sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

União, estados e municípios não têm compromisso com educação básica de qualidade para todos. Esta é a verdade nua e crua



A realidade do povo pobre do Brasil que a mídia das elites dominantes não mostra


União, estados e municípios não têm compromisso com educação básica de qualidade para todos. Esta é a verdade nua e crua. Por isso, os profissionais da Educação não são levados a sério pelos governantes e pelos titulares dos demais poderes constituídos.


Em Minas Gerais, neste instante, os profissionais da Educação ficaram sabendo o quanto perderam com a nova política remuneratória implantada unilateralmente pelo governo, que burlou a Lei do Piso de forma descarada, ante à omissão e conivência de ministério público, da justiça e do legislativo. Mas, tal fato não constitui exclusividade do estado de Minas Gerais e da sua política de choque de gestão iniciada no governo anterior - cuja característica central tem sido o descaso com os servidores da Educação em especial.

A falta de compromisso com o ensino básico e com seus profissionais atinge a todos os governos das três esferas. O governo federal, por exemplo, faz política seletiva para o ensino superior e uma pequena fatia que estuda nas escolas federais do ensino técnico. Trata-se de uma política seletiva e eleitoreira, pois exclui a enorme maioria pobre da população brasileira, que ao ser privada de um ensino básico de qualidade, é privada também de uma formação crítica, de uma prática cidadã consciente, e da capacidade de concorrer com os filhos das famílias ricas pelos melhores cargos e vagas em escolas superiores ou nas empresas.

O ensino público básico atinge em torno de 50 milhões de crianças, jovens e adultos, que têm na escola pública talvez sua única possibilidade de superação da dramática realidade criada pela reprodução do capital, que marginaliza, exclui, penaliza e joga para o crime organizado, na periferia dos grandes centros urbanos, milhares de crianças e jovens.

Aliás, oferecer um ensino de qualidade para todos parece ser um risco para os de cima, para estes políticos profissionais eleitoreiros, fisiológicos ou ideologicamente comprometidos com políticas excludentes, fascistas e neoliberais. Para eles, manter as pessoas das comunidades afastadas de um ensino de qualidade é o melhor caminho para garantir mão de obra barata, de um lado, e sustentar o crime organizado em pequena grande escala, de outro. Manter a periferia dominada pelo crime em pequena escala chega a ser uma forma de manter a própria comunidade intimidada, submetida às leis do silêncio e do medo, muito apropriadas para os feudos políticos eleitorais. O que eles não querem fazer oficialmente, para não queimarem a sua imagem pública, deixam para que os próprios segmentos dos excluídos executem tais tarefas.

A aparente modernização que certos políticos adoram arrotar e apresentar como modelo de eficiência não passa de um embuste, uma enganação contra a população de baixa renda. Eles são modernos apenas quando se trata de assegurar os fabulosos lucros e ganhos para os amigos deles, que dominam os meios de comunicação, os transportes coletivos, as empreiteiras, os bancos, e que, em contrapartida, financiam suas campanhas eleitorais, nesse jogo de cartas marcadas.

Quando cortam salários dos educadores - como fizeram e continuam fazendo em Minas e no Brasil - estão desviando recursos que deveriam ser investidos na formação de milhões de cidadãos brasileiros para o bolso de minorias privilegiadas. Não têm a menor vergonha em votar tetos salariais para a alta hierarquia dos três poderes, além de todas as benesses inerentes a estes cargos - auxílio paletó, auxílio moradia, gastos com viagens, hotéis, alimentação nos melhores restaurantes, etc., etc., etc. Mas, quando se trata de aplicar uma miserável lei federal que instituiu a Lei do Piso dos profissionais do magistério, fazem o maior drama. Enrolam, tergiversam e burlam a lei federal, para não pagar o que é de direito aos educadores. Em Minas, como em Goiás, em Santa Catarina, no Ceará ou no Rio Grande do Sul, entre outros, para não pagar o piso corretamente, os governos estaduais alteraram as leis estaduais, esvaziando o conteúdo da lei federal. Ou seja, aplicaram um calote nos profissionais da Educação, com a conivência dos ministérios públicos, da justiça, incluindo o STF, do governo federal e a homologação servil dos legislativos estaduais - e do federal também, que chegou a criar uma comissão para acompanhar a aplicação do piso, mas como os governantes de todos os partidos não pagam o piso, a tal comissão morreu antes de nascer.

Este é um país cujas elites dominantes não levam à serio a Educação básica e, consequentemente, tratam com descaso aos profissionais da Educação, porque não apostam no presente e no futuro de milhões de famílias pobres, que são massa de manobra para eleger a cada quatro anos aqueles que atuarão como seus algozes. Foi parte do povo pobre, sem consciência política, que elegeu o canalha do governador de São Paulo, que colocou a tropa de choque da PM para destruir a vida de 6 mil pessoas que moravam em casebres no Pinheirinho, São Paulo, em benefício de um único cidadão - um megaespeculador. Foi parte da população pobre, manipulada por esta mídia mafiosa e vendida, que elegeu o atual governador de Minas e seus deputados, bem como aos piores senadores que teoricamente representam Minas, mas são os mais ausentes dos problemas do estado, e que, juntos - governador, deputados, senadores e seus apoiadores -, destruíram a carreira dos profissionais da Educação de Minas Gerais.

Agora assume o pasta do MEC o sr. Mercadante, substituindo o falastrão e demagogo do Haddad, que nada fez pela Educação básica em sete anos. Pelo pouco que li nos jornais, Mercadante assume fazendo discurso oco, dizendo que é preciso mandar os bons professores para as piores turmas. Um completo desconhecedor da realidade da Educação básica. Deveria primeiro se preocupar em garantir a Carta Magna, que apregoa a valorização dos educadores com o cumprimento da Lei do Piso, ou então federalizar a folha de pagamento dos educadores do ensino básico, para acabar com esta realidade dramática que todos nós vivemos em todas as regiões do Brasil. Mas o problema dessa gente é que eles não têm contato com as realidades vividas nos estados e municípios, com o cotidiano do povo comum. Eles vivem nas nuvens, são blindados pela mídia, pelas tropas de choque das PMs, e até mesmo pelas entidades sindicais, que os promovem, ao invés colocá-los contra a parede e obrigá-los a se expor e a se queimarem, caso venham a trair aos interesses dos de baixo.

Não fosse a liberdade ainda existente na Internet, a realidade brasileira e mundial seria pior do que o fascismo. As elites detêm o total controle da grande mídia, dominam os aparelhos de estado - judiciário, legislativo e executivo - e geralmente dominam também as entidades sindicais, e com isso conseguem blindar os seus agentes, que vivem de aparência midiática. Há muito que os políticos que são votados não existem na vida real, mas são meras máscaras midiáticas construídas em laboratório, com conteúdo decorado e programado para dizer - e fazer, principalmente - o que interessa aos de cima, apenas.

É contra a possibilidade da maioria pobre se revoltar contra essa realidade descrita, injusta e profundamente desigual, que as elites investem pesado na destruição e no sucateamento do ensino público, e consequentemente, na desvalorização do profissional da Educação.

O que o governo de Minas e o governo federal e os demais governos e chefes dos demais poderes vêm fazendo contra os profissionais da Educação é parte integrante de uma política deliberada de manutenção dos pobres deste país na situação de escravos modernos. Forncedores de mão de obra barata, sem formação crítica e curral eleitoral para manter a roda da democracia de fachada girando sobre as nossas cabeças.

Que tenhamos a capacidade de resistir e reagir contra essa política destruidora dos de baixo, e saibamos, nós, os de baixo, nos unir e arrancar os nossos direitos sonegados. O direito ao piso salarial aplicado corretamente na nossa carreira; o direito à moradia digna, ao ensino de qualidade para todos, à saúde pública decente, à liberdade de expressão e opinião, e a reapropriação de espaços públicos, hoje apropriados por interesses privados. A recusa em valorizar os profissionais da Educação é o sinônimo da recusa em proporcionar às famílias pobres do Brasil, que são a maioria, um ensino público de qualidade.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

***

213 comentários:

  1. Euler e companheiros,

    vocês viram a página no portal do servidor a tal aplicação do piso?

    https://www.portaldoservidor.mg.gov.br/images/stories/apr-001-00-12-rem-unificada-v07-portal-servidor-v4-aplicacao-piso.pdf

    Logo de cara tem esta declaração:

    "Todo professor com licenciatura plena, escolaridade hoje exigida pela LDB, RECEBERÁ MENOS que R$ 1.320,00..."

    Parece que "nosso" (des)governador tá sonhando mais alto (ou mais baixo para nós)...

    Se observarem bem, eles se esqueceram da palavrinha que adoram: "NÃO"... e entende-se que todos receberão MENOS de R$ 1.320....

    É pra rir ou pra chorar?!?!?!

    Se corrigirem depois, eu "printei" a tela e coloquei no Facebook:

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=3157798425381&set=a.2329312793758.138486.1277857703&type=1&theater

    Abraços.

    P.S.: No contrachOque do "Prêmio" está dizendo que será pago no 1º dia útil. Uai? Não prometeram dia 30/01????? "Dô conta não, sô!!!!

    Paulo Andrade - Barreiro-BH

    ResponderExcluir
  2. Euler,não entendi nada daqueles cálculos que eles fizeram,em dezembro de 2011 eu completei 16 anos de trabalho! e me enquadraram na letra A,colocaram no tempo considerado 13 anos e 8 meses!
    me explique que loucura é essa! onde foram parar os meus 16 anos de exercício!

    ResponderExcluir
  3. Euler você é fantástico!Falou tudo que eu gostaria de gritar em praça pública e pelos quatro cantos dessa MG de desonestos fantasiados de cordeiros!se não bastasse eu ficar prejudicada por não conseguirmos o piso ,fiquei também no subsídio.com 30 anos de serviço me reposicionaram com 15 anos e no segundo cago com dez anos me reposicionaram com 6 anos.Tô revoltada,não estou acreditando que estamos vivendo tudo isso.È muita humilhação!

    ResponderExcluir
  4. Companheiros;

    Devemos analisar também o lado "bom" da situação. Este sucateamento que a educação está sofrendo em todo o Brasil - em Minas não é diferente - vai levar a "implosão" deste sistema. Quando eu era estudante - isto deve fazer uns 25 anos - havia prova mensal e bimestral sem consulta. Quando muito, um ou outro professor tirava de 20 pontos do bimestre, uns 3 pontos de participação. Naquela época, você só passava se você soubesse. Depois que implantaram essa progressão continuada "do analfabetismo funcional" as crianças começaram a progredir de série sem saber. Sou professor de História do ensino fundamental e médio. O que percebo em sala de aula é que os alunos estão trazendo estas deficiências escolares para as séries finais do ensino fundamental e do ensino médio. Eu já tive vários alunos do 3º colegial, que não sabiam escrever! Talvez possa parecer exagerado, mas me deparei com alunos que tinham rudimentos da escrita. Em minhas aulas desenvolvo uma atividade chamada Sala de Leitura. É impressionante o número de alunos que não possuem uma leitura fluente. Alunos que não conseguem ler os séculos em algarimos romanos. E se formos pensar em capacidade crítica, são pouquíssimos aqueles que conseguem fazer sequer uma discussão. Na minha época, por mais medíocre que um aluno fosse, ele saía da escola sabendo ler e escrever com fluência.
    Fora isso, os ambientes escolares também tem se tornado palco de coisas inconcebíveis como o consumo de maconha dentro da escola. Aí entra outro ponto além da reivindicação salarial: o sucateamento das escolas públicas. É inconcebível que para um turno inteiro, haja apenas uma supervisora, quando deveria haver uma supervisora por série. Para coibir práticas como o fumo e o consumo de drogas, deveria haver um inspetor de alunos, que ficasse por conta somente da disciplina.
    Não sou adepto do militarismo, mas há algum tempo atrás uma escola militar do Rio de Janeiro ficou bem posicionada no ranking de melhores escolas daquele Estado. Quando foram perguntar ao diretor da referida escola qual o segredo do sucesso escolar de seus alunos, ele respondeu enfaticamente: "Disciplina".
    Já não bastasse a remuneração que não nos permite viver de forma digna; do sucateamento da escola; ainda somos obrigados a ouvir piadinhas, constrangimentos morais, situações de frontal desrespeito à figura humana do professor por parte de alguns alunos. Isto quando o negócio não termina em agressão física, pois o único que pode apanhar é o docente. O trabalhador da educação acuado por todos estes aspectos que configuram o atual ambiente escolar, cercado por todos os lados - pois ele também é gente de carne e osso - acaba sendo acometido por várias doenças, como a depressão.
    Nenhum país entrou para o 1º mundo sem uma educação de qualidade. É um grande erro da classe dominante temer uma educação de qualidade acreditando que ela vai produzir uma classe pensante contra ela. Se houvesse uma educação de qualidade no Brasil, desde o 1º ano, acredito que mais de 60% dos jovens que saíssem do 3º ano do ensino médio optaria por cursos mais pragmáticos como na área de exatas e biomédicas. A classe dominante não precisa temer uma educação de qualidade para os brasileiros, porque quando uma pessoa que não tem propriedade privada, não é detentora de algum meio de produção e consegue ascender socialmente através do estudo, esta pessoa não vai se envolver com ideias socialistas. Como o egoísmo faz parte da "essência humana" e nisto, no meu ponto de vista, Karl Marx errou ao afirmar que não existia "essência" humana, que a mesma seria construída historicamente, esta pessoa quer um bom emprego, uma mulher bonita (rs), um carro, viajar, desfrutar de tudo o que o capitalismo pode oferecer.
    Maior prova disso é que os filhos dos ricos estudam nas melhores escolas e não se tornam socialistas, vão ser médicos, advogados, engenheiros etc.
    Acredito que em muito o problema da educação no Brasil está nesta mentalidade que até hoje teme o socialismo.

    Abraços!

    Paulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito do seu comentário!!!

      Excluir
    2. Parabéns Paulo! Disse tudo.
      Rosilene (Conselheiro Pena)

      Excluir
  5. Tem razão Tiopaul.Este lapso é a demonstração da verdade. Freud explica.Boa idéia, vamos colocar nos facebook e escancarar a verdade escamoteada por este governo.

    ResponderExcluir
  6. Foi tirado do portal do servidor consulta ao simulador do novo modelo. Porque tirou!... tirou porque?!.

    ResponderExcluir
  7. PARA VER SOBRE O PAGAMENTO DA REPOSIÇÃO DE AULAS,COLOQUE SEE MG E VAI EM SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEE E VOCÊ VAI VER.OK

    ResponderExcluir
  8. O PAGAMENTO DA REPOSIÇÃO DE AULAS SERÁ FEITO EM FOLHA EXTRA.ESSE DESGOVERNO É TÃO BONZINHO!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. PANFLETAGEM FEIRA HIPPIE
    O NDG - Núcleo Duro da Greve - convida os defensores da EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE - para esta panfletagem
    Domingo 10 horas no Mercado das Flores
    AV. Afonso Pena esquina de rua da Bahia
    Belo Horizonte Mercado da Flores

    Vamos divulgar:

    https://www.facebook.com/events/260747347330136/

    Panfletagem do NDG em defesa da educação pública de qualidade



    Precisamos reagir e mostrar a este governo a nossa resposta: ainda exigimos nosso piso tao sonhado!!!
    Repudiamos este subsidio.
    Abraços a todos...
    Claudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite amigos.

      Moção de repúdio ao subsídio!

      Izabel/Geografia

      Excluir
  10. O Governo de Minas de tantas estratégias para enganar professor acaba se autodenunciando. Além do lapso no portal do servidor dizendo que todo professor com licenciatura plena receberá menos de 1300,00, escancara na nova tabela de tempo de serviço os erros de reposicionamento feito em 2008.

