domingo, 25 de setembro de 2011

Uma semana decisiva para os educadores de Minas

Urgente/Urgente/Urgente

- 01:06 - Pessoal, considero que a decisão de manter o ar condicionado ligado ao máximo seja um ato de tortura, e deve ser denunciado não só à comissão de Direitos Humanos da ALMG, mas a órgãos nacionais e internacionais.

Quem puder, favor twittar e enviar e-mails para estes órgãos, para os blogs e para a mídia nacional e mundial, pois nossos colegas podem ficar congelados naquele espaço fechado.


- 00:30 - Acabo de receber um telefonema do comandante Martinho, que disse que ainda não há confirmação da reunião que havia sido divulgada mais cedo um pouco. Ninguém merce este desgovernador e sua assessoria do demônio! Nossos guerreiros e guerreiras continuam no Plenário acorrentados, e estão tentando negociar que se desligue o ar condicionado, que está ligado ao máximo, para tentar quebrar a resistência dos educadores acorrentados. Querem ainda que liberem o banheiro. Disse o comandante que o risco de invasão do Batalhão de Choque aparentemente está afastado. Menos mau. Sugeri para ele que, caso permaneçam lá durante a madrugada, que exijam também cobertores e água, pois este é o mínimo que se pode esperar de dignidade - apesar de sabermos que essa gente não tem dignidade, ética, etc.

- 23h17m - Notícia atualizada: o comandante João Martinho informou que o governo concordou em retirar o projeto de lei de pauta e somente reapresentá-lo daqui a 15 dias. Além disso, uma reunião foi marcada para amanhã às 8h, entre o governador e dois deputados da oposição (Rogério Correia e Antonio Júlio) e dois da base do governo. Por enquanto, o pessoal permanece acorrentado dentro do plenário. Já liberaram o banheiro para os acorrentados / acorrentadas. E na porta da ALMG há uma grande vigília. A luta continua!

- Atualizando (22h33) acabo de falar com o FREI GILVANDER que se encontra na ALMG. Ele chegou até a porta do plenário onde estão os acorrentados e pediu para entrar e fazer um culto religioso, o que é garantido pela Constituição Federal. Mas, a direção e a polícia legislativa não permitiram.

Outra informação que recebi de uma colega de São José da Lapa, que está do lado de fora da ALMG, junto com dezenas de educadores e apoiadores, é que a TV Record está no local fazendo filmagens, inclusive com os dois colegas em greve de fome. Disseram que a reportagem vai ao ar amanhã às 07h30. Tomara!

Mais notícias a qualquer momento. Plantão NDG!


- Neste momento (21h55) os deputados Rogério Correia e Elismar Prado entraram no plenário onde estão os nossos acorrentados. Eles estiveram em reunião com o presidente da ALMG Dinis Pinheiro. Provavelmente vão apresentar alguma proposta. Vamos aguardar e divulgar em seguida. o Batalhão de Choque permanece lá fora, pronto para invadir o recinto (quem estará invadindo ilegalmente é o BC da PM a mando do governador e dos seus, não os nossos acorrentados).

-Acabo de ser informado (21h26) que o Batalhão de Choque da PM ameaça invadir a ALMG para retirar à força nossos colegas educadores que lá se encontram acorrentados no Plenário principal. Favor divulgar para a mídia, pelo twitter e e-mails. Minas vive um estado de ditadura!


Mensagem de João Pedro Stédile aos Professores de Minas Gerais

São Paulo, 26 de setembro de 2011

QUERIDOS PROFESSORES E PROFESSORAS DE NOSSA IMENSA MINAS GERAIS,

De longe estamos acompanhando com muita atenção e carinho vossa greve.

A luta que vocês estão desempenhando é uma luta histórica, que representa a indignação de todos os professores do Brasil, não só pelo cumprimento da Lei Federal 11.738/08, mas, sobretudo, para recuperarmos a qualidade e a dignidade da educação pública nesse país.

O governo Anastasia não tem vergonha e se comporta irresponsavelmente, não apenas perante o magistério, mas perante todo povo de Minas Gerais, pelo desrespeito que manifesta pela educação de nossos filhos.

Imagino os sacrifícios que vocês estão enfrentando. Imagino as pressões dos setores conservadores e da mídia hipócrita e venal que se mantém às custas do erário público, para mentir e manipular a opinião pública.

Não desanimeis. O povo e a historia estão de vosso lado.

A vocês cumpre agora a missão de travar essa batalha em nome de todos nós, pela recuperação do sentido da educação pública e universal que todos os cidadãos têm direito, com qualidade e valorizando o trabalho missionário dos pedagogos.

Estamos com vocês. Permaneçam firmes, que a vitória é certa.

Um forte abraço de todos os militantes do MST, de todo o Brasil.

João Pedro Stédile,

da coordenação Nacional do MST e da Via campesina Brasil.


***


Cerca de 20 colegas educadores (foto) continuam, até este momento, às 19h54, acorrentados no Plenário principal da ALMG. Recebi informação do comandante João Martinho, de que a gerência daquela Casa, que deveria ser do povo, proibiu o uso dos banheiros pelos acorrentados. Além disso, ligaram o ar condicionado para criar um clima insuportável. Mas, os colegas continuam no local. Uma sessão que haveria agora à noite foi suspensa.


Urgente / Urgente / Urgente


- Às 18h05m - De acordo com o tenente Alex, correspondente internacional do blog, acompanhado pelo combativo Carlinhos do Machado, o ato no Centro de BH terminou agora, com grande participação de apoiadores - pais de alunos, estudantes de várias universidades, o pessoal dos Correios em greve, e outros movimentos sociais.

Mais cedo um pouco quem me ligou foi o pai de aluno Paulo Roberto, que tem apoiado o nosso movimento e participou do ato. Amanhã teremos a nossa assembleia. E no Plenário da ALMG, neste instante, vários educadores continuam acorrentados, além do pessoal em vigília e dos colegas Marilda e Abdon, que estão em greve de fome.


- Às 17h29m - Só informar ao pessoal do Interior que virá apenas amanhã e nos acompanha neste momento:

- o movimento da Praça da Estação caminha em marcha com dezenas de educadores e apoiadores rumo à Praça Sete.

Conforme informou o combativo Alex, por telefone, vários pais de alunos, estudantes e outros movimentos e grupos sociais participam do ato de apoio e solidariedade ao nosso movimento.

- Às 15h30: Acompanhem o debate sobre a tortura no Brasil no Plenário da ALMG - onde muitos colegas nossos estão acorrentados - pela TV Assembleia.

Link: http://www.almg.gov.br/index.asp?grupo=comunicacao&diretorio=tvalmg&arquivo=tv_assembleia&idbox=TV%20Assembleia

- Cerca de 20 educadores em greve estão neste momento, às 14h39m, acorrentados no Plenário da ALMG, onde os deputados discutem e votam as questões.

Favor divulgar para a mídia e por twitter.

Informação dada pelo comandante João Martinho.



Diretamente do CHILE, onde os estudantes e toda a sociedade se mobilizam em defesa da Educação pública, os educadores em greve de Minas recebem apoio.





Uma semana decisiva para os educadores de Minas


A semana que se inicia tem todos os ingredientes para apresentar um desfecho favorável aos educadores e aos de baixo neste embate que já dura 111 dias de uma heroica greve. O pleito inicial, a cobrança de um mísero piso salarial de R$ 1.187,00 instituído por lei federal, tornara-se, ante à negativa do governo mineiro de pagá-lo, descumprindo a lei, um campo de renhidas batalhas, que só fazem crescer.

Tivesse o governante negociado o pagamento do piso como manda a lei federal e a greve sequer teria acontecido. Mas, confiante na estrutura de poder construída nos últimos oito anos e meio - que uniu ao governo imperial, com características despóticas e coronelísticas, todos os demais poderes e a grande imprensa -, pensou o governante poder descumprir impunemente os mandamentos da Lei.

A estrutura de poder reinante em Minas (e no Brasil, infelizmente), reúne favores pessoais e o som do tilintar de muitos trinta dinheiros, formando uma relação um tanto promíscua, não republicana, que apequenou muitos dos elementos que deveriam servir de exemplo moral e ético. Com as exceções honrosas, deputados, desembargadores, procuradores da justiça, diretores do TCE, proprietários da mídia e alguns tantos jornalistas, entre outros, passaram a comer nas mãos do governo imperial.

Talvez confiante de que essa estrutura mantida pela combinação da propaganda midiática e a força bruta nas suas mais diferentes formas (incluindo o terror psicológico e as chantagens), o governo tem se mantido arrogante, embora não mais tão confiante de que saia bem desse embate. O desgaste público do atual governo é notório, e junto com ele todo o projeto de poder que o empolga, respingando seguramente na figura central e centralizadora do ex-governador, conhecido também como o faraó das Alterosas.

Minas nunca mais será a mesma depois desse movimento, que tem como sujeitos principais, mas não os únicos, os educadores em greve por direitos assegurados em lei. Em 111 dias de paralisação, já se viu um pouco de tudo, ou quase tudo, já que a cada dia somos surpreendidos, de um lado, por novos ataques da máquina de moer gente formada pelo governo, e do outro, pela resposta e resistência sempre criativa e ousada dos e das valentes educadores/as em greve.

Na semana que se inicia, por exemplo, dois grandes acontecimentos devem fazer tremer o chão de Minas novamente.

Logo na segunda-feira, pela manhã, ocorre a ampliação da vigília com parcelas das caravanas do interior que começam a chegar a Belo Horizonte. Vigília heroica instalada no pátio da ALMG, local onde dois colegas nossos - Marilda e Abdon - de forma heroica e despojada, fazem uma greve de fome que teve início no dia 19.

Mais tarde um pouco, a partir das 15h, tem início uma grande concentração, na Praça da Estação, de estudantes, pais de alunos, movimentos sociais, líderes das entidades sindicais e estudantis, lutadores sociais, enfim, que se unem aos educadores em greve para protestar contra a intransigência do governo, pelo respeito aos educadores e aos de baixo, pelo respeito à democracia e às liberdades ameaçadas, e pelo pagamento do piso na carreira dos profissionais da Educação.

Neste ato, após a confecção de faixas e cartazes e de um momento de reflexão coletiva sobre o que se passa em Minas Gerais, haverá uma marcha, avançando ainda mais para o centro da cidade. Se o trânsito parar, como tem acontecido, é importante que se saiba que tal fato ocorrerá por uma causa justa, qual seja, a salvação da Educação pública em Minas e no Brasil, ameaçada pela intransigência de governantes, que querem transformar tudo em mercadoria para servir aos financiadores de suas campanhas eleitorais.

Na terça-feira, 27, a partir das 13h, tem início uma nova assembleia geral dos educadores no pátio da ALMG. Este acontecimento, que tem mobilizado milhares de trabalhadores da Educação, deve receber também o reforço de três colunas de apoiadores, formadas por pais de alunos, estudantes, movimentos sociais, e que sairão de três diferentes pontos da Capital. Num dado momento, no pátio da ALMG, haverá um encontro histórico entre os educadores ali presentes, que completarão 112 dias de greve - a maior da história da história de Minas - , com milhares de apoiadores dos diferentes grupos e movimentos sociais. O chão de Minas vai tremer, literalmente.

Além desses importantes acontecimentos, que rompem de certa forma com um ciclo da fantasia urdido e mantido pela manipulação midiática, outros fatos relevantes acontecerão. Está prevista uma visita a Minas de uma comissão do Congresso Nacional para fiscalizar a aplicação da Lei do Piso aprovada naquela Casa e sonegada por governantes inimigos da Educação pública de qualidade, como os de Minas, do Ceará, de Santa Catarina, do Rio Grande do Sul, entre outros.

Na frente jurídica, são aguardadas as decisões do TJMG e do STF sobre o recurso apresentado pelo sindicato contra a abusividade da greve indecentemente decretada por um desembargador, que apresentou como pretextos, entre outros, a falta de merenda escolar para as crianças dos grotões de Minas e a duração da greve. Nos dois casos, se forem considerados como válidos, o primeiro e único a ser punido teria que ser o governo, pois fora ele quem provocara a greve, ao não cumprir uma lei federal, deixando de pagar o piso reclamado legitima e legalmente pelos educadores em greve.

Por outro lado, pelo eficiente levantamento feito de neste final de semana pelo guerreiro NDG Gleiferson Crow, com a colaboração espontânea e horizontal de centenas de colegas que visitam nosso blog, já se constatou, até o momento, a manutenção da greve em três centenas de escolas, dezenas delas com forte adesão, o que difere em muito da propaganda do governo de que a greve estaria acabando. Não está. A nossa greve acabará quando estiver assegurado o nosso piso salarial nacional, implantado corretamente na nossa carreira, com as gratificações a que fazemos jus. Fora isso, a greve não acaba.

Esta semana será importante também para discutirmos a construção de mecanismos de ajuda mútua para os milhares de colegas que estão em greve e sem salário há três meses, e que precisam (precisamos) sobreviver. Será o momento de realizarmos campanhas públicas de denúncia do governo cruel e déspota e de pedidos de apoio à comunidade, seja para a formação de fundos de greve, ou recolhimento de donativos ou alimentos para cestas básicas.

A vigília na ALMG pode ser mantida e até estendida, podendo inclusive incorporar outras formas de protesto. A realidade de greve de fome iniciada por dois colegas é um outro grave problema que foi colocado no colo do governo e dos demais poderes constituídos que comem nas mãos daquele.

Esperamos que o governo abandone a sua costumeira arrogância e entenda que um outro momento é vivido em Minas e no Brasil. E que esta conduta autoritária e despótica herdeira da ditadura militar de triste memória não encontra mais sustentação. A sociedade mineira dos de baixo está ficando cada vez mais indignada com o que assiste.

É hora do governo reconhecer que precisa dar um passo atrás e negociar seriamente com os educadores o pagamento do piso na carreira e a devolução do que foi confiscado nestes 111 dias de greve. É o mínimo que o governo de Minas pode fazer se quiser garantir minimamente as condições de governabilidade. Não há mais espaço para esta intransigência demonstrada unilateralmente pelo governo mineiro.

Da nossa parte, da parte do NDG - Núcleo Duro da Greve - a orientação é muita clara: apesar do desgaste e dos sacrifícios que já passamos, é importante sabermos que lutamos por uma causa justa, por um direito legal, assegurado pela Carta Magna do país, e por isso não podemos recuar; lutamos também pela nossa dignidade, enquanto cidadãos e em defesa das conquistas históricas ameaçadas - direito de greve, de ir e vir, de expressão e opinião, etc. Por isso, devemos reforçar as nossas trincheiras, mobilizar toda a comunidade e manter a pressão em todas as frentes de mobilização e luta, até a nossa vitória.

Já flexibilizamos em relação ao valor do piso que a categoria defendia inicialmente - de R$ 1.597,00. É hora, agora, do governo cumprir a lei e pagar o que nos deve!

Um forte abraço a todos e força na luta!


***


111 dias de greve dos professores:

semente de uma educação pública de qualidade.

Gilvander Moreira[1]


“Tive sede e me destes de beber. Tive fome e me destes de comer.” (Mateus 25,35).


Parodiando, podemos dizer: “Estava em greve, na luta por justiça e estavas a meu lado, viestes atender ao meu clamor."


Dia 26 de setembro de 2011, a greve das/os professoras/res da Rede Estadual de Educação de Minas Gerais completa 111 dias e segue por tempo indeterminado até o dia em que o Governador Antonio Anastasia (PSDB + DEM) deixe de ser intransigente, se abra ao diálogo e atenda às justas e legítimas reivindicações dos professores que participam da mais longa greve da história de Minas.


Há 8 dias, a professora Marilda de Abreu Araújo e o técnico em Educação Abdon Geraldo Guimarães estão em greve de fome na Assembleia Legislativa de Minas. Marilda, 59 anos, de Divinópolis, MG, é professora há 32 anos. Ela disse: “Estou em greve de fome há 8 dias para que o governador Anastasia pare de ser intransigente e se abra ao diálogo. Participei de todas as greves em 32 anos como professora. O que mais me marca nessa greve é a intransigência do governador de Minas.”


Abdon, 39 anos, de Varginha, é pai de três filhas, duas das quais gêmeas de três meses. Ele diz: “Estamos com nossos salários cortados há 2 meses e já se vai para o 3º mês sem salário. As dificuldades para quem está na greve são enormes. Ao Anastasia peço respeito aos educadores. Atenda as nossas justas reivindicações. Reivindicamos pouco: apenas o piso salarial nacional, garantido pela Lei Federal 11.738/08, hoje, R$1.187,00 que em janeiro de 2012 passará para R$1.384,00.”


O prof. Dr. José Luiz Quadros, no artigo “Greve dos professores em Minas Gerais”, ao defender com veemência a justeza da greve e das reivindicações dos educadores, alerta que o governo de Minas, ao contratar professores para substituir os que estão em greve, está intimidando e criando um dilema moral para o povo mineiro. Diz ele: “Como professores poderão aceitar participar de um processo de escolha para substituir colegas que se encontram em greve? Esta perspectiva de falta de compromisso com a categoria, falta de solidariedade com o colega, de priorizar um projeto egoísta de se dar bem (bem?) com o desemprego do outro é lamentável. Lamentável mesmo que o estado cause este constrangimento e mais lamentável quem aceita esta proposta. Como este professor fará quando daqui alguns anos ele não conseguir viver dignamente com o salário de fome que recebe. Ele fará greve? Ora, não vai adiantar nada uma vez que não terá força moral para esperar solidariedade das outras pessoas.”


A postura de intransigência do Governo do Estado revela a total ausência de ética imprescindível ao cargo e à tarefa que assumiu. A decisão por convocar novos professores para assumirem a cadeira dos que estão em greve acentua a dimensão antiética deste governo. A atual greve dos professores reivindica dignidade para toda a classe trabalhadora de professores. Os que estão contratados e os que ainda não. Trata-se de uma luta mais ampla. Por uma educação pública de qualidade que passa necessariamente pela valorização dos/as professores/as.


Aos professores que se sentem inseguros diante do corte de salários, do dia de trabalho, de retaliações, calúnias e difamações por parte do Governo estadual, da mídia e da sociedade, recordo o que disse Jean Cocteau, Mark Twain e tantos outros: "Não sabendo que era impossível, foi lá e fez". Sei que há milhares de professores que estão sem dormir, porque se preocupam também com os estudantes. Saibam que vocês, queridas/os educadoras/res, estão plantando sementes da educação pública de qualidade em Minas Gerais.


A Mídia, à exaustão, vem alardeando, que os professores em greve, ao fazerem passeatas, atrapalha o trânsito. Assim, a Mídia não vê para onde os professores em greve apontam. Vê apenas o dedo dos nossos heróicos educadores. Um vereador míope chegou ao absurdo de propor um projeto de lei na Câmara de Belo Horizonte para proibir manifestação pública dentro do perímetro da Av. do Contorno, alegando que as passeatas atrapalham o trânsito. Digo: Quem atrapalha o trânsito não são os professores em greve e nem os movimentos populares ou sindicatos que, de cabeça erguida, dentro de prescrição constitucional, lutam manifestando publicamente suas reivindicações. Logo, quem está atrapalhando o trânsito é o governador Anastasia, o TJMG e todas as autoridades que não escutam os clamores dos professores empobrecidos. Se o Governador Anastasia fosse um democrata, já teria se aberto ao diálogo e a negociação séria com os educadores. O SINDUTE buscou diálogo com o governador durante seis meses, antes de iniciar a greve, mas não foi atendido. Agora vem dizer que só negocia se a greve acabar. Não negociava antes da greve, irá negociar sem a pressão da greve? Ao continuar com essa intransigência, o futuro político do Anastasia será efêmero. Anastasia, seu barco vai afundar! O prefeito Márcio Lacerda, dia 24/09/2011, já teve o seu futuro político sepultado por mais de 2 mil militantes que se manifestaram pelas ruas de BH no “Fora Lacerda”.


As/os professoras/res de Minas estão interpelando a consciência de toda a sociedade. Não há espaço para neutralidade. Ou se compromete e engaja na luta ao lado dos educadores tão discriminados no 2º estado que mais arrecada impostos e que paga um dos piores salários aos professores ou assuma que é omisso, cúmplice e covarde, pois se trata de causa da educação pública, assunto que deve ser uma prioridade absoluta de todos/as.


A greve dos mil operários da reforma do Mineirão durou apenas alguns dias. O governo tremeu na base e se abriu para a negociação imediatamente. “As obras da COPA não podem atrasar”, dizem. A educação pública pode ficar no fundo do poço? Minas terá futuro sem uma educação pública de qualidade?


Queridos pais e estudantes, a hora exige que toda a sociedade se junte na luta ao lado dos professores que lutam não apenas por melhores salários, mas por uma educação pública de qualidade. Se os professores forem derrotados, toda a sociedade será derrotada. Isso não pode acontecer. Lutemos até a vitória!


A educadora Marilda e o educador Abdon, em greve de fome há 8 dias, estão nos dando um grande exemplo de doação de vida em prol do bem maior que é educação pública de qualidade para todos.


Obs.: Eu já escrevi 4 pequenos textos que ajudam a entender e a se posicionar diante da greve dos professores em Minas:


a) A greve dos professores é justa?

b) Greve dos professores de Minas: marco histórico.

c) Professores em greve até a conquista do Piso Salarial Nacional.

d) 106 dias de greve dos professores de Minas Gerais: greve de fome X tropa de choque.

Esses 4 pequenos textos estão disponibilizados na internet em vários blogs, inclusive em www.gilvander.org.br


Belo Horizonte, MG, Brasil, 26 de setembro de 2011



[1] Mestre em Exegese Bíblica, professor, frei e padre carmelita, professor de Teologia Bíblica, assessor da CPT, CEBI, SAB e Via Campesina; e-mail: gilvander@igrejadocarmo.com.brwww.gilvander.org.brwww.twitter.com/gilvanderluis


Um abraço afetuoso. Gilvander Moreira, frei Carmelita.
e-mail: gilvander@igrejadocarmo.com.br
www.gilvander.org.br
www.twitter.com/gilvanderluis
Facebook: gilvander.moreira
skype: gilvander.moreira



***

Greve dos professores: mais um dia!

