segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Mais do mesmo: "nova" proposta do governo nada mais é do que o subsídio que foi rejeitado por expressiva parcela da categoria


Mais do mesmo: "nova" proposta do governo nada mais é do que o subsídio que foi rejeitado por expressiva parcela da categoria. Exemplos dados pela secretária do Seplag confirmam política de achatamento, confisco e congelamento dos salários dos educadores. Se nada for feito em Minas, só a federalização pode nos salvar do sucateamento da Educação pública que está sendo praticado pelo desgoverno regional.


O governo de Minas não se emenda: quer porque quer castigar os educadores, ao mesmo tempo em que tenta vender para a opinião pública a falsa imagem de que estaria preocupado com a educação pública, com os alunos e com os professores. A "nova" proposta do governo nada mais é do que o já velho subsídio, que foi rejeitado por 153 mil educadores, que mandaram, ou melhor, mandamos, uma clara mensagem para o governo: queremos o nosso piso, conforme a legislação vigente no país e no estado.

Mas, infelizmente, o governo não entendeu a nossa mensagem. Prefere continuar com sua política de descaso, menosprezo e desvalorização dos educadores, de forma deliberada, com o claro objetivo de sucatear a Educação pública, como tem sido o costume dos governos neoliberais, sempre a serviço dos grupos privados.

A "nova" proposta do governo representa o fim do piso salarial nacional em Minas Gerais. Ela acaba com o salário base, ou vencimento básico, existente nas carreiras dos educadores - como de resto, nas carreiras de todos os servidores de Minas - e transforma tudo em subsídio, parcela única, remuneração total, agora com nova denominação: "Modelo Unificado de Remuneração". Na prática, trata-se do já velho subsídio, que acaba com as gratificações, incorpora tudo à parcela única, e com isso desvincula a remuneração dos educadores da política nacional do piso de reajuste anual de acordo com o custo aluno ano. Uma forma já conhecida de calote, de confisco, que é apresentada pelo governo como uma política de valorização. A velha tática de inverter a forma para esconder o conteúdo.

O governo diz para a população que vai investir no novo sistema algo próximo de R$ 2,1 bilhões até 2015. Ele exibe números espalhafatosos de percentuais a mais que os professores receberão em relação ao mínimo exigido pela lei do piso. Na prática, tudo não passa de jogo de palavras, mera arte da enganação ou de truques de mágicos de quinta categoria. O governo deveria dizer, antes, o que ele está nos tirando ao não aplicar a Lei do Piso corretamente nas carreiras existentes desde 2004 e 2005 em Minas.

Vamos tomar um breve exemplo para mostrar como o governo tenta fazer parecer um ganho aquilo que de fato representa um violento confisco salarial, uma perda real de salário.

Diz a secretária do Seplag, em seu blog, apresentando alguns exemplos do novo modelo:

"Veja alguns exemplos reais de como o modelo unificado de remuneração beneficia professores com tempo de serviço diferente:

Professor de Educação Básica – 27 anos de efetivo exercício:

Remuneração em dezembro de 2010 = R$ 1.486,91
Remuneração prevista em janeiro de 2012 = R$ 1.673,14
Remuneração prevista em abril de 2012 = R$ 1.756,59
Remuneração prevista bem janeiro de 2015 = 2.101,68 (41,34% de aumento em relação a dezembro de 2010)".

Claro que o exemplo apresentado é em relação ao subsídio, logo, ao salário total do educador, que após 30 anos de serviço vai receber o equivalente, em 2015, a R$ 2.101,68. Em final de carreira, se o referido professor tiver apenas um cargo - como é o meu caso - vai ter que voltar a trabalhar para dar conta de comprar os remédios, especialmente pelo desgaste mental de ter que aguentar governos como este que estamos aturando - além, é claro, do natural desgaste provocado pela profissão do magistério.

Contudo, se este mesmo professor recebesse pelo sistema atual em vigor, aplicada a lei federal do piso, corretamente, sem mudanças de regras do jogo em andamento, seguramente ele receberia no mínimo o dobro da remuneração apontada pela secretária. Ou seja, pelo menos R$ 4.000,00 como salário total, o que seria algo razoavelmente aceitável, se considerarmos que as polícias em Minas receberão este mesmo valor como piso básico para um profissional em início de carreira em 2015.

Outros exemplos não são diferentes do citado acima. Em menor ou maior proporção, todos os educadores saem perdendo, nesta mágica que o governo tenta apresentar como ganho real para os educadores.

A mágica que os governos de Minas e do Brasil não explicam é como eles fazem para desaparecer com os recursos da Educação, sem conseguir valorizar adequadamente os profissionais desta área. Vamos citar um exemplo claro de como há recursos para a Educação, mas o dinheiro não chega ao bolso dos trabalhadores. Somente em 2012, está prevista uma receita de R$ 106 bilhões para o FUNDEB, somados os repasses de todos os estados e municípios. Se considerarmos que no Brasil somos 3 milhões de educadores, e considerando ainda que recebemos 13,33 salários por ano (incluídos, portanto, o 13º e o 1/3 de férias), encontraremos uma média mensal no valor de R$ 2.650,00 para cada educador do país. Agora, olhem para as tabelas de salários que são praticadas em todos os estados e municípios e verifiquem se existe, salvo algumas poucas exceções, algo parecido com esta média salarial? E olha que eu estou falando do FUNDEB, que não representa a totalidade dos recursos que são repassados para a Educação.

Logo, o que se percebe é que os governos gastam mal os recursos da Educação, muito provavelmente muitos deles desviam verbas da Educação para outros fins, e com isso acabam por impedir que se realize o que está previsto na Carta Magna do país: uma educação pública de qualidade para todos, com a devida valorização dos educadores.

Estamos lidando com governantes que não têm compromisso com a Educação, com a Saúde pública, com a segurança pública, com a moradia popular. São governantes que adoram gastar rios de dinheiro com os apoiadores de suas campanhas eleitorais, através de obras faraônicas, de juros aos banqueiros, além dos milhares de cargos em confiança, e dos gastos com a mídia dócil e servil. Enquanto isso, nós, os educadores, ficamos com as sobras, e ainda temos que aguentar o discurso de que estão investindo cada vez mais na Educação e nos educadores.

Praticam o congelamento salarial, o achatamento, o corte, o confisco, a redução dos nossos salários, e dizem na maior cara de pau que estão investindo nas nossas carreiras.

É lógico que não vamos aceitar uma coisa dessas. Estão nos roubando o piso salarial. Com esta nova proposta do governo, estão nos tirando o reajuste anual de salário pelo custo aluno ano. Lembrem-se que em 2012 o piso nacional terá um reajuste de no mínimo 16,69%. Eu pergunto aos colegas que ficaram no subsídio: quanto o governo está oferecendo de reajuste para vocês? Apenas 5% em abril de 2012. Reparem o quanto vocês começam a perder. Por isso, juntem-se a nós, que ficamos no antigo sistema remuneratório, apesar do confisco e da redução - que vamos cobrar na justiça, não tenham dúvida.

Precisamos lutar juntos contra este governo e exigir respeito aos educadores - coisa que não aconteceu até agora. Vamos boicotar o Simave, pressionar os deputados estaduais e federais, deixando bem claro, que se eles destruírem a nossa carreira, nós destruiremos a carreira deles, através de uma campanha tão intensa contra eles, que eles não se elegerão a mais nada neste estado.

Precisamos fazer valer a nossa força de 380 mil educadores, em contato com 2 milhões de estudantes e seus familiares. Não dá para aceitar este tratamento desrespeitoso que o governo de Minas, como de resto os demais governos, vem dispensando aos educadores.

Queremos o nosso piso implantado na nossa carreira, tal como manda a lei federal, aplicada à tabela vigente no estado. Não aceitamos mudanças nas regras do jogo, com a criação de uma nova lei estadual que nos prejudique, face ao direito que temos já assegurado em lei federal. Basta que todos nós façamos a comparação entre a tabela do piso salarial aplicada às nossas carreiras e as tabelas do governo, para percebermos o quanto estamos perdendo.

Não haverá pacificação em Minas, enquanto o governo não mudar as suas prioridades. Ou então que ele se declare incapaz de gerenciar os recursos da Educação, e transfira tal responsabilidade para a União. Coisa que nós, educadores de Minas e do Brasil, devemos pensar seriamente. Cada vez mais me convenço de que somente a federalização da folha de pagamento dos educadores poderá nos livrar desta angústia diária, de ter que sobreviver com estes salários miseráveis e este tratamento desrespeitoso por parte do governo.

Mas, vamos em frente, com a nossa resistência organizada, com a nossa luta. Amanhã haverá nova assembleia, no pátio da ALMG. E tem também o boicote ao SIMAVE, importantíssimo. E dia 26, reunião ampliada do NDG. Vamos nos unir, fortalecer a nossa luta e nos preparar para os novos embates contra os ataques do governo. Não temos nada mais importante a fazer do que nos unir para lutar pelos nossos interesses de classe. Em defesa da nossa carreira ameaçada, do piso salarial nacional e pela Educação pública de qualidade para todos.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

***

P.S.: Não resisti à tentação de fazer algumas novas comparações entre o que apresentou o governo e o que temos direito, por lei. Reproduzi no texto acima um exemplo apresentado pela secretária do Seplag. Agora, vamos reproduzir os outros dois exemplos:

"Professor de Educação Básica – 14 anos de efetivo exercício
Remuneração em dezembro de 2010 – R$ 1.295,93
Remuneração prevista em janeiro de 2012 – R$ 1.516,24
Remuneração prevista em abril de 2012 - R$ 1.592,05
Remuneração prevista bem janeiro de 2015 = R$ 1999,69 (54,31% de aumento em relação a dezembro de 2010)"

Comentário do Blog: embora a secretária não tenha dado detalhes sobre a realidade mencionada, vamos considerar que um professor que tenha 14 anos de serviço tenha dois quinquênios e sete biênios e mais 20% de pó de giz, totalizando 75% de gratificações. Se se tratar de um professor PEB4C, como parece ser o caso em tela, sua remuneração em 2010 seria aproximada do que mencionou a secretária. Mas, em 2012, aplicado o piso corretamente, ele receberia R$ 2.801,64 - ou seja, quase R$ 1 mil a mais do que ele receberia somente em 2015 com a proposta do governo. Então, onde foi que ele saiu ganhando nessa história?

"Professor de Educação Básica – 6 anos de efetivo exercício
Remuneração em dezembro de 2010 – R$ 1.016,37
Remuneração prevista em janeiro de 2012 – R$ 1.336,71
Remuneração prevista em abril de 2012 - R$ 1.403,54
Remuneração prevista em janeiro de 2015- R$ 1.456,17 (43,27% de aumento em relação a dezembro de 2010)"

Comentário do Blog: Este exemplo é fácil porque está próximo da minha realidade, já completando oito anos de estado. Em 2010 meu salário total foi R$ 935,00 + 34,50 de auxílio transporte, totalizando R$ 969,50 - salário que continua até hoje, graças à redução salarial aplicada pelo governo. Se o governo me pagasse o piso a que me deve por lei, em janeiro de 2012 eu deveria receber pelo menos R$ 1.609,00. No plano do governo, em 2015 eu receberia o equivalente a R$ 1.456,17! Ora, isso é aumento ou redução de salário?


P.S.2: Um outro dado que revela a (má) intenção do governo em não acompanhar o reajuste nacional do piso salarial. De acordo com as informações oficiais, inclusive no site da SEE-MG, o investimento total com a folha de pagamento dos educadores em 2012 será de R$ 8,5 bilhões. Já em 2015 este investimento alcançará a soma de R$ 9,8 bilhões. Isso significa que nos próximos 3 anos haveria um reajuste máximo de 5% ao ano. Reparem que somente em 2012 o reajuste do piso nacional será de no mínimo 16,69%, podendo chegar a 22%. Isso significa que quem receber em torno de R$ 1.400,00 em 2012 - praticamente todos com até 10 anos de carreira, o que representa entre 30 e 60% dos professores - chegarão em 2015 recebendo algo próximo de R$ 1.620,00 de salário bruto. Ora, isso não pode ser aceito de maneira alguma. Isso representará muito provavelmente algo próximo, ou até menos, de dois salários mínimos para um professor com curso superior que terá em 2015 até 12 anos de estado.

***

211 comentários:

  1. Anastazista! não queremos subsidio, mas o piso nacional. Concordo com tudo o que o Euler escreveu! Temos que estar juntos e não aceitar essa imposição absurda desse que se diz Governador, mas que prá nós é uma grande decepção!

    ResponderExcluir
  2. Aceitar esta proposta do governo é assinar um atestado de subserviência. Estamos sendo humilhados por este governo e seus lambe botas. Chega de palhaçada e Força na luta!!!!
    Até a Assembléia!!!!
    Cida do Renato Azeredo.

    ResponderExcluir
  3. É isso aí Euler,por isso sou sua admiradora!É assim que se fala! Vamos mostrar para essa corja do que somos capaz!Não é porque estamos sem dindin que perdemos nossa força e nem o raciocínio.Nossa dignidade está a cima de tudo!Me pergunto sempre¨,será de onde veio essa coisa esquisita para nos atormentar?Não tem como conseguirmos o salário dessas duas almas penadas e postar aqui?Amamos você!Cuidado sempre,você é precioso para todos nós

    ResponderExcluir
  4. Pena que ficamos só em palavras!!!

    vamos para guerrrra. greve greve greve, se fizermos greve não dou uma semana para ele pagar o piso.

    pois a população ja sabe quem é ele, e nos apoiara, e não fechara ano letivo.

    se fizermos isso tenho certeza que venceremos.

    ResponderExcluir
  5. GOVERNINHO MENTIROSO E MAU CARÁTER.
    JÁ DISSEMOS QUE NÃO QUEREMOS SUBSÍDIO.
    BOICOTE AO SIMAVE JÁ.
    A ORDEM DA SUPERINTENDÊNCIA DE MONTES CLAROS É DAR QUANTOS PONTOS FOREM NECESSÁRIO PARA ALUNOS FAZEREM A PROVA.
    MUITOS ALUNOS ESTÃO DISPOSTOS A BOICOTAR.
    TEM PROFESSOR ILUDIDO PENSANDO QUE SE BOICOTAR O SIMAVE FICA SEM O "PRÊMIO".
    CHEGA! BASTA DE COVARDIA!
    BICOTE JÁ!
    REDUÇÃO DE CARGA HORÁRIA PERMANENTE JÁ!
    PRESSÃO NOS POLÍTICOS TUCANOS E OUTROS JÁ!

    segunda-feira, 21 de novembro de 2011PROPOSTA DO GOVERNO - SUBSIDIO II, O RETORNO
    SINDUTE-MOC


    O governador Anastasia encaminhará nesta terça-feira (22) à ALMG sua proposta salarial para os servidores da educação, ignorando o SIND-UTE e os deputados da comissão. A proposta é um anexo ao projeto anterior(2355), que já tramita na Assembleia. O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira (21), durante entrevista coletiva no Palácio da Liberdade, quase dois meses depois do fim da nossa greve de 112 dias..
    Segundo o governo, a proposta resultará em um impacto anual de R$ 2,1 bilhões na folha de pagamento, chegando a R$ 9,8 bilhões até 2015. A partir de 2012 começará a implantação do sistema de um terço da jornada semanal dos professores dedicada a atividades extraclasse. A implantação do modelo unificado só será concluída em 2015 e levará em conta a situação individual de cada um dos 400 mil servidores da educação do Estado.
    O governador tucano informou ainda que será criada uma tabela de transição com aplicação proporcional do piso nacional no vencimento básico, levando em consideração os mesmos interstícios (prazo mínimo que servidor tem que permanecer no cargo antes de ser promovido) vigentes na tabela do subsídio (10% na vertical/escolaridade e 2,5% na horizontal/tempo de serviço).
    Conforme as informações do governo, pelo novo projeto, professores e especialistas da educação terão suas vantagens pessoais como quinquênios, biênios, entre outras gratificações, calculadas com base na tabela de transição e, imediatamente, incorporadas à remuneração única. Segundo ele, todos os servidores serão posicionados na tabela unificada.
    O texto encaminhado pelo governador para apreciação da Assembleia Legislativa informará também que a nova tabela de vencimentos prevê progressões e promoções que valorizam o tempo de serviço, a escolaridade e o resultado da avaliação de desempenho. A proposta do Governo deverá ser analisada pelos deputados estaduais em regime de urgência.