    ResponderExcluir
  11. Bom dia
    Sou aposentada e ao verificar tabela de reposicionamento consta * ADMISSAO ESCOLHIDA NAO POSSUI CARTA DE SUBSIDIO*.
    NAO ENTENDI A COLOCAÇAO.
    HA MAIS ALGUEM NESSA SITUAÇÃO?
    VOCE, EULER, PODE ME EXPLICAR O QUE ESTÁ HAVENDO?

    ResponderExcluir
  12. EULER, TRADUZ O QUE ESTA ESCRITO AI EMBAIXO PRA MIM .SERA QUE O MEU SALARIO AINDA PODE CAIR MAIS AINDA NO DIA 06.



    3) Atenção! Esses valores tem como referencia seu cargo com uma carga horária integral. Os valores proporcionais a sua atual carga horária estarão disponíveis aqui a partir de 06 de fevereiro.

    ResponderExcluir
  13. Acabei de fazer uma reclamação lá no portal do servidor.Vejam:Meu reposicionamento está errado.Se eu me afastei para aposentadoria em 2007 e agora já estou aposentada, obviamente que meu tempo de efetivo exercício é 27 anos .Aliás eu recebia até adicional trintenário no VB.Agora está dizendo no reposicionamento que eu fui reposicionada com apenas 23 anos e alguns meses e dias.COMO?????Então não deveria nem estar aposentada.Por favor, já estamos tão humilhados , massacrados e ainda roubados?????
    Obrigada

    Temos que abrir a boca em todos os cantos deste país.
    Ouvi também uma notícia interessante.Devido ao desabamento dos prédios no Rio, as autoridades internacionais, os órgãos internacionais estão dizendo que isso veio mostrar que o Brasil não tem estrutura para sediar a copa de 1014 e as olimpíadas de 2016.Hahahaha pois é Mané .Outra coisa tiraram o reposicionamento do Portal do servidor????Aquele em que tudo está errado???Hahahhaha Estão com muito medoooooo.A internet tem uma enorme força realmente.Temos que fazer barulho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colegas, está tudo errado.Estou afastada a quase 3 anos para me aposentar(pode uma moleza dessa?),completei 30 anos de exercício e me deram somente 18 anos.Será que o pessoal que faz essas contas não está consultando a nossa pasta ou será que precisam fazer novamente o segundo ano e aprender a famosa tabelinda,fatos fundamentais?

      Excluir
  14. O simulador sumiu ou é impressao minha?

    ResponderExcluir
  15. Euler, você que é uma pessoa que escreve maravilhosamente bem, consegue expor de maneira organizada e clara suas ideias, nos ajude a escrever uma carta para os pais em resposta à carta da SEE que será entregue aos pais no primeiro dia de aula?
    Um grande abraço e obrigada pelo que tem feito a nossa categoria!
    Patrícia da Costa Mata - JM

    ResponderExcluir
  16. Vamos comentar:


    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=194171,OTE&IdCanal=

    ResponderExcluir
  17. Euler, o que aconteceu? Ontem de manhã o posicionamento estava disponível no portal do servidor e depois na parte da tarde fui olhar de novo e já não estava mais lá. Por que tiraram ?

    ResponderExcluir
  18. Alguem tem alguma duvida sobre o simulador de salario...
    SEE esclarece...
    "Ao verificar sua situação, em caso de dúvidas, favor entrar em contato com a sua Superintendência Regional de Ensino, após o dia 02 de fevereiro, para devidos esclarecimentos. Todas as situações serão verificadas pela Secretaria de Estado de Educação (SEE) e pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e as devidas correções, caso existam, serão realizadas."
    Alguem vai reclamar algo...

    ResponderExcluir
  19. Caro colega das 7:35 do "primeiro comentário" voc
    você perguntou a mesma coisa que eu já havia questionado antes no "contrachOque" do "Prêmio" está dizendo que será pago no 1º dia útil. Não prometeram dia 30?E então esse "povinho" CONTINUA sem palavra?CUMPRA A PALAVRA SEUS INSANOS! SE FALAM QUE MINHA PARCELA DO IPVA VAI VANCER DIA 25 DE JANEIRO, DE REPENTE NÃO MUDA PARA DIA 27 DE JANEIRO MUDA??

    ResponderExcluir
  20. ALÔ PARÁ DE MINAS E REGIÃO, NÃO NOS ESQUEÇAMOS QUE O ABUTRE DEPUTADO inácio franco É INIMIGO NÚMERO UM DOS EDUCADORES. NÃO PODEMOS NUNCA NOS ESQUECER DISSO, ELE VOTOU A FAVOR DESTE MISERÁVEL MODELO UNIFICADO DE REMUNERAÇÃO, QUE ACHATOU NOSSOS SALÁRIOS E JOGOU PARA MAIS DISTANTE O SONHO DO PISO SALARIAL APLICADO NA CARREIRA. COMO O ABUTRE DO DEPUTADO inácio franco NÃO SABE O QUE É VIVER COM 515,00 REAIS POR MÊS ELE NEM SEQUER SE DEU AO TRABALHO DE LER E DEPOIS SUBIR À TRIBUNA PARA JUSTIFICAR O INJUSTIFICÁVEL: A APROVAÇÃO DO SUBSÍDIO, OU MELHOR DO SUICÍDIO PARA OS EDUCADORES.
    AS ELEIÇÕES PARA PREFEITO VÊM AÍ, SEU AFILHADO eugênio mansur NÃO FICA ATRÁS, TEMOS DE DAR O TROCO AGORA NAS URNAS. QUE ELE PERCA AQUI EM PARÁ DE MINAS E QUE DEUS FAÇA JUSTIÇA, QUE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES ELE TAMBÉM LEVE UMA SURRA NAS URNAS QUANDO ENTÃO SE CANDIDATAR A DEPUTADO NOVAMENTE.SE DEPENDER DOS PROFESSORES, inácio franco, VOCÊ ESTÁ PERDIDO. TEMOS MEMÓRIA BOA PARA GUARDAR OS NOMES DE TODOS OS NOSSOS ALUNOS EM SALAS SUPERLOTADAS, LOGO NÃO ESQUECEREMOS O QUE O SENHOR ABUTRE FEZ CONOSCO.
    SALVE PÁTRIA AMADA, SEREMOS LIVRES DESTES ABUTRES QUE INSISTEM SOBREVOAR A CARNIÇA (EDUCAÇÃO - SAÚDE - SEGURAÑÇA PÚBLICA)
    PARA PREFEITO EM PARÁ DE MINAS, QUALQUER UM, MENOS O AFILHADO DE inácio franco, o eugênio mansur.

    ResponderExcluir
  21. NÃO CALCULARAM meu tempo real.devemos fazer com a educação o q o governo faz com a gente: DESCASO.Vamos trabalhar com menos responsabilidade gente,deixa rolar,é assim q eles querem é assim q vai ser.Sindicato nós não temos mesmo!!!! Como disse o Euler estou tranquila pois em 2015 receberei 200,00 a mais,meu futuro esta garantido(e dos meus filho) ,q beleza.vamos dormir e ter bons pesadelos!!!!!abraços

    ResponderExcluir
  22. Caroa amigos ñ sei se com vcs acontece o mesmo ,mas ñ consigo mais falar q sou PROESSORA, falo q sou do LAR. Ser PROFESSORA ta dando vergonha.é muito descaso.MeusmDeus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser faxineira neste país das minas de poucos está sendo mais vantagem.Uma diarista costureira está ganhando 60 reais por dia.Ela faz de 4 a 5 peças num só dia.
      É mole?

      Excluir
  23. E aí o que vamos fazer? E as carttas para rebater o governo junto aos pais?

    ResponderExcluir
  24. Vejo alguns falando em desfiliação em massa, em descaso do Sind Ute.
    Fico me perguntado o porquê da intolerância de alguns.
    O sindicato ainda é legalmente a nossa frente de defesa coletiva.
    Por que insistem em ignorar fatos facilmente comprováveis?

    _Beatriz Cerqueira é competente, recorreu a todos e a tudo o que foi possível durante a greve.
    -A credibilidade do sindicato foi retomada na sua direção.
    -Foi a mais longa greve da história de MG, graças a essa credibilidade.
    -Apoiar - se em partidos que parecem nos defender é óbvio em qualquer situação de luta.
    _O sindicato acatou o embate lado a lado com a oposição (PT/PC do B/PMDB).
    Queriam que ele buscasse reforço onde?Nos partidos governistas? E olha que muita coisa funcionou, graças a esta aliança com a oposição.
    _JÁ FOI PUBLICADO NO BLOG, QUE O SINDICATO JÁ ENTROU COM AÇÃO NA JUSTIÇA. É ISTO QUE QUEREMOS?JÁ FOI FEITO!
    _ O sindicato não se pronuncia?Querem o quê?Que a Beatriz fique de blá, blá,blá, dando-nos condolências?
    Como representante estadual, ela precisa resguardar-se, é óbvio.
    Se ela ficasse no blog, discutindo tudo, já falariam que ela devia é estar trabalhando na causa.
    _Com todo respeito ao NDG, o que ele propõe de diferente nas ações, a não ser o embate de frente nas manifestações?(Alguns fizeram e nós do lado de cá,orgulhosos das suas ações e só). Se todos fossem NDG,seria diferente.
    Acontece assim com a direção estadual do sindicato também. Há propostas, disponibilização de verbas, e a maioria dos diretores das subsedes ficam na inércia. Está na hora de trocar representantes sim, das subsedes que são inoperantes.Muitos já adormeceram,estão enfraquecidos no embate que nem sequer travaram.

    Jogar toda a culpa na direção estadual é atitude imatura. Temos direito à revolta, às reinvidicações, mas não temos o direito de apontar o dedo para o sindicato e denunciá-lo pela derrota. Derrotados fomos pela classe, porque ainda não somos uma classe. Parte da categoria dos profissionais da educação de MG é mal formada e mal informada, por isso a luta precisa começar lá dentro da escola.

    No texto de hoje Euler diz:” aplicaram um calote nos profissionais da Educação, com a conivência dos ministérios públicos, da justiça, incluindo o STF, do governo federal e a homologação servil dos legislativos estaduais - e do federal.
    É a pura verdade. E não há” Beatrizes”,NDGS,
    sindicatos capazes de reveter isso, a não ser pelas lutas e embates dos envolvidos.
    É o que penso.
    Abraços a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, 2 anos consecutivos q a direção chama greve e nós engolimos o subsídio. Tem algo errado sim, as negociações não estão sendo bem conduzidas ou a direção deve entender que a greve não é mais alternativa viável para conquistas.
      Existe um corporativismo muito grande no sindicato, uma políticagem ridícula, pela experiência que tenho com greves, percebo uma direção arcaica, Beatriz é cria do Hilário, as mesmas idéias ultrapassadas, precisamos de idéias novas, buscar novos caminhos, novas alternativas, sou da teoria que se não funciona, muda, precisa mudar toda essa direção do sindicato.
      Não tenho solução pronta para nada, mas tira o que não ta funcionando e vamos pensar coletivamente na construção de outra forma de organização que lute pela categoria, principalmente que não seja atrelada a partidos políticos.

      Josélia- GV

      Excluir
  25. Não consigo visualizar meu contracheque do PRÊMIO,como fazer?

    ResponderExcluir
  26. Caro Euler, você falou tudo,este Enem é para os ricos,pois tem alunos da rede pública que estão tentando passar na federal e não conseguem. Mesmo dentro das universdades existem críticas quando algum aluno fala que veio da escola pública.Não estou falando da incapacidade intelectual, mas sim ineficiência do Estado. Infizmente nunca tivemos um projeto real do Estado,salários adequados.Hoje eu vejo colegas doentes e sem condições de trabalhar,esses governos são mentirosos e não estão preocupados com o ensino público e tão menos com os professores.Precisamos construir uma união sólida . Igarapé

    ResponderExcluir
  27. Este link fala sobre direitos humanos x pinheirinhos

    vale a pena ver

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1040025-acao-no-pinheirinho-viola-direitos-diz-relatora-da-onu.shtml

    Prof. Romeu

    ResponderExcluir
  28. Gente,
    Eu não estou entendo nada!
    Ontem, eu conseguii ver a minha situação de ATB (eu sou aquela do aumento de R$ 5,04). Hoje, não consegui mais (não existe carta de subsídio). No meu cargo de Professora me roubaram, no mínino 16 anos de serviço. Eita!!!

    ResponderExcluir
  29. Bom dia , companheiro Euler
    Acho que deveríamos lançar uma campanha de:

    1- desfiliação em massa dos professores mediante o SINDUTE;
    2- Soltar panfletos com os nomes e fotos dos 51 inimigos da educação todos os meses deste ano;
    3- Cobrar de nossas Superintendências Regionais o cumprimento da carga horária dos diretores e vice- diretores (principalmente 6 horas não cumpridas);
    Professora Márcia de Souza

    ResponderExcluir
  30. Olá, pessoal da luta!

    Bom dia!

    Aos que não estão conseguindo verificar o novo posicionamento, acessem este link:

    https://www.portaldoservidor.mg.gov.br/verificador-novo-posicionamento

    ResponderExcluir
  31. Euler ,
    Estou indignada , meu tempo real no estado ,2º cargo -32a , e o considerado -15a 6me 02 dias ,; no 1º Cargo só aparece ,não existe subsídio .
    Olha , trabalhei na SRE , Cel . Fabriciano por 10a supervisionei a Divisão de Pessoal ,nunca havia visto coisa igual . Creio que esse ano será repugnante para a classe. Justiça terá de ser acionada , .Teremos de formar grupos maiores na contratação de um excelente escritório de advocacia .Serei parceira de quem o fizer. Repúdio ,repúdio ,repúdio........................
    Graça Matos

    ResponderExcluir
  32. gostei do texto da Adrana,faltou união.Betim

    ResponderExcluir
  33. Pais e alunos acusam Superintendente de Ensino
    de aplicar mais um golpe contra a democracia

    O fato de pais e alunos da Escola Estadual Zoé Machado perceber que a nomeação de diretores eleitos democraticamente em 05 de Junho de 2011 já estaria ocorrendo em outros educandários do município a exceção deste último, chamou a atenção principalmente da classe discente que segundo a mesma, não estaria tendo o seu direito de escolha respeitado, vez que como forma de retaliação à eleição da chapa vencedora, a diretora da 44ª Superintendência de Ensino de Janaúba, Maria Eni Santos Fróes (foto) teria na “surdina” montado juntamente com alguns membros do colegiado escolar aquilo que denominou de “comissão de transição”, nomeando outros quatro servidores como diretores provisórios, se posicionando assim de forma indiferente a chapa escolhida pela comunidade para dirigir aquela escola a partir de 1º de Janeiro deste ano. A comissão teria sido formada com a presença de Maria Eni em Jaíba no último dia 12 de Dezembro de 2011 sob o pretexto de que a referida instituição escolar estaria sob a intervenção do governador mineiro Antônio Anastasia. Ao perceber mais uma vez que tudo não passaria de um golpe contra a democracia produzido pela Superintendente, membros da chapa eleita compareceram ao educandário solicitando a cópia da ata da reunião, mas como todas as medidas tomadas por Maria Eni foram ilegais e arbitrárias e deve ser mantida em segredo, a cópia lhes foi negada; uma verdadeira falta de transparência e afronta aos princípios constitucionais, uma vez que este tipo de documento trata-se de um instrumento público, não devendo ser restrito ou omitido a nenhum membro da comunidade escolar. A falta de lisura dos atos praticados abusivamente pela diretora Eni, acabou por levar a chapa vencedora a recorrer ao Sindicato único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais, o qual por sua vez formalizou denúncia junto ao Ministério Público nas cidades de Montes Claros e Manga, visando também garantir um direito líquido e certo inerente a chapa vitoriosa.

