quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Na reta final, as eleições municipais não estão definidas

 
Na reta final, as eleições municipais não estão definidas

Nas maiores cidades de Minas, as eleições municipais que ocorrem no próximo domingo, dia 07, não estão definidas. É o caso de cidades como Contagem e Montes Claros. Em BH, de acordo com a última pesquisa do Ibope, houve expressivo crescimento do candidato do PT, que reduziu a diferença em relação ao candidato do PSB. Nos próximos dias, na reta final de campanha, o cenário político, que parecia amplamente favorável ao atual prefeito da Capital mineira, pode ser alterado. Ou não. Dois acontecimentos podem pesar nessa reta final de campanha: a vinda da presidenta Dilma a BH para participar de comício no Barreiro é um deles. Quando Lula esteve em BH, o candidato do PT cresceu 7 pontos percentuais na pesquisa. A presidenta Dilma está com alta popularidade, o que não significa que haverá uma transferência automática de votos em favor do candidato que ela apoia.

Por outro lado, o atual prefeito e candidato a reeleição em BH conta com o apoio do governo estadual e dos caciques tucanos, como Aécio e Anastasia. Além disso, o julgamento final do chamado mensalão, atingindo justamente o núcleo envolvido do PT, que ocorre nos pŕoximos dias, pode causar um contrapeso em favor do atual prefeito de BH. Principalmente se considerarmos a enorme visibilidade que tem sido dada ao tema pela mídia mineira e nacional – claramente pró tucana.

Mas podemos dizer que o jogo ainda não está definido. BH quase sempre surpreendeu na reta final das eleições. Foi assim quando elegeu o ex-prefeito Célio de Castro. Ou quando levou o candidato Quintão para o segundo turno nas eleições de 2008, contrariando as pesquisas. Isso indica que tudo pode acontecer no pleito de BH, com um eleitorado de quase 2 milhões de pessoas. Somente após as 17h do dia 07 de outubro saberemos quem governará a maior cidade de Minas. Isso se não houver segundo turno, claro.

Se o candidato do PT vencer, isso talvez represente a construção de uma alternativa de poder no âmbito estadual, coisa que não existia até então, já que o PT, nos últimos anos, tornou-se uma força sem luz própria, submetida ao projeto nacional do partido, e com isso cometendo vários equívocos. Se o candidato do PSB vencer, isso representará, também, uma vitória política do grupo tucano que governa Minas nos últimos 10 anos. O PSDB estava fora da Prefeitura de BH até as últimas eleições, em 2008, quando o PT se aliou aos tucanos para eleger o atual prefeito de BH.

Se dependesse apenas dos votos dos educadores da rede estadual de Minas que moram em BH, seguramente o candidato do PT venceria as eleições no primeiro turno. Mas o eleitorado de BH é bem mais amplo e numeroso – e a maioria deste eleitorado desconhece as práticas do governo do estado, como as que resultaram na destruição do plano de carreira dos profissionais da Educação e do não pagamento do piso salarial nacional, contrariando a lei federal.

Na cidade de Contagem, o terceiro maior colégio eleitoral do estado, a disputa está acirrada entre o PT e o PSDB. Tudo indica que haverá segundo turno e os eleitores do candidato Carlim Moura, do PcdoB, terceiro colocado nas pesquisas, decidirão a disputa. Em Juiz de Fora, a candidata do PT é favorita, mas deve haver segundo turno, segundo as pesquisas.

Já na cidade de Uberlândia, o segundo maior colégio eleitoral do estado, o candidato do PT é francamente favorito, podendo se eleger já no primeiro turno das eleições. Em Uberaba, é o PMDB quem lidera as pesquisas.

Por sua vez, em Montes Claros, outra grande cidade mineira, tudo indica que haverá segundo turno, com a disputa polarizada entre os candidato do PT e do DEM, este apoiado pelo grupo que governa Minas há 10 anos, pelo menos. Já na cidade de Betim, outro grande colégio eleitoral, a candidata do PT e atual prefeita parece estar levando a pior na disputa contra o candidato do PSDB. Pelo menos de acordo com as pesquisas eleitorais.

No geral, pode-se considerar que as eleições municipais são importantes, mas ao contrátrio do que muitos pensam, não definirão os rumos da disputa federal, que acontece daqui a dois anos. Esta disputa já tem dois candidatos: o ex-governador de Minas e a atual presidenta da República. Não resta dúvida que a chefe do Executivo federal tem ampla vantagem, tendo em vista os altos índices de aprovação do seu governo. O ex-governador de Minas tem a seu favor o franco engajamento da mídia mineira e nacional, claramente, ou descaradamente, pró-tucana. Mas a realidade fática tem demonstrado que a torcida e a campanha diária realizadas pela mídia contra os governos do PT não resultaram em derrota eleitoral deste partido nas últimas três eleições para o governo federal. Caso não surja um terceiro nome com expressão política nacional, e caso não haja grandes alterações no cenário econômico, a atual presidenta deve se reeleger.

