quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Base do governo vota carneiramente no projeto que destrói o plano de carreira dos educadores de Minas e burla a Lei do Piso


Base do governo vota carneiramente no projeto que destrói o plano de carreira dos educadores de Minas e burla a Lei do Piso. Um dia triste para a Educação pública. Mas, os educadores não desistirão dos seus direitos. O chão de Minas vai tremer novamente... contra o governo, contra os deputados do governo, contra a mídia vendida, contra o ministério público omisso, contra todos, enfim, que ajudaram o déspota a sonegar os direitos dos educadores.


Foi um dia deveras cansativo, pois estávamos ali, nas galerias do Plenário principal daquela casa, que recebeu o apelido, mais do que justo, aqui no blog, de Casa Homologativa. Centenas de bravos e bravas guerreiros e guerreiras lá estiveram, desde cedo, para acompanhar as discussões e a votação do substitutivo nº 5 do desgoverno de Minas, que colocou todos os servidores compulsoriamente no subsídio. Uma indecência sem igual.

Já sabíamos, de certa forma, que aquela casa funciona assim: a maioria dos deputados, embora estes sejam eleitos pelo povo, prestam contas apenas ao governo do estado, como se fossem funcionários em cargo de comissão do governador e não representantes do povo.

Diante de centenas de educadores ali nas galerias, e de milhares que acompanharam pela TV Assembleia, os deputados do governo deram uma demonstração de que não valem o pão que comem. Sequer tiveram coragem de usar do microfone para defenderem o voto deles. Mas, também, defender o quê, se eles sequer sabiam sobre o tema que acabaram de votar?

Os deputados da oposição, especialmente os que usaram do microfone para nos defender, fizeram a sua parte. Protelaram ao máximo a votação e fizeram a denúncia do que vem acontecendo em Minas. Como o nosso blog é acessado por pessoas de todo o Brasil, e nós indicamos o link da TV Assembleia logo pela manhã, é bem provável que muita gente de todo o país acompanhou a vergonhosa situação de Minas Gerais.

O governador e seu padrinho terão que aumentar a cota de gastos com a mídia mineira e nacional para tentarem diminuir um pouco a péssima imagem que foi passada para Minas e para o Brasil. Mas, por mais que gastem com publicidade, nada poderá desfazer a realidade da Educação pública e a dos educadores, marcada pelo descaso e pela sonegação de direitos assegurados por lei.

O desgovernador teve a ousadia de destruir o Plano de Carreira que fora criado na gestão do seu padrinho político, além de impor a todos um "novo" sistema remuneratório, o subsídio, que descaracteriza completamente a Lei do Piso no estado. Na prática, acaba com a possibilidade de se aplicar a Lei do Piso em Minas. Uma verdadeira agressão aos poderes constituídos no âmbito federal - Congresso Nacional, presidência da República e STF. Respectivamente, os três poderes criaram, promulgaram e consideraram constitucional a Lei do Piso, que trouxe, entre outras coisas, três características básicas: 1) o piso enquanto vencimento básico, preservando à parte as gratificações; 2) o terço de tempo extraclasse para atividades fora da sala de aula; e 3) o reajuste salarial anual do piso nacional de acordo com o aumento do custo aluno ano. Numa só tacada, o governo de Minas destruiu o vencimento básico e as gratificações, implantando o subsídio como remuneração total; com isso, escapou do reajuste anual, pois a remuneração total, ao contrário do vencimento básico, será sempre maior do que o valor proporcional de um piso que já é rebaixado. Assim, enquanto o piso nacional em 2012 terá um reajuste de 16,69%, em Minas, os educadores terão um reajuste de apenas 5%. E o terço de tempo... Bom, somente agora, depois que tirou tudo dos educadores, o governo decidiu tocar neste assunto.

Mas, estas não foram as únicas perdas. Além do confisco das gratificações e do reajuste anual, o governo reduziu os percentuais de promoção - de 22% para 10% (mudança de nível pela escolaridade, a cada cinco anos); e de progressão - de 3% para 2,5% (mudança de grau, pelo tempo de dois anos cada). E mesmo no subsídio, ao introduzir o que chamou de "aprimoramento", na prática escalonou as pequenas diferenças salariais em quatro parcelas, que serão pagas até 2015. Na prática, o governo submeteu as tabelas salariais dos educadores a um tremendo confisco, combinado com o congelamento salarial.

Tudo bem. Ou melhor, tudo mal. Mas, tudo bem assim mesmo. Pode parecer o fim do mundo, não é mesmo? E seria, até, se nos contentássemos com isso; se já não provássemos para nós mesmos que somos capazes de reagir, de resistir, de lutar pelos nossos direitos, como fizemos em todos os anos anteriores. E é claro que não vamos aceitar o que foi imposto em 2011 como uma derrota definitiva.

Há certas derrotas que prenunciam vitórias robustas. É o que eu pressinto em relação ao momento que estamos vivendo. Vão dizer: você é muito otimista. Sou, confesso a vocês que nunca perco a esperança em relação às coisas pelas quais acredito. Posso até mudar de opinião, mas continuarei na luta. Mas, vocês dirão: tudo bem, chega de discurso e nos apresente uma saída.

Vou começar dizendo que o governo acabou nos empurrando para uma situação de unidade, ainda que forçosamente. Disse isso hoje para vários colegas, inclusive para a coordenadora do sindicato. Talvez a única coisa boa deste projeto do governo é que agora estamos todos num mesmo sistema remuneratório e assim poderemos novamente construir sonhos e lutas comuns. Na ânsia de destruir nossos direitos, ele pode acabar nos empurrando para a almejada unidade. Podemos traçar estratégias comuns para conquistar nossos direitos.

Primeiro, temos que pensar numa ação judicial para cuidar de duas coisas básicas: a devolução do dinheiro que o governo nos tirou quando realizou a redução salarial em julho deste ano - e agora mais do que nunca, já que nos obrigou a voltar para o subsídio; e a segunda coisa, o sindicato parece que já fez, finalmente, que foi ingressar com uma Reclamação junto ao STF para cobrar o piso na carreira. Vamos ver o resultado desta ação.

Se formos vitoriosos no STF, ótimo. O governo terá que voltar atrás e nos pagar o piso na carreira. Mas, suponhamos que o STF nos decepcione e considere que o que fora feito em Minas está dentro da lei - não duvido de nada neste país, infelizmente. Ou então que demore a nos dar uma resposta. Então, não nos restará outro caminho senão o da luta organizada para reconquistar nossos direitos.

E aí vamos ter que trabalhar com o que existe. E se o que existe é o subsídio, vamos cobrar: a) a volta dos índices de promoção e progressão nas carreiras da Educação; b) o reajuste anual nas tabelas salariais de acordo com os mesmos índices do reajuste do piso salarial nacional.

Estas duas propostas, somente, já causariam uma verdadeira e substancial mudança no valor dos nossos salários, talvez até superior ao valor do piso na carreira. E estaríamos todos unidos novamente lutando por interesses comuns. Vocês poderão dizer: mas o governo não vai querer pagar estas reivindicações. E eu lhes respondo: o governo não quer pagar nada; não quis pagar o piso, e se dependesse somente dele estaríamos ganhando um salário mínimo ou menos. Tudo mais acima do salário mínimo foi fruto de luta, de conquista.

Portanto, o que temos que fazer é organizar melhor a nossa luta, construir a nossa unidade, organizar as nossas fileiras, articular o apoio da comunidade e dos alunos, e nos preparar para os novos embates.

Temos que entender uma coisa: quais são os interesses dos educadores e da comunidade, de um lado, e quais são os interesses do governo e dos seus chefes empresários, do outro. São interesses que se chocam. Não adianta dizermos para eles: vocês estão sucateando a Educação pública. Eles não estão nem aí para isso. Quem pode estar aí para isso são os pais de alunos e os alunos, além dos educadores, que serão atingidos diretamente pelas políticas de destruição da Educação pública - da saúde, e da moradia popular, etc.

Por isso temos que unir, em torno de propostas comuns, todos os profissionais da Educação, os estudantes, os pais de alunos e demais apoiadores. Podemos e devemos xingar o governo e seus aliados. Mas, ao mesmo tempo, temos que nos preparar para dar a volta por cima e arrancar do governo os nossos direitos.

Há dois comportamentos que estão colocados: de um lado, o da acomodação, da resignação - sob qualquer pretexto -, da desistência, que é exatamente aquilo que o governo espera que aconteça. Inclusive a ideia de deixar a educação está incluída neste campo, pois não deixa de ser uma forma de desistir, ainda que as pessoas tenham o direito de buscar outros caminhos para suas vidas profissionais e pessoais.

O outro caminho, é o da luta, o da preparação para os novos combates; o da análise tranquila do nosso movimento, com o intuito de corrigir as debilidades e fazer avançar a nossa luta para impor uma derrota maiúscula aos nossos inimigos. É este caminho que espero que a maioria queira trilhar.

Nós perdemos muitos direitos e dinheiro nesta luta; teríamos perdido até mais se não lutássemos, pois o governo não tem planos de investimento na Educação, como já sentimos nos últimos anos. Mas, saímos moralmente fortalecidos, conhecemos melhor a nossa força, as nossas limitações e os pontos que precisamos corrigir. Os próximos anos correm contra o governo e em nosso favor. Geralmente os governos costumam fazer suas maiores maldades no primeiro ano, com a ilusão de que terão mais três anos para fazer esquecer o que aprontaram. Mas, nós não esqueceremos de nada. Pelo contrário. Vamos lembrar todos os dias que o governo nos roubou um piso salarial, direito assegurado por lei, e uma carreira.

Na articulação das nossas ações, muitas práticas organizadas podem ser realizadas, durante todo o ano. O boicote às avaliações sistêmicas, é uma delas; manifestações de rua todos os meses, é outra; a organização de uma nova greve em março ou abril de 2012, quando já estivermos recuperado um pouco do desgaste financeiro que tivemos, é outra; e assim por diante.

Vamos começar a organizar melhor a nossa luta, principalmente a luta pela base, em cada escola. Vejo sempre muita gente cobrando do sindicato, ou da direção sindical, ou mesmo da subsede, como se essas entidades pudessem fazer milagre e substituir aquilo que somente nós próprios, de forma organizada, podemos fazer. A greve de 2011 só aconteceu com maior força onde houve trabalho organizado na base. Claro que vários fatores podem ter contribuído. Nos locais onde existem lideranças do movimento que são mais atuantes, por exemplo; ou nos locais onde as subsedes tinham uma presença mais constante de visita às escolas; ou até mesmo o papel da Internet - como este e outros blogs - que acabou dando uma injeção de ânimo nos colegas, tanto da Capital, quanto do Interior. Mas, nada disso adiantaria se na própria escola já não tivessem pessoas, lideranças, lutadores sociais prontos para desenvolver uma prática cotidiana de luta, atendendo ao chamado da categoria. Precisamos multiplicar esta força.

Precisamos também criar nas escolas e fora delas um campo de debate político, para que possamos discutir nossa visão de mundo, na construção coletiva de alternativas para os nossos problemas. Sair da visão individual, reduzida, pois nós sempre dependemos dos outros, e assumir uma outra perspectiva de luta. Esse debate pode ser socializado aqui na rede da Internet.

E podemos melhorar cada vez mais as nossas formas de ação. Um exemplo. Hoje, nas galerias do plenário da ALMG, enquanto vaiávamos os deputados do governo, ouvi de uma combativa colega uma sugestão: que tentássemos organizar nossas caravanas diretamente em cada escola, e não mais nas subsedes apenas. Claro que se trata de um desafio difícil para se construir imediatamente. Mas, deve ser considerada esta possibilidade. Poderia inicialmente começar por duas ou três escolas. E por que a escola seria a referência? Porque seriam caravanas da comunidade escolar, reunindo educadores, estudantes e pais de alunos, que previamente discutiriam a nossa realidade e participariam do nosso movimento, que é para o bem da comunidade escolar. Segundo o governo, cerca de 700 escolas teriam participado da nossa heroica greve de 112 dias. Já imaginaram 700 ônibus a caminho da Cidade Administrativa, cada qual com 50 pessoas? Seriam 35 mil pessoas, entre educadores, alunos e pais de alunos.

Governo nenhum resistiria a uma mobilização deste porte. E nós temos potencial para isso. Basta que nos organizemos e que tracemos objetivos comuns para as nossas lutas e que acreditemos nessa luta, e nos preparemos melhor para ela.

Ah, mas isso não é fácil, tem muita gente que nada quer com a luta, etc - dirão alguns colegas. Nada é fácil, colegas, nada. Mas, é preciso tentar, se não quisermos colher cortes de direitos para o resto da nossa vida. Nós somos herdeiros de uma carreira que foi destruída ao longo de muitas décadas. Apesar das muitas lutas passadas, na cidade em que eu moro, dos antigos lutadores, só restou o comandante João Martinho. A maioria entregou os pontos, ou nem chegou a participar de nada, ou se aposentou. Por isso eu estou colhendo o que eles não fizeram no passado. Mas, não posso culpá-los de nada. Cada tempo tem o seu contexto, suas lideranças, seus desafios. Espero que o nosso momento, este, que vocês e eu estamos construindo, não seja um legado de perdas para as novas gerações.

Por isso eu lhes digo: as batalhas de 2011 foram heroicas, realizamos feitos que ficarão marcados para sempre, apesar da derrota financeira e funcional que tivemos; mas foram batalhas limitadas a um contexto. Não perdemos a guerra. E temos muita luta ainda pela frente. Vamos organizar melhor as nossas fileiras e vencê-las, para que em breve tenhamos condições de nos orgulhar, não apenas da nossa luta, mas das conquistas que teremos. Em 2012 tem eleições municipais. O governo vai sentir a nossa força, se quisermos que isso aconteça. Em 2012 seguramente terá nova greve. E o governo sentirá novamente a nossa força.

O golpe que ele deu agora, através do Congresso, ao invés de pacificar a categoria, vai torná-la mais unida e mais disposta ao combate. A isso eu chamo de transformar uma derrota momentânea numa vitória permanente, ou por longos anos. Se este for o nosso caminho, vamos colher muitas conquistas. Do contrário, se desistirmos de lutar, aí sim, o governo terá conseguido uma vitória real, pois teria destruído os nossos sonhos. E claro que isso não vai acontecer. Pelo menos foi o que eu senti no contato com dezenas de colegas após a votação na Casa homologativa contra os educadores.

O que eu vi naquela cena? Deputados saindo diminuídos, mudos, envergonhados. E educadores, apesar de terem o piso e o plano roubados, saindo altivos, de cabeça erguida, indignados, claro, mas prontos para o novo combate. Esse, para mim, é o espírito do NDG, daqueles que têm a alma de lutadores sociais, que nunca desistem, que nunca se rendem, que mesmo quando têm dúvidas - o que é normal - estão sempre em busca de um novo sonho, de um janela para o sol, para a luz, em oposição às trevas que o governo e seus aliados tentam nos atirar.

Por isso, na noite em que eles pensam que nos derrotaram, quero anunciar aqui para o mundo: que eles nos aguardem, pois voltaremos, com mais força, com mais garra e mais disposição para vencê-los!

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

***


Deputados inimigos da Educação pública e dos educadores:

Alencar da Silveira Junior, Ana Maria Resende, Anselmo José Domingos, Antônio Carlos Arantes, Antônio Genaro, Antônio Lenin, Arlen Santiago, Bonifácio Mourão, Bosco, Célio Moreira, Dalmo Ribeiro, Deiró Marra, Délio Malheiros, Doutor Viana, Doutor Wilson Batista, Duilio de Castro, Carlos Henrique, Carlos Mosconi, Cássio Soares, Fabiano Tolentino, Fábio Cherem, Fred Costa, Gilberto Abramo, Gustavo Corrêa, Gustavo Valadares, Gustavo Perrella, Hélio Gomes, Henry Tarquinio, Inácio Franco, Jayro Lessa, João Leite, João Vitor Xavier, José Henrique, Juninho Araújo, Leonardo Moreira, Luiz Carlos Miranda, Luiz Henrique, Luiz Humberto Carneiro, Luzia Ferreira, Marques Abreu, Neider Moreira, Neilando Pimenta, Pinduca Ferreira, Romel Anízio, Rômulo Veneroso, Rômulo Viegas, Sebastião Costa, Tenente Lúcio, Tiago Ulisses, Zé Maia, Duarte Bechir.

Deputados que votaram a favor dos educadores e da Educação pública:

Adalclever Lopes, Adelmo Carneiro Leão, Almir Paraca, André Quintão, Antônio Júlio, Bruno Siqueira, Carlin Moura, Celinho do Sinttrocel, Durval Ângelo, Elismar Prado, Ivair Nogueira, Liza Prado, Maria Tereza Lara, Paulo Guedes, Pompilio Canavez, Rogério Correia, Rosângela Reis, Tadeu Leite, Ulisses Gomes, Sávio Souza Cruz.

***

291 comentários:

  1. EULER MEU HONRADO E QUERIDO HOMEM, COMO ADMIRO SUA CAPACIDADE DE MOTIVARMOS , AGRADEÇO.VOCÊ É ABENÇOADO MAS VOU DEIXAR AQUI O QUE PENSO E ANTECIPADAMENTE ME PERDOE.NÃO ACREDITO EM NADA MAIS.SOU OTIMISTA , SEMPRE FUI MAS DEPOIS DE ASSISTIR A ESTE CIRCO O DIA TODO DE CASA.INFELIZMENTE EU TENHO NET E PELA PRIMEIRA VEZ USEI DESTE SERVIÇO PARA FICAR O DIA TODO ASSISTINDO A ESTE CIRCO.OLHA VOU SAIR DESTE PAÍS.JÁ NÃO GOSTAVA E AGORA ODEIO.ONDE UM POVO NÃO É HONESTO(A MAIORIA)SABE O QUE EU VI???HOMENS CRÁPULAS.ALIÁS NÃO DEVERIAM SER CHAMADOS DE "HOMENS" MAS SIM ANIMAIS IRRACIONAIS E O PIOR SEM TEMOR A UMA FORÇA SUPEIOR QUE PARA MUITOS, SEM PODE-SE SER DENOMINADO DE "DEUS" SIM DEUS NÃO EXISTE PARA ESTES HOMENS.ELES ACHAM QUE NADA FICARÁ IMPUNE.PODE ACONTECER O QUE FOR COM ESTA CORJA , PODE VIR DOENÇAS, ACIDENTES, MISÉRIAS FUTURAMENTE QUE ELES NÃO QUEREM SABER.O QUE QUEREM É "TER" TEMPORARIAMENTE O DINHEIRO, A FAMA, O CONFORTO, O NOME O PODER A VAIDADE A POMPA A RIQUEZA .ELES NÃO SE INTERESSAM EM SABER SE ISSO VAI ACABAR UM DIA , ELES PENSAM QUE HOJE É O QUE BASTA.SIM DEVEMOS VIVER O HOJE OBVIAMENTE MAS DEVEMOS SABER QUE DEVEMOS VIVER O HOJE COM SERIEDADE E SABEDORIA PARA QUE ESTE HOJE NÃO VENHA SER UMA TRISTEZA E UM ARREPENDIMENTO DE ATITUDES NO PASSADO QUE EXISTIRÁ NO FUTURO QUE SEMPRE VEM.VI COMO A HUMANIDADE CAMINHA E MUITO MAIS AQUI NO BRASIL.CLARO QUE ESTAMOS VENDO A LUTA DE OUTROS PAÍSES PELA LIBERDADE PELA LUTA DOS OPRIMIDOS MAS AQUI A COISA É MAIS "SAFADA" O BRASILEIRO POLÍTICO É CORRUPTO POR NATUREZA.É DÉSPOTA POR NASCIMENTO, É TRAPACEIRO POR ÍNDOLE E É DESONESTO POR CULTURALMENTE.CLARO QUE TEMOS EXCEÇÕES.VI ONTEM E PASSEI MAL...COMO ESTES ANIMAIS QUE SE DENOMINAM SE CHAMADOS DE "HOMENS" PODEM SER TÃO SUBSERVIENTES POR POUCO DINHEIRO E POR POUCA COISA.EU SEMPRE DIGO QUE O INFERNO É AQUI.NINGUÉM PAGA SE NADA DEPOIS DA MORTE.POR ISSO VEMOS O SOFRIMENTO COMO DOENÇAS, MISÉRIAS, DECADÊNCIAS ETC.TEMOS QUE EXPIAR NOSSOS DÉBITOS AQUI PARA NOS LIMPAR E CONSCIENTIZAR DAS ATITUDES QUE NÓS MESMOS NOS IMPUSEMOS E CRIAMOS ATRAVÉS DE NOSSO LIVRE ARBÍTRIO.VOCÊ CONSTRÓI SEU FUTURO OU DE GLÓRIAS OU DE INFORTÚNIOS.E ESTES DEPUTADOS TRAIÇOEIROS, ESTES DEPUTADOS QUE ESTÃO LEVANDO VANTYAGENS TEMPORÁRIAS E ACABANDO COM MUITOS , HUMILHANDO E APROVEITANDO DA SITUAÇÃO PELO SEU PRÓPRIO BEM,SE ARREPENDERÃO .NADA FICA IMPUNE.DESCOBRI TANTAS COISAS ONTEM AO OUVIR O QUE CADA UM DISSE.ACHO QUE QUEM NOS DEFENDEU TAMBÉM PODERIA NÃO FAZER SE ESTIVESSE DO LADO DO "PODEROSO CHEFÃO" OU SEJA O CHEFE DESTA MÁFIA.NOS DEFENDERAM COM UNHAS E DENTES E ATÉ LOUVÁVEL E MUITO BONITO ESTA ATITUDE MAS E SE ESTIVESSEM DO OUTRO LADO???NÃO ACREDITO QUE ESTARIAM NOS DEFENDENDO.NÃO CONHEÇO A ÍNDOLE DELES MAS SÃO TODOS FARINHA DO MESMO SACO DEPENDE DA OCASIÃO.HOJE ESTÃO NA OPOSIÇAÕ MAS SE ESTIVESSEM DO OUTRO LADO ..SEI NÃO....BEM A CORRUPÇÃO NESTE PAÍS É UMA LEI, UMA CULTURA QUE NÃO SERÁ ERRADICADA ASSIM FACILMENTE.AQUI EM MINAS A COISA É DO TEMPO CORONELÍSTICO AINDA.NÃO ACREDITO EM MAIS NADA.NADA AQUI NO BRASIL E MAIS EM MINAS.AÉRBRIO E SUA CORJA DEVE SER EXTINTOS MAS COMO???ESTE TIPO DE SERE HUMANO NÃO PODE EXISTIR EM PLENO SÉCULO XXI NÃO TENHO ESPERANÇAS .ESTOU TRISTE E PRECISO SAIR DESTE PAÍS URGENTEMENTE.AQUI NÃO É MEU LUGAR MESMO.CONFIO EM VOCÊ.SEI QUE VOCÊ É SÉRIO E TEM CORAÇÃO É UM SER HUMANO LITERALMENTE.QUE DEUS LHE PROTEJA .CANDIDATE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES SEJA UM HONESTO QUE ESTARÁ LÁ BRIGANDO PELOS DE BAIXO.CANDIDATE SE EM NOME DE MUITOS QUE ESTÃO ASSIM COMO EU.TALVEZ NÃO ESTAREI AQUI PARA LHE DAR MEU VOTO POIS ESTOU REALMENTE ME PREPARANDO PARA DEIXAR O BRASIL.CONTINUE NA LUTA INCANSÁVEL .DEUS LHE PROTEJA E ABENÇOE.

