quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Educadores de Minas decidem, por unanimidade, manter a greve geral







Imagens da nossa assembleia de ontem, 08 de setembro: a greve continua, até que o governo pague o piso! Fotos: Gleiferson Crow e equipe

Educadores de Minas decidem, por unanimidade, manter a greve geral



Olá pessoal do combate, turma do NDG, amigos e amigas de luta de toda Minas Gerais,

Acabo de chegar no bunker, e como de costume, trarei o relato e as análises da nossa realidade. A nossa assembleia geral, como sempre lotada, com milhares de valentes educadores/as de todas as cidades de Minas, decidiu, por unanimidade, pela manutenção da greve geral por tempo indeterminado.

A avaliação que pude colher das pessoas com as quais conversei é a de que não podemos recuar agora. Mas, ao mesmo tempo, temos que avançar na nossa luta, para forçar uma negociação por parte do governo.

Na semana que vem haverá queima simbólica do projeto do subsídio em frente a todas as SREs, quando os grupos do NDG e demais educadores em greve estarão participando desta atividade. Além disso, haverá atividades regionais, incluindo a caça ao governador fora da lei, esteja ele onde estiver.

O projeto do governo só começa a tramitar na semana que vem. E seguramente nós faremos um acompanhamento pesado, visitando todos os gabinetes e marcando presença nas galerias.

De novidade, na assembleia de hoje, o que surgiu foi uma informação trazida pelo colega Gilbert, de Uberlândia, segundo o qual, o deputado Gilmar Machado teria informado sobre o encontro entre o governador de Minas e o ministro Fernando Haddad, do MEC. Segundo a informação atribuída ao referido deputado, o ministro teria dito que se o governo apresentar o Plano de Carreira de MG, demonstrando que precisa de recursos, o governo federal faria a complementação necessária.

Ora, não acreditei nessa informação (não por culpa do Gilbert, que apenas relatou o que ouviu). Primeiro porque parece muito fantasiosa. Afinal, nenhum dos dois personagens envolvidos apresentou qualquer resultado concreto após a citada reunião. Então, caso seja verdade que o tal deputado tenha feito tal afirmação, que ele seja chamado a provar o que disse. Pois, neste caso tem alguém nos enganando. ***

Aliás, tem muita gente nos enganando: o governo de Minas, o MP, o Legislativo de MG, o judiciário, a imprensa mineira, o governo federal, o MEC, enfim, muita gente.

Mas, vamos em frente com a nossa análise. Quero insistir num ponto. Conversei com gente de toda parte de Minas, pois o nosso blog se tornou uma referência inconteste para os educadores mineiros. Muitos me disseram que o nosso blog é responsável pela manutenção da greve e por ter envolvido muita gente na nossa luta. Sempre acho que isso é um exagero, mas não vou negar, pelo número diário de acessos (em média, em torno de 10 a 15 mil) e de comentários, já passando de duas centenas diariamente, que este espaço tem contribuído sim, para a formação e para o diálogo horizontal entre os guerreiros e as guerreiras da nossa greve.

E quando eu falo do blog, falo no coletivo: ele já não é mais uma obra individual, pessoal, do Euler, não. Há muito que o blog se tornou uma propriedade coletiva de todos os que aqui frequentam e lutam pelos interesses comuns, de classe. É o mesmo processo que vem acontecendo com o NDG (Núcleo Duro da Greve), que de uma designação dada por mim enquanto análise do setor mais resistente da greve, tem assumido uma forma simbiótica de auto-organização, horizontal e sem nenhuma centralização. A luta, a ação e o diálogo de quem está na greve são os pontos de unidade do NDG. Hoje na assembleia sugeriram que eu chamasse uma reunião de lideranças do movimento para discutir com mais profundidade o movimento e as nossas linhas de ação. Achei a ideia interessante e vou amadurecê-la com vocês durante a semana.

De qualquer forma, está claro para muitos colegas, que precisamos forçar uma negociação com o governo. O primeiro passo para isso é manter e fortalecer a greve. Os outros passos ocorrerão com estratégias de ação que não se limitem às passeatas na Capital de BH. Claro que as manifestações no interior de Minas são importantes, e muito; aliás, todas as manifestações - na Internet, nas ruas, nas escolas, etc - são importantes. Mas temos que avançar qualitativamente nessas manifestações, especialmente as voltadas para atingir os centros do poder, em BH ou em Brasília.

Nas conversas que tenho com os colegas, está claro também que ninguém quer recuar e voltar a trabalhar, depois de quase 100 dias de greve, tendo passado por tudo o que nós passamos: corte e redução de salário, pressão do governo, contratação de substitutos, perseguição de colegas, arapongagem, mentiras acerca do nosso piso, etc. Não temos o direito de recuar quando temos nas mãos uma lei federal - a lei do piso -, e uma lei estadual - o plano de carreira -, que dão sustentação legítima e legal ao nosso pleito.

O ilegal, nessa história, é o governo, que confisca, que rouba, os nossos sonhos, os nossos direitos, os nossos salários, a nossa carreira, e um pouco da nossa vida, até. É um governo que está destruindo a Educação pública em Minas e criando uma situação de impasse, de desfecho imprevisível.

Um recuo agora seria a morte anunciada da nossa categoria. Seria uma derrota para todos os movimentos sociais de Minas Gerais e até do Brasil, que assistem e apoiam, solidários, à nossa luta. Não temos o direito de decepcioná-los, pois estaremos enterrando os sonhos de muitos, que acreditam que a luta, a resistência, é capaz de combater e vencer inimigos que usam e abusam do poder contra os de baixo.

Muita gente pediu que eu falasse durante a assembleia. Tenho que me justificar aqui. Depois de um entrevero que houve com a direção do sindicato logo no início da greve, eu disse que não mais usaria os microfones do sindicato, até que percebesse mudança na forma de conduzir as assembleias. Ainda não percebi essas mudanças, no que tange à utilização do microfone pelos da base. E vou me explicar. Na região onde eu moro, quando realizamos assembleias e outras atividades, o microfone fica aberto para quem deseja falar. Fui educado assim, a não ter que enfrentar fila para ter que falar e sem saber sequer se fui inscrito entre os escolhidos a dedo. Isso para mim é humilhação que não deveria existir numa entidade que se diz representante dos trabalhadores. Já sou humilhado pelo governo, pelos de cima; não aceito este tipo de humilhação por parte do sindicato. O dia que colocarem regras decentes para quem deseja falar - seja através de sorteio, ou de uma lista onde todos terão assegurada a palavra, mesmo que seja em horário anterior ao início formal da assembleia -, pode ser que eu me apresente para falar.

Bom, mas isso é o de menos importante. O que importa é que a categoria vive a seguinte situação. O NDG tem pique para resistir por muito mais tempo, até o final, até quando for necessário. Mas, nem todos têm esse pique, a maioria por razões financeiras, de sobrevivência material.

Mas, é preciso levar em conta que, um pouco mais de resistência se faz necessário por parte de todos, antes que retornemos ao trabalho. Não estamos distantes da possibilidade de conquistarmos o piso. E essa conquista está diretamente associada à nossa capacidade de resistir e de continuar em greve. É simples assim. O governo não tem muito o que fazer a não ser pagar o piso, caso continuemos em greve. E mais: ele terá que devolver o que nos tirou.

O contrário disso seria retornar sem o piso e sem aquilo que nos foi tirado. E isso nós não podemos aceitar. Já disseram aqui que essa luta, como qualquer outra, não seria fácil. Muita gente que está entrando em greve agora, traz o fôlego novo e tem mais condições de fortalecer a greve. Mas, os mais experientes e que resistiram por mais tempo devem fazer um esforço grande para não recuar agora. Se o problema for o de sobrevivência, reúnam-se com os colegas e discutam formas de arrecadar cestas básicas e meios essenciais de sobrevivência.

Se o problema for emocional, por pressão de família ou da direção da escola, procure conversar com as pessoas que estão mais firmes na luta e junte-se a eles, num diálogo coletivo. Este diálogo é fundamental para alimentar espiritualmente a cada um de nós. Além disso, a atuação organizada nas cidades, incluindo o apoio de alunos e de alguns pais de alunos, pode dar outra força renovadora para o movimento.

Da parte do governo, percebe-se que ele está num certo estado de desespero. Já não sabe mais o que fazer diante de tantas mentiras que produziu e de tantos estragos provocados nestes 93 dias de greve. Só uma coisa poderá diminuir este estrago que já arranhou gravemente a confiança no governo de Minas e no projeto de poder do seu padrinho faraó: se ele resolver cumprir a lei e pagar o piso.

Da nossa parte, temos que resistir. Temos que continuar lutando, buscando energias onde for possível, pois devemos isso a nós mesmos, aos nossos alunos, e a todos os de baixo, da atual e das próximas gerações. As perdas e sacrifícios que ora atravessamos serão recompensadas com a nossa vitória.

Por isso é preciso resistir, animar os colegas, levantar a moral de todos os bravos e bravas guerreiros/as que de forma ousada e destemida têm estado à frente desta revolta greve, que já se aproxima de 100 dias de um heroísmo e uma obstinação sem igual.

Vocês são meus heróis! São minha referência. É com vocês, e por vocês, que eu estou nessa luta, disposto a levá-la até as últimas consequências.

Um forte abraço e força na luta! Até a vitória!

***

P.S. Mais tarde, depois do banho, do chá e dos biscoitos, e de um rápido descanso, eu volto com novas análises!


P.S.2 - O posicionamento da AGU em Brasília não altera em nada o nosso direito ao piso no antigo sistema remuneratório. Além disso, o MP e os ministros do STF ainda não deram o seu parecer sobre o tema. Se conseguirem associar o subsídio à ADI 4167 - como eu sugeri aqui já há algum tempo - seguramente eles aprovarão a ADI 4631 e acabarão com o subsídio. Mas, antes disso, penso que resolveremos as coisas aqui em Minas. Mesmo que tenhamos que ir a Brasília.

*** Nossos visitantes guerreiros descobriram essa matéria, no blog do deputado Gilmar Machado:

"
Greve dos Professores: Governo federal analisa complementação para cumprimento do Piso pelo governo de Minas

8 de setembro de 2011

O governo federal analisa a complementação financeira para que o Estado de Minas Gerais cumpra o Piso Salarial dos professores. Esta foi a definição, após reunião do governador Antônio Anastasia (PSDB/MG), com o ministro da Educação, Fernando Haddad, na presença do deputado federal Gilmar Machado (PT/MG). Durante o encontro, realizado na semana passada em Brasília, Fernando Haddad disse que o governo federal deve avaliar a situação financeira de Minas e averiguar a impossibilidade do Estado de cumprir o piso. Para receber a complementação, o governo estadual deve implantar o Plano de Cargos e Carreira para a Educação. Os trabalhadores da Educação no Estado estão em greve há 90 dias."


Comentário do Blog: pergunta-se: por que motivo nem o governador do estado e nem o ministro do MEC deram tal informação para a mídia? Pelo contrário. O ministro do MEC saiu apoiando as contratações dos substitutos e posteriormente disse que as greves pelo piso são legítimas, e que os estados deveriam ter se preparado para pagarem o piso. E o governo do estado nada disse a este respeito. Pelo contrário: encaminhou o projeto de lei do subsídio. Agora o deputado disse que testemunhou a reunião e que faltava apenas "implantar o plano de cargos e Carreira para a Educação". Ora, nós já temos um Plano de Carreira desde de 2004. O que o governo de Minas ainda não fez foi implantar o piso neste plano de carreira. Está na hora de cobrar respostas deste deputado e enviar para a mídia e para o MP para que eles cobrem do governo mineiro a sua versão. E que o MEC também dê a sua versão oficial.

***

235 comentários:

  1. CRISE NA EDUCAÇÃO

    Modelo de remuneração por subsídio é constitucional, diz AGU

    Porém, a Advocacia Geral da União ressalta que o piso nacional para a categoria deve ser cumprido

    http://www.otempo.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Helcilene/Brasília de Minas8 de setembro de 2011 22:26

    Euler,
    Quem não fez nenhuma opção de pagamento está no subsído. Esta pessoa pode fazer a opção pelo VB nesta nova etapa da novela subsidio? Ou o projeto permite apenas sair do VB e voltar para o subsídio?

    ResponderExcluir
  3. Não tem opção esse governo. Ficamos cansados, mas não desistimos. Ele sai chamuscado mesmo com o pagamento do PISO. Ele endurece lá e nós endurecemos cá. OK! Não enterraremos nossa carreira como quer esse ditadorzinho. Firmes nessa luta q só acaba qdo o ditador resolver...
    RESOLVER POR PRESSÃO PAGAR O Q É NOSSO!
    fORÇA E FÉ NO QUE NOS UNE: piso, piso, piso e piso!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu sei que deve estar sendo dificílimo, principalmente para os que estão há mais tempo na greve. Devem estar dando o sangue, quanta dignidade! Estou de fora, sou mãe, fico até constrangida de motivá-los nesse momento, mas a greve está tomando proporções maiores, outros segmentos da sociedade estão apoiando, a ida a Brasília acho uma boa ideia. Há jornalistas diversos lá, a notícia vai se espalhar... Se o Aécio estiver escondido lá, durante todo esse tempo sem pisar em Minas, vai ter que continuar e bem escondido. O insano Anastasia quando souber dessa decisão de vocês, colocará a mão na cabeça (de desespero). Eu sei que é difícil, dificílimo, mas aguentem mais um pouquinho, por favor, não é possível que esse Anastasia não seja subordinado a nada e a ninguém. Alguém vai ouvi-los com certeza. Não é possível que autoridades deixem insanos governarem Estados e não façam nada. Todos os ratos que deveriam proteger nossas crianças, nossos jovens estão nesse momento dentro das tocas, esperando a hora de sair. É briga de gigantes. Mas vocês são GIGANTES. Ainda teremos que agradecer-lhes muito pelo futuro da educação em Minas Gerais, se Deus quiser! Força na chegada! É na chegada que precisamos de mais força pra vencer, quando já não aguentamos mais, ai é hora do último esforço, rumo à vitória.

    ResponderExcluir
  5. Sub-comandante, saiu uma nota de nossa greve na Folha de São Paulo. Temos que ir para Brasília, pois, o Aécio vai ficar doido, e sua propaganda no resto do país irá água a baixo. Imagina, várias barracas na porta do Palácio do Planalto? O C.Q.C nos entrevistando. No outro dia o piso sairia kkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  6. Onde está o araponga que falou que iria ter somente 1000 pessoas na assembléia ? Esse povo do governo não sabe fazer conta mesmo sô!!!!

    ResponderExcluir
  7. Caro Euler, diante de tanta decepções queria parabenizar ao jornal “O Espeto” da cidade de Mariana. Ele trouxe um artigo sobre a greve com informações para todos dos reais acontecimentos e sem deixar de criticar o governo e até a imprensa que nos tem sonegado o direito de voz. Essa é a imprensa que eu acredito e ainda tenho esperança... Só temo que ateiem fogo em seu jornal como era feito no tempo dos coronéis . E aos professores que estão apenas esperando confortáveis com seus salários em dias, suas férias programadas, tomem vergonha e ajudem aí oh! Falta pouco para TODOS nós desfrutarmos dos nossos direitos, levantem e lutem para se sentirem merecedores...

    ResponderExcluir
  8. Projeto de lei nº 2.355/2011

    Ess projeto de lei é uma piada mesmo, vejam:

    Art. 2º - Ficam reajustados em 5% (cinco por cento), a partir de 1º de abril de 2012... hehehe

    http://bit.ly/oAfGoK

    ResponderExcluir
  9. Hoje em entrevista a TV Assembléia, o deputado Antônio Júlio disse que o projeto do governo para a Educação não atende as reivindicações dos professores. Que ele é deputado há 21 anos e até hoje não teve nenhum governo que atendesse aos professores com plano de carreira e salário justo. Segundo ele o novo projeto deveria sim ser rejeitado e não receber emendas como tem proposto alguns deputados.Disse ainda que o governo Anastasia está de "pirraça" com a greve dos professores e por isso não negocia com a categoria. Achei muito boa a fala do deputado.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Euler,
    Hoje precisava desse banho de animação.
    Afinal, o governo não dá mostras de negociar, de querer acabar com a greve e muitos já estão nos chamando de "preguiçosos, povinho que não quer saber de trabalhar, que reclama de barriga cheia e outras calamidades provocativas impublicáveis".
    Seu texto me deixou mais animada, mas ainda assim, questiono: o governo vai negociar? ou endureceu e não se abala com os professores? sabe que a corda arrebenta sempre para o lado mais frágil e , nesse momento, estamos fragilizados pela falta de apoio, de justiça.
    Somos um grupo pisoteado por maiores, lutando por dignidade.
    Quanto mais teremos de aguentar, antes de sucumbir ao poderoso Império do Mal?
    Sinto falta de um sindicato mais atuante, uma CNTE que seja representativa, de professores unidos, de pais que nos apoiem.
    Somos nós, apenas nós, nos apoiando!
    Quero um sindicato brigando, indo à Brasília, pedindo apoio da Justiça Federal, do Papa, se preciso!
    Seu blog (nosso blog, se me permite ) faz o papel que a imprensa deveria fazer.Por que o sindicato não faz o papel dele corretamente?
    A Adi 4631,por enquanto, dá razão ao governador.Se isso acontecer, será o enterro do piso em Minas.
    Estou em greve e ficarei em greve. Mas que está difícil aguentar a pressão, ah!isso está.
    Forte abraço e obrigada por não desmoronar.
    Sim, você é nosso comandante nessa luta!

    ResponderExcluir
  11. 08/09/2011 - 17h53
    Professores denunciam monitoramento; governo de MG nega

    PAULO PEIXOTO
    DE BELO HORIZONTE


    [...]

    GREVE

    A greve dos professores deixa cerca de 1 milhão de estudantes sem aulas, de um total de 2,3 milhões de alunos do ensino fundamental e médio da rede pública estadual. O número é estimado pela federação de pais.

    Os professores reivindicam o piso salarial nacional, cuja lei fixou o valor em R$ 1.187 para 40 horas semanais, que deve ser pago pelo vencimento básico, sem incluir as gratificações. O governo de Minas, depois de quase três meses sem acatar a reivindicação, ofereceu na semana passada R$ 712 por 24 horas semanais, valor proporcional ao piso nacional reconhecido pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

    Os professores rejeitaram a oferta sob o argumento de que o valor nivela os professores com nível médio aos que têm curso universitário e pós-graduação.

    Em nota publicada nos jornais mineiros nesta quinta-feira, o governo diz esperar que "os professores que participam do movimento do Sind-UTE deixem questões político-partidárias de lado, retornem à sala de aula e cumpram seu compromisso com alunos e pais".