    ResponderExcluir
  34. CONTINUANDO

    O Sindicato informou a nossa reportagem que o agravante disso tudo colocou dúvidas nas reais intenções da Superintendente que montou uma comissão no exato momento em que estariam sendo nomeados todos os diretores eleitos pela população, sem, contudo que nenhuma menção fosse feita aos membros da direção eleita democraticamente no ano passado para dirigir o Zoé Machado e sim nomeado componentes da “comissão de transição”, porém sem que nenhuma explicação condizente fosse esclarecida a sociedade. “Se não há nada de irregular ou ilegal nas atitudes da Superintendente, então que isso seja em reunião, formalmente explicado por ela aos pais, alunos e funcionários dessa escola, bem como o porquê do tratamento diferenciado com relação à chapa eleita”, disse uma educadora. “Se realmente há uma intervenção do governador somente no Zoé Machado, isso tem sim que ser esclarecido de forma satisfatória a nós que também somos pais, mesmo por que não há sombra de dúvidas de que existe ai uma discriminação e logo, uma perseguição o que torna o problema sério e merecedor de providências urgentes”, concluiu indignado um dos pais de alunos. No entanto, as verdadeiras intenções dessa Supervisora estariam muito mais além. Há rumores de que políticos locais descompromissados com uma educação de qualidade e com a democracia estejam por trás das ações de Maria Eni, uma vez que membros da chapa eleita estariam sendo assediados pelos mesmos e o pior, tais políticos, teriam afirmado a pessoas de sua intimidade de que a chapa eleita jamais tomaria posse. Percebe-se então que está havendo de fato um golpe contra a democracia e ainda usando os quatro servidores da “direção provisória” para concretizá-lo sem que isso ainda seja percebido pelos mesmos. A bem da verdade, Ivante Dias que até o ano passado era a diretora do Zoé Machado, foi rápida e estrategicamente aposentada por artifício da Superintendente para que o seu golpe começasse agora a se idealizar. Mas pais e alunos prometem para os próximos dias se manifestarem e cobrarem o cumprimento de seus direitos assegurados pela Constituição Federal e Maria Eni pode, mais uma vez, se vê em maus lençóis.

    Mais uma do desgoverno de Minas

    Abaixo a DITADURA !!!!!

    Marcos de Jaíba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLÁ AMIGOS COMBATENTES!!!
      Pois é...Na cidade Histórica de Ouro Preto, na E. E. Dom Pedro II, fundada em 1908, o Diretor eleito pela Comunidade Escolar foi o único da cidade a não tomar posse...
      A SRE solicitou à Escola que indicasse um novo Diretor pois caso não fizesse a mesma indicaria um...
      Abaixo a DITADURA!!!

      Excluir
    2. Indiquem outro bravo combatente! Abaixo a Ditadura Anastasiana!

      Excluir
  35. Olá, pessoal da luta!

    Apenas repassando informações colhidas no site da SEE-MG, inclusive:

    1) a primeira parte do prêmio será paga no dia 30 de janeiro; o contracheque do prêmio já está disponível no portal do servidor (esta informação não está no site da SEE-MG): é preciso digitar a data 01/2012, após entrar com a senha, o masp e os caracteres;

    2) (esta também não está no site do SEE): quando o governo fala em jornada integral se refere à jornada normal que praticamos, que é a de 24 horas para o professor. Portanto, é para quem possui cargos com jornadas inferiores a esta, ou para quem tenha extensão de aulas, que se aplica a proporcionalidade mencionada pelo governo - seja para mais ou para menos;

    3) ante à pressão e à denúncia, o governo resolveu pagar as reposições em folha extra, no dia 17 de fevereiro. De acordo com o site da SEE-MG, todas as reposições lançadas até o dia 06 de fevereiro serão pagas neste dia 17, em folha extra. Espero que paguem corretamente, incluindo o final de semana, pois até agora todos nós recebemos aquém do que trabalhamos. Informem e cobrem isso com as secretárias das escolas. Eu, por exemplo, tenho R$ 2.300,00 para receber de reposição no total (ainda faltam uns 20 dias para completar os mais de 60 dias letivos que estou repondo - ou seja, já paguei mais de dois terços e recebi apenas R$ 400,00). Se o governo fosse um pouquinho mais honesto, pagaria também a diferença da redução aplicada entre julho e dezembro de 2011 (sete meses). Somente com esta redução de sete meses (incluindo o 13º salário) eu tenho R$ 2.500,00 para receber. Ou seja: além do piso que não foi pago, o governo me deve pelo menos R$ 4.400,00 referentes a 2011; mas é claro que não vai pagar, a não ser na justiça;

    É isso.

    Um forte abraço a todos e força na luta!

    ResponderExcluir
  36. Caros colegas, observadores dos ERROS CRASSOS cometidos pela SEE, não é à toa que dizem por aí, que na SEE encontra-se o maior número de INCOMPETENTES POR METRO QUADRADO, eles não leem, releem o que escrevem, saem propagando na maior loucura. Esse erros, alguém lá de dentro que mexe com isso, confidenciou que o SISTEMA NÃO FOI ALIMENTADO, que para nós é ATUALIZADO, inclusive, os sensatos alertaram que isso ia dar zebra, mas ninguém quis saber, aliás diga-se de passagem que sabendo que haveria essa publicação, o setor responsável não cobrou de nenhuma SRE que ALIMENTASSE ou tal sistema e aí, essa chuva de problemas, os POUCOS SENSATOS E INTELIGENTES que trabalham nessa área dizem que já sabiam da confusão que ia ser, e mais, quem não se der conta e cobrar vai se dar mal, porque as pessoas que mexem com isso foram alertadas e não quiseram nem saber, como sempre não querem nem saber DA VIDA DO SERVIDOR! Fiquemos atentos, vamos nas SREs cobrar, o negócio é fazer uma enxurrada de reclamações, porque quem perturbar terá a vida arrumada, quem deixar para lá, vai pagar o pato.Por muitas cidades os professores já começaram a ligar e a procurar as SREs, pois só dessa forma vão apertar a SEE que sabia do problema e lavou as mãos, deixou ARDER!

    ResponderExcluir
  37. Esse governo está mesmo sem credibilidade com os servidores, na educação, então, nem se fala. Tudo que propõe a fazer sai uma semana depois, e quando sai, sai tudo errado. Agora, vem essa questão do pagamento do prêmio, primeiro disseram que seria no dia 30 de janeiro, agora pelas falas, ocorrerá no dia 01 de fevereiro.
    Vem a história da folha extra de reposição de aula, vamos aguardar, quando for no dia, vão passar para o dia 01 de março, além disso os professores aguardam o restante da reposição(toda) que foi feita, aparecerá o pagamento de 1 a 5 aulinhas, cujos valores não corresponderão ao que foi descontado pelo governo. Então é uma lástima, diante de tudo isso fica a pergunta. Essa gente faz tudo isso por vingança, perseguição, ou porque são incompetentes, burrinhos ou ruins de serviço, mesmo? Já que não é possível tanta barbaridade num mesmo lugar, com as mesmas pessoas e no mesmo período.
    Diante disso tudo, fico imanginando, imagine se essas pessoas administrassem uma empresa como a VALE ou a PETROBRÁS que deve ter um nível de complexidade maior que esta SECRETARIA, levariam-nas à banca rota, porque é uma gente muito fraca por todo o organograma da secretaria.

    ResponderExcluir
  38. Euler , não dá.Ontem tinha este tópico "NOVO REPOSICIONAMENTO" mas hoje não está.Confira por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje,27, o reposicionamento está no site que Euler postou neste blog.Errado,mas está lá.

      Excluir
  39. Infelizmente as pessoas (ou a maioria delas) que ocupam cargos importantes na área da educação como secretários municipais, estaduais e ministro da educação são pessoas que nunca pisaram em uma sala de aula das escolas públicas. Portanto desconhecem os inúmeros problemas e dificuldades enfrentados pelas escolas e professores. Eles não sabem (ou fingem que não sabem) que alguns professores apanham de alunos em sala de aula, que não têm condições de assinar revistas para se manterem atualizados em sua área, não têm passe livre em ônibus como policiais e muitos outros funcionários públicos, que as vezes têm que fazer a tradicional "vaquinha" para arcar com despesas que deveriam ser do governo, a indisciplina de alunos que arruinam com a moral dos professores e por aí vai uma lista gigantesca e sem fim.

    ResponderExcluir
  40. Norte de Minas não esqueçam ANA MARIA REZENDE, ARLEN SANTIAGO votaram a favor do seu atual salário do seu posicionamento da retirada dos seus biênios e quinquêncios e esqueçamos de GIL PEREIRA e CARLOS PIMENTA amiguinhos de Anastásia. Portanto são nossos inimigos.

    Esta chegando o momento de mostrarmos que temos força política. Nas próximas eleições quem foi contra a educação tem que sentir nos votos.
    Ou então seremos um nada para sempre.

    ResponderExcluir
  41. O tempo não está postando todos os comentários.
    Vamos para cima deles!!!!!!!!!!!!


    http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=194171,OTE&IdCanal=

    ResponderExcluir
  42. Euler e demais companheiros, o governo continua na ilegalidade, pois nao reservou 1/3 de tempo para atividades extra classe. Nossa jornada é de 24 horas, portanto deveríamos ter um tempo total de 8 horas extra classe e 16 horas em sala de aula. Correto?

    ResponderExcluir
  43. veja bem quem defende o sindi....e sua diretora.Nada pessoal mas compare com as ações do sindicato de São Paulo.Veja que estamos quase 9 meses depois da greve de 112 dias , com vários erros do próprio sindicato que se diz"grande e importante" mas não tem um jurídico com a mesma proporcionalidade.Não gosto de ficar falando mas é a realidade.O coração não pode falar alto neste momento.Devemos ser realistas e frios neste momento.Faça um balanço (quem defende) veja as nossas perdas tão imaturas e inocentes.O que o sindicato fez??Por que não pode colocar uma simples nota dizendo"Filiados estamos movimentando na justiça.Estamos tentando tudo " Somente isso.Mas não No site fica repetindo os feitos ou os desfeitos do louco desvairado e suas cúmplices.Aliás vão pagar juntos aqui.Só se morrerem de acidentes pois não vão ter tempo de pagar .Aí vão voltar para ter o retorno.Aí está o porque de tantas crianças com problemas de tudo ao nascer.Não tiveram tempo de pagar e nascem com todos os diferentes problemas.Existe a lei do retorno.Ou aqui ou depois mas certamente virá.Então voltando ao sindicato, NÃO PRECISA DETALHAR, RESGUARDAR ISSO A "SETE CHAVES" MAS TODOS NÓS ESTAMOS AFLITOS .ENTÃO UMA SIMPLES NOTA OFICIAL.NADA DE DEIXARMOS SUPONDO "ACHANDO" QUE ESTÁ SENDO FEITO ALGUMA COISA .Vamos ser rwalistas e coerentes, principalmente o próprio sindicato.Outra coisa.Se o sindicato se aliou a algum partido, então que os mesmos nos ajude.Faça algo.O Mercadante é do PT.Por que não vão até ele???Marque uma audi~encia sei lá.Mexam...mexam...agem...ação é o que falta.Pagamos sim mas onde está o dinheiro???Se não vemos o retorno????

    ResponderExcluir
  44. Tem diferenças entre a justiça paulista e mineira?



    http://www.conversaafiada.com.br/video/2012/01/26/pinheirinho-boechat-pega-os-vandalos-todos/

    ResponderExcluir
  45. Ao ler os questionamentos feitos, aqui, ficamos aprensivos, pois que esta bagunça sempre fez parte da SEE, não há dúvida, mas parece que neste governo a situação ficou pior. As informações são desencontradas, o grau de insatisfação dos educadores e dos demais servidores é enorme. Ninguém espera nada de bom deste governo, em relação à educação no Estado. Parece que estamos vivendo o maior caos na área da educação mineira. Há quem considere que se trocar a Secretária haverá mais organização, mas isso não vai resolver, porque a questão é governamental, então teria que trocar o GOVERNADOR, porque ela é pau mandado, essa secretária já demonstrou por sua postura que só tem currículo, mas atitude, nenhuma!

    ResponderExcluir
  46. Caros colegas professores,

    novamente repito aqui: todos nós sabemos quem são os culpados e os causadores de problemas sociais no Brasil, das injustiças e desigualdades e, no nosso caso, da desvalorização total da educação e dos professores.

    De fato, todos nós sabemos identificar nossos algozes, que são os bandidos travestidos de políticos pertencentes a todos os partidos. E estas sanguessugas "lesa-pátria" só existem porque nosso sistema político é sujo, nefasto e corrupto e, portanto, precisa de uma reforma política e eleitoral urgente.

    Portanto, não adianta muito ficarmos apenas nos lamentando porque não somos valorizados, que nosso salário a cada ano é achatado, que somos perseguidos, que o governador é um crápula, etc, etc, etc. Temos de agir! E uma das formas de mostrar nosso descontentamento a esta corja é execrando todos eles nas eleições através do nosso "não-voto". A única coisa que esses safados temem é a perda de votos, pois o poder e o dinheiro é tudo o que eles buscam à custa das desigualdades sociais no Brasil.

    Hoje, passadas algumas décadas após a ditadura militar, percebemos que a ditadura civil está cada vez mais latente, sendo inclusive, mais perversa do que a ditadura militar em muitos aspectos. Em Minas Gerais, o exemplo de ditadura civil é muito claro, em que partidos políticos "hienas" são criados exclusivamente para manterem o "status quo" destes governos e para a aprovação de projetos políticos injustos.

    Portanto, que apenas não usemos este espaço para apontar os culpados, para lamentar nossa situação. Mas que também possamos começar a agir contra-atacando este sistema político perverso, viciado e injusto através de campanhas nas redes sociais, blogs, e-mails, em todas as mídias informais, nas escolas, nas ruas, etc. É mais do que urgente mostrarmos para as pessoas que não podemos confiar em um sistema político e eleitoral corrupto, que se transformou num covil de bandidos e salteadores.

    Portanto, comecemos nosso ataque e execração aos safados deputados mineiros que colocaram a carreira do professor estadual na lata do lixo. É preciso nos empenharmos cada vez mais, de todas as formas possíveis para acabar com a carreira política destes "paus mandados" do governo de Minas. Tenham sempre à mão os nomes destes bandidos, e através das redes sociais, vamos fazer campanhas maciças contra eles. Só assim, começaremos a ser respeitados, pois eles não querem sair do "clubinho dos corruptos" que se transformou nosso sistema político.

    Atenciosamente,

    Raimundo Santos
    Belo Horizonte

    ResponderExcluir
  47. Caro colega das 7:35 do "primeiro comentário"
    você perguntou a mesma coisa que eu já havia questionado antes no "contrachOque" do "Prêmio" está dizendo que será pago no 1º dia útil. Não prometeram dia 30?E então esse "povinho" CONTINUA sem palavra?CUMPRA A PALAVRA SEUS INSANOS! SE FALAM QUE MINHA PARCELA DO IPVA VAI VENCER DIA 25 DE JANEIRO, DE REPENTE NÃO MUDA PARA DIA 27 DE JANEIRO MUDA??


    COMPLEMENTANDO MEU COMENTÁRIO, REALMENTE, HOJE NAO ESTÁ MAIS APARECENDO O NOVO SIMULADOR DO REPOSICIONAMENTO! ONTEM EU ACESSEI E ATÉ COPIEI NOS MEU DOCUMENTO. EULER O SITE DA EDUCAÇÃO TAMBÉM ESTÁ INACESSÍVEL! POR QUE?

    FORA AERCIO!
    FORA ANASTASIA
    FORA RENATA VILHENA
    FORA NOVO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, O TAL MERCADANTE!QUE JÁ COMEÇA ERRANDO!
    FORA DILMA!
    FORA 51 DEPUTADOS DE MINAS GERAIS INIMIGOS DA EDUCAÇÃO!

    FORA PREFEITO DE SÃO PAULO PAULO GILBERTO KASSAB MASSACRADOR DE INOCENTES!

    FORA SINDIUTE!