    ResponderExcluir
  2. Euler

    Não é para publicar, mas p/ vc corrigir a digitação na frase abaixo:

    "lutadores sociais, que nuca desistem, que nunca se rendem, que mesmo quando têm dúvidas"

    Penúltimo parágrafo do excelente texto postado hoje.

    ResponderExcluir
  3. divulgar pelas redes sociais os nomes desses covardes vendidos. Já! A partir de agora!
    Vamos lá!

    ResponderExcluir
  4. Gente, tem que mandar isso para outros estados, para Folha, etc


    É calote

    ResponderExcluir
  5. Escola para mim, educador, hoje se tornou um ambiente de luta contra os maus políticos. Pelo menos na escola do Estado. Não aplicarei mais meus conhecimentos em cima do conteúdo da disciplina ministrada, mas agora o conteúdo é "revolta contra o DESgoverno". Se este governo acabou com meus sonhos, acabarei com os sonhos dele e de seus deputados amiguinhos.

    ResponderExcluir
  6. Que dia triste para a educação, mas como vc mesmo disse estamos de cabeça erguida e continuaremos assim. Não vamos desistir de nossa luta e não vamos esquecer os nomes desses deputados, vamos persegui-los até 2014. Vamos mostrar a eles a força de um professor, que tem uma arma importante, a informação a ser passada para a sociedade. Vamos nos unir nesse propósito informar a sociedade quem são essas pessoas.
    2014 VOTO EM QUEM VOCÊS QUIZEREM MENOS NESTE NOMES.....por favor divulgue os nomes logo para que possamos começar a nossa campanha.
    Que essa data não seja esquecida e passe a ser um marco na vida dos mineiros, dos educadores.

    ResponderExcluir
  7. Estive ontem o tempo todo acompanhando o trabalho na Assembleia e quero honrar aos colegas que ali estiveram, incansáveis, tenazes e firmes. É este espírito que devemos manter. Não vamos deixar que pessoas que passam pelos seus cargos, ditem nossa vida futura, tirem nossas conquistas. Voltaremos mais resolutos e fortes para o combate, pois o que nos move é a indignação e isso graças a Deus não perdemos. O dia que pararmos de nos indignar com a injustiça, aí sim, podemos desistir.
    Obrigada a cada um que ali esteve, cansados,com seus corações apertados mas com a esperança que é só desta maneira que vencemos o mal. Um beijo para vocês.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia , colegas e amigos , eu me senti como vocês : roubada e humilhada por políticos corruptos , sem a menor condição de ocuparem o cargo que ocupam . O pior é que fomos nós , o povo , que os colocamos lá .Porém , eu me senti orgulhosa também , orgulhosa de ser eu mesma , independente , honrada . Sou pobre , mas sou livre !Nunca lambi as botas de ninguém , nem por dinheiro , nem por poder . SOU LIVRE! Ajo de acordo com a minha consciência e isso é muito bom . O resto é o resto e passa .Sintam - se assim também . Somos formadores de mentes e vamos continuar sendo . E vamos lutar com dignidade até alcançarmos nossas metas , nosso salário justo , condizente com a nossa obra . Abraços . Lutemos juntos , sem nunca esmorecer !

    ResponderExcluir
  9. Euler, acordei agora, pensando em nossas conquistas, apesar das perdas,vim beber na fonte(este blog)e você foi capaz de resumir sabiamente meu pensamento e sentimento.Em todos as escolas vivemos um clima tenso, de desunião e descaso de muitos colegas que torceram para que tudo desse errado, convocaram alunos,diretores esquecendo que retornarão para a sala de aula e agindo a serviço do governo... e esta realidade me fez dizer que não me envolveria mais, que não iria lutar para que no final eles saíssem ganhando também... Hoje, apesar de tudo, meu coração está mais sereno, não vou lutar do mesmo jeito, com as mesmas atitudes, vou ver onde falhei(falhamos) corrigir estratégias,pois tenho ciência de que, como você disse, o "lutador social" que tenho dentro de mim não se entregará fácil.Vou propor aos meus colegas aqui de Oliveira, das três escolas que parcialmente fizeram greve, para mantermos o contato e nos reunirmos em determinados períodos, assim nos fortaleceremos e nos tornaremos mais preparados para novos embates e futuras vitórias.Até breve, mesmo porque nossa luta não termina, apenas muda de fase.
    Martinha-Oliveira MG

    ResponderExcluir
  10. Euler, incluo as reivindicações A e B a reivindicação C que seria promoção anual e não a cada 5 anos( um pós graduado que passar num concurso só vai receber por ela daqui 8 anos, é outra vergonha que não estimula o aperfeiçoamento profissional)

    ResponderExcluir
  11. Tipo de Relato: DENÚNCIA

    Relato: BOM DIA SÓ VOCÊS PARA NOS SALVAR, MINAS ACABA DE ACABAR COM AS ESPERANÇAS DE DIAS MELHORES NA EDUCAÇÃO, RECEBEMOS UMA DERROTA MUITO GRANDE AQUI ESTÃO TIRANDO DIREITOS ADQUIRIDOS HÁ ANOS., SEM FALAR QUE NÃO CUMPRE UMA LEI FEDERAL. INVENTOU-SE AQUI QUE O SUBSÍDIO É BOM PARA TODOS, (SE FOSSE BOM, TODOS ESTARIAM NELE). NOSSO ESTADO VIVE UMA SITUAÇÃO, ONDE, SÓ VALE A VONTADE DO GOVERNO COM SEUS CORDEIRINHOS HOMOLOGATIVOS DA ALMG, A CÂMARA NÃO REPRESENTA A VONTADE DO POVO, O JUDICIÁRIO É INERTE E TUDO MAIS ACONTECE AQUI SEM QUE NINGUÉM OLHE PARA NÓS. AJUDE-NOS STF OLHE PARA MINAS, ESTÃO ATROPELANDO LEIS E DIREITOS. VEJA O PROJETO LEI 2.355/2011 DA ALMG FOI FEITO E VOTADO EM 24 HORAS. ABRAÇOS

    http://www.stf.jus.br/portal/atendimentoStf/enviarDadoPessoal.asp

    FAÇAM O MESMO, DENUNCIE

    ResponderExcluir
  12. COLEGAS,

    TRAIDOR Nº 1 DA EDUCAÇÃO : SEBASTIÃO COSTA

    ResponderExcluir
  13. Caríssimos colegas, bom dia!

    Greve 2012; boicote às avaliações sistêmicas; jamais votar em prefeitos e vereadores financiados e apoiados com os recursos que estão nos roubando e mais: falar isso claramente a quem vier pedir voto. Demonstrar sabedoria e conhecimento sobre o que se passa na assembleia homologativa. Divulgar para todo o país quem são estes lobos vestidos de cordeiros e não vamos desistir dos nossos direitos. Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  14. Foram contra nós? Nos aguardem nas eleições.
    Os nomes dos deputados que votaram contra serão estampados diariamente e faremos propaganda contra eles em sala de aula, em reuniões com os pais e também com familiares e amigos.
    Ri melhor quem ri por último, bebezão.

    ResponderExcluir
  15. Euler,obrigado por tudo que fez por todos nós!Não esqueceremos de suas palavras de ânimo,sua paciência e sua determinação!Daqui pra frente será tudo diferente,continuaremos nossa luta com mais garra e com a certeza que não entregaremos nossa vitória no final!Sou sua admiradora e continuará fazendo parte de minha família !Continuarei visitando seu blog umas cinco vezes ao dia!Amamos você eternamente!2011 entendemos que compromisso e assinaturas não significam nada,responsabilidade bem de berço!Na minha cidade tem um vizinho que enquanto pol´tico ,suas atitudes eram bem parecidas com as dos deputados ,só pensava em seu próprio umbigo,agora está sendo sustentado pela sua mulher,não tem crédito para comprar uma bala!Deus está conosco!Bom trabalho !

    ResponderExcluir
  16. Grande Euler, não compareci a assembleia no dia da votação não queria fazer parte desta festa triste que nos armaram. Até quando nossa categoria irá acreditar nesse circo democrático?
    Já sabiamos do resultado , mais uma vez a direção nos coloca nesta armadilha , mas a base petista vez seu papel , inclusive campanha prá nossa coordenadora.E não adianta a direção jogar toda culpa no PSDB , a omissão a nível federal é tão séria quanto a armação da casa da vergonha.

    ResponderExcluir
  17. A frase que o ditador fala na televisão não combina com suas atitudes: "Com o seu apoio, vamos continuar melhorando a vida das pessoas."
    Onde está a melhora na vida dos educadores? Ou educadores não são pessoas?
    Deus não vai deixar isso impune, está deixando-o subir os degraus, quando estiver lá em cima...BUMMMMMMMMMMM

    ResponderExcluir
  18. O que ele queria ele conseguiu. Destruir a escola pública para os pobres. Onde eles poderiam encontrar uma saida para uma vida melhor. Não tenha dúvida, muitos professores de luta e competência estão aposentando. E com ese salário não virão outros. Virão sim, aqueles que não tem nada a acrescentar na formação de cidadãos, os acomodados, meia boca. Os que convivem com a ditadura e não tem coragem de questionar, os que abaixam a cabeça e diz que está muito bom. E se bobear vota neles de novo para continuar do jeito que está, pois não terão concorrência.

    ResponderExcluir
  19. Antes um pássaro na mão do que dois voando.
    Se tivéssemos aceitado os 712,00 já seriam quase 100% dos 369,00 e depois lutaríamos pelo restante mas...
    Quem tudo quer, tudo perde.
    Agora é tentar recuperar o que nos foi tirado quando voltamos para o VB.
    Vou ao Ministério público entrar com um processo para reaver as perdas.Não quero pagar advogado, meu dinheiro já é pouco e ainda vou dar 30% para ele?
    Alguém tem outra sugestão?

    ResponderExcluir
  20. Sr. Anastasia, você não perde por esperar, teremos paciência para ver o desfecho do seu governo. DEUS não vai contra milhares de pais e mães de família para ser a favor de um ditador sem amor.
    Por causa de obras e bolso dos aliados do governo, o senhorzinho acabou com a educação. Daí a pouco as faculdades direcionadas aos futuros professores terão que fechar suas portas.Quem vai querer ser professor numa mer... desta?

    ResponderExcluir
  21. MORAL DA HISTÓRIA

    Se os deputados votassem contra não teriam o aumento nos seus bolsos que está por vir.
    Podem esperar e preparar para ter raiva, já conheço isso em outras repartições. Os chefes aumentam seus próprios salários, enquanto serventes, motoristas, boys ficam lá com seus 2% de aumento contra até 30% dos chefes.
    É o retrato do Brasil.
    Roubalheira, roubam os de baixo para favorecer os de cima.

    ResponderExcluir
  22. Vamos permirtir essa atrocidade? Uma lei mineira pode derrubar uma lei federal? Nossa pressão agora é em Brasília! Nossa briga de ser em âmbito nacional para desmoralizar o minstério da educação e o governo federal! Isso era a intenção desse desgoverno jogar o problema para lá!

    ResponderExcluir
  23. Fátima - Professora de História - Ubá24 de novembro de 2011 07:02

    Euler.
    Uma das nossas ações imediatas é colocar para o Brasil inteiro e se preciso para o mundo o que o PSDB fez com a educação em Minas. Usaremos todos os meios possíveis e impossíveis, mas não podemos nos calar agora, pois aí significaria para a sociedade que concordamos com tudo e que estamos conformados. E isso é tudo que o governador quer, tirar os professrores de cena para que ele, seu padrinho Aécio e seu partidozinho tenha "tranquilidade" para seguir com seu projeto de destruír a classe trabalhadora do Brasil. É por isso que a dupla do mal querem a Presidência da República, atacar os trabalhadores da iniciativa privada. O que aconteceu com os trabalhadores da educação em Minas foi a apenas um ensaio.
    Temos que usar agora mais do que nunca de todos os recursos: as assembleias periódicas, outdoor, os microfones das igrejas, as associações de bairros e tudo o mais que não deixe o Brasil esquecer o que dupla do mal e sua corja fêz com a educação em Minas.
    Quanto aos deputados vamos divulgar periodicamente aos quatros cantos do Brasil não só seus nomes, mas também a cara dos traidores do povo mineiro. Mostrar para população o que realmente faz um deputado em Minas e no Brasil, julgar em causa própria.
    Não podemos desanimar, pois a luta não acabou, sabemos que dependendo do inimigo a guerra costuma ser longa, mas se nos mantermos unidos com certeza venceremos. Veja o exemplo da Segunda Guerra Mundial, foram necessários seis longos anos para o mundo destruír Hitler, o facista da época.
    Com certeza nossa vitória será bem mais rápida, principalmente nas urnas.
    Obrigada por tudo que você faz pela categoria, continuaremos nos falando
    Beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  24. EULER ISSO MESMO.FAMOS LUTAR PARA QUE ESTE "SUICÍDIO" TENHA MELHORAS.JÁ QUE ESTAMOS OU FOMOS JOGADOS NELE, FAÇAMOS GREVE PARA TERMOS AUMENTOS DENTRO DESTE DIABÓLICO PLANO.OU COMO FALARAM PLANO DA TRAIÇÃO.VAMOS COMEÇAR A PLANEJAR A GREVE DE 2012 EM CIMA DELE.SE TIVÉSSEMOS NO PISO NADA DISSO PODERIA ACONTECER MAS JÁ QUE ELES QUEREM QUE NÓS FAÇAMOS MAIS E MAIS GREVES, FAREMOS.QUERO MEU DINHEIRO DE VOLTA.AQUELE QUE O "CAPETA " CONFISCOU JÁ QUE TUDO JÁ ESTAVA PLANEJADO.TANTA ENROLAÇÃO E TUDO ESTAVA COM AS CARTAS MARCADAS A MUITO TEMPO.QUERO MEU DINHEIRO.VAMOS FAZER AQUI NESTE IMPORTANTE BLOG ESTA REIVINDICAÇÃO E TODOS DEVEM ASSINAR , ESCREVER QUE QUER ISSO E RÁPIDO.NÃO PODEMOS ESPERAR E TUDO DE UMA VEZ.ESTE DINHEIRO NÓS PRECISAMOS MUITO.NÃO TEMOS GORDOS E RECHEADOS SALÁRIOS COMO ESTA MÁFIA DA ASSEMBLÉIA HOMOLOGATIVA DE MINAS DO AÉBRIO.DOS NEVER...POIS O QUE EU CONSTATEI FOI ISSO.ESTA MALDITA FAMÍLIA ATRAVÉS DO AÉBRIO MANDA AQUI.AQUI É O CURRAL DESTE HOMEM.ESTAS DEPUTADOS QUE PRECISAM ESTAR DE ACORDO COM ELE OU SEJA ESTÃO VENDIDOS...LEILOADOS..NÃO QUEREM NEM SABER DE NÓS.O QUE ESTÃO PREOCUPADOS É COM O DELES NO FINAL NO MEIO E NO INÍCIO DO MÊS...E MAIS E MAIS...NOSSO DINHEIRO SUSTENTA ESTA MÁFIA.ENTÃO QUERO MEU DINHEIRO.COMECEMOS UMA CAMPANHA AQUI PELA DEVOLUÇÃO JÁ.E COMECEMOS DO ZERO MAS VAMOS NOS REERGUER PARA UMA GREVE MUITO MAIOR..MUITO MAIS FORTE.FICAMOS AGORA UNIDOS ...POIS TODOS AGORA ESTÃO IGUALADOS E VAMOS COMEÇAR DO ZERO.MAS COM FORÇA PARA ACABAR COM ESTE SENHOR DAS ALTEROSAS.SÓ ASSIM TEREMOS DIAS MELHORES.

    ResponderExcluir
  25. Euler, paabéns pelo belo texto e obrigada pela força, mas, vamos precisar de tempo para nos recuperar e não estranhe se o governo conseguir nos derrubar tbm no sonho de futuras greves. Com certeza eles já devem estar gastando todas as ener
    gias, alimentadas às nossas custas, para pensar em uma maneira de nos manter no chão, onde nos jogaram com suas estratégias malditas e com o aval de uma assembleia que não nos serve prá nada. Aí eu pergunto: Prá que govermo? Prá que lei só contra classe trabalhadora? Gastamos tanto em nome da ordem... Será que no cada um por si não seríamos mais felizes? Pelo menos essa sensação de impunidade, de dinheiro jogado na privada não estaria tão forte em meu coração. Então, sim à anarquia. Façamos como na revolução francesa, que rolem as cabeças. Assim os omissos, os verdadeiros ladrões, a mídia comprada, todos teriam que começar a lutar e muito e com muita disposição e dignidade para convencer que merecem estar onde estão graças à apatia e covardia de alguns que não teriam onde se apoiar.

    ResponderExcluir
  26. Vamos aguardar as orientações do sindicato.

    ResponderExcluir
  27. O sindicato deve ir ao STF.

    Estamos aguardando.

    ResponderExcluir
  28. E o escritório de advocacia?

    ResponderExcluir
  29. O Sind UTE, acreditou no governo como a única opção para resolvermos esta crise na educação.

    Agora o Sind UTE deverá apresentar as novas propostas.

    Não devemos nos antecipar, porque quando o fizemos não fomos ouvidos.