Já em Minas Gerais... Bom, este é assunto para um outro texto, pois nas terras governadas pelo grupo do faraó e seu afilhado, coisas estranhas podem acontecer, já que o ministério público, a justiça, o parlamento e a mídia foram praticamente anulados nos últimos anos. A república ainda não chegou às terras mineiras...

No mais, vamos aguardar o pronunciamento final das urnas na disputa eleitoral municipal. Grandes surpresas podem acontecer. Ou não. Para nós, que não estamos envolvidos e nem participamos diretamente das campanhas eleitorais, o pós-eleição será um momento de sossego, inclusive em relação à poluição sonora que atormenta os nossos dias e noites. As maiores mudanças virão como resultado da auto-organização dos de baixo, e não através de eleições cujo teor está previamente definido pelas elites dominantes.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

P.S.: no momento em que a mídia e o STF tratam o julgamento do mensalão como espetáculo midiático, é bom lembrar de outras formas de mensalão que continuam na impunidade. Vejam o link a seguir:

A prova do crime dos tucanos: Capa da Folha de 1997 destaca 'Deputado conta que votou pela reeleição por R$ 200 mil'



***

Frei Gilvander:
Nova Casa Grande e novas Senzalas.
Cidade Grande, nova Casa Grande; Periferias, novas Senzalas.

Gilvander Luís Moreira

Em 1933, Gilberto Freyre revelou a estrutura colonial da empresa Brasil: Casa Grande e Senzala, aquela vivendo à custa dessa. Na e a partir da Casa Grande, o senhor de engenho manda. Na e a partir da Senzala muitos baixam a cabeça e obedecem, e, assim, são escravizados, mas uma minoria, como Zumbi e Dandara, levantam a cabeça, fogem e organiza quilombos como o de Palmares. Passa-se o tempo, mudam-se os rótulos, mas a lógica e a estrutura escravocrata continuam funcionando a todo vapor. Os em-pregados de hoje, quem ganha apenas salário-mínimo são, na prática, os escravos da atualidade. Sobrevivem nas periferias das regiões metropolitanas, as chamadas “cidades dormitórios”, mas, na realidade, são as novas Senzalas que movimentam a nova Casa Grande, a Cidade Grande.

 Leia o texto completo, clicando aqui.

***

Marly Gribel:

A globo já admite: vamos ter segundo turno em Belo Horizonte

Marly Gribel - Professora

Minas começa a dar sinais de resistência e os números das pesquisas (bastante maquiadas) vão alterando/alternando os resultados. Lacerda despenca na proporção em que Patrus avança para o segundo turno.

Minas é mais que um curral deste ou daquele partido. Minas é mais que o jargão do conservadorismo.  Temos que ultrapassar essa barreira que nos imputam, de repetir sempre os mesmos erros- o conservadorismo, a mesmice, o resultado sempre esperado.

Dilma ontem fez o discurso que eu esperava, típico da mineira que não foge a luta e traduz nesta fala a inquietude que mora em Minas, mesmo que difusa.

Mergulhei neste discurso, transcrito ontem por um professor que me escreveu. Hoje, os "analistas"parciais da globo admitem que em BH haverá segundo turno.

Estou aqui com a minha pena a serviço da luta, da resistência, em favor dos menos favorecidos, em nome da mudança, em busca de um segundo turno, sonhando com uma nova chance para que os mineiros de BH e de todos os rincões de Minas tenham a oportunidade de avaliar melhor as propostas e o passado dos candidatos.

A capital dos mineiros, minha capital- não pode cair assim, de pronto, nas  patas das aves de rapina, sem resistência, sem o suspiro dos justos, dos que sonham... Belo Horizonte  é nosso ninho, a nossa casa, nosso ponto de encontro e de combate. 

Hoje no polêmico julgamento do "Mensalão", Ricardo Lewandowski, ministro-revisor cita dentre outros, Patrus, como pessoa idónea, digna de figurar entre aqueles que ele classificou como figuras públicas honradas, sem máculas, dignas de merecer crédito e que afirmaram desconhecer o dito "Mensalão e no entanto, figuras já previamente condenadas como  Roberto Jefferson não poderiam servir de base para condenar ou inocentar quem quer que seja.

