terça-feira, 13 de setembro de 2011

Manifestações em toda Minas Gerais; enquanto isso, legislativo analisa carneiramente o projeto de lei do governo. Em Vespá, estudantes se revoltam



Enquanto a submissa bancada do governo na ALMG vota o projeto de lei do subsídio, em toda Minas Gerais houve a queima simbólica do subsídio. Na foto acima, os combativos educadores de CARANGOLA e região realizam a queima do subsídio na sede da SRE de Carangola. (Fotos: jornal O Combatente)




Em Diamantina, estudantes da UFVJM, professores e professoras da rede estadual e da universidade e os representantes do Movimento Social SOS DIAMANTINA protestaram contra o governador mineiro na entrega da medalha JK. Houve repressão policial. Confiram. A caça ao governador continua!



Em CARATINGA (fotos), os bravos educadores realizaram protesto exigindo o pagamento do piso e denunciando a ditadura instalada em Minas Gerais; em Governador Valadares houve ocupação da SRE durante uma parte do dia. Em várias outras cidades de Minas houve protestos. Amanhã os protestos continuam.



Manifestações de protesto em toda Minas Gerais; enquanto isso, legislativo analisa carneiramente o projeto de lei do governo. Em Vespasiano, estudantes se revoltam e realizam protesto amanhã, na parte central da cidade, em apoio à nossa greve.

Pessoal da luta, acabo de chegar da ALMG, onde dezenas de educadores em luta, do NDG e outros, lá estavam para protestar contra a tramitação do projeto de lei do governo. Como já se esperava, o projeto passou pela Comissão de constituição e justiça, e caminha agora para outras comissões até chegar ao plenário.

Em conversa com vários colegas, a nossa avaliação é que devemos nos preparar para acampar na ALMG. Quero discutir isso com vocês até a data da nossa assembleia, na quinta-feira.

Recebemos informes de várias regiões de Minas onde ocorreu um dia inteiro com várias manifestações: de Caratinga, Montes Claros, Governador Valadares, Barbacena, Divinópolis, Uberlândia, Juiz de Fora, passando por Carangola e várias outras cidades, todos os educadores protestaram em frente às SREs.

Em Vespasiano, estudantes de uma escola estadual - Guilherme Hallais França -, tomaram a iniciativa de visitar duas outras escolas da parte central - o Machado de Assis e o Padre José Senabre -, e convocaram uma manifestação para amanhã, dia 14, às 7h, no Quarteirão Fechado da Praça JK - área central da cidade. Estaremos lá. A manifestação dos estudantes ocorre em apoio aos educadores em greve.

Agora vou preparar algo para comer e mais tarde volto com mais informações e comentários.

A greve continua firme e forte! Não vamos recuar até que o governo nos pague o piso!

Um forte abraço a todos e força na luta e até daqui a pouco!

***

Continuando o relato do dia...

Assim que cheguei no pátio da ALMG, o comandante João Martinho me aguardava, a mim ao amigo Alex, bem na entrada daquela Casa. O comandante comentou a grande repercussão que o ato dos acorrentados ao Pirulito da Praça Sete alcançou em todo o país. Disse-me que recebeu telefonemas de amigos dele do Rio Grande do Sul e de São Paulo, solidarizando-se com a nossa luta. Devo acrescentar, em reforço a esta análise, que a combativa colega Solange Fagundes mandou e-mail do Espírito Santo, igualmente solidarizando-se conosco. Disse que quer ajudar o nosso movimento, inclusive com doação para um fundo de greve. Agradecemos a oferta de apoio.

Conversei também com vários combatentes: Rômulo, Gustavo, Liliane, Clayton, e outros colegas, todos eles confirmando a enorme repercussão do ato que marcou de protesto no Pirulito, onde dezenas de bravos e bravas educadores/as ficaram acorrentados e em greve de fome das 7h às 19h do dia 12 último.

Todos os colegas disseram para mim que está na hora de pensarmos uma ação mais ofensiva junto a algum órgão dos poderes constituídos, já que todos eles parecem mancomunados no objetivo comum de nos roubar o direito constitucional ao piso salarial nacional.

Penso que a nossa ida a Brasília não está descartada, mas neste momento, quando a ALMG vota o projeto do governo, temos que concentrar nossas forças aqui mesmo, pressionando o MP, os deputados à ALMG e o próprio governador, diretamente.

Além disso, tive a informação de que a presidenta Dilma estará em Minas novamente, em breve, passando por BH. Não podemos perder essa oportunidade. Se não podemos mobilizar grande número de pessoas até Brasília sem dispersar forças, é hora de aproveitar essa visita da presidenta para cobrar dela atitude, providência em relação ao piso e ao compromisso de campanha que ela fez de valorizar os educadores.

A nossa luta de maneira alguma está perdida. E digo mais: mesmo que os deputados, carneiros seguidores do governo, aprovarem a lei de ajustes do subsídio, isso não representa o fim da nossa carreira, já que ela continua vigendo para todos os que optaram pelo antigo sistema remuneratório, e também para os demais que poderão ainda optar para o sistema de VB.

Claro que o governo precisa da aprovação deste projeto para poder dizer que já cumpre a lei do piso nos dois sistemas, incluindo o de VB. No artigo 13º deste projeto ele faz a referência genérica ao pagamento do piso proporcional no antigo sistema, de acordo com a lei do piso, sem mencionar que respeitará os percentuais da antiga tabela salarial.

Logo, temos que fazer de tudo para tentar impedir a votação deste projeto, pois talvez seja isso que o governo e o MP esperam para pedir na justiça a ilegalidade da greve. Até agora eles não tiveram condições de fazê-lo, pois são eles que estão na ilegalidade. E deveríamos explorar melhor esta realidade - quando eles estão claramente na ilegalidade - para cobrar, na Justiça, tanto em Minas quanto na esfera federal, que o governo pague o piso conforme o nosso plano de carreira. E que o MP responda pela omissão e cumplicidade com o governo fora da lei.

De toda forma, é nítida a disposição dos colegas em continuarem a luta. É preciso clareza sobre os prejuízos que já sofremos e de como um recuo agora seria uma grande burrice, além do enorme estrago político que provocaríamos para a nossa categoria. Nossa principal chance de vitória reside na manutenção e fortalecimento da nossa greve, combinada com as manifestações de massa que vêm ocorrendo em toda parte.

Os atos de protesto em toda Minas Gerais, que aconteceram um dia após a manifestação no Pirulito da Praça Sete em BH estão contagiando a população mineira e brasileira. As mentiras do governo - e o controle que ele detém sobre quase toda a mídia - não estão conseguindo desfazer a imagem cada vez mais negativa do governo e o apoio que temos recebido.

Também concordo com os colegas que as assembleias seguidas de passeatas precisam dar lugar agora a outras atividades. Vamos pensar nisso e nos preparar para isso. Que os comandos de greve de todas as regiões discutam e tragam sugestões. Já propuseram aqui ocupação e fechamento de rodovias e BRs; acampamento e ocupação na ALMG, ou no MP, ou na Cidade Administrativa; e até mesmo a invasão do Mineirão, rsrs.

Claro que temos que discutir com calma qualquer ato de massa que realizarmos, sempre tendo em conta que o nosso movimento é pacífico, mas não estamos mortos e não vamos ficar parados esperando que o governo nos destrua, arruinando a nossa carreira e o nosso piso. O chão de Minas precisa tremer, mais ainda! E o NDG tem um fundamental nesta tarefa.

É preciso envolver ainda mais e cada vez mais o apoio dos estudantes, dos sem-terra, dos sem-teto, dos sindicatos de outras categorias e entidades estudantis, e outros movimentos sociais, para formarmos um grande movimento pela educação de qualidade, pela valorização dos educadores, e pelo respeito aos direitos dos cidadãos mineiros à liberdade de expressão, à democracia, à terra, à moradia decente, à saúde pública, etc.

Por falar nisso, os servidores públicos da Saúde estiveram na ALMG e protestaram pelo não cumprimento, pelo governo, das promessas feitas. Eles prometem retomar a greve caso o governo não cumpra a palavra empenhada.

Pelo visto, o nosso movimento vai receber mais reforço.

Era isso, pessoal. Um forte abraço a todos e força na luta! Amanhã acordo às 7h da madrugada para participar do ato dos alunos de três importantes escolas estaduais de Vespasiano. Assim que voltar ao bunker faço o relato completo.

Um abraço e até a nossa vitória!

120 comentários:

  1. Cabe aí na cabeça, na consciência, no coração...em qualquer lugar que possamos retornar só porque esse ditador resolveu que é ASSIM MESMO E TÁ BOM???? E a nossa força?? brincar de fazer greve??? Sem salário e ainda sofrer com descaso de mídia, colegas e tudo com o aval e liderança do governo ?? GREVE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Ocupar a Assembleia é uma ótima ideia.
    Perguntar aos senhores do MPE se as atuações dos promotores nos diferentes estados brasileiros seguem Leis Constitucionais diferentes. Que eles sigam o exemplo de seus pares do Rio Grando do Sul.

    ResponderExcluir
  3. O Deputado Rogério Correia fala agora na TV assembléia sobre a greve: http://www.almg.gov.br/index.asp?grupo=comunicacao&diretorio=tvalmg&arquivo=tv_assembleia

    ResponderExcluir
  4. Enviei ofício ao Deputado Inácio Franco pedindo apoio às emendas que serão sugeridas pelo Sind-UTE na tramitação do PL 2355/2011 .
    A assessoria do deputado respondeu ao questionamento enviando os documentos abaixo . Acho que a documentação foi elaborada pelo governo , enviada aos deputados e a assessoria apenas repassou . Nele há graves acusações ao sindicato e avalio que o Sind-UTE deveria respondê-las :

    Parte 1 : http://www.4shared.com/photo/XGAKoyo4/ATT00004.html
    Parte 2 : http://www.4shared.com/photo/HGidXh2W/ATT00007.html
    Parte 3 :http://www.4shared.com/photo/iXJzPU7E/ATT00010.html
    Parte 4 : http://www.4shared.com/photo/IyL8gFeM/ATT00013.html
    Parte 5 : http://www.4shared.com/photo/9cjCduC1/ATT00016.html
    Parte 6 : http://www.4shared.com/photo/ytBmRyy_/ATT00019.html
    Parte 7 : http://www.4shared.com/photo/r80MmdVN/ATT00022.html
    Parte 8 : http://www.4shared.com/photo/3-wVUlbW/ATT00025.html
    Parte 9 : http://www.4shared.com/photo/d03VHtXS/ATT00028.html

    ResponderExcluir
  5. Boa noite a todos.

    Olha o que a Beatriz respondeu a um questionamento em seu blog com relação ao MP do Rio Grande do Sul e as ações individuais:


    Beatriz Cerqueira disse...
    Prezados colegas, esta é a diferença entre um Ministério Público autônomo que fiscaliza o Poder Executivo e defende o cumprimento da legislação. Nem todo o Ministério Público é assim.
    Quanto às ações individuais, já temos mais de 4000 ajuizadas em Minas Gerais.
    Abraço,
    Beatriz

    13 de setembro de 2011 15:47

    ResponderExcluir
  6. É vergonhosa e escandalosa as comparações estabelecidas entre um e outro Ministério. É inconcebível procedimentos tão adversos!
    Que Estado é este?
    De desordem?, De medo?, De favores?, De compadrios?, Do toma lá dá cá?

    Como caracterizar tudo isso que estamos vivendo?
    Parece um pesadelo!

