quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Governo de Minas tenta jogar população contra os educadores com informações distorcidas

Na tabela acima, como ficaria o piso aplicado corretamente na carreira dos professores.
Na tabela acima, a indecente proposta do governo: R$ 908,00 para professor com doutorado!


A nossa combativa colega Kátia, de joão Monlevade, enviou-nos esta tabela comparativa, tomando como base apenas o nível III da carreira dos professores (PEB3), que é formada por professores com licenciatura plena, situação da grande maioria na rede de Minas. Reparem a diferença entre o que é pago atualmente, o que o governo propõe pagar e o que deveria pagar se cumprisse o mínimo exigido pela Lei do Piso. E depois o governo ainda diz que já cumpre a lei? Ninguém merece!



Governo de Minas tenta jogar população contra os educadores com informações distorcidas

Ao invés de pagar o piso salarial nacional a que temos direito por lei, o governo de Minas tergiversa e lança no ar informações que não correspondem à realidade. Ou pelo menos, são informações manipuladas, induzindo a população a uma compreensão equivocada da realidade dos profissionais da Educação.

Para mostrar como isso acontece, vamos analisar a seguir a notícia divulgada no site oficial da SEE-MG, e que tem sido repetida por todos os agentes do governo, inclusive pelo governador de estado. O texto do governo será publicado em cor cinza e os nossos comentários em cor vermelha.

Vejam:

"Remuneração por subsídio já é opção de 70% dos servidores da Educação"

Comentário do Blog: Ninguém sabe ao certo quantas pessoas estão no sistema de subsídio, pois o governo guarda este dado - entre muitos outros - como segredo de estado. Além disso, é preciso considerar o seguinte: a) todos os servidores da Educação foram colocados no subsídio de forma compulsória, b) milhares de educadores contratados não puderam optar pelo sistema de vencimento básico; c) o governo reduziu ilegalmente o salário de quem voltou para o sistema de vencimento básico, como forma de impedir a saída do subsídio, cujo sistema é claramente desvantajoso quando o piso for aplicado; d) o governo disse que não pagaria o piso para todas as carreiras da Educação, no momento em que estava aberta a possibilidade de retornar para o subsídio - e não para sair deste sistema.

"Salário inicial para professores de nível superior é de R$1.320, 85% superior ao piso nacional estabelecido pelo MEC"

Comentário do Blog: Mentira! O valor estipulado pelo MEC diz respeito apenas ao salário base inicial para o profissional com ensino médio. O profissional com ensino superior deve receber o seu piso de acordo com o plano de carreira e as tabelas vigentes no estado. Como o subsídio não tem salário inicial, obviamente que ele atingirá os valores do MEC, pois trata-se de um valor total, que descaracteriza o piso salarial nacional. Pelo subsídio, os reajustes da Lei do Piso praticamente alcançarão os seus valores, na sua forma proporcional, não havendo necessidade de reajustes - e é por isso que o governo tenta desesperadamente impor este sistema sobre o outro, o original, composto de vencimento básico e gratificações. Mas, mesmo pelo subsídio, 85% superior ao valor do piso do MEC aplicado à jornada de 24h para o profissional com curso superior alcançaria a soma de R$ 1.594,25. Como o governo paga apenas R$ 1.320,00 como teto salarial (e não como piso), quem ficou no subsídio deve cobrar do governo esta diferença.

"O último levantamento da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) aponta que a maioria dos servidores da educação optou pelo modelo remuneratório por parcela única, o subsídio. Atualmente, 70% dos servidores da educação do Estado recebem por essa modalidade. O percentual aponta crescimento em relação aos últimos números, quando 62% dos servidores já haviam optado pelo subsísio."

Comentário do Blog: ou seja, apesar de toda a pressão do governo, já analisada aqui no comentário do título, o governo só conseguiu mais 8% de adesão para o subsídio. Isso significa que dos supostos 400 mil educadores (número altamente questionável, nunca submetido a uma auditoria séria), entre ativos e inativos, efetivos, efetivados e contratados, pelo menos 120 mil educadores ainda permanecem no antigo sistema remuneratório. E sem receber o piso a que temos direito. Isso o governo não diz para a mídia. O piso não é para uma parte da categoria, é para todos os educadores.

"No subsídio, a remuneração inicial é de R$ 1.122,00 por 24 horas semanais para professores com nível médio de escolaridade – um valor 57% proporcionalmente superior ao piso nacional do Ministério da Educação (MEC), que é de R$ 1.187,00 para uma jornada de 40 horas semanais. Para professores com licenciatura plena, escolaridade mínima exigida desde 2007 para ingresso na carreira no estado, o salário inicial para jornada de 24 horas semanais é de R$ 1.320,00 – um valor 85% proporcionalmente superior ao piso nacional."

Comentário do Blog: novamente o governo tenta esconder a verdade. O salário inicial do subsídio é na verdade um salário total, sem qualquer acréscimo de gratificações ou vantagens. Ao contrário, o salário inicial do sistema de vencimento básico é somente o salário inicial, ou seja, sobre ele incidem as gratificações e vantagens conquistadas pela categoria, como: pó de giz (20%), biênio (5%), quinquênio (10%), gratificação por pós-graduação (de 10% a 50%), entre outros.

"A modalidade de remuneração denominada subsídio foi implantada em Minas Gerais em janeiro deste ano para servidores da rede estadual de educação. Essa forma de remuneração está prevista na Constituição Federal. Com esse novo modelo, 23% dos professores de educação básica tiveram um aumento de mais de 40% em suas remunerações finais; 41% receberam um reajuste entre 10% e 40%."

Comentário do Blog: este sistema está previsto na Carta Magna, mas foi criado principalmente para cargos em comissão, ou seja, para funcionários que não têm carreira, que ocupam cargos de confiança. O sistema mais adequado para quem tem carreira é o sistema de vencimento básico, que aliás foi criado e divulgado pelo próprio governo atual, na gestão anterior, e divulgado aos quatro cantos como grande conquista. Agora que o antigo sistema, de vencimento básico, tornar-se-á mais interessante para os servidores da Educação, pois o salário base terá finalmente um valor inicial menos ridículo, o governo quer acabar com este sistema. Quanto ao reajuste entre 10% e 40%, ou mesmo o de 5%, é preciso que se diga, que o governo de Minas cortou este reajuste, ou seja reduziu ilegalmente os salários dos 153 mil educadores que optaram por não ficar no subsídio. Na prática, o governo feriu o princípio da isonomia, pois concedeu reajuste para uns, e para outros não, mesmo sendo das mesmas carreiras; e feriu também o princípio da irredutibilidade salarial, previsto na Carta Magna, quando, após seis meses pagando um determinado salário para todos os servidores, reduziu os vencimentos nominais para a parte dos educadores que não aceitou o subsídio que fora imposto. Agrediu, portanto, a isonomia e a irredutibilidade, embalados na chantagem para que os servidores ficassem no pior sistema remuneratório.

"A implantação do subsídio representou um aporte anual adicional de R$ 1,4 bilhão na folha de pagamento da educação. Mesmo com a implantação desse modelo, o Governo de Minas manteve aberta a possibilidade de os servidores permanecerem no sistema de remuneração antigo. Para esses servidores – que atualmente somam 30% do total – o governo encaminhou à Assembleia Legislativa o Projeto de Lei nº 2355/2011, que em seu art. 13 determina que “o vencimento básico dos servidores (professores e especialistas) da educação não poderá ser inferior ao Piso Salarial Profissional Nacional a que se refere a Lei federal 11738/2008 observada a proporcionalidade em relação a carga horária de trabalho.”

Comentário do Blog: novas versões distorcidas (ninguém merece!). Primeiro, o subsídio representou, segundo o governo, R$ 1,4 bilhão a mais na folha. Este número, claro, caiu muito com a mencionada redução ilegal nos nossos salários - embora estivesse previsto em orçamento. Segundo: o próprio governo reconhece que, se aplicasse a lei do piso corretamente para os cerca de 400 mil educadores, isso custaria cerca de R$ 3,7 bilhões. Logo, o subsídio representou, na prática, um confisco de R$ 2,3 bilhões no bolso dos educadores. Quanto ao projeto de lei 2355/2011, que o governo enviou para a ALMG, o que o governo não mencionou é que junto a este projeto está anexada uma outra tabela salarial, que transforma o valor de R$ 712,20 em salário único para praticamente todos os educadores, independentemente do nível ou grau em que se encontram. Ou seja, o governo simplesmente propôs, para os que ficaram no antigo sistema (que foi criado pelo próprio governo, e que é comum a todos os servidores públicos de Minas) a destruição da carreira. Depois o governo apresentou para a Comissão tripartite uma segunda tabela, igualmente indecente, que reduz os percentuais de promoção e progressão. É uma forma de tentar obrigar os educadores a voltarem para o subsídio, sistema claramente desvantajoso em relação ao piso, como já discutimos inúmeras vezes aqui no blog.

"Importante ressaltar que em Minas Gerais nenhum professor que optou por permanecer no modelo antigo de remuneração recebe menos do que R$ 935,00 por contrato de trabalho, sendo que cada professor pode ter até dois contratos. Ao vencimento básico são acrescidos diversos abonos e gratificações. Em Minas Gerais são até 22 tipos de vantagens pessoais. Se o total da remuneração não chega a R$ 935,00, o Governo de Minas complementa o salário do servidor com a “parcela remuneratória do magistério”.

Cometário do Blog: impressionante a forma cínica do governo abordar as questões ligadas aos interesses dos servidores. O valor de R$ 935,00 a que o governo se refere é o valor do teto salarial que era pago até dezembro de 2010 e que retornou no contracheque dos educadores em julho deste ano, pela redução aplicada pelo governo. Mas, reparem, estamos falando de teto salarial, remuneração total, coisa que o STF já demoliu, rejeitou de forma definitiva no julgamento da ADI 4167. O verdadeiro salário inicial, piso, vencimento básico dos 153 mil (ou dos 120 mil, que seja) que permanecem no sistema de vencimento básico continua muito abaixo deste valor: um professor PEBIA (ensino médio) continua recebendo R$ 369,00 - o pior piso do país, quando deveria receber pelo menos R$ 712,20; o professor PEBIIA (licenciatura curta) continua recebendo R$ 450,00, quando já deveria estar recebendo R$ 868,88 de piso; o professor com licenciatura plena - PEBIIIA - continua recebendo R$ 550,00 de salário inicial, quando já deveria estar recebendo R$ 1.060,00; o professor com especialização - PEB IVA - continua recebendo R$ 671,00, quando já deveria receber R$1.293,24 de piso, e assim por diante.

Ou seja, como pudemos perceber, o governo distorce as informações, de maneira a confundir a opinião pública e a tentar convencê-la de que já paga até mais do que o piso, e que o nosso movimento tem caráter meramente político - naquele sentido partidário, ideológico, que os governos ditatoriais tentam atribuir a todos os que lutam legitimamente por seus direitos e se opõem aos projetos elitistas de dominação.

E quanto a estes 22 tipos diferentes de gratificação isso é mera piada. A enorme maioria dos educadores recebe no máximo entre uma e quatro gratificações (pó de giz, para quem está em sala de aula; biênio e quinquênio - que foram cortados dos novatos em 2003 no início da gestão do faraó; e gratificação por pós-graduação, para quem obteve novo título e ainda não alcançou a promoção adequada. Os demais representam uma minoria insignificante em termos percentuais).

Mas, de tudo o que o governo disse, podemos deixar para a mídia de outros estados ou países - já que a mídia mineira está proibida de perguntar o que não foi autorizada a fazê-lo - as seguintes perguntas ao governo:

1) sr. governador e suas secretárias, já que vocês dizem que pagam até mais do que o piso através do subsídio, por que então se recusam a pagar somente o que manda a lei do piso para aqueles que optaram pelo antigo sistema de vencimento básico?

2) sr. governador e suas secretárias, já que vocês consideram que a grande maioria categoria "optou" pelo subsídio (cerca de 70%), por que então vocês andam dizendo que o pagamento do piso na carreira para a minoria (30%) dos servidores que ficou no sistema de vencimento básico pode causar grande impacto na folha de pagamento? Isso, por si, não revela que o antigo sistema é bem melhor do que o subsídio?

3) sr. governador e suas secretárias, por quê, mesmo podendo lançar mão de ajuda federal para complementar o pagamento do piso, caso provem não haver dinheiro em caixa, vocês nada falam sobre isso? Por acaso as contas da Educação em Minas não estão em dia? Teriam os senhores condições de prestar contas detalhadamente, comprovando que estão usando as verbas da Educação de forma correta, e com isso, podendo receber aporte da União para complementar o piso?

Só isso, mais nada. Estamos à procura de algum jornalista profissional dos grandes (em negociatas, não em jornalismo) jornais, revistas, rádios e TVs, com autonomia para formular apenas estas perguntas ao senhor governador e suas secretárias.


P.S. Ah, uma quarta pergunta: os srs. não têm vergonha de pagar um salário tão ridículo para os educadores de um estado que cresce mais do que a China e se dá ao luxo de construir cidades administrativas e estádios de futebol?

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

***

Fonte da matéria do governo: https://www.educacao.mg.gov.br/imprensa/noticias/2483-remuneracao-por-subsidio-ja-e-opcao-de-70-dos-servidores-da-educacao

123 comentários:

  1. Vamos mandar email para Folha de São Paulo comentando que o desgoverno disse que ela está mentindo!

    ResponderExcluir
  2. Euler Essa página precisa circular num grande jornal( sério, desses que publicam a verdade). Vc se superou companheiro! Parabéns!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. OUT DOOR



    Precisamos nos comunicar diretamente com a sociedade.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Euler e demais colegas. Infelizmente é a destruição da educação pública em MG. O governo não pode pagar o piso simplesmente por que ele quer "vender" o subsídio como melhor sistema. Imaginem se os 270 mil que estão no subsídio descobrirem quem foram enganados pela propaganda do governo que diz que o subsídio é mehor?

    De qualquer maneira, volto a perguntar: alguém tem noticias da ações que "correm" na justiça?

    E por que o sindicato não levanta a pauta do 1/3 extra-classe? Está demorando demais!

    Dos outros assuntos nem tem como perguntar mais: lei 100, concurso...etc... Que derrota de estado.

    ResponderExcluir
  5. E a reunião entre o governo e os deputados da comissão de negociação aconteceu? Alguma notícia sobre ela?

    ResponderExcluir
  6. SAFADEZA DEVERIA TER LIMITE TAMBÉM EM MINAS GERAIS. VERGONHA NA CARA ESTÁ FALTANDO POR PARTE DO GOVERNO MINEIRO,TJ, MP E MÍDIA!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. O Sind UTE, está feito bobo nesta "istória", acreditando que vai resolver as coisas nestas reuniões com o governo.

    Isto é só faz de contas.
    Faz parte do jogo.

    Precisamos urgentemente de ações em várias direções.

    NEGOCIAÇÕES;

    JURÍDICAS;

    MOBILIZAÇÕES;

    COMUNICAÇÃO;

    VISITAS À ÓRGÃOS E AUTORIDADES;

    AÇÃO, MUITA AÇÃO

    ...

    ResponderExcluir
  8. Reforço aqui que estas análises tem de circular e estar em sintonia com a sociedade. Devemos utilizar a sociedade ao nosso favor, a ideia dos Outdoors é válida, se der para publicar informações como estas no jornal Folha de São Paulo, também se torna importante, pois é um jornal de circulação nacional, o único problema é que o nosso desafeto está maquinando por lá, devemos agir rápido, aproveitando o momento de intrigas internas entre os apoiadores de Serra e Aécio. No entanto, a reportagem de quarta-feira demonstra uma aresta que pode ser aproveitada.
    É necessário estar mais próximo de alguns jornalistas da grande mídia que pendem ao nosso favor, nem todos eles são adeptos da eugenia e dos campos de concentração que se promove nas alterosas, munindo a segurança em detrimento da educação da classe desfavorecida.
    Ademais, torna-se necessário que que possamos entupir o ministério público com as ações do piso salarial profissional, abarrotá-los de ações. Para isso devemos todos estar engajados num mesmo propósito.

    ResponderExcluir
  9. Olá turma da luta!

