sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Assistam ao vídeo... e morram de ódio! Será que o faraó vai processar seu afilhado?

Assistam ao vídeo... e morram de ódio! Será que o faraó vai processar seu afilhado?



O vídeo acima é mais uma peça documental contra este desgoverno de Minas Gerais. Já em 2004 o faraó mineiro, playboy das Alterosas, candidato agora a presidente, lançou o Plano de Carreira dos educadores com toda pompa e circunstância, tendo a seu lado o agora desgovernador.

Na época fez questão de enfatizar que o Plano de Carreira valorizaria a formação acadêmica, com os diferentes níveis de promoção e de progressão. Reconheceu inclusive que os educadores eram mal remunerados e que em pouco tempo o estado haveria de corrigir esta realidade.

Hoje, em 2011, passados 7 anos, já com o piso salarial previsto na Constituição Federal, aprovado através da lei federal 11.738/2008, qual é a realidade de Minas Gerais?

Os educadores em greve há 87 dias - a maior greve da história de Minas Gerais! - por conta do não pagamento de um miserável piso salarial. Com que argumento o faraó se apresentará para o Brasil, se a realidade de Minas demonstra que o seu projeto de gestão foi um verdadeiro fiasco?

Seria muito bom também que o senhor Procurador da Justiça, que tem atuado como assessor do governador, também tomasse conhecimento dessa realidade. Senão através da Lei que implantou o Plano de Carreira - talvez ele tenha dificuldade em interpretá-la -, pelo menos através deste vídeo, onde o seu chefe, agora senador, expõe com razoável clareza (não muita, porque é difícil esperar clareza de qualquer destes agentes do governo) o conteúdo do Plano de Carreira, que proíbe esta patifaria que o governo mineiro apresentou para o procurador, na reunião com o sindicato, no dia 31 de agosto.

A tal proposta, indecente, imoral e ilegal, estabelece um valor único - R$ 712,20 - para todos os diferentes níveis da carreira, desrespeitando assim, o que diz a lei: para o nível IA (professor com ensino médio), se o valor é R$ 712,20, significa que para o nível IIA (licenciatura curta) teria que ser 22% a mais, ou seja, R$ 868,88; para o nível IIIA (professor com licenciatura plena) teria que ser 22% acima do nível IIA: R$ 1.060,00. E assim por diante, até atingir o nível VIA.

E o pior de tudo é que o procurador, numa trama urdida com o Governo mineiro, em flagrante desrespeito à inteligência do povo mineiro e dos educadores em especial, prestou-se ao trabalho de ameaçar os profissionais em educação, dizendo que poderia pedir a ilegalidade da greve, já que o governo de Minas apresentara uma proposta que, segundo ele, cumpre a Lei do Piso. O que é falso. Um verdadeiro atestado de submissão do MP ao poder Executivo mineiro - o que aliás, tem sido recorrente por parte dos demais poderes prosti..., digo, constituídos em Minas. Legislativo e Judiciário atuam já há muito como verdadeiras autarquias do governo do Estado.

E para completar o quadro, temos uma imprensa dócil, servil e sensível ao tilintar das moedas que jorram em grande quantidade, oriundas dos cofres públicos, dos impostos que eu e todos os demais mineiros pagamos diariamente.

Minas virou um caso de Vergonha nacional. Mas, não é o único. Os exemplos se espalham. O que nos salva, nessa história, é o exemplo de luta dos educadores mineiros, que recebem apoio dos movimentos sociais, dos estudantes, sem-terra, sem-teto, e sindicalistas comprometidos com as melhores causas.

O que se verifica no caso da recusa em pagar um piso nacional de R$ 1.187,00 para a jornada de até 40 horas semanais, é um exemplo de como as coisas estão invertidas nesse país. No momento em que preparam uma Copa do Mundo, gastando bilhões na reforma e construção de estádios; no momento em que exibem a construção de Cidades Administrativas sem qualquer utilidade para a população; no momento em que anunciam o aumento dos gastos com os banqueiros e credores de dívidas públicas; observamos, ao mesmo tempo, a sonegação deste elementar direito legal, que é um piso salarial nacional aprovado em 2008.

Uma vergonha para Minas Gerais. Uma vergonha para o Brasil.

E que bom que ainda temos nesta terra gente como os educadores mineiros e tantos outros, que não se curvam a esta cretinice dos de cima, que se locupletam com os recursos que deveriam ser distribuídos com os de baixo. Por isso, a nossa greve continua! Por isso o nosso lema: sem o piso no nosso bolso, não voltamos para a escola!

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

262 comentários:

  1. Brilhante Euler, você como disse o ministro da justiça defendendo o piso, "supera e suplanta" a si mesmo a cada post.
    Também essa idéia é boa:"Pollyanna disse...

    Olá, Euler, e blogueiros, alguém faz parte de alguma torcida organizada? Conhecem seus líderes?"
    A Galoucura falou numa reportagem que se o governo não resolvesse que eles ajudariam. Sei que tem a comunidade no orkut. Podemos enviar esse pedido de ajuda. Estourei meu limite de e-mails por hoje. Gostaria de falar pra se cuidarem porque estão sendo enviados vírus para travar os pcs. O meu, mesmo com antivirus está tendo que ser formatado toda hora. Salvem os contatos em hd externo. Estão tentando nos calar de todo jeito.

    ResponderExcluir
  2. Euler, sei q/ a regra não é geral, mas, gostaria de colocar que o governo dá uma de trouxa p/, acredito eu, já que é o caso de minha cidade, os professores c/ apenas ensino médio, não estão em greve. Por isso, senhor governador, não adianta pagar o piso a estes, que na verdade não são a maioria. Pague o piso de acordo com o Plano de carreira, ou então ninguém pisa na escola neste ano de 2011. Até a vitória!

    ResponderExcluir
  3. Em tempo: De falar em Aecin... lembrei-me do fato de não ter emitido a minha opinião quanto a professora da reportagem da banDIDA rede de televisão, porque eles não mostraram o dito cujo ex governador dirigindo bebado no Rio de Janeiro? Fala serio seu repóter, Aecin pode!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Vamos mobilizar novamente os estudantes de Direito da rede pública e privada apoio a nossa causa.

    ResponderExcluir
  5. Temos de nos mobilizar em todas as cidades no dia 7 de Setembro contra a corrupção!
    Aqui em BH, será na Praça 7: "Operação 7 de Setebmro"...
    http://www.facebook.com/event.php?eid=130669290359942

    ResponderExcluir
  6. Não vamos desistir! Afinal se somos os educadores, temos o futuro do Estado em nossas mãos... Nossos alunos precisam da nossa vitória, pois ela é também a vitória deles. Nossa valorização, nossa dignidade representa o valor da educação pública. Se nós não somos valorizados e aceitarmos isso estaremos aceitando o sucateamento cada vez maior da educação pública em nosso estado! FORÇA COMPANHEIROS, NÓS É QUE FAZEMOS O FUTURO DA NAÇÃO!!! E como diz no Hino: Verás que um filho teu não foge à luta... Abraço a todos do NDG.

    ResponderExcluir
  7. Vamos fazer como no Impeachment do Collor, todos de luto no dia 7 de setembro. Espalhem essa idéia para todos os colegas, familiares, amigos, alunos e outros grupos sociais. Será uma grande demonstração para o governo.

    ResponderExcluir
  8. Caro Euler,

    Pode-se perceber que há, em todo o país, jovens estudantes se levantando em protestos. Os estudantes estão dando seu recado. Aqui em Minas ainda está um pouco tímido, mas eles estão vendo pela mídia seus colegas de outros estados lutando pela educação, vamos incentivá-los.

    ResponderExcluir
  9. Caro Euler e leitores do blog. No periodo em que a ADI dormitava no STF, o Governo de Minas, a época, o atual senador Aécio Neves, através da Secretaria de Educação divulgou um comunicado aos servidores da educação que em 01 de janeiro de 2010 à nossa remuneração deveria tornar-se vencimento básico. Neste mesmo comunicado foi divulgado qual seria o impacto no orçamento, estudos preliminares revelam um valor na ordem de R$ 3,1 bilhões. Euler, você mesmo publicou sobre esta matéria no blog. Insisto, vejam o banco de notícias no link: https://www.educacao.mg.gov.br/imprensa/noticias/1172-secretaria-divulga-comunicado-a-servidores?tmpl=component&print=1&page=

    ResponderExcluir
  10. Brilhante Euler. E concordo com Pedro Paulo, todos de luto no dia 7 de setembro e vamos desbancar este governo de meia pataca.

    ResponderExcluir
  11. Me desculpem pelo comentário que vou fazer, a respeito destas pessoas que ficam sempre lembrando do impeachment do Collor...
    Não foi a massa, os de baixo e os oprimidos que se revoltaram e levaram o movimento para o final que aconteceu...
    Foi a classe média alta e a classe rica que, sendo prejudicada financeiramente, manipularam alguns estudantes, jovens que acreditaram no que foi colocado na mídia...
    O nosso movimento é outro. É um movimento dos de baixo contra um poder muito forte.
    Se Deus quiser, conseguiremos vencer pela luta arrenhida daqueles que não desistem nunca, embora massacrados pelos poderosos.

    ResponderExcluir
  12. Caro Euler, pensei, pensei, pensei em alguma nova estratégia para tentarmos nossa defesa/ataque diante dessa proposta indecente do desgoverno de Minas. Pois bem, vários colegas cobrando do Sindutemg uma posição mais dura de seu depto jurídico. Que tal, fazer chegar à Batriz uma ideia de que o sindicato chame os deputados que supostamente estão do nosso lado, tanto estaduais como os federais e, através deles, conseguirmos o apoio jurídico de grandes advogados e juristas para a interpretação correta da Lei do Piso e a consequente defesa ante a esses ataques do governo de MPE? De uma forma geral, deputados quando sofrem alguma acusação, conseguem os melhores advogados do país para os defenderem. Pois bem, esta é a hora, os deputados que realmente não nos usam apenas como palanque, conseguiriam um acordo entre o sindicato e esses advogados, assessorariam o jurídico do Sindiutemg e, com certeza, ficaria mais fácil. Porém, esta atitude deveria ser para ontem. O quanto antes melhor.

    ResponderExcluir
  13. Grande Prof. EULER,
    esse vídeo é para DESMASCARAR qualquer político desse Desgoverno, bem como qualquer jurista ou jornalista de aluguel, a não ser que sejam "CEGOS de visão" (com esse pleonasmo para lá de vicioso, mesmo, porque CEGOS DE RACIOCÍNIO eles têm demonstrado que são ou fingem ser).
    ***ATENÇÃO, COLEGAS EDUCADORES: - Que tal tomarmos a iniciativa de enviar esse vídeo Youtube para vários endereços? (sugestões: MG TV, JORNAL NACIONAL da GLOBO, TV ALTEROSA, JORNAL DA BAND, SBT, JORNAL da RECORD e outros)

    ResponderExcluir
  14. Gostaria de saber porque, mesmo sendo uma seguidora de seu blog, Euler, eu não consigo postar nada com o nome da minha conta do Google...
    Se insisto em postar com a conta, todo o conteúdo se perde e a página sai do ar com uma mensagem dizendo que não é possível postar.
    Tenho gmail, facebook e twiter - tudo funcionando perfeitamente... só aqui que não funciona...
    Vc tem idéia do que está acontecendo?
    Agradeço
    graçagotelipe - Itabirito -

    ResponderExcluir
  15. Pupurina minha amigaaa, cadê você?????????? Força na peruca...
    "Sind-UTE/MG tem nova reunião com Governo, na próxima segunda-feira (5/9)
    O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE/MG) participa na próxima segunda-feira (5/9), a partir das 15 horas, na Cidade Administrativa, de uma reunião com o secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro. O encontro é resultado de uma articulação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). A medida é um esforço das entidades para mediar um processo de negociação do Governo do Estado com a categoria em greve há mais de 80 dias. Além do Sind-UTE/MG e do Governo, participarão da reunião o presidente da CNTE, Roberto Leão e um representante da Direção Nacional da CUT."
    Dessa vez sai... volte pra luta mona! Viu só que tanto de "mediadores" já possuimos? rsrsrsrsrs... Essa nossa sensibilidade feminina está nos deixando cada dia mais fortes! Amamos você e se nos apoiar nossa greve ficará mais suave. Beijinhos coloridos.

    ResponderExcluir
  16. Todos sabemos que não foi apenas a mobilização do povo que derrubou o Collor, não somos ingênuos e sabemos que houve interesses dos grandes. Por outro lado, a opinião pública tem um peso enorme, pois o escândalo do Mensalão foi ainda maior e o presidente Lula não caiu. E todos sabem a razão pela qual os adversários preferiram deixá-lo intocado: sua alta popularidade. Foi há quase 20 anos, mas eu me lembro do Collor conclamando a todos para saírem às ruas com as cores verde e amarelo. Não tenho um medidor para a força do povo, mas sei que me vesti de preto e roxo e me lembro de muitos outros que fizeram o mesmo. Os grandes têm o poder de decidir, mas a massa tem o poder de pressionar. Não é possível saber que peso qualquer movimento vai ter, mas é possível agir. Tudo o que vier para somar na luta é bem-vindo, exceto para os defensores do governo que estão infiltrados em nosso meio, disfarçados de grevistas...

    Vamos alimentar a campanha: "EM 7 SETEMBRO, MINAS DE LUTO CONTRA A DITADURA DO ANASTASIA"!!!

    ResponderExcluir
  17. ONTEM, A TV ALTEROSA, BATEU PESADO NO MOVIMENTO DOS PROFESSORES - SÓ PORQUE ALGUNS COMPANHEIROS ESTAVAM BEBENDO UMA CERVEJA DURANTE A PASSEADA - PENA QUE OS COMPANHEIROS ESQUECERAM DE FALAR SOBRE O SENADOR AÉCIO/PSDB QUE SE NEGOU A FAZER O TESTE DO BAFÔMETRO.

    ResponderExcluir
  18. Olá, Euler,
    duas coisa: primeiro, não dei conta de assistir ao vídeo inteiro do aecim por razões emotivas: meu coração é fraco e não aguenta ver "pornografia" assim, barata. Só vi o início.
    Pois é, o afilhado, mostrou a que veio: não ser uma sombra do padrinho. E se tornou um vilão hipócrita. Ah, chega de reclamar desses dois.
    Segunda coisa: hoje, a inspetora foi à escola que leciono e quis pressionar algumas designadas para voltarem a dar aulas(pois faziam greve branca, só iam e assinavam o ponto ). A diretora bateu o pé, o sindicato e alguns colegas da escola compareceram e elas estão em casa até a greve acabar.Claro que algumas não ficaram satisfeitas,( não queriam greve, nem o piso, provavelmente ). Assim, o turno da manhã da escola Pandiá Calógeras, agora sim, está totalmente em greve. Essas mesmas colegas foram até as professoras que estão em ajustamento e também as convenceram a parar.
    No turno da tarde, infelizmente, apenas algumas estão em greve.
    De resto, continue nos dando forças, Euler.
    Estaremos juntos até a vitória.
    Abraços
    Rita

    ResponderExcluir
  19. Recebemos por e-mail, das combativas colegas Liliane e Josélia, as sugestões abaixo, de vídeos e leituras, que recomendamos:


    "Oi Euler

    Estou enviando algumas sugestões de músicas de protesto que, na ocasião, sugiro colocar no seu blog.
    Avalie. Esta é uma. Vale para nós e em solidariedade a tantos mineiros que estão morrendo em seus locais de trabalho hoje. Parece até que estamos no século XIX! É do Quilapayun, grupo chileno.

    "Se compra las cosas, más los hombres no".

    Saudações classistas
    Liliane

    Link:
    http://youtu.be/bRo9sSW71_E"

    ....

    "Josélia - GV:

    Excelente reflexão do colega Pedro Paulo Teixeira - Sinval- GV

    "Olá, amigos!

    Lembrei de um livro que estudei há mais ou menos dez anos, intitulado "Adorno - O poder educativo do pensamento crítico", em que três autores analisam a visão do filósofo Theodor W. Adorno sobre a educação a partir do pensamento crítico. Compartilho aqui um trecho bem pequeno, mas bastante significativo, sobre a imagem do professor ao longo da história ocidental:

    "(...) O menosprezo pelo mestre é de longa data, podendo ser localizado desde a Antiguidade, quando os inimigos derrotados pelos romanos se transformavam em escravos, cuja função, entre outras, era a de exercer a profissão de ensinar. Há indícios históricos de repulsa ao mestre também no feudalismo e no começo do renascimento. Talvez esse desprezo esteja relacionado com a separação e conseqüente valorização da força física sobre a força intelectual. Segundo Adorno, na Alemanha, pode-se definir essa atitude para com os intelectuais como o ressentimento do guerreiro, que logo, por um interminável mecanismo de identificação, penetra no povo. Basta colocar em contraste a imagem conservadora, emasculada e apagada do professor com a imagem heróica e exaltada dos guerreiros, para observar a alegria com que os meninos brincam de bandidos e mocinhos."

    PUCCI, Bruno, RAMOS-DE-OLIVEIRA, Newton, ZUIN, Antônio Álvaro Soares. Adorno: o poder educativo do pensamento crítico. Petrópolis, RJ. Vozes, 1999. (pág. 125).

    O embate atual entre educadores e o governo do Sr. Anastasia representa uma bifurcação da estrada percorrida pela educação em Minas Gerais. Se a greve levar ao cumprimento da lei, será um marco e daremos um grande passo no caminho da civilização e do desenvolvimento econômico e social. Se as reivindicações fracassarem e prevalecer a força bruta desse governador que saiu direto dos tempos do coronelismo, a educação tomará um caminho sombrio em direção à barbárie. Então veremos crescer a violência, o tráfico de drogas, a corrupção e o medo, que alimentarão os programas de TV sensacionalistas sobre crimes, agressões e outras coisas do tipo.

    Lembrei-me também deste tango, que foi composto e gravado pelo argentino Enrique Santos Discépolo em 1935. A letra é uma expressão de revolta e desânimo diante de uma sociedade degenerada. A música foi proibida em todos os períodos de governo autoritário na Argentina e mostra uma grande verdade, que se torna mais evidente de tempos em tempos, como neste momento de humilhação dos educadores que estamos vivendo em Minas Gerais. O primeiro link é de uma versão em português, composta e gravada por Raul Seixas em 1987, uma tradução bastante fiel do original. Há outras gravações de cantores como Caetano Veloso no segundo link, de 1969. O terceiro link é a versão do próprio autor, para quem quiser conhecer o original.

    Versão de Raul Seixas (Português - 1987):
    http://www.youtube.com/watch?v=Ry17z_edcjM

    Versão de Caetano Veloso (1969):
    http://www.youtube.com/watch?v=2zEa2AH9S0A

    Versão original, de Enrique Santos Discépolo (1935):
    http://www.youtube.com/watch?v=vH6_jzFlkFg

    É uma tristeza muito grande perceber que, depois de tudo que o mundo passou desde 1935 até hoje, depois de já termos completado a primeira década do século XXI, esta canção é perfeitamente adequada, sem necessidade de qualquer alteração.

    Um abraço!

    Prof. Pedro Paulo G. Teixeira."

    ResponderExcluir
  20. Acabei de crer, depois desse vídeo, somos meros joguetes nas mãos desses políticos. Um vem, promete se elege o outro vem atrás e desfaz. Vivem em conluio para se darem bem às nossas custas. Chegou a hora do BASTA! Professores em sala de aula, venham ajudar a categoria, não deixe que a profissão acabe, que seus alunos passem longe de uma faculdade de licenciatura. É isso que vocês querem para a educação em Minas? Não é possível que vocês não se sensibilizem. Já há estudantes, grupos sociais, entidades, sindicalistas diversos, todos já começam a se mobilizar em apoio à causa, que é justa. E vocês? Vocês estão esperando que seus alunos lhes deem uma aula de cidadania? Não deixe que isso aconteça! Estamos esperando por vocês.