    ResponderExcluir
  30. Não podemos nos render , o verdadeiro mineiro tem anseios pela liberdade e pela justiça. Existem mineiros e mineiros e nós pertecemos a esse segundo grupo que luta para fazer de Minas um Estado independente de glória e de grandes homens. Iniciamos agora uma luta internacional contra os mineiros Aécio Neves e Anastasia além de todos os deputados que pela falta de estudo votam a favor de um governo que quer formar cidadãos calados , inativos,para que possam elege-los em troca de saquinhos de areia .
    São milhares e milharesde brasileiros espalhados por esse mundo a fora e com eles outros milhares de paulistas , cariocas , capixabas . baianos entre outros . Comecei hoje a campanha contra os mineiros para Presidencia e mandei vários e-mail totalizando 17 países nos quais tenho contato e conheço um grande numero de brasileiros. A hora é agora , se a mídia de hj passa longe daquela que nos tempos da ditadura enfrentavam tudo em favor do povo, temos a net . Nela podemos ser nós mesmos . Podemos mandar mensagens para comunidades de orkut falando mal desse tal aécio, com letra minuscula sim, pois quem destrói os sonhos mineiros não pode ter qualquer considerção.Gazola , vilhena, Anastasia á partir de hj contra eles a força de Deus , Deus não protege aquele que destrói os menos favorecidos se desgraças eles plantaram ontem que não demorem muito a colhe-las. A vida é justa , o mundo é redondo e não precisa violência pra derrotar um inimigo apenas fé.

    Que Deus esteja conosco NDG

    ResponderExcluir
  31. REPENSANDO E APRENDENDO COM OS ERROS...

    Este blog é muito forte, tem uma interatividade incrível, aqui tem passado excelentes ideias que tem se perdido por falta de interesse do sindicato.

    Precisamos falar a verdade, o sindicato só trabalha numa linha e não aceita sugestões. O sindicato não foi democrático conosco, NESTE PONTO DE VISTA.

    Por exemplo o departamento jurídico do sindicato mostrou-se incompetente, a comunicação do sindicato é horrorosa, as estratégias não surgiram efeito.

    Precisa-se de pedir ideias/sugestões aos companheiros(as) de luta e a solução aparecerá com certeza.

    Não é agora porque perdemos esta grande batalha para o governo que venho aqui reclamar, até mesmo porque considero que perdemos algumas batalhas e não a guerra.

    Se houver por parte do sindicato uma análise e reformular os caminhos s serem seguidos, pode-se conquistar o envolvimento maior categoria.

    Desta derrota, podemos tirar como positivo o fato do governo ter unificado a categoria.
    De agora em diante será TODOS OU NINGUÉM.

    Vamos repensar estes novos caminhos a serem percorridos, sabendo-se que por onde passamos até agora não foi o caminho que nos levará a vitória.

    Então, vamos aguardar as orientações do sindicato, já que as nossas ideias/sugestões até agora, não valeram de nada.

    ResponderExcluir
  32. hj naõ tive forças para ir a escola!! oooo vontade de nunca mais pisar em uma escola,isso está me matando aos poucos!!

    ResponderExcluir
  33. Bom dia, por favor já que a imprensa mineira não vai divulgar a implantação do subsidio. Manda seu texto para a Folha de São Paulo, O Globo qualquer imprensa fora de Minas, para que todos conheçam a ditadura implanta aqui.

    ResponderExcluir
  34. Estamos todos no subsídio. Eles que nos aguardem!
    Agora estamos unidos pelos mesmos interesses.

    ResponderExcluir
  35. ATENÇÃO PESSOAL ALÉM DE ROUBAR NOSSO PISO ESSE DESGOVERNO ESTÁ ROUBANDO NAS PARCELAS DO EMPRÉSTIMO! FUI OLHAR MEU CONTRACHEQUE BANCÁRIO( BANCO DO BRASIL) NOTEI QUE TINHA SIDO DESCONTADO A PARCELA NA MINHA CONTA MESMO JÁ TENDO SIDO DESCONTADA NA FOLHA DE PAGAMENTO! O CARA DO BANCO QUE ME ATENDEU DISSE QUE ISSO ESTAVA ACONTECENDO COM VÁRIOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICO!DISSE QUE SERIA ESTORNADO O VALOR EXTRAIDO EM POUCOS DIAS. FIQUEM ATENTOS E VERIFIQUEM O EXTRATO BANCÁRIO E O CONTRACHEQUE SE VOCÊ PAGA EMPRÉSTIMO E CONCLUAM SE NÃO ESTÃO SENDO LESADOS DE NOVO!FALA SÉRIO!JÁ NÃO FALTA ACONTECER MAIS NADA! FALTA DINHEIRO POR ROUBO DO "SALAFRÁRIO DESGOVERNO" DO NOSSO SALÁRIO E AGORA ROUBA O QUE É ADQUIRIDO SUADO!

    FORA DITADOR!
    FORA FARAÓ!
    FORA!

    ResponderExcluir
  36. Euler,
    Você já ouviu ou leu a expressão "Jesus paripatérico"???

    "Aquele que ensina caminhando"...

    Bem, o caminho é cheio de ensinamentos... Aprendemos, ensinamos, lutamos, perdemos...

    Que nosso caminho em 2012 seja trilhado com sabedoria!
    Que o Sindicato tome as providências legais!
    Que a categoria se junte cada vez mais!
    Que o Piso seja reconhecido!
    Que tenhamos nossa valorização tão sonhada e merecida!
    Que venha a Paz!
    Que EULER NÃO NOS ABANDONE...
    Que os ensinamentos sejam mais fortes que a derrota!
    Que o "Senhor nos sonde, multiplicando o pão nosso de cada dia, chamado agora de "nova proposta de suicídeo"...
    Que eu tenha ânimo, coragem, fé e bençãos, para 'VIABILIZAR' e fazer outra coisa, fora da área da euducação...

    ResponderExcluir
  37. Euler, bom dia. Devemos reduzir horário, em dia único, no Estado, para mais uma reunião com os pais e alunos. Pauta: esclarecer o que aconteceu na assembleia homologativa (minúsculo mesmo) e divulgar (com folheto para distribuir) os traidores da Educação Pública, os que votaram a favor do "AI 5". Vamos derrotar esse povo sem escrúpulos nas urnas. Morte aos ditadores, mesmo sem armas, nas eleições.

    ResponderExcluir
  38. AQUI EM IGARAPÉ NOS REUNIMOS PARA FAZERMOS FAIXAS COM O NOME DOS DEPUTADOS TRAIDORES DA EDUCAÇÃO.A POPULAÇÃO VAI ESTAR CIENTE DE QUE SE HOUVER NOVA GREVE A CULPA SERÁ DESSES DEPUTADOS E GOVERNO. SE CADA CIDADE ANUNCIAR AO POVO OS DEPUTADOS QUE VOTARAM CONTRA A EDUCAÇÃO DE MINAS SURTIRÁ UM EFEITO NEGATIVO PARA ESSES LAMBE LAMBE DO GOVERNO

    ResponderExcluir
  39. VAMOS CRIAR UMA LISTA DE DEPUTADOS QUE VOTARAM NO ABSURDO QUE ANASTASIA PROPÔS... VAMOS MANDAR E-MAIL PARA TODOS OS BRASILEIROS... se cada um mandar para seus contatos, multiplicaremos as informações em segundos....

    Euler, você poderia, sem pedir demais, criar este e-mail... onde explicite a situação e onde cada pessoa, antes de encaminhá-lo, deixe seu nome por escrito.... vamos divulgar a calamidade da educação mineira....

    Ontem, ainda escutando a ALMG, um deputado disse que futuramente, será preciso investir em mais cadeias, programas sociais de recuperação aos drogadados, às prostituras, aos bandidos... SE HOUVESSE INVESTIMENTO NA EDUCAÇÃO, NADA DISSO SERIA PRECISO!

    QUE VERGONHA! QUE LÁSTIMA! QUE DESMOTIVAÇÃO EU SINTO AGORA!!!!!!!

    ResponderExcluir
  40. EULER, AGORA O GOVERNO DEVERÁ COLOCAR UM SIMULADOR NO SITE DA SEE/MG, PARA VERMOS QUAL A FORTUNA RECEBEREMOS.....

    TENHO PLENA CONVICÇÃO DE QUE ESTES DINDINS FARÃO MINHA FELICIDADE!!!!!

    QUE DECEPÇÃO!!!!!

    ResponderExcluir
  41. EULER,
    VAMOS FAZER UM MOVIMENTO E COMPRAR UM ESPAÇO NA FOLHA DE SÃO PAULO?

    VAMOS, POR FAVOR?

    ESCREVER TUDO O QUE O GOVERNO NOS FEZ...

    EU FAÇO A MINHA DOAÇÃO.. LANCE A CAMPANHA CONTRA A NOSSA PRÓPRIA DECEPÇÃO MORAL... pq a financeira, a de valorização, a de acreditar no SER HUMANO, o governo de Anastasia já DESTRUIU...

    "EDUCADORES: DECEPÇÃO MORAL, PESSOAL, PROFISSIONAL... Retratos do descaso mineiro com a educação"...

    Tenho plena convicção de que "os educadores conscientes do que foi votado ontem, destruindo nossas expectativas, farão sua doação"...

    Ainda dará tempo. DESTRUÍRAM NOSSA MORAL, MAS NÃO NOSSA CORAGEM, FORÇA E FÉ PARA SEGUIRMOS ADIANTE, DENUNCIANDO AS BARBARIDADES DE ANASTASIA...

    ResponderExcluir
  42. EULER, COMO É POSSÍVEL:

    MESMO COM REPASSE DE VERBAS PARA A COMPLEMENTAÇÃO DO ORÇAMENTO COM A EDUCAÇÃO PELO GOVERNO FEDERAL, ANASTASIA CONSEGUIR DESTRUIR A CARREIRA DE MINAS GERAIS?

    ONDE ELE IRÁ COLOCAR ESTE $$$$$$$$$$ ENORME?

    AH, JÁ SEI ... NEM PRECISA ME FALAR....

    NO C´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´... (desculpe-me, mas sinto NOJO.....)

    ResponderExcluir
  43. Euler, como fica a situação dos profs q fizeram operação tartaruga? Aqui na minha escola o ponto foi cortado e riscaram as nossas assinaturas com caneta vermelha, dizendo q são ordens da SRE... O q fazer nesse caso? Afinal d contas trabalhamos e temos q receber? Onde procurar os nossos direitos? Sabe o q o sindicato tem a dizer sobre isso?

    ResponderExcluir
  44. BOM DIA CARO COLEGA EULER.
    UNDIGNAÇÃO SIM, MAS DERROTADO NUNCA. SOU DO INTERIOR, ESTOU ANGUSTIADO, MAS ACINO ESTA TUA FALA TAMBÉM E DIGO MAIS, TALVEZ É A HORA DE REPENSARMOS O MOVIMENTO, PARTINDO PARA AÇÕES ISOLADAS COMO MANIFESTAÇOES EM FRENTE AS LOCALIDADESA DA MÍDIA, PÚBLICAS QUANDO FOR ÉPOCA DE PASSEATAS, REDUÇÃO DE HORÁRIOS PELO MENOS DUAS VEZES NA SEMANA OU A SEMANA TODA, GREVE DENTRO DA PRÓPRIA ESCOLA, OU SEJA, ASSINAR O PONTO E FICAR NO PRÓPRIO RECINTO, NÃO DEIXANDO OS COLEGAS TRABALHAREM E O MÁXIMO QUE PUDERMOS FAZER PARA NÃO DEIXAREM QUE NOS PREJUDIQUEM.

    ResponderExcluir
  45. Tenho uma sugestão:citar as cidades dos "nobres" deputados e cada cidade com sua subsede se organizar para fazer camisetas, panfletos, outdoors..., por exemplo:
    Frente de camiseta
    Em 2011 eles destruíram a educação pública;
    Em 2013 destruíram sua cidade
    Costa de camiseta
    O nome e a foto de cada um
    Atenciosamente
    Roberta Gouveia - Uberlândia

    ResponderExcluir
  46. INDIGNAÇÃO TOTAL....

    EM AULA, UMA ALUNA ME DISSE: - TIA, TÁ LOUCO.. SE REFERINDO A UMA SITUAÇÃO Q ACONTECEU.... MUITO ENGRAÇADA...

    EU RESPONDI, BRINCANDO...

    - LOUCA EU ESTAVA QUANDO RESOLVI ESTUDAR PRA SER PROFESSORA.....

    MESMO BRINCANDO, HJ TENHO A CERTEZA DE QUE, SE TIVESSE UMA BOLA DE CRISTAL HPA 20 ANOS ATRÁS, NÃO INGRESSARIA NO MAGISTÉRIO... IRIA VENDER CALCINHAS E CUECAS, POIS, DÃO MAIS DINHEIRO E NÃO PRECISA DE VALORIZAÇÃO, DE ESTÍMULO, DE FICAR MENDIGANDO, DE AGUENTAR SAPOS DE PAIS E SUPERIORES....

    "SENHOR, EU SEI QUE TÚ ME SONDAS"...

    "O SENHOR É MEU PASTOR, NADA ME FALTARÁ"...

    ResponderExcluir
  47. CARO EULER,
    LUTO PELA EDUCAÇÃO... (luto de lutar, de morrer, de ausência...)

    Mas, "Há certas derrotas que prenunciam vitórias robustas (Euler)...
    E "Esperança é o que anda comigo. Em noites escuras, eu colho fé." (Cris Carvalho)

    ResponderExcluir
  48. Acho que também devemos começar uma nova campanha:
    Os filhos e netos de todos os políticos: vereador, deputador, ministro, secretário devem obrigatoriamente matricular-se em escola pública!
    Atenciosamente
    Roberta Gouveia

    ResponderExcluir
  49. Várias idéias boas foram sugeridas aqui no Blog, mas nem uma foi acatada... resultado...

    ResponderExcluir
  50. Euler,
    ontem o dia foi duro, cansativo e penoso, mas o NDG não pode relaxar, vamos continuar nos contactando pelo estado, twitando e usando todoas as armas de que temos a disposição para construir um grande movimento em 2012. O PLGOLPE votado ontem, na minha avaliação fortalece nosso sindicato, pois desde o início da luta nossa categoria foi alertada por ele sobre o golpe estadual que estava sendo construído na Seplag, mas parte da categoria ficou em berço esplêndido, esperando que a vanguarda conquistasse para todos, o que era dever de todos conquistar. Organizar a uma rede por escola é o caminho, mas é difícil. O sindicato tem que mandar às unidades de ensino um material muito didático, porém que seja gasolina na fogueira. A indignação tem que crescer, se espalhar por todos os cantos, aí sim, o chão de Minas tremerá.
    RINO MARCONI - DOM CAVATI

    ResponderExcluir
  51. Euler,
    Eu acompanhei até o final a votacão do malfadado substitutivo número 5.
    Passou um filme na cabeca, onde muitos anos atrás, ali estava cobrando dos deputados, a derrubada de um veto contra os educadores.
    Acompanhamos os deputados Rogério Correia, Adelmo,Maria Teresa,Savio , Elismar,Júlio e outros poucos defendendo a carreira e a maioria calada, nojenta, abjeta.Eu me comprometo aqui a nunca esquecer e trabalhar MUIIIIIIITOOOOOOOOOOOOOOOO pela eliminacão dessa corja que foi ameacada publicamente pelo governador e seu padrinho que se votassem, seriam perseguidos como muito bem denunciou o Rogério e o Savio Sousa Cruz,
    A verdade que não quer calar é a seguinte: Anastasia e Áecio,almg homologativa,Vilhena, MPE na pessoa de AECEU, são responsáveis pela situacão que Minas se encontra e pelas greves que ainda virão por ai.O desânimo que se abateu sobre nós é momentâneo. Tudo isso serviu para fortalecer em mim e com certeza em muitos, que precisamos fazer o trabalho na base, com nossos alunos e os pais, que são, junto conosco, os grandes prejudicados.
    Veremos o posicionamento do STF.Se for favorável, daqui em diante não me sinto mais obrigada a cumprir nada. A primeira coisa é procurar saber como sonegar impostos,etc.
    A DITADURA E HITLER EM MINAS GERAIS. VERGONHA NACIONAL.
    Ashley

    ResponderExcluir
  52. Se o dia de hoje pudesse ser resumido em vitória do Governo e derrota do Sindicato, as consequências estariam restritas ao placar de um jogo político.
    Mas a realidade da escola pública mineira, o que inclui a situação de seus profissionais, não é um jogo político e com o resultado da votação do projeto de lei substitutivo no. 05, todos que defendem uma educação pública de qualidade perderam. Resta saber quem saiu vitorioso com o resultado deste dia.
    Foram 12 horas ininterruptas de discussão no plenário da Assembleia Legislativa.
    A categoria optou por sair do subsídio. O Governo do Estado assinou um documento se comprometendo a aplicar o Piso Salarial na carreira. O Governador Antônio Anastasia não cumpriu o compromisso que assumiu.
    Nesta noite de quarta-feira 51 deputados estaduais aprovaram o projeto de lei do governo tornando obrigatório o subsídio a partir de janeiro de 2012. A categoria perde novos biênios, quinquênios, trintenários, gratificação de regência, etc, perde o Piso Salarial Profissional Nacional.
    Estes deputados estaduais votaram pela retirada de direitos da categoria e aprovaram o projeto de lei do subsídio: Alencar da Silveira Junior, Ana Maria Resende, Anselmo José Domingos, Antônio Carlos Arantes, Antônio Genaro, Antônio Lenin, Arlen Santiago, Bonifácio Mourão, Bosco, Célio Moreira, Dalmo Ribeiro, Deiró Marra, Délio Malheiros, Doutor Viana, Doutor Wilson Batista, Duilio de Castro, Carlos Henrique, Carlos Mosconi, Cássio Soares, Fabiano Tolentino, Fábio Cherem, Fred Costa, Gilberto Abramo, Gustavo Corrêa, Gustavo Valadares, Gustavo Perrella, Hélio Gomes, Henry Tarquinio, Inácio Franco, Jayro Lessa, João Leite, João Vitor Xavier, José Henrique, Juninho Araújo, Leonardo Moreira, Luiz Carlos Miranda, Luiz Henrique, Luiz Humberto Carneiro, Luzia Ferreira, Marques Abreu, Neider Moreira, Neilando Pimenta, Pinduca Ferreira, Romel Anízio, Rômulo Veneroso, Rômulo Viegas, Sebastião Costa, Tenente Lúcio, Tiago Ulisses, Zé Maia, Duarte Bechir.
    Quando em janeiro de 2012 você perder os direitos de carreira que já adquiriu ou quando os profissionais de outros estados e municípios tiverem reajuste de 16% e Minas não praticar este reajuste, questionaremos os deputados estaduais que votaram contra a categoria.
    Estes deputados estaduais defenderam a categoria: Adalclever Lopes, Adelmo Carneiro Leão, Almir Paraca, André Quintão, Antônio Júlio, Bruno Siqueira, Carlin Moura, Celinho do Sinttrocel, Durval Ângelo, Elismar Prado, Ivair Nogueira, Liza Prado, Maria Tereza Lara, Paulo Guedes, Pompilio Canavez, Rogério Correia, Rosângela Reis, Tadeu Leite, Ulisses Gomes, Sávio Souza Cruz.
    Postado por Beatriz Cerqueira às 23:27 0 comentários Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no Twitter




    CARNEIRADA SEM VERGONHA. PAGARAM CARO PELA COVARDIA.

    PARABÉNS PELA FORÇA SUBCOMANDANTE. VOCÊ É O MEU CANDIDATO.
    VAMOS CONSTRUIR O PARTIDO DOS EDUCADORES.
    OS DEPUTADOS DE OPOSIÇÃO MOSTRARAM QUE ESTÃO LIGADOS NO SEU BLOG. FIZERAM BEM A LIÇÃO.
    A BATALHA O GOVERNINHO VENCEU ATRAVÉS DA CARNEIRADA, MAS A GUERRA SÓ ESTÁ COMEÇANDO!
    PROFESSOR ODAIR JOSÉ

    ResponderExcluir
  53. Euler, mais uma vez obrigada por nos informar,orientar e transmitir otimismo em seu blog,que se tornou leitura obrigatória para milhares de pessoas.As grandes vitórias são oriundas de muita luta,união e confiança para enfrentar cada obstáculo.Desacreditar na nossa capacidade e vermos os adversários mais fortes que nós, já implica derrota na certa.Portanto, só nos resta promover a união da classe para que possamos engajar uma greve em 2012 de tremer as bases desse governo insano. Para isso,convocamos àqueles que ficaram em "berço esplêndido" durante toda a greve para interagirem conosco, participando de todas as mobilizações previstas e sobretudo se conscientizarem de que a luta não é apenas de interesse de uma minoria, mas promover justiça para toda a classe. Elenice

    ResponderExcluir
  54. Copiado do blog da Cris,

    Certa vez, um escorpião aproximou-se de um sapo que estava na beira de um rio.

    O escorpião vinha fazer um pedido:

    "Sapinho, você poderia me carregar até a outra margem deste rio tão largo?"

    O sapo respondeu: "Só se eu fosse tolo! Você vai me picar, eu vou ficar paralizado e vou afundar."