    Recebi da combativa colega Graça Aguiar, professora da rede estadual do Rio de Janeiro (único estado que tem 04 senadores - rsrs, gozação, viu Graça!), e coordenadora do Blog S.O.S. Educação Pública uma cartilha sobre assédio moral. Trata-se de um tema muito oportuno, tendo em vista as práticas de alguns diretores de escola contra os educadores. A Cartilha foi formulada para os colegas do Rio de Janeiro, onde existe legislação específica sobre o tema. Seria importante, portanto, ter em mãos o instrumental jurídico que ampare a categoria contra estas práticas de assédio moral, que são costumeiras em Minas Gerais (terra que na verdade não tem nenhum senador, rsrs - tá vendo Graça. Vocês estão com tudo. Mas, por favor, não peça para devolver o quarto senador do Rio, rsrs).

    Eis o link, para quem deseja ler a interessante e oportuna cartilha. Basta copiar (em pdf):

    http://www.4shared.com/document/-Se7_nOr/CARTILHA_ASSDIO_MORAL.html

    ResponderExcluir
  10. Bom dia companheiro Euler,
    Gostaria se for possível que escreve-se um post convidando todos os seguimentos a se unirem em favor de que realmente faz esse país crescer. Já pensou só nos professores estadual aproximadamente 380.000, com certeza professores Municipais também são muitos e assim todos nos professores Estaduais, Municipais, Saúde e segurança etc. com certeza podemos mudar essa história que só os de cima é que pode ficar com o banquete. Vamos colocar pessoas comprometido com a classe dos de baixo a partir do ano que vem é assim acabaremos com essa corja, de político corrupto. Vamos fazer uma aliança. Um por todo e todo por um.
    A UNIÃO FAZ A FORÇA.

    ResponderExcluir
  11. A verdade está aí. Só não vê quem não quer. Mas nada a impedirá de reinar absoluta, pois a verdade nasceu para isso e existiu desde sempre para vencer toda maldade, todo descalabro, toda ofensa.

    Contrariamente à mentira. Essa não se sustenta. Infeliz do homem ou da mulher que trilha os seus caminhos sob os pés da mentira. Um dia ela se desfaz e leva junto os planos de quem nela se pauta.

    Daí a importância de não temermos, de não desanimarmos, de não desacreditarmos nesse sonho que já é concreto nas leis vigentes do estado e do país e que precisa ser concretizado na nossa mesa de educadores.

    Abraço a todos os que tem coragem!

    Em Jaíba, estamos recebendo grande apoio dos alunos e pais de alunos. Queremos lotar a nossa caravana de gente séria, mas alegre, confiante, feliz por saber que não se omitiu, que não se calou diante da mentira!

    Dia 22 de novembro, todos e todas na Assembleia! Será a hora de dar a resposta verdadeira ao governo mentiroso.

    ResponderExcluir
  12. Olá companheiros
    como professora e cidadã me sinto muitíssimo preocupada, pois está estampado na nossa cara a corrupção que tomou conta do nosso país. Quanta coisa ruim!!!!!! Eu, pessoalmente, depois da nossa heroica greve, com os blogs nos informando na luz da verdade o que anda acontecendo, do outro lado a mídia comprada, sinto-me decepcionada. Por outro lado, fatos devem acontecer para que nós possamos acordar, foi através da greve, nossas idas a BH, os blogs,que me sinto por dentro da realidade. Não que eu vivesse alheia, mas as falcatruas estão aparecendo com maior nitidez. Sinto-me envergonhada quando vejo o quanto os políticos do nosso querido Brasil fazem com aqueles que pagam seus gordos salários. Nós, a classe trabalhadora, anda debaixo dos pés deles (é isso que eles querem), sem valor nenhum. Eu os vejo como pessoas inescrupulosas, sem valores morais, se vergonha na cara. A classe dos professores, que há muitos anos atrás era valorizada por ajudarem a formar cidadãos, a ensinar valores éticos e morais, esta mesma classe é agora submetida à tirania do governo. Propagandas enganosas a nosso respeito, musiquinhas que se tornaram alvo de crítica falando dos professores, a falta de respeito até mesmo dos alunos. isto tudo é fruto do nosso governo.
    Pergunto a vocês, caros colegas, "Os professores estão tão indignados por que?" No nosso íntimo responderíamos que não é somente pelo salário mísero, mas sim pela falta de caráter para conosco. Pela injustiça que estamos sofremos ao longo de muitos anos.
    Quem quer ser um mestre, um professor hoje em dia? Vamos ver o futuro dos nossos filhos, é duro dizer mas é a realidade.
    Vamos confiar na mão do Senhor, e sua justiça suprema, para levarmos adiante nossa luta.
    Abraços a todos

    ResponderExcluir
  13. Olá Euler.
    Vamos deixar recados sim para folha de São Paulo,falando que concordamos com o governo, quando afirma que mentem.
    O Piso de Minas não é 616, como citaram na tabela e sim 369 . Concordo com o governo!Oh dó!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Bom dia
    Acompanho seu blog e gostaria de ver alguns videos sendo divulgado pelo fato de ser bastante acessado
    (vd Cristovam Buarque fala em relação a copa por exemplo ) mas tem muito mais q vc poderia estar divulgando para só assim poder mobilizar mais combatentes.
    Obrigada pela atenção

    ResponderExcluir
  15. Euler
    Cadê o SINDICATO que não responde a esse governo????????????
    Estamos órfãos?
    Soooooooooooocorro! Estamos sendo desmoralizados por essa corja!
    Temos que agir com urgência!
    OUT DOOR para que sejam colocados em todas as cidades mineiras!!!!!!!

    ResponderExcluir
  16. Caros professores e amigos
    Vejo com muita indignidade a luta de vocês há muito tempo. O nosso desrespeitoso governo nada faz a não ser desmoralizar vocês através da corrupção vergonhosa.
    Colocarei aqui alguns pontos para refletirem, a respeito do mestre, do educador:
    Ser professor é lidar com vidas, na maioria crianças, em busca de um mundo melhor. Por que vocês estão sendo tão humilhados pelo governo?
    O mundo necessita de pessoas capacitadas para transmitir valores éticos, morais e cívicos aos nossos caros alunos. Por que o governo descaradamente desestimula vocês?
    Ser professor é doar o mais belo de si: o ato de estar várias horas de sua vida ao lado dos alunos, buscando com garra, ensinar-lhes conteúdos pedagógicos, mas acima de tudo ensinar-lhes conteúdos para uma vida digna. Por que o governo zomba de vocês?
    Ser professor é ter a grandeza de demonstrar carinho, pulso forte, preocupação diante das dificuldades, amor aos alunos, serenidade, respeito e várias outras virtudes que admiro na grande maioria dos professores. Por que o governo não age como vocês merecem, ou seja, demonstrando carinho, respeito, amor a você?
    Como admirador da classe dos educadores, companheiro de coração torço para que esta luta tenha um fim glorioso para a classe dos educadores, com dignidade e acima de tudo justiça. Ser humano para consigo e para com o próximo, é demonstrar que a vida tem valor, sem discriminação, pois, o amor ao próximo não tem preço.
    Abraços afetuosos e muita força nesta empreitada.

    ResponderExcluir
  17. GENTE, GENTE

    AGORA É QUE CAIU A FICHA, AÉCIO TRAIU MINAS PORQUE RIO TEM COLÉGIO ELEITORAL GRANDE E SÃO PAULO É REDUTO DE (DO OUTRO, ESQUECI O NOME DELE AGORA).

    CONTAMOS COM SÃO PAULO PARA DETONAR AÉCIO.
    VAMOS LÁ SÃO PAULO.

    ResponderExcluir
  18. Até quando os exclusivamente professores estaduais e que se sustentam ou às suas famílias e que moram na capital vão continuar negando estar passando fome. Greve no interior pouco influencia. O que importa é "quebrar o pau" aí na capital, pois está quase impossível sobreviver no interior, onde o custo de vida é baixo. Imagine na capital ou em uma grande cidade de Minas em que o custo de vida é alto! Uma hora a "ficha deles vai cair". Espero não estar aposentada até lá.

    ResponderExcluir
  19. Euler,

    Precisamos de informação do custo de cada OUT DOOR.

    Conforme for o preço podemos tentar ratear e arrecadar o valor, com a turma do blog.

    Se conseguirmos pagar 1 (um) OUT DOOR, já justificaria.

    Quem sabe o sindicato anima e coloca alguns.

    PRECISAMOS MELHORAR A NOSSA COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE.

    ResponderExcluir
  20. Bom dia Pro Euler,

    A reportagem do Jornal Folha de SP continua repercutindo. Veja no site JusBrasil:

    Professores de MG ainda recebem piso de R$ 369;

    O piso salarial do magistério no valor de R$ 1.187 ainda não é aplicado em Minas Gerais. Após greve histórica de 112 dias dos trabalhadores em educação, o governador Antonio Anastasia (PSDB) assinou um acordo com a categoria em...
    Última Instância - 20 horas atrás

    Minas é o Estado que paga salário mais baixo para professor, diz jornal

    Pelo levantamento da Folha de S. Paulo, os professores mineiros recebem o pior salário do país A lei nacional do piso para o magistério já foi aprovada há três anos, mas não saiu do papel na maior parte do país. Das 27 unidades...
    Associação do Ministério Público de Minas Gerais - 16 de Novembro de 2011

    Professores poderão entrar em greve

    O CPERS/Sindicato, dos trabalhadores em educação, realiza nesta sexta, 18, assembleia geral em Porto Alegre. A categoria poderá deflagrar greve para pressionar o governo do Estado a cumprir a lei que obriga o pagamento do piso...
    Sindicato dos Servidores da Justiça do Rio Grande do Sul - 22 horas atrás

    Lei do piso nacional dos professores é descumprida em 17 estados
    Aprovada há mais de três anos, a lei nacional do piso do magistério não é cumprida em pelo menos 17 dos 27 estados brasileiros. A legislação prevê salário mínimo de R$ 1.187 a professores da educação básica pública, em jornada...
    Sindicato dos trabalhadores do Poder Judiciário Federal dos Estados de Pará e Amapá - 19 horas atrás

    Estados não cumprem lei do piso nacional para professor
    Aprovada há mais de três anos, a lei nacional do piso do magistério não é cumprida em pelo menos 17 das 27 unidades da Federação, informa a reportagem de Fábio Takahashi e Luiza Bandeira, publicada na edição desta quarta-feira...
    Associação do Ministério Público de Minas Gerais - 18 horas atrás
    Para ler clic:

    http://ampmg.jusbrasil.com.br/noticias/2928813/estados-nao-cumprem-lei-do-piso-nacional-para-professor/relacionadas

    ResponderExcluir
  21. PROFISSIONAL NIVEL, MÉDIO NO SENADO
    PISO INICIAL DE R$14 MIL !!!!

    O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-MA), autorizou na quarta-feira (16/11) a realização do tão esperado concurso público para o órgão. Serão oferecidas 246 vagas, de nível médio e superior, entre as quais 20 são para médicos, nutricionistas, farmacêuticos, fisioterapeutas, psicólogos e enfermeiros, para cuidarem da saúde de senadores e de servidores.O salário inicial dos profissionais da saúde e assistência social e dos demais analistas legislativos, carreira de nível superior com 133 postos ofertados, é de R$ 18,5 mil, mais benefícios, como auxílio-alimentação de R$ 740,96. Para o posto de consultor legislativo, são nove vagas, com remuneração inicial de R$ 24 mil, fora benefícios. O salário de início de carreira é mais alto que o de juízes e de procuradores e de promotores e próximo do vencimento de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), de R$ 26.713. Há 104 postos de técnicos legislativos, de nível médio, com salário inicial de R$ 14 mil. Para o cargo de policial legislativo (antigos seguranças), são 25 vagas.

    http://direito-do-estado.jusbrasil.com.br/noticias/2927929/sarney-autoriza-concurso-com-246-vagas-e-salarios-de-ate-r-24-mil

    ResponderExcluir
  22. Euler, bom dia!
    Ontem na minha escola a reunião foi muito interessante. Quando apresentamos para os pais o nosso lado da história, ou seja, a VERDADE. Eles ficaram indignados, pois viram e ouviram a propaganda ridícula do governo e nós abrimos o nosso contracheque desde 2009 até 2011. Colocamos ainda a disposição dos pais a contagem de tempo de serviço do ano de 2010. Onde não consta nenhuma falta. Assumimos o nosso compromisso em repor a carga horária referente a greve de 2011.
    No final ainda perguntamos a greve é culpa de quem? E eles responderam: DO GOVERNADORRRRRRRR.
    Amplexos,
    Elenice Vidal Prata
    Ps: enviei os slides da reunião p/ seu e-mail.

    ResponderExcluir
  23. Euler, amamos você e queremos você aqui. Mas você como advogado não ia perder uma! Você é genial! Temos o maior orgulho de você. A primeira ordem do dia na alta esfera do desgoverno deve ser ler o seu blog. O seu nome deve ir e vir lá no covil.Parabéns!

    Aí, "CIDADE INADMINISTRÁVEL" faça-nos rir um pouco logo após a corja ler o blog do Euler pela manhã.

    ResponderExcluir
  24. Há doze anos sou professora, deixei de trabalhar como auxiliar de contabilidade, na época recebia dois salários e meio (2,5) salários mínimos com nível técnico. Hoje tenho Licenciatura plena, pós-graduação e meu salário base: 567 reais.Ah... esse sonho de ser educadora!Não estou aguentando mais viver apenas de sonhos!
    E acredito que muitos estão na mesma situação: são educadores, não meramente por acaso, porém por determinação e sonho!Infelizmente mesmo dentre esses, uma grande parcela está desistindo... eu estou balanceada! Não sei quanto tempo ainda aguentarei essa situação!
    Mesmo diante desse desabafo, envio o meu abraço a todos os educadores de Minas e do Brasil.

    ResponderExcluir
  25. COMPANHEIROS (AS),o Jornal de Sâo Paulo que publicou a VERDADE sobre o salário do professor de Minas , é um jornal difícil de ser comprado. Lá o "ércio", não conseguirá comprar as matérias RETARDADAS que sua irmã divulga com costume fazer em Minas. Este ABOBALHADO esperto acha que Minas é quintal dele, vai quebrar a cara, como está acontecendo. Ele precisa de muitas muletas para ficar de pé, não tem competência assim também como o governador de nosso estado que é um medroso,desorganizado, feio, e com muitos vícios de fala ou seja mentiroso. Isto é pecado, uma falha de caráter, assim como suas ajudantes secretárias. NÃO SEI COM QUE DINHEIRO ELE ESTÁ VIAJANDO MUNDO AFORA. SERÁ QUE É O NOSSO PRÊMIO DE PRODUTIVIDADE? ESPERO QUE O JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO ENSINE AOS DEPUTADOS E GOVERNO DE MINAS A PRESTAR CONTAS DO QUE GASTA, PRINCIPALMENTE COM O DINHEIRO DO POVO. PARABÉNS TAMBÉM PARA O JORNAL O TEMPO QUE REPRODUZIU EM PARTE.Não podemos deixar cair no esquecimento o PISO SALARIAL NACIONAL.Abraços e até breve.

    ResponderExcluir
  26. EULER,PARABÉNS!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Cada manhã que abro essa biblía ,uma nova surpresa , textos maravilhos ,teor divino ,pois são mensagens verídicas .
    Deus o ilumina ! Força na luta , a vitória chegará .
    Seu texto de hoje tem que ir a público jornal conceituado onde a imprensa não se vende .
    Colegas , façam vaquinha nas suas cidades ,façam xérox e distribuam na escola ,nas igrejas , lojas ,sei lá mais onde .Vamos lá . Hoje ficarei a enviar esse texto para um grande número de pessoas. Grande abraço .

    ResponderExcluir
  27. Ê, Zé Carioca!

    http://www.youtube.com/watch?v=jm2_oW3t_qc&feature=related

    ResponderExcluir
  28. Danilo de Castro e o seu filho Rodrigo,
    Venham nos socorrer!Sou da Zona da Mata Mineira onde vocês conquistaram a maioria dos votos. Como nossos representantes, espero que atendam as reivindicações desta classe tão sofrida. Queremos o pagamento do Piso conforme tabela apresentada pelo SINDICATO,nada de subsídio.Estou de olho em vocês!