    ResponderExcluir
  7. enquanto a gente não ir em brasilia, não vai adintar nada, pois 100 dias de greve passará a 200 dias e assim por diante.

    mas se acamparmos em brasilia uma boa multidão, garanto que não passará de 110 dias.

    não sei o porque que não vamos a brasilia, tenho um vam e lvo 13 sem pagar nada

    afff, eu ja estaria la...
    abraços e vamos a brasilia

    ResponderExcluir
  8. (NDG) MUITO INDIGNADO E REVOLTADO14 de setembro de 2011 00:24

    Amigo Euler,

    Estou concordando com o DESgovernador,no sentido de que, ficar realizando passeatas levantando bandeiras, no momento não nos trará os resultados o qual buscamos, temos que ser mais práticos, vamos invadir a ALMG, obstruir todos os trabalhos daquela casa até q tenha alguma solução positiva, vamos parar a BR em REALEZA, perto de manhuaçu,onde há cruzamento de várias rodovias.Agora!Os movimentos têm que ser de arrebentar.Pois, não é assim que o DESgoverno que?!Vamos galera!Vamos reagir,parece q estamos igual a seleção do Parreira, só defendendo.Temos que atacar,é agora ou nunca!Por isso insisto, invasão,obstrução.Chega de mentiras, humilhação, repressão, vamos mostrar nossa força!PELO AMOR DE JESUS CRISTO, FILHO De DEUS!

    ResponderExcluir
  9. VAMOS RESOLVER EM BRASÍLIA,AQUI NÃO VAMOS CONSEGUIR NADA.NÃO EXISTE LEIS!TÔ CHORANDO DE ÓDIO!

    ResponderExcluir
  10. Gente vamos pedir para os deputados que estão nos apoiando pagar onibus para genet e vamos a brasilia.

    ai sim vai ter solução.

    enquanto isso vamos inadir o mineirão, pois a presidente dilma disse que esta acompanhando as obrar por satelite(kkk),então vamos envadir o mineirão paramandar um tchauzinho para ela.

    aff!!! gente vamos criar vergonha na cara e vamos a brasilia.(na verdade eu acho que muitos prosfessores e o pessoal do sindicato tem medo do anestezia, pois não toma atitudes masi severas.

    brasilia
    brasilia
    brasilia
    brasilia....

    ResponderExcluir
  11. Caros colegas de luta,

    Sempre quando assistia aos jornais quando mais novo sempre achava humilhante quando um político recebia um ovo na cabeça ou era jogado nele. Até hoje acho que é a coisa mais humilhante para um político. Vamos entupir de ovos as cabeças dos deputados que são contra a Educação.

    OVO NELES!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  12. PAULO DINALI JUIZ DE FORA14 de setembro de 2011 00:51

    OLÁ EULER TEM MAIS ESSA CIDADE AI JUIZ DE FORA COM FORÇA.
    HOJE DIA 13 DE SETEMBRO PROFESSORES ESTADUAIS EM GREVE FIZERAM UMA MANIFESTAÇÃO NO CENTRO DE JUIZ DE FORA .
    NA TARDE DO DIA 13 DE SETEMBRO DE 2011 MONTAMOS A MESA DA MISÉRIA , VENDEMOS UM LANCHE PARA ARRECADAR FUNDOS PARA O MOVIMENTO E FOMOS BEM RECEBIDOS PELA POPULAÇÃO.
    NA OCASIÃO FOMOS IMPEDIDOS DE COLOCAR NOSSA FAIXA E CARTAZES NA PARTE EXTERNA DO PREDIO DO BANCO DO BRASIL, MAS ISSO NÃO NOS IMPEDIU DE CONTINUAR A MANIFESTAÇÃO MUITO POSITIVA POR SINAL.
    A LUTA TÁ FORTE E VAMOS VENCER. QUEREMOS O PISO! SEM ELE NÃO SAIMOS DA GREVE!

    ResponderExcluir
  13. (NDG) DIVINO DISSE...14 de setembro de 2011 00:56

    AMIGOS DO (NDG)DE TODA MINAS GERAIS,

    "Há homens que lutam um dia e são bons,há outros que lutam um ano e são melhores,há os que lutam muitos anos e são muito bons.Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis".(Bertold Brecht).
    PORTANTO,chega de ditadura,injustiça,opressão e retaliação.
    FORÇA,CORAGEM!NOSSA LUTA é pelo PISO SALARIAL!
    VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL,RESPEITO, DIGNIDADE E POR DIAS MELHORES.
    "O homem só pode ser homem mediante a EDUCAÇÃO".
    FORÇA NA LUTA,MUITA FÉ E CORAGEM.
    "DISSE JESUS:OS HUMILHADOS SERÃO EXALTADOS!

    N

    ResponderExcluir
  14. Veja o que escreveu DAVI quando Deus o livrou de todos os seus inimigos e das mãos do poderoso Rei Saul:"Na angustia invoquei ao Senhor, e clamei ao meu Deus:desde o seu templo ouviu a minha voz, aos seus ouvidos chegou o meu clamor perante a sua face.
    Livrou-me do meu inimigo forte e dos que me aborreciam, pois eram mais poderosos do que eu. Com o benigno te mostrarás puro; e com o homem sincero te mostrarás sincero; com o puro te mostrarás puro, e com o perverso te mostrará indomável. Porque tu livrarás o povo aflito e abaterás os olhos altivos. Porque contigo entrei pelo meio dum esquadrão , com o meu Deus saltei uma muralha. O caminho de Deus é perfeito; a palavra do Senhor é provada: é um escudo para todos aqueles que nele confiam. Deus é o que me cinge de força e aperfeiçoa o meu caminho. Adestra as minhas mão para o combate, de sorte que os meus braços quebraram um arco de cobre. Também me destes o escudo da tua salvação: a tua mão direita me susteve,e a tua mansidão me engrandeceu. Persegui os meus inimigos e os alcancei: não voltei senão depois de os ter consumido, pois me cingiste de força para a peleja: fizeste abater debaixo de mim aqueles que contra mim se levantaram. O Senhor vive: e bendito seja o meu rochedo, e exaltado seja o Deus da minha salvação"
    O Senhor é o mesmo , ONTEM, HOJE E SERÁ ETERNAMENTE."

    Continuemos firmes na batalha, a nossa vitória em nome de Jesus.

    ResponderExcluir
  15. O MP do Rio Grande do Sul deve receber repúdio de todos. São lobos na pele de cordeiros, vejam bem: "O MP requer liminarmente a inclusão, no orçamento para 2012 e para os anos seguintes, de previsão de recursos para o pagamento do piso salarial do magistério. Também pede que o Estado confeccione e exiba uma planilha discriminatória do quadro remuneratório que pratica, comparativamente aos cenários que resultarão da aplicação do piso salarial em seus três momentos ou escalonamentos, agrupando por quantidade de profissionais da educação e por categorias vencimentais previstas no Estatuto e Plano de Carreira do Magistério Público gaúcho."
    http://tododiaonline.com.br/mp-vai-a-justica-por-piso-salarial-para-os-professores/

    ResponderExcluir
  16. Na minha opinião, estamos no ápice da greve, momento onde o governo já está todo enrolado, grande possibilidade de que esse ano letivo se perca (esse é até outro assunto que gostaria que você abordasse, pois com o corte, não vamos repor, e agora NÃO queremos repor. Ninguém mandou ele cortar nosso salário. Não queremos novas folhas de pagamento, pois o dinheiro está fazendo falta, mas já que cortou o salário, não queremos repor em sábados, domingos, feriados, natal, ano novo, janeiro afora, fevereiro aos sábados e etc. Quem deixou a greve chegar a esse ponto foi o governo, ele que fique sabendo que não iremos sacrificar nossos finais de semana e férias porque ele foi intransigente e deixou a greve chegar onde chegou.. Não queremos repor.)Continuando, esse ápice da greve tem mexido e comovido a sociedade pare que muitos agora que começaram a acordar para que quem está errado é o governo. GREVE ATÉ O PISO!!!!!!!!! SEM O PISO: GREVE, GREVE. NÃO VOLTAREMOS SEM O PISO DE JEITO NENHUM, TEMOS VERGONHA NA CARA!

    ResponderExcluir
  17. Euler e colegas professores, boa noite!
    Como pode a Comissão de Constituição e Justiça da ALMG aprovar um projeto de lei tão inconstitucional e injusto como o PL 2355/11 do governador Anastasia. Este projeto invalida todos os nossos diplomas de graduação e pós-graduação, conquistados com tanto sacrifício. Os alunos dos cursos de licenciatura devem parar de estudar imediatamente e guardar o dinheiro das mensalidades das Universidades, pois os seus diplomas não terão nenhum valor em território mineiro. Professor de nível médio = R$ 712,00. Professor com graduação = R$ 712,00. Professor com especialização ( pós-graduação) e com 19 anos de professorado ( que é o meu caso) = R$ 712,00. O piso que deveria ser aplicado somente para o professor de nível médio e mesmo assim, imediatamente, somente será pago em janeiro de 2012, quando o mesmo piso já estaria defasado, pois o MEC já prevê aumento do mesmo. E a carga horária de 1/3 em atividades extra-classe? Esta Comissão de Constituição e Justiça está colaborando para que a greve siga mais forte do que nunca. Sem o piso proporcional aplicado no plano de carreira vigente, não volto à sala de aula. Só minha família sabe o quanto foi difícil conquistar os meus diplomas, para chegar um governador medíocre e uns deputados compradores de votos, para desvalorizá-los na maior cara de pau.
    "NÃO PODEMOS MUDAR A DIREÇÃO DO VENTO; MAS PODEMOS AJUSTAR AS VELAS PARA ALCANÇAR OS NOSSOS DESTINOS"
    Um abraço fraterno! Carlos José - NOva Lima

    ResponderExcluir
  18. Assisti hoje , pela TV Assembleia , a tramitação do PL 2355/2011 . Vários deputados insinuaram que os professores em greve estão sendo induzidos e enganados pelo Deputado Rogério Correia , que na oposição ao governo , tem conseguido desestabilizá-lo com o movimento .
    Eu não aceito este tipo de comentário . Nele está imbutida a ideia que nós somos alienados , não sabemos pensar e nem processar as informações .Que existe uma pessoa que manipula outras a fim de alcançar seus objetivos .

    Eu entrei na greve em 08/06 para cobrar do Governo o cumprimento da lei 11738/2008 ( Lei do Piso ) . Antes de entrar no movimento procurei informações a respeito do assunto .Tenho capacidade de formar minha própria opinião . Portanto não aceito reduzir a greve a uma questão de manipulação de uma massa por um deputado .

    Acompanho todos os dias o movimento , através das assembleias , noticiários da internet , blogs , etc. Reconheço qualidades no trabalho do Deputado Rogério Correia , mas também tenho críticas a respeito de sua atuação principalmente na liberação da pauta da ALMG antes do recesso do 1° semestre .

    Nas assembleias votei sempre pela continuidade do movimento por entender que o governo ainda não cumpre a lei do piso . Ninguém colocou uma arma no meu peito e me obrigou a votar pela continuidade .Se a direção estadual , em algum momento , propusesse o término da greve sem alcançarmos o cumprimento da lei do Piso, votaria NÃO .

    Insunuar a manipulação é desviar o foco da incapacidade do governo do estado em negociar e manter um diálogo com a categoria . A greve chegará a 100 dias porque o governo ficou 86 deles sem fazer nenhuma proposta para cumprimento da lei do Piso.

    Senhores deputados respeitem a nossa inteligência . Vocês fazem curso de oratória , fazem showmícios , contratam artistas para dar depoimentos , empresas de marketing para gerenciar sua imagem ; tudo para angariar votos ,mas deveriam saber que nem todos são alienadas ou manipuláveis .

    ResponderExcluir
  19. Por e-mail: a cidade de Passos - Sul de Minas, PRESENTE!