    FIZEMOS UMA GREVE DE 112 DIAS PELA APLICAÇÃO DA LEI 11.738/08, ACREDITANDO EM NOSSOS DIREITOS, NA RESPONSABILIDADE POLÍTICA E PRINCIPALMENTE NA JUSTIÇA.
    E AGORA?
    --------------------------------------------
    FORA CORRUPÇÃO!
    FORA ANASTAZIA!
    FORA TUCANOS, E OUTROS!

    PISO JÁ! PISO JÁ! PISO JÁ!

    SUBCOMANDANTE EULER, NOSSO CANDIDATO .
    PORQUE A POLÍTICA MERECE GENTE SÉRIA E COMPROMETIDA!

    ResponderExcluir
  6. "Governo de Minas propõe remuneração unificada para professores e paga acima do piso salarial." SEE- MG.

    CONVERSA PRA BOI DORMIR.

    VAMOS DESENHAR PRO GOVERNINHO, QUE NÃO QUEREMOS SUBSÍDIO. PEGA ESSE SUBSÍDIO E FAÇA BOM PROVEITO. JÁ QUE É ACIMA DO PISO, FICA COM ELE E ME DÁ MEU PISO.

    SERÁ SE LEI ESTADUAL É SUPERIOR A LEI FEDERAL?
    qUE PAÍS É ESSE?
    BOICOTE AO SIMAVE JÁ!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. euler lembra-se que o video que lhe enviei com o deputado Duarte da base governista já mostrava claramente que era essa a intenção primeira do "piracentozinho": transforma tudo numa unica forma remuneratória. Pensaram e estão querendo nos impor isso, faremos nossa pressão não podemos deixar.

    ResponderExcluir
  8. Euler, mais do que nunca temos que atuar em todas as frentes possíveis, não devemos descartar a idéia de pressionarmos o judiciário, espalhar outdoors por toda a cidade demascarando os impostores, dependendo de como isso for apreciado na Assembléia, no caso de passar colocar outdoors por toda a cidade com dizeres que comparam os vencimentos dos professores e parlamentares lembrando a população desinformada que eles aumentam os próprios salários e nós ficamos na dependencia da aprovação deles. As outras sugestões devem ser mantidas e apreciadas na assembléia do dia 22.
    O comparecimento deve ser maciço. Sinto que para fazermos frente a um governo tão duro a maioria deve se fazer presente.

    Em tempo, é questão de honra extirparmos o psdb para longe das alterosas.

    ResponderExcluir
  9. Todos os jornais mineiros estão noticiando felizes o bonito pronunciamento do governo... agora... será que algum jornal vai ter coragem de fazer uma matéria demonstrando do quanto de confisco estamos sofrendo em relação ao modo que o piso deveria ser aplicado??? Ahhh vai... minas é, em sua maioria, ridícula. E pior... boa parte dos professores também. Só o núcleo duro da greve não da conta de brigar sozinho... ACORDA PROFESSORES!!!!! VOCÊS ESTÃO SENDO ROUBADOS A LONGO PRAZO!!!!!! O que me doí é que.... se os professores fossem mais politizados... seríamos uma força arrasadora... mas... tem gente que está é comemorando o adicional por não ter parado na greve. Mentalidade de escravo... me dói falar isto.... mas não vejo de outra forma. Como podem estes ensinarem a formar cidadãos mais dignos se nem eles mesmo possuem a dignidade para consigo mesmo?!!?

    ResponderExcluir
  10. Euler, Estou me perguntando; será que é tão desnecessário professor para formar uma nação? Será que tem judiciário mesmo neste país? Será que lei é so para os de baixo?Será que não teremos um, unzinho sequer de homem com dignidade e força política para nos defender?Será que 41 anos de professorado só me serviram para hoje dizer:Que decepção!!!Sinto tanta vergonha de ser professora e mineira que não consigo nem pensar direito.Vamos tentar fazer a petição pública para federalizar nossa folha de pagamento.Abraços, até daqui a pouco. Clarice.

    ResponderExcluir
  11. Educadora e moradora do Vale do Jequitinhonha22 de novembro de 2011 02:24

    É uma vergonha o que está acontecendo em Minas Gerais.
    E o pior é que o prêmio por produtividade não vai ser pago. É bom pra gente tomar vergonha na cara e parar de fazer essa política imposta pelo desgoverno de treinar prova pra Simave, Prova Brasil, Proalfa...
    O Anastazista está tentando acabar com o Plano de Carreira que ele mesmo e o padrinho Aecim criaram.
    Incompetentes!
    Agora é assim: "rasgam" e "criam" leis, decretos como se não tivessem lidando com milhares de famílias de educadores que têm de fazer mil estripulias pra sobreviverem.
    Constroem estádios, cidades administrativas, catedrais às custas do confisco do NOSSO PISO.
    Nesse país as leis são aplicadas só para os de baixo!
    Onde estão o Supremo, o Governo Federal???????????
    Uma mão lava a outra e as duas lavam a cara de pau dessa corja de corruptos instalados em todas as esferas.
    Vamos, sim, boicotar o Simave e esses políticos que aprovarem esse projeto que tenta acabar com anos e anos dedicados à educação em Minas.
    Esse Anastazista e a Hiena, fiel escudeira, vão passar e vão deixar um rombo na vida e na educação de milhões de mineiros.
    Abram as contas para o MEC, mostrem onde são aplicados os recursos pra Educação em MG!!!
    O problema é admitir a dívida de bilhões que o Estado tem, por conta da incompetência desde o desgoverno do padrinho. Imaginem se o cara chega à presidência.
    O Brasil vai à bancarrota!!!!
    FORA ANASTAZISTA, HIENA, E TODOS QUE TENTAM ACABAR COM O ENSINO PÚBLICO DE MINAS!!!!!
    HÁ! NÃO SOU FILIADA E NEM ESTOU AQUI DEFENDENDO NENHUM PARTIDO POLÍTICO.

    ResponderExcluir
  12. euler,
    NÃO TENHO PALAVRAS PARA FALAR DA MINHA INDIDNACÃO...
    Ficamos 6 meses sendo garfados, no VB, aguardando uma proposta e essa corja vem com o SUBSIDIO II a revanche do mal contra os educadores, acabando desrespeitosamente com a opcão de 153 mil educadores que disseram NãO a esse confisco vergonhoso que é o subsídio???
    EU QUERO O PISO NA CARREIRA COMO MANDA A LEI FEDERAL. Justica contra essa cambada que se denomina governo de Minas. Pobre minas.PSDB NUNCA MAIS.
    Ashley

    ResponderExcluir
  13. Estou triste. Muito triste. Não quero mais dar aulas. Minha vontade é de quebrar aquela assembléia hoje. Se alguém do governo passar na minha frente não sei o que poderá acontecer com eles.

    ResponderExcluir
  14. GREVE JA

    BOICOTE AO SIMAVE JA

    ResponderExcluir
  15. Quando o Anastazista no término da greve falou sobre o APRIMORAMENTO DO SUBSÍDIO não foi a toa. Esse realmente é um dos piores governadores de Minas Gerais.! FORA ANASTAZISTA E LEVA O SUBSÍDIO JUNTO COM VOCÊ!!!

    ResponderExcluir
  16. Prezado Euler, o único caminho nosso agora é a Justiça Federal. Recorrer ao STJF e esperar, porque greve, paralisações o governo não está nem aí e os únicos prejudicados somos nós professores.

    ResponderExcluir
  17. Calma pessoal,

    Vamos aguardar orientações do SInd UTE.

    ResponderExcluir
  18. O Sind UTE, poderá entrar com uma reclamação no STF, demonstrando o golpe do governo.

    ResponderExcluir
  19. Cadê a contração dos advogados? Vamos agir ou ficar chorando pelo leite derramado?

    ResponderExcluir
  20. E o escritório de advogados?

    ResponderExcluir
  21. Todas as palavras , indignação e decepção são insuficientes pra expressar o que senti ,subsalário II-o Retorno!!! Que salário desprezível. Boicote já ao simave e outras... É agora ou nunca. Precisamos dar uma lição neste desgoverno. Será um momento histórico pra nossa Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  22. Professor Euler,
    O mais triste ainda nisto tudo é saber que muitos professores acreditam nessa proposta enganosa do governo, que não muda em nada a realidade da educação mineira. Ficam tão felizes quando recebem prêmio por produtividade e décimo terceiro!São formadores de cidadãos!
    Professor Herbet
    Cristália - MG

    ResponderExcluir
  23. Isso é uma vergonha! Mais uma vez estamos diante dos disparates de um GOVERNO de LOUCOS! E NÓS! Estamos aqui fazendo o que? ? ? QUE TAL NÃO ENCERRAR O ANO? QUE TAL NÃO INICIAR O ANO? QUE TAL VER QUE PROFESSORES, ESPECIALISTAS, SECRETARIOS DE ESCOLA, AUXILIARES DE SERVIÇOS GERAIS, FAZEM PARTE DA MESMA ESCOLA E QUE SEM ELES NENHUMA ESCOLA FUNCIONA. SÃO TODOS OU NÃO DA EDUCAÇÃO ? ? ? Nós trabalhadores da EDUCAÇÃO NÃO PODEMOS E NÃO DEVEMOS DEIXAR QUE ESSES DISPARATES CONTINUEM.

    ResponderExcluir
  24. MAS...
    ARGUMENTA, ARGUMENTA E NADA!
    FALTA DE VERGONHA!
    ALÉM DE RECEBER, A PARTIR DE JANEIRO DE 2012, REPASSE FINANCEIRO PARA A COMPLEMENTAÇÃO DAS "DESPESAS" COM A EDUCAÇÃO, O GOBERNO VEM COM A INDECENTE PROPOSTA DE ONTEMMMMMMMMMMMMMMMMMMM....

    O QUE ELE IRÁ FAZER COM O REPASSE!

    MUITA CARA DE PAU MESMO!!!!!!

    É ISSO AI MESMO, GENTE!

    POR ISSO, ACONSELHO MINHAS ALUNAS A NÃO SEREM PROFESSORAS).....

    ResponderExcluir
  25. EULER,

    FAÇA CONTATO COM A FOLHA DE SAÕ PAULO.....

    EXPONHA A SITUAÇÃO DE AGORA....

    PISO OU NÃO PISO...(NOS PROFESSORES) ANASTASIA PERGUNTA: EIS A QUESTÃO!

    ResponderExcluir
  26. Oi Euler e demais companheiros
    Não podemos negar que o porco governante e a hiena botocada são talentosos. È preciso ter muita cara de pau pra mentir tão descaradamente diante de milhares de mineiros que tomam seu café da manhã diante de figuras tão asquerosas. Tive asco, nojo, engulhos.


    POR FAVOR, COLEGAS ASSISTAM AO VÍDEO.ELE EXPLICA O PORQUE DE TANTO DESRESPEITO,INDIFERENÇA,SUCATEAMENTO E FALTA DE APOIO À EDUCAÇÃO BRASILEIRA.





    Http://www.youtube.com/watch?v=bQE9NGljtqg

    ResponderExcluir
  27. NEM LI A PROPOSTA DIREITO, MAS SE TEM RELAÇÃO COM O SUBSÍDIO, NÃO É BOM PARA CATEGORIA.

    QUEREMOS O PISO COMO ESTÁ, SÓ CORRIGIR PELO PSPN E PAGAR.

    COMO SEMPRE VEIO ELE COM A PROPOSTA SEM DISCURSÃO, SÓ QUERIA GANHAR TEMPO PARA VOTAR EM REGIME DE URGÊNCIA E NÃO DAR TEMPO DE DISCUTIR.

    ResponderExcluir
  28. Só Freud poderia nos explicar essa obsessão desse governozinho pelo subsídio.(rs rs rs )

    ResponderExcluir
  29. Antecipamo-nos a muitas coisas...

    ... agora devemos aguardar orientações do sindicato.

    ResponderExcluir
  30. Excelente texto e análise, Euler!
    Esse governo pensa que somos idiotas, que temos cara de palhaços e que não sabemos interpretar e fazer contas... Está na cara que ele está, mais uma vez, nos enganando! Tentando nos passar a perna, para continuar desviando as verbas destinadas à Educação para fazer as campanhas eleitorais e agradar a elite desse Estado e País! Nós temos que continuar trabalhando para que nossos alunos e familiares tenham condições de, nas próximas eleições, realizar melhores escolhas... Não podemos deixar que eles continuem elegendo essa corja!

    ResponderExcluir
  31. ESTE VAI E VEM,É TÍPICO DE GOVERNANTE INCOMPETENTE!

    A OPINIÃO MUDA DE ACORDO COM A COR DA CUECA(OU CALCINHA- SEI LÁ).

    NA ENTREVISTA DE HOJE, PAGA COM O O DINHEIRO DO POVO MINEIRO,O EMPORCALHADO NÃO CITOU O TEMPO EXTRACLASSE COM O QUAL VAI PRESENTEAR OS PROFESSORES EM 2012.SERÁ PORQUE?

    ESTE ANASTASIA NÃO PODIA SER BOA COISA MESMO.O COITADO É A SOBRA E A SOMBRA DE UM IDIOTA QUE NEM APREÇO AO SEU ESTADO TEM.

    AÉCIO,ANASTASIA,VILHENA E GAZZOLA SÃO AQUELE LIXO QUE NÃO SE RECICLA. CARNE PODRE QUE NEM URUBU,QUE É A MAIS DIGNA DAS AVES,QUER COMER.

    FORA DAQUI SEUS MALDITOS! CHÔ! PASSA JÁ!

    ResponderExcluir
  32. Com a unificação do pagtos da categoria, de agora em diante será TODOS OU NINGUÉM.

    GREVE GERAL EM 2012.

