segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Governo apela para tudo para tentar destruir a greve dos educadores. Mas, o núcleo duro resiste!


Em Juiz de Fora, um grupo de bravos educadores passaram o dia acorrentados em protesto contra o governo de Minas, que não paga o piso. (Foto: http://juizdeforaagora.blogspot.com/2011/09/professores-da-rede-estadual-realizam.html)


Governo apela para tudo para tentar destruir a greve dos educadores. Mas, o núcleo duro resiste! Diretores do sind-UTE entram em greve de fome. Em Juiz de Fora, educadores passam o dia acorrentados


Foi um dia de chantagens e ações combinadas por parte dos aparelhos do governo para tentar destruir a nossa heroica greve, que completa, nesta terça-feira, 105 dias - a mais longa greve da história dos educadores mineiros.

Durante todo o dia de hoje, 19, o governo mandou que seus capitães do mato telefonassem para os professores com chantagens, dizendo que se eles não voltassem, que haveria contratação para os cargos dos mesmos. Os tais substitutos, que o governo está pegando a laço nas ruas, tenham eles qualquer formação ou nenhuma, de preferência.

Além disso, no site da SEE-MG, o governo requentou o anúncio do edital do concurso, com o qual não concordamos, sabendo que isso provocaria tensão entre aqueles que pleiteiam legitimamente uma vaga na rede do estado. Ainda neste infeliz site, o governo anuncia um hipotético calendário de reposição de aulas, incluindo todos os sábados e feriados do ano, até fevereiro de 2012. Tudo sem ouvir a categoria, que está em greve pelo pagamento do piso salarial nacional.

Para completar, o governo intensificou sua campanha de inverdades através da mídia, com aquela lorota de que já paga o piso, que o sindicato é intransigente, que a maioria dos professores está em sala de aula, com os agradecimentos do governo, e que a greve é ilegal e coisa e tal.

Como vivemos num estado da mentira, podemos esperar de tudo. Uma hora o governo diz que paga até mais do que o piso através do subsídio, e depois diz que se fosse pagar o piso real (não o golpe do subsídio), teria que disponibilizar pelo menos mais R$ 2 bilhões por ano. Outra hora, ele diz que a greve é insignificante, atinge menos de 2% das escolas, mas ao mesmo tempo faz uma campanha como se toda a rede estivesse em greve e que todos os alunos corressem risco de perderem o ano letivo.

E assim, de mentira em mentira, o governo vai tentando enganar a população, procurando jogar os pais de alunos e estudantes contra os professores, quando o grande responsável pela greve dos educadores é o próprio governo, que se recusa a cumprir uma lei federal (11.738/2008) e pagar o piso salarial nacional dos profissionais da Educação.

Mas, os educadores em greve não assistem a tudo passivamente. A greve continua forte, inclusive recebendo novas adesões. Além da guerrilha virtual que é travada o dia inteiro por um grupo de educadores em greve através da Internet, um outro valente grupo da cidade de Juiz de Fora se acorrentou no Calçadão central daquele município, desde às 9h de hoje.

E agora, no final da tarde, recebemos a notícia de que dois valentes diretores do sind-UTE -
Abdon Geraldo Guimarães e Marilda de Abreu Araújo - iniciaram greve de fome na porta do gabinete do 1º secretário da Mesa da ALMG, deputado Dilzon Melo, e lá continuarão até que o governo restabeleça as negociações para o pagamento do piso.

Nesta terça-feira, 20, está marcada uma negociação entre o líder do governo e o sindicato - negociação esta arrancada graças aos acorrentados na antiga Praça da Liberdade, atualmente conhecida como Praça da Repressão, onde centenas de educadores e seus apoiadores foram brutalmente agredidos pela tropa de choque do governo no dia da inauguração do relógio da contagem regressiva de 1000 dias para a Copa do Mundo.

Mas, estranhamente, o governo passou o dia de hoje pressionando os deputados para que eles acelerem a votação do projeto de lei que destrói a carreira dos educadores. Mas, este projeto não tira o governo da ilegalidade, já que Minas continua pagando o menor piso salarial do país: R$ 369,00 para o professor com ensino médio.

O que se verifica é que o governo de Minas dispõe de dinheiro para realizar obras faraônicas, como cidades administrativas, viadutos, linhas verdes, estádios de futebol, beneficiando as grandes empreiteiras que financiam as campanhas eleitorais do grupo do padrinho do atual governador. O governo tem dinheiro também para gastar à vontade em publicidade, que cala a boca desta mídia sem ética e sem compromisso com a liberdade de imprensa e de expressão. Tem o governo dinheiro ainda para contratar centenas de cabos eleitorais através de leis delegadas, além dos altos salários e verbas indenizatórias que compõem os polpudos salários da alta cúpula dos três poderes constituídos.

O governo só não tem mesmo dinheiro para pagar um mísero piso salarial para os educadores, porque a Educação pública e a valorização dos trabalhadores da Educação contrariam a política anti-povo deste governo, baseada em choques e confiscos salariais nas costas dos educadores e demais servidores de baixa renda.

Diante disso, é preciso mobilizar ainda mais toda a sociedade mineira dos de baixo, e começar a discutir o impeachment deste governo para quebrar a máquina que esmaga o povo e destrói os sonhos de muitas gerações. Sem carreira e sem salários, não se pode imaginar que haja Educação pública de qualidade. E com isso, muitas gerações serão vítimas, ficando sem perspectivas de uma formação crítica e também profissional, que possa proporcionar um horizonte melhor para todos.

Na assembleia de amanhã, às 13h, será muito importante que discutamos todas as possibilidades. Será importante também reforçar a nossa auto-organização, inclusive com o apoio e a unidade de outros movimentos sociais e entidades estudantis e sindicais, transformando a nossa luta numa causa para toda a sociedade mineira dos de baixo.

O governo de Minas e sua máquina - mídia, legislativo, judiciário, MP, PM, TCE - estão juntos para nos esmagar. Precisamos nos defender e resistir através de uma ampla mobilização popular. Para isso é necessário que nos organizemos pela base tendo o NDG como o centro dessas mobilizações. Um centro horizontal e não burocratizado.

Nós não vamos voltar para a escola sem o nosso piso. E mesmo quando isso acontecer - ou seja, quando o piso estiver garantido - devemos nos manter unidos e em contato, pois não demorará muito para que o governo e sua máquina tentem a todo custo nos destruir novamente. Não conseguirão, porque somos a maioria e estamos aprendendo a nos organizar de forma independente. E isso assusta ao governo e a todos que tentam nos controlar. Não conseguirão.

Por isso, colegas de combate, quem puder chegar mais cedo na ALMG para acompanhar as negociações com os deputados, que o faça. Quem não puder, não deixe de participar da assembleia geral da categoria, às 13h. Precisamos definir os próximos passos para garantir o cumprimento da lei pelo governo.

Vivemos dias difíceis. Sem salários, com a ameaça de perder a carreira, o emprego, o piso. Somos atacados por uma máquina oficial insensível e cínica, formada para destruir seres humanos. Mas, pode ser que tal diabólico redemoinho seja o prenúncio de novos tempos, que serão - estão sendo - construídos com a nossa luta, com as nossas próprias mãos, fazedores de história que somos.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

***

229 comentários:

  1. Oi, gente,
    Veja aí:
    http://zorratotal.globo.com/videos/v/por-telefone-professor-raymundo-fala-com-dilma-sobre-educacao-no-pais/1633443/#/programas/20110917/page/1

    Pelo menos, a Globo permitiu, não é?

    ResponderExcluir
  2. Indignação e revolta.

    Estes são nossos sentimentos.

    Estamos prontos para a guerra.

    Pedimos as bençãos de Deus.

    ResponderExcluir
  3. Lutaremos até a morte.

    ResponderExcluir
  4. Somos guerreiros fortes.

    Estamos com a carcaça dura de tantos sofrimentos.

    Estamos prontos para a guerra.

    Lutaremos até a morte.

    Coragem, coragem, coragem.

    ResponderExcluir
  5. De derrota em derrota alcançaremos a VITÓRIA FINAL.

    Não se deve humilhar tanto uma categoria inteira.

    Desistir jamais.

    ResponderExcluir
  6. Querido Euler,se amanhã não tiver propostas para nos pagar o piso vamos gritar pelo impeachment!Vamos fazer valer a vontade do povo sofrido!

    ResponderExcluir
  7. A liberdade e justiça será alcançada.

    Temos certeza disto.

    As injustiças são águas represadas que arrebentaram a represa espalharam as águas da liberdade.

    ResponderExcluir
  8. Vocês viram o Anastasia no Brasil Urgente, vi só o finalzinho, o que ele falou?

    ResponderExcluir
  9. Muita indignação e revolta.

    ResponderExcluir
  10. Isabel Assumpção - Manhuaçu19 de setembro de 2011 20:51

    Euler e demais combatentes,
    O texto está perfeito, expressa tudo o que temos vivido e concordo que nossa organização fará mudanças jamais vistas nas Gerais. Que maravilhoso depois de tanta pressão como hoje, ler este post e comentários de tão bravos guerreiros. Mais unidos que nunca e até a vitória!!!
    Abraço a todos,
    Isabel.

    ResponderExcluir
  11. Somos guerreiros fortes,

    lutamos por uma causa justa.

    Lutaremos até a morte.

    ResponderExcluir
  12. Nunca pensei presenciar tanta sacanagem na educação!Até parece obra demoníaca!Continuemos fortes na luta,ele está com medo do que pode vir contra ele.Impeachment nele!

    ResponderExcluir
  13. Aqui em Gov. Valadares conseguimos mais 8 novas adesões a nossa greve!
    Força e coragem educadores! Vamos resistir até conseguirmos o piso!
    O mineiro também não desiste nunca!

    ResponderExcluir
  14. Meu sentimento é de indignação.
    O bom da vida é que tudo passa e esse governador logo, logo irá passar e assim a nossa AZIA, também. QUANTA INDIGESTÃO!
    Vamos a luta, pessoal!
    União e força!

    ResponderExcluir
  15. Caro Euler,

    vamos conclamar em nosso socorro, urgente:

    FREI GILVANDER

    LEONARDO BOFF

    FREI BETO

    DOM TOMÁS BALDUINO

    SENADOR CRISTOVAM BUARQUE

    HAVEREMOS DE VENCER! DEUS À NOSSA FRENTE!

    ResponderExcluir
  16. De onde veio esse cara?De marte? Da lua?Do planeta rescem descoberto ou das profundezas do inferno expulso pelos demônio de lá?Vou andar com um crucifixo para me defender de suas maldades!

    ResponderExcluir
  17. NDG(núcleo duro da greve)me orgulho de vocês.Vão!O Senhor Deus vai enviar um exército de anjos para protegê-los.Façam a história!Lutem por nós,mineiros.Os rincões de Minas estão torcendo por vocês.Mesmo distante que estamos da capital,estamos acompanhando tudo.Nem bem eu saio a rua as pessoas me pedem notícias da greve,os seus artigos euler refletem em toda Minas Gerais.Agradeço a todos do NDG,não esmoreçam,minas precisa de vocês.

    ResponderExcluir
  18. O Governo federal finge que não sabe de nada.

    O Governo estadual canalha, covarde e injusto.

    Estamos sozinhos nesta batalha.

    As leis sob o domínio DELES.

    Os tribunais sob a conveniência DELES.

    Os meios de comunicação comprados pro ELES.

    Só nós e Deus,

    Faremos TUDO que for preciso.

    Deixaremos o legado da JUSTIÇA E DA LIBERDADE para nossos filhos.

    DEUS É MAIOR!

    OH! MEU DEUS, TENDE PIEDADE DE NÓS.

    ResponderExcluir
  19. Vamos nos preparar,pode vir coisas piores!Tudo de ruim que está fazendo contra nós, há de vir em dobro pra ele,se Deus quiser!Estou doente em ver tantas maldades com nossa classe!

    ResponderExcluir
  20. CARÍSSIMO EULER,

    vamos conclamar a partir deste momento para que amanhã bem cedo o maior número de companheiros(as) que puderem ,se dirijam para a ALMG em apoio incondicional e irrestrito aos nossos valentes companheiros ABDON E MARILDA que iniciaram esta GREVE DE FOME hoje às 16:30 por tempo indeterminado, até que este infeliz desgoverno atenda á nossa justa reivindicação CUMPRA A LEI DO PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL.

    VAMOS JUNTAR NOSSAS FORÇAS A ESTES NOSSOS BRAVÍSSIMOS COMPANHEIROS!

    COM DEUS À NOSSA FRENTE VENCEREMOS

    ResponderExcluir
  21. Pedimos as bençãos de Deus.

    Estamos preparados para a guerra.

    Lutaremos até a morte.

    OH! MEU DEUS, TENDE PIEDADE DE NÓS.

    JUSTIÇA E LIBERDADE.

    ResponderExcluir
  22. Caro Euler,
    vamos apelar a todas as forças de mentes progressistas deste estado e deste país que venham em nosso socorro neste momento histórico de árdua batalha que estamos travando com este insano desgoverno e sua corja.

    Conclamamos a lideranças progressistas, movimentos sociais, de intelectuais, pais de alunos esclarecidos, fazedores de blogs esclarecidos e progressistas e quem mais possa nos auxiliar para derrotarmos estas forças do atraso e da iniquidade.

    TODOS PELA SALVAÇÃO DA EDUCAÇÃO E DOS(AS) VALENTES EDUCADORES(AS) DESTAS GLORIOSAS MINAS GERAIS!

    ResponderExcluir
  23. Coragem, coragem, coragem,

    Vamos lutar até a morte.

    ResponderExcluir
  24. Parabéns Euler , sempre sensato seu comentário , ele representa sim tudo que estamos sentindo nesse nosso grande sertão veredas .Dilvanio unaí

    ResponderExcluir
  25. vamos pedir imediato pelo menos o vb dos 153000 que voltaram na carreira antiga,depois conseguimos o restante.

    ResponderExcluir
  26. AINDA HÁ TEMPO...

    Colegas que estão nas salas de aula, ainda há tempo de vocês se unirem a nós e resgatarem a dignidade profissional!!!
    Vêm pra luta!!!
    Abraço cheiroso da CHARLOTTE SAMPAIO

    SEM PISO NINGUÉM VOLTA E A GREVE CONTINUA FIRME E FORTE !!!

    ResponderExcluir
  27. Ricardo e Carol / Governador Valadares19 de setembro de 2011 21:15

    Atenção para a chamada, queridos educadores. Nº1 - Eulerrrr.... presente na GREVE, nº2 - Ricardo - Presente na GREVE ... nº159...Gleiferson - É GREVE...É GREVE... nº 12.005 - Carol - Ah des(governador) - não entendeu ainda?- PRESEEEENNNTEEEE NA GREEEEEEEVEEEE..... nº28.987 - Waender.... só respondo depois do PISO SALARIAL...rsrs
    Abraçosssssssss...... e firmes na GREVE.
    DEUS nos abençoe nos capacite.

    ResponderExcluir
  28. EULER, caro blogueiro, muito amado e admirado por todos abençoados rincões destas nossas Minas.
    Peço licença neste seu maravilhoso espaço (de LUZ) para conclamar a todos(as) bravos(as) guerreiros(as) do valente NDG e demais que reúnam todas as forças, enchem os pulmões , respirem fundo, confiem na Justiça Maior que tarda mas não falha, que empunhem as bandeiras de combate, que gritem para o Brasil e para o mundo o que está acontecendo aqui neste território de MG.
    Esta agonia, esta dura travessia, estas provações que estamos passando haverão de ter fim muito em breve, com a Justiça Maior se fazendo.
    SETEMBRO É UM MÊS SIMBÓLICO!
    É A PRIMAVERA!
    SERÁ A NOVA PRIMAVERA DOS POVOS (EDUCADORES E TODA COMUNIDADE DE BEM)
    COM DEUS À NOSSA FRENTE VENCEREMOS!

