para depósitos que servissem a esse fim .Portanto ,é preciso saber quanto o sindicato arrecadou dessas contribuições e se já serviu algum necessitado.Eu fiz um depósito em 14/9/2011. Beatriz

    ResponderExcluir
  122. Boa noite, pessoal da luta, membros do NDG e demais colegas de combate!

    Minha madrugada promete! Muitos temas em pauta: a análise do parecer da PGR - todo a nosso favor, pelo visto, com o piso cada vez mais certo -, a análise da reunião de hoje entre o governo e o sindicato com alguns avanços funcionais, mas ainda sem salário para o mês de outubro; quero continuar batendo nesta tecla da ajuda mútua entre os colegas, e da denúncia da situação existente em Minas; vou trazer informes também sobre a comunidade Dandara, pois já observei na minha caixa de e-mail que tem uma mensagem do nosso importante aliado e apoiador Frei Gilvander, tratando deste tema.

    Quero insistir na questão do apoio e da ajuda, jáque a comissão tripartite não resolveu este problema em quase um mês de reunião. Façam o levantamento que eu sugeri nas escolas e vamos ajudar os colegas, já que o governo se recusa a pagar o que é nosso por direito.

    Vamos levantar um fundo em dinheiro e redistribui-lo para os colegas de cada região que estejam necessitando. Não será nenhum favor nosso, mas um dever moral e uma honra para nós ajudarmos os colegas que combateram ombro a ombro ao nosso lado e que passam dificuldades momentâneas. Devemos ter orgulho de poder ajudar estes colegas.

    Se for preciso, para este fim, disponibilizarei minha conta corrente, não sem antes divulgar aqui o saldo atual com a data impressa, para que fique claro que tudo aquilo que for depositado entre a presente data e o quinto dia útil de novembro pertence ao movimento dos educadores.

    Então amanhã, depois que eu imprimir o saldo da minha conta corrente - tomara que não esteja muito no negativo, rsrs - eu publico o número. E vamos discutir e agilizar a distribuição daquilo que for depositado com prestação diária de conta. Se houver, ao final, algum saldo positivo, a gente discute o que fazer, talvez doar para algum movimento que nos apoiou, etc. Ah, e vamos discutir os critérios de distribuição: um valor x para aquisição de cesta básica, um valor y para ajudar a pagar conta de água e luz em atraso superior a 30 dias, etc. Os contatos podem ser feitos através do meu e-mail para preservar os nomes e dados pessoais: euler.conrado@gmail.com

    Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

    ResponderExcluir
  123. Euler, explica também o que é a Petição do Sindicato do Professores do Ceará. O que é ingresso 'amicus curiae'? Isto vai nos ajudar?

    ResponderExcluir
  124. A luta pelo piso salarial dos professores foi uma luta honesta, porém, em vão. Acho certo o aumento do salário, pois como aluno, percebo como é difícil ser professor. A falta de respeito e as obrigações vindas disso merecem muito mais ênfase. É por isso que a educação é tão carente, já que neste setor, para o governo, não se necessita de atenção. A greve afetou à muitos, não só os proessores, como os alunos, mas o que todos queremos mesmo é que nossos professores possam trabalhar e ganhar o que é digno deles. E esperamos que o governo reveja sua posição e dê esse aumento tão merecido aos trabalhadores, para que a educação evolua e melhore, e fique ao nível preciso.

    ResponderExcluir
  125. Meu querido,
    Deus conceda-lhe umanoite abençoada,apesar
    de tantas inquietações com a nossa causa.

    Te gosto muito,viu.Você é iluminado por
    Deus.Fique com Ele!

    ResponderExcluir
  126. Parabéns Euler por essa iniciativa.
    pode contar com nossa escola. Vitorinos, Alto Rio DOce

    ResponderExcluir
  127. ‎"A alegria não chega apenas no encontro do achado, mas faz parte do processo da busca. E ensinar e aprender não pode dar-se fora da procura, fora da boniteza e da alegria."
    Paulo Freire

    Colegas, a verdade é que não cometemos crime algum e estamos puros! "Nào há mal que dure para sempre!" A vitória proposta nessa greve está próxima; mas como somos guerreiros e guerreiras, estaremos sempre prontos para novas lutas!

    Muita LUZ a todos nós!

    Paula

    ResponderExcluir
  128. Vamos preparar a greve do próximo ano, pois as negociações não estão dando em nada...Se o governo acha que com essa petulância vai esmagar o movimento...juntemos os cacos e nos preparemos para a próxima. No desgoverno de Aécio foram 8 anos de paralisia da categoria, agora daremos 8 anos de greve ao anastasia...caso não cumpra o piso. Força!
    Alex Fernandes

    ResponderExcluir
  129. As ditaduras fomentam a opressão, as ditaduras fomentam o servilismo, as ditaduras fomentam a crueldade; mas o mais abominável é que elas fomentam a idiotia.

    Enfretamos, resistimos, fomos intimidados, punidos e o escambau, contudo paira no ar uma incômoda sensação de aceitação. Estamos "mansos" demais.

    Reconheço que a negociação é uma queda de braços e que estamos bem representados, Beatriz é a melhor que já tivemos, mas não está conseguindo sozinha o que precisamos, e nem deve arcar com todo esse peso.

    O SINDICATO SOMOS NÓS! As questões funcionais são importantes, devem ser resolvidas...Mas por que tudo se resolve? Até mesmo o piso, acreditamos agora que a figura não tem mais como fugir à responsabilidade. Mas a questão emergencial... reuniões intermináves e que retornam sempre com um sonoro NÃO... e o pior estamos passivos diante de tanta arbitrariedade...

    O Prof. Euler afirmou que teriam que radicalizar, bater o pé e não sair sem uma data ainda em outubro.
    Comissão já provou que NÃO DÁ CONTA de resolver essa pendência.

    IDIOTIA: viabilizando recursos para uma despesa que foi orçada no ano anterior... quem acredita nisto?
    Aguardando desempenho da arrecadação? Ora, inventa outra!

    Vamos aguardar passivamente até novembro?

    ResponderExcluir
  130. Eu posso sofrer processo administrativo caso não reponha os dias cujo pagamento já foi cortado?

    ResponderExcluir
  131. Anônimo das 23:44,

    Pelo que eu entendi, não, você não pode sofrer processo administrativo, já que as faltas greves não serão transformadas em faltas comuns. Mas, vou analisar com mais calma o texto da direção sindical e comento no post da madrugada, ok?