    ResponderExcluir
  33. E no JORNAL O TEMPO.... O GOVERNADOR, encerra a entrevista com a seguinte frase: " O governador Antonio Anastasia deu a negociação como encerrada. "Conseguimos chegar a uma política justa e ousada, que será definitiva. A proposta é extraordinária". (JS)
    E OS EDUCADORES DE MG, aqueles que devem formar cidadãos/ ALUNOS, conscios de seus direitos e deveres politicos, VÃO ESPERAR O QUE ? ? ? QUE PROVIDENCIAS VÃO TOMAR ANTE ESTA SITUAÇÃO DESCABIDA E DE UM GOVERNO DE LOUCO(S). Onde estão os demais profisionais da educação na tabela... QUERO VER UMA ESCOLA FUNCIONAR SEM OS SECRETARIOS ESCOLARES, OU AUXILIARES DE SERVIÇOS GERAIS..... ESSE GOVERNO É UM LIXO!

    ResponderExcluir
  34. A greve de 2012 deve começar no início do ano com paralisações semanais por todo o ano.

    Serão no total mais de 35 dias LETIVOS de greve.

    Sem previsão de reposição, pois provavelmente eles estarão descontando os dias de nossos pagtos.

    Assim teremos fôlego para uma grande batalha.

    Depois se preciso for, teremos:
    - 2013...
    - 2014...
    - ...

    ResponderExcluir
  35. Essa proposta acaba com os QUINQUÊNIOS dos mais antigos.....breve vão acabar com a ESTABILIDADE dos efetivos....e não só dos professores, mas das 8 carreiras da educação.....ane, ate, atb, peb, etc.....

    ResponderExcluir
  36. Mais uma vez venho reforçar que esse governador é um psicopata. Veja mais um trecho do livro Mentes Perigosas de Ana Beatriz Barbosa Silva:"... por isso, nunca acredite em acordos escritos ou verbais com eles (psicopatas), pois nunca irão cumpri-los totalmente. Talvez o façam parcialmente no início do acordo somente para impressionar e ganhar confiança de suas vítimas. Mas uma coisa é certa: mais cedo ou mais tarde eles irão "aprontar"!
    Tá vendo? Viu no que deu ao suspendermos a greve e acreditarmos em um acordo?

    ResponderExcluir
  37. Sabe quando os alunos e os trabalhadores da educação pública vão ter uma escola de qualidade.Só quando entendermos que o governo quer o contrário dos professores,ou seja eles querem é quanto pior ,melhor.Como atualmente só a classe baixa frequenta as escolas públicas e o governo quer investir o mínimo ,sobra exatamente prá educação e saúde que são áreas frequentadas pelas classes baixas.A única saída é fazer um trabalho de conscientização com a população e com a sociedade.Mas isso vai gastar tempo e precisamos do apoio do sindicato com material e campanhas de esclarecimento.

    ResponderExcluir
  38. Começo a desconfiar desta UFMG , Gazzola , Anastasia ... Luis Dulci ... O que mais essa universidade tem prá nos brindar.

    ResponderExcluir
  39. Gente, estou em "Estado de choque de gestão"...
    Quanta avareza para com a Educação pública!!!
    Quase tive um "troço" ao ler sobre a nova proposta velha do Governo (já esperada, mas a esperança é a última que morre).
    Versão 2012 do subsídio, absurdo total.
    AMANHÃ RETORNO DA OPERAÇÃO TARTARUGA NAS ESCOLAS!!!

    ResponderExcluir
  40. Ação já................
    Este governo pensa que somos idiotas>

    ResponderExcluir
  41. SÓ ESPERO QUE ,OS DEPUTADOS QUE DIZEM QUE NOS APOIAM NÃO FAÇAM O QUE FIZERAM NO PASSADO RECENTE QUE PELA PRESSA EM ENTRAR EM RECESSO DEZOBSTRUIRAM A PAUTA DA ASSEMBLEIA E, DEPOIS VIERAM COM A DESCULPA QUE O GOVERNO QUEBROU O ACORDO, POR FAVOR NÃO COMBINEM COM O GOVERNO ESTA ESTRATEGIA POR CAUSA DO NATAL NOBRES DEPUTADOS ROGÉRIO CORREIA E CIA LTDA, ESTAMOS DE OLHO.

    ResponderExcluir
  42. Se com uma LEI FEDERAL em punhos não conseguirmos dignidade nesta profissão, não haverá mais nada a se fazer. QUE PAÍS É ESTE, MEU DEUS?

    ResponderExcluir
  43. Bom dia guerreiras(os)

    Estes canalhas estão brincando com todos nos,mentem discaradamente,prá que constituição,STF.,este estado é uma farça.Onde está a tal comissão de Brasilia??????

    FORÇA NA LUTA E ATÉ MAIS TARDE NA ASSEMBLÉIA

    José Henrique

    ResponderExcluir
  44. A Folha de São Paulo deve estar doida para publicar esta notícia de ontem.Prato cheio.

    ResponderExcluir
  45. POR FAVOR , EULER , MANDE SEU TEXTO PARA A FOLHA DE S. PAULO JÁ , COM TODA A COMPARAÇÃO QUE VC FAZ DE MANEIRA TÃO EFICIENTE .SE NÃO PODEMOS CONTAR COM A IMPRENSA DE MINAS , PEÇAMOS AJUDA A S.PAULO .
    AÉCIO NEVER
    PT JAMAIS

    QUEREMOS UM PAÍS JUSTO , EM QUE AS LEIS SEJAM OBRIGATORIAMENTE CUMPRIDAS POR TODOS .
    FAZER LEI NÃO É BRINCADEIRA , NÃO É PASSATEMPO DE DESOCUPADOS QUE FINGEM TRABALHAR PARA GANHAR GORDOS SALÁRIOS .
    TODA LEI DEVE SER CUMPRIDA .
    QUEREMOS O QUE NOS PERTENCE !
    ONDE ESTÃO TODOS ? POR QUE NÃO SE MANIFESTAM?

    ResponderExcluir
  46. Socorro! Estou sendo roubada pelo governador de Minas Gerais! Estou sem palavras!

    ResponderExcluir
  47. Euler temos que agir rápido pois a votação será a toque de caixa. Vamos mobilizar os alunos e pais, os academicos das licenciaturas, boicotar o SIMAVE. E procurar os advogados que já foi citados aqui neste blog. Não podemos perder tempo.
    Vanessa
    Montes Claros

    ResponderExcluir
  48. " U R G E N T E "

    GREVE IMEDIATA COM AS SEGUINTES INVASÕES:

    ==>> OBRAS DO MINEIRÃO POR TEMPO INDETERMINADO.

    (eles estão usando o nosso piso para reformar o mineirão).

    ==>> CIDADE ADMINISTRATIVA

    ==>> ALMG

    ==>> TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MG

    ==>> STF


    Jorge Pinto - ATB3E
    Barão de Cocais

    ResponderExcluir
  49. Estamos sendo considerados retardados,não temos raciocínio e samos analfabetos não sabemos fazer contas simples.Estamos diante de uma ditadura vamos ter que engolir o subsídio ou "suicidio"? Tenho Licenciatura Plena e com a proposta do governador vou receber bem menos de $712,00.Queremos o piso!Chega de enganação.

    ResponderExcluir
  50. Euler e companheiros de luta

    temos que entender que este modelo de sociedade que este demotucanos tem para nós é o de migalhas.

    A luta daqui para frente não é apenas por melhores condições para educação pública de qualidade. A nossa luta tem que ser pela troca do modelo político implantado neste estado.

    Enquanto tiver penas voando na cidade inadimistrável, infelizmente vamos amargar por longos tempos.

    A campanha "Nunca mais psdb" tem que ganhar força!!

    ResponderExcluir
  51. Bom dia galera

    Será que não tem POLICIA para isso. estão querendo tomar direitos já adquiridos em lei.

    É CRIME

    ResponderExcluir
  52. Que ditadura!Porque tanto trabalho para impor o sibsídio,pois esta novo tipo de remuneração é o própio "suicídio"Tenho Licenciatura Plena e vou receber abaixo de $712,00 pois com a propocionalidade das gratificações receberei muito menos que o piso para o curso médio,mas o governador ainda insiste que é melhor que o piso.Arlene

    ResponderExcluir
  53. É, Tereza, de Sete Lagoas... vc tem toda razão!Mas nós vamos curar esta doença dele. Até o final do seu mandato ele vai entender com "quantos paus se faz uma canoa".

    Convido você e demais colegas que participaram da greve a nos mantermos unidos. Vamos formar aqui um NDG pois não vamos entregar o "ouro ao bandido".

    Joaquim

    ResponderExcluir
  54. Se esse país fosse um país sério já teria acontecido uma intervenção federal. Sétima economia do mundo com uma educação que não acompanha essa realidade. É por isso que a mão de obra qualificada nunca é suficiente e nosso povo cada vez mais despreparado. Esse governador comete crime de lesa pátria vendendo nossas riquezas e nos lesa sucateando nossa gente. Nos intervalos do fantástico o governo de minas ensinou ao seu povo a odiar os professores. É por essas e outras que a violência aumenta na escola, se o governo dá esse exemplo o que impede os alunos de repetir?

    ResponderExcluir
  55. Essa proposta acaba com os QUINQUÊNIOS dos mais antigos.....breve vão acabar com a ESTABILIDADE dos efetivos....e não só dos professores, mas das 8 carreiras da educação.....ane, ate, atb, peb, etc.....

    ResponderExcluir
  56. Anônimo das 7:55 hs, excelente esse vídeo. Eu sugiro que ele seja passado nas salas de aulas para que os alunos possam entender o porquê de toda essa nossa luta.

    ResponderExcluir
  57. Euler,

    Você está sendo nomeado para encontrar um acesso junto à "Folha de São Paulo" e explicar a nossa situação.

    Talvez algum parlamentar de Minas possa nos ajudar.

    Desculpe a forma ditatorial mas no momento somos obrigado a intimá-lo para esta tarefa.

    ResponderExcluir
  58. Bom dia, turma da luta, membros do NDG e demais colegas de combate!

    De fato, temos que limpar Minas Gerais desses grupos de rapina que fazem do governo um mecanismo para favorecer aos amigos deles, aos empreiteiros, banqueiros, mídia vendida e a alta cúpula dos três poderes.

    Temos que conseguir uma audiência pública no Congresso Nacional, na Comissão de Educação ou de Direitos Humanos, para mostrar o que vem acontecendo nos estados e municípios.

    Infelizmente, não temos uma entidade sindical nacional que consiga organizar uma forte pressão sobre o Congresso Nacional, sobre o STF e sobre a presidência da República. Então nós mesmos, pela base, temos que organizar essa pressão. Devemos entrar em contato com nossos colegas de outros estados e montar essa estratégia de luta.

    Nossa luta não pode ficar presa aos limites de Minas, pois é isso que eles querem. Temos que mostrar para o Brasil duas coisas básicas: 1) o que o faraó e seu grupo fizeram com o estado; 2) o que os governos estaduais estão fazendo com a Educação pública e com os educadores - e que essa é uma causa nacional.

    Aqui em Minas, temos que continuar resistindo, denunciando, pressionando os deputados e nos organizando para arrancar os nossos direitos.

    Um forte abraço e força na luta!

    Daqui a pouco estaremos na assembleia, discutindo com os colegas o que fazer.

    ResponderExcluir
  59. Hoje temos que lotar a praça da Assembleia. Vamos pedir o retorno à greve. O governo não cumpriu o acordo e portanto temos o direito de voltar para a greve.

    ResponderExcluir
  60. GENTE

    VAMOS OU NÃO VAMOS BOICOTAR O SIMAVE?

    JÁ EXISTE ESCOLAS APLICANDO A PROVA.

    QUAL É A ORIENTAÇÃO DO SINDICATO.

    PARA MIM DEVEMOS BOICOTAR.

    JUIZ DE FORA.

    ResponderExcluir
  61. AGORA ESTAMOS TODOS JUNTOS NO MESMO BARCO(furado).

    SERÁ TODOS OU NINGUÉM.

    Alguma coisa de bom este des governo está fazendo, UNINDO A CATEGORIA.

    NÃO VENCEMOS PORQUE ESTÁVAMOS DESUNIDOS.

    Agora, aguardamos orientações do sindicato.

    ResponderExcluir
  62. Euler estou fazendo um novo vídeo, dessa vez sério, com o desGovernador discursando na pele de Adolf Hitler.

    Fico pensando, talvez seria legal fazer a saudação nazista junto com um "Heil Hitler", apesar de isso significar "Salve Hitler" serve como protesto e com certeza irá chamar atenção. Se todos os professores fizerem isso na próxima manifestação será um barulho enorme e lembrará da ditadura.

    ResponderExcluir
  63. A inflação oficial, IPCA, de 2011, deve fechar o ano em 6,5%.

    Na proposta do Governo teremos 5% de reajuste em abril.

    Desta forma em pouco tempo estaremos ganhando menos de um salário mínimo.

    A AQUELE PESSOAL QUE NÃO PARTICIPOU DA GREVE, QUE FOI CONTRA SEUS COLEGAS E TEVE O RECONHECIMENTO E AGRADECIMENTO OFICIAL DO GOVERNADOR...

    ... PARABÉNS, VOCÊS CONSEGUIRAM.

    ResponderExcluir
  64. João Paulo Ferreira de Assis22 de novembro de 2011 10:10

    Prezados companheiros de luta

    Agora mais do que nunca precisamos de calar nossa revolta: o silêncio de ouro. NÃO PODEMOS ENTREGAR ESTRATÉGIAS, PORQUE ISTO É PERIGOSO. Se algum dos colegas tem alguma sugestão para o Sindicato, escreva no blog da Beatriz pedindo para o comentário não ser publicado. Da mesma forma peço que ao escrever sugestões, seria melhor que pedissem ao Euler para não publicar, ou então, mandar para o email dele, com o mesmo pedido. É preciso cabeça fria, pois o governador deu as negociações por encerradas e vai nos colocar a todos no subsídio. Agora a batalha será em outro campo.

    Saudações, e até a vitória.
    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  65. Calma pessoal,

    vamos aguardar orientações do Sind UTE.

    ResponderExcluir
  66. Olá Euler e leitores do blog.
    Há tempos estamos vendo esta situação constrangedora . Este governo não tem medo , pois ele não viu nada que possa realmente derrubá-lo. Temos que gritar para a ONU, contando do nosso país na educação, o escambal , se preciso for , mas vamos fazer algo grande para desmascar estes traidores,que roubam descaradamente e nada acontece a eles . Eles se acham blindados pelo Aécio, globo e mídia em geral.
    Eles estão apostando na nossa capacidade . Pode acreditar!
    Um abraço a todos e vamos à luta!!!!!

    ResponderExcluir
  67. GOVERNO TRATA TODOS COMO TROUXAS, ATÉ OS DEPUTADOS

    VEJA QUE ELE JÁ TINHA ESSA PROPOSTA MAS DEIXOU PARA ULTIMA HORA PARA MANDAR AO PLENÁRIO.
    PARA NÃO DAR TEMPO DE DISCUTIR, SÓ VOTAR

    FIQUEM DE OLHO

    ResponderExcluir
  68. POR FAVOR, NÃO ACABEM COM NOSSO SONHO, NOSSA CARREIRA.
    SÓ TEMOS ISSO.