O ministro-revisor Lewandowski  absolveu  Dirceu e Genoino de qualquer crime, visto que o MP não logrou, segundo o ministro produzir provas contra os mesmos , mas baseou-se apenas em ouvir dizer, ilações. 

“Não descarto a possibilidade de ele [José Dirceu] ter sido até o mentor, mas o fato é que isso não encontra ressonância nos autos. Não há prova documental, não há prova pericial. O que existem são testemunhos, alguns colhidos na CPI, alguns colhidos na Polícia Federal, muitos deles desmentidos diante de um magistrado”
"Nada encontrei nos autos (...) É possível que exista [prova], mas estas imputações [contra José Dirceu] não foram provadas"
Lewandowski foi muito claro: "As acusações são mais políticas do que só estritamente jurídicas". 
E como era de se esperar dois ministros  hoje já votaram a favor do Relator Joaquim Barbosa, condenando Dirceu e Genoino, apesar da inexistência de provas. Oh! República...E todo este circo  tem um objetivo: queimar o PT dentro do processo eleitoral.
 ***
Nota do Blog: o ministro Lewandowski colocou em questão um dilema que o STF teria criado: na ânsia de aparecer para a mídia e de querer transformar a Ação Penal 470 no maior julgamento do século, os ministros estão se recusando a admitir que o esquema em julgamento nada mais foi, na verdade, do que mais uma prática corriqueira de caixa dois, ou algo semelhante, em troca de apoio parlamentar. Coisa que acontece diariamente em todas as cidades e estados do país. Os ministros do STF, seguindo a acusação do procurador-geral, consideram que houve pagamento de deputados para que eles votassem em determinados projetos do governo federal, como a reforma previdenciária. Neste caso, se fossem coerentes, teriam que mandar anular todas as leis aprovadas no Congresso Nacional originadas do mencionado esquema.
E mais: por que não deram tratamento semelhante a outros esquemas, estes sim, bem mais graves para o país, como o processo de privatização (doação) das estatais? Além disso, a se repetir a forma de julgamento espetaculosa da referida Ação Penal, nós, educadores mineiros, temos todo o direito de reivindicar a anulação das leis que destruíram o nosso plano de carreira e confiscaram nossos direitos. Por quê? - perguntarão alguns. Simples: quem garante que os 51 deputados de Minas não receberam mensalão para comprar briga com uma categoria de 400 mil servidores? Nem precisamos que haja prova alguma desta compra - já que para a maioria dos ministros do STF isso é secundário. Os dados são claros: contrariando os interesses de toda a categoria dos educadores e de milhares de alunos e pais de alunos, o procurador de Minas e os 51 deputados se dispuseram a aprovar o projeto de lei do governo. Em troca de quê? Ou de quanto? E a mídia mineira e nacional? Quanto tem recebido de dinheiro público nos últimos anos para blindar o governo mineiro e atacar o governo federal? Isso também não seria uma forma de mensalão? Ou o STF só funciona para atacar um determinado partido em véspera de eleição? São questões que os ministros do STF e a mídia nacional, entre outros, precisam responder.

137 comentários:

  1. RETIRADO DO BLOG DA PROFESSORA MARLY GRIBEL
    ODERNIDADE

    PATRUS (PT) cresce em BH e PAULO GUEDES(PT) em MOC= esta luta depende de nós!
    Marly Gribel | quarta-feira, 3 de outubro de 2012

    A pesquisa Ibope divulgada ontem confirma que a eleição para a prefeitura da capital mineira não será fácil. A militância de Belo Horizonte terá que fazer um esforço supremo para levar PATRUS ( PT) para o segundo turno. Em relação à pesquisa anterior, Lacerda foi de 47% para 44%, e Patrus passou de 30% para 35%.

    "Estes últimos quatro dias serão decisivos. A batalha será travada nas ruas, no corpo-a-corpo, e também nas redes sociais. Qualquer bobeada ou corpo mole poderá ser fatal. Apesar de desconfiar dos grandes institutos de pesquisa – muita grana rola neste terreno -, não há dúvida que muita adrenalina vai rolar nesta reta final."

    Aqui nos rincões do interior onde habito, segundo as pesquisas, também elas encomendadas, PAULO GUEDES (PT) caminha para o segundo turno, embolado com algum coronel. Para Montes Claros será um grande feito, pois aqui, quem sempre dominou foram as tradiçionais famílias do gado e o povo montes-clarense dará um importante passo em relação a sua independência, quebrando o ciclo do chamado voto de cabresto. As amarras serão desfeitas e o povo liberto.