    Um forte abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  132. VEJA BEM EULER E COLEGAS, DEPOIS DE DANÇAR CONFORME A MUSICA DO GOVERNO SACANA AINDA LEVAMOS A CULPA PELA GREVE COMO SE FOSSEMOS NOS A PREJUDICAR OS ALUNOS, ORA BEATRIZ VC ESTA MALHANDO EM FERRO FRIO, A GREVE É LEGAL ENTÃO TEM ESTE NEGOCIO DE PAGAR REPOSIÇÃO SÓ ROUBANDO E VC ACEITANDO TUDO NUMA BOA, VEJA ESTE DOCUMENTO DA SECRETARIA NESTE JORNAL DE MERDA, O QUE EU SEI É QUE ALGUEM ESTA COM NOSSO DINHEIRO E NÃO QUER PAGAR, A ISTO CHAMAMOS DE ROUBO OU CONHECEM OUTRO NOME PARA ISSO, TEM ESSE NEGOCIO DE DESCONTAR NADA E TEM MAIS, CADE A DIFERENÇA CORTADA DE QUEM PASSOU PARA O PISO. JÁ (CARLA/GV/INDIGNADA)"TEM COELHO NESTA MOITA"


    Definido acordo entre governo e professores sobre faltas durante a greve
    Resolução que vai regulamentar juridicamente a decisão deverá ser publicada oficialmente na sexta-feira

    Daniel Silveira
    Publicação: 19/10/2011 20:39 Atualização: 19/10/2011 21:16
    As faltas dos professores da rede estadual de ensino de Minas Gerais durante a greve da categoria, que durou 112 dias, serão descontadas dos salários dos servidores. No entanto, não irão impactar negativamente na carreira e vida funcional de cada um. No começo da noite desta quarta-feira, a Secretaria de Estado da Educação (SEE) divulgou a síntese dos acordos firmados ao longo de três reuniões da comissão formada para discutir as reivindicações dos educadores. Na sexta-feira deverá ser publicada no Minas Gerais uma resolução com a regulamentação jurídica da decisão.

    Saiba mais...
    Professores receberão 13º salário até a primeira quinzena de dezembro
    Professores e deputados fazem reivindicações ao governo
    Governo nega retornar com diretores e vices exonerados durante a greve na educação
    De acordo com a SEE, as faltas greve que não foram repostas serão descontadas nas folhas de dezembro de 2011 e janeiro de 2012. O desconto foi adiado e dividido com o objetivo de não causar muito impacto financeiro no orçamento mensal do professor. Além disso, o governo decidiu pagar o 13º salário em parcela única em dezembro. A expectativa é que este pagamento seja feito até o dia 14.

    O acordo prevê ainda anistia do efeito das faltas greve na vida funcional do servidor nas seguintes condições: quando a aula tiver sido reposta através de substituição; no afastamento legal do servidor durante o período de reposição; quando houver simultaneidade do horário de reposição no caso de servidor com dois cargos em escolas diferentes, devendo o mesmo optar pela reposição em um dos cargos; na impossibilidade de reposição devido a remoção ou mudança de lotação do servidor e quando o servidor cuja designação tiver se encerrado durante a greve ou antes de completada a reposição.

    Outro ponto que garante aos servidores não sejam prejudicados pela falta greve se refere à aposentadoria, uma vez que a adesão ao movimento grevista não impedirá o início do processo de aposentadoria do professor que já tiver direito ao benefício. Já aqueles docentes que tinham direito a férias-prêmio e aderiram a paraisação só poderão desfrutá-la após reposição das horas/aula devidas. Os que não aderiram ao movimento e têm direito ao benefício poderão usufruí-lo a partir da publicação do acordo.

    A síntese da decisão, tomada pela comissão composta por representantes do governo, do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais e deputados, foi elaborada nesta quarta-feira depois de mais um encontro, que contou com a presença da secretária de Educação, Ana Lúcia Gazzola, do subsercretário de Gestão de Recursos Humanos, Antônio Noronha, e da coordenadora do Sind-UTE, Beatriz Cerqueira. Todos os detalhes do acordo deverão ser publicados oficialmente na próxima sexta-feira.

    ResponderExcluir
  133. GRAÇA:

    PGR - STF - EXCELENTE! TODOS EMBARGOS RECUSADOS!

    Lembrete: Mais consideração com a Bea, por enquanto o ela não possui clone!

    ResponderExcluir
  134. Olá, turma do combate!

    Vou adiantando para vocês o subtítulo do nosso post da madrugada:

    "Educadores de Minas continuam sem salário em outubro. Procuradoria Geral da República dá aula para procuradores meia boca regionais. Dandara precisa do nosso apoio durante o dia de hoje - 20 de outubro. Ivete Sangalo será recebida pelos educadores com faixas e protestos na ALMG. Participe da campanha de apoio aos educadores sem-salário durante 53 dias - além de três meses de cortes. Governo de Minas tenta assegurar reajuste dos servidores do estado sacrificando os educadores com cortes, redução de salário e não pagamento do piso em 2011. Prêmio por desempenho ainda é uma incógnita. Comentários sobre as negociações entre sindicato e secretaria da Educação."

    Portanto, pela abrangência dos temas espero que vocês não se importem que eu faça uma pequena pausa para degustar um chá com biscoito água e sal. Volto mais tarde após a leitura dos documentos do PGR, do sindicato e da comunidade Dandara e assim que redigir o post.

    Um forte abraço e força na luta! Até a nossa vitória!

    ResponderExcluir
  135. CADÊ A DIFERENÇA SURRUPIADA DE QUEM PASSOU PARA O PISO,DESCONTAR COMO FALTA COMUM EM UMA GREVE LEGAL E SINDICATO ACEITANDO TUDO, PAGATº DE TUDO E JÁ, SE NÃO, SEM REPOSIÇÃO. NÃO ENTENDO O QUE BEATRIZ E ESTE SINDICATO ESTA NEGOCIANDO, REPAREM, AO FINAL DE TODA NEGOCIAÇÃO A COISA SÓ VEM DO JEITO QUE O GOVERNO QUER, CONCORDO COM EULER, TEM QUE BATER O PÉ E EXIGIR E NÃO SAIR DE LÁ SEM NADA DE CONCRETO E CONTANDO VANTAGENS AINDA,E CADE A CONVERSA COM O MINISTRO DO SUPREMO???? TEM MAIS O SINDICATO TEM POR OBRIGAÇÃO NOS INFORMAR A TODO MINUTO O QUE SE PASSA POR LÁ, É UM DIREITO NOSSO E FIQUEI SABENDO QUE OS ADVOGADOS DO SINDICATO SÃO TERCEIRIZADOS????? SE FOR ESTAMOS FRITOS, PORQUE SÃO BEM MAIS FACEIS DE SE CORROMPER, ENROLAR, ASSIM COMO NOSSAS AÇÕES DO PISO AQUI DE GOVERNADOR VALADARES, NA LISTA NÃO CONSTA NEM 30 PROFESSORES DAQUI, ESTRANHO ISTO, CADE O PRAZO?????????? LEIAM PUBLICAÇAO DO GOVERNO SOBRE O QUE FOI ACORDADO HOJE COM O SINDICATO, AO BELO PRAZER DELES E AINDA NOS ACUSANDO PELA SITUAÇÃO ATUAL DOS ALUNOS, FICA AQUI O RECADO BEATRIZ, NÓS TAMBEM TEMOS O PODER DE TROCAR ESTA COMISSÃO E COLOCAR PESSOAS QUE REALMENTE VÃO NEGOCIAR E NAO BALANÇAR A CABEÇA PARA ESTES RATOS. DE SACO(NEM TENHO) CHEIO, CARLA/INDIGNADA/GV, OBRIGADA PELO ESPAÇO COMANDANTE, TEM NADA DE SUB MAIS NÃO É COMANDANTE MESMO.