    "Jose Reis Santos:

    Caro Euler,

    (...) Também aqui estamos fazendo algumas manifestações. Hoje (13/09), estivemos no Fórum manifestando com faixas, cartazes e professores acorrentados; conseguimos uma audiência com um dos promotores, ao qual solicitamos apoio ao movimento e entregamos um documento.

    No último final de semana, fizemos a leitura de uma nota à comunidade em missas e cultos. No Sete de Setembro, participamos do desfile portando faixas e panfletando (uma Carta Aberta ao Povo de Passos). Somado a isso, temos tido bom respaldo da imprensa local.

    Nesta quarta-feira (14), faremos outra manifestação, desta vez defronte à Superintendência Regional de Ensino. Mas, já estamos programando outras para os próximos dias.

    Desde o final de agosto, começamos a publicar (via internet) o Boletim da Rede, que já está no número 09.
    Abraços e que a força esteja conosco!

    José Reis Santos - Professor e jornalista em Passos/MG.".

    Comentário do Blog: Parabéns aos guerreiros/as de Passos e força na luta!

    ResponderExcluir
  20. Euler,
    O forte policiamento utilizado em Diamantina demonstra o quanto a greve tem incomodado o governo. Além disso o governador foi muito infeliz ao pronunciar aquelas palavras em relação ao movimento pacífico dos PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO. Isso confirma a sua insensatez e insensibilidade diante do sofrimento de milhares de pessoas: pais, alunos, professores e de todos aqueles que se preocupam com a EDUCAÇÃO.
    É lamentável tudo isso. NÃO HÁ DIÁLOGO, HÁ REPRESSÃO. TRISTES CENAS...

    ResponderExcluir
  21. Ao Sind UTE e a Beatriz,15:43 do dia 13/09/11.

    A luta é grande e gostaria que vocês entendesse uma coisa, se 4.000 ações ajuizadas não foram suficientes para demonstrar à justiça a nossa indignação, então temos que ajuizar 153.000 ações.

    Entenderem...

    Se o que estamos fazendo não está sendo suficiente, temos que procurar fazer mais e mais.
    Justificativas significam incompetência.

    ResponderExcluir
  22. Vamos continuar fazendo denuncias ao MP, sistematicamente, uma hora ELES perceberão a nossa força.
    Lutamos por uma causa justa.

    ResponderExcluir
  23. E a caravana à Brasília?

    Visitaríamos:

    - Secretaria Nacional dos Direitos Humanos;
    - As comissões de Direitos Humanos e de Educação da Câmara dos Deputados e do Senado Federal,
    - A CNBB;
    - Outros...

    E principalmente o STF e o gabinete do Ministro Joaquim Barbosa.

    Por que a Beatriz ainda não agendou estas visitas?

    Não consigo entender porque esta resistência, esta morosidade.

    TEMOS QUE AGIR RÁPIDO E COM PRODUTIVIDADE.

    ResponderExcluir
  24. ATITUDE!

    O Sind UTE, deveria disponibilizar um modelo de procuração onde os professores autorizariam o Sind UTE a representar-nos em ações individuais na justiça e no MPE.

    Solicitaríamos o regime remuneratório VIGENTE em até 10/08/11, oferecido como opção aos
    professores, acrescido do Piso Salarial Profissional Nacional, amparado pela publicação do acórdão referente à ADI 4167.

    Com esta atitude o Sind UTE, colocaria grande peso de responsabilidades para a justiça e o MPE.
    E com uma boa comunicação A JUSTIÇA E O MPE, passariam a ser grandes RESPONSÁVEIS por esta INJUSTIÇA que o Governo quer fazer com a categoria dos Professores.

    Temos que ter várias linhas de frente, de combate, demonstrando grande consistência nas ações.

    153.000 AÇÕES NA JUSTIÇA E NO MPE, JÁ
    153.000 AÇÕES, NELES!

    SE NÃO APROVEITARMOS AS OPORTUNIDADES, ELES AS APROVEITARÃO.

    VAMOS AGIR COM CONSISTÊNCIA E ESTRATEGIAS.

    FIRMES NA LUTA,COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  25. O JOGO DURO DE UMA GUERRA!

    Com esta morosidade nas ações do Sind UTE, temos todas as condições para sermos OS PERDEDORES.

    Não vejo um conjunto de ações direcionadas a várias partes da justiça, do legislativo, do executivo, da imprensa e aos professores em greve.
    Não existe dinamicidade.
    Ideias boas estão sendo perdidas.

    Estamos de greve ao SABOR DOS VENTOS.
    Uma ação aqui outra ali...
    Somente a greve não está sendo suficiente.
    Todos estão percebendo isto.

    Milagres acontecem se fizermos a nossa parte e, se a fizermos muito bem feita.

    Temos que estar a procura de soluções incessantemente e abertos a receber opiniões e analisá-las, quase sempre uma simples idéia pode ajudar na solução de um problema.

    Aquelas oportunidades que não aproveitamos, outros (ELES) as aproveitarão.

    Não se vence uma guerra somente pelo número de GUERREIROS, mas também pelo número e qualidade dos CONSELHEIROS.

    Para alcançarmos o objetivo temos que ultrapassar várias dificuldades. Com criatividade, trabalho e ações CONSTANTES, CONSISTENTES e ESTRATÉGICAS, para somente depois, se ver a luz da vitória na última batalha.

    Persistir sempre,
    Desistir jamais,
    Sejamos fortes.

    ... E O SOL NASCE NOVAMENTE;
    ... E A LUTA CONTINUA;
    ... ASSIM É A VIDA.

    Bom dia a todos(as).

    ResponderExcluir
  26. Vamos fazer muitas denuncias ao MP.

    AS OPORTUNIDADES DEVEM SER APROVEITADAS.

    A ouvidoria do Ministério Público,
    Senhores(as).

    Gostaríamos de explicar esta situação específica dos professores em Minas Gerais.

    O Governo de Minas Gerais, criou a lei para efetuar o pagamento da categoria dos professores, através do subsídio, em 2010.

    Nesta época este Governo ofereceu aos professores como escolha, a opção entre os regimes; de subsídio e o regime remuneratório antigo.
    Estabeleceu prazos limites que vieram se alternado e ficando como última data para opção o dia 10/08/11.

    No dia 16/08/11 na sede do Ministério Público Estadual, o Governo apresentou os números, reconhecendo que aproximadamente 153.000 professores fizeram opção ao regime remuneratório antigo VIGENTE até esta data de 10/08/11.

    O que reivindicamos simplesmente é o RECONHECIMENTO DESTE REGIME OFERTADO COMO OPÇÃO, VIGENTE EM 10/08/11, acrescidos do Piso Salarial Profissional Nacional, amparado pela publicação do acórdão do STF, referente à ADI 4167, publicado no dia 24/08/11.

    Com expectativas positivas a respeito deste fato, vimos à presença desta ouvidoria solicitar que a justiça seja feita aos professores, em questão os que fizeram opção pelo regime remuneratório antigo, VIGENTE em até 10/08/11.
    Acrescido do Piso Salarial Profissional Nacional.

    Contamos com a firmeza e imparcialidade desta ouvidoria do Ministério Público de Minas Gerais.

    FAÇAM ADAPTAÇÕES, MELHOREM O TEXTO MAS NÃO DEIXEM DE ENVIAR SUAS DENUNCIAS À OUVIDORIA DO MPE. SEGUE O ENDEREÇO:

    http://aplicacao.mp.mg.gov.br/ouvidoria/cidadao/acesso.do?idOuvidoria=7

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  27. Euler,

    A Presidenta Dilma estará em Belo Horizonte, sexta-feira dia 16/08/11.

    Devemos tentar através dos Deputados do PT/MG, conseguir uma AUDIÊNCIA para a Beatriz com a Presidenta.
    Isto é um fato relevante que merece nosso TOTAL EMPENHO.

    Quinze(15) minutinhos seriam suficientes.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  28. Bom dia Euler,
    peço licença para postar a página de meu blog em que coloco o que sinto sobre a greve
    http://falacerto.blogcindario.com/

    NA MIRA DO DESGOVERNO
    Sempre tive medo de ser atropelada. No entanto, é assim que me sinto. Caída na estrada enquanto carros, caminhões, tratores passam por cima de mim.

    Ontem, assisti estarrecida a uma legítima aula de VILANIA, maquiavelicamente arquitetada por um tirano governador e seus asseclas deputados: a prévia da votação do projeto que se transformará em LEI DA PENA DE MORTE do PROFESSOR.

    Nosso querido e inteligente governador Anastasia mostra e mostrará aos mineiros e brasileiros como esmagar uma classe que deveria ser seu braço direito, pois os professores formam eleitores, cidadãos, homems que se tornarão a nação brasileira.

    Os deputados, eleitos pelo povo, mas não para os representar, tornam-se as perfeitas marionetes desse poder hitleriano.

    Ontem, o governador e os deputados deram uma magistral aula de como ser GENOCIDA ( aquele que comete genocídio - crime cometido com a intenção de aniquilar um grupo humano, nacional,ético,racial,religioso). Nós, professores, somos uma categoria. Mais do que isso, somos um grupo humano que luta, que clama por direito de viver dignamente e dar uma vida digna aos filhos. Pedimos valorização. E a polícia, digo, os deputados, sem armas que não a fala ferina e a ironia, determinam a morte do professor.

    Não houve questionamentos, nem direito a júri. Os professores serão dizimados por um pelotão de fuzilamento. Bem, disse no início que me sentia atropelada. Mas a visão de um condenado frente a um pelotão de fuzilamento também é aterradora. Um contra vinte, trinta, trezentos. Se bem que, normalmente, colocam-se tantos atiradores para que não se saiba de onde partiu o tiro mortífero. E, nesse caso, todos querem ser o tiro fatal.

    Essa lei passará na assembleia. Não haverá o que fazer. Teremos de voltar às salas de aulas. Derrotados? A princípio sim. Caminharemos como semimortos, após toda a corja passar por cima. Disse corja? Desculpe, os deputados votarem.

    Mas não continuaremos derrotados. Ainda somos nós quem estamos à frente dos alunos. Não nos custará nada "sugerir" que eles não façam a prova Brasil, o simave ou qualquer outra prova que meça a qualidade de educação em Minas. Não deixaremos nossos alunos perderem para os de escola particular. Nosso ensinamento vai além de salários. Mas deixaremos Minas ser não só o pior salário do Brasil, mas também a pior educação do Brasil.

    A luta não acabou. Ontem, foi só o primeiro embate. E, é claro, ainda temos uma lei nesse país. E a máxima se chama Supremo Tribunal Federal. Não acredito que não nos ampararão. A lei ainda está do nosso lado.

    De qualquer maneira, quem perdeu ontem foi a democracia. A dignidade do professor, não são um bando de "analfabetos" (esse é o verdadeiro palavrão para o professor ) que vão tirar. A valorização profissional, vamos lutar por ela.

    Governador Anastasia mostra a que veio e, aos poucos, as pessoas também notarão que tipo de pessoa ele é. E ele passará.

    Escrevi ontem no facebook ( acabei me rendendo à internet) :

    Existe justiça em Minas?
    Não, existe o governo. E ele passará como um trator sobre os professores.
    Só não esqueça que, ao misturar nossos sangues, também nos tornará mais fortes.
    E, ao unir nossos corpos, nos tornará únicos .
    Para os alunos: vocês serão os grandes perdedores nessa batalha. O governo e a assembleia começam a destruir a educação em Minas. Vale o luto pela educação.
    Sinto por mim, mas sinto mais por vocês, que perderão bons professores, por causa desse governador tirano.