    Disse o escorpião: "Isso é ridículo! Se eu o picasse, ambos afundaríamos."

    Confiando na lógica do escorpião, o sapo concordou e levou o escorpião nas costas, enquanto nadava para atravessar o rio.

    No meio do rio, o escorpião cravou seu ferrão no sapo.

    Atingido pelo veneno, e já começando a afundar, o sapo voltou-se para o escorpião e perguntou:

    "Por quê? Por quê?"

    E o escorpião respondeu:

    "Por que sou um escorpião e essa é a minha natureza."

    ResponderExcluir
  55. Precisamos conhecer bem os nossos inimigos, a partir daí eles nos ensinarão a vencê-los.

    ResponderExcluir
  56. NÃO SERÁ QUALQUER GOVERNINHO QUE ROUBARÁ NOSSOS SONHOS!
    TERÁ QUE SER MUITO MACHO PARA ISSO! COM RELAÇÃO A ISSO, TENHO MINHAS DÚVIDAS!

    ResponderExcluir
  57. Quanto aos deputados, nós havemos de acabar com a carreira de um por um. seremos implacáveis, já, nas eleições de 2012. A mesma caçada que fizemos a esse ordinário do governador, faremos com eles e seus apadrinhados. Eles não perderão por esperar.

    ResponderExcluir
  58. Euler,no ano que vem os repasses do FUNDEB vão vir de qualquer forma.Se nossos salários estarão congelados não vamos ver a cor deste dinheiro.Então precisa-se investigar e tentar descobrir para onde está indo este dinheiro, quem está gastando o que é nosso por direito e denunciar essa corja que está nos roubando.

    ResponderExcluir
  59. Que vergonha!
    Temos que mandar vários e-mails para estes deputadose mostrar a eles a extrema incompetência deles!
    Temos que fazer valer o nosso voto nas próximas eleições.


    abraço Euler

    ResponderExcluir
  60. Estou tão indignada, porque ficar sem salários, passar necessidades, ver seu nome no SPC, brigar na escola... não valeu de nada!
    Hoje vou chegar lá na escola e ouvir que eu estava errada.. que lutar pelos seus direitos não vale a pena.
    Estamos sozinhos...Os deputados não quiseram votar conosco, porque acham que esta é uma luta partidária, o que não é verdade.
    Não pode ser um embate entre PT e PSDB

    Tem que ser favorável a uma educação de qualidade!

    ResponderExcluir
  61. Euler, bom dia!
    Concordo com você perdemos a luta, mas a guerra continua. Estamos diante de um momento histórico em MG, onde um único "homem" juntamente com seus fantoches acabou com a carreira de milhares de educadores. Acompanhei tudo pela internet e twitava para os deputados e amigos. Foi muito vergonhoso para os 50 deputados que deveriam representar o povo votar a favor do desgoverno de MG. Destruiram os nossos sonhos do piso? Acabaram com a nossa vontade de lutar? Agora vamos mudar de profissão? Vamos voltar para a escola de cabeça baixa e calados? Eu particularmente sonho com o piso e continuarei sonhado até a sua conquista. Não vou mudar de profissão, pois modestia parte sou boa no que faço e este fazer é com muito amor e carinho e vou continuar fazendo e lutando. A volta para a escola é sempre de cabeça erguida e com palavras de otimismo e conhecimento para com os colegas. Temos que continuar lutando para conquistar nossos ideais. Contínuo na luta de uma forma ou de outra.
    Amplexos,
    Elenice Vidal Prata (NDG - Indignada)

    ResponderExcluir
  62. Verificamos que no projeto lei 2355/11 o governo de Minas quer acabar com os quinquenios dos servidores efetivos anterior a 2002.

    A CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988, Art. 5º

    XXXV - a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito;

    XXXVI - a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada;


    ou seja os quinquênios e o direito de adquirir novos quinquenios ao longo da carreira é garantido aos servidores efetivos antes de 2002.

    Parece que o governo está mal assessorado ou desconhece a carta magna.



    Espero que a carta magna seja respeitada, pois ao contrário abrirá precedentes para outras violações da lei.

    CONSTITUIÇÃO MINEIRA 1989 de 21/09/1989 - Texto Original

    Art. 31 -

    Parágrafo único - Cada período de cinco anos de efetivo exercício dá ao servidor direito a adicional de dez por cento sobre seu vencimento e gratificação inerente ao exercício de cargo ou função, o qual a estes se incorpora para o efeito de aposentadoria, ao passo que, no magistério estadual, o adicional de qüinqüênio será, no mínimo de dez por cento.

    * Somente em 2003 o artigo foi modificado, portanto quem entrou antes dessa data tem o direito adquirido.

    Carta Magna, art. 5º - XXXVI - a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada;

    ResponderExcluir
  63. Euler e companheiros/as de luta:

    Bom dia. O sol nasceu novamente. Estamos vivos e se, preciso, vamos recomeçar.
    Francisco de Assis (1182-1226) exortava seus irmãos frades: " irmãos, vamos recomeçar, pois até agora nada fizemos".
    É com este sentimento que visito, hoje , este insubstituível blog. E gostaria de questionar o amigo e companheiro Euler. Euler, você tem certeza de que colocou em seu perfil os atributos que aparecem aqui? Acho que não! Você está escondendo alguma coisa...por acaso você é um monge, santo ou super-homem com poderes paranormais??? [. . . . ](brincadeira). Mas, a verdade, é que todos gostaríamos de saber onde você busca tanta força, companheiro!
    Apesar desta força toda, cuide-se. Ninguém é de ferro. Precisamos muito de você daqui pra frente. Não é preciso "recomeçar" no sentido estrito da palavra, pois temos uma linda e vitoriosa caminhada. Não podemos desanimar e nem entregar o "ouro" ao bandido, sem resistência. Ainda tem muita coisa para acontecer na instância judicial. Enquanto isso, vamos tomar fôlego e partir pra luta novamente.
    Volto afirmar aqui, o que já fiz uma vez: "a nossa derrota começou nas últimas eleições, quanto muito colegas da educação acreditaram no faraó e seu afilhado." Eu assisti a novela na TV Assembleia. E fiquei com minha consciência tranquila. O Deputado em quem votei na última eleição estava lá nos defendendo, enquanto o deputado da minha cidade, covardemente, estava lá apoiando o governo.

    Um abraço. E força companheiros/as

    Joaquim

    ResponderExcluir
  64. Não esqueceremos.
    Não esqueceremos.
    Não esqueceremos.
    Não esqueceremos.
    Não esqueceremos.
    Não esqueceremos.
    Não esqueceremos.
    Não esqueceremos.
    Não esqueceremos.

    ResponderExcluir
  65. Bom dia Euler ...um grande abraço...
    Estou de luto sim,principalmente pelos colegas que não aderiu a esta luta maravilhosa que foi a nossa. Mas perdemos um batalha a querra continua. Ao NDG , Beatriz Cerqueira e colegas grevistas felicidades. Em 2012 estaremos juntos e mais fortes com a benção de Deus.

    ResponderExcluir
  66. Caros colegas nem tudo esta perdido,acho que até ganhamos.Se o governo implantou o subsídio ele tem que provar que o subsídio corresponde o piso ele terá que da todos os aumentos , correspondentes ao piso.

    ResponderExcluir
  67. Euler, concordo mesmo com o que voce disse estou muito triste, mas nao derrotada. Acompanhei o processo do incio ao fim... Estava la ontem acompahando a votaçao... gritei, chorei, chamei aqueles vagabundos de safados... mas agora estou aqui aguardando o descanso necessario, o recuo estrategico para voltamos a luta... hoje estamos todos no mesmo barco do subsidio... e precisamos juntos encontrar a saida...Quem sabe aqueles que estiveram dormindo acordem agora com este novo choque de gestao...
    obrigada,
    Seu blog é tambem um importante instrumento de unidade.
    Abraços,
    Claudia

    ResponderExcluir
  68. "É melhor atirar-se à luta em busca de dias melhores, mesmo correndo o risco de perder tudo, do que permanecer estático, como os pobres de espírito, que não lutam, mas também não vencem, que não conhecem a dor da derrota, nem a glória de ressurgir dos escombros. Esses pobres de espírito, ao final de sua jornada na Terra não agradecem a Deus por terem vivido, mas desculpam-se perante Ele, por terem apenas passado pela vida."

    ResponderExcluir
  69. Euler: sou efetivo aqui na E.E Dona Francisca Josina, na Serra do Cipó. Na minha aula seria aplicada a prova do Simave, mas como eu boicotei a direção da escola colocou a supervisora da noite, que é uma pau mandada, para aplicá-la. Desse jeito fica difícil... Eles sempre encontram um pelego para fazer esse papel... Abraço!!!!!

    ResponderExcluir
  70. Salve Euler, salve NDG, salve trabalhadores (as) em educação e os demais que acessam este blog. Com muito pesar vejo a carreira mal estruturada sendo piorada, distorcida, achacada.

    A "aula de democracia" dado pel@s deputad@s ontem não deve ser esquecido. A aprovação do substitutivo 5 a toque de caixa é um vexame já esperado pelo jogo político vigente, viciado e nefasto.

    Agora a pouco me chamou a atenção o Conversa de Redação da Rádio Itatiaia. Para quem não conhece, de segunda a sexta, finalizando o Jornal da Itatiaia, entre mais ou menos 08:45 e 09h os repórteres Carlos Viana e Eduardo Costa (salve Eduardo!) e às vezes Aparecida Ferreira (Brasília) comentam e debatem algumas questões.

    O Conversa de Redação de hoje (24/11) durou 12 minutos. Iniciaram a conversa sobre o Anel Rodoviário e aos oito minutos quando o mediador da conversa sugeriu que partissem para discutir o trânsito em BH, Eduardo Costa interviu e disse que queria falar sobre o aumento dos professores (as).

    A fala do Eduardo Costa é coerente, não se omite por outro lado Carlos Viana deixa a desejar. Transcrevi trechos da opinião dele:

    "Não é o ideal mas a proposta é um avanço. Eu entendo que os professores mereceriam hoje pelo menos por uma turma um salário de R$2.000,00..."

    "(...) É preciso caminhar com passos medidos e pensados e essa proposta é um avanço em torno disso. Eu tenho parentes que são professoras tanto aposentadas aqui em Belo Horizonte quanto professoras ativas no interior. Elas estão eufóricas no interior por que lá o custo de vida é muito menor e hoje por exemplo uma professora que tem duas turmas, dá aula pela manhã e à noite tá no Jovem e Adultos do estado vai ganhar bruto R$2.600,00 (...)"

    Links para a gravação do programa:

    Trecho com a discussão sobre o "aumento": http://www.4shared.com/audio/zYI_ZjCo/Itatiaia_24_nov_Conversa_de_Re.html
    Gravação na íntegra do programa: http://www.4shared.com/audio/YRXHoPef/Conversa_de_Redacao_integral_2.html?

    Deputad@s com senso de bem público, afff. Andréa "Goebbels" Neves e imprensa omissa pra dizer o mínimo (salvo exceçõeS). Indignação e mais indignação.

    Abç a tod@s, Anderson Silva, prof. História E.E. Rose Haas Klabin (Santa Luzia)
    mail: andersonex@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  71. Estou com vocês!

    O chão de Minas ainda vai tremer muito!

    E estarei diposto até conseguir o que é de direito!!!


    Professores... não abaixem a cabeça, a batalha pode ter sido perdida mas a guerra jamais!

    Lembrem-se que na Segunda Guerre Mundial nos primeiros anos a vitória era do eixo, só depois veio a ser dos aliados!


    O eixo ainda está ganhando, por enquanto, só por enquanto...

    ResponderExcluir
  72. Com certeza, Euler, temos que começar a trabalhar desde já, contra esses políticos que votaram contra a Educação e os Educadores Mineiros! Não podemos deixar que eles se reelegem ou que a população continue a eleger Deputados, pessoas que não apoiam a Educação Pública... Temos que eliminar essa corja de políticos "pau mandado" do cenário nacional! A Educação só será prioridade, quando tivermos, no poder, pessoas que reconheçam, de fato, o seu valor para o desenvolvimento de uma nação! Para isso, a população precisa aprender a votar, a escolher melhor os seus representantes... Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  73. Euler,gostei muito do deputado que esculachou Danilo de Castro e denunciou que êle é que "opera" o orçamento de Minas.Qual o nome dêle?Quero mandar email para êle parabenizando-o pela coragem.O único a tocar neste assunto.

    ResponderExcluir
  74. Infelizmente está batalha foi perdida, mas não a guerra, pois estou disposto a continuá-la.

    Como informar a população mineira não incomodou o governo, temos que minar as pretensões de Aécio a nível nacional.

    Só vejo uma forma, comprar uma página inteira, ou metade, da Folha de São Paulo e colocar uma nota de LUTO sobre a Carreira da Educação em Minas Gerais.

    LUTO em letras garrafais chama bastante atenção e as pessoas terão curiosidade em ler o texto.

    Caso o sindicatotenha recursos, esta nota poderá ser colocada em diversos dias ou mesmo em outros jornais, mas fundamentalmente é necessário que circule na Folha de São Paulo.

    Silvio Adriano Gontijo dos Santos
    E. E. Presidente Dutra

    ResponderExcluir
  75. Prof. Euler,

    Precisamos de um fundo para entrarmos 2012 quente. Pense numa forma de contribuição mensal dos educadores para pudermos manter as nossas manifestações e ajudarmos uns aos outros nos momentos difíceis.

    Beijos

    Gleide Maura

    ResponderExcluir
  76. Euler,
    Bom dia!
    Não vamos nos esquecer disto JAMAIS!!
    E aquele escritório de advogados em BH?Eu me oferece para trabalhar aqui na minha Escola!Vamos entrar na justiça imediatamente, vamos pagar advogados, nós dividiremos as despesas!Vamos entrar com MANDADO DE SEGURANÇA! URGENTE!


    Aparecida

    ResponderExcluir
  77. RELEMBREMOS SUAS FAÇANHAS DE BICUDO NA CIDADE MARAVILHOSA...

    Vídeo em que Aécio participa de blitz da Lei Seca

    O episódio em que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi submetido ao teste do bafômetro em blitz da Operação da Lei Seca, anteontem, no Rio, mobilizou políticos e internautas. Um microblog de petistas divulgou um vídeo de 2009 em que o tucano participa de uma blitz da Lei Seca e realça o seu caráter pedagógico. O PT afirma que o perfil que divulgou o vídeo no Twitter não é o oficial do partido.

    O petista Lindberg Farias (RJ), colega de Aécio no Senado, criticou o perfil petista que divulgou o vídeo. "PT nacional, acho baixaria vocês ficarem falando do Aécio. Podia acontecer com qualquer um. Façam críticas políticas. Tenho vergonha disso!"

    Aécio tem carteira apreendida em operação da Lei Seca no Rio

    Um perfil falso do tucano no Twitter comentou o caso. "Foi um descuido não ter visto que minha carteira estava vencida. Porém, eu, como qualquer ser humano, também erro", diz o texto no microblog.

    O político mineiro recebeu duas multas. A primeira, de R$ 957,69, por se recusar a fazer o teste. A segunda, de R$ 191,54, por dirigir com o documento vencido.

    Em nota, Aécio confirmou não ter feito o teste do bafômetro. Mas disse que isso ocorreu porque os policiais já haviam constatado que sua habilitação estava vencida.

    O senador disse que "caso sua habilitação não estivesse vencida, teria feito o teste".

    Ontem, a Secretaria de Governo do Estado, responsável pela lei seca, informou que Aécio foi multado por se recusar a passar pelo bafômetro --infração gravíssima.

    'QUERIDO AMIGO'

    O governador Sérgio Cabral (PMDB) defendeu o senador, a quem chamou de "meu amigo querido que o Rio de Janeiro respeita".

    Para Cabral, o senador "se comportou como cidadão comum" e "agiu com a simplicidade que o caracteriza".

    Cabral disse que recebeu uma ligação de Aécio para lhe dar os parabéns "pela educação dos servidores da Operação Lei Seca".

    Aécio, disse o governador, afirmou ter conversado com o governador de Minas, Antonio Anastasia, que mandará uma equipe ao Rio para conhecer o projeto das blitze.

    "Aécio quer levar para Minas Gerais essa experiência da Operação Lei Seca. Portanto, é um episódio já superado", disse o governador.

    IMAGEM

    Os comandos nacionais do PSDB e o DEM manifestaram temor de que o episódio possa desgastar a imagem do senador, potencial candidato à Presidência.

    Ontem, Aécio telefonou a aliados para dar a sua versão, em que nega que tenha se recusado a se submeter ao teste do bafômetro.

    "Aécio não sabia que a carteira estava vencida. Já explicou isso", disse o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE).

    O presidente do DEM, Agripino Maia (RN), também foi comedido. "Ele terá argumento convincente para esclarecer o ocorrido", disse.

    ResponderDenuncie
    Ah tá... "Eu já tinha tomado uma multa de R$ 191,54 (carteira vencida) então não havia sentido em fazer o teste do bafômetro (mais uma multa de R$ 957,69), afinal eu adoro pagar multar e somar pontos na carteira".
    Conta outra, Aécio!
    Com essa alegação a única coisa que você consegue e tratar todos nós como o t á r i o s!
    E eu que achava que Aécio seria o melhor candidato a presidente! Quanto engano!
    Nota ZERO para a "ética" do senador!

    .

    ResponderExcluir
  78. Entrem no facebook do wenceslau e vejam os comentários sobre os deputados da base governista.

    http://www.facebook.com/profile.php?id=100002909253581

    ResponderExcluir
  79. LISTA DOS DEPUTADOS INIMIGO DA EDUCAÇÃO

    TRAIDORES DA EDUCAÇÃO
    dep.alencar.silveira.junior@almg.gov.br, dep.ana.maria@almg.gov.br, dep.anselmo.jose.domingos@almg.gov.br, dep.antonio.carlos.arantes@almg.gov.br, dep.antonio.genaro@almg.gov.br, dep.antonio.lerin@almg.gov.br, dep.arlen.santiago@almg.gov.br, dep.bonifacio.mourao@almg.gov.br, dep.bosco@almg.gov.br, , dep.carlos.henrique@almg.gov.br, dep.carlos.mosconi@almg.gov.br, dep.cassio.soares@almg.gov.br, dep.celio.moreira@almg.gov.br, dep.dalmo.ribeiro.silva@almg.gov.br, dep.deiro.marra@almg.gov.br, dep.delio.malheiros@almg.gov.br, dep.delvito.alves@almg.gov.br, dep.dilzon.melo@almg.gov.br, dep.dinis.pinheiro@almg.gov.br, dep.doutor.viana@almg.gov.br, dep.doutor.wilson.batista@almg.gov.br, dep.duarte.bechir@almg.gov.br, dep.duilio.de.castro@almg.gov.br, dep.fabiano.tolentino@almg.gov.br, dep.fabio.cherem@almg.gov.br, dep.fred.costa@almg.gov.br, dep.gilberto.abramo@almg.gov.br, dep.gustavo.correa@almg.gov.br, dep.gustavo.perrella@almg.gov.br, dep.gustavo.valadares@almg.gov.br, dep.helio.gomes@almg.gov.br, dep.hely.tarquinio@almg.gov.br, dep.inacio.franco@almg.gov.br, dep.ivair.nogueira@almg.gov.br, dep.jayro.lessa@almg.gov.br, dep.joao.leite@almg.gov.br, dep.joao.vitor.xavier@almg.gov.br, dep.jose.henrique@almg.gov.br, dep.juninho.araujo@almg.gov.br, dep.leonardo.moreira@almg.gov.br, dep.luiz.carlos.miranda@almg.gov.br, dep.luiz.henrique@almg.gov.br, dep.luiz.humberto@almg.gov.br, dep.luzia.ferreira@almg.gov.br, dep.marques.abreu@almg.gov.br, dep.neider.moreira@almg.gov.br, dep.neilando.pimenta@almg.gov.br, dep.paulo.lamac@almg.gov.br, dep.pinduca.ferreira@almg.gov.br, dep.romel.anizio@almg.gov.br, dep.romulo.veneroso@almg.gov.br, dep.romulo.viegas@almg.gov.br, dep.sargento.rodrigues@almg.gov.br, dep.sebastiao.costa@almg.gov.br, dep.tenente.lucio@almg.gov.br, dep.tiago.ulisses@almg.gov.br, dep.vanderlei.miranda@almg.gov.br, dep.ze.maia@almg.gov.br,


    A FAVOR DA EDUCAÇÃO
    dep.adalclever.lopes@almg.gov.br, dep.adelmo.carneiro.leao@almg.gov.br, dep.almir.paraca@almg.gov.br, dep.carlin.moura@almg.gov.br, dep.ulysses.gomes@almg.gov.br, dep.rogerio.correia@almg.gov.br, dep.pompilio.canavez@almg.gov.br, dep.andre.quintao@almg.gov.br, dep.antonio.julio@almg.gov.br, dep.celinho.do.sinttrocel@almg.gov.br, dep.bruno.siqueira@almg.gov.br, dep.liza.prado@almg.gov.br, dep.maria.tereza.lara@almg.gov.br, dep.elismar.prado@almg.gov.br, dep.paulo.guedes@almg.gov.br, dep.rosangela.reis@almg.gov.br, dep.tadeu.martins.leite@almg.gov.br, dep.savio.souza.cruz@almg.gov.br, dep.durval.angelo@almg.gov.br,

    VAMOS TODOS ENCHER SUAS CAICHAS DE EMAIS TODOS FINAIS DE SEMANAS. MOSTRAR A ELES QUE NÃO ESQUECEREMOS UM SÓ DIA.