    ResponderExcluir
  136. NDG DE PLANTÃO

    NDG de vigília nas negociações


    "Definido acordo entre governo e professores sobre faltas durante a greve

    Resolução que vai regulamentar juridicamente a decisão deverá ser publicada oficialmente na sexta-feira.


    "Primeiro eles te ignoram,
    depois riem de você,
    depois brigam, e então você vence."
    (Mahatma Gandhi)

    O fim de toda batalha exige
    cautela e muita sabedoria. (Gleiferson Crow)


    Daniel Silveira
    Publicação: 19/10/2011 20:39 Atualização: 19/10/2011 21:16
    As faltas dos professores da rede estadual de ensino de Minas Gerais durante a greve da categoria, que durou 112 dias, serão descontadas dos salários dos servidores. No entanto, não irão impactar negativamente na carreira e vida funcional de cada um. No começo da noite desta quarta-feira, a Secretaria de Estado da Educação (SEE) divulgou a síntese dos acordos firmados ao longo de três reuniões da comissão formada para discutir as reivindicações dos educadores. Na sexta-feira deverá ser publicada no Minas Gerais uma resolução com a regulamentação jurídica da decisão...

    FONTE:
    http://www.em.com.br


    abraço
    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  137. GRAÇA EU CONSIDERO A BEATRIZ E AGRADEÇO O QUE ELA JÁ FEZ POR NÓS, MAS VENHAMOS E CONVENHAMOS, ESTÁ MUITO ESTRANHO ESTAS NEGOCIAÇÕES ENTRE AS PARTES, EM TODAS SÓ GOVERNO DEU AS CARTAS, PRA MIM ESTA TUDO ERRADO, REPOSIÇÃO ´SO COM DINHEIRO NO BOLSO, É URGENCIA, É NECESSIDADE, A NÃO SER QUE VC TENHA OUTRA FONTE DE RENDA POIS EU NÃO TENHO, MEU PROBLEMA É AGORA E MEUS DIREITOS NÃO ESTÃO SENDO RESPEITADOS POR NINGUEM E OUTRA BEATRIZ É UM SER HUMANO IGUAL NÓS, FAZ XIX,FAZ C.., PEIDA, ENTÃO TEM ESSA DE FICAR ENDEUSANDO NINGUEM NÃO, TEMOS CARINHO POR EULER POR ELE NOS MANTER FIRMES E UNIDOS O QUE BEM DIFERENTE FAZ "BIA" E SINDICATO. CARLA/INDIGNADA/GV.

    ResponderExcluir
  138. VÃO COM DEUS!

    Menos um aborrecimento, dentre tantos que temos tido, a SAÍDA DOS SUBSTITUTOS já será o primeiro alívio dentro da escola, pois ninguém aguenta ver dezenas de professores se escondendo na biblioteca na hora do recreio, aos bandos na cantina comendo e comendo muito, na sala dos professores com as pernas para cima descansando as varizes, falando abobrinhas porque, infelizmente, pôde-se ver nas escolas que muitos deles foram questionados pelos alunos pelo total desconhecimento do conteúdo que deviam ministrar, outros que não deram conta nem dos poucos alunos direcionados a eles para que os recuperassem. Enfim, essa substituição deixou claro o que será da Educação, daqui a uns 5 anos, se o governo continuar fazendo pouco, mas se resolver levar a sério os concursos, muitos desses que comeram, beberam e não trabalharam, também, não vão passar para a felicidade dos alunos e da escola, pois mostraram a que NÃO VEIO, durante esse mês de subtituição. Enfim, para eles foi uma lição, muitos vão sair da escola e serão lembrados pela INCOMPETÊNCIA com que começaram a fazer o nome na profissão, eles mesmos contribuiram para o próprio FRACASSO, com o apoio do governador. Vão ganhar 1 mês de salário sem mostrar serviço, mas certamente não valeu, pois o nome ficou na FICHA SUJA DA ESCOLA (rs) Então, QUE VÃO EM BOA HORA! Porque 1 mês de corrupção institucionalizada pelo governo é também para não esquecer daqui a 3 anos e 2 meses.

    ResponderExcluir
  139. João Paulo Ferreira de Assis20 de outubro de 2011 00:26

    Salve a Escola Estadual José Otávio Couto Mota, de Vitorinos, município de Alto Rio Doce, do anônimo das 23:24.

    ResponderExcluir
  140. Eu li o parecer da PGR. Rejeita todos os embargos de declaração. Li algumas vezes o parecer e pra mim não ficou claro a questão da data de eficácia da lei. Parece que é retroativo a publicação do acórdão!

    Mas no geral foi bastante favorável. Basta dizer que houve a rejeição de todos os embargos.

    ResponderExcluir
  141. NDG DE PLANTÃO

    Temos que ficar atentos:

    Via twitter

    sabarbosab Saulo Barbosa

    @
    @gscrow @rogeriocorreia_ MG passa por prob. financ. mas a conv. forte é que a direção está recebendo $$ fora do CC.Vms apurar sob tds formas
    há 1 hora

    gscrow Gleiferson Crow
    por sabarbosab
    realidade: ESTAMOS sem dinheiro, GOVERNO DITADOR continua mandando na COMISSÃO, e infelizmente ATÉ OS DEPUTADOS ACATAM AS ORDENS do DITADOR.
    há 2 horas

    abraços
    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  142. João Paulo Ferreira de Assis20 de outubro de 2011 00:33

    Prezado amigo e companheiro de luta Professor Euler

    Satisfazendo a curiosidade de quem perguntou o que vem a ser ''amicus curiae'', lá vai a resposta:

    Melhor resposta - Escolhida pelo autor da pergunta
    Amicus curiae é termo de origem latina que significa "amigo da corte".

    Atualmente é uma espécie peculiar de intervenção de terceiros em processos, onde uma pessoa, entidade ou órgão com profundo interesse em uma questão jurídica levada à discussão junto ao Poder Judiciário, intervém, a priori como parte "neutra", na qualidade de terceiro interessado na causa, para servir como fonte de conhecimento em assuntos inusitados, inéditos, difíceis ou controversos, ampliando a discussão antes da decisão final.

    Para Fredie Didier Jr. (2003) o amicus "é o auxiliar do juizo, com a finalidade de aprimorar ainda mais as decisões proferidas pelo Poder Judiciário" pois "reconhece-se que o magistrado não detém, por vezes, conhecimentos necessários e suficientes para a prestação da melhor e mais adequada tutela jurisdicional".

