terça-feira, 5 de julho de 2011

De Santa Catarina a Minas Gerais, passando por todo o Brasil: até quando vão nos enrolar?




De Santa Catarina a Minas Gerais, passando por todo o Brasil: até quando vão nos enrolar?

Os colegas educadores de Santa Catarina têm dado um exemplo de luta para todo o Brasil. Ante a tentativa do governo de lá de fazer como o governo daqui, de somar tudo e tentar escapar de pagar o piso enquanto vencimento básico, os trabalhadores da Educação cruzaram os braços. E assim permanecem até hoje, dia 05 de julho, data em que completam o 49º dia de greve - isso mesmo, pessoal, já ultrapassaram a nossa maravilhosa revolta-greve de 47 dias de 2010.

Uma greve que seguramente vai marcar a história de luta dos colegas daquele estado. Já fizeram de tudo: ocupação, manifestações gigantes, acampamentos, procissões, caminhadas, tudo. Já recolheram abaixo-assinado com um milhão de assinaturas; tem realizado assembleias regionais antes da assembleia geral da categoria, dando maior força ao movimento. Conseguiram até mesmo, na justiça, que o governo devolvesse o corte dos salários - claro que o governo está recorrendo na segunda instância, mas até agora a greve foi considerada legal.

E olha que o governo de lá, ao mesmo tempo que pressiona, e muito, tal como o daqui, está negociando com o comando de greve, diferentemente do daqui. O governo de lá já apresentou proposta pagando o piso do MEC no básico, mas reduzindo os percentuais das gratificações (regências de turma). A categoria rejeitou em assembleia. Depois o governo se propôs a pagar o piso no vencimento básico, reduziu as gratificações, mas deu uma melhorada nos percentuais para 2011 e se propôs a pagar as gratificações de forma integral a partir de janeiro de 2012. Embora não seja aquilo que manda a Lei, não resta dúvida que representa um avanço. A categoria tem assembleia dia 06, na mesma data da nossa, para discutir a proposta do governo. Ao que parece, pelos resultados das assembleias regionais, a coisa está divida: uma parte dos educadores aceita a proposta do governo de restabelecer plenamente os mencionados percentuais de regência em janeiro de 2012; outra expressiva parte da categoria quer que os percentuais das regências de classe sejam recuperados plenamente ainda em 2011. Esperamos que a assembleia deles não se divida como a nossa em 2010 e que, seja qual for o resultado, os educadores saiam de cabeça erguida, mantendo a unidade para outras lutas que virão.

O governo de Santa Catarina alega que não tem caixa para bancar integralmente o piso mais as regências (25% e 40%, entre outras) ainda este ano. Ora, se não consegue pagar, não seria o caso de provar no papel e pedir a ajuda ao governo federal?

Mas, reparem que em Santa Catarina, assim como no Rio Grande do Norte, onde os educadores estão em greve (só para citar estes dois exemplos), os governos pelo menos têm apresentado propostas para atingir o piso, mesmo que com parcelamentos durante o ano de 2011. E aqui em Minas? Truculência e arrogância: "não negociamos com servidores em greve".

Ora, nem seria necessário "negociar" coisa alguma. Bastaria cumprir a lei federal e pagar o piso. Se tem dinheiro em caixa, paga; se não tem, prove que não tem, e que aplica corretamente os 25% da Educação e peça a complementação ao Governo Federal. É o que diz lei, nem mais, nem menos do que isso.

E este é um problema que envolve também o Ministério Público, tanto o Federal, quanto o estadual, que até agora estão omissos. Se existe essa possibilidade legal de cooperação entre as três esferas da União, não há o que reclamar ou procrastinar em relação ao piso. É preciso pagá-lo e ponto final.

Mas, percebe-se que a omissão envolve as três esferas de poder, com evidente vista grossa por parte dos órgãos da Justiça, do Legislativo e do Ministério Público. Todos os partidos políticos que dividem a gerência governamental dos poderes federal, estaduais e municipais formam uma cumplicidade típica de quadrilha. Ninguém diz nada, pois qualquer acusação poderá atingir a todos.

Por que o MEC não convoca uma rede nacional de TV em horário nobre e diz claramente para os governos dos estados e municípios que eles têm que pagar o piso e que se provarem que não podem pagar o governo federal os ajudará?

E por que os governos estaduais e municipais, que são obrigados a pagar o piso (enquanto vencimento básico e não enquanto essa farsa de subsídio), não provam que não podem pagá-lo e pedem ajuda federal?

E por que os legislativos e judiciários e ministérios públicos não cobram dos governos o cumprimento da lei do piso?