    ResponderExcluir
  21. Bem lembrado pela Gracieusa, estamos sentido sua falta Purpurina.Volte... Queremos a vitória mas com você junto. Força ai.

    ResponderExcluir
  22. Minas foi o berço, hoje é o túmulo da liberdade! Mas com nossa paciência, persistência e resistência vamos ressuscitá-la, juntamente com os outros segmentos sociais.
    Sete de Setembro, vamos vestir de preto, poderíamos também distribuir fitas preta com a população, pedir para os motoristas amarrar nas antenas dos carros em sinal de luto. A ideia de participação do grito dos excluídos já foi mencionada aqui, é ótima ideia também. Mas seria interessante fecharmos aqui no Blog as atividades dessa data.Para em todas as regiões acontecerem a mesma coisa.

    Maria Helena - Ipatinga

    ResponderExcluir
  23. Que tal se o jurídico do sindute entrasse em contato com o jurídico de outros estados que consequiram o piso ,,trocar idéias com eles.Quem sabe surgem alguma solução.

    ResponderExcluir
  24. Notícia muito boa!
    ADESÃO de mais uma escola. Não sei o nome mas vou verificar e volto aqui pra parabenizar. Antes agora do q nunca!!!
    Essa dita escola para apenas um turno. Mas sei que é assim mesmo. Os outros vem atrás. Desde quando alguma coisa foi fácil pra nós????
    Sobreviver as chicotadas do governinho é só mais uma nessa dura vida de EDUCADOR da rede estadual desse estado ( ASSIM MESMO TUDO MINÚSCULO POT ENQUANTO...) Depois da nossa vitória na marra, colocaremos nos trilhos a EDUCAÇÃO. Nós , os educadores do NDG!
    Firme e quanto mais adesão agora, mais certeza da nossa vitória.
    Hoje melhor , muito melhor do ontem. Aqui bebemos de uma fonte valiosa.
    Valeu a todos que vem com garra!

    ResponderExcluir
  25. Ô gente vamos alegrar um pouco, quem precisa preocupar é o Timotim Cabral, vamos todos rezar......

    É a oração do dia:

    Joãozinho orando: - Senhor todo poderoso: há 2 anos o Senhor levou meu cantor favorito Michael Jackson! Meu locutor favorito Lombard! Meu ator preferido Patrick Swayze! Minha dançarina preferida Lacraia! Esse ano levou minha cantora favorita Amy Winehouse! Quero lembrar ao senhor que meus políticos preferidos são: Anastasia, Aécio, Sarney,Collor. (Melhore a lista aí)me ajude, por favor.

    Abraços e até a vitória. Que se DEUS quiser está próxima.
    Ô AnastAZIA tira o pé do meu piso.

    ResponderExcluir
  26. Boa noite Euler... Boa noite blogueiros!!!

    Recebi esse link no twitter... entrei... vale a pena...

    "Venham conhecer o Fabuloso Reino de Minagerê"

    http://grevepromg.blogspot.com/


    Texto bem inteligente, interessante, engraçado e crítico!!! Veja e compartilhe!!!

    Adorei!!!

    Abço...

    Bethe

    ResponderExcluir
  27. Tá passando da hora dos alunos saírem das salas que tem aula. Irem para aporta da escola e CONVOCAR os professores para irem a luta.
    Já pensou que maravilhosa aula???
    Se alguém tomar essa frente na batalha, deve filmar e postar aqui. Serão os alunos dando aula!!! mUITOS JÁ ESTÃO NAS MANIFESTAÇÕES. Mas como foi dito, precismos ir além!
    A Beatriz não pode pensar em tudo!
    O sindicato somos nós. Nós é q decidimos. A idéia do 7 de setembro tem q VINGAR!!
    nÃO PODEMOS PERDER ESSE MOMENTO DE MUITA GENTE NA RUA!
    Euler, vc q escreve como ninguém, puxa essa cara!!!
    Convoca aí!!
    Tudo acontecerá ao mesmo tempo em tooooda a MINAS GERAIS.
    até amis!

    ResponderExcluir
  28. O site do Sindute está confirmando esta reunião com o governo no dia 05/09 . Peço a Beatriz para ser mais didática, curta e grossa. Levar a tabela completa e GIGANTE com todos os pisos, de todos os níveis, e dizer aos nossos governantes que esta tabela, implantada imediatamente é a única que cumpre a lei federal 11738, confirma as determinações do STF e acaba com a greve.
    IA = nível médio = 712,38 ...
    IIA - LICENCIATURA CURTA = 868,59 ...
    IIIA - LICENCIATURA PLENA = 1060,90 ...
    IVA - ESPECIALIZAÇÃO = 1294,30 ...
    Onde Deus passa, nada embaraça! Professores do bem, a nossa vitória está próxima. O mal não prevalecerá. Já dizia Jesus: "No mundo haveis de ter aflições, coragem eu venci o mundo."
    Carlos José Assunção - Nova Lima

    ResponderExcluir
  29. Boa noite professor Euler e a todos amigos do NDG.

    ESTEJAMOS EM ALERTA!!!
    A surucucu e as duas najas ainda têm muito veneno para destilar.
    Como eu já disse antes, essa novela ainda sugere novos capítulos.
    Já pensei muito em como tornar nossa voz audível.
    Penso que deveríamos (não sei como fazer isso), solicitar matérias sobre a nossa situação, nos seguintes jornais e emissoras de televisão:
    THE NEW YORK TIMES;
    TIMES ON LINE;
    ABC;
    CBS;
    NBC;
    CNN;
    BBC;
    ETC; ETC; denunciando o
    DES governador – UM FORA DA LEI;
    a Presidenta – ASSIM COMO O EX PRESIDENTE LULA, NÃO OUVE, NÃO VÊ E NÃO SABE DE NADA;
    o MEC (OU SERIA MDC – MINISTÉRIO DA DESEDUCAÇÃO E CULTURA) – APROVA CONTRATO DE PESSOAS SEM HABILITAÇÃO PARA SUBSTITUIR OS PROFESSORES;
    A OAB – OMISSÃO TOTAL;
    O MP – NÃO CUMPRE PAPEL DE FISCALIZADOR DA LEI, MAS DE MEDIADOR DE NEGOCIAÇÃO E PERSEGUIDOR DOS SERVIDORES PÚBLICOS;
    O CNMP – NÃO COBRA DO MPE

    ALGUÉM TERÁ QUE NOS OUVIR.
    SE ABAFARAM NOSSA VOZ EM MINAS E NO BRASIL, ELA TERÁ QUE ECOAR NO EXTERIOR.
    NÃO ACREDITO MAIS EM NENHUMA INSTITUIÇÃO BRASILEIRA!
    TENHO VERGONHA DE SER BRASILEIRA E, SOBRETUDO, DE SER MINEIRA.

    ResponderExcluir
  30. Leiam esta noticia
    Greve.Especialistas dizem que, do ponto de vista jurídico, Estado está amparado para mudar plano de carreira

    JOANA SUAREZ


    Mesmo desagradando os professores, a proposta apresentada anteontem pelo governo do Estado de pagamento proporcional do piso nacional de R$ 1.187,97 dificilmente será mudada. Especialistas ouvidos pelo O TEMPO afirmam que a única forma de a categoria conseguir alterar a oferta será a partir da pressão popular. Do ponto de vista jurídico, afirmam, a questão já estaria resolvida.

    Por outro lado, os professores afirmam que não aceitam encerrar a greve sem que o governo adapte a proposta e considere o plano de carreira em vigor desde 2004. Nele, os vencimentos são reajustados de acordo com tempo de serviço e a escolaridade dos servidores.

    Para o advogado trabalhista Éric Salgado, como foi criado pelo próprio Estado, o plano de carreira não é um direito adquirido e pode ser extinto a qualquer momento. "É injusto, mas, infelizmente, o governo pode criar uma nova lei e acabar com o plano de carreira".

    A professora de direito do trabalho Daniela Muradas Reis, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), explica que apesar de a Constituição Federal amparar o servidor público, garantindo que sua carreira não pode retroceder, o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) tem sido o contrário. "É mais fácil eles (professores) conseguirem a manutenção do regime através da pressão da greve porque pelas via jurídicas o Estado tem direito a se desfazer do plano de carreira".

    O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE) informou que irá divulgar para a população a tabela com o piso nacional reajustado de acordo com o tempo de carreira e o nível de escolaridade.

    Pelas contas do sindicato, em vez dos R$ 712,20 sugeridos pelo Estado, o piso de um profissional com licenciatura plena e 12 anos de carreira, por exemplo, teria que ser de R$ 1.194.

    Segundo a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), se o governo aplicasse o plano de carreira à nova proposta salarial, o impacto na folha de pagamento da Educação chegaria a R$ 3,7 bilhões e extrapolaria a Lei de Responsabilidade Fiscal. Atualmente, o setor tem gastos R$ 7,7 bilhões.

    Com o pagamento do piso salarial nacional de R$ 712,20, proporcional à carga horária de 24 horas semanais, o Estado passa a cumprir a Lei Federal 11.738, de julho de 2008, que determina o pagamento de R$ 1.187,97 para professores de nível médio com jornada de até 40 horas semanais.

    Atualmente, 153 mil servidores estão no sistema antigo (piso mais benefícios) e 245 mil optaram pelo subsídio (regime novo que incorpora os benefícios ao salário). Até o dia 31 de outubro, apenas os profissionais que estão no sistema antigo poderão migrar para o novo. A oferta do piso proporcional, segundo o governo, poderá ser aplicada apenas aos servidores do sistema antigo.

    Publicado no Jornal OTEMPO em 02/09/2011

    ResponderExcluir
  31. Não sei quem é essa purpurina, mas querida você está fazendo falta volte por favor. Se é para ajudar o nosso movimento, estou fazendo um apelo,faça como uma borboleta esvoaçante e sopre purpurinas de ânimo na moçada.
    Volteeeeeeeeeeeeee querida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Acho que seria muito interessante se alguém (Euler?) pudesse recuperar o histórico de blá-blá-blás dos governantes (do status quo) sobre os motivos de não se pagar o piso. "Já paga acima do piso", "Está esperando o acórdão", "Propõe melhorias no subsídio", "Lei de responsabilidade fiscal". Que tal?

    ResponderExcluir
  33. Uma colega postou esse texto no blog da Cris e resolvi colar aqui, LEIAM COM ATENÇÃO:

    Últimas notícias:
    .
    Para Haddad, greve de professores por piso é legítima e justa

    Postado por Ivana Prudente em 2 setembro 2011 às 17:14
    View Blog
    Docentes da educação básica reivindicam o pagamento mínimo de R$ 1.187 por 40 horas semanais garantido pelo Supremo

    Portal iG São Paulo | 02/09/2011

    O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse na noite da última quinta-feira que considera a reivindicação dos professores do ensino básico pelo pagamento do piso salarial “legítima e justa”. A categoria entrou em greve em diversos Estados e municípios após o Supremo Tribunal Federal aprovar o pagamento mínimo de R$ 1.187 por 40 horas semanais.

    “O que aconteceu é que alguns governadores e prefeitos deveriam ter se precavido durante o período de tramitação no Supremo. Não o fizeram e agora terão que encontrar formas de cumprir com o piso, ou negociar um reescalonamento com os professores”, afirmou no Rio de Janeiro, durante a abertura da 15ª Bienal do Livro.

    Para Haddad, não há que se contrapor a lei de responsabilidade fiscal ao piso do magistério. “Prefeitos e governadores terão que se equilibrar entre as duas. Como há governadores recém-eleitos, eles terão que responder pela imprevidência de seus antecessores, que apostaram que o Supremo rejeitaria a emenda. Perderam e acabaram por deixar uma verdadeira herança maldita para seus sucessores”.

    Governadores e prefeitos entraram com embargos declaratórios junto ao Supremo com o objetivo de procurar entender mais profundamente a dimensão da emenda constitucional. Mas, a decisão é irrecorrível e retroativa a data de sua publicação.

    Com relação aos eventuais prejuízos que a greve dos professores pode provocar aos alunos que prestam o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), nos dias 22 e 23 de outubro, Haddad afirma que todos os esforços devem ser feitos para garantir o direito dos estudantes.

    “Vale até a contratação de professores substitutos para que estes alunos não sejam prejudicados. Trata-se de um exame nacional que definirá o futuro destes jovens, que não pode ser penalizado pela imprevidência de alguns gestores municipais ou estaduais”, declarou. O Ministério da Educação (MEC) descarta a hipótese de adiar o exame.

    Sindicatos vão entrar com ações na Justiça

    A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) orientou nesta sexta os sindicatos estaduais de professores a mover ações, de forma isolada, nos Judiciários locais para fazer valer a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que julgou constitucional a fixação de piso nacional para a categoria.

    Para o advogado da CNTE Gustavo Ramos, a decisão do Supremo deixou em aberto diversas questões, como a validade do piso nacional para cumpre menos de 40 horas semanais e a retroatividade do piso nacional a janeiro de 2009.

    No caso da carga horária, Ramos entende que a tendência do STF, se tivesse que se pronunciar sobre o assunto, seria optar pela proporcionalidade, por isso é melhor os professores resolverem a questão movendo ações em nível estadual.

    Sobre a retroatividade, o advogado entende que o sistema jurídico do país aponta para esse direito, por isso recomendou que os professores se mobilizem e não deixem o movimento que estão fazendo nessa direção perder força.

    * Com informações do MEC e Agência Brasil
    

    ResponderExcluir
  34. Precisamos de didática tanto com a mídia quanto com os pelegos e políticos que querem nos prejudicar. A Lei do Piso funciona assim:
    Primeiro ler
    segundo interpretar
    terceiro entender
    quarto aplicar
    quinto não discutir, pois como diz Arnaldo César Coelho A LEI É CLARA CARAMBA!!!!!!

    ResponderExcluir
  35. Pessoal, Leonardo Boff, Frei Betto, Fernando Morais, Ruy Castro e Heloísa Seixas participarão do "SEMPRE UM PAPO" em comemoração aos 25 Anos - Encontro Inédito 05/09, segunda-feira, às 19h30 | Local: Grande Teatro - Palácio das Artes. O NDG precisa marcar presença nesse evento. E então Euler e blogueiros? Vocês irão?

    Muita calma NDG! O Governo sabe que a proposta apresentada na última qurate-feira(24), é na verdade uma bombinha track. Fez a proposta para ver a reação da categoria. E mais, sabe que o cerco está se fechando e estamos amparado por Lei Federal. O magistério não pode morder a ísca, ou seja, voltar para o SUICÍDIO. Ele quer reduzir o universo de servidores que retornaram para o sistema de remuneração anterior porque assim sobrará dinheiro para cumprir a Lei do PSPN. Logo, quem cair na armadilha do SUICÍDIO, não poderá retornar e ficará nas mãos do Governo eternamente.

    Em tempo: as Universidades Federais também estão entrando em greve. O sucateamento da educação é promovido nas três esferas, não importando as cores da legenda.

    O Quiprocó vem por ai! Aguarde a próxima assembleia, quinta-feira (08). Que organizemos, nós, professores, as ações necessárias!

    Todos firmes e de pé!
    Prefiro morrer de pé que viver ajoelhado!

    ResponderExcluir
  36. Onde estão as pessoas da novelinha do Naná. estou sentido falta.

    ResponderExcluir
  37. Euler:

    Temos vários sindicatos nos ajudando.Que tal se a Bia pedisse apoio jurídico dos advogados de vários sindicatos.De várias associações que nos apoiam.Se uma cabeça pensa,,duas pensam melhor.Vamos nos unir e ganharmos essa batalha.

    Outra sugestão seria:

    Que tal se juntarmos vários grupos de umas 1000 pessôas por sub sedes mais próximas fazermos um abaixo assinado e assumirmos o compromisso de contribui cada um com 100reais ai daria 100000 reais por grupos e contratarmos excelentes advogados e entramos com diversas ações contra a ilegalidade desse governador.Não dá para deixar o sindicato agir sozinho,,,temos q nos unir e buscarmos sugestões para ganharmos essa batalha.Com essa grana duvido se não consequiremos ótimos advogados para nos defender.Imagine umas 300000pessoas assumindo compromisso de contribui com 100reais .Poderemos contratar um grupo dos melhores advogados desse país.Além da grana eles ficarão mais famosos ainda.Estou disposto a contribuir e ajudar na formação desse grupo.Não podemos ficar parados com fé em DEUS venceremos.

    ResponderExcluir
  38. Olá Euler e companheiros do NDG,
    A reunião com o governo e o Sindute que aconteceria na segunda feira dia 05/09 foi cancelada.
    Vejam no site do sindute.
    Deus nos abençoe.

    ResponderExcluir
  39. Reunião cancelada..
    aff

    ResponderExcluir
  40. EM MINAS GERAIS DE AGORA EM DIANTE É ASSIM,
    SE O GOVERNO NÃO É COMPETENTE PARA SER JUSTO COM OS SERVIDORES, MUDA-SE A LEI.
    É SÓ ENVIAR PROJETO À ASSEMBLEIA HOMOLOGATIVA E TUDO É RESOLVIDO.

    A INSTABILIDADE AOS PLANOS DE CARREIRA DE TODO SERVIDOR PÚBLICO ESTÁ INSTALADA.

    ResponderExcluir
  41. SERÁ QUE O GOVERNO, EM MAIS UMA DE SUAS MALDADES, APRESENTARÁ O PROJETO DE LEI QUE SERÁ ENVIADO À ASSEMBLEIA HOMOLOGATIVA, AO Sind UTE?

    OU SERÁ QUE HAVERÁ UMA PAUTA PARA NEGOCIAÇÕES?

    Sind UTE, NÃO SEJA TÃO INGENUO, SEM UMA PAUTA DE NEGOCIAÇÕES PRÉ DEFINIDA, VAI FAZER PAPEL DE BOBO MAIS UMA VEZ.

    ResponderExcluir
  42. VENCER OS PROFESSORES,

    OU DERROTAR A EDUCAÇÃO,

    OU AMBAS AS COISAS?

    VAMOS FAZER MINAS E O BRASIL NOS OUVIR.

    AÉCIO E ANASTASIA, ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  43. Angela Maria Aparecida Siqueira2 de setembro de 2011 20:15

    Em 2004,Aécio reconheceu que os educadores eram mal remunerados e prometeu que em pouco tempo o estado haveria de corrigir esta realidade.Agora, Anastasia,chegou a hora de honrar as palavras do seu padrinho que `muito´ te ajudou a chegar no poder. NÃO DEIXE ELE COMO MENTIROSO.ANGELA SIQUIRA DE IGARAPÉ .

    ResponderExcluir
  44. Enquanto isso a presidente Dilma aprovará bilhões para aumento no judiciário. Por que nunca há dinheiro para a educação? Professores, vamos fazer valer nossa existência. Por favor! Vamos colocar esse Brasil no seu devido lugar! Chega!

    ResponderExcluir
  45. Não sei se é possível (juridicamente), mas na próxima assembléia poderíamos colocar em um telão o vídeo do Aecim (já postado pelo Euler). Parece-me que seria de grande valia para desmascarar o governo.

    ResponderExcluir
  46. Finalmente o sindicato soltou um boletim constando as quatro tabelas que nos interessam neste momento:

    - a atual, com o piso de 369,00 - ridícula!,

    - a do governo, com 712,00 para todos - indecente!

    - a proporcional do MEC, com a correta implantação segundo o nosso plano de carreira - aceitável!,

    - e a do piso integral do MEC - ideal!

    Quem desejar copiar o boletim poderá fazê-lo, pois publicamos no final do nosso texto de abertura deste post. Ou diretamente na página do sindicato.