    A função histórica do amicus curiae é chamar a atenção da corte para fatos ou circunstâncias que poderiam não ser notados.

    Atualmente a manifestação do "amicus curiae" usualmente se faz na forma de uma coletânea de citações de casos relevantes para o julgamento, artigos produzidos por profissionais jurídicos, informações fáticas, experiências jurídicas, sociais, políticas, argumentos suplementares, pesquisa legal extensiva que contenham aparatos corroboradores para maior embasamento da decisão pela Corte.

    Trata-se de um instituto muito usado (e abusado) nos EUA, tanto que o Poder Judiciário de lá têm imposto várias regras restritivas para que interessados com clara má-fé não intervenham no feito apenas para atrapalhar, confundir, ou aumentar discussões inúteis.

    A partir de 1999 o amicus curiae passou a ser discutido com maior ênfase, pois a Lei 9.868/99, que trata de processo e julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade e a Ação Declaratória de Constitucionalidade perante o Supremo Tribunal Federal, dispôs sobre ele no parágrafo 2º de seu art. 7º, in verbis:

    Art. 7º. (...)

    Parágrafo 2º. O RELATOR, considerando a relevância da matéria e a representatividade dos postulantes, PODERÁ, por despacho irrecorrível, ADMITIR, observado o prazo fixado no parágrafo anterior, A MANIFESTAÇÃO DE OUTROS ÓRGÃOS OU ENTIDADES.

    Ok!

    Fique em paz.

    Esta é a resposta que eu pesquisei no Yahoo.

    Saudações, e até a vitória.
    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  143. QUEM MANDA NO ESTADO: psdb

    Justiça promove magistrado suspeito de dirigir embriagado em SP
    PUBLICIDADE
    FLÁVIO FERREIRA
    DE SÃO PAULO

    O TJ (Tribunal de Justiça) de São Paulo decidiu promover a desembargador o juiz Francisco Orlando de Souza, 57, detido pela Polícia Civil sob suspeita de dirigir embriagado e sem habilitação no último dia 9. Ele foi solto no mesmo dia pela polícia.

    Delegado acusa juiz de dirigir bêbado e sem habilitação em SP

    Assim que assumir o cargo Souza terá foro privilegiado para ser processado e julgado, segundo a legislação.

    Na sessão de ontem do Órgão Especial do TJ em que foi aprovada a promoção, desembargadores levantaram suspeitas sobre conduta do delegado Frederico Costa Miguel, que deteve o juiz, e citaram relatos de magistrados elogiosos a Souza.

    Ele foi conduzido ao cargo de desembargador pelo critério legal de antiguidade, que prevê que os juízes com mais tempo de trabalho na magistratura devem assumir os postos da cúpula da Justiça.

    O presidente do TJ José Roberto Bedran disse na sessão que o tribunal fez uma análise do fato que envolveu Souza e que a decisão pela promoção não encerra as apurações sobre o caso. "O que se está decidindo não significa que o tribunal está alheio ao acontecimento. Sendo promovido a desembargador, as apurações continuarão, só que sai do âmbito da corregedoria e passa ao âmbito da presidência", afirmou Bedran.

    "E eventual inquérito, se prosseguir, será da competência do colendo Superior Tribunal de Justiça. Nós não estamos arquivando o caso, estamos dando a ele a conotação que merece", completou.

    Procurado nesta quarta, o juiz afirmou que não iria se manifestar e que aguardaria o pronunciamento das Corregedorias do TJ e da Polícia Civil sobre o episódio.

    O delegado Costa Miguel informou por meio da assessoria de imprensa da secretaria estadual da Segurança Pública que não iria se manifestar sobre o caso.

    CASO

    Envolvido em uma briga de trânsito em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, no 9, o juiz teria debochado da Polícia Civil, após ouvir a voz de prisão, segundo o delegado Costa Miguel.

    À reportagem, o juiz disse na semana do episódio que não estava embriagado quando se envolveu na briga de trânsito. Ao ser questionado se pretende tomar alguma medida contra o delegado na Corregedoria da Polícia Civil, o magistrado disse que irá consultar sua entidade de classe, a Apamagis (Associação Paulista de Magistrados), para tomar essa decisão. "Pelo que percebi, isso deixou de ser uma questão pessoal e virou algo entre classes. Por isso preciso consultar minha entidade de classe", falou o juiz.

    ResponderExcluir
  144. Euler, meu filho,
    Enquanto esperava notícias no Sind, cochilei. Acordei agora e estou aqui "só pra te ver".
    Fiquei feliz com a possibilidade de você tornar pública a sua conta bancária. Cada um ajudará como pode. Essa história da colega almoçando pão com manteiga mexeu muito comigo também. Acho que ela deveria se manifestar, para dar ênfase ao movimento de colaboração. Vamos nos ajudar. Amigos nas horas alegres, amigos nas horas tristes.
    Amanhã, passarei para ler o seu novo post e comentários, sempre tão pertinentes.
    Estou esperançosa.
    Fique com Deus. Que ELE o inspire muito!
    Com carinho,
    "Namorada virtual".

    ResponderExcluir
  145. Professor, acho que o seu chazinho noturno deveria ser recomendado a muitos que estão na ALMG, nas Secretarias, no Palácio, no MP, nas SRE, nas Escolas, quem sabe essas gentes não serão acometidas de um pouco mais de capacidade intelectiva. Porque pelo jeito esse chá é poderoso e o QI de muitos por aí é pavoroso, quem sabe?!.

    ResponderExcluir
  146. O foco não é o piso? Então! Está aí o parecer da PGR favorável aos professores. Essas reuniões tratam de assuntos importantes porém menores. O pessoal reclamou tanto dessas reuniões, sai o parecer, e o foco são as reuniões! Corta salário, não autoriza ferias-prêmio, produtividade o que seja, mas cumpra a Lei Federal 11.738. Muito provavelmente o STF vai seguir a PGR e essa conversa fiada de escalonar até 2014 vai cair fácil.

    Quando houve parecer favorável ao subsídio eles logo publicaram no site da educação. Publica esse também governador!

    O procurador de Justiça do estado deveria ter umas aulas com a procuradora geral da república.

    ResponderExcluir
  147. Chega de passear presidenta, volta que seu circo aqui vai pegar fogo mesmo, segura essa aí, vê se consegue fazer igual fez com nós professores, passar a lábia...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Presidente do STF critica juízes federais por boicote ao governo
    PUBLICIDADE
    FELIPE SELIGMAN
    DE BRASÍLIA

    Em carta enviada às corregedorias de todos os Tribunais Federais do país, o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cezar Peluso, criticou a greve anunciada por juízes para o final de novembro.

    Segundo Peluso, tanto a greve quanto a "operação-padrão" em processos que envolvem a União são iniciativas inadequadas e trazem impactos negativos para a imagem da magistratura".