Enquanto isso, milhões de alunos em todo o Brasil são prejudicados com a greve, por conta exclusivamente da irresponsabilidade de governantes e parlamentares que têm dinheiro para aumentar os próprios salários, para construir obras faraônicas e para pagar altos juros aos banqueiros, mas dizem não ter dinheiro para pagarem um piso miserável aos educadores.

É revoltante uma coisa dessas, e por isso mesmo, nossa greve deve continuar, até a nossa vitória! Força na luta, pessoal! Se o governo não pagar o piso, o chão de Minas vai tremer!

***

"ANGELICA:

ENQUANTO ISSO..... EM SAO PAULO, O PREFEITO AUMENTA EM 100% SEU PROPRIO SALARIO E EM 250 % O SALÁRIO DE SEU SECRETARIADO! E UMA VERGONHA. DESVIO DE VERBA PUBLICA, SUCATEAMENTO DA EDUCAÇÃO E DA SAÚDE, DESCUMPRIMENTO DE LEIS FEDERAIS..... BRASIL, MOSTRA SUA CARA!!!!! SE GRITAR PEGA LADRAO, NAO FICA UM......."

"Andréa:

Bom dia Euler!
Estou com paranóia de acessar seu blog várias vezes por dia (rs), notícias em tempo real só aqui mesmo. Parabéns pela dedicação à nossa categoria. Estou em greve. Dela não saio, ninguém me tira. Veja no link abaixo a primeira vitória dos educadores do Rio. Aqui, nada se fala, nada se cumpre. Abraços!
Andréa

http://odia.terra.com.br/portal/economia/html/2011/7/professores_estaduais_tem_1_vitoria_175601.html "



"Cristina Costa:

Euler, quanto mais o tempo vai passando mais força eu tenho para continuar a luta. Acredita????

A medida que os dias passam mais me sinto lesada e roubada no meu direito de viver dignamente e em PAZ. Este desgoveno está contraindo para si muita energia negativa, muitas dívidas pessoais e uma hora ou outra ele vai ser cobrado pelo mal que está propagando. Ele usa do poder público como se tivesse imunidade Astral. Mas sei que as coisas não são bem assim...

É um verdadeiro absurdo a maneira que este desgoverno nos trata. Não se trata desta forma ninguém, nenhum ser vivo.

Estou aplicando a técnica da meditação diariamente para tentar me manter equilibrada e me fortalecer e não me deixar envolver em energias e sentimentos negativos. Não será qualquer propostinha do desgoverno que vai nos atender, não. QUEREMOS SOMENTE O PISO. SÓ ISTO.

Santa Catarina já conseguiu várias vitórias durante esta greve e está dando um exemplo de coragem, determinação, união e força. E esta energia boa chega até nós, nos fortalecendo ainda mais. Que Deus os ilumine na próxima Assembleia para que todos os educadores saiam satisfeitos e principalmente unidos.

Quanto a nós, nem precisa negociação... aplica-se a lei e pronto. Resolvido o problema da GREVE. Ele quer medir forças conosco e está atirando pra todo lado para dividir ainda mais a categoria. Viu o que ele fez com os efetivados da Lei 100? Está no site da SEE (Comunicado aos servidores efetivados pela LC nº 100/2007.

Aos efetivados pela Lei 100 foram assegurados os mesmos direitos dos servidores efetivos. "Todos os direitos dos beneficiados pela Lei 100 foram garantidos pelo Governo de Minas e igualados aos efetivos", assegura a secretária Ana Lúcia Gazzola.) Mais uma manobra para dividir a categoria.

É assim que ele faz. Não negocia, agride educadores, descumpre Lei, e está tudo certo???

É por estas e outras que estou mais do que convicta: "SÓ VOLTO PARA SALA DE AULA COM MEU PISO"

COM LUTA, COM GARRA,O PISO SAI NA MARRA!!!!"



"Isabel Assumpção - Manhuaçu:

Euler,
è isso mesmo, precisamos estar fortes e unidos. Ainda que muitos estejam em salas de aula, nós precisamos continuar a luta. Creio que depois das férias, pois acho que este movimento ainda durará bastante, se trabalharmos de forma mais contundente conseguiremos maior adesão. Já me inscrevi para a caravana que parte da minha cidade e estarei amanhã na assembleia, se Deus assim me permitir. Tomara que tenha a sorte de lhe conhecer pessoalmente, pois sua inteligência e clareza para expor os fatos é realmente algo cativante; é reconfortante saber que nem todos os educadores estão enburrecidos pelo sistema...rsrsrsrs. Continuemos fortes na luta e com fé na vitória. Um abraço a todos os combativos colegas.
Isabel."