    ResponderExcluir
  47. Gente não podemos ficar parados.Só mobilizações não resolve, vamos unir financeiramente ao sindicato e contratarmos os melhores advogados desse país para nos defender.Só somos fracos se unirmos somos gigante.Vamos vencer essa batalha.

    ResponderExcluir
  48. Pessoal,
    Este vídeo é a maior prova das ilgalidades deste governo, pois lá o ex-governador fala claramente que o ingresso nas categorias da Educação se darão única e exclusivamente por meio de concurso público! E mesmo assim criaram a Lei 100?! Fala da valorização do profissional que "investir" na carreira, ou seja, capacitação continuada. E mesmo assim nivelou todos os servidores por "baixo", desconsiderou a formação de cada servidor com a implantação do falso PISO de 712,00! O maior detalhe é que tudo isto está sendo praticado por quem esteve o tempo todo ao lado do ex-governador!!! Como pode? Este vídeo deveria ser encaminhado para o MPE, CNJ, STF, etc...

    ResponderExcluir
  49. AECIO NEVES prometeu nao cumpriu, ANASTASIA aprendeu com ele e continua sem querer cumprir, vamos ver ate qdo. https://www.educacao.mg.gov.br/imprensa/noticias/1172-secretaria-divulga-comunicado-a-servidores?tmpl=component&print=1&page=

    ResponderExcluir
  50. E AÍ MP, SE A GREVE DOS PROFESSORES ESTIVESSE ILEGAL, VOCÊS JÁ TERIAM DECRETADO A ILEGALIDADE.

    MAS CUMPRIR A LEI E EXIGIR A CUMPRIMENTO DESTA POR PARTE DO GOVERNO É PASSÍVEL DE TEMPO?

    TEMPO PARA FAVORECER QUEM?

    E A JUSTIÇA E A IMPARCIALIDADE?

    VAMOS LÁ E DEEM UM BASTA NISTO, FAÇA O GOVERNO CUMPRIR A LEI, AFINAL ESTA É A SUA MISSÃO.

    ResponderExcluir
  51. FIZ OPÇÃO PELO REGIME REMUNERATÓRIO QUE ME FOI DADO COMO ESCOLHA EM ATÉ 31/08/11.

    QUERO O MEU DIREITO.

    OU SERÁ QUE AGORA MUDAM-SE AS LEIS EM CAUSAS PRÓPRIAS, EM QUAISQUER SITUAÇÕES.

    ONDE ESTÁ A JUSTIÇA.

    VAMOS LÁ Sind UTE, VAMOS ENTREGAR 153.000 AÇÕES A JUSTIÇA.

    VAMOS EXIGIR O CUMPRIMENTO DO COMBINADO.

    VAMOS FAZER MG E O BRASIL NOS OUVIR.

    ResponderExcluir
  52. Alguém têm que desmascarar este governo que se contradiz o tempo todo. Olha mais uma prova aí! Este vídeo é perfeito e claríssimo!!!

    ResponderExcluir
  53. Leiam esta notícia no jornal O TEMPO de hoje.

    Título:

    Sindicatos precisam acionar a justiça para receber o piso salarial obrigatório, afirma CNTE

    ResponderExcluir
  54. ESTE LITÍGIO SERÁ RESOLVIDO NOS TRIBUNAIS.

    POR ISTO, FAZ-SE NECESSÁRIO UM DEPARTAMENTO JURÍDICO MUITO COMPETENTE.

    POR ISTO, FAZ-SE NECESSÁRIO VÁRIOS PARECERES JURÍDICOS PARA SEREM ANALISADOS.

    TEMOS QUE AVALIAR VÁRIOS PONTOS DE VISTAS.

    VENCEREMOS A GUERRA NÃO SOMENTE PELO NÚMEROS DE GUERREIROS MAS TAMBÉM PELO NÚMERO DE CONSELHEIROS.

    EXISTEM BRECHAS EM TODAS AS LEIS.

    O GOVERNO SABE DISTO, TEM EXPERIÊNCIAS E AS PROCURA INCESSANTEMENTE.

    NÓS TEMOS QUE APRENDER A FAZER O MESMO.

    GREVE E PRESSÃO POPULAR DE UM LADO E,

    CABEÇAS PENSANTES E ESTRATÉGIAS JURÍDICAS, AGINDO POR OUTRO LADO.

    VAMOS SER ÁGEIS, INTELIGENTES E ESTRATÉGICOS, POR QUE O GOVERNO TEM TÁTICAS NAZISTAS SENDO APLICADAS CONTRA NÓS, DIARIAMENTE.

    ESTE CANCELAMENTO DA REUNIÃO DO DIA 05/09, É SIMPLESMENTE UMA TÁTICA PARA NOS DESGASTARMOS.

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    ResponderExcluir
  55. O que acham de fazermos um MOVIMENTO : FORA ANASTAZIA!!!!

    ResponderExcluir
  56. se essa moda pegaaaa.....
    Atenção servidores das outras secretarias!
    Essa atitude do desgoverno é muito perigosa!
    Os próximos,com certeza, serão vocês.
    Juntem se a nòs.

    ResponderExcluir
  57. Boa noite, companheiros de luta!
    Amigo subcomandante Euler,
    aquí em Montes Claros, o nosso movimento cresce a cada dia.Visitas a escolas e NOVAS ADESÕES,bate papo e panfletagem na Unimontes...E hoje a tarde demos mais um recado para o (des)governo direto, através da sua porta voz , a Superintendente: em passeata até a Superintendência fizemos um belo ato e deixamos claro pra quem nos ouviu que , A GREVE CONTINUA! SE O (DES)GOVERNO ENROLA,ENROLA NÃO VOLTAMOS PRA ESCOLA!

    Euler essa idéia de todos de preto no dia 7 de setembro me parece boa. Faça uma análise e de repente puxe uma campanha...
    COM LUTA, COM GARRA , O NOSSO PISO SAI NA MARRA!EM NOME DO SENHOR JESUS!

    GRANDE ABRAÇO E FORÇA NA LUTA COMPANHEIROS!
    Professor Odair José

    ResponderExcluir
  58. SERÁ QUE MP VAI ESPERAR O GOVERNO REDIGIR UMA NOVA LEI, DEPOIS ENVIÁ-LA À ASSEMBLEIA HOMOLOGATIVA, ESPERAR A TRAMITAÇÃO DESTA E DEPOIS QUERER DECRETAR A ILEGALIDADE DE NOSSA GREVE?

    SERÁ QUE NÃO EXISTE UM ÓRGÃO SUPERIOR AO MP, PARA DENUNCIÁ-LO, OU TAMBÉM ESTAMOS ESPERANDO DEMAIS?

    DEPOIS SERÁ TARDE DEMAIS.

    ResponderExcluir
  59. RESOLUÇÃO Nº 2, DE 28 DE MAIO DE 2009
    MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
    CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO
    CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA
    Fixa as Diretrizes Nacionais para os Planos de Carreira e
    Remuneração dos Profissionais do Magistério da Educação
    Básica Pública, em conformidade com o artigo 6º da
    Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008, e com base nos artigos
    206 e 211 da Constituição Federal, nos artigos 8º, §
    1º, e 67 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e no
    artigo 40 da Lei nº 11.494, de 20 de junho de 2007.
    O Presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional
    de Educação, no uso de suas atribuições legais, com fundamento
    no artigo 9º, § 1º, alínea “c” da Lei nº 4.024, de 20 de dezembro
    de 1961, com a redação dada pela Lei nº 9.131, de 25 de novembro
    de 1995, e tendo em vista o Parecer CNE/CEB nº 9/2009, homologado
    por despacho do Senhor Ministro de Estado da Educação, publicado
    no DOU de 29 de maio de 2009, resolve:
    Art. 1º Os Planos de Carreira e Remuneração para os Profissionais
    do Magistério Público da Educação Básica, nas redes de ensino da
    União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, deverão observar
    as Diretrizes fixadas por esta Resolução, elaborada com base
    no Parecer CNE/CEB nº 9/2009.
    Art. 2º Para os fins dispostos no artigo 6º da Lei nº 11.738/2008,
    que determina aos entes federados a elaboração ou adequação de seus
    Planos de Carreira e Remuneração do Magistério até 31 de dezembro
    de 2009, a presente Resolução destina-se aos profissionais previstos
    no artigo 2º, § 2º, da referida lei, observados os preceitos dos artigos
    61 até 67 da Lei nº 9.394/96, que dispõe sobre a formação docente.

    ResponderExcluir
  60. Olha uma frase de um comentário no blog da Beatriz. "Fatos que demonstram que tanto o MPE e o TJMG são parciais e "puxados pelo beiço", cumprindo meramente a vontade do executivo.
    Não tive como não rir do "puxados pelo beiço"

    ResponderExcluir
  61. Concordo plenamente com o anônimo das 20:00 horas.Se a ideia se concretizar, eu não quero ficar fora dela!! Acho que deveríamos começar a nos manisfestar aqui mesmo blog e levá-la adiante em cada região.Já passou da hora de agirmos!!!

    ResponderExcluir
  62. O aviso da reunião com o governo na segunda sumiu do site do SINDUTE. Foi cancelada?

    ResponderExcluir
  63. Euler, olha que legal:
    "A erradicação do analfabetismo é o maior fiasco educacional do govern federal. Os adultos que não sabem ler e escrever ainda somam 14 milhões" ( Revista Época Nº 692 de 22/08/2011 ).
    Na página 66, no quadro "Tragédia Educacional" MINAS GERAIS aparece com um índice de 8,3%, maior que o do E.Santo, Goiás, MS, Paraná, RGS, RJ, S. Paulo, Santa Catarina e Distrito Federal.
    Como pode? MINAS SAI NA FRENTE ! Pagando os salários que paga aos bravos trabalhadores da educação, MINAS SAI NA FRENTE, SIM, ao promover, mais uma vez, uma GRANDE REVOLTA que vai atingir todo o Brasil.
    Força na luta, companheiros. A VITÓRIA ESTÁ PRÓXIMA.
    Joaquim - Sete Lagoas

    ResponderExcluir
  64. Enquanto o NDG se prepara para a grande manifestaçao do dia 7 de setembro em SAO DOMINGOS DO PRATA, O NUCLEO DURO DE ADERIR A GREVE, vai repor aulas da paralisaçao de 11/5, pois a SRE condicionou as ferias premio a essa reposiçao. Nao e uma vergonha????????

    ResponderExcluir
  65. Devem ter apenas mudado a reunião de local e hora pra gente não ir até lá... aposto.

    ResponderExcluir
  66. 2 PRIMOS MEU QUE SÃO ADVOGADOS, ESTÃO ASSUSTADOS E ACHAM UM ABSURDO O QUE O GOVERNO ESTA FAZENDO.
    ESSA LUTA SERÁ VENCIDA, FORÇA E FÉ
    SO VOLTO COM O PISO.

    ResponderExcluir
  67. Caros colegas:

    O governo que mudar nosso plano de carreira,,mas acho que isso tem que passar pela aprovação dos deputados.Que tal se fazermos um abaixo assinado com o nome de todos os professores ,,alunos a sociedade que nos apoiam pedindo para que eles não mexam em nosso plano de carreira.As eleiçoes estão ai,,,quem mexer nesse plano de carreira que se cuide,,,Vamos fazer cartazes de alerta a esses político,,,,se cuidam,,,,Estamos de olho o votante de hoje não é o de 20,,,30anos atráz.Com a internet os blogs,,,a rede social em geral a memória do povo não é mais curta.Políticos que se cuidem.Vocês podem ser contra o povo quando está no poder.Mas novas eleiçoes virão e somente o povo pode decidir sua permanência.ESTAMOS DE OLHO.

    ResponderExcluir
  68. MAIS ESSA, não estão querendo mais negociar não.

    Tirei do site do SINDUTE:

    Governo cancela reunião - Nova data será marcada
    O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE/MG) foi informado que a reunião da próxima segunda-feira (5/9) foi cancelada e nova data será marcada. O encontro deve acontecer na Cidade Administrativa com o secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro. A agenda é resultado de uma articulação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). A medida é um esforço das entidades para mediar um processo de negociação do Governo do Estado com a categoria em greve há mais de 80 dias. Além do Sind-UTE/MG e do Governo, deve participar da reunião o presidente da CNTE, Roberto Leão e um representante da Direção Nacional da CUT.

    ResponderExcluir
  69. Kd o colega da novelinha?
    Socorro, volte pra nos fazer rir...

    ResponderExcluir
  70. Chile completa três meses de luta pela educação pública

    A Internacional da Educação (IE) reforça o seu apoio à luta dos chilenos pelo direito à educação pública, gratuita, laica e de qualidade. Há três meses, professores e estudantes do Chile começaram mobilizações em todo o país para exigir que a educação saia do poder dos municípios e volte a ser uma questão de Estado, além de mais recursos para a educação do país.

    Segundo a IE, discutir a educação pública é importante para se pensar o desenvolvimento da sociedade. Por isso, defender a concretização de um sistema nacional de educação pública requer a participação legítima e ativa de docentes, estudantes, universidades, mães e pais e demais setores sociais.

    Mas apesar da força da mobilização, até agora o governo chileno só fez uma proposta que beneficiaria a privatização e limitaria o conceito do direito de liberdade de escolha apenas a quem pode pagar para ter uma educação com qualidade. Os sindicatos de educação de toda a América Latina, especialmente os do Chile, têm insistido que a educação é um direito social que não pode ser visto como uma mercadoria.

    Por essa razão, a comunidade educativa internacional apóia todas as ações do magistério chileno, pedindo que a educação pública e os direitos de trabalho e salariais dos professores sejam respeitados. A IE reafirma que é preciso que o governo nacional abra uma amplo diálogo com sua população para recuperar a educação pública com desenvolvimento social que o povo chileno merece.

    Leia a íntegra da carta de Solidariedade da IE aqui.

    A CNTE divulgou neste mês uma nota de solidariedade aos educadores do Chile. Confira o documento aqui.


    Fonte: CNTE, 26/08/2011

    ResponderExcluir
  71. VAMOS DENUNCIAR O MP POR NÃO FAZER CUMPRIR A LEI.

    ResponderExcluir
  72. EM RESPOSTA A COMENTÁRIO EM: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=128487

    Concordo plenamente com você, Fabri. Aqui em MG, a justiça não é só cega não, também é manca e tende a ir só para um lado: o do governo. Agora, imagine você como nós professores poderemos voltar para uma sala de aula e falar para nossos alunos de justiça e de direitos. Nós, professores, que em sala trabalhamos o RESPEITO, somos agora profundamente desrespeitados; trabalhamos a prevenção às DROGAS, agora nos oferecem uma droga de salário (traficantes lucram muito mais); trabalhamos MEIO AMBIENTE e somos traídos e caçados como os fora da lei (quando na verdade é o governo que não cumpre a lei e quer jogar a lei do piso no lixo); trabalhamos o combate à VIOLÊNCIA, e somos combatidos pela tropa de choque; trabalhamos DIREITOS E DEVERES, e somos agora privados de nossos direitos e obrigados a deixar nossos credores sem receber (devido ao corte de salários); trabalhamos a prevenção à GRAVIDEZ PRECOCE e DST's, e vemos nosso Piso precocemente ser arrancado de nós (nos agarramos a ele e vamos lutar até o fim) e nossa dignidade corroída como que por doença que mutila; trabalhamos o combate à DENGUE, e somos tratados pelos governos como seres insignicantes; trabalhamos contra o BULLYNG, e somos o tempo todo perseguidos pela mídia que não cumpre o seu papel; trabalhamos a valorização da FAMÍLIA, e nos tiram o salário necessário para sustentar nossos filhos; trabalhamos a valorização dos ESTUDOS, e não nos querem valorizar pelos longos anos que levamos para nos preparar; trabalhamos a preparação para VESTIBULAR E ENEM (governo dizia que temos que preparar para a vida, só agora se preocupa com ENEM), e vemos nossos jovens cada vez mais distantes da faculdade; trabalhamos a EDUCAÇÃO FISCAL, e hoje usam a Lei de Responsabilidade Fiscal como desculpas para não nos pagar; trabalhamos o CIVISMO E O AMOR À PÁTRIA, e hoje nos envergonhamos de sermos mineiros (pelo menos com o governo que temos); trabalhamos e preparamos para OLIMPÍADAS de todo tipo, e hoje somos obrigados a enfrentar uma verdadeira maratona pelo nosso tão sonhado Piso; trabalhamos a EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO, e hoje somos obrigados a tumultuá-lo para sermos vistos pela sociedade; enfim, trabalhamos... trabalhamos... trabalhamos e é por isso que merecemos o nosso PISO mesmo que seja o de segunda, do MEC.
    Rogério Trindade - Curvelo

    ResponderExcluir
  73. Olá, pessoal da luta, turma do NDG,

    Parece que a ideia do luto no dia 07 de setembro tá ganhando corpo. Contem comigo. Aliás, a ideia semelhante foi lançada na Internet próximo da última assembleia e vocês viram que mais da metade dos 12 mil educadores estavam de preto no dia 31.

    Parabéns aos bravos guerreiros de Montes Claros, e um abraço ao valente professor Odair José, membro do NDG de Montes Claros.

    Um abraço também à Gilvânia e narrou com detalhe o envolvimento dos combativos membros do NDG da região de Almenara.

    Um abraço também para valente turam do Sul de Minas; e também do NDG de Governador Valadares; de Ipatinga e Caratinga; da turma de Carangola, Divino e região; da turma Juiz de Fora; da turma do Triângulo Mineiro; da turma de Nova Lima, de Venda Nova, de Sabará e Ribeirão das Neves; de Pedro Leopoldo, São José da Lapa, Confins, Lagoa Santa, Sete Lagoas, Ribeirão das Neves, Vespasiano, Piranguinho, Varzelândia, Mutum, Pará de Minas, Betim, Contagem, e... Calma, pessoal, tem educador em greve pra todo canto de Minas.

    Êta turma de luta! Orgulho de Minas Gerais e do Brasil!

    Então vejam que a semana promete (sugestões):

    - sábado e domingo: reuniões dos comandos e grupos de educadores locais para articular as ações da semana;

    - segunda e terça: Arrastão do bem nas escolas, panfletagem, carros de som, entrevistas na mídia local, contato com estudantes, sindicatos locais, e reuniões para preparar o 7 de semtembro;

    - quarta (7 de setembro): todos de luto (blusa ou fita preta, ou rosto pintado de preto, etc), com participação organizada no grito dos excluídos em várias cidades;

    - quinta: dia de assembleia geral - organizar as caravanas locais para nova presença em massa à assembleia geral dos educadores na ALMG.

    ResponderExcluir
  74. Faria Lemos e Tombos!!!!!!!

    Vocês pertencem a SRE/Carangola,pertencem ao Estado de Minas e não ao Rio de Janeiro (onde a GREVE já acabou), a maioria das Cidades pertencentes a SRE/Carangola estão sem aulas (Alto Caparaó, Caiana "parcial", Carangola, Divino, Espera Feliz, Fervedouro). Precisamos muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito de Vocês nessa LUTA. Entrem conosco: Antes tarde do que nunca!!!

    ResponderExcluir
  75. EM 2014, EM PLENA REALIZAÇÃO DO COPA, NÓS VAMOS CONTAR PARA MINAS, PARA O BRASIL E PARA O MUNDO QUEM REALMENTE SÃO:

    AÉCIO/ANASTASIA E COMO ELES ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    ResponderExcluir
  76. ESTE LITÍGIO SERÁ RESOLVIDO NOS TRIBUNAIS.

    POR ISTO, FAZ-SE NECESSÁRIO UM DEPARTAMENTO JURÍDICO MUITO COMPETENTE.