    ResponderExcluir
  69. TÁ NA HORA DE FAZER IGUAL AO EGITO, IR PARA RUA

    ResponderExcluir
  70. Muito bem Euler!!!!!!!!!!!!
    Audiência no Congresso Nacional ,na Comissão de Educação ,Direitos Humanos e acampados defronte ao congresso , a mídia não terá como não noticiar o porquê do acampamento.
    O MST não acampou para ser ouvido ? Façam -no tbm.
    O governo pensa literalmente que o professor é retardo.
    Estou doente com o cretinismo dessa corja cínica .

    ResponderExcluir
  71. Vice-presidente da Comissão de Educação, o deputado Arthur Bruno, do PT do Ceará, afirmou que quando houver um levantamento dos estados e municípios que não cumprem a lei, os parlamentares vão pedir providências legais contra esses entes.
    Vamos enviar emails para a presidente da comissão de fiscalização Fátima Bezerra e para o deputado Artur Bruno pedindo providências urgentes.Entrem no site da câmara dos deputados e pesquisem subcomissão fiscalização lei do piso. Vamos envolver todo mundo.

    ResponderExcluir
  72. Caros Colegas ,
    Ontem e hoje postei no blog de Renata Vilhena o seguinte:
    Renata , que vocês tenham a ombridade que tevê JK, sabia aceitar críticas .Postei comentário ontem e estou postando hoje ,quero vê-los aqui.
    Olha,o governo não anunciou nada novo, mudou apenas o rótulo do calote ,o conteúdo é o mesmo.

    ResponderExcluir
  73. Acho que agora deveríamos ter uma consciência politica e de voto mais apurada e imitarmos os cidades espanhóis e franceses e holandeses quando o governo quis tirar direitos dos funcionários públicos.
    Seria colocar cartazes e altidor em locais estratégicos e companhas no ORKUT, FACEBOOK e outros com os dizeres.
    Você cidadão que tem pai, mãe, irmão, irmã, tio, tia, primas, primas e amigos na próxima eleição NÃO VOTEM NESTE PARLAMENTAR.
    (por a foto ou os nomes).
    Pois eles acabaram com a carreira dos seus entes queridos.
    Pronto quero ver eles entenderam o recado.
    LÁ DEU CERTO.

    ResponderExcluir
  74. NDG DE PLANTÃO

    Será se o governo "ditador" ainda não entendeu que o PISO é Lei Federal 11738/08 ou agora teremos que bordar nos céus de Minas para ele e sua corja entender.

    Abraço!
    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  75. Volto a bater na tecla que o governo não pode mudar nosso plano de carreiras, era até 2009, infelizmente não posso mais esperar pelo sindicato e estou junto uns trocados para entrar com uma ação individual e convidando alguns professores colegas para entrar numa ação coletiva, porém, nunca dá pra saber quanto tempo demora o resultado. Sinceramente não entendo por que o sindicato que já tem advogados não foi ao STF, argumentos legais é o que não nos falta!

    ResponderExcluir
  76. veja video no tuwiter Rogério Correia.

    ResponderExcluir
  77. O que eles fazem com o dinheiro do FUNDEB?
    Pagam os parentes, para "trabalhar" nos PIPs, mandam alguns chefes para trinamentos em hoteis de luxo, aqueles que não trazem nenhuma novidades e etc, etc ,etc

    ResponderExcluir
  78. Acho que o problema dos animais (bambi, sapo e cobra) é que como não são alfabetizados não conseguem ler a lei do piso.

    ResponderExcluir
  79. É curioso observar que depois da matéria da folha mais propaganda sobre a falsa eficiência do desgoverno de minas começaram a ser veiculadas. É como se ele estivesse nas cordas e resolvesse reagir. Acho também que essa intransigência com o piso pode ter a ver com o ensino privado. Sabemos que governos psdb adoram privatizar e o piso pode tornar o ensino público atraente para professores das escolas privadas e, certamente, elas não iriam gostar disso, inflacionaria o salário dessa categoria, e talvez pode ser que haja um lobby desse segmento sobre o desgoverno. São conjecturas sei, mas nada é impossível quando se trata de maníacos como os que há no governo atual.

    ResponderExcluir
  80. Educadora de contagem22 de novembro de 2011 12:25

    Fala Sérioooo Governador!!. Os professores querem notícias novas!! PI S O !!!!E RESPEITO AO PLANO DE CARREIRA e a LEI FEDERAL 11.738/08. TÁ LEMBRANDO????
    Vou acabar editando um filme: O retorno do suicídio.

    ResponderExcluir
  81. Boicotar parcialmente ao simave ira prejudicar muitos q não aplicarem a prova, deveria ser todo mundo, agora continuo batendo na tecla, greve geral agora, antes que ele aprove este projeto e nossa carreira vá para o espaço

    ResponderExcluir
  82. PARÁ DE MINAS - VAMOS FICAR DE OLHO NO DEPUTADO INÁCIO FRANCO,caso ele vote no projeto de lei a favor de anastasia será declardo réu confesso: inimigo número 1 da educação e não será eleito mais pela região. FIQUEM DE OLHO.

    ResponderExcluir
  83. "Quem apoia o Ditador não merece voto de eleitor!"

    é hora de encher as caixas dos deputados de e mails.

    ResponderExcluir
  84. Boa tarde!
    Euler, o diretor da escola onde trabalho está nos ameaçando com a seguinte fala: A SEE nos orientou a cortar o ponto referente às paralisações como falta comum e nos orientou tbm a não permitir a reposição. Vc sabe alguma coisa sobre isso?
    Grata

    ResponderExcluir
  85. Vejam só o e-mail que o sindicatozinho do pemba enviou ontem para as escolas:

    Prezados colegas das Escolas Estaduais,

    Esta semana teremos boas notícias.

    Atenciosamente,

    Professora Joana D’arc

    Qual será a boa notícia? Que o espírito de curucuanga purpurinado vai ser destituido do cargo por falta de interpretação e por não ser alfabetizado?
    Socorro esse pessoal alienado desse sindicato precisa ser preso, por apoiar as loucuras daquela pessoa.

    ResponderExcluir
  86. Com o confisco na educação em Minas Gerais, as verbas para seguir rumo ao palanque presidencial em Brasília se tornam efetivas.

    Estão retirando da educação o dinheiro para bancar as propagandas presidencialistas.

    ResponderExcluir
  87. Aos 6:35s da entrevista da sra. secreatária do satã ela admite que o piso é de r$1587. Só falta agora terem coragem de pagar!

    http://blogrenatavilhena.blogspot.com/2011/11/entrevista-radio-itatiaia.html

    É ouvir para acreditar!

    ResponderExcluir
  88. É muita desfaçatez dizer "A proposta é extraordinária", é muito cinismo, é muita MALDADE.

    ResponderExcluir
  89. Caro Anônimo das 12h42,

    Não existe isso não. A falta de hoje é falta greve, aprovada em assembleia da categoria. E a reposição é um direito seu e do aluno - apesar do governo ter feito as lambanças que fez, com substitutos e calendários sem prévia consulta à categoria.

    ResponderExcluir
  90. Fiz um Post no texto Cidade Inadministrável e gostaria que fosse publicado.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  91. Comentário no O Tempo:
    O de antes (aécio) disse: "Estamos à beira do abismo!". O de agora afirmou: "minas deu um passo à frente". Ê Minas Gerais, vc já foi grande e respeitada... oh minas gerais, que tamanha derrocada.

    ResponderExcluir
  92. SETE LAGOAS E REGIÃO - vamos ficar de olho no DEP. DUÍLIO DE CASTRO,a exemplo de Pará de Minas,caso ele vote no projeto de lei a favor de anastasia, será declarado réu confesso: inimigo número 1 da educação e não será eleito mais pela região. FIQUEM DE OLHO.

    ResponderExcluir
  93. Olá, Giovane!

    Seu post deve ter sido publicado. Veja se ele não está entre os que ultrapassaram os 200 posts e que abrem nova página automaticamente.

    Um forte abraço a todos e até depois da assembleia.

    Volto com as decisões tomadas em assembleia pela categoria e com o relatório de costume.

    Um abraço a todos,

    Euler

    ResponderExcluir
  94. AOS COLEGAS QUE NÃO PARTICIPARAM DA GREVE,

    O DIA QUE VOCÊS ACHAREM QUE ESTE GOVERNO QUE OS ELOGIARAM E TAMBÉM OS AGRADECERAM PELA SUAS OMISSÃO À GREVE, ESTIVER SENDO INJUSTO COM VOCÊS, FAÇAM UMA GREVE.

    AGORA É TODOS OU NINGUÉM.

    ResponderExcluir
  95. AÉCIO + ANASTASIA + DANILO DE CASTRO, ESTÃO ACABANDO, ESTÃO DECRETANDO A MORTE DA EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    NÃO SÃO SÓ OS PROFESSORES OS PREJUDICADOS.

    A SOCIEDADE, PRINCIPALMENTE OS POBRES, SÃO OS GRANDES PERDEDORES.

    COVARDIA SEM MEDIDA.

    SÓ A JUSTIÇA DIVINA, PODE COMBATÊ-LOS.

    DEUS ESCREVE CERTO POR LINHAS TORTAS.

    ResponderExcluir
  96. E o escritório de advocacia?

    ResponderExcluir
  97. Depois de esperar um século, não nos resta outra alternativa:

    - Reclamação ao STF.

    OBS: COM BONS ADVOGADOS.

    ResponderExcluir
  98. Que esse grito possa ecoar nos 4 cantos de Minas...
    "Já passou da hora, Anastasia fora!"

    Saúde, educação e segurança na luta!
    "Já passou da hora, Anastasia fora!"
    "Já passou da hora, Anastasia fora!"
    "Já passou da hora, Anastasia fora!"

    ResponderExcluir
  99. OLÁ COMPANHEIROS

    FIQUEI TAO FELIZ COM A NOTÍCIA DO DESGOVERNADOR.
    ME EMPURROU PRA LONGE DA ESCOLA.
    EM TEMPO NÉ... TÁ POR FORA!

    ResponderExcluir
  100. Vamos rezar orações de amor, de paz, de felicidade, para acalmar os nossos corações.

    Estamos lutando contra forças negativas.

    ResponderExcluir
  101. Guerreiros em tempo de relativa trégua de nossa greve crônica...

    Eu pergunto: Uma proposta esdrúxula dessas, tem o poder de me privar dos meus direitos adquiridos, simplesmente porque o rei quer? E a lei? Biênios e quinquênios e demais gratificações, podem ser suspensas assim, sem nenhum prefácio??? Mas o propósito da vida, segundo o Dalai Lama, não é ser feliz? então me expliquem, como ser feliz se me encontro as voltas com o demônio nesse inferno que se transformou a educação no Estado de Minas Gerais???

    Pelo amor de Deus, precisamos parar tudo!!! O cara é doido de pedra, pensa que nos submeteremos inertes ao escravismo em pleno século XXI??? Se existe alguém aqui que merece trabalhar só pra garantir o angú e a vida no dia senguinte... É essa cria do Demônio chamado anastasia.
    GREVEEEEEEEEEEEEEEEE...GREVEEEEEEEEEEEEEEEEE...GREVEEEEEEEEE...GREVE...

    Só pra não perder o hábito: SEM O PISO NÃO PISO NA ESCOLA!!! ESTAMOS TODOS PRONTOS PRA SUSPENDER AS ATIVIDADES. GREVE, GREVE, GREVE, GREVE...

    ResponderExcluir
  102. Se não desistirmos,

    de derrota em derrota, venceremos.

    ResponderExcluir
  103. Professor decididamente não vale nada mesmo.Descobri recentemente ao fazer uma carteira de motorista que depois de 28 anos lecionando,fiquei com minha digital desgastada,por causa do giz.Mas qd nós aposentamos o governo tira o pó de giz dos idiotas...Pq é mt dinheiro...É isso aí,votem nos homens...

    ResponderExcluir
  104. GOVERNO PERDIDO TENTA A QUALQUER CUSTO MUDAR UMA COISA DO PASSADO

    PLANO DE CARREIRA MAGISTÉRIO

    FOI UM TIRO QUE SAIU PELA CULATRA EM 2011, AGORA VAMOS AO STF PARA RECEBER NOSSO DIREITO SABEMOS QUE A LEI NÃO PREVALECE ANTES DE SER VOTADA, NÃO RETROAGE, ENTÃO OS DIREITOS ESTÃO RESGUARDADOS.

    ResponderExcluir
  105. "Modelo Unificado de Remuneração = subsídio" que é igual a "angú = polenta!"

    kkkkk...kkkkkkk KKKKKKKKKKKKK!

    .. e hoje como fiz "paralisação" como tbém fiz os "112 dias" fui acordada ( telefone) pelo cartão de crédito me cobrando. Dizendo que o não pagamento corria o risco do nome ir para SERASA SPC etc e tal Aff!
    Dou minha cara a tapa se não tem mais uns 160 mil professores sofrendo a mesma humilhaçao que eu!

    PISO JÁ DESGOVERNO SALAFRÁRIO! AS CONTAS ESTÃO SE AMONTOANDO E AS COBRANÇAS VEM CORRIGIDAS DE MULTAS E JUROS ESSAS SIM ESTÃO DENTRO DA LEI NÃO É MESMO? ESTOU COMO AQUELE CIDADAO QUE ESCREVEU ANTERIORMENTE "NAO QUERO MAIS DAR
    AULAS!"
    QUE DEUS SE APRESSE EM NOS FAZER JUSTIÇA!

    BASTA!
    BASTA!

    O QUE DECIDIREM NA ASSEMBLÉIA DE HOJE ASSINO EMBAIXO!

    ResponderExcluir
  106. JÁ DISSE JÚLIO CÉSAR NA ANTIGA ROMA :
    "A LEI É UMA PROSTITUTA , QUE PODE SER COMPRADA PELO PREÇO MAIS ALTO ".
    É UMA PENA QUE ESTA FRASE SEJA TÃO ATUAL EM NOSSO PAÍS .DE QUE SERVEM AS LEIS NA TERRA DOS TUPINIQUINS ? DE QUE SERVEM A MORAL , A JUSTIÇA ,O TRABALHO HONESTO ? DE QUE SERVE A DEMOCRACIA , QUE DIZEM EXISTIR ? E A HONRA ? E A OMBRIDADE QUE DEVERIA SER POSSUÍDA PELOS GOVERNANTES ?
    MEU DEUS , TENDE PIEDADE DE NÓS !

    ResponderExcluir
  107. Euler, eu amo ser professora, mas dojeito que está....sei não.Eles não querem professores com competencia dando aulas, eles querem pessoas que obedeçam as suas ordens e pronto.Eu já brgueiu muito este com colegas que não acreditam na educação, com colegas covardes que nada fizeram diante da greve.Isto tudo vai chateando, consegui apenas me tornar hipertensa e uma tamanha depressão.Choro o tempo todo, de tristeza, ao ver toda esta maldade.Falei com os meus alunos ontem, que o governador quer que eles aprendam apenas ler e escrever e que não é legal para o governo formar cidadãos conscientes, pois aí sim, estes cidadãos saberiam questionar, compreenderiam o certo e o errado, e que eles saberiam, interpretar tudo isto que o governo tem feito conosco.Acredito na nossa luta apesar de já estar doente com tudo isto.Um abraço... Cristina/Ponte Nova

    ResponderExcluir
  108. "Os Gigantes que Davi Derrotou antes de Golias."