    Minas precisa de mudanças em todos os sentidos; na maneira de ver a política e de ver o mundo. Precisamos destruir este estereótipo que paira sobre nós: matuto e atrasado ( enterrados nas tradições).
    Não é verdade, somos herdeiros isto sim, de uma história que passa pela arte, pelo silêncio e pela opressão.
    Mas é preciso que a inteligência auxilie a miséria e é nesta hora que Minas precisa de nós- nossa voz, nossa pena e nossa vontade de mudar a história, marcada por opressão e violência. Minas merece!
    Acorda intelectuais mineiros!
    Acorda militância!
    Vamos tentar "salvar" Minas Gerais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cindy/Nueva York/ China4 de outubro de 2012 09:51

      Estoy con tu Teacher Marly...
      besos con carinõ

      Excluir
    2. ***Estoy "contigo", no???
      ***cariÑo, no???
      Lembro-me da RÁDIO ITATIAIA ("nos velhos tempos") "falando de LONDRES" "em BELO HORIZONTE".
      Bem, pelo menos a simpática pessoa está a apoiar uma professora que nos defende, que luta pela nossa causa.
      (M. A.)

      Excluir
    3. Luis Segovia/ Lima / Peru5 de outubro de 2012 23:16

      A Cindy Apoia todos os professores brasileiros. E luta fervorosamente pelos de Minas Gerais,Anônimo4 de outubro de 2012 16:49
      (M. A.).Ela luta por uma causa que não é dela, ela luta pela dor dos (maestros) como ela diz mineiros!
      A cindy é engenheira da área de contrução civil e alimentos, tem mestrado, ela pesquisando muito descobriu o Euler , a Marly, Ivete, Gracieusa , André, Thelma e tomou -se de paixão e emoção.. Ela tem grande dificuldade de escrever em português, ela tenta através de um tradutor comunicar com todos e luta de todas as formas para que se implante o piso, fiquei impressionado e admirado por uma pessoa tão culta do 1º mundo luta com garra por vocês!
      A mensagem de cada palavra que Euler , Marly escreve está em todas as partes do mundo, os recados dos professores ....
      Esta grande mulher invadiu blogs do Brasil e Exterior e está lutando com todos por vocês!
      Foi ela quem descobriu quem era realmente Cristovam Buarque.... ELA NÃO ESTÁ SÓ APOIANDO A MARLY GRIBEL , ESTÁ APOIANDO TODOS VOCÊS!UM SONHO DELA SER BRASILEIRA , JÁ SE SENTE BRASILEIRA,RSRSRS ,MELHOR MINEIRA!SE AQUI ESTIVESSE ESTARIA NAS RUAS LUTANDO PELA CLASSE E CONTRA ESSE ESCÂNDALO DO MENSALÃO POIS ESTÁ QUEIMANDO O BRASIL LÁ FORA, ESTE MENSALÃO É POLITICO, LULA É AMADO E ADMIRADO NO EXTERIOR!
      FHC ou qualquer um que foi presidente nunca teve o respeito e admiração como Lula teve ,eDilma é respeitada lá em terras do 1º mundo, Cindy veste a camisa de Marly e André a vermelha!
      e manda um recado a todos brasileiros e professores do Brasil e De Minas a luta só começou!E ama vocês!
      com sua licença Euler você está no coração da CINDY!
      E MANDA UM RECADO FINAL MUDEM O CENÁRIO DE MINAS DIA 7/10 VOTE CONTRA O GRUPO DE ANASTASIA !
      UM GRANDE ABRAÇO A TODOS PROFESSORES DE MINAS GERAIS!

      Excluir
    4. Prof Mário Cunha /bh6 de outubro de 2012 11:49

      Quantos anos você tem Anônimo4 de outubro de 2012 16:49 100 anos!
      Arranha potunhol aqui não!
      Para quem saber ler e ENTENDER um pingo é letra!

      Excluir

  2. Santo Deus! Que país é esse?! Hoje pesquisando sobre o colégio eleitoral de BH, o primeiro colocado entre os dez maiores, com 4379 seções e 1.860.172 eleitores, descubro algo inusitado, totalmente novo para mim: PRESO VOTA. Até então, pensava que presidiários perdiam o direito de exercer o voto. Exercer cidadania. Vocês sabiam disso?

    "Presos provisórios e adolescentes internados
    Minas Gerais terá 27 locais para votação de presos provisórios: 21 em presídios, com 1.997 presos aptos a votar, e seis em centros socioeducativos, com 415 menores infratores em medida socioeducativa de internação aptos a votar.