    Continuaremos lutando. Até o fim. Por hoje, ainda estou amassada, pisoteada, crudelizada ( ah, acabei de inventar- adjetivo derivado por sufixação de cruel). Entretanto, passa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Euler bom dia
    O país da copa do mundo:
    1) professores em greve em vários estados
    Minas (governador intransigente)
    2) Bombeiros no Rio voltam a ficar parados
    3) Delegados no Maranhão 101 dias paralisados
    4) Correios entram em greve hoje
    5) Operários do Maracanã parados
    6) Saúde em Minas volta a protestar
    7) Outras (deve ter mais alguma categoria em greve)
    Assim é o meu país, onde somente poucos levam muitas vantagens.
    Como disse o Rogerio Correia, Naná vai ser candidato a Senador, o seu padrinho a Presidente e do jeito que as coisas andam vão ganhar, vão ficar mais milionários do que estão, e vão rir mais e mais dos de baixo.
    Infelizmente a ca dia que passa acredito menos nos homens. O que será no futuro, meu DEUS.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  30. Euler,

    Conforme foi visto ontem, 13/09/11, na comissão de constituição e justiça da ASSEMBLEIA HOMOLOGATIVA, não podemos ficar perdendo tempo com estes CANALHAS.

    Vamos partir para jogar duro com ELES( o governo) na esfera judicial.

    ESTA GREVE DEVERÁ SER DECIDIDA NOS TRIBUNAIS E SE AGIRMOS COM COMPETÊNCIA, PODERÁ SER FAVORÁVEL A NÓS.

    Vejo como importantíssimo o Sind UTE disponibilizar a ajuizar 153.000 ações individuais, através de procurações.

    Solicitando o regime remuneratório VIGENTE em 10/08/11, que foi a última data da opção OFERECIDA pelo próprio Governo e reconhecida no MP pelo próprio Governo que 153.000 professores fizeram esta opção ao regime VIGENTE em até 10/08/11.(NOSSO PLANO DE CARREIRA).
    Acrescida do Piso Salarial Profissional Nacional, amparado pela publicação do acórdão referente à ADI 4167.

    ESTA SERIA UMA PARTE DAS BATALHAS.

    ResponderExcluir
  31. EULER, JÁ DISSE AQUI QUE DEVEMOS MUDAR A FORMA DE PROTESTO ,ACHO QUE TEMOS QUE SIMULTÂNEAMENTE ACAMPAR NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA E, NO MINISTÉRO PUBLICO, VAMOS PARAR DE PASSEATAS ISTO JÁ ESTA ULTRAPASSADO PROVA DISSO QUE NOS ESTADOS DO CEARA ,BAHIA,PÁRA,RIO DE JANEIRO .EM TODOS ESTES ESTADOS TEVE ACAMPAMENTOS,TEMOS QUE MUDAR O NOSSO ALVO E, ATACAR O AÉCIO E, NÃO O ANASTASIA! E PARA ISSO TEMOS QUE MOBILIZAR A MIDIA NACIONAL E NÃO A LOCAL E,PARA ISTO ACONTECER SÓ ACAMPANDO.

    ResponderExcluir
  32. Euler,

    Poderia mesmo abordar esse tema da reposição de aulas em seus próximos posts, penso que pra quem está há 100 dias parado não há mais condições de se repor, ou seja, ano letivo cancelado.

    ResponderExcluir
  33. Bom dia guerreiras(os).

    GRANDE EULER,este desgoverno nos conhecemos bastante pois são nove anos de autoritarismo,esperar bom senso,ética, justiça,legalidade de aécio never e sua guangue é inutil,eles vieram para assaltar o estado,juntamente com os de cima.O SINDUTE deveria convocar os demais sindicatos do funcionalismo,que também estão p... com este desgoverno,para mostrar que em outras categorias há também a insatisfação.Estamos assistindo a falencia de minas,nada para os de baixo funciona,saúde,moradia,segurança,educação,transporte,mpe,justiça,legislativo, como eu já disse antes.É preciso deixar isto claro para a população.Hoje na midia comprada eu ouvi o pau mandado do lafaiete andrada,dizer com orgulho que minas é o estado que mais criou vagas em presidio.Portanto,definitivamente educação não é prioridade desta guangue.A LUTA CONTINUA SEMPRE,POR ENQUANTO É PELO PISO.É GREVE É GREVE É GREVE!!!!!!

    Até a vitória/José Henrique

    ResponderExcluir
  34. Euler leia o depoimento de um pai de aluno sobre a greve:
    "É inadmissível o que está acontecendo em MG, com certeza este governador já está marcado na história como o pior negociador de todos os tempos. Ele é tirano e não pensa em nenhum momento no futuro dos estudantes mineiros. Se ele é obrigado a cumprir a lei, deveria cumprir, não somente pelos professores, mas para evitar que os alunos ficassem prejudicados. Como cidadão mineiro exijo do governo uma atitude. Porque se for confirmado que meu filho perderá o ano, eu quero uma indenização e não culpo nenhum professor. O CULPADO É O GOVERNADOR!!!"

    ResponderExcluir
  35. Sinde ute informa:

    Mobilização contra o projeto de lei 2.355/11
    O projeto de lei 2.355 é mais um paliativo proposto pelo Governo do Estado para não pagar o Piso Salarial Profissional Nacional instituído pela Lei Federal 11.738/08.
    As Comissões de Constituição e Justiça, de Fiscalização Financeira e Orçamentária e de Administração Pública da Assembleia Legislativa analisarão o projeto.
    Nesta terça feira, dia 13/09, o projeto foi discutido pela Comissão de Constituição e Justiça em duas reuniões: 10 h e 18:30 h.
    A categoria esteve presente durante todo o dia na Assembleia Legislativa, pressionando os deputados para que não aprovem o projeto de lei.
    O projeto foi defendido pelos seguintes deputados: Sebastião Costa, Cássio Soares, Rômulo Vegas e Duarte Bechir.
    Defenderam que o projeto não fosse votado e que o Governo realizasse um processo de negociação do Piso Salarial os deputados Antônio Júlio, Rogério Correia e Ulisses Gomes.
    O projeto foi aprovado nesta comissão e será discutido pela Comissão de Administração em reunião nesta quarta-feira, 9:30.
    Mantemos a mobilização para que, nesta quarta-feira, continuemos a pressão pela não aprovação deste projeto.
    A categoria, em cada região, deve procurar o deputado estadual majoritário para solicitar que ele se posicione contra o projeto. Isto precisa ser feito pela categoria em todo o estado.

    ResponderExcluir
  36. ... Deveríamos comprar um espaço nos jornais de grande circulação nacional....
    ... Para isso,os professores, voluntariamente, fariam contribuições....
    ... Para começar, poderíamos pedir a publicação deste texto abaixo, escrito por um menino de 14 anos. Interessante a percepção e a criticidade do mesmo...
    ... Não percam a oportunidade de ler. Disponível em http://www.odezessete.com/2011/08/educacao-voce-se-importa-com-ela-daniel.html.
    ...
    ... Poderíamos promover uma campanha: "A QUESTÃO DO PISO ESTÁ TÃO PRETA, QUE ATÉ JÁ MUDOU DE COR." Faríamos camisetas coloridas, para parafrear: "a coisa tá feia, a coisa tá preta..." paro aqui, para não acabar de completá-la...
    ... Vamos indo, rumo aos próximos capítulos...

    ResponderExcluir
  37. E os advogados do sindicato continuam "com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar". Pois é isso que vai acontecer: o projeto do desgoverno vai passar fácil pela Assembléia homologativa e o MP vai declarar a greve incostitucinal. Simples assim...

    ResponderExcluir
  38. ...Nos grandes jornais de circulação, a manchete:
    MG PEDE SOCORRO. ONDE ESTÁ O POSICIONAMENTO DO MINISTRO FERNANDO HADDAD SOBRE "AVALIAR A SITUAÇÃO FINANCEIRA DE MINAS" QUANTO A (IM)POSSIBILIDADE DE VIABILIZAR O PISO NACIONAL?"...

    ... OUTRAS MANCHETES:
    "ENTREVISTAS COM PROFESSORES: COMO SOBREVIVER COM O SALÁRIO DA EDUCAÇÃO?"...
    "PROFESSORES RELATAM: A VIDA NA EDUCAÇÃO É FEITA DE EMPRÉSTIMOS, DE JUROS NO CHEQUE ESPECIAL, DE NEGOCIAÇÕES..."
    "PROFESSORES DE MINAS GERAIS SE POSICIONAM: QUEREMOS NOSSO PISO PREVISTO EM LEI FEDERAL"...
    "SENHOR ANASTASIA, QUE ESTADO DE MINAS É ESTE?...
    "VI, VIVI E AINDA NÃO VENCI: E AGORA, SENHOR ANASTASIA? O QUE FARÁS COM OS PROFESSORES?"...
    "MINAS CAMINHANDO RUMO AO (DES)PROGRESSO EDUCACIONAL"...

    EU FAÇO A MINHA DOAÇÃO COMO CIDADÃ E COMO EDUCADORA PARA A AQUISIÇÃO DE ESPAÇO NOS GRANDES JORNAIS DE CIRCULAÇÃO NACIONAL. E VCS?

    ResponderExcluir
  39. Caros educadores

    É triste ver um monte de prefeitos em Brasília, pedindo uma fatia maior do présal. Os educadores não podem pedir um mísero piso salarial. É vergonhoso, para não dizer humilhante. Um educador deveria ter um salário digno, ser bem remunerado. Mas parece que o governo quer professores frustrados, incapazes, desmotivados, pois só assim tem alunos analfabetos, que não saibam votar. Isto é o que importa. Não se rendam a este governo covarde, insensível até mesmo a manifestação de professores acorrentados. Dizer que isto não é nada... Francamente, Minas Gerais não merece um representante deste tipo. Observe agora a ALMG... Aliados do governo, sem pensamento próprio? Meu Deus, triste desta carreira de educadores, que nos ensinam desde criança, a ler, escrever e buscar a esperança de um mundo melhor. Persistam! Continuem indo às escolas, ganhando adesões, sensibilizando as comunidades, envolvam as igrejas, pois elas são uma ponte de comunicação com vários segmentos da sociedade, vão às ruas, gritem por justiça, pois é o que falta a vocês.
    Que Deus abençoe a todos e torço pela vitória breve!!!

    ResponderExcluir
  40. Minha gente, vocês são novos nessa luta entre professores,governos e sindicato. Tenho 27 anos de Estado e nunca assisti nesses anos, uma causa ganha pelo Sindicato contra o Estado. Vocês irão ver que, quando a coisa ficar mais preta o Sindicato dá por terminada a nossa Greve, sempre foi assim.O governo está cansado de saber que nosso Sindicato é e sempre foi fraco e iremos afogar na areia.Já era tempo do nosso Sindicato ter organizado uma ida para Brasília e chegarmos até ao STF. Pensem nisso!

    ResponderExcluir
  41. Eu continuo com a ideia que temos que parar a assembleia e o ministerio publico aqui em minas,vamos chegar e ficar ate eles darem um parecer,pois vao continuar nos enganando e parece e que nos e que estamos errado,chega vamos dar um basta,que tenhamos gente suficiente para revesar se for preciso,ficaremos ate o governo tomar uma atitude,temos que acampar,pois e aqui que temos que resolver e boa sorte pra todos nos.Mutum

    ResponderExcluir
  42. Olá combativo e iluminado Euler,

    Mais uma vez gostaria de agradecê-lo por tudo e dizer que ai do NDG sem você que é o NOSSO MESTRE, O NOSSO GUIA,MAIS ainda que a nossa representante no sindicato a BIA, que está deixando a desejar no quesito incentivo e garra para continuarmos nesse combate árduo e desgastante que travamos com os nossos algozes.Que Deus continue te iluminando.Dizer que já estamos nos preparando para nossa longa viagem á capital para mais uma assembléia e estamos caminhando a passos largos rumo a nossa vitória.Estive ontem na escola que trabalho para uma visita e uma colega pelega indignada me mostrou uma orientação da SRE que dizia que a mesma teria que repor o período em que ela estava afastada da escola não por greve mas sim por férias prêmio por não ter tido substituto no período, ao qual eu respondi que gostaria muito que ela se indignasse e entrasse na luta conosco contra o desgovernador.A colega alegou não entrar no embate por ter prestação de carro para pagar. Como que pode o marido secretário municipal de educação e ela além do cargo no estado possui um também no município?
    Fui obrigada a dizer para a mesma a minha situação com dois cargos no estado e ambos em greve e o pior não possuindo marido secretário. É inacreditável como as pessoas tentam justificar o que não tem justificativa.Mas enfim os pelegas estão tão envergonhados que não conseguem olhar nos nossos olhos por falta de dignidade.
    Firmes até a vitória..
    Prefiro morrer em pé do que ajoelhado como diz o colega que visita esse blog...
    Nossa vitória é questão de tempo...
    Paz e bem ...
    Gilvânia, História.