    O MUNDO ESTÁ REPLETO DE PESSOAS PRONTAS EM TUDO A NOS DESANIMAR ...

    Davi conseguiu derrotar Golias porque ele havia derrotado outros gigantes antes.

    O primeiro gigante que Davi enfrentou e derrotou, antes de vencer Golias, foi o gigante do “você não pode”.

    O verso 33, diz: “Mas Saul respondeu: - Você não pode lutar contra esse filisteu. Você não passa de um rapazinho, e ele tem sido soldado a vida inteira.

    Davi foi desencorajado pelo rei, chefe do exército israelita; ele também foi desencorajado por seus próprios irmãos.

    Muitas vezes, este gigante assume a forma de palavras de desencorajamento lançadas sobre nós, como uma maldição, ao longo de nossas vidas.

    Ou vencemos este gigante, ou sucumbiremos a cada novo projeto, vencidos por palavras tais como: “você não pode”, “você não é capaz”, “você jamais conseguira”, “você é fraco”, “você é um imcompetente” “seu burro”, “voce não serve pra nada” Etc...

    Como a história se repete! E como as aparências continuam enganando!

    Quando o SENHOR lhe disser que você pode e é capaz de vencer, jamais permita que alguém lhe diga o contrário! – nem mesmo o seu próprio coração –

    O mundo está cheio de pessoas prontas a nos desanimar e desencorajar;

    Lamentavelmente, muitas destas pessoas são membros da nossa própria família.

    Quantos pais há que estão a soprar, repetida e veementemente, a maldição do “você não pode” sobre os próprios filhos!

    Cada pessoa expressa aquilo que contém o seu coração, como disse Jesus.

    Não podemos impedir que as pessoas nos desencorajem, mediante suas críticas, dúvidas, sarcasmo e, até, humilhações;

    Mas nós podemos filtrar estas coisas com aquilo que o nosso Deus tem falado a nosso respeito na Sua Palavra: Você é:

    • Vencedor

    • Líder de Excelência

    • Você é o que Deus diz que você é.

    O nosso Deus é um Pai que sempre nos encoraja, anima e fortalece!


    http://www.docstoc.com/docs/11002529/Os-Gigantes-que-Davi-Derrotou-antes-de-Golias-(I)

    ResponderExcluir
  109. Euler,
    assistindo ao jornal da Alterosa 2° edição fico pensando: como o governo paga um piso( piso, e não subsídio) pra policiais que cometem crimes contra a população inocente e aos educadores confiscam direitos adquiridos ao longo de anos e anos?
    No fundo, deputados, prefeitos e futuros candidatos estão dando vivas ao Anastazista.
    Veja bem, a maioria dos prefeitos de MG não paga piso aos educadores e nem têm intenção de pagar.
    Os deputados atuais e vindouros não precisarão comprar briga com a classe de educadores pois a "culpa" da criação do subsídio será atribuída ao atual desgovernador.
    Essa equipe é tão incompetente que está cavando sua própria sepultura, se esquecendo que outras eleições virão.
    Serão milhares de eleitores insatisfeitos...
    Pelos anos de vivência que tenho em MG, é a primeira vez que vejo um governo sacrificar uma classe como agora.
    Será que é medo de abrir as contas à União?
    Ou implicância, já que pensam que é uma luta política entre sindicato e governo do Estado?

    Esse governo se esqueceu dos milhares de educadores que o apoiaram , confiando em falsas promessas (antes das eleições se reuniram com diretores nas SRE, lembram?). Ainda bem que não foi o meu caso!!!!

    Vão morrer pelo próprio veneno!!!

    Do mesmo jeito que apareceu do nada, esse Anastazista vai desaparecer...
    O padrinho já está pulando do barco, nem em MG mora mais. Defende o RJ já pensando em ganhar apoio daquele Estado, pois sabe que terá que passar pelos paulistas na Convenção. Ainda bem que os brasileiros já conhecem a fama do "Aecim" de outros carnavais!!!!!
    O Brasil merece COISA melhor.

    ResponderExcluir
  110. Pela primeira vez, estou realmente cansada. Cansada de ver o governo falar,falar e acabar literalmente com os professores e a educação em Minas.
    Depois, de ver que os professores ainda acreditam que vão vencer governador, deputados. Ora, os deputados não se elegeram com o auxílio do professor. Essa campanha era para ter acontecido em 2010 e o que aconteceu? Nada. Absolutamente nada. O governador foi eleito no primeiro turno. Quais professores, sinudute ou qualquer deputado usou a educação para desmoralizar o governador? Ninguém. Até fizemos a nossa parte, votando no Hélio Costa, que, nessa greve, em nenhum momento deu o arzinho da graça a favor dos professores. PT? Quem, além do Dep. Rogério Correia deu apoio aos professores?
    Os deputados sabem que a base eleitoral deles é o povo, e o povo não se interessa por educação. O povo, como já contava Luís Fernando Veríssimo, é a velhinha de Taubaté. Acredita no governo até a última gota. E vai continuar votando em PSDB, que trouxe a copa para Minas, nas mentiras do sr. governador. O povo, que vence eleição, não sabe em quem votar. Vota naquele que, se não promete um par de sapatos, promete casas, melhores condições de vida, ou qualquer outro valor de troca por voto. Não nos enganemos. A saída é jurídica, com uma expressiva ação no STF. Só assim, conseguiremos algo. Greve? Se o governo não se incomodou com 112 dias, vai se incomodar agora? Exonera os professores e põe os substitutos. Qual pai foi à secretaria, telefonou, ou mesmo fez reclamação contra substituto? Ninguém. Afinal, o filho estava na escola.
    EStamos sendo ingênuos em acreditar que algo vai acontecer por causa de greve. Tem que chamar mídia, botar a boca no trombone. E colocar advogados competentes para mostrar que esse projeto de lei não pode ser aprovado por razões jurídicas. Não porque os professores não gostam.
    Vamos pensar. Revolta não resolve nada.
    Em tempo, fiquei 112 dias em greve, fiz campanha na minha escola, tenho sido muito atuante. Não estou leiga, sapo de fora, dando palpite.

    ResponderExcluir
  111. Euler, obrigada por responder. Tenho tbm outra pergunta. Tenho direito às férias prêmio e de acordo com as resoluções que li, o número de servidores autorizados a se afastar são 20% do total da escola, contando com os designados, embora o direito seja apenas dos efetivos de usufrui-las. Entretanto, segundo o mesmo diretor, só pode contar com 20% dos funcionários efetivos, diminuindo assim o número de contemplados com as merecidas férias-prêmio.
    Pode ser até que vc já tenha feito algum comentário nesse sentido, mas vc pode me orientar?
    Grata novamente.

    ResponderExcluir
  112. Polónia: “Solidariedade” comemora 31 anos
    31/08/2011

    Os poloneses relembram o 31º aniversário do “Solidariedade”, o primeiro sindicato livre do leste europeu, que contribuiu para a queda do comunismo no velho continente.

    O presidente Bronislaw Komorowski esteve na cidade portuária de Gdansk, onde depositou uma coroa de flores no monumento de homenagem às vítimas do regime comunista.

    Lech Walesa, o herói do “Solidarnosc”, também passou pelos estaleiros navais.

    A 31 de agosto de 1980 - Walesa assinou um acordo com o primeiro-ministro polaco, que autorizava os sindicatos independentes. O documento pôs fim à greve dos operários dos estaleiros navais de Gdansk.

    Em 1989, o sindicato venceu as eleições legislativas, culminando por mudar o rumo do país.

    ResponderExcluir
  113. CALOTE RECAUCHUTADO!!!!!!!!SUBSÍDIO REQUENTADO.......
    OS ZUMBIS (OS MORTOS-VIVOS) QUE ESTÃO NO SUBSÍDIO NÃO
    VÃO APOIAR-NOS,ESTÃO SATISFEITOS!DEVEMOS LUTAR JUDICIALMENTE É O ÚLTIMO RECURSO QUE RESTA.O IDEAL MESMO É CHAMAR OS" HOMENS DE BRANCO" PARA ARRASTAR ANASTASIA PARA UM HOSPÍCIO. ELE ESTÁ VISIVELMENTE INSANO.
    CORINTO-MG

    ResponderExcluir
  114. 2010, o ano que não acabou!Pelo andar da carroça o fantasma do salário de dezembro passado tem que ser exorcizado...O vodu é o seguinte: extinção de "tucanos" do estado de Minas Gerais e quiçá do Brasil.E...força na luta! E então professores de Corinto,vão enfim lutar o bom combate junto com o NDG? Adesões abertas! O PISO É LEI!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  115. TENHO 25 ANOS DE EFETIVO EXERCÍCIO DE TODOS OS GOVERNADORES QUE PASSARAM POR ESTE ESTADO DE 1986 ATÉ HOJE O PIOR DE TODOS SEM DÚVIDA FOI ESSE ANASTASIA. PARECE UM DITADOR NATO, SEM RESPEITO E SE CARÁTER.

    ResponderExcluir
  116. Começo a desconfiar desta UFMG , Gazzola , Anastasia ... Luis Dulci ... O que mais essa universidade tem prá nos brindar.

    UFMG = Universidade para f* o magistério kkkk
    ou: Univerdidade Formadora de Medíocres para o
    Governo

    ResponderExcluir
  117. "Na morte eu descanso
    Mas o sangue anda solto
    Manchando os papéis, documentos fiéis
    Ao descanso do patrão"

    da música "Que país é esse" (Legião Urbana)

    É isso aí... na morte eu descanso... mas até lá o sangue vai correr solto e o chão de Minas vai tremer!

    ResponderExcluir
  118. Euler, olha só que loucura. Qnd houve a eleição nas escolas foi colocado que o salário do vice diretor seria 20% a mais que o nível peb3 equivalente a 30 horas o que daria 1650. Nessa proposta louca, o vice ganha 40% do menor salário do diretor. Ou seja 1050. Um secretário de escola na minha escola de 850 alunos ganhará 1788. E o diretor 3500. Mas o vice 1050 pelas mesmas 30 horas do secretário. Pode isso? Esse homem é louco. Eu fujo do mísero salário de professor e me arraso com essa pior ainda.

    ResponderExcluir
  119. Euler ,
    chegando da assembleia , coloca notícia aí ,por favor!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  120. Quando eu era pequeno, mães, pais, professores, avós, tios, vizinhos, eram autoridades dignas de respeito e consideração. Quanto mais próximos ou mais velhos* (*São Joaquim, marido de Santa Ana, pai de Maria e avô de Jesus, é considerado o Santo dos avós), mais afeto!

    Inimaginável responder de forma mal educada aos mais velhos, professores ou autoridades… Confiávamos nos adultos porque todos eram pais, mães ou familiares das crianças da nossa rua, do bairro, ou da cidade… Tínhamos medo apenas do escuro, dos sapos, dos filmes de terror… Hoje me deu uma tristeza infinita por tudo aquilo que perdemos. Por tudo o que meus netos um dia enfrentarão.

    Pelo medo no olhar das crianças, dos jovens, dos velhos e dos adultos. Direitos humanos para criminosos, deveres ilimitados para cidadãos honestos. Não levar vantagem em tudo significa ser idiota. Pagar dívidas em dia é ser tonto… Anistia para corruptos e sonegadores… O que aconteceu conosco? Professores maltratados nas salas de aula, comerciantes ameaçados por traficantes, grades em nossas janelas e portas.

    Que valores são esses? Automóveis que valem mais que abraços, filhas querendo uma cirurgia como presente por passar de ano. Celulares nas mochilas de crianças. O que vais querer em troca de um abraço? A diversão vale mais que um diploma. Uma tela gigante vale mais que uma boa conversa. Mais vale uma maquiagem que um sorvete. Mais vale parecer do que ser… Quando foi que tudo desapareceu ou se tornou ridículo?

    Quero arrancar as grades da minha janela para poder tocar as flores! Quero me sentar na varanda e dormir com a porta aberta nas noites de verão! Quero a honestidade como motivo de orgulho. Quero a vergonha na cara e a solidariedade. Quero a retidão de caráter, a cara limpa e o olhar olho-no-olho. Quero a esperança, a alegria, a confiança!

    Quero calar a boca de quem diz: “temos que estar ao nível de…”, ao falar de uma pessoa. Abaixo o “TER”, viva o “SER”. E viva o retorno da verdadeira vida, simples como a chuva, limpa como um céu de primavera, leve como a brisa da manhã!

    E definitivamente bela, como cada amanhecer. Quero ter de volta o meu mundo simples e comum. Onde existam amor, solidariedade e fraternidade como bases. Vamos voltar a ser “gente”. Construir um mundo melhor, mais justo, mais humano, onde as pessoas respeitem as pessoas. Utopia? Quem sabe?… Precisamos tentar… Quem sabe comecemos a caminhar transmitindo essa mensagem… Nossos filhos merecem e nossos netos certamente nos agradecerão!”.

    Arnaldo Jabor

    ResponderExcluir
  121. Pessoal , vamos lotar o twitter de Serginhogroisman-@oserginho -convidaeulerconradoseu programa -blog do euler,educadores minas aplaudirão.

    ResponderExcluir
  122. Euler,
    Tentando entender este plano mequetrefe do governo de Minas. Por favor, explique o quê devemos entender com estes dois parágrafos:

    I - para a definição do nível em que ocorrerá o posicionamento na tabela de subsídio
    será observado o requisito de escolaridade do cargo ocupado pelo servidor em 31 de dezembro de
    2011;
    II – para a definição do grau em que ocorrerá o posicionamento na tabela de subsídio
    será observado o valor da soma do vencimento básico correspondente à tabela de que trata o Anexo V
    desta lei com as vantagens incorporáveis ao subsídio nos termos do art. 2º da Lei nº 18.975, de 2010,

    Quem tem pós, mestrado e doutorado será posicionado de acordo com a sua escolaridade??

    ResponderExcluir
  123. O governo pode impor o subsídio sem nos dar opção de escolher???

    ResponderExcluir
  124. Só se fala em professores e as outras carreiras, como ficam?

    ResponderExcluir
  125. Já avisei a alguns amigos e conhecidos no Rio de Janeiro que Áecio Never vai transformar o Brasil no grande arraial do subsídio caso seja eleito presidente.

    ResponderExcluir
  126. Carlos Fiusa,

    Caso encontre um advogado confiável, conte comigo. Também acho que precisamos entrar na justiça contra essa besta do apocalipse.

    Maria Helena - Ipatinga

    ResponderExcluir
  127. Olá Euler

    VAMOS CONVERSAR SERIAMENTE. Não há mais espaços ‘somente’ para desabafos e lamentações.

    AGORA, neste momento, não seria o caso de entrar com AÇÃO na justiça, (mesmo sabendo que não vai dar em nada), para pelo menos deixar (em documento oficial) e não apenas ‘de boca’, QUE NÃO HOUVE ACEITAÇÃO, por parte da categoria da educação de MG, dessa ‘velha’ proposta do governo?