    Por sua vez, o Sind-UTE também publicou anúncio dizendo que "o governo do Estado não cumpre a lei federal e acaba com a carreira dos profissionais da educação

    http://www1.folha.uol.com.br/saber/972287-professores-denunciam-monitoramento-governo-de-mg-nega.shtml
    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  12. Olá Euler,
    Queria muito ter ido à Assembleia em BH, lá pelo menos nos fortalecemos, ganhamos novas energias para continuarmos a luta. Confesso que não está sendo fácil, não consigo mais dormir direito, nem tive ânimo hoje para ir receber o que restou do meu ridículo salário...ando muito angustiada com esta greve está um verdadeiro tormento, alguém tinha que olhar por nós faço campanha em orkut, facebook, porta de escola, panfletagem,participamos do grito dos excluídos, mas acho que tudo isso que foi feito até hoje é tão pouco...já pedi ajuda até ao programa CQC,porque me sinto como se todos estivesem virado as costas pra nós educadores...parece que estamos discrentes perante a sociedade...desculpe o desabafo Carla de GV

    ResponderExcluir
  13. ADI 4.631
    Copiei do blog da Beatriz
    Recebi o comentário abaixo. Através dele vou abordar o assunto que pode suscitar dúvidas. A informação é um importante instrumento de luta.
    Beatriz, O subsídio teve parecer favorável do STF, isso mostra que o Sindicato
    precisa urgentemente de um JURÍDICO FORTE, o nosso não é bom o bastante. Lí a
    decisão de constitucionalidade onde são apontados os erros dos nossos advogados
    na ADIN. Fique atenta, invista nisso: JURÍDICO FORTE... MUITO FORTE! Com
    trânsito livre no mundo judiciário, e que saiba usar isso em benefício da
    categoria. Abraço amigo

    A informação acima não procede. Não é verdadeira. Sei que o Governo tentou veicular isso nos meios de comunicação ao final da nossa assembleia na tentativa de criar um fato que significasse uma derrota à categoria, mas não é verdadeira.
    Histórico da ADI 4.631
    Quando iniciamos a greve, adotamos várias estratégias de mobilização, organização e no campo jurídico. Uma destas estratégias foi o questionamento da constitucionalidade da Lei Estadual 18.975/10 que instituiu o subsídio como forma de remuneração. Isso porque a Lei acabaria com elementos de carreira como gratificação de pós graduação, quinquênio, biênio, etc. Além disso, a decisão do Supremo Tribunal Federal a respeito do Piso Salarial determinou que fosse considerado Piso apenas o vencimento básico e não toda a remuneração. O nosso pedido é a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4.631. Nele também pedimos uma medida cautelar. O objetivo é sustar os efeitos da Lei Estadual 18.975/10 até o julgamento do mérito da ação.
    O Ministro Relator da ADI é o Ayres Brito. Como o sindicato de base estadual não tem competência jurídica para este tipo de ação, o pedido foi feito em nome da nossa Confederação (CNTE)
    O andamento processual até o momento
    Pelo rito processual de uma ADI, vários Poderes precisam se manifestar antes do Ministro Relator. Nesta Ação já se manifestaram o Governo do Estado, a Assembleia Legislativa e a Advocacia Geral da União (AGU). A manifestação da AGU foi a divulgada hoje. O próximo a se manifestar é a Procuradoria Geral da União. Em seguida o Ministro relator se manifestará a respeito do pedido da medida cautelar, que tem o objetivo de sustar imediatamente os efeitos da lei. A decisão da medida cautelar não será definitiva mas temporária até o julgamento da Ação. O Supremo Tribunal Federal não se manifestou sobre a ADI.
    Conclusão
    Quem julga a constitucionalidade de uma lei estadual, quando questionada, é o Supremo Tribunal Federal, não a Advocacia Geral da União. Ela é mais uma interessada no controle de constitucionalidade e por isso deu o seu parecer, ou seja, o seu ponto de vista sobre o assunto.
    Quanto à competência do "jurídico", reestruturamos o nosso departamento de modo a responder a uma mudança de comportamento que a direção estadual achou fundamental: ser propositivo e não apenas reativo. Temos uma equipe competente, um escritório que presta consultoria à direção e outro contratado em Brasília para defender as nossas demandas no STF. As estratégias juridicas são, antes de tudo, políticas. Por isso o Sind-UTE realizou no dia 03/09, um seminário do Departamento Jurídico, com representantes de todas as regiões do estado. Com a mesma estratégia: ser propositivo e ofensivo no campo jurídico, além de formar e informar as nossas lideranças. O Governo já percebeu isso.

    ResponderExcluir
  14. VAMOS NOS ORGANIZAR VAMOS PRA BRASILIA VAMOS LUTAR PELO PISO NACIONAL DA EDUCAÇÃO E O RESTO DO BRASIL
    IRÁ ACORDAR E AS FEDERAÇÕES TAMBÉM VÃO COMEÇAR A EXIGIR O PISO GRAÇAS AO Anastazia e AOS BRAVOS MINEIROS DE MINAS GERAIS VAMOS DEPUTADOS LUTAR PELO SEU POVO NÃO FOI ESTA Á PROPOSTA DE VOCÊS
    MINAS QUER EDUCAÇÃO JUSTA E DE QUALIDADE REAL

    ResponderExcluir
  15. Caros Colegas do NDG, estou na greve desde o inicio, tá foda do ponto de vista financeiro, mas melhor sem grana agora e com dignidade pra sempre.

    Meu Pai lutou na ditadura apanhou do DOPS e hoje não temos mais "aquela ditadura" eles venceram.

    Agora é nossa hora de vencer a "ditadura mineira anastaziada"

    UNIDOS MAIS UM POUCO VENCEREMOS -
    O maior prazer é quando conquistamos uma luta difícil.

    E estamos lutando o bom combate - por isso venceremos (Já somos vencedores em estar resistido).

    Força a todos e como disse alguém neste blog: .... Governador é como o Rei "coroné Timotim" .

    FORÇA

    ResponderExcluir
  16. Euler e demais companheiros,
    se alguém souber mais dessa fala proferida pelo companheiro Gilbert sobre o deputado Gilmar Machado seria esclarecedor. Concordo que de falacias estamos cheios.
    Entretanto, no inicio pensei que o pagamento do piso não fosse tao torturante porque havia a conversa de que o Governo Federal iria repassar verba para os estados que "em tese" alegassem não poder custear isso.
    SEM PISO NÃO PISO NA ESCOLA! Se puder evitar esses comentarios do povo do AnastAzia seria melhor.

    ResponderExcluir
  17. Caro Euler,

    Concordo com você quanto a falta de democracia na utilização do microfone durante nossas assembleias. Quando se é de oposição, aí que a coisa fica mais complicada.

    Mas estamos tendo avanços. A categoria está acordando e usando a fala dos próprios diretores do sindicato: " O sindicato somos todos nós".

    Portanto, categoria mais consciente, informada e combativa, sindicato não embroma.

    Força na luta!

    Léia - BH

    ResponderExcluir
  18. A nossa greve tem sido um movimento de uma importância histórica para o povo de Minas. O tempo de duração por si só, já denuncia os desmandos desse desgoverno.Tem denunciado o Estado de excessão que se transformou Minas Gerais, com um desgoverno que mente, que não cumpre Lei, que ameaça a liberade das pessoas através de uma prática abominável que é a arapongagem, típica da ditadura militar.
    Parabéns Prof. Euler, por tudo que tem feito até agora.
    Quanto a ida à Brasília, pode ter certeza, de que nosso movimento marcará uma nova fase não só na história de Minas Gerais, mas na história do Brasil.

    ResponderExcluir
  19. Aprendendo um pouco mais...
    Após uma análise mais aprofundada de todo o movimento da greve, percebi que o "ruim" é o maior sinal de que o movimento está muto forte.
    Se repararmos, veremos que o Governo solta suas bombas, horas antes das nossas assembléias, claro, que na mais concreta tentativa de nos desmobilizar.
    Sendo assim, percebo nas entrelinhas do discurso caótico e monótomo, pautado na repetição, até mesmo pela falta de argumento, que o governo, está cada vez mais desesperado.
    Acreditem, muito mais desgastado do que nós.
    Percebam o olhar de desespero e pedido de socorro dos três protagonistas desta situação e comprovem por si mesmos.
    É claro que eles continuarão usando a única arma que tem: A pressão psicológica!
    O desnorteamento é tão eminente que ainda não perceberam, que não chegamos nem a 1/3 da nossa capacidade de resistência.
    Pra falar a verdade, acredito que até estejamos gostando da situação: Explico!
    Ver o governo de Minas ameaçar, prometer, mobilizar todos os três poderes, e não adiantar nada é bem prazeroso. É a melhor forma de dizermos: Chega, agora a democracia vai reinar, quer queiram quer não!
    Governo Federal, Governo Estadual, STF, MP/MG, ALMG, enfim, quem quiser vir pode vir. Estamos preparados para derrotá-los custe-nos o que custar.
    Por fim deixo aqui um recado para a Srª Renata Villena: Você vai engolir susa palavras, ao dizer que o governo não mudará a sua proposta, e mais, prepare-se, a justça Divna está batendo á sua porta. O seu ceticismo lhe trará desespero e dor, angústia e miséria, e a sua alma penará eternamente no breu do purgatório.
    Desejo a Srª, a sua comparsa, Srª Ana Lúcia Gazzola e ao Srº Antônio Anastasia, uma morte, que virá em breve, com todo sofrimento digno de seres da sua espécie.
    Vocês já estão condenados e ainda não sabem.
    Suas forças estão minando, pois vem do inferno, enquanto as nossas só começaram a crescer, porque vem DELE. Ele é o poder e a glória para sempre!
    Amaldiçoados sejam, meus inimigos.
    Que assim seja amém!
    Aguardem e verão!

    ResponderExcluir
  20. Prezado Euler,boa noite.Parabéns pela bela postagem.Você tem o dom de animar ,quando tudo parece perdido.Força na luta,tanquilidade necessária e muita fé em Deus que tudo pode. Hoje assisti estarrecida a fala do deputado Duarte Bechir,durante a reunião da comissão de Direitos Humanos:cuidado com esse deputado!É pau mandado do (des)governo.Com certeza como ele tem muitos !Paz e bem.

    ResponderExcluir
  21. Marisa Karla -Governador Valadares8 de setembro de 2011 23:50

    Para Carla Gov.Valadares,
    Que isso?Quando eu comecei a ler o post,imaginei
    que fosse você.Não deu outra, quando vi sua
    assinatura! Pare com esse baixo astral! Não combina com você.Lembre-se, somos apenas quatro em greve,mas estamos juntas!O Euler já disse, que não seria fácil, mas somos valentes e honradas!
    Não temos que envergonhar de nada e nem abaixar
    a cabeça.Estou com você!

    ResponderExcluir
  22. Quinta-feira, 08 de Setembro de 2011
    PROFESSORES DE RORAIMA RECEBEM A MAIOR REMUNERAÇÃO DO PAÍS.

    Os professores da rede estadual de ensino do Estado de Roraima são os mais bem pagos do Brasil, conforme levantameto feito pelo Jornal Folha de São Paulo. Em Roraima, o professor que dedica 25 h ao magistério recebe a Gratificação de Incentivo à docência (GID) aliada ao salário base aliada ao salário bas. Ele recebe R$ 2419,00 para atuar por 25 horas semanais.
    No estado de Roraima também é paga a maior hora-aula: R$ 24,19.

    ResponderExcluir
  23. Giovane, somos pessoas de bem, ao contrário da corja do governo, sendo assim não vamos desejar a morte de ninguém, pois desejando o mal para os outros só trazemos energia ruim pra nós. Vamos manter o alto nível do debate...

    Até a vitória do piso!

    ResponderExcluir
  24. Agora é questão de honra chegarmos aos 100 dias de paralização. Será a desmoralização do governador Anastasia e suas miquinhas amestradas.

    ResponderExcluir
  25. URGENTE!ENTREM NO BLOG DO DEPUTADO GILMAR MACHADO,LÁ FALA SOBRE COMPLEMENTAÇÃO FINANCEIRA DO GOVERNO FEDERAL PARA PAGAMENTO DO PISO.TEM QUE TER PLANO DE CARREIRA.ELE ESTAVA JUNTO COM O FERNANDINHO E O GOVERNADOR LA EM BRASÍLIA.POR QUE NÃO FOI DITO ANTES? PARA NOS ENROLAR?FIRMES NA LUTA,VAMOS CONSEGUIR!

    ResponderExcluir
  26. PROFESSORA ELIZABETH -AIMORÉS-MG9 de setembro de 2011 00:09

    Boa noite Euler !!!!! gostaria de deixar uma idéia com vc , a ser amadurecida . Seria interessante mobilizarmos todos os professores a fazer uma ação individual junto À promotoria de cada cidade , onde , faríamos nossa declaração de repúdio à forma de pagamento ao professor por subsídio , explicando o motivo de não aceitarmos , é a destruição do plano de carreira de 2005 do professor de escola estadual . Exigir o cumprimento da Lei 11.738 já e no plano de carreira . Apresentar essa ação individual em cada promotria e depois fazer chegar até ao MP em BH e/ou para outros órgãos em Brasília . O que vc acha ??? será que impactaria o govrno ??? pELO AMOR DE DEUS , JÁ NÃO TEMOS POR OINDE APELARMOS A NÃO SER AO NOSSO DEUS QUE TUDO PODE , É O DEUS DOS MILAGRES, DA JUSTIÇA , DO IMPOSSÍVEL , DO EXTRAORDINÁRIO .eSTEJAMOS FIRMES E DESDE JÁ , QUERO AGRADECER POR SEU EMPENHO , POIS , GRAÇAS A ELE , NOS MANTEMOS FIRMES , INABALÁVEIS , SEM ESMORECER. TEREMOS NOSSA VITÓRIA EM CRISTO JESUS . AMÉMMMM.

    PROFESSORA ELIZABETH - AIMORÉS

    ResponderExcluir
  27. Caro Euler, cheguei nesse momento da Assembleia. Hoje nossa viagem foi tumultuada.Uma carreta tombou e bateu na traseira do nosso ônibus.Isto aconteceu na ida para BH.Olha companheiros,a nossa luta está tomando uma dimensão que não tem como retroceder.Tá difícil para todos, mas temos que resistir.Precisamos continuar com as mobilizações, principalmente na capital.Os companheiros de BH TÊM QUE INCOMODAR MUIIIIIITO O ILEGAL QUE ESTÁ TRAMANDO TIRAR NOSSOS DIREITOS.Nós do interior não vamos desistir! Vamos amadurecer a ideia de Brasília,mostrar mais ainda para este país que os políticos de minas gerais POR SEREM TÃO PÉSSIMOS,TÃO RUINS E TÃO CORRUPTOS,NÃO CONSEGUIRAM POSIÇÃO NEM ENTRE OS MENOS PIORES!!!!!!! Até a vitória,mesmo com as dificuldades que surgem,estamos na LUTA E NÃO VAMOS DESISTIR!!!!!!

    ResponderExcluir
  28. Euler e pipoca obrigada por suas palavras, estava angustiada e triste, após ler o que vocês escreveram, me reergui, agora estou mais leve e calma, já poço dormir em paz!!
    CONTINUO NA LUTA ATÉ O FIM!!!!!
    e QUE DEUS NOS ABENÇOE

    HELENA, Uberlândia

    ResponderExcluir
  29. Sub-comandante Euler, está no blog do Gilmar Machado a informação. Por que esta informação ficou oculta? se torna uma nova trincheira para abrir.Força na luta.

    ResponderExcluir
  30. Sub-comandante Euler, o caminho é Brasília, não tem jeito, é lá que as coisas acontecem. Força na luta.

    ResponderExcluir
  31. É greve até o piso. O governador não está entendendo. Alguém vai ter que explicar para ele e sua corja que sem o piso não vamos recuar. Só pisamos na escola com o piso. Ninguém é louco de fazer uma greve de quase 100 dias para voltar com propostas indecentes do governo, com o rabinho entre as pernas.. Sei que está difícil, mas se chegamos até aqui, nada vai nos fazer desistir. GREVE ATÉ O PISO!

    ResponderExcluir
  32. Euler e companheiros
    assim que puderem, o mais urgente possível, verifiquem essa noticia. Retirei do site do deputado Gilmar Machado: http://www.gilmarmachado.com.br/greve-dos-professores-governo-federal-analisa-complementacao-financeira-para-cumprimento-do-piso-salarial-dos-professores-pelo-governo-de-minas/. Abraço a todos. Será que é o caminho?

    ResponderExcluir
  33. Ebahhh, o PIPOCA, estavamos com saudades... Fale tudo que tiver entaladooo... Aliás, todo mundo mexe com a gente por causa do suposto "alto nível" mas o meu professor de Sociologia GIL GAL(UNE-BH) sempre falava: Não levem provocação, tem gente que nos ataca e depois quando respondemos a altura eles dizem:-" Oh, nunca vi professor falar isso." Mas meu professor da facul falava isso e mais e nos ensinou que nesse país se ganha muita coisa no grito. Estamos idignados e temos todo direito a ser rebeldes. O grande Euler sabe até o título da Lei que dá direito a rebeldia popular.
    Parabéns Euler, adorei o post...
    To morta de cansada, mas me sentido uma heroína da resistência.
    Parabéns a todos nós.
    Ahhh... GRANDE GERALDINHO, parabéns também, sábias palavras.

    ResponderExcluir
  34. Não até onde se ode confiar nos parlamentares, mas parto do princípio que o deputado em questão não colocaria notícia desta importância de forma caluniosa!!
    Torço para que aconteça!!

    http://www.gilmarmachado.com.br/greve-dos-professores-governo-federal-analisa-complementacao-financeira-para-cumprimento-do-piso-salarial-dos-professores-pelo-governo-de-minas/

    Greve dos Professores: Governo federal analisa complementação para cumprimento do Piso pelo governo de Minas
    8 de setembro de 2011 O governo federal analisa a complementação financeira para que o Estado de Minas Gerais cumpra o Piso Salarial dos professores. Esta foi a definição, após reunião do governador Antônio Anastasia (PSDB/MG), com o ministro da Educação, Fernando Haddad, na presença do deputado federal Gilmar Machado (PT/MG). Durante o encontro, realizado na semana passada em Brasília, Fernando Haddad disse que o governo federal deve avaliar a situação financeira de Minas e averiguar a impossibilidade do Estado de cumprir o piso. Para receber a complementação, o governo estadual deve implantar o Plano de Cargos e Carreira para a Educação. Os trabalhadores da Educação no Estado estão em greve há 90 dias.

    Firmes na luta..falta pouco!!!!
    Um grande abraço!!!
    Luisinho/Cons. Lafaiete

    ResponderExcluir
  35. Nossos visitantes guerreiros descobriram essa matéria, no blog do deputado Gilmar Machado:

    "Greve dos Professores: Governo federal analisa complementação para cumprimento do Piso pelo governo de Minas

    8 de setembro de 2011

    O governo federal analisa a complementação financeira para que o Estado de Minas Gerais cumpra o Piso Salarial dos professores. Esta foi a definição, após reunião do governador Antônio Anastasia (PSDB/MG), com o ministro da Educação, Fernando Haddad, na presença do deputado federal Gilmar Machado (PT/MG). Durante o encontro, realizado na semana passada em Brasília, Fernando Haddad disse que o governo federal deve avaliar a situação financeira de Minas e averiguar a impossibilidade do Estado de cumprir o piso. Para receber a complementação, o governo estadual deve implantar o Plano de Cargos e Carreira para a Educação. Os trabalhadores da Educação no Estado estão em greve há 90 dias."


    Comentário do Blog: Pergunta-se: por que motivo nem o governador do estado e nem o ministro do MEC deram tal informação para a mídia? Pelo contrário. O ministro do MEC saiu apoiando as contratações dos substitutos e posteriormente disse que as greves pelo piso são legítimas, e que os estados deveriam ter se preparado para pagarem o piso. E o governo do estado nada disse a este respeito. Pelo contrário: encaminhou o projeto de lei do subsídio. Agora o deputado disse que testemunhou a reunião e que faltava apenas "implantar o plano de cargos e Carreira para a Educação". Ora, nós já temos um Plano de Carreira desde de 2004. O que o governo de Minas ainda não fez foi implantar o piso neste plano de carreira. Está na hora de cobrar respostas deste deputado e enviar para a mídia e para o MP para que eles cobrem do governo mineiro a sua versão. E que o MEC também dê a sua versão oficial.

    ResponderExcluir
  36. Deixei um comentário no site do Deputado Gilmar Machado, na matéria citada pelo Anônimo de 00:17h: http://www.gilmarmachado.com.br/greve-dos-professores-governo-federal-analisa-complementacao-financeira-para-cumprimento-do-piso-salarial-dos-professores-pelo-governo-de-minas/comment-page-1/#comment-1518

    "Sr. Deputado, o atual Plano de Carreira dos trabalhadores da educação em Minas Gerais já existe desde 2004, assinado pelo então governador Aécio Neves, Leis estaduais 15.293/2004 e 15.784/2005 - Plano de Carreira e das Tabelas dos Educadores, respectivamente. O governador está insistindo em ignorá-lo porque quer implantar um novo plano com pseudo-piso, baseado na destruição de todos os direitos adquiridos dos educadores.
    Se é o Plano de Carreira que falta para o governo federal ajudar Minas a implantar o PSPN, não falta mais. Ele existe há 7 anos.
    Mas a questão não é esta, não é, Deputado?
    A questão é a vaidade do nosso governador, pois penso que Minas não precisa dessa ajuda financeira. E há 2 possibilidades para essa vaidade:
    1) O estado faliu (que eu duvido muito, pelas crescentes arrecadações) e o governador não quer admitir publicamente que ele e seu antecessor falharam ao administrarem as verbas públicas; ou
    2) Ele (o governador) ao mostrar que consegue sobrepor até as leis federais em detrimento da carreira dos educadores, quer dar o exemplo para todas as outras categorias e outros "poderes" mineiros, que quem decide qualquer coisa em Minas é ele, e somente ele, o nosso governador."

    Paulo Andrade.

    ResponderExcluir
  37. Euler, qual seria o efeito sobre o subsídio caso o min. Ayres Brito aceite o pedido de medida cautelar na Adi 4631 ? Seria a suspensão dela até o julgamento? E aqueles que optaram pelo subsídio?