"Anônimo:

Hora de fortalecer ainda mais!
Hora de mostrar ao governo que estamos dispostos a seguir na luta.
Hora de fazer valer o que gritamos durante as nossas caminhadas da Assembléia Legislativa até a Prça SETE: "...NÓS É QUE FAZEMOS A HISTÓRIA DO BRASIL!"
As ameaças já não são novidades. NÃO ESTAMOS BRINCANDO DE FAZER GREVE!
Se fosse pra voltar a partir de ameaças: QUE JAMAIS INICIEMOS QUALQUER MOVIMENTO!
Que morramos todos de desgostos.
Que fiquemos a reclamar pelos corredores das escolas.
Que esqueçamos o quanto é NOBRE a nossa função.
(SÓ NÓS SABEMOS DESSA NOBREZA).
Somos muito usados pelos políticos durante suas campanhas.
Agora´é a Hora!
Ou não será nunca mais!!!
Sem o O PISO não devemos NEM COGITAR A VOLTAR!
fORÇA COMPANHEIROS!
Esqueçamos que há colegas 'DEITADOS EM BERÇO ESPLÊNDIDO" achando que defender o salário do próximo é o suficiente.
Isso demonstra o quanto essa classe precisa MESMO DE LUTAR POR TEMPOS MELHORES!!!!!
Até a vitória!!!"
.

"Luciano História:

Amigo Euler, o governo federal tem 1 bilhão para completar o piso de 26 Estados e 5500 municípios, só em Minas, para completar o piso da rede estadual seria preciso mais do que esse valor, é por esse motivo que o governo federal está se omitindo em relação a lei do piso. A adequação da carreira faz parte ou pelo menos fazia parte da lei do piso, eu inclusive imaginava que o governo mineiro iria tentar reduzir os percentuais dos biênios e dos quinquênios pois vejo claramente que o governo mineiro não gosta de valorizar o tempo de serviço,que ele iria propor por exemplo uma redução de 110% para 60%, 55% a valorização do tempo de serviço de um profissional no final de carreira , é claro que nós não iríamos aceitar isso tranquilamente mas seria uma proposta (indecente) como foi feita em Santa Catarina onde o governo propôs reduzir a regência de 40% para 25%. Outra situação que me preocupa é que o governo está ignorando 1/3 extra-classe, se o governo não quer reduzir a carga horária pelo fato de ter que contratar vários professores que nos pague por 27 ou por 30 horas sendo que de 18 a 20 seria em sala de aula. Uma coisa é certa, temos que sair da greve com apenas uma carreira (com promoções de 22%, progressão de 3% e pelo menos o retorno dos quinquênios para todos), se um efetivado tem hoje os mesmos direitos de um efetivo, os efetivos de 2005 e os novos efetivos também tem que possuir os mesmos direitos de um efetivo de antes de 2003."


"Giovane Diniz (Pipoca):

PROGRAMA PROFESSOR DA FAMÍLIA TERÁ INÍCIO EM AGOSTO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Apenas duas famílias, foram selecionadas para particpar da fase de teste. Dentre todas as famílias mineiras que poderiam participar do programa, estas duas foram identificadas com as de menor cultura, intelectualidade, conhecimento e capacidade de entendimento.

Os conteúdos iniciais serão Português, Matemática e a antiga Moral e Cívica.

As famílias selecionadas são a família "Anastasia" e a família "Neves". Cogitou-se a participação da família Gazolla, porém concluiu-se que esta ainda está na fase pré-escolar, onde serão ensinadas, noções de valores e ética, bem como alguns conceitos como, não mentir, não enganar os coleguinhas, não subtrair coisas dos coleguinhas, como por exemplo, (os nossos salários) e por fim respeito às regras, no caso às Leis.

Já as outras duas famílias aprenderão a consultar o dicionário para diferir, piso de teto, subsídio de vencimento básico, dentre outros.

Na Matemática será um pouco mais simples devido a pequena capacidade dos mesmos de entendimento.

Apenas os conceitos de < e > serão ensinados.

Exemplo: R$369,00 é menor que R$1.597,00. Lê-se:
R$369,00 < R$1.597,00. Continhas de fração como quanto é 1/3 de 24 horas, só serão ensinadas no módulo SUPER ULTRA MEGA AVANÇADO 07; já nas aulas de Moral e Cívica será apresentada às famílias a Constituição Federal de 1988, e relatada às mesmas que ela é que rege o País.