    Digo isso porque o piso é lei. Todos os estados e municípios já deveriam estar cumprindo, e caso o piso se torne realidade em alguns estados, (lembrando que nos outros estados não existe essa pedra do subsídio no caminho, o que facilita pressões e concretização do piso)... lá na frente, não poderão nos negar (aos profissionais mineiros) esse direito; alegando que não há documento legal que prove a nossa ‘não-aceitação’.

    Sabemos o quanto os políticos extasiados pelo dinheiro e poder se tornam dissimilados e perigosos. É bom deixar claro, de forma (documentada), que não houve aceitação da proposta do governo pela categoria, e que houve uma IMPOSIÇÃO por parte do mesmo. Lembrando que todas as ações que o sindicato moveu contra o governo foram anteriores à essa última proposta imposta; podendo essas ações, portanto, não serem consideradas como prova. Não sabemos o dia de amanhã. Tudo deve estar documentado e assinado. Desde o início, sempre acreditei que a pressão deveria ser na base federal. Se a lei saiu de lá, eles que deem conta. Penso que o sindicato daqui poderia organizar uma reunião com os sindicatos de vários estados para pressionar o governo federal. É preciso amadurecer esta ideia e ousar.

    F. (MC)

    ResponderExcluir
  128. Carlos José - Nova Lima22 de novembro de 2011 18:43

    Nova Lima já está colhendo assinaturas para o Impeachment do governador Anastasia. Fora Anastasia!

    ResponderExcluir
  129. E o meu piso proporcional de 712,00, mesmo sendo essa merreca. Quando começarei a ganhar. Estou junto com vcs nesta luta, mas tenho saido< pelo menos no momento > no prejuizo, pois continuo a ganhar os 950,00 liquido, enquanto que no subsidio ganharia 1200,00.

    ResponderExcluir
  130. Caros:
    Somente na justiça podemos manter nossos direitos. Precisamos urgente contratar um escritório especializado em direito público. Um escritório com profissionais gabaritados de moral ilibada e cujo nome no "mercado" jurídico seja respeitado. Só assim para fazer frente a esse "Nero" que deseja ardentemente tocar fogo na categoria dos professores. Por que esse indivíduo não propõe esse tipo de remuneração para todo o funcionalismo mineiro, policiais inclusive? URGENTE! Precisamos do apoio dos funcionários públicos de todas as categorias do estado, porque os pr´ximos a serem garfados em seus direitos serão todos. O déspota está treinando conosco.
    Deputados, representem o povo. Vejam que esse louco está fora da lei. Não compactuem com ele, pois estamos sendo forçados a entrafr, cada professor como um valente cabo eleitoral 24 horas por dia. Material para desfazer a imagem de cada inimigo da educação temos de sobra. Não subestimem um animal ferido.

    ResponderExcluir
  131. absurdo.............psicopata........Será que nunca seremos valorizados ? Dalmo Ribeiro nunca mais receberá um voto de professor no sul de Minas.

    ResponderExcluir
  132. DEPUTADO DALMO RIBEIRO nunca mais receberá um voto de professor,família de professor,aluno no sul de minas...Mostre sua cara,deputado.

    ResponderExcluir
  133. Educadora de Contagem22 de novembro de 2011 19:33

    È UM ABUSO, É INACREDITÁVEL COMO NOSSO GOVERNADOR NÃO CONSEGUE CUMPRIR COM A PROMESSA FEITA, COMPROMISSO ASSINADO E QUE TODOS NÓS JÁ VIMOS E ELES QUEREM NOS ENFIAR O SUICÍDIO GOELA ABAIXO.
    sE ESSE PROJETO FOR APROVADO PODEREMOS TODOS NÓS DESISTIR DA EDUCAÇÃO, TEREMOS QUE PROCURAR OUTRA PRAIA, QUEM SABE ASSIM SEREMOS MAIS VALORIZADOS.

    ResponderExcluir
  134. Educadora de Contagem22 de novembro de 2011 19:53

    EM Minas Gerais a lei não está sendo obedecida e nem vai ser. A partir de hoje, o governo mandou um projeto de lei para a ALMG em caráter de urgência. Nenhum outro projeto será analisado antes desse projeto, em que nosso governador, suas secretárias e os deputados querem de vez acabar com a classe dos professores. Os deputados da oposição são em menor número e estão fazendo de tudo para trancar a pauta.Ficamos 112 dias de greve e nosso governo insiste em não obedecer a lei do piso. Disseram hoje na assembleia dia 22.11.11 que se esse projeto for aprovado nós todos seremos penalizados. E pergunto: Por quê? O que fizemos de errado para que esse governo não cumpra a Lei. Por que eles querem penalizar os educadores e os alunos de baixa renda?

    ResponderExcluir
  135. Primeiramente é evitar a votação desse Subsídio, e paralelo a isso o SindUte deve contratar de imediato um Escritório de Advocacia de Brasília, que saiba os trâmites do STF e vamos para a justiça. Isso é que é indignação, o resto é bobagem. Força colegas!
    Uberlândia/Triângulo Mineiro

    ResponderExcluir
  136. ONDE ESTÃO OS 153 MIL SERVIDORES QUE FICARAM NA CARREIRA ANTIGA??? O GOVERNO ESTÁ MUDANDO TODOS OS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO PARA O SUBSÍDIO, ATRAVÉS DO PROJETO DE LEI 2355/11. AO INVÉS DE FICAR FALANDO DA ATUAÇÃO DO SINDICATO OU DO JURÍDICO, NÓS NÃO DEVÍAMOS ESTAR NA ASSEMBLEIA PRESSIONANDO OS DEPUTADOS???

    ResponderExcluir
  137. É o fim da linha este projeto. Se o governo o aprovar, estaremos fadados a um salário de fome pelo resto de nossas carreiras. Que governador é este. Como ele ousa usar a alcunha de professor em seu nome. Pilantra tirano e mentiroso. O pobre do professor que votou neste homem , sabe enfim o que significa a palavra arrependimento!!

    ResponderExcluir
  138. Meus queridos,
    Estou tão chateada! Hoje de manhã, na escola, algumas pessoas assistiram na TV à notícia do novo projeto do governo e eu vi um sorrisinho, assim, meio de lado, daquelas pessoas que optaram pelo subsídio. Governo maldito! Nos fez de trouxas. Deu-nos a oportunidade de retornamos ao VB, perdemos dinheiro e agora fica tudo igual? Esse homem é de uma malvadeza sem limite, é um psicopata de gravata.
    E eu me pergunto (e que Ele me perdoe): Oh, Deus, onde estás, que não respondes?
    Muito triste. Magoada. Chateada. Arrasada. Desmotivada. Desonrada na minha dignidade cidadã e profissional. Entretanto, quero acreditar, que não há mal que dure para sempre.

    ResponderExcluir
  139. Precisamos convcencer os deputados de que eles estão tratando com um tirano.
    Todos os governadores que enfrentaram greve pela implantação do Piso estão mantendo um diálogo aceitável com a categoria. No Pará e no Ceará, os governadores apresentaram propostas minimamente aceitáveis que equivalem a duas três vezes o valor oferecido pelo governador de Minas. Como os senhores deputados compactuam com a ideia de que Minas Gerais pode ser, entre todos os estados do Brasil, aquele que paga o menor salário aos professores. Desculpem-me, mas isso é vergonhoso para vocês, não para os professores. Imaginem isso espalhado em nível nacional, já que muitos professores do estado de Minas estão migrando para o Rio de Janeiro e Espírito Santo porque nesses estados, apesar de não ter ainda o salário merecido,o educador ganha bem melhor. Imaginem o funcionalismo público de todos os estados brasileiros temendo colocar no Planalto algum representante de Minas Gerais para achatar o salário de todos os funcionários federais e de criar leis que cortam o direito adquirido dos trabalhadores? Vocês, cujo trabalho é representar o interesse da população junto ao governo, não podem compactuar com tamanha injustiça contra uma categoria importante na formação dos outros trabalhadores que irão servir ao país.
    O senhor "aécio" incumbiu o "senhor anastasia" de fazer o serviço sujo que ele não teve coragem de fazer, para não ter entrave em suas pretensões com relação ao Planalto, mas o saco de maldades está transbordando tanto que começou a espalhar para fora de Minas e com certeza contaminará aqueles que concordarem com esse asqueroso ataque aos mestres.

    ResponderExcluir
  140. Quem esse desgovernador pensa que é?
    Até qdo continuará a descumprir uma Lei Federal?
    Cadê a Presidente desse país?
    Vamos bombardear os email dos Dep. Federais e Senadores.
    Será que ninguém irá nos amparar?

    ResponderExcluir
  141. Caro Euler e demais companheiros,

    Também sou filiada ao Sin ute, tenho acompanhado toda esta heróica luta de bravos guerreiros em prol dos nossos direitos... E dentro das minhas possibilidades tento repassar a alguns colegas também ansiosos em que pé está nossa situação, pelo que acompanho por este conceituado blog. Por incrível que pareça alguns colegas demonstram desconfiança quanto à real posição do sindicato... Chegando a questionar a razão pela qual o sindicato ainda não entrou (e parece quem nem vai entrar) com ações na justica. Nessa hora confesso que fico com cara de tacho... E repito a pergunta que não quer calar: o que está impedindo o sindicato de entrar com ações na justiça?! Conforme desconfiança de alguns, terá mesmo alguma coisa (ligada ao governo) por trás dessa omissão?! Será que são farinha do mesmo saco? Se não são, por quê não tomam uma atitude? Se alguém puder tirar minha dúvida, desde já agradeço.

    Patrícia Ferreira, Montes Claros.

    ResponderExcluir
  142. Acho que o sindute deve contratar de imediato uma junta de advogados para que possam embargar a votação desse projeto e resolver na justiça a questão do nosso piso.Não entendo porque o sindicato não toma essa decisão .Todos pedem e o sindicato nada faz.Se falta dinheiro todos nós uniremos e ajudaremos .Ou será que a pressão por parte dos advogados do sindicato?? Para mim são advogados lombardi nunca aparecem.Nunca vi um parecer dos advogados do sindicato sobre o caso.Que advogados são esses meu Deus??? O que estamos esperando?? porque o sindicato não acata o pedido de seus filiados nem se manifesta.Vamos cobrar, vamos exigir.Queremos nosso piso.Queremos nosso plano de carreira.

    ResponderExcluir
  143. Euler e amigos da greve,
    pois amanhã iremos à porta da escola
    para conversar com os alunos a não
    entrarem para fazer a tal prova>Penso
    que é uma ótima estratégia,afinal não
    seremos muitos de nós a aplicá-la e
    na sala é mais difícil comvencer os
    meninos,pois os aplicadores podem ser
    do "grupo dos gângsters".
    Um abraço a todos.Fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  144. O Tempo:
    Professores prometem voltar à ALMG nesta quarta-feira quando será votado o projeto de lei sobre a remuneração da categoria

    Desde o início da manhã desta terça-feira (22) os professores da rede pública de ensino de Minas Gerais estavam na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), onde seria votada o substutivo do projeto de lei enviado nesta terça-feira (22) pelo governo com as novas propostas de remuneração para os professores. Com a mobilização dos professores, a votação acabou não acontecendo. A segurança no prédio da ALMG foi reforçado pela Polícia Militar, conforme informou a assessoria da Casa.

    Houve uma assembleia ds professores no pátio da ALMG, que foi presidida por Beatriz Cerqueira, coordenadora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE). A orientação dada aos professores pelo Sind-UTE foi para que os manifestantes retornem à ALMG nesta quarta-feira (23), quando deve ser votado o substutivo do projeto de lei.



    Proposta. De acordo com a nova proposta apresentada nesta terça-feira (22) aos deputados mineiros, o crescimento da remuneração dos profissionais da educação será escalonado em quatro anos. Até janeiro de 2015, considerando os reajustes anuais - no próximo ano será de 5% - o professor estará recebendo salário dentro do novo regime, com progressão e reajuste de 2,5% para cada dois anos de trabalho e de 10% para cada nível de escolaridade avançado.



    Beatriz Cerqueira, classificou a proposta do Estado como "inacreditável". "O governo voltou a falar em subsídio? É inacreditável. Entramos em greve pedindo a aplicação do piso federal na carreira da educação. O sistema unificado não é vencimento básico é congelamento do salário e o fim dos nossos direitos".



    A Secretária de Estado de Planejamento Renata Vilhena concedeu uma entrevista coletiva nesta terça-feira (22), para esclarecer os pontos apresentados no substutivo do projeto.



    Quebra da rotina. Com a manifestação dos professores, a rotina da Casa foi completamente alterada. Várias sessões que eram realizadas pelas Comissões da ALMG foram interrompidas parcialmente, já que os professores foram até as galerias dos plenários para dar o aviso aos deputados estaduais de que são contrários à proposta apresentada pelo governo. Uma sessão de homenagem que estava marcada para a noite desta terça-feira foi adiada e não teve a nova data agendada.



    Aguarde mais informações.

    ResponderExcluir
  145. Colegas,
    Em face do E-mail recebido pelas escolas, dando conta de que nessa semana, teremos uma notícia boa, escrevi à subscrevente:

    Prezada Joana D'arc,

    Sempre que alguém nos sugere uma notícia boa, ficamos em polvorosa, à espera...

    Hoje ainda é terça-feira e a única notícia que temos é que o meu Governador acabou com o nosso Plano de Carreira, negando-se a pagar o Piso Nacional do Magistério a que temos direito constituído, nos empurrando esse maldito subsídio. E nós, 153 mil servidores, pensávamos estar livres dele!!!
    Se era essa a notícia, perdoe-me. Jamais seria.
    Seria, então, o pagamento do prêmio de produtividade?

    Não nos agradam as promessas vãs, sem fundamento. Entretanto, não acredito que você se daria ao trabalho de enviar esse e-mail a centenas de escolas, se, realmente, não soubesse (tivesse certeza) de uma notícia muito boa! Você não brincaria conosco, não é?

    Continuamos aguardando, mas se puder adiantar alguma coisa, ficaríamos agradecidos, felizes e saltitantes.

    Um abraço,

    Obrigada,

    Lúcia Braga
    Professora mineira






    Prezados colegas das Escolas Estaduais,

    Esta é a mensagem recebida:

    Esta semana teremos boas notícias.



    Atenciosamente,



    Professora Joana D’arc

    ResponderExcluir
  146. Boa noite a todos!
    Euler concordo com você em tudo, temos que entrar em contato com os colegas de outros estados e sindicatos,divulgar bastante essa nossa realidade que além das montanhas das gerais quase ninguem conhece, por que propaganda de que Minas é a sétima maravilha do mundo lá fora não falta, vamos através dos contatos com conhecidos que estão em outros estados fazer a notícia correr, a internet é um excelente canal para isso, vamos tentar entrar em contato com a folha de são paulo e mostrar essa realidade, deve ter muita gente lá fora interessada em derrubar esse nosso ditadorzinho, isso que ele está fazendo com a educação é um prato cheio! eu estou enviando os seus textos para os meus contatos da net e pedindo para que divulguem bastante.Vamos começar uma intensa campanha boca a boca contra essa corja toda(deputados senadores e etc)que apoiam essa criatura, eleicões virão vamos desde já preparar a cama para eles!!!!