    ResponderExcluir
  38. João Paulo Ferreira de Assis9 de setembro de 2011 02:49

    Prezado colega de luta Professor Giovane

    Essa corja merece o que você vaticina para ela, sem dúvida, mas devemos evitar esses conceitos aqui, para que eles não se voltem contra nós, e o governo venha a dizer que nós desejamos a morte do governador e das suas secretárias.
    Devemos, sim, confiá-los à justiça divina que é infalível.
    Certa vez em Senhora dos Remédios um velho e seu sobrinho contenderam. O velho disse ao sobrinho:

    - você está vendo aquele castelo?
    - que castelo, tio?
    - A Igreja.
    - você conhece a rainha que mora naquele castelo?
    - Não.
    - É Nossa Senhora dos Remédios. Que ela seja juíza entre nós, e aquele que estiver sem razão, que padeça com o dedo inchado.

    No outro dia o sobrinho queixou-se de inchaço no indicador.

    Confiemos, pois, na Justiça.

    Saudações, e ATÉ A VITÓRIA!!!!

    Post Scriptum:

    Quando o Piso for assegurado, quero chegar na escola cantando: ''eu vou dançar no Arraiá do Feijão Queimado. Eu vou dançar com a Rita do pé avermeiado''.

    ResponderExcluir
  39. Oi Euler.

    Na terça-feira, o Dep. Rogério correia publicou nas redes sociais o Projeto de Lei que o Governador apresentou na ALMG. No período da tarde (Plenário ao vivo) ele fez a primeira denúncia do caso da intimidação ao Sindute.
    Achei curioso o Dep. Duarte Bachir dar entrevista para a repórter da ALMG antes do inicio da reunião.Ele falou sobre a greve dos professores. Que não é possível pagar o piso, pois para que isto aconteça é necessário que o Governo Federal faça a complementação.Mais curioso ainda é que ele afirmou que o governador esteve em Brasília, para conseguir esse opoio, e colocou o Governo Federal como o grande culpado,que não repassou a quantia necessária, pois o caixa que o Governo tem para este repasse é irrisório.
    Em nenhum momento falou sobre plano de carreira.Temos duas "verdades" de dois Deputados.Senti que a matéria com o Dep. Duarte Bashir foi plantada naquele exato momento que antecedia a denúncia do Dep Rogério Correia.

    Abraços,companheiros.

    ResponderExcluir
  40. Oi, Euler.

    Esse post do site do deputado Gilmar Machado foi publicado quinta-feira, 8 de setembro de 2011 às 18:31( após a assembléia dos professores).
    A fala do Dep. Duarte Bachir foi alguns minutos antes da denúncia do Dep Rogério Correia dia 06/09).
    Os dois precisam se explicar. Ninguém sabe desta notícia, somente os dois.E a fala ainda está desencontrada, muita incoerência.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  41. Incansáveis lutadores pela educação!

    Gostaria de levantar algo a respeito do famigerado pagamento da greve. Precisamos lutar para que isto seja feito em dias normais de aulas, pois da forma como tem sido conduzida desde as primeiras greves que participo, são uma falácia, um engodo, uma mentira deslavada, pois não existem alunos suficientes nas aulas, bem como os conteúdos não são repassados adequadamente a todos os alunos. No início deste ano, comentamos como os alunos dos terceiros anos estavam fracos, e, nos lembramos que durante o ano passado também havia ocorrido uma greve e o pagamento da mesma ocorreu aos sábados de forma que, os alunos não compareciam, ficando logicamente sem o conteúdo necessário... Pergunto: "Não podemos aceitar essas reposição em horários torpes, corridos, sem alunos, pois isso vai causar prejuízos além dos que já temos". Por que não podemos pagar as greves como fazem os institutos federais de educação, iniciando os pagamentos ao voltarmos, nos dias letivos normais e terminando o ano letivo, a partir de Fevereiro do próximo ano, ou seja lá, quando houver o consenso do retorno?????

    ResponderExcluir
  42. Para os colegas que não perceberam até hoje a nossa luta. Quero dizer-lhes que estamos completando quase uma centena de dias de paralisação. Número recorde de paralisação. Isso não quer dizer que a luta terminou. Pelo contrário, ela continua e nós estamos precisando de vocês para fortalecer ainda mais essa luta. Pense naqueles colegas que já estão se sacrificando há mais de três meses, passando por dificuldades mil. Está na hora de você dar sua parcela de contribuição. Com sua participação esse fardo será mais leve.Faça sua parte! Seja solidário aos seus colegas!
    Deixe de lado a indiferença, o comodismo, o egoísmo, o medo e venha lutar ao lado de seus colegas pelos direitos de toda a categoria.
    Maria Helena - Ipatinga

    ResponderExcluir
  43. Enviei comentario tambem para o Sr. Deputado, o qual, já foi professor de historia aqui em Uberlandia!
    Abraços

    ResponderExcluir
  44. Professor Euler,

    PARABÉNS PELAS 650.000 VISITAS A ESTE BLOG.

    BLOG DE UTILIDADE PÚBLICA PARA OS PROFESSORES DE MINAS GERAIS.

    OBRIGADO PELAS OPORTUNIDADES E LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

    ResponderExcluir
  45. COMPROMISSO // COMPROMISSO

    Vamos lá, pessoal!

    Analisem e vamos para a ação,

    Se somamos 3.000 professores internautas e enviarmos 10 mensagens por dia à lista de E-mails dos deputados, serão no total 30.000 E-mails recebidos por dia para cada deputado.
    (Montem uma mensagem simples e objetiva)

    Vamos firmar este compromisso.

    Precisamos mostrar aos deputados que os professores estão mobilizados, até a vitória final.

    Se alguém puder mandar mais, que o faça, quanto mais melhor.

    Comecemos imediatamente.
    Vamos cumprir nossa tarefa, diariamente.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  46. Professor Euler,

    Gostaria de saber, se este projeto do governos é constitucional ou inconstitucional?

    ResponderExcluir
  47. Euler, parabéns mais uma vez pela bela postagem. Estou de greve desde o início e nada me faz voltar para sala de aula sem o Piso.

    Juntos até a nossa vitória final.

    ResponderExcluir
  48. PERTO ESTÁ O SENHOR DOS QUE TÊM O CORAÇÃO QUEBRANTADOS.

    SL 34.18


    Que Deus possa ser sempre o seu refúgio nos momentos de aflição... E não se pergunte o porque da prova...Mas sim o pra quê!!!

    Perguntas sábias tem respostas corretas!!!

    O bom lutador, não desiste da batalha, mas ganha fôlego, e retoma o ânimo para a guerra...

    Então não desista nunca de lutar!!! E nem dos seus sonhos... Porque ao cansado Ele dá força para lutar... Ao abatido Ele dá ânimo para vencer...
    Ao triste Ele dá alegria de viver...
    Companheiros a nossa luta se tornouum com promisso para a nossa sociedade sonhar com dia melhores. Força e fé. Até a VITORIA. DEUS É JUSTO.
    Elton Castro

    ResponderExcluir
  49. Euler,
    foi muito bom conhecê-lo pessoalmente: carismático, tranquilo e convicto do seu poder de persuasão.
    Parece que o meu casamento agora está salvo ( digo isto, gente, porque não saio do computador, lendo tudo do blog e minha esposa estava morrendo de ciúmes ...rsrsrs).
    Companheiro, embora as coisas estejam ficando mais claras - graças a Deus e à resistência da categoria - acho que já deveríamos ter ido acampar em Brasília há muito tempo.
    Não dá mais pra ficar caminhando pelas estradas de BH, sorridentes, cantando...pulando de alegria!
    Agora, companheiros, é fechar a cara e dizer a estes "opressores" e, principalmente ao "ditadorzinho", a que viemos e porque estamos em GREVEl
    Contem comigo e minha esposa. Somos os únicos em nossa Escola. Mas, preferimos perder o emprego à vergonha e dignidade.
    Um abração e até a vitória.
    Joaquim - Sete Lagoas

    ResponderExcluir
  50. PESSOAL DA LUTA! ESSE BLOG É O PONTO DE ENCONTRO DO NDG. PORTANTO, TUDO QUE SE FALA AQUI OS FOFOQUEIROS DE PLANTÃO LEVAM AOS OUVIDOS DO AFILHADO DO REI TUCANIQUINHO.
    O "SE FIZERMOS ISSO OU AQUILO" ESTÁ SE TORNANDO MUITO CONSTANTE E DEVE ESTAR DANDO A ELES ESPERANÇAS...
    QUE TAL TROCARMOS O SE PELO VAMOS FAZER. BRASÍLIA? CASO NÃO TENHAMOS DINHEIRO PARA PAGAR O TRANSPORTE, VAMOS RADICALIZAR. VAMOS FAZER IGUAL OS ROMEIROS E PAGADORES DE PROMESSAS. UMA MULTIDÃO PODE SEGUIR A PÉ, RUMO A BRASÍLIA...
    CASO CONTRÁRIO, VAMOS TENTAR ANGARIAR VERBAS. sE EM CADA CIDADE MINEIRA, DE GRANDE E MÉDIO PORTE, OS PAIS E EMPRESÁRIOS FINANCIAREM UM ÔNIBUS PARA BRASÍLIA, CONSEGUIREMOS LOTAR AQUELA PRAÇA.
    VAMOS PEDIR TAMBÉM A AJUDA DE ARTISTAS E FAZER UM MEGA EVENTO NA PRAÇA DOS TRÊS PODERES.
    VAMOS ATRÁS DOS ARTISTAS MINEIROS, PARA FAZERMOS MEGAS EVENTOS EM PROL DA EDUCAÇÃO NOS GRANDES CENTROS REGIONAIS. AFINAL, NEM TODOS ELES PARTICIPARAM DA CAMPANHA POLÍTICA DO GOVERNO EM 2010.
    FAZEMOS MEGAS PASSEATAS APÓS AS ASSEMBLÉIAS. VAMOS ORGANIZAR UM RECORD PARA O GNESSBOOK, QUE SERÁ MOSTRADO NO MUNDO TODO. o DESFILE DA ESCOLA DE SAMBA UNIDOS PELA EDUCAÇÃO. CONVIDEMOS ALAS PARA REPRESENTAR OS ESTADOS DA FEDERAÇÃO ..ETC.
    SALVE A NOSSA INTELIGÊNCIA! SOMOS HOMENS DE BOA VONTADE! NÃO TEMOS QUE FICAR CHORANDO O LEITE QUE AINDA NEM FOI DERRAMADO. VAMOS NOS FAZER SERMOS VISTOS E ESQUEÇAMOS UM POUCO ESSE GOVERNO. ELE NÃO MERECE SER LEMBRADO DO JEITO QUE VEM SENDO COMENTADO AQUI. MAIS AÇÃO, POVO!

    PROFESSORA DE BH EM GREVE DESDE O DIA 8 DE JUNHO E SEM OUTRA FONTE DE RENDA PARA SOBREVIVER.

    ResponderExcluir
  51. Professor Euler,

    ANALISE COM CARINHO.

    Precisamos realmente levar esta greve para o conhecimento nacional.

    Faço a sugestão de que decisões sejam tomadas rapidamente.

    VAMOS À BRASÍLIA.

    Talvez o número de participantes desta caravana possa ser reduzido. Algo em torno de 400 pessoas, seriam 10 ônibus.
    Facilitaria a locomoção e os custos, item para ser analisado.

    IMPORTANTÍSSIMO:

    Esta ação somente se justificaria se tivermos uma agenda de visitas para a coordenadora geral da Sind UTE,a Bestriz, juntamente com autoridades de se dispuserem em acompanhá-la em Brasília.

    Esta caravana serviria de apoio à coordenadora do Sind UTE, em toda sua agenda em Brasília DF.
    Mostraríamos união, força e mobilização.

    Profeesor Euler, peço que avalie e leve esta ideia até a Beatriz.

    Os Deputados que nos apoiam, Estaduais e Federais, poderiam ajudar na formação desta agenda.

    Visitaríamos:

    - Secretaria Nacional dos Direitos Humnamos;
    - Comissões de Direito Humanos e de Educação d Câmara dos Deputados e do Senado Federal;
    - STF, principalmente ao gabinete do Ministro Joaquim Barbosa;
    - CNBB;
    - OAB nacional;
    - outros...
    (Em Brasília as coisas não funcionam plenamente nas segundas-feiras e nem nas sextas-ferias)

    OUTRA SUGESTÃO:
    A data seria terça-feira próxima dia 13/09/11.

    ResponderExcluir
  52. Pessoal,
    Vamos enviar os e-mails para os Deputados. O nosso Piso tem que ser pago na marra!!! Tomara que a ADI que acaba com o subsídio seja logo aprovada. Quero que o subsídio vá pro...!!! Greve até o PISO!

    ResponderExcluir
  53. EULER, TENHO QUASE CERTEZA QUE O PLANO DE CARREIRAS QUE O TAL DEPUTADO SE REFERE É O APERFEIÇOAMENTO DO SUBISIDIO QUE FOI ENVIADO AS PRESSAS PARA A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, NÃO DEVEMOS ESPERAR QUE O ANASTASIA CUMPRA O PISO NA ANTIGA FORMA REMUNERATÓRIA SEM, QUE, PRESSIONEMOS AO MAXIMO ESTE SER DESPRESIVEL ! PORQUE ELE NÃO VAI CUMPRIR ! E NÃO ME ESPANTA NEM UM POUQUINHO SE ESTAS PESSOAS, GOVERNO DE MINAS,GILMAR MACHADO ,MINISTRO DO MEC ,AÉCIO NEVES. ESTAREM MACUMUNADOS PARA NOS DAR UM ULTIMO TIRO DE MISERICORDIA DEPOIS QUE FOR APROVADO O TAL APERFEIÇOAMENTO DO SUBISIDIO,ENTÃO COMPANHEIROS NÃO ESPEREMOS NADA DESTA CORJA, VAMOS NOS ORGANIZAR E FORTALECERMOS AINDA MAIS A NOSSA LUTA .

    ResponderExcluir
  54. O justo é que TODOS DA CATEGORIA recebam por um único modelo de remuneração, não existe dois modelos para uma mesma função. Isto só acontece aqui em Minas, na terra sem lei! Queremos o antigo regime de remuneração, QUEREMOS O PISO SALARIAL NO VENCIMENTO BÁSICO NO CONTRACHEQUE, JÁ! QUEREMOS O CUMPRIMENTO DA LEI 11.738/2008!

    ResponderExcluir
  55. COMPANHEIRAS(OS),

    FORÇA, CORAGEM, RESISTÊNCIA, PERSISTÊNCIA, DETERMINAÇÃO E COMPROMETIMENTO.

    ResponderExcluir
  56. Site da Educação - 08/09: Advocacia Geral da União dá parecer favorável ao modelo de remuneração por subsídio instituído em Minas
    Qui, 08 de Setembro de 2011 18:36

    AGU contesta ação de inconstitucionalidade impetrada no Supremo Tribunal Federal por confederação a qual SIND-UTE está ligado



    A Advocacia Geral da União (AGU) divulgou parecer contrário à Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) impetrada no STF pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), à qual o Sindicato Único dos Trabalhadores de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) é filiado, com relação ao sistema de remuneração única (subsídio) instituído pelo Governo de Minas para os servidores da educação

    ResponderExcluir
  57. NOVA LEI CONTRA PROFESSORES !!!!

    A ExmA. Srª. Ministra Charlotte estabele na forma da lei NDG 7771/2011 que:

    Art 1º GREVE DE PROFESSORES DA REDE PÚBLICA
    ESTADUAL DE MINAS GERAIS É LEGAL;

    § 1º) Fica expressamente proibido o retorno à
    sala de aula até que o PISO DO MEC SEJA
    PAGO A TODOS OS TRABALHADORES EM EDUCA
    ÇÃO.

    § 2º) A partir da publicação desta lei, o Pro
    fessor que não participar ATIVAMENTE do
    movimento grevista será condenado a
    viver ao lado do ANAstasia por 10 anos
    ininterruptos e mais 10 anos em prisão
    domiciliar na casa da bandida Gazolla.


    Ministra do NDG: Charlotte Sampaio

    ResponderExcluir
  58. Prezado Euler, Prezadas companheiras e Prezados companheiros de luta, precisamos chamar atenção de Brasília para o abandono da educação em Minas Gerais por parte do PSDB.Tia Anastasia, deixa de fazer pirracinha e mostre que você é um profissional, saiba ter dignidade quando se sabe que está errado. Mostre sua grandeza de Homem honrado e pague o que se deve a esses combativos herois, guerreiros da educação de Minas.

    ResponderExcluir
  59. PM2 que investigava sindicato estava à disposição da PGJMG
    Enviado por luisnassif, qui, 08/09/2011 - 20:15
    Autor:
    NOVO JORNAL
    Por flipe

    Novojornal vem denunciando há mais de três anos a existência de uma central de grampos e investigações clandestinas instalada no prédio da Procuradoria de Justiça de Minas Gerais. A estrutura foi montada em função de um convênio assinado entre a Procuradoria Geral de Justiça de Minas Gerais (PGJMG) e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), através da Casa Militar do Governo de Minas.

    Esta central vem há anos municiando o Governo de Minas de informações oriundas de escutas telefônicas e investigações de lideranças políticas, religiosas e sindicais. Até mesmo parlamentares, juízes e desembargadores são investigados por esta “Central de Inteligência”. Tudo, contrariando a lei que determina que a Polícia Civil é a Polícia Judiciária.

    Em setembro de 2008 Novojornal noticiava que tivera acesso a 50 Cds de diversas gravações realizadas por esta central clandestina. Foi inclusive publicado na época cópia de um depoimento prestado na justiça mineira, comprovando a existência desta central.

    O material, após ser copiado e enviado para o exterior, por motivo de segurança, foi encaminhado para a CPI dos Grampos em Brasília. A CPI encerrou seus trabalhos sem jamais divulgar o investigado em relação a central clandestina da PGJMG.

    Assim como no empastelamento do Novojornal pela PGJMG, utilizando membros da PM2, diversas vezes as dependências do Novojornal foram invadidas levando computadores e outros objetos que se encontravam na redação. Mesmo de pose de boletins de ocorrência, estes fatos jamais foram investigados.

    Leia a matéria completa no Novo Jornal

    ResponderExcluir
  60. no dia 07/09 aconteceu o movimento contra a corrupção. A bandeira verde e amarela foi a única que reinou. Nela a palavra ORDEM (cumprir LEI) e sem ela não há PROGRESSO. Cuidado corruptos as pessoas estão acordando. E quando a corrupção acabar sobrará dinheiro para saúde e educação. (inclusive para o piso nacional)rsrsrs. Avante professores, vcs são fundamentais nesse processo. Mostre a face do governo de Minas.

    ResponderExcluir
  61. Colegas professores em greve,
    Anastasia passou a bola para os deputados estaduais e é hora do nosso contra-ataque.
    No link abaixo, temos os endereços, telefones, e-mails e fax de todos os deputados mineiros. Vamos mandar e-mails, cartas, abaixo-assinados,fax,telefonar diretamente para todos eles e postar as respostas aqui, para vermos quem está ao lado dos professores e da educação de qualidade. Em quase 100 dias de greve, a nossa luta está apenas começando. abraços, Carlos José Assunção/Nova Lima

    http://www.almg.gov.br/index.asp?grupo=fale_assembleia&diretorio=telefonica&arquivo=fale_lista_dep

    ResponderExcluir
  62. Oi Colegas, esta noite tive um pesadelo terrível. Vi Aécio como o imperador Júlio César e Anastasia como NERO. Cruz credo, sai de retro ...se bem que tem certa semelhança!

    ResponderExcluir
  63. Bom dia a todos e todas, sobre o parecer da AGU concordo com o anônimo das 08:19. Devemos ficar atentos sobre esse projeto de lei que ele enviou a Assembleia.
    Firmes na luta até a vitória. COM O PISO. é claro. Abçs.

    ResponderExcluir
  64. COMPROMISSO // COMPROMISSO

    Vamos lá, pessoal!

    Analisem e vamos para a ação,

    Se somamos 3.000 professores internautas e enviarmos 10 mensagens por dia à lista de E-mails dos deputados, serão no total 30.000 E-mails recebidos por dia para cada deputado.
    (Montem uma mensagem simples e objetiva)

    Vamos firmar este compromisso.

    Precisamos mostrar aos deputados que os professores estão mobilizados, até a vitória final.

    Se alguém puder mandar mais, que o faça, quanto mais melhor.