    Boicote de juízes federais contra o governo divide associações
    Ari Pargendler instaura processo sobre represamento
    Presidente da Ajufe diz que criminalizar protesto é 'irresponsabilidade'
    Juízes federais irão 'represar' ações da União até final de novembro

    Rodrigo Capote - 2.mai.2011/Folhapress

    Presidente do Supremo, ministro Cezar Peluso
    Para pressionar o governo por reajustes, a Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) informou que os juízes suspenderão até dezembro a publicação de citações e intimações de ações da Advocacia-Geral da União.

    "Permito-me solicitar à Vossa Excelência [corregedor de cada tribunal] que transmita aos magistrados a minha avaliação e preocupação quanto à total inadequação da iniciativa, que, a par de eventuais repercussões no âmbito legal, certamente trará impactos negativos à imagem da magistratura como prestadora de serviço público essencial", diz a carta assinada pelo presidente do Supremo.

    Nesta quarta-feira, o presidente do CJF (Conselho da Justiça Federal), ministro Ari Pargendler, determinou a instauração de processo administrativo para apurar a "operação-padrão".

    O assunto será tratado na sessão do conselho na próxima segunda-feira.

    No primeiro semestre, o CJF aprovou proposta de Pargendler para descontar o subsídio dos magistrados que aderissem à paralisação de 27 de abril.

    A Ajufe informou que só vai se manifestar depois de notificada oficialmente.

    DIVERGÊNCIA

    A "operação-padrão" também gerou divergência entre as associações de classe do meio Jurídico.

    O presidente da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), Nelson Calandra, afirmou que respeita a decisão, mas entende que o melhor seria construir uma solução negociada.

    "Fico preocupado com essa deliberação, que pode trazer consequências graves para o Tesouro", afirmou.

    Ele estima em R$ 700 bilhões os valores de interesse da União que estão em discussão na Justiça Federal.

    Já o presidente da Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho), Renato Henry Sant'Anna, disse concordar com a medida. "Todo movimento grevista é uma situação social de embate."

    Para o presidente da OAB, Ophir Cavalcante, a atitude não tem sentido. "Não vai engrandecer o debate a um nível que se espera", disse.

    CRÍTICAS

    Em duas notas divulgadas hoje, a Ajufe rebateu as críticas. "É inverídica e irresponsável a afirmação do presidente da AMB, desembargador Nelson Calandra", diz uma delas.

    "É lamentável a ação contínua do presidente da AMB que, ao invés de proferir declarações distorcidas, deveria agir de forma independente na defesa dos juízes que representa e da sociedade", completa a entidade.

    ResponderExcluir
  148. OLHA AÍ MAIS UM PLAY CARRASCO DE BOMBEIROS, METE O FERRO PRESIDENTA, MANDA ESTE PROSPECTO DE DITADOR TRABALHAR.

    Cabral diz esperar que Dilma não seja omissa nos royalties
    PUBLICIDADE
    RODRIGO RÖTZSCH
    DO RIO

    Atualizado às 11h50.

    O governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), disse na manhã desta quarta-feira (19) ter a expectativa de que "o governo federal não será omisso" em relação ao projeto de lei que redistribui os royalties do petróleo, que deve ser votado ainda hoje no Senado Federal.

    Visivelmente irritado, Cabral cobrou da presidente Dilma Rousseff "a mesma postura" de seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, que no ano passado vetou emenda que tirava recursos do Rio de Janeiro.

    "Existe indignação neste momento. Existe indignação e existe expectativa de que o governo federal não será omisso. De que a presidenta Dilma terá a mesma postura que teve o presidente Lula. Afinal, foi ele que avalizou o governo dela. E ela tem que ter a mesma postura que teve o presidente Lula."

    Cabral repetiu que, como ministra da Casa Civil de Lula, Dilma avalizou as negociações do ano passado, na qual o Rio aceitou abrir mão de receitas futuras por causa do novo marco regulatório para o pré-sal, com a garantia de que não se mexeria nos campos já licitados.

    "O presidente Lula teve uma enorme preocupação ao enviar ao Congresso Nacional em 2009 o novo marco regulatório do petróleo exatamente alterando esse marco regulatório para o que não foi licitado, para o que será licitado. Em momento algum o presidente Lula invadiu o que já foi licitado. A presidenta Dilma era ministra-chefe da Casa Civil. Ela participou comigo das negociações. Então ela avalizou essas negociações. Então ela mais do que ninguém sabe que não pode haver nenhuma invasão das receitas do já licitado."

    O governador chamou a proposta apresentada ontem pelo senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) de "indecente, indecorosa e irresponsável". "Além de tudo ela ainda invade as linhas traçadas pelo IBGE [que determinam o espaço marítimo de cada Estado]. É uma caricatura de um projeto tão caricato, chega às raias da irresponsabilidade, ele mudou as perpendiculares do IBGE. O senador Vital do Rêgo virou técnico geógrafo, geólogo do IBGE", ironizou.

    Cabral disse que o Senado cometerá um "crime institucional" caso aprove o projeto.

    "Primeiro disseram: queremos R$ 6 bilhões no ano que vem. Não, R$ 7 bilhões. Queremos R$ 8 bilhões. R$ 9 bilhões. Como é que faz isso? Então muda aqui a perpendicular, bota pra cá. Eu acho que nós não estamos numa república das bananas. Esse é um país que conquistou respeitabilidade internacional porque respeita as regras, porque os seus fundamentos macroeconômicos são respeitados, porque a legislação é respeitada", criticou.

    O governador refutou a visão de que o Rio é o único Estado beneficiado pela atual legislação sobre o petróleo.

    "É uma falácia dizer que só o Rio de Janeiro se beneficia com a indústria de petróleo. Depois de 30 anos a primeira refinaria brasileira será construída em Pernambuco. A refinaria premium do Maranhão já começou a terraplanagem. Hoje a indústria naval desenvolve estaleiros em Pernambuco, na Bahia, no Rio Grande do Sul, no Ceará. Toda indústria de bens de capital voltada para o petróleo ainda se concentra em São Paulo. E nós observamos isso com enorme generosidade, porque achamos que o Brasil de modo geral tem que se beneficiar."

    ResponderExcluir
  149. Euler,

    não tenho interesse em repor os dias de greve...

    quando puder, vê se conseegue traduzir o que diz o documento da reunião ( no site uai)... o que diz o item 9? será que é alguma punição pra quem não quiser repor?


    afinal, tivemos anistia ou não? acho que esse item 9 deve ser uma armadilha...

    acho que a Bia se esqueceu de discutir sobre as nossas férias de janeiro...vamos perder esse direito também?

    ResponderExcluir
  150. OLHA O QUE O JURIDICO DO SINDICATO FALA A RESPEITO DAS NEGOCIAÇÕES, PEDE PARA O PROFESSOR ENTRAR COM UMA AÇÃO, NO MEU ENTENDER, QUANDO ELE, O JURIDICO JÁ DEVERIA ESTAR COM ESTAS AÇÕES BEM ADIANTADAS, PRA MIM JOGANDO A RESPONSABILIDADE SOBRE NÓS, DA UM TEMPO AÍ Ó ADGOVADOS, SÃO PAGOS PRA QUE??????????????????