    POR ISTO, FAZ-SE NECESSÁRIO VÁRIOS PARECERES JURÍDICOS PARA SEREM ANALISADOS.

    TEMOS QUE AVALIAR VÁRIOS PONTOS DE VISTAS.

    VENCEREMOS A GUERRA NÃO SOMENTE PELO NÚMEROS DE GUERREIROS MAS TAMBÉM PELO NÚMERO DE CONSELHEIROS.

    EXISTEM BRECHAS EM TODAS AS LEIS.

    O GOVERNO SABE DISTO, TEM EXPERIÊNCIAS E AS PROCURA INCESSANTEMENTE.

    NÓS TEMOS QUE APRENDER A FAZER O MESMO.

    GREVE E PRESSÃO POPULAR DE UM LADO E,

    CABEÇAS PENSANTES E ESTRATÉGIAS JURÍDICAS, AGINDO POR OUTRO LADO.

    VAMOS SER ÁGEIS, INTELIGENTES E ESTRATÉGICOS, POR QUE O GOVERNO TEM TÁTICAS, NAZISTAS SENDO APLICADAS CONTRA NÓS, DIARIAMENTE.

    ESTE CANCELAMENTO DA REUNIÃO DO DIA 05/09, É SIMPLESMENTE UMA TÁTICA NAZISTA PARA NOS DESGASTARMOS.

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    ResponderExcluir
  77. Faria Lemos e Tombos,

    sabemos que os Profissionais da Educação das Escolas estarão reunidos amanhã.
    Se for por falta de um empurrãozinho Vocês não deixarão de aderir a GREVE, estaremos aí, fazendo um convite a Vocês.
    POR FAVOR!!!! VAMOS NOS UNIR!!!!!!!
    A HORA É AGORA!!!!!!!

    ResponderExcluir
  78. Permaneçamos firmes, colegas.
    Penso que somos o embrião de uma transformação justa e necessária nas relações do povo com os poderes constituídos. Força e Fé

    ResponderExcluir
  79. Euler,
    NDG do Triângulo Mineiro agradece a sua força.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  80. kkkkk Uai, jurava que os nossos colegas educadores de Tombos eram fluminenses? Mas são mineiros, né?! Só estão na divisinha do estado! Então está certo, eles vão aderir sim, porque mineiro é mineiro, uai! Mineiro é caladinho, mas não é bobo, não. Os mineiros do interiorzão, ih!! estão fazendo bonito! Olha, Divino, aí, gente!!!

    ResponderExcluir
  81. Faria Lemos e Tombos!!!!!!!

    Vocês pertencem a SRE/Carangola, pertencem ao Estado de Minas e não ao Rio de Janeiro (onde a GREVE já acabou), a maioria das Cidades pertencentes a SRE/Carangola estão sem aulas (Alto Caparaó, Caiana "parcial", Carangola, Divino, Espera Feliz, Fervedouro). Precisamos muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito de Vocês nessa LUTA. Entrem conosco: Antes tarde do que nunca!!!

    Sabemos que os Profissionais da Educação das Escolas estarão reunidos amanhã.
    Se for por falta de um empurrãozinho Vocês não deixarão de aderir a GREVE, estaremos aí, fazendo um convite a Vocês.

    POR FAVOR!!!! VAMOS NOS UNIR!!!!!!!
    A HORA É AGORA!!!!!!!

    ResponderExcluir
  82. Faria Lemos não pode fazer feio, não! Aquela terra é terra de EDUCADORES de verdade, com letras maiúsculas, então tem que honrar os educadores do passado. Lá quem nasceu para ser professor, foi e é professor de verdade. Então!!!

    ResponderExcluir
  83. Aos bravos guerreiros educadores de Curvelo, membros do NDG, o nosso abraço!

    E ao pessoal de Faria Lemos e Tombos: ouçam o chamado dos guerreiros da região da subsede de Carangola. Precisamos de todos porque todos estão (estamos) ameaçados. A nossa luta é comum e vamos vencer, porque a nossa causa é justa, é legítima e é legal.

    ResponderExcluir
  84. Lembrem-se Faria Lemos e Tombos, de que vocês são os 2 elos que faltam para fechar a corrente na região. Temos certeza de que essa corrente será fechada na semana que vem!
    Contamos com vocês!
    Até lá!

    ResponderExcluir
  85. PARA NÓS EDUCADORES, MINEIROS, O LUTO SERÁ DUPLO EM RELAÇÃO AOS SUJISMUNDOS DA POLÍTICA

    1º - A corrupção que grassa pelo país.
    2º - A usurpação dos nossos direitos em Minas Gerais - PISO SALARIAL NACIONAL

    "Está ganhando cada vez mais adesões uma campanha nas redes sociais contra a corrupção. Com o lema “Vamos vestir negro no 7 de setembro” pede que os brasileiros vistam luto no Dia da Independência em protesto contra os sujismundos da política."

    http://colunistas.ig.com.br/poderonline/2011/09/02/campanha-contra-corrupcao-luto-no-7-de-setembro/

    ResponderExcluir
  86. Um abraço também aos guerreiros de Matias Cardoso, e à combativa turma de Santa Luzia, em especial à Gracieusa, sempre presente aqui no blog.


    ***

    Pessoal da luta, se até amanhã, sábado, o procurador da justiça não vier a público desdizer e desfazer a ameaça que fez aos educadores, de pedir a ilegalidade da nossa greve - ao invés de pedir o cumprimento da lei pelo governo -, proponho que a gente, já no domingo à tarde, despeje sem dó mensagens de crítica à falta de autonomia e à postura inconstitucional do procurador.

    Vou bolar um texto neste final de semana, detalhando as leis que estão sendo agredidas pelo governo com a aprovação do procurador.

    Vamos denunciar junto dos blogs progressistas e da mídia que tem um mínimo de respeito pelos leitores e ouvintes.

    É importante que o procurar sinta a pressão popular contra sua atitude condenável, que agiu como mediador e se revelou na verdade um assessor do governo. Já tem diretora de SREs garantindo que daqui a 3 dias o procurador pedirá a ilegalidade da greve.

    Ora, isso é uma falta de respeito ao cargo que ele ocupa, aos educadores, aos pais de alunos e a todo o povo mineiro.

    Está na hora da gente começar a pensar também em fazer um abaixo assinado para que toda essa tralha que está à frente das máquinas de poder em Minas sejam varridas daqui.

    Não podemos mais aceitar que o orçamento público se torne uma receita privada para os de cima, enquanto sonegam aos educadores um mísero piso salarial instituído por lei federal.

    Essa história só pode terminar bem com o cumprimento da lei; do contrário, todos as figuras que ocupam cargos na alta hierarquia dos três poderes e utilizam seus cargos para agredir a lei federal precisam responder por isso.

    E aos colegas educadores que ainda estão em sala de aula: vamos acordar! O tempo de vacilar já passou. É hora de assumirem uma postura ética a favor da categoria a qual pertencem, e também em favor dos alunos e pais de alunos, entrando em greve.

    Todos precisam entender o básico, pelo menos: está em disputa a nossa carreira e o nosso piso salarial. E como consequência, a própria sobrevivência da Educação pública em Minas e no Brasil. Sem falar nos destinos de Minas, já que a nossa derrota traria uma frustração tão grande para todos os movimentos sociais, que seria como se o estado de Minas morresse.

    Pensem nisso, colegas, e deixem de lado as preocupações pessoais, que são importantes, mas são muito pequenas em relação à grande causa que estamos enfrentando. Ficar de fora numa hora dessas tem um significado simbólico que pode marcar negativamente toda a sua vida profissional.

    Essa é uma luta que nunca será esquecida. E sua participação, colega que ainda não aderiu ao movimento, é de suma importância para o desfecho da luta em nosso favor. A sua omissão pode, ao contrário, representar a nossa derrota - a sua inclusive, como profissional e como pessoa humana.

    Atendam aos chamados dos que lutam; esqueçam as rusgas que porventura hajam sido provocadas por conta das desavenças pessoais. Tudo isso é muito pequeno em face da grande luta que estamos travando contra esta poderosa máquina do governo, que quer nos destruir enquanto educadores, enquanto profissionais, enquanto cidadãos.

    Juntem-se a nós e vamos comemorar a nossa vitória com a salvação da nossa carreira ameaçada, com a conquista do nosso piso e com o início da construção de uma outra Minas Gerais, liberta dos muitos coronelismos que amordaçam a nossa vida.

    Um forte abraço e força na luta! Até a vitória!

    ResponderExcluir
  87. A assembléia do dia 8 de setembro mostrará a esse ditador e sua quadrilha com quem ele está tratando. É como foi dito. Muitos anos caladinhos aguardando como bons mineiros as promessas feitas a luz do dia.
    Agora em campo pra fazer valer nossos direitos.
    Tudo rá sendo feito para que os desinformados façam opção pela LINDA MAÇÃ (subsidio). Perfeita apenas para o governo: é moderno, atual e etc etc. e etc.
    Se assim fosse não insistiam tanto.
    Não pisamos na ESCOLA enquanto o PISO não vier SR. DESGOVERNADOR!!!

    ResponderExcluir
  88. Professores do Ari da Franca,

    Ficarão assistindo bestializados a destruição de nossa carreira?

    Francamente!

    Aguardo vocês aqui fora.

    Léia - História.

    ResponderExcluir
  89. Gostaria de saber por onde andam os deputados Reginaldo Lopes, Padre João e Weliton Prado. Precisamos da ajuda deles agora . Se o nosso voto é importante em época de eleição é necessário que eles desçam do palanque agora e lutem pela nossa causa.

    ResponderExcluir
  90. Um companheiro postou acima uma tese que deveria ser melhor explorada : a lei do subsídio deu a opção de escolha pelas 2 formas de remuneração até 10/08/2011 . Fizemos a opção pela tabela de vencimento básico com as regras vigentes naquele momento e com a perspectiva de adequação à lei do Piso .
    O Governo não pode agora mudar as regras , uma vez que fizemos a opção baseados na realidade do dia 10/08/2011.

    Anderson - Pará de Minas

    ResponderExcluir
  91. Inter TV dos Vales:
    Veja a Situação das Escolas de Governador Valadares em 02/09:
    http://in360.globo.com/mg/noticias.php?id=14582
    Será que é essa a Garantia de Qualidade que o Governo tem garantido após o cometimento de diversas ilegalidades e se negar a cumprir a leido Piso, e pretender rasgar um plano de Carreira criado pelo atual Governo com tanta pompa e circunstância, como o demonstrado no vídeo acima postado no blog do Euler?

    ResponderExcluir
  92. Boa noite !
    Desejo muita energia, paz e amor
    no coração e força, mas muita força pra continuarmos nessa batalha maravilhosa pela JUSTIÇA, pela VERDADE, pelo nosso PISO SALARIAL.

    Outras sugestões:
    _____________________________
    O universo sempre nos ajuda a lutar por nossos sonhos.Porque são nossos sonhos, e só nós sabemos o quanto nos custa sonhá-los...
    (Paulo Coelho)
    ______________________
    NDG

    Na cidade onde moro tem a Rádio Comunitária, irei amanhã e pedir um espaço para conversar com a população e pedir apoio. Solicitar que liguem para o MEC 0800 61 61 61 e ainda, pedir apoio para enviar e-mail's para contatos. A nossa luta é de todos os cidadãs de Minas, afinal de contas a comunidade escolar, os conselhos tutelares, os juizados da infância e adolescência entre outros órgãos e instituições que estão ligadas a EDUCAÇÃO dos nossos filhos. A criança de hoje será o adulto de amanhã; os estudantes de hoje serão os profissionais de amanhã. Eu irei na Rádio Comunitária e fazer o convite para a nossa ASSEMBLEIA do dia 8 de setembro às 14 horas, e todos que puderem ir ir de camisa preta. A nossa causa é justa e pela verdade.

    "Sonha e serás livre de espírito...
    luta e serás livre na vida. " (Che Guevara)

    Vamos caminhar juntos com os nossos alunos, com os pais e ou responsáveis pelos nossos alunos. Vamos convidar a todos que compareçam na ASSEMBLEIA. CHAMADA GERAL

    o DIA 7 DE SETEMBRO pode até terminar à 23:59 h, mas os ares e a energia dessa data se estende por todo o dia 8 de setembro. Vou enviar mensagens via e-mail, faceboo para todos os meus contatos e convidá-los para nossa assembléia: Meu amigo estou desde o dia 8 de junho de GREVE para que o governador Antônio Anastasia (PSDB) Minas cumpra a Lei Federal 11.738/08 (Piso Salarial dos Profissionais do Magistério) que é de R$ 1187,00 pelo MEC e o governo de Minas apresentou para a categoria R$ 712,00 para todos os níveis e grau de escolaridade. Os carros de som também é uma boa ideia, as igrejas católicas de algumas cidades também podem nos ajudar a convidar a população para a ASSEMBLEIA do dia 8 de setembro. Outras igrejas também poderão ser utilizadas. Vamos convidar os nossos familiares e toda a comunidade escolar.

    Abraços a todos !!!

    "Lembremo-nos de que o homem interior se renova sempre. A luta enriquece-o de experiência, a dor aprimora-lhe as emoções e o sacrifício tempera-lhe o caráter. O Espírito encarnado sofre constantes transformações por fora, a fim de acrisolar-se e engrandecer-se por dentro."
    (Chico Xavier)

    "Os grandes espíritos sempre tiveram que lutar contra a oposição feroz de mentes medíocres."
    (Albert Einstein)

    Juntos venceremos !
    Desejo um ótimo final de semana a todos.
    Abraços e um parabéns ao caro amigo e companheiro de luta !

    Gleiferson Crow NDG
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  93. PASSE PARA TODOS OS SEUS CONTATOS!!!
    Prezados Amigos

    Leia o artigo 7º da Lei 7.783/89 afirma:
    Art. 7º Observadas as condições previstas nesta Lei, a participação em greve suspende o contrato de trabalho, devendo as relações obrigacionais, durante o período, ser regidas pelo acordo, convenção, laudo arbitral ou decisão da Justiça do Trabalho.
    Parágrafo único. É vedada a rescisão de contrato de trabalho durante a greve, bem como a contratação de trabalhadores substitutos (...).

    Assim sendo, torna-se claro a irregularidade na contratação de professores substitutos para o 3º Ano do Ensino Médio.

    Diante do exposto, na posição de um professor que tem profundo respeito e compromisso por e com seus alunos, venho pedir sua ajuda, enquanto profissional ou futuro profissional da educação, que não compareça ao editais para contratação de professores substitutos para o 3º ANO DO ENSINO MÉDIO.

    EXPLICO
    Não que os alunos não mereçam aulas, preocupo com eles também. No entanto, se posicionar como candidato a estas aulas implica em romper todos os princípios éticos e até mesmo morais da classe de professores. Estaríamos nos comportando como em um leilão às avessas, onde serão contratados AQUELES QUE COBRAM MENOS PELO SEU TRABALHO.

    NÃO PODEMOS LEILOAR A EDUCAÇÃO! NÃO PODEMOS NOS EXPOR AO RÍDICULO DE, COM NOSSAS AÇÕES, DIZER AO GOVERNO: "tem quem aceita trabalhar por menos!"

    Meus alunos merecem bons professores, que sejam remunerados pelo excelente trabalho que fazem em sala, que não necessitem ficar se arriscando em estradas perigosas, trabalhando em várias escolar para ter um salário melhor.

    Lutamos, nesse momento, não contra um governador, ou para receber alguns reais a mais no final do mês. Nossa luta é mais que uma luta por aumento salarial. Nossa luta é pela valorização do Profissional da Educação. Nossa luta é pelo respeito à classe que molda e estruturaliza toda a humanidade.

    Queremos respeito para os colegas aposentados, que são humilhados com salários defasados!
    Queremos respeito para quem está na ativa, que é humilhado constantemente com a ausência de benefícios e a desvalorização de seus esforços na atualização profissional (pós, mestrado, doutorado, etc.)
    Queremos respeito para quem inicia a carreira, que é humilhado constantemente e atualmente, sendo taxado de mão-de-obra barata!
    Queremos respeito para com nossos alunos, que merecem profissionais qualificados e bem remunerados para transmitir-lhes não apenas conhecimento intelectual (isso a internet fornece bem) mas que tenham dignidade para transmitir valores éticos, morais e um espírito de cidadania!

    AJUDEM, DIVULGEM ESTA MENSAGEM, CONSCIENTIZEM TODA A SOCIEDADE! DIGA NÃO A CONTRATAÇÃO DE SUBSTITUTOS DURANTE A GREVE!!!

    ResponderExcluir
  94. SUB-COMANDANTE EULER, TEM ABERTURA DEMAIS NAS AÇÕES DO GOVERNO, MAS TEM QUE SE CONTRATAR UM GRANDE JURÍSTA. AGORA A CNTE FALA PARA O SINDICATO ENTRAR NA JUSTIÇA? NÃO CONSIGO ENTENDER COMO O GOVERNO MUDA AS REGRAS E NÃO SE TEM DOCUMENTO ALGUM? NÃO FOI APROVADO NOSSO PLANO DE CARREIRA NA ASSEMBLÉIA COM O VOTO DOS DEPUTADOS? COMO, COMO O GOVERNO PODE MUDAR ASSIM, DO NADA. EULER, GRANDES ADVOGADOS GANHAM CAUSAS, E ISTO É FATO. FORÇA NA LUTA.

    ResponderExcluir
  95. João Paulo Ferreira de Assis3 de setembro de 2011 01:32

    Prezados companheiros de luta: É UM LONGO COMENTÁRIO PORÉM PEÇO QUE O LEIAM. É UMA ESTRATÉGIA PARA QUANDO ESTIVERMOS EM AULA

    Prezado amigo e companheiro de luta Professor Euler

    Não sei até quando irá nossa greve. Só sei que em lugar de nos deixarmos atemorizar pelo governo, devemos lutar mais e mais. Não tenho medo de me mandarem carta me cobrando a diferença do subsídio. Se eu receber a tal carta, que já deve estar no meu escaninho na EE Deputado Patrus de Sousa, vou responder para eles irem à Polícia ou acionarem o Ministério Público. Não sei quando irá transitar em julgado o acórdão do STF. Espero que não demore muito.
    Penso, amigo Euler que nós temos de ter estratégia também para a sala de aula. Enquanto o governo não nos pagar o Piso salarial NÓS NÃO DEVEMOS CUMPRIR NADA QUE A ESCOLA OU A SRE NOS PEÇA.

    1° - a Escola quer fazer uma festa junina para construir uma quadra ou o que seja. Não devemos colaborar. Não devemos dar um centavo sequer. Ou se darmos material, pegar a nota ou cupom fiscal e guardar.

    2° - A Escola quer folhas, porque está faltando folha no xerox. Não dê. Se der pegue a nota fiscal e exija do Ministério Público que abra uma ação civil pública contra o Governador por não prover a escola de materiais necessários para o seu funcionamento.

    3° - Recusar participar de todos os cursos que a SEE-MG oferecer, pois a gente participa do curso para a Dona Gazola ficar com o peito cheio de medalhas. Dane-se o PEAS, dane-se os cursos de informática, dane-se o Projeto de Educação Inclusiva, dane-se tudo.

    4° - Recusar aplicar o Conteúdo Básico Comum, que é uma piada. O prezado amigo sabe como, pois colocaram descolonização da África e da Ásia antes de Primeira Guerra Mundial. E de Minas nada se fala das origens, do patrimônio cultural e artístico das nossas cidades históricas. Nada. Vamos aplicar o PCN, que é federal. Na hora que diretor, vice, pedagogogas, inspetora, supervisor da SRE vierem deitar falação, os professores todos reunidos têm que mandar essa turma chupar prego para ver se vira parafuso, pois quem muito abaixa o [...] aparece.