A ditadura volta a Minas Gerais!

por Jose Luiz Quadros de Magalhães[1]


O leitor deve estar pensando: a ditadura voltou? Mas, ela já não está aí há muito tempo? Pois é, o título é só uma provocação, só para chamar atenção. A ditadura já está em Minas Gerais há muito tempo, e o pior é que os mesmos donos de jornais, rádios e redes de TV que se autocensuram, que traem a democracia e os princípios constitucionais de liberdade de expressão são os mesmos que “denunciam” a falta de liberdade em outros países. Hipócritas. Há um problema recorrente nestas pessoas no poder: falta espelho (eles só têm o espelho de narciso). Sempre acusando os outros são incapazes de se perceberem como violadores da Constituição, como violadores da Democracia, da República e das leis. Estes são os piores bandidos (o fora-da-lei com poder supostamente legal).

Existe outra categoria de pessoas perigosas: os que cumprem ordens ilegais. Não posso fazer nada, estou cumprindo ordens, dizem. Esquecem que não estão obrigados a cumprir ordens ilegais ou flagrantemente inconstitucionais. Basta um mínimo de conhecimento jurídico, ou para não pedir muito, basta um mínimo de bom senso. Agredir pessoas é permitido para os que estão fardados? Onde está escrito, em qual lei da república (com letra minúscula, escondida e oprimida está a república que de pública não tem nada), em qual Constituição está escrito que os cidadãos, donos da República (com letra maiúscula, a República que conquistaremos um dia) podem ser tratados pelos seus servidores como lixo, como bandidos? Quem é o bandido nesta história?

E nossas praças privatizadas? E os palácios? Já viram uma República com tantos palácios? Para mim os palácios pertenciam à monarquia e deveriam todos virarem museus públicos. Entretanto nossa república esta cheia de palácios. Só o governador (?) tem três: um palácio de verão, um de inverno (nas Mangabeiras) e um para despacho (eparrei). Acredito que todos eles deveriam virar museus e espaços públicos recreativos. Nas Mangabeiras poderíamos inclusive fazer um clube público, com piscinas públicas como aquelas que encontramos em outros países mais democráticos.

Que patética cena: enquanto meia dúzia de autoridades (otorydadys – conhecem esta espécie? Vem do gênero otorytatys sin nocyonis) fora do mundo, protegidos por centenas de policiais (que deveriam, se agissem de forma constitucional, proteger os cidadãos contra o governo inconstitucional), festejam os bilhões de dólares que poucos vão lucrar às custas dos espaços e dinheiros públicos investidos na Copa do Mundo. As câmeras e os jornalistas das grandes rádios e televisões estavam no lugar errado. Não deveriam estar filmando aquela festa podre, com pessoas, algumas até muito suspeitas. Interessante episódio moderno: centenas de policiais protegendo alguns suspeitos, alguns até respondendo processo; outra centena de policiais atirando balas de borracha e gás lacrimogêneo em pessoas desarmadas, trabalhadores, professores, cidadãos; tudo isto para garantir uma festa realizada com muito dinheiro público para permitir muito lucro privado, onde o povo, o cidadão fica de fora: quantos poderão assistir a um jogo da copa do mundo? Para estes poder o lugar do povo é em frente a TV. Pode ser que os governos eleitos sorteiem junto com as grande empresas alguns ingressos para os que permitem a festa com seu trabalho: todos nós que trabalhamos.

Pergunto-me diariamente: quando é que a ficha vai cair. Quando é que vamos acordar, todos nós, que nunca somos convidados para a festa que a polícia protege. Quando vamos cansar de apanhar da polícia que deveria nos proteger. Será que as coisas já não estão suficientemente claras? Governos eleitos com muita grana do financiamento privado de grandes banqueiros mentem para nós antes das eleições. Não elegemos livremente ninguém, isto não é uma democracia. Escolhemos a cada 4 anos o melhor escritório de marketing. Essas pessoas no poder, na maioria dos casos não nos representam (há exceções). Representam os seus próprios interesses e os interesses daqueles que pagaram sua eleição. Quando vai cair a ficha? A polícia que bate no povo e protege o patrimônio dos ricos e as festas do poder, onde o povo está sempre de fora. Copa do Mundo, Olimpíada, comemorações de grandes corporações (que sustentam a mentira do nacionalismo moderno) onde assistimos vinte e dois milionários correndo atrás da bola sem nenhum outro compromisso a não ser com o sucesso pessoal, a vaidade e o dinheiro. Muito dinheiro. Tem alguns que até choram. Eventos que comemoram e exaltam o melhor, o corpo perfeito, a “performance” perfeita. Há muito que todos estão fora desta festa. Não podemos participar. Somos todos imperfeitos, não temos aquela saúde perfeita, aquele corpo perfeito, aquele patrocinador perfeito. Somos trabalhadores e nosso corpo e mente estão marcados pelo trabalho. Não temos tempo para a perfeição.

Quando é que a ficha vai cair? Até quanto você vai ficar levando “porrada”? Até quando você vai ficar financiando estas festas podres com gente esquisita?

Filmem tudo, tirem foto de tudo, escrevam, falem, não se conformem. Reclamem seus direitos, exijam que os que têm poder econômico e político cumpram a lei e respeitem a República. Processem. Processem. Processem. Toda vez que forem agredidos pelo estado processem, fotografem, filmem. Mandem os filmes e as fotos para todo o mundo saber que aqui em Minas Gerais vivemos uma ditadura econômica, onde os cidadãos são desrespeitados. Onde quem trabalha apanha do governo, é desrespeitado pela polícia. Contem isto para o mundo inteiro, todo dia, toda hora. Não acreditem que a história acabou. Não acreditem que não temos força, que não podemos fazer qualquer coisa. A história está em nossas mãos, mas para construirmos a história que desejamos é necessário sair de frente da televisão e olhar para a vida, para o mundo. Podemos fazer qualquer coisa, inclusive construir uma democracia constitucional republicana, de verdade, real, em nosso país, onde os poderes públicos, onde a polícia sirva ao povo e não às grandes empresas privadas. Mas para isto temos que nos movimentar.

A irracionalidade do sistema está visível, sua incoerência é gritante, resta-nos mostrar diariamente tudo isto para todo mundo ver. O dia que as pessoas tiverem percebido o óbvio tudo mudará radicalmente. Mas é necessário cair a ficha. Desliguem seus televisores, exijam que as coisas, ideias, pessoas sejam livres. Resgate o futebol para o povo, resgatem as praças para o povo, resgatem o dinheiro público para o povo, resgatem as instituições para o povo. Resgatem o governo, a TV, os jornais e rádios, resgatem a polícia e o exército; resgatem a cidade e as praças; resgatem a solidariedade e o amor; resgatem o carinho e o sexo; resgatem a natureza; resgatem as palavras seqüestradas: a palavra liberdade não pertence aos poucos que a seqüestraram. Escrevam o português à moda antiga, ou de um novo jeito. Ninguém é dono das palavras que você fala. Acredite na liberdade de um mundo sem dono, sem podres poderes. Libertem a palavra esperança do cárcere, lugar onde tantos de nós se encontram. Como diria Caetano:


“E aquilo que nesse momento se revelará aos povos
Surpreenderá a todos, não por ser exótico
Mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto
Quando terá sido o óbvio”.


[1] Professor da UFMG e da PUCMINAS, Mestre e doutor pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG. Professor do programa de mestrado da Faculdade de Direito do Sul de Minas. É pesquisador do Instituto de Investigações Jurídicas da Universidade Autônoma do México e professor convidado do doutorado da Universidade de Buenos Aires. E-mail: ceede@uol.com.br


274 comentários:

  1. Acabei de editar. Minha homenagem aos professores em greve da rede estadual de educação de Minas Gerais.
    http://www.youtube.com/watch?v=F8vd3AI_WQ0&feature=channel_video_title

    ResponderExcluir
  2. NDG notícia:
    AGORA SOMOS 313 ESCOLAS em GREVE

    ATUALIZADO 25 set. 22h 54 min informadas pelo Blog e via e-mail (gscrow@gmail.com)

    Escolas ESTADUAIS (ordem alfabética):

    1 a 60


    1 Abílio Patto - Governador Valadares
    2 Alberto Azevedo - Inhapim 100% GREVE
    3 Alberto Pereira Lima - João Monlevade , Presente na GREVE - parcial
    4 Alberto Vicente Pereira - DIVISÓPOLIS - (5 grevistas GUERREIROS) 8 junho
    5 Alda Mota - Uberlândia
    6 Alfredo Lima - Manhumirim (parcial e com tampões)
    7 ALI HALFELD - Juiz de Fora - 2 professoras paradas
    8 Alonso Marques - Sete Lagoas
    9 Alvaro Romano Parcial - Nanuque - grotões de Minas -6º ao Médio-parado
    10 Américo C. Brant (norte de Minas) desde junho- recuos e "tampões" ,mas há aqui um NDG.
    11 Américo Rene Giannetti - Uberlândia- parcialmente em greve em torno de 30% de grevistas
    12 Anexo Renato Azeredo - Vespasiano - grande percentual em greve!
    13 Antonio Batista da Mota Parada total - Nanuque - grotões de Minas -6º ao Médio-parado
    14 Antonio Carlos - Inhapim
    15 ANTONIO FELIPE DE SALLES PARCIAL CAMBUÍ - SUL DE MINAS
    16 Antonio Ferreira Barbosa ITURAMA- TRIANGULO MINEIRO
    17 Antônio Luis Bastos - Uberlândia
    18 Antônio Miguel (alguns servidores) Ribeirão das Neves
    19 Antônio Pereira - Ouro Preto (apenas 3 professores em greve)
    20 Antônio Rigueiro (alguns servidores) Ribeirão das Neves
    21 Ari da Franca BH, presente na greve
    22 Armenio Veloso - Montes Claros (parcialmente em greve)
    23 Arthur Antônio Fernandes(Coronel Murta) parcialmente
    24 Augusta Valle-Montes Claros - Parcial desde 08/06
    25 Augusto de Lima - NOVA LIMA (em greve parcial)
    26 B. Industrial - Uberlândia
    27 Beatriz Maria de Jesus São José da Lapa, presentes na greve!
    28 Benedito Quintino dos Santos - Tarumirim
    29 Benedito Valadares - CARANGOLA (há 2 EDUCADORAS paralisadas) NDG presente
    30 Bernado Vasconcelos. GREVE EM SETE LAGOAS:
    31 Bernardo Monteiro BH tem representantes na greve!!!
    32 BERNARDO VALADARES (localidade???)
    33 Bom Pastor - Governador Valadares
    34 Canuta Rosa de Oliveira IPATINGA - parcial 14 prof. GREVE
    35 Capitão Godoy - Volta Grande (presente na greve)
    36 Carlos Góis (professores em GREVE)Campos Gerais- Sul de Minas
    37 Carlos Luz - Governador Valadares
    38 Carlos Nogueira da Gama - Reduto - presente na greve
    39 Carlota de Andrade - Itanhomi presente na greve
    40 Castelo Branco - Além Paraíba (presente na greve)
    41 Catarina Jorge Gonçalves - Contagem desde 8/6
    42 CECILIA DOLABELA - LAGOA SANTA (tem TAMPAX- DESORGANIZAÇÃO E A BAGUNÇA)
    43 Cel. Amantino Maciel em Piranga, quatro guerreiras(os) DIVINOPOLIS NA GREVE
    44 Cel.José Ildefonso em Piranga, funcionando parcialmente. DIVINOPOLIS NA GREVE
    45 Celso Machado - Barreiro BH- não está funcionando 100%
    46 Centro Interescolar - Governador Valadares
    47 Cesec - João Monlevade - parcial
    48 Cesec - Manhumirim (parcial e com tampões)
    49 Cesec Caeiras - Vespasiano - pequeno mas valente percentual em greve!
    50 Cesec Querobim F.Otoni - Almenara (01 prof.)
    51 Cesec Vila Esportiva - Vespasiano - pequena mas valente percentual em greve!
    52 CLEMENTE DA ROCHA BANDEIRA
    53 Com. Mário Goulart Santiago - Pedralva -parcialmente (11 professores em greve)
    54 Comendador Nascimento Nunes Leal - Resplendor (E de Minas)- 90% - tem fura greve
    55 Cônego José Maria (parcial) Três Pontas- MG
    56 Conego Luis Vieira da Silva - Ouro Branco (12 prof GREVE e 1profª designada da S.R.E.)
    57 CONSELHEIRO PENA (??? Localidade)
    58 Conservatório Estadual de Música "Cora Pavan Capparelli - Uberlândia
    59 Constâcio c. de Alvarenga- Greve Parcial Nacip Raydan
    60 Cordovil Pinto Coelho - Manhuaçu- adesão recente (parcialmente ou com tampões)

    continua ...

    ResponderExcluir
  3. 61 a 120


    61 Coronel Amantino - Porto Firme (1 prof. em greve desde 8 de junho) (verificando)
    62 Coronel Amantino Maciel (Piranga) - presentes na greve. (verificando)
    63 Coronel José Ildefonso (Piranga) - greve parcial
    64 Coronel Mariano Murta(Coronel Murta) parcialmente
    65 D.Arabela Costa - Governador Valadares
    66 Deniz Vale - Nova Lima
    67 Deputado Alvaro Sales/Venda Nova (Parcialmente 2 professores)
    68 Deputado Esteves Rodrigues -Montes Claros - Parcial desde 08/06
    69 Deputado Ilacir Pereira Lima, em Belo horizonte, 15 professores em greve (TEM TAMPAX)
    70 Deputado Patrus de Sousa" - Carandaí (parcialmente) cerca de vinte professores
    71 Deputado Renato Azeredo GREVE EM SETE LAGOAS:
    72 Deputado Teodósio Bandeira Três Pontas- MG
    73 Desembargador Horacio Andrade - Ouro Preto, funcionando parcialmente com substitutos
    74 Desembargador Rodrigues Campos - Barreiro BH- 10 combatentes em greve
    75 Diocesano - Governador Valadares
    76 DO BAIRRO C.DO CEU - Mutum
    77 DO BAIRRO CANTINHO DO CEU - Mutum
    78 Dom Cabral - Belo Horizonte - bairro Betânia sub sede Amazonas-BH
    79 Dom Cavati - Ubaporanga.( parcial)
    80 Dom Othon Motta - Conceição do Rio Verde, sul de Minas - 13 professores guerreiros
    81 Dom Pedro II - Ouro Preto, funcionando parcialmente com substitutos
    82 Dom Silvério - Mariana - precariamente com substitutos
    83 Dom Velloso" Ouro Preto 100% dos professores em greve (funcionando parcialmente com substitutos)
    84 Dona Francisca de Oliveira - Pompéu - S.R.E. Sete Lagoas (quase totalmente paralisada)
    85 Donato Werneck de Freitas - Belo Horizonte - 100% TOTAL em greve (cerca de 35 profissionais)
    86 Dr. Raimundo Alves Torres - VIÇOSA ( parcialmente)
    87 Dr. Alípio Fernandes - Inhapim
    88 Dr. André Cortez Granero - Guaxupé - parcialmente em greve.
    89 Dr. Antônio Ferreira Lisboa - Governador Valadares
    90 Dr. Avelar Completando a lista de guerreiros de Sete Lagoas e região:
    91 Dr. Benedito Leite Ribeiro - Guaxupé - parcialmente em greve.
    92 Dr. Geraldo Parreiras - João Monlevade , presente na greve.
    93 Dr. Geraldo Parreiras - João Monlevade, presente na greve (parcial)
    94 Dr. Guilhermino de Oliveira - Inhapim
    95 Dr. José Augusto - Entre Folhas (precariamente -professores substitutos)
    96 Dr. Odilom Loures - Bocaiuva desde de junho (norte de Minas) (parcialmente com tampões)
    97 Dr. Pedro Paulo Netto - Divino- 5ª SRE (Carangola)
    98 Dr. Raul Soares: 02 combativas - desde 08/06 NDG Itabirito
    99 Dr. Ulisses Vasconcelos Completando a lista de guerreiros de Sete Lagoas e região:
    100 Edite Furst Completando a lista de guerreiros de Sete Lagoas e região:
    101 EFFE ROLFS - VIÇOSA - parcialmente na greve
    102 Efigênia da Barros Oliveira (Barão de Cocais MG - 1 servidor em greve)
    103 Eliseu laborne e Vale - Belo Horizonte (1 prof. GREVE)
    104 Elisio Carvalho de Brito - Sabará - adesao parcial, mas os que estao de greve estão para o que der e vier
    105 Emília Esteves Marques (CARANGOLA) firmes na luta com os seus grandes EDUCADORES!
    106 Emilio de Vasconcelos Costa GREVE EM SETE LAGOAS:
    107 Engº Amaro - Taruaçu parcial
    108 Engº Henrique Dumont- Santos Dumont - 01 professora na GREVE
    109 Engº Caldas - Caratinga - 5 professores
    110 Engº Queiroz Júnior:11 combativos - desde 08/06 NDG Itabirito
    111 Eponina Soares - Sete Lagoas e região_ completando a lista de guerreiros
    112 Escola do Córrego do Beija Flor ( parcialmente) Tarumirim
    113 ESCOLA MILITAR - LAGOA SANTA
    114 Euzébio Cabral - Governador Valadares
    115 Fazenda Modelo - Pedro Leopoldo (parcialmente)
    116 FRANCISCO DE SOUZA RESENDE - Divino das Laranjeiras - Leste (5 na luta,sem substitutos)
    117 Francisco do Carmo" - Carandaí (parcialmente) sete professores
    118 Francisco Firmo de Matos - Contagem (5 professores em greve)
    119 Francisco Manuel - Descoberto - mantém posição nesta greve.
    120 FRANCISCO MENEZES FILHO - BH

    continua ...

    ResponderExcluir
  4. 121 a 180

    121 Francisco Sales (Capim Branco)
    122 Francisco Viana - Vespasiano - em greve com grande percentual!
    123 Frei Carlos - Piedade de Caratinga- 10 professores
    124 Frei Egídio - Uberlândia
    125 FREI MARCELINO DE MILÃO IAPU - Parcial greve (duas guerreiras paradas)
    126 Gentil Pereira Lima" - Carandaí parcialmente) resistem bravamente
    127 George Chalmers - Nova Lima
    128 Geraldo Parreiras- João Monlevade, presente na greve !!!!!!!!!!
    129 Gilberto C. Brant - Bocaiuva -junho - N de Minas (parcial tampões) mas há aqui um NDG.
    130 Gomes Freire - Mariana - precariamente com substitutos
    131 GRAMONT ALVES GONTIJO - BETIM
    132 GUANHÃES mais uma atingida pela greve!
    133 Guerino Casassanta (05 servidores) Ribeirão das Neves
    134 Guilherme Hallais França - Vespasiano - grande percentual em greve!
    135 Helvécio Dahe (boa adesão) Ribeirão das Neves
    136 Henrique Galvão - DIVINÓPOLIS... 01 professor na greve desde 08/06
    137 Hortêncio Diniz - Uberlândia
    138 Humberto de Campos - Itanhomi presente na greve
    139 Ignácio Paes Lemes - Uberlândia
    140 Imaculada Conceição (Pedro Leopoldo)
    141 Imaculada Conceição (Porto Firme) presente na greve.
    142 Inácio Castilho - Uberlândia
    143 Intendente Câmara Itabirito 11 combativos - desde 08/06 NDG
    144 Isabel Vieira - Caratinga - 2 professoras
    145 Jardim do Ipê - Governador Valadares
    146 João Alves dos Santos - Varzelandia (Campo Redondo) 3 prof. GREVE desde 08/06.
    147 João Belo de Oliveira (CARANGOLA) estão firmes na luta com os seus grandes EDUCADORES!
    148 João Côrrea Armond (alguns servidores) Ribeirão das Neves
    149 João de Almeida (boa adesão) Ribeirão das Neves
    150 João Felipe da Rocha - Nova Lima
    151 João Gonçalves Neto (alguns servidores) Ribeirão das Neves
    152 JOÃO LOPES PARCIAL CAMBUÍ - SUL DE MINAS
    153 João Rezende - Uberlândia- parcialmente em greve em torno de 30% de grevistas
    154 João Wesley - Governador Valadares
    155 JOÃO XAVIER DA COSTA - MANHUAÇU (EM GREVE FUNCIONANDO COM TAMPÕES.
    156 João XXIII - Ipatinga (8 profº e 1 pedagoga em GREVE)
    157 Joaquim Francisco Xavier - Inhapim- bairro Santo Antônio
    158 Joaquim Saraiva - Uberlândia
    159 José Augusto Ferreira - Caratinga - 3 professores
    160 José Bonifácio (grande adesão) Ribeirão das Neves
    161 José Elias Issa - São José da Lapa - presentes na greve!
    162 José Gabriel - Vespasiano - a maioria em greve!
    163 José Inácio de Souza - Uberlândia
    164 José Severino" – Sobrália
    165 Josefina Wanderley Azeredo - Nova Lima
    166 Julio César - SETE LAGOAS
    167 Júlio César de Vasconcelos (LOCALIDADE??? E seria Dr. Júlio César de Vasconcelos??)
    168 Júlio Soares - Gov. Valadares
    169 Juvenília - Uberlândia
    170 Juventina Pinto Brandão - Contagem 01 professor em greve desde 08/06
    171 Juventino Alves Ferreira - Greve parcial -Virgolândia.
    172 Labor Club Gov Valadares
    173 Laudelina Dias Lacerda -Almenara (parcial)
    174 Leônidas Marques AFONSO - Jaboticatubas - presente na greve
    175 Leonina Mourthé de Araújo - Santa Luzia
    176 Louis Ensch - João Monlevade - parcial
    177 Lourdes de Carvalho - Uberlândia- parcialmente em greve em torno de 30% de grevistas
    178 Ludgero Alves - Caratinga - 4 professores
    179 Luiz de Bessa - Belo Horizonte - (B. Goiânia) parcialmente em greve (três turnos)
    180 LUIZ GONZAGA BASTOS - CONSELHEIRO PENA

    continua ...