    Comecemos imediatamente.
    Vamos cumprir nossa tarefa, diariamente.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  65. Alguém tem notícias sobre os professores da provinciana cidade de Barbacena? Por que os professores desta cidade, na maioria, insiste em continuar trabalhando? Cd o sindicato de Barbacena indo nas escolas como Gabriela, Bias, Adelaide na parte infantil, Estadual Prof.Soares F. que vacila? No Estadual Prof. Soares alguns alunos sexta feira passada, não deixaram os professores lecionar. Eles não entraram em sala. Olha só gente...aluno dando lição em professores...onde vamos parar????

    ResponderExcluir
  66. Entrei no blog do deputado Gilmar Machaado e pedi socorro para a educação mineira.

    ResponderExcluir
  67. Não acreditem nesses Deputados,independente de que partido sejam, são todos mentirosos. Inventam os fatos e depois desaparecem, já tivemos exemplos nesses 3 meses de greve.

    ResponderExcluir
  68. Bom dia Euler! Bom dia para todos os professores.
    Tenho duas amigas que são advogadas em Brasília e atuam na defesa dos profissionais da saúde. Elas ganham muito quando estão lutanto. Conversando com ambas, quando me hospedei em sua residência em Goiania elas disseram que barulho é pouco. Mas que faz se necessário uma boa representanção na câmera dos deputados em audiências. Elas ficam muito a observar os erros da educação e lutam na saúde, consertando tais erros. Eu fiquei muito envergonhada por ser da classe dos trabalhadores em educação e só ouvia. Sei que saúde também é meios para estar sempre ruim para que possa ter campanhas eleitorais. Hoje me questiono: - será que esta guerra do Governo com os professores não será para que o Aécio entra depois como o salvador? Ou outro político qualquer? Pq tudo é tão demorado? Existe um Ministério que fiscalize o estadual? abraços. Maria Eli

    ResponderExcluir
  69. Euler,
    Não consigo mais nem ouvir falar no nome desse facista. Faço vômitos, me enoja só de ver a imagem dele.Para mim, o Trigueiro(o maníaco) e o Anastazista possuem o mesmo perfil. São cruéis,sem qualquer tipo de sentimentos, frios, psicopatas.Estou me sentindo violada com esta proposta indecente. Meu Deus, fiz a minha opção remuneratória e agora esse governadorzinho quer me violentar com esse suicídio?Outro criminoso a qual esse Kadafi mineiro se assemelha é o Flores(é aquele da degola). Tio Naná quer nos degolar. O nosso couro ele já arranca um pouco todos os dias quando estamos na escola sendo submetidos aos mandos e desmandos das inspetoras e superintendentes de ensino. Agora ele quer arrancar as nossas cabeças.Mas isso , coitado, ele não vai conseguir. Que ardam no inferno Anastazista, sua secretária Barbie e a outra cabeçuda, a rainha de copas

    ResponderExcluir
  70. Até a AGU está contra nós.Mas uma coisa é certa se tivemos o direito de optar pelo piso salarial dos profs,que seje cumprido para quem optou e quer o piso.Até a vitória companheiros.

    ResponderExcluir
  71. Esta no blog da Beatriz leiam com atenção:
    Não podemos confiar em tudo que o governo nos informa.


    O andamento processual até o momento
    Pelo rito processual de uma ADI, vários Poderes precisam se manifestar antes do Ministro Relator. Nesta Ação já se manifestaram o Governo do Estado, a Assembleia Legislativa e a Advocacia Geral da União (AGU). A manifestação da AGU foi a divulgada hoje. O próximo a se manifestar é a Procuradoria Geral da União. Em seguida o Ministro relator se manifestará a respeito do pedido da medida cautelar, que tem o objetivo de sustar imediatamente os efeitos da lei. A decisão da medida cautelar não será definitiva mas temporária até o julgamento da Ação. O Supremo Tribunal Federal não se manifestou sobre a ADI.
    Conclusão
    Quem julga a constitucionalidade de uma lei estadual, quando questionada, é o Supremo Tribunal Federal, não a Advocacia Geral da União. Ela é mais uma interessada no controle de constitucionalidade e por isso deu o seu parecer, ou seja, o seu ponto de vista sobre o assunto.
    Quanto à competência do "jurídico", reestruturamos o nosso departamento de modo a responder a uma mudança de comportamento que a direção estadual achou fundamental: ser propositivo e não apenas reativo. Temos uma equipe competente, um escritório que presta consultoria à direção e outro contratado em Brasília para defender as nossas demandas no STF. As estratégias juridicas são, antes de tudo, políticas. Por isso o Sind-UTE realizou no dia 03/09, um seminário do Departamento Jurídico, com representantes de todas as regiões do estado. Com a mesma estratégia: ser propositivo e ofensivo no campo jurídico, além de formar e informar as nossas lideranças. O Governo já percebeu isso.

    ResponderExcluir
  72. EDUCADORES DE MINAS,

    Avante!! Seguiremos firmes, na greve.
    O PISO NACIONAL é o mínimo que a sociedade nos deve.

    ResponderExcluir
  73. Comentários e recados do Blog:

    - Caro amigo JOÃO PAULO, só hoje pude ler sua extensa e bem redigida carta endereçada ao desgovernador de Minas Gerais. Parabéns pelo conteúdo ali exposto, primoroso, que trata o drama dos educadores mineiros à luz dos princípios legais e republicanos. Acho que você deveria mandar uma cópia para o MP (especialmente dirigido para o Procurador da Justiça), para os desembargadores do TJMG, para a AGU, para o MP Federal, para os ministros do STF, para os deputados federais e senadores, para o MEC e para a presidenta Dilma. Ah, e também para os blogs progressistas - para estes últimos, talvez seja interessante fazer um resumo. Parabéns pela iniciativa.


    - Quero mandar um abraço aqui para o MAX de DIVINO, e sua esposa, aos quais conheci na assembleia, ontem, e a todos os combativos educadores da cidade de DIVINO - aos quais, por desencontro, acabei não tendo a oportunidade de conhecer, ainda - e CARANGOLA e região. Êta turma que nos dá exemplo de luta, de coragem , de bravura. Devemos tomar estes colegas como exemplo de luta para todo o estado. Parabéns e força na luta!

    - Mando também um abraço para a combativa colega GILVÂNIA, professora de história que sempre participa conosco aqui no blog. Ela estava acompanhada por mais duas outras combativas colegas (uma delas é a JOSY, a outra coleguinha eu esqueci o nome, mas depois a Gilvânia acrescenta aqui no blog) e pudemos bater um longo papo entre o final da assembleia e a caminhada até o MP. São membros do NDG daquela região de Almenara e cidades próximas. Uma turma muito valente, bonita e decidida. Parabéns, colegas!

    - Um abraço também para a turma de ITABIRA, que conheci ontem na nossa assembleia. Vamos lá, colegas de Itabira, mirem-se no exemplo dos que estão em greve e na luta para salvar a nossa carreira, o nosso piso, e a nossa dignidade.

    - Um forte abraço também à brava colega JOSÉLIA, de GOVERNADOR VALADARES, e membro efetiva do NDG, sempre presente nos melhores embates da nossa categoria. Um abraço também para toda a turma de Valadares, que tem demonstrado grande capacidade de luta e de resistência aos ataques do governo ao nosso movimento.

    - Outras turmas bonitas e guerreiras que pude ver ou rever ontem foram as de: SETE LAGOAS, MONTES CLAROS, MARIANA, PEDRO LEOPOLDO, PARÁ DE MINAS e ARCOS. Entre outras, que durante a semana foi mencionando aqui (são dezenas, pessoal).

    Impressionante como os colegas de luta de todas essas e de outras cidades são valorosos e dignificam a nossa categoria e a todos nós, os de baixo; ao contrário deste desgoverno e de seus agentes, que envergonham o estado e o país.

    ResponderExcluir
  74. O julgamento da ADI 4631 e o projeto de lei, aperfeiçoamento do suibsídio enviado pelo Governador para ALMG, não alteram em nada o Piso Salarial Nacional. O Projeto de lei promete melhoria salarial para os servidores que estão no subsídio, não é o caso dos que voltaram para a carreira, que só interesa exclusivamente a aplicação da Lei do Piso. Acho que não tem necessidade de propor aos deputados da assembléia Legislativa, colocar emendas para melhorar o projeto.
    É desta forma que vejo, gostaria que o Euler comentasse sobre o que escreví.
    Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  75. CARTA AO PROFESSOR DEPUTADO GILMAR MACHADO

    Gostaríamos que o governo federal adotasse uma postura clara e direta em relação a esse impasse no cumprimento do piso salarial dos educadores. pois è degradante e extremamente humilhante a posição que o senhor Anastasia coloca nossa categoria. Estamos enfrentando uma luta desgastante e penosa, sofremos diante das inverdades plantadas pelo governo, da indiferença de uma mídia capitalista, do apelo da sociedade pela normalidade desse serviço público tão necessário e ultimamente até pelos nossos filhos e filhas esposos e esposas que além da falta dos recursos materiais básicos à nossa sobrevivência, aos poucos também são atingidos psicologicamente por essa tortura cujo algoz é o governo do Estado.
    Se o estado de direito não é respeitado, o país corre o risco de retroceder a um estágio que acreditávamos superado, por isso acredito que esse é o momento oportuno para um grande mutirão de homens de bem do congresso, independente da legenda e diferenças individuais, unir a voz de Padre João, chamado de mentiroso pelo caçique do PSDB nacional, para criar um fato político e junto ao governo Federal, STF e Ministério público exigir um posicionamento sobre o cumprimento imediato da Lei do Piso. Isso é URGENTE, ja protelaram demais, queremos voltar ao trabalho.

    Everaldo Moreira Sá - Professor História/Geografia
    E.E. Valdomiro Silva - Virgem da Lapa MG

    ResponderExcluir
  76. Querida colega de BH, você que deu a idéia de convidarmos artistas de Minas para fazer um show onde pudéssemos angariar recursos para ida a Brasília, só queria lembrá-la da campanha de Timotim Cabral e do Faraó no ano passado onde a banda SKANK, Milton Nascimento, Jota Quest e etc, cantavam e faziam propagandas para essa corja nojenta, será que eles vão ter a coragem de peitar Timotim? Ganharam muito dinheiro com certeza para apoiarem essa cambada, eles devem está com o estômago embrulhando de vê tanta nojeira num governo só.Seria mais fácil fazermos um bazar, feira chique, pedir ajuda na rua mesmo e esses desalmados que estão na sala de aula poderia contribuir pelo menos com o recurso para quem tem peito ir a Brasilia LUTAR POR ELES.Pediria cada coordenador da subsede de sua região para ir nas escolas e pedir ajuda o que não podemos é desanimar diante dessas dificuldades. DEUS PROVERÀ.
    Abraços colegas e fiquemos firmes porque a vitória será MARAVILHOSA.
    Educadora do Norte de Minas.

    ResponderExcluir
  77. Colegas vai uma piadinha ai só para animar
    É a oração do dia:

    Joãozinho orando: - Senhor todo poderoso: há 2 anos o Senhor levou meu cantor favorito Michael Jackson! Meu locutor favorito Lombard! Meu ator preferido Patrick Swayze! Minha dançarina preferida Lacraia! Esse ano levou minha cantora favorita Amy Winehouse! Quero lembrar ao senhor que meus políticos preferidos são: Anastasia, Aécio, Sarney,Collor. (Melhore a lista aí)colegas.

    ResponderExcluir
  78. Que eu não perca o equilíbrio,
    mesmo sabendo que inúmeras forças
    querem que eu caia;

    Que eu não perca a garra,
    mesmo sabendo que a derrota e a perda
    são dois adversários extremamente poderosos;


    Que eu não perca o sentimento de justiça,
    mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu;

    Chico Xavier

    ResponderExcluir
  79. Nosso combativo amigo SEBASTIÃO DE OLIVEIRA, de Carangola, disse:

    "O julgamento da ADI 4631 e o projeto de lei, aperfeiçoamento do subsídio enviado pelo Governador para ALMG, não alteram em nada o Piso Salarial Nacional."

    Comento: tem toda razão, colega Sebastião, qualquer que seja a decisão em relação ao subsídio isso nada altera o nosso direito ao piso, conforme mandam a Lei do Piso e o nosso Plano de Carreira em vigor.

    Contudo, em nome da unidade da categoria, devemos lutar para que este famigerado sistema chamado subsídio seja revogado. Ele representa: confisco salarial, destruição do plano de carreira e a sonegação do piso. E muitos que nele ficaram foi por falta de informação ou por não poderem optar pelo sistema de Vencimento básico, como é o caso dos designados e também será o caso dos novos concursados.

    Por isso, devemos lutar para acabar com este sistema, tanto através de pressão na ALMG, quanto no STF.

    Um forte abraço, e força na luta!

    ResponderExcluir
  80. gostaria de saber em qual site confiro a lista de professores que optaram pelo vencimento básico

    ResponderExcluir
  81. Euler, algo tem que ser feito! Não podemos esperar que Sindicato, MST façam alguma coisa, pois todos estão mamando nas mesmas tetas que o legislativo. O levante deve ser iniciado aqui nas redes sociais, com professores informados, estudantes politizados, como sempre foi na hoistória recente, sem ligações partidárias pois a causa é maior.

    ResponderExcluir
  82. Uma ideia: caça também ao Fernando Haddad, por professores, pais, alunos, ou seja, por quem realmente se interrese no fim desta greve (inclusive aqueles fessores que AINDA se omitem).

    ResponderExcluir
  83. Gostaria de passar para todos uma oração muito poderosa de Santo Antônio.
    Quem tiver fé, reze e com todos rezando confio que vamos sair vitoriosos.
    Alcancei com ela uma graça muito difícil.


    responsório de Santo Antônio



    Se milagres desejais
    Recorrei a Santo Antônio
    Vereis fugir o demônio
    E as tentações infernais


    Recupera-se o perdido
    Rompe-se a dura prisão
    E no auge do furacão
    Cede o mar embravecido


    Todos os males humanos
    Se moderam, se retiram,
    Digam-no aqueles que o viram,
    E digam-no os paduanos


    Reza-se a segunda estrofe


    Pela sua intercessão
    Foge a peste, o erro,a morte,
    O fraco torna-se forte
    E torna-se o enfermo são

    Reza-se a segunda estrofe


    Glória ao Pai, ao filho e ao Espírito santo


    reza-se a segunda estrofe

    rogai por nós, bem aventurado Antônio, para que sejamos dignos das promessas de CRISTO.Amém


    esta oração serve até para encontrar o ladrão, como foi no meu caso.

    Boa sorte para todos

    ResponderExcluir
  84. Professor Euler,

    Analise com carinho.

    VAMOS A BRASÍLIA.

    Faço a sugestão que as decisões sejam tomadas rapidamente.
    Poderíamos ir à Brasília com umas 400 pessoas (dez ôonibus).
    Isto facilitaria a mobilidade e os custos.

    Esta ação somente se justificaria se tiver uma agenda para a coordenadora do Sind UTE, a Beatriz, juntamente com outras autoridades e políticos, que se dispuserem a nos ajudar, em Brasília DF.

    A turma que fosse seria o suporte e apoio a estas visitas.
    Mostraríamos união, força e mobilização do movimento grevista em Minas Gerais para todo o Brasil.

    Os Deputados Estaduais e Federais que nos apóiam, poderiam ajudar na formação desta agenda, URGENTE.

    Professor Euler, peço que entre em contato com a Beatriz e veja se existe a possibilidade para fazermos esta caravana até Brasília.
    Com duração máxima de dois dias.

    Visitaráiamos:

    - Secretaria Nacional dos Direitos Humanos;
    - Comissões de Direitos Humanos e de Educação da Câmara dos Deputados e do Senado Federal;
    - STF, principalmente o gabinete do Ministro Joaquim Barbosa;
    - CNBB;
    - AOB nacional;
    - outros...
    Em Brasília as coisas não funcionam plenamente nas segundas-feiras e sextas-feiras.
    Faço a sugestão que seja terça-feira dia 13/09/11 esta nossa visita a capital federal com saída na segunda feira a noite dia 12/09/11.
    Vamos amanhecer no planalto central.

    PRECISAMOS AGIR COM PRODUTIVIDADE E AGILIDADE.

    Professor Euler,

    Aguardo uma avaliação.

    ResponderExcluir
  85. Euler,
    O governador e seu judiciário já disseram que o Piso é só para o Professor, que os ATBs estão de fora. Começo a acreditar nisso, pq só vejo falar em professores e as tabelas que surgem, tb não contemplam os ATBs.
    POR FAVOR ME RESPONDA, me esclareça com certeza, pq não é justo eu lutar por algo que não vou ganhar...
    Muito obrigada pela atenção.
    MArinês ATB

    ResponderExcluir
  86. Que dureza depois de quase 100 dias de greve,corte de salário,ver o "governador" através de jornalegos mineiros ,parabenizar os fura greve pelo belo ato de pelegar.E o pior a grande maioria passou acho eu, por uma universidade.

    ResponderExcluir
  87. COMPROMISSO // COMPROMISSO

    Vamos lá, pessoal!

    Analisem e vamos para a ação,

    Se somamos 3.000 professores internautas e enviarmos 10 mensagens por dia à lista de E-mails dos deputados, serão no total 30.000 E-mails recebidos por dia para cada deputado.
    (Montem uma mensagem simples e objetiva)

    Vamos firmar este compromisso.

    Precisamos mostrar aos deputados que os professores estão mobilizados, até a vitória final.

    Se alguém puder mandar mais, que o faça, quanto mais melhor.

    Comecemos imediatamente.
    Vamos cumprir nossa tarefa, diariamente.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  88. E apenas completando a sua resposta das 10:30 ao Sebastiao Oliveira , Euler, quanto ao assunto:

    "O julgamento da ADI 4631 e o projeto de lei, aperfeiçoamento do subsídio enviado pelo Governador para ALMG, não alteram em nada o Piso Salarial Nacional."

    Como já dizia a minha avó "Antes que o mal cresça corte-lhe a cabeça". Não é nada bom que este mal fique assombrando a gente nos próximos anos,pois o que ainda existe qualquer hora volta. rsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  89. Vamos amadurecer a ideia: BRASÍLIA, urgente!!
    E sem o PISO NÃO PISAMOS NA ESCOLA DE JEITO NENHUM!!

    ResponderExcluir
  90. Anônimo das 10h24m (sobre os colegas ATBs):

    Apenas o desgovernador não reconhece o direito a outros segmentos da categoria ao piso; mas, nós lutamos para que TODOS sejam contemplados. Se vocês abandonarem a luta, significa que vocês estão abrindo mão deste direito. Devem, ao contrário, fortalecer, juntamente com todos as carreiras da Educação, a nossa greve, que reivindica o piso para todos, sem exceção.

    Além disso, o judiciário não se manifestou sobre tal assunto. E a lei do piso considera enquanto profissional do magistério não apenas os professores, mas todos aqueles que dão suporte à docência. E uma lei federal (não tenho o número dela agora, mas já foi citada várias vezes aqui) amplia o conceito de profissional da Educação, atingindo todos os trabalhadores que atuam nas unidades da Educação.

    O nosso plano de carreira, por sua vez, considera todos, incluindo os que trabalham nas SREs, como parte integrante de uma mesma categoria.

    Logo, ninguém (nenhum educador) poderá deixar de receber o piso, se justiça houver neste país.

    ResponderExcluir
  91. No blog da Beatriz tem uma entrevista interessante:

    http://brasildefato.com.br/content/professores-lutam-pelo-piso-nacional

    ResponderExcluir
  92. Colegas:

    Lógico que ninguém do desgoverno deixará vazar alguma notícia benéfica aos professores em relação ao PISO. Esqueceram que está em aberto a volta de quem deseja o tal suicídio? Ele precisa continuar repetindo a mesma música para ver se engana os desavisados!! Quanto mais gente migrar para o suicídio, melhor para o desgoverno, pois ele sabe que terá que cumprir a lei do piso. Está querendo ganhar tempo e ver se economiza mais às nossas custas!!!

    Um abraço a todos!

    ResponderExcluir
  93. Acorda professores de Barbacena, acostumados de longa data ao curral eleitoral, os tempos são outros, os alunos já estão acordando... QUE VERGONHA!

    ResponderExcluir
  94. Precisamos deixar comentários no blog do Deputado Gilmar Machado relacionado à nota do encontro entre o Ministro Haddad e o governador.
    Não há lá nenhum comentário e nenhuma cobrança da categoria ao referido deputado. Embora a crença no Legislativo não ande lá muito em alta, não podemos de usar essa via de comunicação. Quem sabe...