    5° - Na Escola onde leciono, a vice-diretora do turno da tarde tem o costume de chegar nas salas, principalmente do 1° ano do Ensino Médio, e fazer prédicas sobre valores éticos, etc, necessidade de deixar a sala limpa para diminuir o serviço das auxiliares de serviços gerais etc. Eu juro, que se ela vier com essa conversa de novo eu vou dizer para ela QUE OS VALORES ÉTICOS ESTÃO FORA DE MODA. E vou citar claramente que o Governador não cumpre a lei federal e nada acontece com ele. Pelo contrário, o MPE que é fiscal da lei toma o partido do governador contra os professores. Os juízes, a pedido do governador decidem CONTRA LEGEM. A Assembleia derruba qualquer pedido de impeachment contra ele. POR QUE ENTÃO VAMOS COBRAR DOS ALUNOS POSTURA ÉTICA E DISCIPLINA? E ainda vou dizer que as auxiliares são regiamente pagas para fazer a limpeza das salas. Não fosse por isso, elas em vez de fazerem número para derrubar nossa greve, somariam conosco.

    6° - Se tiver escola que gosta de promover desfiles de 07 de setembro ou de aniversário de cidade. SIMPLESMENTE SE RECUSEM A PARTICIPAR.

    7° - Entreguem as notas com atraso. Se o pessoal da Secretaria da Escola não é solidário com a luta dos professores, nós não precisamos ser necessariamente aliados dele. A única exceção aí no caso é com a funcionária encarregada da sua vida funcional. Com esta não convém brigar.

    8° - Logicamente que temos que procurar dar as melhores aulas, até mesmo para contrarariarmos os desígnios infames do desgovernador.

    Desculpe-me pelo tamanho do comentário.

    João Paulo Ferreira de Assis

    ResponderExcluir
  96. João Paulo Ferreira de Assis3 de setembro de 2011 01:40

    Prezado amigo e companheiro de luta Professor Euler

    Se voltarmos às aulas com a conquista do Piso salarial, é lógico que não será preciso colocarmos em ação a estratégia que eu sugeri.

    Saudações e ATÉ A VITÓRIA!!!!

    João Paulo Ferreira de Assis.

    ResponderExcluir
  97. Caro combativo amigo professor João Paulo,

    Ainda bem que você completou o texto acima com o segundo comentário, contendo a nossa conquista do piso. Não quero nem pensar em outra possibilidade. Ou o governo paga o piso ou a greve pode se estender até a Copa de 2014.

    Agora, cá para nós, amigo João Paulo, mesmo com o piso nas mãos - e os pés no chão, rsrs - eu não contribuo com festa junina, nem com folha de xerox, nem com marcha de 07 de setembro - a não ser que seja para protestar.

    Quanto ao conteúdo, penso que o nosso movimento será matéria obrigatória para enriquecer todo e qualquer tema a ser abordado.

    Um forte abraço e força na luta! Até a vitória!

    ResponderExcluir
  98. Euler, meu nome é Cláudio Henrique. Sou professor de Química a 9 anos. Quero dizer que concordo com as palavras do João Paulo Ferreira (01:32) e com as suas(02:24).
    Devemos lutar pelos nossos direitos no que se refere ao piso nacional salarial mas também devemos ter em saula de aula uma visão diferente da que nos é apresentada pelo governo.
    Não devemos esquecer que este governo com a sua política salarial (um bom salário fixo não faz justiça, a remuneração deve ser flexível de acordo com o desempenho do professor)é o mesmo governo que tem uma visão sobre política educacional. Devemos ter todos os dias uma postura crítica em relação ao discurso governista. Este discurso é apresentado através de propostas para melhoria da educação (melhorias educacionais a partir de um governo neoliberal?). NUNCA DEVEMOS ESQUECER QUE NÃO EXISTE NEUTRALIDADE PEDAGÓGICA. Caso contrário ele vai ficar em uma posição muito confortável para implantar todas as suas idéias.

    ResponderExcluir
  99. Professores protestam por melhores
    salários no centro de São Paulo
    Categoria reivindica 36,74% de aumento para repor as perdas inflacionárias
    Do R7

    NELSON ANTOINE/FOTOARENA/AE
    Publicidade
    Professores da rede pública estadual realizam na tarde desta sexta-feira (2) uma assembleia em frente à sede da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, na Praça da Republica, região central da capital paulista. A categoria reivindica 36,74% de aumento para repor as perdas inflacionárias.

    Veja mais notícias de Educação e Empregos no R7

    ResponderExcluir
  100. Professores da cidade de Brumadinho continuam em sala de aula como se nada estivesse acontecendo.
    Aqui em Brumadinho tem pelo menos 3 grandes escolas do Estado que não estão paradas, nem parcialmente.
    Ô povinho de Brumadinho. Povo acomodado. Me orgulho da cidade, mas êta povinho fresco e sem vontade.

    ResponderExcluir
  101. COM LICENÇA, ANDERSON DE PARA DE MINAS,

    COPIEI O SEU COMENTÁRIO E ACHO TAMBÉM QUE, O

    SINDICATO DEVERIA EXPLORAR MELHOR ESTE FATO.

    Um companheiro postou acima uma tese que deveria ser melhor explorada : a lei do subsídio deu a opção de escolha pelas 2 formas de remuneração até 10/08/2011 . Fizemos a opção pela tabela de vencimento básico com as regras vigentes naquele momento e com a perspectiva de adequação à lei do Piso .
    O Governo não pode agora mudar as regras , uma vez que fizemos a opção baseados na realidade do dia 10/08/2011.

    ResponderExcluir
  102. FIZ OPÇÃO PELO REGIME REMUNERATÓRIO QUE ME FOI DADO COMO ESCOLHA EM ATÉ 31/08/11.

    QUERO O MEU DIREITO.

    OU SERÁ QUE AGORA MUDAM-SE AS LEIS EM CAUSAS PRÓPRIAS, EM QUAISQUER SITUAÇÕES.

    ONDE ESTÁ A JUSTIÇA.

    VAMOS LÁ Sind UTE, VAMOS ENTREGAR 153.000 AÇÕES A JUSTIÇA.

    VAMOS EXIGIR O CUMPRIMENTO DO COMBINADO.

    VAMOS FAZER MG E O BRASIL NOS OUVIR.

    ResponderExcluir
  103. ESTE LITÍGIO SERÁ RESOLVIDO NOS TRIBUNAIS.

    POR ISTO, FAZ-SE NECESSÁRIO UM DEPARTAMENTO JURÍDICO MUITO COMPETENTE.

    POR ISTO, FAZ-SE NECESSÁRIO VÁRIOS PARECERES JURÍDICOS PARA SEREM ANALISADOS.

    TEMOS QUE AVALIAR VÁRIOS PONTOS DE VISTAS.

    VENCEREMOS A GUERRA NÃO SOMENTE PELO NÚMEROS DE GUERREIROS MAS TAMBÉM PELO NÚMERO DE CONSELHEIROS.

    EXISTEM BRECHAS EM TODAS AS LEIS.

    O GOVERNO SABE DISTO, TEM EXPERIÊNCIAS E AS PROCURA INCESSANTEMENTE.

    NÓS TEMOS QUE APRENDER A FAZER O MESMO.

    GREVE E PRESSÃO POPULAR DE UM LADO E,

    CABEÇAS PENSANTES E ESTRATÉGIAS JURÍDICAS, AGINDO POR OUTRO LADO.

    VAMOS SER ÁGEIS, INTELIGENTES E ESTRATÉGICOS, POR QUE O GOVERNO TEM TÁTICAS NAZISTAS SENDO APLICADAS CONTRA NÓS, DIARIAMENTE.

    ESTE CANCELAMENTO DA REUNIÃO DO DIA 05/09, É SIMPLESMENTE UMA TÁTICA PARA NOS DESGASTARMOS.

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    ResponderExcluir
  104. FIZ OPÇÃO PELO REGIME REMUNERATÓRIO QUE ME FOI DADO COMO ESCOLHA EM ATÉ 31/08/11.

    QUERO O MEU DIREITO.

    OU SERÁ QUE AGORA MUDAM-SE AS LEIS EM CAUSAS PRÓPRIAS, EM QUAISQUER SITUAÇÕES.

    ONDE ESTÁ A JUSTIÇA.

    VAMOS LÁ Sind UTE, VAMOS ENTREGAR 153.000 AÇÕES A JUSTIÇA.

    VAMOS EXIGIR O CUMPRIMENTO DO COMBINADO.

    VAMOS FAZER MG E O BRASIL NOS OUVIR.

    ResponderExcluir
  105. VENCER OS PROFESSORES,

    OU DERROTAR A EDUCAÇÃO,

    OU AMBAS AS COISAS?

    VAMOS FAZER MINAS E O BRASIL NOS OUVIR.

    AÉCIO E ANASTASIA, ACABARAM COM A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  106. Concordo com o companheiro João Paulo,apesar de muito do que disse não fazer,pois já sou considerada a de esquerda na escola que trabalho. Gostaria de fazer uma sugestão: que tal se fizéssemos um movimento tipo: Alterosa,Band,Globo, QUANTO VOCES QUEREM PARA FALAR A VERDADE???? QUEM SABE A GENTE JUNTANDO NOSSOS TROCADINHOS DÁ PRÁ PAGAR VOCES, MÍDIA CORRUPTA, QUE ALÉM DE NÃO MOSTRAR O MOVIMENTO DE VERDADE,AINDA QUER DENEGRIR A IMAGEM DOS COMPANHEIROS!!! O PROFESSOR, NA PASSEATA,NÃO ESTAVA COLOCANDO A VIDA DE NINGUÉM EM RISCO COMO O aéciO neves,QUE ALÉM DE DIRIGIR COM A CARTEIRA VENCIDA, ESTAVA COM VÁRIOS SINTOMAS SUSPEITOS!!! COM ESSE,SIM,ESSA RIDÍCULA REPÓRTER DEVERIA TER APROVEITADO PARA APARECER!!!!
    No mais, sem um MILÍMETRO DE DESISTÊNCIA, VAMOS JUNTOS ATÉ A VITÓRIA!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  107. http://in360.globo.com/mg/noticias.php?id=14582

    Vejam: a greve está forte!

    ResponderExcluir
  108. ESTOU LENDO OS COMENTÁRIOS E IMAGINANDO SE, AO INVÉS DE SEREM OS PROFESSORES AS VÍTIMAS DA TABELA DO GOVERNO QUE MAIS PARECE AQUELAS LOJAS DE PREÇO ÚNICO: TUDO A 712,00, ISSO ACONTECESSE COM O JUDICIÁRIO QUE AGORA RECEBE UMA NOVA PROPOSTA DE AUMENTO DA DILMA, ELES NEM PRECISAM FAZER GREVE ( JÁ FICAM À TOA MESMO, NÃO CUMPREM O PAPEL DE FZER CUMPRIR AS LEIS MESMO)IMAGINEM: TUDO A 712,00 DESDE O PORTEIRO ATÉ OS DESEMBARGADORES, TUDO TABELADO, ACHO QUE ATÉ A ONU ESTARIA AQUI NO BRASIL INDIGNADA COM O GOLPE CONTRA OS POBRES COITADOS, MAS COMO É COM PROFESSOR, NINGUEM SE DIGNA A SEQUER MENCIONAR, NÃO SUPORTO MAIS VIVER NUMA DITADURA, QUERO DIRETAS JÁ E FORA ANASTASIA E SUA CORJA, JUNTO COM DILMA, HADDAD E TODOS OS POLÍTICOS QUE SÓ QUEREM ENCHER SEUS BOLSOS;

    ResponderExcluir
  109. Dia 8 de setembro. Essa data deverá ser destacada no nosso calendário de greve.
    O desgovernador lida muito com os números." É parcial, apenas dez por centos das escolas estão paradas, obrigado aos professores que estão trabalhando normalmente, ETC. ETC. ETC."
    É, então, o momento de mostrar a ele e essa mídia vendida qual é os dez por cento a que ele se refere. Se até agora o número de pessoas girou em torno de 10.0000 nas últimas assembléias, CONVOCAMOS a todos que façam o arrastão do bem. A causa não é apenas o cumprimento do PISO. Vai muito além disso; a nossa carreira corre sérios riscos. Qual EDUCADOR AINDA VAI SE ESQUIVAR DESTA LUTA?
    Qual educador quer marcar seu nome para sempre?
    A escolha deve ser feita agora, já.
    O livro da história dos educadores de MINAS está sendo escrito. Qual lado vc assume?
    Aquele que é associado ao criminoso?
    Aquele que luta, DESESPERADAMENTE, para salvar a EDUCAÇÃO, leia-se: EDUCAÇÃO!
    Deixemos de egoísmo!
    Todos são muito bem vindos. É urgente!!
    DIA 8 de setembro o CHÃO DE MINAS TEM QUE TREMER! Como diz nosso comandante EULER.
    Depois dessa batalha colocaremos EULER naquela casa , por enquanto minusculo..casa..(ALMG).
    um abraço!!

    ResponderExcluir
  110. Gostei dessa: TUDO POR 712,00!!
    Rídículo, mil vezes ridículo!!!!
    Já foi dito por ADVOGADOS que:
    SÓ A PRESSÃO POPULAR E NOSSO MOVIMENTOS já é o suficiente pra mudarmos os rumos dessa causa. Isso porq o desgovernador faz parte de uma quadrilha que tem o PODER NAS MÃOS. Nós, queridos colegas temos a voz , a coragem e a determinação.
    Vamos colocar 50.000 pessoas nas ruas no p´roximo dia 8 de setembro. E dia 7 roupa preta, fita preta, boné pto...vamos mostrar q a população está de luto sim!
    Será que será possível esconder o POVO q manifesta numa das maiores capitais do BRASIL??
    Sem o PISO não volto meeeeeeeeesmo!!

    ResponderExcluir
  111. Se o país instituísse uma data certa todo ano para aumentar o salário de TODOS com a mesma porcentagem, evitaria muitos aborrecimentos.
    Acorda BRASIL!

    ResponderExcluir
  112. Euler, através dos comentários que leio no seu blog,estou pressentindo que tem gente do governo tentando amedrontar e enfraquecer o nosso movimento.
    Gente, não vamos cair nessa.Vamos levar até o fim.
    Força!!!!!

    ResponderExcluir
  113. A escola Cesário Alvim está trabalhando, que vergonha?!Vocês professores, não tem coragem para lutar?
    É tão bom sentir a vitória.
    Pensem bem e cooperem com a categoria.

    ResponderExcluir
  114. BURACO NEGRO:

    FAÇAMOS UMA GRANDE PASSEATA COM TODOS DE PRETO... denunciando que o ANAstasia jogou a EDUCAÇÃO em Minas num grande BURACO NEGRO!!!

    CHARLOTE IN BLACK!!!

    ResponderExcluir
  115. Amigos de blog, o que o governo quer mesmo é que sejamos "AMIGOS DA ESCOLA".Para realizarmos trabalho voluntários e sem gerar gastos para o estado.

    ResponderExcluir
  116. Olá Euler e blogueiros!

    Atenção!
    Várias escolas da RMBH que ainda não aderiram a greve estão funcionando PRECARIAMENTE. Muitos alunos nem estão indo às escolas por conta da bagunça promovida pelo Governo. A pelegada fura-greve subserviente ao Anastazista finge que tá tudo bem só pra não ter corte no salário. Não cabe denúncia no MP? O SINDUTE tem que articular uma reunião com as ASB's, sem elas as escolas param de vez e essa pelegada anélideo será obrigada a entrar no movimento.

    O disse me disse do Governo poderia ser transformado em vídeo. Euler e blogueiros, vamos garimpar entrevistas, eventos e documentos do Governo para que sejam compilados e distribuídos via imprensa de todo mundo. Precisamos montar um dossiê e desmascarar desde já o Governo Anastazista. As eleições de 2012 vem aí e nada melhor que manter viva a chama da justiça. Afinal, o eleitorado brasileiro, em sua maioria, sofre de Alzheimer.

    (NO DIA 7 DE SETEMBRO TODOS VESTIDOS DE PRETO)
    O Quiprocó vem por ai! Aguarde a próxima assembleia, quinta-feira (08). Que organizemos, nós, professores, as ações necessárias!

    Todos firmes e de pé!
    "Prefiro morrer de pé que viver ajoelhado" - Emiliano Zapata

    ResponderExcluir
  117. Bom dia Euler! Sou o professor Luciano.Você já deve ter lido essa reportagem do jornal o tempo (ótima reportagem...) que saiu hoje 03/09. Se não leu, leia e deixe seu comentário e peça para os outros professores deixarem seus comentários para eles verem que estamos fortes. É praticamente o ínico meio de comunicação totalmente imparcial. Vai o link:

    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=181267,OTE&IdCanal=

    ResponderExcluir
  118. Em Piranga, os professores em greve, colocaram anuncio na rádio local, explicando para toda a sociedade a realidade vivida pelos professores em Minas Gerais.

    Parabéns aos professores da E.E.Cel.José Ildefonso pela iniciativa.

    Esta Escola está 100% sem aulas.

    ResponderExcluir
  119. João Paulo Ferreira de Assis3 de setembro de 2011 10:44

    Prezado amigo Professor Euler

    Excelente ideia a do Flávio BH. Mãos à obra!!!!!


    Saudações e ATÉ A VITÓRIA!!!!!

    ResponderExcluir
  120. Não podemos impetrar um mandado de segurança nesse governador ,por ele descumprir uma lei? Não era isso que os ministros iam fazer c/ a Dilma?Cadê os advogados dessa lesma de SINDICATO?

    ResponderExcluir
  121. João Paulo Ferreira de Assis3 de setembro de 2011 11:03

    Prezado amigo Professor Euler

    Li agora o comentário do Anônimo de ontem, 18:51, e com a devida vênia dele e sua o reproduzo aqui, considerando a ideia excelente e utilíssima para nossa causa:

    Anônimo disse...
    Caro Euler, pensei, pensei, pensei em alguma nova estratégia para tentarmos nossa defesa/ataque diante dessa proposta indecente do desgoverno de Minas. Pois bem, vários colegas cobrando do Sindutemg uma posição mais dura de seu depto jurídico. Que tal, fazer chegar à Batriz uma ideia de que o sindicato chame os deputados que supostamente estão do nosso lado, tanto estaduais como os federais e, através deles, conseguirmos o apoio jurídico de grandes advogados e juristas para a interpretação correta da Lei do Piso e a consequente defesa ante a esses ataques do governo de MPE? De uma forma geral, deputados quando sofrem alguma acusação, conseguem os melhores advogados do país para os defenderem. Pois bem, esta é a hora, os deputados que realmente não nos usam apenas como palanque, conseguiriam um acordo entre o sindicato e esses advogados, assessorariam o jurídico do Sindiutemg e, com certeza, ficaria mais fácil. Porém, esta atitude deveria ser para ontem. O quanto antes melhor.

    2 de setembro de 2011 18:51

    ResponderExcluir
  122. Organizar a caravana do bem em cada região:

    Pessoal da luta, turma do NDG,

    Seria importante organizarmos, por região, caravanas amplas, com educadores, alunos, pais de alunos e apoiadores da comunidade, todos engajados na nossa luta. Apitos, faixas, cartazes, panfletos e megafone.

    Imaginem cerca de 60 a 80 pessoas passando em cada escola para conversar e convencer os alunos e os professores que estão resistentes? Imagino que isso fará toda a diferença.

    Não esqueçamos que é legítimo e legal essa forma de convencimento, diferentemente dos métodos usados pelo governo. Estes, baseiam-se em ameaça de demissão (ilegal), em corte de salário (ilegal, pois a greve é legal), em chantagens feitas por diretores capachos, além da pressão construída através da mídia comprada, que tenta o tempo todo jogar a população contra a nossa greve.