    ResponderExcluir
  5. 181 a 240

    181 Luiz Prisco de Braga- João Monlevade, presente na GREVE parcial
    182 Machado de Assis - VESPASIANO a maioria em greve!
    183 Madre Santa Face - VIÇOSA -(1º ao 5º ano) - parcialmente 9 guerreiras - tem tampões
    184 Maestro Villa Lobos - Belo Horizonte - 30 professores em greve desde 8/6
    185 Magno Claret - Pedro Leopoldo
    186 Manhumirim (E.E.)- Manhumirim (parcial e com tampões)
    187 Manoel Byrro - Governador Valadares
    188 Maria Anália Mendes Ferreira - Cachoeira da Prata, SRE de Sete Lagoas.
    189 Maria Carolina Campos-Belo Horizonte(Venda Nova) adesão grande - tem tampax
    190 Maria Conceição B. De Souza - Uberlândia- parcialmente 30% de grevistas
    191 Maria da Glória (boa adesão) Ribeirão das Neves
    192 Maria da Piedade - Vespasiano - a maioria em greve!
    193 Maria de Lourdes de Oliveira (BH) parcialmente grevistas foram substituidos (tem tampax)
    194 MARIA DE LUCCA PINTO COELHO - MANHUAÇU - GREVE, (guerreiros substituídos por tampões)
    195 Maria Floripes Nascimento Alves - Sabará - 8 guerreiros nos três turnos
    196 Maria Isabel Vieira - Caratinga - 5 professores
    197 Maria Josefina Sales Wardi - Nova Lima (Jardim Canadá) parcial - GREVE 10 prof na luta
    198 Maria Teixeira da Fonseca - Tarumirim
    199 Marília de Dirceu - Ouro Preto, funcionando parcialmente com substitutos
    200 Mario Porto - Uberlândia- parcialmente em greve em torno de 30% de grevistas
    201 Maurício Murgel,em BH- presente na greve.
    202 Maurilio de Jesus Peixoto GREVE EM SETE LAGOAS:
    203 Melo Viana 5ª SRE - Divino-(Carangola)
    204 Messias Pedreiro - Uberlândia
    205 MINISTRO FRANCISCO CAMPOS - Mutum (S.R.E. MANHUAÇU)
    206 Ministro Francisco Campos - Pompéu - S.R.E. Sete Lagoas (parcial)
    207 Moacyr de Mattos - Caratinga - 4 professores
    208 Modestino Andrade Completando a lista de guerreiros de Sete Lagoas e região:
    209 MONSENHOR GUSTAVO - Montes Claros (desde 8/6/2011)
    210 Monsenhor Teófilo Sáez (professores em GREVE)Campos Gerais- Sul de Minas
    211 Nacif Selim de Sales - Ipatinga:
    212 Nacle Miguel Habib - Governador Valadares
    213 Neuza Rezende - 1 professor(parabéns) - Uberlândia
    214 Newton Martins (01 servidor) Ribeirão das Neves
    215 Nila Faraj - Vespasiano - em greve com grande percentual!
    216 NILO MAURICIO - LAGOA SANTA
    217 Nilza Luzia de Souza Butta Ipatinga:
    218 No Conjunto H. Cruzeiro do Sul - Uberlândia- parcialmente - 30% de grevistas
    219 Nossa Senh de Lourdes - Maria da Fé - Sul de Minas - GREVE Parcial e com tampões
    220 Nossa Senhora da Conceição (01 servidor) Ribeirão das Neves
    221 Nossa Senhora de Lourdes ITURAMA- TRIANGULO MINEIRO
    222 Oswaldo Lucas Mendes -Taiobeiras (parcialmente parada) escola referência
    223 Ouro Preto (EE)- cidade de Ouro Preto, funcionando parcialmente com substitutos
    224 Padre Afonso de Lemos - Ouro Preto, funcionando parcialmente com substitutos
    225 Padre Alvaro Correia Borges - VIÇOSA - parcialmente presente na greve tem tampões
    226 Padre José Maria De Man. - Contagem desde 8/6
    227 Padre José Senabre - Vespasiano - a maioria em greve!
    228 Padre José Silveira - Varzelândia - precariamente - Núcleo Duro resistindo firme: 08/06).
    229 Padre Pedro Ribeiro de Castro - Conceição do Rio Verde, (S de Minas) 1 guerreira
    230 Pandiá Calógeras - SETE LAGOAS (16 professores greve - manhã, substituídos por tampax)
    231 Parque São Jorge - Uberlândia
    232 Parque São Jorge - Uberlândia- parcialmente em greve em torno de 30% de grevistas
    233 Pastor Paulo Nascimento - Nanuque - grotões de Minas - - parcial6º ao Médio-parado
    234 Paulo Campos Guimarães - Pompéu - S.R.E. Sete Lagoas (parcial)
    235 Paulo das Graças - Belo Horizonte (sei que são muitos)
    236 Paulo Freire - Governador Valadares
    237 Pedro de Alcântara (alguns servidores) Ribeirão das Neves
    238 Pedro Roberto de Menezes - Pompéu - S.R.E. Sete Lagoas (parcial)
    239 Polivalente - Uberlândia
    240 Polivalente - Manhuaçu- (parcialmente ou com tampões)

    continua ...

    ResponderExcluir
  6. 241 a 300 (essa parte)


    241 Prefeito Jacy Junqueira Gazola (Alguns bravos guerreiros) Três Pontas- MG
    242 Prefeito Joaquim Pedro Nascimento - Governador Valadares
    243 Presidente Tancredo Neves (desde 09/08) Três Pontas- MG
    244 Princesa Isabel -Caratinga - 5 professores
    245 Prof. Cândido GOMES - ALVINÓPOLIS NA GREVE DESDE 23/09/11
    246 Prof. José Freire (Juiz de Fora)-Parcialmente em greve
    247 Prof. JOSÉ SAINT CLAIR - Juiz de Fora - 6 professores parados
    248 Prof. Vitor Pinto - Jequitibá - 11 professores em greve
    249 Prof. Wilson de Melo Guimarães - Pará de Minas (15 professores estão em greve desde 13/06)
    250 Prof. Antônio Fernandes Pinto Rio Piracicaba;
    251 Prof. Darcy Ribeiro - Governador Valadares
    252 Prof. Domingos Ornelas em Santa Luzia (tampões desde 20/9/2011)
    253 Prof. Eduardo Daniel Ferreira Dias Campos Gerais- Sul de Minas
    254 Prof. Gastão Valle - Bocaiuva (N de Minas) -parcialmente com tampões, mas há aqui um NDG.
    255 Prof. Inês Geralda de Oliveira -Belo Horizonte (B. Juliana) 50% adesão no noturno.
    256 Prof. João Fernandino Junior GREVE EM SETE LAGOAS:
    257 Prof. Joaquim Nunes - Caratinga - 5 professores
    258 Prof. Juvenília Ferreira Santos - Uberlândia- parcialmente 30% de grevistas
    259 Prof. Leônidas de Castro Serra - Uberlândia- parcialmente 30% de grevistas
    260 Prof. Nelson de Sena - Governador Valadares
    261 Prof. Plínio Ribeiro_ Montes Claros - Parcial desde 08/06
    262 Prof. Rousset GREVE EM SETE LAGOAS
    263 Profª Maria Amélia Guimarães - Belo Horizonte (5 em GREVE) tem tampão
    264 Profª Maria Cecília de Melo - Belo Horizonte - 10 guerreiros em greve, por enquanto.
    265 Profª Maria Coutinho NDG Itabirito
    266 Profª Marieta Castro Três Pontas- MG
    267 Profª. Coutinho(Contagem)
    268 Profª. Elza Moreira GREVE EM SETE LAGOAS:
    269 Profª. Ilma de Lana Emerique Caldeira - Dom Cavati
    270 Profª. MARIA DA CONCEIÇÃO MORAES - Cambuí - (Sul de MG) S.R.E. Pouso Alegre - parcial
    271 Quintino Bocaiúva - Governador Valadares
    272 Raul TEIXEIRA DA COSTA SOBRINHO - Santa Luzia (parcialmente) GREVE desde 8/6
    273 Renato Azeredo - Vespasiano - a maioria em greve!
    274 Renato Gusman - Manhuaçu- (parcialmente ou com tampões)
    275 Renê Giannetti - Uberlândia
    276 REPARATA - LAGOA SANTA - 1 PROFESSOR
    277 Rui Barbosa - Pedro Leopoldo
    278 Rui Barbosa - TARUMIRIM (parcialmente)
    279 Ruy Pimenta - Contagem desde 8/6 ( tem dois professores em greve)
    280 Sagrada Família - Governador Valadares
    281 San Genaro - Ribeirão das Neves (boa adesão)
    282 Sandoval Soares de Azevedo - Ibirité
    283 Santa Rita - Além Paraíba (presente na greve)
    284 SAnt'Ana - Brasília de Minas presente na greve
    285 Santana - João Monlevade - parcial
    286 São José - Alto Rio Doce (NÃO CONSEGUIRAM CONTRATAR NENHUM PROFESSOR)
    287 São José - ALTO RIO DOCE - PRESENTE NA GREVE
    288 São Vicente de Paulo - Manhuaçu (parcialmente ou com tampões)
    289 Sátiro Alvim Completando a lista de guerreiros de Sete Lagoas e região:
    290 SEBASTIAO LOPES DE CARVALHO - VIÇOSA - 1 SOBREVIVENTE na LUTA
    291 Secretário Levindo Coelho - Governador Valadares
    292 Segismundo Pereira - Uberlândia
    293 Selim José de Sales - Ipatinga
    294 Sérgio de Freitas Pacheco - Uberlândia- parcialmente em greve em torno de 30% de grevistas
    295 Sinfrônio Fernandes - Caratinga - 1 professor
    296 Sinhá Andrade - SETE LAGOAS:
    297 Sinval Rodrigues Coelho - Governador Valadares
    298 Soares Ferreira - Mariana - precariamente com substitutos
    299 Stalim Romano Parada total - Nanuque - grotões de Minas -6º ao Médio-parado
    300 Stella Matutina Parada total - Nanuque - grotões de Minas -6º ao Médio-parado

    continua ...

    ResponderExcluir
  7. sub-comandante Euler, o tostão ( comentarista esportivo do jornal o tempo ) falou um pouco criticando que dinheiro para a copa tem, mas para pagar o professor não. vamos boicotar a copa do mundo.Força na luta.

    ResponderExcluir
  8. 301 Tancredo de Almeida Neves - João Pinheiro - um NDG- 08 professores na luta
    302 Tancredo Neves - Almenara (parcial)
    303 Teotônio Vilela - Uberlândia
    304 Teotônio Vilela - Uberlândia- parcialmente em greve em torno de 30% de grevistas
    305 Tiradentes ITURAMA- TRIANGULO MINEIRO
    306 Tomaz Rezende - Uberlândia
    307 Vale do Mucuri Parcial - Nanuque - grotões de Minas -6º ao Médio-parado
    308 Ver. José de Souza Gomes Divino- 5ª SRE (Carangola)
    309 Vereador ANTÔNIO DUARTE COM AULAS PARCIAIS!
    310 Vicente José Soares (Dist de Sto Antonio Pontal) Governador Valadares
    311 Vicente Macedo Frutal - parcialmente - presente na greve
    312 VIRGINÓPOLIS ??? (é esse o nome da ESCOLA??) atingida pela greve.
    313 Zinha Meira Bocaiuva (parcialmente com tampões) mas há aqui um NDG.


    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Companheiros que ainda trabalham nas escolas:
    Pensem na luta e sofrimento de muitos companheiros e também na greve de fome que Marilda e Abdon fazem na ALMG.
    PENSEM NISSO, PARA SUA ESCOLA, VÁ À ASSEMBLEIA E VOCÊ SAIRÁ COM A CONVICÇÃO DE SE MANTER EM GREVE.

    VENHA LUTAR CONOSCO!!

    ResponderExcluir
  10. Minas se sente orgulhosa por pessoas como vcs, valorosas, que fazem a diferença na construção da nossa história!Parabéns, Euler e equipe do NDG, pela coragem e força demonstradas incansavelmente até aqui! Avante, que a vitória já respinga seu precioso líquido na fronte de todos que creem nela!

    ResponderExcluir
  11. Acabei de chegar da ALMG.Tem muito tempo que estamos aguentando a ditadura instalada em minas.
    A vitória já é nossa!!!! A vigília revela o quanto essa greve é justa! Estamos mais esclarecidos, organizados e o Sindute tem demonstrado até agora,disposição em garantir a luta pelo tão esperado Piso.O NDG é muito bom!!!!
    Parabéns !!!! QUEM LUTA EDUCA!!!!!

    ResponderExcluir
  12. PROFESSORA ELIZABETH -AIMORÉS-MG26 de setembro de 2011 00:10

    OLÁ EULER !!!!

    EXCELENTE TRABALHO DA LISTAGEM DAS ESCOLAS POR PARTE DO COLEGA GLEIFERSON CROW . PARABÉNS !!!!

    EULER , ESTE EMAIL ABAIXO ,FOI ENVIADO PARA MEUS COLEGAS QUE AINDA ESTÃO EM SALA DE AULA , E A UMA GRANDE MAIORIA DE ALUNOS E PAIS .



    http://www.youtube.com/watch?v=WqkHjDuXves&feature=related

    studantes de Alfenas apoiam professores e não querem substitutos
    www.youtube.com
    Estudantes de Alfenas apoiam professores e não querem substitutos.


    GOSTARÍAMOS QUE TODOS OS ALUNOS CONSCIENTES DE SUA CIDADANIA , COMPREENDESSEM O OBJETIVO DA GREVE DOS PROFESSORES , QUE É UMA GREVE PELO CUMPRIMENTO DA LEI DO PISO SALARIAL NACIONAL ,LEI 11.738/2004 E QUE O GOVERNO ,COM SUA INTRANSIGÊNCIA , NÃO ACEITA CONVERSAR E ENTRAR EM ACORDO COM OS PROFESSORES . ELE SIMPLESMENTE CRIA UM PROJETO DE LEI 2055,QUE VAI CONTRA A CONSTITUIÇÃO DE 1988 E QUER QUE ACEITEMOS DE CABEÇA BAIXA . O VALOR QUE ELE QUER PAGAR A TODOS OS PROFESSRES RR$ 712,00, TANTO PARA AO PROFESSOR QUE TEM APENAS UMA LICENCIATURA CURTA , QTO AO Q TEM LICENCIATURA PLENA E PÓS -GRADUAÇÃO .PARA OS PROFESSORES Q TEM 1 ANO OU 2 ANOS OU 23, 25 ANOS DE PROFISSÃO , O GOVERNO QUER PAGAR O MESMO VALOR R$ 712,00. COMO PODEMOS ACEITAR TAMANHO ULTRAJE ???É INACEITÁVEL ESSE PROJETO DE LEI QUE ESTÁ PARA SER APROVADO NA ALMG . POR ISSO , OS PROFESSORES EM VIGÍLIA NA ALMG EM BH , POR ISSO 2 PROFESSORES ESTÃO FAZENDO GREVE DE FOME HÁ 6 DIAS . O QUE PEDIMOS , É QUE PONHAM A MÃO NA CONSCIÊNCIA , APÓS ASSISTIR ESSE VÍDEO . DIVULGUEM AOS COLEGAS E ESPERO QUE A MENSAGEM TENHA ALCANÇADO SEU OBJETIVO . PAIS , ALUNOS E PROFESSORES ,PRECISAM TOMAR A ATITUDE DE CONTRIBUIR COM A GREVE QUE SE ESTENDE POR 111 DIAS , PREJUDICANDO A TODOS , ALUNOS E PROFESSORES . PRECISAMOS Q O GOVERNO VEJA O QUE ELE ESTÁ CAUSANDO NA EDUCAÇÃO , MAS PARA ISSO , PRECISAMOS QUE OS PAIS , ALUNOS E DEMAIS PROFESSORES TOMEM ESSA ATITUDE DE COLABORAR . ESPERAMOS POR VCS . DEUS CONTINUE NOS AJUDANDO , AMÉM!!!

    OUTRO RECADINHO EM TEMPO : O PLANO DE CARREIRA DOS PROFESSORES LEI 15.293/2004 , DEPENDE DE TODOS NÓS PARA QUE ELE NÃO VENHA SER EXTINTO , COMO O GOVERNADOR QUER . NÃO É SÓ O PROFESSOR QUE ESTÁ DE GREVE , QUE ESTÁ COM 3 MESES DE PAGAMENTO CORTADO , QUE ESTÁ EM VIGÍLIA NA ALMG PARA QUE O PROJETO DO GOVERNADOR QUE ESTÁ PARA SER APROVADO PARA ACABAR COM O PLANO DE CARREIRA LEI 15293/2004 , QUE DEVE ESTAR LUTANDO . MAS É UMA LUTA QUE DEVE SER DE TODOS OS PROFESSORES . PORÉM , É COM MUITA VERGONHA , QUE NOS DEPARAMOS COM ALGUNS PAIS , ALGUNS ALUNOS , ALGUMAS PESSOAS , QUE NOS FALAM : _ SABE PORQUE O GOVERNADOR AINDA NÃO RESOLVEU O PROBLEMA DA GREVE DOS PROFESSORES ??? PORQUE OS PROFESSORES SÃO DESUNIDOS . ENQUANTO EXISTE UNS 70 % LUTANDO PELO SEU IDEAL , EXISTE UNS 30% QUE ESTÃO EMPATANDO AS NEGOCIAÇÕES , POIS , O GOVERNO ENCONTRA NESTES POUCOS , UMA FORMA DE MENTIR PARA OS PAIS E POPULAÇÃO EM GERAL , DIZENDO QUE OS QUE ESTÃO EM GREVE , SAÕ EM QUANTIDADE INFERIOR , O QUE NÃO É VERDADE . É SÓI PESQUISAR O BLOG DO EULER , PARA VC VERIFICAR LÁ A ´POSTAGENS DE TODAS AS ESCOLAS QUE ESTÃO EM GREVE POR TODO MG .

    OS PROFESSORES E SUA CARREIRA ESTÃO SENDO DESTRUÍDOS PORQUE ESTÁ FALTANDO CONHECIMENTO , OU FALTA DE VONTADE DE CONHECER A VERDADE POR PARTE DOS PROFESSORES QUE AINDA TEIMAM EM FICAR EM SALA DE AULA .TODOS PRECISAMOS EXIGIR QUE SEJA CUMPRIDO A LEI PELO GOVERNADOR ANASTASIA . CONTAMOS COM SUA ADESÃO `A GREVE ENQUANTO HÁ TEMPO ,POIS , DEPOIS QUE NOSSO PLANO DE CARREIRA FOR EXTINTO POR FALTA DE SUA PARTICIPAÇÃO EFETIVA , NÃO VENHA NOS CULPAR , OU RECLAMAR NOS PRÓXIMOS ANOS QUE VIRÃO . FIRMES NAS GREVE !!! OS PROFESSORES EM GREVE SÓ RETORNARÃO QDO O GOVERNADOR CUMPRIR COM A LEI.


    studantes de Alfenas apoiam professores e não querem substitutos
    www.youtube.com
    Estudantes de Alfenas apoiam professores e não querem substitutos

    ResponderExcluir
  13. Companheiros de luta

    Avalio que , paralelamente à nossa luta , deveríamos iniciar a campanha de boicote à Copa do Mundo 2014 . Já existe uma campanha , em nível nacional , intitulada "FORA TEIXEIRA" , pedindo o afastamento do presidente da CBF e amigo do senador Aécio Neves do comitê organizador da copa . A presidente Dilma não morre de amores por Ricardo Teixeira .
    Há jornalistas esportivos que apoiam e divulgam a campanha na TV em rede nacional ,como por exemplo Juca Kfouri, Jorge Kajuru , Mauro César Pereira , a TV ESPN .
    Ampliando a campanha FORA TEIXEIRA , vamos lançar a campanha "NO PAÍS DA COPA ,A EDUCAÇÃO ESTÁ NA 2ª DIVISÃO" .
    Ricardo Teixeira é um dos defensores de BH como sede do jogo de abertura da Copa 2014 . Se isto ocorrer o ex-governador e agora senador e amigo de Teixeira ficará fortalecido na campanha presidencial do mesmo ano .
    Então vamos twittar e pensar em novas ideias . Postem aqui .
    Juca kfouri :http://twitter.com/#!/BlogdoJuca
    Kajuru : http://twitter.com/#!/realkajuru
    Mauro César Pereira:http://twitter.com/#!/MauroCezarESPN

    ResponderExcluir
  14. Turma da luta, membros do NDG, valentes educadores que se encontram na vigília ou em greve de fome,

    Boa madrugada! Amanhã o dia promete!

    Dois registros que precisamos fazer aqui, em função de comentários apresentados no post anterior:

    1) Nossa solidariedade e sentimentos aos familiares e amigos de LAIRE LELES DOS REIS, conhecido também como "Sr. AMENDOIM", que, de acordo com a nossa colega PRETA, faleceu ontem, dia 25. Laire era funcionário aposentado e pessoa muito querida na cidade. A E.E. Elias Issa, de São José da Lapa, encontra-se de luto.

    2) Nosso repúdio ao governo, que teria exonerado um diretor de escola de Ouro Preto, ao que tudo indica por clara perseguição, por seu apoio ao nosso movimento. O jurídico do sindicato deve ser acionado e toda a comunidade de Ouro Preto e de Minas deve se manifestar contrariamente a mais este ato, que agride a necessária autonomia das escolas apregoada pela LDB, e a própria democracia.

    ResponderExcluir
  15. Caro amigo e educador Euler,

    veja abaixo o preenchimento correto do levantamento estatístico enviado às escolas pela Secretaria da Educação sobre a Greve, no caso específico da Escola Estadual Dom Bosco de Santa Bárbara. Está é a realidade da escola de QUALIDADE do governo de Minas:

    LEVANTAMENTO ESTATÍSTICO DA GREVE.
    POR GENTILEZA RESPONDA O QUESTIONÁRIO.
    *Obrigatório

    1-QUANTOS PROFESSORES DEVERIAM ESTAR EM SALA DE AULA SE NÃO HOUVESSE GREVE? *
    CLIQUE NA SETA E ESCOLHA A RESPOSTA QUE É A REALIDADE DE SUA ESCOLA.

    >(TODOS)

    2-QUANTOS PROFESSORES ESTÃO EM GREVE HOJE? *
    CLIQUE NA SETA E ESCOLHA A RESPOSTA QUE É A REALIDADE DE SUA ESCOLA.