    FORA TODOS

    GOVERNADOR VALADARES EDUCADORA INDIGNADA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. simulador no endereço abaixo

      https://www.portaldoservidor.mg.gov.br/verificador-novo-posicionamento

      Excluir
  48. Quem defende o sindute-MG é porque está alheio ao que estamos passando: perseguições, cortes de salário, pressões, retaliações, etc...
    Só quem não tem bom-senso para não perceber que o sindute-MG nada tem feito para amparar a classe que pretende defender. Após uma greve frustrada de 112 dias, o que o sindute-MG tem feito para revertermos a situação? Onde estão as instruções à classe? Onde foi parar a diretora do sindute-MG? Pessoal, é só fazer um balanço e perceber que não temos conseguido nada, nadinha de positivo com este sindicato. De fato, em 10 anos como professor no estado, nunca fomos tão massacrados como agora, na atual gestão do sindute-MG. Será coincidência!!! É muito simples durante as manifestações a diretora do sindute-MG pregar aos manifestantes frases do tipo: "voltaremos só com o pagamento do piso nacional", "essa greve não termina enquanto não nos pagarem o piso", etc. Entretanto, como sempre acontece, no final ela "abre as pernas", faz um acordo "às escuras" com o governo, e ficar por isso mesmo...
    Acho que já está mais do que na hora de percebermos que este sindicato não tem sentido de existir. Podemos nos organizarmos de outras formas, como por exemplo, em espaços como este blog, através das redes sociais, para que sejamos mais unidos e informados.

    Abaixo o sindute-MG!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professor Sebastião,

      Respeito a sua opinião, mas...
      Então quem nos massacra agora é o sindicato e não o governo?
      Pelo visto o governo está ganhando a batalha. Anastasia é mesmo inteligente e age com perspicácia!É isto que ele quer. Sindicatos menosprezados pela própria categoria.
      Quem esteve presente na assembléia que pôs fim a greve, viu 5.ooo contracheques levantados ,querendo o fim e não o da Beatriz ,que por sinal não vota.
      Informados através dos blogs e redes sociais nós já estamos. Agora a união que falta, essa não se faz só em redes sociais ou blogs, mas no chão da escola, no dia a dia, na nossa capacidade de subversão e também de ponderação.
      Não estou na defesa do sindicato e nem na acusação. Procuro acompanhar os fatos e ponderar, pois sei da minha condição: desvalorização profissional, nunca vista antes. Sei também que a reversão da situação pode-se dar judicialmente e isto já foi encaminhado pelo sindicato.
      A meu ver, como você mesmo diz Beatriz não “abriu as pernas”, quem deu munição para o governo destruir a educação foram os profissionais que ficaram em sala de aula.Com todos em greve,qualquer sindicato sairia vitorioso.
      Abaixo atitudes que fortalecem o governo de MG!!!


      Um abraço!

      Excluir
    2. E a contratação do escritório de advocacia???

      Excluir
    3. Concordo plenamente com vc Adriana! A APPMG e o governo Anastasia devem estar amando este blog! Devem estar rindo litros com isso aqui!

      Daise

      Excluir
    4. Apoiado Raimundo! Desfiliação em massa do sindute e filiação na APPMG já! O sindicato já era! A APPMG abre as pernas para o governo mas sai vencedor! Vamos lá! Fora sindute e viva APPMG e Anastasia!

      Cida

      Excluir
    5. Uai... APPMG sai vitoriosa mesmo:apoio total às vontades do Anastasia.Você pode apontar uma vitória desta entidade para a categoria? E a lei do piso?Ela enfrentou o governo também?
      Cida, você deve ser mais uma que caiu na rede da APPMG.Cuidado viu! Quem trabalha pro governo destrói a classe.
      Desfiliação em massa deveria ter essa entidade que ainda acha uns bobos pra enganar.

      Excluir
  49. Quanto a fala de alguns pedindo que a direção procure seus asseclas , aqueles que estavam no primeiro comando de greve após o encerramento da mesma, devem lembrar da frase daquele ser odiado e ridicularizado por toda categoria o "Hilário" de que agora o PT é governo e por isso o problema é da categoria.

    ResponderExcluir
  50. Euler, hoje, dia 27 de janeiro de 2011, por volta das 13:00 horas, fiquei mais de 40 minutos tentando abrir o site do Portal do servidor e da educação também, não dá.
    O que pode estar acontecendo por lá?
    No meu cargo de 18 anos de serviço me posicionaram com apenas 9 anos e no meu outro cargo de 15 anos com 14 anos .
    E ainda estou naquela previsão que vem no final da carta que abri ontem, no portal, no novo posicionamento, até 2015, como letra A.
    O que significa isso?
    Não iriamos mudar 2 letras a cada ano, começando a partir de abril deste ano?
    Como ficarei na letra A, até 2015?
    E isso nos dois cargos.
    Att
    Professora que não tem mais vontade de entrar na escola

    ResponderExcluir
  51. Euler, gostei da idéia da colega Patrícia da Costa Mata - JM, "nos ajude a escrever uma carta para os pais em resposta à carta da SEE que será entregue aos pais no primeiro dia de aula"?
    Um abraço.
    Hernani - S.B.

    ResponderExcluir
  52. Mandei pergunta p a Renata Vilhena hj no twiter e ela me respondeu q o premio sairá dia 30 conforme combinado.

    ResponderExcluir
  53. com o subsidio o sind´inutil vai dobrar o seu faturamento Podemos fazer 2 congressos em Araxá por ano.Para discutir a estratégia de como receber o Piso (pois é só isso que a categoria quer) Não era mais fácil contratar logo um escritório de advogados? Ou é a eleição que se aproxima????? Estratégias...........para quê???
    BRINCADEIRA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Congresso não Férias, porque eles não marcam um congresso em BH ? Será por que?

      Excluir
  54. INIMIGOS...
    JOSÉ HENRIQUE
    PMDB
    Conselheiro Pena, Aimorés, Matipó, Lajinha, Resplendor, Simonésia, Belo Horizonte, Abre-Campo, Itanhomi, Ipanema, Raul Soares, Santa Rita do Itueto e Tarumirim

    JUNINHO ARAÚJO
    PTB
    Timóteo, Ipatinga, Raul Soares, Antônio Dias, Belo Horizonte, Ponte Nova, Pingo d’Agua, Santa Bárbara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DIONISIO, SAO DOMINGOS DO PRATA, MONLEVADE, NOVA ERA.........

      Excluir
  55. Agora sim, Euler, você tem tudo o que precisava para concluir sua representação para o STF. O massacre foi consumado, ditado e imposto sem que ao menos pudéssemos questioná-lo, debatê-lo ou discutí-lo. Uma boa comparação com a tabela de vencimento básico com a aplicação correta do piso salarial será o bastante para evidenciar, denunciar e deixar bastante claro para os juízes federais a forma de burlar o piso no arraial de Minas. Mas você precisa usar um contra cheque que não tenha o um terço de férias para ficar mais fácil a comparação, se eu não me engano o de janeiro tem a gratificação de um terço de férias. Vai ser bom o de fevereiro que vai vir com valor bem reduzido que quando for comparado com o vencimento básico mostre a real diferença.
    O triste é saber que aquele valor que nos foi apresentado nas tabelas deprimentes do subsídio é um valor absoluto, ou seja, sobre ele não tem biênio, quinquênio, e nenhuma outra vantagem decorrente de nossos anos de trabalho....É só aquilo mesmo e pronto e nada mais....Assim como Hitler exterminou os judeus este outro nazista nos escolheu para praticar o seu holocausto.
    Só nos resta a justiça federal ou quem sabe (caso possamos sonhar um pouquinho) a federalização que será discutida no senado. Que possamos agora partir para esta representação que você está elaborando, a ação junto ao STF da parte do sindicato e nossas manifestações que virão com o desenrolar do tempo principalmente em Brasília na época dos debates da federalização. Como você sempre finaliza "um forte abraço e força na luta e muita inspiração no término de sua representação ao STF."

    Lobo Guará Zona da Mata

    ResponderExcluir
  56. Companheiro Euler, boa tarde!
    Parabéns pelo belíssimo texto!

    ResponderExcluir
  57. professoramaluquinha27 de janeiro de 2012 14:26

    vocês viram? o governo está criando o M.A.S.P. (Modernização na Administração dos Serviços e Sistemas de Pessoal). "Foi publicado no Diário Oficial de Minas Gerais o edital para a seleção da empresa de consultoria que fará o diagnóstico e implantará os novos processos administrativos na área de administração de pessoal do governo." Outra novidade é no site do IPSEMG, filhos entre 21 a 35 anos, poderão ser inscritos como beneficiários. O desconto será no cargo de maior remuneração para quem tem dois. FIQUE DE OLHO!

    ResponderExcluir
  58. Pensem: com sindicato tá difícil unir a categoria. Imaginem sem? Precisamos fortalecer o sindicato e não acabar com ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O sindicato deveria fazer a parte que lhe cabe muito bem feita.

      Mas não faz.

      Excluir
  59. Filhos de 21 a 35 anos. Já não deveriam desejar a independência dos pais? Precisamos é de uma boa assistência, não de aumentar o número de dependentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não esqueça que há professores com filhos com deficiência fisica e mental.Temos colegas que filhos com 21 a 35 anos, estão na cama e com o salário que recebemos e o convenio que possuimos esses pais,precisam fazer milagre para chegar ao final do mês,tendo ainda fraldas,remedios controlados e outros itens.
      Concordo que temos que exigir melhorias para o nosso convenio,mas,questionar a idade dos dependentes, é questionar quantos colegas tem filhos que eles desejariam muito que fossem independentes,mas, infelizmente não são.Sejam por deficiencia fisica,mental, AVC, pense nisso colega!

      Excluir
    2. Existem casos e casos. Tenho um filho que neste ano faz 21 anos e esta fando faculdade e vai começar um estágio não remunerado. Caso ele não tenha assistência do IPSEMG terei que pagar consultas e exames particulares. Então há sim necessidade desta ampliação na cobertura em relação à idade. Até que tenha sua independência financeira, e espero eu que seja o mais breve possível, é justo que possa ter um plano de saúde, nem que seja o 'IPSEMG' que no interior pouco vale.

      Excluir
  60. o que significa carta subsidio não existe?
    Não aparece nada so essa mensagem.

    ResponderExcluir
  61. estratégia é desvalorizar ao máximo as empresas e depois apossarem delas por preço irrisório e ficarem milhonários.Leia PRIVATARIA TUCANA.Estão caindo direitinho!!!É assim mesmo que eles querem.Quem poderá fazer e vai fazer alguma coisa por nós é o Sindicato.Acalmem.os corações e unamo-nos...e a vitória virá.Conversa só não leva a nada.Confiemos no Sindicato. A braços.Regina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o sindicato não faz nada de objetivo.

      Excluir
  62. Vocês acreditam que uma professora da minha escola,concursada,por isso efetiva e que esteve de licença sem vencimento por algum tempo, agora é a última da lista na matéria que leciona.Assim a mesma está à disposição para ir para outras escolas?????Aberrações do governo!!!! Eu hein!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LICENÇA SEM VENCIMENTO É ASSIM MESMO.

      Excluir
  63. O GOVERNO ESTÁ MOSTRANDO PARA O MUNDO QUE A EDUCAÇÃO É A PIOR PORCARIA QUE EXISTE NO BRASIL. POR ISSO, É MELHOR SER PEDREIRO, MOTORISTA DE ÕNIBUS E PENSEM BEM, NÃO PRECISA ESTUDAR MUITO E MUITO CARREGAR PARA CASA PROVAS, EXERCÍCIOS, ELABORAR PLANOS, FICAR ESTUDANDO. CHEGOU EM CASA VAI DESCANSAR, PORQUE NO OUTRO DIA VOC~E ESTARÁ TRABALHANDO DE NOVO E SEM ESQUENTAR MUITO.
    PARA QUE SER PROFESSOR? PARA FICAR LAMENTANDO POR AÍ, FAÇAMOS UMA COISA IMPORTANTE TODOS NÓS, DEIXEMOS DE LADO A EDUCAÇÃO E VAMOS BUSCAR OUTRA PROFISSÃO.

    ResponderExcluir
  64. AdrianaJan 27, 2012 03:46 AM
    "_ O sindicato não se pronuncia?Querem o quê?Que a Beatriz fique de blá, blá,blá, dando-nos condolências?
    Como representante estadual, ela precisa resguardar-se, é óbvio."
    -----------------------xxxxx--------------------------
    Não, quero que o sind-inútil impetre um mandado de segurança urgente que nos garantirá o direito de revisão dos anos trabalhados para efeito do "reposicionamento" pois não somos escravos para ter o tempo trabalhado negado na hora dos benéficios e está claro o erro na vida de toda a classe de
    Trabalhadores da Eduçação de Minas Gerais por isso tem que ser corrigido agora e não em 2015.
    MEXA-SE SIND-INÚTIL AO MENOS UMA VEZ NA VIDA E DEPOIS NÃO DIGA QUE TRANSCORREU O PRAZO HÁBIL PROCESSUAL COMO NA ÉPOCA DO PISO POIS ESSE PEDIDO EU FIZ UM DIA APÓS A VOTAÇÃO DO MESMO NO STF.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que o prazo pocessual é até dois anos.

      Excluir
    2. Terezinha Borges de Morais27 de janeiro de 2012 21:12

      e Morais A tabela do subsídio no 1º cargo ñ confere (errado tmb ñ aparece D3A apostilado) Gostaria de saber a posição do Sindute,quanto a recorrer da Justiça para ter um parecer sobre isso.Estamos pensador em Organizar uma a Associação.O Sindute poderia aqui no Facebook posicionar a respeito. Aguardar até quando? Olha o gov.no meu entender ñ poderia tocar no pessoal aposentado.Coisa de Fascista...Pior que ditadura...O pessoal Jurídico do Sindute tem que saber responder.Temos urgência...

      Excluir
    3. "MEXA-SE SIND-INÚTIL AO MENOS UMA VEZ NA VIDA"... Vc Gracieuza deve ser bem novata no estado ou então não está bem informada viu? Temos mtas conquistas ao longo dos meus 23 anos de carreira, graças ao sindute e a nossa mobilização! Não cuspa no prato que comeu! Informe-se melhor! No momento atual, tdo bem, estamos sem respostas do sindicato mas vamos acalmar os ânimos, pegar leve um pouco com o sindicato pois alguma coisa está sendo feita concerteza! Espere e verá!

      Cleuza- ATB e PEBI

      Excluir
  65. COLEGAS DE DIVINOPOLIS E REGIÃO NAO ESQUEÇAM O NOME DE FABIANO TOLENTINO, O INIMIGO NUMERO 1 DA REGIÃO DOS PROFESSORES. ELE FAZ PARTE DOS 51 MANIPULADOS PELO GOVERNO

    ResponderExcluir
  66. Sindinútil 30 anos de muito blá blá alguns eleitos a custa da categoria e professor com o menor piso daqueles que tem carreira nível superior.

    E ainda querem, elogios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles (Sind UTE), adoram elogios.

      Excluir
  67. PROCURA-SE

    DESGOVERNADOR (MINAS GERAIS)

    Visto pela última vez pedindo voto e prometendo mudanças. Ninguém o viu desde então, especialmente os professores da rede pública.

    ResponderExcluir
  68. Euler, parabéns pelo texto.Você relatou de forma clara, a verdadeira educação e a total desvalorização e desprezo do governo para com os dos professores do E. de MG.O pior, è que os funcionários tanto da SEE quanto da SEPLAG simplesmente estão ocupando cargos polìticos são incompetentes e só cumprem ordens do ditador.Fazem parte do grupo dos politicos corruptos.j
    Já que não se fazem nada por nós, quando iniciar o ano letivo, vamos simplesmente cumpri o horario nas salas de aula e deixar que os alunos juntamente com seus pais nos ajudem a destruir esta máfia que está à frente da educação.