    ResponderExcluir
  29. Colegas ,por favor e-mail de Dilma -Presidenta , Ministro STF , GOROGONZOLA ,VILHENA ,
    PRESIDENTE DO SENADO , e mais que surtirem efeitos ,ponham aqui , hoje não farei mais nada ,só enviarei esse texto para esse bando de cretinos.
    Explico o porquê do pedido ,perdi minha lista e para ganhar tempo, ao invés de recorrer a vários sites , aqui fica fácil para eu copiar. Estou saindo agora apenas para comprar uma agenda para anotar esses preciosos endereços.
    Conto com a atenção de vcs . Grande abraço

    ResponderExcluir
  30. Blog
    Cobertura política, eleitoral, pesquisas e notícias do poder
    09h26 - 18/11/2011

    As frases de Ciro Gomes na entrevista à Folha e ao UOL
    A seguir, frases de Ciro Gomes ao programa "Poder e Política - entrevista" de ontem (17.nov.2011). Para ler a entrevista, aqui.

    Aécio Neves
    “O Aécio tem, na minha opinião, dois problemas (...) Um problema é ler pouco. Ele precisava compreender as coisas do país e formular. (...) O outro problema é de aliança”.

    Fonte: http://uolpolitica.blog.uol.com.br/arch2011-11-13_2011-11-19.html#2011_11-18_09_26_43-9961110-0

    ResponderExcluir
  31. Pena que é verdade...


    NÃO PRECISAMOS DE EDUCAÇÃO
    NÃO PRECISAMOS DE PROFESSORES
    AFINAL....
    PARA QUE SER UM PAÍS DE 1° MUNDO SE ESTÁ BOM ASSIM.
    Ronaldinho Gaúcho:R$ 1.400.000,00por mês.
    "Homenageado na Academia Brasileira de Letras" (LETRADO ELE)
    Tiririca: R$ 36.000,00por mês, fora os auxílios e mordomias.
    "Membro da Comissão de Educação e Cultura do Congresso"
    TRADUZINDO, O SALÁRIO DO PALHAÇO AÍ, PAGA O SALÁRIO DE 30 PROFESSORES, E PARA AQUELES QUE ACHAM QUE EDUCAÇÃO NÃO É IMPORTANTE, CONTRATEM O TIRIRICA PARA DAR AULA PARA SEUS FILHOS.
    Um funcionário da Sadia (nada contra) ganha hoje o mesmo salário de um ACT ou um professor iniciante, levando em consideração que, para trabalhar na empresa, você precisa ter o ensino fundamental, ou seja, de que adianta estudar, fazer pós e mestrado?
    Piso Nacional dos professores: R$ 1.187,00...
    Moral da História:
    Os professores ganham pouco, porque só servem para nos ensinar coisas inúteis como:
    Ler, Escrever e Pensar.
    Sugestão:
    Mudar a grade curricular das escolas, que passaria a ter as seguintes matérias:
    - Educação Física: Futebol
    - Música: Sertaneja, Pagode, Axé, Funk
    - História:
    Grandes Personagens da Corrupção Brasileira;
    Biografia dos Heróis do Big Brother;
    Evolução do Pensamento das "Celebridades".
    - História da Arte:De Carla Perez a Faustão
    - Matemática:
    Multiplicação Fraudulenta do Dinheiro de Campanha;
    Cálculo Percentual de Comissões e Propinas.
    - Português e Literatura:
    ??????????????????????? Para quê??????????? ???????????
    - Biologia, Física e Química:
    Excluídas por excesso de complexidade
    Está bom ou quer MAIS?!?!?!?!?!?!?!?!
    ESSE É O NOSSO BRASIL!!!!
    PASSEM ESTA MENSAGEM A TODOOOOOOOOOOOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS
    Olha o absurdo no Rio de Janeiro (que não é diferente no resto do Brasil)
    BOPE R$ 2.260,00........................ para Arriscar a vida;
    BombeiroR$ 960,00.....................para Salvar vidas;
    ProfessorR$ 728,00.....................para Preparar para a vida;
    MédicoR$ 1.260,00.......................para Manter a vida;
    E o Deputado Federal?
    Ganha R$ 26.700,00 para FERRAR a vida de todo mundo!
    (Envie, e faça parte desta campanha conscientizadora)

    ResponderExcluir
  32. Li Ko
    O Brasil, principalmente os mineiros, precisam saber disso:http://www.youtube.com/watch?v=RLdkp9PKhCw

    ResponderExcluir
  33. Precisamos ficar muito atentos na terça-feira... o governo conta com o nosso desanimo... vamos mostrar a ele quem somos... lotar a assembleia e impedir qualquer rasteira...
    Abraços a todos,
    Claudia

    ResponderExcluir
  34. Ainda tem a insegurança nas escolas estaduais que o governo não está nem aí....

    NOVO GLÓRIA
    Escola estadual é assaltada pela terceira vez
    Furtos ocorreram em 20 dias; funcionários estão com medo
    Publicado no Super Notícia em 18/11/2011Avalie esta notícia »

    jaqueline.araujo@supernoticia.com.br
    NotíciaComentários(2) CompartilheMais notícias

    Assaltantes arrombaram armário e jogaram objetos na sala de arquivo
    Em menos de 20 dias, a Escola Estadual São Salvador, no bairro Novo Glória, na região Noroeste de Belo Horizonte, já foi arrombada três vezes. A instituição já havia sido roubada em setembro deste ano. O último furto foi na madrugada de anteontem.

    Professores, profissionais administrativos e auxiliares de serviços gerais afirmam que estão trabalhando com medo e pedem mais segurança.

    Conforme a diretora Tânia Soraya Santos, os arrombamentos acontecem sempre na madrugada, e o prejuízo é grande. Ela contou que já foram roubados dois computadores (um deles foi levado anteontem), uma televisão de LCD, dois aparelhos de som, além de bolas e redes usadas durante as aulas de educação física. "As marcas dos vândalos estão espalhadas pela escola, quase todas as portas foram arrombadas, até as das salas de aula", disse.

    A instituição, que funciona em dois turnos e possui 320 alunos, não tem um sistema de segurança eletrônico nem vigia noturno. "Já solicitamos à Secretária Estadual de Educação (SEE) uma solução, mas ainda não recebemos uma resposta", disse a diretora.

    Segundo Tânia, outra preocupação da direção são os funcionários que precisam chegar à escola às 6h. "Eles estão com medo de chegar para trabalhar e acabarem sendo surpreendidos pelos criminosos, por causa do horário de verão, ainda está escuro nesse horário", disse.

    Mesma região
    No último dia 29 de outubro, uma chacina assustou moradores a poucos metros da escola nos bairros Glória e São Salvador. Um adolescente de 17 anos matou quatro pessoas e feriu 11 e colocou fogo em uma casa. Cinco dias depois do crime, o adolescente responsável pelos crimes foi preso. A namorada dele foi assassinada.
    Câmeras serão compradas
    Em nota, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) informou que já autorizou a compra de equipamentos de câmeras de vigilância para a Escola Estadual São Salvador. Ainda conforme a SEE, uma reunião entre a direção da instituição e o comando do 34º batalhão foi realizada, na última semana, para que medidas fossem tomadas garantindo a segurança na instituição.

    O tenente-coronel Idzel Fagundes, comandante do 34º batalhão, confirmou que a escola já está sendo monitorada pela polícia. "Infelizmente, não temos efetivo para manter uma viatura frequentemente na escola, mas estamos monitorando constantemente", disse.

    Ainda conforme Fagundes, o serviço de inteligência da PM busca identificar os suspeitos que estariam agindo na escola. "Esses arrombadores podem ser alguém que conhece a escola", disse.

    ResponderExcluir
  35. MEC reprova 683 faculdades; 85 delas se encontram em MG
    Entre universidades públicas que tiveram nota máxima, cinco são mineiras
    Publicado no Jornal OTEMPO em 18/11/2011Avalie esta notícia »

    NotíciaComentários(4) CompartilheMais notícias
    AA

    Brasília. O Ministério da Educação (MEC) reprovou a qualidade de 37,4% das instituições de ensino superior avaliadas na edição de 2010 do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Das 1.826 unidades que obtiveram nota na avaliação do ministério, que calcula o Índice Geral de Cursos (IGC), 683 receberam menção 1 e 2, as mais baixas numa escala que vai até 5. Entre elas, há 85 instituições que ficam em Minas Gerais.


    O ministério também divulgou o Conceito Preliminar (CPC) de 2.988 cursos submetidos ao exame. Nessa avaliação, 694, ou 23,2%, foram reprovados, segundo o mesmo critério de corte. Os dois índices são calculados mediante a avaliação do corpo docente, das instalações físicas, do projeto pedagógico e das notas dos alunos no Enade. Ou seja, o IGC é a nota da instituição e o CPC a do curso.


    No IGC, 27 instituições (1,47% das avaliadas) tiraram a nota máxima. Entre elas, estão as universidades federais do Rio de Janeiro (UFRJ), de Minas Gerais (UFMG) e do Rio Grande do Sul (UFRGS). O grupo seleto também inclui a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que nunca havia participado da avaliação.


    As instituições com notas baixas vão passar por supervisão do governo federal e podem ser alvo de medidas que variam do arquivamento de pedidos de abertura de novos cursos até o descredenciamento.
    Por outro lado, as 158 instituições bem-avaliadas (IGC 4 ou 5) que têm algum pedido de abertura de novos cursos em tramitação no MEC poderão ter autorização automática, sem necessidade de visitas. Entre as 12 universidades públicas que obtiveram a nota máxima do IGC, estão cinco mineiras - as universidades federais de Lavras (Ufla), de Minas Gerais (UFMG), de Viçosa (UFV), do Triângulo Mineiro (UFTM) e de Itajubá (Unifei).


    Foram 14 as áreas do conhecimento avaliadas no CPC. Dos cursos de enfermagem e de odontologia, quatro tiraram a nota máxima em cada área. Em agronomia, dez obtiveram nota máxima. E em farmácia, dois cursos obtiveram esse desempenho. Nenhum curso de medicina obteve nota 5 no CPC.

    Veja as 85 mineiras reprovadas no www.otempo.com.br.

    Supervisão é extendida a outras áreas
    Brasília. Pela primeira vez, o MEC decidiu fazer a supervisão em todos os cursos com conceitos ruins. Até então, as áreas que haviam merecido esse cuidado eram apenas direito, medicina e pedagogia. O aumento constante de cursos nas áreas de ciências exatas, no entanto, levou à adoção da supervisão desses cursos. "A metodologia que desenvolvemos com direito, medicina e pedagogia vai ser empregada agora em todas as áreas para corrigir ofertas abusivas e sem qualidade", afirmou o ministro Fernando Haddad (Educação).

    ResponderExcluir
  36. Segue materia....

    PUNIÇÃO
    Curso com conceito ruim perderá vaga
    Brasília. O Ministério da Educação vai cortar 50 mil vagas de cursos nas áreas de ciências médicas, administração e ciências contábeis que obtiveram conceitos ruins no Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (Sinaes).


    A medida já vale para o próximo ano, e os cortes representarão 20% do que é oferecido hoje nos processos seletivos, mas pode chegar a 65% nos casos das instituições com maiores problemas. Os cursos de medicina terão 446 vagas cortadas.


    Mais de 300 instituições também passarão por um processo de supervisão porque tiveram, nos últimos três anos, conceitos ruins como um todo. Entre elas, estão uma universidade, sete centros universitários e mais de 300 faculdades isoladas. As instituições terão suas vagas congeladas e, no caso dos centros e da universidade, perderão o direito de criar cursos e aumentar a oferta sem autorização anterior do ministério.

    ResponderExcluir
  37. Lista de escolas com notas de 1 E 2 em Minas Gerais

    CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE CONSELHEIRO LAFAIETE MG 2
    CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA MG 2
    CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES APRENDIZ MG 2
    CENTRO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA DE MACHADO MG 2
    CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA MG 2
    ESCOLA SUPERIOR EM MEIO AMBIENTE MG 2
    FACULDADE CENECISTA DE SETE LAGOAS MG 2
    FACULDADE CIDADE DE PATOS DE MINAS MG 2
    FACULDADE CIÊNCIAS DA VIDA MG 2
    FACULDADE DA SAÚDE E ECOLOGIA HUMANA MG 2
    FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE CATAGUASES MG 2
    FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE ITABIRITO MG 2
    FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DE MARIANA MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MONTES CLAROS MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DE PONTE NOVA MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DE UNAÍ - FACTU MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS DE DIVINÓPOLIS MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E HUMANAS DA CAMPANHA MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAIS MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAIS ALVES FORTES MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAIS DE BICAS MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAIS DE SANTOS DUMONT MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE CURVELO MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE ITABIRA MG 2
    FACULDADE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E GERENCIAIS DE OLIVEIRA MG 2
    FACULDADE DE DIREITO DE CONSELHEIRO LAFAIETE MG 2
    FACULDADE DE DIREITO DE ITABIRA MG 2
    FACULDADE DE DIREITO DE VARGINHA - FADIVA MG 2
    FACULDADE DE DIREITO E CIÊNCIAS SOCIAIS DO LESTE DE MINAS - FADILESTE MG 2
    FACULDADE DE DIREITO PADRE ARNALDO JANSSEN MG 2
    FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BOM DESPACHO MG 2
    FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS - FEAMIG MG 2
    FACULDADE DE ENGENHARIA DE PASSOS MG 2
    FACULDADE DE ESTUDOS ADMINISTRATIVOS DE MINAS GERAIS - FEAD-MG MG 2
    FACULDADE DE FILOSOFIA CIÊNCIAS E LETRAS PROFESSORA NAIR FORTES ABU-MERHY MG 2
    FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE BOA ESPERANÇA MG 2
    FACULDADE DE MEDICINA DE BARBACENA MG 2
    FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ MG 2
    FACULDADE DE MINAS BH MG 2
    FACULDADE DE NANUQUE MG 2
    FACULDADE DE SABARÁ MG 2
    FACULDADE DE SAÚDE E DESENVOLVIMENTO HUMANO SANTO AGOSTINHO MG 2
    FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA MG 2
    FACULDADE DE TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS MG 2
    FACULDADE DE TECNOLOGIA INED - UNIDADE LAGOA DA PAMPULHA MG 2
    FACULDADE DE TECNOLOGIA NOVO RUMO MG 2
    FACULDADE DO NOROESTE DE MINAS MG 2
    FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE BELO HORIZONTE MG 2
    FACULDADE INFÓRIUM DE TECNOLOGIA MG 2
    FACULDADE INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS MG 2
    FACULDADE KENNEDY MG 2
    FACULDADE MINAS GERAIS MG 2
    FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE AIMORÉS MG 2
    FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE IPATINGA MG 2
    FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE LEOPOLDINA MG 2
    FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE MONTES CLAROS MG 2
    FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE TEÓFILO OTONI MG 2
    FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE UBERLÂNDIA MG 2

    ResponderExcluir
  38. Segue lista.....
    FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE UBERLÂNDIA MG 2
    FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE VÁRZEA DA PALMA MG 2
    FACULDADE PROMOVE DE MINAS GERAIS MG 2
    FACULDADE PROMOVE DE SETE LAGOAS MG 2
    FACULDADE SÃO CAMILO MG 2
    FACULDADE SETELAGOANA DE CIÊNCIAS GERENCIAIS MG 2
    FACULDADE SUDAMÉRICA MG 2
    FACULDADE VERDE NORTE MG 2
    FACULDADES INTEGRADAS ASMEC MG 2
    FACULDADES INTEGRADAS DE CARATINGA MG 2
    FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA MS 2
    FACULDADES INTEGRADAS DE CATAGUASES MG 2
    FACULDADES INTEGRADAS DO NORTE DE MINAS - FUNORTE MG 2
    FACULDADES INTEGRADAS DO OESTE DE MINAS MG 2
    FACULDADES UNIFICADAS DOCTUM DE LEOPOLDINA MG 2
    INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE MINAS GERAIS MG 2
    INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR INTEGRADO-IESI MG 2
    INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR JOÃO ALFREDO DE ANDRADE MG 2
    INSTITUTO MACHADENSE DE ENSINO SUPERIOR MG 2
    INSTITUTO METROPOLITANO DE ENSINO SUPERIOR MG 2
    INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS DE ABAETÉ MG 2
    INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ANÍSIO TEIXEIRA MG 2
    INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE ITUIUTABA MG 2
    INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO ELVIRA DAYRELL MG 2
    INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO IBITURUNA MG 2
    INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO MONTES CLAROS MG 2
    INSTITUTO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA DE ITUIUTABA MG 2
    UNIVERSIDADE VALE DO RIO VERDE MG 2

    ResponderExcluir
  39. Sem Aécio, Fernando Pimentel lidera corrida para o Estado

    Ministro petista é o mais citado em pesquisa estimulada para o Governo sem a presença do senador Aécio Neves

    Lucca Figueiredo - Do Hoje em Dia - 16/11/2011 - 07:38

    ANTONIO CRUZ/ABR

    Ex-prefeito e ministro de Dilma é favorito em um pleito sem Aécio Neves


    Sem o senador Aécio Neves (PSDB), o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel (PT), aparece como favorito na disputa pelo Governo de Minas. É o que aponta a primeira pesquisa Sensus, obtida com exclusividade pelo Hoje em Dia, sobre as eleições de 2014. O levantamento estimulado mostra que Pimentel teria 35% dos votos se as eleições fossem hoje.