    >(NENHUM)

    3-QUANTOS PROFESSORES GREVISTAS FORAM SUBSTITUÍDOS POR CONTRATADOS EMERGENCIAIS? *
    CLIQUE NA SETA E ESCOLHA A RESPOSTA QUE É A REALIDADE DE SUA ESCOLA.

    >(NENHUM)

    4-COM A CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES SUBSTITUINDO GREVISTAS, QUAL SITUAÇÃO MELHOR DESCREVE SUA ESCOLA? *
    CLIQUE NO QUADRADINHO E ESCOLHA A RESPOSTA QUE É A REALIDADE DE SUA ESCOLA.

    -A ESCOLA PASSOU A FUNCIONAR NORMALMENTE.

    -A ESCOLA CONTINUA COM SÉRIOS PROBLEMAS DE FUNCIONAMENTO.

    -A ESCOLA QUASE RESOLVEU TODOS OS PROBLEMAS.

    >(NÃO HOUVE CONTRATAÇÃO)

    5-O QUE MELHOR DESCREVE O FUNCIONAMENTO DE SUA ESCOLA DA SEMANA PASSADA ATÉ HOJE 25/09/2011? *
    CLIQUE NA SETA E ESCOLHA A RESPOSTA QUE É A REALIDADE DE SUA ESCOLA.

    -A MAIORIA DAS TURMAS POSSUI UMA FRAÇÃO DE AULAS TODOS OS DIAS DA SEMANA.

    -NÃO ESTÁ TENDO AULAS NA ESCOLA, PORÉM HÁ PROFESSORES CUMPRINDO HORÁRIO.

    -A ESCOLA ESTÁ FUNCIONANDO NORMALMENTE, POIS NENHUM PROFESSOR ENTROU EM GREVE.

    -A ESCOLA NÃO TEVE AULAS APENAS ALGUNS DIAS DA SEMANA.

    -A ESCOLA FUNCIONA NORMALMENTE DEPOIS DA CONTRATAÇÃO DOS SUBSTITUTOS AOS GREVISTAS.

    > OUTRO: >(A ESCOLA NÃO ESTÁ DE GREVE, NÃO ESTEVE, NO ENTANTO FALTA PROFESSOR DE FÍSICA, e INGLÊS (ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO) DESDE O PRIMEIRO TRIMESTRE DESTE ANO LETIVO e HÁ 30 DIAS FALTA TAMBÉM PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA).

    >Obs. Na ausência destes profissionais da educação os alunos jogam bola.

    6-QUAL O NOME DESTA ESCOLA? *
    DIGITE O NOME ABAIXO.

    >(E.E. DOM BOSCO)


    7-EM QUAL CIDADE ESTÁ LOCALIZADA A ESCOLA? *
    DIGITE O NOME ABAIXO.

    >(SANTA BÁRBARA)

    ResponderExcluir
  16. E.E. PROFª.DIVA MEDEIROS (JAPONVAR) 01 PROFESSORA DE GREVE DESDE O FINAL DE JUNHO

    ResponderExcluir
  17. Euler, apesar de não conhecê-lo ,você já faz parte de minha família.Suas palavras me faz sentir melhor e com mais garra nesta luta desumana!Suas palavras são sábias e sua liderança é impecável!Agradeço todos os dias a Deus por você existir!Continue assim sempre e que Deus proteja a você e a todos nós!Amanhã será um novo dia!Boa noite!

    ResponderExcluir
  18. Anexar: EE Professora Maria Cecília de Melo
    Belo Horizonte
    11 firmes na greve
    já possui 01 tampão

    ResponderExcluir
  19. Este levantamento estatístico da greve é perigoso!Eles querem é se informar melhor para prescionar .Podemos esperar mais ataques da buldogue!Deus nos proteja desse inimigo das trevas!

    ResponderExcluir
  20. ÁGUAS FORMOSAS

    16 professores em greve

    10 tampões mas há possibilidade de 1 turno de uma escola voltar à greve...

    A cidade de umburatiba tem 1 escola parada

    ResponderExcluir
  21. PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA DOS EDUCADORES DE MINAS GERAIS:
    01) um SIND-UTE transparente, competente, objetivo, lutador. Parabéns especiais à grande guerreira Profª Beatriz Cerqueira.
    02) um professor de História, valente, competente, combativo, o professor dos professores, nosso grande orientador nessa tremenda LUTA para SALVAR a EDUCAÇÃO, para SALVAR os EDUCADORES.
    03) Um político de hombridade SEMPRE A NOS APOIAR: Rogério Correia. Pouco nos importa se é PT, PP, BB, DD ou diabo a quatro. NÓS, PROFESSORES, EDUCADORES, estamos de OLHO nas ATITUDES.
    A TODOS ELES NOSSOS PROFUNDOS AGRADECIMENTOS.
    ***Até o momento, é o melhor presente que recebemos neste ano de 2011.
    FORÇA NA LUTA ATÉ A VITÓRIA!!!
    ***Em nome do DIVINO ESPÍRITO SANTO!!!

    ResponderExcluir
  22. Anônimo disse...

    Onde se Lê: "Eles querem é se informar melhor para prescionar" Leia-se: PRESSIONAR!

    26 de setembro de 2011 01:10

    ResponderExcluir
  23. Anônimo de 01:10
    Perigoso é a SEE falando na TV "GROBOO" que a grave está acabando. Temos que mostrar a verdade: "Quem fala a verdade não merece castigo". Para o governo cada pessoa representa o voto dela e de mais quantos ela conseguirá influenciar. Só temos essa força política para negociar com eles. Se o governo se sentir ameaçado em suas bases vai querer negociar isso é politica salarial, por enquanto. Volta lá e dá a lista pra eles falarem na "GROBOO" que eles se enganaram. Eh! Minas Gerais que me deixa feliz e quanto me orgulho de ser dessa classe que tem pessoas com Euler, Gleiferson, Marilda, Bidu, Bia(Beatriz), todos os professores da greve, os alunos que estão nos apoiando, as famílias, os grupos sociais, o bloco de deputados do MINAS SEM CENSURA, entidades sindicais, os jornalistas e as diversas igrejas. Um beijo no coração de cada um. Nossa força está na nossa união e em um sindicato forte. JUNTOS SOMOS MAIS!

    ResponderExcluir
  24. anexar;Monte Carmelo;Escola Estadual Gregoriano Canedo,todos de greve,funcionando com substitutos,Escola Estadual Professor Vicente Lopes Peres,todos de greve,funcionando com substitutos .

    ResponderExcluir
  25. Maria Helena disse:
    Anexar

    Escola Estadual Luís Borges ,em Rio Manso .(parcialmente em greve desde 08/06

    ResponderExcluir
  26. Companheiros(as) de luta:

    A partir deste momento, 07h00 às 19h00, estarei em jejum, em favor de nossa luta e em solidariedade aos companheiros em greve de fome.
    É claro que não podem faltar as atividades do dia junto à sub-sede.
    Que Deus nos abençoe. Firmes até a vitória.

    Joaquim - Sete Lagoas

    ResponderExcluir
  27. Bom dia a todos e uma ótima semana de luta para todos nós!

    ResponderExcluir
  28. Anexar o nome da Escola Estadual Maria Luiza Alves Vieira , da cidade de Mutum, presente NA GREVE,desde o dia 08/06/2011.

    ResponderExcluir
  29. Já leram no site da educação, como o nosso desgovernador é bonzinho? Ele está muito preocupado com os alunos e já fez de tudo para resolver a situação. São os professores que são intransigentes, não aceitam a ótima oferta de 712,00.
    COMO ELE É BONZINHO!!!!

    ResponderExcluir
  30. CHARLOTTE CONCLAMA:

    Colegas,não é hora de fraquejar. Mais do que nunca precisamos manter a greve. Se voltarmos agora estaremos aceitando uma dupla humilhação:
    1º) A VITÓRIA DE UM GOVERNO ILEGAL E INJUSTO
    2º) A TORCIDA NEGATIVA DOS COLEGAS-PELEGOS que
    covardemente permaneceram nas salas de aula.

    Por outro lado, precisamos ter a clareza de que se mantivermos a GREVE, depois de 111 dias, o GOVERNO FEDERAL terá a obrigaçõao moral e legal de intervir nessa negociação, uma vez que lutamos pelo simples cumprimento de uma LEI FEDERAL. Se a GREVE continuar, e espero que isso aconteça, será como um coro em uníssono nos ouvidos até agora surdos da presidenta Dilma, clamando pela prática da CONSTITUCIONALIDADE nesse país!
    Então, colegas, é hora de, nessa reta final da luta, tomarmos fôlego e partir pro tudo ou nada.
    Afinal, quem está FORA DA LEI é o governo!!!
    Sendo assim conclamo a todos: SEM PISO NÃO PISAMOS NA ESCOLA!!!

    ResponderExcluir
  31. Anexar, E.E. Professora Dulce Sarmento (Montes Claros) em greve desde o dia 08/07/2/11, está funcionando com professores substitutos e uns 10 professores que retornaram.

    ResponderExcluir
  32. BOM DIA EULER!

    FAVOR ANEXAR A ESCOLA ABAIXO!

    COMO SÓ AGORA PELA MANHÃ TOMO CONHECIMENTO DA LISTAGEM DE ESCOLAS, ACRESCENTE POR FAVOR A E.E. PAULO DAS GRAÇAS DA SILVA NA RUA SILVA REIS, Nº 80, BAIRRO NOVA VISTA, BELO HORIZONTE.

    HÁ ALGUNS POUQUISSÍMOS SUBSTITUTOS E UMA MINORIA DE DESIGNADOS QUE VOLTARAM. EM SUMA, NÃO HÁ QUASE NINGUEM!

    HÁ OUTRAS AQUI NA REGIÃO, MAS NÃO POSSO FALAR POR ELAS NESSE MOMENTO! MAIS TARDE DOU RETORNO.

    ABRAÇOS

    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  33. Sr Governador,

    Se o VB de 712 reias é bom, porque não aplicar esse valor para todos do governo, inclusive no seu salário.(PM, MP, TCE, TJMG, ALMG e assim por diante).

    ResponderExcluir
  34. Não, anônimo das 07:55,

    Nem me dou o trabalho de entrar no dito site da educação. Pra quê? Pra me irritar ainda mais? Passo longe dele! Prefiro revigorar minhas energias aqui com os companheiros do NDG sob o comando do subcomandante Euler! Aqui, sim, se tem a unidade! Quem frequenta este blog sabe o que quer e não foge da luta! Aqui estão os guerreiros! Tanto é verdade, que uma greve já declarada encerrada pelos paus mandados do desgoverno, a cada dia ganha mais força e maior adesão. Eu creio na nossa vitória e não abro mão do nosso PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL.

    Fé em Deus, força na luta e até a nossa vitória (que não vai demorar!).

    PS: Não estarei presente na assembleia de amanhã (não consegui trocar consulta médica )
    mas acompanharei tudo daqui, torcendo para que as negociações aconteçam. Não tenho me esquecido , nas minhas preces, dos companheiros em vigília na ALMG, bem como dos dois em greve de fome.

    ALFREDO ANTONIO HERINGER
    GOVERNADOR VALADARES

    ResponderExcluir
  35. Vamos entrar no Twitter do João leite gente, ele é um sem vergonha diz que é Cristão e não apóia nós professores. Vamos metralha-lo para ver se toma vergonha!

    ResponderExcluir
  36. Euler, em Itabirito também ocorreu a exoneração de um vice diretor que participava da greve na E. E. Engenheiro Queiroz Junior.

    ResponderExcluir
  37. Bom dia amigos.

    UMA CORRENTE DO BEM:

    NDG - UNIDOS SOMOS MAIS FORTES.

    MEXEU COM, MEXEU COM TODOS.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  38. Sub-comandante Euler, o Aécio ficou mais tranquilo porque os educadores de Minas não foram protestar em Brasília e sou totalmente a favor da divulgação do nome das escolas, quem é contra deve ser espião infiltrado. Já percebeu? aparece alguns comentários tipo: não vamos criticar a copa não! não vamos divulgar nome de escolas não! para que ir a Brasília ? Tudo que o governo não quer estas pessoas jogam no comentário. Abra o olho Sub-comandante, a arapongagem tá solta kkkkk.Força na luta. AH, desculpa, mais uma : estou desanimada, penso em voltar. Conversa para boi dormir. Fora arapongas.

    ResponderExcluir
  39. Bom dia ao NDG.

    SOLIDARIEDADE.

    NDG unido, em um minuto de silêncio proposto pelos combativos colegas Eliane e Joel e aprovado por nosso comandante Euler “em solidariedade à nossa companheira de Itabirito que perdeu a mãe enquanto fazia vigília na assembleia "homologativa", na madrugada do dia 24/09".

    A DOR DE UM, É A DOR DE TODOS.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  40. Bom dia amigos do NDG. Bom dia comandante Euler (o amigo também tem de ser promovido uai rsrsrs).

    ADVERTÊNCIA!

    O NDG adverte: Cuidado com o AÉCIO NEVES E O ANTÔNIO ANASTASIA, eles causam CÂNCER na sociedade.

    UNIDOS, SOMOS INVENCÍVEIS.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  41. VAMOS ATACAR A IMAGEM DE AÉCIO.
    Anastasia não é político, ele não pretende seguir carreira.
    Vamos atacar Aécio.

    ResponderExcluir
  42. Dinho Ouro preto (Capital Inicial)no Rock'in Rio "A regra é básica, não se pode confiar em político (...), seja ele, de esquerda ou de direita" e ainda dedicou a música "Que país é este?" a todos os políticos, em especial ao José Sarney. Falou ainda, em outras palavras, da vergonha de se ter no país, jornais que censuram a verdade.
    Nos próximos dias, teremos bandas mineiras no fetival, vamos pedir o apoio do Jota Quest e do Skank para mostrar ao mundo a Ditadura que existe em MG. Pedir a estas bandas para usarem a camiseta com os dizeres "QUEM LUTA EDUCA", entre outras. VAMOS LÁ PESSOAL!!!

    ResponderExcluir
  43. E. E. Professor Pinheiro Campos, E.E.Mário Campos e Silva E E.E. Dr José Maria Lobato. Todas parcialmente

    ResponderExcluir
  44. ACRESCENTE À LISTA;MONTES CLAROS:
    E.E BENJAMIN VERSIANE DOS ANJOS
    E.E PROFESSOR DULCE SARMENTO
    E.E MARIA CONCEIÇÃO RODRIGUES AVELAR
    E.E GONÇALVES CHAVES
    E.E LEVÍ DURÃES PERES
    (...)

    ResponderExcluir
  45. Anexar: Escola Estadual Manoel Batista(parcial) e Escola Estadual Fernando Otávio(funcionando com "tampax" em Pará de Minas

    ResponderExcluir
  46. Rio Piracicaba - Parcialmente na greve

    ResponderExcluir
  47. BOM DIA ESCOHLIDOS DEUS!!!!!!!!!!!!!!!!
    Peço licença a vocês para "POSTAR" trechos de uma mensagem de BEZERRA DE MENEZES,escrita por DIVALDO.

    ELE,BEZERRA, geralmente inicia suas mensagens saudando- nos da seguinte forma:IRMÃOS, MUITA PAZ!

    "(...)
    Há muita escravidão no mundo,ESPERANDO pelo nosso esforço em nome de JESUS CRISTO,o PRÍNCIPE da Paz.
    (...)
    Há,sim, muita escravidão na Terra de hoje,mais do que em quaisquer FASTOS do pensamento histórico.
    NO passdo,era a escravidão resultante das dominações políticas e(...)que esmagavam povos e destuíam cidades,transformando homens que nasceram livres em refugo sem valor,sob o ceueljugo das cadeias e anéis de difícil remoção.Nos dias idos,eram a impiedade e a ignorância,que atrelavam ao carro(...)as armas do crime,para sobrepairarem no triunfo,enquanto o clamor das vítimas indefesas chorava o patético da sua desesperação...
    Hoje,porém,ainda é assim.
    O veeeículo da guerra,conduzido prla força transitória do poder da TERRA,prosssegue dizimando os que lhe caem sob rodas,reduzindo (...) e homensfelizes a HILOTAS que são obrigados a prosseguir entre revoltas inomináveis e alucinações sem nome...
    A política totalitária de uns...
    (...)
    Procuremos conciliar os nossoa interessesante a realidade da VIDA MAIOR;no entanto,no momento da escolha,não olvidemos a "melhor parte"(...)
    Rogando a JESUS que nos abençae,o servidor humílimo.
    MUITA PAZ!
    BEZERRA "
    COMO disseram(zem) os FREIS,que estão firmes na nossa LUTA:"aquilo que tem força triunfrá;o dever do político é cuidar das coisas comuns-citação de GANDHI,lembrada por uns dos FREIS.
    COM toda essa insensibilidade,maldade,falta de competência...deste PROJETO de GOVERNADOR!!Só nos resta uma saída,caso o STF não tenha o poder de intervenção,IMPEACHMENT nesse cara que quiz e,conseguiu,brincar de governar!!!!
    FÉ em DEUS e PÉ na TABA!!!!!!!!!!!!Olha a PUA aí NELES ,GEEEEEEEEEEEEEEENTE!A vitória será nossa,JESUS e a FALANGE do BEM,estão nos assessorando,ELES são UNOS com DEUS.
    Fé na dinâmica do UNIVERSO,Fé nos HOMENS de BOA VONTADE!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  48. Acrescente também a lista a:

    EE Estudante Lívia Mara de Castro - Betim, com 60% de adesão.

    ResponderExcluir
  49. Basta!
    É melhor distensionar a corda do que cair ao chão todo o Estado

    Publicado no Jornal OTEMPO em 25/09/2011

    Há uma semana, este espaço foi dedicado à greve dos professores do Estado. Como vem ocorrendo em qualquer publicação sobre o tema - ainda mais quando o atrevimento é o de refletir sobre ele - a resposta veio em quantidade e ferocidade cavalares.

    O autor (o mesmo que insiste) até que recebeu uma meia dúzia de comentários favoráveis. Mas, tirando esses, a esculhambação foi geral. As acusações mais recorrentes foram a de estar a serviço dos interesses do governo e mal informado sobre a realidade da greve.

    O objetivo de voltar ao apaixonante assunto não é o de oferecer respostas. Mas, brevemente, vamos a elas: este jornal não se pauta pelos interesses do Estado na cobertura do assunto; sim, de fato, não é possível ter o mesmo nível de conhecimento da situação que têm os professores ou os dirigentes sindicais. E esse é também o caso de quase todos os pais dos alunos. É só.

    Convém ainda esclarecer que, particularmente, não há por que não considerar o movimento legítimo. As condições de trabalho notoriamente requerem mudança, ainda mais por se tratar de uma categoria na qual está fiado o futuro coletivo.

    Mas lá se vão 111 dias. Se algúem, de um lado ou do outro da corda, lutava por esse recorde, conseguiu. É hora de distensionar, buscar um consenso incansavelmente, não que outro alguém, diferentemente do anterior, não venha se debruçando sobre esse desafio.

    O governador, homem que não gosta de ver a casa bagunçada, está contrariado. Sabe-se disso. Não deve ver a hora de o problema ganhar termo. Pois que encontre uma saída digna de tratamento direto, que não no Judiciário. Refaça as contas. A cada dia, o desgaste na corda aumenta. Que tal trocar o risco pelo entendimento? (João Gualberto)

    Disponível em: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=183259,OTE&busca=greve%20dos%20professores&pagina=1Acessado em 26 de setembro de 2011.

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  50. ATENÇÃO!ENQUANTOS OS PROFESSORES E ALUNOS SOFREM,OS POLITICOS NÃO ESTÃO NEM AÍ, O TEMPO DELES SÓ SERVE PARA OS ACORDOS ESPÚRIOS! IMPORTANTE SABER:

    Um mistério de Minas (mais um): um empresário milionário (Mares Guia) dirigente de um partido “socialista” (o PSB) consegue unir Lula e Aécio Neves (dois possíveis candidatos a presidente em 2014 e 2018) e os comunistas do PCdoB num mesmo projeto político. Vai entender qual o cimenta dessa estrovenga.


    Nos últimos dias, distraído, o noticiário voltou a esbarrar num personagem dos mais enigmáticos da fauna política nacional: Walfrido dos Mares Guia.

    Ex-ministro de Lula (Turismo e, depois, Relações Institucionais), raposa política mineira (espécie em extinção), Mares Guia havia encenado uma saída de cena, em 2007, quando seu nome apareceu no escândalo do mensalão do PSDB mineiro. Um azar – que fique registrado – ele ter deixado o governo Lula naquela época e, ato contínuo, ter sumido, pois era o homem talhado para contar como se dera o “nascimento” de Marcos Valério. Em 1998, Mares Guia fora o coordenador de fato da campanha à reeleição do então governador de Minas Gerais, o tucano Eduardo Azeredo, campanha esta que tirou do limbo um pobretão desimportante chamado Marcos Valério e o elevou à condição de operador de caixa dois de campanhas eleitorais. Naquela empreitada política, com escrevi no meu livro O Operador, Mares Guia discutia e Marcos Valério pagava.

    Pois bem, na semana passada o novo ministro do Turismo, Gastão Veira, veio trazer à luz outros feitos de Mares Guia. Em entrevista à Folha de S.Paulo, Vieira foi questionado sobre o porquê de, seguidamente, as emendas do Orçamento da União darem origem a desvios no Ministério do Turismo. Vieira respondeu: “O ministério nasce assim. Não estou criticando, mas o ministério nasce com um grande trabalho do [ex-] ministro Walfrido dos Mares Guia, que usou seu prestígio para conseguir emenda, porque praticamente não tinha orçamento”.

    Hoje, em Belo Horizonte, exercitando um de seus dons, a onipresença, Mares Guia apareceu ao lado de tucanos e comunistas, em dois eventos diferentes, a articular a reeleição do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB), produto de uma exótica parceria PSDB-PT-PSB. Como de costume, Mares Guia não fez barulho, não deu declarações bombásticas, não demonstrou o imenso poder que tem. Esfinge, camaleão, misturou-se aos demais presentes dando a impressão de que era apenas mais um na foto (vejam as imagens). Não era! Walfrido é o pai da criança (dessa e de outras).