    ResponderExcluir
  69. Paulo Herique? Tudoooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  70. Boa noite pessoal da região de Divinópolis, não podemos esquecer do traidor Domingos Savio. Ele também faz parte da lista dos 51 deputados.

    ResponderExcluir
  71. Anônimo de 05:19. A secretaria de exceção é tudo isto e mais um pouco. Cheia de falsetes!!! É erro pra todo lado. Estão tropeçando nas próprias invenções. Não sabem como desenrolar o bolo de rolo que fizeram com a vida funcional do servidor. Este desgovernador a cada dia inventa um xarope (como esta do MASP). Quem vai lucrar com esta "coisa"? Este cara "governa" para quem? Esquisito......

    ResponderExcluir
  72. Hoje eu somei todos os cortes feitos no meu salário desde o início da greve de maio de 2011. Foram exatos R$5.413,45 descontados a partir de junho de 2011. Mas até o dia de hoje, 27 de janeiro de 2012, não recebi NENHUM CENTAVO de reposição, mesmo repondo todas as aulas. São feriados, fins de semana, férias e nenhum retorne até então. Aqui na minha escola, em João Monlevade, estaremos repondo greve, sem folga nenhuma, até 16 de fevereiro!!!!
    E como se não fosse o bastante, fui reposicionada na nova tabela como se tivesse apenas 8 anos de magistério.
    Dá para trabalhar estimulada, não dá?!

    Patrícia da Costa Mata

    ResponderExcluir
  73. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  74. Aposentada inebriada!!! Com 30 anos de serviço consideraram p/ o "suicídio" imposto a mim 10 a 06m 09d. Não é um espetáculo? Aumento de 0,21 até 2015. ESTOU SEM PALAVRAS! Queremos participar da ação contra estas tristes figuras que "pensam" ser os donos do poder. Turma de OBSEDIADOS! Jesus venha em nosso socorro! Amém.

    ResponderExcluir
  75. ALENCAR DA SILVEIRA JÚINIOR
    VOCÊ ESTÁ ESTAMPADO NA CABECEIRA DA LISTA DOS 51 DEPUTADOS QUE COVARDEMENTE ACABARAM COM A NOSSA CARREIRA PROFISSIONAL.VOCÊ É O PRIMEIRO QUE TODOS DEPARAM. INSENSÍVEL!!!! PUXA SACO DE GOVERNO!!
    VOCÊS TODOS SÃO PAUS MANDADOS DESTE GOVERNADORZINHO.
    E AGORA, TÁ SATISFEITO COM A NOSSA INDIGNAÇAO?
    AGUARDE A NOSSA RESPOSTA!
    TEMOS NOJO DE VOCÊS TODOS!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DEPUTADO TIAGO ULISSES,

      UM DOS 51 TRAIDORES DA EDUCAÇÃO NA ALMG.


      ANASTASIA, O PIOR GOVERNADOR DE TODOS OS TEMPOS.

      Excluir
  76. GREYCE Cel Fabriciano27 de janeiro de 2012 21:58

    Será que temos q derrubar a SEE e a SRE? A incompetência é tanta :Substimam nossa capacidade de interpretação ? Crueldade ? Ou é burrice mesmo.Estão enrolando nossa vida funcional cada vez mais.Fiz reclamação do meu reposicionamento à SEE.A mesma jogou P SRE e esta por sua vez não teve como jogar p escola,pois eu já tinha conferido tudo.Então disse q não obtiveram informações.Estão menos informados q nós professores,pois o bate papo não dá tempo p ler as legislações.SENHOR,tende piedade de nós.Estamos num labirinto.O jeito é partir p violência.Bandido tem mais valor q trabalhador.O máximo q acontece é ficarmos em celas especiais e economizando alimentação e moradia. KKKKK É brinquedo Não.

    ResponderExcluir
  77. Prezados colegas,

    Sou diretor da subsede em minha cidade e estou aqui DEFENDENDO O SINDUTE.
    Não pensem os colegas que, é fácil o trabalho voluntário sindical, por que não é! Há mais de uma década faço mobilizações aqui na região e como é difícil fazer-se entender, muitos não querem entender, não estou falando apenas dos novatos, falo também dos mais antigos. Não falta apenas consciência política. Somos domesticados pelos "de cima". Toda uma geração muito obediente (antigos) e outra geração apática (novos). Estamos servis e medrosos.
    Fico admirado de ler tantas besteiras aqui no blog, tantas acusações contra o sindicato. Muitas vezes que o faz desconhece nossos movimentos, às vezes sinto que são iniciantes na luta, desconhecem as conquistas de mais de 30 anos de mobilizações.
    Parece-me que o inimigo somos nós mesmos. O Governo aplaude a todas as manifestações contra o sindicato, é isso mesmo que ele almeja, a nossa divisão, nosso enfraquecimento e sobretudo ele quer o sindicato atrelado a ele, como muitas entidades já conhecidas de público.
    Fazemos o jogo dele aqui nesse espaço.
    Será que se tivermos uma liderança isenta de ideologismos partidários seríamos melhores, mais fortes?
    O grande problema, e isso afeta a todos os trabalhadores em geral, é que o sistema está viciado! Temos oportunistas em todas as entidades. Como seríamos sem os partidos políticos, sem a cut, sem a cnte? Teríamos respaldo? Quem nos defenderia?
    O judiciário (rsrs) ou o CHAPOLIM COLORADO? (RSRS)?
    Igualmente lamento a demora do sindicato em se pronunciar sobre a contratação de uma firma de advocacia; tem suas razões obviamente que logo saberemos, entretanto, temos mais tempo para articular nossa defesa, sobretudo, agora que saiu nosso reposicionamento.
    Devemos sempre respeitar o nosso sindicato, criar e fortalecer novas lideranças, pois nossas ações requerem essa dinâmica. Sou a favor de mudanças a todo momento. As lideranças passam, o sindicato fica!
    Portanto, defendo uma reestruturação em todos os departamentos do sindicato, principalmente no jurídico. Precisamos de uma comunicação mais eficiente. Precisamos de formar mais lideranças. Precisamos que nossas finanças(nossa receita/despesa) seja transparente através do site na internet.
    Ou o sindicato se fortalece através de uma gestão mais eficiente, ou lamentaremos de fato as oportunidades perdidas.

    Prof. Romeu / Caratinga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ASSINO EMBAIXO.

      Excluir
    2. Marca uma audiência com a Dilma porque ela é do seu partido PT. Quem sabe ela resolve o nosso problema

      Excluir
    3. E a contratação do escritório de advocacia???

      Excluir
    4. Concordo com o dirigente sindical. De repente o nosso inimigo virou o sindicato. A culpa de nosso derrota deve ser creditada nos mais de 70% da categoria que não moveu uma palha pela greve. E não moveu por quê?- Porque não tem o mínimo de consciência política, porque são filhotes da péssima educação que é ofertada em faculdades pagou passou.

      Excluir
    5. "Como seríamos sem os partidos políticos, sem a cut, sem a cnte? Teríamos respaldo? Quem nos defenderia?"

      Querido Prof, Romeu, não sei como seria sem eles, mas com eles sabemos bem como tem sido, derrota atrás de derrota, e os professores servindo como massa de manobra, aplaudindo a ignorância e oportunismos de representantes dessas entidades nos atos realizados durante a greve em BH.

      Josélia- GV

      Excluir
    6. A desmobilização e enfraquecimento dos sindicatos não é mera coincidência ou apenas um fenômeno mineiro. Desde a adoção de práticas neoliberais por Ronald Reagan e MArgareth Tatcher no início dos anos 80, a política de isolamento dos trabalhadores tem sido colocada em prática. Ambos demoliram os sindicatos e desmobilizaram as categorias e hoje vivemos em plena decadência do trabalhismo. Qual a solução: o voto. Creio que o sindicato não deva ser coligado ou comprometido com partidos, mas assumo que parte da força política sindical reside na união com algum partido de perfil trabalhista (PSDB, PSB, DEM, PSD e PTB não são ou nunca foram trabalhistas). POrtanto, a conjugação de esforços políticos ou o alinhamento ideológico com o trabalhismo são fundamentais para a força da categoria, mas isso não significa uma postura acrítica ou parcial. O PT deve ser criticado por diversas ações e omissões, mas o que seria de um sindicato dominado pelo PSDB - aliás, é a estratégia do tucanato se inserir no sindicalismo em MG, já que o perfil elitista do partido tem custado caro nestes tempos de mídias sociais e possibilidade de informação fora da mídia oficial (comprada pelo PSDB, evidentemente). Quanto à falta de união e ideologia da categoria, é fato histórico e creio que não pode ser atribuído a governos ou falta de educação política, já que a alienação não é exclusiva dos professores. Consumir BBBs, novelas e seriados alienantes, sem postura crítica, é caminho fácil para a dominação sutil das mídias sobre o povo, mesmo que este não perceba. Como professores, deveríamos inspirar o espírito crític de nossos alunos, futuros eleitores e candidatos.
      Marcelo

      Excluir
  78. É tudo um absurdo mesmo!o meu vencimento basico na nova tabela de transição segundo o meu tempo de serviço teria que ser 947,00, eles fizeram o calculo em cima de 837,00 reais, como se eu estivesse em inicio de carreia,ou seja os meus 16 anos de exercício não contou, uma vez que me classificaram como PEB I A,onde estão os meus 16 anos! eles disseram que iriam considerar o tempo de serviço!!!
    Pura enganação, um bando de cretinos!!!
    nem o que diz o projeto eles estão cumprindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEU DEUS, ELES ACREDITARAM.

      Excluir
  79. Quero ver o povo de Valadares dar
    mais uma vez o aval ao "Bonusfácil" mourão...
    Lembrem-se pessoal o que este sujeito fez em
    1997,exonerando 1194 servidores CONCURSADOS E
    NOMEADOS sob a alegação de desnecessários ao
    cargo.Gente,acorde...eu sei sobre o que estou
    escrevendo pois vivenciei isto.
    agora,o dito cujo faz mais um trabalho sujo:VOTA CONTRA NÓS PROFESSORES.A CARA DELE ESTá em vários outdoors junto aos amigos gângsters:anastasia,aécio e o candidato dele
    (mourão) a prefeito da cidade.Gente,não esque-
    çamos deste coisa ruim.VOTEMOS CONTRA mourão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. APOIADO...MOURÃO NUNCA MAIS....ACOOOORRRRDDAAAAA VALADARES......VAMOS MANDAR O DEP.MOURÃO UNS DOS 51"SEM IDÉIA" PRA BEM LONGE DE GOV.VALADARES.
      ABRAÇOS A TODOS OS GUERREIROS...
      EULER PARA CANDIDATO A DIREÇÃO SINDICAL....

      Excluir
    2. O Mourão ainda acredita que na hora certa os professores votarão nele.

      Excluir
  80. E AGORA, NÃO VAMOS MANDAR ESTES DADOS PARA NOSSOS TRAIDORES? AQUELES MESMOS, OS 51 QUE DIZIAM QUE NÃO ESTÁVAMOS ENTENDENDO, QUE SERIA MELHOR PRA NÓS.

    ResponderExcluir
  81. Bichos escrotos saiam dos esgotos. E vão prá cadeia porque roubar ainda é crime.

    ResponderExcluir
  82. Por que vocês não estão comentando a matéria do jornal O Tempo. Já postei lá alguns comentários, inclusive sobre o compromisso do jornalismo com a verdade dos fatos e não com a "pseudoverdade" oficial.
    Precisamos ocupar qualquer espaço e falar sobre o assalto "à mão poderosa" que estamos sofrendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comentei, mas eles não estão publicando... Por que será?

      Todos os comentários batem forte no Satanazia e, isso, não é bom pra eles que precisam partilhar do bolo roubado de nós educadores!

      Excluir
  83. Tenho uma tese sobre esse senhor(?) anastasia.
    Penso que, dentro de seu partido político, ele se aliou secretamente ao Serra para destruir o Aécio, talvez por ciúmes do tal. Só isso explica a campanha que ele vem fazendo para que seu padrinho perca milhares e milhares de votos dos professores seus familiares e simpatizantes, que não são poucos. E não pense ele que "o povo tem memória curta... basta um agradinho às vésperas das eleições..." Não, menino, dessa vez o limite da tolerância foi ordinariamente ultrapassado. Cada professor tem de assumir religiosamente o compromisso moral de dia após dia fazer campanha boca a boca, corpo a corpo para que o povo de Minas saiba quem são esses senhores. As cartinhas para serem entregues aos pais não surtirão efeito, pois a maioria dos pais de alunos que são apenas alfabetizados estão com um nível de salarial maior do que essa merreca que o todo poderoso nos impôs. Alguns deles costumam dizer: "só isso! Estudar pra quê, então?" Os que recebem menos, são aqueles que nem condições de ler a carta terão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já penso diferente. Uma cartinha bem feita, cordial e valorizando o aluno e o seu direito de uma Escola de qualidade fará a diferença.

      O próprio aluno fará a leitura para o pai ou a mãe que não saiba ler.

      Excluir
  84. O dinheiro do "Castido por produtividade" já está disponível no banco.Vou buscar agora e comprar uma mala de viagem...hahahhahaha..

    ResponderExcluir
  85. Gente,

    Faz 2 dias apenas (26/01) que o governo fez a bagunça com o nosso tempo para efeito do reposicionamento e já querem que o sindicato entre com mandato de segurança?
    Brincadeira... parece que o objetivo de alguns aqui no blog é seguir a cartilha do governo e detonar o sindicato.
    Li aqui a palavra PONDERAÇÂO.Faz bem pra todos.Principalmente para professor,viu?

    ResponderExcluir
  86. Há muito tempo a Educação é considerado uma DESPESA pelos chefes de executivos, Federal, Estaduais e Municipais.

    Somos analisados pelo valor da folha de pagtos da Educação.

    Então nos tornamos despesas que precisam ser contidas, indiferentemente dos serviços prestados.

    Passamos a ser números nas mesas e a ser vistos pelo "choque de (inde)gestão".

    NÃO EXISTE NENHUM COMPROMISSO DOS GOVERNOS COM A EDUCAÇÃO VERDADEIRA PARA A SOCIEDADE.

    Tornamos apenas DESPESAS que precisam ser cortadas.


    ANASTASIA, O PIOR GOVERNADOR DE TODOS OS TEMPOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E sem ninguém para nos defender.

      Excluir
  87. Sind UTE,

    30 anos de INUTILIDADE.

    ResponderExcluir
  88. Ao anônimo de 27 /01/2012.
    Não conseguir respoder no mesmo.Por isso estou fazendo o comentário pelas vias normais.
    À minha queridíssima Jaíba,
    Gostaria de lembrá-los que a Maria Eni a qual conheço é carne de pescoço, ou seja, para derrubar/trair ela faz isso sem nenhum problema. É cabo eleitoral fortíssima de Elbe Brandão/ Luís Henrique(atual deputado carneiro de MG). Tanto que na última eleição de deputados quase perdeu o cargo de Superintendente por inefeciência de não conseguir votos expressivos para a dupla citado acima na cidade de Janaúba.O comentário que ela corria o risco de perder a superintência por ter sido perseguidora dos funcionários da educação. Por alguma artimanha política continuou no cargo.Mais uma vez quero relembrá-los é uma perseguidora,pois é pau mandado da Elbe Brandão. E realmente tem que ser, ganha viaje para o exterior às nossas custas. É claro, que tem abaixar sempre para eles. Concordando com tudo. Jaibenses, fiquem atentos. Não vamos deixar os nossos direitos serem lesados mais do que já estão sendo. Abrem os olhos.

    ResponderExcluir
  89. Oi Euler, o Marcos de jaiba não citou que a diretora que não foi empossada na escola Zoé Machado é a Cidinha,a mesma que sempre posta comentários defendendo a direção estadual e criticando a nós blogueiros. Entretanto somos solidários a ela, pois não aceitamos injustiças.
    Espero que o sindicato tenha competência para defendê-la

    ResponderExcluir
  90. Sobre comentarios no Jornal O tempo: Na verdade eles nao estao publicando os comentarios que fiz... por quê?