    As seções eleitorais para esses eleitores serão instaladas em Alfenas, Barbacena, Conselheiro Lafaiete, Governador Valadares, Itabira, Itambacuri, Montes Claros, Patrocínio, Pirapora, Pouso Alegre, São João Del Rey, São Lourenço, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, Três Corações, Uberaba, Varginha, Viçosa, Ibirité, Uberlândia e Belo Horizonte."

    http://www.tre-mg.jus.br/portal/website/eleicoes2012/imprensa/Eleitorado.html

    Esse nunca será um país civilizado. Não desse jeito. Não com essas leis. Não com tantos direitos. É direito demais e dever de menos. É permissividade demais e restrição de menos. Imagine o menor infrator apto para votar. Presos provisórios (nem sei o que é isso) aptos para votar.

    Afinal, quem é apto para votar? Se somos cidadãos decentes, idôneos, trabalhadores, politizados, ainda sim, erramos em nossas escolhas, agora imagine os que estão à margem da sociedade, reclusos num presídio ou internados para cumprir medidas socioeducativas. Saber que a justiça eleitoral permite isso, é saber que temos algo em comum com bandidos e criminosos. É saber que todos nós, somos apenas marionetes de um sistema de coisas injustas e flagrantemente incoerentes, degradadas.

    Até então, me orgulhava de participar do processo eleitoral. Agora não mais. Vou lá buscar meu comprovante de votação.

    ResponderExcluir
  3. Fico triste pois enquanto pedimos aos professores que votem nos candidatos amigos da educação e dos professores o deputado estadual Neilando Pimenta de Teófilo Otoni inimigo dos professores e da educação foi aplaudido de pé em comicio realizado no Povoado de Encachoeirado MUNICÍPIO DE PADRE PARAÍSO-MG, por quase todos os professores da rede estadual. E O PRINCIPAL A CANDIDATA APOIADA PELA MAIORIA DOS PROFESSORES É DO DEM - DEMOCRATAS - PARTIDO DE DIREITA. COM APOIO DO ANASTARITLER. PENA QUE ELES NÃO SABEM DISSO - COITADOS DOS SEUS ALUNOS.
    É UMA VERGONHA. ESSES "PROFESSORES" NOS ENVERGONHAM. ELES SÃO CULPADOS PELO CAOS DA ESCOLA.

    ResponderExcluir
  4. Todos farinha do mesmo saco, esses políticos safados que entopem o PT e o PSDB. Mão sei qual dois partidos é o mais PORCO. Voto 000 e confirmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prof José Antônio/bh3 de outubro de 2012 21:37

      vota mesmo mané , tá na cara que você é TUCANO....

      Excluir
    2. Não sou tucano não. Odeio PSDB. Odeio PT. E mané a ...

      Excluir
  5. BOA TARDE, COLEGAS
    QUANDO SERÁ PAGO MESMO, O NOSSO PRÊMIO DE PRODUTIVIDADE?
    PROFESSORA SÔNIA, ARAXÁ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não foi pago antes das eleições para fazer campanha eleitoreira. Pode esquecer...não será pago tão cedo! Onde está o dindin? tucano picou...

      Excluir
    2. Tem boatos de que o 13º salário talvez não saia este ano. Esse prêmio(esmola), dizem que deve ser na faixa de 60%,talvez saia em meados do próximo ano. É duro, mas é o que está 'rolando'.

      Excluir
    3. No contracheque de outubro (cerca de 70%)

      Excluir
    4. sem 13º?? PQP

      Excluir
  6. Eu acho que será pago como ano passado ou seja em janeiro deste ano.Assim sendo, será pago em janeiro de 2013.

    ResponderExcluir
  7. Realmente aqui em Uberlândia o candidato do PSDB (Luiz Humberto Carneiro) líder do governo na Assembleia e que votou contra o Piso Nacional dos professores, deve ser frito ainda no primeiro turno. Está certo que o concorrente Gilmar Machado(PT) tem uma base muito sólida, e independente do partido não perderia a eleição. O cara tem carisma.