    FOTOS AQUI:http://lfigueiredo.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  51. COMENTÁRIO SOBRE A MATÉRIA ABAIXO

    Greve
    Primeiro dia de reposição de aulas tem baixa presença

    Publicado no Jornal OTEMPO em 25/09/2011


    Ádala
    Belo Horizonte

    Sou aluna do 1ºano do ensino médio, hoje fui à aula mas já digo que não volto tão cedo... Tivemos 3 aulas seguidas de matemática e depois fomos liberados porque não tinha professor pra gente. DETALHE: Essa professora substituta de matemática tentou fazer o mesmo exercício 4 vezes e NÃO conseguiu, nos garantiu que na próxima aula vai trazer ele pronto, TAMBÉM GARANTO, Não estarei por lá para assistir essa palhaçada! Quero D. Fátima de volta!

    ResponderExcluir
  52. ANESTÉCIO = IMUNDICE HUMANA

    ANESTÉCIO - IMORALIDADE

    ANESTÉCIO = ASQUEROSO, NOJENTO, PODRIDÃO

    ANESTÉCIO = CORRUPÇÃO E DEPRAVAÇÃO

    ResponderExcluir
  53. Parabéns ao professor Gilvander pelo texto.É magnífico e deria publicá-lo nos jornais.
    A sociedade precisa lê-lo.
    Mil vezes, parraaaabéééé´nnnnnnnnnnnsssssssss!

    ResponderExcluir
  54. Escolas Estaduais parcialmente paradas em DIAMANTINA com um número pequeno de professores, mas só voltam a trabalhar com o piso nacional garantido.

    Até a vitória.

    EE Professor Leopoldo Miranda
    EE Professor Gabriel Mandacarú
    EE Professora Izabel Mota
    EE Joaquim Felício dos Santos
    EE Ayna Torres
    EE Gabriela Neves
    Conservatório Estadual de Música Lobo de Mesquita

    Elias Jr - NDG Diamantina

    ResponderExcluir
  55. Anônimo da 9:36

    Skank e Jota Quest fazem parte dos artistas alienados que comem na mão do governo de Minas desde a época de Aecim Malvadeza.

    Minha mensagem no Twitter do Joao leite foi:

    @depjoaoleite como é que uma pessoa que se diz cristã, coloca a política acima da palavra de Deus? Vergonha João Leite.

    ResponderExcluir
  56. Escolas de João Monlevade que ainda não entraram em greve, estão esperando o quê?
    Aqui em BH a coisa está bombando, participem!
    Professora e ex-moradora. Adoro Monlé.

    ResponderExcluir
  57. Bom dia bravas(os)gerreiras(os).

    Os prefeitos e vereadores,também precisam ser cobrados,principalmente nas cidades com menor número de habitantes,pois são eles que na maioria das vezes, pedem votos para os deputados e governador,uma vergonha mas é a realidade.FORÇA NA LUTA!!! QUERO O MEU PISO JÁÁÁ!!!

    Até a vitória/José Henrique

    ResponderExcluir
  58. Os professores tampões estão pensando que a carreira delas vai ser fácil?
    Um dia, irão também entrar em greve e aí?
    Vão lembrar de que hoje, em 2011, furaram a greve dos professores que queriam(querem) somente o cumprimento de uma lei?
    A cara não vai queimar?
    E a personalidade,são duas?
    Pensem no futuro, seus próprios parentes vão jogar isso nas suas caras. Saiam fora enquanto é tempo, não ajude o governo, você não pertence a classe dele e sim à nossa.Estamos chegando lá.
    Onde DEUS passa, nada embaraça.
    Mãe de aluna

    ResponderExcluir
  59. Eu que adoro a expressão:SENNNNNNNNNNNNNNNNTA a PUA NELES!!!!!!!!!!!!!!!!
    às 10:18'--------CEULJUGO,deve ser lido-cruel jugo;abençae -abençoe.OBRIGADA.
    A VITÒRIA está PRóXIMA é só mantermos FIRMES na LUTA.
    Muita FORÇA,, LUZ ,AÇÃO...Tudo de BOM nós MERECEMOS!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  60. E. E. PROFESSORA MARIA ASSUNÇÃO
    DISTRITO DE ITANHOMI EM GREVE TOTAL.

    ResponderExcluir
  61. Bom dia, pessoal da luta, turma do NDG!

    Meu próximo post, que será redigido hoje a noite, quando eu voltar das manifestações que ocorrerão na parte da tarde, já tem o título:

    "Se algo de muito grave acontecer em Minas Gerais, os responsáveis diretos serão: Aécio Neves, Antonio Anastasia e Dilma Roussef. Por omissão, por cumplicidade, por canalhice."

    Um forte abraço a todos e força na luta!

    ResponderExcluir
  62. Euler ,
    Força e luz !
    Aqui em Ponte Nova e região também temos o nosso NDG.Bravos professores que ainda resistem por acreditarem que não há dignidade em desistir da luta .Lamentamos que alguns companheiros não tiveram coragem suficiente para fazer parte da história junto conosco,pois os mesmos continuaram dentro das salas de aula.Segue abaixo a lista das escolas com profissionais ainda em greve:
    E.E. Prof. Antônio Gonçalves Lana
    E.E. Prof. Raimundo Martiniano Ferreira
    E.E. Gov. Bias Fortes
    E.E. Caetano Marinho
    E.E. Senador Antônio Martins
    E.E. Helder de Aquino
    E.E. Cândido Gomes
    E.E. Prof. Manuel Rufino
    E.E.Padre Benevenuto

    ResponderExcluir
  63. Prezado,

    Qual é a participação da Presidenta Dilma Roussef nesse caso, já que ela não é a governadora de MG e os entes federados (União e Estado) são independentes?

    Cordialmente,

    ResponderExcluir
  64. Huumm, acho que o anônimo das 11:14 deve ser algum ROUSSEF? rs O questionamento não é ideológico é sanguíneo! rs

    ResponderExcluir
  65. Pessoal,
    tentei fazer o levantamento da greve enviando email para as escolas.
    Infelizmente vários capitães-do-mato estão mentindo.
    Respondam no link abaixo as perguntas enviadas às escolas.
    Levantamento dos númeos da greve no formulário abaixo.


    https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dHBEUTFLM05XM1Nybk1DcEx0TGdpU1E6MQ

    Gleisson, vou te enviar a planilha. Depois vejo como.

    Halliday

    ResponderExcluir
  66. Ao Anônimo das 11:14,

    1) Ela é a presidenta da República e deveria zelar pelo cumprimento da Constituição Federal e das leis federais;

    2) Ela prometeu, em campanha, dar prioridade à Educação e especialmente à valorização dos educadores;

    3) A lei do Piso prevê a colaboração entre os entes federativos. Se Minas não precisa de ajuda, como parte interessada, a União deveria cobrar a aplicação da lei pelo estado;

    4) Ela esteve em Minas e está ciente do que se passa no estado e nada fez até agora. São 111 dias de greve e grandes prejuízos para milhares de educadores e milhões de estudantes e pais de alunos.

    Acha que isso não é suficiente para considerá-la co-responsável por tudo de ruim que já aconteceu e que possa ainda acontecer?

    ResponderExcluir
  67. Ah, e para completar: ela esteve em Minas para falar da Copa do Mundo e de grandes investimentos em metrôs em função da Copa. Em plena greve dos educadores, não deu uma declaração sobre o tema. Acha isso pouco?

    ResponderExcluir
  68. Prezado,

    Sómos vizinhos e você educa o seu filho, sou responsável?

    A Constituição federal diz que os entes federados são independentes.

    O responsável pela aplicação da Lei é o Ministério Público.

    Cordialmente,

    ResponderExcluir
  69. BOM DIA BRAVO EULER E PROFESSORES GUERREIROS, ME PARECE QUE O COMPRARAM A MÍDIA TODA, NÃO SE VÊ UMA LINHA DA GREVE E NEM SE ESCUTA NADA EM CANAL DE TV NENHUM. AÍ QUE SE ENGANAM É O POVO E O POVO UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO, FORÇA GUERREIROS.

    ResponderExcluir
  70. https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dHBEUTFLM05XM1Nybk1DcEx0TGdpU1E6MQ

    ResponderExcluir
  71. Senhor, Senhora ou Senhorita, mas ela não nossa vizinha ela é a PRESIDENTA DO PAÍS, o exemplo dado por V. Sa não é pertinente para se fazer uma analogia e mais, o piso salarial foi instituído no governo do qual ela faz parte e dá continuidade então, cabe a ela também tal responsabilidade.

    ResponderExcluir
  72. Comentário postado no Jornal o Tempo, relativo à matéria " Basta!
    É melhor distensionar a corda do que cair ao chão todo o Estado "

    26/09/2011 - 10h33Luiz Sérgio
    BH

    Pensamos todos nós que o governo queira mesmo arrumar a casa, afinal ela está bagunçada há muitos anos, porém não pode querer com essa arrumação colocar os professores no lixo ou no quarto de bagunça para disfarçar a arrumação, pois o que vemos é que o acerto que se quer fazer é para cima do professor. Vemos inúmeros intelectuais de peso, grandes pesquisadores da área da educação discutindo nas revistas de conteúdo acadêmico deste país nos últimos dias, como a CAROS AMIGOS, a situação da educação no país e, especificamente, em Minas Gerais dada a notoriedade que esse movimento tomou, mesmo o governo tentando esconder, basta 10 minutos de pesquisa na internet que se descobre que a greve dos educadores mineiros está exposta nas mais variadas revistas, blogs e jornais eletrônicos, até as igrejas já estão a par do movimento, padres e pastores estão toda semana dedicando os cultos e as missas a essa peregrinação dos professores em busca de justiça, então não se pode mentir, esconder ou omitir os fatos, pois eles estão postos para a sociedade, o único que não quer crer na dimensão nacional que isso tomou é o governo. Em face de tudo isso, concordo plenamente que não será bom que essa corda arrebente, pois não serão só os professores a cairem, o governo cairá junto. Não é o momento de pagar o preço, ele já está alto demais para os dois lados. Os professores não estão intransigentes como gosta de dizer o governo e repetir a imprensa, os professores querem somente que se cumpra a lei, conforme foi determinada pelo STF. O desrespeito não é da classe, o desrespeito é do governo. Os intelectuais da área de educação são unânimes em reconhecer que sem salário digno não há como avançar em educação de qualidade, na revista mencionada, o famoso prof. Gaudêncio Frigotto aborda esse fato com clareza, por que então o governo insiste em negar essa situação. No discurso de campanha fala bonito sobre isso, na prática nega-se. Vamos ver daqui para frente, apesar de ninguém mais acreditar que por conta da Justiça mineira isso será resolvido, porque há sempre boatos nos blogs, nos comentários postados pela internet que a JUSTIÇA deste estado está pressionada pelo governo também, alguém já expôs isso pelo fato de ter conversado com alguém da própria justiça, isso é muito sério, não queremos crer que as coisas chegaram a esse ponto, de modo que não haja independência das instituições pelo fato de as pessoas serem indicadas para os cargos ficarem a mercê de quem as indicou. Mas onde há fumaça há fogo, vamos aguardar daqui para frente para ver se as pessoas que têm propagado essa situação lamentável por aí têm mesmo razão. Queremos crer que não seja isso, caso contrário, podemos fechar este estado se tal coisa acontecer. Vamos torcer para que não tenhamos essa comprovação!

    ResponderExcluir
  73. Euler quem fica defendendo esses políticos horrorosos nessa hora deveria ter vergonha na cara! Qualquer político sério estaria defendendo os professores e antes disso, estariam primando pelo cumprimento da lei. A Dilma saiu correndo de MG quando viu que tinha a greve e muita confusão aqui. Foi omissa e se igualou ao Anastasia!! Pra mim tudo farinha do mesmo saco, não merecem meu respeito!!!

    ResponderExcluir
  74. Livinsgstone - Sociologia - Sete Lagoas26 de setembro de 2011 11:44

    Queridos e bravos combatentes, um glorioso dia de batalhas! (Com vitórias).

    Quero lembrar ao oportunista ex-goleiro do galo, o Dep. João Leite, que se diz religioso, e dá palestras em igrejas evangélicas, fazendo "carinha de santinho", que a Palavra de Deus é clara em vaticinar: "Tu colherás da semente que plantares." Peço que ele reflita na Parábola de Jesus sobre o "Bom Samaritano". João Leite, não há como servir a dois Senhores, ou você serve a Deus sendo obediente aos ensinamentos bíblicos, ou ao pai da mentira, desta mentira que você e tantos outros estão a perpetrar.
    Sai de retro SATANASTASISTA!
    Vai baixar noutro lugar "trem ruim"!

    ResponderExcluir
  75. Quero deixar a minha indgnação sobre as aulas dadas por esses substitutos.Sou aluno do 2º ano do Ensino Médio e nunca tive tantos professores ruins na minha vida.Gente esse povo que esta passando pelas escolas não querem seguircarreira , motivo este que não adianta os verdadeiros mestres tentarem impedir isso eles estão em busca de uma graninha fácil porque para eles é muito fácil entrar dentro de sala e não fazerem NADA porque não querem e nem sabem.Cabe a nós alunos dar um basta nesta situação vamos para as RUAS ajudar os nossos verdadeiros guerreiros que mesmo longe consegue dar aulas de CIDADANIA até mesmo para os seus colegas COVARDES que estão dentro de sala.Chega eu vou para a LUTA e gostaria de chamar todos os alunos para ir também.Vou fazer parte dessa história....Amanhã estarei lá e quero falar na Assembléia.Será que posso?

    ResponderExcluir
  76. EM APOIO AOS PROFESSORES QUE REALMENTE LUTAM!!!

    Para refletir ou para rir

    Depois de mais de CEM dias de paralisação. Eu vi professores que disseram educadores, ou seja, mal nadadores que depois de um longo mergulho, morreram antes mesmo de chegarem à praia. Ou podemos pensar de uma outra maneira?!
    Ao chegar em casa, pensei qual serio o tipo, qualidade, ou modelo do meu professor, pois vi tantos que fiquei confuso.
    Me deparei com:
    Professor LUTADOR, aquele que lutava pelos seus DIREITOS, por valorização, por uma educação melhor e de qualidade.
    Professor PEIXINHO, aquele que o governo tenta ver se cai na rede.
    Professor VIRTUAL, aquele que ensinava através de um aparelho de TV.
    Professor TAPA BURACO OU TAMPAX, aquele que por alguns centavos tomava o lugar do outro.
    Mas, o que mais me chamou a atenção foi o professor, OBEDIENTE, MEDROSO... Aquele que ouviu uma ordem:
    -Volta pra sala depressa, ou será castigado, te mando embora agora!
    Voltaram correndo, assustados, esquecendo até mesmo que TINHAM DIREITOS, e que tudo acabava aqui... COVARDIA, MEDO, TRAIÇÃO...
    Mas também acho que este POUCO que ganham está de bom tamanho para aqueles que não ouvem, não pensam e não lutam. E tem um giz nas mãos como arma, achando que só sabem uma coisa, dar aulas, DAR aulas.
    TODO APOIO A GREVE E AOS LUTADORES PELOS SEUS DIREITOS... FORÇA NA LUTA ATÉ A CONQUISTA DO PISO!!!

    ResponderExcluir
  77. Euler estou desanimado contigo...

    Tenho enviado vários comentários que não são publicados. Não é do meu fetio, palavras de baixo calão... Uso o mesmo procedimento de envio de outros que foram publicados por isso, não estou entendendo. Considerando que seja por algum problema, nunca deixei de enviar, mas fico chateado pois dos cinco últimos que mandei nenhum foi publicado... Se for algo que não poderia ter escrito, gostaria de saber, é importante pra mim.

    Atenciosamente,

    Professor em greve desde o dia 08/06, atuante em todas as frentes em CURVELO e BH.

    ResponderExcluir
  78. CINE GREVE DA EDUCAÇÃO, APRESENTA:
    DOCUMENTÁRIO: "PEQUENO GRÃO DE AREIA - Granito de Arena (2005)".
    O documentário fala sobre a luta dos professores de Oaxaca no México, país governado há mais de 70 anos pelo PRI, famoso pela corrupção e alinhamento aos interesses dos EUA . O filme trata de como a destruição da educação é um projeto articulado a partir de diretrizes internacionais.
    DATA: 26/09/11
    HORÁRIO: a partir das 19hs
    LOCAL: Acampamento d@s Educador@s no pátio da ALMG.
    A exibição ocorrerá durante a vigília dos professores em greve na Assembléia Legislativa.

    ResponderExcluir
  79. Bancários devem começar greve nesta terça
    26/09/2011 11h29Avalie esta notícia »
    O TEMPO ONLINE
    DA REDAÇÃO
    Bancários de todo o país farão nesta segunda (26) à noite assembleia para definir sobre o início da paralisação da categoria a partir desta terça (27). Segundo informações da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), a greve valerá para bancos públicos e privados.

    Na sexta (26) a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentou uma proposta com índice de reajuste de 8%, não aceita pelos bancários que pedem um reajuste de 12,8%. O Comando Nacional de Greve também considerou que a proposta não contempla a valorização do piso da categoria nem prevê aumento na Participação dos Lucros e Resultados.
    Os bancários reivindicam a valorização do piso salarial, o aumento do vale-alimentação, auxílio-educação com pagamento para graduação e pós-graduação, ampliação das contratações, mais segurança nas agências, combate às terceirizações e à rotatividade e aumento na Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

    ResponderExcluir
  80. Euler,
    Copiei essa mensagem do Nilmario Miranda no Twitter...
    "Lá (no Ceará) o governo não quer desmoralizar o sindicato nem subjulgar educadores, como o governos aqui (Minas) faz."

    Ronaldo (Tarumirim)

    ResponderExcluir
  81. Além do meu modesto texto de abertura, e do ótimo texto do Frei Gilvander, recomendo também o texto que acabei de publicar, intitulado: "Greve dos professores: mais um dia!
    A ditadura volta a Minas Gerais!", de Jose Luiz Quadros de Magalhães, professor da UFMG e de outras universidades.

    ResponderExcluir
  82. Escola Estadual Professor Manuel Rufino-(parcial) Urucânia
    Escola Estadual Helder de Aquino-(parcial)Urucânia

    ResponderExcluir
  83. Júlio Assis
    Me parece realista e contributivo para o futuro da sociedade o papel dessa Comissão da Verdade


    Publicado no Jornal OTEMPO em 24/09/2011Avalie esta coluna »

    IDEALISTAS

    "É uma geração que merece muito respeito porque colocou a sua vida em risco para se insurgir contra um Estado ditatorial, ainda que com seus equívocos". Essa frase que veio do rádio do carro prendeu minha atenção anteontem. O comentarista político da rádio CBN, Kennedy Alencar, abordava a criação da Comissão da Verdade, aprovada na Câmara dos Deputados, e que agora segue para o Senado, com o objetivo de repassar os crimes contra os direitos humanos cometidos no sistema político brasileiro entre 1946 e 1988.


    "O Estado transformou o terrorismo numa política sua e falta uma posição final a respeito daquele período", sintetizou novamente Kennedy em seu comentário, sobre a importância da aprovação. Ele falou também a propósito de o trabalho dessa comissão ser relevante para trazer às novas gerações o que aconteceu naquele época sombria da nossa história.


    A clareza dessas colocações me motiva a escrever sobre o tema, diante do que observo do risco dessa memória recente da ditadura ser apagada na avalanche de informações que atropelam o dia a dia das pessoas.


    É preciso saber, sim, que a democracia que temos hoje no Brasil, com todas as suas imperfeições, deve muito àqueles que, mesmo cientes de que não seriam capazes de vencer o regime totalitário, poucas décadas atrás dedicaram a vida à luta armada, com todos os riscos advindos dessa atitude. E que isso sirva de estímulo para uma participação cidadã no sentido de buscar novos avanços no país e na humanidade, avanços hoje pautados em questões outras, seja o combate aos crimes ambientais, à corrupção, o trabalho por uma educação de qualidade na rede pública de ensino; enfim, há muitos frentes para se trabalhar.


    Minha juventude foi posterior à ditadura brasileira, mas no fim dos anos 1980 toda aquela atmosfera cinza ainda carregava o ambiente. As informações sobre os abusos do regime militar, até poucos anos antes fechadas a sete chaves, começavam a sair dos porões através da imprensa e do retorno dos exilados ao país; além das mudanças no próprio processo político com a transição democrática.


    As denúncias dos extremos da repressão estouraram e reforçaram a urgência da democracia do país. Começaram a sair livros sobre o assunto, com testemunhos de pessoas que sofreram a violência política, e já anos depois cineastas passaram a reportarem o tema, o que ocorre ocasionalmente ainda hoje.

    [...]


    [...]


    Tentei até aqui evitar a palavra revolução para me desviar do caráter romântico que forjou essa expressão, mas vale reiterar que o ideal desses abnegados que se jogaram na luta armada foi essencial para a democracia que temos.


    Nessa relação de causa e efeito, as greves que se disseminaram pelo país com o advento da democracia, mesmo com todos os desvios de percurso observados nas intempéries do sindicalismo brasileiro, vêm contribuindo em conquistas para a sociedade. Um trabalhador melhor remunerado amplia o círculo do consumo e assim participa da cadeia produtiva e da geração de empregos.



    [Sinto um pouco disso tudo também no movimento dos professores em Minas Gerais, uma categoria historicamente acachapada pelos governos. Me parece muito confortável reclamar que a passeata tumultuou o trânsito, que a greve está atrapalhando o cotidiano familiar e que as férias estarão comprometidas. Difícil é entender que toda essa mobilização é, infelizmente, a única forma de pressão para conquistar um mínimo de melhorias, para essa e para próximas gerações de trabalhadores na educação. Avanços pedem ruptura e coragem. O futuro prova.] (Destaque meu, EDUCADORA MINEIRA)


    jassis@otempo.com.br

    Disponível em: http://www.otempo.com.br/otempo/colunas/?IdColunaEdicao=16455&busca=Greve%20dos%20professores&pagina=1 Acessado em 26 de setembro de 2011.

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  84. Euler
    Com relação aos alunos muitas coisas graves já estão acontecendo. Mas concordo que podem acontecer coisas mais graves ainda, pois lidar com crianças e adolescentes é difícil. Vemos tragédias aocntecendo com professores experientes e em escola em funcionamente normal. Mesmo com professores substitutos em sala, o funcionamento das escolas não devem estar normal. Será que eles não estão com problemas de disciplina mais sérios? Será que isso está sendo divulgado ou escondido? Há outros tantos jovens nas ruas porque estão sem aulas. Isso não é um risco para eles?
    Enfim, de todos os lados podemos apontar os perigos dessa intransigência do Governador.

