segunda-feira, 14 de junho de 2010

Blog do Benny anuncia nova tabela de salários para Educação


Acabo de ler no Blog do Benny a nova tabela de salário e mudança de carreira anunciada pelo governador do estado Antonio Anastasia.

Como tenho que sair para lecionar voltarei mais tarde, após as 22h30m para comentar os dados. Aguardem.

Enquanto isso, leiam a notícia no Blog do Benny, clicando aqui.

10 comentários:

  1. MAIS UMA VEZ, PROMESSAS...E MAIS PROMESSAS.ELAS NÃO PAGAM OS EMPRESTIMOS CONTRAÍDOS NO BMG, NO ITAÚ E NO BANCO DO BRASIL PARA SOBREVIVER. SEM ESSA DE FUTURO, O MOMENTO É AGORA, SALARIO JÁ"

    ResponderExcluir
  2. Acabou de sair uma nota no site do Sind-UTE repudiando a atitude do governo em divulgar uma "nova política remuneratória". Concordo que ainda não está explícito se "promoção a cada cinco anos e progressão a cada dois anos" é retroativa aos anos já trabalhados. Mas no primeiro item, o sindicato colocou que a jornada de 30 horas será compulsória, o que no documento "oficial" diz que será opcional.
    Dá uma analisada para nós, Euler, você que sabe ler mais nas entrelinhas que a gente.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Esse governo, mais uma vez, tenta dar um jeitinho de nos levar na bicaria... E leiam no site da educação!!! Dizem que já estavam estudando há sete anos esta nossa valorização...
    Eu não sei se choro por ser consciente ou se choro de raiva por ter que ouvir mais essas mentiras... Gente, até quando teremos que ensinar nossos alunos a lutarem pelos seus direitos e sermos trucidadas quando ousamos lutar pelos nossos?

    ResponderExcluir
  4. Marta Silva Menezes Dutra14 de junho de 2010 23:06

    Pelo que pude entender, acabam-se todas as vantagens adquiridas ao longo da carreira( no meu caso 31 anos).Aproveita-se para promoção/progressão apenas o tempo "efetivamente exercido".Como tive que desligar de um cargo para o qual se exigia ser professor efetivo,( e depois passaram o tal cargo para administrativo;fiz concurso e fui nomeada novamente. Só contam como tempo efetivo o tempo depois da minha segunda nomeação. Logo...31 anos jogado no lixo???? Profesor de carreira é desprezado...Boa a lei para os novatos que talvez queiram colocar no lugar dos possíveis grevistas...Para nós, com experiência, dedicação, esforço ao longo de quase uma vida...NADA...

    ResponderExcluir
  5. Euler, meu caro, naõ sei o que você achou mas eu estou de "queixo" com a cara de pau deste tal Anastasista.

    Meu Deus!!!! Acende as luzes das lamparinas do juízo deste que se diz governador!!!!....

    Professores,colegas de trabalho, com esta proposta,acabam as vantagens adquiridas com muita luta daqueles que nos antecederam ao longo dos anos como:pó de giz, biênios,e quinquênios!

    Será que o governador Anastasia está achando que vai conseguir iludir a categoria com esta proposta ridicula.

    Ele mudou a lei federal,passando o piso para teto.

    É um absurdo iludir a população com esta tabela enxuta!!! Quem vê e não está na área está achando que ganharemos muito bem....

    E olha que não estou nem falando no fato de ser para março de 2011, pois não quero isto nem para agora....

    Queremos estes valores como sendo PISO BÁSICO,isto é: O INÍCIO DE CARREIRA , acrescidos das vantagens adquiridads por lei,que não podem ser despresadas como já citeiE VOU REPETIR: "PÓ DE GIZ", BIÊNIOS (que para os novatos já não existem mais...) e QUINQUÊNIOS.

    É um ABSURDO ELES MENOSPRESAREM NOSSA CAPACIDADE DE ENTENDIMENTO!!!!

    PARA MIM, ESTA PROPOSTA É SIMPLESMENTE INDECENTE!!!!

    NÃO VAMOS ACEITAR ESTA HIPOCRISIA ...

    TEM QUE SER FUNDAMENTADA NESTES VALORES, PORÉM, CONSERVANDO OS DIREITOS ADQUIRIDOS , SAI FORA, OS ABONOS, VTP, ISTO SIM NÃO NOS INTERESSA.
    MAS AS DEMAIS VANTAGENS FORAM CONQUISTAS DA CATEGORIA A DURAS BATALHAS E NÃO SERÁ NOSSA GERAÇÃO QUE DEIXARÁ SE LEVAR PELO ILUSÃO E EXTINGUI-LAS.

    ESTA É MINHA OPINIÃO.

    NINGUÉM COMENTOU NADA CONTRA ELA NO BLOG DO BENNY, ACHO QUE NÃO DEVE SER PROFESSOR?!?!?!??!?

    ResponderExcluir
  6. "De acordo com a secretária de Educação, Vanessa Guimarães, o reajuste decresce para os professores de maior salário e em alguns casos chegará a 5%. Em 2010, os professores tiveram reajuste linear de 10%, o mesmo concedido a todos os servidores estaduais."
    Quanto mais tempo vc trabalhar...menos vc receberá...Se vc tem muito tempo de serviço, mais diplomas, especializações...merece ter salário diminuído...ISSO QUE É INCENTIVO....