    ResponderExcluir
  8. O anastácia acabaou de sair da cidade de Araguari. Veio para apoiar o filhinho do falecido ex deputado federal e coronel de Araguari Raul Belém. Lembram? aquele que há anos atrás saiu na folha de São Paulo como o deputado mais fautoso do congresso. Ao saber da vinda dele na última sexta fui a subsede do sindute exigir que eles organizassem uma manifestação, mas me disseram que a turma do Raulzinho(inclusive muitos professores da rede estadual) iria dizer que o sindute era contra o Raulzinho. E infelizmente companheiros professores a tia anastácia veio e perdemos a oportunidade de mais um protesto porque o sindicato imcompetente não foi capaz de exercer o seu papael. Araguari é uma cidade de 150.000 habitantes(sabem? aquela do caso dos irmãos Naves o maior erro do judiciário do Brasil e fica situada a 30 km de Uberlândia, onde tudo indica que o Gimar Machado vencerá no primeiro turno derrotando o luiz humberto que foi um dos nossos algozes. Mas infelizmente Araguari sempre foi governada por uma elite direitista coronelista da mais reacionária possível e ainda teremos que lutar muito para que esse quadro político mude por aqui. Abraço a todos NDG de Araguari.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. subsede do sindicato PELEGOooooooooo

      Excluir
  9. NÃO IMPORTA, TEREMOS QUE TRABALHAR UM NOME PARA GOBERNADOR, VAMOS COMEÇAR JÁ

    PAU NELES

    PODEREMOS ATÉ PERDER, MAS MOSTRARMEOS QUE TEMOS FORÇA, E NA POLITICA, QUALQUER FORÇA JÁ É MOTIVO DE CHAMAMENTO PARA CONVERSA,

    SOMOS MUITOS E UNIDOS SEREMOS FORTES, FAMILIA, ALUNOS, ETC.

    VAMOS USAR NOSSO PODER JÁ

    ResponderExcluir
  10. QUE APROVA É O PROFESSOR


    10 PONTOS PARA QUEM VOTAR CONTRA PSDB

    ResponderExcluir
  11. APOLITICO

    Pessoa Comprada no Mensalão,M.G.
    PARABÉNS PELO SEU TEXTO APOLÍTICO.
    QUEM SÃO ESSES NÓS?
    PORQUE EU NÃO VOTO NELES!
    QUEM GAZ PARTE DESSE GRUPO NÓS, NÃO PARTICIPAMOS DO QUE VOCÊ CITOU!
    PORQUE NESSES EU NÃO VOTO!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk]um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prof José Antônio/bh3 de outubro de 2012 21:32

      Mandou bem Prof Cláudio/bh3 de outubro de 2012 18:53 Apoiadissimo!!!!!

      Excluir
  12. LEIAM E INTERPRETEM O GRANDE ALTAMIRO BORGES!
    http://altamiroborges.blogspot.com.br/2012/10/o-diabo-no-meio-do-mensalao.html
    Estou decepcionada com a classe de educadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito mas tenho de discordar dessa postura. Compra de votos é crime que leva ao favorecimento daqueles que detém o cargo público, fazendo barganha para obterem favores para si, seus respectivos partidos políticos e parceiros de convivência política. Tudo isso acontece nos bastidores políticos sem o aval da população que permanece alheia ao jogo político e ainda com recursos de empresas que querem garantidos seus interesses no cenário político brasileiro. Tudo isso é feito num jogo mafioso que leva a esconder provas ou eliminá-las como da época em que o mensalão foi detectado e havia determinadas pessoas queimando papéis comprometedores. O papel das pessoas que participam desse jogo é o de burlar a legislação mesmo, agora, em relação ao Daniel Dantas e o mensalão psdebista é o de se averiguar com os mesmos rigores que estão se fazendo com o mensalão do PT, só que para isso deve-se ultrapassar uma incrível barreira que é a do favorecimento de determinadas pessoas de influência tanto na mídia quanto em outros setores que os protegem.

      Excluir
  13. Eu encontrei isso aqui no site da SEE, mas não há data de postagem, será que é atual? HUMPF...

    " Graças ao cumprimento das metas pactuadas no acordo de resultados, aproximadamente 300 mil servidores das diversas áreas de atuação do Estado receberão, no dia 7 de outubro, junto com a remuneração referente a setembro, o Prêmio por Produtividade – bônus salarial pelo cumprimento de metas de trabalho alcançadas.
    O Acordo de Resultados, disciplinado pela Lei 14.694, de 2003, e aperfeiçoado pela Lei 17.600, de 2008, é o instrumento de contratualização de resultados mediante negociação entre dirigentes de órgãos e entidades do Poder Executivo e as autoridades que sobre eles tenham poder hierárquico ou de supervisão. "

    https://www.educacao.mg.gov.br/imprensa/noticias/1519-acordo-de-resultados-minas-um-passo-a-frente-

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É velho você não prestou atenção, 07/10 domingo, PAGAMENTO 05/10.
      VOTE NO PATRUS

      Excluir
    2. Informação antiga, é do ano de 2009 em que o quinto dia útil de outubro foi no dia 07/10.