    ResponderExcluir
  43. Euller há alguns dias atras uma professora do Curso de Magistério aí de Vespasiano fez um comentário relatando que suas alunas apoiavam a greve, também relatei que minhas alunas fizeram um documento na qual deixava claro que não assistiria aulas com os professores contratados( infelizmente não conseguimos impedir todas as designações) agora a inspetora da escola mandou chamar as alunas sobre a ameaça que elas irão arcar com todas as consequencias por não estarem assistindo as aulas, mas não disse quais seriam essa consequencias, gostaria de informações sobre essa escola aí de Vespasiano se as alunas também estão sendo ameaçadas, assim poderei orientar minhas alunas, já que as mesmas tão total apoio a nossa greve, mostrando que são muito mais conscientes que muitos professores que ainda estão em sala.......Aguardo resposta

    Professora de Ouro Preto

    ResponderExcluir
  44. Caro Euler, se não fizermos nada de mais "forte", brevemente nossa greve será considerada ilegal e deve perder força.
    A hora é AGORA! Em todas as assembléias a média de presentes está em torno de 9 mil pessoas. Essas pessoas invadindo, acampadas ou algo parecido na ALMG, certamente importunará muito mais o governo e chamará a atenção de toda a Gerais e do País. É disso que estamos precisando! Você tem como moibilizar isso. Mas que seja pra já!

    Acessei hoje o site do STF que trouxe a seguinte informação: "DESPACHO: Abra-se vista dos autos ao Congresso Nacional e à União, pelo prazo comum de dez dias, para que possam se manifestar sobre todos os embargos de declaração opostos.
    Recebidas as manifestações ou decorrido o prazo assinalado, encaminhem-se os autos ao procurador-geral da República.
    Entrementes, observe-se o que decidido na Rcl 2.576 (rel. min. Ellen Gracie, Pleno, DJe de 20.08.2004)."
    Publique-se.
    Brasília, 05 de setembro de 2011.

    Ministro JOAQUIM BARBOSA
    Relator
    Documento assinado digitalmente

    A data é retroativa a 05/09 com prazo de 10 dias à contar desta. Está saindo a decisão sobre os embargos declaratórios. Não faltará, por parte do STF, nenhum outro documento.
    Solicito a alguém da área judicial a favor dos educadores, que se manifeste sobre o exposto.
    Força na Luta!

    ResponderExcluir
  45. Euler,
    Neste momento preocupa-me que o Projeto do governo, tem recebido emendas para pagar os 712,00, respeitando o plano de carreira.Em momento algum ouvi ou li que esses 712.00 é a aplicação do Piso. o qual conta com reajuste anual pelo MEC de acordo com custo aluno.Temo por uma cilada, sou novata na carreira e não tenho quase nenhuma gratificação, o q me trás à carreira antiga é saber que meu salário será reajustado todo ano em janeiro conforme previsto na lei 11738. O que nos atende não são, valores é a correta aplicação da lei.
    penso que se o Projeto não for claro quanto a isso, a greve tem que continuar mesmo que as emendas do Rogério correia sejam aceitas.
    Bom dia a todos

    ResponderExcluir
  46. EDUCADORES NÃO DESISTAM

    ResponderExcluir
  47. Companheiros(as) de luta:

    A triste realidade que se vive em Minas é fruto de uma opção errada feita pelos mineiros:
    Votar no Faraó e em seu filhote, faraozinho, - além de eleger Itamar Franco, que muito mal fez à educação, inclusive traindo a categoria, após negociaçlão do fim de uma greve - demonstra o quão pouco o povo, inclusive professores, são politizados. Muitos, mas muitos mesmo, votaram nos três...
    Quase todo político detesta política. Me explico:
    O Anastasia disse que o nosso movimento tenho "cunho político".
    O Comandante da Polícia, que tem cargo politico, disse que o Deputado Rogério Correa queria criar um "fato político". Ou seja, todos vivem mamando nas "tetas" de algum cargo político mas, o povo, os movimentos, as igrejas, os sindicatos não podem se envolver em Política. Por que será?
    Porque se assumimos postura política mexemos com os interesses de toda essa corja.
    É o que está acontecendo em Minas ... Este faraozinho não aguentará a voz da "democracia", a voz do povo, o grito da Educação por liberdade, dignidade e PISO SALALARIAL.
    Até a vitória companheiros e companheiras. Não vamos abrir mão do nosso direito.

    Joaquim - Sete Lagoas

    ResponderExcluir
  48. Companheiros,peguei uma baita duma gripe e por isso andei meio sumida.Só um dia.Olhem,nada de desistir.Concordo que o momento é de atitudes direcionadas aqui em mg,mesmo.Se preciso for,nós do interior ficamos em BH,e acampamos na assembleia,onde a categoria decidir,mas o que eu acho é que passeatas é tudo que o MONSTRO QUER PARA NOS COLOCAR CONTRA OS TRANSEUNTES.NÃO DÁ MAIS PARA ESPERAR.
    E O SINDICATO,JÁ SOLICITOU DO ministério público que interprete a Lei do Piso???????
    O que sei é que NÃO PODEMOS DESISTIR,SE O ANO LETIVO ESTÁ PERDIDO,A CULPA É DO MONSTRO E NÃO NOSSA,ELE É QUE SE VIRE E NÓS VAMOS CONTINUAR NA LUTA ATÉ A VITÓRIA!!!!!!!

    ResponderExcluir
  49. Euler

    Alguém sabe o nome da mãe do Anastasia? Coitada!Como uma pessoa tão inteligente pode ser tão má!Deve ter lutado tanto para dar o melhor pelo filho e olha o que ele virou!

    ResponderExcluir
  50. O deputado Duarte Bechir disse na Assembléia que sua esposa é professora. Deveríamos investigar que cargo ela ocupa e se fez opção pelo subsídio.
    como ele disse que é comprometido com a verdade vamos investigar que verdade ele defende com tanta ênfase.

    ResponderExcluir
  51. Bom dia a todos!
    Não podemos abrir mão da ideia de ocupação da ALMG. Estamos firmes! A disposição está aumentando a cada dia que se passa nessa greve. Chega desse Despotismo em MG. Abraços! Estarei com meu material de camping na ALMG.

    ResponderExcluir
  52. Bom Dia!

    Em Caratinga,estamos fazendo uma campanha para arrecadar alimentos para os professores grevistas que estão com dificuldades para fazerem as compras mensais , estes alimentos serão levados para B.H. e será distribuído para os professores nesta situação.Este ATO q pode paracer humilhante,mas o que nos humilha ainda mais é o nosso vencimento de 369,89.Vamos permanecer na LUTA até a vitória cada dia nesta luta é mais um passo para atingir a linha de chegada, estamos perto de levantar essa bandeira.Não vamos desanimar!!!!!!Somos mais que vencedores!!!!!!Acredite na Vitória!!!!!!Quem tem esperança tem força para lutar!!!!!!!Não engrossa a lista dos covardes!!!!!!Não desanime do movimento!!!!!!

    ResponderExcluir
  53. MP entra na Justiça para pedir que RS pague piso a professores

    Ação civil pública pretende substituir 2.000 ações individuais no estado.

    'O dinheiro na verdade não existe', diz secretária-adjunta de Educação.

    Ana Carolina Moreno Do G1, em São Paulo



    O Ministério Público do Rio Grande do Sul entrou na segunda-feira (12) com uma ação civil pública na Justiça contra o governo do estado. A promotoria pede que o governo gaúcho cumpra a lei federal de 2008 instituindo um piso nacional para o magistério, de R$ 1.187 por 40 horas semanais.

    De acordo com o texto, o piso deve ser considerado apenas como o vencimento básico dos professores, sem levar em conta os bônus e outros benefícios, como vale-alimentação.

    Em nota, os promotores justificaram a ação afirmando que ela representa todos os professores da rede estadual. Portanto, pediram também a suspensão de cerca de 2.000 ações individuais atualmente em andamento. De acordo com a Promotoria, isso economizará à Justiça cerca de R$ 900 por ação, baseado no custo médio de cada uma. “Se não fizéssemos essa ação, o Estado seria penalizado de forma muito mais grave”, afirmou Marcelo Dornelles, subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Institucionais.

    saiba mais

    Salário acima do piso atrai docentes de outros estados para Roraima
    Oito estados ficam abaixo do piso para professor sugerido pelo MEC
    Professores fazem até jornadas triplas para aumentar renda
    Segundo os promotores, após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) a favor da legalidade do projeto criado pela União, o número de ações individuais no estado poderia chegar a 200 mil.

    Maria Eulalia Nascimento, secretária-adjunta de Educação do Rio Grande do Sul, afirmou aoG1 que está acompanhando a ação e que não tem como atender imediatamente a lei, conforme pede o MP.

    Segunda ela, o compromisso do governador Tarso Genro é cumprir 100% da lei “durante os quatro anos de gestão”. Atualmente, segundo ela, pela carga horária de 40 horas os professores da rede estadual recebem R$ 790 como salário-base, ou 66,5% do piso previsto em lei.

    O valor inclui os 10,91% de reajuste acordado em abril com os professores e, de acordo com a secretária-adjunta, a diferença entre o piso e o salário da rede pública gaúcha caiu desde o ano passado. Não há previsão de um novo reajuste em 2011.

    Segundo Maria Eulalia, para atingir o piso hoje, o governo precisaria de R$ 1,7 bilhão, ou quatro vezes mais do que os R$ 400 milhões da reserva anual garantida no orçamento pelo Plano Plurianual. Todo ano o valor aumenta por causa dos reajustes. “Nós reconhecemos o piso como base, mas ainda falta essa parcela para integralizar hoje, mais o reajuste anual. Esse é o desafio atual, conjugar os dois fatores”, afirmou ela.

    A ação civil pública também pede que o governo inclua a previsão orçamentária dos reajustes dos próximos anos. “O dinheiro na verdade não existe”, disse a secretária-adjunta. “Para aparecer tem que haver uma movimentação no orçamento do rio grande do sul. é esta a equação que temos que fazer.”

    Lei polêmica
    Em abril deste ano, o STF considerou que a lei federal era válida para todas as redes públicas, inclusive as estaduais e municipais. A ação julgada pelos ministros foi impetrada por cinco estados, entre eles o próprio Rio Grande do Sul.

    Os outros estados a questionar o texto foram Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará. Eles também criticaram o fato de o piso não considerar o valor dos benefícios, mas a maioria do Supremo discordou dessa opinião
    Enviado por e-mail - EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  54. Caros colegas NDG, acho que devemos trabalhar de forma diferente, Nós somos pessoas com formação e instrução suficiente para nos adaptar e jogar o jogo do governo - EXPLICO:

    Ele não quer aperfeiçoar o subsidio - ótimo -deixe, não nos interessa o sub.

    Contanto que nos pague o piso no plano de carreira.