    ResponderExcluir
  91. Todos que tiveram a vida funcional bagunçada não deixem de fazer reclamações nas SREs, se isso não for feito vamos ser ludibriados,mais umva vez, pois pelo que já estamos informados, a falta de respeito partiu da SEE OU SEPLAG, pois não cobrou das SREs, em tempo, a alimentação do Sistema, com isso para dar uma resposta às doideiras do governo, praticaram mais doideiras, por isso não deixem a situação rolar, procurem se informar e busquem respostas,até mesmo com o Sindicato que, neste momento, tem de tomar uma postura de modo que o Jurídico possa entrar em ação,porque além de perdermos o piso, agora estamos sendo ludibriados com o nosso tempo. O erro foi geral, conforme está se dizendo por aqui, nessa SEE a incompetência é alarmante, essa gente não sabe trabalhar, são ínfimas as pessoas competentes que têm por lá, então tratemos de saber mais sobre nossa vida funcional e cobrar, cobrar, cobrar, cobrar.

    ResponderExcluir
  92. professor Romeu... quem tem "fome" tem pressa... seja esta fome qual for...

    ResponderExcluir
  93. Prêmio por Produtividade já depositado em conta.

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse blog é muito informativo!!! Graças a Deus!!! Em tempos estranhos!!! Algo de bom!!!

      Excluir
  94. abaixo deputado dalmo, canastra~do sul de minas, vergonha de ouro fino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DEPUTADO TIAGO ULISSES,

      UM DOS 51 TRAIDORES DA EDUCAÇÃO NA ALMG.


      ANASTASIA, O PIOR GOVERNADOR DE TODOS OS TEMPOS.

      Excluir
  95. Mais uma vez, os funcionários com mais tempo no Estado, foram os mais prejudicados no novo resposicionamento devido a não alimentação de dados antigos no sistema. Os mais velhos SEMPRE os mais prejudicados.
    A regra é cuidar mais dos novos para que não SAIAM da ARMADILHA.

    ResponderExcluir
  96. PRA QUEM QUISER MATAR A SAUDADE DA VILHENA E GAZZOLA...ACESSE AÍ....RSRSR....PREPARE-SE...CENAS MUITA FORTE...
    http://www.youtube.com/watch?v=TsWp_SjhpBM&feature=youtu.be

    ResponderExcluir
  97. A N A S T A S I A, O P A P A T U D O: Papa o Piso dos professores, papa salários, papa, biênios, papa quinquênios, papa gratificações por curso, papa pó de giz, papa tempo de serviço trabalhado, papa alegria de viver dos trabalhadoes da educação, papa o direito dos pobres de ter um ensino de qualidade.

    Pelo monstruoso crime cometido, ele deverá através da justiça devolver tudo que ele papou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom e criativo!
      Concordo...
      Papa esperança também...

      Excluir
    2. E também responder por crime de lesa-humanidade.

      Izabel/Geografia

      Excluir
  98. Gostaria de saber o motivo, razão ou circunstância que eu, 25 anos de serviço, graduada, sempre fico no 1A. Já perguntei se não tem -1... Uma professora que entra agora recebe o mesmo tanto que eu. Pelo amor de Deus... Agora é esperar aposentadoria.

    ResponderExcluir
  99. Olá, pessoal da luta!

    Bom dia!

    Como foi comunicado aqui no blog, inclusive pela nossa combativa colega Educadora Mineira, o prêmio já se encontra na conta corrente. Nestes dias bicudos, de sufoco para os profissionais da Educação de Minas, cada centavo que pinga na nossa conta faz toda a diferença, já que nosso direito foi burlado e muitos cortes ocorreram e sequer recebemos, ainda, a devida reposição das aulas. Diz o governo que vai pagar a reposição em folha separada no dia 17 de fevereiro. Estejamos atentos e cobremos da secretaria da nossa escola para enviar tudo detalhado, para que não haja desculpas por parte do governo.

    Na verdade seria fácil para o governo resolver este problema: bastaria pagar o que cortou. Simples assim.

    Quanto à redução salarial, temos que rever isso através da justiça. Espero que o sindicato não esqueça deste item. Eu cansei de cobrar isso antes, durante e depois da greve. Mas em relação a este ponto era voz praticamente isolada no comando de greve. A direção sindical deu a questão como caso vencido, apostando no pagamento retroativo do piso. Eu defendia que, independentemente desta cobrança retroativa do piso, era necessário cobrar a devolução do salário reduzido. Somente após o subsídio 2 é que a direção passou a admitir a cobrança deste valor roubado dos educadores. Tudo bem. Antes tarde do que nunca.

    Sobre críticas ao sindicato e outras mais, quero dizer o seguinte: é um direito das pessoas criticarem a atuação da direção sindical, pois ela nos representa e responde pelo sindicato. Pessoalmente, não acho que temos que nos desfiliar, pois entendo que precisamos de uma entidade sindical para defender nossos interesses. Nada impede que nos organizemos e cobremos uma atuação coerente deste instrumento que nos representa. É o que o NDG vem fazendo.

    Entendo que é preciso democratizar o sindicato, que é preciso acabar com o monopólio que uma força política apenas detém da máquina sindical - e o utiliza sim, ao bel prazer, para fins que interessam ao partido. Não adianta negarem isso. Basta ver a última conferência do sindicato, da qual participei e denunciei aqui; a prática de bajulação de pessoas do governo federal - de Luis Dulci, que não é mais da categoria, e que nada fez em oito anos de governo Lula, para os profissionais da Educação; dos representantes do MEC, CUT e CNTE. Até mesmo a secretária do governo apareceu na abertura. Tudo bem, são épocas que passaram, mas esperamos que isso não se repita mais. E que o congresso seja um espaço realmente democrático.

    Querem convidar alguém do MEC? Ótimo, mas que ele esteja pronto para ser questionado, colocado contra a parede, e que os delegados tenham mais espaço do que o palestrante para indagar, fustigar, cobrar e se necessário, desmoralizar a pessoa ali mesmo. Estas autoridades precisam aprender a respeitar os trabalhadores.

    Sindicato não pode servir para atacar um governo que é opositor do partido da direção, e proteger outro governo que é do partido de quem dirige o sindicato. Para isso precisamos de autonomia. O dirigente sindical tem todo o direito de se filiar a qualquer partido e se candidatar, mas não deve misturar as coisas. Os interesses de classe dos educadores, quando em questão, estão acima dos interesses dos partidos. Se não for assim, o dirigente deve ter a dignidade de renunciar, pois mostrou que o partido é mais importante do que a luta do sindicato. É o que eu penso.

    Daqui a pouco falo sobre um outro ponto.

    Um forte abraço a todos e força na luta!

    ResponderExcluir
  100. Retomando o diálogo direto, sem curva...

    Hoje à noite vou preparar uma resposta para a carta do governo aos pais de alunos. Quero fazer em forma de comentário de cada ponto, como já fizemos outras vezes aqui no blog. Quem desejar reproduzir ou aprofundar, ou escrever outro texto fique inteiramente à vontade. O importante é esclarecer aos pais de alunos e aos alunos o que realmente se passa com a Educação.

    Tenho a percepção de que esta situação vai ter que mudar. O próprio governo vai se dar conta, a partir da nossa ação, que seus atos estão se voltando contra ele e contra o projeto político do senador carioca. A razão de ser deste governo é o projeto político do faraó. Qualquer coisa que o ameace será contornado. E mexer com os interesses de 400 mil educadores, e mais os familiares dos alunos e pais de alunos, ameaça sim ao projeto de dominação do grupo que está no poder. Por isso, tenho a impressão de que, seja na justiça ou através de pressão política, de forma combinada ou não, vamos conquistar nossos direitos.

    Um forte abraço e daqui a pouco volto com um outro ponto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Euler,
      Boa!Estamos esperando e vamos distribuir para os pais...

      Excluir
  101. Agora uma observação aos nossos combativos colegas que frequentam e visitam este espaço virtual de luta: procuremos evitar a crítica aos colegas de classe. Não estou falando de crítica à direção sindical, que quando é preciso, que se faça mesmo; claro que com o devido respeito. Estou falando de críticas entre colegas: efetivos e efetivados, ou entre colegas de escola que criticam os outros por conta deste ou daquele motivo, que nada acrescenta para a nossa unidade na luta. Isto sim, divide a categoria. Somos uma classe, colegas, uma mesma categoria, apesar das diferentes situações funcionais. Saibamos conviver com essas diferenças.

    E aqui cabe uma outra observação: da mesma forma que não devemos policiar a vida dos nossos colegas de trabalho, também não é bom que fiquemos presos somente à nossa luta, pois somos parte de uma sociedade. Quando trazemos aqui o problema de Pinheirinho (SP), na verdade estamos nos identificando com aquilo que acontece conosco também, com os pais dos nossos alunos, enfim, com os nossos irmãos de classe. É preciso ser solidário com todos os que são oprimidos e explorados. Nós vimos o quanto foi importante o apoio de vários movimentos sociais à nossa greve de 112 dias. Não podemos nos fechar no nosso mundo, não é mesmo?

    Novamente, repito: sei que a grande maioria dos colegas que frequentam e visitam este espaço têm essa compreensão, mas achei importante reforçar também este ponto, como parte do nosso trabalho coletivo de formação e troca de ideias e opiniões.

    Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

    ResponderExcluir
  102. Deixem no "O Tempo" seu comentários:

    Estado gasta mais com dívida
    Débito com União cresceu R$ 4,7 bilhões, apesar das parcelas pagas
    Publicado no Jornal OTEMPO em 28/01/2012Avalie esta notícia »

    PEDRO GROSSI
    NotíciaComentários(3) CompartilheMais notícias
    AA
    FOTO: RENATO COBUCCI/SECOM

    Leonardo Colombini tenta negociar indexador da dívida mineira
    Em 2011, o Estado gastou quase R$ 700 milhões a mais para pagar dívidas do que destinou para investimentos, segundo dados divulgados na manhã de ontem pela Secretaria de Estado da Fazenda. De acordo com o documento, foram gastos R$ 3,3 bilhões para investimentos e R$ 3,961 para pagamentos de dívidas no último ano. Do dinheiro usado para pagamento de dívida, a maior parte (R$ 3,612 bilhões ou 91,2%) foi usado para amortizar a dívida do Estado com a União. E, mesmo com os repasses, esta dívida cresceu R$ 4,7 bilhões no ano.


    O secretário de Estado da Fazenda, Leonardo Colombini, insiste que o índice de correção da dívida com a União é o que faz o pagamento do débito parecer um buraco sem fundo. "Vamos voltar a carga nesse ano para que o governo deixe de corrigir a dívida pelo IGP-DI (Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna) e passe a usar o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo", diz Colombini. Mesmo com pagamentos mensais, a dívida cresceu 101,6% entre dezembro de 2002 e dezembro de 2011, passando de R$ 34,34 bilhões para R$ 69,23 bilhões. Nesse período, o governo já desembolsou R$ 23,86 bilhões.


    De 2010 para 2011, o volume de investimentos direto do Estado caiu 17,36%. Em 2010, o valor que o governo reservou para investir foi de R$ 3, 99 bilhões e em 2011 R$ 3,3 bilhões. Para 2012, a previsão orçamentária do Estado é de investir R$ 4,5 bilhões.


    O governo também divulgou os dados consolidados de receita e despesa do ano fiscal de 2011. No ano, as receitas fiscais cresceram 17,6% e passaram de R$ 46,61 bilhões em 2010 para R$ 54,84 bilhões em 2011. A maior fonte de arrecadação do Estado continua sendo as receitas tributárias, que renderam R$ 35,02 bilhões. Desse total, a principal contribuição foi a do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que gerou receitas de R$ 28,795 bilhões - 9,6% a mais do que em 2010.

    ResponderExcluir
  103. Deixem no jornal O Tempo seus comentários:

    Permanência de ACM Neto à frente do DEM favorece Aécio
    Baiano seria uma voz de apoio contra a corrente que quer candidatura própria
    Publicado no Jornal OTEMPO em 28/01/2012Avalie esta notícia »
    2
    4
    6
    8
    10
    TELMO FADUL
    NotíciaComentários(0) CompartilheMais notícias
    AA
    FOTO: OMAR FREIRE/IMPRENSA MG - 20.1.2010

    Holofotes. Postura combativa e discurso afiado de ACM Neto compensariam perfil moderado de Aécio, avalia deputado democrata
    Brasília. As trocas de lideranças nos partidos que fazem oposição ao governo federal ao lado do PSDB também podem provocar reflexos positivos para os planos do senador mineiro Aécio Neves de concorrer à Presidência em 2014.


    O melhor exemplo é a possível permanência de ACM Neto (BA) à frente da bancada do DEM na Câmara. Apesar de aparentemente não ter havido influência do ex-governador de Minas, a manobra indica, ao menos, que Aécio caminha para tornar-se hegemônico na oposição.


    Essa é a interpretação de alguns parlamentares democratas. Eles não acreditam que o movimento pela continuidade de ACM Neto tenha o dedo de Aécio, mas admitem que o mineiro poderia sair ganhando com a situação.


    O baiano seria uma voz de apoio ao tucano num partido em que alguns caciques - como o presidente nacional, José Agripino Maia (RN), e o líder no Senado, Demóstenes Torres (GO) - têm pregado uma candidatura própria à Presidência da República.


    Tradicionalmente, o DEM alterna seus líderes a cada ano. Na última legislatura, quatro nomes passaram pelo posto.


    A mudança de hábito é vista tanto como uma reação natural frente à perda de muitos quadros para o recém-criado PSD quanto como uma disposição da bancada em estreitar o relacionamento com o pré-candidato muito antes da campanha presidencial.


    "Lá em 2009, 2010, quando nós tivemos os primeiros rachas que levaram ao PSD, um dos motivos era o fato de o ACM Neto ter declarado apoio a Aécio", lembrou um parlamentar do DEM. Na época, José Serra ainda não havia sido escolhido o candidato tucano ao Palácio do Planalto. "Mesmo assim, o Neto decidiu se antecipar à oposição e afirmou que apoiaria Aécio, assim como os mineiros", disse.


    Para o democrata, a maioria da bancada - "aquela que sobrou da tomada do PSD" - tem simpatia à eventual candidatura do senador. A permanência de ACM Neto na liderança seria uma demonstração de força desse grupo. "Não quer dizer que vamos decidir apoiar o Aécio, mas 90% dos nossos federais concordam que ele seria um bom nome".


    Papéis. Outro deputado do DEM, que também pediu anonimato, considera que a manutenção de ACM Neto favorece o mineiro, devido à "oposição moderada" que ele tem feito no Senado. "Ele (Aécio) opta por não bater tanto no governo, então, ter um líder aliado na Câmara que faça esse papel é fundamental", explicou. Para o democrata, Pauderney Avelino (AM), que chegou a pleitear a vaga, adotaria uma postura semelhante, isto é, pouco combativa.

    ResponderExcluir
  104. Anõnimo de 05:12. PENSAM QUE ACABOU?Esta "coisica" chamada "naná" ou "aninha" que desgoverna o estado NÃO GOSTA de aposentado, NÃO gosta de servidor de carreira, NÃO pretende ter funcionários concursados...a POLÍTICA (???) NEO LIBERAL destas amebas de MG e do Brasil querem privatizar tudo, inclusive as escolas públicas. Pobres dos filhos dos assalariados! PAIS de alunos fiquem atentos! Não façam campanha para o zé carioca. Não merecemos esta praga como presidente. JESUS venha em nosso socorro. ÉS TU Ó PAI O VERDADEIRO SENHOR DA HISTÓRIA! AMÉM. Aposentada indignada.