    ResponderExcluir
  29. Será que conseguimos reunir os estudantes das universidades que cursam áreas referentes as licenciaturas?

    Podemos tentar através dos DAs

    ResponderExcluir
  30. A hora é essa!

    Cada professor deveria enviar um correio para o colega que não paralisou e tentar convencê-lo de parar. Conversar com os amigos, familiares, vizinhos, etc. Estamos em uma guerra e o inimigo está mais equipado e joga muito, muito pesado.

    Se essa guerra for perdida, então tudo já era. Não ganharão outras batalhas no futuro. Todos perderão: os que pararam e os que continuaram vestindo a camisa do governo.

    A hora é essa!

    ResponderExcluir
  31. OH! MEU DEUS, TENDE PIEDADE DE NÓS.

    ResponderExcluir
  32. Estimado EULER,

    vamos conclamar a todos que divulguem o máximo que puderem através das redes sociais denunciando que dois VALENTES COMPANHEIROS NOSSOS, ABDON E MARILDA tiveram que iniciar o corajoso ato da GREVE DE FOME em defesa de nossa luta pelo cumprimento deste infeliz desgoverno da LEI DO PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL.

    VAMOS DENUNCIAR ISTO IMEDIATAMENTE PARA O BRASIL E PARA O MUNDO.

    VAMOS PEDIR SOCORRO A TODAS AS FRENTES PROGRESSISTAS DESTE PAÍS!

    ResponderExcluir
  33. Hoje, recebi um telefonema da Direção da Escola, me dizendo que a S.R.E. de Pará de Minas, mandou lançar falta comum caso não voltasse: Minha resposta não poderia ser outra: Só volto quando o governo pagar o piso. Perguntei ao Diretor se a oirentação foi feita por escrito e assinada e o mesmo disse que não. "Foi apenas um telefonema da S.R.E."
    Deve ser para depois a Gazzolina dizer que só estava fazendo um pedido.
    Eu e minha esposa chegamos então a seguinte conclusão: Para perdermos o cargo é preciso antes de mais nada 30 dias consecutivos de falta, ou seja, caso a situação se confirme, ficaremos faltosos por 28 dias e retornaremos no 29º dia. No dia seguinte (30º) voltamos a ficar faltosos. Ou então faremos pior: Como todos sabem, as S.R.E's, não estão liberando contrtação paa períodos inferiores a 15 dias, portanto a cada 14 dias trabalharemos um.
    Desta forma, não caberá inclusive reposição, pois se as faltas são comuns não justifica a reposição.
    Se por um acaso contratarem, terão um enorme trabalho, pois vai ser um tal de dispensa e contrata que vai deixar todos os diretores loucos.
    No último caso, daremos uma aula por semana, no meio da semana, pois é necessário que o edital seja lançado com 24 horas de antecedência, o que impedirá a contratação de substitutos, pois quando forem assumir, voltamos e damos uma aula. Depois voltamos a ficar faltosos.
    Sugiro que, caso seja necessário fazer isto, na hora em que estivermos na sala de aula, o único assunto seja a greve e a politização dos alunos em nosso favor.
    O governo subestima não só nossa capacidade de luta, mas também nossa criatividade.
    E assim seguiremos com o nosso ideal: Sem o piso não volto para a escola.

    ResponderExcluir
  34. PARABÉNS NDG de Divino!!!

    Nós estamos dando show de organização, obstinação, união, diálogo, persistência, enfim, fazemos parte da Nata dos Verdadeiros Educadores de Minas Gerais.
    Tenho MUITO ORGULHO de conviver com todas as pessoas que compõem o NDG de Divino, e o privilégio de fazer parte dele.

    Nascimento Duro Greveiro.

    ResponderExcluir
  35. Boa noite Euler e colegas de luta.

    Quero dar os parabéns para a turma de professores do Sinval- GV, estão dando lição de cidadania e luta, visitando escolas , conversando com os colegas e acreditando firmemente em nosso movimento.
    Gzly, Pedro Paulo, Lia, Ana Regina, Ana Maria, Hélio, Sérgio, Elisângela,Amanda, Meirinha,Sandra e todos os demais merecem aplausos, pelo ânimo, disposição e exemplo de garra e luta.
    Abraço também para os companheiros que estarão saindo daqui a pouco para BH, viajar noite toda para as atividades de amanhã. Muita força para todos vocês...

    Juntos somos fortes!!! Firmes na luta professores!

    Josélia- GV

    ResponderExcluir
  36. Ouvimos os tambores da liberdade e justiça, ecoarem...

    tum, tum, tum, LIBERDADE E JUSTIÇA, tum, tum...

    Estamos preparados para a guerra.

    Pedimos as bençãos de Deus.

    OH! MEU DEUS, TENDE PIEDADE DE NÓS.

    ResponderExcluir
  37. E esse Fórum!!! Vai passar de liso???
    Não terá alguma manifestação bem articulada???


    Palestras e debates marcam o 'IV Fórum Mineiro da Educação' que começa hoje
    Seg, 19 de Setembro de 2011 09:26

    https://www.educacao.mg.gov.br/imprensa/noticias/2342-comeca-hoje-o-iv-forum-mineiro-da-educacao

    ResponderExcluir
  38. Boa nite, Euler!

    Quem sabe o CQC da Band interessa em cobrir esse momento de ditadura que estamos vivendo, pois eles gostam de escandalos politicos, de repente abraçam nossa causa e a divulgam em nivel nacional e precionem os deputados e senadores.

    ResponderExcluir
  39. A carreira antiga só é melhor que o subsídio se for aplicado nela o Piso. Então não tem sentido, o servidor voltar para carreira e não lutar(greve)para obrigar o governo a cumprir a Lei do Piso. Este comportamento, para mim, é de gente que não sabe o que quer, ingênua, e para ser mais rigoroso, burra(desculpe), mas é a verdade, e ela tem que ser dita.
    Voces que estão em greve são os verdadeiros educadores que o Brasil precisa.
    Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  40. “Os homens fazem a história quando se movimentam no horizonte da esperança.” Ezequiel Theodoro

    Que amanhã seja o tão esperado dia...

    ResponderExcluir
  41. O pior é que a realidade educacional é está....

    http://zorratotal.globo.com/videos/v/por-telefone-professor-raymundo-fala-com-dilma-sobre-educacao-no-pais/1633443/#/programas/20110917/page/1

    ResponderExcluir
  42. Boa Noite, Euler e companheiros/as!

    Nós devemos preparar bem o nosso espírito para o bom combate amanhã (3ª feira ~> 20/09).
    Está muito claro que não vamos recuar diante de nada. Esse (DES)governo e seus capangas não têm noção da força que nos move em direção à conquista do nosso piso salarial e da manutenção do nosso plano de carreira.
    Então, vamos à luta!!!

    Maria de Lourdes

    ResponderExcluir
  43. Amanhã teremos uma panorâmica de tudo o que está ocorrendo no estado.
    O governo é forte, mas ele vai descobrir no final da novela quem somos nós.
    Suas ações para não ceder de maneira nenhuma será um fiasco, por mais que nos assuste no primeiro momento. Ele está desesperado, e brevemente só terá uma saída: NEGOCIAR para não cair no desgaste político total.
    É só resistir que veremos que um governo desonesto só poderá ter um fim: humilhação e tentativas para não chegar ao fundo do poço.
    Se não parar com seus atos poderá haver um movimento de pedido de que Minas volte ao ESTADO DE LEGALIDADE, ele sabe disso tudo e ao jogar tão sujo com a categoria é porque sabe que é preciso asfixiar rápido nosso movimento para não virar tudo contra ele e sua cambada.
    Amanhã a Assembléia vai ferver...
    Revolta, indignação e confio que batalha como a nossa, poucas vezes se viu na História.

    ResponderExcluir
  44. Euler e bravos combatentes do NDG,
    Boa noite!

    Sim, companheiros, estamos mesmo vivendo dias muito difíceis, lutando contra inimigos visíveis:ANASTAZIA, GAZZOLA, VILHENA, MP, ETC....Mas nada disso deve nos tornar menos crentes no nosso propósito de garantir o que nos é de direito: Nosso PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL, garantido por lei, mas que nosso governador ( é nosso? ) se nega a pagá-lo. E nós e nosso sindicato é que somos intransigentes!? Intrigante é pensar que o governo pode descumprir uma lei federal e para ele não há nenhuma punição. Será que daqui pra frente também poderemos deixar de pagar impostos como IPTU e IPVA sem que nada nos aconteça? Deveríamos experimentar deixar de pagar tais impostos e, quando questionados, dizermos que nos espelhamos no nosso governante maior! Se ele pode, a lógica seria podermos também! Amanhã , dia de nossa assembleia, promete ser um dia cheio de surpresas, um dia muito tenso, mas que, com sabedoria, havemos de saber lidar com todas as armadilhas desse governo, com as quais nos depararmos. Será a hora de nos unirmos ainda mais, de somarmos aquilo que cada um de nós tiver de melhor. O segredo está aí: na UNIÃO. NÓS NOS TORNAMOS FORTES QUANDO DAMOS AS MÃOS. Permaneçamos assim! Unidos! Nossa vitória virá! Acreditem nisso! Ela virá!

    Força na luta! Até nossa vitória!

    ALFREDO ANTONIO HERINGER
    GOVERNADOR VALADARES

    ResponderExcluir
  45. Estamos com a carcaça DURA E DOLORIDA de tantos sofrimentos.

    Aquilo que não nos mata, nos fortalece.

    Estamos preparados para a guerra.

    Lutaremos até a morte.

    Pedimos as bençãos de Deus.

    OH! MEU DEUS, TENDE PIEDADE DE NÓS.

    ResponderExcluir
  46. Alguma notícia se os recursos feitos pelo Sind UTE foram no TJMG ou STF?

    ResponderExcluir
  47. Muita indignação e muita revolta, infelizmente este é o meu sentimento.

    ResponderExcluir
  48. Boa noite amigos. Na rodovia, quando fui encontrar minha namorada que também é professora em greve fiquei atras de uma caminhão que tinha uma frase escrita: "Prefiro as lágrimas da derrota a vergonha de não ter lutado".

    O prejuízo político será muito grande para o governo caso ele não negocie.

    abraços.

    ResponderExcluir
  49. Anônimo das 21h38min,
    A ideia de convidar o CQC para cobrir nosso movimento é interessante, mas creio que serão censurados pelos patrões...
    Leia:

    Diretor geral da Band Minas recebe medalha JK

    O diretor geral da Band Minas José Saad Duailibi foi um dos agraciados com a medalha Presidente Juscelino Kubitschek entregue nesta segunda feira (12), em Diamantina. A medalha é entregue anualmente na data do aniversário do ex-presidente para personalidades e instituições do cenário político, econômico social e cultural do estado.

    Redação Jornalismo Band Minas

    ResponderExcluir
  50. Postei esse comentário no Blog da Beatriz e reproduzo aqui Euler.
    Acho abusivo essa história de pagar greve em sábados e férias. Proponho ao sindicato que no acordo de fim de greve exija-se que se repeite sábados e janeiro, pois não somos escravos, se o ano letivo vai para 2012, que se estenda os meses que forem preciso para que façamos a reposição de forma integral para os alunos, sem esta de aula em sábado e feriado, que acaba virando enrolação.
    Os professores federais não repoem greve em sábado nem janeiro, se o calendário 2011 vai se estender 2012 afora a culpa não é nossa, é do governador.
    Que a direção sindical pense sobre esse assunto.
    Josélia- GV

    ResponderExcluir
  51. Poderemos perder nossos empregos, mas ganharemos em dignidade.

    Aos meus alunos e seus pais,

    Esta greve não pertence mais ao professores, por isto não podemos pará-la. Esta greve pertence a história e por ela será julgada. Será vista como um momento da história de Minas, em que seus professores preferiram o sacrífio do desemprego para garantir o direito de todos à verdadeira educação, ao exercício da compaixão e à luminosidade da justiça.
    Esta é uma daquelas decisões que fazem a vida valer a pena. Poderemos perder nossos empregos, mas ganharemos em dignidade. Afinal é isto que tentamos ensinar aos nossos alunos. Vocês se recordam de uma de nossas últimas aulas que refletimos sobre a música do s Titãs (Comida)?
    Fizemos um exercício em classe analisando as nossas muitas fomes: de comida, de bebida, mas também fome de amor, fome de felicidade, fome de compartilhamento. Agora, caros alunos, compartilho com vocês nossa fome de justiça, mesmo sabendo que poderemos pagar com nossos empregos, a busca da saciedade deste valor tão caro para todos nós. Aprendemos isto em nossas aulas de Ética e Filosofia Política.

    A todos um afetuoso abraço.

    Frederico Drummond - professor de filosofia
    Sete Lagoas

    ResponderExcluir
  52. Olha o que descobri:

    Nosso

    Deus é

    Grande!Isso mesmo N D G

    Deus é maravilhosoooooooooooo!Sua misericórdia é eterna, por isso venceremos.
    Amanhã todos ao se levantar, ajoelhem-se.
    Peçam a Deus misericórdia para os professores de Minas Gerais, para o Anastasia, para os nossos políticos, para as secretárias do governo, para os promotores, juizes e desembargadores. A mão de Deus está nos abençoando,vamos orar gente!

    ResponderExcluir
  53. NDG de Plantão

    LUTO, LOGO EXISTO !

    Ola´Ricardo e CArol vlw (GOV Valadares)
    PRESENTE NA GREVE
    até esse governador fora da lei
    pagar o PISO que nos deve.
    GREVE GREVE GREVE . . .


    Ontem a 1ª tenente Claudia (SubComandante Euler,peço autorização para incorporar a combatente Claudia L. no ato da Praça da não-Liberdade foi banhada com spray de pimenta) solicitou que criasse um vídeo, o time time era pouco, esse vídeo seria para o ato de ontem no
    Elias Issa. Tem imagens e vídeos desde o início
    da nossa greve, depois irei montar outro com imagens de outras localidades dos rincões de minas.

    CORAGEM CORAGEM CORAGEM
    A NOSSA CANÇÃO É A NOSSA VOZ
    Tenha FÉ em DEUS tenha FÉ na VIDA .

    Greve dos 100 dias - NDG de plantão
    http://www.youtube.com/watch?v=ZJET7_AQ2Xc&feature=related
    Importante para elevar a alma e o fortalecer o coração:

    Assista várias vezes para recarregar
    o nosso caráter, nossa dignidade, nossa vida,
    nossa história, nosso energia, nossa ...
    abraços e juntos na LUTA

    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  54. GENTE,NAO ESMORECAM.NÓS SOMOS HERÓIS E DEUS ESTÁ DO NOSSO LADO.LUTEMOS FIRMES!

    ResponderExcluir
  55. Caro Euler, ,Beatriz, guerreiros e guerreiras das Minas Gerais. Estou indignada, revoltada com tanta injustiça. O depultado Bosco é de Araxá que vergonha è inimigo da educação. Vamos fortalecer nossas forças até a vitória. Força e fé até amanhã. Não posso me esquecer da Cris grande companheira. Que Deus nos abençõe!

    ResponderExcluir
  56. DETERMINAÇÃO!