    Jurídico
    Organiza e atua em questões de ordem jurídica de acordo com as políticas definidas nas instâncias deliberativas do Sind-UTE/MG. É responsável pela elaboração de materiais sobre legislação e direitos que subsidiam os trabalhadores em educação; avaliação de ações jurídicas; coordenação da assistência jurídica dada pelo sindicato aos filiados; e assessoria jurídica ao Sindicato, dentre outros.

    Ações Judiciais

    Corte de greve / paralisação
    Em virtude do último movimento grevista e da ocorrência de corte dos dias de paralisação, foi elaborado calendário de reposição em cada escola, mas o Estado não efetuou o pagamento dos dias a serem repostos. Como o Estado afirmou que não iria efetuar o pagamento, alguns servidores se recusaram a fazer a reposição e estão sofrendo um segundo corte.
    As tentativas de negociação com a SEE não tiveram êxito e, por isso, o Sindicato vem propondo ações judiciais, em grupos de até 10 pessoas, para o pagamento dos dias cortados e repostos, bem como a contagem desse tempo para todos os fins.

    Documentos necessários:
    - Procuração e declaração (modelo do Sind-UTE/MG).
    - Cópia dos contracheques com os cortes da greve.
    - Cópia do calendário escolar de reposição, acompanhado dos comprovantes de frequência nos referidos dias (ponto e quadro de frequência).

    ResponderExcluir
  151. Queremos ver se a Presidenta vai mostrar firmeza com esses Juízes, pois fazer de boba com professor é fácil, e em relação à postura dos magistrados?, porque se agir com medinho, vamos fazer chegar até ela um e-mail, questionando a sua postura. Pois em relação aos professores, não esboçou nenhum apoio, agora queremos ver se fará diferente com os juízes.

    ResponderExcluir
  152. Olá!
    Com relação ao retroativo, no parecer da PGR diz ser "ex tunc". aí está a explicação:

    Efeito 'EX TUNC' significa dizer que É RETROATIVO, ou seja, no caso de uma sentença com efeitos ex tunc, diz-se que ela incide gerando efeitos retroativos - A PARTIR DE ENTÃO - reconhece a situação desde o lapso temporal - nascimento - do motivo ora discutido. Em caso de controle em matérias de lei ou ato normativos, atinge desde a promulgação da lei ou ato normativo questionado.

    Já o efeito 'EX NUNC' - A PARTIR DE AGORA - significa dizer que no caso de uma sentença, ela NÃO RETROAGE ao passado, mas somente gera efeitos após o pronunciamento. Sobre controle de lei ou ato normativo, produz efeitos a partir do pronunciamento do orgão competente.

    ResponderExcluir
  153. A PAGINA DA PRESTAÇÃO DE CONTA TA FORA DO AR, DA NESA, DOS NOSSOS OLHOS, PELO MENOS AGORA A NOITE, QUERO VER O RESTO DA SEMANA, PRESTAÇÃO DE CONTAS JÁ.

    CAPÍTULO III
    DOS DIREITOS E DEVERES DOS FILIADOS

    Art. 7º. São direitos dos filiados efetivos:

    I. tomar parte e votar nas Assembléias Gerais e Congressos, estando quites com a Tesouraria do Sindicato;
    II. ser votado para quaisquer cargos da estrutura administrativa da entidade, quando quite com a Tesouraria;
    III. propor à Diretoria ou às Assembléias Gerais, as medidas que julgar necessárias ao fortalecimento do Sindicato;
    IV. apresentar, nas Assembléias Gerais ou à Diretoria, defesa dos filiados, quando algum ato administrativo preterir direitos seus;
    V. receber boletins, circulares e outras publicações do Sindicato;
    VI. participar dos benefícios e vantagens instituídos pelo Sindicato; podendo utilizar de suas sedes para a realização de reuniões, seminários, cursos e outros;
    VII. solicitar perante a Assembléia o exame de livros ou documentos do Sindicato; bem como o recebimento do boletim com o balanço anual financeiro, apresentado na mesma;
    VIII. requerer à Diretoria a convocação de Assembléia Geral Extraordinária, conforme o que dispõe o Artigo 23;
    IX. representar, junto ao Conselho Geral, pelo não cumprimento do Estatuto por parte da Diretoria.

    Art. 8º. São Direitos do sócio honorário:

    I .participar das Assembléias, sem direito a voto;
    II .propor à Diretoria ou às Assembléias Gerais, as medidas que julgar necessárias ao fortalecimento do Sindicato;
    III .receber boletins, circulares e outras publicações do Sindicato;
    IV .participar dos benefícios e vantagens instituídas pelo Sindicato.

    Art. 9º. São deveres dos filiados:

    I. pagar as taxas e mensalidades de acordo com o estabelecido por este Estatuto;
    II. cumprir e fazer cumprir este Estatuto, zelando assim pela existência do Sindicato;
    III. comparecer às reuniões ou Assembléias;
    IV. promover, por todos os meios, o fortalecimento do Sindicato, colaborando para melhoria da categoria e o aperfeiçoamento da Educação;
    V. cumprir pontualmente os compromissos que assumir com o Sindicato;
    VI. acatar as resoluções das Assembléias, da Diretoria ou Conselho Geral, desde que não contrariem os Estatutos vigentes.

    Paragráfo Único. Os filiados efetivos deverão exercer cargo para o qual forem eleitos ou designados, com fiel observância dos princípios estabelecidos neste Estatuto.

    Art. 10. Os filiados não respondem subsidiariamente pelas obrigações contraídas pelo Sindicato.

    ResponderExcluir
  154. JÁ QUE ESTA COMISSÃO SÓ SABE BALANÇAR A CABEÇA PARA ESTES RATOS, ENTÃO QUE AJUDE COM DINHEIRO, NÃO CESTA BASICA, OS QUE PARTICIPARAM DA GREVE LEGAL E TIVERAM SEUS VENCIMENTOS ROUBADOS, ASSIM COMO QUEM PASSOU PARA O PISO E TEVE SEUS SALARIO DIMINUIDO E DESCONTO DE "FALTA GREVE", DINHEIRO TEM, COM O SINDICATO A RESPOSTA????????????????


    CAPÍTULO IX
    DAS FINANÇAS E DO PATRIMÔNIO

    Art. 96. Constituem o patrimônio do Sindicato Único:

    a) receita resultante das contribuições da taxa de inscrição ou mensalidades feitas pelos filiados;
    b) os bens móveis e imóveis;
    c) os legados, doação e concessões feitas em caráter permanente;
    d) os títulos de crédito que porventura a ele pertençam ou venham a pertencer.

    Parágrafo único. A receita será empregada no País, exclusivamente:

    a) no pagamento das despesas indispensáveis ao Sindicato para cumprimento de suas finalidades;
    b) na aquisição de bens imóveis;
    c) na aquisição de bens móveis e utensílios que visem à melhoria das instalações do Sindicato.