    Vamos parar de questionar o sub. e focar no PISO e no PLANO DE CARREIRA.

    Quem teve direito de escolha e ficou não pode reclamar - foi avisado.

    Temos que lutar por quem não teve o direito de escolha (pra poder fazer a opção) e deixe azia fazer o que quiser com o sub.

    POIS A GREVE É PELO PISO E SÓ NOS INTERESSA O PISO - F***S O SUB.

    PARE DE QUESTIONÁ-LO (SUB) é isso que azia quer -ótimo.

    NÓS QUEREMOS PISO E PLANO DE CARREIRA.

    ResponderExcluir
  55. Euler e colegas:
    É recorrente aqui no blog as críticas ao Sindicato. O governo tenta nos colocar contra o Sindicato, quando repete constantemente que somos manipulados por ele e insinua que a instituição é motivada por ideologia partidária.
    Todos sabemos que não somos manipulados. Somos cidadãos conscientes de nossos deveres e direitos, temos sólida formação acadêmica e opiniões próprias (pelo menos nós que estamos resistindo à luta desigual com o governo), mas, precisamos ser informados de ações mais objetivas do Sindicato com relação às questões judiciais. O que os advogados do Sindute estão fazendo quanto ao fato de termos optado por uma carreira (analisando tudo o que ela nos oferecia no momento da opção) e o governo estar
    promovendo mudanças na mesma? É como se estivéssemos vencendo uma partida de futebol e o juiz mudasse as regras do jogo durante partida?
    O Sindicato precisa nos esclarecer, nos informar suas ações, para não nos sentirmos sozinhos na luta.

    ResponderExcluir
  56. Que o nosso movimento seja pacífico e abençoado por Deus.
    Acampamento no pátio da Assembléia.
    Com garra o piso sai na marra.
    Greve até o piso!

    ResponderExcluir
  57. Bom dia a todos. Não vejo mais sentido em fazer passeatas para chamar atenção, estamos conseguindo com isso a desaprovação da população. Agora é hora de mudança de tática. Uma idéia seria acampar na ALMG e de lá só sair quando esses capachos do governo nos der a devida atenção e respeito, porque eles são nossos representantes eleitos para defender nossos direitos.
    Christine

    ResponderExcluir
  58. Bom dia Euler.
    Chame o sindicato para preparar o dia "D" da greve de 2011.
    Vamos concentrar todos os esforços em um grande ato.
    o governador vai tremer!
    conte com o apoio dos colegas de Juiz de Fora.

    ResponderExcluir
  59. PARABÉNS!
    BRAVA GENTE BRASILEIRA.

    ResponderExcluir
  60. EDUCADORES DE JUIZ DE FORA PROMOVEM BANQUETE DA MISÉRIA, ARRECADAM DINHEIRO E RECEBEM APOIO DA POPULAÇÃO.
    GREVE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  61. E a caravana à Brasília?

    Visitaríamos:

    - Secretaria Nacional dos Direitos Humanos;
    - As comissões de Direitos Humanos e de Educação da Câmara dos Deputados e do Senado Federal,
    - A CNBB;
    - Outros...

    E principalmente o STF e o gabinete do Ministro Joaquim Barbosa.

    Por que a Beatriz ainda não agendou estas visitas?

    Não consigo entender porque esta resistência, esta morosidade.

    TEMOS QUE AGIR RÁPIDO E COM PRODUTIVIDADE.

    ResponderExcluir
  62. ACAMPAMENTO DO PÁTIO DA ALMG!
    PREPAREM AS BARRACAS!
    PENSEM NO BANQUETE DA MISÉRIA!

    ResponderExcluir
  63. Na TV assembléia, papagaiada ao vivo!

    ResponderExcluir
  64. ATITUDE!

    O Sind UTE, deveria disponibilizar um modelo de procuração onde os professores autorizariam o Sind UTE a representar-nos em ações individuais na justiça e no MPE.

    Solicitaríamos o regime remuneratório VIGENTE em até 10/08/11, oferecido como opção aos
    professores, acrescido do Piso Salarial Profissional Nacional, amparado pela publicação do acórdão referente à ADI 4167.

    Com esta atitude o Sind UTE, colocaria grande peso de responsabilidades para a justiça e o MPE.
    E com uma boa comunicação A JUSTIÇA E O MPE, passariam a ser grandes RESPONSÁVEIS por esta INJUSTIÇA que o Governo quer fazer com a categoria dos Professores.

    Temos que ter várias linhas de frente, de combate, demonstrando grande consistência nas ações.

    153.000 AÇÕES NA JUSTIÇA E NO MPE, JÁ
    153.000 AÇÕES, NELES!

    SE NÃO APROVEITARMOS AS OPORTUNIDADES, ELES AS APROVEITARÃO.

    VAMOS AGIR COM CONSISTÊNCIA E ESTRATEGIAS.

    FIRMES NA LUTA,COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  65. O JOGO DURO DE UMA GUERRA!

    Com esta morosidade nas ações do Sind UTE, temos todas as condições para sermos OS PERDEDORES.

    Não vejo um conjunto de ações direcionadas a várias partes da justiça, do legislativo, do executivo, da imprensa e aos professores em greve.
    Não existe dinamicidade.
    Ideias boas estão sendo perdidas.

    Estamos de greve ao SABOR DOS VENTOS.
    Uma ação aqui outra ali...
    Somente a greve não está sendo suficiente.
    Todos estão percebendo isto.

    Milagres acontecem se fizermos a nossa parte e, SE A FIZERMOS MUITO BEM FEITA.

    Temos que estar a procura de soluções incessantemente e abertos a receber opiniões e analisá-las, quase sempre uma simples idéia pode ajudar na solução de um problema.

    Aquelas oportunidades que não aproveitamos, outros (ELES) as aproveitarão.

    Não se vence uma guerra somente pelo número de GUERREIROS, mas também pelo número e qualidade dos CONSELHEIROS.

    Para alcançarmos o objetivo temos que ultrapassar várias dificuldades. Com criatividade, trabalho e ações CONSTANTES, CONSISTENTES e ESTRATÉGICAS, para somente depois, se ver a luz da vitória na última batalha.

    Persistir sempre,
    Desistir jamais,
    Sejamos fortes.

    ... E O SOL NASCE NOVAMENTE;
    ... E A LUTA CONTINUA;
    ... ASSIM É A VIDA.

    ResponderExcluir
  66. Anônimo das 8:19,
    você está REALMENTE em GREVE???
    Esta fala sua...sei não!

    ResponderExcluir
  67. Turma da luta, membros do NDG,

    Ótima manifestação hoje pela manhã em Vespasiano. Os pŕoprios alunos organizaram toda a manifestação em apoio aos educadores em greve .

    Dezenas de estudantes da EE Guilherme Hallais França, com a participação de estudantes da EE Padre José Senabre e também de pais de alunos, inclusive de um pai da EE Renato Azeredo, do bairro Morro Alto, reuniram na praça central da cidade.

    Houve rápida falação, depois uma entrevista de vários alunos e pais de alunos e professores da citada escola à TV Record.

    O NDG estava presente para dar apoio.

    Em seguida, saímos em passeata pela cidade, puxada e dirigida pelos alunos. Atravessamos a Av. Sebastião Fernandes, passamos em frente a Prefeitura, depois a passeata seguiu em frente à EE Machado de Assis e em seguida rumou para a Av. Thales Chagas, perfazendo entre 3 e 5 quilômetros de caminhada. Impressionante o apoio da comunidade ao movimento. Por toda parte os carros buzinavam e os moradores acenavam em apoio.

    Vários estudantes devem participar da nossa caravana para a assembleia de amanhã, dia 15.

    A EE Guilherme Hallais França estava funcionando parcialmente e partir de agora, com este apoio dos alunos, deve paralisar totalmente, reforçando ainda mais a nossa greve.

    Na entrevista para a rede Record, uma das mães disse claramente: "Meu marido quer processar o governador pela irresponsabilidade dele, de permitir que nossos filhos fiquem sem aula. Apoio a greve dos professores porque acho um absurdo eles receberem esse salário de fome. Aconselho todos os pais de alunos a processarem o governador de Minas pelos prejuízos que estamos tendo".

    Eu estava próximo desta mãe de aluno quando ela deu este depoimento. Não sei se será publicado pela TV Record. Vários alunos também falaram, além de professores da escola.

    Estão de parabéns os alunos do Guilherme e também os educadores que lá estavam, apoiando o movimento.

    ResponderExcluir
  68. Anônimo das 8:30,
    você é filiado(a)???,está realmente
    em greve ou só critica?

    ResponderExcluir
  69. Por e-mail:

    Rômulo Radicchi:

    Comandante Euler,

    Fizemos hoje cedo uma boa panfletagem para os operários do Mineirão.

    Seguem em anexo fotos e o panfleto que distribuímos para publicar em seu blog.

    Ass Rômulo."

    Comentário do Blog: Parabéns, Rômulo, o comandante Martinho já tinha passado o informe sobre o ato que aconteceu aí, e do qual ele participou.

    Daqui a pouco eu publico as fotos, juntamente com a manifestação aqui em Vespasiano.

    Vamos pensar em uma calorosa recepção para a presidenta Dilma nesta sexta-feira.

    ResponderExcluir
  70. Sexta é dia invadir o mineirão... os olho do Brasil estarão lá! Vamos mostrar q minas tem dinheiro para construir estadio e não tem para a educação....

    ResponderExcluir
  71. Sei que estou sendo muito duro com o Sind UTE e a Beatriz mas também tenho a consciência tranquila por estar cobrando ações positivas para a nossa causa.
    As vezes as situações nos fazem ser duros.

    Não podemos ficar admirando as coisas que acabamos de fazer.

    Nesta guerra que estamos, ao acabar de fazer alguma coisa, NÃO temos o direito de descansar e sim de começar a pensar na próxima ação.

    Se quisermos ser VENCEDORES, precisamos apender a agir incessantemente com muita CONSISTÊNCIA.

    O INIMIGO É MUITO PODEROSO.

    PARA VENCE-LO TEMOS QUE NOS DOAR INTEIRAMENTE.
    PORÉM TEMOS QUE DESCOBRIR OS CAMINHOS QUE NOS LEVARÃO À VITÓRIA.
    E ATÉ QUE DESCUBRAMOS OS CAMINHOS CERTOS, TEMOS QUE EXPERIMENTAR VÁRIAS ENCRUZILHADAS.

    A VITÓRIA SERÁ ALCANÇADA NA ÚLTIMA BATALHA.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  72. Olá NDG,
    A Bia comunicou que tem um encontro marcado entre o sindicato e o ministro da educação hoje 12:00 alguém confirma a informação?
    Gilvânia, história.

    ResponderExcluir
  73. Euler,
    Nesta recepção à presidenta Dilma deveria-se ter um grandeeee número de manifestantes como na assembléia, senão passaremos despercebidos por ela como da outra vez.
    Pensem seriamente nisso.
    Abraços e força na luta.

    ResponderExcluir
  74. Vamos refrescar a cabeça. RIR é o melhor remédio...

    "O motorista ia dirigindo seu carrão em altíssima velocidade quando foi surpreendido por um guarda.
    - Muito bonito, hein!
    - Bonito e veloz, seu guarda!
    -
    além de tudo é engraçadinho! Vou ser obrigado a tirar a sua carta!
    - Faça isso mesmo, pois faz cinco anos que estou tentando e ainda não consegui."

    * * *

    "O fazendeiro deu um banquinho e um balde para o novo empregado tirar o leite da vaca. Ele demorou, mas trouxe o leite da Mimosa. E disse ao patrão:
    - Tirar o leite até que foi fácil, difícil foi sentá-la no banquinho".
    (Retirado da Folhinha Sagrado Coração de Jesus)

    Companheiros(as)...
    Nada de desânimo e derrota. Já somos vencedores. O Piso sai, mais cedo ou mais tarde! A educação não será a mesma em Minas Gerais e nem os educadores.
    São quase cem dias de greve. Você sabia desta força?
    Um abraço e até a vitória.