    Por isso é legítimo sim, e legal, realizar um arrastão do bem, com número expressivo de educadores e apoiadores. Os professores que estão em sala de aula precisam compreender que eles estão prejudicando toda a categoria. E é importante que os alunos saibam que eles também estão sendo prejudicados, ainda que possa momentaneamente parecer diferente.

    E quanto aos aventureiros que se dispuseram a substituir os verdadeiros professores em greve, a estes deve ficar claro o seu papel negativo, inclusive perante os alunos, para que estes se recusem a assistir as "aulas" deles.

    Numa escola em Vespasiano, os alunos estão se recusando a ficar em sala com os tais substitutos. Não somente porque já perceberam que eles não conhecem o conteúdo, mas também em solidariedade aos professores titulares. Aluno consciente dá lição em muitos professores, quando o normal deveria ser o contrário, ou seja, o professor deveria ser a referência de luta pelos direitos.

    ResponderExcluir
  123. Professora, com muito ORGULHO E MUITO AMOR3 de setembro de 2011 11:38

    Grande Blog !!Maior ainda VOCÊ e o seu nome que ressoa por estas Minas Gerais a cada segundo.
    Amigo,vamos nos organizar pra próxima assembleia dia 08 de setembro:
    Indumentária a rigor "TODOS DE BLUSA PRETA"(divulgue esta ideia), afinal de contas Minas Gerais se encontra em luto,esta corja está sepultando: A EDUCAÇAO, A JUSTIÇA, AS LEIS, A DIGNIDADE,O RESPEITO e demais valores.....
    Até dia 08 de setembro,vamos escurecer aquela praça da assembleia, Anastazista está jogando a EDUCAÇAO NUM BURACO NEGRO.

    ResponderExcluir
  124. Por sugestão do colega professor Luciano visitei o lik a seguir, do jornal O Tempo, e deixei o seguinte comentário:


    "Primeiro é preciso esclarecer um ponto da reportagem: o governo não propôs piso de R$ 712,20, mas um valor único para todos os professores. E isso contraria a Lei que instituiu o Plano de Carreira vigente no estado, que estabelece o percentual de 22% entre os diferentes níveis. Assim, se um professor com ensino médio (PEBIA) recebe R$ 712,20 de vencimento básico, automaticamente o professor com licenciatura curta (PEBIIA) terá que receber R$ 868,88 de piso; o professor com licenciatura plena (PEBIIIA) terá que receber R$ 1.060,00 e assim por diante, até o nível VIA. Ora, aplicar o piso cortando direitos instituídos em lei fica fácil, né? O governo aumenta de um lado e retira do outro. E é até surpreendente que o sr. Procurador da Justiça, a quem caberia o papel de fiscal da lei, apoiar uma patifaria dessas, quando deveria era cobrar do governo o cumprimento das leis. Será que ele gostaria que se fizesse isso na Promotoria Pública, a começar pelo salário dele? Quanto ao terço de tempo extraclasse, se o governo aplicar o que está na lei, deverá de fato implantar este necessário período para atividades extraclasse. Tal medida deve gerar em torno de 20 mil novos cargos para professores na rede pública estadual. Opcionalmente, o governo poderia também pagar a extensão de aula para os atuais professores, em número de 03 aulas extra - duas em sala e uma extraclasse. Ou até fazer as duas coisas de forma combinada: um número x de novas vagas e, onde não fosse necessário, pagar-se-iam as aulas excedentes. De qualquer forma, o governo continua na ilegalidade, tanto em relação ao vencimento básico, quanto em relação ao tempo extraclasse. O que causa grande prejuízo para os educadores, para os alunos e pais de alunos; e para a Educação pública como um todo. Uma vergonha para Minas Gerais!"

    Link:
    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=181267,OTE&IdCanal=

    ResponderExcluir
  125. ATÉ AGORA NENHUM MANDADO DE SEGURANÇA FOI IMPETRADO PELO SINDICATO CONTRA O DESCUMPRIMENTO DA LEI.

    ESTA GREVE VAI SER DECIDIDA NOS TRIBUNAIS.

    FAÇAMOS A NOSSA PARTE E FAÇAMOS MUITO BEM FEITA.

    ResponderExcluir
  126. Gente, nossa Assembléia devia ser em um lugar onde o "Timotim Cabral" nos visse, nos ouvisse. Vocês não acham?
    O Anastasia nem passa perto da praça da Assembléia, ele nem fica sabendo a grandiosidade da nossa manifestação...
    Ana

    ResponderExcluir
  127. FIZ OPÇÃO PELO REGIME REMUNERATÓRIO QUE ME FOI DADO COMO ESCOLHA EM ATÉ 31/08/11.

    QUERO O MEU DIREITO.

    OU SERÁ QUE AGORA MUDAM-SE AS LEIS EM CAUSAS PRÓPRIAS, EM QUAISQUER SITUAÇÕES.

    ONDE ESTÁ A JUSTIÇA.

    A INSTABILIDADE DAS CARREIRAS DOS SERVIDORES, NÃO DEVE SER PERMITIDA PELA CONSTITUIÇÃO

    VAMOS LÁ Sind UTE, VAMOS ENTREGAR 153.000 AÇÕES A JUSTIÇA.

    VAMOS EXIGIR O CUMPRIMENTO DO COMBINADO.

    VAMOS FAZER MG E O BRASIL NOS OUVIR.

    ResponderExcluir
  128. Olá Euler e blogueiros!

    Assistam ao vídeo exibido ontem no Jornal da ASQUEROSA 2ª EDIÇÃO. Mais um vídeo para ser salvo para o dossiê.

    http://www.alterosa.com.br/html/noticia_interna,id_sessao=9&id_noticia=60375/noticia_interna.shtml

    O incrível é que ainda existem pessoas satisfeitas com o serviço do IPSEMG. Definitivamente a educação e saúde não são prioridades desse Governo. Em tempo: assisti ao vídeo inúmeras vezes porque não acreditava que a matéria foi veiculada numa emissora ligada aos Diários Associados.

    (TODOS VESTIDOS DE PRETO NO DIA 7 DE SETEMBRO)

    Todos firmes e de pé!
    "Prefiro morrer de pé que viver ajoelhado" - Emiliano Zapata.

    ResponderExcluir
  129. Gente, tô postando no twitter até para as torcidas organizadas. Entrem em twitters q tem vários seguidores e postem tb. Vamos fazer uma corrente. É só copiar e colar:
    Professores de Minas pedem socorro. Dia 7 setembro as 9 pç da Estação todos de preto: fora Anastasia

    ResponderExcluir
  130. Euler,

    Tema para as camisas pretas:

    LUTO
    Pela educação de qualidade!

    Aqui a palavra luto tem dois sentidos: O de luto mesmo e o de lutar pela educação!

    ResponderExcluir
  131. Acabo de escrever para o New york times. Se mais gente mandar e-mail pode ser que eles ouçam.
    In Minas Gerais, a brazilian state, governator doesn't respect the laws. He refuse to pay a salary to teachers after the tribunals to say him to pay. Teachers don't work for 90 days and the students lost the school year.
    Em Minas, estado brasileiro, governador não respeita as leis. Ele se recusa a pagar o salário dos professores depois de ordem da justiça. Professores não trabalham a 90 dias e estudantes perdem o ano escolar.

    ResponderExcluir
  132. TODA LEI TEM UMA BRECHA PARA SER CONTORNADA,

    O GOVERNO SABE DISTO,

    É EXPERIENTE E,

    ESTÁ PROCURANDO ESTE ESPAÇO NA LEI A TODO MOMENTO.

    E NÓS, O QUE ESTAMOS FAZENDO A ESTE RESPEITO?

    ResponderExcluir
  133. PIADA, AFINAL TAMBEM SOMOS FILHOS DE DEUS!
    Piada muito bem bolada.. QUE RETRATA NOSSA REALIDADE.


    Um deputado está andando tranqüilamente quando é atropelado e morre.

    A alma dele chega ao Paraíso e dá de cara com São Pedro na entrada.

    -'Bem-vindo ao Paraíso!'; diz São Pedro

    -'Antes que você entre, há um probleminha.

    Raramente vemos governos por aqui, sabe, então não sabemos bem o que fazer com você.

    -'Não vejo problema, é só me deixar entrar', diz o antigo governador.

    -'Eu bem que gostaria, mas tenho ordens superiores. Vamos fazer o seguinte:

    Você passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso Aí, pode escolher onde quer passar a eternidade.

    -'Não precisa, já resolvi. Quero ficar no Paraíso diz o governador.

    -'Desculpe, mas temos as nossas regras. '

    Assim, São Pedro o acompanha até o elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno.

    A porta se abre e ele se vê no meio de um lindo campo de golfe.

    Ao fundo o clube onde estão todos os seus amigos e outros políticos com os quais havia trabalhado.

    Todos muito felizes em traje social.

    Ele é cumprimentado, abraçado e eles começam a falar sobre os bons tempos em que ficaram ricos às custas do povo.

    Jogam uma partida descontraída e depois comem lagosta e caviar.

    Quem também está presente é o diabo, um cara muito amigável que passa o tempo todo dançando e contando piadas.

    Eles se divertem tanto que, antes que ele perceba, já é hora de ir embora.

    Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o elevador sobe.

    Ele sobe, sobe, sobe e porta se abre outra vez. São Pedro está esperando por ele..

    Agora é a vez de visitar o Paraíso.

    Ele passa 24 horas junto a um grupo de almas contentes que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando.

    Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia se acaba e São Pedro retorna.

    -' E aí ? Você passou um dia no Inferno e um dia no Paraíso.

    Agora escolha a sua casa eterna.' Ele pensa um minuto e responde:

    -'Olha, eu nunca pensei .. O Paraíso é muito bom, mas eu acho que vou ficar melhor no Inferno.'

    Então São Pedro o leva de volta ao elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno.

    A porta abre e ele se vê no meio de um enorme terreno baldio cheio de lixo.

    Ele vê todos os amigos com as roupas rasgadas e sujas catando o entulho e colocando em sacos pretos.

    O diabo vai ao seu encontro e passa o braço pelo ombro do governador.

    -' Não estou entendendo', - gagueja o governador - 'Ontem mesmo eu estive aqui e havia um campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e nós dançamos e nos divertimos o tempo todo. Agora só vejo esse fim de mundo cheio de lixo e meus amigos arrasados!!!'

    O diabo olha pra ele, sorri ironicamente e diz:



    -'Ontem estávamos em campanha.
    Agora, já conseguimos o seu voto...'
    Esse governador não é a cara do NANA!

    ResponderExcluir
  134. PELO AMOR DE DEUS, VAMOS FAZER UM SHOWWWWWWW NA PROXIMA ASSEMBLEIA, VAMOS VAZER VAQUINHA SE FOR PRECISO E COLOCAR ESSE VIDEIO DO AECIO,,,,,,,,,,,

    PELO AMOR DE DEUS ACHO QUE ISSO SE ACONTECER VAI DAR A MAIOR REPERCUCAO DO UNIVERSO, INTERNACIONAL ATE,,,,,,,,


    PODEMOS ATE GRITAR, AECIO DENOVO AECIO DENOVO....

    MAS, POR FAVOR COLOCAR TELOES LA,,,,,, PELO AMOR DE DEUS!!!

    ABRACOS, SENHORES APAIXONADOS PELA EDUCACAO!!!

    ResponderExcluir
  135. Ao Anônimo das 12h12:

    Boa sugestão, combativo colega. Se a subsede local quiser confeccionar (ou mandar "silkar") tal camisa, vou sugerir que acrescente:

    Sou do NDG (cor vermelha, bem forte, em forma de carimbo)... e sem o PISO, não volto para a escola!

    ResponderExcluir
  136. Nossa mais colocar um data show lá é a coisa mais simples , é uma idéia ótima a gente mobilizar com auxilio de videos .

    ResponderExcluir
  137. EULER,


    MUITO BOM, NUNCA TINHA VISTO, MANDE ESSE VÍDEO PARA TUDO QUE CONHECE, YOUTUBE, IMPRENSA, ETC. VAI DETONAR


    ABRAÇOS

    O FARAÓ E O SONHO DE SER PRESIDENTE FERRANDO PROFESSOR, SE ELE MANDAR ASESTESIA PAGA PISO

    ResponderExcluir
  138. MANDAR Nº CONTA QUE MUITOS VÃO CONTRIBUIR, TENHO CERTEZA QUE MUITOS QUE NÃO ESTÃO NA GREVE, CONTRIBUIRÃO

    ESTAMOS JUNTOS

    ResponderExcluir
  139. EULER, URGENTE


    MANDE LINK PARA BAIXAR O VÍDEO E MANDAREMOS PARA REDE TODA E O MUNDO

    ResponderExcluir
  140. O GOVERNO DO ESTADO ESTÁ ILEGAL DIANTE DA LEI DO PISO NACIONAL.

    DEU VÁRIAS MANCADAS,

    JÁ ESTEVE MAIS ENFRAQUECIDO DIANTE DA LEI.

    E NÓS,

    O QUE FIZEMOS PARA TIRAR PROVEITO DESTA SITUAÇÃO DIANTE DA JUSTIÇA?

    ESTAMOS ESPERAMOS O FORTALECIMENTO DO GOVERNO, PARA AGIRMOS?

    PODERÁ SER TARDE DEMAIS.

    TEMOS QUE FAZER A NOSSA PARTE E, FAZÊ-LA MUITO BEM FEITA.

    ESTA GREVE SERÁ DECIDIDA NOS TRIBUNAIS.

    SEM ESTRATÉGIAS FORTES E AÇÃO, NÃO VENCEREMOS.

    AQUELAS OPORTUNIDADES QUE NÃO APROVEITARMOS, ELES A APROVEITARÃO.

    ResponderExcluir
  141. VAMOS AGITAR ESTA GREVE,

    ÓTIMA IDEIA DO ANÔNIMO DAS 12:23.

    TEMOS QUE FAZER SHOW.

    TEMOS QUE FAZER SER VISTOS.

    VAMOS Sind UTE, VAMOS RIDICULARIZAR ESTE GOVERNO.

    VAMOS FAZER MINAS E O BRASIL NOS OUVIR.

    ResponderExcluir
  142. Aviso aos visitantes,

    Muito cuidado com esse negócio de depositar dinheiro em conta bancária que a gente nem sabe quem controla e para qual fim será usado. Deixe a arrecadação de fundos por conta dos comandos organizados, diretamente nas suas atividades. Quanto ao sindicato, este dispõe de renda dos associados, e pode também pedir a ajuda das entidades às quais está filiado - CUT e CNTE - além de outras entidades que o apoiam. Poupemos os nossos parcos recursos para a nossa sobrevivência e para ajudar os amigos, quando houver algum valor excedente.

    ResponderExcluir
  143. VAMOS COLOCAR O GOVERNO NA DEFENSIVA.

    VAMOS COLOCAR MUITAS AÇÕES NA JUSTIÇA.

    VAMOS APROVEITAR CADA IDEIA.

    VAMOS QUESTIONÁ-LO NA JUSTIÇA.

    ResponderExcluir
  144. NA PRÓXIMA REUNIÃO ENTRE GOVERNO E SINDICATO,

    MUITO CUIDADO COM O PROCURADOR GERAL DO ESTADO.

    LEVEM UMA OUTRA AUTORIDADE PARA INTIMIDÁ-LO.

    NÃO VAMOS SER INGÊNUOS PARA IR LÁ RECEBER O PROJETO DE LEI QUE SERÁ ENVIADO À ASSEMBLEIA HOMOLOGATIVA.

    PRECISA-SE TER UMA PAUTA DE NEGOCIAÇÕES.

    ResponderExcluir
  145. VAMOS LÁ PESSOAL,

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA E DETERMINAÇÃO.

    ResponderExcluir
  146. FIZEMOS OPÇÃO PELO REGIME REMUNERATÓRIO QUE NOS FOI OFERECIDO COMO ESCOLHA EM ATÉ 10/08/11.

    ISTO ESTÁ DOCUMENTADO E RECONHECIDO PELO GOVERNO.

    VAMOS SABER USAR ESTE FATO, NÃO É MESMO Sind UTE?

    QUEREMOS TODOS OS NOSSOS DIREITOS.

    ResponderExcluir
  147. O GOVERNO RECONHECEU QUE 153.000 PROFESSORES FIZERAM OPÇÃO AO REGIME REMUNERATÓRIO EM ATÉ 10/08/11.

    O GOVERNO É QUEM NOS OFERECEU ESTA OPÇÃO DE ESCOLHA, O REGIME REMUNERATÓRIO VIGENTE EM 10/08/11.

    ENTÃO AGORA VAMOS A JUSTIÇA PARA FAZÊ-LO CUMPRIR O COMBINADO.

    PRESTA ATENÇÃO, Sind UTE,

    VAMOS A LUTA.

    ResponderExcluir
  148. Euler e companheiros, mais uma notícia no jornal "o tempo"
    Em meio ao impasse na negociação pelo fim da greve da rede estadual de educação, a próxima exigência dos professores será aumentar o tempo destinado à preparação das aulas. Atualmente, os servidores usam seis das 24 horas de trabalho semanais para o planejamento do conteúdo para os alunos - o que representa um quarto do total. Porém, a Lei Federal 11.738, de 2008, exige que um terço da carga horária seja destinado a esse tipo de tarefa, o
    equivalente a oito horas por semana em Minas Gerais.

    O cumprimento da lei pode obrigar o Estado a contratar novos profissionais. A assessoria de imprensa do governo informou que um levantamento está sendo realizado para verificar como será feita a adequação à lei. O Estado não descartou ontem a possibilidade de realizar novas contratações.

    Segundo a coordenadora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), Beatriz Cerqueira, com a atual grade curricular, é impossível que os profissionais dediquem mais duas horas ao planejamento das aulas sem que haja prejuízo no conteúdo repassado em sala.

    "O Estado ainda não discutiu esse ponto com a categoria. Já que o governo não quer pagar o piso, exigimos também que os professores tenham um terço da jornada para planejar as aulas
    e corrigir as provas. Certamente, será necessário um ajuste na grade curricular", disse Beatriz.

    Para a professora Débora Martins, cada professor terá que ter um número menor de turmas. "O Estado terá duas opções: ou contrata mais professores efetivos ou terá que pagar um valor extra por essas duas horas que teremos que dedicar a mais. Não dá para diminuir o tempo em sala de aula sem afetar o conteúdo", disse.

    Impasse. A determinação sobre o número de horas para planejar a aula faz parte da mesma lei que, no último dia 24, teve decisão favorável do Supremo Tribunal Federal, obrigando os Estados a pagarem o piso salarial de R$ 1.187,97 para uma jornada de até 40 horas semanais. O governo de Minas propôs, na última quarta-feira, um valor proporcional às 24 horas semanais trabalhadas (R$ 712,20).

    A proposta foi recusada pela categoria, que reclama que o valor não leva em consideração o tempo de serviço e a formação dos profissionais.

    Abraços a todos, Helena.

    ResponderExcluir
  149. A lei federal 11738 determina que 1/3 das atividades dos profesores brasileiros sejam destinadas para atividades extra-classe ( preparação de aulas e correção de trabalhos e provas). Sendo assim, o piso proporcional que o governo de Minas propôs (712,00) está completamente ilegal, pois foi calculado baseado em 24 h e como em MG se trabalha 18 h dentro da sala de aula, o que equivaleria a 2/3 pela nova lei, o restante (1/3) deveria ser de 9 h em atividades extra-classe; totalizando 27 horas e não 24 h. Fazendo as contas, o piso inicial e proporcional, somente para o nível IA deveria ser de:R$ 801,23. Esta é a lei; esta é a verdade e é a única tabela a ser seguida pelo governador Anastasia para deixar de ser ilegal e encerrar esta greve. Caso contrário, a greve continua, até a aplicação da lei em MG. Carlos José Assunção - Nova Lima

    ResponderExcluir
  150. Agora temos a INTERNET a nosso favor. Ele procura brecha nas leis??
    Vamos abrir PORTÕES na internet e gritar para o mundo ouvir!
    AÉCIO E ANASTAZIA não RESPEITAM A EDUCAÇÃO !!
    Temos que banir esse povinho com anseios de ocupar
    a PRESIDÊNCIA DESSE PAÍS!!
    Chega de tanta sujeira!!!
    Os nomes dos deputados que se mantém caladinhos diante de tudo que está acontecendo, devem ser colocados nos postes.
    TODO POLÍTICO TEM MEDO DE SEU NOME SER EXPOSTO NEGATIVAMENTE!!
    FORÇA E FÉ E A VITÓRIA É NOSSA!