    Art. 97. A receita resultante da contribuição mensal dos filiados e recolhida à Sede Central será repassada às subsedes na proporção de 70% (setenta por cento) da contribuição de seus respectivos filiados, diminuindo-se as despesas referentes a cada uma e o rateio das atividades a nível estadual por número de filiados ad referendum do Conselho Geral, ficando o restante na Sede Central.

    Parágrafo único. No caso de subsedes com problemas administrativos e acúmulo de dívidas que comprometam a entidade ocorrerá a imediata suspensão do repasse passando a Sede Central a assumir o controle financeiro da subsede até a regularização da pendência.

    Art. 98. As despesas de deslocamento dos conselheiros, quando estes forem convocados para reuniões pela Diretoria Estadual, serão rateadas pelas subsedes proporcionalmente ao número de filiados.

    Art. 99. No caso das redes municipais que recolhem recursos para a subsede, o repasse para a sede central será no valor de 30% (trinta por cento) adicionado do valor das despesas estatutárias e referentes ao rateio das atividades estaduais proporcionalmente ao número de filiados, além de suas despesas específicas.

    § 1º. Será considerado prazo para repasse à sede central o período de 15 dias após o recebimento do valor da consignação.

    § 2º. No caso de não cumprimento por parte da subsede das disposições previstas no Art. 99 e seu § 1º fica impedida a participação nas instâncias e atividades da entidade.

    Art. 100. O patrimônio do Sindicato deverá ser discriminado e registrado em livro próprio de tombamento e ficará sob a responsabilidade e administração da Diretoria, assistida e fiscalizada pelo Conselho Fiscal.

    Art. 101. Os equipamentos, como computadores, gráfica, xerox, máquinas de escrever, mimeógrafo e demais materiais são para uso prioritário de serviços do Sindicato Único, podendo ainda ser utilizados para outros trabalhos que se enquadrem nos princípios do Sindicato.

    Art. 102. O patrimônio dos núcleos e das subsedes constituem-se patrimônio do Sindicato Único incorporando-se ao patrimônio da Sede Central.

    Parágrafo único. Os núcleos e subsedes deverão apresentar o balanço semestral de variação patrimonial.

    Art. 103. As subsedes deverão fazer prestação de contas à sede central trimestralmente e a Sede Central, anualmente.

    § 1º. As subsedes deverão apresentar prestação de contas à Sede Central dentro das especificações abaixo:

    I. preenchimento do relatório “origem e aplicações de recursos”;
    II. anexar o xerox das folhas do “livro caixa”, correspondentes aos meses da prestação;
    III. anexar extrato bancário correspondente ao movimento dos meses relativos à prestação;
    IV. as subsedes terão o prazo de até o dia 20 (vinte) do mês subseqüente para prestar contas do trimestre.

    Art. 105. Todos os documentos relativos às prestações de contas das subsedes e núcleos, deverão ser arquivados e ficarão à disposição da Sede Central e de seus filiados, sendo obrigatória sua imediata apresentação, tão logo sejam requisitadas.

    ResponderExcluir
  155. Enquanto isso:

    Ivete Sangalo recebe hoje, 20/10/2011, título de "Cidadão Honorário" de Minas Gerais!!! Como assim.................. ??? Professores de MG estão há 3 meses sem salário... mas os bravos educadores estarão na ALMG para recepcionar a artistas com cartazes e faixas denunciando quem é, de fato, AnEstesia!!!

    São inteligentes, eleições se aproximam! A baiana tem popularidade gigante. "Garota" propaganda estrategicamente escolhida!!! "Vai rolar a festa" e o povo adora, depois é só dançar... e reclamar... e nem lembrar em quem votou!

    ResponderExcluir
  156. É muita maldade por parte do governo... essa tortura não vamos esquecer jamais...
    O BB fez greve de 21 dias e não tiveram os dias cortados e nem substitutos...

    ResponderExcluir
  157. Enquanto o governo vai nos enrolando a cotação de seus investimentos vai aumentando, enquanto nós professores vamos penando devido ao não pagamento dos salários os acionistas do BMG, Bonsucesso, dentre outros vão rindo à toa enchendo os bolsos de dinheiro.

    E assim eles vão tentando nos enfraquecer para que não façamos outra greve prolongada. Torna-se urgente promovermos formas de ultrapassar este obstáculo e ainda permanecermos acesos atiçando o governo, para que ele se sinta incomodado, e que perceba que não estamos ligando para as suas pressões psicológicas e covardes.

    ResponderExcluir
  158. Companheiros,o mais importante agora é socorrer os colegas necessitados!Deixemos prá depois as outras considerações.Vamos lá pessoal.O companheiro Euler fez sua parte,agora mesmo vou depositar uma quantia.Me perdoem pois não vai ser muito,mas de pouco em pouco vamos ajudar nossos colegas,Ok?
    Abraços a todos e continuemos na luta,pois a nossa VITÓRIA JÁ ESTÁ DESPONTANDO,GRAÇAS A DEUS!!!
    Força e resistência que JUNTOS VENCEREMOS!
    Euler,obrigada companheiro,cada vez mais voce se coloca a serviço do bem da categoria! Que os mentores espirituais continuem a seu lado te iluminando ok? abraços e até......

    ResponderExcluir
  159. ESSES DEPUTADOS SAFADOS DINHEIRO PRA COPA ELES TEM, DINHEIRO PRA BANCAR SEGURO DE VIDA SEGURO DESEMPREGO PRA ESSE Q ESTAO NO TOPO ELES TEM SIM, MAS PARA BANCAR UM SALARIO JUSTO E DIREITO PRA PROFESSORES ESTA FALTANDO ,E AI NOS FICAMOS COM ESSA DUVIDA NA CABEÇA : ONDE ESTA A JUSTIÇA NESSE PAÍS POIS QUANDO UMA PESSOA JUSTA TENDE A LUTAR PARA MERECER OS DIREITOS DELAS SAO SIMPLISMENTE DITAS COMO NAO MERECEDORAS DIZEM Q JA ESTAO GANHANDO BEM , MAS ELES NAO PARAM PRA OBISERVAR Q OS PROFESSORES E QUE FAZEM O FUTURO DO MUNDO E QUE SEM ELES ELES PROPRIOS NAO SERIAM ABSOLUTAMENTE NADA ...

    ASSINADO :ANDRESSA ALUNA PROFESSORA:IZABEL

    ResponderExcluir
  160. VICTRO HUGO EU ACHEI ESSE SITE BEM INTEREÇANTE AGORA EU ENTENDO O QUE MINHA PROFESSORA IZABEL DE GEOGRAFIA SEMPRE FALAVA LOER O QUE NAO TA ESCRITO E OUVIR O QUE NAO E DITO.

    ResponderExcluir
  161. Uma dúvida: O QUE O SINDICATO FOI FAZER NA REUNIÃO DE QUARTA-FEIRA? APENAS OUVIR DELIBERAÇÕES DO AUTORITÁRIO GOVERNO OU CONTINUAR A DEFESA PELO DIREITO DOS PROFESSORES???