    ResponderExcluir
  95. Bom dia a todos sou Idinei de Ipatinga, segue abaixo emails dos ministros do stf. devemos apelar para que a adi 4631 seja procedente, pois o subsidio acaba com plano de carreira dos que optaram pelo regime anterior que é o piso mais gratificações.

    Ministro Cezar Peluso: Formulário de Atendimento ao Cidadão
    Ministro Ayres Britto: gabcarlosbritto@stf.jus.br
    Ministro Celso de Mello: gabcob@stf.jus.br
    Ministro Marco Aurélio: marcoaurelio@stf.jus.br
    Ministra Ellen Gracie: audienciaellengracie@stf.jus.br
    Ministro Gilmar Mendes: audienciasgilmarmendes@stf.jus.br
    Ministro Joaquim Barbosa: gabminjoaquim@stf.jus.br
    Ministro Ricardo Lewandowski: patriciaml@tse.jus.br
    Ministra Cármen Lúcia: audienciacarmen@stf.jus.br
    Ministro Dias Toffoli: gabmtoffoli@stf.jus.br
    Ministro Luiz Fux: gabineteluizfux@stf.jus.br

    ResponderExcluir
  96. Pessoal-Acho que tenho uma saída para o projeto de governo "AZIA".Tendo ele, plenos e indiscutíveis PODERES!!!!!!!!!CRIAR uma LEI para que pague o PISO a todos(as)GREVISTAS ,uma vez, que o mesmo é LEI FEDERAL e, sendo assim ,é obrigatório fazê-la ser cumprida .Aqueles que continuam indo para as escolas,cujo ato heróico, mereceu até agradecimentos do projeto de governo "AZIA" ,que recebam o SUBSÍDIO -sem direito a RECLAMAÇÕES pois, a postura por eles tomada indica que estão satisfeitos com tudo na educação mineira .Então , o afilhado do FARAÒ poderá ,assim, eonomizar.Parabenizo a professora das 8:06 que está "greviando" desde o dia 8/6/2011 e,sem outra fonte de renda .Há também casais de professores que estão participando da greve, portanto,com o salário diminuído ou cortado e mesmo assim na LUTA.Conclui-se que-ficar sem pagamento não é desculpa .O que percebo é -DESONESTIDADE(lutem por mim)) ou ALIENAÇÃO,portanto estes,podem abrir mão do piso e contribuirem mais uma vez com o "MINAS AVANÇA".COMPANHEIROS de LUTA_FÈ EM DEUS E PÈ DA TABA!!!!!!!!!!!GREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEVE até a VITÒRIA!!!!!!!!!!!!!E preparem para sentar a PUA neles!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  97. EXCELENTE ESTA PARÓDIA SOBRE O PISO DO GOVERNO !!!

    http://www.youtube.com/watch?v=jGQ2U2JUsPk

    ResponderExcluir
  98. Marisa Karla -Governador Valadares9 de setembro de 2011 11:05

    Companheiros,
    Rezem várias vezes ao dia:
    "TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE".Filipenses 4,13.
    Eu amo este versículo!
    Abraços,

    ResponderExcluir
  99. Alguém sabe informar se o Estadual Central continua fechado?

    ResponderExcluir
  100. http://www.youtube.com/watch?v=jGQ2U2JUsPk

    Vale a pena assistir!

    ResponderExcluir
  101. Euler,
    Acabei de ler no site da educação que, a AGU julgou favorável a remuneração por subsídio. A ADI 4631 foi indeferida. E aí? Eu não entendi, quer dizer que foi considerada constitucional a forma de pagamento por subsídio? Teremos dois sistemas remuneratórios aqui em Minas? Com esta decisão da AGU, o subsídio não poderá mais acabar, deixar de existir?

    ResponderExcluir
  102. Marisa Karla -Governador Valadares9 de setembro de 2011 11:26

    E Taiobeiras?Está de greve?
    Colegas de Salinas, visitem os professores de
    Taiobeiras!

    ResponderExcluir
  103. Olá, Maria (11:17):

    Tomemos cuidado com as informações plantadas pelo desgoverno de Minas. Se fossem honestos, diriam que a ADI 4631 sequer foi apreciada pelo ministro relator do STF, e que ainda, após o parecer do citado ministro do STF, será julgada pelo pleno do STF.

    O que há de concreto até o momento é o parecer da Advocacia Geral da União (AGU). Nem sempre o parecer da AGU é acompanhando pelos ministros do STF, que têm autonomia (em tese, pelo menos) para decidir e julgar as matérias.

    Mas, além deste parecer, ainda falta o parecer do MP federal e só então o ministro relator, do STF, fará o despacho para a questão.

    Portanto, nada de concreto foi decidido em relação à ADI 4631.

    Agora, reparem a contradição.

    Esta mesma AGU deu parecer a nosso favor quando estava em julgamento a ADI 4167. Alguém viu alguma publicação no site da SEE-MG ou de qualquer órgão do governo, ou de alguma secretária do governo, dando destaque para a decisão da AGU em nosso favor?

    Claro que não! Então, tomemos cuidado com o serviço de desinformação do governo.

    Euler

    ResponderExcluir
  104. Parabéns aos guerreiros e guerreiras de ALFENAS!

    Vejam que bonita atuação eles tiveram no dia 07 de setembro, no nosso Grito dos Excluídos:

    http://www.alfenasagora.com.br/noticias.asp?act=noticias&act2=ver&id=2215

    ResponderExcluir
  105. Ótimo o vídeo: No bunker das Minas...

    ResponderExcluir
  106. Um abraço também à brava turma de LEOPOLDINA, com os quais eu conversei ontem na nossa assembleia.

    Força na luta, colegas!

    ResponderExcluir
  107. Caro Euler,

    É facil para o Sindicato acabar com o subsídio na ADI 4631. É simplesmente colocar uma lei ao lado da outra. Entre pontos que pode-se considerar como uma visível manobra de escapar do pagamento do PISO considerado constitucional, posso citar a não vinculação do valor do piso ao custo aluno (22%. Sabe-se que, com o subsídio, tal acoplamento não é aplicado. Além da tão falada remuneração global e todos os outros pontos citados por você em seus posts. O que eu quero dizer é que seria mais fácil atrelar o subsídio à Lei do Piso do que a alguns artigos da constituição.

    ResponderExcluir
  108. COMUNIDADE DE APOIO AOS PROFESSORES.
    FAÇA PARTE. FORÇA NA LUTA. VAMOS VENCER ESTA, É PISO JA. A GREVE SO ACABA COM CUMPRIMENTO DA LEI. É PISO, PISO,PISO E RESPEITO A NOSSA CARREIRA.
    http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=117828413

    ResponderExcluir
  109. Volto à carga nesta questão das ADIs

    São dois pesos e duas medidas para um desgoverno que não respeita os princípios republicanos. E olha que temos um governador que além de professor é mestre em Direito. Pelo menos é o que dizem.

    A Advocacia Geral da União (AGU) é um órgão do Governo Federal. Ou seja, são pessoas indicadas pela presidência da República. Não é este órgão que decide sobre as ADIs.

    Toda vez que alguma entidade entra com uma ADI (ação direta de inconstitucionalidade) junto ao STF, este órgão, antes de julgar a matéria, pede que a AGU e o MP (Ministério Público) deem o seu parecer.

    Em relação à ADI 4167 - a dos cinco desgovernadores contra o nosso piso - a AGU deu parecer em nosso favor.

    Já em relação à ADI 4631, a AGU deu parecer contrário aos nossos interesses. Nem vou entrar aqui no mérito dos temas.

    Mas, chamo a atenção para o tratamento diferenciado dado pelo governo de Minas a estas duas ADIs e ao posicionamento da AGU.

    Quando a AGU foi a nosso favor, o governo escondeu a matéria, nada divulgou a respeito; agora que a AGU foi a favor do governo, ele divulga no site da SEE e até em twitter, pela secretária do SEPLAG. Ou seja, é um governo que não atua com o mesmo critério, quebrando, portanto, os princípios basilares da República: a transparência, a moralidade, a impessoalidade, a eficiência, e a publicidade.

    O governo não pode divulgar só aquilo que lhe interessa, pois isso faz este governo menor ainda do que já é. Mostra que a máquina do governo está a serviço não da legalidade, mas de um projeto pessoal.

    Uma vergonha para Minas ter à frente do estado pessoas tão despreparadas para exercerem as funções do mais alto escalão.

    ResponderExcluir
  110. GRAÇA:
    Bom dia Prof Euler,

    Mesmo longe continuo acompanhando nossa luta através de seu blog - bússola para todos nós! Boa ideia! Caravana para Brasilia urgente! mais que nunca focar nossa ação nos deputados, afinal, por coninvencia deles é que o subsidio foi aprovado, agora temos de exigir a VALIDAÇÃO DA CARREIRA COM APLICAÇÃO DA LEI DO PISO E NA REVOGAÇÃO DO SUBSIDIO!

    ResponderExcluir
  111. Bom Dia!
    Não podemos recuar agora!A greve não pode parar,pois estamos no momento da vitória,eu nem diria vitória,estamos lutando para fazer cumprir uma lei federal.Ai...Ai....Quanta luta!
    Não podemos matar o movimento sem o PISO garantido ,seria a morte da categoria ,seria a derrota de todos que estão nos apoiando e isso nós não podemos permitir.Vamos pedir apoio aos colegas que estão na sala de aula a nosa vitória depende de muita força e tenho certeza eles não irão negar esse apoio.Pois ja provamos que somos fortes!Venham ajudam a fortalecer a NOSSA vitória.Abraços!

    ResponderExcluir
  112. Euler
    ganhei o dia hoje vendo este vídeo.

    Não consigo parar de dar gargalhadas até agora.

    Euler e NDG, o que vocês acham da gente fazer a lista dos deputados que apoiam o profissionais da educação e começarmos a colocar seus nomes nas redes sociais. Quem esta contra tem que se manifestar e mostrar sua cara!

    Retroceder nunca! Render se jamais!!

    ResponderExcluir
  113. Euler, como você é muuito bom em redigir, poderia enviar mensagem para procuradoria geral da república e para os ministro do stf informando o prejuizo que os professores terão se a adi 4631 for indeferida. pois se não barrarmos essa adi todos estados e prefeitura passaram a remunerar professores por subsídio. tornando a profissão pouco atrativa.
    abraços a todos
    Idinei = Ipatinga.

    ResponderExcluir
  114. Olá´pessoal, sabemos que essa luta está muito difícil, mas não podemos desanimar, só voltaremos para escola juntos com o término da greve, claro com a implementação do piso nacional na carreira, eu e minha esposa estamos de greve desde dia 08 de junho, em agosto recebemos 0s sete dias trabalhados em junho, em setembro recebemos os 14 dia de recesso e espero que em outubro o governo pague o prêmio por produtividade. tenho ido a todas as assembleias eu e minha e esposa e nosso filho(Pedro Henrique) eu o levo por que não tenho onde deixá-lo. participo da passeata empurrando ele em seu carrinho vermelho ele está adorando participar da greve. Estou dizendo isso para as pessoas que estão pensando em abandonar a luta. Pois dificuldades todos nós temos. mas se desanimarmos agora será uma derrota de todos os professores. força e muita fé para todos.
    Abraços a todos Idinei Corrêa de Ipatinga

    ResponderExcluir
  115. Euler,

    Show esse vídeo!
    Acabei de ouvir a nota do ditador na ITATIAIA:
    Ele agradece nossos colegas que estão TRABALHANDO NORMALMENTE. E ESSE AGRDECIMENTO SE ESTENDE A VC FURA-GREVE ( a toa na escola, para garantir o salário do mês) e a você que resolveu ganhar uma graninha extra como substituto ( fazendo enorme esforço para não usar a palavra adequada. Parabéns pra vcs!! Cumprem com perfeição a função de TRAIDORES DA PRÓPRIA CATEGORIA! Merecem medalhas e mais medalhas. Quem sabe receberão, pois esse governo condecora como ninguém o povo que é ALIADO DELE. Não esqueceremos jamais do papel de vcs ao lado do ditador. Ficarão impecáveis na foto com a medalha de honra ao mérito POR TRAÍREM A CLASSSE!

    ResponderExcluir
  116. lISTA DOS DEPUTADOS PRA FAZERMOS CORRER RÁPIDO PELAS REDES SOCIAIS!!!
    AÍ DELES!!!

    ResponderExcluir
  117. Euler.
    Gostei demais da assembléia ontem, vc percebeu o quanto aqueles BABACAS do MP ficavam rindo de nós quando lá chegamos? Depois que começaram as falas dos deputados federais, estadual e das pessoas que apoiavam a greve o sorriso deles sumiu de vez, e no lugar ficou o semblante de preocupação. kkkkkk
    Eu amei!!!
    Rosilene (Conselheiro Pena).

    ResponderExcluir
  118. Euler e NDG

    Mandei e-mails para todos os deputados e até agora consegui retorno dos seguintes deputados apoiando nosso movimento.

    Deputado Sargento Rodrigues - PDT
    Deputado Estadual Ulysses Gomes - PT
    Délio Malheiros - PV
    Deputado José Henrique - PMDB
    Carlin Moura – PC do B

    Sabemos que temos apoio de outros deputados e estou(amos) aguardando os que queiram se manifestar. Vamos fazer esta corrente e mostrar a cara de nossos representantes!

    Abraços e sem perder o PISO de vista!!

    ResponderExcluir
  119. Caros colegas:

    A implantação do piso seria uma injeção de ânimo para todos nós.Mas infelizmente estão tirando nossas esperanças,sinceramente não sei mais que recorrer,,todos parecem estar contra nós ,não sei se vocês ja perceberam.Só uma coisa tenho certeza ,se não pagarem o piso que tantos sonhamos,pagarão um preço muito maior ,a educação em minas com certesa vai cair muito.Um mal incorrigível e governo gastará uma fortuna com profs doentes que entrarão em depressão e terão que se afastar .O governo a sociedade e os políticos tem que prestar atenção nesse fato.Ainda há tempo de corrigir o erro.

    ResponderExcluir
  120. Anônimo das 13:01, achei interessante os nomes dos políticos que nos apoiam expostos aqui, devemos colocá-los,também, nos nossos contatos no e-mail, para que as pessoas comecem a ver quem é quem. E quando da votação do famigerado projeto do governo na Câmara. Poderemos fazer um bom trabalho contra os nossos inimigos na rede social.

    ResponderExcluir
  121. Pedro Paulo G. Teixeira - Gov. Valadares9 de setembro de 2011 13:38

    Postei a seguinte mensagem no Facebook do deputado federal Leonardo Monteiro-PT, que é da minha cidade, Governador Valadares, e assistiu a nossa manifestação no dia 7, ao lado da prefeita Elisa Costa-PT:

    "Olá, Leonardo! O Governo Federal não pode ficar omisso e precisa tomar providências em relação aos absurdos cometidos pelo Governo de Minas em relação à educação, principalmente durante esta greve histórica e tão importante. A situação é grave, um executivo que se comporta como uma ditadura, com o uso indevido da polícia, um legislativo submisso, um Ministério Público que não cumpre seu papel, a mídia vendida e desrespeito total às leis que regulamentam a carreira e o piso salarial dos profissionais da educação. Alguns deputados estaduais estão protestando, e fico feliz que entre eles esteja o que recebeu meu voto. Você também recebeu meu voto e gostaria de ter a felicidade de vê-lo atuando ao lado da verdade e do interesse social. Um abraço!"

    Tenho usado todos os recursos para manter informados meus alunos, a comunidade onde fica minha escola, e também os amigos, que estão passando as informações adiante. Envio e-mails e posto informações nas redes sociais. A sociedade está entendendo e apoiando fortemente o nosso movimento. Na passeata do dia 7, fomos aplaudidos em vários momentos.

    ResponderExcluir
  122. Querida Marisa Carla colega de Governador Valadares que pede para o pessoal de Salinas ir a Taiobeiras, aqui em Salinas só tem uma escola parcialmente de greve, que é a maior escola daqui, o resto todo mundo tá ganhando bem demais estão trabalhando dobrado.Eles não teem vergonha de vê a turma dando duro por melhores salários, bem que tentamos convecê-los mas..................

    ResponderExcluir
  123. Estratégia do governo está clara:

    A temporada de mudança de carreira está aberta. Se o governo quiser manter o máximo de pessoas no Subsidio não vai abrir negociação até o fim do prazo.

    Se atender as reivindicações da categoria o "dodói do Naná" vai por água abaixo.

    Portanto, estou pessimista com os acontecimentos para os próximos dias. Acho que vão deixar o ano letivo ser cancelado mesmo.

    ResponderExcluir
  124. Euler
    Está na hora de apelar para a FPSRA
    (Falta de Puder Sem Roupa na Assembleia)
    Aí tudo quanto é troço de comunicação vai achar uma razãozinha para veiculação ideal. Imagina só nóis todos tudo peladonas e peladões pedindo que "Ai! Nastasia" nos pague o PIiiiiiiiISO!
    O importante é protestar com eficácia!
    Outro membro do NDG!

    ResponderExcluir
  125. PESSOAL,

    Vamos enviar muitas, muitas mensagens à lista de e-mails dos deputados.

    Monte uma mensagem simples e objetiva e envie para a lista de e-mails abaixo.

    Segue:

    dep.adalclever.lopes@almg.gov.br; dep.adelmo.carneiro.leao@almg.gov.br; dep.alencar.silveira.junior@almg.gov.br; dep.almir.paraca@almg.gov.br; dep.ana.maria@almg.gov.br; dep.andre.quintao@almg.gov.br; dep.anselmo.jose.domingos@almg.gov.br; dep.antonio.carlos.arantes@almg.gov.br; dep.antonio.genaro@almg.gov.br; dep.antonio.julio@almg.gov.br; dep.antonio.lerin@almg.gov.br; dep.arlen.santiago@almg.gov.br; dep.bonifacio.mourao@almg.gov.br; dep.bosco@almg.gov.br; dep.bruno.siqueira@almg.gov.br; dep.carlin.moura@almg.gov.br; dep.carlos.henrique@almg.gov.br; dep.carlos.mosconi@almg.gov.br; dep.cassio.soares@almg.gov.br; dep.celinho.do.sinttrocel@almg.gov.br; dep.celio.moreira@almg.gov.br; dep.dalmo.ribeiro.silva@almg.gov.br; dep.deiro.marra@almg.gov.br; dep.delio.malheiros@almg.gov.br; dep.delvito.alves@almg.gov.br; dep.dilzon.melo@almg.gov.br; dep.dinis.pinheiro@almg.gov.br; dep.doutor.viana@almg.gov.br; dep.doutor.wilson.batista@almg.gov.br; dep.duarte.bechir@almg.gov.br; dep.duilio.de.castro@almg.gov.br; dep.durval.angelo@almg.gov.br; dep.elismar.prado@almg.gov.br; dep.fabiano.tolentino@almg.gov.br; dep.fabio.cherem@almg.gov.br; dep.fred.costa@almg.gov.br; dep.gilberto.abramo@almg.gov.br; dep.gustavo.correa@almg.gov.br; dep.gustavo.perrella@almg.gov.br; dep.gustavo.valadares@almg.gov.br; dep.helio.gomes@almg.gov.br; dep.hely.tarquinio@almg.gov.br; dep.inacio.franco@almg.gov.br; dep.ivair.nogueira@almg.gov.br; dep.jayro.lessa@almg.gov.br; dep.joao.leite@almg.gov.br; dep.joao.vitor.xavier@almg.gov.br; dep.jose.henrique@almg.gov.br; dep.juninho.araujo@almg.gov.br; dep.leonardo.moreira@almg.gov.br; dep.liza.prado@almg.gov.br; dep.luiz.carlos.miranda@almg.gov.br; dep.luiz.henrique@almg.gov.br; dep.luiz.humberto@almg.gov.br; dep.luzia.ferreira@almg.gov.br; dep.maria.tereza.lara@almg.gov.br; dep.marques.abreu@almg.gov.br; dep.neider.moreira@almg.gov.br; dep.neilando.pimenta@almg.gov.br; dep.paulo.guedes@almg.gov.br; dep.paulo.lamac@almg.gov.br; dep.pompilio.canavez@almg.gov.br; dep.romel.anizio@almg.gov.br; dep.romulo.veneroso@almg.gov.br; dep.romulo.viegas@almg.gov.br; dep.rosangela.reis@almg.gov.br; dep.sargento.rodrigues@almg.gov.br; dep.savio.souza.cruz@almg.gov.br; dep.sebastiao.costa@almg.gov.br; dep.tadeu.martins.leite@almg.gov.br; dep.tenente.lucio@almg.gov.br; dep.tiago.ulisses@almg.gov.br; dep.ulysses.gomes@almg.gov.br; dep.vanderlei.miranda@almg.gov.br; dep.ze.maia@almg.gov.br;

    VAMOS MOSTRAR AOS DEPUTADOS A NOSSA FORÇA.