    ResponderExcluir
  151. Notícias no jornal o tempo: Supremo sepulta criação do ´Estado do Triângulo´
    Que pena....Meu maior sonho é ficar livre do Anastasia.

    Isa, Uberlândia

    ResponderExcluir
  152. Sugestão para a camisa:

    Além do "Sou do NDG (cor vermelha, bem forte, em forma de carimbo) como sugeriu o Euler... e sem o PISO, não volto para a escola." (vamos usar no fim da frase o ponto final no lugar do ponto de exclamação) e colocar também:
    Lei Federal 11738/08.

    Amigos e companheiros de LUTA e NDG

    Acabei de visitar o Sinpro MG:

    Oito motivos para apoiar a greve dos professores:

    1. As mentiras das negociações de 2010;
    2. A farsa do subsídio;
    3. Investimentos do Estado na educação;
    4. Concurso público para ingresso na carreira;
    5. Plano de Carreira do Trabalhador em educação;
    6. Regulamentação do Piso Nacional do Magistério;
    7. Combate ao PEP - transferência do dinheiro público para a iniciativa privada;
    8. 10% do PIB nacional para a educação.
    leia a explicação de cada item no Sinpro Minas

    http://www.sinprominas.org.br/conteudos/detalhes.aspx?IdCanal=122&IdMateria=2116

    Abraço a todos.

    Sem PISO, continuamos sem pisar na escola.

    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  153. FIZEMOS OPÇÃO PELO REGIME REMUNERATÓRIO QUE NOS FOI OFERECIDO COMO ESCOLHA EM ATÉ 10/08/11.

    ISTO ESTÁ DOCUMENTADO E RECONHECIDO PELO GOVERNO, NA REUNIÃO COM O MP NO DIA 16/08/11.

    FOI QUANDO O PRÓPRIO GOVERNO INFORMOU AO MP QUE 153.000 PROFESSORES FIZERAM A OPÇÃO PELO REGIME REMUNERATÓRIO VIGENTE EM ATÉ 31/08/11.

    ESTA OPÇÃO NOS FOI OFERECIDO PELO PRÓPRIO GOVERNO.

    O GOVERNO NÃO TEM COMO ESCAPAR DESTE FATO.

    ENTÃO,VAMOS SABER USAR ESTE FATO, NÃO É MESMO Sind UTE?

    VAMOS INTERPOR UM MANDADO DE SEGURANÇA PARA O CUMPRIMENTO DESTE FATO.

    O MP SERÁ A NOSSA TESTEMUNHA.

    QUEREMOS TODOS OS NOSSOS DIREITOS.

    ResponderExcluir
  154. Josias Guedes Carangola3 de setembro de 2011 13:29

    Caro Euler e colegas:

    Por mais que eu me esforce, não consigo digerir a situação atual dos educadores de Minas Gerais. Na faculdade de História ao estudar o período militar ficava claro que o regime era de exceção e pronto. Agora, sou Professor de História e Geografia, curso Direito e estou chocado como não é respeitado o estado democrático de direito em Minas Gerais. Anastasia está tranquilo pois tem poder o poder "executivo absolutista" em mãos, age em conjunto ou na omissão do legislativo,da imprensa, do judiciário, do Ministério Público e até mesmo da primeira mulher presidente deste país.
    Agora consigo sentir na pele o que passaram pessoas que foram torturadas ou estão desaparecidas até hoje pela ditadura, mas agora é pior, finge-se que vivemos em uma democracia e o que temos é essa imundície contra os educadores.
    Parabéns aos que estão na luta, pessoas como vocês fizeram e fazem História.
    Tenho percebido que mesmo diante do muro de Berlim implantado por Anastasia, as pessoas sabem de quem é a culpa por tantos dias sem aula. É preciso continuarmos falando com todos que perguntarem e tocarem no assunto e esclarecer que temos em Minas um governador que não respeita a lei do piso, não respeita a constituição, faz da lei de greve um papel higiênico etc.
    Abraço e esperança de um dia viver em um país de verdade e não em um amontoado de pessoas que vai receber uma copa do mundo e uma olimpíada.
    Um país de verdade respeitaria o direito de sua base de sustentação.

    ResponderExcluir
  155. Vamos enviar mensagens para
    a nossa PROFESSORA DE HISTÓRIA e
    pessoa muito importante para nós brasileiros

    Marina Silva
    @silva_marina Brasil
    Sou professora de História. Fui candidata à Presidência da República pelo PV em 2010, ministra do Meio Ambiente(2003-2008) e senadora pelo Acre, de (1995-2011).
    http://www.minhamarina.org.br

    Abadei de deixar várias mensagens para ela.
    O SindUTE deveria convidá-la para vir nos apoiar.

    Marina Silva
    @silva_marina Brasil (twitter)

    abraços

    Gleiferson Crow ( NDG )
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  156. Bom dia combativo companheiro,

    Está luta é nossa e a vitória está próxima.

    Veja este video:
    http://www.youtube.com/watch?v=jmVPSLZTmGc&feature=related

    Muito bom.

    ResponderExcluir
  157. Euler, no 7 de setembro, sugira que todos se manifestem de luto pelo fato do governador querer decretar a morte da lei do piso e do plano de carreira dos servidores da educação de MG.
    abraços
    Até a vitória!
    Marcia

    ResponderExcluir
  158. Fátima - Professora de História - Ubá3 de setembro de 2011 14:10

    Adorei todas as sugestões de atividades postadas neste Blog. Sugiro também a realização de atividades para serem trabalhadas dentro das escolas com nossos alunos, poderia ser no horarário de nossas aulas ou não, ou mesmo em outros locais, como praças públicas,parques,etc. Poderia ser peça de teatro, teatro de marionetes,e tantas outras mais. Podíamos pedir ajuda aos grupos de teatro locais, ou mesmo aproveitar talentos artísticos que através deste Blog pude observar existir entre nós.

    ResponderExcluir
  159. ARRASTÃO PEDAGÓGICO!?!

    Adorei essa idéia!
    Super fashion!!!

    Charlotte Sampaio

    ResponderExcluir
  160. Euler,



















    Euler,
    Estamos vivendo um momento histórico na educação mineira.Educadores que ainda estão dentro da sala de aula vocês estão fazendo falta nesta frente de batalha , precisamos do apoio de todos vcs ninguém ganha uma guerra se não tiver quem luta.Estamos precisando engrossar o movimento a vitória ou a derrota so depende da luta.Os profissionais que estão segurando esta greve pede socorro para quem ainda não esta no movimento.Sou de Caratinga estamos fazendo um belo trabalho com os colegas que ainda estavam trabalhando e estamos conseguindo desmentir o governo porque ao contrário do que ele falou ninguém esta satisfeito com o que ganha , mas estamos fazemndo sim uma educação de qualidade e queremos continuar fazendo se ele permitir é só pagar o PISO que voltaremos de onde nunca devíamos ter saído se ele tivesse cumprido a LEI.devemos deixar bem claro para toda a sociedade que a CULPA disso tudo tem um nome ANASTASIA.Até a Vitória companheiros da luta!

    ResponderExcluir
  161. Professora, com muito ORGULHO E MUITO AMOR3 de setembro de 2011 14:38

    Companheiros de luta, vamos aprender cantar aquela paródica da passeata(dia 31/08) pra que dia 08 de setembro possamos deixar ressoar nossaa vozes pelas ruas de Belo Horizonte:
    Música "SAUDADE DE MINHA TERRA"
    DE QUE ME ADIANTA,VIVER TRABALHANDO, POIS OS MEUS DIREITOS NAO SAO RESPEITADOS,VEJAM MEUS COLEGAS, COMO A EDUCAÇAO/ DESPENCOU PRO CHAO ESTÁ UM ATRASO,POR ISSO, UNIDOS NAO SOMOS VENCIDOS, NÓS QUEREMOS MESMO É SER VALORIZADOS,PELO PROFESSOR, PASSA O DOUTOR, O AGRICULTOR E O EMPRESARIO,HEI! GOVERNADOR NAO É DE FAVOR QUE REIVINDICAMOS O NOSSO SALARIO.
    SEMPRE TRABALHAMOS E NOS EMPENHAMOS, BUSCANDO O MELHOR PARA A EDUCAÇAO,UNS GANHAM DEMAIS, NÓS SEMPRE DE MENOS, DO PISO QUEREMOS A IMPLANTAÇAO,SE A EDUCAÇAO, É O ALICERCE , PARA O CRESCIMENTO DE UMA NAÇAO,DEVEM INVESTIR, PARA GARANTIR, DESTA CAMINHADA A CONTINUAÇAO, ESTAMOS EM GREVE E VAMOS LUTAR, PARA VALORIZAR NOSSA PROFISSAO.
    EXISTE UMA LEI QUE VEM GARANTIR JUSTIÇA E IGUALDADE AO EDUCADOR,MAS IGNORARAM E NOS DESPREZARAM POR ISSO EXTERNAMOS ESTA NOSSA DOR, VALOR E RESPEITO É NOSSO DIREITO,ESTÁ BEM GRAFADO NA CONSTITUIÇAO,SOMOS CIDADAOS QUE VEM EXIGIR, A LEI QUE DUAS VEZES TEVE APROVAÇAO, INVESTIR SEM MEDO É O GRANDE SEGREDO, DE QUEM ACREDITA NA EDUCAÇAO.
    FICAMOS SABENDO, QUE ESTAO INVESTINDO, O NOSSO DINHEIRO EM OUTROS SETORES,POR ISSO COLEGAS VAMOS REFORÇAR,ADERINDO A GREVE DOS PROFESSORES, A HORA É AGORA, TEMOS QUE LUTAR, BEM FIRMES FICAR ATÉ CONSEGUIR,QUE O GOVERNADOR , SE INTELIGENTE FOR,NA EDUCAÇAO SAIBA INVESTIR,É JUSTO E CERTO O NOSSO PROTESTO,A LEI É PRA TODOS DEVE- SE CUMPRIR.
    Companheiros de luta,"QUE A CADA AMANHECER NOSSAS FORÇAS SEJAM SEMPRE RENOVADAS".
    E você colega ,que ainda está em sala de aula, está precisando de forças? Coragem? Vontade de vencer?Pois nao,venham buscar TUDO ISSO com estes que entram num ônibus toda semana RUMO A BH PRA MAIS UMA ASSEMBLEIA,LUTANDO POR TODA A CATEGORIA.
    Por favor, acreditem nisto "QUEM SABE FAZ A HORA ,NAO ESPERA ACONTECER"
    Deflagar mais uma greve desta plenitude em 2012, PELA MESMA CAUSA, será uma UTOPIA....Só poderemos cantar assim, como diz BETO GUEDES: "NADA DO QUE FOI SERÁ, DE NOVO DO JEITO QUE JÁ FOI UM DIA".
    JUNTE-SE A NÓS,AVISE ANESTESIA QUE VOCÊ NAO VAI MAIS SERVIR DE MUNIÇAO PRA DELE (é este o papel de vocês no momento tao lindo que nossa categoria se encontra) ,SEUS COLEGAS NAO MERECEM O QUE VCS ESTAO FAZENDO.Espero que isto toque no coraçao de algum de vocês.Obrigada
    P/S Grande Euler, posta isso aí, até agora nao almocei só tentando montAR esta mensagem que até eu mesma achei linda!!!!beijos sindicais


    "Se você é capaz de tremer de indignação a cada vez que se comete uma injustiça no mundo, então somos companheiros."

    Ernesto Che Guevara

    ResponderExcluir
  162. NDG DE DIVINO, soube que vocês conseguiram mais um elo para a corrente, é verdade? Obtive, há pouco, informação de que com os vídeos, munidos de Lei e com as tabelas salariais, colocaram os nossos colegas educadores, verdadeiramente mineiros da divisinha do estado, para refletirem e pelo jeito, essa corrente está quase se fechando. Parabéns mais uma vez! Que bom, segunda-feira, nós vamos agregar mais colegas de Carangola, que assim como os de Tombos estão tomando consciência de que foram escurraçados, pisoteados, humilhados pelo DESGOVERNO! Espero que no restante das GERAIS, os nossos colegas educadores comecem a perceber que não podem ser TRATADOS COMO SE FOSSEM BAGAÇOS NA MOENDA DE CANA.
    Continuemos na luta!

    ResponderExcluir
  163. correção: escorraçados

    ResponderExcluir
  164. ESTE MINISTRO QUE FICAR BEM COM QUEM?
    SERÁ QUE JÁ TEVE CONHECIMENTO DOS COMENTÁRIOS SOBRE ELE, APÓS AQUELE ENCONTRO SINISTRO?

    Haddad

    Ministro diz que faltou planejamento
    Um dia depois de se encontrar o governador Antonio Anastasia e declarar apoio à medida do Estado de convocar professores substitutos, o ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou que a greve dos professores é legítima e que os Estados deveriam ter se programado para cumprir a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que institui o piso de R$ 1.187,97.

    "Alguns governadores e prefeitos deveriam ter se precavido durante o período de tramitação no Supremo. Não o fizeram e agora terão que encontrar formas de cumprir com o piso, ou negociar um reescalonamento com os professores". (TT)
    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=181267,OTE

    ResponderExcluir
  165. Todos de preto na ALMG DIA 8!!
    vAMOS TRIPLICAR O NÚMERO DE PESSOAS NAS RUAS!!
    VAI SER PELA PRESSÃO POPULAR QUE ESSE GOVERNADOR VAI SE DOBRAR!!
    AFINAL O PADRINHO DELE VAI SAIR CHAMUSCADO DESSA.
    DEPENDE APENAS DE NOSSA RESITENCIA.
    VC AÍ Q AINDA NÃO VEIO. VENHA O QUANTO ANTES!
    NÃO PISAMOS NA ESCOLA SEM O PISO!
    É AGORA OU NUNCA MAIS SERÁ!!!

    ResponderExcluir
  166. Núcleo Duro de Divino3 de setembro de 2011 15:29

    Caros companheiros de Tombos, PARABÉNS! pela adesão ao movimento pela implantação do Piso Nacional dos Professores. A inserção dos profissionais da educação nessa LUTA, muito nos orgulha e nos faz mais e mais fortes. A VITÓRIA se aproxima.

    ResponderExcluir
  167. Fátima - Professora de História - Ubá3 de setembro de 2011 15:31

    Ontem quando li a reportagem do jornal O Tempo cuja manchete dizia, Só pressão salva professor, achei-a um pouco tendenciosa, apesar de considerar o jornal o tempo o único que tenta ser imparcial.
    Fiquei pensando, se o objetivo da reportagem do jornal, era informar a população sobre a situação da greve dos professores e as consequências das medidas tomadas pelo governo, o título da manchete, deveria ser outro.
    Sugiro por exemplo: Só a pressão da sociedade pode salvar a educação. Sim pois toda as medidas tomadas pelo governo contra os professores, atingem diretamente a educação. Note bem, há muito a carreira de magistério deixou de ser atraente, pois ser professor neste país significa além de baixos salários, não ter paz para para o resto da vida. A falta de professores já é uma realidade, fato comprovado recentemente através da contratação de professores substitutos.
    Mas o golpe fatal contra a educação veio através da impantação do subsídio e por último o anúncio do projeto para colocar fim no plano de carreira dos professores.
    Quem vai querer passar anos de sua vida estudando, gastando muitas vezes o que não tem para se tornar professor neste país? Que pai terá coragem de entregar seu filho (a) nas garras dessas aves de rapinas.
    Os professores que hoje estão na luta, dispostos a mudar os rumos da educação deste país, por um motivo ou outro deixarão um dia a educação e de uma forma ou de outra sobreviverão sem ela. Mas a educação sobreviverá sem os mestres?
    Que fique bem claro para a população que uma suposta derrota dos professores como a vislumbrada pelo jornal, significará num curto espaço de tempo a derrota da ESCOLA PÚBLICA no Brasil.
    A sociedade precisa urgentemente escolher de que lado ela vai estar.

    Companheiros(as) não temais, pois aqueles que lutam para coloborar com o projeto de Deus, estará sempre caminhando a seu lado.

    ResponderExcluir
  168. Olá combativo Euler, oi coleagas do NDG,
    ontem combeti uma gafe enorme ao não mencionar o nome do meu colega grandiodíssimo Zezinho. Oh! Zé me perdõe pela falha.Dizer que você é um exemplo a ser seguido e inúmeras coisas quem nem caberia se estender tanto. resumindo você é uma pessoa que sabe o que quer e nesse momento você já deixou bem claro que nós precisamos de sermos mais valorizados e respeitados como ótimos profissionais que somos e engajados na greve do jeito que você está e outros ilustríssimos colegas que possuem garra e dedicação de anos de dedicação fica difícil de resumir em poucas palavras, mas muito obrigado é pouco.Obrigado mais uma vez combativo Euler, posso dizer com propriedade que você é um dos principais responsáveis por essa mobilização jamais vista nos últimos dez anos.Agradecer o meu marido, os meus filhos Henrique e Emannuelly pela compreensão por estar a toda semana quatro dias distantes dos mesmos afinal de contas são minha família.Convidar os meus amigos do NDG a me acompanherem em Porto Seguro que é pertinho daqui da minha casa para lavarmos a nossa alma nas águas daquela praia maravilhosa após a conquista do nosso piso que eu tenho certeza não vai demorar. E eu tenho certeza que o nosso piso vai aparecer no noso contra cheque e não vai demorar.
    Obrigado por tudo NDG.
    Felicidades a todos,
    Até nossa próxima assémbléia.
    Valeu!...
    Gilvânia.

    ResponderExcluir
  169. O blog parabeniza aos valentes colegas de TOMBOS, que atenderam ao chamado dos combativos colegas de DIVINO e se juntaram à greve que é agora uma realidade em toda a região da subsede dos nossos valentes colegas de CARANGOLA.

    Vocês dão o exemplo para toda Minas Gerais... assim como os guerreiros de MONTES CLAROS, BOCAIUVA, GOVERNADOR VALADARES, CARATINGA, IPATINGA, PARÁ DE MINAS, CURVELO, RESSAQUINHA, BELO HORIZONTE E TODA GRANDE BH, ITABIRITO, MATIAS BARBOSA... e por aí vai, numa lista que não acaba mais. Tá difícil para o governo enquadrar este pessoal todo no percentual de 2%.

    ResponderExcluir
  170. fiquei sabendo que professores e funcionarios da see regionais terão uma bela semana na praia curtindo feriadão em casas da aappmg pode SOMOS TRAIDOS a todo instante mas na hora de receber so os grandes recebem aumento quer saber de uma coisa estou enojada com tanta farsa alguem pode fotografa-los e colocar nas alterosas EU NÃO DESISTO NUNCA VAMOS DE PRETO DIA 8 E APOIO DIA 7 SO que não posso estar ai

    ResponderExcluir
  171. FIRMES E FORTES COMPANHEIROS!
    DEUS ESTÁ CONOSCO.
    ABRAÇOS A TODOS.