A explicação da soberania da Lei Federal sobre uma Lei Estadual também será abordada no módulo já citado anteriormente.

Os professores que irão participar do programa terão inteira responsabilidade sobre os resultados, independente do grau de deficiência de cada membro da família, sem direito inclusive de indicá-los para a educação inclusiva. "Se não der certo é a culpa é desses Professores"

TOMARA QUE FUNCIONE!!!!!!!!!!!!!!!!!"


Comentário do Blog: Muito bom, colega Giovane. Desde que não seja eu o professor desses "alunos", tudo bem, rsrs!


"Rosilene Vale:

Vamos lá!
Vamos fazer a nossa procissão!
Idéias não nos faltam.
Nossa classe prima pela criatividade.
Inclusive com o SALÁRIO...
A procissão, excelente idéia Euler!
Euler, excelente!
Lembro bem do seu texto descrevendo-a.
Tão perfeito que quase...
Até pensei... Como não fiquei sabendo dessa procissão?
Bricadeirinha kkk Mas foi excelente!
E se tornou um fato real.
Precisamos chamar atenção para a causa.
Parabéns por usar tão bem a sua habilidade com as palavras para DEFENDER A NOSSA CAUSA!"
.

Spot para divulgação em carro de som e nos blogs:



"Anônimo:

Companheiro Euler,

sigamos o exemplo dos professores do RN:

http://blogdomaxbezerra.blogspot.com/2011/07/professores-estaduais-em-assembleia.html

Força na luta!!!"


Comentário do Blog: o blog manifesta o irrestrito apoio aos bravos educadores do Rio Grande do Norte, que dão exemplo de luta e de valentia. Que possamos comemorar juntos a vitória que certamente alcançaremos!


"Anônimo:

Euler, voce e uma bençao para nossa classe.
Essa musica do Gabriel o pensador foi uma sacada de mestre (mestre Euler), que pena que alguns não saibam o seu próprio valor mas, quem sabe alguns deixem de ser zumbis nao e???"


"Anônimo:

Euler, acabei te ter uma informação de uma funcionária de uma SRE.
A informação é que vamos voltar a receber os salários de dezembro e teremos descontos dos meses que recebemos a mais após a data do protocolo do requerimento de retorno da carreira antiga, isto é, teremos que devolver a diferença e que essa diferença poderá ser dividida.
E mais, quem fez a opção há mais de 2 meses, terá que fazer um processo administrativo, onde o trabalhador terá que justificar o dinheiro recebido indevido. Eu fiz minha opção há mais de 02 meses, acho que é por isso que ainda estou como subsídio no portal, por que terei que entrar com este tal processo.
Temos que averiguar isso. Não podemos ter redução de salário. Minha dívida com o estado deve estar enorme, por isso o processo?"
.

Comentário do Blog: besteira, colega, não acredite em toda bobagem que o pessoal divulga para amedrontar a categoria, não. O governo não pode descontar nem um centavo daquilo que foi pago pela prestação de serviço que fizemos. Fomos incluídos no subsídio e na nova tabela salarial de forma compulsória, sem direito de escolha. Já falei mil vezes aqui que não há qualquer lei ou artigo ou norma que prevê devolução de dinheiro nesse caso.

Agora, se o governo cair na besteira de nos pagar o salário de dezembro de 2010 eu vou achar até bom. Vamos esfregar este contracheque com os vencimentos básicos abaixo do que manda a lei na cara do governador e de suas secretárias e também da imprensa mineira. Estou só esperando para colocar com destaque aqui no blog. Aguardem. E não dêem ouvidos a conversas plantadas para intimidar os colegas em greve!


"Anônimo:

NOSSOS COLEGAS DO RIO EM AÇÃO!

O DIA ON LINE 05.07.11 às 13h45
Manifestação complica o trânsito em Laranjeiras

O trânsito está congestionado no bairro de Laranjeiras e no entorno devido a uma manifestação de professores e profissionais da área de Educação. O protesto começou no Largo do Machado e segue em direção ao Palácio Laranjeiras, onde o grupo pretende ser recebido pelo governador Sérgio Cabral.

http://odia.terra.com.br/portal/o_dia_24_horas/html/2011/7/manifestacao_complica_o_transito_em_laranjeiras_175684.html "


Comentário do Blog: Um sonoro grito de BRAVO!!!! aos combativos colegas educadores do Rio de Janeiro, que não fogem à luta e dão exemplo de dignidade e coragem. Por aqui também a lua continua. Assim como em Santa Catarina e no Rio Grande do Norte, entre outros estados. Não podemos desistir de lutar pelos nossos direitos. Chega de assistir a repartição das riquezas, produzidas por muitos, entre poucos. Nós, educadores, queremos e exigimos respeito e salários mais justos. Paguem o piso, ou o chão de Minas vai tremer, como acontece agora no Rio de Janeiro!