    Abraço a todos

    Ana

    ResponderExcluir
  85. Caro Lujose...

    Nunca censurei um único texto seu! Talvez o problema tenha sido quando você tentou publicar. Por que haveria de censurar os seus textos? Se tiver dificuldade em postar e desejar mandar diretamente para o meu e-mail, eis o endereço: euler.conrado@gmail.com

    Um forte abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  86. Funcionários dos Correios decidem continuar com greve nacional
    Os funcionários dos Correios, em greve desde a última quarta-feira, aprovaram na tarde desta sexta a manutenção da paralisação por tempo indeterminado. Eles não aceitaram a posição da diretoria da empresa, que ontem voltou a oferecer a proposta apresentada aos trabalhadores antes da greve, que prevê reajuste de 6,87%, mais aumento real de R$ 50 e abono de R$ 800.
    A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) protocolou, hoje pela manhã, nos Correios, uma contraproposta que prevê aumento linear de R$ 200, além de reposição da inflação de 7,16% e aumento do piso salarial de R$ 807 para R$ 1.635. A categoria também exige a contratação imediata de todos os aprovados no último concurso público dos Correios.
    Segundo a empresa, a contraproposta da Fentect é praticamente a mesma apresentada no início das negociações. O impacto dessas exigências nas contas dos Correios pode chegar a R$ 4,3 bilhões, o que representa um aumento de 70% na folha de pagamento da estatal.
    O diretor da Fentect, José Gonçalves de Almeida, disse que a direção da empresa rejeitou a proposta dos trabalhadores antes de conhecê-la. Ele também disse que a categoria não aceita a proposta que foi reapresentada pelos Correios. “Não vamos apreciar uma proposta que já rejeitamos, queremos que a empresa venha e sente na mesa de negociação”, disse.
    De acordo com os Correios, desde o início da greve, a média de atraso nas entregas chega a 35%. Os Correios entregam todos os dias 35 milhões de objetos, entre correspondências e encomendas. Os serviços de Sedex 10, Sedex Hoje e Disque Coleta foram suspensos, já que eles funcionam com horários marcados para a entrega.
    Segundo dados apresentados pelos Correios, a adesão dos trabalhadores à greve estava em 19% ontem. Mas a estimativa dos grevistas é que cerca de 70% dos funcionários estejam sem trabalhar. Nota divulgada pela empresa, informa que o índice nacional de adesão à paralisação caiu de 32% do efetivo da empresa no primeiro dia para 19% ao final da tarde de ontem.
    A nota dos Correios informou ainda que “não existe carga parada nos Correios. 65% das correspondências estão sendo entregues em dia – 35% seguem com atraso. Estão suspensos apenas três serviços: SEDEX 10, SEDEX Hoje e Disque Coleta, por se tratarem de serviços com hora marcada. Com a paralisação, mesmo parcial, não temos como garantir o horário”.

    ResponderExcluir
  87. AGORA VÃO METER A MÃO NO DINDIN DOS FUNCIONARIOS MUNICIPAIS COM A DESCULPA DA CRISE, VERGONHA, PORQUE NÃO TEM CRISE PARA A COPA E TOME BILHÕES PARA OS RATOS E RATAS. DEUS É BRASILEIRO E NÃO VAI DEIXAR ESTA COPA ACONTECER POR AQUI. EULER O CAMINHO PARA ACABAR COM ESTA GREVE NÃO É AQUI E SIM EM BRASILIA, AÓCIO, DILMA, LULA, HADAHH..TODOS ESTÃO MUITO SOSSEGADOS. AQUI A MIDIA JÁ ESTA TODA NO BOLSO DELES E LÁ COMO SERIA???????? FORÇA GURREIROS DO BEM..GREVE...GREVE..GREVE.. ATÉ O PISO.
    JORNAL DE MONTES CLAROS
    MG – Crise coloca pagamento do decimo terceiro dos servidores municipais do interior em xeque

    Em Santo Antônio do Itambé, servidores municipais correm o risco de não receber o abono natalino
    Prefeitos dizem que o repasse do FPM caiu e que se a tendência continuar o pagamento do benefício está ameaçado.
    Enquanto a presidente Dilma Rousseff conclamou os países a juntarem esforços para combater a crise econômica mundial durante pronunciamento na Organização das Nações Unidas (ONU), os efeitos da crise já chegaram às prefeituras do interior de Minas Gerais e podem comprometer o pagamento do 13º salário dos servidores municipais. Os prefeitos dizem que o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) caiu drasticamente neste mês e que se a tendência continuar o pagamento do benefício em dia está ameaçado. A ordem agora é apertar o cinto para tentar pagar os salários.
    Nos dois primeiros repasses de setembro, realizados nos dias 10 e 20, os municípios mineiros receberam pouco mais de R$ 213 milhões. A ONG Transparência Municipal estimou que o montante destinado aos mineiros neste mês atingiria R$ 360,9 milhões. Ou seja, para concretizar a previsão, no último repasse a ser realizado no dia 30, o valor teria que ser superior a R$ 147 milhões – montante menor do que a média dos repasses iniciais. Mesmo se a previsão se confirmar, o montante será inferior aos recursos repassados pelo Governo federal no ano passado, quando as prefeituras mineiras dividiram um bolo de R$ 379,3 milhões.
    O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, argumenta que é o primeiro mês que o FPM apresenta curva para baixo e que se o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro diminuir vai reduzir toda a cadeia tributária e o repasses do FPM. Ele calcula que a perda média dos repasses em setembro é de 26%. “O FPM pode continuar caindo, mas as despesas continuam as mesmas. Se os prefeitos não foram prudentes fazendo reservas e continuarem assumindo atribuições dos governos estadual e federal, vão passar dificuldades. Vão precisar fazer um esforço para não entrar mal no ano eleitoral”, afirma o presidente da CNM.
    Ziulkoski explica que há cerca de 700 municípios em todo país que já ultrapassaram os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal com o pagamento de funcionários. O presidente aponta o caminho para os municípios que estão com as contas no vermelho e sem dinheiro para pagar o 13º. “Tem que parar de investir, não criar despesas novas, parar de assinar convênios com os governos do Estado e federal, e buscar receitas novas de impostos a receber.”
    O prefeito de São Gonçalo do Pará e presidente da Associação Mineira dos Municípios, Angêlo Roncalli (PR), também receita medidas parecidas para conter gastos e garantir dinheiro em caixa nas prefeituras. “É preciso prezar pela cautela, cortar gastos e segurar qualquer investimento”, diz. A cidade do Centro-Oeste administrada por Roncalli possui pouco mais de dez mil moradores e 430 servidores públicos.
    A folha de pagamento custa R$ 600 mil mensais. O prefeito afirma que diante da queda do FPM tomou medidas para garantir o pagamento do 13º. “Reduzi os cargos comissionados, suspendi os pagamentos de horas-extras, as obras de calçamento e a manutenção das estradas vicinais.”

    ResponderExcluir
  88. CHARLOTTE SENTA A PUA NO ANÔNIMO DAS 11:14

    Querido anônimo você anda meio sem noção da realidade...
    Vou responder sua dúvida com um pergunta:
    Se o governo federal não tem responsabilidade com o que acontece nos ESTADOS da União, então por que existe uma CONSTITUIÇÃO FEDERAL??? Por que Existe um política econômica federal? Por que existem todos os ministèrios? E por que existe um BANCO CENTRAL???
    E te pergunto ainda, se o governo federal não tem nada a ver com os Estados... no que diz respeito à COPA, a presidenta tá monitorando tudo que se passa nos entes da federação!!!???

    ResponderExcluir
  89. Gente, tive uma idéia 153 mil servidores dizem q querem o piso e isso implica em muitos gastos. Que tal passarmos lista de presença na assembléia e sugerir ao governo que pague o piso só para quem está em greve? Afinal os que estão em sala estão bem satisfeitos. kkkkkk

    ResponderExcluir
  90. Colegas,
    Eu estava usando o banheiro da Assembleia Legislativa quando entraram três funcionárias da limpeza da casa e começaram a lavar os banheiros. Então perguntei a elas qual é seu salário.
    Elas responderam, pasmem:
    o Piso é de "970 reais", mas temos ainda vale transporte e "auxílio alimentação". O que dá em torno de 1160 reais por mês.

    Não que elas não mereçam, muito pelo contrário...
    O problema é o valor do que os chefes daquela mesma casa querem aprovar para nós, educadores, que temos curso superior.
    PACIÊNCIA !!!

    ResponderExcluir
  91. Gostei da ideia do anônimo das 12:27. Quem está em sala de aula está muito satisfeito e cooperando com o governo. Então que se pague o piso somente para quem não está satisfeito e aderiu ao movimento para lutar pelos seus direitos.

    ResponderExcluir
  92. Oi

    Pergunta martelando aqui: Por onde andam a Vilhena Gazzola hein? Perderam a credibilidade hehehehe

    ResponderExcluir
  93. Ao Anônimo de 26 de setembro de 2011 12:21:

    13º Salário NUNCA Existiu...

    Os trabalhadores ingleses recebem os ordenados semanalmente!
    Mas há sempre uma razão para as coisas e os trabalhadores ingleses, membros de uma sociedade mais amadurecida e crítica do que a nossa, não fazem nada por acaso!

    Ora bem, cá está um exemplo aritmético simples que não exige altos conhecimentos de Matemática, mas talvez necessite de conhecimentos médios de desmontagem de retórica enganosa.

    Lembrando que o 13º no Brasil foi uma inovação de Getúlio Vargas, o “pai dos pobres” e que nenhum governo depois do dele mexeu nisso.

    Porquê? Porque o 13º salário não existe.

    O 13º salário é uma das mais escandalosas de todas as mentiras dos donos do poder, quer se intitulem “capitalistas” ou “socialistas”, e é justamente aquela que os trabalhadores mais acreditam.

    Suponhamos que você ganha R$ 700,00 por mês. Multiplicando-se esse salário por 12 meses, você recebe um total de R$ 8.400,00 por um ano de doze meses.
    R$ 700,00 X 12 = R$ 8.400,00

    Em Dezembro, o generoso governo manda então pagar-lhe o conhecido 13º salário.

    R$ 8.400,00 + 13º salário = R$ 9.100,00

    R$ 8.400,00 (Salário anual)
    + R$ 700,00 (13º salário)
    = R$ 9.100,00 (Salário anual mais o 13º salário)

    ... e o trabalhador vai para casa todo feliz com o governo que mandou o patrão pagar o 13º.

    Façamos agora um rápido cálculo aritmético:

    Se o trabalhador recebe R$ 700,00 mês e o mês tem 4 semanas, significa que ganha por semana R$ 175,00.

    R$ 700,00 (Salário mensal)
    dividido por 4 (semanas do mês)
    = R$ 175,00 (Salário semanal)

    O ano tem 52 semanas (confira no calendário se tens dúvida!). Se multiplicarmos R$ 175,00 (Salário semanal) por 52 (número de semanas anuais) o resultado será R$ 9.100,00.

    R$ 175,00 (Salário semanal)
    X 52 (número de semanas anuais)
    = R$ 9.100,00

    O resultado acima é o mesmo valor do Salário anual mais o 13º salário
    Surpresa!!
    Onde está, portanto, o 13º Salário?

    A resposta é que o governo, que faz as leis, lhe rouba uma parte do salário durante todo o ano, pela simples razão de que há meses com 30 dias, outros com 31 e também meses com quatro ou cinco semanas (ainda assim, apesar de cinco semanas o governo só manda o patrão pagar quatro semanas) o salário é o mesmo tenha o mês 30 ou 31 dias, quatro ou cinco semanas.

    No final do ano o generoso governo presenteia o trabalhador com um 13º salário, cujo dinheiro saiu do próprio bolso do trabalhador.

    Se o governo retirar o 13º salário dos trabalhadores da função pública, o roubo é duplo.

    Daí que não existe nenhum 13º salário. O governo apenas manda o patrão devolver o que sorrateiramente foi tirado do salário anual.

    Conclusão: Os Trabalhadores recebem o que já trabalharam e não um adicional.
    13º NÃO É PRÊMIO, NEM GENTILEZA, NEM CONCESSÃO.
    É SIMPLES PAGAMENTO PELO TEMPO TRABALHADO NO ANO!

    Paulo Andrade - Barreiro-BH

    ResponderExcluir
  94. DE CHARLOTTE PARA O NDG:VAMOS PÔR EM PRATOS LIMPOS

    Partindo da informação da colega Joselayde sobre o valor do piso das funcionárias da limpeza da ALMG, acho que seria uma boa idéia se o SINDICATO fizesse uma tabela com o valor do PISO que o governo paga para todas as categorias do Estado...

    >>Será que há categoria no Estado ganho Piso inferior ao nosso??? >>>

    ResponderExcluir
  95. Colegas , força e determinação não são para quem qwuer e sim para aqueles realmente profissionais que não se acovardam e nem pelegam ! Vocês que lutam já posssuem o emblema da vitória fizeram e fazem jus a causa .Parabéns ,vocês são vencedores ,me orgulho de vocês!!!!!!! Vocês construiram hoje uma história verdadeira!!! Parabéns!!!! A EE"Pero Vaz de Caminha ¨-Cachoeirinha -B.Hte , hoje voltou ,meis dúzia de pelego trabalhavam ou faqziam de conta ,hoje os covardes retornaram ,não merecem o piso ,a hora é de engrossar fileira e não de se acovardar.. Tudo bem o Diretor foi escolhido pela comunidade e não pelo desgoverno mineiro , por que se acovardar?Vocês Pero Vaz d3e Caminha -B.Hte -são covardes ,não falem em nome dos heróis , que a greve acabou , os lutadores, são heróis , portanto o piso sairá ,sinta vergonha quando seu contracheque demonstrar a força dos colegas que estão dando tudo de si para si para outros que se acovadaram . Sinto vergonha dos pelegos e dos covardes . Euler , quero viver para ver seu blog transformado em livro. E todos que estão a lutar , me orgulho de vocês, na História e real escrita e passada a limpo!!!!!!!!!!!!!!!!! Deus com vocês e ninguém contra vocês . Bravos .bravos .....................

    ResponderExcluir
  96. Euler e companheir@s, segue o link para apreciarem uma parte do ótimo documentário que será transmitido hoje em nossa vigilia no pátio da ALMG a partir das 19hs:

    http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=t_aYT0V7tPo#at=19

    RESISTIR SEMPRE!!!

    ResponderExcluir
  97. Dois recados importantes:

    1) Na ALMG acontece, hoje e amanhã, debate e audiências públicas promovidos pelo Instituto Helena Greco (IHG), sobre vários temas relacionados à tortura no Brasil. Quem lá estiver, favor questionar sobre as formas de tortura psicológica e outras impostas aos educadores mineiros pelo governo;

    2) Aos combativos colegas de Vespasiano e São José da Lapa: ônibus confirmado para amanhã, com saída às 12h30m, da Praça da Matriz. A assembleia da categoria começa a partir das 13h, por isso sairemos mais cedo.

    Um forte abraço a todos e força na luta!

    ResponderExcluir
  98. ola caros colegas!! Fui ao UAI(Unidade de Atendimento Integrado) para ver meu contra cheque e alem de nao ter vindo nem 1 centavo de salario, muito menos o premio de produtividade!! Foi triste, este mes vou ter fazer algum pra nao ter que passar fome, acho que vou vender produtos da avon e arrumar umas daquelas revistinhas, se tiver alguem interessado!!

    ResponderExcluir
  99. Bom companheiros, deixo vocês para passar uma noite inteira na estrada e encontrá-los amanhã bem cedo na nossa assembleia para mais uma batalha.Já estou com saudades!!
    Força na luta e até a vitória.
    Ilza - Virgolândia

    ResponderExcluir
  100. Para animar-nos.
    Na minha escola hj o dia a manhã foi 'NORMAL".

    QUATRO ALUNOS EM UMA SALA...
    cINCO EM OUTRA..E OS SUBSTITUTOS CONTANDO CASO...
    Ganhando bem fácil..pois a quantidade de alunos não causa nenhum barulho.
    Enganam-se mutuamente...será?? Creio que todos sabem quem engana quem.
    Os únicos que lidam com a verdade somos nós que estamos firmes no que acreditamos:O PISO É NOSSO!!! NEM UM PASSO ATRÁS.
    Peço aos nossos alunos que venham o quanto antes e também como nossos colegas QUE RECEBEM DIARIAMENTE O AGRADECIMENTO DO DITADOR, ficarão de fora do mais belo e forte movimento do PAÍS!!
    A NOSSA FORÇA ESTÁ NA NOSSA DETERMINAÇÃO E NA DEFESA DE NOSSOS DIREITOS. A LEI NOS GARANTE O PAGAMENTO DO PISO APROVADO EM 2008.
    UM ABRAÇO E RECUAR É UMA PALAVRA QUE NÃO FAZ PARTE DO NDG!!!
    BRAVO!!!BRAVO!!
    A TODOS NÓS QUE RESISTIMOS!
    SEM O QUE É NOSSO, NADA, DADA DE PISAR NA ESCOLA!

    ResponderExcluir
  101. A Gazzola tem até aparecido de vez em quando porque deve ter parentesco com Hitler e assim ter um estômago forte para maldades.
    Mas a Renata Vilhena deve estar de licença médica, pois fazer maldades com os de baixo causa úlcera... Hehehehe....

    ResponderExcluir
  102. Texto de Eduardo Costa - 26/09/2011

    http://wordpress.00201.upx.net.br/?p=4229

    Greve Ilegal?

    Volto a um assunto já abordado várias vezes nesse espaço, nos últimos três meses, para reafirmar o meu espanto diante da indiferença da sociedade diante da greve dos professores.

    O fato de o governador não ter se reunido sequer uma vez com a líder dos professores me incomoda, mas, considerando as dificuldades de caixa e os gigantescos números da Educação (são mais de 400 mil profissionais), posso compreender razões apresentadas por suas auxiliares para negar reajuste maior.

    O que realmente me corrói é a ausência do meu sindicato – dos Jornalistas – da OAB, da Assembléia, da Federação das Indústrias, enfim, todos nós, mineiros, temos o direito e o dever de palpitar, buscar o entendimento, salvar o ano letivo de milhões de jovens pobres desse estado.

    Vem um desembargador e dá uma canetada dizendo que o movimento paredista é absurdo… Ora, será que ele toparia viver com 700 reais por mês? Será que ele acha razoável essa discussão, se o piso deve ser mil e pouco ou mil e quinhentos reais?

    Outra coisa que me envergonha é a postura de colegas procurando desmoralizar os líderes do movimento, com essa história de greve política. Nós, jornalistas, tínhamos de respeitar os professores, pois, com raras exceções (felizmente, estou entre elas) nossos salários são tão ridículos quanto os dos mestres. E nós estamos jogando no lixo o nosso passado de escola pública, contribuindo para um mundo com aulas ainda mais mentirosas porque, se esses já desolados professores forem humilhados será o fim de toda e qualquer esperança…

    Eles estão no fundo do poço. Pena é que governador, deputado, jornalista chique não conversa com um deles… Aqui, trechos da carta que me enviou o professor Elivelto Aparecido Nunes, atualmente fora do ofício por questões de sobrevivência: “Sou professor, mas não estou dando aula nesse momento. É com muita tristeza que venho acompanhando toda a greve. Falo sobre o desequilíbrio de forças entre professores e todo resto. (…) Sou como você, Eduardo, vim de baixo, família humilde, faculdade com muito esforço. O Brasil não é pobre; é injusto e conservador. Sei também que educação é a única ferramenta capaz de mudar isso. É por isso que ela é tão maltratada. Sei que a maioria do povão gosta e confia no seu trabalho. Por isso nunca se esqueça de Inácia de Carvalho, dos pardos, pretos e pobres desta Minas tão rica. Faça o que puder por estes. Não digo tomar bandeira partidária e afins até porque não é seu papel. A classe mais humilde não tem conhecimento e nem posições políticas e por isso não tem o retorno que por direito é seu. Obrigado de um professor triste, desanimado como a grande maioria da classe”.

    ResponderExcluir
  103. E.E. Clorindo Burnier (Juiz de Fora): conseguimos mais uma adesão. Agora somos 6 professores em greve.

    ResponderExcluir
  104. CHARLOTTE ADVERTE: MENTIRA TEM PERNA CURTA!!!

    O Governo e a mídia têm falado constantemente que
    a greve era fraca, poucas escolas, e blablablá...
    Porém, pelo levantamento feito aqui no Blog, já passamos de 300 escolas...

    Ô Gazzola, mentira tem perna curta!!! kkk


    A GREVE CONTINUA FIRME E CADA VEZ MAIS FORTE!!!

    ResponderExcluir
  105. Boa tarde ao NDG. Boa tarde comandante Euler.

    COMOÇÃO!

    Greve de fome dos amigos Marilda e Abdon dura 7 dias - NEM UMA MANIFESTAÇÃO DO HOMEM DE PEDRA.

    TAMBÉM, QUANTA INGENUIDADE A NOSSA ACREDITAR QUE PEDRA POSSA FALAR.

    O sentimento que nos une é amor ao ofício, INDIGNAÇÃO e REVOLTA.

    O NDG ESTÁ RESISTINDO AS CHICOTADAS DESSE CARRASCO, HOMEM SEM ALMA E SEM CORAÇÃO. CONTINUAREMOS RESISTINDO ATÉ O PISO!!!

    MEXEU COM UM, MEXEU COM TODOS.

    UNIDOS SOMOS INVENCÍVEIS.

    NOSSO PISO HÁ DE SAIR NA MARRA.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  106. concordo plenamente com o anônimo das 12:27.

    NÃO É DIGNO SABOREAR O MEL AQUELE QUE SE AFASTA DA COMEIA POR MEDO DAS PICADAS DAS ABELHAS.