    ResponderExcluir
  126. Tomara que cancele o ano letivo. Sinto pelos alunos, mas precisa de um CHOQUE para o Brasil despertar, pois MG parece um estado soberano, que cria leis próprias, cumpre e descumpre leis quando bem quer... Enfim, essa nossa histórica greve só será histórica se surtir efeito grande, nacional, ainda que o preço a ser pago seja alto, tipo perder o ano letivo. Senão vamos entrar para a história como os otários que nadaram, nadaram e morreram na praia. Dessa vez não quero vangloriar que participei de um movimento. Quero vangloriar que fui firme, corajosa, passei apertos financeiros, fui humilhada, chamada de mentirosa, inquirida por pais, pressionada emocionalmente, mas VENCI, e a vitória para mim é só o PISO e nada mais. GREVE ATÉ O PSIO. PARA MIM AGORA É QUE A COISA COMEÇA A ACONTECER (pois apesar de estar desde 08/06 em greve), SÓ AGORA O MOVIMENTO COMEÇA A INCOMODAR MUITO. ENTÃO VAMOS RESISTIR E ENCARAR QUALQUER DESAFIO. UNS AJUDANDO OS OUTROS. E GREVE ATÉ O PISO! DIGNIDADE, VERGONHA NA CARA E MORAL. TUDO ISSO ESTÁ EM JOGO E NÃO SAIREMOS DESSA ACHANDO QUE FOMOS VALENTES APENAS POR TERMOS TENTADO, MAS PORQUE VENCEMOSSS! GREVEEEE!

    ResponderExcluir
  127. Esse governador(a) é de difícil entendimento, trata seus funcionários como c~es e pede que sejamos gatinhos na hora de trabalhar. Que ele possa entender que dessa vez não dá pra acabar com a greve via pressão, terrorismo e tirania. O nosso povo, nossos companheiros, estão acima dele, pois dessa vez temos uma lei que nos favorece e isso ele não vai tirar. FORA SAT'ANASTASIA!!! FORA COMO TODA SUA CORJA DE COVARDES E INESCRUPULOSOS FORA DA LEI!!!

    ResponderExcluir
  128. Caro Euler,
    permita-me expor estas reflexões:

    oh vós que ocupais a cabeça do governo de Minas, sr desgovernador e (se)cretárias: não temeis a ESPADA DE DÂMOCLES?
    Vós achais que estais acima do bem e do mal?
    Vós não temeis a Justiça Divina?
    Vós não refletis sobre o pão que estais tirando da mesa dos bravos(as) educadores(as) e de suas famílias?
    Vós não tendes consciência das milhares e milhares de crianças que estão sendo suprimidas da "luz" do saber ?
    Vós não tendes compaixão pelo padecimento de dezenas de educadores(as) que estão perdendo noites de sono ? Que estão sobrevivendo à custa de medicamentos para depressão?
    Vós não tendes clareza de podeis estar cometendo crimes de lesa-humanidade?
    Vós tendes ciência da amplitude de vossos atos?

    Que o Ser Supremo tenha misericórdia de vossas ignomínias.
    Que arrependais e redimis para alcançardes o perdão por estardes praticando tamanhas iniquidades.

    Que o grito dos excluídos e oprimidos ecoe e a Justiça maior se faça.

    COM DEUS VENCEREMOS!

    ResponderExcluir
  129. O subisídio é constitucional sim, pois os salários dos Governadores, Prefeitos, Secretários e outros recebem no modelo subsídio.
    O Piso Salarial Nacional não foi definido pelo STF neste modelo. Então fica muito claro, sem nehuma dúvida, o subsídio não pode ser aplicado nos salários dos profissionais do magistério público da educação básica. A lei do Piso não deixa nenhuma brecha para o governo escapar do cumprimento da lei. Se os professores em greve não recuar ele vai pagar por reconhecimento, se recuar(não deve) ele pagará na Justiça.
    Sebastião de Oliveira

    ResponderExcluir
  130. Caro Euler...

    O rei está nú

    Em um certo reino(Minas Gerais)vivia um rei(Aécio),aliás já não vive mais,pois mudou-se para outra região,querendo conquistar um império(Brasil),deixando neste reino um regente(Anastasia),um belo de um pau mandado do rei.
    Este rei como aquele da história,gostava de se vestir com apuro.As suas roupas eram dos mais variados feitios tais como:marketing,mídia comprada,enganação,mentiras,tirania,opressão dentre outras.
    As roupas mais simples do rei:bom senso,diálogo,verdade,caráter;estas ele mandou colocar no fundo de um baú e lá as esqueceu.
    Como o rei sempre gostava de inovar,contratou vários alfaiates e costureiras para que estes lhe preparassem uma roupa única,ímpar,sem igual.
    Dentre estes alfaiates e costureiras se destacaram duas(Renata Vilhena e Ana Gazzola) que fizeram para o rei o mais belo traje do reino(O CHOQUE DE GESTÃO),traje este de beleza incontestável,pois todos os súditos(assembléia legislativa,ministério público,vice governadoria,bajuladores etc.)que o admirassem não podiam contestar a sua grandiosa beleza,sob pena de severa punição.
    Como o rei era muito vaidoso,decidiu desfilar para a plebe,para os excluídos,para a ralé;e no meio deste desfile havia uma criança(EDUCADORES DE MINAS GERAIS),que perceberam de imediato que o rei estava NÚ;que aquele traje tão belo(CHOQUE DE GESTÃO)preparaddo por suas costureiras(Vilhena,Gazzola,etc.),era na verdade um grande embuste preparado para ludibriar o povo de boa fé e ajudá-lo na conquista do império,que neste momento começa a ruir.
    Aqui caro educadores,devemos empregar a máxima romana:"À mulher de César não precisa ser honesta,ela também precisa parecer honesta".

    Por favor melhorem o texto.
    Geraldo Jomerson Unaí

    ResponderExcluir
  131. Boa tarde pessoal!
    Gostaria de deixar exposto, o que muitas pessoas estão passando por motivo de greve, dificuldades em suas contas, em manter a casa, o que já é difícil, mesmo quando ainda não tinham o corte de salário, agora piorou. Mas, gostaria de pedir cada vez mais força para continuarmos firmes na luta. Muitos professores ainda não pensaram o quanto estamos nos sentindo mal, pra baixo, sem boas noites de sono, quanto é cansativo ser professor nos dias de hoje. A que ponto chegamos, implorar por melhores salários, melhores condições de trabalho, reconhecimento de uma carreira que deveria ser mais respeitada. Somos mendigos de uma carreira??? Formamos médicos, engenheiros, advogados e outros professores, e até mesmo aquele que está lá no poder hoje, que não precisou se formar pra exercer o cargo que exerce, passou por mãos de outros como nós. Precisamos e exigimos respeito!!! E se voltarmos pra sala de aula, sem vencermos essa batalha, daqui a 5 ou quem sabe 10 anos, já não teremos forças pra travar batalhas tão duras como esta. Força na luta pessoal, e vergonha na cara pra aqueles que ainda estão na escola, enquanto estamos aqui nas ruas, na batalha lutando por um direito que não é só nosso. Não somos egoístas, e é por isso que lutamos por um bem comum. Não é um bem para os DESEDUCADORES que estão em sala de aula agora, mas um bem para outros que poderão surgir para formar cidadãos críticos e participativos. Não podemos deixar ir por água a baixo o direito que alguns lutaram para que tívessemos hoje, e não podemos deixar de garantir o direito de outros que poderão vir a um dia ocupar nosso lugar DIGNAMENTE!!! Vamos unidos em luta por um piso mais justo e por uma educação de qualidade, onde os EDUCADORES, são os que lutam e ensinam os alunos a lutarem por seus direitos, objetivando a formar cidadãos e não os que ficam calados, e ensinam também os alunos a se calar.

    ResponderExcluir
  132. Caro Euler, boa tarde!

    Nota-se que esta advocacia geral da união está a serviço dos de cima, haja vista a presteza com que fez o parecer que agora está servindo de argumento para este desgoverno de Minas no sentido de que "o subsidio é constitucional".
    Ora, é notável como estes poderes são ágeis para dar razão aos de cima, e por outro lado extremamente lentos para se manifestarem no que diz respeito aos interesses e direitos dos de baixo - leia_se os da classe trabalhadora, como é o nosso caso.
    Todavia, quanto mais nos trazem estas agruras, estes padecimentos, mais nos fortalecemos para lutarmos bravamente e conquistarmos de vez nossos justos e legítimos direitos.
    FORÇA E FÉ!

    ResponderExcluir
  133. Euler e Colegas

    A culpa de nossa anunciada derrocada não está na intransigência de nosso governador, não está na omissão do Ministério Público e muito menos em alguma falha de nosso sindicato. A culpa está no próprio sistema de educação: Muitos de nossos colegas que estão hoje em sala de aula, não estão preparados para os cargos que ocupam. Vejam, oitenta por cento de nossa categoria não procuram conhecer a lei 11.378, não procuram conhecer o nosso plano de carreira, tem total desinteresse por tudo, não conseguem ler uma reportagem de jornal. Como estes 'mestres' vão compreender o momento que estamos vivendo?
    A escola pública está fadada ao fracasso absoluto! Aconselho de coração, a todos vocês (nós) a procurarem outra profissão. Educação não dá mais, acho que escola pública definitivamente não é lugar para pessoas inteligentes. Os burros já tomaram conta, e infelizmente, já são ampla maioria(basta ver o índice de greve).

    ResponderExcluir
  134. Caro Euler,
    olha, sem sombra de dúvida , este seu blog é o farol que surgiu para nos guiar nesta extremamente árdua batalha, hercúlea batalha em busca dos nossos mais legítimos e indubitáveis direitos de classe.
    Não tome isto como lisonjeio , mas como uma constatação de que você está sendo , com sua capacidade arguta de análise e desprendimento, um instrumento do bem a favor dos de baixo e de uma categoria tão aviltada nestes rincões de Minas como de resto em todo País.
    Permita-me verbalizar algumas perguntas que não querem calar:

    O caso da arapongagem, será que continuam investigando? E o cidadão suspeito de arapongagem (cujas imagens foram mostradas ) será que está sendo investigado?

    E esta reunião entre o desgovernador e o ministro falastrão do MEC , no que deu? Só aquela infeliz declaração do ministro falastrão de apoio à contratação de professores tampão?

    E este tal deputado Gilmar Machado do PT, por que se calou? Porque , segundo dizem, estava nesta reunião entre o desgovernador e o ministro falastrão.

    E este silêncio de parlamentares do PT de Minas(salvo honrosa exceção de um Rogério Correia) e federais e...

    E dos poderes que devem fazer cumprir a LEI DO PISO - ministério público, etc. etc?

    FORÇA NA LUTA. VENCEREMOS!

    ResponderExcluir
  135. Vou enviar e-mails para TODOS os Deputados e depois irei citar aqui o nome daqueles que não nos apoiarem. Precisamos saber quais deputados estão a FAVOR DA EDUCAÇÃO E DOS EDUCADORES E quais estão CONTRA NÓS! Nas eleições daremos o troco!!! Espero que TODOS estejam do nosso lado! Através do nosso trabalho no dia a dia da sala de aula, podemos eleger ou não quem nós quisermos, ou seja, aqueles que querem, de fato, Educação Pública de Qualidade Para Todos e que VALORIZEM O PROFISSIONAL QUE NELA ATUE!!! Greve até a vitória!

    ResponderExcluir
  136. Queremos o PISO SALARIAL no VENCIMENTO BÁSICO no CONTRACHEQUE de acordo com o nosso PLANO DE CARREIRA aprovado em 2004! Greve até a vitória!!!

    ResponderExcluir
  137. Caro Euler,

    Só tenho um cargo e estou em greve desde o dia 8 de junho e estou firme, apesar de já ter recorrido a um empréstimo e ter que fazer outro no mês que vem... mesmo minha esposa tendo um trabalho privado (Vivo), pois pagamos aluguel.

    No entanto, há um mês descobrimos que minha esposa estava grávida. Uma surpresa boa e também um susto. Ontem, fizemos o ultrassom e quase desmaiamos juntos, as vistas escureceram, começamos a rir e a chorar ao mesmo tempo ao descobrirmos que são gêmeos...

    Fiquei tão desesperado que pensei até em voltar para a escola. Mas, depois de colocar a cabeça no lugar e conversando com uma colega que também está de greve, refleti melhor:

    Na atual situação, se eu soubesse que voltando para a escola, os descontos seriam repostos imediatamente, talvez por desespero eu voltaria. Mas o que perdemos só será reposto ao final da greve. Então não adianta desespero agora.

    Que venha o Serasa, o SPC... Ainda tenho 6 meses até as crianças nascerem. Depois, vou entrar com ação de perdas e danos e danos morais contra a Tia Naná...

    Abraços e força na luta.

    Paulo Andrade - Barreiro - BH
    http://www.facebook.com/tiopaul72

    Vejam o apoio dos grandes escritores ao nosso movimento:
    http://www.diarioliberdade.org/index.php?option=com_content&view=article&id=19336%3Aminas-gerais-escritores-se-solidarizam-com-a-greve-dos-professores&catid=54%3Areportagens&Itemid=75

    ResponderExcluir
  138. Prezado(a) Mariza,
    Estou atento, presente e atuando junto ao Governo do Estado e das entidades de classe para que as reivindicações dos servidores da Educação sejam solucionadas. Acredito como legítimo o movimento em busca de melhores condições para os professores e o pagamento do piso. Reitero minha posição, prioritária, a favor da educação e coloco-me à disposição para continuar ajudando a todos.

    Abraço,
    Deputado José Henrique
    1º Vice Presidente

    08/09/2011

    ResponderExcluir
  139. Prezado Euler, o video postado, onde se faz uma apologia ao desgovernador é fantástico, não consigo parar de assistir.

    ResponderExcluir
  140. Nossa luta irá ensinar aos paus mandados do governo que não estamos mais na Ditadura e que o povo mineiro merece respeito e precisa ser ouvido.
    Jornalistas q morrem de medo de serem mandados embora, não falam a verdade para a população. Vamos ensinar como bons professores q somos que não devemos e nem podemos aceitar essa imoralidade q fazem com a gente.

    ResponderExcluir
  141. Olá, Paulo Andrade - Barreiro - BH, nossa, que boa notícia. Tenha certeza de que as coisas vão melhorar. Digo isso com toda certeza, pois quando minha filha mais nova nasceu, eu e meu marido ficamos desempregados, ao mesmo tempo. Foi um período duro, mas sobrevivemos e hoje ela já está com 11 anos e bem. Estou em greve e não arredo pé!
    Parabéns pelos bebês. Na realidade, preocupe-se mais com o trabalho que os gêmeos darão. Tudo dobrado. Abraços
    Rita Frugoli

    ResponderExcluir
  142. DIZEM AS MÁS LÍNGUAS QUE O PRÓXIMO PASSO DESSE GOVERNO DITADOR SERÁ DOMINADOR TODOS OS SINDICATOS.

    ... É, FRANCAMENTE...

    ResponderExcluir
  143. Extra, extra!!!

    SIMULADOR DE SUBSÍDIO! Na página da 'educacão'

    É para rir ou para chorar?

    ResponderExcluir
  144. BOA TARDE!!!!!!!!!Em meu texto postado ás 10:53 escrevi"projeto de governo",correto?No entanto,deve ser considerado "PROJETO DE GOVERNADOR".Ele não pode ser jamais considerado de governador !!!!!!!!!!!.QUanto aos pais de estudantes que repudiam nossa atitude-luta pelo piso-é simplesmente por que não aguentam ficar de BABÁS de seus próprios filhos .Aqueles pais que sonham com uma educação de QUALIDADEpara a sua prole ,podem ter a certeza, estão vibrando à favor de nossa luta.Claro que como todos NÓS GREVISTAS,almejando um FINAL RÁPIDO, porém,FELIZ para NÓS -os politizados !!!!!!!!!Pensamentos positivos é muito bom .Vejam bem- pensamentos todos nós possuímos.Gastamos energia para elaborarmos,podemos então emitirmos pensamentos POSSITIVOS.O pensamento é um recurso que utilizamos para criar,agir...È a nossa matéria- prima.O néctar também é uma matéria-prima e-vejam bem -as abelhas utilizam dele e produzem o mel, enquanto as vespas utilizam dele (néctar) e produzem veneno.VAMOS DE PENSAMENTOS POSITIVOS LUTAR CONTRA ESSE"PROJETO DE GOVERNADOR"GREEEEEEEEEEEEEEEEEEEve e com o nosso FINAL FELIZ !!!!!Sentar a PUA neles!!!!!!!!Negativos são eles ,JESUS O Mestre dos mestres sempre foi Confiante.

    ResponderExcluir
  145. Muito bom o vídeo!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  146. Acho que:

    PARTE 1


    O governo deve ter pedido ao MP para insinuar a ilegalidade da greve, mas, o MP sabendo que não poderia deixar a lei do piso de fora da "paulada"
    propos ficar cegos aos episódios, ai o governo disse entao: fica quietinho pois vamos vencer pela insistencia.
    O tribunal de Justiça, por sua vez, falou para o governo assim: não deixa o MP provocar que nós, se não for assim aí então, não poderemos deixar de fora a legalidade de uma lei federal e teremos que cobrar aquilo que o ser governador(a) saube nos primeiros dias de faculdade, que nós vivemos num estado democratico de direito. Então o governador(a) falou: vamos ficar quietinhos, pois se eu fingir que a coisa não é comigo vcs dois (MP e TJMG) podem fingir que não ta acontecendo nada de errado.
    Aí, os Juízes e Promotores decidiram ficar assim como se fossem "amebas" e o pior, desconhecedores do próprio Direito!

    Vcs, leitores, podem estar pensando o seguinte: Este escritor está contando uma piada, que legal! Mas, a verdade é essa, e mais ainda; parece que o silencio vai durar até esse projeto do subsídio ser aprovado pela assembleia, sabem por quê? Por que cada questionamento que se fizerem a respeito do plano de carreira o governador(a) vai apresentar este e não aquele (leis 2004 e 2005)e continuará mentindo para a sociedade, o que pra ele interessa demais.
    Agora como nós podemos quebrar essa barreira? Penso o seguinte: 1)Temos que endurecer nossos soldados. Não pude participar da assembleia por motivos pessoais, mas até agora não vi ninguém falar que foi passados todos aqueles vídeos que vimos e comentamos aqui, pois existe ainda colegas combatentes que não sabem da existencia daqueles vídeos tão pouco de internet e redes sociais, ficam só esperando notícias contadas por outras pessoas. 2) Ir a Brasília por ir, não funciona. Temos a obrigação de fazer acampamento lá na frente do STF, que fossem dois ou três dias com muita cantoria, barulho e faixas de ordem com dizeres do tipo, A DEMOCRACIA ESTÁ INDO PELO RALO ou STF, MINAS NÃO TE OBEDECE ou É DEUS NO CÉU E JOAQUIM BARBOSA NA TERRA SÓ ELE SALVA, etc (tenho certeza que o NDG sabe mais do que eu). Pra parecer mais ainda se tiver lá 300 pessoas cada uma com aquela barraca pequena montada, vai parecer que tem um batalhao de gente!