    Joaquim - Sete Lagoas

    ResponderExcluir
  75. Euler,

    Precisamos pedir ao Deputado Rogério Correa, que consiga uma audiência da Beatriz com a Presidenta Dilma.

    Isto fortaleceria a nossa causa e nos daria visibilidade em todo o Brasil.

    Então torna-se INDISPENSÁVEL E PRIORITÁRIO conseguirmos esta audiência da Beatriz com a Presidenta Dilma.

    Com esta ação estaríamos complementando a ação que os companheiros estão propondo de fazer no mineirão.

    ISTO SIM SERIA UM CONJUNTO DE AÇÕES DIRECIONADAS.

    Com esta união de forças e ações estaremos mais fortes.

    Euler,

    Ajude a concretizar esta ideia.

    ResponderExcluir
  76. Que Deus abençoe a Beatriz Cerqueira nesta reunião com o ministro da educação que deve estar iniciando agora 12:00h.
    Rosilene (Cons. Pena)

    ResponderExcluir
  77. Apelo ao governador Antônio Anastásia
    De uma de cinco filhos estudantes e uma filha professora em greve



    Ouvimos em BH o grito dos excluídos, que grita por casa, terra e salário justo para a sua sobrevivência.




    Em resposta, o Sr. Governador, que quer a todos enganar, colocando *'remendo novo em roupa velha e vinho novo em odres velho’ sem se importar com o risco que se corre do remendo novo não ficar bem e o vinho novo explodir e entornar.




    O governador quer que os professores experientes e cansados de lutar, abandone os seus barcos, enterre os seus talentos e deixe de cantar:


    Oh Minas Gerais, Oh Minas Gerais quem te conhece não te reconhecerá, pois na sua história, com esse governador, sempre haverá professores humilhados, desgastados física e mentalmente, que tem que se revoltar com os descasos das autoridades que não querem saber onde esta greve vai dar!




    O governador não se importa se amanhã, no fim de seu mandato, em Minas ecoar o grito dos excluídos que estarão a chorar, afastados de seus cargos, enterrando os seus talentos, sem forças para lutar!




    E agora governador, você vai encarar e assumir as consequências deste remendo novo em roupa velha, quando essas roupas acabar de rasgar e todos os professores no hospício forem parar?




    - Desabafo de Alice José dos Santos: avó de cinco estudantes de escolas estaduais e mãe de uma professora em greve.




    * Bíblia sagrada. Lucas 5: 33-39

    ResponderExcluir
  78. Bom dia pessoal, olha o que a Beatriz postou no blog dela:

    "Reunião com o Ministro Fernando Haddad
    Foi agendada para esta quarta-feira, dia 14/09,uma reunião com o Ministro Fernando Haddad. Participarão desta reunião o Sind-UTE, a CNTE e a CUT Nacional.
    Qual o resultado da reunião entre o Governador Antônio Anastasia e o Ministro Fernando Haddad. O que, de fato, o Governador veio pedir ao Governo Federal? E qual foi a resposta do Ministro?"

    Força a todos.

    ResponderExcluir
  79. Vamos usar todas as estratégias que pudermos.Como estou no interior,isolada na minha cidade,o que eu posso estou fazendo: mando emails para todos os deputados,para a mídia,stf,stj,ligo para companheiros,olha tô agitando tudo que dá.Por isso companheiros,PRECISAMOS DE UMA MANEIRA OU OUTRA CHAMAR ATENÇÃO DA SOCIEDADE! COMO ESTÃO OS COMPANHEIROS DE BH,TÔ SENTINDO FALTA DO FLÁVIO BH, ele anda sumido.É isso,fazer o que puder.Nada de marasmo,vamos à luta que a VITÓRIA NOS ESPERA DE BRAÇOS ABERTOS!!!!!

    ResponderExcluir
  80. LEIAM POR FAVOR

    Caros colegas,
    Aqui em Ipatinga, uma mãe de aluno usou o microfone na Câmara de vereadores durante um protesto dos professores e o depoimento dela sensibilizou muita gente, colocaram no youtube, ela ajudou demais o movimento aqui, ela é catadora de papel nas ruas.
    Porque vocês não fazem o mesmo? Chamem mães engajadas e coloquem-nas pra falar na Assembléia Legislativa(não sei se pode como na Câmara de vereadores), mas, se não puder, que elas falem na Assembléia Geral e gravem, coloquem no youtube, mandem para os deputados, enfim divulguem ao máximo.
    Essa senhora daqui de Ipatinga, na época disse que iria aí em BH ajudá-los caso quizessem, então o SINDUTE daqui pode entrar em contato com ela, caso queiram, ela é muito humilde, mas, fala bem demais.
    Espero ter ajudado.
    Renata

    ResponderExcluir
  81. Euler,

    Conseguir uma audiência para a Beatriz com a Presidenta Dilma, É VITAL PARA NOSSAS PRETENSÕES.

    ResponderExcluir
  82. Euler
    Já que o governador não respeita a lei do piso a mãe dele deveria ter um encontro com a categoria e em casa acertar os pontos com ele. Violência doméstica? Que nada! Ela é a mãe do governador que nada respeita, então ela pode sim dar umas palmadas na bunda gorda dele e dizer para ele tomar vergonha.
    Apesar que educação vem de berço... Como foi o dele?

    ResponderExcluir
  83. Bom dia pessoal, olha o que a Beatriz postou em seu blog:

    "Reunião com o Ministro Fernando Haddad
    Foi agendada para esta quarta-feira, dia 14/09,uma reunião com o Ministro Fernando Haddad. Participarão desta reunião o Sind-UTE, a CNTE e a CUT Nacional.
    Qual o resultado da reunião entre o Governador Antônio Anastasia e o Ministro Fernando Haddad. O que, de fato, o Governador veio pedir ao Governo Federal? E qual foi a resposta do Ministro?"

    ResponderExcluir
  84. Retirado do blog da Beatriz Cerqueira:

    Reunião com o Ministro Fernando Haddad
    Foi agendada para esta quarta-feira, dia 14/09,uma reunião com o Ministro Fernando Haddad. Participarão desta reunião o Sind-UTE, a CNTE e a CUT Nacional.
    Qual o resultado da reunião entre o Governador Antônio Anastasia e o Ministro Fernando Haddad. O que, de fato, o Governador veio pedir ao Governo Federal? E qual foi a resposta do Ministro?
    http://blogdabeatrizcerqueira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  85. Chegou a hora de mudar as nossas estratégias, pois corremos vários riscos de ser derrotados, vamos acampar e invadir até serem concedidos nossos direitos.

    ResponderExcluir
  86. BOMBA :
    A diretora estadual do Sind-UTE Marilda Abreu disse em audiência na ALMG que o Governo do Estado anunciou a exoneração de diretores e vice-diretores e a dispensa de designados que aderiram à greve .
    Neste estado o governo passa por cima de tudo . Será que não há alguém que possa enfrentá-lo e colocá-lo no seu devido lugar ?

    ResponderExcluir
  87. CENSURA

    Estava assistindo a Tv Assembleia por quase 1 hora sem nenhum problema. Quando a diretora do Sindute foi iniciar um pronunciamento só deu tempo dela dizer: "A falta de democracia neste estado é tanta que..." e então o sinal caiu (14/09/2011 - 12:01).

    Minha internet é de 5MB. Aconteceu isso com mais alguém?

    Acho que a censura chegou também na TV Assembleia. Ontem foi a vez do sinal cair durante o pronunciamento do Deputado Rogério Correia que é da oposição.

    Se aconteceu com mais alguém vamos nos unir e denunciar.

    ResponderExcluir
  88. Estou confiante no encontro da Bia com o Ministro Haddad. Vamos torcer! Tem que acontecer algo de novo e decisivo!. Força, povo guerreiro!!!

    ResponderExcluir
  89. EULER, bom dia!
    Sei que o seu tempo está sendo curto para está respondendo todas as perguntas, mas gostaria que a minha não passasse em branco, até mesmo para a nossa alegria. Vejo uma luz no fim do túnel.
    Foi aprovado hoje,14/09, pela Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária, 2 projetos do governo. Num deles, o governo pedia a aprovação de crédito suplementar,dizendo que era para TCE, MPE e pagamentos de proventos(Desculpe-me, é que não sei dizer os termos técnicos).
    Rogério Correia interrompeu várias vezes e numa dessas vezes, ele disse: "De repente, esse dinheiro é para pagar a educação, a saúde, os bombeiros".
    AGORA A PERGUNTA:
    Como procede o nosso pagamento? Por quais órgãos passa o pagamento até chegar às nossas mãos?

    ResponderExcluir
  90. AMIGOS E INIMIGOS

    Vamos começar a criar nossa lista de Deputados Amigos e Inimigos da educação. Retirei estes nomes do Blog da Beatriz Cerqueira.

    DEPUTADOS QUE APOIAM A DESTRUIÇÃO DE NOSSA CARREIRA:

    -Sebastião Costa
    -Cássio Soares
    -Rômulo Vegas
    -Duarte Bechir.

    DEPUTADOS AMIGOS DA EDUCAÇÃO:
    -Antônio Júlio
    -Rogério Correia
    -Ulisses Gomes.

    Se alguém souber de mais algum copie a lista e acrescente os nomes.

    Vamos garantir que os traidores nunca mais consigam vencer uma eleição aqui em Minas.

    ResponderExcluir
  91. kd o sind UTE de João Monlevade?
    Nem parece que temos sindicato aqui!
    Este momento é crucial, precisamos de orientações e apoio. Por que vcs não visitam as escolas que ainda não aderiram à greve? Parece que a greve está acontecendo em outro planeta!

    ResponderExcluir
  92. Hoje SatanAZIa fez um pronunciamento e disse que o movimento está perdendo as forças e que só 10%das escolas estão totalmente paralisadas.Já conhecemos toda sua artimanha diabólica e tudo faz para desestabilizar a greve.Deixo aqui o meu apelo aos professores que retornaram às aulas,àqueles que estão assinando o ponto e ficam na escola para cumprir horário,enfim a todos que de uma forma ou outra estão prejudicando à classe:Acordem!!!!A luta não é individual,é coletiva!!!Juntem-se a nós...sejam cidadãos conscientes de seu papel na educação.Vocês estão "bloqueando" o movimento,não estão com peso na consciência e mesmo envergonhados?

    ResponderExcluir
  93. João Paulo Ferreira de Assis14 de setembro de 2011 12:52

    Prezado amigo e companheiro de luta Professor Euler

    Gente, Ministério Público não tem função de declarar nada inconstitucional ou ilegal. É o Tribunal de Justiça que cabe fazer isso, quando provocado. Tenho minhas dúvidas a respeito do Procurador querer solicitar a ilegalidade da nossa greve. Se ele fizer isso, ele estará manifestando parcialidade e será passível de uma denúncia ao Conselho Nacional do Ministério Público.

    Outra coisa, pela resposta que o STF deu a uma consulta, se vê que a palavra definitiva será só depois de analisados todos os embargos declaratórios. Aí sim, a decisão vinculará, pois enquanto não se esgotarem as instâncias recursais nada pode ser feito. Creio que o Sindicato está esperando a palavra final do STF para ingressar com o reclamo constitucional. Estou de saída para Barbacena, onde irei consultar um advogado amigo. Trarei novidades.

    Saudações, e até a vitória!!!!