    ResponderExcluir
  147. Olá, turma da luta!

    Acabo de chegar de BH. Amanhã será o Dia D. Quem puder ir para a ALMG será muito importante. Tudo pode ser votado amanhã, pois o governo está mobilizando sua base de apoio.

    Haverá grande mobilização da nossa turma na parte da manhã e também na parte da tarde!

    Hoje houve rápida assembleia da categoria, e em seguida ocupamos a parte interna da Assembleia e depois houve pressão direta sobre os deputados que lá se encontravam.

    Daqui a pouco faço o relatório. Mas, antes tenho que publicar os 60 comentários que aguardam aprovação.

    Então, quem puder, favor marcar presença na ALMG amanhã. A assembleia da categoria considerou os dias de amanhã e depois de amanhã - caso seja necessário - como dias de paralisação e vigília permanente. Amanhã também o sindicato publica matéria nos jornais de Minas. Além disso, houve uma providência jurídica já encaminhada que depois comunico aos colegas.

    Um forte abraço e força na luta!

    Euler

    ResponderExcluir
  148. Estou tão triste que perdi meu chão ,mas o que me alegra é saber que o que espera esses três idiotas é o capeta.Porque o que nos fazem só o maldito vai fazê-los sofrer,por nós!E esses lixos não demoraram morrer não!!!!!!!Você verão!!!!!!!Se bem que ordinários como são não devem ter um amor,parente,amigo,e isso explica esses corações!!!

    ResponderExcluir
  149. Ao deputado Tiago Ulisses,

    ESTAMOS DE OLHO.

    ResponderExcluir
  150. COM ESSE ESSE GOVERNO, SÓ O JUDICIÁRIO PARA AJUDAR, ELE GOSTA MESMO É DE GANHAR TEMPO E MANDAR O PROJETO ÀS PRESSAS PARA NÃO DAR TEMPO DE NINGUÉM QUESTIONAR NADA.

    ResponderExcluir
  151. Estamos aguardando orientações do sindicato.

    ResponderExcluir
  152. HITLER RENASCEU EM MINAS E CHAMA-SE ANASTASIA

    ResponderExcluir
  153. A inflação oficial (IPCA), para 2011, está prevista para 6,5%

    O Governo oferece 5% em abril nesta projeto ultrajante ao professorado.

    Em breve estaremos recebendo menos que o salário mínimo.

    ResponderExcluir
  154. olá,Euler
    Que projeto de lei mais confuso. O governador usa três termos para tentar nos confundir: subsídio, remuneração e uma tabela com o título de vencimento básico proporcional ao piso salarial. Porém, para professores mais esclarecidos, em suma, ele acaba com a nossa carreira impondo o subsídio, ou seja, não precisa prestar contas ao governo federal.
    Vamos lutar com toda a nossa força.

    ResponderExcluir
  155. Se esse tal projeto for aprovado pela assembléia teremos que migrar obrigatoriamente pro subsídio? E os nossos biênios e quinquênios? E a questão dos direitos adquiridos que tanto se fala na constituiçaõ.Temos que apelar pela justiça federal, recorrermos em Brasília. Minas Gerais está precisando de intervenção federal urgente. Do jeito que o negócio ta´andando ele vai acabar com o regime estatutário também e assinar carteira de todo mundo.....Temos que entrar na justiça que isso !!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  156. COM A FALA MENTIROSA DO GOVERNADOR É POSSÍVEL ABRIR O PROCESSO DE IMPEACHMENT?

    O GOVERNADOR MENTIU PUBLICAMENTE DIANTE DE UMA LEI FEDERAL RECONHECIDA NO STF.

    TEMOS ALGUM ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA CONTRATADO OU O SIND UTE NÃO QUIZ OUVIR NOSSAS RECOMENDAÇÕES?

    ResponderExcluir
  157. Não dá para entender um Governo que vem prejudicando os professores durante dois mandatos dizer que o tal plano elaborado por ele é melhor que o vencimento básico. Já que ele sempre tem o pior para nós , nos deixe então fora desse maravilhoso subsídio. Afinal, o que o Governador tem contra o Governo Federal que não aceita o piso salarial e inventa outra forma de remuneração? Isso é um desrespeito com a Educação!!! Gostaria que ele justificasse essa rejeição pelo Piso salarial, já que os governos que não estão pagando não estão tirando os direitos adquiridos dos seus servidores. Afinal, Minas faz a diferença. É O PIOR DE TODOS OS ESTADOS DESSA FEDERAÇÃO NAS MÃOS DESSES PSDBISTAS MAL INTENCIONADOS!!

    ResponderExcluir
  158. VAMOS PROVAR QUE O GOVERNADOR MENTIU PUBLICAMENTE, DIANTE DE UMA LEI FEDERAL, RECONHECIDA NO STF.

    ISTO NÃO É TÃO DIFÍCIL ASSIM, POIS ESTÁ GRAVADO.

    EM SEGUIDA VAMOS PEDIR O IMPEACHMENT DELES.

    ResponderExcluir
  159. vou fazer uma camisa

    (SOU EDUCADOR, SOU CONTRA O PSDB E O RESTO)

    ResponderExcluir
  160. SE QUISERMOS SER EFICIENTES,

    PRECISAMOS DE UM JURÍDICO COMPETENTE.

    ResponderExcluir
  161. NA POLITICA PASSADA, TIÃO COSTA PASSOU RASPANDO GRAÇAS A JOAÍMA, VAMOS FAZER CAMPANHA CONTRA TIÃO

    ResponderExcluir
  162. O SINDICATO NOS ORIENTARÁ EM NOSSAS REIVINDICAÇÕES.

    ResponderExcluir
  163. Euler estou longe,mas acompanhando seu blog e fico indignada com a postura dos nossos politicos,outra coisa temos que pegar pesado agora,pois senao,vamos ficar para tras,força a vc e todos que estao nessa luta,pois o cerco esta fechando e a hora e essa,DEUS nos abençoe.Ana MUTUM

    ResponderExcluir
  164. Por e-mail:

    "Companheiros/as,

    Considerando o anúncio feito pelo Governador Antônio Anastasia que enviará nesta terça-feira, dia 22/11, projeto de lei que estabelecerá uma remuneração unificada para os profissionais da educação da rede estadual tornando o subsídio obrigatório para todos os servidores da educação e, desta forma, retirando o direito de cada um de adquirir novos biênios, quinquênios e demais gratificações e o fato de que este projeto deverá ser votado nesta semana, o Comando Estadual de Greve deliberou por manter a paralisação das atividades nos dias 23 e 24 de novembro.

    Desta forma solicitamos que as subsedes articulem caravanas para acompanhar a discussão deste projeto de modo a convencer os deputados a rejeitar esta proposta.

    É um momento crucial e precisamos da mobilização de todos. A aprovação desta remuneração unificada significa o não pagamento do Piso Salarial Profissional Nacional e a retirada de direitos dos servidores. Não podemos esperar.

    As caravanas deverão se organizar para a chegada a Belo Horizonte nesta quarta-feira, 8 horas, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

    Atenciosamente,

    Beatriz da Silva Cerqueira

    Coordenadora Geral do Sind-UTE/MG".

    ResponderExcluir
  165. NÃO SE ESQUEÇAM DO DANILO DE CASTRO, FICHA SUJÍSSIMA, PROTEGIDO DO ANASTASIA E DO AÉCIO.

    SERÁ QUE NINGUÉM VAI DENUNCIAR ESTA SITUAÇÃO?

    ONDE ESTÁ A OPOSIÇÃO?

    ResponderExcluir
  166. Se a proposta do governo for aprovada pelos deputados e todos os professores independentes de suas vontades tiverem que ir para o subsídio, sinceramente, nunca mais vou acreditar na justiça. Veja: A lei do piso no seu art 6º estabeleceu um prazo até 31/12/2009 para que a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios elaborarem ou adequarem seus planos de carreira e remuneração do magistério para cumprimento do piso. O Estado já tinha elaborado seu plano de carreira, Lei 15293/04, e em momento algum interessou em modificá-lo, isto porque o piso é muito pequeno R$369,00. Na aplicação do piso, na carreira, o governo concluiu que terá um gasto maior, então quer acabar com ela. Não sou jurista, mas acho que o piso tem que ser aplicado na carreira vigente, independente de acabar ou não com ela(direito adquirido).
    Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  167. Tenho uma dúvida, fiz opção pelo regime de vencimento básico, poderei permanecer nesse regime ou serei posicionado novamente no subsídio?

    Abraços a todos
    Idinei - Ipatinga

    ResponderExcluir
  168. Pelo amooooooooooooooor de DEUS nos ajude!!! Nos ajude!!!!!!

    ResponderExcluir
  169. QUANDO A MALDADE É MUITA SE TROPICA NELA.

    O GOVERNADOR ESTÁ REUNIFICANDO NOSSA CATEGORIA.

    ANO QUE VEM VAMOS FAZER CAMPANHA ELEITORAL CONTRA TODOS OS CANDIDATOS APOIADOS POR ESTE SAFADO.

    ResponderExcluir
  170. Euler,
    Eu estou ficando doente por causa deste governador! 2011 foi o pior ano da minha vida.

    ResponderExcluir
  171. O GOVERNADOR MENTIU PUBLICAMENTE AO DIZER QUE ESTA PAGANDO UM VALOR 85% MAIOR QUE O PISO, NESTE NOVO PROJETO.

    A LEI FEDERAL RECONHECIDA PELO STF DIZ QUE O PISO DEVE SER APLICADO DENTRO DO PLANO DE CARREIRA.

    ALEM DO MAIS PODE-SE PROVAR E COMPROVAR QUE ESTA NOVA PROPOSTA REDUZ OS SALÁRIOS DOS PROFESSORES DO VENCIMENTO BÁSICO.

    O VENCIMENTO BÁSICO É UMA INSTITUIÇÃO DE ORGULHO DOS PROFESSORES.

    A CONQUISTA DE CADA BIÊNIO OU QUINQUÊNIO É UMA SATISFAÇÃO PESSOAL E PROFISSIONAL DE TODO PROFESSOR.

    SE TIVERMOS UM BOM ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA, PODEMOS USAR ESTAS ARGUMENTAÇÕES.

    GOSTARIA DE SABER A POSIÇÃO DO EULER.

    ResponderExcluir
  172. Euler,

    Por favor, conte detalhes, desde a reunião do comando de greve e a emoção (para não dizer decepção) do decorrer do dia. Só durmo depois dos detalhes. O que devemos fazer?
    Itabira

    ResponderExcluir
  173. João Paulo Ferreira de Assis22 de novembro de 2011 22:46

    Prezados amigos e companheiros de luta

    Não convém externarmos aqui as estratégias de combate, pois o blog está sendo monitorado pelo pessoal da Cidade Administrativa. Qualquer sugestão vocês devem comunicar para o Euler, e principalmente, para a Beatriz em privado.
    E cuidado com o Facebook, é instrumento de espionagem. Não se fiem nele. Assim denunciou o Julian Assange.

    Vou contar-lhes uma história real. Meu avô paterno pôs fim a um casamento de 30 anos com a minha avó para morar com outra mulher. Quando ele faleceu, a amante ingressou em juízo com uma ação de investigação de paternidade (na época não havia DNA). O advogado dela dava como certo que sua constituinte ia vencer. Inclusive contou para um amigo sua estratégia. E esse amigo, colega meu na faculdade começou a me zoar, dizendo que ganhar da minha avó seria mais fácil que tirar doce de criança. Isto foi no recreio. Saí e fui procurar o advogado da minha família e contei tudo. E ele, como homem experiente que era, quase 50 anos de militância no foro, logo suspeitou qual a estratégia que seu oponente adotara. Não preciso dizer quem foi que venceu.

    Saudações e até a vitória.
    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  174. Quem está destruindo nossa carreira? Nossos colegas que insistem em fazer de conta que não está acontecendo nada. Estão imobilizados pelo canto da sereia hoje... Como farão no ano de 2012 que estarão ganhando 2 salários mínimos. Acordem!!! 2 salários mínimos... Vocês são professores? Vão para Assembléia amanhã dia 23, quarta-feira. Vamos parar as atividades pelo menos nestes dois dias de votação do projeto que trata da nossa carreira. Precisamos derrotar esta quadrilha que fez um assalto em nossos salários. Fomos roubados, vilependiados, não é brincadeira, nós fomos roubados... assaltados. Onde está sua dignidade? Vá buscá-la amanhã na Assembléia Legislativa.
    Desculpem a minha indignação. Este discurso é dedicado ao pessoal que está dormindo em berço esplêndido.... Cida do Renato Azeredo.

    ResponderExcluir
  175. Olá, pessoal da luta!

    Mais algumas informações antes do post da madrugada:

    - a pressão feita hoje na ALMG visava também abrir negociação com a base do governo para impedir a votação do projeto do governo;

    - alguns deputados passaram nos corredores da ALMG ou na parte externa e tiveram que ser acompanhados por seguranças, pois a nossa turma está em cima, criticando, cobrando explicações, xingando, etc;

    - os deputados estão com medo, pois sabem que a carreira deles está ameaçada. Como dissemos ontem aqui no blog: se eles destruírem nossa carreira, vamos destruir a deles também;

    - amanhã na ALMG será colocado um varal com o nome e retrato de vários deputados da base do governo que são a favor do projeto do governo. Entre estes, figuram o líder do governo, além do deputado Duarte Bechir, Sebastião Costa, João Leite, entre outros;

    - o sindicato ingressou com medida judicial junto ao STF que me pareceu correta. Vamos aguardar o resultado da mesma. De qualquer forma, não está descartada a possibilidade de ingressarmos com outra medida judicial cobrando nossos direitos, inclusive o de receber o piso conforme a lei, considerando que optamos por um sistema remuneratório e que o governo não implantou o piso neste sistema, e agora tenta nos colocar novamente no subsídio, de forma compulsória, causando-nos danos irreparáveis à luz dos direitos que já adquirimos;