    ELTON ( JANUÁRIA)

    ResponderExcluir
  80. João Paulo Ferreira de Assis24 de novembro de 2011 10:19

    Prezado amigo e companheiro de luta Professor Euler

    O crime está consumado. O ITER CRIMINIS começou semana passada quando o governo cancelou a reunião da comissão tripartite. Continuou com os atos preparatórios ao se reunir com os deputados. Isto também pode ser chamado de CRIME CONSUMADO, pois quando se reúne para fazer o mal à sociedade, é crime de FORMAÇÃO DE QUADRILHA. A Execução começou hoje, e a consumação será com a assinatura do governador e publicação do crime, ops, da lei no Minas Gerais. Mas também se pode dizer que o crime já foi consumado dia 18 de novembro ao se reunirem os deputados para fazer mal a uma categoria.

    Saudações e até a vitória.
    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  81. JOão Leite ainda se diz evangélico. Como diz meu pastor, este é um dos que está ai para denegrir a imagem dos servos do senhor.

    NOSSA IGREJA NUNCA MAIS IRÁ RECEBÊ-LO OU SEQUER PEDIR VOTOS PARA ELE.

    DEUZ VAI CASTIGÁ-LO NA MEDIDA CERTA.

    ResponderExcluir
  82. Muito bem Euler,agora gostei do seu texto,maduro e real.Realmente o que aconteceu mexeu com toda a sociedade mineira,a revolta foi além das montanhas de Minas e o eco se espalhou por todo país,devemos aproveitar e denunciar Aecio em todo o país,pois ele sim é nosso alvo pois o Anastaziaaa é apenas um boneco.Hoje vc disse tudo o que venho falando durante anos,sindicato somos nós e quem fala da instituiçao são os que nada fazem. Criticar é ótimo,fazer é só para os bons e os guerreiros.Um dia uma pessoa escreveu em seu blog falando da subsede de Carangola e de um dos nossos diretores,que é guerrido e fiel,foi triste aquele comentário e nos deixou muito triste,mas agora sei que foi uma pessoa ruim e que só queria nos ferir,mas como somos guerridos e não¨MIOLO MOLE¨continuamos firmes.Sei que nosso trabalho de base é permanente até a Superintendência de Ensino nos faz elogios em suas reuniões,pois nosso lema é FORMAR,INFORMAR E LUTAR,POIS A GENTE NUNCA DESISTE. pARABÉNS A TODOS OS PROFISSIONAIS QUE ACREDITARAM E LUTARAM,NÃO PERDEMOS A GUERRA APENAS UMA BATALHA E A LUTA CONTINUA.
    Peço licença para mandar um recado.Bocuda(o) de Divino,construa uma história de luta digna como a minha e de nossos diretores ai sim depois vc pode criticar eu sei que não se bate em cachorro morto e é por isso que escreveu aquilo,olha inveja mata meu bem.Desculpe Euler,mas esperei até agora para falar tudo isso,pois não queria um conflito mas quem sabe faz a hora e a hora é esta.Obrigada por tudo vc foi um lider nesta batalha. MIRIAM DUTRA-COORDENADORA DA SUBSEDE DE CARANGOLA

    ResponderExcluir
  83. Estou triste! Estou muito triste! Mas, valeu!...
    VALADARES NA LUTA.

    ResponderExcluir
  84. Pior que o Jão Leite é aqueles, como a minha Diretora que aceita ser indicada por ele para o cargo de Superintendente da Metrop. C.
    E olha que ela fala aqui na escola que é avangélica e le congrega com ele. DEUS É PAI. Estamos perdidos.

    Professora desiludida do Menino Jesus de Praga.

    ResponderExcluir
  85. O GOVERNO UNIU A CATEGORIA,

    AGORA A LUTA É DE TODOS.

    ResponderExcluir
  86. Bom dia colegas,

    Ontem foi um dia melancólico para a educação mineira. Os deputados tiraram de nós, todos os direitos adquiridos através de anos e anos de luta. Não podemos esquecer que foram batalhas travadas anos a fio. Participei de muitas nesses longos 17 anos de escola pública.
    Quanta covardia desse governo que em uma só jogada ele mata a lei do piso e o plano de carreira, além de acabar com os biênios e quinquênios (direitos adquiridos).
    Faço questão de lembrar para que não nos esqueçamos deste momento. Essa derrota momentânea não diminuirá nossa resistência, apesar de aumentar nossa indignação. Temos outras batalhas a travar:
    a) Uma delas é a conscientização política da classe;
    b) Outra é unir essa categoria( estamos no mesmo "subsídio" barco agora);
    c) Mobilizar a comunidade escolar;
    d) Formar lideranças dentro da escola para fazer esse trabalho;
    Paro por aqui, prefiro não alongar mais essa lista pois, creio que essas batalhas são suficientes e são desafiadoras por sua natureza.
    Então pergunto:
    Quem gostaria de ser um líder e atuar firmemente nessa frente de batalha?
    É um desafio enorme não é? Posso até opinar aqui e sugestionar centenas de educadores: o pessoal do núcleo - NDG. Estariam dispostos?
    O momento é agora, a nossa reunião se aproxima, vamos em peso.
    Um abraço a todos(as)

    ResponderExcluir
  87. Bom dia Euler!
    Sugiro que trabalhemos vestidos de preto ou que usemos pelo menos uma fita preta para demonstrarmos o nosso "luto" pela educação!
    E a luta continua... eles venceram uma batalha, mas não a guerra!
    abraços a todos!

    ResponderExcluir
  88. LISTA DOS DEPUTADOS QUE VOTARAM CONTRA A EDUCAÇÃO.

    Estes deputados estaduais votaram pela retirada de direitos da categoria e aprovaram o projeto de lei do subsídio: Alencar da Silveira Junior, Ana Maria Resende, Anselmo José Domingos, Antônio Carlos Arantes, Antônio Genaro, Antônio Lenin, Arlen Santiago, Bonifácio Mourão, Bosco, Célio Moreira, Dalmo Ribeiro, Deiró Marra, Délio Malheiros, Doutor Viana, Doutor Wilson Batista, Duilio de Castro, Carlos Henrique, Carlos Mosconi, Cássio Soares, Fabiano Tolentino, Fábio Cherem, Fred Costa, Gilberto Abramo, Gustavo Corrêa, Gustavo Valadares, Gustavo Perrella, Hélio Gomes, Henry Tarquinio, Inácio Franco, Jayro Lessa, João Leite, João Vitor Xavier, José Henrique, Juninho Araújo, Leonardo Moreira, Luiz Carlos Miranda, Luiz Henrique, Luiz Humberto Carneiro, Luzia Ferreira, Marques Abreu, Neider Moreira, Neilando Pimenta, Pinduca Ferreira, Romel Anízio, Rômulo Veneroso, Rômulo Viegas, Sebastião Costa, Tenente Lúcio, Tiago Ulisses, Zé Maia, Duarte Bechir.

    ESTAMOS ESPERANDO POR VOCÊS NA PRÓXIMA ELEIÇÕES.

    ResponderExcluir
  89. Educação.Projeto do governo extingue modelo de pagamento de salário mais benefícios e unifica remuneração
    Assembleia aprova subsídio
    Sind-UTE ameaça não encerrar o ano letivo e começar 2012 em greve
    Publicado no Jornal OTEMPO em 24/11/2011Avalie esta notícia »


    De olho. Das galerias do plenário, professores acompanharam as reuniões de discussão sobre o projeto
    A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, na noite de ontem, o substitutivo ao projeto de lei que define a remuneração dos servidores da educação. Por 51 votos a 20, os deputados aprovaram a implantação do regime do subsídio. A medida extingue o sistema antigo de pagamento, de piso mais benefícios, e estipula valores unificados, que variam de acordo com o tempo de serviço e a escolaridade.

    O projeto de autoria do Executivo tramitou em regime de urgência, desde setembro, em meio a uma acirrada disputa entre o governo e membros da categoria, estes representados pelo Sindicato Únicos dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE). A aprovação representa um revés para o sindicato, que mobilizou, neste ano, a maior greve da história dos professores da rede estadual, com 112 dias de paralisação, contra o regime aprovado ontem.

    O Sind-UTE queria que o governo cumprisse com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que, em agosto, determinou o pagamento do piso salarial nacional de R$ 1.187, para 40 horas semanais de trabalho - benefícios conquistados ao longo da carreira seriam pagos de forma separada. O governo alega que o subsídio paga além do piso nacional - proporcionalmente às 24 horas semanais trabalhadas em Minas. Pela nova tabela de remuneração, o salário mínimo de um professor mineiro com ensino médio passa a ser R$ 1.122.

    A secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, disse ter convicção de que o governo enviou uma proposta "muito boa" para a categoria. Segundo ela, a remuneração por subsídio é "muito mais transparente" do que o modelo anterior e o governo buscou uma "justiça maior" para os servidores. "Fico muito feliz ao saber que os deputados entenderam a importância da proposta", comemorou.

    A coordenadora do Sind-UTE, Beatriz Cerqueira, não considerou a aprovação uma derrota. Ela afirmou que a categoria continuará mobilizada para reivindicar o pagamento do piso salarial com a respectiva incidência dos benefícios, como quinquênios, biênios, entre outros. O sindicato sinalizou para uma possível paralisação na próxima semana e cogitou também a possibilidade de a categoria não encerrar o ano letivo e iniciar 2012 em greve. "O governo teve uma ótima oportunidade de resolver esse problema com a educação, mas, simplesmente, não nos respeitou", disse Beatriz.

    Renata Vilhena lamentou a ameaça de paralisação. "O governo tem que ser responsável, para honrar com a folha de pagamento de todos os servidores".

    Ajuda. Ontem, o Sind-UTE fez uma última tentativa de tentar barrar a votação do substitutivo, ao ingressar com um pedido de liminar no STF. O sindicato argumenta que, no ano que vem, a projeção do orçamento da União é de um aumento de 16,68% no piso salarial nacional, enquanto que, no Estado, o aumento deve girar em torno dos 5%. O projeto segue agora para a sanção do governador.


    Greve na Justiça

    Data-base. Servidores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais entraram em greve ontem. A categoria pede a aprovação imediata do projeto nº 2.125/11, que prevê data-base para reajuste e equiparação de salários.

    ResponderExcluir
  90. E a Dilma????????? E o Lula????

    Nas próximas eleições eles aparecem.

    Vergonha!!!!!!!!!! Nem se mexeram!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  91. Estes deputados estaduais defenderam a categoria: Adalclever Lopes, Adelmo Carneiro Leão, Almir Paraca, André Quintão, Antônio Júlio, Bruno Siqueira, Carlin Moura, Celinho do Sinttrocel, Durval Ângelo, Elismar Prado, Ivair Nogueira, Liza Prado, Maria Tereza Lara, Paulo Guedes, Pompilio Canavez, Rogério Correia, Rosângela Reis, Tadeu Leite, Ulisses Gomes, Sávio Souza Cruz.

    MUITO OBRIGADO A TODOS VOCÊS.
    VOCÊS MOSTRARAM DIGNIDADE.

    ResponderExcluir
  92. PRECISAMOS ESTUDAR E CONHECER PROFUNDAMENTE OS NOSSOS INIMIGOS.

    DEPOIS ELES NOS ENSINARÃO COMO VENCÊ-LOS.

    ResponderExcluir
  93. É isso aí,companheiro. A luta continua!Cabeça erguida!Cada um deputado que votou a favor do governo terá o que merece! Campanha violenta,com todos os meios possíveis!

    ResponderExcluir
  94. ESTÁVAMOS NEGOCIANDO COM PILANTRAS.

    ResponderExcluir
  95. O GOVERNOU BATEU FORTE, COM FALSIDADES, HIPOCRISIAS, MENTIRAS EM TODA A CATEGORIA DOS EDUCADORES.

    AGORA NOS VENCEU NA ASSEMBLEIA HOMOLOGATIVA.

    E GANHOU TODA A CATEGORIA COMO INIMIGA.

    ResponderExcluir
  96. e agora o sindicato vai devolver o nosso dinheiro, porque todos voltarão ,porque o sindicato disse que teríamos direito ao piso e agora.

    ResponderExcluir
  97. O que oo sindicaro vai fazer para reverter essa situação em que nos colocaram? Tem revertério? Como? Quando?

    ResponderExcluir
  98. ESTAMOS E PRECISAMOS SER MAIS FORTES PARA VENCER ESTE GOVERNO HIPÓCRITA.

    NÃO VAMOS DESISTIR.

    HOJE NOS RECOLHEREMOS PARA ABSORVER A DOR.

    AMANHÃ ESTAREMOS NAS PRAÇAS PEDINDO O IMPEACHMENT DESTE governozinho.

    ResponderExcluir
  99. Hoje a internet tem mais credibilidade que a TV.

    Este governozinho ainda vai reconhecer o erro político que cometeu.

    ResponderExcluir
  100. Euler,


    Onde está o SINDICATO?Será que além da contribuição mensal que pagamos , vamos ter que pagar um advogado particular?Por quê o SINDICATO ainda não entrou com MANDADO DE SEGURANÇA?

    ResponderExcluir
  101. O senhor é meu pastor e João Leite me faltou!

    ResponderExcluir
  102. Li seu texto. BOM. Vc tem muita energia , força e gana. Articula seu grupo e acredita nisso. O déspota nos venceu devido as nossas próprias fraquezas. Temos que construir nossas fortalezas. Um abraço.

    ResponderExcluir
  103. SERÁ QUE JÁ ESTÃO SENDO TOMADAS AS MEDIDAS JUDICIAIS? PODE MUDAR A REGRA DO JOGO AGORA? NÃO FIZEMOS A OPÇÃO ANTES? COMO FAZEMOS PARA ENTRAR COM AÇÕES INDIVIDUAIS? NÃO PODEMOS DEIXAR BARATO.

    ResponderExcluir
  104. NÃO ESQUEÇAMOS A CAMPANHA CONTRA OS TRAIDORES. TEMOS QUE DIVULGAR EM TODOS OS MEIOS POSSÍVEIS. NÃO PODEMOS FICAR SÓ AQUI. VOU COLAR LISTA ATÉ NO PORTÃO DA MINHA CASA. DEVERÍAMOS ISSO ATÉ NAS PROVAS COMO MATÉRIA: QUEM SÃO OS TRAIDORES DA EDUCAÇÃO.

    ResponderExcluir
  105. SÓ ENTRO DE GREVE AGORA SE FOR PARA ACAMPAR EM FRENTE AO PLANALTO. VAMOS RUMO AO PLANALTO MOSTRAR A NOSSA AGONIA E REVOLTA. SÓ LÁ NOS OUVIRÃO AGORA. NÃO VAMOS ESPERAR POR SINDUTE.

    ResponderExcluir
  106. "Vamos organizar melhor a nossa luta". Para organizar melhor nossa luta, necessário se faz que despolitize a luta, ou seja, afaste o caráter partidário do movimento. Não acredito em vitória enquanto os professores ficarem, de forma cega, atendendo aos chamados do sindicato e de muitas das manifestações postadas pelo autor deste blog.
    Para mim, não há novidades na posição assumida pelos deputados, sejam eles da base ou da oposição. Como também não há novidades nas manifestações, ora de iniciativa do sindicato, ora veiculadas neste blog.
    Parece que todos caminham e direções opostas. Não há pontos em comum. Por isso o resultado sempre nos será desfavorável.
    Enquanto o sindicato e o autor deste blog continuarem fazendo campanha para o PT ou para qualquer outro partido de oposição, em Minas, eu, particularmente, não apoiarei. Pois, basta olhar o que vem acontecendo em Brasília e nos outros municípios administrados de PT, principalmente, para perceber que não há nada pior para o trabalhador.
    Vamos nos unir em defesa da categoria e da educação.
    Fora essa mentalidade retrógrada que permeia sindicatos e alguns blogueiros.

    ResponderExcluir
  107. Euler,
    Poderia indicar alguém que possa fazer um vídeo com os deputados traidores, tendo ao fundo a música "carneirinho, carneirão, neirão, neirão...", e ao final um "bunda lelê?"

    ResponderExcluir
  108. LEITE TALHADO SE JOGA FORA

    Caro Anônimo das 11:19, na vida quando o leite estraga, azeda, a gente joga fora, porque fará mal a quem dele se utilizar. Este LEITE a quem você se refere, talhou faz tempo, azedou há muito, aliás também faz tempo que ele já devia ter sido jogado fora, porque não presta, então esperamos que ele já tenha ido para o ralo ontem, até porque já passou da hora.

    ResponderExcluir
  109. quinta-feira, 24 de novembro de 2011
    VOTO DE CABRESTO
    Quarta-feira, 23 de novembro de 2011, os deputados da base do governador deram mostras de que o VOTO DE CABRESTO ainda impera em Minas Gerais. Além da decepção, fica-nos o seguinte questionamento:
    A quem os parlamentares devem servir?

    Ao povo?
    Aos interesses próprios?
    Ao governador?

    Que as respostas continuem a ecoar em nossa consciência de eleitor. Que todos/as educadores/as entendam que podemos fazer a diferença e que nos próximos pleitos(municipal, estadual e federal) esses traidores da educação e seus respectivos partidos não logrem êxito:
    Alencar da Silveira Junior, Ana Maria Resende, Anselmo José Domingos, Antônio Carlos Arantes, Antônio Genaro, Antônio Lenin, Arlen Santiago, Bonifácio Mourão, Bosco, Célio Moreira, Dalmo Ribeiro, Deiró Marra, Délio Malheiros, Doutor Viana, Doutor Wilson Batista, Duilio de Castro, Carlos Henrique, Carlos Mosconi, Cássio Soares, Fabiano Tolentino, Fábio Cherem, Fred Costa, Gilberto Abramo, Gustavo Corrêa, Gustavo Valadares, Gustavo Perrella, Hélio Gomes, Henry Tarquinio, Inácio Franco, Jayro Lessa, João Leite, João Vitor Xavier, José Henrique, Juninho Araújo, Leonardo Moreira, Luiz Carlos Miranda, Luiz Henrique, Luiz Humberto Carneiro, Luzia Ferreira, Marques Abreu, Neider Moreira, Neilando Pimenta, Pinduca Ferreira, Romel Anízio, Rômulo Veneroso, Rômulo Viegas, Sebastião Costa, Tenente Lúcio, Tiago Ulisses, Zé Maia, Duarte Bechir.

    A assembleia local de Montes Claros aconteceu na tarde dessa quarta-feira e os participantes, em clima de indignação, reafirmaram o propósito de continuar na luta pelo PISO DA EDUCAÇÃO. As estratégias serão políticas e pela via jurídica.
    Foram apresentadas as seguintes propostas:

    Continuar nossa luta pela educação pública de qualidade social, fazendo com que a nossa indignação seja coletiva e que nos fortaleça;
    Criar espaços de discussão nas escolas para socializações periódicas na subsede( 15 em 15 dias)
    Desmascarar os traidores da educação em todos os espaços, principalmente os deputados da região;
    Solicitar à sede central que seja encaminhada uma pesquisa nas escolas para averiguarmos o real número de servidores no vencimento básico.

    VAMOS AGUARDAR A ANÀLISE JURIDICA DESSE PROJETO PARA ORGANIZARMOS NOSSAS AÇÕES!
    Postado por Sindutemoc às 03:46

    ResponderExcluir
  110. Ah, Duílio...
    Traidor..
    E olha que vem de família de educadoras...

    ResponderExcluir
  111. Agora querem bater no sindicato?
    Acorda gente, o sindicato somos nós! façamos então o dever de casa!
    É GUERRA AOS TRAIDORES DA EDUCAÇÃO!
    FORMAÇÃO POLITICA PARA OS EDUCADORES!
    REUNIÕES SINDICAIS MAIS PRODUTIVAS - SEM BLÁ BLÁ BLÁ E CONFETES!
    VAMOS DAR O TROCO!