    ResponderExcluir
  172. Boa tarde professor Euler e demais amigos do NDG.
    Gente, a coerência é nossa, educadores pensantes do bem.
    Esse pessoal fala e "desfala" com a mesma cara. Nem ficam vermelhos.
    Isso irrita-me profundamente.
    INDIGNAÇÃO!!!
    O discurso muda de acordo com os interesses oportunistas.

    Qual emissora de televisão mostrou a nova fala do senhor ministro hadadd (MINÚSCULO MESMO)?
    NÃO DEVERIAM COLOCAR AS DUAS FALAS DO SENHOR MINISTRO, DEMONSTRANDO PARA SOCIEDADE TAMANHA INCOERÊNCIA?
    E A AMEAÇA DO SENHOR PROCURADOR? TEM QUE SER MOSTRADA AO MUNDO, INSISTO: AO MUNDO!!!
    ALGUÉM TERÁ QUE NOS OUVIR.
    SE SUFOCARAM NOSSA VOZ EM MINAS E NO BRASIL, ELA TERÁ QUE ECOAR NO MUNDO!!!

    ResponderExcluir
  173. dia 09 satanasia estará em Raqul Soares.

    ResponderExcluir
  174. FIZEMOS OPÇÃO PELO REGIME REMUNERATÓRIO QUE NOS FOI OFERECIDO COMO ESCOLHA EM ATÉ 10/08/11.

    ISTO ESTÁ DOCUMENTADO E RECONHECIDO PELO GOVERNO, NA REUNIÃO COM O MP NO DIA 16/08/11.

    FOI QUANDO O PRÓPRIO GOVERNO INFORMOU AO MP QUE 153.000 PROFESSORES FIZERAM A OPÇÃO PELO REGIME REMUNERATÓRIO VIGENTE EM ATÉ 10/08/11.

    ESTA OPÇÃO NOS FOI OFERECIDO PELO PRÓPRIO GOVERNO.

    O GOVERNO NÃO PODE MAIS MUDAR ESTE REGIME COM A FINALIDADE DE PREJUDICAR OS PROFESSORES.

    O GOVERNO NÃO TEM COMO ESCAPAR DESTE FATO.

    ENTÃO,VAMOS SABER USAR ESTE FATO, NÃO É MESMO Sind UTE?

    VAMOS INTERPOR UM MANDADO DE SEGURANÇA PARA O CUMPRIMENTO DESTE FATO.

    O MP SERÁ A NOSSA TESTEMUNHA.

    QUEREMOS JUSTIÇA.

    QUEREMOS TODOS OS NOSSOS DIREITOS.

    ResponderExcluir
  175. O GOVERNO ESTÁ IRREGULAR,

    NÃO CUMPRE A LEI,

    O MP AGUARDANDO AS ORDENS DO GOVERNO.

    E NÓS,

    ATÉ AGORA NENHUM MANDADO DE SEGURANÇA PARA FAZER CUMPRIR A LEI.

    ASSIM NÃO DÁ,

    FRANCAMENTE, TÁ FALTANDO AÇÃO.

    ResponderExcluir
  176. Amigo Euler e amigos do NDG.

    Postei essa mensagem no Jornal O Tempo:

    Senhor Alceu, chega de tanta imoralidade nesse país.
    O papel do MPE não é mediar conflitos, negociações, mas fazer cumprir as leis.
    Despojando-se de seu papel, fica mais claro como as instituições brasileiras estão promíscuas.
    Tenho vergonha de ser brasileira e, sobretudo, de ser mineira!

    ResponderExcluir
  177. preciso saber noticias de Uberlandia esse povo calou de novo.Como esta movimentação dia 7 e 8 sei que tem alunos fazendo movimento mas estamos precisando e das escolas e professores ... Tupaciguara

    ResponderExcluir
  178. Professora, com muito ORGULHO E MUITO AMOR3 de setembro de 2011 16:31

    Euler, cometi um erro onde tinha que escrever paródia,acabei escrevendo paródica..rsrsrsrsrs
    Desculpe colegas,pra nós o que vale errar é o nome de Anastasia "ANESTESIA",Fernando Haddad "FERRANDO" (todos nós)

    ResponderExcluir
  179. VAMOS NOS DEBRUÇAR NOS COMPÊNDIOS DA LEI PARA DESCOBRIR UMA MANEIRA DE FAZER VALER A JUSTIÇA, SOBRE ESTE GOVERNO DITADOR.

    ESTA GREVE SERÁ DECIDIDA NOS TRIBUNAIS.

    ELES (O GOVERNO) SABEM DISTO.

    E PELA PRIMEIRA VEZ, TEMOS CHANCES DE DERROTÁ-LOS NESTES TRIBUNAIS.

    PARA ISTO,

    PRECISAMOS FAZER A NOSSA PARTE E FAZÊ-LA MUITO BEM FEITA.

    ResponderExcluir
  180. Olá Prof. Euler,
    Gostaria que comentasse sobre a reportagem do jornal "O TEMPO" onde diz que será difícil conseguir reverter a situação a não ser por intermédio da pressão, segundo o jornal o governo atende a lei do piso em sua nova tabela. Confesso que essas declarações me deixam desmotivadas, sei que é a intenção do governo e gostaria de uma outra opinião.

    ResponderExcluir
  181. Quero me solidarizar com os grevista e dizer que se esse governo fosse sério, realmente se preocuparia com seus alunos e encerraria a greve dando aos professores o que lhes é de direito. Mas como ele é um lobo em pele de "ovelhinha", não podemos esperar coisa boa, ainda mais sabendo que seu criador Aécio é ainda pior que ele. Tenho vergonha desse governo e agradeço a Deus por não ter dado a esse tirano meu voto.

    ResponderExcluir
  182. Será que é só eu ou mais alguem está percebendo que o sindicato esta fraquejando e aos poucos cedendo à pressão do governo.

    Sinceramente espero estar errado.

    E o Fernando Haddad que fala para o governador Anastasia que acha certo contratar professores substitutos e agora diz ser justa a greve que estamos fazendo, que os governos deveriam ter se preparado. Esse é o pior tipo de político, se é que existe pior ou melhor.

    Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  183. Vamos acordar IGARAPÉ,
    Greve é para quem tem coragem e acredita.
    Acredito na postura corajosa dos educadores igarapeenses por isso convido a quem ainda está trabalhando a vir lutar conosco, afinal estamos na luta por algo maior e isso depende de nós.

    ResponderExcluir
  184. João Paulo Ferreira de Assis3 de setembro de 2011 16:48

    Prezados companheiros de luta

    Tenho visto e observado que muitos selecionam o perfil como Anônimos, e dentre estes poucos assinam os comentários. Vou, com a devida vênia fazer-lhes uma crítica construtiva. Não se magoem comigo por esta liberdade que ouso tomar com os prezados companheiros de luta. Não deixem de assinar. Nós combatemos o bom combate, nossa causa é justa, então por que o medo? Ah! houve quem denunciasse aqui que algumas diretoras têm proibido os funcionários da escola de acessarem o blog do Euler. Queria ver uma diretora dessas querer me proibir, eu a mandaria lamber sabão ou chupar prego para ver se vira parafuso ou a mandaria [...] na casa do [...]. Porémm não vou sofrer esse constrangimento porque o diretor e as duas vice-diretoras da escola onde leciono respeitam a nossa liberdade de expressão. Mas quem se ver constrangido pode solicitar um Habeas corpus ao Juiz de Direito, colocando como autoridade coatora a diretora da tal escola.
    Não tenham medo. Porque se a escola proibir ela estará infringido os direitos e garantias fundamentais. E depois, apesar do aspecto da ditadura do nosso Estado, a liberdade de expressão ainda não foi cassada.

    Saudações, e ATÉ A VITÓRIA!!!!!!

    João Paulo Ferreira de Assis.

    Post Scriptum:

    Eu assino com o meu nome completo. Quero ver quem tem peito para me proibir de visitar o blog e de opinar. Se me proibirem vou continuar visitando e emitindo opinião, sem querer saber se me vão formar um processo administrativo por desobediência.

    ResponderExcluir
  185. Vejamos, se o desgoverno tem como pagar a todos os R$712,20, se considerasse apenas os 153.000 que fizeram opção pelo regime(que segundo ele é antigo) ele tem como pagar obedecendo o plano de carreira.
    Será que não está na hora do sindicato saber realmente jogar o jogo e exigir somente para estes? Aí sim,este fato seria uma força para o STJ derrubar o subsídio e obrigar o governo a pagar a todos sem exceção o PISO SALARIAL. Acho que devemos ENFORCAR este governo aos poucos.Nada de exigir janelas para entrar ou sair do subsídio.Deixa -lo tranquilo, achando que já nos conformamos com o subsídio para depois dá a tacada final.
    Qual a sua opinião sobre isto? Você acha que esta proposta seria viável? Já li comentários em que outros colegas acham que temos que conseguir cada coisa de uma vez.

    ResponderExcluir
  186. Dia 09 o coisa ruim estará em Raul Soares?
    vamos pra lá pessoa, atormentá-lo...
    Firmes sempre, com fé em Deus!!!

    ResponderExcluir
  187. Repassando....
    Toda solidariedade aos professores do Estado de Minas Gerais!


    Belo Horizonte 25/agosto/2011
    Queridos/as,

    prosseguindo minha / nossa história de luta pela defesa dos direitos
    dos trabalhadores/as e na condição de:

    - pesquisadora do CNPQ, dedicando-me à preocupante temática das vidas
    e do trabalho dos professores da Educação Básica no Brasil;

    - de professora na universidade pública brasileira, na qual dedico-me
    à formação de professores/as;

    e tendo em vista, principalmente, O REPRESSIVO SILENCIAMENTO DA MÍDIA
    SUBMISSA AOS MANDOS DE AÉCIO, ANASTASIA E OUTROS, sinto-me no dever
    ético-moral, profissional e cidadão, no dever de mulher e de mãe que
    se preocupa com a educação dos filhos/as dos trabalhadores/as
    brasileiros/as (segmento da população que estuda nas escolas públicas
    de Educação Básica), de dirigir-me a vocês para ajudar na divulgação
    das imagens e decisões do mais longo movimento grevista dos
    professores do estado de Minas Gerais, enviando-lhes em anexo:

    - a carta de apoio aos professores elaborada e assinada pelos
    professores da Faculdade de Educação da UFMG;
    - algumas imagens da assembléia do movimento realizada ontem, 24 de
    agosto de 2011;

    VAMOS APOIAR OS PROFESSORES/AS E AJUDAR A DIVULGAR O MOVIMENTO

    Obs: POR INCRÍVEL QUE PAREÇA, ELES E ELAS PEDEM O CUMPRIMENTO DO PISO
    SALARIAL (um valor ínfimo para tanto trabalho e responsabilidade!!!)
    estabelecido pelo governo Lula. Imaginem que nem cumprir esse pífio
    valor o governo de Minas aceita!!! Um valor insignificante e negado
    aos docentes, descumprindo a lei, inclusive. Por certo, para que não
    falte dinheiro para os bancos, para o s mais ricos, para as
    empreitaras e tudo o mais que sabemos.

    Muito obrigada pela atenção de vocês.
    Um abraço carinhoso,
    Inês

    ResponderExcluir
  188. OLHA AÍ SINDICATO,

    ESTA GREVE SERÁ DECIDIDA NOS TRIBUNAIS.

    O GOVERNO SABE DISTO E ESTÁ TRABALHANDO DIA E NOITE PARA NOS VENCER.

    ELES TÊM PODER E EXPERIÊNCIA.

    E NÓS, VAMOS FICAR ESPERANDO?

    TEMOS QUE AGIR DURAMENTE, ONDE FOR NECESSÁRIO, EM TODOS OS TRIBUNAIS.

    TEMOS QUE DENUNCIAR O MP NOS ÓRGÃOS COMPETENTES.

    TEMOS QUE INTERPOR MANDADOS DE SEGURANÇA PARA FAZEREM O MP CUMPRIR A LEI.

    AGORA É HORA DE SERMOS DUROS E IMPIEDOSOS COM ESTA CORJA DESTE GOVERNO DITADOR.

    VAMOS LÁ SINDICATO, AÇÃO.

    ResponderExcluir
  189. Anonimo das 12;18 manda o e-mai do New York times que vou mandar também o mesmo recado .

    ResponderExcluir
  190. Ei Professor João Paulo,
    às vezes não conseguimos assinar.
    Meu nome é Mara Ferreira e posto anônimo por isso. Mas,no fim da mensagem deixo meu nome...
    Obrigada e apoio a ideia de assinarmos.
    Mara Ferreira

    ResponderExcluir
  191. O governo que contrate "´professores substitutos" para depois da greve, repor, participar de GDPs, GDPeas e estes projetos que não levam a nada; só levam dinheiro para esta gente do governo. Aprendizagem que é bom, NADA...Conta nos dedos os alunos que melhoram a aprendizagem das habilidades de leitura, interpretação, escrita e cálculos após este "faz de conta" imposto pela SEE/MG. GREVE até o PISO SALARIAL de VERDADE!!!

    ResponderExcluir
  192. Agora não é hora de desistir ou enfraquecer a nossa greve. O governo está com a corda no pescoço! Se não for agora não será jamais!!! Temos que trazer mais servidores para LUTAR CONOSCO! O cerco está se fechando e o governo terá que PAGAR O NOSSO PISO de forma DECENTE!

    ResponderExcluir
  193. O sind Ute está muito quietinho...É sempre bom desconfiar!

    ResponderExcluir
  194. Marina Silva pode nos ajudar a fundar o PARTIDO POLÍTICO DOS PROFESSORES DO BRASIL. Vamos lá Euler, derrubar esse povo como eles nos derrotam. Vamos usar as armas deles: O PODER. Só que um poder moderno, consciente, etico, refletido. Ainda da tempo de salvarmos esse país.

    ResponderExcluir
  195. Adorei a paródia feita pela professora, com muito orgulho e muito amor. Euler, veja se é possível gravar isto aí. Achei emocionante e poderia ser usado no dia 07/09.
    Parabéns, colega. Você é muito criativa!

    ResponderExcluir
  196. Estou cansado e mereço respeito.Aliás, todos nós professores e professoras merecemos respeito por parte dessa "Naná". O que esse povo,que se encontra no poder pensa heim! Nós professores do Estado de Minas Gerais e do Brasil merecemos respeito e chegou a hora de levantarmos uma bandeira em nome da Democracia em letra maiscula. Chega de tanta maldade com quem realmente trabalha nesse país. Vamos Brasil em nome da Democracia parar esse país e pedir respeito por parte desses desgovernos.Desculpa-me Euler, mas estou chegando ao meu limite.

    ResponderExcluir
  197. Euller, já recebi via twiter o apoio da máfia azul e da galoucura para o ato dos excluídos dia 7 de setembro. Quem tiver twiter procurem as pessoas em Minas com muitos seguidores. No dia 8 acho difícil deles apoiarem, afinal é dia de trabalho, mas que no dia 7 a população saia em peso nas ruas:

    ResponderExcluir
  198. Completando o Comentário!
    Anderson- Pará de Minas disse...

    Um companheiro postou acima uma tese que deveria ser melhor explorada : a lei do subsídio deu a opção de escolha pelas 2 formas de remuneração até 10/08/2011 . Fizemos a opção pela tabela de vencimento básico com as regras vigentes naquele momento e com a perspectiva de adequação à lei do Piso .
    O Governo não pode agora mudar as regras , uma vez que fizemos a opção baseados na realidade do dia 10/08/2011.
    A comprovação desta proibição está na própria Lei do Piso, que prevê a alteração das carreiras até 31/12/2009.
    Além disto o plano de carreira está previsto na LDB, onde se exige remunerações diferentes para níveis diferentes de Habilitação. E por último temos também a garantia constitucional.
    Os advogados que deram entrevistas ao Jornal o Tempo, que me desculpem, mas acho que precisam buscar um pouco mais de conhecimento para fazer tal afirmação! Faremos pressão popular, sim, como já temos feito, mas não nos esqueceremos dos dispositivos legais que nos são favoráveis.
    Nesta segunda feira, 05/09, irei a câmara de vereadores de Pará de Minas, para questionar um projeto de lei que altera o estatuto do sedrvidor municipal. As alterações, além de prejudicarem muito os profesores, ferem direitos constitucionais e leis Federais.
    Acredito que aqui, o governo municipal está aprendendo muito com o governador Anastasia.
    Não sou professor da rede Municipal, mas a Educação é uma só em qualque ente federado!
    De mais a mais, adoro uma briga com "ditadores modernos".
    Por fim, lembrem-se: Se a luta for fácil a vitória não tem gosto. Até a natureza precisa de tempo para amadurecer seus frutos e torná-los saborosos. Está quase na hora da nossa colheita, e podem ter certeza, os frutos serão mais doces que mel!
    Um grande abraço a todos do NDG e força na luta.

    ResponderExcluir
  199. Recebi por e-mail e farei um comentário ao final:

    "hilda marcelino para mim

    Euler, estou revoltada com esta notícia e gostaria que você postasse esta súplica. Isto é absolutamente ridículo!

    Caro(a)s colegas da Escola Machado de Assis, senhores pais e aluno(a)s desta comunidade escolar

    Tive notícias que alunos e professores (designados) estão sendo avisados do retorno das aulas na próxima segunda-feira (05/09).

    Gostaria de PEDIR aos meus colegas, professores da luta, que pensem muito antes de retornar. Não é hora de morrer na praia.

    Gostaria de PEDIR aos pais e alunos que vejam a qualidade do trabalho oferecido, pois se não forem oferecidas todas as disciplinas, a carga horária continua incompleta e o aluno terá de retornar para cumprir o restante, ou seja, tempo perdido.

    Neste momento nós não precisamos MEDIR forças, mas unir nossas forças num mesmo objetivo que é de TODOS.
    Atenciosamente,

    HILDA MARCELINO - professora de Português da EEMA".

    Comentário do Blog: Já trabalhei no Machado de Assis e nessa escola curso todo o ensino Fundamental e Médio. Acho que será uma vergonha para o BOM NOME desta instituição se os educadores retornarem.

    Trata-se de uma escola referência para a cidade, ao lado de outras importantes escolas que permanecem fechadas em greve.

    Não podemos concordar que haja qualquer recuo neste momento. Por isso, reforço o pedido da combativa colega HILDA e faço minhas as palavras que ela tão bem redigiu.

    Mas, vou mais longe: considero UMA TRAIÇÃO DE CLASSE, no momento em que estamos sendo massacrados pelo governo, que quer destruir nossa carreira e roubar o nosso piso, que alguns profissionais sem ética e que usam a educação como bico queiram se aliar ao governo para nos esmagar.

    Conclamo os colegas do Machado de Assis, verdadeiros profissionais, bem como aos estudantes, muitos dos quais foram meus alunos, para se levantarem e se recusarem a atender a pressão de quem quer que seja para o retorno à escola.

    Disponho-me a compor pessoalmente uma caravana para visitar esta escola e dialogar com os verdadeiros educadores e com os estudantes. Tenho de certeza que o comandante João Martinho, e os colegas Alex, Paulão, Carlinhos do Machado, Cláudia Luiza, Anderson, Adriana, Preta, Gleiferson, Karine, Ana Cristina, Cristina Costa, Charles, Rodrigo, Roquemil, Andreia, Sílvia, Vicente, Carminha, Aline, Divina, Jussaney, Michelle, Mendelson e muitos outros colegas que estão na linha de frente da batalha subscrevem as minhas palavras.

    A hora é de fortalecer a greve, e não de recuar! Vespasiano e São José têm um índice de 80% de paralisação, com adesões em nosso favor aumentando a cada dia que passa.


    Vamos lá pessoal do Machado de Assis, não vamos deixar cair essa peteca! O Machado precisa dar o bom exemplo, para os educadores, para os alunos e para a comunidade! Não esperamos nada diferente disso!!!

    ResponderExcluir