    O cenário colocou como adversários de Fernando Pimentel sete políticos, com destaque para o atual prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), que foi citado por 8,7% dos entrevistados, e o senador Clésio Andrade (PR), que teve 4,2%. Os outros não atingiram 4% dos votos.

    Pimentel lidera ainda em outros dois cenários. No primeiro, tem quase 42% dos votos, contra Lacerda (10,9%); e professor Luiz Carlos, do PSOL, com 4,8%. No outro, a vantagem é ainda maior: 46,5%, contra 5,6% de Vanessa Portugal (PSTU); e 3,5% do atual vice-governador, Alberto Pinto Coelho (PP).

    “O quadro é bastante positivo neste momento para o Pimentel. É claro que a gente precisa levar em consideração a questão de um candidato do Governo, que poderá ser Aécio Neves. Porém, o projeto dele é disputar a Presidência”, afirmou o diretor-presidente do Instituto Sensus, Ricardo Guedes.

    Para ele, apesar da distância para a eleição, a pesquisa reflete uma tendência. “Ainda é cedo para cravar qualquer situação e é preciso lembrar que ainda teremos eleições municipais no ano que vem. Mas de certa forma, já é possível traçar vários cenários.”

    A pesquisa analisou ainda o cenário sem a presença de Pimentel e de Aécio. Neste caso, o líder foi o prefeito, Marcio Lacerda, que teve 21,9% dos votos. O segundo foi Clésio Andrade, com 10%; e em terceiro ficou Vanessa Portugal, com 8,6%.

    Quando o assunto é segundo turno, mais uma vez Pimentel aparece com destaque. Na simulação contra Lacerda ele venceria com folga: 44% contra 15%. O levantamento fez ainda outras três simulações sem a presença de Pimentel. Em duas, Clésio Andrade levou a melhor, contra Pinto Coelho e o deputado federal Marcus Pestana (PSDB). Na outra, Lacerda venceria Clésio.

    O Sensus ouviu 1.500 moradores de 53 cidades mineiras, entre os dias 3 e 7 de novembro. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa não foi registrada no TRE-MG porque o prazo só começa em janeiro do próximo ano.

    ResponderExcluir
  40. Somente cinco faculdades mineiras obtiveram nota máxima

    Apenas 27 das 2.176 instituições de Ensino Superior avaliadas Enade 2010 receberam nota máxima. Destas, cinco são instituições federais Minas

    Do Portal HD* - 17/11/2011 - 17:40

    Em todo território nacional, apenas 27 das 2.176 instituições de Ensino Superior avaliadas no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2010 receberam nota máxima. Segundo dados do Ministério da Educação (MEC) divulgados nesta quinta-feira (17), somente 1,47% do total de instituições que obtiveram conceito na avaliação que leva em conta a nota dos alunos ingressantes e concluintes no exame, além de características do corpo docente, das instalações físicas e do projeto pedagógico, estão em nível de excelência (350 ficaram sem nota por falta de algum conceito).

    Entre as 27 que receberam o conceito máximo, cinco são instituições federais mineiras. A mais bem colocada no ranking é a Universidade Federal de Lavras (UFLA), que ficou em 12º lugar, seguida pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em 18º, Fundação Universidade Federal de Viçosa (UFV), em 21º, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), em 26º, e Universidade Federal de Itajubá (Unifei), 27º.

    Cada curso e cada instituição avaliados pelo Enade receberam uma nota em uma escala de 1 a 5 – o CPC para os cursos e o IGC para as instituições. As notas obtidas são classificadas em conceitos aproximados, sendo que 1 e 2 são considerados desempenho insatisfatório; 3, razoável; e 4 e 5, bom.

    Entre as melhores – que obtiveram conceito 4 e 5 –, 16 são públicas e 11 são particulares. A instituição que atingiu a maior nota (4,89) foi a Escola Brasileira de Economia e Finanças (Ebef), do Rio de Janeiro, vinculada à Fundação Getúlio Vargas (FGV).

    Neste ano, 683 instituições tiveram desempenho ruim, 37,4% do total das que obtiveram nota. Nove instituições tiraram nota 1 e 674 ficaram com nota 2. A instituição que teve a menor pontuação foi Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP), que obteve somente 0,57.

    Em 2010, o Enade avaliou 4,1 mil cursos de graduação de agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social, terapia ocupacional e zootecnia.

    Tiveram nota máxima 58 cursos e nota abaixo da média 594 cursos. As graduações com desempenho insatisfatório (notas 1 ou 2) serão supervisionadas pelo MEC.

    ResponderExcluir
  41. Olha aí a mentirada começando....


    Tucano bem na Presidência

    Em cenário sem Lula, senador mineiro aparece na frente da presidente Dilma na corrida pelo Planalto

    Lucca Figueiredo - Do Hoje em Dia - 16/11/2011 - 03:40

    A primeira pesquisa Sensus para as eleições de 2014 aponta que o senador Aécio Neves (PSDB) é favorito nas disputas pelo Governo do Estado e pela Presidência. De acordo com o cenário espontâneo, o senador lidera a corrida no Estado. Já na estimulada para a Presidência, no cenário com a presidente Dilma Rousseff (PT) e sem o ex-presidente Lula, o tucano também lidera.

    Na disputa pela Presidência, Aécio teria 45,1% da preferência dos mineiros, contra 34,8% de Dilma. Também foram citados Marina Silva (sem partido), que teve 11%, e Eduardo Campos (PSB), com apenas 1%.

    "Aécio será peça chave do processo e caminha para ter um espaço importante. Vale ressaltar que tudo leva a crer que a presidente Dilma será candidata. O próprio ex-presidente Lula já declarou isso em uma visita a Belo Horizonte. Isso pode ser bom para Aécio, mesmo com um bom Governo até agora de Dilma, em que a imagem dela não é afetada pelos escândalos e pelo contrário, ganha em credibilidade", afirmou Ricardo Guedes.

    Aécio só é ameaçado em Minas neste momento se o presidente Lula estivesse na disputa. Neste caso, o petista teria vantagem em relação ao tucano: 46% contra 36% de Aécio. Nesse caso, Marina teria 8%, e Campos 2%. O cenário se repete nas disputas pelo segundo turno. Em Minas, Aécio venceria Dilma, mas perderia para Lula. A pesquisa analisou a possibilidade do tucano voltar a concorrer ao Governo. Nesse caso, ele teria 11,1% contra 2,6% de Fernando Pimentel (PT). (LF)

    ResponderExcluir
  42. Euler,

    Parabéns à colega Kátia, de João Monlevade, pela criatividade em elaborar um material tão didático para trabalhar com a comunidade escolar.
    Obrigado a você, por tê-lo enviado via e-mail, atendendo ao meu pedido. Vou estudá-lo, com carinho, e peço autorização à Kátia para eu fazer algumas adaptações à realidade da minha escola, onde haverá módulo dia 26 e eu quero levantar uma boa discussão com os colegas.

    Um abraço.

    Joaquim

    ResponderExcluir
  43. Beatriz, bota pra quebrar aí no seu Blog, a exemplo do Professor Euler. Vida de blogueiro não é facil, não, minha filha. Já estamos achando que o nosso Euler dorme menos que o necessário, para se manter saudável, e isso nos preocupa. Já que você criou um Blog, disponha-se a fazê-lo funcionar! Não tem tempo? Arrume uma pessoa aí, que tenha, dê as coordenadas e bola pra frente!
    Por que um advogado do Sind Ute não escreve uma matéria para o Blog? Por que vocês não aproveitam a oportunidade e publicam um artigo no Folha? Acho que o Sind tem fundos para isso.
    É assim, Bia: quem está na chuva é pra se molhar!!!
    Espero que você leia aqui, porque no seu Blog, sei não,viu...
    Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  44. Já estão saindo pesquisas sobre a candidatura de Aécio para presidente e Pimentel para o governo...engraçado que neste momento não sai nenhuma sobre a aprovação do governo Anastasia, nem sai como seria o cenário Anastasia X Pimentel. Pelo visto Anastasia já era. Ruim é ter que aguentá-lo mais 3 anos. Pobre Minas.

    ResponderExcluir
  45. Euler,
    O que é o PeticaoPublica.com.br?

    O site PeticaoPublica.com.br, fornece alojamento online gratuito para petições públicas.Entrem no site e confiram.
    Você poderia fazer a redação do texto para o abaixo-assinado que tanto temos falado aqui?

    ResponderExcluir
  46. abaixo assinado não resolve muita coisa não... sem contar que é preciso muita propaganda para ter um número razoável de assinaturas.

    ResponderExcluir
  47. Eu estou irritado com uma coisa...

    Estou besta com a passividade do sindicato. Cadê os advogados para se pronunciarem? Com quais processos entraram? Qual são as coordenadas e o que está havendo de fato?

    ResponderExcluir
  48. Vamos descontrair e rir um pouco...

    CIDADE INADIMINISTRÁVEL
    18/11/11, 13:20

    A CONFUSÃO É TOTAL

    Nesta sexta-feira, 18/11/11 está o maior alvoroço na CIDADE INADIMINISTRÁVEL.
    Uma reunião é marcada às pressas e dela participam Vampréia Gelo, irmã do Zé carioca, o senador do rio, renatinha ingrata e mentirosa, o MARO, a sapuda e “daquilo castrado”.
    ... estão falando na maior altura, Vampréia toma a palavra e diz que precisa de disponibilidade de recursos para investir na compra de uma folha de sp,
    ... renatinha ingrata e mentirosa então diz que com os recursos que estão sendo captados de outra folha, a folha de pagto dos professores e pode fazer um bom volume de recurso e disponibilizá-lo para o manuseio da Vampréia na imprensa,
    ... então a sapuda diz que, precisamos também de dar um jeito nesses professores e no blog do Euler, que fica o dia inteiro falando e contando para todo o mundo sobre a nossa DEDICAÇÃO à educação,
    ... já o 'daquilo castrado" falou que o importante é enganar, mentir descaradamente, surrupiar, trair, falsear, formar um ambiente propício e embolar as coisas, compromisso com nada, SOMENTE COM NÓS,
    ... Vampréia Gelo toma a palavra novamente e diz que TEMOS QUE CONTINUAR O PROJETO DE PODER PARA 2014, não podemos decepcionar o mano, “zé carioca”, senador do rio,
    ... “daquilo castrado” pede ao serviçal uma garrafa de pinga e diz que prá ele ta tudo bem, concordo com tudo e enquanto vocês terminam a reunião vou tomar umas...
    ... terminando a reunião ficou decidido que o MARO dará uma entrevista na rádio da Iaiá e falará o máximo de mentiras que puder,
    ... mas o MARO diz, não esqueçam dos meus supositórios ROLHEX GG, viu?

    Da CIDADE INADIMINISTRÁVEL,
    Repórter do blog do Euler.

    ... voltaremos em breve.

    OBS: aqui continua fedendo demais.

    ResponderExcluir
  49. Anônimo das 13:27

    Se quiser descontrair bem é só ver o vídeo da entrevista com o governador rsrs...

    ResponderExcluir
  50. Euler em Minas nós temos Lei sobre assédio moral. Veja a seguir
    Lei Complementar na Assembleia Legislativa de Minas Gerais
    Lei Complementar nº 117, de 11 de JANEIRO de 2011. Dispõe sobre a prevenção e a punição do assédio moral na administração pública estadual de Minas Gerais
    (...)
    Art. 2° Considera-se agente público, para os efeitos desta Lei Complementar, todo aquele que exerce mandato político, emprego público, cargo público civil ou função pública, ainda que transitoriamente ou sem remuneração, por eleição, nomeação, designação ou sob amparo de contrato administrativo ou qualquer outra forma de investidura ou vínculo, no âmbito da administração pública.

    Art. 3° Considera-se assédio moral, para os efeitos desta Lei Complementar, a conduta de agente público que tenha por objetivo ou efeito degradar as condições de trabalho de outro agente público, atentar contra seus direitos ou sua dignidade, comprometer sua saúde física ou mental ou seu desenvolvimento profissional.

    § 1° Constituem modalidades de assédio moral:


    desqualificar, reiteradamente, por meio de palavras, gestos ou atitudes, a autoestima, a segurança ou a imagem de agente público, valendo-se de posição hierárquica ou funcional superior, equivalente ou inferior;
    desrespeitar limitação individual de agente público, decorrente de doença física ou psíquica, atribuindo-lhe atividade incompatível com suas necessidades especiais;
    preterir o agente público, em quaisquer escolhas, em função de raça, sexo, nacionalidade, cor, idade, religião, posição social, preferência ou orientação política, sexual ou filosófica;
    atribuir, de modo frequente, ao agente público, função incompatível com sua formação acadêmica ou técnica especializada ou que dependa de treinamento;
    isolar ou incentivar o isolamento de agente público, privando-o de informações, treinamentos necessários ao desenvolvimento de suas funções ou do convívio com seus colegas;
    manifestar-se jocosamente em detrimento da imagem de agente público, submetendo-o a situação vexatória, ou fomentar boatos inidôneos e comentários maliciosos;
    subestimar, em público, as aptidões e competências de agente público;
    manifestar publicamente desdém ou desprezo por agente público ou pelo produto de seu trabalho;
    relegar intencionalmente o agente público ao ostracismo;
    apresentar, como suas, idéias, propostas, projetos ou quaisquer trabalhos de outro agente público;
    (Vetado)
    (Vetado)
    (Vetado)
    valer-se de cargo ou função comissionada para induzir ou persuadir agente público a praticar ato ilegal ou deixar de praticar ato determinado em lei.
    (...)

    ResponderExcluir
  51. Pedro Paulo G. Teixeira - Gov. Valadares18 de novembro de 2011 13:52

    Temos que nos manifestar de todas as formas possíveis. Agora eu sempre dou aula com isto em cima da mesa:

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=1644173600424&set=a.1524464687776.47330.1719399897&type=3&theater

    Também entregarei isto a cada aluno, para que leia e leve para a família:

    http://www.facebook.com/note.php?note_id=1644200961108

    Quando nós explicamos, eles não hesitam e se colocam imediatamente do nosso lado. Temos que trabalhar na base de sustentação desses políticos vampiros, o eleitorado. Ainda quero fazer a lista com os deputados que nos defendem e os que nos traem.

    ResponderExcluir
  52. O pessoal não pode esquecer que ocorreu uma costura política entre Aécio Neves (PSDB) e Fernando Pimentel (PT), para implementar uma governabililidade para Minas Gerais e também lançarem um candidato palatável aos seus interesses com visão empresarial para que fosse o prefeito de B.H. Márcio Lacerda (PSB).
    Portanto, minha gente (bordão de Fernando Collor de Mello, o colorido), vamos devagar com o andor porque o santo é de barro e se cair quebra.

    ResponderExcluir
  53. A NOVELA DO PISO SALARIAL DOS PROFESSORES EM MINAS CONTINUA ...

    -Negociação da Educação adiada de novo. Sec. Danilo de Castro remarcou a reunião de hoje com deputados para a próxima segunda feira, 15h30.