    ResponderExcluir
  112. um problema que temos é o fato de uma grande parcela achar que nada está acontecendo e uma outra grande parte achar até que tudo vai bem. Onde trabalho, por exemplo, propus boicotar o simave. Negaram. Propus pararmos nestes dias da votação. Negaram. Fazer operação tartaruga. Negaram. Muitos lá nem sequer sabem quem é Euler... E assim por diante... e não é fácil eu sair sozinho dando estouro e simplesmente fazer o que eu acho justo, merecido e até digno de se fazer... a cidade é pequena... convivo com estas pessoas aqui todos os dias... mesmo fora da escola. Querendo, ou não, sou obrigado a amenizar minha raiva e indignação para que eu possa conviver bem com todo mundo. Luto aos poucos para sensibilizar e alertar a maioria... mas... ta difícil. Acho que ajudaria se o sindicato fizesse mais visitas nas escolas... esclarecesse e abrisse os olhos de quem ainda está dormindo. Acredito que isto deva acontecer em várias escolas pelo interior... ai fica difícil. E olha que aqui a diretora é até tranquila e não fica fazendo pressão. Ela até acha absurdo o comportamento do governo... porém.... o resto fica e preocupado com o salário... com os alunos... com as ferias... aneeeeemmmmmmmmmmmmmmmmm..... e com a nossa dignidade ninguém se preocupa.

    ResponderExcluir
  113. Euler, companheiros...

    Duas coisas:

    Primeiro não podemos permitir que o governo nos trate dessa maneira. Fizemos uma greve de 112 dias para recuarmos com a previsível truculência, que certamente viria? Ainda estamos no jogo, pois nos resta o ganho político dessa greve, porém precisamos nos organizarmos para terminarmos o que havíamos começado, ou melhor não terminar o que começamos (o ano letivo de 2011). Não se trata de uma nova greve, é a mesma, afinal ela foi suspensa porque o sindute imaginou que o governo tivesse o mínimo de responsabilidade, mas não tem! Então voltemos a ela, mas em fevereiro para que 2011 não termine e 2012 não comece. Afinal não temos mais nada a perder, já perdemos tudo... Será um straik político em ano eleitoral. Com um detalhe: onde moro o comércio tá baqueado, devido a greve e a reduçã o do poder aquesitivo de um setor tradicionalmente importante (os professores). Os comerciantes tem reclamado do desaparecimento dos professores, consumidores geralmente honestos e que honram com os compromissos (coisa rara, entre outros seguimentos sociais).

    Segunda coisa... Sem um movimento que nos dê visibilidade, dificilmente nossas demandas jurídicas serão, atendidas. Protelar a possibilidade de da continuidade de nossa greve de 112 dias é resignar-se a uma aberração governamental, passível de mudança. Temos ainda a lei do piso do nosso lado, temos nossos valentes deputados de oposição, temos a possibilidade da unidade da categoria, enfim, esse "AI 5", tem prazo de validade.

    Vamos considerar a cólera coletiva, que esse verme que se diz governo, semeou nos servidores da educação e a partir de ideias e ações articuladas na escola, aqui ou em outros espaços, canalizarmos essa ira para recuperação e ampliação dos nossos direitos.

    QUE CADA DIA DA NOSSA VIDA, SEJA UM DIA PRA LEMBRAR O QUE NOS ACONTECEU NO DIA 24 DE NOVEMBRO DE 2011.Esta é a nossa responsabilidade!!!

    "Somos a memória que temos e a responsabilidade que assumimos. Sem memória, não existimos, sem responsabilidade talvez não merecemos existir."

    José Saramago.

    ResponderExcluir
  114. Tipo de Relato: DENÚNCIA

    Relato: BOM DIA SÓ VOCÊS PARA NOS SALVAR, MINAS ACABA DE ACABAR COM AS ESPERANÇAS DE DIAS MELHORES NA EDUCAÇÃO, RECEBEMOS UMA DERROTA MUITO GRANDE AQUI ESTÃO TIRANDO DIREITOS ADQUIRIDOS HÁ ANOS., SEM FALAR QUE NÃO CUMPRE UMA LEI FEDERAL. INVENTOU-SE AQUI QUE O SUBSÍDIO É BOM PARA TODOS, (SE FOSSE BOM, TODOS ESTARIAM NELE). NOSSO ESTADO VIVE UMA SITUAÇÃO, ONDE, SÓ VALE A VONTADE DO GOVERNO COM SEUS CORDEIRINHOS HOMOLOGATIVOS DA ALMG, A CÂMARA NÃO REPRESENTA A VONTADE DO POVO, O JUDICIÁRIO É INERTE E TUDO MAIS ACONTECE AQUI SEM QUE NINGUÉM OLHE PARA NÓS. AJUDE-NOS STF OLHE PARA MINAS, ESTÃO ATROPELANDO LEIS E DIREITOS. VEJA O PROJETO LEI 2.355/2011 DA ALMG FOI FEITO E VOTADO EM 24 HORAS. ABRAÇOS

    http://www.stf.jus.br/portal/atendimentoStf/enviarDadoPessoal.asp

    ResponderExcluir
  115. Anônimo das 10:46, fico deveras preocupado, pois se trata de uma lei federal e aprovada pelo crivo do STF. Se é uma lei federal não pode em hipótese alguma nenhum estado contestá-la, ora, o estado de Minas Gerais passou como um trator por cima de uma lei federal aqui sem ser contestado pela instância federal, algo anticonstitucional. A batalha agora passa a ser via judicial, podendo vir à tona questões de tom complexo como a "federalização dos pagamentos dos professores", mas que antevejo que seria contestada tal questão pelos "coronéis" instalados em Brasília e que não iriam querer perder os fortes laços com seus cabrestos, "batalha árdua a ser travada e que precisaria ter a adesão e esclarecimentos em todos os cantões do Brasil", porém sabedores de todos os processos e trâmites os coronéis vão à luta, e retomando os esclarecimentos pela via judicial, percebo que se esse imbróglio ficar no vai e vem para a instância federal prolongando o prazo para a resolução, pode vir a favorecer os coronéis se caso nas eleições de 2014 eles sejam contemplados, ou seja, caso "craquécio" ganhe e esteja assentado no pomposo palácio pode ele vir a legitimar o subsídio num patamar federal. Não devemos descartar que a copa mundial de futebol será no Brasil em 2014 e que os governos estaduais o federal estão envolvidos nessa empreitada que os aproxima. E aí!? Pergunto qual será o desfecho dessa novela?

    Lembrando turma que o comentário acima seria uma visão particularista, em relação à conjuntura momentânea, acerca de Minas e Brasil no que tange os questionamentos do piso salarial.

    ResponderExcluir
  116. Euler, faça uma tabela nos explicando de forma clara, já que a desgraça ficou estabelecida,como ficará o nosso pagamento e as vantagens segundo esse novo plano.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  117. NÃO SEI SE CHO OU DOU RISADA, DEPOIS DE UM DIA DE VOTADO O PROJETO AINDA NÃO ESTA NO SITE DA ALMGLOGATIVA

    ResponderExcluir
  118. Substitutivo 5! Não seria Ato Institucional Nº 5? Isso me lembra ditadura.
    Professores, não vos esqueçais!

    ResponderExcluir
  119. Vejam bem, o projeto aprovado ontem é pior do que a proposta apresentada em agosto. Com os "avanços" do subsídio iríamos ganhar mais. Não dá para entender, o que fizeram conosco. Tenho vontade de nunca mais entrar em uma escola!!!

    ResponderExcluir
  120. ESSE TAL DE NEILANDO PIMENTA QUE NOS ESPERE AQUI EM TEÓFILO OTONI E REGIÃO. DEIXE ELE VOLTAR AQUI PARA PEDIR VOTO. VOU MANDÁ-LO PEDIR VOTO AO ANASTASIA.

    ResponderExcluir
  121. TEOFOLI OTONI E REGIÃO
    O HOMEM DO HELICOPTERO É TRAIROR

    NEILANDO PIMENTA

    ResponderExcluir
  122. Colegas professores,

    passados 10, 20, 30 anos o que mesmo temos conseguido??? Nada! Está mais do que na hora de pensarmos, refletirmos sobre algumas coisas. De fato, todo este descaso para com a educação é prova de que isso acontece porque nosso sistema político tem sido o mesmo sindicato de corruptos por todos estes anos, com a tutela do judiciário que, inclusive, decretou nossa greve ilegal.

    Votar não é mais a solução. A propósito deixou de ser há muito tempo, pois todas essas sanguessugas que adentram o mundo da política só pensam nos seus próprios interesses escusos. Eles estão todos conchavados da forma mais vil possível. Observem o que acontece aqui em Minas Gerais. Todos esses bandidos travestidos de políticos são farinha do mesmo saco sujo. Alguns até fingem estar do nosso lado para não denunciar o sujo conchavo deles com o governo. E mesmo que um ou outro se manifeste de alguma forma em favor da idoneidade e da justiça, não vale a pena mais votar, uma vez que nosso sistema político está viciado, precisando de uma reforma política urgente.

    Ontem, na votação na Assembléia Legislativa de Minas Gerais assistimos a um total desprezo para com a educação. Esses lesa-pátria, que se intitulam deputados, simplesmente confirmaram que realmente não prezam pela justiça e equidade social.

    Entretanto, como professores, somos formadores de opinião e temos algumas cartas na manga. Talvez seja hora de praticarmos o que o Frei Gilvander nos sugeriu em discurso durante a greve. Está mais do que na hora de praticarmos a desobediência civil a este sistema podre que, hoje, consegue ser pior, mas muito pior do que a ditadura militar. Eles compram tudo e todos.

    No passado, na época da ditadura militar, a mídia era amordaçada, porém criativa, honesta, ética. Hoje, a mídia perdeu seu caráter social e se vendeu aos poderes instituídos, e ela fará tudo para vender inverdades à sociedade.

    Portanto, como professores resta-nos atacar este sistema político corrupto para desinfetar as sanguessugas que o infestam. Cabe-nos, como formadores de opinião que somos, anunciar e denunciar as mazelas deste sistema, mostrando aos nossos alunos, aos pais de alunos, amigos, quer seja na escola, na rua, no clube, em qualquer lugar, que não vale a pena votar no Brasil. O nosso sistema político tornou-se covil de bandidos, ladrões e assassinos. Passados todos esses anos de falsa democracia, temos mais do que motivos para para deflagrarmos uma "guerra silenciosa" contra este sistema. Vamos fazer campanha em favor do voto nulo. Talvez muitos possam imaginar que essa não seja a solução. Entretanto, eu pergunto: e votar tem sido a solução? A questão é que uma grande soma de votos nulos levaria a uma repercussão nacional e internacional, e isso seria estopim, engatilhador para profundas reflexões no Brasil para que tenhamos uma reforma política urgente no Brasil. Mudando o sistema político, mudarão também os poderes instituídos corruptos: executivo, legislativo, judiciário, etc.

    Portanto, não tenham dúvidas. Isso é a única coisa que esse bando de safados temem: uma reforma política que moralizará o nosso sistema político. Só assim temos chances de reverter este processo, este círculo vicioso e viciado. E é importante que deixemos isso claro a eles, ou seja, quais serão nossas atitudes a este respeito. É também importante exigir que o SindUteMG também entre nesta campanha, inclusive, deflagrando uma greve já, antes do término do ano letivo.

    Atenciosamente,

    Raimundo Santos
    Prof. E.E Francisco Brant

    ResponderExcluir
  123. Caros professores, Caro Euler,
    Não consigo entender, o tamanho da agressão que os professors sofreram por este Governo. Estou muito triste e decepcionado pelo o que aconteceu na noite de ontem na Assembléia Legislativa, os professores sendo roubados, massacrados, com apoio dos deputados da base. Nunca em toda minha vida de educador, lembro de tamanha agressão. Olha pessoal, quando o STF considerou o piso como vencimento básico aplicado na carreira, não cansei de argumentar com as pessoas, tentando convence-las, que foi a maior conquista que os professores já tiveram. Estou chateado, queria pedir desculpas a todos os professores, pelos quais fui convidado para falar da diferença entre o piso na carreira e subsídio( prof. de Carangola e cidades da região).

    O que o governou fez cabe uma ação na justiça com fundamento, a lei é clara, piso é vencimento básico na carreira e não subsídio(remuneração). Acredito, que o governo perderá tudo que armou e realizou ontem.
    Conversei com um grande Advogado e Prof, Universitário de BH hoje, ele disse que realmente cabe uma ação na justiça com procedência, pois o governo não modificou a carreira para aplicar o piso, mas a ignorou, que era uma exigência para cumprimento da lei.
    Sebastião de Oliveira.

    ResponderExcluir
  124. CORRIGINDO A EXPRESSÃO:

    "PARIPATÉTICO"....... DIGITADA ANTERIORMENTE DE FORMA ERRÔNEA....

    ResponderExcluir
  125. LISTA DOS DEPUTADOS QUE VOTARAM CONTRA A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS


    VERGONHA!!!!!!!


    Os deputados estaduais descritos abaixo votaram pela retirada de direitos dos profissionais da EDUCAÇÃO e aprovaram o projeto de lei do subsídio que acaba com a EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS ( todos eles votaram a mando do governador (ANASTASIA e do senador AÉCIO NEVES) – todos eles, deputados, governador e senador desrespeitam o trabalhador pobre que precisa da escola pública para seus filhos estudarem e supervalorizam os grandes empresários e os donos das escolas particulares.

    PARA OS DEPUTADOS ABAIXO RELACIONADOS, PARA O GOVERNADOR DE MINAS GERAIS, SENHOR ANASTÁSIA E O SENADOR AÉCIO NEVES, FILHO DE POBRE NÃO PRECISA, NEM MERECE TER UMA ESCOLA DE QUALIDADE.

    Alencar da Silveira Junior
    Ana Maria Resende
    Anselmo José Domingos
    Antônio Carlos Arantes
    Antônio Genaro
    Antônio Lenin
    Arlen Santiago
    Bonifácio Mourão
    Bosco
    Célio Moreira
    Dalmo Ribeiro
    Deiró Marra
    Délio Malheiros
    Doutor Viana
    Doutor Wilson Batista
    Duilio de Castro
    Carlos Henrique
    Carlos Mosconi
    Cássio Soares
    Fabiano Tolentino
    Fábio Cherem, Fred Costa
    Gilberto Abramo
    Gustavo Corrêa
    Gustavo Valadares
    Gustavo Perrella
    Hélio Gomes
    Henry Tarquínio
    Inácio Franco
    Jayro Lessa
    João Leite
    João Vitor Xavier
    José Henrique
    Juninho Araújo
    Leonardo Moreira
    Luiz Carlos Miranda
    Luiz Henrique
    Luiz Humberto Carneiro
    Luzia Ferreira
    Marques Abreu
    Neider Moreira
    Neilando Pimenta
    Pinduca Ferreira
    Romel Anízio
    Rômulo Veneroso
    Rômulo Viegas
    Sebastião Costa
    Tenente Lúcio
    Tiago Ulisses
    Zé Maia
    Duarte Bechir.

    ResponderExcluir
  126. Pessoal, o desgovernador não acretida em nós. Ele não acha que somos capazes de envolver pessoas e mudar opiniões. E a maior prova disso foi a eleição dele. Não fomos capazes de fazer uma campanha forte contra a sua eleição. A greve de 2010 acabou e voltamos com nossas vidas normais. E o Aécio acha a mesma coisa. Ele está nos ignorando e tem certeza que não precisa dos nossos votos. Como nossos deputados tbém. Eu acho que com esse homem frio não vamos conseguir nada. Temos que lutar na justiça pelo nosso piso e lutar contra a eleição de Aécio Neves , o próximo candidato do PSDB ao governo de MInas e os deputados que foram contra nosso movimento. E temos que começar agora, hoje. Temos o hábito de que quando a coisa é resolvida, boa ou ruim, voltamos para casa e não fizemos mais nada. Vamos usar a mesma má fé do governo quando assinou um compromisso e não cumpriu. POis, sabemos que quando ele assinou já sabia o que ia acontecer. Temos que começar uma campanha pesada como se fosse uma campanha política. Pensem nisso. Um grande abraço, Paula.

    ResponderExcluir
  127. TEMOS QUE FORMAR PARTIDO DOS EDUCADORES, AI TODOS QUE FOREM CONTRA, ESPULSAMOS.

    VAMMOS APROVEITAR BLOG PARA FAZER E COLHER AS ASSINATURAS, DIVULGAR, ETC COLHEREMOS ASSINATURAS NAS ESCOLAS, ETC.

    ResponderExcluir
  128. Hoje acordei dolorida.
    Abri os olhos às 5:45 e me lembrei do que aconteceu ontem, quando às 22:08 desliguei o pc ligado na TV Assembleia. A partir daquele momento não só me senti doída; um buraco gélido se abriu no meu peito.
    Tenho forças para ir trabalhar na escola municipal onde leciono de manhã? Fui... quase que levada pela rotina!
    Meu alunos perceberam. 'Tá triste hj professora?' Me segurei para meus olhos não se encherem d´água. E não tive forças para contar o que aconteceu.
    Indignada sim, mas a tristeza hoje é muito maior.
    Então confiar em quem?
    No legislativo? Não.
    No judiciário? Não.
    Nem pergunto pelo executivo.

    Essa tristeza há de passar, bem sei, mas a indignação não! E é por isso que temos que continuar lutando. Resignar jamais!

    Abraços APENAS aos colegas que nos ajudaram nesta luta! Os NDG que deram a cara a tapa!

    Patrícia da Costa Mata

    ResponderExcluir
  129. Fala João Leite!!!!!!!!
    O impacto nas contas do governo seria de 2,1 bilhões. O deputado João Leite, do PSDB, mesmo partido do governador, disse que normalmente esses tipos de matérias trazem uma certa tensão, mas que a proposta do governo é a possível de ser cumprida, visto a situação das contas do estado. “Se adotasse os valores pedidos, teríamos um impacto de R$ 3,7 bilhões no orçamento”, observou. O deputado tucano disse que esse número é quase o valor previsto para o investimentos do tesouro estadual em diversas áreas em 2012, que deve ficar em torno de R$ 4 bilhões.

    ResponderExcluir
  130. STF,Dilma e Had vão ficar aí só olhando?

    ResponderExcluir
  131. Gente, vamos fazer uma campanha pra que esse concurso seja um fiasco, quem sabe assim o governo perceba q não somos mãos de obra barata, que somos profissionais que merecem respeito!

    Eu estou saindo da carreira. Ano q vem não vou mais lecionar, pedirei exoneração. Acabaram as esperanças.

    Boa tarde,

    Alice, Montes Claros

    ResponderExcluir
  132. VAmos mandar email para eles e detna-los!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  133. Vilma Luiza, de Montes Claros24 de novembro de 2011 12:42

    Ao anônimo de 10:57, que questiona o papel do sindicato após o dia de ontem. Deve ser puxa-saco do governo, querendo fazer pirraça. Aff! Nós temos mais é que fortalecer o Sind-Ute, fazer campanha para novas adesões... afinal, o Euler tem razão, agora estamos todos novamente no mesmo barco! Respiremos fundo, reunamos nossas energias, preparemo-nos para as batalhas que virão. Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  134. Vamos mandar muitos recados para os educadores e a sociedade de São Paulo, vamos mostra como o Ministro da Educação, e o PSDB - são farinha do mesmo saco --- Brigam somente na imprensa, lá pelos cantos mamam na mesma vaca!!! Ficamos aqui em baixa fazendo politica para um para outro e nada!!! Observem o Lula, querendo se unir ao PSDB para a prefeitura de BH!!!

    ResponderExcluir
  135. O Sind UTE, irá fazer uma reclamação ao STF, da postura deste governozinho?

    ResponderExcluir
  136. Euler, vou mandar toda semana para o e-mail de cada trador apenas uma frase: "Nenhum educador esquecerá!" já comecei hoje

    ResponderExcluir
  137. Jayro Lessa traidor da Educação, Nanuque te aguarda! TRAIDOR

    ResponderExcluir
  138. Está sendo transmitida a reunião especial da dívida pública na tv assembléia. e diziam que em Minas o deficit era zero.

    ResponderExcluir
  139. SOMOS PROFESSORES. FALAMOS BEM. ARGUMENTAMOS BEM. TEMOS BOAS IDEIAS. SOMOS FORMADORES DE OPINIÃO. MAS, AÇÃO?? FICAMOS DEVENDO. INFELIZMENTE.