    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  94. Cadê o sindicato de Varginha que não nos visitou. Pessoal, é preciso maior envolvimento de todos. O governo quer nos derrubar e os deputados covardes estão apoiando.
    Campos Gerais- Sul de Minas

    ResponderExcluir
  95. BOMBA :
    A diretora estadual do Sind-UTE Marilda Abreu disse em audiência na ALMG que o Governo do Estado anunciou a exoneração de diretores e vice-diretores e a dispensa de designados que aderiram à greve .
    Neste estado o governo passa por cima de tudo . Será que não há alguém que possa enfrentá-lo e colocá-lo no seu devido lugar ?

    ResponderExcluir
  96. Eu assiste todo a fala da Amarilda inclusive ela fez uma denuncia séria que o governo mandou todos os diretores e vices que estam apoiando a greve ir embora , só acontece aqui que pena .Como o cara não sabe lidar com situações dificeis parte logo p/a ingnorancia,saca só quem foi que chamou a mídia p/ uma coletiva e não falou nada e nem deixou os jornalistas falarem tem peito p/ encarar professor?Coletiva é COLETIVA.

    ResponderExcluir
  97. Boa tarde aos bravos guerreiros do NDG.

    Esse governador é "DES"!!!

    DESorientado
    DESgovernado
    DESalmado
    DESnorteado
    DEScarado
    DESmiolado
    DESumano
    DESobediente
    Só falta uma coisa a ele: ser DESmascarado no Brasil e no mundo.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  98. O POVO PRECISA MOSTRAR A ESSES POLITICOS COMO GOVERNAR.ESSA MASSA PODRE QUE VIVE NO LUXO COMENDO CAVIAR NÃO SABE O SENTIDO DA ÉTICA.DEVERIA SER IGUAL NA SUECIA PARLAMENTARISTA LÁ NÃO TEM LUXO NÃO ELES É QUEM LAVAM A PROPRIA CUECA.

    ResponderExcluir
  99. VIVA OS PROFESSORES,SÓ DEUS SABE O QUE PASSAM EM SALA.ANASTÁSIA APRENDA A OUVIR .UM PRINCIPE PRECISA SER TEMIDO E AMADO E O POVO TAMBEM.

    ResponderExcluir
  100. É ISSO AI PROFESSORES ENSINEM AO GOVERNADOR A RESPEITAR AS LEIS ´SO ASSIM ELE APRENDERÁ QUE SE GOVERNA PARA UM POVO E NÃO PARA SI MESMO.

    ResponderExcluir
  101. Que falta nesta cidade?................Verdade Que mais por sua desonra?...........Honra Falta mais que se lhe ponha..........Vergonha. O demo a viver se exponha, Por mais que a fama a exalta, numa cidade, onde falta Verdade, Honra, Vergonha.
    GREGORIO DE MATOS DIZ TUDO RESUMIDO EM SEU POEMA.AOS POLITICOS COMO ESE AI FALTA VERDADE,HONRA E VERGONHA ESSES ADJETIVOS SAÕ COLONIAL PARECE ATÉ UM SENHOR COLONIAL DA EPOCA.

    ResponderExcluir
  102. Euler,

    Notícia boa para nós: Comissão de Educação cria grupo para acompanhar a implantação do piso dos professores e dos planos de cargos e salários nos estados, começando por Minas e Ceará. Eis o link da notícia: http://www.camara.gov.br/internet/radiocamara/?lnk=1328-COMISSAO-DE-EDUCACAO-CRIA-GRUPO-PARA-ACOMPANHAR-IMPLANTACAO-DO-PISO-SALARIAL-DOS-PROFESSORES-EM-TODO-O-PAIS-0145&selecao=MAT&materia=126684&programa=41

    ResponderExcluir
  103. Euler, está na hora dos cara pintadas, pedir aos alunos e professores, começar a pedir o imptiman do filho do faraó e o fechamento da Assembléia que todo ano vota um plano de carreira para os professores como se fosse qualquer matéria banal que estão acostumados a votar. Caras pintadas na rua JÁ AGORA

    Professor GIlberto

    ResponderExcluir
  104. Olá Euler e blogueiros!

    Calma pessoal!
    Não podemos ser ludibriados por quem quer que seja. Eu só acredito em PSPN quando algum prócer do PT/PSDB vir a público e dizer em alto e bom som que foi selado o acordo entre as esferas governamentais para pagamento do Piso ao professorado mineiro.

    A categoria tem que fazer o maior auê na chegada da presidenta Dilma aqui na capital. Vale bandeiras, cartazes, gritos de ordem e tudo que for possível. O NDG é a base do SINDUTE e daqui pra frente ninguém nos segura. Aqui a companheirada é Aroeira (madeira de lei).

    O primeiro revés do PSDB seerá em 2012 nas prefeituras de todo Estado. Essa corja subestimou o professorado e agora devem pagar nas urnas. O PT também que se cuide! Se repetirem a dobradinha com o PSB de Márcio Lacerda e CID GOMES/CE, vão, também, sofrer um revés em BH.

    Anastazista!
    A justiça é cega, mas a injustiça podemos ver!

    Vocês cairão um por um. Aguarde porque 2012 está próximo! Vão ter que pagar retroativo, biênios e tudo mais que nos confiscaram nas urnas. O Craquécio se queimou e vai viarar chacota nacional esse Choque de indiGESTÃO.

    "Prefiro morrer de pé que viver ajoelhado" - Emiliano Zapata.

    ResponderExcluir
  105. Rogerio correia nos defende ao vivo na tv assembleia!!!

    ResponderExcluir
  106. PROFESSORA ELIZABETH -AIMORÉS-MG14 de setembro de 2011 17:31

    ASSISTAM TODOS NA TV ASSEMBLEIA , DEPUTADOS FALANDO SOBRE O PROJETO DE LEI 2355 . ESTÁ ACONTECENDO AGORA 17:30 . ACOMPANHEM E VEJA QUAL DESSE DEPUTADOS MERECE NOSSO VOTO .

    ResponderExcluir
  107. Truque do governo: Se na tabela do plano de carreira de 2005 os professores com Ensino Médio ganham 369,00, no início de carreira, o governador Anastazia mandou mudar a tabela para 712,57 pois, com isso, estará de conforme com a LEI DO PISO Federal!!!
    Só que na tabela nova, não existe mudanças de valores nem para progressão na carreira nem para tempo de serviço, como todos os planos de carreira proporcionam!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  108. sou fã do Rogério Correia,ele fala o que agente sempre quer falar com os de cima....ótima notícia sobre a intervenção do MEC....se Deus quiser virá.....
    25% da receita para a educação;
    10% do PIB para a educação já.

    ResponderExcluir
  109. Vejam mais um capítulo:
    http://www.camara.gov.br/internet/radiocamara/?lnk=1708-TRABALHO-DO-GRUPO-QUE-VAI-AVALIAR-APLICACAO-DO-PISO-SALARIAL-DOS-PROFESSORES-COMECARA-NO-CE-E-MG-0206&selecao=MAT&materia=126695&programa=41

    Estamos quase lá e força no Piso!!!!!!

    ResponderExcluir
  110. QUE GOVERNO É ESTE? QUE ATÉ AGORA NÃO TOMOU UMA ATITUDE PARA RESOLVER ESTE IMPASSE.NÃO VAMOS DESISTIR QUEREMOS O PISO NACIONAL SÓ ISSO.
    A VITÓRIA É NOSSA EM NOME DE JESUS

    ResponderExcluir
  111. ótima notícia não houve apreciação do pedido de ilegalidade do "AESEU"..........obaaaaaaaaa
    a greve continua até nossa vitóriaaaaa

    ResponderExcluir
  112. Quando vejo estas fotos dos grandes lutadores da educação, como estas postadas hoje,eu sinto um respeito enorme e grande admiração por todos eles, incluindo, é claro, o incansável combativo Euler, salvação da categoria.Ao mesmo tempo sinto um desprezo profundo pelos insensíveis furadores de greve, totalmente apáticos ante os sacrifícios dos colegas. Que categoria mais desunida. Tenho certeza plena e absoluta que este e´o motivo da não vitória que já poderia ter acontecido há muito tempo.Este pessoal que está irresponsavelmente dentro da sala de aula é o grande esteio do governador para massacrar os educadores.Já fui professora durante 15 anos ,mas pulei fora a tempo. Mas tenho muito carinho e muito respeito por esta classe tão sofrida pela maldade do poder e dos fura-greve.Oro diariamente pelo sucesso desta luta e tenho certeza que vocês vão conseguir.Maria de Lourdes Azevedo (comerciante e tia de 3 alunos da escola pública)

    ResponderExcluir
  113. Fui dispendada estando em greve,alegaram que minha dispensa já era pra ter acontecido,só não aconteceu pelo fato do titular ainda nao ter terminado com a outra serie formanda e também devido as notas ,e lançamentos do diario.não entendo fui contratada por um ano.aceito explicaçoes.

    ResponderExcluir
  114. PARECE QUE O GOVERNADOR TA COM MEDO DE EXPLICAR OS GASTOS SE TIVER DE PAGAR O PISO.ANASTASIA CHAME O AÉCIO CUMPADI, DUAS CABEÇAS PENSAM MAIS QUE UMA.KKKK

    ResponderExcluir
  115. Caros colegas:

    Estou totalmente envergonhado com esses deputados da base do governo.Sempre achei que deputado fosse para defender os interesse da população,mas,,enganei profundamente a maioria são uns verdadeiros pau mandado do governo.Que pouca vergonha,uns verdadeiros judas se vendem em troca de alguns favores.Aqui em minas podemos desistir,vamos contar com a intervenção federal e nossa mobilização .A maioria aqui esta comprada pelo governo.Assistir o debate na assembléia é de fazer passar mal,tantos traidores ,tantos judas.Vamos guardar bem o nome desses traidores e com fé em Deus que eles não ganhem nunca mais em suas vidas nem para síndico.Eles podem ser deputados hoje,mas suas permanência somos nós que decidimos e nunca mais conseguirão vitorias políticas com fé em Deus.Hoje graças a Deus o povo não terá mais memórias curtas ,temos a internet podemos gravar tudo e sempre nos recordar.Abra os olhos ,traidores,,verdadeiros judas,será que conseguiram dormir em pás sabendo o grande mal que nos fazem.

    ResponderExcluir
  116. Euler,

    O governo autorizou a contratação de 12000 professores substitutos, pois está preocupado com a situação dos alunos...kkkkkkkkkkkkkkk...E coelhinho da Páscoa existe!!!

    ResponderExcluir
  117. O governador anastasia é um fraco, que quando pega o poder quer passar por cima de tudo e de todos.
    Nosso estado precisa de uma intervençao federal.Se ele já começou assim imagine daqui um ano?É vergonhoso ter um governador assim.Outra coisa ,essas pessoas dispensadas durante a greve precisam ser indenizadas por questoes morais e financeiras.Governador se eu fosse o senhor enfiaria o rabo entre as pernas e deixaria de ser besta só.

    ResponderExcluir
  118. SERIA MUITO MAIS BONITO E ÉTICO PARA O GOVERNADOR DIZER QUE FARIA O POSSIVEL E IMPOSSIVEL PARA PAGAR O PISO,COM CERTEZA SERIA MAIS RESPEITADO E NÃO PRECISARIA DE TANTO SOFRIMENTO,CONSTRANGIMENTOS E PREJUIZOS.GOVERNADOR SEJA SENSATO E VOLTE ATRÁS PEÇA DESCULPA E RESTITUA OS DISPENSADOS.PARE DE DEFECAR NA CADEIRA QUE O POVO MINEIRO LHE CONCEDEU.

    ResponderExcluir
  119. TEM UNS DIRETORES MEDROSOS,UNS SECRETÁRIOS E PROFESSORES MEDROSOS QUE SE CONTENTAM COM TUDO DE QUALQUER MANEIRA,CAPACHOS.

    ResponderExcluir