    -Segundo o Sec. Danilo de Castro a reunião foi desmarcada p/ que o governo possa apresentar a proposta mais completa.

    -Segundo informações de fonte do Sindicato do Jornalistas as propagandas veiculadas nesse fim de semana e feriado não ficaram menos de 8 milhões, para nos chamar o SINDUTE _ MG e os PROFESSORES de mentirosos, atribuindo a nós a culpa pela divida que o estado vem contraindo com sua má administração. Choque de Gestão, serviu para que? Cadê o deficit ZERO?

    -Vamos repensar as atitudes do nosso GOVERNADOR e ver quem tem razão, se aulas não tivessem sido repostas, teria encerrado o letivo? Alguém omite informações, preste atenção, fiquem atentos, com as más informações.

    ResponderExcluir
  54. Alguma novidade por parte do governo?

    ResponderExcluir
  55. E as idéias de impeachment do coisa ruim do governador? O povo desanimou? Vamos criar uma petição no site www.peticaopublica.com.br e arrumar as assinaturas.

    E as ações na justiça???

    ResponderExcluir
  56. Gente ,vá ao portal do servidor -17/11/08 , não li para não enfartar,Minas está desgovernada por um louco ,insano ,mentiroso , isto? É PSDB , satãnazia precisa de camisa de forca ,bem como renatinha mentirosa ,gorgozolla incopetente bom.................... eles destruiram para sempre essa raça ordinária ,PSDB
    .Quero mais que eles se danem . Não tiveram berço ,mãe . e por ai vai..... foi fono ,foi fono ................

    ResponderExcluir
  57. O P$DB de São Paulo sai na frente, o que uma mídia séria pode fazer em favor da sociedade, eh? Dois dias após a notícia do folha...

    http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,camara-de-sp-aprova-piso-de-r-2600-para-professor,796249,0.htm

    ResponderExcluir
  58. 18/11/2011 - 07h00
    Ciro Gomes vê fim da aliança com PT e quer ser candidato em 2014

    FÁBIO BRANDT
    DE BRASÍLIA

    O ex-candidato a presidente da República, Ciro Gomes, afirmou nesta quinta-feira (17) que é "natural" que seu partido, o PSB rompa a aliança com o PT no plano nacional. Ciro disse também que só disputa nova eleição se for para concorrer a presidente da República. Ele já concorreu ao cargo em 1998 e 2002.

    Veja galeria de fotos da entrevista
    Leia a transcrição da entrevista de Ciro Gomes à Folha e ao UOL

    O político falou ao programa "Poder e Política - Entrevista", conduzido pelo jornalista Fernando Rodrigues no estúdio do Grupo Folha em Brasília. O projeto é uma parceria do UOL e da Folha.

    Ácido, o político criticou o PT, de quem se diz um "admirador frustrado". Afirmou que o partido de Lula e de Dilma Rousseff deixou "tudo dominado", de sindicatos ao grupo narcotraficante ADA (Amigos dos Amigos).

    "Cooptou tudo o que é, aspas, sociedade civil organizada no Brasil", afirmou. "Tudo. Centrais sindicais, movimento estudantil. 'Tá tudo dominado'. Agora até a ADA, Amigos dos Amigos que era lá do Nem [traficante preso em operação da policia do Rio] na Rocinha acabou-se também. Então os movimentos de trabalhadores e de estudantes no Brasil estão acéfalos."

    Sobre a oposição, Ciro disse considerar José Serra e Geraldo Alckmin, ambos do PSDB, fora da disputa para presidente da República. Já sobre Aécio Neves, também tucano, Ciro aponta dois problemas: um deles é "ler pouco". O outro é conseguir uma aliança para se viabilizar.

    Ciro falou também sobre crise econômica, eleições municipais e outros assuntos.

    A seguir, trechos em vídeo da entrevista de Ciro Gomes. Mais abaixo, vídeo com a íntegra da entrevista. A transcrição está disponível em texto.

    ResponderExcluir
  59. Professor Euler,

    PARABÉNS PELAS 1.300.000 VISITAS A ESTE BLOG.

    BLOG DE UTILIDADE PÚBLICA PARA OS PROFESSORES DE MINAS GERAIS.

    BLOG DEMOCRÁTICO.

    OBRIGADO PELAS OPORTUNIDADES E LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

    ResponderExcluir
  60. Acompanhe a Folha.com no Twitter
    17/11/2011 - 19h15
    Deputados 'atropelam' reforma política e aprovam pacote eleitoral

    MARIA CLARA CABRAL
    DE BRASÍLIA

    A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara aprovou projetos relacionados à legislação eleitoral. São propostas que fazem pequenas mudanças na lei do país, como o endurecimento da pena para compra de votos e a emissão de sinal sonoro pelas urnas.

    Com as votações, a tendência é que uma ampla reforma política, que está sendo discutida em uma comissão especial com o financiamento público de campanha e mudança no sistema de votação, perca fôlego na Câmara.

    Entre os projetos aprovados, está o que aumenta a pena de reclusão para o crime de compra de votos para até seis anos de reclusão. A pena atual é de quatro anos.

    Já o que trata da emissão de sinal sonoro, diz que as urnas eletrônicas de votação devem indicar ao eleitor cada cargo a ser votado.

    Outra proposta aprovada proíbe governadores e prefeitos de anteciparem ou postergarem feriados para coincidir com o fim de semana das eleições. Em outro projeto, fica obrigada a vinculação do nome dos suplentes de senador com o mesmo destaque dado ao nome do candidato à cadeira no Senado, proibindo a divulgação da imagem do titular desacompanhada da imagem dos suplentes.

    Há também uma proposta aprovada que trata de casos de empate nas eleições proporcionais. Segundo o texto aprovado, será eleito o candidato com o maior tempo de filiação partidária. Outro projeto determina que o horário político que houver sido perdido por partido ou coligações, por ter cometido infrações, e que não for destinado a direito de resposta, será utilizado pela Justiça Eleitoral.

    A instalação, em época de eleição, de painéis móveis em terminais de transporte coletivo e estações de trens, metrôs e barcas também ficariam permitidos de acordo com projeto aprovado. Esses painéis deveriam conter lista de candidatos e principais propostas de cada partido para os cargos em disputa.

    Os projetos ainda precisam ser votados pelo plenário.

    Na sessão da CCJ, os deputados ainda rejeitaram projeto que proíbe a divulgação de resultados de pesquisas eleitorais por qualquer meio de comunicação.

    MERCOSUL

    Outra proposta aprovada pela CCJ foi a que estabelece normas para eleição de parlamentares brasileiros para o Parlamento do Mercosul em 2014. O texto diz que serão eleitos 74 parlamentares pelo sistema de lista fechadas dos partidos. Os candidatos não poderão disputar outra eleição no mesmo pleito.

    As normas permanentes para as eleições do Parlasul só serão definidas após a realização do pleito de 2014.

    O texto aprovado também estabelece que o financiamento das campanhas dos candidatos ao Parlasul será exclusivamente público, tendo que a lei orçamentária incluir dotação específica para esses gastos.

    ResponderExcluir
  61. Alunos da USP mantêm greve e adiam eleições do DCE
    PUBLICIDADE

    RAFAEL SAMPAIO
    COLABORAÇÃO PARA A FOLHA
    ROBERTO DE OLIVEIRA
    DE SÃO PAULO

    Numa assembleia calorosa, que durou ao menos quatro horas, os estudantes da USP decidiram pela manutenção da greve iniciada na semana passada e pelo adiamento das eleições para o DCE (Diretório Central dos Estudantes) para março do ano que vem. A votação estava marcada para a semana que vem.

    Duas mil pessoas participaram da assembleia, segundo o DCE. Uma nova reunião marcada para a próxima quarta-feira (23) pode mudar o quadro atual. A greve de alunos foi decretada na semana passada, após a desocupação da reitoria da universidade.

    Precisa ter uma discussão democrática sobre a USP na mídia

    Thiago Aguiar, aluno de ciências sociais, diretor do DCE, e membro da chapa Não Vou Me Adaptar, afirma que a eleição precisa de uma participação igualitária e que, com a greve, algumas faculdades ficam esvaziadas. "Precisamos de mais tempo de debate para realizar a eleição do DCE".

    Rodrigo Souza Neves, aluno de gestão de políticas públicas, critica a decisão. "Foi uma manobra política da gestão do DCE adiar a votação", ele é integrante da chapa Reação.

    A crise da USP foi deflagrada após três alunos serem pegos com maconha no campus. Colegas tentaram impedir a prisão. Houve confronto. Os grevistas dizem que a tensão com a PM era anterior, causada por abordagens consideradas "intimidadoras".

    Ontem, estudantes em greve realizaram uma passeata na Cidade Universitária. Cerca de 200 pessoas protestaram contra a presença da PM no campus.

    O protesto saiu da reitoria, onde havia quatro carros da polícia. Depois, passou por outras unidades, incluindo a FEA (Faculdade de Economia, Administração e Contablidade), contrária à greve. Nesse momento, os grevistas gritaram: "Que vergonha achar que a greve é por causa da maconha".

    Estudantes queriam realizar ontem uma reunião com o reitor João Grandino Rodas a fim de discutir a segurança no campus. O DCE (Diretório Central dos Estudantes) enviou o convite ao reitor durante o feriado prolongado.

    Em nota, a reitoria disse ter recebido o convite, por e-mail, apenas às 19h42 de ontem, motivo pelo qual Rodas não poderia comparecer.

    A reitoria disse que Rodas concorda em "receber grupo de delegados para conversar (...) em local e hora a serem mutuamente acordados".

    ResponderExcluir
  62. Adolescentes fazem duas professoras reféns na Fundação Casa
    PUBLICIDADE

    COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

    Um grupo de adolescentes internados na Fundação Casa de Guaianases (zona leste de São Paulo) renderam duas professoras reféns na manhã desta sexta-feira.

    Segundo a assessoria da fundação, o ato de indisciplina começou às 10h30 e foi controlado pelos próprios funcionários da unidade por volta das 11h30. Os internos teriam usado a força física para ameaçar as duas professoras.

    Houve tumulto, e dois funcionários tiveram escoriações na tentativa de conter os adolescentes.

    Ainda de acordo com a Fundação Casa, a polícia foi acionada, mas não precisou entrar no local.

    A Corregedoria abriu uma sindicância para investigar as causas do ato e os responsáveis pelo tumulto. O Grupo de Apoio também está no local para revistar os internos e as dependências da unidade.

    O local abriga atualmente 44 internos, exatamente a capacidade máxima da fundação em Guaianases.

    ResponderExcluir
  63. Vai lá no portal do servidor e dorme com essa mentirada toda....


    Palavra do Governador destaca política de remuneração para os servidores

    Qui, 17 de Novembro de 2011 09:40

    No Palavra do Governador desta semana, Antonio Anastasia destaca o esforço feito pelo Governo do Estado para valorizar o servidor público. Em 2003, o Estado de Minas Gerais gastou R$ 7,5 bilhões com despesas de pessoal. Em 2011, estes gastos chegarão a R$ 19 bilhões. “Acho fundamental a valorização dos servidores. Muitas vezes nós não conseguimos conceder os reajustes que são pleiteados exatamente pela impossibilidade financeira do Tesouro. Mas esses números são a comprovação de que nós conseguimos um aumento expressivo”, afirma o governador.

    Anastasia cita também o reajuste concedido aos servidores da educação. Só para essa categoria, o gasto com a folha de pagamento aumentou de R$ 3,3 bilhões para R$ 7,7 bilhões entre 2003 e 2010. “E agora em 2011 um novo aumento foi concedido de cerca de R$ 1,4 bilhão, o que representa um grande impacto na carreira da educação. É uma carreira fundamental. São cerca de 400 mil pessoas que estão no sistema da educação pública de Minas Gerais trabalhando tão bem que ao longo dos últimos anos Minas Gerais tem ocupado os primeiros lugares de todos os indicadores de qualidade do ensino feitos no Brasil”, ressalta o governador.

    Antonio Anastasia fala ainda da política remuneratória para os servidores da Educação e afirma que Minas cumpre o Piso Nacional dos professores. “Nós adotamos o valor de R$ 1.320,00 para o professor de nível superior para 24 horas semanais. Como a exigência federal é para 40 horas semanais, isso significa que esse valor pago em Minas é 85% a mais do que o exigido pela legislação federal”, conclui.



    Para ver a entrevista na íntegra clique aqui.

    ResponderExcluir
  64. Boa tarde, turma do combate!
    Gostaria de saber um pouco mais sobre a Associação dos Supervisores ( AMISP ). Se algum colega for associado ou tiver mais informações, favor publicar no blog do Euler, pois tenho interesse em fazer parte da associação e manter contato com colegas supervisores.
    Acioni

    ResponderExcluir
  65. OFICIALMENTE, MENTE E NEM SENTE!
    Antonio Anastasia fala ainda da política remuneratória para os servidores da Educação e afirma que Minas cumpre o Piso Nacional dos professores. “Nós adotamos o valor de R$ 1.320,00 para o professor de nível superior para 24 horas semanais. Como a exigência federal é para 40 horas semanais, isso significa que esse valor pago em Minas é 85% a mais do que o exigido pela legislação federal”

    https://www.portaldoservidor.mg.gov.br/index.php

    ResponderExcluir
  66. OBSERVANDO A TABELA DA FOLHA DE SAO PAULO , É FÁCIL E TRISTE PERCEBER COMO ESTAMOS RECEBENDO MAL...MINAS ESTÁ FECHADA,UMA ADMINISTRACAO ESCONDIDA,COM MEDO QUE A VERDADE SEJA DESCOBERTA. OS DADOS NAO SAO REAIS,HÁ O COMPROMETIMENTO POLÍTICO E PUXA-SACO ENTRE AQUELES QUE DEVERIAM AGIR BASEADO NA VERDADE E PARA A VERDADE.

    ResponderExcluir
  67. Euler,

    Parabéns! Atingir este número ( 1 milhão e trezentas mil) visitas em um blog, não é pra qualquer um. Você tornou-se referência no Estado.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  68. ATÉ QUE DIA VAI ESSA OPERAÇÃO TARTARUGA, É SÓ ESSA SEMANA?

    ResponderExcluir
  69. É o seguinte, não dá mais pra esperar, esse lance de esperar até segunda uma proposta mais completa, já era, queremos ver o piso no nosso contra cheque,. Quero saber de enrolação não. #forasatanastasia

    ResponderExcluir
  70. Caros colegas:
    Ontem levei cópia da matéria publicada na Folha de São Paulo para trabalhar leitura e produção de texto com meus alunos. A indignação foi total. Alguns, na rebeldia e revolta próprias do adolescente diziam que o governador deveria ser tratado como os ditadores que recentemente foram depostos dos cargo e ainda mencionaram as imagens de Kadafi, dizendo que aquilo seria pouco para o governador. Eu lhes disse:
    - Calma, moçada, somos de paz. Só estamos reivindicando um direito que é nosso. Temos uma Constituição, leis a serem respeitadas e um Poder Judiciário encarregado de colocá-las devidamente em prática. O garoto responde:
    - com tudo isso, o governador ainda insiste em prejudicar vocês, professora? Então nada funciona nesse estado, o jeito é radicalizar.
    Não é isso o que queremos, senhor governador. Pare de dizer inverdades para a população, porque o seu mundo para o povo é distante, quase virtual, a nossa realidade junto ao povo é concreta, palpável. Todos, comerciantes, prestadores de serviço convivem diariamente com a nossa fragilidade financeira. O Senhor pensa que engana quem?

    ResponderExcluir
  71. Euler, estamos em Montes Claros tentando boicotar o SIMAVE, mas a subsede daqui informou que essa não é uma atitude que deveria ser levada adiante pois poderia influenciar negativamente em nossa vida funcional(queria entender em que esse simave me ajudou até agora). As diretoras estão praticamente nos forçando a aplicar essas provas (105% de aumento para quem não trabalha e rala como professor abanar o rabo para esse patife é café pequeno). Agora estão dizendo que essa proposta do boicote é coisa sua que não foi ideia do sindicato, mas li essa sugestão no blog da Beatriz.

    ResponderExcluir
  72. Olá, pessoal da luta!