    O SUBSÍDIO É POSTERIOR À LEI DO PISO, PODEMOS ENXERGAR ISSO COMO UMA "BRECHA" E ACIONARMOS ADVOGADOS?????

    UM ABRAÇO.

    ResponderExcluir
  140. Muito Obrigado, Sr. Deputado

    Minha família é formada por educadores mineiros (somos 2 professores e 1 ATB) e vcs acabaram de tirar do nosso sustento em mais de R$1000,00 por mês.

    Por esse motivo, a partir deste mês, eviarei para vocês as nossas contas de CEMIG, COPASA, CARTÃO DE CRÉDITO DO SERVIDOR, para serem pagas.


    Ora, se subsídio fosse bom mesmo, porque não faze-lo para todas as carreiras do estado, inclusive a sua e da casa homologativa mineira.

    Fica um abraço.

    Ah! Quando as contas chegarem, eu envio para o seu gabinete.

    Obrigado e até as próximas eleições.

    Jorge Pinto

    Barão de Cocais

    PS: R$1000,00 é a diferença do nosso salário entre o que temos direito e o que o seu chefe acha que merecemos.

    ResponderExcluir
  141. Depois de 25 anos de sala de aula, o que eu recebo é esta triste derrota. De que valeram todos os sacrificios de 112 dias passando por humilhações, necessidades para NADA.Saimos como ele queria com o suicidio. No dia que foi publicado o ácordão alguém aqui no seu blog postou que era para o sindicato procurar um jurista urgentemente porque senão iriamos perder este piso, e esta pessoa estava certa. Agora não temos sábados, feriados, janeiro para ficarmos com a nossa família e me diga uma coisa "O QUE GANHAMOS COM ISTO"?. Estou triste e revoltada. O que o governo conseguiu de mim foi que hoje mesmo vou pedir para que faça a minha pasta para eu me aposentar e escola nunca mais. Infelizmente não posso fazer como o anônimo que escreveu que está indo embora do Brasil, infelizmente não posso sair nem da cidade onde moro. Sei que os alunos não têm culpa mas minhas aulas nunca mais serão as mesmas. Vou dançar conforme a música dos políticos que tudo têm. Desculpe pelo desabafo, mas estou tão para baixo que hoje nenhuma palavra de otimismo vai fazer efeito.

    ResponderExcluir
  142. Carlos José - Nova Lima24 de novembro de 2011 13:09

    Euler e colegas professores do NDG;
    Eu ainda não desisti.
    Não aceito perder os meus direitos conquistados.
    OAB, STF, CNTE,Comissão de Brasília,Folha de São Paulo; onde estão vocês?
    O que será da Educação brasileira e da lei 11738/2008, se os outros Estados brasileiros imitarem Minas Gerais? O STF tem que agir imediatamente e cancelar esta ilegalidade. Queremos o piso nacional na carreira. Em janeiro o piso já terá um acréscimo de pelo menos 16% e o nosso salário praticamente congelado até 2015. Piso não é teto. Piso não é remuneração; é vencimento básico.

    ResponderExcluir
  143. A Beatriz precisa conseguir uma audiência na comissão de Educação da Câmara e do Senado.

    Precisa dizer toda a verdade que está acontecendo aqui em Minas Gerais.

    Tenho emitido muitas sugestões mas nenhuma é levada em consideração.

    ... Ou será que estamos antecipando e isto ofende o eficiente sindicato?

    ResponderExcluir
  144. As análises do prof Euler são poeticamente lindas... mas politicamente tão ingênuas!!!!

    ResponderExcluir
  145. Eh, gente, não está sendo fácil digerir o que aconteceu ontem naquela "casa do terror", mas concordo com o nosso querido Euler que a luta deve continuar, usaremos as armas que tivermos. E a maior delas, é o contato direto com alunos e pais de alunos. Mobilizações devem acontecer em todo o Estado a todo tempo, uma "caçada" a todos estes deputados que sempre retornam a cidade "curral eleitoral" para angariar votos atrás de alguma obra ou visitinha. Estejamos sempre prontos para recebê-los.
    Estou indignada, revoltada, triste, querendo à todo custo mudar de profissão...mas o espírito de luta permanece e, acima de tudo, a confiança em DEUS e nas pessoas de bem.

    ResponderExcluir
  146. Manhuaçu e região

    Localizei na lista dos traidores: SEBASTIÃO COSTA E ZÉ HENRIQUE.

    Iniciemos nossa campanha desde já!!!

    ResponderExcluir
  147. Enviei esta parábola copiada do "blog da Cris" para a lista dos deputados TRAIDORES DA EDUCAÇÃO.

    O Sapo e o Escorpião

    Certa vez, um escorpião aproximou-se de um sapo que estava na beira de um rio.

    O escorpião vinha fazer um pedido:

    "Sapinho, você poderia me carregar até a outra margem deste rio tão largo?"

    O sapo respondeu: "Só se eu fosse tolo! Você vai me picar, eu vou ficar paralizado e vou afundar."

    Disse o escorpião: "Isso é ridículo! Se eu o picasse, ambos afundaríamos."

    Confiando na lógica do escorpião, o sapo concordou e levou o escorpião nas costas, enquanto nadava para atravessar o rio.

    No meio do rio, o escorpião cravou seu ferrão no sapo.

    Atingido pelo veneno, e já começando a afundar, o sapo voltou-se para o escorpião e perguntou:

    "Por quê? Por quê?"

    E o escorpião respondeu:

    "Por que sou um escorpião e essa é a minha natureza."


    Então agora perguntamos aos Srs, Deputados:

    - Qual é a natureza vocês?

    Esperamos por vocês nas próximas eleições.

    Professores de Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  148. Alguem poderia informar como votou o deputado //////wanderlei Miranda???????????

    ResponderExcluir
  149. QUEM BATE ESQUECE MAS QUEM APANHA NÃO ESQUECE NUNCA.

    ResponderExcluir
  150. TODOS OS PROFESSORES DE TODAS AS REGIÕES DE MINAS ESTÃO CONVOCADOS A SUBIR NOS PALANQUES ONDE ALGUM DOS TRAIDORES FOR CANDIDATO NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES E ALERTAR OS ELEITORES DO PERIGO QUE TAL CANDIDATO REPRESENTA.

    ResponderExcluir
  151. EULER IREMOS ENTRAR COM UMA AÇÃO COLETIVA PARA SERMOS REEMBOLSADOS DO QUE FOMOS ROUBADOS POR ESSE DESGOVERNADOR QUANDO? ESTAMOS ESPERANDO.

    ResponderExcluir
  152. O SENADOR CRISTOVÃO BUARQUE PODERIA SOLICITAR A CONVOCAÇÃO DO PRESIDENTE DO STF NO SENADO PARA ESCLARECER SOBRE A OBRIGATORIEDADE OU NÃO DOS ESTADOS E MUNICÍPIOS IMPLANTAREM O PISO NACIONAL. OU QUE TAL O SINDUTE SOLICITAR A PRESENÇA DE UM DOS MINISTROS AQUI EM BELO HORIZONTE PARA TRATAR DO TEMA.
    ESPERO RETORNO.
    GILSON

    ResponderExcluir
  153. DANILO DE CASTRO É A ENCARNAÇÃO DO DIABO.

    ResponderExcluir
  154. Companheiros embora pareça que não a ditadura já acabou que tal colocar os nossos nomes em nossas mensagens??
    Não podemos nos esconder no anonimato, temos que partir para luta sem medo de ser feliz!

    ResponderExcluir
  155. É URGENTE FAZER UMA RECLAMAÇÃO AO STF PARA A OBRIGAÇÃO DA LEI DO PISO.

    O QUE ESTAMOS ESPERANDO?

    ESTÃO MUDANDO UMA LEI DEPOIS DE PUBLICADO O ACÓRDÃO.

    ResponderExcluir
  156. ATENÇÂO Montes Claros e Norte de minas o fim da votação é o começo da caça aos carneiroS:
    ANA MARIA RESENDE E ARLEN SANTIAGO.

    E NÃO ESQUEÇAMOS DE GIL PEREIRA (está usando a greve como disculpa da politicagem que foi a troca da superintendente) E CARLOS PIMENTA afilhados de Anastásia. E olha que estão de OLHO na prefeitura de Montes Claros.

    Vamos lá norte mineiros mostrar a força do voto.

    ResponderExcluir
  157. Foram 51 votos favoráveis e 20 contrários e A CULPA DISSO É NOSSA. Temos que aprender a votar e como educadores precisamos, também, ensinar a votar. Agora nossa lição de casa é DECORAR os nomes desta lista de deputados para formarmos a nossa própria base de apoio na Assembléia. Não votar com responsabilidade nas próximas eleições é agir com o mesmo descaso que os deputados inimigos da educação agiram. Eles votaram um projeto complexo que muda a vida de 400 mil educadores sem nem se dar ao trabalho de discutir o referido projeto e em menos de 24 horas. Isso além de ser descaso também é irresponsabilidade. Estes deputados não honraram o papel de legisladores e não merecem nossos votos.

    HOJE ELES TEM O PODER DE DESTRUIR NOSSA CARREIRA, MAS NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES O PODER ESTARÁ EM NOSSAS MÃOS.

    ResponderExcluir
  158. ELES SÃO MUITO INFELIZES E PRECISAM FICAR DEMONSTRANDO O PODER.

    AÉCIO NEVER + ANASTASIA + DANILO DE CASTRO ESTÃO ACABANDO COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  159. Euler boa tarde. Como sempre falou bonito e com coerencia. Ao ver esses deputados sem nenhum compromisso com o povo que os elegeram(não apenas com a educação), me fez pensar na frase do deputado federal cassado, Roberto Jeferson: Voltar aos meus instintos mais primitivos e cassar um a um. Como o lado racional fala mais alto, tentemos de outro modo. Um desses senhores de gravata e paletó, João Vitor Xavier, vez por outra (ele ou um assessor) aparece na escola onde trabalho na região noroeste/BH onde eu estarei esperando por eles para um cara a cara. Outro com quem tambem já estive na escola e conversamos é Rogério Correia, este sim tem fibra e não se esconde. Terei sempre muito prazer em trocar idéias com ele. CHARLES/ASB DESIGNADO.

    ResponderExcluir
  160. PIRANGA E REGIÃO


    TIAGO ULISSES, TRAIDOR, CONTRA OS EDUCADORES E A EDUCAÇÃO, GUARDEM BEM ESTE NOME

    ResponderExcluir
  161. ALGUÉM PODE ANTECIPAR UMA TABELA DO NOVO SALÁRIO???NÃO ENTENDI NADA AINDA.EM DEZEMBRO DE 2011 EU ERA PEBIII H E AGORA .QUANTO RECEBEREI??? AH QUERO QUE O SINDICATO LUTE E CONQUISTE MEU DINHEIRO DE VOLTA.O SINDICATO AGORA PRECISA SE POSICIONAR E FAZER COM QUE NOSSA LUTA AGORA SEJA POR MAIS AUMENTO NESTE VERGONHOSO SALÁRIO E O QUE O LADRÃO NOS TIROU QUANDO VOLTAMOS AO VB E ELE JÁ SABIA QUE NÃO VINGARIA .FOI APENAS UM MOTIVO PARA NOS ROUBAR MAIS E MAIS.SERÁ QUE SOMOS IDIOTAS??/SERÁ QUE SOMOS BOBOS DA CORTE E ELES PENSAM ASSIM??? POR ISSO FAZEM O QUE QUEREM COM NOSSA CLASSE??? MEU DEUS NÃO POSSO IMAGINAR TANTA LUTA POR NADA.FORAM ANOS E ANOS DE LUTA E NADAAAAAA

    ResponderExcluir
  162. Ontem durante as falas dos deputados de oposição, várias delas com conteúdo importante para nossa reflexão sobre a educação, tivemos uma que é um puxão de orelha em todos os mineiros e um alerta, "Vivemos um estado de exceção, uma ditadura pior que a dos militares, porque é subliminar, cria um movimento de culto à personalidade de Aécio Neves." Dep. Sávio Sousa Cruz (PMDB) Não é possível que sejamos conduzidos a este comportamento leniente. Uma democracia não pode e não deve ter uma imprensa amordaçada como a de Minas. Vários repórteres foram demitidos de suas empresas por criticarem este homem, em vez de uma postura de revolta, os outros jornalistas calaram-se ou pior, passaram a paparicá-lo como sequaz. O resultado da votação de ontem do PLGOLPE, tem ao fim das contas o dedo de Aécio. A Minas de fantasia, a "Suíça brasileira" está quebrada e o pires na mão, seria a obrigação de ir ao MEC pedir complementação para pagar o piso. A arrogância, que rima com ganância (presidência), vai tão longe, que preferem destruir a educação pública mineira a reconhecer a verdade. Acorda Minas, a liberdade que está em nossa bandeira, foi colocada à prova este ano e poucos levantaram para protegê-la

    ResponderExcluir
  163. Acho interessante essa indignação de todos!!
    Mas avalio que a classe se enfraqueceu quando os professores antigos e o sindicato permitiu que os ditos NOVATOS não tivessem o direito a biênio e quinquênio.
    E aí pergunto: Será que a categoria não estaria mais unida se todos lutassem pelos mesmos direitos.
    Que vantagem existia para o NOVATOS o piso salarial? Ou o dito subsidio?
    Não recebemos biênio e quinquênio.
    Então a luta era de quem? O sindicato é de quem?
    Em nenhum momento ouvi falar em luta pelo biênio e quinquenio dos novos.
    Onde ocorre a luta pela igualdade de direito de benefícios??
    Egoísmo??
    Deixaram destruir a classe??
    Gostaria muito de lutar pelo PISO,BIÊNIO e QUINQUÊNIO para TODOS.
    Acredito na luta quando o benefício é de TODOS!!
    Dessa forma jamis governo algum enfraqueceria a luta e a classe!!!!

    ResponderExcluir
  164. mandem emails para os deputados federais.
    http://www2.camara.gov.br/participe/fale-com-o-deputado

    ResponderExcluir
  165. ASSIM DIZEM QUE CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE.NÃO SABEMOS VOTAR.POR POUCA COISA NÓS TAMBÉM VOTAMOS ERRADO.SEJAMOS MAIS CUIDADOSOS NO NOSSO VOTO NA PRÓXIMA ELEIÇÃO.TODOS QUE ESTÃO LÁ FORAM COLOCADOS POR NÓS.AGORA NÃO ADIANTA CHORAR O LEITE DERRAMADO.VOTAMOS ERRADO ENTÃO ESTAMOS A MERCÊ DELES AGORA.AMANHÃ SERÁ OUTRO DIA .HOJE É VC QUEM MANDA FALOU TÁ FALADO ...TAMBÉM NÃO ACREDITO QUE ROGÉRIO CORREA E OS OUTROS IRIAM VOTAR CONTRA E A FAVOR DE NÓS SE NO GOVERNO DE MINAS ESTIVESSE UM PETISTA COMO ELES.NÃO DUVIDO DE NADA MAIS.NÃO ACREDITO EM MAIS NINGUÉM.ATÉ ENTRAR LÁ TUDO É DO POVO E PARA O POVO MAS DEPOIS QUE ELES ESTÃO LÁ NA MAIOR FORGANÇA E RECEBENDO MUITO PARA POUCO TRABALHO A COISA É OUTRA.AINDA MAIS SE RECEBEREM POR FORA MAIS E MAIS REGALIAS COMO JOÃO LEITE E TODOS .NÃO SEJAMOS INGÊNUOS TODOS SÃO PASSIVOS DE SE CORROMPER...BASTA OFERECER DIMDIM..DOLLAR...EURO...ELES FICAM COMO UNS "CARNEIRINHOS" NÃO ACREDITO EM NENHUM BRASILEIRO.ESTOU ADMIRADA COM EULER,ESTE SIM EU ESTOU ADMIRANDO PELA LUTA E DIGNIDADE.POR ENQUANTO.PENSO ATÉ QUE SE MEU PAI ESTIVESSE LÁ FARIA IGUAL....BRASILEIRO É ASSIM .VOCÊS SABEM DE ONDE NÓS VIEMOS.DIFÍCIL ACREDITAR AGORA NOS BRASILEIROS REALMENTE.NÃO DÁ.O PT FEZ O DEVER DE CASA.CLARO ELES PRECISAVAM SOBRESSAIR PARA SE DAREM BEM FUTURAMENTE E APROVEITOU A OPORTUNIDADE.ACORDA POVÃO.ELES JÁ SABIAM DE TUDO.ELES MESMOS FALARAM INÚMERAS VEZES QUE PERDERIAM NA VOTAÇÃO.ENFIM JOGO DE CARTAS MARCADAS.ISSO SÓ VAI TERMINAR QUANDO NÃO VOTARMOS EM NINGUÉM MAIS E ELES TERÃO QUE TRABALHAR COMO NÓS.OU MUDAR O TIPO DE POLÍTICA NO BRASIL AQUI NÃO PODE TER ESTE TIPO DE REGIME POLÍTICO.ACORDA.NÃO DEVEMOS FICAR JOGANDO CONFETE EM ROGÉRIO E OS OUTROS.TODOS ...TODOS SÃO DO MESMO SACO.BRASILEIROS POLÍTICOS

    ResponderExcluir
  166. Educadora de Contagem24 de novembro de 2011 14:41

    Se hoje eu tivesse vinte e poucos anos e iniciando a minha carreia eu RASGARIA DE BOM GRADO O MEU DIPLOMA.
    Infelizmente, já conto com 53 anos e faltam dois anos pra me aposentar.
    Pelo jeito não será uma aposentadoria tão sonhada desde o primeiro dia de greve de 2011, pois achava que o PISO era nosso. Como me enganei???
    Levantei-me hoje como uma autômata, sem vontade, sem objetivos, como se fosse um robô.....
    Nosso governador tinha esse direito, de enfiar goela abaixo uma nova forma de remuneração? Como???? Ele rasgou perante todos a Constituição Federal??? Ele rasgou a Lei do Piso??? Ele desobedeceu ao STF???? Com essas atitudes ele mostra a toda sociedade mineira que não precisamos obedecer lei neste país?? Precisamos levantar a cabeça e pensar em outro meio de sairmos dessa.

    ResponderExcluir
  167. porque nao aceitaram 712,00
    ai ai
    agora nós é q sofremos.
    que isso?

    ResponderExcluir
  168. Ontem e hoje estou de luto! quase que foi o meu próprio luto pessoal! pois a angustia tomou conta de mim e continua em , Custo acreditar que realmente fomos enredados pelas promessas deste governo e mais que isto o nosso sindicato que deveria ser "safo" diante das manobras diabólicas ficou anestesiado com ditas negociações que nunca saíram do mesmo lugar , pura estratégia maquiavélica. Estou bá beira de uma crise depressiva, não somente por mim mas por sentir que uma categoria foi pisada em sua dignidade, se seu pudesse largava ontem o magistério , sem nem olhar pestanejar! No entanto , realmente fomos pisados, esmagados , machucados , destroçados! Entretanto não podemos desistir e aceitar pacificamente este cretinice do governo , cabeça erguida e bola prá frente, batalha perdida!? A guerra pelo jeito só está começando....Unamo-nos Ccmpanheiros!Manu - BH

    ResponderExcluir
  169. INCONSTITUCIONAL - ESSE SUBSTITUTO APROVADO ONTEM É INCONSTITUCIONAL....


    Carta Magna, art. 5º - XXXVI - a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e a coisa julgada;

    ResponderExcluir
  170. Companheiros de luta de Uberlândia já temos nossa próxima batalha caça ao Luis Humberto onde ele estiver lá estaremos denunciando o impostor traidor da educação e dos mineiros prefeito de Uberlândia nunca................

    ResponderExcluir
  171. Estimados companheiros e companheiras,

    O governo Anastasia promoveu um duro golpe contra a educação pública em Minas Gerais. Para isso, adotou uma estratégia nefasta. Utilizou-se de argumentos de natureza orçamentária e fiscal, (na verdade é a disputa dos interesses orçamentários), para esconder a natureza ideológica. Os partidos social-democratas (PSDB, PT, PSB, PPS) segue sem retoques a receita dos imperialismos norte-americano e europeu.

    O imperialismo aprendeu com as guerras do século XX e hoje, em alguns casos, prefere minar por dentro os movimentos de resistência dos oprimidos e explorados, ante a jogar bombas.

    A lógica ainda é dividir para dominar.

    A gerência Aécio/Anastasia teve a pretenção de sair por cima. Não entrou com a ADI 4167, para no fim com uma lei estadual desrespeitar o STF e pagar teto salarial como forma de remuneração. E tudo isso muito bem orquestrado juridicamente.