"Anônimo:

Euler,
Sábado 09/07/11,o Anestesia visitará Miraí e Muriaé(zona da mata)."


"Anônimo:

Já foi falado mais de mil vezes que não haverá redução de salário!!!

O próprio governinho já falou isso através de sua porta-voz lá na ALMG, a Beatriz já falou isso também, o EULER JÁ FALOU... etc. etc. Esse assunto sendo cogitado hoje? CUIDADO COLEGAS! Fiquem atento AS ARMAS QUE O GOVERNO USA SÃO E SERÃO SEMPRE para desorganizar a classe. Nada deverá desviar o assunto aqui! PISO! PISO!
Essa é nossa meta!"
.

"Anônimo:

Euler,
fiquei muito indignada pois acabei de ler no blog da Beatriz
que o dito cujo, carcará, sanguinolento não apresentará proposta nenhuma (de acordo com a assessoria do deputado João Bosco). Ele deve estar adorando a nossa greve, né???
Então, tome greve."
.

"Anônimo:

Euler, sabe o que mais me entristece? Saber que há colegas fura-greve, que estão torcendo para que nosso movimento dê errado. Vangloriam com cada assembleia que é realizada e nada é resolvido. Certamente, estão na educação por falta de opção, não foram competentes para conseguirem algo melhor e assim, não precisam lutar por esta carreira. É este tipo de profissional que Anastasia quer - inconsequente, incompetente, alienado, descomprimissado, despreparado. Triste realidade a nossa. Triste realidade a dos nossos alunos que têm que conviver com este tipo de gente. Tomara que eles consigam algo melhor um pouquinho e deixem a educação para quem nela acredita, não é? Triste... ".

Ocupação Dandara: O nosso blog manifesta solidariedade aos moradores da Ocupação Dandara, que hoje, ao parece, obtiveram importante vitória na justiça mineira, de acordo com a reportagem feita pelo jornal O Tempo, que pode ser lida aqui. Que os moradores da Comunidade Dandara, onde vivem mais de 1 mil famílias, obtenham total vitória e possam ficar naquele local que já é deles, de forma legítima e por direito, também. Com a nossa solidariedade.

Educadores do Rio de Janeiro decidem, em assembleia realizada hoje, 05 de julho, pela continuidade da greve geral. Leiam reportagem aqui, no Portal R7. Todo nosso apoio aos combativos colegas educadores do Rio de Janeiro, até a vitória!!!

"
Clayton Coelho:

Linda música.

Espero que os nossos colegas que ainda não aderiram ao movimento de Greve acessem o seu blog e ouçam esse hino, reflitam e tomem uma atitude de cidadão.
"

"
Maria - Congonhas:

Colegas, boa noite!
Lendo a postagem do nosso colega anônimo a respeito da devolução do dinheiro, acho que entendi da seguinte forma: Se você fez sua opção em março, já deveria estar recebendo pelo sistema antigo desde abril (pagamento feito em maio)e, como sabemos, só agora saíram as publicações de opção, mas acho que para efeito de pagamento o governo deverá contar a partir da data do protocolo e consequentemente descontarão em folha a diferença paga "a mais"(na verdade o certo seríamos receber a diferença paga a menos no subsídio) ...não é justo!
".

20 comentários:

  1. ENQUANTO ISSO..... EM SAO PAULO, O PREFEITO AUMENTA EM 100% SEU PROPRIO SALARIO E EM 250 % O SALARIO DE SEU SECRETARIADO!E UMA VERGONHA. DESVIO DE VERBA PUBLICA, SUCATEAMENTO DA EDUCAÇAO E DA SAUDE, DESCUMPRIMENTO DE LEIS FEDERAIS..... BRASIL, MOSTRA SUA CARA!!!!! SE GRITAR PEGA LADRAO, NAO FICA UM.......