    "Até que esteja determinado, vai existir hesitação, vai existir a chance de voltar atrás, vai existir a ineficácia. Com respeito a todas as ações de iniciativa (e criação) existe uma verdade elementar, e ignorá-la mata incontáveis idéias e planos esplêndidos: no momento que uma pessoa se compromete definitivamente, então a Providência também se move. Todo tipo de coisas ocorrem para ajudar; coisas que jamais ocorreriam se não houvesse a determinação. Toda uma corrente de situações resultam da decisão, surgindo a favor da pessoa uma série de acontecimentos, de encontros e de material para assisti-lo, que nenhum homem seria capaz de imaginar. Aprendi a ter um profundo respeito por um dos versos de Goethe: Tudo que puder fazer, ou sonhar que pode fazer, faça. A ousadia tem gênio, poder e mágica inerentes." W.H. Murray da Expedição Escosesa ao Himalaia.

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA, DETERMINAÇÃO E COMPROMETIMENTO.

    OH! MEU DEUS, TENDE PIEDADE DE NÓS.

    ResponderExcluir
  57. Olá, combativa Josélia,

    Concordo com você. Quando tivermos que voltar para a escola, com o piso garantido, o calendário da reposição deve ser feito pelos educadores e poupando-nos, e aos alunos também, de aulas aos sábados e domingos e feriados. Talvez assim, da próxima vez o governo procure negociar rapidamente, ao invés de ficar nessa enrolação, em total desrespeito aos educadores, alunos e pais de alunos.

    Um forte abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  58. ►Euler e companheiros da greve, vejam só: o Diretor da BAND em Minas Gerais recebeu a Medalha JK e curiosamente na estreia do Brasil Urgente de Minas, estava lá o Senhor Marcos Maracanã com a presença de um Governador desesperado em repetir as mesmas asneiras de sempre. Esse cidadão deixou que o governador falasse todas as bobagens sem que em nenhum momento o questionasse sobre a lei do piso ou coisa equivalente. Também não ouviu a fala do sindicato, corroborando apenas na ampliação da desigualdade de forças. Mas como Davi derrotou Golias isso renovará nossas forças.
    Diante de tal absurdo (mais um) da nossa mídia vendida estou enviando esse texto para vários endereços e o compartilho com os companheiros que quiserem enviá-lo para a band Minas como protesto:
    -Parabéns, Sr. Marcos Maracanã! ( Maracanã é algo tão ultrapassado que está em reforma!) Sua estréia demonstrou que jornalismo teremos: a bajulação patética e o jornalismo vendido. Talvez seja para compensar a medalha que o governador concedeu a sua emissora. O episódio serviu para fundamentar duas certezas: a de um governador perdido e atordoado com as bobagens que fez que se presta ao papel ridículo de ir a um programa de quinta categoria para dizer inverdades, as quais o senhor sequer questionou, embora entendo que esteja além de sua capacidade profissional. Teremos também a certeza que seu programa não terá mais nada a oferecer além da adulação do poder e jamais estará a serviço da verdade. Pobre Rede Bandeirantes! Com programas como o seu restará apenas uma antena no seu telhado. Lembre-se que o senhor necessita de audiência do mesmo povo que tenta ludibriar. Assim, daqui a algum tempo o senhor será apenas mais um que terá passado pela emissora.
    Quem sabe alguém que ler esse comentário lhe abra os olhos e o senhor faça um jornalismo de verdade. Ouvir as duas partes é regra do bom jornalismo. Ouvir apenas a versão do Estado contribuindo com a pressão desigual que é feita contra uma categoria que luta por seus direitos revela mais uma vez sua falta de profissionalismo. Por que não perguntou ao governador a razão pela qual ele não cumpre a lei federal 11738/08???

    ResponderExcluir
  59. Boa noite guerreiros.

    Nossa luta nem é mais (OU APENAS) pelo PISO, mas
    pelo resgate de nossa dignidade;
    pelo fim da humilhação;
    pelo fim da ditadura;
    pelo desmonte dessa máquina de moer gente;
    pelo mínimo de igualdade social;
    E será
    pelo IMPECHMENT desse desgovernador;

    NOSSA LUTA É TODOS. TODOS. TODOS.

    Firmes, nossa vitória está próxima, às portas.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  60. ATENÇÃO, PROFESSORES:

    DE UMA FORMA OU DE OUTRA ESSE TAL GOVERNADOR
    VAI PAGAR MUITO CARO POR TODA A
    HUMILHAÇÃO A QUE ELE NOS SUBMETEU.
    VAI PAGAR MUITO CARO.
    VAI PAGAR MUITO CARO.
    VAI PAGAR MUITO CARO.

    "A COISA VAI FICAR TENEBROSA".

    AMANHÃ É A ÚLTIMA CHANCE PARA O GOVERNO SE REDIMIR

    ResponderExcluir
  61. SERÁ QUE TEREMOS QUE FAZER UMA OUTRA GREVE
    NO INÍCIO DE 2012?????????????????????????

    ResponderExcluir
  62. Hoje aqui em Mte Carmelo foi engraçado.Alguns alunos foram as escolas ,mas não tinha professores,só alguns substitutos.AS supervisoras teve que ficar com alunos em sala.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  63. Meu irmão estuda em Escola Estadual, o Central de BH.
    Sou de opinião que o Governo acabou com a educação em Minas Gerais.
    Como os professores são marginalizados!
    Tenho 23 anos.
    Estou muito decepcionado e não acredito em mais nada no mundo da política.
    Fúlvio

    ResponderExcluir
  64. IMPEACHMENT DO GOVERNADOR MINEIRO!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  65. AÉCIO E ANASTASIA ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  66. euler
    Recebi esse visitante no meu ORKUT veja
    http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=pv&uid=6642180111905062408

    muito estranho, enviei para seu e-mail.

    ResponderExcluir
  67. CHARLOTTE DE PIJAMA

    ... antes de dormir um sono bem gostoso para acordar amanhã cedo para a nossa assembléia quero antecipar aqui o meu grito:
    GREEEEEEEEEEEVVVVVVVVVVVVEEEEEEEEEE!!!

    sem PISO não PISO na escola!!!
    boa noite e um ótimo e revigorante sono pra nós que estamos na LUTA por todos!!!

    ResponderExcluir
  68. O Governo federal finge que não sabe de nada.

    O Governo estadual canalha, covarde e injusto.

    Estamos sozinhos nesta batalha.

    As leis sob o domínio DELES.

    Os tribunais sob a conveniência DELES.

    Os meios de comunicação comprados pro ELES.

    Só nós e Deus,

    Faremos TUDO que for preciso.

    Deixaremos o legado da JUSTIÇA E DA LIBERDADE para nossos filhos.

    DEUS É MAIOR!

    OH! MEU DEUS, TENDE PIEDADE DE NÓS.

    ResponderExcluir
  69. que tal irmos para a porta do rok em rio com faixas, camisetas da greve, com poster do azia e aecim, la estara a imprensa do mundo todo, e o senadorzinho deve aparecer lá.

    ResponderExcluir
  70. Colegas, lendo os comentários recém-postados acima, fiquei a pensar: - A Presidente Dilma bem que poderia ter EVIDENCIADO o seu APOIO em relação a nós professores. No entanto, ficou calada. Apenas recebeu a Beatriz. Não custaria NADA à PRESIDENTe divulgar o seu APOIO pela mídia afora.
    ... ESSE POVO QUANDO CHEGA AO PODER ... Sei não.
    Na oposição brigou até com BANQUEIROS (e todos sabem como!). Até o Senador Cristóvão Buarque já se pronunciou, já deu as caras para a MÍDIA, abraçando a nossa causa, humilde e justa. E Dilma? Recebeu a Beatriz. Oxalá a PRESIDENTe cumpra o que ela disse em palanque e recentemente no Fantástico da REDE LOBO: " - Vou investir numa EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE!
    Tomara que ela não fique no famoso
    EDUCACÃO (sem a cedilha) de MINAS GERAIS.
    Amanhã: FORÇA NA LUTA, EDUCADORES!

    ResponderExcluir
  71. Conclamamos o povo mineiro para se juntar a nós nesse dia decisivo de negociação. Quanto mais pessoas se posicionarem ao nosso lado, maior será a chance de alcançarmos nosso objetivo: o piso implantado no plano de carreira. Então mineiros, venham engrossar nossas fileiras. Todos que puderem, dirijam-se à praça da ALMG. Estaremos lá, desde o início da manhã, aguadando o apoio de pais e de alunos e do bravo povo mineiro.

    aguardando o apoio

    ResponderExcluir
  72. Parabéns professor, Frederico Drummond!
    Sábias palavras.Quem são teus alunos?
    Gostaria de dirigir-me a eles neste momento e dizer:
    Vocês tem um verdadeiro mestre.Agarrem-se a ele e com certeza serão alunos melhores, pessoas melhores.O fato de existir professores como você, faz-me acreditar que vale a pena orgulhar-me de ser professor.Até a vitória!

    ResponderExcluir
  73. ACHO QUE É ANIMADOR...
    Em visita ao Site do STF, verifiquei no DJE 180, página 32 (284), uma suspensão de liminar negada ao governo de Santa Catarina, a respeito do Direito de Grve dos Educadores daquele Estado.
    Como não entendi bem, peço aos mais entendidos do assunto que nos esclareçam.
    Pelo que entendi, o Governo de Santa Catarina, se ferrou, mas não tenho certeza.
    Se mina interpretação estiver certa, com certeza o STF também dará ganho de causa ao Sindute/MG.
    Euller, se puder nos esclareça por favor.

    ResponderExcluir
  74. Deputado Inácio Franco

    Pará de Minas de olhos bem abertos . O senhor terá a chance de se redimir .
    Como prefeito , o senhor teve nota 8 e como deputado a nota é 1.

    ResponderExcluir
  75. Caros colegas, entrei no portal R7 da Record e coloquei este bilhetinho no “fale com a Record”. Achei legal a sugestão de alguém do blog para contatar o CQC. Vamos cobrar, sensibilizar, quem sabe, convencer?

    “Amigos da Record, sou professora mineira em greve há 104 dias.
    Sempre acreditei na imprensa e no seu papel político/contestador em prol da verdade e da justiça. Na imprensa que deflagra situações de exploração e que não sucumbe aos poderes políticos contra os de baixo.
    Infelizmente, nosso movimento tem gerado muita dor às famílias mineiras cujos filhos estão por perder o ano letivo (incluindo nossos filhos também ). Os professores de Minas estão sem salários, vivendo de ajudas mútuas, de cestas básicas ganhadas aqui e ali.... e isso ninguém sabe, ninguém viu?
    O que está acontecendo com a imprensa que deveria ser nossa aliada?
    Não temos liberdade de imprensa?
    Vocês sabem o que está acontecendo conosco?
    Nossos valentes guerreiros têm resistido à toda sorte de humilhações.
    Pela ética jornalística, senão por Deus, procurem a verdade, precisamos de ajuda!
    Obrigada, Tânia”

    ResponderExcluir
  76. Quanta humilhação!
    Quanta má vontade do Governo!
    Já repararam que os professores fazem greve todo ano?
    Como disse o Senador Cristóvão Buarque: " - Ninguém se incomoda com a educação".
    ONDE ESTÁ O LULA COM AQUELA SUA FAMOSA MANEIRA DE ESBRAVEJAR?
    Esteve em BH, falou que os professores merecem um salário justo (... etc e tal) e ficou por aí mesmo.
    MUITA DECEPÇÃO DE MINHA PARTE!

    ResponderExcluir
  77. Como?

    100 dias se passaram, uma greve interminável e eternizada por um silêncio assustador da sociedade e do governo. Em pleno 2011, onde é nítida a erosão das licenciaturas e a não-opção dessa carreira no imaginário dos jovens, encontramos mais forças negativas e destruidoras do pouco que sobrou.

    Nesses mais de três meses eu ouvi muitos questionamentos de “por quê?”, de “quem?”, de “quais?”, mas muito pouco, “como?”.

    Não dá para olhar um movimento destes buscando suas partes, é preciso ver as conexões e as consequências desastrosas das medidas totalitárias e ultra neoliberais desse governo que se diz representante do povo.

    Eu só queria que a sociedade mineira pensasse um pouco no “como?”:

    Como esse professor voltará para a sala de aula após esse tratamento humilhante?

    Como esse professor pode canalizar o seu desejo criativo para uma educação de qualidade?

    Como esse professor introduz em sua subjetividade docente a omissão, a falta de ética, a falsa democracia do consenso e transforma isso em educação emancipatória?

    Como esse professor se sente ao ser tratado de forma infantil pelas propagandas do governo vexatórias e autoritárias?

    Como acreditar que vale a pena ser um professor-pesquisador, que investe na sua formação para contribuir para com a de tantos outros?

    Como a sociedade, os alunos e tantas “Faculdades de Educação” se calam diante disso, e continuam levando suas vidas e suas pesquisas descoladas da realidade adiante?

    Como confiar numa democracia, cuja legislação pode ser adaptada ao bel prazer de seus governantes?

    Como ser professor em MG e no Brasil?

    São tantos “como?”, que sinalizam respostas desprezadas por esse governo que me sinto hoje envergonhado e triste. Mais um capítulo da história desse país-colônia é escrito, um país-colônia interno, muito mais perverso, muito mais cercado por relações de poder opressoras, escondidas nos discursos, nos silenciamentos, na acomodação.

    Hoje, só posso dizer que um “como?” me acordou e com ele ficarei: “como me calar diante disso?”

    ResponderExcluir
  78. O MP e o judiciário em geral estão se fazendo de cegos, surdos e mudos em relação ao piso dos professores de MG; mas quando é para a causa própria, vejam abaixo:

    O vice-presidente da República, Michel Temer, conversou nesta segunda-feira à tarde com representantes do Judiciário e do Ministério Público (MP) sobre reajuste salarial. Foi a primeira vez que o Planalto recebeu entidades de classe para tratar do assunto, depois que o governo cortou as propostas de aumento previstas para o Orçamento de 2012.

    O encontro com Temer ocorreu dois dias antes de uma manifestação que está sendo preparada por juízes e membros do MP em Brasília. A expectativa é que o evento reúna 1,3 mil profissionais para protestar não só pela reposição integral das perdas inflacionárias, mas também por mais segurança no trabalho. Há hipótese de greve caso as demandas não sejam atendidas.

    E o salário dos professores, ô ...

    Amanhã todos na Assembleia... a greve continua até a aplicação do piso na carreira.

    abraços, Carlos José - Nova Lima

    ResponderExcluir
  79. NDG de Plantão

    vamos convidar o nosso grande Senador Cristovam Buarque para nossa ASSEMBLEIA de amanhã dia 20 set de 2011 Praça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais às 13:00 horas.

    TWITASSO agora

    abraços UNIDOS VENCEREMOS !!!

    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  80. Maior aula de cidadania não poderia ser dada sem estar inserido nesta greve de mais de 100 dias. Cem dias doídos, angustiosos, porém necessários para que o conteúdo ficasse bem registrado naqueles que estão no processo e para aqueles que assistem somente fica a indagação: será que fui uma marionete nas mãos deste desgovernador? Por que não tive opinião formada? Por que a coragem que tanto falava para meus alunos me faltou em momento tão cruciante de minha vida? Sem problema, a vida segue seu curso, as árvores surgem para cumprir sua missão, mas na minha missão de Educador falhei, porque tive medo de participar de uma luta para dignificar minha profissão. O destino nunca está traçado, sou eu quem o traço a cada decisão que tomo.
    A luta continua... o piso é preciso, a luta não é precisa, parafraseando autor português.