    ResponderExcluir
  107. Idéia fantástica do anônimo:Pagar o piso apenas para aqueles que estão lutando com garra e perseverança por ele.São os verdadeiros merecedores de um salário digno.Aquelas criaturas passivas,medrosas que estão trabalhando,ganham mais do que merecem.São covardes e não exercem a sua cidadania de forma digna para serem valorizados como educadores.Sou aposentada,quando estava na ativa sempre participei das greves,jamais senti a consciência pesada por trair meus companheiros.Acho deprimente a situação dessas pessoas à espera de que outros lutem por eles.Que vergonha!!!

    ResponderExcluir
  108. Euler e companheiros do NDG


    Temos somente (1)uma Companheira da E.E.João de Almeida Pimentel-Inhapim de greve.Ela está em B.Horizonte junto na vigília na ALMG.
    Impedimos a designação na E.E.Guilhermino de Oliveira.
    Companheiros de luta-INHAPIM

    ResponderExcluir
  109. Gente...
    Olha a matéria que o jornalista Eduardo Costa da Rádio Itatiaia (sic) publicou apoiando nossa causa:
    http://wordpress.00201.upx.net.br/?p=4229



    AQUI ESTÁ. NA ÍNTEGRA:

    Greve ilegal?

    26 de Setembro de 2011 por Eduardo Costa

    Volto a um assunto já abordado várias vezes nesse espaço, nos últimos três meses, para reafirmar o meu espanto diante da indiferença da sociedade diante da greve dos professores.
    O fato de o governador não ter se reunido sequer uma vez com a líder dos professores me incomoda, mas, considerando as dificuldades de caixa e os gigantescos números da Educação (são mais de 400 mil profissionais), posso compreender razões apresentadas por suas auxiliares para negar reajuste maior.
    O que realmente me corrói é a ausência do meu sindicato – dos Jornalistas – da OAB, da Assembléia, da Federação das Indústrias, enfim, todos nós, mineiros, temos o direito e o dever de palpitar, buscar o entendimento, salvar o ano letivo de milhões de jovens pobres desse estado.
    Vem um desembargador e dá uma canetada dizendo que o movimento paredista é absurdo… Ora, será que ele toparia viver com 700 reais por mês? Será que ele acha razoável essa discussão, se o piso deve ser mil e pouco ou mil e quinhentos reais?
    Outra coisa que me envergonha é a postura de colegas procurando desmoralizar os líderes do movimento, com essa história de greve política. Nós, jornalistas, tínhamos de respeitar os professores, pois, com raras exceções (felizmente, estou entre elas) nossos salários são tão ridículos quanto os dos mestres. E nós estamos jogando no lixo o nosso passado de escola pública, contribuindo para um mundo com aulas ainda mais mentirosas porque, se esses já desolados professores forem humilhados será o fim de toda e qualquer esperança…
    Eles estão no fundo do poço. Pena é que governador, deputado, jornalista chique não conversa com um deles… Aqui, trechos da carta que me enviou o professor Elivelto Aparecido Nunes, atualmente fora do ofício por questões de sobrevivência: “Sou professor, mas não estou dando aula nesse momento. É com muita tristeza que venho acompanhando toda a greve. Falo sobre o desequilíbrio de forças entre professores e todo resto. (…) Sou como você, Eduardo, vim de baixo, família humilde, faculdade com muito esforço. O Brasil não é pobre; é injusto e conservador. Sei também que educação é a única ferramenta capaz de mudar isso. É por isso que ela é tão maltratada. Sei que a maioria do povão gosta e confia no seu trabalho. Por isso nunca se esqueça de Inácia de Carvalho, dos pardos, pretos e pobres desta Minas tão rica. Faça o que puder por estes. Não digo tomar bandeira partidária e afins até porque não é seu papel. A classe mais humilde não tem conhecimento e nem posições políticas e por isso não tem o retorno que por direito é seu. Obrigado de um professor triste, desanimado como a grande maioria da classe”.

    ResponderExcluir
  110. GRAÇA:

    Boa tarde Prof Euler,

    Seu blog é a única fonte de informações sobre o movimento no dia de hoje.

    O Sindute tem recur$o$ e deveria ter uma pessoa ou várias encarregadas de filmar tudo e postar de imediato, as imagens na midia on line.Já era tempo do Sindute ter um site mais dinamico. A Bea se esforça para atualizar o blog, porém, ela tem que estar em vários locais todos os dias, não sobra tempo para atualizar o blog, a não ser que ela tivesse um clone.O Sindicato tem vários funcionários, que poderiam atualizar a listagem das escolas paralizadas por ordem de cidade? O Sindute é que deveria disponibilizar on line em tempo real a situação da greve e da vigilia na ALMG e dos demais movimentos da greve. A imprensa esta comprada não há uma única linha nos jornais de hoje sobre o movimento.Muito menos no site da ALMG.Uma pena!

    ResponderExcluir
  111. Olá Paulo
    vi sua explicação sobre o 13º salário, obrigada. Nesse sentido, gostaria também de explicações sobre o chamado 14º, prêmio por produtividade, acordo de resultados, enfim, não sei o nome adequado, pois nunca entendi realmente do que se trata. Não acredito em premiação por parte desse governo, nem reconhecimento por resultados. Vi na escola que a variação do valor teve um efeito de produção de boas estatísticas, mas não acredito que seja só isso. É mais um direito que nos está sendo tirado.
    Abraço
    Ana

    ResponderExcluir
  112. Tem muitos companheiros que voltaram pra sala por uma questão de sobrevivência, as vezes com dois cargos em magisterio , num tem outra forma de sustentar uma família ,eu tenho dois colegas que tiveram que fazer assim , eu não os julgo pois ficaram 100 deias em greve contribuiram de forma efetiva ao movimento, muitos colegas entram a poucos dias e são respeitados, por isso acho que devemos respeitar os outros tbm, porque muitos dos que voltaram ,chegaram a passar necessidade, eu continuo na greve , firme e forte mais chamando os colegas que nao entraram ainda e agradecendo aqueles que lutaram muito , mais que precisavam de certa forma retornar pela falta do salário. Quem precisa ser criticado é aquele que não contribuiu com a luta e o governador que corta agua, salário , e comida de chefes de família.

    A favor da greve , mas respeitando aqueles que nela estiveram e contribuiram para que ela se chegasse até hj.

    Temos que lutar pela união da classe.

    Greve até o piso.

    ResponderExcluir
  113. Caros colegas: Excelente comentário de Joselayde e muitíssimo oportuno o comentário de Charlotte.
    poderíamos fazer um levantamento com o piso salarial de todas as categorias do Estado. Só assim conseguiríamos o 1º lugar: Categoria menor piso salarial pago pelo desgoverno

    ResponderExcluir
  114. E. E. Helena Guerra. Contagem
    Parcialmente, desde 08-06.
    Adesão de grande n° de professores.
    As aulas só voltaram com substitutos.

    ResponderExcluir
  115. Escola João Paulo I/ Belo horizonte- parcial...não está na lista!!



    maria do carmo

    ResponderExcluir
  116. GRAÇA:
    No blog da Bea:
    Reunião com a OAB MG
    Acontece nesta segunda-feira, as 17 horas reunião entre o Sind-UTE MG e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) Seccional Minas Gerais. A reunião será com o Presidente da entidade.
    Hoje, 12:00, participarei do Programa A voz do Praça na Rádio Aspra (Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais).
    Confira:
    http://www.aspra.org.br/index.php?option=com_content&view=category&layout=blog&id=193&Itemid=88

    ResponderExcluir
  117. Bom Dia!

    Força,força,nunca vamos desistir.Fico muito feliz e emocionada quando vejo guerreiros e guerreiras incansáveis.A notícia de que sempre tem mais um é a melhor, é por aí mesmo vamos pedir aos colegas para ter piedade só assim vamos vencer.
    Este recado é para a anônima das 13:18.Encontrei um ótimo negócio e um lucro muito bom(Amway)já ouviu falar?Avon já era........Se interessar estarei na Assembleia.Abraços e força na luta!

    ResponderExcluir
  118. BOA TARDE, a todos NÓs , os ESCOLHIDOS de DEUS!!!!!!!!!

    Eu também concordo com o anônimo das 12:27'!!
    PAGAR o PISO somente para os GREVISTAS!!!!!!!!!!Já mencionei esta IDEIA,neste BLOG.Os que não aderiram à greve,já tiveram GRANDES conquistas:receberam agradecimentos do PROJETO DE GOVERNADOR,e olhem bem,em REDE"nacional";também ,já garantiram seu SALÁRIO,as férias estão garantidas.
    Como obtiveram TANTOS benefícios e, são muito DESAPEGADOS(AS)-"PROVA disto,é não estarem LUTANDO-,então, que assinem um DOCUMENTO abrindo mão do piso.Com certeza ,agindo assim,estarão ajudando muito mais o azia- PROJETO DE GOVERNADOR e, de quebra,o ALTO(A SUPERIORIDADE MAIOR ) perceberá que você não é AQUELE que espera que os outros LUTEM por VOCÊ!!!!!!!!!!!!Ficar obervando quem está na VANGUARDA,quem entrou em uma GREVE de FOME,e depois aceitar as conquistas é VERGONHOSO.EM algum MOMENTO,LUGAR já leram e/ou ouviram isto;"a cada um,será dado,segundo as suas OBRAS"!!!!!! não queiram aquilo que não lhe é de DIREITO,o UNIVEERSO em um momento irá te cobrar!!!!!!!!!COMPANHEIROS,BREVE,BREVE colheremos os FRUTOS de nossa ´´´ARDUA,porém,HONROSA LUTA!!!!!!!! VIÓRIA FÉ EM DEUS e PÉ na TABA!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  119. Agora na TV ALMG o semninário sobre a tortura no Brasil que mencionei antes.

    Link:

    http://www.almg.gov.br/index.asp?grupo=comunicacao&diretorio=tvalmg&arquivo=tv_assembleia&idbox=TV%20Assembleia

    ResponderExcluir
  120. Urgente / Urgente / Urgente

    Cerca de 20 educadores em greve estão neste momento, às 14h39m, acorrentados no Plenário da ALMG, onde os deputados discutem e votam as questões.

    Favor divulgar para a mídia e por twitter.

    Informação dada pelo comandante João Martinho.

    ResponderExcluir
  121. Concordo que se paga o piso para quem está em greve e aposentados também, pois já fizeram muitas greves enquanto trabalhavam.

    ResponderExcluir
  122. Professores de CONTAGEM repudiam a direção do SIND-UTE SUBSEDE CONTAGEM pela omissão .Briguinha política no meio de uma greve é traição. GOSTEI DA FALA DA COLEGA AÍ. SE SOUBESSE QUE ESSA DIRETORIA ATUAL SERIA INERTE JAMAIS VOTARIA NESSA DIREÇÃO DO SIND-UTE DESTA SUBSEDE DE CONTAGEM QUE LÁ ESTÃO... VOCES TAMBÉM REPRESENTAM A REDE ESTADUAL VIUUUUUUUUUUU? NÃO É SÓ A REDE MUNICIPAL NÃO! ALIAS... VOCES DIRETORES E FUNCIONÁRIOS DO SIND-UTE SUBSEDE CONTAGEM SABIAM QUE ESTÁ TENDO UMA GREVE HISTÓRICA NA REDE ESTADUAL? ACHO QUE NÃO MESMOOOOOOO!!! SOCORROOOOOOOOOOOOOOO CONTAGEM ESTÁ SEM SUBSEDE!

    ResponderExcluir
  123. Anônimo,que deve ser do governo, tentando nos esquiar de procurar o governo federal,
    A Dilma tem tudo a ver com a educação e isso foi promessa dela em suas palestras quando candidata à presidência.
    Nós fazemos parte do Brasil e não só de Minas Gerais.Você não votou em presidente da república?
    Ela não é presidente só de Brasília, onde reside.
    Estude antes de entrar neste blog, que é coisa séria.

    ResponderExcluir
  124. Pela TV assembleia pude ver um colega acorrentado. Acompanhem e vejam também o seminário do IHG sobre a tortura no Brasil.

    ResponderExcluir
  125. Colegas de martírio
    De todos os políticos malditos que a política brasileira produz ou produziu,penso que este ,que ora ocupa o executivo de MG, é o que reúne o maior número de "atributos negativos.Esta senhor carrega um fardo pesado chamado aécio neves , o que já demonstra incompetência para escolher seus pares.
    .O suíno é arrogante,pirracento,incapaz de perceber que não dá para lidar com a força policial o tempo todo.Não fosse tão idiota
    ,eu acreditaria que o nojento leu o príncipe.A excrecência humana é louco.Deve ter na cabeça tutu ao invés de cérebro.
    Alguém responsável deveria dar o pé na BUNDA do adiposo e pacificar a categoria urgentemente ...Já não temos muito a perder e isto é grave... Muito grave.

    ResponderExcluir
  126. CHARLLOTE É PELA UNIDADE

    Colegas, a nossa greve é greve de uma categoria profissional; lutamos pelo pagamento do PISO NACIONAL para a categoria e não apenas para os que estão em greve.

    ResponderExcluir
  127. Rui disse:
    será que o governo está querendo que queimamos os livros e vamos para o mineirão adiantar as obras?
    Primeiro jogo da copa:corrupção X justiça.
    Quem vai ganhar?

    ResponderExcluir
  128. Pessoal,
    estão entendendo tudo errado.
    Nâo é do conhecimento da SEE esse levantamento.
    porém é mais rápido e prático.
    Todos podem entrar e preencherem o formulário.
    Depois elimino os repitidos.
    A idéia era fazer um levantamento mais eficiente e imparcial.
    Até mesmo por que sou grevista.
    A idéia era mandar paro o Gleyson.

    https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?formkey=dHBEUTFLM05XM1Nybk1DcEx0TGdpU1E6MQ

    ResponderExcluir
  129. Caro Euler,


    Essa é de dar gargalhada. Em Uberlândia, uma amiga me contou que o "tampão" de Matemática já declarou para os alunos que não sabe Matemática, pois é pedagogo e que é para os alunos não perguntarem nada!

    Os alunos querem a expulsão dele da escola. Já foram na diretora e reclamaram dele.

    Abraços e força na luta até a vitória!

    Um grevista de Uberlândia

    ResponderExcluir
  130. Colegas
    Observem o diálogo entre minha colega da matemática e seu OB:
    _ Você já começou a dar geometria naquela turma?
    _ Eu não.E nem vou dar.Sou formado em economia e no meu currículo não tem geometria...

    Viu dona gazzebba.Sua estratégia não está funcionando. Os OBS são um fracasso.Minas vai ter o pior resultado no ENEM e esse fracasso vai ficar grudado na sua historia .Bem feito!
    Sua proscrita!

    ResponderExcluir
  131. Sub-comandante Euler, BRASÍLIA, BRASÍLIA, BRASÍLIA, TEMOS QUE ATACAR O AÉCIO, POIS, TENTAM CALAR NOTÍCIAS RUINS DE MINAS. Imagina, em letras garrafais : Dilma, enquanto você tenta resolver problemas europeus, ~milhares de jovens brasileiros estão sem aulas em Minas.Força na luta.

    ResponderExcluir
  132. Caro Euler,

    Gostei da sugestão de uma colega aqui de virar vendedora para não morrer de fome.

    Quem assistiu ao Globo Repórter na semana passada viu quantos que fazem "bicos" e ganham grana alta.

    Vamos fazer o mesmo, enquanto não garantimos o nosso piso.

    Gostei da sugestão de uma colega que vai virar vendedora, mas não vai voltar à escola enquanto não conquistarmos no nosso piso, com luta e com raça.

    Como sugestão, vamos fazer bazares, campanhas na família e com os amigos para ajudar os companheiros que estão em dificuldade desde o início da greve.

    Um forte abraço até a nossa vitória.

    Um grevista de Uberlândia

    ResponderExcluir
  133. Euler, você já assistiu um vídeo de uma professora postado no blog do Mel?
    Gostei meuto.

    ResponderExcluir
  134. Aplausos a Sra. Gilse Cosenza!
    Mandou um recado muito apropriado ao Sr. Governador!

    ResponderExcluir
  135. O Seminário apresentado na ALMG não poderia estar acontecendo num período tão adequado como este. Aquelas discussões vão servir pelo menos para incomodar alguns, mesmo que se façam de indiferentes, se não estão lá para ouvir, saberão pelos menos das espetadas dos alfinetes e tomara que não faltem alfinetes a serem espetados.

    ResponderExcluir
  136. Companheiros,não estou nem um pouco cansada.Sei que muitos companheiros estão em situação pior, principalmente Marilda e Abdon.
    Vou entrar com recurso para impugnar designação das minhas aulas.O governo é tão bandido que tá colocando no lugar do motivo da designação:cargo Vago.
    Vamos à luta,pois quem não luta participa de um conjunto,mas é do CONJUNTO VAZIO!!!!!
    Resistência é a bandeira de todos os guerreiros do bem,como nós.Por isso não vamos desistir jamais!!!!!!!!!!!!!
    À noite apareço aqui de novo.Beijos a todos, uma ótima tarde e até a NOSSSA QUERIDA VITÓRIA!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  137. EULER VAMOS FAZER UM MUTIRÃO DA SOLIDARIEDADE POR TODA A BELO HORIZONTE E INTERIOR PARA ARRECADARMOS CESTAS BÁSICAS PARA PROFESSORES EM DIFICULDADES EM CADA CIDADE DA CAPITAL E INTERIOR?

    ResponderExcluir
  138. Quem não estiver hoje nas manifestações da Pç da Estação, acompanhe pela TV Assembleia - ou compareça à vigília - onde vários colegas educadores estão acorrentados no Plenário principal da ALMG.

    Divulguem, acompanhem!

    Link:

    http://www.almg.gov.br/index.asp?grupo=comunicacao&diretorio=tvalmg&arquivo=tv_assembleia&idbox=TV%20Assembleia

    ResponderExcluir
  139. Eu abro a página da Assembléia, aparece o player, mas simplesmente não roda o vídeo, sendo que minha conexão é de 1MB. Será algum problema de configuração? Alguém mais tem essa dificuldade, ou alguém sabe como resolver?

    ResponderExcluir
  140. EULER,

    SOS ! A PAG DA ALMG ABRE MAS O VIDEO NÃO!
    COMO FAÇO?

    ResponderExcluir
  141. Fátima - Professora de História - Ubá26 de setembro de 2011 16:12

    Fico pensando nos companheiros Abdon e Marília em greve de fome correndo riscos por nós e mesmo na luta desde o dia 8 de junho me sinto tão pequena diante de tamanha bravura, coragem e abnegação.
    Penso ainda nos professores que não aderiram ao movimento e indiferente a esse ato continuam suas rotinas, mesmo sabendo que os companheiros estão se arriscando por eles também.
    Grande também é minha preocupação com os jovens que estão nas mãos desses professores, recebendo exemplos tão negativos como falta de ética, solidariedade, repeito, companheirismo e amor ao próximo, tão necessário para o processo de humanização da da nossa juventude.
    "Não podemos ensinar ao homem apenas os valores técnicos, é preciso ensinar-lhe também os valores éticos e morais, porque se não estaremos formando máquinas" -Albert Ainsten.
    Pobres dos nossos alunos, pobres de nós.
    Voltando a falar do Abdon e da Marilda, proponho que assim que a greve acabar iniciarmos uma campanha para que esses dois bravos guerreiros sejam homenageados no próximo 21 de abril com a Medalha dos Inconfidentes. Afinal, como Tiradentes, colocaram suas vidas da em prol educação,da justiça e da iberdade do nosso povo.
    Vamos fazer justiça a Tiradentes dando a medalha a quem realmente a mereça.

    A educação liberta os oprimidos.

    Não desanimem, Deus com o seu imenso amor de pai nos compreende, nos ampara e nosso segura. Assim como chorou e se compadeceu com a dor dos parentes de Lázaro, ele chora junto com nós a nossa dor e com certeza se compadecerá de todos nós e nos guiará até a vitória.
    Tenhamos fé.

    ResponderExcluir
  142. Euler: incrível o que está ocorrendo aqui na E.E Dona Francisca Josina, localizada na Serra do Cipó. Os professores que não entraram em greve estão assumindo as vagas do pessoal que permanece na greve. Uma aula de mau caratismo e falta de companheirismo!

    ResponderExcluir
  143. Aqui o vídeo da TV ALMG está normal. Deve ser algum programa seu que não está atualizado. Mas, não sei resolver este problema. Veja no google, de acordo com o seu sistema operacional (Windows ou alguma distribuição de Linux).

    Um colega nosso professor do Norte de Minas está falando neste momento. Ele também está acorrentado. Acompanhem.

    ResponderExcluir
  144. Estou enojado desse governador(a) e dessas secretárias. Gente, sei la se podemos chamar de gente neh, coisas no poder, sem ter o minimo de bom senso e sensatez. Sonho com o dia que verei o seu Anastasia e esse PSDB sumir de MG. Povo mineiro acorde. Esses caras são todos farinha do mesmo saco. Horrorosos, ladrões, matadores de almas. estão tirando dos professores o desejo de serem professores. #foraanastasia

    ResponderExcluir
  145. rsrsrs ... do seu sistema opeacional... do seu programa... rsrs ... o que a pressa não faz.

    Do programa instalado no seu computador!

    Abs,

    Euler

    ResponderExcluir
  146. Essa assembleia está monstrando AS VEIAS ABERTAS DA EDUCAÇÃO MINEIRA!!!!!!

    Educadora Mineira

    ResponderExcluir
  147. Caro Euler,

    Dê uma olhada no site do STF, pois foi INDEFERIDA a solicitação de liminar contra a decisão do TJMG de declarar a Greve do Magistério mineiro como ilegal. O processo correu como Reclamação e o número é rcl 12629.
    Olha o endereço: http://www.stf.jus.br/portal/processo/pesquisarProcesso.asp

    Gostei não, viu...

    ResponderExcluir
  148. Não será esse o problema do governador? Um problema do sistema operacional dele? Ele parece mesmo programado... O Aécio deve tê-lo programado! rsrsrsr
    Abraço a todos

    ResponderExcluir
  149. Fátima - Professora de História - Ubá26 de setembro de 2011 16:33

    Fazendo correção: a grafia correta é Albert Einstein.

    Desculpe e abraços.

    ResponderExcluir
  150. A GOVERNO DA DILMA VEM ACARICIANDO AÉCIO E ANASTASIA, COLOCANDO-OS DEPENDENTES DO GOVERNO FEDERAL.