    Ao combativo colega de Montes Claros das 17:20,

    Eis o texto que se encontra no site oficial do sindicato:

    "Educadores/as definem estratégias para conquistas da categoria

    Em Assembleia Estadual realizada nessa quinta-feira (10/11), no pátio da Assembleia Legislativa, trabalhadores/as em educação decidiram adotar estratégias de pressão para o cumprimento do Termo de Compromisso assinado pelo governo do estado no dia 27/09/11.

    O calendário de mobilização aprovado pela categoria foi o seguinte:

    - Mobilização através de uma "operação Governador pague o Piso na carreira": com redução da jornada nos três turnos da escola nos dias 16, 17 e 18 de novembro com as seguintes atividades:

    16/11 - Reunião por escola para organização da reunião com a comunidade, discussão sobre como viabilizar a não aplicação das avaliações sistêmicas;
    17/11 - Reunião com a comunidade escolar (o material está disponível no site do sindicato);
    18/11 - Assembleia local para organizar a mobilização para o dia 22/11 e avaliação do resultado da reunião da comissão tripartite do dia 16/11;
    - nova mobilização estadual com assembleia para pressionarmos a assembleia legislativa no dia 22/11;
    - não participar das avaliações sistêmicas.

    Com a aprovação do calendário de mobilização, a suspensão da reposição (encaminhada como estratégia de pressão) será modificada e retornaremos a repor."

    Link:

    http://www.sindutemg.org.br/novosite/conteudo.php?MENU=1&LISTA=detalhe&ID=2779


    Um forte abraço,

    Euler

    ResponderExcluir
  73. URGENTE!
    Procura-se Jornalista que tenha coragem de fazer as perguntas redigidas pelo professor Euler ao governador e/ou às secretárias. Será que essa espécie está em extinção no país. Agora só recebe o nome Jornalista aqueles que se pautam pelos interesses dos governantes?

    ResponderExcluir
  74. Colegas de trabalho,
    algum de vocês tem notícias sobre como ficará a situação de quem optou por ficar no VB? Receberemos todos 712,00 ou será aquela proposta indecente de redução dos percentuais ou, ainda, não será nada disso?
    Havia lido algo sobre o governo reunir-se com membros da ALMG hoje. Estou equivocada?

    Tia do Grotões de Minas

    ResponderExcluir
  75. Boa tarde, guerreiro de vespá e valentes guardiões do sonho da verdade e da justiça...

    Quero levantar algumas hipóteses, sobre o que pretende o governo de Minas, a luz dos últimos acontecimentos.
    A inescrupulosa propaganda com endereço certo, veiculada no último final de semana, demonstra claramente a decisão tomada pelo governo e que provavelmente será comunicada nos próximos dias... O governo já havia cantado essa pedra a tempos atrás,"a carreira antiga está em extinção". Assim o governo tem cumprido todo um planejamento para levar suas pretenções a termo: acabar com a remuneração por vencimento básico, através do sucateamento da carreira (infelizmente, um plano de carreira sem garantias legais e jurídicas, que evitem sua modificação pelo governo).
    O subsídio é pra esse governo o que a cidade administrativa foi para o faraó: um cabo eleitoral, para aquele a cidade representa, visibilidade governamental; para este a eficiência no enxugamento da máquina. Caso a lei do piso continue sendo burlada sem nenhum tipo de punição aos gestores, provavelmente aqueles que permaneceram na remuneração de vencimento básico (inclusive, eu), sofrerão todo tipo de dilapidação das gratificações, até mesmo perdendo aquelas que estão atreladas à boa vontade do governo, como biênio por exemplo.Principalmente se considerarmos que no subsídio ficaram apenas os mais valentes e os que foram convencidos pela verdade.

    O governo através de seus aceclas, em nada mudou o discurso, o que reforça essa minha tese. Enfim,o último ataque do governo sobre a categoria e principalmente sobre o sindicato... Me deixa em pânico, ao imaginar o que se pretende nesse estado: Destruir ou pelo menos esvaziar a força do Sindute (um dos poucos sindicatos que bate de frente com o estado totalitário do governo anastasia). Nessa linha de raciocínio o subsído é o golpe de misericórdia, sobre um já combalido sindicato diante das sucessivas derrotas judiciais.

    Uma vez implantado a remuneração por subsídio, para, segundo o governo 70% dos trabalhadores em educação, esses incautos, terão poucas demandas junto ao sindicato, pois estarão atrelados a boa fé do governo (aqui, ponto para o governo)não terão carreira. Aos que permaneceram na carreira antiga, só o tempo e as aberrações políticas dirá.

    O companheiro Sindlúcio, se não me engano de Leopoldina, levantou duas possibilidades do encontro do governo com seus aceclas: para os otimistas, será pago o piso na carreira; para os pessimistas, será votado uma proposta que estrangula ainda mais nosso plano de carreira... Estou entre os últimos. Espero que Deus nos permita o contrário.

    ResponderExcluir
  76. Brasil pode ser a quinta economia do mundo, afirma Dilma

    A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira (18) que o Brasil poderá ser a quinta economia do mundo. Ao participar do lançamento de investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade Urbana, em Salvador, Dilma disse que essa boa fase da economia brasileira precisa se refletir na melhor qualidade de vida para as pessoas.
    A presidente disse também que terá condições de investir mais do que fez o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Terei maior capacidade ainda de investimento pelas condições que eu herdei”.
    O Brasil é a sétima maior economia do mundo, medida pelo Produto Interno Bruto (PIB), atrás dos Estados Unidos, da China, do Japão, da Alemanha, do Reino Unido e da França.
    Brasil pode ser a quinta economia do mundo, afirma Dilma

    Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=135551

    E triste saber que o Brasil, vai bem. E nós professores aqui em MG estamos na pior.

    ResponderExcluir
  77. OS ERROS SE REPETEM E O GOVERNO FEDERAL NADA VÊ

    Sabem porque a Dilma finge que não vê nada de anormal na educação mimeira?

    - é porque o Sr. Jacques Wagner- PT/BA, Governador da Bahia e o Sr. Tarso Genro - PT/RS, também estão fora da lei e são do PT.

    É um erro justificando o outro.

    Acorda Brasil!
    Acorda Minas!

    ResponderExcluir
  78. ACABEI DE OUVIR NA VOZ DO BRASIL: KKKK ESSA PRESIDENTA QUE ANDA MAIS NO AR QUE NA TERRA NÃO TEM MESMO O QUE FAZER SÓ FALTA ELA CONVIDAR O AERCIN NEVER E O AZIA PARA FAZER PARTE DESSA COMISSÃO KKK LEIAM:

    Dilma sanciona hoje lei que cria Comissão da Verdade
    18 de novembro de 2011 • 07h21 • atualizado às 07h49 Comentários
    13
    Notícia

    Reduzir Normal Aumentar Imprimir Diogo Alcântara
    Direto de Brasília
    A presidente Dilma Rousseff (PT) sanciona nesta sexta-feira a lei que cria a Comissão da Verdade e a lei de Acesso a Informações Públicas, que facilita o acesso a documentos públicos. Aprovadas no Senado no fim do mês passado, as duas matérias sofreram resistência de setores da sociedade e de ex-governantes durante sua discussão no Congresso.

    Mesmo com a aprovação no Congresso, a polêmica em torno da Comissão da Verdade continua. A presidente sancionará a criação do grupo responsável para apurar as violações de direitos ocorridas entre 1946 e 1988 - período que compreende os chamados "Anos de chumbo" -, mas não indicará os sete membros, o que será feito em outra oportunidade.

    Os sete integrantes, com ajuda de 14 auxiliares, terão a missão de ouvir depoimentos em todo o País, requisitar e analisar documentos que ajudem a esclarecer os fatos da repressão militar. O prazo para o trabalho de investigação é de dois anos. As atribuições da comissão foram intensamente criticadas pelos militares, enquanto o assunto foi discutido no Congresso Nacional.

    Conforme proposta do partido Democratas, aprovada no Plenário da Câmara dos Deputados, os integrantes do colegiado precisam ter perfil de imparcialidade, não podem ser integrantes de cargos executivos em partidos políticos , tampouco trabalharem em cargos de comissão ou de confiança em qualquer dos três poderes.

    Também foi aceita proposta do PSDB que prevê que a pessoa que considerar ter informações relevantes a prestar para o esclarecimento de violações de direitos humanos nos anos entre 1946 e 1988 poderá fazê-lo, não precisando ser convocada. O PPS propôs - e também conseguiu ver aprovada - o envio das conclusões da Comissão da Verdade ao Arquivo Nacional para registro.

    A Comissão da Verdade poderá pedir à Justiça acesso a documentos privados, investigar violações aos direitos humanos, com exceção dos crimes políticos, de motivação política e eleitorais abrangidos pela Lei da Anistia, "promover a reconstrução da história dos casos de violação de direitos humanos" e disponibilizar meios e recursos necessários para a localização e identificação dos restos mortais de desaparecidos políticos.

    "SÓ NOSSA LEI MESMO QUE FICA A VER NAVIOS"

    ResponderExcluir
  79. Caro colega Joaquim - Sete Lagoas e todos os demais colegas combatentes. As tabelas que foram aqui postadas podem ser utilizadas por todos e podem fazer as modificações que se fizerem necessário. A intenção foi exatamente esta...COLABORAR com meus colegas de luta. Caso alguem queira a apresentação toda, eu posso enviar por email. katia_vilela@hotmail.com
    E até a VITORIA, colegas.

    KATIA - João Monlevade

    ResponderExcluir
  80. CIDADE INADIMINISTRÁVEL.... caro escritor das 13 h 20 minutos....

    Seu texto está hilário.... demais.... continue nos fazendo rir.....

    Até....

    ResponderExcluir
  81. Que imbecilidade!
    Este governador afirma que paga o piso.Ele paga este valor de 1320,00 para os iniciantes porque já
    estão no subsídio, mas para os velhos na carreira, com 30 anos como eu, não recebo nem 900,00 isto com todas as gratificações.
    É um absurdo.

    ResponderExcluir
  82. Oi Euler, vamos começar imediatamente uma campanha pesada contra Aécio Never. Viu só a reportagem colocada aqui no seu blog? O Aécio está na frente nas pesquisas no Brasil e no Estado de MInas? Sei que pode ser uma reportagem paga, mas quem lê pode acreditar. Acho que seria interessante criar um blog tipo o seu para uma campanha pesada contra ele. Assim saberemos que todos que estão entrando, estão contra ele. Se atingirmos o número de visitantes como no seu blog, vamos mostrar como ele está em MInas. Vamos mostrar a realidade, como estamos fazendo aqui no seu blog contra o desgoverno. Temos que tomar atitudes práticas. Vamos para a ação. Um grande abraço, Paula.

    ResponderExcluir
  83. GOVERNADOR só queremos o que é de nosso direito. Se tem duvidas com as contas, veja um bom exemplo de como apresentar a tabela.

    http://www.sindutemg.org.br/novosite/janela.php?pasta=files&arquivo=2801
    http://www.sindutemg.org.br/novosite/janela.php?pasta=files&arquivo=2801
    www.sindutemg.org.br

    ResponderExcluir
  84. Deputado Sávio SouzaCruz desmascara Aécio Neves e o chama de traidor de Minas Gerais. Vejam no site:
    http://www.youtube.com/watch?v=RLdkp9PKhCw

    ResponderExcluir
  85. Fizemos reunião com a comunidade hoje! Foi muito boa, todos nos ouviram atentos, ao final agradecemos e nenhum se pronunciou contrário a nossa luta. Não adianta o governo pagar caro por propaganda pois agora estamos ainda mais perto da comunidade escolar! É melhor que ele pague logo o piso corretamente no VB !!!

    ResponderExcluir
  86. Euler
    Como diz um ditado:"O inimigo do meu inimigo é meu melhor amigo".
    Vamos dar munição para os inimigos do farao (Serra).E fiquei sabendo que o CQC adora detonar com ele.Vamos por a verdade em rede nacional sem gastar nada, existe um quadro no CQC que é so para protestos.Vc podia fazer um texto bem bacana explicando toda a situação e mandar pra la.

    "Você precisa ser a mudança que deseja ver no mundo". Gandhi

    Abraço a todos!

    ResponderExcluir
  87. Afinal, vamos ou não vamos boicotar o simave?

    ResponderExcluir
  88. Por e-mail:

    "Foi divulgada, no site do Sind-UTE/MG, a publicação [Inform@ nº 51]

    Clique no link abaixo para visualizá-la (versão HTML).

    http://www.sindutemg.org.br/novosite/maladireta/boletim_18_11_11.php

    Atenciosamente,

    Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais - Sind-UTE/MG

    www.sindutemg.org.br".

    ResponderExcluir
  89. 112 DIAS SE PASSARAM + 44 DE REUNIÃO = 156 DIAS DE PURA ENROLAÇÃO E ATAQUE A NOSSA CLASSE

    VAMOS ENTRAR COM ADVOGADOS PARTICULARES!

    ResponderExcluir
  90. Sub-comandante Euler, as escolas em Montes Claros estão recebendo memorandos para dar falta aos professores que participaram das reduções de horário, e agora ? como proceder, o que o sindicato irá fazer? aguardo resposta.

    ResponderExcluir
  91. VEJAM O DESMONTE DA FARSA
    Aécio valoriza a educação. Aécio valoriza a educação?

    Começo a achar que o senador Aécio Neves não fez um bom negócio ao aceitar o convite para escrever às segundas-feiras na página 2 da Folha de S.Paulo. Por um lado, trata-se de um espaço nobre, de grande visibilidade, uma chance para Aécio se fazer ouvir em todo o país. Mas pode também se tornar uma armadilha.

    No dia 5 de setembro, no artigo intitulado Inovação, Aécio escreveu:

    “Um Steve Jobs não brota por geração espontânea. Ele floresce num caldo de cultura em que a educação é valorizada e o talento, reconhecido.”

    “O mundo se dividirá cada vez mais entre os países que investem com seriedade em educação, pesquisa e tecnologia e os que não o fazem.”

    Hoje (16/11), a mesma Folha traz a seguinte manchete: 17 Estados descumprem lei salarial de professor. Dentro do jornal, a matéria leva o título Minas, Bahia, Pará e Rio Grande do Sul estão totalmente fora de normas.

    A Folha informa que, em Minas, Estado governado por Aécio por quase oito anos (2003-1010) e onde ele ainda dá as cartas, o piso salarial dos professores da rede estadual equivale a vergonhosos R$ 616, praticamente a metade do que manda a lei (R$ 1.187 por 40 horas semanais). O piso salarial de Minas é o mais baixo do país, mesmo comparado com Estados bem menos aquinhoados, como Amazonas (R$ 1.338), Amapá (R$ 2.171), Acre (R$ 1.187), Sergipe (R$ 1.187) e Alagoas (R$ 1.187).

    O marketing de Aécio na Folha foi desmontado pela própria Folha.

    Lucas Figueiredo – Jornalista

    ResponderExcluir
  92. PAUSA PARA A REFLEXÃO - GASTANÇA COM DINHEIRO PÚBLICO

    PODER
    FOLHA DE S. PAULO 18/11/2011 - 18h53

    Minas dá título a Ivete Sangalo e deixa Serra e Lula na fila

    PAULO PEIXOTO
    DE BELO HORIZONTE

    Um decreto do governo de Minas concedendo o título de cidadã honorária à cantora baiana Ivete Sangalo, em cerimônia na Assembleia Legislativa ocorrida no mês passado, fez a oposição reclamar.

    O motivo da revolta dos deputados que fazem oposição ao governador Antonio Anastasia (PSDB) é que a cantora foi homenageada antes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do ex-governador José Serra (PSDB).

    A homenagem ao pernambucano Lula foi proposta há nove meses e aprovada pelo Legislativo antes da de Ivete. A do paulista Serra é do começo de 2008.

    "Eles [do governo] não dão a homenagem para os adversários", disse o deputado Rogério Correia (PT), autor da homenagem a Lula.

    O título a Serra foi apresentado na ocasião pelo deputado Sávio Souza Cruz (PMDB), opositor do então governador Aécio Neves (PSDB), atualmente senador. Ele queria constranger Aécio, que rivaliza com Serra internamente no PSDB.
    Sem saída, os governistas tiveram que aprovar a homenagem, e Aécio publicou o decreto seis meses depois. Mas Serra nunca recebeu o título de cidadão mineiro, passados quase quatro anos da aprovação da homenagem pelo Legislativo.