    ResponderExcluir
  81. Olá, Giovane,

    Ainda não pude visitar a página do STF que você indicou, mas estava lendo um agravo regimental impetrado pelo governo do RS contra o recente despacho do Ministro Joaquim Barbosa. Em resumo, o desgoverno do RS está zangado porque no despacho de Joaquim Barbosa ele incluiu aquela frase que já comentei aqui - "Entrementes, observe-se o que decidido na Rcl. 2.576 (Rel. Min. Ellen Gracie, Pleno. DJe de 20.08.2004). De acordo com essa parte do referido despacho, a decisão do STF de rejeitar a ADI 4167 transforma a Lei do Piso imediatamente constitucional, não carecendo esperar pelo trânsito em julgado. O gov. do RS questiona esta interpretação do ministro e pede que ele a reconsidere. Penso que seria possível ingressar uma Reclamação Constitucional diretamente junto ao STF cobrando do governo de Minas o pagamento do piso, tendo em vista não houve, até o momento, nenhum esforço para para cumprir a lei federal.

    ResponderExcluir
  82. Ao contrário do que a Mídia mentirosa articulada pelo governo prega, nós estamos de GREVE e não de FÉRIAS, sofremos tanto quanto em sala de aula tentando trabalhar. Caso a escola queira um professor para repor aulas em janeiro que contrate um pois estarei de férias afinal não tenho obrigações visto que já paguei com meu salário.
    SOMENTE VOLTO para sala com o piso o se a categoria assim o desejar (coisa que duvido muito, pois agora sei que somos feitos de fibras e não boçais que mamam no dinheiro público para fazer copa do mundo).
    Euler não desista pois é um dos pilares de nossa luta, quando olhar para a Assembleia cheia lembre-se que muitos corações o carregam e que Cristo com certeza está do seu lado a noas acalentar.

    ResponderExcluir
  83. Só volta pra escola quem está ansioso pelo muito obrigado do governo. EU ESTOU ANSIOSO POR ENCONTRAR OS VERDADEIROS EDUCADORES NA ALMG amnhã- terça.
    SEM PISO NADA DE VOLTAR PESSOAL DE GARRA!!!!!!!!!!
    QTO ORGULHO POR ESSA TURMA DO NDG DA QUAL FAÇO PARTE DESDE 06 DE JUNHO.
    ABRAÇOS!!

    ResponderExcluir
  84. PROFESSORA ELIZABETH -AIMORÉS-MG20 de setembro de 2011 00:15

    CARO EULER , ESTE POST ,É UM EMAIL QUE ENVIEI PARA TODOS OS PROFESSORES DE MINHA CIDADE , QUE AINDA PERMANECEM EM SALA DE AULA ,COMO EXISTE TAMBÉM EM VÁRIAS OUTRAS CIDADES. PARA QUE ELES PERCEBAM O PROBLEMA QUE ELES ESTÃO CAUSANDO , ATRASANDO O RESULTADO COM O GOVERNO , QUE PODERÍAMOS JÁ TER ALCANÇADO SE HOUVESSE A ADESÃO DOS 40% RESTANTES DOS PROFESSORES DE MG QUE TEIMAM EM PERMANECER EM SALAS DE AULAS .

    ESPERO QUE TODOS QUE FAZEM A LEITURA DESEU BLOG, FAÇAM SEMELHANTEMENTE ESSA REFLEXÃO COM SEUS COLEGAS QUE TEIMAM EM PERMANCER EM SALAS DE AULA. QUE TENHAMOS TODOS FÉ EM DEUS ,POIS , SÓ DEUS PODE MOVER ESSA MURALHA . SÓ DEUS PODE ABATER ESSE GIGANTE . E NOSSA FÉ É TAMANHA , QUE JÁ PODEMOS VER NOSSA VITÓRIA.

    EMAIL AOS COLEGAS EM SALA DE AULA :

    NÃO DEIXEM DE LER AS NOTÍCIAS , POIS SÓ ASSIM FICARÃO INFORMADOS DO QUE ESTÁ ACONTECENDO . E A REFLEXÃO É :

    QUAL TEM SIDO SUA/MINHA CONTRIBUIÇÃO ???

    É MIL VEZES MAIS DIGNO ,SABER QUE PARTICIPEI DESSE FATO HISTÓRICO ( GREVE PELO CUMPRIMENTO DA LEI 11.738/2008),DO QUE A VERGONHA DE NÃO TER TENTADO PARTICIPAR E LUTAR JUNTO AOS MILHARES DE COLEGAS PARA UM BEM COMUM - 0 PISO SALARIAL NACIONAL- . VC VAI SE LEMBRAR , QUANDO TIVER TAMBÉM RECEBENDO O PISO NO PLANO DE CARREIRA QUE TANTO MERECEMOS , QUE VC NÃO TEVE NENHUMA CONTRIBUIÇÃO PARA ESSA VITÓRIA .PELO CONTRÁRIO, VC CONTRIBUIU COM O GOVERNO , FICANDO EM SALA DE AULA ,SENDO ELOGIADO POR ELE , ENQUANTO SEUS COLEGAS LUTAVAM CORAJOSAMENTE , INSENSANTEMENTE , SENDO PERSEGUIDOS E AMEAÇADOS DE TODAS AS FORMAS, COM OS SALÁRIOS CORTADOS , E NO ENTANTO , DEUS SUPRIU TODAS NOSSAS NECESSIDADES. DEUS HÁ DE NOS DAR A VITÓRIA TÃO ALMEJADA E JUSTA, AMÉM . AINDA HÁ TEMPO DE VC SE REDIMIR E ENCARAR O RESTANTE DESSA BATALHA QUE ESTÁ NO FINAL , POIS , HAVERÁ UMA SUBCOMISSÃO COM APOIO DO STF , COMPOSTA POR DEPUTADOS FEDERAIS , EM QUE ESTARÃO NESTA SEMANA VINDO ATÉ BH E FAZENDO UMA AVERIGUAÇÃO DO PORQUE A GREVE NÃO TEM SEU FIM . O QUE ESTÁ ACONTECENDO PARA QUE OS PROFESSORES NÃO ACEITAM A PROPOSTA DO GOVERNO . SE TODOS OS PROFESSORES QUE AINDA ESTÃO EM SALA DE AULA , TIVEREM A CORAGEM DOS QUE ESTÃO HÁ 100 DIAS EM GREVE , E SE POSICIONAREM DO MESMO LADO DOS SEUS COLEGAS , CERTAMENTE ESSA GREVE ENCERRARÁ NESTA SEMANA E TODOS VOLTAREMOS COM NOSSO PISO NO PLANO DE CARREIRA , QUE É O QUE TODOS NÓS ALMEJAMOS E QUE NOS É JUSTO . AGUARDAMOS POR TODOS VCS . TENHAM UM POUCO DE CORAGEM!!!


    Elizabeth Araújo
    http://www.padrejoao.com.br/2/index.asp?c=227&m=4&hiper=1&cod_pagina=20597&pag=1

    A greve não foi julgada ilegal , portanto , os professores de MG continuam em GREVE E NÃO RETORNARÃO PARA AS SALAS DE AULA ENQUANTO O GOVERNADOR NÃO CUMPRIR COM LEI 11.738 APROVADA EM 2008 .

    O PISO É LEI E A GREVE É LEGAL .

    Deputado Padre João - NOTA DE ESCLARECIMENTO DO SIND-UTE/MG
    www.padrejoao.com.br
    Site do deputado Padre João

    ResponderExcluir
  85. RETORNO ÀS AULAS?
    LECIONAR SÓ UMA VEZ POR SEMANA (aliás, fazer só a chamada e doutrinar os alunos). E... voltar par a GREVE.
    É A QUALIDADE de ENSINO idealizada pelo DESGOVERNO.
    FORÇA NA LUTA!!!
    É AMANHÃ OU NUNCA MAIS!

    ResponderExcluir
  86. Boa noite bravos combatentes! Muitas pedras no camainho, mas com a mão de todos conseguimos ultrapassá-las. Hoje conversando com alguns pais , um deles disse que deveríamos acionar o STF contra o governo de Minas. Não conheço muito destes trâmites, mas acho que faz sentido, pois foi o STF que julgou a Lei do piso constitucional. Aqui na minha cidade, sul de minas os pais vão mover ação contra o governo do Estado por não fornecer aulas para seus filhos, juntamente com abaixo assinado. Nossa luta deve ser principalmente na Justiça! Acho que devemos buscar ajuda advogados competentes que possam nos ajudar!
    Parabéns a todos que estão na luta!
    Recebam as bençãos e a força divina!
    Unidos sempre seremos fortes!

    ResponderExcluir
  87. ESTOU DISPOSTO A DAR A MINHA VIDA PELO PISO!
    AMANHÃ, TODOS EM MASSA NA ASSEMBLÉIA!!!

    ResponderExcluir
  88. Colegas, quando o governador agradeceu aos que ainda não aderiram a greve a sensação dos que possuem o mínimo de bom senso é que foram comprados por menos de trinta moedas... Só que ninguém teve o brio de Judas e suicidou.Coisas de gente despolitizada mesmo.
    Vejo muita gente por aí que não suicidou como Judas, mas anda de cabeça baixa... Esperto foi Judas que preferiu não passar por tanta humilhação e ser chamado direta ou indiretamente de idiotas!
    Mas quem sabe eles ainda levantam a cabeça... O salário que estão recebendo para ficar em sala não dá uma moeda das recebidas por Judas.

    ResponderExcluir
  89. João Paulo Ferreira de Assis20 de setembro de 2011 00:26

    Prezado amigo e companheiro de luta Professor Euler

    Eis aqui um comentário que acabei de postar em O Tempo:


    Resposta ao leitor Felipe, que disse que vai votar em Aécio para manter o curral eleitoral mineiro alimentado pela ignorância dos professores descompromissados. 20/09/2011 00:20

    Vote mesmo. E acabe com a Educação em Minas. Não é isto que você quer? que comece a faltar professores no mercado, a fim de deixar os pobres sem escola, e o caminho livre só para os privilegiados que podem pagar escola particular?
    Não pense que se começar a faltar professor para as escolas públicas, as escolas particulares que você tanto ama vão ficar de fora da crise. A médio prazo faltarão professores para elas também. Nós somos os últimos professores. Ninguém mais quer ser. Os cursos de licenciatura já fecharam em algumas cidades por falta de procura, inclusive em Barbacena, a UNIPAC não oferece mais tais cursos.
    Esteja certo, que com o plano que o governador mandou, de igualar o vencimento de professores com ensino médio e licenciatura curta, plena e pós-graduação, ninguém mais vai querer investir em mestrados, doutorados e pós-doutourados. A tendência é a qualidade do ensino cair ainda mais.
    Eu desisti de fazer um mestrado, meu grande sonho. Para que? para perder dinheiro?
    Toda a sociedade irá pagar essa conta, você também, pois daqui a 30 anos, bem pode ocorrer que você ao sofrer uma cirurgia, o médico esqueça uma pinça dentro do seu corpo, ou opere um órgão são e deixe o doente sem operar.
    Saudações, Professor (com muito orgulho) João Paulo Ferreira de Assis.

    Saudações, e ATÉ A VITÓRIA!!!!!!
    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  90. GOVERNO DE MINAS GERAIS ESTÁ COM O
    FILME QUEIMADO.

    ResponderExcluir
  91. Amanhã será um outro dia!
    Boa Assembleia a todos!


    Amanhã
    Guilherme Arantes

    Disponível em: http://www.mpbnet.com.br/musicos/caetano.veloso/letras/amanha.htm. Acessado em 20 de setembro de 2011.



    Amanhã será um lindo dia, [...]
    Que se possa imaginar, amanhã redobrada a força

    Pra cima que não cessa, há de vingar
    Amanhã mais nenhum mistério, acima do ilusório
    O astro rei vai brilhar, amanhã a luminosidade

    Alheia a qualquer vontade, há de imperar, há de imperar

    Amanhã está toda a esperança por menor que pareça

    O que existe é pra festejar, amanhã apesar de hoje

    Ser a estrada que surge, para trilhar

    Amanhã mesmo que uns não queiram será de outros que esperam

    Ver o dia raiar, amanhã ódios aplacados temores abrandados

    Será pleno, será pleno...



    E com tudo isso...


    A gente vai levando essa chama
    Mesmo com todo o emblema, todo o problema
    Todo o sistema,
    [...]
    Mesmo com o nada feito, com a sala escura
    Com um nó no peito, com a cara dura
    Não tem mais jeito, a gente não tem cura
    Mesmo com o todavia, com todo dia
    Com todo ia, todo não ia

    A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
    A gente vai levando essa guia
    [...]
    Mesmo com toda sanha, toda façanha
    ...] toda campanha

    A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
    A gente vai levando essa manha

    Mesmo com toda estima, com toda esgrima
    Com todo clima, com tudo em cima
    A gente vai levando, a gente vai levando, a gente vai levando
    [...]
    Disponível em: http://letras.terra.com.br/chico-buarque/45183/ acessado em 20 de setembro de 2011.

    E vamos levando, pois o que a vida quer de nós é CORAGEM!

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  92. Vale agora o que gritamos na Pça da Liberdade quando os nossos bravos colegas que estavam acorrentados eram ameaçados pelo Batalhão de Choque da PM, que os tentava empurrar: "NEM UM PASSO ATRÁS!".

    Eles resistiram!

    ResponderExcluir
  93. Euler, o govMG gastou rios de dinheiro público para falar aquela mentirada. O SindUte precisa pedir direito de resposta e o mesmo tempo. Claro que pago pelo govMG.

    ResponderExcluir
  94. Eu já dei a dica : mandar cartas para o ator Edson Celulari e para o apresentador Zeca Camargo.

    Eu tô falando sério . Não tô brincando . Eles resolvem . No duro .

    ResponderExcluir
  95. Também estou disposto a dar a vida pelo piso . Prefiro morrer do que voltar sem o piso para a escola .

    ResponderExcluir
  96. Desculpe-me a pergunta, não é em tom jocoso, mas qual é o grau de intimidade do ator e do jornalista, a ponto de uma conversa ao pé do ouvido com o governador resolver o impasse conosco?
    Eles têm toda essa estima assim?
    Que coisa, hein?!

    ResponderExcluir
  97. Ainda sobre os trâmites do STF:

    Uma confederação nacional e um federação do Ceará ingressaram com petição contra os embargos dos estados inimigos da Educação. Uma peça de 20 páginas. O que me interessou, entre outras coisas, foi o argumento usado pelos advogados dessas entidades na questão da LRF - Lei de Responsabilidade Fiscal.

    Eles utilizaram exatamente um dos argumentos que já mencionei aqui, e que consta da própria LRF. Ou seja, em se tratando de cumprimento de ordem judicial (no caso de acórdão) abre-se uma exceção e não há que se falar em limite prudencial.

    Apesar da receita do estado estar, como revelou o deputado Rogério Correia recentemente, muito longe de alcançar os limites prudenciais da LRF. E mesmo que isso acontecesse, ele poderia ultrapassar tal limite em função de estar cumprindo uma sentença judicial.

    Logo, o governo não paga o piso porque não quer mesmo, ou seja, porque quer nos ROUBAR o que é de direito dos educadores para utilizar os recursos com outros fins.

    E isso nós não vamos permitir.

    ResponderExcluir
  98. Desejo que todos nós estejamos vivinhos da silva, com o piso no bolso e muita energia e disposição para obter esta e outras conquistas a que temos direito.