    ResponderExcluir
  147. PARTE 2

    3) O governador(a), ("adoro se (a)"), não vai mover uma palha para aplicar a lei federal, acho que se agente fizesse uma caça ao MINISTRO DA EDUCAÇÃO, cercando ele, indo atras do LULA teríamos mais notoriedade no cenario nacional.("professores de minas não deixam LULA em paz") Pra quem não sabe ainda Lula continua mandando no país. (bão pra nóis)
    4) Temos que fazer coisas mais radicais, tipo queimar na praça da liberdade alguns bonecos (simbólicos e não de verdade) de políticos que vão contra a educação nesse pais, dai tem uma enorme lista.
    5) Colocar o AÉCIO pra puxar nossa próxima caminhada pelo centro da cidade. (imaginem só um trio elétrico com aquele sonzaço tocando músicas da epoca da ditadura, misturando ,de vez enquando com axe, sertanejo, palavras de ordem, e o mais importante: um telao mostrando o Aécio falar do plano de carreira bem alto pra todo mundo escutar.
    6) Vamos largar de pensar em efeito jurídico de mostrar ou nao Aécim, vamos gastar o dinheiro do sindicato com foguetorio, trio eletrico (da bahia), pois não vamos pagar qualquer indenização, as multas pela ilegalidade da greve, se vier, também não vamos pagar, que fechem a pessoa juridica do sindute, mas vamos arrebentar AGORA pois em outro momento será tarde.(DEPOIS A GENTE MONTA OUTRA PESSOA JURÍDICA, no brasil pode!).
    7) Pessoal, parece até que estou louco, mas a verdade é que EU TO MALUCO e quero meu piso, basta lembrar como foi os fatos históricos que nos levaram a democracia de hoje, muito barulho, muito enfrentamento, muito de tudo mesmo.
    Pra concluir peço desculpas por não poder doar mais de mim para o movimento, apenas to apostando que esses professores de hoje que estão NDG são gente que faz a diferença, tanto em sala de aula quanto fora dela, e podem ter certeza que Minas Gerais se dividem a partir de hoje em duas, uma Antes de Vcs e outra Depois de Vcs.

    Abraços,..........Tenham Fé:

    “Pois deveras eu vos digo: Se tiverdes fé do tamanho dum grão de mostarda, direis a este monte: ‘Transfere-te daqui para lá’, e ele se transferirá, e nada vos será impossível.” MATEUS 17:20

    ResponderExcluir
  148. Euler
    Veja o site da educação:
    Consulta ao novo posicionamento da remuneração por subsídio já pode ser realizada.
    Já estão simulando o reposicionamento de quem optar,optou, ou não teve escolha, pelo subsídio.Você sabe que não fiquei nem curiosa para SIMULAR NADA? Quero o PISO!
    Todos pelo PISO!!!

    ResponderExcluir
  149. Olha as perguntas que todos querem fazer sobre nosso piso!

    http://comentaminas.blogspot.com/2011_09_01_archive.html

    ResponderExcluir
  150. Já está no site da SEE uma simulação para quem quiser optar pelo suicdio. Uma vergonha. Sou aposentada e o meu meu salário mudou pouquíssimo. Se eles acham que com essa simulação vou voltar para o subsídio estão muito enganados.Cambada de covardes.
    estão subestimando a inteligência dos professores.
    Força na luta. Se estivesse na ativa estaria com vocês. Mas estão sempre nas minhas orações.
    Izaura

    ResponderExcluir
  151. "Exclusivo:Governador diz ao Ministro da Educação que vai pagar o Piso Salarial
    Segundo informações recebidas,o Governador Antônio Augusto Anastasia conversou com o Ministro da Educação Fernando Haddad,e nessa conversa o Governador Mineiro disse que ele vai pagar o Piso Salarial dos Professores.Essa informações não podem ser afirmadas,mais se essas informações estiverem corretas a Greve dos professores que já dura há 86 dias ela pode acabar. "

    FONTE: http://comentaminas.blogspot.com/2011/09/exclusivogovernador-diz-ao-ministro-da.html

    seráááááááááááááááááááá´!!!só vendo!!!

    ResponderExcluir
  152. Uai...gente! Ele agora falou pro ministro?
    Deve ser o que já falou pra gente também:R$712,20 pra todo mundo. É piso ,não e´?

    ResponderExcluir
  153. É preciso muito cuidado com essas informações, pois é uma tentativa de sair do foco, maquiar alguns procedimentos, além de fazerem as pessoas relaxarem nas suas reivindicações. Essas notícias vazias plantads por alguns têm seus objetivos, por isso devemos não disseminá-las.

    ResponderExcluir
  154. Nós já saimos da infância faz tempo, por isso não dá para ficarmos acreditando em histórias de faz-de-conta.

    ResponderExcluir
  155. MANDEI E-MAIL PARA TODOS OS DEPUTADOS ESTADUAIS COM A SEGUINTE MENSAGEM:

    CAROS DEPUTADOS,

    NOSSA LUTA É PELO PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL. O PROJETO DO GOVERNO É UMA VERGONHA PARA A EDUCAÇÃO MINEIRA.

    OS DEPUTADOS QUE NOS APOIAREM PODEM TER CERTEZA QUE TERÃO SEUS NOMES LEMBRADOS NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES. INCLUSIVE É BOM LEMBRÁ-LOS QUE SOMOS FORMADORES DE OPINIÃO E TRABALHAMOS COM MILHARES DE NOVOS ELEITORES QUE ESTARÃO EXERCENDO SEU DIREITO DE VOTO NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES ESTADUAIS!
    ISSO SIGNIFICA PARA VOCÊS, CAROS REPRESENTANTES DO POVO, QUE TERÃO MAIS (OU MENOS) VOTOS . DEPENDERÁ DA ESCOLHA DE CADA UM DE VOCÊS!
    BASTA NOS APOIAREM E LUTAREM CONOSCO PELO PISO SALARIAL PROFISSIONAL DOS PROFESSORES EM MINAS GERAIS E NÃO PELO SUBSÍDIO!

    AGUARDO RETORNO

    DANIEL SILVA VIANA,
    PROFESSOR DA REDE ESTADUAL NA CIDADE DE BONFIM - MG

    ResponderExcluir
  156. Euler hoje na nossa escola um colega foi explicar sobre a aposentadoria, ai percebemos que as pessoas estão muito mal informadas sobre o assunto, a maioria não sabia que ao ir para o subsidio se tiver dois cargos do NSS elas irão aposentar apenas em um.
    Peço a você para colocar uma explicação no se blog de maneira bem clara para que todos do setor da educação possa ter acesso.
    Alguns casos que havia optado pelo subsidio ao saber dessa informação ficaram desesperados, já estão querendo saber se tem como voltar para o regime antigo.
    Por favor, coloque essa informação o mais rápido possível.

    ResponderExcluir
  157. Boa tarde pessoal do NDG.

    Nós somos exemplo de resistência, não apenas em Minas Gerais, mas em todo o Brasil. Se o (des)governador pensava que iria desestabilizar nossa greve procrastinando decisões óbvias, ele deve estar nesse momento apavorado. Nós do NDG, somos também ODR (ossos duro de roer). Ele que nos aguarde. Temos fôlego para muito mais.

    Via o NDG.
    Viva os ODR.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  158. Olá pessoal do combate, turma do NDG,

    Estou de saída agora, às 17h55, para mais uma reunião do comando local de greve. Volto mais tarde, mais ou menos às 20h, quando publicarei os comentários pendentes.

    Um forte abraço, força na luta e resistir até a nossa vitória!

    Hoje a noite quero escrever sobre a diferença entre subsídio e piso, tomando como exemplo três ou quatro casos concretos, que servirão de referência para toda a categoria.

    Sera possível assim, mais uma vez, visualizar o tamanho do confisco que o desgoverno mineiro quer nos impor.

    Até mais.

    ResponderExcluir
  159. Os trabalhadores em educação que foram hoje, dia 09.09.2011 em Raul Soares pedirem ao governador Anastasia o imediato cumprimento da lei 11.738/08 foi surpreendido com um enorme aparato policial e seguranças. O transito foi bloqueado a meio KM do local pela PM, depois próximo do local foi montado uma tenda onde todos eram obrigados a se identificarem para entrar, isto ainda na rua, onde ao mesmo tempo policiais e seguranças proibiram a entrada de qualquer cartaz ou algo que indicasse manifestação. Até mesmo camisas foram proibidas. O evento foi dentro de um ginásio, onde na entrada também havia revista. Uma colega de Manhuaçu foi retirada a força do local do evento, simplesmente porque vestia uma blusa do SindUTE por baixo da primeira camisa. Veja estas duas gravações feitas pelo celular, que postei:
    1) http://youtu.be/uecNzZ2FT0I
    2) http://youtu.be/8S_U6eviDpQ

    ResponderExcluir
  160. Caros guerreiros/as educadores em educação, a bíblia diz que o SENHOR JESUS guerreia por nós e eu creio nisso, com fé e esperança conseguiremos o nosso PISO SALARIAL PROFISSIONAL NACIONAL.
    PISO, PISO, PISO, ESSA É A NOSSA META!!!
    Walkíria

    ResponderExcluir
  161. Olá blogueiros da educação,
    acabei de chegar de uma reunião com o NDG em nossa cidade, meu Deus, que energia...Tinha representantes da Igreja, do sindicato, pais e alunos.
    Muito bem planejada, bem preparada, uso de telões, vídeos que recebemos. O nosso grupo se fortaleceu muito indo a BH, toda semana. Agora iremos às ruas da nossa cidade, falar a toda a comunidade.
    Que Deus continue nos abençoando, sempre.
    Força e fé!

    ResponderExcluir
  162. TioPaul e esposa,
    Tenha fé, Deus irá prover tudo de melhor para os seus bebezinhos. Deus é justo e fiel.
    Walkíria

    ResponderExcluir
  163. ÀS VEZES, ALGUÉM RESPONDE. VAMOS CONTINUAR ENCHENDO A CAIXA DE E-MAIL DELES, AMEAÇANDO MESMO DIVULGAR SEUS NOMES NUMA LISTA SUJA CHAMADA TRAIDORES DA EDUCAÇÃO.
    Rogério Trindade escreveu:

    Até quando os deputados desta casa, em sua maioria,continuarão ignorando os desmandos desse governador? Até quandocontinuarão sendo omissos e deixando os alunos sem aula? O nome de cadaum de vocês será colocado no devido lugar nas próximas eleições. Nossosalunos decorarão vossos nomes em nossas aulas, nem que tenhamos quecobrar nas avaliações. Coloquem a mão na consciência (quem tiver). Casonão a tenham, coloquem as mãos em vossos bolsos porque eles vão seesvaziar tal qual a água nos escapa entre as mãos. Vocês ainda têmtempo de entrar para a história de Minas como aqueles que ajudaram adefender a verdade. Caso contrário, entrarão para essa mesma históriamas com o estigma de VERDADEIROS TRAIDORES porque quem trai os menosfavorecidos só são dignos de pena ao queimar no fogo do inferno.

    Dep. Est. Ulysses Gomes para mim
    Prezado Rogério Trindade,
    O deputado Ulysses Gomes apoia o movimento dos professores mineirospela aplicação do piso nacional aqui em Minas
    Gerais e discorda da atitude do Governo de Minas que insiste em nãocumprir a Lei Federal do piso.

    Agora, o governador enviou Projeto de Lei para a Assembléia Legislativaadmitindo o piso proporcional para 24 horas como
    vencimento básico, o que consideramos já ser uma conquista do movimentodos professores. No entanto, na forma que foi enviado, o
    Projeto de Lei do governo não respeita a carreira do magistério, com oque não podemos concordar.

    O deputado Ulysses Gomes, em conjunto com a Bancada do PT, vaiapresentar emenda ao Projeto do Governador, com o objetivo de
    reconstituir a tabela da carreira, isto é, 3% de um grau para outro e22% entre um nível e outro da carreira.

    Sabemos o quanto a greve é prejudicial a todos, sobretudo aosestudantes mineiros e aos próprios professores.
    Por isso, o deputado Ulysses tem trabalhado arduamente peloentendimento das partes e a retomada do ano letivo.

    Atenciosamente,

    Mandato Parlamentar do Deputado Estadual Ulysses Gomes
    Fone: 31 - 2108 5855
    Fax: 31 - 2108 5859

    ResponderExcluir
  164. Caro Euler,

    O simulador com o posicionamento no subsídio estará disponível a partir do dia 13/09. Não vou nem tentar. Vai que é uma armadilha!

    Neurose de guerra.

    Força na Luta!

    Léia

    ResponderExcluir
  165. VAMOS BOMBARDEÁ-LOS. O DEPUTADO DE NOSSA REGIÃO JÁ ESTÁ SENDO CAÇADO.

    Prezado Deputado,

    Sou professor e pai de aluno da rede estadual. Estou sendo prejudicado duplamente pelo governo de Minas que não me oferece um salário digno e nem educação de qualidade para minha filha. Essa greve que se arrasta por quase 100 dias trará um prejuízo enorme na formação dela. Cada vez que o governo se apresenta, o faz para tentar detonar com nossa carreira. Esse projeto que foi enviado à Assembleia não nos interessa. Queremos que seja respeitado as mudanças de níveis de acordo com nosso plano de carreira que foi votado inclusive por muitos dos senhores. É correto um professor com pós-graduação receber a mesma remuneração que um que tem apenas o ensino médio? Vocês sabem que não. Por isso, pedimos que não votem tal projeto, pois ele acaba com nossa carreira. No caso do governador, ele já queimou seu filme com a população. Salvem a vossa pele e procurem uma saída honrosa, respeitando os educadores. Nossa classe é muito grande e agora acordou, enxergando a necessidade de darmos formação política para nossos alunos. Sairemos dessa greve mais fortes e prontos para ajudar ou impedir a eleição daqueles que se colocam contra nós. Não vamos lutar por m partido em especial, mas por aqueles que cumprirem o seu dever de zelar pelo bem da população. Saberemos usar o que temos de mais forte hoje que são as redes sociais, através das quais nos mantemos em constante comunicação com nossos alunos. No caso daqueles que votarem contra nós, faremos o possível para que em cada poste de cada esquina das cidades nas quais possuem base eleitoral haja um cartaz denunciando-o à população como TRAIDORES DA EDUCAÇÃO E DO POVO e como CO-RESPONSÁVEIS pela maior greve que Minas já teve.

    Contando com a consciência de todos,

    Rogério Trindade - Curvelo

    ResponderExcluir
  166. Oi Euler e pessoal, acabei de ler no site da Beatriz um comentário interessante: " Beatriz, hoje na escola em que trabalho chegou um e-mail dizendo que os professores que não aderiram a greva vão receber o equivalente a um cargo de extensão como prêmio, isso é uma covardia, imoral, vergonhoso para ele que dá e para quem recebe". Será que isso é verdade? O governo está contanto mesmo com a desunião da classe. Está igual a carta enviada para os efetivados sobre seus direitos em relação aos efeitvos. Mas essa não convenceu ninguém. Mais alguém ouviu sobre isso? Um abraço, Paula.

    ResponderExcluir
  167. BLOG DO LULA/
    AMIGOS DO PRESIDENTE/
    LIVRO DE VISITAS

    ResponderExcluir
  168. Olá Euler e colegas de luta.
    Sou professora e mãe de quatro alunos de escola pública,quero parabenizar todos os guerreiros que não desanimam nunca e quero dizer para aqueles que estão endividados por falta de pagamento que não se apavorem, vocês não estão sozinhos , tenham fé em Deus que tudo dará certo.Quero para meus filhos uma educação de qualidade pois eu os amo muito. Quero dizer aos pais e alunos que também acessam esse ótimo blog que quem não gosta de nossos filhos e de vocês alunos é essa corja que se dizem políticos honestos.Onde já se viu, sermos tratados com descaso.Continuemos nossa luta, não vamos recuar.

    ResponderExcluir
  169. Silvio - Geografia9 de setembro de 2011 19:25

    Caro Euler, mais uma vez parabéns por suas postagens de extrema clareza! Uma dúvida me importuna: se o subsídio for implantado, o plano de carreira antigo se extingue, ou o subsídio é apenas para àqueles que optaram por ele ou foram "empurrados"?
    Se nós somos 400 mil educadores e entre esses, 150 mil estão no antigo sistema, o governo então espera apenas que a lei do subsídio seja aprovada e aplicada aos 250 mil que "ficaram", assim o pagamento do piso aplicar-se-ia aos demais (150 mil) apenas?

    ResponderExcluir
  170. Vejam a carta de uma professora do municipio de Santa Bárbara que não está em greve,e que ás vezes para as suas atividades nos dias de assembleia em BH.Esta professora teve a cara de pau de pedir a única colega que está em greve para divulgá-la.
    TONELADAS DE OLEO DE PEROBA NELA...................

    DESABAFO DE UMA PROFESSORA

    Aos mineiros, saliento que a maior parte das escolas do nosso Estado só está de portas abertas porque a primeira punição para nossa classe é sempre o corte no pagamento, mesmo tendo direito a greve, a maioria gostaria de estar nesta luta, mas pagamos aluguel, sustentamos nossos filhos, somos arrimo de família e com o que recebemos não temos como ter dinheiro guardado, precisamos e dependemos desse salário. Gostaria de lembrá-los, que por mais brilhantes ou humildes que sejam já passaram por uma sala de aula e com certeza os problemas eram parecidos porque a educação nunca foi prioridade ou tratada com respeito nesse estado. O mais lamentável é saber que o salário de Deputados, Senadores etc. conseguem ter votação em vinte minutinhos.
    Aos pais de alunos só posso afirmar que, aqueles que sempre estão na escola, que se preocupam com a educação de seus filhos (NÃO SÓ COM AS NOTAS, COMO COM O SEU COMPORTAMENTO), que participam das reuniões pedagógicas ou buscam saber das mesmas, com certeza estão nos apoiando , esses sabem da luta dos educadores. Já aqueles que não sabem o que acontece com seus filhos durante duzentos dias letivos, que nunca comparece a escola nem telefonam, que nos param na rua para dizer que não agüentam mais os filhos em casa, que nos criticam dizendo por que não trocamos de profissão, gostaria de lembrá-los que são pelos seus também que buscamos uma escola de qualidade e que somos professores por opção, que seu desinteresse e indiferença são refletidos pelos seus filhos nas salas de aula. Parte do nosso tempo é usado para manter a disciplina, o respeito e a falta de interesse.
    Aos colegas de profissão posso garantir que somos guerreiros e muitos. Podemos fazer a diferença em 2012, quando os políticos invadirem a nossa casa em programas eleitorais alegando que o profissional da educação tem que ser valorizado. Vamos perguntá-los onde estavam nestes quase noventa dias de greve, que não apareceram nem se mobilizaram para nos dar apoio (com raras exceções é claro), e dar a resposta nas urnas.
    Ao Governador eu desejo sinceramente longos vinte e cinco anos dentro de uma sala de aula, nas nossas condições, e uma aposentadoria com o valor que ele chama de justo (mil e poucos reais). Gostaria de ver o que ele faria com isso! Afinal ele é professor
    QUE PAÍS É ESSE????????

    ResponderExcluir
  171. Olá Euler e blogueiros!

    Os servidores do Sistema Estadual de Meio Ambiente - SISEMA, fizeram uma manifestação na semana passada em Bhte. Esse orgao é responsável pelas lincenças ambientais de mineradoras como a VALE.

    Como todos sabem, as mineradoras bancam campanhas eleitorais país afora e a pressão destas para que o Governo Anastazista atenda as reivindicações dos servidores do SISEMA é grande. Sem licença ambiental, várias mineradoras ficam "engessadas" o que leva a perda de milhões de dólares.

    O SINDUTE precisa acompanhar essa negociação. Aumento salarial para outras categorias derruba de uma vez por todas o discurso da LRF.

    E mais, o diretor do Sindicato dos policiais Civis de Minas Gerais - SINDPOL disse em alto em bom som que daria um prazo de 2 meses para o Governo apresentar proposta salarial para categoria. Se não fossem atendidos a greve seria 100% em todo Estado. E é aí que mora o perigo! JÁ IMAGINARAM A UNIÃO DO MAGISTÉRIO E POLICIAIS CIVIS? Queria ver a força do Estado contra essas duas categorias que históricamente são deixadas de lado quando se trata de reconhecimento e valorização profissional.

    Portanto, preparem-se! O quiprocó está próximo!

    O que mais gosto nessas assembleias é ver aqueles bonecos de preto da segurança da ALMG passando mensagens entre eles com medo do levante. E o serviço de intelejumencia do Estado nos seguindo? kkk...

    Por fim, grande abraço as meninas do NDG de Almenara (Josymeire e cia). Todos firmes e de pé!

    ResponderExcluir
  172. Caro companheiro Euler.Hoje, em mais uma reunião com os meus colegas em greve da minha cidade,acabei comprovando algo que mostra o confisco que o desgovernador quer fazer com o servidor publico:Ao visitar a Caixa Economica para fazer um empréstimo com um contra-cheque do subsidio ,o atendente disse para ela que sua proposta não poderia ser atendida pois,pelo seu contracheque ela não demonstrava garntia de estabilidade.Isso é mais uma prova de que otrio malvadeza quer fazer com nossas garantias constitucionais .