    Celso

    ResponderExcluir
  162. Euler, escrevi um post onde liberei toda a minha indignação e revolta com a greve, mas lamentavelmente vc não publicou....

    ResponderExcluir
  163. Queridos amigos.
    Não percamos o nosso Foco.

    ResponderExcluir
  164. Oi Euler! Sou aluna do Estadual Central e por lá estamos todos por dentro do que se passa nessa vergonha que é o (DES)governo em relação a educação. Na escola a opinião da grande maioria dos alunos é de que a greve nos deixa sem aula mas promove a luta pelo direito de vocês.. e é isso que importa. É ainda mais triste saber que vocês vão ficar sem o salário desses dias, parece que o governo acha que vocês vão ficar com medo de fazer greve se ficarem sem salários.. é realmente uma vergonha! Abraços!

    ResponderExcluir
  165. acho uma falta de respeito a desvalorização do professor no nosso pais.. um pais em desenvolvimento como o Brasil precisa de uma educação digna nao so em escolas particulares como tambem escolas publicas que tem a maior parte dos alunos brasileiros..Um professor precisa de um salario digno ja que passam a maior parte do dia em salas de aula cheias, passando por estresse, e as vezes ate sofrendo ameaças...para ter o progresso que o governo tanto prega e necessario uma distribuição de conhecimento para os jovens de hoje e isso so ocorre com a valorização dos professores q transmitem esse conhecimento.

    ResponderExcluir
  166. Olá,boa noite caros colegas.Depois dessa maldade o anestesia corre para a índia.Será que vai conseguir um cocá e um apito? Ele está agindo pior do que índio selvagem.Adorei a idéia de lançar professores nas próximas eleições.Pode contar com minha ajuda.Hoje estamos debaixo dessas cobras.Quem sabe tão breve estaremos pisando nessas cobras.Diretas já professores.Estamos sofrendo . Mas, pode ter certeza que estamos com Deus.E ele não nos desampara.Essa missão foi Deus quem nos deu.Uma missão honesta e sacrificada.Amém.....

    ResponderExcluir
  167. Euler bom dia queria saber se vai haver o pagamento do 14° salario ou premio de gratificação, e a respeito do concurso sera que vai sair mesmo, pois fiquei sabendo a respeito que estaria uma lei em votação que depois do período probatório, iria efetivar os designados.

    ResponderExcluir
  168. Anonimo de 19:33
    A Bia explicou que se a gente forçar uma negociação rápida corre o risco de aceitar o piso escalonado e o julgamento em Brasília dar direito a receber integral e retroativo, como foi julgado, aliás provando que ela está coberta de razão. Então amigo(a) ganhar nós ganhamos só que nesse país a justiça é rápida só para quem tem alto poder aquisitivo. Temos que aguardar um pouco mais ainda. Ganhamos até retroativo. Mais cedo ou mais tarde vamos receber tudo !

    Anônimo disse...

    Ler o ato no 110 vale a pena ver a resposta da PGR a ADI 4167 O PISO ESTA CADA VEZ MAIS PERTO.

    http://redir.stf.jus.br/estfvisualizadorpub/jsp/consultarprocessoeletronico/ConsultarProcessoEletronico.jsf?seqobjetoincidente=2645108

    ResponderExcluir
  169. Lamentável e revoltante saber que o governo ( que logicamente possui verbas ) não pagou os professores , nossos profissionais que são mais que a base de ensino no estado . Pior ainda é saber que muitos desses profissionais são pós-graduados , e vão passar por dificuldade por lutarem por uma causa justa e de direito deles . Eu como estudante sofri com a greve , e sim , me senti prejudicada . Mas ao mesmo tempo eu entendo o lado de quem esteve lutando por meses , para no final não ter nem mesmo o salário do mês ? Que 'politicagem' é essa ..
    Deborah Santos - Estadual Central - 102M

    ResponderExcluir
  170. os professores vão ter que trabalhar de graça, isso sim é uma sacanagem, eles estavam em seu direito de protestar contra o salario mais que minimo que estavam ganhando, e agora o que eles ganham ? mais 3 meses de trabalho gratuito, como um governo permite uma coisa dessas, é desumano, professores tem familia e contas pra pagar e nesse meio tempo o que eles vão fazer ? nada né, têm que aceitar e esperar ano que vem pra ver se algo muda pra melhor.
    Natalia E,E, Gov.Milton Campos

    ResponderExcluir
  171. Verdadeiramente é como está escrito: em MG parece não ter os poderes Judiciário, Legislativo e Ministério Público, onde a partir daí o governo atua, aproveitando dos indefesos através da situação...
    A Greve, é um direito de todos, não deveriam cortar este sálario a ZERO, já que todos vivem do mesmo.

    Jéssica Fernandes
    E.E. Governador Milton Campos
    104M

    ResponderExcluir
  172. E os aposentados? Existem para este governo e são lembrados nas pautas de negociação? Um abraço: Uma aposentada

    ResponderExcluir
  173. Como já disse em comentários anteriores, é lamentável que mesmo que o Governo de Minas tenha verba para pagar os professores, ele não paguem.
    E a Justiça? Aqui em Minas não há isto, ainda estamos na época do Coronelismo, aonde nosso Governador e aqueles que possuem maior patrimônio são os Coronéis, e nós os pobres os comandados. Chega de Cabresto, de privilégios para a Elite, de Mascarar a realidade e manipulação das mídias.

    ResponderExcluir
  174. Atitude desumana,cruel e covarde do Governo de Minas!Não acreditei nessa atitude tomada pelo governo isso é uma vergonha para Minas,queria muito que nessa hora todos eles fosssem educadores na luta por condições melhores e tivessem os seus sálarios cortados...o que será que pensariam?Deveriam se colocar no lugar de muitos e ver a ridicularidade que cometeram.
    Estadual Central 3° ano

    ResponderExcluir
  175. T.F.O.C aluna do Estadual Central
    Eu preciso dizer que entrou um professor substituto na minha sala de aula que nao so nao apoia a greve como critica de maneira que ao meu ver é um tanto quanto abusiva ela diz que o salário do professor é considerado justo comparando com o salario de um vendedor de loja e justo pelo trabalho q ele exerce reclamando apenas da falta de respeito dos alunos dizendo q isso seria o UNICO motivo para um aumento e que ela nao entraria em greve por que se nao ficaria sem pagar suas contas , bom... acho errada a opiniao dela e mais errado o governo sinceramente a situação dos professores é uma vergonha para minas a classe esta bastante desunida e o governo pra tirar vantagem dividi cada vez mais essa classe de trabalhadores que merecem mais do qualquer classe o reconhecimento um abraço e desejo a todos muito força e que nao desistam de lutarem pelos seus direitos. deixo aqui claro que os alunos apoiam os professores nessa luta . abraços

    ResponderExcluir