      Excluir
  14. Só que o pagamento de outubro será no dia 05/10/2012.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando forem pagar esta merreca do premio produtividade vao ser os primeiros a estampar a noticia como um grande favor para todo lado... Aquela corja nao dá ponto sem nó... só que estao quebrados... contando moedinhas... dando cano em professor para continuar enganando o povo. É a Treva!

      Excluir


















  15. A PRESIDENTA MANDOU O PAU NO SENADOR CAMBALEANTE, FALOU DEMAIS LEVOU!! KKKKKKKKKKK

    Dilma apoia Patrus e cutuca Aécio: não saí de Minas pra ir à praia

    03 de outubro de 2012 • 21h52 • atualizado às 22h14

    "Não saí para ir à praia, para me divertir. Eu saí daqui porque fui perseguida", atacou Dilma
    Foto: Ney Rubens/Terra


    A presidente da República Dilma Rousseff durante 20 minutos de um comício do candidato à prefeitura de Belo Horizonte pelo PT, Patrus Ananias, atacou o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o candidato à reeleição à Prefeitura de BH, Marcio Lacerda (PSB).

    Conheça os candidatos a vereador e prefeito de todo o País
    Acompanhe as pesquisas eleitorais
    Veja o cenário eleitoral nas capitais
    Confira quanto ganham os prefeitos e vereadores nas capitais brasileiras

    A irritação da presidente foi principalmente devido às declarações de Aécio que na segunda-feira, durante evento de campanha de Lacerda, disse que acreditava na vitória do candidato do PSB porque "a população (de BH) conhece muito melhor do que qualquer estrangeiro que vem aqui às vésperas da eleição dizer vote nesta ou naquela direção."

    A presidente começou o discurso dizendo que veio até Belo Horizonte "não para falar mal de ninguém" e sim para elogiar Patrus Ananias. Mas em seguida Dilma recordou que nasceu, cresceu, estudou e iniciou a luta contra a Ditadura na capital mineira: "Eu quando saí daqui não saí para passear. Eu não fui passear, não saí para ir à praia, para me divertir. Eu saí daqui porque fui perseguida porque aqui começou, como em todo Brasil um grande, um forte processo de perseguição. Então eu quero dizer para vocês que na minha veia corre o sangue de Minas Gerais", esbravejou.

    Durante o comício na região do Barreiro, Dilma estava acompanhada do vice-presidente Michel Temer e de ministros. Ela discursou a partir de anotações em um papel, segundo ela, para não esquecer tudo que queria falar.

    "Vou usar aqui uma frase que o presidente Lula gostava muito de usar: nunca antes na história desse país. Pois bem, nunca antes na história desse estado a política foi tão pequena quanto essa praticada por essas pessoas que me chamam de estrangeira," disse Dilma ao encerrar a fala para cerca de 5 mil pessoas, segundo o Partido dos Trabalhadores.

    Dilma disse ainda que justamente por ser mineira tem o exemplo de ex-presidentes que nasceram em Minas Gerais, mas deixou de fora o ex-presidente Tancredo Neves, avô de Aécio Neves: "Eu aprendi uma coisa importante que os mineiros têm, sempre tiveram, que é ser capaz de lutar pelo seu País. O mineiro é o povo que mora aqui no centro do Brasil por isso, talvez, ele tenha um lugar especial e ele olha para todo o Brasil. Isso vem desde lá Tiradentes e passa pelos presidentes mineiros, o JK e o Itamar (Franco). (...) A mim espanta que eles falem que sou estrangeira, isso só meu causa um profundo desgosto e me faz pensar como o ser humano é capaz de confundir seus interesses pessoais com os interesses do País," atacou. "(Alguns) Políticos com visão mesquinha da vida acham que podem apagar Belo Horizonte da minha certidão de nascimento, não," completou.

    Royalties e repasse de recursos
    A presidente se mostrou ainda mais irritada com o fato do senador Aécio Neves ter declarado recentemente que ela vetou a emenda que permitia aumentar o valor dos royalties de minério pagos pelas mineradoras aos estados contrariando os interesses de Minas Gerais.
    "Agora eu queria responder uma outra coisa, a história dos royalties. Se tem uma coisa falsa é fazer o seguinte. Muitas vezes se passam projetos que não têm condições de permanecer, o projeto tem falhas. E aí pode acontecer o seguinte, eu aumentei o royalties e as empresas podem entrar na Justiça e aí anulam e não pagam nenhum. Como eu não quero isso, vetamos e vamos fazer a Lei da Mineração cobrando royalties de minério como se cobra royalties de petróleo", prometeu.