    Segundo a Assembleia, cabe ao Executivo aprovar ou não a homenagem sugerida pelo Legislativo. Se aprovar, o governo publica o decreto e ele mesmo promove a entrega do título.
    A assessoria do governador de Minas disse à Folha que nos próximos dias será publicado o decreto que dá o título a Lula, o que já fará dele um cidadão mineiro. A entrega será marcada posteriormente, em data que atenda as duas partes.

    No caso de Serra, o governo informou que desde a publicação do decreto em 18 de setembro de 2008 não houve uma data que compatibilizasse as agendas --ora Serra não pode, ora o governo.

    Enquanto isso a fila anda. O Legislativo já aprovou a concessão de títulos ao apresentador de TV paulista Luciano Huck e ao jogador carioca Ronaldo "Fenômeno".

    Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/poder/1008764-minas-da-titulo-a-ivete-sangalo-e-deixa-serra-e-lula-na-fila.shtml

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  93. euler veja como é competente a reporter da tv assembleia em entrevista com o deputado duarte bechir (péssimo). Mas a reporter é porreta
    o link é este aí abaixo vale a pena ver:
    http://www.almg.gov.br/acompanhe/tv_assembleia/videos/index.html?idVideo=657900

    ResponderExcluir
  94. euler agora repasse o link para verem a reportagem do deputado Adalclever disse sobre sua saída da comissão tripartide. Veja o link
    http://www.youtube.com/watch?v=hJrmcIkrUp0&feature=player_embedded#

    ResponderExcluir
  95. é muito importante ver-se a opinião do deputado Adalclever, ele é muito coerente
    http://www.youtube.com/watch?v=hJrmcIkrUp0&feature=player_embedded#

    ResponderExcluir
  96. Boa noite Subcomandante;
    o interiozão se apresentando para o desgoverninho de Minas.

    Amigo Euler, agora o seu texto é tema de debate entre alunos. Veja só:


    QUESTÕES PROPOSTAS

    1- Como é conhecida a Lei Federal 11738/2008 , e quando foi aprovada?
    2- Segundo o autor do texto, a reportagem da Folha de São Paulo revela que Minas Gerais paga o pior piso salarial do país. Por que o autor diz que essa revelação “serviu para detonar a bomba atirada no colo do governador”?
    3- Na tabela salarial dos estados em relação ao Piso da Educação , em que posição Minas se encontra?
    4- O texto nos revela que o governo teme desesperadamente que aconteça o boicote às provas do SIMAVE. Por que?
    5- Segundo o autor , que perguntas alguns moradores fizeram para o mesmo ?
    6- Qual a revelação que a Folha de São Paulo fez , em relação a imprensa de Minas?
    7- Em relação a Lei do Piso, o que os governantes precisam fazer para pedir ajuda do governo federal?
    8- Por que o autor sugere que “estamos no direito de desrespeitar qualquer lei”? Quem está dando mau exemplo?
    9- De acordo com a tabela exposta, qual o estado paga o maior piso? E qual disponibiliza maior tempo (extra-classe) para o professor preparar aulas?
    10- Qual aprendizado podemos tirar desse texto?

    A VERDADE CHEGANDO NOS OUVIDOS DA COMUNIDADE ESCOLAR... FOI UM SUCESSO!
    MEXEU COM PROFESOR, MEXEU COMIGO!

    FORA BANDIDAGEM!
    TCHAU SIMAVE...

    ResponderExcluir
  97. Olá, pessoal da luta!

    Boa madrugada!

    O post de hoje ainda não ficou pronto, pois estava pesquisando outros temas e quando me dei conta percebi que o relógio do bunker apontava a terceira hora da madrugada. Então, deixarei para terminar o texto mais tarde, após o intervalo de seis horas de sono e mais algumas de pesquisa pela Net.

    Como dever de casa para os ilustres colegas - que coisa, parece coisa de professor, rsrs - seria interessante ver os dois vídeos indicados pelo colega walnei. O primeiro, com o deputado Bechir, da base do governo, que claramente aponta para a busca de um sistema único de remuneração, uma espécie de saída honrosa para o governo, já que ele não conseguiu impor uma derrota à categoria no que diz respeito ao piso: não pagou o piso na carreira, mas também não conseguiu destruí-lo. Assim, o governo, pela fala do deputado, estaria buscando um terceiro caminho.

    Já o segundo vídeo, do deputado Adalclever, do bloco da oposição, revela sua descrença em relação ao governo e à possibilidade de que este apresente qualquer proposta aceitável.

    Vamos ter que esperar até segunda ou terça para conhecer a proposta do governo. E na terça tem a nossa assembleia, seguramente com grande participação.

    A atividade desta semana foi positiva, pois as reduções aconteceram em grande número de escolas e mobilizaram milhares de educadores, alunos e pais de alunos. A nossa categoria continua de pé, firme na luta, e isso certamente está sendo considerado pelo governo. Se tivéssemos nos acomodado, o governo já teria passado por cima da categoria feito um trator. Agora, ele terá que refazer suas propostas. E nós analisaremos com muita calma o que for apresentado para tomarmos uma decisão consciente e sempre em defesa dos nossos interesses de classe.

    Um forte abraço a todos e força na luta e até mais tarde.

    Euler

    P.S. Tenho uma carta resposta do MEC a uma colega de luta para publicar e também um e-mail do Frei Gilvander, além da apresentação do resumo final das contas da nossa campanha de ajuda mútua, já devidamente encerrada, e com o devido acerto feito na subsede do sind-UTE de Vespasiano e São José. No post de amanhã eu apresento todos estes dados.

    ResponderExcluir
  98. Esses devem ganhar muito bem.........


    Montes Claros – Congresso internacional reúne mestres do Brasil e exterior em Montes Claros


    Congresso internacional reúne mestres do Brasil e exterior em Montes Claros
    Enquanto a maioria dos funcionários públicos descansavam no feriado prolongado, 700 profissionais da educação municipal, entre professores, supervisores e diretores, aproveitaram a oportunidade de participar do 1º Congresso Internacional de Educação, custeado e promovido pela Prefeitura de Montes Claros, através da Secretaria de Educação, em parceria com o Instituto Conexa. O evento, realizado entre 13 e 15 de novembro, reuniu autores, pesquisadores e mestres de renome nacional e internacional, que levaram conhecimento nas áreas da neurociência, leitura e escrita, produção de textos, alfabetização e letramento, inclusão e educação infantil.
    Ao todo, foram 900 participantes, incluindo profissionais de mais de 30 cidades, do Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha, como Diamantina e Rio Pardo. “A linha temática atendeu as maiores carências da região, destacando as séries iniciais do ensino fundamental”, explicou um dos organizadores do evento, Aron Guilherme. Na abertura, a secretária de Educação, Mariléia de Souza, frisou que o objetivo maior do congresso seria trabalhar temas relacionados ao ciclo inicial, levando os educandos a refletirem sobre suas práticas de ensino: “Se o aluno aprende bem o processo de formação da leitura, escrita e cálculo no início da sua vida estudantil, este investimento garante sucesso até o alcance do ensino superior”, explicou.
    As palestras e oficinas provocaram resultados positivos para a supervisora e professora Zenilda Damásio Silva. Ela afirmou que já saiu do evento com uma nova postura. “Foi excelente. A maneira como os temas foram abordados despertou em mim uma avaliação da minha maneira de trabalho e me fez enxergar em que posso melhorar. Saio de lá renovada, com a consciência de que sempre é possível mudar”, explicou. A analista de educação, Thaís Lopes Vieira, destacou a oportunidade em fazer uma capacitação de alto nível em sua cidade: “é difícil sair daqui de Montes Claros para ir a uma capital participar de um congresso desse gabarito. Então só temos a agradecer pela chance de nos capacitarmos em nossa cidade. Os mestres encheram nossa vida de entusiasmo, motivação e vontade de crescermos profissionalmente.”
    Mariléia de Souza mostrou-se satisfeita pelo participação maciça dos professores e profissionais da área, que abriram mão do recesso para cumprirem o compromisso com a qualificação. Melhor ainda, completou a secretária, foi perceber que a maioria foi unânime em dizer que o evento foi um sucesso. Está previsto um 2º Congresso para o próximo ano, cujo tema será a educação infantil.
    Por Cinara Jamille

    ResponderExcluir
  99. Falacias de vespera de eleições....
    Geração Saúde: Governo do Estado de Minas Gerais, lança edital para seleção de academias de ginástica

    Governo do Estado lança edital para seleção de academias de ginástica
    O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ), lançou hoje (17/11) o Edital de Credenciamento 04/2011, destinado a selecionar academias de ginástica e atividades afins, localizadas em Minas Gerais para prestarem serviços de atividades físicas e lazer orientados por profissionais de Educação Física, monitorados pelas Equipes do Programa Saúde em Casa.
    O Projeto Geração Saúde, elaborado pela SEEJ em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), desenvolve ações voltadas para a promoção da saúde e qualidade de vida e consiste na prática de atividades físicas, esporte e lazer, orientados por profissionais de educação física em espaços adequados às práticas esportivas.
    Requisitos
    As academias deverão oferecer atividades físicas e de lazer orientadas aos beneficiários do Projeto Estratégico Geração Saúde, de três a cinco vezes por semana, através de programas orientados nas modalidades musculação, ginástica, hidroginástica, dança, alongamento, pilates, yoga, tai chi chuan, natação e outras a serem aprovadas pela SEEJ e SES. Poderão participar do credenciamento as academias localizadas no Estado de Minas Gerais, que apresentarem que ofereçam no mínimo três modalidades exigidas, sejam registradas no Conselho Regional de Educação Física (CREF-6), tenham no mínimo um responsável técnico formado em educação física e possuam capacidade na estrutura física para atender a até 100 novos beneficiários do Projeto Estratégico Geração Saúde.

    ResponderExcluir
  100. Estresse no trabalho é tão contagioso quanto gripe


    Segundo pesquisadora, as pessoas tendem a imitar umas às outras
    Você é do tipo de pessoa que, bom de coração que é, senta-se todos os dias ao lado de um colega de trabalho que está passando por problemas de diversos tipos e, como consequência, acaba te contado cada detalhe de sua vida?
    Ser solidário com os colegas de trabalho é importante, mas tome cuidado. Um estudo realizado na Universidade do Havaí, nos Estados Unidos, indica que o estresse do trabalho é tão contagioso quanto o vírus da gripe.
    De acordo com a professora e pesquisadora em psicologia da Universidade do Havaí, Elaine Hatfield, as pessoas tendem a imitar umas às outras de forma surpreendentemente rápida.
    Isso significa que, ao escutar o colega falar sobre os problemas, fazendo expressões faciais específicas e deixando a postura corporal mostrar a gravidade do problema, acabamos incorporando o estresse relativo àquele problema para nossas vidas.
    Ao absorver o estresse dos outros, podemos sorfer da mesma tensão e insegurança de quem de fato tem os problemas, e nos concentramos ainda mais nas próprias dificuldades, que passam a ser interpretadas como mais graves.
    Segundo Hatfield, o comportamento da imitação pode ser explicado a partir da tentativa de nos identificarmos com o colega em apuros. Entretanto, enquanto a enxurrada de problemas e palavras negativas nos atinge, passamos a nos sentir mais deprimidos, com menos energia.
    “O comportamento da imitação é claro. Mesmo em conversas do dia a dia é possível perceber que as pessoas copiam – inconscientemente – as expressões faciais e corporais umas das outras.
    Entre os elementos copiados, segundo a cientista, estão também a voz, os movimentos.
    Ainda segundo a professora, quem sofre mais com o contágio são as mulheres. Hatfield explica que os homens, em geral, são mais resistentes ao estresse do ambiente de trabalho. As mulheres, porém, tendem a ser mais sensíveis e, por isso, podem acabar ficando doentes com maior facilidade.

    ResponderExcluir
  101. MG – Mais de 1,9 milhão de alunos farão provas do Proeb a partir de segunda-feira, dia 21
    Classificar

    Mais de 1,9 milhão de alunos farão provas do Proeb a partir de segunda-feira, dia 21
    Prosseguindo até sexta-feira, dia 25, a partir de segunda-feira as escolas da rede estadual e das redes municipais vão aplicar as avaliações do Programa de Avaliação da Rede Pública da Educação Básica (Proeb), do Governo de Minas.
    O Proeb avalia mais de 1,9 milhão de estudantes em todos os 853 municípios mineiros. Além disso, desde dia 7 as escolas das redes públicas do Estado estão aplicando a Prova Brasil, teste que serve de base para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), do Governo Federal. Ambas as provas não contam para as notas dos alunos no fim do ano, mas os resultados são essenciais para que os governos tenham um diagnóstico do sistema e possam, assim, fazer intervenções da forma mais efetiva possível.
    “A avaliação oferece um diagnóstico do sistema. Conhecemos, por escola, os pontos fortes e as áreas que nós precisamos criar estratégias para melhorar o aprendizado”, explica a secretária adjunta da Secretaria de Estado de Educação, Maria Ceres Pimenta. “A partir das avaliações, os professores e nossas equipes de especialistas criam projetos e estratégias para melhorar a proficiência dos alunos. É dessa forma que temos assegurado a melhoria permanente do sistema educacional mineiro, que é um dos melhores do país de acordo com o próprio governo federal”, completa.
    Criado pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), o Proeb permite avaliar todo o percurso educacional do aluno, pois é aplicado sempre ao fim dos ciclos de aprendizagem. Fazem a prova todos os estudantes do 5º e 9º anos do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio. Aplicado desde o ano 2000, o Proeb testa o conhecimento dos jovens em Português e Matemática e conta com altos índices de participação. “A participação dos alunos é muito importante, pois quanto mais estudantes fizerem a prova, mais exato é esse diagnóstico. Atualmente, pais, professores e estudantes sabem da importância da avaliação. Nos anos iniciais, por exemplo, a participação no último Proeb foi de mais de 90%”, afirma a superintendente de Avaliação Educacional, Maria Inez Barroso Simões.
    As provas do Proeb são aplicadas na própria escola, sendo que os professores trocam de turmas durante a aplicação. Há um caderno para Português e outro para Matemática, cada um com 39 questões. Cada prova é aplicada em um dia e os alunos têm duas horas e meia para completar o teste. “Os testes avaliam os conhecimentos que os alunos devem ter em cada etapa do ensino”, completa Maria Inez.
    A impressão das provas do Proeb é feita por uma gráfica contratada pela Secretaria de Estado de Educação dois meses antes da aplicação do Proeb. A gráfica imprime cerca de 50 mil provas por dia e cada um desses testes é armazenado em um galpão equipado com câmeras de segurança e vigilância para garantir o sigilo das questões. Feita a impressão, sete caminhões percorrem todo o Estado para distribuir o material entre as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs) do Estado, que posteriormente distribuem os testes entre as escolas. “Cada escola recebe seu pacote de provas lacrado. Esse pacote só é aberto no dia do exame”, explica Inez Barroso. No Proeb, são elaborados 26 cadernos de provas diferentes.
    IDEB
    Entre os dias 7 e 18 de novembro, estudantes mineiros participam de outra avaliação externa da educação. Nesse período, as escolas estão aplicando a Prova Brasil, teste do Ministério da Educação, que serve como base para calcular o Ideb. A Prova Brasil também avalia de forma censitária os estudantes do 5º e 9º anos do ensino fundamental, além de ser aplicado a uma amostra de estudantes do 3º ano do ensino médio. As disciplinas cobradas também são o Português e a Matemática.

    ResponderExcluir
  102. CUT NACIONAL > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > CEMIG NÃO LEVA A SÉRIO OS TRABALHADORES E TERÁ COMO RESPOSTA MUITA MOBILIZAÇÃO

    Cemig não leva a sério os trabalhadores e terá como resposta muita mobilização
    17/11/2011
    Diante do descaso, Sindieletro-MG convoca categoria a pressionar e resistir
    Escrito por: Sindieletro-MG
    Na reunião realizada na terça (15) entre os sindicatos e a Cemig, mais uma vez teve muita enrolação. E um flagrante desrespeito com a categoria. Antes mesmo de entregar a proposta da empresa para os representantes dos trabalhadores na reunião, a empresa divulgou o conteúdo para a casa, escondeu essa informação dos sindicalistas presentes e armou o maior circo, fingindo que estava negociando uma proposta que já havia sido divulgada.