    PARA ELES:

    MINAS, QUANTO PIOR, MELHOR.

    MINAS, QUANTO MAIS DÍVIDAS, MELHOR.

    E O POVO?

    - AÉCIO, ANASTASIA E O GOVERNO FEDERAL,FINGEM QUE NÃO VEEM.

    ELES SÓ QUEREM O NOSSO VOTO, PARA OS SEUS PROJETOS DE PODERES.

    O POVO SÓ TEM VALOR NESTA HORA.

    ResponderExcluir
  151. É tudo monstruoso mesmo, mas a assembleia está [mostrando]
    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  152. Euler,

    Sou a KRS, o Portal do UAI acabou de dar a notícia sobre o recurso do STF. No entanto, mesmo sem acesso à íntegra da decisão, a notícia do portal é tendenciosa, já que o STF não negou o recurso, mas sim o julgou(em sede de liminar) improcedente, por isso o pedido de liminar (só esse!) foi indeferido. Falta agora o STF julgar a ação e dar uma sentença (mas isso leva mais tempo, pois segue o rito normal de um processo)! Logo, esperemos a íntegra da decisão para saber com base em quê a Ministra do STF indeferiu a liminar. Será importante analisar as razões do indeferimento! Um grande abraço. Força. Carinhosamente, KRS

    ResponderExcluir
  153. O PROBLEMA DELE É DE RETI DÃ O.

    ResponderExcluir
  154. UAUUUU

    AGORA SIM ACESSEI VIA I.EXPLORER E TO VENDO! NO GOOGLE CROME NÃO DAVA!

    ResponderExcluir
  155. Deverá haver, certamente, algum vídeo dos debates na ALMG, hoje,para ser exposto aqui, de modo que quem não está tendo acesso a eles, no momento,tenha conhecimento do que foi discutido e ainda perceba a imbricação do que está sendo discutido com a atual situação de coação que, nós, educadores estamos vivendo.

    ResponderExcluir
  156. Força companheiros, sabiamos que não ia ser fácil. Unidos venceremos.

    ResponderExcluir
  157. Parece que o STF negou o pedido do Sindute a respeito da decisão do desmbardgador. Tá no estado de minas. Até o STF está contra nós?!?

    ResponderExcluir
  158. STF nega recurso do Sind-UTE contra a ilegalidade da greve

    João Henrique do Vale -

    Publicação: 26/09/2011 15:52 Atualização: 26/09/2011 16:03
    O Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu nesta segunda-feira uma liminar do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sindute-MG) que pedia a suspensão da decisão do desembargador Roney de Oliveira do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que considerou a greve dos professores ilegal e determinou o imediato retorno às aulas dos educadores.

    ResponderExcluir
  159. O tempo online
    O Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu nesta segunda-feira (26) a liminar do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sindute-MG) que considerava a greve da categoria ilegal e pedia a suspensão imediata do movimento, segundo decisão do desembargador Roney de Oliveira do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O desembargador considerou que a longa duração do movimento, que está no 111º dia, prejudica aos alunos com a possível perda do ano letivo.

    O Sind-UTE entrou com a liminar por entender que a decisão do TJMG contraria a Constituição e decisões do STF, pois “veda o exercício do direito de greve como instrumento legítimo de pressão do Estado Democrático de Direito”, além de pender em favor do Poder Executivo. Após a decisão do STF, o sindicato afirma que vai recorrer.
    Multa
    Em caráter liminar, o juiz determinou o retorno imediato das aulas sob pena de multa que pode chegar ao valor máximo de R$ 600 mil. A ação civil pública do Ministério Público Estadual (MPE), que deu origem à decisão, pedia pena de multa diária de R$ 50 mil.

    O mérito da ação ainda será julgado pelos demais desembargadores da 2ª Câmara Cível, mas, por hora, a decisão liminar está em vigor. A coordenadora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (SindUTE), Beatriz Cerqueira, alega que a multa só poderá ser cobrada quando o mérito for julgado.

    Acorrentados
    Na tarde desta segunda-feira (26), cerca de 20 professores se acorrentaram no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). De acordo com a assessoria de imprensa da Casa, os manifestantes estão sentados e acompanham as sessões.

    Ainda conforme o órgão, nenhuma votação precisou ser suspensa ou foi atrapalhada pelos professores.

    Atualizada às 16h40

    ResponderExcluir
  160. GRAÇA:

    NOTICIA RUIM D+ O TEMPO DIVULGA EM PRIMEIRA PÁGINA

    STF nega recurso dos professores contra suspensão da greve
    O Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu nesta segunda-feira (26) a liminar do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sindute-MG) que considerava a greve da categoria ilegal e pedia a suspensão imediata do movimento, segundo decisão do desembargador Roney de Oliveira do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O desembargador considerou que a longa duração do movimento, que está no 111º dia, prejudica aos alunos com a possível perda do ano letivo.

    O Sind-UTE entrou com a liminar por entender que a decisão do TJMG contraria a Constituição e decisões do STF, pois “veda o exercício do direito de greve como instrumento legítimo de pressão do Estado Democrático de Direito”, além de pender em favor do Poder Executivo.

    Multa
    Em caráter liminar, o juiz determinou o retorno imediato das aulas sob pena de multa que pode chegar ao valor máximo de R$ 600 mil. A ação civil pública do Ministério Público Estadual (MPE), que deu origem à decisão, pedia pena de multa diária de R$ 50 mil.

    O mérito da ação ainda será julgado pelos demais desembargadores da 2ª Câmara Cível, mas, por hora, a decisão liminar está em vigor. A coordenadora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (SindUTE), Beatriz Cerqueira, alega que a multa só poderá ser cobrada quando o mérito for julgado.

    Acorrentados
    Na tarde desta segunda-feira (26), cerca de 20 professores se acorrentaram no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). De acordo com a assessoria de imprensa da Casa, os manifestantes estão sentados e acompanham as sessões.

    Ainda conforme o órgão, nenhuma votação precisou ser suspensa ou foi atrapalhada pelos professores.
    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=130644

    ResponderExcluir
  161. (NDG) MUITO INDIGNADO E REVOLTADO26 de setembro de 2011 17:06

    BOA TARDE EULER,
    SAIU NO JORNAL O TEMPO HOJE AS 16HS30.

    STF nega recurso dos professores contra suspensão da greve

    O Supremo Tribunal Federal (STF) indeferiu nesta segunda-feira (26) a liminar do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sindute-MG) que considerava a greve da categoria ilegal e pedia a suspensão imediata do movimento, segundo decisão do desembargador Roney de Oliveira do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O desembargador considerou que a longa duração do movimento, que dura 111 dias, prejudica aos alunos com a possível perda do ano letivo.
    O Sind-UTE entrou com a liminar por entender que a decisão do TJMG contraria a Constituição e decisões do STF, pois “veda o exercício do direito de greve como instrumento legítimo de pressão do Estado Democrático de Direito”, além de pender em favor do Poder Executivo.

    Multa
    Em caráter liminar, o juiz determinou o retorno imediato das aulas sob pena de multa que pode chegar ao valor máximo de R$ 600 mil. A ação civil pública do Ministério Público Estadual (MPE), que deu origem à decisão, pedia pena de multa diária de R$ 50 mil.

    O mérito da ação ainda será julgado pelos demais desembargadores da 2ª Câmara Cível, mas, por hora, a decisão liminar está em vigor. A coordenadora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (SindUTE), Beatriz Cerqueira, alega que a multa só poderá ser cobrada quando o mérito for julgado.

    ESTAMOS VIVENDO NO PAIS DA DITADURA MILITAR EM PLENO SÉCULO XXI.
    LAMENTÁVEL!!!

    ResponderExcluir
  162. Coloque na lista das escolas em greve a EE Presidente Dutra- BH , no turno da manhã ( com apenas uns poucos tampões para o 3ºano, turno da tarde ( em torno de 10 pelegos e tampões e SEM ALUNOS EM SALA), noturno ( EJA ).

    80% de adesão à greve!!!

    ResponderExcluir
  163. Aqui em Uberlândia conseguimos mais adesões, alguns tampões desistiram, por pressão dos próprios alunos que faziam muitas perguntas sobre a matéria e os tampões não sabiam responder.
    Ainda a muitas vagas para tampões porém poucas foram preenchidas.AQUI TAMBÉM TEM UM NDG.

    Precisamos conseguir mais adesões. Não podemos deixar somente para o sindicato a responsabilidade de visitar as escolas!

    A EE de Uberlândia presente na greve.

    Helena de Uberlândia

    ResponderExcluir
  164. continua companheiros acorrentados na tv assembleia....falando ao vivo....

    ResponderExcluir
  165. a Claúdia falou muito bem por nós.....força até a vitória!!

    ResponderExcluir
  166. Euler

    As escolas da SRE de Conselheiro Lafaiete( que está tão perto de Belo Horizonte) quase não estão aderindo à greve. Talvez alguns representantes do Sind Ute da região trabalhem no sentido de incentivá-las a engrossar esse movimento que é justo e legal.

    Força

    ResponderExcluir
  167. Precisamos de um NDG para visitar a cidade de Araguari, acho que eles pensão que são goianos.
    O NDG de Uberlândia poderia ir lá. Se conseguirem convencer o Estadual a aderirem a greve, o restante das escolas o seguem.
    Infelismente não posso visitar Araguari, tenho duas crianças pequenas, e não tenho com quem deixá-las pois pela falta de grana tive que tirá-las da escolinha.

    ResponderExcluir
  168. Sobre a liminar do STF, é bom esclarecer:

    1) a min. Carmen Lúcia, em quem eu não confio,indeferiu o pedido de liminar feito pelo sindicato contra a decisão, também liminar, do desembargador aqui de Minas;

    2) até agora, tanto em Minas (TJMG), quanto no STF, a nossa greve não foi julgada ilegal, nem no mérito, e nem liminarmente,

    3) no STF e no TJMG ainda haverá julgamento do mérito da greve; portanto, nada altera para nós;

    4) a mídia vai explorar a situação. Ela que ficou muda no dia de hoje e durante praticamente os 111 dias de greve, vai dar todo o cartaz, todo o espaço, todo o destaque para dizer que a greve é ilegal, que o STF foi contra a nossa greve, etc. MENTIRA!;

    5) o que a mídia tinha que divulgar com destaque, e não o faz, porque é comprada, é que o STF considerou a Lei do Piso plenamente constitucional e que o governo de Minas não cumpre a lei e não paga o piso. Quem está na ilegalidade é o governo;

    6) ora, se o governo de Minas pode agredir uma lei federal, baseada na Carta Magna, considerada constitucional pelo STF, por que os educadores vão acatar uma liminar decidida por um único desembargador?

    Reflitam e não aceitem a chantagem do governo e da mídia e seus aliados.

    ResponderExcluir
  169. Gostaria de lembrá-los que a Anastasia não será candidato à reeleição. Ou seja, ele não está nem aí para a nossa classe.
    Vamos gritar aos quatro cantos:FORA ANASTASIA.Ele só pode se candidatar ao Senado e Câmara. Imagine, se ele fosse candidato a Prefeito de BH? Perderia feio, heim.

    ResponderExcluir
  170. Caros Colegas,
    Diga não a chantagem do governo!
    Firmes na luta!

    ResponderExcluir
  171. Só informar ao pessoal do Interior que virá apenas amanhã e nos acompanha neste momento - 17h29m:

    - o movimento da Praça da Estação caminha em marcha com dezenas de educadores e apoiadores rumo à Praça Sete.

    Conforme informou o combativo Alex, por telefone, vários pais de alunos, estudantes e outros movimentos e grupos sociais participam do ato de apoio e solidariedade ao nosso movimento.

    ResponderExcluir
  172. Fiquei 103 dias de greve, fui até onde minhas forças permitiram. Se sou fraca ou covarde? Não sei! A única certeza que tenho é que se ficasse mais um dia de greve perderia minha casa para o Banco e passaria fome. Mas comigo tudo bem, mas não poderia deixar meus filhos sem um lar e sem alimentação. Se sou fraca ou covarde? Só cabe a DEUS julgar, pois o IMPOSSIVEL somente ELE poderá fazer.
    Peço, humildemente, que respeitem aos que assim como eu não tiveram outra saída a não ser voltar para a sala de aula.

    ResponderExcluir
  173. Somente a nossa resistência vencerá os déspotas. Continuemos firmes com a nossa luta política, somente assim teremos uma perspectiva de vitória.

    ResponderExcluir
  174. Queridos colegas,

    Nós do NDG de Nanuque sairemos hoje, num ônibus lotado, para a nossa GRANDE assembleia em BH!

    "A história está em nossas mãos, mas para construirmos a história que desejamos é necessário sair...Podemos fazer qualquer coisa, inclusive construir uma democracia constitucional republicana, de verdade, real, em nosso país, onde os poderes públicos, onde a polícia sirva ao povo e não às grandes empresas privadas. Mas para isto temos que nos movimentar." José Luiz Quadros de Magalhães

    Amanhã, todos em BH para construirmos a nossa história!

    ResponderExcluir
  175. Euler, vc acredita que o professor Adão Máximo Trindade que é dono de um blog do qual vc é seguidor, estava hoje na designação em Alvinopolis concorrendo as aulas para substituir os professores que estão em greve? Você vai continuar seguindo o blog desse que se diz professor?

    ResponderExcluir
  176. "Prefiro morrer de pé que viver sempre ajoelhado."
    CHE GUEVARA

    EE PROF HAMILTOM LOPES
    MONTES CLAROS

    AJOELHADA DO CHÃO

    ResponderExcluir
  177. Não é hora de desanimar, vamos em frente com a nossa luta.
    Deus testa as nossas forças e ele vai nos dar a vitória.

    ResponderExcluir
  178. Dirigir com carteira élei? Sim
    Cumprir uma decisão do STF é obrigatório?
    Se a resposta for SIM é porque o nosso país é sério. Se a resposta for não,estamos vivendo um momento de molecagem.
    Se o piso é lei, por que não cumpri-la?

    ResponderExcluir
  179. Firmes na luta colegas!

    A greve não foi declarada ilegal!

    A mídia divulga mentiras. Convoco todo o Vale do Mucuri e Jequitinhonha a participarem da Assembleia amanhã! Vamos, a greve é pela aplicação de um piso que é lei federal. Pensem, mais de 110 dias de greve e ninguém a declarou ilegal!
    Querem nos enfraquecer, mas somos fortes! Você que ainda não entrou no movimento...é chegada a hora! Falta você nesta luta, faça a diferença!
    Abraços! NDG de Nanuque!!!

    ResponderExcluir
  180. Uma professora tampax no ônibus conversando com uma amiga
    Amiga, hoje passei o maior aperto em sala de aula.
    -Uai, você agora mudou de profissão?
    -Só por algum tempo.Você não acredita que eu não sabia resolver um problema com potência de mesma base?
    -Mas, por que vc está dando aula?
    -Estou pegando um bico, um dinheirinho a mais não faz mal.
    -Como se saiu dessa?

    -A sorte é que estava no final da aula e disse aos alunos que na próxima aula resolveremos. Vou pedir ao meu marido para resolver os problemas do livro e levarei tudo pronto.
    -Até que você contornou a situação.
    -Vou levando até enquanto der.

    ResponderExcluir
  181. GOVERNOS E JUSTIÇA ESTÃO MATANDO LITERALMENTE OS PROFESSORES DE MINAS GERAIS, CORPO E ALMA.

    ResponderExcluir
  182. Ao Paulo Andrade todo o meu respeito, mas vou discordar.

    Um salário de 700 R$ dividido por 4 te dá 175 R$. A cada mês você interceptou generosamente para mês de 30 dias 2 dias trabalhados. Não estou falando dos meses de 31. Se o salário fosse semanal estava certo! Mas aí você teria remuneração variável.

    Dividir por 4 é uma saída. Mas e se você dividir por 30 e 31. Em um mês você perde um dia e no outro ganha!

    365:12= 30 dias + 5 dias ( 7 meses de 30 dias e 5 meses de 31). Portanto a perda foi de 1 dia!

    Não estou querendo ser advogado do Diabo não!

    Décimo terceiro existe sim!

    Com respeito um humilde professor de Física!

    ResponderExcluir
  183. Caro Euler, já que tudo está voltado para a copa,acho que o governo de Minas está empurrando a educação para o rebaixamento ou seja, terceira divisão.Na segunda já estamos há muito tempo.

    ResponderExcluir
  184. MAIS 20 ANOS DE ATRASO NA EDUCAÇÃO.

    ISTO SATISFAZ OS POLÍTICOS.

    INCOMPETENTES.

    SOMENTE INCOMPETENTES.

    TRISTE INCOMPETÊNCIA.

    CORRUPTA INCOMPETÊNCIA.

    ASQUEROSA INCOMPETÊNCIA.

    AÉCIO + ANASTASIA + JUSTIÇA = IMORALIDADE HUMANA, DESONRA, INJUSTIÇA.

    ResponderExcluir
  185. POLÍTICOS + JUSTIÇA = INJUSTIÇA CONVENIENTE.

    ResponderExcluir
  186. Amigos professores,

    Criei um álbum em meu perfil do facebook para divulgar fotos de pessoas que apoiam a greve dos professores em Minas Gerais. Vivo no Chile e tenho buscado pessoas que mande apoio de diversas partes. A idéia é conseguir o máximo de apoio possível e criar visibilidade internacional para os desmandos do nosso governador. Gostaria que voces tb divulgassem e conseguissem mais apoio para rompermos o cerco midiático:

    https://www.facebook.com/media/set/?set=a.2399680076403.2137404.1383068985

    Vamos dar esse recado ao Governador Anastasia: que outros setores da sociedade estão apoiando as reividicações dos professores. Quem quiser contribuir mandando seu apoio é só enviar para meu email (aquino.sabrina@gmail.com). VAMOS LÁ, CONTO COM TODOS VOCES!!!!

    Abraços e FORÇA NA LUTA!

    ResponderExcluir
  187. JUSTIÇA PARA OS RICOS = INJUSTIÇAS PARA OS DE BAIXO.

    ResponderExcluir
  188. Euler e companheiros.

    Twitter do Padre João:

    1-Conseguimos 2 importantes agendas para o Sind-UTE em Brasília: 28/9 - com a ministra Carmem Lúcia, no STF. Dia 29/9 - Com diretora da OIT

    2-Quarta-feira a Beatriz do Sind-UTE será recebida pela ministra Carmen Lúcia no STF. Na 5a, reunião na OIT, em BSB. Agendas por nós marcadas.

    Abraços e força.
    Paiva.

    ResponderExcluir
  189. JUSTIÇA + POLÍTICOS = IMUNDICES.

    ResponderExcluir
  190. Pessoal da luta, turma do NDG,

    Houve, há pouco, uma chuva de comentários sobre a rejeição do pedido de liminar (não do mérito, que fique claro) pela conservadora ministra Carmen Lucia.

    Publiquei dois ou três comentários e descartei os demais, tanto pela semelhança de conteúdo, como também por entender que ali estava sendo montada uma tática dos agentes do governo, de tentar criar mais terror nas nossas fileiras.

    Não vão conseguir.

    A decisão LIMINAR da ministra do STF não muda em nada a nossa situação. O STF NÃO julgou o mérito do pedido feito pelo sindicato. Além disso, o que está em julgamento ali é a decisão do desembargador do TJMG, que considerou nossa greve abusiva. Ele sim, é um abuso, como também o governador e o procurador e outros mais, que agridem as leis federais e a Carta Magna do país.

    Portanto, continuemos firmes na nossa luta, amanhã tem nova assembleia, temos um grupo de vigília, muitos acorrentados, dois colegas em greve de fome e milhares de educadores em greve há 111 dias.

    Nosso movimento ganha repercussão internacional, como ficou evidenciado com a foto que publicamos hoje, diretamente do CHILE. É a segunda foto, só nesta semana.

    Além disso, vários segmentos sociais tem nos apoiado, pois todos estão percebendo que vivemos uma verdadeira DITADURA em Minas Gerais.

    Não vamos abrir mão do nosso piso e da nossa carreira, e nem tampouco das liberdades democráticas conquistadas com muito sangue e suor e lágrimas de milhares de valentes lutadores sociais ao longo da nossa história.

    Não nos orientemos pela mídia do inimigo. É aqui no blog, e em outras fontes igualmente comprometidas com a nossa luta, que encontraremos as melhores e mais confiáveis informações e reflexões.

    Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

    Euler

    ResponderExcluir
  191. MAIS NADA DE RUIM PODE NOS ACONTECER.

    ENTÃO,

    DE DERROTA EM DERROTA,

    VAMOS DETERMINADOS PARA A VITÓRIA.

    ResponderExcluir
  192. ... sempre em véspera de assembéia... qual novidade ...

    ResponderExcluir
  193. Euler, vc, como sempre está certíssimo. Nada vai nos deter agora.Isso é estratégia do govverno. Imgina: hj vai ser noticiado nos telejornais as manifestaçoes na pça da Estação e logo na sequência eles falam dessa decisão. Gente, isso sempre acontece ás vesperas da nossa assembléia.

    Detalhe, hj tinha carro de som impedindo ccontratações no Presidente Dutra. Quem sabe mais sobre isso podia informar.

    ResponderExcluir
  194. Pessoal, vamos mandar e-mails pra quem ainda está em sala dizendo que amanhã vai ter lista de presença na assembléia e que o sindicato vai negociar com o governador o piso só pra quem tá de greve. vai ficar barato pra caramba!RSRSRSRS

    ResponderExcluir
  195. Sou do lema

    Prefiro morrer lutando
    do que viver ajoelhado!

    Abraços e até amanhã em nossa assembléia!!

    ResponderExcluir
  196. Euler e companheiros,

    Professores se acorrentam no Plenário da ALMG, segurança em polvorosa procurando presidente p/saber o que fazer.

    (Tweet para Dep. Rogério Correia)18h55min

    Paiva

    ResponderExcluir
  197. Nem que nossa greve seja julgada ilegal, acórdãos contrários a nós, nem decisões da justiça contra os nossos interesses, nem qualquer coisa, isso não vai mudar nada. CONTINUAREMOS DE PÉ ATÉ A VITÓRIA.
    SEM O PISO NÃO VOLTAREMOS!

    ResponderExcluir
  198. concordo com a lista da Pollyana.

    ResponderExcluir