    ResponderExcluir
  7. Cristina,

    Eu, como fiel seguidora do Euler, fui lá dá uma lida no Blog do Benny.

    Concordo com você.Aqueles comentários não são de profissionais da educação, com toda certeza.

    Além da figura ter desprezado e quebrado um acordo, ele nos trata com débeis ou quaisquer coisa parecido.

    Tá na cara que isso é campanha eleitoreira. Informa a sociedade através de meias verdades (afinal eles são especialista no ato de mentir, omitir, iludir enganar...), pois com certeza já perceberam que o SINDUTE não vai ceder.

    Assim ele antecipa um proposta como sendo a proposta final, enganando os professores e demais servidores que não se informam adequadamente, colocando como uma proposta vantajosa, para no fim tirar a força do SINDUTE diante da categoria.

    Estou lá dia 17/06, pois a CAMPANHA SALARIAL é de 2010.

    Em 2011... é outra história... outro governador!

    ResponderExcluir
  8. JOÃO PAULO FERREIRA DE ASSIS15 de junho de 2010 00:31

    Se eu não me engano, (se estiver enganado, peço a algum colega melhor informado que haja a bondosa atitude de restabelecer a verdade), em 1986, Hélio Garcia veio com uma bicaria dessas para cima de nós, com tabela salarial e tudo o mais. Comprometeu-se para fazer o que a partir do ano seguinte seria da alçada de outro governador. Newton Cardoso foi eleito, e simplesmente NÃO A CUMPRIU. Fez pior, arrumou um pitbull dentro da Assembleia Legislativa que propôs uma lei especialmente contra o SIND-UTE. A lei passou com ampla maioria e Newtão sancionou-a. Não estranharia se descubrissem que Hélio Garcia aconselhou Newton Cardoso a não atender àquelas ''malcasadas''. É preciso um cuidado muito grande. Temos de analisar bem essas propostas, e se as acharmos convenientes, PRESSIONARMOS OS DEPUTADOS NA ASSEMBLEIA, POR OCASIÃO DE SE VOTAR O ORÇAMENTO PARA 2011, PARA QUE ASSEGUREM OS RECURSOS NECESSÁRIOS PARA O NOSSO PAGAMENTO. Também temos de ver que Anastasia está muito atrás nas pesquisas, e que talvez saiba da dificuldade em vencer as eleições, apesar do Aécio o apoiar. Outra coisa que temos de ver, é se Hélio Costa ganha, negociarmos com ele para que ele nos pague o PISO DE LEI.

    ResponderExcluir
  9. João Paulo Ferreira de Assis15 de junho de 2010 00:54

    Depois que enviei minha mensagem anterior, é que fui ler os comentários das companheiras Professoras Cristina Costa e Yvonne, e vi que a proposta traz em si um inconveniente gigantesco. Ela DESRESPEITA flagrantemente nossos DIREITOS ADQUIRIDOS. Portanto, a luta deve ainda maior. O pior de tudo é que temos um prazo exíguo, de menos de um mês. Os valores estão bons, mas nossos direitos adquiridos precisam ser preservados. É preciso de pensar naqueles professores que se sacrificaram estudando pós-graduações fora de casa, gastando o que não podiam. Lembro-me bem que fiz uma sacrificante pós-graduação na PUC-MG, de História do Brasil, (1992/94)e fui aluno da irmã do Anastasia e da mulher do Fernando Pimentel. Meu cargo era Geografia do Fundamental, e minhas aulas facultativas eram de História do Ensino Médio. A SRE de Barbacena me obrigou a assumir Geografia do Ensino Médio e tive o maior prejuízo, pois a pós-graduação deixou de ser paga. Fiz outra no Estado do RJ, em Valença(1996). Ia para Juiz de Fora na 6ª à noite, e sábado 6 horas da manhã, lá estava eu no Santa Cruz Shopping à espera do ônibus. E o cansaço das viagens? E a comida estragada? E quando a SEE-MG mandou reunir os professores de cada SRE em alguns pontos do Estado? Em 07/12/1996, lá estava eu outra vez, numa carroça que a SRE de Barbacena havia alugado para o evento em Muriaé. E o motorista que por imperícia se perdeu dentro de Cataguases, dando 12 voltas em torno da Praça da Matriz daquela cidade? Professor Euler queira desculpar-me a prolixidade, mas eu me exaltei. Essa proposta de não respeitar os direitos adquiridos teve a propriedade de tirar-me do sério. João Paulo Ferreira de Assis, Professor de História da EE Deputado Patrús de Sousa, Carandaí, SRE de Barbacena.

    ResponderExcluir
  10. Olá, pessoal (João Paulo, Denise, Yvone, Cristina, Marta, Circe, Paulo e Ercília),

    Desculpem por não ter respondido a cada um em especial. É o tempo arisco, como de costume, agora entre os compromissos com a escola e com a interpretação deste cotidiano dos planos do governo e das nossas reações.

    Mas, como disse em outra oportunidade, leio e saboreio cada palavra que vcs escrevem aqui. Mesmo quando não concordo com tudo, pois tenho profundo respeito pela opinião de vcs. E no geral estou de acordo com tudo o que vcs falam.

    Um forte abraço a todos/todas e até a assembléia do dia 17.

    Um abraço especial para minha amiga Cristina, brava lutadora, por quem eu cultivo enorme admiração.

    ResponderExcluir