    ResponderExcluir
  99. O calendário de reposição da SEE é um abuso. Quem disse que vamos repor? Com o corte no pagamento ninguém vai repor é nada, muito menos nas férias. Você poderia falar sobre isso na Assembléia, antes que alguns diretores venham empurrar esse calendário guela abaixo. Isso eu não engulo. Cortou o pagamento? Está de covardia nos mantendo sobre pressão, amarrando esse piso durante mais de 100 dias? Agora se vira Anastasia, contrate substitutos para repor esses dias ou dê o ano letivo como encerrado.

    ResponderExcluir
  100. GREVE ATÉ O PISO! NADA E NEM NINGUÉM VAI NOS DETER OU FAZER RECUAR! GREVE, GREVE, GREVE!!!!

    ResponderExcluir
  101. Pois é! Temos que nos informar para usar a justiça na efera federal. Furar a muralha da mídia, mas também, e principalmnte ação que faça o governador, atraves do STF pagar o piso. Obrigada pela atenção! Vamos juntos, maravilhosos combatentes!

    ResponderExcluir
  102. Ao anônimo de 01:01: talvez o ator e o apresentador GOZAM de prestígio junto ao governador . Eu não sei . Apenas sugeri . Poderia ser outras personalidades do meio artístico .
    Talvez uma conversa ao pé do ouvido não seja suficiente . Quem sabe uma reunião com portas fechadas .

    ResponderExcluir
  103. Flávio Marcelo Martins
    E a situação do negro no país? A imbecilização secular que levam alguns a serem subservientes ao branco capitalista, parece inebriar artistas em detrimento da cultura. Ops! Não é sempre mais do mesmo. O negro partícipe das novas massas, liberto, difusor do pensamento livre vai na contramão dos opulentos e da classe obesa: quer direito e não privilégio. Vai pra linha de frente se exibir e utiliza os cânticos em favor dos que têm cede de justiça. Cabe, assim, indagar, qual seria a sua natureza Tizumba? De índole mercantil e abstrata? Ou da conivência das armas não letais, cacetetes e tonfas que desnudaram a cabeça de um negro na ex Pça da Liberdade? O cheiro e os sons que permearam a pele do vento na última sexta-feira (16), Tizumba, foram outros. Enquanto os brancos lhe aplaudiam a beira do palco, irmãos de sangue apanhavam porque segundo o Governo, não há Lei de incentivo à Cultura para educação. Paz e Bem!

    ResponderExcluir
  104. Bom dia Professor Euler e queridos combatentes!
    "É melhor atirar-se em luta, em busca de dias melhores, do que permanecer estático como os pobres de espírito, que não lutaram, mas também não venceram. Que não conheceram a glória de ressurgir dos escombros."
    GREVE ATÉ O PISO
    Margarete (Dom Cavati)

    ResponderExcluir
  105. Euler,

    Se esta frase é poderosa:

    - "Entrementes, observe-se o que decidido na Rcl. 2.576 (Rel. Min. Ellen Gracie, Pleno. DJe de 20.08.2004)

    Por que então o Sind UTE, não reclamou oo seu cumprimento pleo Governo de Minas Gerais no STF?

    ResponderExcluir
  106. Onde estão os poetas, músicos... que tanto falam de Minas?!

    Essa é a hora de lutar junto conosco por Educação, Liberdade, Respeito e Dignidade.

    Estamos de olho em quem realmente preocupa com Minas!!

    ResponderExcluir
  107. Euler,

    Traduza isto para nós.

    SUSPENSÃO DE LIMINAR 531 (284)
    ORIGEM : SLS - 1418 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTICA
    PROCED. : DISTRITO FEDERAL
    REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
    REQTE.(S) : ESTADO DE SANTA CATARINA
    PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SANTA
    CATARINA
    REQDO.(A/S) : PRIMEIRO VICE-PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE
    JUSTIÇA DO ESTADO DE SANTA CATARINA
    INTDO.(A/S) : SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EDUCACAO
    NA REDE PUBLICA DE ENSINO DO ESTADO DE
    SANTA CATARINA SINTRE/SC
    ADV.(A/S) : JOSÉ SÉRGIO DA SILVA CRISTÓVAM E OUTRO(A/S)
    DECISÃO: Diante do teor da Petição nº 66.373/2011, relativamente à
    suspensão dos efeitos da decisão objeto deste pedido de suspensão, julgo
    prejudicado o pedido, em razão da perda superveniente de objeto.
    Arquivem-se os autos.
    Publique-se. Int..
    Brasília, 14 de setembro de 2011.
    Ministro CEZAR PELUSO
    Presidente
    Documento assinado digitalmente

    DJe 180 de 19/09/11.

    ResponderExcluir
  108. 1 dia de greve dos operários no estádio recebeu 10 vezes + notícias que 100 dias de greve dos professores em MG.

    E se os professores tomassem o Mineirão e impedissem a obra,será que a greve duraria tanto?

    VAMOS TOMAR O MINEIRÃO ASSIM NÃO ATRAPALHAMOS O TRÂNSITO ???????????

    ResponderExcluir
  109. "Você pode escolher ficar na sua segurança ou mover-se para seu crescimento. O crescimento deve ser escolhido sempre; e o medo deve ser superado sempre." --Abraham Maslow

    Um ótimo dia a todos(as).

    ResponderExcluir
  110. http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/39858

    Publicado no MG do dia 20/09/2011

    Exigência legal Para que a escola integralize o ano letivo de 2011 é necessário que sejam
    cumpridos os 200 dias letivos de aulas
    previstos na legislação. Um dia só é con-
    siderado letivo quando há, em sala, pelo menos 50% dos alunos. Para garantir que a reposição seja feita de forma correta, a Secretaria vai acompanhar a reposição nas escolas. “Vamos fazer monitoramento por meio dos inspetores escolares, dos diretores das superintendências
    regionais de Ensino e também pedimos o apoio do Ministério Público e da Associação de Pais”, diz a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola.

    ResponderExcluir
  111. A Secretária está totalmente desorientada!!!

    http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/39858
    Publicado no MG do dia 20/09/2011

    O candidato comprovadamente desempregado poderá solicitar a isenção da taxa de inscrição, entre as 10 horas do dia 8 de agosto e às 14 horas do dia 12 de agosto. Para isso, deverá preencher o requerimento de isenção no site da Fundação Carlos Chagas e enviar a documentação solicitada para o endereço: Núcleo de Tratamento da Informação – Ref.: Isenção de Pagamento/SEE-MG – Av. Prof. Francisco Morato, 1.565, Jardim Guedala – São Paulo – SP – CEP
    05513-900. A relação dos classificados para a isenção será disponibilizada no site da FCC, a partir do dia 6 de setembro.

    ResponderExcluir
  112. Euler,
    Como eu faço para ler as petições no STF?

    ResponderExcluir
  113. Bom dia colegas! Força na luta! Nos encontraremos as 13h.

    ResponderExcluir
  114. Professor Euler,
    Agradeço por este espaço que é para nós como se fosse a sala da sua casa.Aqui.mesmo à distancia estamos uns dando força aos outros e juntos alcançaremos a vitória.
    Um grande abraço
    Margarete(Dom Cavati)

    ResponderExcluir
  115. Bom dia turma da luta, membros do NDG!

    Logo estaremos na assembleia erguendo a mão para votar pela continuidade da greve.

    Caro Anônimo das 08:14,

    No link a seguir encontra-se todos os trâmites da 4167:

    http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=2645108

    Clique em "Ver peças eletrônicas".

    Do lado esquerdo ficam todas as petições digitalizadas.

    Força na luta! Até a vitória!

    ResponderExcluir
  116. Caro Anônimo das 07:37

    O despacho citado indica que o objeto da ação perdeu o sentido (já foi superado ou resolvido ou passou da data) e por isso foi arquivado.

    ResponderExcluir
  117. Olha o que fiquei SABENDO!!!!!!!!!!! Choque de gestão em todos os SETORES É pura mascaração!!!!!!!!!!!!polícia-pmmg-É OBRIGADA A MOSTRAR BAIXO ÍNDICE DE criminalidade ,SEJA ELE QUAL FOR.Diretores(ras),mudam respostas de alunos (avaliações-nacional/estadual)nas PROVAS,objetivando mostrar que não há problemas com a Educação mineira.Explicado o motivo de oficiais ganharem bem,diretores(as) ganharem aumentos sem a reinvidicação.Ê ,choque de INDIgestão !!!!!!!!!!!!!!!!Até à assembleia.FÉ em DEUS e PÉ na TABA!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  118. O Anônimo das 07:23 pergunta:


    "Euler,

    Se esta frase é poderosa:

    - "Entrementes, observe-se o que decidido na Rcl. 2.576 (Rel. Min. Ellen Gracie, Pleno. DJe de 20.08.2004)

    Por que então o Sind UTE, não reclamou o seu cumprimento pleo Governo de Minas Gerais no STF?"

    Comentário do Blog: Boa pergunta, colega. Não sei porque. E há um outro dado: Minas não questionou a Lei do Piso como os cinco desgovernadores da ADI 4167. Implicitamente, Minas concordou com a lei - tanto que não a questionou - e já deveria estar pagando o piso. Este seria outro forte argumento junto ao STF. Além disso, em 2008 Minas divulgou nota mostrando-se consciente de que em janeiro de 2008 teria que o piso e as gratificações. Prova de prevaricação, omissão e má-fé, quando, em 2010, ao invés de pagar o piso, impôs a ADI 4167 mineira, ou seja, o subsídio.

    ResponderExcluir
  119. Alguém ontem perguntou sobre o percentual de presença de alunos em sala para que seja considerado dia letivo.

    Hoje, o Anônimo das 08:03 respondeu. Vejam:


    "http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/39858

    Publicado no MG do dia 20/09/2011

    Exigência legal Para que a escola integralize o ano letivo de 2011 é necessário que sejam cumpridos os 200 dias letivos de aulas previstos na legislação. Um dia só é considerado letivo quando há, em sala, pelo menos 50% dos alunos. Para garantir que a reposição seja feita de forma correta, a Secretaria vai acompanhar a reposição nas escolas. “Vamos fazer monitoramento por meio dos inspetores escolares, dos diretores das superintendências regionais de Ensino e também pedimos o apoio do Ministério Público e da Associação de Pais”, diz a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola.

    Comentário: Logo, caso saibam de casos em que isto não esteja acontecendo, denunciem às inspetoras, ao MP local, Associação de pais e também aos conselhos de Crianças e Adolescentes.

    ResponderExcluir
  120. De acordo com a resolução nº 521, de 02/02/2004, sobre organização e funcionamento escolar , no Art.6º : Considera-se dia letivo, aquele em que comparecem mais da metade dos professores e alunos, em situações de atividades escolares.Dia letivo é aquele que envolve efetivo trabalho escolar,de forma globalizada e integrada com ações pedagógicas.

    ResponderExcluir
  121. Projeto nao está na pauta hoje!!! Graças a Deus!!!Rogerio Correia sempre nos ajudando!!!

    ResponderExcluir
  122. Nossos valentes do NDG já se encontram na ALMG, nas galerias, claro:

    Eis o link:

    http://www.almg.gov.br/index.asp?grupo=comunicacao&diretorio=tvalmg&arquivo=tv_assembleia&idbox=TV%20Assembleia

    ResponderExcluir
  123. Em relação a reposição deve-se discutir depois que a greve terminar ou ela vai ser eterna. rsrs

    Alguém do sindicato nos responda: foi enviado alguma representação contra o estado ao STF, pelo não cumprimento do PISO? Estamos firmes na greve, mas temos que saber mais informações jurídicas e não especulativas.

    Se o governo não negociar hoje, o negócio é radicalizar a greve. Lógico que esta radicalização tem que ter bom senso, começando pelo IMPEACHMENT do Satanastasia,.

    Sem o PISO não pisamos na escola!

    Este é o lema do NDG.

    ResponderExcluir
  124. Vamos pessoal:

    repassem para todos os amigos(professores e não professores) o vídeo de Cristovam;

    http://www.youtube.com/watch?v=PaDoisjnZFA

    ResponderExcluir
  125. Vamos imediatamente para as praças,

    para os campos de futebol,

    para as igrejas,

    arrecadar assinaturas para o IMPEACHMENT deste

    sujeito fora da lei.

    ResponderExcluir
  126. GRAÇA:

    Bom dia Prof Euler,

    Que Deus ilumine e proteja a todos neste dia tão decisivo!

    JORNAL FOLHA SP EM 20/09/2011

    Professor mantém greve 'abusiva' em MG

    Justiça fixou multa diária que pode chegar a R$ 50 mil; docentes, parados há 105 dias, querem receber piso nacional

    Governo propõe pagar piso proporcional à jornada ou um sistema de 'subsídios', que soma salário e gratificações

    PAULO PEIXOTO
    DE BELO HORIZONTE

    Em greve há 105 dias, os professores da rede estadual de ensino de Minas Gerais não retornaram às aulas ontem apesar de a Justiça ter determinado o fim da greve na última sexta-feira.
    O Tribunal de Justiça de Minas considerou liminarmente que se trata de greve "abusiva" e fixou multa diária que pode chegar a R$ 50 mil.
    O sindicato dos professores recorreu da decisão. A categoria deve decidir hoje se continua ou encerra a greve. O governo do Estado informou que uma pequena parcela voltou ao trabalho ontem. Continuam totalmente paradas 25 (0,7%) das 3.779 escolas. Outras 742 (20%) estão parcialmente paradas.
    A reivindicação inicial era o pagamento do piso salarial nacional, de R$ 1.187, para jornadas semanais de 24 horas. A lei federal, no entanto, prevê esse valor para jornadas de 40 horas.
    Agora os professores já admitem a redução do valor de forma proporcional, possibilidade reconhecida pelo STF (Supremo Tribunal Federal), que referendou a lei.
    Após quase três meses de greve, o governo do Estado propôs o valor proporcional: R$ 712 além de gratificações. Os professores, contudo, recusaram a oferta porque o vencimento básico não distingue os professores segundo a escolaridade (nível médio ou superior).
    O STF reconheceu que o piso salarial da categoria deve ser o vencimento básico, sem as gratificações. Os grevistas admitem receber os R$ 712, desde que o valor seja elevado para os professores com nível superior -possibilidade descartada pelo governo.
    Como alternativa, o governo oferece o que chama de "subsídio" -soma do vencimento básico com gratificações- previsto em lei estadual. A adesão é opcional. Para 24 horas semanais, o subsídio vai de R$ 1.122 a R$ 1.932, a depender da escolaridade.
    http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff2009201128.htm

    ResponderExcluir
  127. Euler,

    Acesse à Assembleia Legislativa on line.

    http://www.almg.gov.br/index.asp?grupo=comunicacao&diretorio=tvalmg&arquivo=tv_assembleia

    Estão falando sobre a nossa situação! Assistam pela internet.

    ResponderExcluir
  128. Deputado Federal Welington Prado está no plenario da Camara para defender a nossa causa!!

    ResponderExcluir
  129. Olá, gente de luta.

    Tá na hora de radicalizar, ainda mais, esta greve.

    Ao invés de acorrentar-se em apenas um ponto da

    cidade, vamos fazer atividades semelhantes em

    vários lugares ao mesmo tempo. Somos muitos. Dez a

    quinze pessoas é o suficiente.

    A GREVE CONTINUA! ESTE PISO AGORA SAI NA MARRA !