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Euler!
    Estou com paranoia de acessar seu blog várias vezes por dia (rs), notícias em tempo real só aqui mesmo. Parabéns pela dedicação à nossa categoria. Estou em greve. Dela não saio, ninguém me tira. Veja no link abaixo a primeira vitória dos educadores do Rio. Aqui, nada se fala, nada se cumpre.Abraços!
    Andréa

    http://odia.terra.com.br/portal/economia/html/2011/7/professores_estaduais_tem_1_vitoria_175601.html

    ResponderExcluir
  3. Isabel Assumpção - Manhuaçu5 de julho de 2011 08:28

    Euler,
    è isso mesmo, precisamos estar fortes e unidos. Ainda que muitos estejam em salas de aula, nós precisamos continuar a luta. Creio que depois das férias, pois acho que este movimento ainda durará bastante, se trabalharmos de forma mais contundente conseguiremos maior adesão. Já me inscrevi para a caravana que parte da minha cidade e estarei amanhã na assembleia, se Deus assim me permitir. Tomara que tenha a sorte de lhe conhecer pessoalmente, pois sua inteligência e clareza para expor os fatos é realmente algo cativante; é reconfortante saber que nem todos os educadores estão enburrecidos pelo sistema...rsrsrsrs. Continuemos fortes na luta e com fé na vitória. Um abraço a todos os combativos colegas.
    Isabel.

    ResponderExcluir
  4. Euler, quanto mais o tempo vai passando mais força eu tenho para continuar a luta. Acredita????

    A medida que os dias passam mais me sinto lesada e roubada no meu direito de viver dignamente e em PAZ. Este desgoveno está contraindo para si muita energia negativa, muitas dívidas pessoais e uma hora ou outra ele vai ser cobrado pelo mal que está propagando. Ele usa do poder público como se tivesse imunidade Astral. Mas sei que as coisas não são bem assim...

    É um verdadeiro absurdo a maneira que este desgoverno nos trata. Não se trata desta forma ninguém, nenhum ser vivo.

    Estou aplicando a técnica da meditação diariamente para tentar me manter equilibrada e me fortalecer e não me deixar envolver em energias e sentimentos negativos. Não será qualquer propostinha do desgoverno que vai nos atender, não. QUEREMOS SOMENTE O PISO. SÓ ISTO.

    Santa Catarina já conseguiu várias vitórias durante esta greve e está dando um exemplo de coragem, determinação, união e força. E esta energia boa chega até nós, nos fortalecendo ainda mais. Que Deus os ilumine na próxima Assembleia para que todos os educadores saiam satisfeitos e principalmente unidos.

    Quanto a nós, nem precisa negociação... aplica-se a lei e pronto. Resolvido o problema da GREVE. Ele quer medir forças conosco e está atirando pra todo lado para dividir ainda mais a categoria. Viu o que ele fez com os efetivados da Lei 100? Está no site da SEE (Comunicado aos servidores efetivados pela LC nº 100/2007.

    Aos efetivados pela Lei 100 foram assegurados os mesmos direitos dos servidores efetivos. "Todos os direitos dos beneficiados pela Lei 100 foram garantidos pelo Governo de Minas e igualados aos efetivos", assegura a secretária Ana Lúcia Gazzola.) Mais uma manobra para dividir a categoria.

    É assim que ele faz. Não negocia, agride educadores, descumpre Lei, e está tudo certo???

    É por estas e outras que estou mais do que convicta: "SÓ VOLTO PARA SALA DE AULA COM MEU PISO"

    COM LUTA, COM GARRA,O PISO SAI NA MARRA!!!!

    ResponderExcluir
  5. Hora de fortalecer ainda mais!
    Hora de mostrar ao governo que estamos dispostos a seguir na luta.
    Hora de fazer valer o que gritamos durante as nossas caminhadas da Assembléia Legislativa até a Prça SETE: "...NÓS É QUE FAZEMOS A HISTÓRIA DO BRASIL!"
    As ameaças já não são novidades. NÃO ESTAMOS BRINCANDO DE FAZER GREVE!
    Se fosse pra voltar a partir de ameaças: QUE JAMAIS INICIEMOS QUALQUER MOVIMENTO!
    Que morramos todos de desgostos.
    Que fiquemos a reclamar pelos corredores das escolas.
    Que esqueçamos o quanto é NOBRE a nossa função.
    (SÓ NÓS SABEMOS DESSA NOBREZA).
    Somos muito usados pelos políticos durante suas campanhas.
    Agora´é a Hora!
    Ou não será nunca mais!!!
    Sem o O PISO não devemos NEM COGITAR A VOLTAR!
    fORÇA COMPANHEIROS!
    Esqueçamos que há colegas 'DEITADOS EM BERÇO ESPLÊNDIDO" achando que defender o salário do próximo é o suficiente.
    Isso demonstra o quanto essa classe precisa MESMO DE LUTAR POR TEMPOS MELHORES!!!!!
    Até a vitória!!!