    Obviamente que não entregaremos tudo de mão beijada e lutaremos juridicamente para reavermos o confisco e a perda de direitos. Mas cientes de que a justiça não é cega, mas é de classes e na maioria das vezes anda aos passos da classe dominante.

    Em nossa heróica luta, acertamos no conteúdo e erramos na forma, ou melhor, precisamos aprender a lutar melhor, ou seja, se eles tem a máquina do Estado, nós temos as massas e o chão da escola. Não é possível mais ficar 112 dias sem pisar na escola durante uma greve, afastados dos nossos principais aliados.

    Enfraquecidos não conseguimos radicalizar durante a votação. A direção sindical apostou na velha forma do constragimento e o que presenciamos foi uma luta regimental entre oposição e situação, além de uma chuva de oratórias contudentes e até reflexivas.

    Irão falar para que votemos melhor e certo, mas a votação da Assembleia legislativa do Ceará tmbém foi carneirada, com o diferencial que o governo e a maioria lá é socialista (PSB e PT) e o governador é o CID Gomes. Lá o oprtunismo é tão grande que a base chama o sindicato de "cidcato".

    Ontem prevaleceu a regra do jogo e a nossa direção sindical quer a regra do jogo, por que um dia quer fazer parte do jogo.

    Aceito com tranquiliade posições contrárias a minha (e são muitas), mas reafirmo:
    Não Votar e contruir a luta na base com "os de baixo".

    Rômulo

    ResponderExcluir
  172. A mídia reserva espaço diário nas manchetes para o FUTEBOL, seus astros e demais coadjuvantes.

    E você leitor, qual a importância do FUTEBOL em sua vida? Fica deprimido quando seu time perde? Fica alegre com o salário negociado nas vendas e transferências dos super-atletas para o exterior, como se você tivesse participação nisso?

    O Governo se apoia nisso para iludir as massas.
    "Panis et Circencis" Esta frase tem origem na Roma Antiga, poeta satírico romano Juvenal (circa 100 dC).

    Comida barata e entretenimento, "pão e circo", seria o maneira mais eficaz de ascensão ao poder. "Pão e circo" (ou pão e jogos) é uma metáfora para um meio superficial de apaziguamento.

    No caso da política, a frase é usada para descrever a criação artificial ou manipulação da aprovação pública, não através de excelentes serviços ou de notável política pública, mas através de DIVERSÃO, DISTRAÇÃO, ou a mera satisfação do imediato, as exigências superficiais “frívolas” de uma população. Por exemplo: fazer de tudo para seu ”TIMÃO” do coração não ser rebaixado, já imaginou se ele for para a segunda divisão? Garantam mais espaço na mídia, em horário nobre, e tal...

    Esta é a herança cultural maldita!

    ResponderExcluir
  173. Boa tarde Euler,
    Gostaria de saber onde está a comissão de deputados de Brasília que não vê esses crimes contra a constituição de 88.
    Agora os estados podem ter constituição própria? Voltamos ao período de ditadura?
    Os professores foram usados como exemplo para domar as outras categorias de servidores que também se rebelavam contra os atos ditatoriais desse governo.
    Espero que os partidos de oposição em minas e a esquerda nacional não fique parada, sem aproveitar essa deixa do PSDB contra o funcionalismo.
    Na minha opinião o primeiro aliado deles a ser atacado nas eleições deve ser o prefeito de BH que tentará se reeleger. Aqui em Sete Lagoas também temos sofrido com a administração PSDBista que impõe a lei dos coronéis as funcionários e a população mais pobre.
    Condolências para nós e vamos em frente (Força na Luta). Precisamos derrubar as administrações neoliberais coronelistas que pagam bem o aparato repressor para manter os mais humildes debaixo das botas.

    ResponderExcluir
  174. Monalisa - Contagem24 de novembro de 2011 15:19

    Euler,
    agora derrotada somente me resta como uma mendiga contar migalhas.
    No link:
    http://blogrenatavilhena.blogspot.com/2011/11/governo-de-minas-propoe-remuneracao.html

    è dito que no projeto do governo teremos direito a 1/3 de nossa carga em atividades extraclasse, mas no projeto não consegui encontrar tal quesito.
    Se possível poderia me ajudar para que possa pelo menos ter esse afago?

    ResponderExcluir
  175. Euler, lendo alguns comentários no site do otempo! cheguei a uma conclusão do que podemos fazer urgente em todas as cidades de minas, organizarmos uma comissão por escola onde entraremos em contato com prefeitos, câmaras de vereadores e candidatos a prefeitos na próxima eleição municipal. O sindicato planeja uma cartilha com esclarecimento na qual todos nós em comissão iremos seguir a esse pessoal e deixarmos claro o nosso descontentamento com a política educacional no estado e municipios. No controle da situação iremos mostrar para eles todos esses deputados contra a Educação, e se apoiares alguns deles terão denegridos as suas candidaturas nas cidades por meio de panfletos e anúncios em som (bicicleta, carro, rádios locais o que for) sem falar da maior arma que são o nosso dia a dia com os alunos e pais de alunos. Vamos forçá-los a entrar em contato com seus representantes (deputados) e procurar de alguma forma solucionar o nosso problema, e isso vale até para o resto do Brasil, reunir todos os sindicatos da categoria da educação dos estados e cobrar da Presidente DILMA... pra cima deles agora sem dor e piedade!!!
    professor: Fábio Luiz

    ResponderExcluir
  176. Euler,

    Vamos pedir ao Sind UTE, que coloque alguns poucos mais muito úteis OUT DOORs, em BH.

    ResponderExcluir
  177. É normal sentir vontade de chorar? Ficar com uma angústia no peito? É assim que estou me sentindo, roubada, traída e impotente.
    Desculpe, mas preciso desabafar.
    Abraços.
    Deise.

    ResponderExcluir
  178. Na conjuntura de nossa realidade...(REFLEXÃO)

    Para um médico seu melhor momento é quando salva vidas!

    Para um jogador de futebol é quando faz um gol que conduz seu time a vitória!

    Quanto vale a entrevista de um jogador após o gol?

    Melhor ainda: após a partida e usando um boné de seu patrocinador!

    Por que os BANCOS e FINANCEIRAS distribuem camisas dos Times preferidos?

    E a propaganda das cervejas no horário nobre!

    E o retorno financeiro “garantido” pela mídia nos contratos junto a empresas?

    E a bolsa atleta que só é patrocinada pelos empresários se o candidato aparecer vitorioso na televisão? Entrevistas somente vestindo uniforme com as logomarcas dos patrocinadores, evidentemente!

    Qual o salário de um médico? E qual o salário de um jogador de futebol.

    E qual deveria ser o salário justo de um professor?

    ResponderExcluir
  179. Correção da digitação: "Texto imperdível"

    O Governo se apoia nisso para iludir as massas.
    "Panis et Circencis" Esta frase tem origem na Roma Antiga, poeta satírico romano Juvenal (circa 100 dC).

    Comida barata e entretenimento, "pão e circo", seria a maneira mais eficaz de ascensão ao poder. "Pão e circo" (ou pão e jogos) é uma metáfora para um meio superficial de apaziguamento.

    ResponderExcluir
  180. Concordo com tudo, absolutamente tudo que o anônimo das 14:37 escreveu sobre nossa situação atual.

    Qualquer um é corrompido porque não podem ser autônomos. Têm que seguir o que manda a cartilha que domina no momento.

    Não votar, não colocar ninguém como nosso representante. Aí sim, veremos como solucionarão o problema. ...

    ...Mas o estado de MG é muito grande e tem muito mais carneiros do que imaginamos...

    ResponderExcluir
  181. O governo desgoverna, seus deputados carneiram e eu professo (sabe-se lá o quê)...

    ...parodiando a bela frase do excelente filme O Palhaço: "O gato bebe leite, o rato come queijo e eu sou palhaço!"

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=2706465822348&set=a.2329312793758.138486.1277857703&type=1&theater

    Paulo Andrade - Barreiro-BH

    ResponderExcluir
  182. Euler,
    Vamos formar o partido dos professores massacrados pelo PSDB? sugiro que inicialmente seja a sede inaugurada num blog coletivo coordenado por você. Podemos convidar professores de todos os estados que sofrem torturas, mais tarde podemos indicar candidatos para serem nossos representantes. Enquanto isso, pelo menos uma vez por semana teremos o nosso horário eleitoral gratuito na internet, para divulgarmos as façanhas dessa corja.

    ResponderExcluir
  183. Pessoal, vamos organizar nossa luta política derrotando os vereadores e prefeitos aliados do governo do PSDB. para isso precisamos fazer um levantamento dos candidatos a vereadores e prefeitos apoiados pelos nazistas mineiros em cada município. Em Ubá, os eleitorres já podem ficar atentos porque um dos acessores do Alencar da Siveira será candidato a vereador. o sujeito se chama Genito e por ironia do destino era professor de matemática da rede estadual. Fora Alencar fora Genito, fora Anastasia... a lista é longa! Pessoal,se souberem de mais nomes vamos divulgar e começar a divulgar o nome dos candidatos previamente derrotados nas eleições do ano que vem. vou continuar trabalhando aqui na microrregião de Ubá e entregando os nomes destes vilões.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  184. Ouvi dizer que o nosso desgovernador veio pra Minas fugido de um estado do nordeste(se não me engano Maranhão). Parou aqui e aprontou todas que quis. Ouvi dizer também que nem em Minas ele não mora. Vive no Rio e vem todos os dias fazer os despachos na cidade inadministrável. Alguém confirma os dados? Vamos descobrir os podres dele neste estado para tornar público e todo mundo saber quem ele é realmente. Agora, quanto a cargos políticos, acho eu que ele vai fazer de tudo para que Aecin Malvadeza ganhe para presidente que assim ele também ganha um gargo lá pertinho dele. Me engane que eu gosto. Por isso ele fez tudo isso com a educação; não precisa do nosso voto para si, mas se esqueceu que precisa do nosso voto para o padrinho e assim realizar seu sonho de ir para Brasília

    ResponderExcluir
  185. Fátima - Professora de História - Ubá24 de novembro de 2011 16:45

    Minas hoje amanhececeu mais pobre, o Governador Antonio Anastasia destruiu a carreira dos educacadores mineiros.
    Trinta anos de sonhos e sofrida luta travada por milhares de educadores, muitos que já nem estão aqui mais, se foram por causa de um governador que não ama e não respeita o seu povo.
    O que Sr. Governador nossas crianças e nossos jovens fizeram para que o Senhor os castigasse assim, tirando-lhes a única chance concreta de uma ascensão social?
    O que farão Sr Governador nossas crianças e nossos jovens sem os seus verdadeiros MESTRES?
    Serão SUSTITUÌDOS? Por quem? pelos biscateiros?
    Não Sr Governador nossas crianças e nossos jovens merecem mais respeito e precisam de seus MESTRES.
    Que Deus nos proteja e nos guie neste momento de dor e luto.

    ResponderExcluir
  186. Temos que fazer panfletos com os nomes dos deputados que votaram contra a educação e distribuir nos sinais de trânsito e nas escolas para cada professor e funcionários.

    ResponderExcluir
  187. ANASTASIA DESCUMPRE ACORDO E QUER MANTER O SUBSIDIO
    Após 112 dias de greve dos profissionais da rede estadual de ensino do Estado de Minas Gerais, o dia de 21/11, ficará marcado na política mineira como dia da DESMORALIZAÇÃO DO SENHOR GOVERNADOR ANASTASIA, do seu partido PSDB e de toda sua base aliada da Assembleia Legislativa. Não há de se ter, no sentido mais profundo da palavra, nenhuma credibilidade neste governo, pois seu caráter político caiu por terra. E o que sobra é a imagem de um canastrão que se sustenta numa cúpula inescrupulosa que se armam até os dentes contra os trabalhadores. E a Assembleia Legislativa protagonizará no dia 23/11, sob forte segurança policial o impiedoso golpe aos trabalhadores em educação no Estado de Minas Gerais.

    O dia 22/11, a categoria dos professores que reivindicavam, no movimento de greve, qualidade da educação e a imediata implementação do PISO SALARIAL NACIONAL receberam como resposta do governo a notícia da votação na Assembleia Legislativa. E ontem, dia 23/11, do “novo” salário da categoria. A notícia abalou não só pelo repúdio a “nova” forma de remuneração, que na análise dos educadores não passa da mesma proposta do subsídio que estabelece o fim da carreira, mas antes e, sobretudo, pelo descumprimento de todos os acordos firmados entre governo e sindicato para finalização da greve.

    Nesta proposta é excluído o PISO SALARIAL NACIONAL em detrimento de um TOTAL REMUNERATÓRIO. Ou seja, soma-se o piso com todas as gratificações e vantagens adquiridas ao longo da vida e o transforma num total remuneratório. Permitindo com isso o fim da carreira. Na mesma lógica, a promoção de um nível para outro cairia de 22% para 10% e a progressão de 3% para 2,5%. A novidade da lei é seu caráter compulsório, ou seja, a lei é para todos, não importando a escolha feita pelos profissionais da educação, se lei do piso ou subsídio. Vejam que o governador sem nenhum pudor passa por cima de 153 mil profissionais da educação que legitimaram suas saídas do subsídio para o PISO SALARIAL NACIONAL

    O momento é muito delicado, pois estamos lidando com uma quadrilha de políticos sustentados e articulados num projeto econômico-político-social nefasto para classe trabalhadora. Não é a toa que no Brasil e no mundo os movimentos na luta por investimento na educação pública tomaram as ruas. Tem sido multidão de pessoas entendendo o projeto de sucateamento implementado pelos projetos burguês contra a classe trabalhadora. Os profissionais da educação no Rio Grande do Sul governado pelo PT na pessoa de Tarso Genro acabaram de deflagrar greve a partir desta segunda, dia 21/11. Estamos falando, portanto, de um movimento pela educação que tomou proporções nacionais e internacionais, como exemplo a luta dos estudantes do Chile.

    A greve dos profissionais da educação no RS não é qualquer coisa, afinal estamos falando de Tarso Genro (PT) que é considerado o "pai" do piso nacional dos educadores (o piso foi aprovado quando ele era ministro da Educação). Prometeu em campanha cumprir a lei e pagar este direito dos trabalhadores. Acontece que se passaram praticamente 12 meses da posse e o governo, ao contrário das promessas, não só não pagou e não diz como o fará. A política golpista contra os educadores é uma realidade em todo Brasil, portanto é uma política que vai do PT ao PSDB e vice-versa. Outra prova disso é a cumplicidade da presidenta Dilma (PT) no descaso com a educação pública. Ou seja, o projeto de devastação da educação é uma política bem arquitetada pelos projetos neoliberais.

    Fonte:
    http://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=2674458545693&id=1383068985

    Paulo Andrade - Barreiro-BH

    ResponderExcluir
  188. É isso aí capitão Rômulo!

    Mandou bem!

    ResponderExcluir
  189. Oi blogueiros educadores de minas!

    Tenho pensado mt sobre esta calamidade e ñ chego a nada a ñ ser , abandonar a carreira.
    Como pode um homem tão mau assim?
    O que uma pessoa desta pensa?
    Será que ele acha que vai ser eterno, este poder?
    Ele tem que ser banido daí. Pelo amor de DEUS vamos fazer algo que desmacare este tirano e o mais depressa possível.
    Me mostre Euler,o que vamos fazer ? Que poder é este que até os depultados que ñ são do partido dele obedecem?Será que correu algum?
    O STF tem que fazer algo a nosso favor.
    È um baixo astral que fala mais alto e dá uma vontade louca de chorar, de falar tantas coisas ...
    Mas, me contento somente pensando assim:
    Deus é justo. Pode demorar , mas ele age !
    Um beijo no seu coração.
    Marlene

    ResponderExcluir
  190. Gente a hora é essa, tdo ou nada ou querem que as coisas continuem assim! esta na hora de pintarmos a cara e repetir o aconteceu alguns anos atras com COLOR. " caras pintadas" vamos lutar ou deixar como esta? acordem pq agora é a hora de agir e nao reclamar.

    ResponderExcluir
  191. BRAVOS, BRAVOS, MUITO BEM, VAMOS UNIR TODA A REGIÃO LESTE DO ESTADO DE MINAS E JUNTOS ACABAREMOS COM A CARREIRA POLÍTICA DESTE MATUTO, CHAMADO PELOS DIVINENSES DE SEBASTIÃO CACUNDA, SÃO MUITAS AS CIDADES QUE ESSE MATUTO FICA CONTANDO MENTIRAS PARA ANGARIAR VOTOS E CONSERVAR A MORDOMIA DELE, ENTÃO É AGORA,PORQUE COM A PROFISSÃO DE ADVOGADO NÃO DEVE TIRAR NEM BÊBADO DA CADEIA, ENTÃO VAMOS VER QUEM PODE MAIS, VAMOS POR ESSE MATUTO DE LÁ PARA FORA, VAI CONTAR MENTIRA EM DIVINO QUE É SEU LUGAR, ISSO SE LÁ ALGUÉM ESTÁ DISPOSTO A OUVIR ESSE BOCÓ, ESSE VENDIDO!

    ResponderExcluir
  192. Sr "anônimo" das 14:45 vc é um anônimo mesmo, em tudo. Será que vc acha que havia algo de verdadeiro no que o Governo apresentou? Acorda!!!!!!!!!
    Duvido que seja educador, pode até ser "professorzinho" desses que não merecem nem mesmo R$712,00. Caso sinta se ofendido identifique e construa uma argumentação mais consistente.

    ResponderExcluir
  193. ATENÇÃO PESSOAL DA ZONA DA MATA MINEIRA.
    O SR. DEPUTADO SEBASTIÃO COSTA, TAMBÉM É UM INIMIGO DA EDUCAÇÃO!!!
    FALAREMOS À ELE NAS ELEIÇÕES QUE ESTÃO CHEGANDO.
    TODOS OS EDUCADORES QUE FORAM ENGANADOS POR ESSES SAFADOS E BANDIDOS, DEVERÃO FAZER O MESMO.
    AINDA RESTA ENTRARMOS NO STF!!? ESPERANÇA?!!?

    ResponderExcluir
  194. Euler e companheiros,
    Amanhâ,25/11 ,o desgovernador estará em Miraí,zona da Mata(próximo a Muriaé).

    ResponderExcluir
  195. Rcl 12985 - RECLAMAÇÃO (Eletrônico)
    Número do Protocolo:
    Data de Entrada no STF:
    Andamentos
    DJ/DJe
    Jurisprudência
    Deslocamentos
    Detalhes
    Petições
    Recursos
    PROCEDÊNCIA

    Número: Rcl 12985
    Orgão de Origem: SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
    Origem: DISTRITO FEDERAL
    Volume: 1 Apensos: Folhas:1 Qtd.juntada linha:

    SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

    Ramo do Direito
    Assunto DIREITO ADMINISTRATIVO E OUTRAS MATÉRIAS DE DIREITO PÚBLICO | Servidor Público Civil | Sistema Remuneratório e Benefícios | Piso Salarial
    Folhas 1
    Data de Autuação 22/11/2011

    PARTES
    Categoria Nome
    RECLTE.(S) SINDICATO ÚNICO DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS - SINDUTE/MG
    ADV.(A/S) FLAVIA PINHO DE BRITO MUNDIM
    RECLDO.(A/S) GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS
    ADV.(A/S) ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS
    INTDO.(A/S) ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
    http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoDetalhe.asp?incidente=4173753

    ResponderExcluir
  196. "Não importa quantas vezes você caia. O que fará toda diferença é quantas vezes você será capaz de erguer-se novamente."

    Eu ainda tenho forças... e eu ainda não desisti.

    ResponderExcluir
  197. Comentário de uma inspetora na escola em que trabalho. Minas não pode ter dois sistemas de remuneração e como mais de 50% dos educadores optaram pelo subsídio, só nos resta o subsídio. Alguém viu os dados dessa porcentagem? Agora vem com desculpas, acham que somos alienados.

    ResponderExcluir
  198. Prezado Euler,Você me conheceu e deve ter observado, que sou da velha guarda, participo desde 1979, ou seja desde a primeira greve, e vi, todos os anos de luta para adquirir, cada ganho no contracheque,descer ralo abaixo. Votado por uma turma de incompetentes, que nem sabiam o que estavam votando.Senti vergonha, tristeza e revolta.Abraços. Clarice.

    ResponderExcluir
  199. Tem um recado no blog do Cristovan Buarque: "Educação mineira em luto". Leiam e mandem mais emails para ele para que possa nos ajudar nesse momento. Quem sabe ele acende uma luz no fim do túnel, já o sindute não postou nada hoje, não falou nada sobre o assunto e a Beatriz deu uma notinha que não esclarece o que será feito de agora em diante.

    ResponderExcluir