    ResponderExcluir
  130. Euler o que dizer neste momento e com satisfação de ter você nosso anjo animador nessa luta . Ficava muitas vezes desanimada por colegas de classe que não aderiram a greve por covardia e ainda conseguiam nos contrariar colocando os nossos alunos contra nós. Lendo vários comentários me senti orgulhosa por ter contribuído com minha pequena parcela nesta paralisação e voltei a sentir força graças a você companheiro de luta. Muito obrigada e que Deus nos abençoa e proteja. Amém. Barbacena

    ResponderExcluir
  131. Estamos lutando pelo fim da DITADURA MINEIRA.Estou de acordo com o anônimo das 7:37 devemos sim ocupar o Mineirão e impedir as Obras.Vamos precisar de muita gente,mas essa ocupação poderá ser o ponto final da greve.Estava pensando se estivéssemos atrapalhando essa obra desde o início ,estaríamos com o PISO nas nossas mãos.Essa ideia é muito boa vamos programar para atacar.Conto com o apoio do anônimo que deu a ideia.Não vamos desistir!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  132. Euler,

    A reunião com o líder do Governo, já começou?

    ResponderExcluir
  133. GENTE!
    A COISA TÁ PEGANDO NA ASSEMBLEIA....

    SERÁ QUE É HOJE P NOSSO DIA....

    ESTÃO PEDINDO NEGOCIAÇÃO ENTRE GOVERNADOR E EDUCADORES....

    ESTÃO PEDINDO A SUSPENSÃO DA REUNIÃO NA ASSEMBLEIA PARA A NEGOCIAÇÃO....

    É HOJE.... TOMARA!

    ANASTASIA, FAÇA VALER A LEI FEDERAL E NOSSOS DIREITOS!!!!!!

    ResponderExcluir
  134. Esta greve tá muito bonita. É de arrepiar!

    A sociedade já entendeu a nossa reivindicação. Todo

    mundo percebe as manobras deste (des)governo. Tenho

    um netinho com menos de três anos. Ele não pode ver

    uma propaganda do governo, com o símbolo de Minas,

    que ele começa a grita: Vovô, GREVE! GREVE! GREVE!

    Este vai ser do "Núcleo Duro" muito cedo!

    Ah, a professora tampão que estava em meu lugar,

    não aguentou o rojão, já saiu. Colocaram novo Edital

    até 31 de dezembro. Me aguardem!!! Estamos próximos

    à Vitória!

    Joaquim - Sete Lagoas - Professor de História.

    ResponderExcluir
  135. A reunião na ALMG foi suspensa por 10 min. As galerias estão lotadas. As negociações ainda não começaram.

    Vejam pelo link:

    http://www.almg.gov.br/index.asp?grupo=comunicacao&diretorio=tvalmg&arquivo=tv_assembleia&idbox=TV%20Assembleia

    ResponderExcluir
  136. Euler,

    Nos dê notícias sobre a Comissão de Brasília que viria a Minas! Hoje é terça-feira; qual a previsão da vinda dessa comissão?
    Grata!
    Força Companheiros!
    Liberdade, ainda que tardia...

    ResponderExcluir
  137. Estamos em luta pacífica pelos nossos direitos.

    Somos a favor de soluções.

    ResponderExcluir
  138. Parabéns aos nossos colegas GUERREIROS de todos os cantos das GERAIS que estão nas galerias da Assembleia reivindicando o nosso piso.

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  139. Oi pessoal!
    Por motivo de saúde não vou poder ir a assembleia, mas já estou acompanhando a movimetação e torcendo por nós. Espero que sejam todos iluminados.
    Que Deus os protejam !
    Bjs

    ResponderExcluir
  140. Não há outra conversa: É PISO OU PISO!!!!!!!!!!!!
    Outra : é agora ou n será nunca mais!!!
    Não deu certo naaaaaada do q o gov fez até agora.
    o NDG continua de pé!!
    Quem está na escola torce...torce pra dá tudo errado para nós.
    Não tem essa de está torcendo pra nós não!!
    Esse discurso não cola!!!
    Quem está a favor está na luta!!!!

    ResponderExcluir
  141. Olá Euler,

    Abaixo os links com reportagem sobre nossa manifestação que aconteceu dai 19 em Alfenas

    http://www.minasacontece.com.br/noticias.asp?act=noticias&act2=ver&id=828

    http://alfenashoje.com.br/noticia.asp?id_noticia=4692

    http://alfenasagora.com.br/noticias.asp?act=noticias&act2=ver&id=2243

    ResponderExcluir
  142. #foraanastasia divulguem essa tag no twitter para que o mundo saiba da nossa indignação

    ResponderExcluir
  143. Euler,

    Nós, educadores dos 'grotões de Minas' estamos firmes e fortes! A Vitória virá!

    ResponderExcluir
  144. EULER, SERÁ Q A NEGOCIAÇÃO SAIRÁ HJ?
    O Q VC ESTÁ PERCEBENDO DE POSITIVO???

    ResponderExcluir
  145. Colegas

    Vejam a seguinte notícia e observem que nem o autor concorda com o projeto de lei proposto por ele mesmo! E também será discutido nesta terça-feira. Será um plano B para calar grevistas, se a greve continuar?

    Abraço a todos
    Ana

    Impacto das passeatas e manifestações no trânsito de BH será discutido nesta terça

    Márcia Xavier



    Os reflexos gerados por passeatas e manifestações no trânsito de Belo Horizonte, principalmente na região central da capital e na área delimitada pela Avenida do Contorno, serão discutidos nesta terça-feira (20) durante uma audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Transporte e Sistema Viário com a participação da prefeitura, Polícia Militar e BHTrans.

    Um projeto de lei protocolado no início do mês pelo vereador Joel Moreira Filho (PTC) pretende proibir, das 6h às 20h, protestos e manifestações em ruas e avenidas próximas à avenida do Contorno e à praça Sete. Com isso, Belo Horizonte ganharia um "Parlatório da Democracia" - espaço localizado na praça da Estação, que seria destinado a pronunciamentos e reivindicações.

    Segundo o vereador, o objetivo da audiência pública é buscar junto aos órgãos competentes (PBH, PMMG e BHtrans) soluções para minimizar os transtornos causados no tráfego por protestos e outros movimentos.

    A proposta, considerada polêmica inclusive pelo autor, encontra justificativa no trânsito caótico de Belo Horizonte. "Quando não tem nenhuma manifestação já é complicado. Nos últimos tempos tem ficado impossível. Está afetando o direito de ir e vir da população", afirma Moreira.

    Para ele, a proibição não iria prejudicar a visibilidade dos protestos. "O que tem acontecido é que, em alguns casos, esses eventos, ao invés de ganharem apoio da população, estão gerando antipatia nos moradores", opina.

    A audiência será na tarde desta terça, no Plenário Helvécio Arantes.

    Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=130042,NOT&IdCanal=

    ResponderExcluir
  146. Concordo com o anônimo das 10h47; a nossa greve é pacífica, pelo cumprimento de uma Lei.
    Mas, paciência tem limite. Não temos sangue de barata. Haja vista, a provocação na antiga Praça da Liberdade. Respondemos à altura!
    Que o Anastasia se cuide. Queremos o bem de todos, inclusive o nosso.

    ResponderExcluir
  147. Esse governador não tem noção de quem são os educadores do NDG...
    A máscara vai cair !

    ResponderExcluir
  148. Em vez de nós ficarmos acorrentados vamos acorrentar o pescoço do governador em praça pública.

    ResponderExcluir
  149. Josias Guedes Carangola20 de setembro de 2011 11:49

    Como é emocionante estar na Assembléia reivindicando direitos! Por isso creio que o movimento não vai parar enquanto não obtivermos o piso.
    Força e garra minha categoria aí na Assembléia!Somos muito mais nobres do que essa gente hipócrita que tenta nos chantagiar e silenciar.

    ResponderExcluir
  150. PMDB acaba de fechar questão contra projeto governo remuneração dos professores.
    http://twitter.com/#!/rogeriocorreia_

    ResponderExcluir
  151. ...e na sala da justiça, nossos representantes discutem o fim da greve dos trabalhadores da reforma/construçao dos estadios para a copa..... Deus tende piedade de nós!

    ResponderExcluir
  152. Turma da luta, membros do NDG,

    Estou de saída do bunker agora para a assembleia da categoria.

    Volto só no final da noite, quando publicarei os comentários e farei o relato de costume.

    Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

    ResponderExcluir
  153. Parabéns aos bravos educadores de ALFENAS pela manifestação realizada no dia 19.

    Quando puderem mandem alguma foto para o meu e-mail:

    euler.conrado@gmail.com

    Um forte abraço e força na luta!

    ResponderExcluir
  154. IMPEACHMENT!

    IMPEACHMENT!

    IMPEACHMENT!

    IMPEACHMENT!

    IMPEACHMENT!

    E se bestá, muito só volto é com o impeachment.

    Minas inteira vai engrossar nosso grito de IMPEACHMENT! É isso que mete medo nessa bandidagem. IMPEACHMENT, já! IMPEACHMENT, já! IMPEACHMENT, já! IMPEACHMENT, já! IMPEACHMENT, já! IMPEACHMENT, já! IMPEACHMENT, já! É isso que vou gritar agora. Além do piso, que é certo e tá perto, é isso que quero: IMPEACHMENT, já pra esse bandido e sua corja!

    E tenho dito!
    Karla Vivian, BH.

    ResponderExcluir
  155. Caros Colegas,

    Não somos elite financeira mas sim intelectual,
    houve um momento na ditadura que a luta deixou de ser pacifica, e passou a ser mais dura, será que infelizmente teremos que usar nossos conhecimentos (pois os temos) para algo não pacifico?

    Química, física matemática, pois sabemos negociar, mas também sabemos....

    ResponderExcluir
  156. ONDE ESTÁ O LULA FANFARRÃO ? ONDE ESTÁ O SEU APOIO ? SERÁ QUE ELE ESTÁ FAZENDO UMA DE SUAS CARÍSSIMAS PALESTRAS ? É CAPAZ DE ESTAR DIZENDO A INEGÁVEL VERDADE QUE NUNCA PRECISOU DE PROFESSOR PRA SUBIR NA VIDA ! É BOM SABER QUE ELE ACOSTUMOU NA FANTASIA DOS GRANDES . A PRÓXIMA ELEIÇÃO VEM AÍ . NÃO PODEMOS ESQUECER DELE TAMBÉM !

    ResponderExcluir
  157. BOA TARDE, COLEGAS
    NÓS PROFESSORAS ARAXAENSES ESTAMOS COM MUITA VERGONHA DO BOSCO FAZER PARTE DA LISTA DOS DEPUTADOS INIMIGOS DA EDUCAÇÃO.
    ELE AGUARDE O RESULTADO NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES...

    ResponderExcluir
  158. Boa tarde!


    Quero dizer aos educadores de Alegria do Munucípio de simonésia que a luta continua e que infelismente a covardia de muitos fizeram a cabeça dos demais para o retorno das aulas.A luta fortalece com o apoio de todos e enfraquece com a desistência de muitos.Estamos vivenciando um momento histórico em minas e vocês não tinham o direito de entregar a batalha neste momento tão crucial do movimento.eu gosto muito dessa frase e serve para vocês:Mais vale as lágrimas da derrota do que a vergonha de ter desistido da luta!!!!!!!

    ResponderExcluir
  159. Euler mesmo terminando a greve, deveremos a partir de agora forma uma ação permanente por uma Minas mais justas. Sugiro que comecemos nos infiltrando nos mais diversos seguimentos da sociedade, associação de bairro, e outras instituições nas quais poderemos colocar a sociedade mineira mais a par dos reais acontecimentos do nosso município, região e do estado.Sugiro o seu blog como ponto de convergência de todo o trabalho. Precisamos divulgar o máximo possível a lista dos deputados que não nos apoiaram.Esse serviço deverá ser feito de modo firme e permanente até a próxima eleição. para que a sociedade não se esqueça desses nomes.

    ResponderExcluir
  160. Pedro Paulo G. Teixeira - Gov. Valadares20 de setembro de 2011 15:46

    O governo de Minas Gerais não possui qualquer legitimidade, tem apenas a conivência de parte do legislativo e do judiciário. O governador está apostando alto no enfraquecimento natural da greve, porque é sua única opção. Ele sabe que, uma vez tendo cumprido a lei, a sociedade se voltará contra o governo, porque terá clareza de que ele é o culpado por tantos dias sem aulas. O governador Anastasia ficou em um beco sem saída, porque o cumprimento da lei nacional do piso significará a derrocada de sua carreira política e um golpe forte em seu partido. Mas foi ele mesmo quem cavou sua própria sepultura política. É tudo ou nada a partir de agora. O lado que cair primeiro será moralmente linchado pela sociedade e nós estamos do lado da lei. Portanto, aconteça o que acontecer, não podemos recuar um milímetro sequer. Vamos em frente até as últimas consequências! Nós temos o verdadeiro poder da democracia, o poder do povo, e precisamos usá-lo. Tudo o que o governo está fazendo até agora é indevido e não possui legitimidade em nenhum aspecto. Tudo o que eles conseguem fazer é blefar. Portanto, não acreditem em nada que o governo diz, vamos nos orientar pelo Sindicato apenas. Eu não volto para a sala de aula de jeito nenhum, mesmo sob ameaça de exoneração. A greve continua!

    ResponderExcluir
  161. Euler, mais uma vez o governo nos enganou... Nada de negociação... Só prometeram pra tirar os colegas acorrentados da praça!!!
    E agora o que faremos? E as promessas feitas pelo ministro Hadad e a Presidenta? Só prometeram? E a tal Comissão que vinha de Brasília? Precisamos de notícias, de uma luz no fim do túnel, senão desanimamos...
    Por favor, me responda.

    Paty

    ResponderExcluir
  162. Euler,

    A OPORTUNIDADE NOS FOI DADA, O MINISTRO JOAQUIM BARBOSA NOS DIRECIONOU, DESDE 05/09/11.

    ESTA É A SETA:

    Entrementes, observe-se o que decidido na Rcl 2.576 (rel. min. Ellen Gracie, Pleno, DJe de 20.08.2004).
    Publique-se.
    Brasília, 05 de setembro de 2011.

    Ministro JOAQUIM BARBOSA
    Relator

    SEMPRE FALEI QUE ESTA GREVE SERÁ DECIDIDA NOS TRIBUNAIS.

    AÇÕES BEM FORMULADAS, CONSISTENTES E CONSTANTES, JUNTAMENTE COM A GREVE EM SI.

    SOMANDO AÇÕES COM A NOSSA PRESSÃO POPULAR, MANISFESTANDO, REIVINDICANDO UMA CAUSA JUSTA.

    ISTO FORMARIA UM CONJUNTO DE AÇÕES DIRECIONADAS.

    O GOVERNO ESTÁ NOS VENCENDO NOS TRIBUNAIS.
    TEMOS QUE APRENDER.

    UM DEPARTAMENTO JURÍDICO QUALIFICADO É ESSENCIAL.
    PRECISAMOS DE MUITOS PARECERES JURÍDICOS PARA ANALISARMOS BEM.

    TIVEMOS TODO O TEMPO, DISTO NÃO PODEMOS RECLAMAR.

    AS OPORTUNIDADES QUE NÃO APROVEITAMOS, ELES AS APROVEITARÃO.

    ESTOU DESANIMADO, DECEPCIONADO PELA NOSSA INCOMPETÊNCIA...

    ResponderExcluir
  163. Pedro Paulo G. Teixeira - Gov. Valadares20 de setembro de 2011 16:48

    Olá, Colegas!