    ResponderExcluir
  176. Companheiros!
    Cada dia revela a face grotesca de um governo desumano, insensível, covarde e totalitário.
    Ficamos verdadeiramente espantados diante de tanto descaso com as demandas públicas da saúde e da educação MINEIRA.
    Relembrando alguns fatos de 2010.
    Muitas escolas (alunos e professores) foram USADAS para prestarem “livremente e deliberadamente” seu apoio “POLÍTICO” ao atual governador quando estes desfilavam diante destas, em suas carreatas eleitoreiras por todo o estado (inclusive numa das escolas onde leciono).
    Nossos colegas EFETIVADOS foram convidados à parte para serem convencidos (coagidos) de que a situação destes poderia ficar insustentável se o candidato da oposição ganhasse as eleições, já que o governo atual tinha desrespeitado a constituição brasileira efetivando a tantos sem concurso público. Incomoda ver um governante tão confiante frente a um judiciário despretensioso e imparcialmente INERTE. Não podemos negar que a justiça mineira se fez de CEGA, SURDA e MUDA frente ao fato. Como não poderia deixar de ser, MUITOS colegas compilaram várias faixas em nome da classe dos professores e as fixaram em locais públicos para prestarem seu desprentecioso apoio político ao czar Anastasia e Aécio Neves.
    Bom, talvez, neste universo ao qual aludimos isto não seja crime, mas moralmente falando é inquietante!
    Em 2011 vimos surgir um ESTADO de exceção que parece não incomodar os outros PODERES que nos representam.
    ENXERGAMOS muito bem uma assembléia de traíras e corruptos (com claras exceções) que externaram apoio a interesses de grupos financeiros em detrimento aos reais interesses do povo mineiro. ENTENDEMOS muito bem quando se disseram representantes do governador e não do povo que os elegeu.
    Porém, nada mais decepcionante que o papel subalterno do Judiciário mineiro que VENDEU seu espírito de JUSTIÇA e amputou nossos sonhos de efetivar uma cidade mais humana e democrática. Que instituição é esta que não tem coragem de cumprir seu papel e que confessa de público que não tem como fazer o estado cumprir a LEI? Só vale a LEI para o fraco e ladrão de galinha?Espero sinceramente que a sociedade não os veja como legitimadores de estado tirano e injusto. Justiça não é garantir a LEI do MAIS FORTE, mas é antes preservar a VIDA e a dignidade do mais FRACO. Possibilidades e facilidades de inserção em mundos pródigos escondem os grilhões que aprisionam e debilitam o que há de mais belo no homem: sua HUMANIDADE.
    Gostaria de agora conversar com o governador Anastasia de Homem para Homem. Sei que não é possível! E não me entenda mal, GOVERNADOR! É que me ensinaram desde pequeno que HOMEM que era Homem garantia o que falava. Imagina só se assinasse um documento! Seja digno e não nos imponha uma lei injusta!Seja honrado e honesto! Não falte com a verdade! Estamos cansados de suas falácias e de suas propagandasmentirosas! Nossa indignação e nossa AÇÃO POLÍTICA será sua Herança e d’aqueles que o representam! Não toleramos essa sua prática! Abaixo a ditadura!
    Ass.: Sarça Ardente (Bocaiúva)

    ResponderExcluir
  177. Simave sendo aplicado espiões e quarda costas o tempo todo atrás de voce paae uma calamidade professores ameaçados,repondo, revoltados sem ação no triangulo

    ResponderExcluir
  178. EStou estarecida não posso mais ter paz osujeito quer acabar com a educação pública em MINAS. QUE NOJO. SE O Deputado Bosco favor desse desparate será o fim de sua carreira.´Nós da região estamos de olho, não adianta a outra jogada já conhecemos.

    ResponderExcluir
  179. O Sebastião CACUNDA do Divino que nos aguarde, faz tempo que a região quer colocar este aprendiz de deputado para fora dessa
    Assembleia, essa será a nossa oportunidade. Porque é um matuto, incompetente, tão bom que nem na terra dele ganha, fica pulando por todos os galhos do pelo Estado para conseguir votos e continuar mamando nas tetas do governo como sempre fez, passou todo esse tempo prestando um desserviço ao Estado. Então, ele nos aguarde, porque vamos acabar com a carreira dele começando pelos candidatos a prefeito que ele apoiar, vamos fazer uma caça a esse CACUNDA que fica de tapinhas em tapinhas fazendo média com as pessoas e posando de deputado. Xô CACUNDA dos INFERNOS!

    ResponderExcluir
  180. Essa lista com os nomes dos deputados que são contra a educação já está demorando demais. O Sindicato faz o mais difícil e deixa passar o mais fácil. Vamos mobilizar a opinião pública contra o PSDB e seus aliados, nós temos a palavra. Meus alunos e suas famíias estão recebendo informações com a verdade dos fatos, contra as mentiras do governo. Parem de reclamar e comecem a destruir a base eleitoral do PSDB em Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  181. Boa noite Euler e a todos voces .

    ResponderExcluir
  182. Boa noite amigos do NDG/NDE.

    Será que não conseguiremos unir o Brasil em uma "Primavera brasileira"?

    Chega!
    Exaustão!

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  183. Euler e companheiros(as),
    Esse novo(???) projeto do (DES)governo não terá que passar por análise na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia? Nessa Comissão o projeto teria que ser rejeitado sumariamente, pois contraria uma LEI FEDERAL prevista na CONSTITUIÇÃO de 88, lei esta votada e aprovada pelo CONGRESSO, sancionada pelo presidente Lula e confirmada pelo STJ.

    ResponderExcluir
  184. Ana Maria Resende nunca está presente na ALMG no momento de defender os educadores??Montes Claros quer saber onde está vc??

    ResponderExcluir
  185. Nós temos que agir em sigilo! Estamos narrando todos os nossos passos no blog para o cachorro do anastazista! Quem tiver uma boa idéia que envie um email para Euler!

    ResponderExcluir
  186. Governador, você está entrando pra história como o pior de todos os tempos. Você está perdendo a oportunidade de ser o governador que deu mais valor aos professores. Você senhor Anastasia, está plantando no coração de cada professor a vontade de ver o Aécio não vencer mas nenhuma eleição , nem pra sindico. Você está destruindo a carreira de milhares de pessoas. Isso não ficará impune. Vamos cobrar isso de vocêÊ. Nas urnas, nas ruas e até no inferno onde é o lugar de quem não tem bondade nem verdade no coração. Nunca mais use a palavra professor na frente de seu nome. Tenha dignidade! E principalmente vergonha na cara!!!

    ResponderExcluir
  187. EULER, a respeito da diminuição do nosso salário, quando voltamos para o vb, me falaram que não é inconstitucional, pois foi escolha nossa, e fizemos a opção pelo regime remuneratório. por isso, não podemos pedir na justiça o que nos foi tirado esse ano. você sabe algo sobre isso???

    ResponderExcluir
  188. João Paulo Ferreira de Assis23 de novembro de 2011 00:59

    Prezado Professor Anatólio Jr.

    Por acaso essa Ana Maria não é aquela que anunciou no twitter que estava se desfiliando do Sind-ute?

    ResponderExcluir
  189. NDG DE PLANTÃO

    http://www.youtube.com/watch?v=adrDFe3gBEQ
    NO vÍDEO ELE DIZ claramente quando pergunta-se se é contra ou a favor dos professores, e ele responde: A FAVOR . temos que continuar exigindo a ação dos deputados.

    TWITANDOOOO .....
    apareça governador e como fica? esse deputado VOTA a favor d professores http://www.youtube.com/watch?v=adrDFe3gBEQ 11738 08, educação Minas
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/


    ABRAÇOS
    Gleiferson Crow
    LEIA: Liberta Minas NDG
    http://leialibertaminasndg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  190. Euler,
    Você entendeu o inciso I, do Art. 13?
    "será observado o requisito de escolaridade do cargo ocupado pelo servidor em 31 de dezembro de
    2011;"
    Se possível, explique p nós, pois dá a entender que independente da habilitação, o professor vai ser posicionado de acordo com o nível em que atua.
    Ex.: Se um professor com Licenciatura Plena estiver atuando nas séries iniciais do Ensino Fundamental, será posicionado como PEB I, já que pra atuar nesse nível o requisito mínimo é Magistério?

    Se nos valores apresentados na tabela de PEB 24h já estão embutidas todas as nossas vantagens, então só quem tem mais de 43 anos(!!!!)de serviço alcançará os R$1.320,00. Até onde eu sei, o professor com 25 anos de carreira e 50 anos de idade já deve se afastar de sala para aposentar-se, conforme determina a SEE-MG.

    Essa tabela é tão absurda que para alcançar o final, o professor deverá trabalhar mais de 43 anos. Prova que não sabem nada da realidade da Educação em Minas e é mais um motivo pra Justiça impedir que esse disparate seja votado.
    Até quem não estudou Direito sabe que essa tabela é mais uma farsa desse desgoverno, que teme abrir suas contas e desmascarar o pretenso candidato à Presidência que deixou um rombo de mais de 70 bilhões nos cofres mineiros, a exemplo da venda do nosso minério de ferro a preço de banana e comprando de volta, industrializado, a preço de ouro.

    Sinceramente, tem muita sujeira que deveria ser apurada em Minas e mostrar que o Judiciário anda acobertando o Executivo nas suas falcatruas e com certeza levando por fora tbém.

    Quem sabe A Folha de SP não investiga mais e mostra p'ro Brasil a face oculta dos políticos mineiros?

    Não é possível tanta impunidade!$!$!$!$!$!$!$!$!$!$!$!$
    Só a dívida de Minas explica!$$$$$$$$$$$$$$

    ResponderExcluir
  191. Olá, Anônimo de 00:51,

    Já ouvi esta tese também, mas não concordo com ela. O princípio da Irredutibilidade, que é constitucional, diz claramente que é proibido reduzir salários; a lei diz inclusive quais são as exceções, e entre elas não figura o pedido individual de que seja reduzido o salário. Ou seja, se eu mandar uma carta para o governo pedindo para que ele reduza o meu salário ele não poderá fazê-lo, sob pena de agredir este princípio constitucional que mencionei.

    Além disso, pedimos para mudar de sistema remuneratório, e não que reduzissem o nosso salário. Ainda mais se considerarmos que tal mudança se fez em função de uma lei federal em vigor, que o governo não aplicou. Logo, ele teria que aplicar a lei do piso, ou manter o salário nominal que estava sendo pago nos primeiros seis meses do ano. Do contrário, ele incorre na ilegalidade, tanto por ferir o princípio da irredutibilidade, quanto pelo da quebra isonomia salarial para carreiras e condições comuns (não esqueçamos que uma parte da categoria teve reajuste salarial em 2011 e a outra teve zero de reajuste a partir de julho - e isto também não pode acontecer).

    Isto soa à chantagem, e à tentativa de induzir o servidor a adotar a pior escolha. Na minha opinião cabe processo, inclusive por danos e perdas de toda ordem.

    Um forte abraço,

    Euler

    ResponderExcluir
  192. Olá, Vale do Jequi!

    Acho que não é bem assim não. Na prática todos serão posicionados, quanto ao nível, de acordo com a situação em que se encontravam em janeiro de 2011 - quando todos nós fomos posicionados compulsoriamente no subsídio.

    Já quanto ao grau, houve uma mudança de regra, com a apresentação de uma tabela considerando o tempo, e com percentual de 2,5 entre as letras. Mas, aí também, o governo dá mais uma sacaneada. Se em janeiro de 2011, por exemplo, você ganhava R$ 1.320,00 e agora, com o novo posicionamento nas letras, você teria direito a ganhar R$ 1.421,49 (ou seja, você andou três letras), o que acontece? A diferença entre os dois valores mencionados será parcelada em quatro vezes, sendo pago 25% da diferença em cada ano. Logo, a diferença de R$ 101,49 será dividido por quatro e somado ao salário de janeiro de 2011. Ou seja: R$ 1.345,37. Mas, não se desespere! Em abril de 2011 você terá um robusto reajuste de 5%: R$ 1.412,64. E até 2015 seu salário vai chegar a R$ 1.487,64. Tenho certeza que você terá um sono super feliz com esta informação, rsrs.

    Um forte abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  193. Oi, companheiros.

    O sul de Minas, está atento. Dep.Dalmo Ribeiro não ficará impune até a sua quarta geração. Anos e anos enviando cartinhas para professores anunciando biênios, quinquênios para ganhar votos. Na greve de 2010 ficou calado e agora também.Não se esqueçam da foto deste senhor no varal de inimigos da educação.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  194. Euler,
    agora é que não vou dormir mesmo!
    Se esse desgoverno pagasse o PISO, sem escalonar, eu receberia em Janeiro de 2012, por um cargo de 28 anos de carreira, exatamente o dobro do que recebo hoje.
    Se tivesse no início de carreira, abandonava imediatamente essa profissão.
    Não aconselho a ninguém ser professor em escola pública em Minas.
    Valeu pelo esclarecimento!

    ResponderExcluir
  195. Tô me sentindo um passarinho com uma conchinha d'água na patinha tentando apagar um grande incêndio, mas não vou parar de jogar essas gotas...

    Dou aula para 3 terceiros anos noturnos e já pedi a todos para boicotarem o Proeb marcando todas as alternativas... expliquei tudo pra eles e disse que não altera a vida deles em nada: parece que vão acatar, ainda mais que detestam fazer essas provas... O diretor falou para eles que íamos dar pontos para fazerem a prova... Mentira! - eu disse...

    Então é isso pessoal. Força na luta!

    Paulo Andrade - Barreiro-BH

    ResponderExcluir
  196. Por e-mail:

    "Ameaças de morte na greve da Universidade Federal de Rondônia

    Aos que não estão acostumados com os jargões amazônicos, a menção a “descer na enchente do rio”, ao qual o bilhete se refere, é uma referência clara ao hábito de se desovar cadáveres nos rios da região. Por Estêvão Rafael Fernandes [*]

    Quando achamos que a falta de bom senso e a impunidade chegaram a seu ápice, somos surpreendidos por mais descalabros.

    Há pouco mais de 15 dias enviei a algumas pessoas um email (reproduzido aqui) rogando por apoio e buscando dar visibilidade a crise que se instaurou na Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Supus, ingenuamente, que aos poucos o Governo brasileiro e as instituições responsáveis (Polícia Federal, Ministério Público, Ministério da Educação, etc.) fossem, de alguma forma, se sensibilizar pelo que tem ocorrido em terras rondonienses. Ledo engano.

    Nestes 15 dias nada mudou para melhor. Ao contrário, o pânico se instalou e se intensificou. Prova disso está em dois fatos ocorridos hoje.

    Nesta tarde uma aluna de psicologia, membro do comando de greve dos estudantes, foi surpreendida na porta de sua casa por homens encapuzados que lhe [disseram que] em breve ela morreria."

    Texto completo no link abaixo:

    http://passapalavra.info/?p=48727

    ResponderExcluir
  197. O que não dá para entender desse mentiroso é: já que ele diz que paga acima do piso, se ele começar a pagar o piso não vai gerar gastos, nessa condição vai reduzir os gastos. Será que até agora esse sujeito e os inteligentes que o acompanham não quiseram perceber essa contradição? se fosse verdade que ele pagasse acima do piso ele não negaria de pagar o piso , sendo que este geraria menos despesas. E o que ele quer fazer com o nosso dinheiro? ksksksksksksksksksksksskskskskskskskskskskskskskskskksksksksksksksksksksksksskskksksksksksksksks

    ResponderExcluir
  198. NDG,bom dia!
    Hoje mandei meu filho para a escola,pois não houve um aviso geral sobre a paralisação, somente na assembléia e muitos pais não ficam sabendo de imediato das decisões..Como já estão ocorrendo as provas do terceiro bimestre, fiquei com receio dele perder.Provavelmente hoje avisarão sobre o dia de amanhã.
    Hoje não é o dia da prova do SIMAVE?Não seria bom parar hoje, para acontecer o boicote.
    Sou aposentada e vou entrar na justiça para rever o que me foi tirado e quero o piso porque optei pelo VB.Me indiquem um bom advogado, por favor.

    ResponderExcluir