    ResponderExcluir
  173. SURPRESA!

    Vamos combinar uma grande surpresa para os deputados.
    Vamos enviar muitas, centenas, milhares de mensagens para a lista de e-mails dos deputados, neste final de semana.

    Na segunda-feira eles perceberão o tamanho da nossa surpresa.

    todos combinados(as)?

    ResponderExcluir
  174. Euler e demais professores:
    Boa noite! Vocês notaram que a Rede Globo voltou a colocar aquela musiquinha de valorização do professor toda hora? Será que nossa greve já começa a ter voz no Brasil? Abraços Maria Elaine

    ResponderExcluir
  175. Boa noite novamente.
    Esqueci de falar que lendo o site do Sindicato pude perceber que houve muitas contratações para o 3 ano. Será que não tem como avisarmos estes ditos "engenheiros" "estudantes de fisioterapia", etc que estão dando aula, para juntar, apoiar a greve? Quanto mais pessoas forem substituindo ( com autorização do MEC) os grevistas mais força vai tirando do movimento. Estou certa? Muito obrigada Maria Elaine

    ResponderExcluir
  176. Boa noite a todos!
    NDG
    (Núcleo Duro da Greve)

    Parabéns a todos NÓS !!!

    Vamos juntos vencer esse governo ditador.

    Só voltamos para a escola com o NOSSO PISO.

    Abraço!

    Gleiferson Crow
    LEIA: o Jornal do José Elias Issa
    http://leiajeissaeemg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  177. COMPROMISSO // COMPROMISSO

    Vamos lá, pessoal!

    Analisem e vamos para a ação,

    Se somamos 3.000 professores internautas e enviarmos 10 mensagens por dia à lista de E-mails dos deputados, serão no total 30.000 E-mails recebidos por dia para cada deputado.
    (Montem uma mensagem simples e objetiva)

    Vamos firmar este compromisso.

    Precisamos mostrar aos deputados que os professores estão mobilizados, até a vitória final.

    Se alguém puder mandar mais, que o faça, quanto mais melhor.

    Comecemos imediatamente.
    Vamos cumprir nossa tarefa, diariamente.

    FIRMES NA LUTA, COMPANHEIRAS(OS).

    COM DEUS, VENCEREMOS.

    ResponderExcluir
  178. Esse Cleiton tá viajando, mas gostei de tudo que ele disse, posto que o "jogo" é bem assim mesmo. Já postei alguns comentários sobre esta questão: Para o governo isso é um JOGO, apenas um jogo e vencerá o mais perspicáz, diante desta conjuntura que mais parece cena de novela, aquelas inacreditáveis, que você fala "só novela mesmo pra apresentar uma palhaçada destas". Pois é, já nos surpreendemos com tantas sandices deste desgoverno que agora o LANCe é meio caricato mesmo, visto que tem uma porrada de "Nego" aí que tá só esperando "na boa", sem lutar, sem fazer greve, sem contribuir com comentários aqui e em outros espaços, sem nada, querendo somente lucrar com o sangue e o suor dos outros que dão a cara a tapa. Por outro lado, na maior cara de pau um monte de deputados, que devem estar com o "C" na mão, com medo de ser queimado pelo movimento dos educadores. Agora, queridos amigos, entramos no jogo e fuck of!! O jogo é de quem sabe jogar e este núcleo, do qual faço parte desde o início do blog é para os grandes de alma e de coração. Se este grupo que ocupa o poder (provisoriamente) pensa que manipula tudo, se fudeu diante da disposição que tenho visto nos meus colegas e amigos. Basta que tenhamos paciência, jogo é assim, tem que cuidar do ataque, da defesa eprincipalmente do "meio campo".
    *PS não quiz fazer qualquer alusão ao futebol,
    pois esta história de copa tá ferrando a gente.
    Abraços....

    ResponderExcluir
  179. Imperdível:

    Pronunciamentos do governador sobre a greve:

    http://www.youtube.com/watch?v=Oak1rMw4dy0&NR=1

    http://www.youtube.com/watch?v=jGQ2U2JUsPk&NR=1

    Seria engraçado se não fosse trágico!

    ResponderExcluir
  180. Parabéns Tio Paul, pelos gêmeos. Isso sim. é uma boa notícia. Tenho certeza que as crianças viverão numa Minas bem mais democrática e justa que esta de hoje. Parabéns aos pais.

    ResponderExcluir
  181. Caro Euler - Serei breve:

    Temos que atingir a opinião publica cada vez mais então sugiro caso você ache bom, nas assembleias e outros momentos mostrar a demagogia dos politicos com os videos abaixo somados as fotos da PM reprimindo com gás os professores.

    http://www.youtube.com/watch?v=sw3xO_rfFb0

    http://www.youtube.com/watch?v=7lBWfCl9fIg

    Já Somos vencedores só em resistir:

    FORÇA - AINDA TEMOS MUITA PARA LUTAR...

    ResponderExcluir
  182. Quanta falta de respeito à autonomia de um poder . Legislativo , Executivo e Judiciário são aqui , em MG , um único poder .O Projeto de Lei do Novo Subsídio mal chegou à ALMG e a SEE já coloca à disposição a consulta do novo reposicionamento , certa de que o projeto original será aprovado sem emendas .
    Depois se chamarem a ALMG de Assembleia Homologativa , os deputados da casa não poderão reclamar .
    A ALMG está agora na berlinda , como se diz aqui , com a batata quente na mão . Os deputados têm a oportunidade de mostrar agora que a casa é autônoma e que vota de acordo com a vontade do povo .Em 2012 tem eleições municipais e todos eles querem manter ou retomar prefeituras para formar seu curral eleitoral. Nossa memória não é curta .
    Quem viver verá .

    ResponderExcluir
  183. Euler,

    Leia esta matéria a respeito de nossa greve, creio que ela nos dá projeção internacional, pois o site é descrito como "portal anticapitalista da Galiza e os países lusófonos". Eis o endereço: http://www.diarioliberdade.org/index.php?option=com_content&view=article&id=19389:tucanos-de-mg-espionam-professores-grevistas&catid=63:repressom-e-direitos-humanos&Itemid=78

    Educadora em Luta

    ResponderExcluir
  184. Euler e demais colegas, já havia comentado aqui antes e com o passar do tempo, meu temor vai aumentando. O governo já mostrou que está pouco se lixando pra categoria, para os alunos, para o calendário escolar, para as leis, para a sociedade..etc.

    Pergunto: a greve por tempo indeterminado se durar mais 3 meses, será que os professores aguentarão? Não digo os do NDG, e sim o professor mais fragilizado financeiramente e psicologicamente!

    Creio que seja hora de começarmos a elaborarmos planos B, C e D, pois é nosso salário que está sendo cortado, o do governador e suas secretárias, estão com o pagamento em dia, com mordomias e regalias!

    ResponderExcluir
  185. Pessoal, vejam esta notícia. E nós brigando por um piso miserável. Acho que esta nossa briga deveria ser nacional. Deveríamos lutar por um Brasil melhor e sem políticos corruptos e interesseiros.

    TRF libera pagamento de supersalários também na Câmara
    O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), Olindo Menezes, liberou o pagamento de salários acima do teto constitucional - R$ 26.723,13 mensais - a servidores da Câmara. Ele acatou recurso da União e suspendeu uma liminar da 9ª Vara da Justiça Federal do DF que proibia os supersalários. A decisão é da última segunda-feira, mas foi publicada no Diário da Justiça Federal da Primeira Região apenas nesta sexta-feira (09).

    Que vergonha desse País... Paula

    ResponderExcluir
  186. Euler, adorei o filme. Como conseguiu filmar esta reunião secreta, que aconteceu logo após a nossa assembleia???
    Onde está Aécio para explicar que prometeu piso, plano de carreira digno, aplicação do piso e tantas outras coisas? MENTIU DE NOVO!!!
    ABC

    ResponderExcluir
  187. Boa noite guerreiras(os).

    GRANDE EULER, a jogado do governo hoje,foi confudir os companheiros com tanto divulgação na midia comprada.Ora,qualquer um sabe que existe a remuneração por subsidio,não precisa de parecer da AGU para saber disto.Agora esta anomália que o desgoverno de minas criou e chama de subsidio é que é questionável.Onde já se viu,incluir neste sistema,vale transporte,vale alimentação,beneficios estipulados por lei.Seria de bom tamanho,pesquisar os profissionais que recebem por este sistema em minas,e ver se eles recebem diarias(alimentação e transporte), que é muito comum no alto escalão,ou qualquer outro beneficio,que nos é roubado.Companheiros é muita pretenção desde desgoverno achar que criou o suicidio,o máximo que esta corja consegue é plagiar o que existe.
    CEM DIAS,SEM PISO É GREVE É GREVE É GREVE!!!!!!!!

    Até a vitória,moçada que só me da orgulho.
    José Henrique

    ResponderExcluir
  188. Boa noite amigos do NDG e, em especial, ao amigo Euler.

    VERGONHA NACIONAL!!

    Leiam:

    estadao.com.br, Atualizado: 9/9/2011 18:47
    TRF libera salários acima do teto do funcionalismo na Câmara
    O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, Olindo Menezes, suspendeu nesta sexta-feira, 9, a liminar que impedia o pagamento de salários acima do teto constitucional de R$ 26,7 mil para servidores da Câmara dos Deputados. A decisão, anunciada na última segunda-feira, 5, foi publicada na edição desta sexta-feira do Diário da Justiça, passando a valer a partir de hoje.
    No texto de nove páginas, o presidente do TRF indica que a decisão da Justiça Federal de Brasília, que barrou o pagamento dos supersalários em julho do ano passado, foi 'apressada' e não respeita a separação entre os três poderes. Segundo Menezes, ao barrar o pagamento dos acima do teto do funcionalismo, a Justiça 'atenta claramente contra a ordem pública, nela incluída a ordem administrativa, no ponto em que põe em xeque o normal funcionamento dos serviços públicos da Câmara dos Deputados'.
    O presidente do TRF ressalta que a ação ainda deve ser julgada em definitivo e que sua decisão, ao permitir o pagamento dos supersalários, visa 'preservar a ordem pública administrativa da Câmara dos Deputados, até que se torne definitivo o julgamento'.
    Em agosto, a desembargadora Mônica Sifuentes havia rejeitado um recurso da União contra uma decisão judicial que já tinha vedado os supersalários. No recurso, a União pedia que ficassem fora do teto os valores referentes a horas extras. A desembargadora entendeu que os servidores podem receber hora extra desde que o total não seja superior aos R$ 26,7 mil.


    http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/trf-libera-sal%C3%A1rios-acima-do-teto-do-funcionalismo-na-c%C3%A2mara

    MEU DEUS, SÓ O SENHOR PARA NOS SOCORRER.

    NÃO DESANIMEMOS AMIGOS DO NDG, AFINAL, SOMOS TAMBÉM ODR (OSSOS DUROS DE ROER).

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  189. Se não temos copiadora nos viramos com o mimeógrafo. Sempre foi assim, se a mídia está do lado do governo e afirma que estamos "exigindo" um piso de R$1597,00(o que seria certamente o mínimo para valorizar a nossa digna profissão), mas abrimos mão desse valor para R$712,00 desde mantendo o nosso plano de carreira e outras vantagens como biênios, quinquênios,etc. Vamos publicar essa tabela e mostrar em outdoors, panfletos, etc. e mostrar para a população que os valores são mínimos e que a terceira maior economia, o estado do Tutu, tem condição de pagar ou não faríamos uma greve de mais de noventa dias com tanta repressão se estivessemos pedindo algo absurdo.

    ResponderExcluir
  190. Olá, Euler

    O nome da nossa colega do NDG de Jacinto (Subsede Almenara) é Sandra Menezes, que gentilmente disponibiliza seu carro para fazermos visitas nas escolas das cidades circunvizinhas aumentando assim a adesão ao nosso movimento.

    Pra você ter uma idéia, chegamos em casa hoje às 11:30 da manhã devido a problemas com o ônibus que nos trazia, mas continuamos firmes.

    Foi uma imensa satisfação ter alguns minutos de conversa com você e o Flávio, pessoas que nos motivam a lutar cada vez mais por um direito que é de todos os educadores mineiros.

    Bela reflexão a de hoje, temos que ir até o fim, pois tudo o que temos passado e ouvido só nos fortalece mais!

    Um grande abraço a você e ao Flávio e que Deus continue nos abençoando cada vez mais.

    Josy - Jacinto Subsede Almenara

    "Cada um de nós se coloque nas mãos do Senhor, e não nas mãos dos homens, pois a misericórdia dEle é como a Sua grandeza"
    Eclesiástico 2,18

    ResponderExcluir
  191. Boa noite Euler.Sou professora de Espera Feliz e acabei de chegar da reunião com o NDG de nossa escola que, graças a Deus convenceu a maioria a continuar em greve.Durante a reunião ouvi um relato de uma colega que me chamou atenção,pois em meio a tantas desvantagens que o subsídio trouxe para a nossa carreira ela disse que ficou pasmada com o que aconteceu com uma amiga dela quando esta tentou pegar um empréstimo na Caixa Econômica Federal e o gerente pediu, além dos documentos pessoais, um contra cheque recente.Quando ele constatou que o pagamento era por subsídio ele não pode conceder o empréstimo porque ele disse que quem recebe por subsídio não tem vínculo empregatício com o estado que só poderia conceder o empréstimo se ela tivesse um plano de carreira.Se quiser,melhore este texto e inclua-o no que você vai fazer mostrando mais uma vez as desvantagens do subsídio. Um grande abraço e força na luta.

    ResponderExcluir
  192. Um abismo chama outro abismo a bíblia já diz isso. Todas as ilegalidades que a nossa categoria aceitou durante anos, estão visiveis agora. A ilegalidade dos efetivados, a falta de concurso durante anos, o subsídio e por fim o plano de carreira sendo desconsiderado.

    O grande problema da nossa categoria é quer dialogar com bandido, com bandido não se conversa, porque bandido não tem dó de ninguèm. O governo de Minas vem agindo desta forma, ele se acostumou durante anos a fazer isso com a gente. Tenho quase 15 anos de Estado, a lei é somente para os interesses do Estado.

    Vamos acordar minha gente, a culpa do que acontece hoje na educação é de todos nós que aceitamos isso durante anos.

    Como diz a Bíblia um abismo chama outro abismo, uma ilegalidade chama outra ilegalidade. Até quando vamos concordar com as maracutaias do PSDB ?

    ResponderExcluir
  193. Oi colegas de via crucis
    Se somos 153 mil optantes pelo modelo remuneratório antigo é justo imaginar que somos 153 mil professores em greve.Certo?(ou algo próximo a isso)
    Por que então,caríssimos, os nossos governantes insistem com aquele percentual meleca de profissionais fora da sala?
    Se mudamos é porque queremos o piso.Ora bolas!
    Esses manés acham que enganam a quem?

    ResponderExcluir
  194. Professor Euler,

    ANALISE COM CARINHO.

    Precisamos realmente levar esta greve para o conhecimento nacional.

    Faço a sugestão de que decisões sejam tomadas rapidamente.

    VAMOS À BRASÍLIA.

    Talvez o número de participantes desta caravana possa ser reduzido. Algo em torno de 400 pessoas, seriam 10 ônibus.
    Facilitaria a locomoção, a mobilidade e os custos, item para ser analisado.

    IMPORTANTÍSSIMO:

    Esta ação somente se justificaria se tivermos uma agenda de visitas para a coordenadora geral da Sind UTE,a Bestriz, juntamente com autoridades de se dispuserem em acompanhá-la em Brasília.

    Esta caravana serviria de apoio à coordenadora do Sind UTE, em toda sua agenda em Brasília DF.
    Mostraríamos união, força e mobilização da categoria para todo o Brasil.

    Profeesor Euler, peço que avalie e leve esta ideia até a Beatriz.

    Os Deputados que nos apoiam, Estaduais e Federais, poderiam ajudar na formação desta agenda.

    Visitaríamos:

    - Secretaria Nacional dos Direitos Humnamos;
    - Comissões de Direito Humanos e de Educação d Câmara dos Deputados e do Senado Federal;
    - STF, principalmente ao gabinete do Ministro Joaquim Barbosa;
    - CNBB;
    - OAB nacional;
    - outros...
    (Em Brasília as coisas não funcionam plenamente nas segundas-feiras e nem nas sextas-ferias)

    OUTRA SUGESTÃO:
    A data seria terça-feira próxima dia 13/09/11, com saída na segunda-feira à noite do dia 12/09/11.

    Aguardo uma avaliação desta ideia pelo Professor Euler.

    ResponderExcluir
  195. Oi EULER
    Boa noite
    Sabemos que a democracia ateniense não era perfeita mas,o fato de ser direta causa inveja.A democracia representativa é um sonho louco de uma mente insana.Os políticos jamais nos representaram.O povo só é importante na hora do voto,o que aliás não sabe fazer como bem o disse Pelé.Quem colocou este louco no poder foi ingênuo ou muito desinformado.
    68% de votos para este ridículo,arrogante e déspota...só com muita anestesia no miolo.

    ResponderExcluir
  196. Queridos colegas, aqui na minha cidade somos pouco mais de 20 educadores na luta, mas estamos fortes e determinados, guiados por uma coragem que não imaginávamos ter e, sobretudo,por um sentimento de revolta diante do tratamento que a nossa categoria vem recebendo pelo governo.
    Há poucos minutos atrás, o Deputado Gilmar Machado, durante a inauguração de uma obra municipal aqui em Iturama, se manifestou acerca do nosso movimento. Em seu discurso, afirmou, veementemente, que o Governo Federal se dispõe, sim, a auxiliar o governo mineiro no pagamento do nosso piso, porém estabelece uma condição: O NOSSO PLANO DE CARREIRA TEM QUE SER CONSIDERADO, NÃO É JUSTO IGUALAR TODO MUNDO.
    O Deputado foi categórico, demonstrou que está a par do que vem acontecendo, enfatizou que o Governo Federal está do nosso lado...
    Em suma: parece que as especulações em torno desse Deputado se confirmam... E tudo isso não deixa de representar para nós uma luz no fim do túnel...
    Abraços e força para todos nós!

    ResponderExcluir
  197. Euler,rachei os bicos com esse vídeo do Hitler...uauhauhauh

    ResponderExcluir
  198. SURPRESA!

    Vamos combinar uma grande surpresa para os deputados.
    Vamos enviar muitas, centenas, milhares de mensagens para a lista de e-mails dos deputados, neste final de semana.

    Na segunda-feira eles perceberão o tamanho da nossa surpresa.

    todos combinados(as)?

    ResponderExcluir
  199. Companheiros:

    Sabemos que o Brasil e minas gerais recebe recursos destinado a educação do BID e outros órgãos internacionais.E a uns tempos atrás
    o Brasil vinha recebendo muita pressão desses órgãos porque a educação estava muito mal no país.Portanto o piso e bla,, bla,, bla,,foi por causa dessa pressões.Que tal se denunciarmos os descasos com a educação em minas a esses órgãos.E também aos órgãos internacionais de defesa da criança e adolescente o que esse ditador ta fazendo com essa crianças é algo irreparável .Pense bem se não temos apoio de órgãos nacionais temos que procura os órgãos internacionais , o que esse governador esta fazendo com nós e essas crianças é uma verdadeira catástrofe.Vamos denunciá-lo também a imprensa internacional .Eles não devem nenhum favor a esse ditador e com certeza publicará na íntegra o que falarmos.Se esse ditador se acha maioral é bom ele saber que ta mexendo com a classe pensante desse país e isso não vai ficar barato ou ele nos paga o piso ou verá as consequências.Quem souber email desses órgãos ou jornais coloque aqui para que possamos denunciar( Se uma cabeça pensa ,duas pensam melhor)e somos mais de 153000 vamos unir forças e derrubar esse ditador.O mundo precisa saber disso.Lembrando:
    Onde está o dinheiro do pré sal que tanto foi falado que aplicaria na educação e saúde.Em minas também temos pré sal.Como anda o projeto de obtenção desse gás e aplicação desse dinheiro.Veja bem colegas, recurso é o que não falta .É pura covardia mesmo... jogo de poder de um ditador.Quem souber como comece já a denunciar internacionalmente esse ditador e suas comparsas.Alguém tem que ouvir a nossa vós.Tenho certeza que venceremos essa batalha.Aliás pagar o piso ganha todos nós.Só essa gorja de incompetente ainda não percebeu isso.

    ResponderExcluir
  200. Será que realmente existe algun poltítico ao nosso lado ?

    ResponderExcluir