    Quero destacar mais uma vez a importância da nossa união neste momento crucial da história da educação em Minas e também em todo o país.
    Em minha trajetória como professor, sempre aprendi muito e tentei crescer, investindo em uma postura transparente e séria, que considero base de qualquer relação humana, especialmente das que envolvem algum tipo de aprendizagem. Aprendo muito no contato com os alunos, mas a maior parte das vezes aprendo na convivência com meus colegas, porque sempre temos a oportunidade de trabalhar ao lado de pessoas extraordinárias. Durante meus primeiros anos conduzindo adolescentes em salas de aula, naturalmente tive muitas dificuldades, muitas vezes não sabia o que fazer, mas logo descobri que o segredo estava em observar os colegas mais experientes, que eram sérios e respeitados pelos alunos. Junto com muita leitura e pesquisa, manter a proximidade com os sábios tem sido meu caminho desde então. Cada ano letivo que termina deixa grandes lições para mim e este ano de 2011 está deixando uma grande lição: a de que nenhuma categoria profissional poderá ser valorizada enquanto agir desunida.
    Todos sabem que nunca fui inclinado a paralisações e greves e que desconfio das estruturas de poder, inclusive das organizações sindicais. Na verdade continuo desconfiando, acho que é prudente. No entanto, para além dos interesses políticos partidários, participar desta greve me trouxe de volta a sensação de fazer parte da história, algo que não experimentava já há muitos anos. Não se trata de fazer coisas diferentes, ou se sentir importante, é apenas o sentimento de estar dentro do turbilhão e se sentir mais humano. Não temos muito controle sobre a vida, mas há momentos em que tudo conflui em uma direção e surge uma oportunidade para que a sociedade dê um salto, e é quando podemos agir. Não há necessidade de reconhecimento, nem de homenagens, nada disso. Alguns gostam de adulações, mas não é o que realmente fica, porque o reconhecimento da sociedade pode ser comprado, pode ser forjado, pode acontecer em cima de mentiras, assim como também pode ser com a crucificação de alguém. Sim, a ignorância e a ilusão podem ser confortáveis e muitas vezes mentimos para nós mesmos. Mas, bem lá no fundo, cada um sabe de si e o verdadeiro julgamento, aquele que importa de verdade e do qual ninguém consegue escapar, acontece quando você está sozinho diante do espelho. Eu escolhi seguir o que diz a minha consciência, uma decisão ilustrada nas palavras do filósofo Sócrates, retirada do diálogo "Górgias":

    "eu preferiria que minha lira ou um coro por mim dirigido desafinasse e produzisse ruído desarmônico e que multidões de homens discordassem de mim, do que eu, sendo um, viesse a entrar em desacordo comigo mesmo e a contradizer-me”

    Esta greve trará perdas de qualquer maneira, seja qual for o seu desfecho. Mas podemos escolher entre as perdas individuais e as perdas sociais. As primeiras, das dificuldades financeiras temporárias e do desconforto da reposição das aulas, e as segundas, muito mais profundas e abrangentes, que ferirão os princípios da democracia, perdurarão por muitos anos ou décadas e colocarão nossa profissão em posição ainda mais humilhante do que já está. Trata-se de uma escolha entre o individualismo e a cidadania. Eu já fiz minha escolha e estou muito bem acompanhado. Qual será a sua? Ainda é tempo de se juntar a nós. Abraços!

    Prof. Pedro Paulo G. Teixeira.

    ResponderExcluir
  164. ESTOU TRISTE MAIS PELAS NOSSAS PRÓPRIAS INCOMPETÊNCIAS.

    TIVEMOS A VITÓRIA NA MÃO E NÃO SOUBEMOS CONQUISTÁ-LA.

    AQUI ESTÁ A VITÓRIA, QUE NOS FOI DIRECIONADA EM 05/09/11, PELO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA.

    Entrementes, observe-se o que decidido na Rcl 2.576 (rel. min. Ellen Gracie, Pleno, DJe de 20.08.2004).
    Publique-se.
    Brasília, 05 de setembro de 2011.

    Ministro JOAQUIM BARBOSA
    Relator

    PREFERIMOS NOS ENFRAQUECER PRIMEIRO, DO QUE AGIR FIRMEMENTE E COM AGILIDADE.

    ResponderExcluir
  165. Pessoal, enviei para mais de 20 deputados, o vídeo de Cristóvam Buarque e ainda escrevi: Siga o exemplo.
    Mandem vocês também.
    Até a vitória.

    ResponderExcluir
  166. Companheiros:

    O maior inimigo que enfrentamos nessa greve,infelizmente é a falta de união,não podemos perder essa batalha ela significa o fim de nossa carreira,peço a todos os colegas que estão em sala de aula que façam uma reflexão, não podemos perder essa batalha ainda há tempo,converse com seus colegas façam uma reflexão,entre novamente no movimento conosco a vitória esta próxima ,depende de você,Vamos firmes nessa luta e conseguiremos vencer.Que Deus esteja sempre do nosso lado.Com fé em Deus destruiremos todas as barreiras.

    ResponderExcluir
  167. GOVERNO QUE NÃO TEM ARGUMENTO USA REPRESSÃO. CLARO, SOMENTE COM ATITUDES GROTESCAS, ACUSANDO, PRESSIONANDO É QUE ELE PODE CONSEGUIR ALGO, POIS INTELIGÊNCIA JÁ ERA NAQUELA CIDADE ADMINISTRATIVA ONDE MAIS PARECE UM COVIL CHEIO DE CASCAVÉIS AFIM DE DAR O BOTE. ESTOU CERTA DE QUE NADA ATINGE ESSE desgovernador, JÁ QUE MAIS PARECE UM LEIGO. PARABÉNS PRA ele: ele TEM VÁRIAS CARAS E A PIOR DELAS É A COM A QUAL ELE FINGE SER GOVERNADOR. SE TIVESSE DOMÍNIO DA SITUAÇÃO ELE NÃO DARIA UMA COLETIVA ONDE NÃO PUDESSE LHE FAZER PERGUNTA, SÓ QUE ISSO A MÍDIA NÃO SALIENTA É CLARO, É PAGA PARA DIZER SOMENTE O QUE INTERESSA AO GOVERNO. QUE PALHAÇADA!

    ResponderExcluir
  168. PARABÉNS EULER PELO BLOG!!!!MAS A CHANCE DE UM SATÉLITE DA NASA CAIR NA CABEÇA DO ANASTISIA É UMA EM 22 TRILHÕES,VAMOS TORCER MUITOOOOOOOOOOOOOOO PRA ACONTECER!!!
    PS - PROFESSORA INDIGNADA.

    ResponderExcluir
  169. Estes de cima acham que dinheiro é capim e que só nasce nas hortas deles. É só pedir aumento e nada mais. levou......................

    últimas notícias
    [ASSINE SMS]
    [ASSINE RSS]
    Câmara
    Ministério Público pede fim dos supersalários
    Publicado no Jornal OTEMPO em 20/09/2011
    Avalie esta notícia »


    Brasília.O Ministério Público Federal pediu ontem a derrubada de uma decisão judicial que garante a servidores da Câmara dos Deputados o direito de receber salários acima do teto salarial do funcionalismo, que é de R$ 26,7 mil.


    No recurso que será analisado pela Corte Especial do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª. Região, o procurador regional da República Marcus da Penha afirma que foi equivocada a decisão do presidente do TRF, Olindo Menezes, de permitir o pagamento dos supersalários. Em sua decisão, Menezes disse que o corte nos salários poderia comprometer o funcionamento dos serviços na Câmara.


    "O presidente do TRF fixa uma premissa desprovida de demonstração, ao considerar que a ordem administrativa teria sido abalada", disse o procurador.


    O desembargador também já havia liberado o pagamento de supersalários para os senadores e servidores do Senado.

    ResponderExcluir
  170. Este ERA o nosso presente,

    não soubemos conquistá-lo.


    Entrementes, observe-se o que decidido na Rcl 2.576 (rel. min. Ellen Gracie, Pleno, DJe de 20.08.2004).
    Publique-se.
    Brasília, 05 de setembro de 2011.

    Ministro JOAQUIM BARBOSA
    Relator

    ResponderExcluir
  171. Recebi essa mensagem no meu e-mail. Gostei.
    Tenho o prazer de informar que, com o meu voto favorável, a Bancada do PMDB decidiu votar contra o Projeto de Subsídio dos Trabalhadores da Educação enviado pelo Governo, se posicionando em favor do Piso defendido pela Classe. Podem contar não só com meu voto, mas com os oito votos do partido em favor dos professores. Estamos juntos nesta luta.


    Continuo ao seu dispor.




    Tadeu Martins Leite

    Dep. Estadual




    Assembleia Legislativa de Minas Gerais

    Gabinete do Deputado Tadeu Martins Leite

    Rua Rodrigues Caldas, 30 – Sala 105

    Santo Agostinho

    30190-921 – BH

    Fone: 31 2108 5899

    ResponderExcluir
  172. ESTOU INDIGNADA E SEM PACIÊNCIA COM ESSE GOVERNADOR!!!!

    Vamos começar a movimentação e o abaixo assinado para pedir o IMPCHEMAM DO GOVERNADOR DE MINAS GERAIS ANTÔNIO ANASTASIA, um ser esquisito, descumpridor das leis, tirano, covarde, mau amado, ele deve ser a encarnação do demônio, que nem o inferno quer. E também quem deve cair fora por incompetência de diálogo, de negociação, e que se mostra uma caquetica para o cargo (não sei como ainda o tal governador não reconheceu isso) é a secretaria Ana Lúcia Gazolla.
    IMPCHEMAM para o anastasia jé.
    IMPCHEMAM IMPCHEMAM IMPCHEMAM IMPCHEMAM IMPCHEMAM IMPCHEMAM IMPCHEMAM IMPCHEMAM .....................................
    NÃO PODEMOS ESPERAR MAIS!!!!! PACIÊNCIA TEM LIMITE!! QUE SUA CORJA SAIA TODA E NUNCA MAIS VOLTEM!!!!

    ResponderExcluir
  173. STF - STF - STF - STF - STF - STF - STF - STF

    ResponderExcluir
  174. URGENTE
    NOVO VALOR DO PISO PARA JANEIRO DE 2012
    MINAS AGORA VAI GANHAR DINHEIRO DO FUNDEB... E AÍ RENATA VILHENA???
    http://www.valor.com.br/brasil/1012368/piso-nacional-dos-professores-subira-166-em-2012-para-r-138499

    ResponderExcluir
  175. APELO AO COLEGA EULER:

    Quero apelar ao bom senso do colega Euler que tem contribuído muito com informações em seu blog. Solicito ao colega que não incentive a divisão do movimento com promoção de grupos específicos. Não há núcleos heróicos no movimento, não se trata de heroísmos, nem podemos agir com ufanismos. Com certeza o colega irá refletir e com bom senso entender que a greve está sendo feita por todos, cada qual com a participação e atuação que pode dar. Todos estão contribuindo com sacrifícios pessoais e familiares. Outros com propostas conversas com alunos, pais, com professores que ainda não aderiram, com criação de blogs inclusive jurídicos para auxiliar o sindicato na replicação das informações, etc.
    A promoção de grupos específicos dentro da greve não contribui para o movimento, divide, cria disputa e nos enfraquece!
    Pense nisso!

    ResponderExcluir
  176. Este governo e sua patota são pirracentos e dissimulados. Estão mentindo descaradamente para a sociedade inteira. MG paga um dos piores salários do Brasil. Além do mais, está agindo de má-fe com os alunos, pois ignora a justa reivindicação do movimento grevista, que só exige o cumprimento da lei, alongando a greve. Será que ele quer que ela acabe realmente? Se não bastasse, ainda fica intimidando e ameaçando. Mas ainda não entendeu que quanto mais ele bate nos professores, mas eles ganham força. Só cego para não ver isto. A verdade vira à tona e o governo ficará desmoralizado, de forma irreversível, e o projetinho do Aecim de chegar ao Planato estará totalmente comprometido. Isto o que o governo está fazendo, chama-se molecagem! Aceite a realidade, negocie logo e pague o piso sr. governador!

    ResponderExcluir
  177. Euler, acho que seria uma boa ideia, alguns grevistas irem ao estadio num deste jogos do cruzeiro ou atlético televisionado com cartazes na mão falando de nossa greve (ex: greve professores de MG - 105 dias ou Anastasia, pague o piso dos profesores). O que acha?

    ResponderExcluir
  178. Concordo e reforço a ideia de ocupar o Mineirão. Agora sim, apareceu uma grande ideia. Ja que a Dilma está acompanhando de perto as Obras da copa, agora não tem jeito, ela não podera fingir que não é com ela. E o Lula e Ministro Haddad? Na época certa saberemos dar o troco nessa falta de visão deles sobre a nossa greve.

    ResponderExcluir
  179. CHARLOTTE CHEIA DE CHARME...

    A cada golpe que damos nesse ditadorzinho de meia pataca eu me sinto toda, toda!!!
    Cheia de charme, jogo os meus cabelos para um lado, para o outro lado e depois com a ponta do dedo entre meus lábios penso em mais uma noite mal dormida que o ANAstazista vai ter.
    A RESISTÊNCIA DOS COLEGAS ME REVIGORA; E SÓ DEUS SABE O BEM QUE FAZ A MINHA PELE O CANORO CANTO DE TODOS NA ASSEMBLEIA GRITANDO GREVE!!!

    greve! greve! greve! ah, isso é música para os meus ouvidos!!!

    SEM PISO NÃO PISO NA ESCOLA!!!

    ResponderExcluir
  180. Caro Euler,

    Em Uberlândia estamos firmes na greve. Aqui também nós temos um NDG, que não desiste nunca da luta.

    Aqui só voltamos depois de conquistado o piso.

    O desgovernador já usou todas as suas armas, agora é só pagar o piso.

    Vamos todos continuar firmes e não esmorecer. Vamos ampliar a nossa greve e vamos fazer fundo de greve, com campanhas e pedágios para ajudar nossos companheiros em dificuldade.

    Um forte abraço e força na luta até a conquista do nosso abençoado piso.

    Um grevista de Uberlândia.

    ResponderExcluir
  181. CHARLOTTE TAMBÉM É CULTURA:

    Nesse momento de luta nada como uma boa leitura.Então indico:

    "Marx e A pedagogia Moderna" de Mario Alighiero.
    Vale a pena ler. É isso aí colega... lutando e lendo.

    e vamo que vamo porque sem PISO NÃO PISO NA ESCOLA

    ResponderExcluir
  182. gente o pior esta ainda por vir.vejam bem,ana nao declara nada apenas manda a tribu fu e a oxigenada.debaixo desse tapete tem sujeira demais ,se vier a tona com ha de vir vai ser uma enxurrada de sujeira.penso ate que quando esgotarem todos os recursos para nos detruir,ele se destruira.ou seja dara um tiro na cabeca,como getulio saira da vida e alem de entrar para a historia vai entrar mesmo para o inferno que e o lugar de origem dele.nao estou brincando e serio existe mais coisa entre o ceu e a terra...

    ResponderExcluir
  183. Gente, já estamos defasados! Em janeiro o piso já será outro e o Imperador Mineiro falando em R$ 712,00? È brincadeira!

    Piso nacional dos professores subirá 16,6% em 2012, para R$ 1.384,99
    Por Luciano Máximo | valor

    SÃO PAULO - O valor do piso nacional dos professores das escolas públicas do país terá reajuste nominal de 16,6% em 2012, passando dos atuais R$ 1.187 para R$ 1.384. A variação cumpre a lei 11.738, de 2008, que prevê aumento do salário-base docente conforme o incremento do custo anual por aluno previsto no Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização do Magistério (Fundeb).