    ResponderExcluir
  6. Amigo Euler, o governo federal tem 1 bilhão para completar o piso de 26 Estados e 5500 municípios, só em Minas, para completar o piso da rede estadual seria preciso mais do que esse valor, é por esse motivo que o governo federal está se omitindo em relação a lei do piso.A adequação da carreira faz parte ou pelo menos fazia parte da lei do piso, eu inclusive imaginava que o governo mineiro iria tentar reduzir os percentuais dos biênios e dos quinhênios pois vejo claramente que o governo mineiro não gosta de valorizar o tempo de serviço,que ele iria propor por exemplo uma redução de 110% para 60% ,55% a valorização do tempo de serviço de um profissional no final de carreira , é claro que nós não iríamos aceitar isso tranquilamente mas seria uma proposta(indecente) como foi feita em Santa Catarina onde o governo propôs reduzir a regência de 40% para 25%.Outra situação que me preocupa é que o governo está ignorando 1/3 extra-classe, se o governo não quer reduzir a carga horária pelo fato de ter que contratar vários professores que nos pague por 27 ou por 30 horas sendo que de 18 a 20 seria em sala de aula.Uma coisa é certa, temos que sair da greve com apenas uma carreira( com promoções de 22%, progressão de 3% e pelo menos o retorno dos quinhênios para todos), se um efetivado tem hoje os mesmos direitos de um efetivo, os efetivos de 2005 e os novos efetivos também tem que possuir os mesmos direitos de um efetivo de antes de 2003.

    ResponderExcluir
  7. PROGRAMA PROFESSOR DA FAMÍLIA TERÁ INÍCIO EM AGOSTO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Apenas duas famílias, foram selecionadas para particpar da fase de teste. Dentre todas as famílias mineiras que poderiam participar do programa, estas duas foram identificadas com as de menor cultura, intelectualidade, conhecimento e capacidade de entendimento.
    Os conteúdos iniciais serão Português, Matemática e a antiga Moral e Cívica.
    As famílias selecionadas são a família "Anastasia" e a família "Neves". Cogitou-se a participação da família Gazolla, porém concluiu-se que esta ainda está na fase pré-escolar, onde serão ensinadas, noções de valores e ética, bem como alguns conceitos como, não mentir, não enganar os coleguinhas, não subtrair coisas dos coleguinhas, como por exemplo, (os nossos salários)e por fim respeito às regras, no caso às Leis.
    Já as outras duas famílias aprenderão a consultar o dicionário para diferir, piso de teto, subsídio de vencimento básico, dentre outros.
    Na Matemática será um pouco mais simples devido a pequena capacidade dos mesmos de entendimento.
    Apenas os conceitos de < e > serão ensinados.
    Exemplo: R$369,00 é menor que R$1.597,00. Lê-se:
    R$369,00 < R$1.597,00. Continhas de fração como quanto é 1/3 de 24 horas, só serão ensinadas no módulo SUPER ULTRA MEGA AVANÇADO 07;Já nas aulas de Moral e Cívica será apresentada às famílias a Constituição Federal de 1988, e relatada às mesmas que ela é que rege o País.
    A explicação da soberania da Lei Federal sobre uma Lei Estadual também será abordada no módulo já citado anteriormente.
    Os professores que irão participar do programa terão inteira responsabilidade sobre os resultados, independente do grau de deficiência de cada membro da família, sem direito inckusive de indicá-los para a educação inclusiva. "Se não der certo é a culpa é desses Professores"
    TOMARA QUE FUNCIONE!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Vamos lá!
    Vamos fazer a nossa procissão!
    Idéias não nos faltam.
    Nossa classe prima pela criatividade.
    Inclusive com o SALÁRIO...
    A procissão, excelente idéis Euler!
    Euler, excelente!
    Lembro bem do seu texto descrevendo-a.
    Tão perfeito que quase...
    Até pensei...Como não fiquei sabendo dessa procissão?
    Bricadeirinhakkk Mas foi excelente!
    E se tornou um fato real.
    Precisamos chamar atenção para a causa.
    Parabéns por usar tão bem a sua habilidade com as palavras para DEFENDER A NOSSA CAUSA!

    ResponderExcluir
  9. Companheiro Euler,

    sigamos o exemplo dos professores do RN:

    http://blogdomaxbezerra.blogspot.com/2011/07/professores-estaduais-em-assembleia.html

    Força na luta!!!

    ResponderExcluir
  10. Euler,voce e uma bençao para nossa classe.
    Essa musica do Gabriel o pensador foi uma sacada de mestre(mestre Euler),que pena que alguns nao saibam o seu proprio valor mas,quem sabe alguns deixem de ser zumbis nao e???