    ResponderExcluir
  105. Atenção caros colegas!
    A assessoria dos políticos corruptos e desonestos já se espalham pelo interior articulando a campanha para as eleições municipais de 2012. Já estão agradando os cabos eleitorais os quais se encarregam de fazer 'agradinhos' ás pessoas mais pobres e humildes pagando uma continha de água ou de luz, encaminhando para um atendimento médico, e outras "coisinhas" induzindo aquela pessoa a ficarrem devendo favorzinho que deverá ser pago através do voto.Estes são os eleitores que elegem esta corja de vagabundos.
    Com o início do ano letivo, vamos arregaçar as mangas e trabalhar firmemente junto a estas pessoas fazendo um trabalho de formação de opiniões, mostrando a elas a verdadeira realidade da educação que o governo oferece a seus filhos. Somos muitos em todas as comunidades e temos grande poder de formar opiniões.Vamos mostrar as pessoas que o voto deve ser consciente e nunca em pagamento de favores. Vamos fazer um trabalho de união , de justiça, com muita garra e com a força de todos vamos conquistar nosso direitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí. Todo candidato apoiado pelo desgovernador anastasia deve ter sua imagem atrelada a um governo que não tem compromisso com os humildes. São apenas agradinhos de ocasião e essa realidade nós ja podemos começar a mostrar desde já. Eles (os políticos profissionais) pensam que nós não temos condições de trabalhar contra seus projetos de poder. Isso não é verdade. Saibamos usar com eficiência a palavra para convencer a todos que estiverem em nosso campo de ação que apoiados por anastasia representam o que há de pior na política brasileira e nenhum compromisso com os interesses do povo trabalhador.

      Excluir
  106. "[...]Não podemos nos fechar no nosso mundo, não é mesmo?"

    Concordo, plenamente, pois não podemos viver encastelados só nos problemas que nos afligem, os problemas externos, também, nos afligem, a curto, a médio ou a longo prazo. Problema social é problema nosso, afinal vivemos em sociedade.



    São Paulo, 28 de janeiro de 2012. Folha de S.Paulo Opinião

    Plínio de Arruda Sampaio

    A reintegração de posse no Pinheirinho, em São José dos Campos, deveria ter acontecido?

    Não

    O conluio entre os poderes econômico e político

    Até quando os noticiários dos jornais e da televisão mostrarão as cenas degradantes dos despejos de famílias sem-teto?

    A mais recente delas, realizada em uma área de São José dos Santos, expulsou famílias que ocupavam, há oito anos, uma área periférica da cidade.

    Oito mil policiais foram desviados das suas funções de manutenção da segurança da população para essa inglória tarefa.

    Agindo com violência, esses policiais feriram as pessoas, destruíram as casas e os objetos dessa pobre gente, atingindo até as crianças. Foi uma barbaridade.

    O promotor público, obrigado por lei a presenciar essas operações, brilhou pela ausência.

    Chama a atenção igualmente a ausência de parlamentares, especialmente daqueles pertencentes aos partidos de esquerda.

    Com a exceção honrosa do senador Eduardo Suplicy, é muito raro ver parlamentares presentes nesses eventos com a finalidade de prevenir excessos da força policial.

    O mais incrível é que o mesmo Estado que realizou o despejo estava negociando com o proprietário do terreno a aquisição da área, para vender aos ocupantes.

    Os advogados dessas famílias fizeram um grande esforço para demonstrar à juíza do processo que a solução do problema era uma questão de dias.

    Indiferente ao drama humano que sua decisão causaria, a juíza aplicou mecanicamente a lei e determinou o despejo.

    Não contente, um juiz de direito acompanhou o despejo e indeferiu de plano, em pleno local, todas as petições que foram apresentadas pelos advogados com o proposito de evitar a execução do mandado.

    Só se justificaria a presença de um magistrado em eventos desse tipo se fosse para prevenir excessos da força policial.

    No entanto, a presença de um juiz de direito no Pinheirinho não causou nenhuma inibição nos soldados, em uma evidente demonstração do conluio entre o poder econômico e o poder político nos Estados hegemonizados pela burguesia.

    Nesses Estados, a prioridade primeiríssima é sempre a defesa do sacrossanto direito de propriedade. Todo o resto -os direitos humanos, a integridade física, os pequenos pertences das pessoas- fica subordinado ao direito maior.

    Por isso, o direito à propriedade de um milionário relapso, que deve milhões de tributos não pagos ao Estado brasileiro, justifica o espancamento de pessoas e a destruição de seus bens.

    E agora? Como ficam as famílias despejadas? Quem cuidará delas?

    Elas obviamente irão ocupar outra área. Serão novamente expulsas e voltarão a sofrer os mesmos vexames e as mesmas violências.

    Isso acontece e continuará acontecendo enquanto não houver uma legislação que coíba a especulação imobiliária, porque é ela que causa o aumento extorsivo do preço dos terrenos e, desse modo, exclui as famílias pobres do mercado.
    [...]

    (continua)

    ResponderExcluir
  107. (Continuidade)

    Pacífica, despolitizada e sem organização, essa população tem aceitado a situação intolerável sem recorrer à violência. Até quando?

    Isso vai continuar acontecendo enquanto os partidos de esquerda deixarem de cumprir seu papel de conscientizar e organizar essa massa, para que ela resista a esses ataques de armas na mão.

    Na hora em que isto for uma realidade, não haverá violência, porque a consciência dessa realidade será suficiente para manter os cassetetes na cintura.

    PLÍNIO DE ARRUDA SAMPAIO, 81, advogado, foi deputado federal pelo PT-SP (1985-1991), consultor da FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação) e candidato a presidente pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade)

    DISPONÍVEL EM : http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/22514-o-conluio-entre-os-poderes-economico-e-politico.shtm Acessado em 28 de janeiro de 2012.


    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  108. Professor Euler,
    Como sempre! Sábias palavras. Senso de justiça, de democracia, de amor, de educação e respeito.
    Parabéns Professor Euler.
    Professor Herbet
    Cristália - MG

    ResponderExcluir
  109. Anônimo de 06:26. Comungo a mesma tese com vc. Penso que "naná a adiposa" quer a caveira do zé carioca. Sempre diz q. o estado não tem dinheiro. O faraó diz que deixou Minas com caixa cheia e défict zero, uma administração sem retoques. Então só podemos concluir que o poder subiu demais ao cabeção desta que desgoverna Minas e que deseja partilhá-lo com Serra passando o aócio para trás. Faz sentido!

    ResponderExcluir
  110. Célio Moreira falso cristão da renovação carismática católica aguarde o troco. Esqueceu a verdadeira doutrina? È lícito oprimir fracos e pobres em nome do poder? VC perdeu a BÌBLIA? Posso lhe dar uma.

    ResponderExcluir
  111. Não duvidem. Este desgoverno está instalando a "DESORDEM" para instalar a "ORDEM" dele e de sua camarilha. Fiquemos atentos e vamos desmascar esta turma junto à comunidade escolar.

    ResponderExcluir
  112. Informe JB

    Manifesto contra ação no Pinheirinho causa desconforto em evento tucano

    Jornal do BrasilJorge Lourenço


    O Prêmio Governador do Estado para a Cultura em São Paulo acabou se voltando contra os seus próprios organizadores, os tucanos. Durante a premiação, os vencedores na categoria voto popular, os cineastas Marcos Dutra e Juliana Rojas, aproveitaram a oportunidade para fazer um manifesto contra a ação no bairro do Pinheirinho, em São José dos Campos.

    Constrangimento

    Algumas pessoas da plateia protestaram contra o discurso em determinado momento e a organização tentou interrompê-lo em função da demora. O pré-candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, Andrea Matarazzo, foi o mais constrangido. Ele estava ao lado dos artistas durante o discurso e não sabia para onde olhar. Ao contrário da grande maioria dos convidados, ele não aplaudiu os cineastas.

    Ataque

    "Vence mais uma vez a política do coturno em prol do capital. De um lado, bombas, armas, gases, helicópteros, tropa de choque. Do outro, dois revólveres apreendidos. Não há notícia de que tenham sido usados. Uma praça de guerra é instalada - numa batalha em que um exército ataca civis (...) Mais 1.600 famílias estão nas ruas: a lei foi cumprida. Para quem?", questionou Juliana Rojas.

    Disponível em: http://www.jb.com.br/informe-jb/noticias/2012/01/26/manifesto-contra-acao-no-pinheirinho-causa-desconforto-em-evento-tucano/Acessado em 28 de janeiro de 2012.

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  113. O meu prêmio de produtividade veio errado. Tinha 15 aulas em 2010 e a primeira parcela veio R$:86,00. Já mandei e-mail para SRE. Os descontos do INSS foram quase os mesmos que o benefício. Vergonha essa seplag e esse governo.

    ResponderExcluir
  114. Euler e demais amigos hoje quero mandar um abraço de solidariedade ao povo sofrido do PINHEIRINHO e pedir a code Euler que coloque o vídeo novamente so que dessa vez com a música linda de CRIOLO - Não existe amor em SP.
    Não Existe Amor em Sp Criolo
    Não existe amor em SP,
    Um labirinto místico,
    Onde os grafites gritam,
    Não dá pra descrever,

    Numa linda frase,
    De um postal tão doce,
    cuidado com doce,
    São Paulo é um buquê,

    Buquês são flores mortas,
    Num lindo arranjo,
    Arranjo lindo feito pra você,
    Não existe amor em SP.

    Os bares estão cheios de almas tão vazias
    A ganancia vibra, a vaidade excita
    Devolva minha vida e morra afogada em seu próprio mar de fél
    Aqui ninguém vai pro céu,

    Não precisa morrer pra ver Deus
    Não precisa sofrer pra saber o que é melhor pra você,

    Encontro duas nuvens em cada escombro em cada esquina,
    Me dê um gole de vida,

    Não precisa morrer pra ver Deus


    http://www.vagalume.com.br/criolo/nao-existe-amor-em-sp.html#ixzz1kmOv4rzN
    QUE DEUS CUIDE DE TODOS ELES E OS ABENÇOE RICAMENTE EULER ESTOU COM O CORAÇÃO MUITO TRISTE E A DOR DELES É A MINHA DOR.

    ResponderExcluir
  115. Prezados colegas,

    Como disse anteriormente, nós todos precisamos do sindicato. De um sindicato forte, coeso, bem estruturado economicamente e politicamente, pois somente assim conseguiremos fazer dessa categoria uma "massa pensante", e não o que ocorre hoje.
    Quem acompanha as ações/mobilizações sindicais há vários anos sabe do que estou falando. Não defendo simplesmente a coordenadora da entidade, pois, ela a meu ver não precisa que eu a defenda. Mas defendo a categoria. Defendo os interesses dela e sobretudo a tão alcançada união dos trabalhadores(as) em educação de nosso estado.
    Não defendo nenhum partido, pois, hoje não me encontro filiado a nenhum deles. O meu partido é o da EDUCAÇÃO. Sou a favor do disse o mestre Euler, de que não devemos misturar as coisas. Precisamos de autonomia e um sindicato livre das picuinhas partidárias.
    Dizer também que nós somos livres para escolher partidos e representantes. Não acho que dessa vez fomos usados como "manobra", de outras vezes até concordo que houve essas articulações. Hoje, o que vejo é que temos uma oposição mais fraca, mais branda, mas não menos importante que as anteriores. Esperei mais dos deputados, confesso. Poderiam ter ido além, buscado reforços na Câmara Federal e Senado, mas, eu cobrarei justificativas. Estou esperando a oportunidade e sei que ela virá brevemente.

    Abraços amigos NDG
    Prof. Romeu. Caratinga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a contratação do escritório de advocacia???

      Será que daqui uns dez anos o sindicato já contratou???

      A quem interesse tanta morosidade???

      Excluir
  116. twitada minha:
    Gracieusa Brito
    GracieusaBrito Gracieusa Brito
    Amanhã as 8 horas. Panfletagem na Feita Hippie. Todos os professores e apoiadores sintam - se convidados. Repudiamos este subsídio.
    há 22 minutos
    Citei BLOG DO EULER.

    ResponderExcluir
  117. Do deputado :
    rogeriocorreia_ Rogério Correia PT
    Vou repassar! “@Adrianopaulabh:Proposta interessante que respalda a categoria. Sind-UTE poderia seguir migre.me/7Ieaw”
    há 25 minutos
    Vejam o que é e passem pra nós.

    ResponderExcluir
  118. Parabéns professor Romeu pelas palavras
    tão respeitosas.
    Dá para discordar de determinadas posições
    porém o inimigo não é a instituiçãoSINDICATo.
    Não...massa de manobra???Somos crescidinhos!
    Não é possível que um professor participe de
    uma greve sem saber o que está fazendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembra do des-governo Azeredo que tinha a faca e o queijo na mão e nos desprezou. Apostamos em Itamar Franco e o elegemos. E aconteceram 2 ou 3 greves no seu des-governo também, a última finalizada após intervenção Ministério Público com assinatura termo compromisso/ (acordo). Era ano de eleição para Deputados e Presidente, primeiro mandato de Lula. Terminamos a greve, elegemos candidatos da "oposição" e ficamos sem o plano de carreira prometido. Fomos massa de manobra insconscientemente. Mas fazer greve sem saber o que está fazendo? É possível. Pense você: quantos colegas que você conhece que faz greve e não participa, fica em casa de pijama. Em uma escola com 50 funcionários que adere numa greve, você pode tirar no máximo 20% que participa efetivamente dela. Pense nisso.

      Excluir
    2. Se você acha sque não é massa de manobra, percebo que seja uma liderança que saiba muito bem envolver o gado.

      Excluir
  119. sábado, 28 de janeiro de 2012
    Sinesp inova no controle social da Prefeitura de SP
    Hoje estive em Atibaia, reunido com toda diretoria do Sinesp (sindicato de diretores e especialistas de todas escolas municipais paulistanas). O Sinesp vem inovando em termos de ação sindical na área educacional. Pouco a pouco, ganha atenção e matérias da grande imprensa.
    Neste ano, dará um novo passo: criará o Índice Sinesp de acompanhamento das condições de trabalho das escolas municipais.
    A partir de seis dimensões pesquisadas anualmente junto à categoria, formou-se o índice.As seis dimensões são: Equipe técnica
    Apoio técnico dado pela SME
    Formação técnica
    Equipamento das unidades de trabalho
    Saúde
    Violência
    Abaixo, reproduzo o primeiro resultado desta inovação, com alguns índices por subprefeitura e geral e a nota geral (de 0 a 1, sendo um a nota máxima) que a Prefeitura de São Paulo ganhou a partir da análise do Sinesp. Não reproduzo toda a planilha porque ela será melhor detalhada, embora os dados não se alterarão.
    Vejam que a nota geral da prefeitura ficou em 5,1. Não passaria de ano, portanto. E percebam que o pior indicador é equipe técnica, sempre incompleta e insuficiente nas escolas paulistanas.
    Um novo índice que começa a ser construído pelo Sinesp é o de práticas anti-sindicais ou de limitação da atuação sindical, envolvendo liberação do sindicalizado para participar de eventos sindicais, transparência de informações solicitadas pelo sindicato e outros.
    Enfim, uma importante ousadia e profissionalização da ação sindical avaliando a ação governamental, na direção do controle social sobre o serviço público.
    Em época de IDEB e avaliação sistêmicas que culpabilizam a categoria, SINESP sai na frente e inverte o jogo.
    Postado por Rudá Ricci às 16:24
    Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar no Orkut
    0 comentários:
    Postar um comentário
    http://rudaricci.blogspot.com/2012/01/sinesp-inova-no-controle-social-da.html

    ResponderExcluir
  120. Por ultimo, veja pq nos odeiam...
    leiam esse twitter:
    eduguim Eduardo Guimarães
    A mídia tucana já perdeu 3 eleições presidenciais em 9 anos e vê o PSDB minguando por achar que pode inventar o que quiser que vira verdade.
    há 38 minutos
    @eduguim

    ResponderExcluir
  121. Leia entrevista com o advogado dos flagelados do Pinheirinho

    Posted by eduguim on 27/01/12 • Categorized as entrevista
    http://www.blogcidadania.com.br/2012/01/leia-entrevista-com-o-advogado-dos-flagelados-do-pinheirinho/

    ResponderExcluir
  122. "Beatriz Cerqueira disse...