    De acordo com a memória de cálculo do projeto de lei orçamentária enviado hoje ao Senado pelo Ministério do Planejamento, o Fundeb também terá reajuste nominal de 16,6% no ano que vem, com arrecadação prevista de R$ 106,7 bilhões, considerando R$ 77,4 bilhões de aportes dos Estados e R$ 29,2 bilhões da União. Com isso, o Brasil aumenta o seu gasto por aluno na mesma proporção, para R$ 2.009,45.

    O documento também indica que a complementação financeira da União ao Fundeb será 23% maior que a de 2011, chegando a R$ 9,603 bilhões. Esse valor é distribuído entre dez Estados que, com sua arrecadação, não conseguem cumprir o custo-aluno de R$ 2.009,45. A novidade é que Paraná e Minas Gerais entram pela primeira vez nessa lista - geralmente composta por Estados pobres - e receberão, respectivamente, R$ 144 milhões e R$ R$ 1,115 bilhão do governo federal em 2012 a fim de cumprir suas obrigações financeiras na área educacional. O projeto de lei orçamentária de 2012 prevê ainda que o Ministério da Educação (MEC) desembolse R$ 1,067 bilhão aos governos estaduais e prefeituras que tiverem problema para cumprir a lei do piso nacional dos professores.

    Até o fim do ano, o MEC publicará portaria validando todos esses números.

    (Luciano Máximo | Valor)

    ResponderExcluir
  184. É verdade que o projetinho do governo foi derrubado? Me contem, por favor.

    ResponderExcluir
  185. ESTAMOS SOZINHOS NESTA GUERRA.

    DILMA...
    MINISTRO DA EDUCAÇÃO...
    SUB COMISSÃO DA CÂMARA...
    LULA...

    DE NÓS ELES SÓ QUEREM O VOTO.

    VAMOS DAR O NOSSO GRITO DE GUERRA DE VERDADE.

    UUUUAAAAÁÁÁÁÁÁ QUEREMOS JUSTIÇA.

    ResponderExcluir
  186. Pensando o Brasil
    A falência da educação

    A educação pública no Brasil está indo de mal a pior. Aliás, desde que me entendo por gente há esta constatação.

    Eu mesmo fiz toda a minha educação básica em escolas públicas, que ainda não eram tão ruins como são hoje. Naquele tempo, ainda se aprendia e ler, escrever e fazer contas.

    Hoje os alunos da rede pública em geral, e, com raríssimas exceções, passam de ano sem saber ler, sem saber escrever, enfim, sem saber nem o básico.

    Com o ministro da educação que temos, não há perspectivas de grandes mudanças ou melhoras tão cedo.

    Assista no vídeo abaixo a mais uma matéria do Jornal da Record.


    http://www.hojeemdia.com.br/colunas-artigos-e-blogs/diarios/pensando-o-brasil-1.290984/a-falencia-da-educac-o-1.343605

    ResponderExcluir
  187. Depois dessa ORDEM de 48 horas para que todos os grevistas retornem às salas de aulas, FOR DESOBEDECIDA, o que mais restará ao governador?

    Continuem na luta! Olha o e-mail que a SEE enviou para as escolas hoje à tarde, 17:53.

    Senhor(a) Diretor(a),

    Informamos que os servidores efetivos, efetivados e designados que, apesar da declaração da ilegalidade da greve pelo Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, permanecerem em greve continuarão tendo suas faltas lançadas como Falta Greve.

    Atenciosamente,

    Antonio Luiz Musa de Noronha
    Subscretário de Gestão de Recursos Humanos

    ResponderExcluir
  188. PESSOAL,OCUPAR O MINEIRAO É UMA EXCELENTE IDÉIA.ASSIM SEREMOS VISTOS POR TODO O BRASIL INCLUSIVE PELA DES-PRESIDENTA DILMA.SEJAMOS RÁPIDOS.

    ResponderExcluir
  189. Vejam essa notícia!Há 2 horas 0
    Piso nacional dos professores subirá 16,6% em 2012, para R$ 1.384,99
    Por Luciano Máximo | valor

    SÃO PAULO - O valor do piso nacional dos professores das escolas públicas do país terá reajuste nominal de 16,6% em 2012, passando dos atuais R$ 1.187 para R$ 1.384. A variação cumpre a lei 11.738, de 2008, que prevê aumento do salário-base docente conforme o incremento do custo anual por aluno previsto no Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização do Magistério (Fundeb).

    De acordo com a memória de cálculo do projeto de lei orçamentária enviado hoje ao Senado pelo Ministério do Planejamento, o Fundeb também terá reajuste nominal de 16,6% no ano que vem, com arrecadação prevista de R$ 106,7 bilhões, considerando R$ 77,4 bilhões de aportes dos Estados e R$ 29,2 bilhões da União. Com isso, o Brasil aumenta o seu gasto por aluno na mesma proporção, para R$ 2.009,45.

    O documento também indica que a complementação financeira da União ao Fundeb será 23% maior que a de 2011, chegando a R$ 9,603 bilhões. Esse valor é distribuído entre dez Estados que, com sua arrecadação, não conseguem cumprir o custo-aluno de R$ 2.009,45. A novidade é que Paraná e Minas Gerais entram pela primeira vez nessa lista - geralmente composta por Estados pobres - e receberão, respectivamente, R$ 144 milhões e R$ R$ 1,115 bilhão do governo federal em 2012 a fim de cumprir suas obrigações financeiras na área educacional. O projeto de lei orçamentária de 2012 prevê ainda que o Ministério da Educação (MEC) desembolse R$ 1,067 bilhão aos governos estaduais e prefeituras que tiverem problema para cumprir a lei do piso nacional dos professores.

    Até o fim do ano, o MEC publicará portaria validando todos esses números.

    (Luciano Máximo | Valor)

    ResponderExcluir
  190. EULER E NDG
    Prestem atenção no trecho da reportagem.

    ...Paraná e Minas Gerais entram pela primeira vez nessa lista - geralmente composta por Estados pobres - e receberão, respectivamente, R$ 144 milhões e R$ R$ 1,115 bilhão do governo federal em 2012 a fim de cumprir suas obrigações financeiras na área educacional.

    O projeto de Aécio e NANÁ é do Denorex, parece mais não é. Parece que tudo bem mas não está.
    Minas é um estado de faz de contas. Esta turma quebrou o estado.

    Churrasco de picanha só na vitrine. E agora playmobil. A casa caiu!

    http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/09/20/piso-nacional-dos-professores-subira-16-6-em-2012-para-1-384-99-925405964.asp#ixzz1YXZ81fqX


    Tirem o pé do meu PPIISSOO!!!!!

    ResponderExcluir
  191. João Pinto - Governador Valadares20 de setembro de 2011 21:42

    Colegas, não voltem para a escola. Lutemos até o fim!!!

    ResponderExcluir
  192. 20/09/2011 - 21h08
    Piso nacional do professor deve ter reajuste de 16,68% e passar para R$ 1.384 em 2012

    Rafael Targino - Em São Paulo

    http://noticias.uol.com.br/educacao/2011/09/20/piso-nacional-do-professor-deve-ter-reajuste-de-1668-e-passar-para-r-1384-em-2012.jhtm

    A memória do cálculo de lei orçamentária para 2012, enviada ao Congresso Nacional pelo Ministério do Planejamento e divulgada nesta terça-feira (20) prevê um aumento de 16,68% no valor mínimo investido por aluno pelos governos municipais, estaduais e federal. A diferença entre um ano e outro neste valor é o cálculo utilizado pelo MEC (Ministério da Educação) para o piso nacional dos professores: por conta disso, o salário mínimo docente deve ir dos atuais R$ 1.187 para um valor em torno de R$ 1.384.

    O total mínimo investido por aluno do ensino fundamental passará dos R$ 1.722,05 para R$ 2.009,45. A origem desse dinheiro é o Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica) e os Estados que não conseguem atingir esse mínimo recebem uma complementação da União.

    Pela primeira vez, Minas Gerais e Paraná precisarão receber o dinheiro, geralmente destinado a Estados mais pobres. Piauí e Rio Grande do Norte vão conseguir pagar o valor. Os outros oito Estados que continuam na lista são Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba e Pernambuco. No total, a complementação chegará a R$ 9.603.858.15 em 2012.

    Os valores exatos devem ser definidos em breve pelo Ministério da Educação.
    Salário

    O valor mínimo pago aos docentes estava sendo contestado por alguns Estados até uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), em abril, que decidiu que o total deveria ser encarado como vencimento básico.

    Desde então, professores vêm fazendo paralisações para garantir o direito e os Estados tentam se mobilizar para pagar o valor. O caso mais emblemático é o de Minas Gerais, onde os docentes estão parados há mais de cem dias. Eles pedem o pagamento do piso definido pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), calculado em R$ 1.597,87, mas anunciaram que aceitarão negociar o valor nacional mínimo.
    Investimento por aluno

    O valor investido por aluno já era considerado insuficiente para uma educação de qualidade em 2011. Cálculos do CAQi (Custo Aluno Qualidade Inicial), feitos com base no PIB (Produto Interno Bruto), mostram que o valor deveria ser de, no mínimo, R$ 2.194,56 -ainda acima do previsto para 2012.

    ResponderExcluir
  193. Caro Euler,boa noite.Leia,por favor,a notícia do portal UOL em que o piso salarial sofrerá um reajuste de mais ou menos 16% ,indo a R$1.386,00 em 2012.O mais importante nesta notícia é que, pela primeira vez, Minas Gerais receberá auxílio do Governo Federal.Choque de gestão é isso aí.Sou advogado e apoio de forma peremptória a luta de vocês.Reconheço que vocês,professores,tiveram um papel decisivo em minha formação e expresso aqui o meu respeito e admiração por vocês,Mestres,na vida e na luta.

    ResponderExcluir
  194. Que belo texto, Pedro Paulo (Governador Valadares)!

    Se todos fizessem opção pelo exercício da cidadania,
    a nossa realidade seria diferente.

    ResponderExcluir
  195. Professores que sejam obrigados a voltar à sala, cumpram a "lei - voltar a sala" mas permaneçam em greve não ensinem fiquem apenas de corpo presente e alma com a greve...

    ResponderExcluir
  196. Euler, veja esta notícia!! Agora é que não podemos recuar mesmo!!!
    Piso nacional dos professores subirá 16,6% em 2012, para R$ 1.384,99
    O Globo

    O valor do piso nacional dos professores das escolas públicas do país terá reajuste nominal de 16,6% em 2012, passando dos atuais R$ 1.187 para R$ 1.384. A variação cumpre a lei 11.738, de 2008, que prevê aumento do salário-base docente conforme o incremento do custo anual por aluno previsto no Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização do Magistério (Fundeb).

    De acordo com a memória de cálculo do projeto de lei orçamentária enviado hoje ao Senado pelo Ministério do Planejamento, o Fundeb também terá reajuste nominal de 16,6% no ano que vem, com arrecadação prevista de R$ 106,7 bilhões, considerando R$ 77,4 bilhões de aportes dos Estados e R$ 29,2 bilhões da União. Com isso, o Brasil aumenta o seu gasto por aluno na mesma proporção, para R$ 2.009,45.

    O documento também indica que a complementação financeira da União ao Fundeb será 23% maior que a de 2011, chegando a R$ 9,603 bilhões. Esse valor é distribuído entre dez Estados que, com sua arrecadação, não conseguem cumprir o custo-aluno de R$ 2.009,45.

    A novidade é que Paraná e Minas Gerais entram pela primeira vez nessa lista - geralmente composta por Estados pobres - e receberão, respectivamente, R$ 144 milhões e R$ R$ 1,115 bilhão do governo federal em 2012 a fim de cumprir suas obrigações financeiras na área educacional.

    O projeto de lei orçamentária de 2012 prevê ainda que o Ministério da Educação (MEC) desembolse R$ 1,067 bilhão aos governos estaduais e prefeituras que tiverem problema para cumprir a lei do piso nacional dos professores.

    Até o fim do ano, o MEC publicará portaria validando todos esses números.

    Siga o Blog do Noblat no twitter

    Fonte: Blog do Noblat
    http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2011/09/20/piso-nacional-dos-professores-subira-16-6-em-2012-para-1-384-99-406786.asp

    ResponderExcluir
  197. EXTRA:

    NOTÍCIA URGENTE:

    SE VOCÊ OPTOU PELO PISO NACIONAL DOS PROFESSORES,VOCÊ TEM OBRIGAÇÃO DE ENTRAR NA LUTA CONOSCO OU CORRERÁ SÉRIO RISCO DE TER SUA CARREIRA PROFISSIONAL DESTRUÍDA .A PARTIR DESSE MOMENTO VOCÊ ESTA CONVOCADO A SAIR DA SALA DE AULA E ENTRAR NO EXÉRCITO DOS ÚLTIMOS HERÓIS DA RESISTÊNCIA .OBJETIVO DESTRUIR A DITADURA,TRAZER DE VOLTA NOSSA CARREIRA E O PISO NACIONAL DOS PROFESSORES.NOSSA MISSÃO NÃO PODE FALHAR CONTAMOS COM SUA PRESENÇA URGENTEMENTE.MUITOS PROFESSORES SEM SALÁRIOS MUITAS CRIANÇAS, JOVENS E ADOLESCENTES EM RISCO DE PERDER O ANO ESCOLAR.PRECISAMOS UNIR URGENTEMENTE CONQUISTAR NOSSOS OBJETIVOS E VOLTAR A NORMALIDADE NAS ESCOLAS.JUNTOS SEREMOS UMA FORÇA INDESTRUTÍVEL.CONTAMOS COM SUA PRESENÇA URGENTE.

    ResponderExcluir
  198. Presidenta Dilma,

    Aqui em Minas tem um ditado que é o seguinte:

    - Quem mistura com porcos come farelo

    Cuidado...

    ResponderExcluir
  199. Piso nacional dos professores subirá 16,6% em 2012, para R$ 1.384,99

    Por Luciano Máximo | valor

    SÃO PAULO - O valor do piso nacional dos professores das escolas públicas do país terá reajuste nominal de 16,6% em 2012, passando dos atuais R$ 1.187 para R$ 1.384. A variação cumpre a lei 11.738, de 2008, que prevê aumento do salário-base docente conforme o incremento do custo anual por aluno previsto no Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização do Magistério (Fundeb).

    De acordo com a memória de cálculo do projeto de lei orçamentária enviado hoje ao Senado pelo Ministério do Planejamento, o Fundeb também terá reajuste nominal de 16,6% no ano que vem, com arrecadação prevista de R$ 106,7 bilhões, considerando R$ 77,4 bilhões de aportes dos Estados e R$ 29,2 bilhões da União. Com isso, o Brasil aumenta o seu gasto por aluno na mesma proporção, para R$ 2.009,45.

    O documento também indica que a complementação financeira da União ao Fundeb será 23% maior que a de 2011, chegando a R$ 9,603 bilhões. Esse valor é distribuído entre dez Estados que, com sua arrecadação, não conseguem cumprir o custo-aluno de R$ 2.009,45. A novidade é que Paraná e Minas Gerais entram pela primeira vez nessa lista - geralmente composta por Estados pobres - e receberão, respectivamente, R$ 144 milhões e R$ R$ 1,115 bilhão do governo federal em 2012 a fim de cumprir suas obrigações financeiras na área educacional. O projeto de lei orçamentária de 2012 prevê ainda que o Ministério da Educação (MEC) desembolse R$ 1,067 bilhão aos governos estaduais e prefeituras que tiverem problema para cumprir a lei do piso nacional dos professores.

    Até o fim do ano, o MEC publicará portaria validando todos esses números.

    (Luciano Máximo | Valor)

    http://www.valor.com.br/brasil/1012368/piso-nacional-dos-professores-subira-166-em-2012-para-r-138499

    ResponderExcluir