    Além disso, a reunião deu tanto sono que uma pessoa que compõe o Comitê de Negociação da Cemig até dormiu, literalmente. É assim que eles encaram os trabalhadores: dormindo, enrolando, desconsiderando o que de fato merecemos. A gente ficou se perguntando: para quê fazer reunião se a empresa está fingindo que está negociando? Por que apenas não divulgou a proposta? Se era para fazer os diretores sindicais de palhaços, o mais digno era nem chamar para reunião.

    CEMIG ESCONDE A PLR DOS CHEFES
    A empresa mostrou que quer discutir apenas a PLR. Mexeu muito pouco na proposta anterior, alterando o valor da remuneração do PNU para 3,2 remunerações e PTAO, 2,9 remunerações.

    Sem transparência alguma, a Cemig não divulga o valor da PLR para os gerentes e superintendentes. Além disso, apresenta um aumento real de 0,13%. É brincadeira, um cinismo sem tamanho, uma falta de consideração com a capacidade de trabalho dos eletricitários.

    Eles não têm coragem de divulgar quanto vai ganhar o superintendente. Estão com medo? Com vergonha? Que fique novamente claro: o trabalhador sabe das verdadeiras intenções da empresa e o debate desses privilégios será feito com a sociedade.


    RESISTIR PARA CONQUISTAR
    Nosso ritmo para a luta já está do tamanho da indignação e vai ficar maior. Chegou o momento decisivo para mostrarmos para a Cemig que queremos negociar não só PLR, queremos que todos os pontos da nossa pauta de reivindicação sejam considerados, e debatidos. A preparação para uma grande mobilização já está sendo conduzida. Vamos mostrar a nossa capacidade e ritmo para resistir e pressionar.

    ResponderExcluir
  103. O desgoverno não vai negociar com nossa classe! Como uma pessoa senta com nosso sindicato e pelas costas nos ataca através de propagandas enganosas na mídia? Não se iludam! Ele escolheu a classe dos educadores para pagar a conta de 11 anos de falcatruas e caixa II para o psdb.

    ResponderExcluir
  104. Esse Reginaldo sabe que o povo nã quer releição deste Lacerda e fica aí querendo sua boquinha para mamar, sua cara já é queimada, só falta vc tomar vergonha Reginaldo, porque para deputado vc não volta mais, enganador do povo e não é o dono deste blog quem lhe fala, sou eu, Oswaldo J. Ribeiro(GV/MG)



    Reginaldo Lopes quer aval de Marcio Lacerda para vice

    Deputado Federal elabora uma série de estratégias para ter a oficialização do prefeito de Belo Horizonte de que vice será do PT

    Amália Goulart - Do Hoje em Dia - 18/11/2011 - 23:09

    O grupo petista que apoia a reeleição do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), elabora uma série de estratégias para oficializar o aval à pré-candidatura do socialista à reeleição. A articulação prevê uma declaração pública de Lacerda, oferecendo a vaga de vice ao partido, e uma postura mais firme da executiva nacional do PT.

    Os integrantes da direção nacional estarão na capital mineira no dia 1º de dezembro. “A Executiva tem tido encontros regionais. Esta, já havia sido marcada”, afirmou o presidente estadual do PT, deputado federal Reginaldo Lopes.

    O presidente nacional do PT, Rui Falcão, deve informar aos mineiros que a melhor opção é caminhar ao lado de Lacerda. Fontes ligadas às negociações disseram que o secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho (PT), pediu a Falcão que seja mais enfático na defesa pela aliança.

    Nos últimos meses, Falcão foi procurado pelo vice prefeito, Roberto Carvalho (PT), rival de Lacerda e defensor de candidatura independente. Apesar do constrangimento, o presidente nacional recebeu o vice-prefeito. A orientação a Falcão partiu após encontros que Carvalho manteve com o ex-presidente Lula e com a presidente Dilma Rousseff. Ambos dão como certa a dobradinha com o PSB em Belo Horizonte.

    Na mesma semana em que a Executiva nacional vem à capital mineira, os aliados ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, articulam um encontro com o prefeito para declarar apoio. Pimentel é um dos maiores entusiastas da reeleição do socialista. “O PT fará a melhor opção que é apoiar Marcio Lacerda. É uma questão de tempo”, garantiu Lopes, evitando, no entanto, comentar as estratégias para conseguir firmar a aliança.

    A reunião entre o prefeito, Pimentel e seus aliados deve ocorrer assim que o ministro retornar de uma viagem oficial na África. Ele passa toda a próxima semana fora do Brasil.

    Quando voltar a Belo Horizonte, deve almoçar com Lacerda e deputados federais. O ministro já havia dito que acredita ser a melhor possibilidade para o PT a continuidade na gestão socialista.

    Dentro do meio petista, já é dado como certo que o impasse envolvendo os aliados do prefeito e o vice, Roberto Carvalho, será definido por meio do voto, apenas em 2012. Por isso, consideram essencial uma postura mais firme da direção nacional. O grupo ligado a Pimentel espera contar com o apoio da Articulação, ala da qual faz parte o ex-ministro Patrus Ananias. O deputado estadual André Quintão, aliado de Patrus, disse que a corrente quer apenas a unidade, mas não se definiu.

    ResponderExcluir
  105. FOLHA ONLINE....
    OS VERDADEIROS CARAS DE PAU.....


    Minas dá título a Ivete Sangalo e deixa Serra e Lula na fila
    PAULO PEIXOTO
    DE BELO HORIZONTE

    Um decreto do governo de Minas concedendo o título de cidadã honorária à cantora baiana Ivete Sangalo, em cerimônia na Assembleia Legislativa ocorrida no mês passado, fez a oposição reclamar.

    O motivo da revolta dos deputados que fazem oposição ao governador Antonio Anastasia (PSDB) é que a cantora foi homenageada antes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do ex-governador José Serra (PSDB).

    A homenagem ao pernambucano Lula foi proposta há nove meses e aprovada pelo Legislativo antes da de Ivete. A do paulista Serra é do começo de 2008.

    "Eles [do governo] não dão a homenagem para os adversários", disse o deputado Rogério Correia (PT), autor da homenagem a Lula.

    O título a Serra foi apresentado na ocasião pelo deputado Sávio Souza Cruz (PMDB), opositor do então governador Aécio Neves (PSDB), atualmente senador. Ele queria constranger Aécio, que rivaliza com Serra internamente no PSDB.

    Divulgação - 18.nov.2011/Assembleia Legislativa-MG

    Homenagem da Assembleia de Minas à Ivete Sangalo
    Sem saída, os governistas tiveram que aprovar a homenagem, e Aécio publicou o decreto seis meses depois. Mas Serra nunca recebeu o título de cidadão mineiro, passados quase quatro anos da aprovação da homenagem pelo Legislativo.

    Segundo a Assembleia, cabe ao Executivo aprovar ou não a homenagem sugerida pelo Legislativo. Se aprovar, o governo publica o decreto e ele mesmo promove a entrega do título.
    A assessoria do governador de Minas disse à Folha que nos próximos dias será publicado o decreto que dá o título a Lula, o que já fará dele um cidadão mineiro. A entrega será marcada posteriormente, em data que atenda as duas partes.

    No caso de Serra, o governo informou que desde a publicação do decreto em 18 de setembro de 2008 não houve uma data que compatibilizasse as agendas --ora Serra não pode, ora o governo.

    Enquanto isso a fila anda. O Legislativo já aprovou a concessão de títulos ao apresentador de TV paulista Luciano Huck e ao jogador carioca Ronaldo "Fenômeno".

    ResponderExcluir
  106. Cláudia - São Sebastião do Paraíso19 de novembro de 2011 07:43

    Olá, Euler! Gostaria de sugerir que através de seu blog pudéssemos informar quais escolas vão aderir ao boicote ao SIMAVE. Muitos colegas estão temerosos em relação à adesão por não saberem se essa será uma ação comum a todos. Precisamos dar uma resposta a esse governador intransigente, agirmos rápido e nos mantermos unidos. Obrigada por sua generosa dedicação em nos deixar bem informados!

    ResponderExcluir
  107. oi Euler ,
    parabéns pelo seu blog,mesmo longe estou sempre atualizada com as informaçoes. Estou p aposentar com 24 anos e um sálario miserável ,pois adoeci como todo prof q tem rodar a cidade p melhoria do salário,e ai aj funcional.Obrigada pelo q faz por nós .Abraços Simone

    ResponderExcluir
  108. O Governo sem querer está patrocinando a aproximação do PMDB e PT, principalmente em BH.

    Os deputados destes partidos estão mais próximos na ALMG, reativando o bloco Minas sem Censura.

    A ditadura Governamental não conseguirá agradar a gregos e troianos com tantas falsidades que lhe são peculiar.

    LACERDA, te cuida, o seu amiguinho governador não será o cabo eleitoral de muitos votos, simpatia e alianças. O povo não aceita bem os ditadores.

    ELES só têm um lado, o DELES, o resto é resto...

    ResponderExcluir
  109. Hoje é sábado, dia de descansar, depois de pagar as reposições, então vamos rir um pouco...


    CIDADE INADIMINISTRÁVEL
    19/11/11, 08:52

    ... a fala do secretário “daquilo castrado” na reunião de ontem foi muito bem recebida pelos dirigentes.
    ...”daquilo castrado”, disse na reunião que o melhor modo de governar é com muitas mentiras, falsidades, sem compromissos, defendendo interesses particulares, formando um ambiente propício e embolado, surrupiar tudo que puder, enganar sempre, enrolar, enrolar, enrolar...
    ...”daquilo castrado” defendeu também a redução do imposto da pinga...
    ... e ainda disse que enquanto os professores estão bastante nervosos e desatentos, vamos colocar o projeto em votação na assembléia homologativa e lá venceremos na marra...
    ... a sapuda está aprendendo bastante com estes defensores ÉTICOS do estado da república das bananas...
    ... a sapuda então diz, vou colocar tudo em prática com esses malditos professores...
    ... renatinha ingrata e mentirosa, está em transe com tão BELAS palavras do secretário “daquilo castrado”...
    ... e Vampréia é que está mais preocupada pois ela cuida da imagem do zé carioca, seu irmão e senador do rio...(que fique por lá)rsrs...
    ... Vampréia diz, não podemos esquecer nosso projeto de poder para 2014, temos que enganar todo o Brasil e não só Minas Gerais...
    ... por isso precisamos de muito empenho e dedicação de todos, até chegarmos lá, depois...
    ... vou comeeçar minha próxima tarefa pela “foia” de sp, compraremos muitos espaços por lá...
    ... eles estão felizes e então mandam chamar o MARO, aquele mesmo, o presidente da associação de ocasião e lhe dão muitas caixas de supositórios ROLHEX GG, e o MARO vai ao delírio, só alegria...

    - É, os professores que se cuidem...

    Direto da CIDADE INADIMINISTRÁVEL,
    Repórter do blog do Euler.

    OBS: ô lugar fedorento, hein?

    ResponderExcluir
  110. Renata Vilhena diz no twitter: Precisamos defender o Brasil dos q têm tentado manchar sua história. Chega de "malfeito....
    kkkkk acho muita graça, nesta secretaria... sera que ela acredita no que diz???
    Agora uma verdade tem que ser dita, precisamos mesmo defender o Brasil, começando urgentemente por Mnas.
    É muita cara de pau...
    Abraços a todos Cláudia

    ResponderExcluir
  111. É oportuno o comentário da colega Claudia. Tenho medo que algumas escolas apliquem a prova e que o resultado seja favorável ao desgoverno: menos alunos, melhores respostas... O tiro sairia pela culatra.

    ResponderExcluir
  112. Euler, obrigado por ter publicado as minhas duas sugestões sugiro a todos os colegas que leiam a minha postagem procurem por walnei entre as postagem e lá encontraram as duas visões sobre as negociações: a da base governistas e do deputado Adalclever que se retirou das negociações por acreditar, como nós, ser o governo desonesto e sem palavra. Obrigado. Walnei

    ResponderExcluir
  113. Estamos perdendo o nosso foco na luta.
    O piso na carreira é a nossa luta a vencer.

    ResponderExcluir
  114. Anônimo das 11:20, a secretária está querendo nos dizer que primeiro devemos começar o dever de casa por Minas Gerais, começando pelo Governador,por ela e toda a turma da picaretagem deste desgoverno, o restante da corja baniremos mais para frente, nas próximas oportunidades, mas no momento a nossa mira é a turma da desgovernança mineira!

    ResponderExcluir
  115. (...) mas que trem difícil é esse tal de piso que os professores estão cobrando? Eu não sou professor, vivo de pintar paredes e, modéstia à parte, vivo tranquilo. É um absurdo que um professor-doutor tenha como salário (piso) irrisórios menos que um mil reais.
    Um abraço a todos. Prefiro mesmo ser pintar paredes, o que faço muito bem!

    ResponderExcluir
  116. De Guaxupé, da cidade e região dos alienados:
    Socorro! Mandem alguém de alguma subsede do sindicato prá cá, visitar as escolas, reunir com os professores etc. Por aqui a alienação é quase total e a desculpa de muitos é sempre a mesma: "eu não estou sabendo de nada". Alguns ainda não se despertaram para o fato de estarmos no século 21, a era da informação. É uma letargia, uma indiferença que dá medo. Coitados dos alunos que dependerem da "formação cidadã" que esses nossos colegas alienados lhes derem. Daqui a vinte ou trinta anos estarão eles "submissos" a políticos déspotas como esse que nos humilha e desrespeita. Por aqui, nada de aula de 35 minutos, nada de paralisação, nada de nada!
    Abraços inconformados,
    Eliseu Lucas - História

    ResponderExcluir
  117. Amigo e exemplo de cidadão professor Euler conrado gostaria que se possível fosse você enviasse este texto, diga-se de passagem, maravilhoso para a redação da Folha de São Paulo. Quem sabe por lá onde a mídia não é controlada isso possa ser publicado pelo menos em um cantinho escondido do jornal. Se precisar de pagar pra colocar na Folha de São Paulo pega verba no sindute. O negócio é mostrarmos essa realidade pra população, ainda mais que o faraó está querendo chegar na presidência kkk brincadeira né aquela coisa na presidência. Principalmente as perguntas do final do texto essas sim adoraria ver na Folha de São Paulo pra ver o que eles iriam responder kkk. Pelo amor de Deus vê se publica isso na Folha de São Paulo. Se pagar deve conseguir viu afinal de contas neste país pagando tudo fica possível até fazer as mentiras se passarem por verdades...o governo de MG que o diga....

    ResponderExcluir
  118. Euler,
    no site da secretaria de planejamento existe a proposta orçamentaria para 2012. Faça um estudo nessa proposta e veja quanto o estado investe na educação.

    ResponderExcluir
  119. COLEGAS, acabei de assistir ao vídeo da
    TV ASSEMBLEIA:
    ***IMPASSES NA NEGOCIAÇÃO ENTRE PROFESSORES ESTADUAIS E GOVERNO (Programa: MUNDO POLÍTICO > TV ASSEMBLEIA
    Não deixem de vê-lo e analisá-lo.
    Eis aqui o link:
    http://www.almg.gov.br/acompanhe/tv_assembleia/videos/index.html?idVideo=657900

    ResponderExcluir
  120. Estão nos tapeando, não se fala mais em premio por produtividade e em 1/3 de tempo pedagó0gico. Num quero nem saber quem cantou, basta -me o ovo a que tenho direito, que se crie n planos de carreira, aqui estou, daqui ninguém me tira. Então percebo que estão ganhando tempo.

    ResponderExcluir
  121. PROFESSOR, você tem escrevido maravilhosamente, mas por favor corrija, não é CICLANO é CICRANO, não vamos ensinar erradamente para nossas crianças.

    ResponderExcluir
  122. AnÔnimo das 21:02,

    Está certo, o meu querido escorregou, mas eu considerei como erro de digitação! Agora, "escrevido" é o fim da picada!!! Cruzes. Não vamos ensinar erradamente às nossas crianças.
    Ô língua!
    Abraços.

    ResponderExcluir