    Prezado colega do comentário de 26 01 16:51,
    falar e comparar é fundamental. O governo fez um grande investimento em publicidade para convencer a categoria. Ninguém luta para modificar aquilo que não conhece ou não entende.
    Quanto às ações judiciais, aguarde as notícias do sindicato nos próximos dias.
    Atenciosamente,
    Beatriz

    26 de janeiro de 2012 19:56"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beatriz,

      Apareça por aqui mais vezes.

      Excluir
    2. Esperamos a contratação do melhor escritório de advocacia especializado do Brasil, para nos defender.

      URGENTEMENTE.

      Excluir
  123. http://soundcloud.com/ahcidade/lanche-do-burgues-na-coxinha



    MARCHINHA PARA O "leo burguês".

    ResponderExcluir
  124. Fiquei satisfeita com a participação da Beatriz Cerqueira neste Blog. Finalmente, uma palavrainha!
    Prêmio de produtividade depositado em conta? Menos na minha. Será por que, hein???
    Beijo.

    ResponderExcluir
  125. AnônimoJan 27, 2012 05:34 PM

    "MEXA-SE SIND-INÚTIL AO MENOS UMA VEZ NA VIDA"... Vc Gracieuza deve ser bem novata no estado ou então não está bem informada viu? Temos mtas conquistas ao longo dos meus 23 anos de carreira, graças ao sindute e a nossa mobilização! Não cuspa no prato que comeu! Informe-se melhor! No momento atual, tdo bem, estamos sem respostas do sindicato mas vamos acalmar os ânimos, pegar leve um pouco com o sindicato pois alguma coisa está sendo feita concerteza! Espere e verá!

    Cleuza- ATB e PEBI

    DIREITO DE RESPOSTA: CLEUZA, TENHO 28 ANOS DE EFETIVO EXERCÍCIO NO CARGO 1, DÉCIMA COLOCADA NO CONCURSO PÚBLICO - PEB3 G, SEE E ESTOU AFASTADA DESDE 2007 AGUARDANDO PUBLICAÇÃO DA APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO PRESTADO E 22 ANOS DE EFETIVO EXERCÍCIO NO CARGO 2, SEGUNDA COLOCADA NO CONCURSO PÚBLICO, PEB3 F, SEE. APROVADA NO CONCURSO PUBLICO DE SUPERVISÃO ESCOLAR DO ESTADO, FEITO PELO IMAM OPTEI POR NÃO TOMAR POSSE UMA VEZ QUE SOU ACESSADA AO CARGO DE SUPERVISORA NOS DOIS CARGOS DE PROFESSORA ALFABETIZADORA QUE É O QUE EU GOSTO DE FAZER, SEMPRE COM ALTISSÍMAS NOTAS NAS AVALIAÇÕES DE DESEMPENHO POR ABSOLUTO MÉRITO, SEM JAMAIS TER PUXADO "SACO" DE NINGUÉM. TENHO LICENCIATURA PLENA E ESPECIALIZAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR DE 1º E 2º GRAUS, SUPERVISÃO, HABILITAÇÃO EM FILOSOFIA, SOCIOLOGIA, PSICOLOGIA, DIDÁTICA E METODOLOGIAS DE ENSINO. SINDICALIZADA DESDE A CRIAÇÃO DO SIND-INÚTIL PERDI MUITO COM O SINDICATO E CONTUDO NÃO ME DESFILIO PORQUE QUERO EXIGIR UM SINDICATO MAIS CLASSE PROFISSIONAL E MENOS POLITICO PARTIDARIO. LEMBRO DAS GREVES ANTIGAS ONDE A GENTE ENTRAVA POR UMA AVENIDA E O CARRO DO PT CHEGAVA PELA OUTRA (FORA DO SINDICATO SOU SOU PETISTA ATÉ POR ISSO POSSO CRITICAR NÃO ESTOU PEDINDO UM "FAVOR" PRA MIM E SIM O CUMPRIMENTO DA LEI DO PISO PRA TODA A CATEGORIA DO PAÍS TODO) E DOS "AMIGOS" PROFESSORES QUE ELEGEMOS PARA HIPOTETICAMENTE NOS REPRESENTAR: LUIZ DULCE, CARCERONE DENTRE OUTROS ATÉ PRÓPRIO LULA E O PT.E MESMO COM O PT TENDO NOS FEITO DE "PALANQUE" A VIDA TODA, ESTÁ VENDO TUDO QUE ESTAMOS PASSANDO EM BUSCA DO PISO E DA VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL E NADA FAZ PRA NOS SOCORRER. NOSSAS QUEIXAS SÃO LEGÍTIMAS,TEMOS SALÁRIOS ACHATADOS, VIDA PROFISSIONAL DESTRUÍDAS E NINGUÉM VEM A NOSSO SOCORRO . PSDB E PT, SINDUTE, CUT, CNTE, FARINHAS DO MESMO SACO. DILMA VIU AS OBRAS PARADAS DO MINEIRÃO MAIS FECHOU OS OLHOS AS ESCOLAS PARADAS.
    SOU FILHA DE PAIS AGRICULTORES SEM TERRA QUE SAIRAM DO CAMPO POR NÃO CONSEGUIREM MANTER O TERRENO PRA CULTIVAR MAS QUE TRABALHARAM COM GARRA E PAUTARAM A VIDA NA HONESTIDADE. TENHO ABSOLUTO ORGULHO DOS PAIS LUTADORES QUE TIVE. PORTANTO SEJA MENOS RADICAL AO CITAR UM COLEGA DE PROFISSÃO. OBRIGADA.
    AMIGOS, OBRIGADA PELO DESABAFO ! DESCULPEM- ME.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me desculpe,mas é a pura vdd.Só vc ~vê,nós não vamos salvar a educação.o governo tá nem aí pra gente,( ele e o sindicato).Pelo visto vc está satisfeita!!!!

      Excluir
  126. Resposta:
    AnônimoJan 27, 2012 03:12 AM
    NÃO CALCULARAM meu tempo real.devemos fazer com a educação o q o governo faz com a gente: DESCASO.Vamos trabalhar com menos responsabilidade gente,deixa rolar,é assim q eles querem é assim q vai ser.

    Euler, não podemos nos unir a uma ideia dessas, isto é ser tão desonesto como o governo. Tenho ouvido isso em minha escola e fico indignada. Não trabalhamos com objetos inanimados, mas com GENTE, que precisa de nós para o desenrolar do seu futuro. Voces não percebem? O governo nos roubar é de indignar, mas nós fizemos um juramento, apesar do salário indigno, o nosso aluno tem que ser o nosso alvo( ele não tem culpa). È lindo quando um aluno vence e volta e diz valeu, PROFESSORA, como isso soa maiúsculo.

    ResponderExcluir
  127. Olá!
    O prêmio de produtividade corresponde ao percentual alcançado pela escola. A escola em que trabalho, por exemplo, alcançou 92,8% de proeficiência (não sei se esta é a palavra correta), então o prêmio corresponde a 92,8% do salário. É por isso que há divergência.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  128. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  129. O erro da política mineira.
    Em algum texto escrito e embasado por Euler, salvo engano foi citado que a educação tem o maior número de funcionário e, no entanto, leva a menor fração do todo. Fato! No entendo se a maior parte recebe menos e não consegue desbancar o que parece não querermos, tem algo errado nessa conta ou estaria o voto numa grandeza inversamente proporcional? Outra suposição seria o contentamento de alguns, me fazendo acreditar que tem sempre alguém masoquista? Estaria eu, completamente equivocado/a? O Estado urge e a estrada real é grande. Eis o motivo de tantas críticas de alguns em não precisar do voto de professores. Somos agora objetos de estudo, de propaganda e outras coisinhas mais.
    Quanto ao povo, a grande maioria pelo analfabetismo educacional e diplomado que existe no país, por único e conta disso, pois não precisa estudar para ser promovido né? Ainda não entenderam isso, devido a uma mídia e um sistema medonho que os envolve com discursos que não condiz com a realidade, sofre aos delírios do poderio. Contudo até hoje, não entenderam se quer o motivo da copa no Brasil.
    Quanto ao sindicato, acho necessária sua reorganização e debate com os representantes que perderam seus espaços para se debater dentro da escola. Difícil e que não caiamos também no papo de governo. Exigiremos mudanças no sind ute sim, mas com a clareza de ser contra o governo, ai é que penso que seja difícil mesmo, já entendemos aonde a força resultante nos conduzirá. Tomemos cuidado. Mas não somos desprovidos de cérebro. Todo jogador tem seu ponto fraco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A respeito do seu texto meu caro, dou-lhe um exemplo do que é o Brasil sem mais delongas. Cito o fato ocorrido em Unaí no qual três funcionários da justiça do trabalho foram assassinados em uma emboscada. Daí surgem alguns nomes suspeitos Antero Mânica e seu irmão Norberto Mânica grandes fazendeiros produtores de feijão no município. Conclusão, para escapar da prisão creio que Antero candidata-se a prefeito pelo PSDB e consegue se eleger com incrível margem de mais de 70% dos votos válidos.

      PERGUNTO-LHE, não há aí uma grande semelhança com os antigos CORONÉIS?

      :.

      Excluir
  130. (...)Não cuspa no prato que comeu!
    Santo Deus, não é assim que se escreve! O correto é que se escreva: Não cupa no prao em que comeu, senão dá a impressão de que a pessoa comeu o prato. É duro, não?
    Não é por não, é só por hábito mesmo...
    Dá-lhe Gracieuza!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A autocrítica é um bom hábito. Tente.

      Excluir
    2. Concordo...

      Tem gente que procura tanto o erro nos outros que esquece que também é "capaz" de errar...

      Excluir
  131. Todos lá!!!
    O NDG - Núcleo Duro da Greve - convida os defensores da EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE - para esta panfletagem
    Domingo 10 horas no Mercado das Flores
    AV. Afonso Pena esquina de rua da Bahia
    Belo Horizonte Mercado da Flores

    ResponderExcluir
  132. Linder Lener, parece que não conhecemos a politica do PSDB, após muitos anos de enfraquecimento, o Sind-ute conseguiu uma greve de grande nivel, movimentou vários blogs de nomes nacionais, teve algum espaço na midia ( Jornal o Tempo, Itatiaia)- conseguiu novamente colocar o sindicato no rumo certo - Não podemos deixar de notar a força do governo junto aos órgãos competentes - Até um cachorro sabe que o STF decidiu o que é piso, que um terço é lei - Masa quem faz o governo cumprir? até nos demais estados esta a mesma coisa - Cuidado amigos educadores, com pessoas querendo enfraquecer a nossa única organização - Lembrem-se, o Collor deu a maior pancada no sindicalismo e o PSDB hoje anda comprando vários... Nós conseguimos reerguer um sindicato pelego, fraco e sem nenhuma força - Colegas, é um bom começo- nos fortalecemos, combatemos o governo, a grande midia e ainda uma justiça morosa... Não sou membro do sind-ute, mas apenas filiados, tenho as minhas criticas, mas a ideia de prosseguir em tais criticas pode ser pessoas querendo divisão, precisamos nos cuidar...
    Linder Lener

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sendo assim caro colega, defendo veementemente que o sindicato deve sim pressionar o governo federal para atender-nos bem como o STF, e também não descartar o PEDIDO DE INTERVENÇÃO, pois nem STF, nem o governo federal podem ignorar o pedido da maioria dos educadores se assim eles fizerem, a massa dos profissionais da educação independentemente da orientação sindical deve ir às ruas e protestar pelos seus direitos. Governo algum seja ele municipal, estadual ou federal pode ferir o pacto federativo ou romper com a "vontade geral", se a maioria dos professores não desejam o subsídio, que seja feita a vontade geral, fica a cargo dos governantes que se estabeleçam estratégias para acatar a VONTADE GERAL que é legítima, pois se assim não for feito abre-se um imenso pretexto para as revoltas e quebradeiras. A "VONTADE GERAL", legitima uma DEMOCRACIA orientada nos desejos da maioria e barra os particularismos de alguns, isso por si só torna-se imperioso obstáculos aos governantes tiranos e é dever moral de todo o educador impedir a tirania no Brasil.

      :.

      Excluir
    2. Mas o Sind UTE é muito devagar...

      quase parando...

      quase...

      E A CONTRATAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA???

      Excluir
  133. Núcleo duro da direção do sininútil invade blog do Euler para defender imobilismo , inércia e peleguismo da banda podre do sindicalismo nacional.

    ResponderExcluir
  134. Márcia Ouro Preto28 de janeiro de 2012 23:13

    Concordo totalmente com Linder Lener, é muito perigoso atacar o Sindute, temos é que dar apoio para fortalecer nosso grupo, e acredito que sim tem pessoas querendo o racha e não podemos permitir, temos que ser cautelosos com isto. Acompanho o blog diariamente e vejo muita fala, mas não vejo ação de nós educadores, vamos admitir que parte do nosso grupo se acovarda diante de uma mínima pressão, a desunião impera, um tentando derrubar o outro é comum. Temos que busca soluções inteligentes. Estou cansada de toda este falatório e nada de ação.
    Este ano temos uma arma que é conscientizar nossos alunos da importância de se votar corretamente mas, para isto devemos dar exemplo votando corretamente e será que nós fazemos isto?
    Vejo nas escolas pessoas totalmente despreparadas que nunca deveriam estar a frente de uma sala de aula educando pessoas. Vejo professores sem um pingo de consciência política, preconceituosos, e sempre agindo pelo interesse próprio.
    Acredito que muitos estão caindo no jogo do PSDB e não percebem a manipulação....atenção para não cairmos no jogo da MATRIX...
    Márcia-Ouro Preto
    Márcia Ouro Preto

    ResponderExcluir
  135. Olá gente não estou conseguindo ver minha nova tabela aparece apenas a mensagem:"ADMISSAO ESCOLHIDA NAO POSSUI CARTA DE SUBSIDIO*. Alguém tem informação sobre isso?

    ResponderExcluir
  136. Tolerância social zero

    [...]

    O maior problema do Brasil

    A desocupação do Pinheirinho é um desses casos que fazem a gente ficar desanimado com o Brasil. Desde a redemocratização, em 1985, o país vem avançando em muitas áreas. Mas ainda persistem muitos problemas.

    O episódio Pinheirinho nos lembra que a desigualdade social continua a ser o nosso maior problema. De longe, supera a má qualidade da educação, a carência de bons serviços de saúde e a violência nos grandes centros urbanos.

    É hipócrita tratar a desocupação de Pinheirinho como um questão de obediência e respeito à lei. Houve ali uma clara violação dos direitos humanos pela Justiça e pelo governo paulista.


    Kennedy Alencar escreve na Folha.com às sextas. Na rádio CBN, é titular da coluna "A Política Como Ela É", no "Jornal da CBN", às 8h55 de terças e quintas.
    Disponível em:http://www1.folha.uol.com.br/colunas/kennedyalencar/1040422-tolerancia-social-zero.shtml Acessado em 28 de janeiro de2011;

    EDUCADORA MINEIRA

    ResponderExcluir
  137. Pessoal, este espaço, tão democrático que o professor Euler nos proporciona tá ficando "meio sinistro".
    Tenho acompanhado os comentários...tem gente "viajando" na retórica...
    Sejamos objetivos e paremos de fraticídio...
    É isso que este projeto de governador está querendo.
    Tenhamos fé . Já diziam os antigos.."não há mal que sempre dure..."
    STONE AGE

    ResponderExcluir
  138. NDG do Sind UTE, quer defender o indefensável...


    A INCOMPETÊNCIA DO Sind UTE.

    ResponderExcluir