    ResponderExcluir
  11. Euler, acabei te ter uma informação de uma funcionária de uma SER.
    A informação é que vamos voltar a receber os salários de dezembro e teremos descontos dos meses que recebemos a mais após a data do protocolo do requerimento de retorno da carreira antiga, isto é, teremos que devolver a diferença e que essa diferença poderá ser dividida.
    E mais, quem fez a opção há mais de 2 meses, terá que fazer um processo administrativo, onde o trabalhador terá que justificar o dinheiro recebido indevido. Eu fiz minha opção há mais de 02 meses, acho que é por isso que ainda estou como subsídio no portal, por que terei que entrar com este tal processo.
    Temos que averiguar isso. Não podemos ter redução de salário. Minha dívida com o estado deve estar enorme, por isso o processo?

    ResponderExcluir
  12. NOSSOS COLEGAS DO RIO EM AÇÃO!

    O DIA ON LINE 05.07.11 às 13h45
    Manifestação complica o trânsito em Laranjeiras

    O trânsito está congestionado no bairro de Laranjeiras e no entorno devido a uma manifestação de professores e profissionais da área de Educação. O protesto começou no Largo do Machado e segue em direção ao Palácio Laranjeiras, onde o grupo pretende ser recebido pelo governador Sérgio Cabral.

    http://odia.terra.com.br/portal/o_dia_24_horas/html/2011/7/manifestacao_complica_o_transito_em_laranjeiras_175684.html

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde a todos!

    Antes de mais nada, quero deixar claro que NÃO TENHO NADA CONTRA O CATOLICISMO. Mas esse vídeo é de rir e ficar indignado ao mesmo tempo.

    http://www.youtube.com/watch?v=NgipZguqVEA&feature=player_embedded

    Abraço a todos!!!

    ResponderExcluir
  14. Euler,
    Sábado 09/07/11,o Anestesia visitará Miraí e Muriaé(zona da mata).

    ResponderExcluir
  15. Já foi falado mais de mil vezes que não haverá redução de salário!!!
    O próprio governinho já falou isso através de sua porta-voz lá na ALMG, a Beatriz já falou isso também, o EULER JÁ FALOU...etc. etc. Esse assunto sendo cogitado hoje? CUIDADO COLEGAS! Fiquem atento AS ARMAS QUE O GOVERNO USA SÃO E SERÃO SEMPRE para desorganizar a classe. Nada deverá desviar o assunto aqui! PISO! PISO!
    Essa é nossa meta!

    ResponderExcluir
  16. Euler,
    fiquei muito indignada pois
    acabei de ler no blogda Beatriz
    que o dito cujo,carcará,sanguinolento
    não apresentará proposta nenhuma(de acordo com
    a assessoria do deputado João Bosco).
    Ele deve estar adorando a nossa greve,né???
    Então,tome greve.

    ResponderExcluir
  17. Euler, sabe o que mais me entristece? Saber que há colegas fura-greve, que estão torcendo para que nosso movimento dê errado. Vangloriam com cada assembleia que é realizada e nada é resolvido. Certamente, estão na educação por falta de opção, não foram competentes para conseguirem algo melhor e assim, não precisam lutar por esta carreira. É este tipo de profissional que Anastasia quer - inconsequente, incompetente, alienado, descomprimissado, despreparado. Triste realidade a nossa. Triste realidade a dos nossos alunos que têm que conviver com este tipo de gente. Tomara que eles consigam algo melhor um pouquinho e deixem a educação para quem nela acredita, não é? Triste...

    ResponderExcluir
  18. Caros colegas, URGENTE:
    O que è pior?
    É uma Lei 100 ou Minas 100 Lei?
    Dadá nem pra toda problemática há uma solucionática.

    ResponderExcluir
  19. Linda música.

    Espero que os nossos colegas que ainda não aderiram ao movimento de Greve acessem o seu blog e ouçam esse hino, reflitam e tomem uma atitude de cidadão.

    ResponderExcluir
  20. Maria - Congonhas5 de julho de 2011 20:47

    Colegas, boa noite!
    Lendo a postagem do nosso colega anônimo a respeito da devolução do dinheiro, acho que entendi da seguinte forma: Se você fez sua opção em março, já deveria estar recebendo pelo sistema antigo desde abril(pagamento feito em maio)e, como sabemos, só agora sairam as publicações de opção, mas acho que para efeito de pagamento o governo deverá contar a partir da data do protocolo e consequentemente descontarão em folha a diferença paga "a mais"(na verdade o certo seríamos receber a diferença paga a menos no subsídio) ...não é justo!

    ResponderExcluir