    ResponderExcluir
  16. Continuação da PAULADA no SENADOR CAMBALEANTE, parte II


    Dilma também rebateu supostas declarações de que o governo dela e do ex-presidente Lula não repassam verbas para o governo de Minas Gerais. A presidente recordou a moratória decretada por Itamar Franco, quando ele era governador do Estado, em 1999, para dizer que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso "fingia que não via e deixou o governo mineiro às moscas".

    "Eles, esse pessoal da oposição, deram um dinheirinho para o Itamar, vamos dizer R$ 530 milhões, foi um pouco menos, mas vamos ser generosos. Aí chegou o Lula e colocou R$ 3,7 bilhões aqui em Minas Gerais. Assim que o governo federal teve um pouco mais de dinheiro o presidente Lula deu para o governo anterior e para o que hoje está aí (do governador Antonio Anastasia) R$ 3,7 bilhões de financiamentos. Aí em dois anos, sabe quanto que nós colocamos à disposição do governo de Minas Gerais: R$ 9 bilhões".



    ResponderExcluir
  17. O povo tem que entender que este governo é um tremendo picareta e com essas picaretagens é que temos que acabar de vez!

    ResponderExcluir
  18. já estava passando da hora do PT tomar uma posição,este jeitinho que foi feito nas últimas eleições da capital impediu totalmente os partidos (de esquerda) ficarem do lado do povo,e os sindicados que também se uniram a este modelo anti-democrático,ficaram estagnados,não se falava em oposição,e o povo que sustenta toda esta corja saiu no prejuízo,deixou de conquistar várias e antigas lutas,assim como o professorado de minas que assistiu suas vantagens e direitos conquistados irem embora por causa de uma grande tempestade chamada Dilmasia

    ResponderExcluir
  19. Quando os efetivados habilitados irão receber como habilitados?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dia de São Nunca de tarde!

      Excluir
  20. Professores que ainda estão pensando em ELEGER candidato do PSDB, lembrem que a esmola( prêmio por produtividade) não será paga nesse pagamento antes da eleição, então será quando o desgoverno quiser ou quando tiver dinheiro para nos pagar. Pode ser no próximo ano, pode ser parcelado ou pode ser NUNCA...

    VOCÊS AINDA CONTINUARÃO FORTALECENDO ESSE "COISA RUIM" ??????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sabe ele está esperando a resposta nas urnas?
      Tem que dar PATRUS no primeiro turno.

      Excluir
    2. Por mim!!! Para o PT é que eu não voto. Prefiro anular meu voto. Muito pior que o PSDB é PT - corja!!!

      Excluir
    3. Se vc não é professor e nem passou por nenhuma escola, vote então no PSDB.Assim vc ficará satisfeito.A satisfação é que vale.

      Excluir
    4. Dizem por aí que nem o décimo terceiro vai ser pago.E aí?
      Continuar com PSDB?
      Continuar sofrendo?

      Excluir
  21. O Aecin está desorientado, não têm mais aqueles velhinhos pra se apoiar. Eles morreram e deixaram o playboy falando merdas, precisando da Dilma dã um chega pra lá.Está desesperado a ponto nem saber o que fazer.Quero mais que se ferre junto com seu afilhado.

    ResponderExcluir
  22. RETIRADO DO BLOG DA MARLY GRIBEL
    A PÓS- MODERNIDADE

    A globo já admite: vamos ter segundo turno em Belo Horizonte
    Marly Gribel | quinta-feira, 4 de outubro de 2012

    Minas começa a dar sinais de resistência e os números das pesquisas (bastante maquiadas) vão alterando/alternando os resultados. Lacerda despenca na proporção em que Patrus avança para o segundo turno.

    Minas é mais que um curral deste ou daquele partido. Minas é mais que o jargão do conservadorismo. Temos que ultrapassar essa barreira que nos imputam, de repetir sempre os mesmos erros- o conservadorismo, a mesmice, o resultado sempre esperado.

    Dilma ontem fez o discurso que eu esperava, típico da mineira que não foge a luta e traduz nesta fala a inquietude que mora em Minas, mesmo que difusa.

    Mergulhei neste discurso, transcrito ontem por um professor que me escreveu. Hoje, os "analistas"parciais da globo admitem que em BH haverá segundo turno.

    Estou aqui com a minha pena a serviço da luta, da resistência, em favor dos menos favorecidos, em nome da mudança, em busca de um segundo turno, sonhando com uma nova chance para que os mineiros de BH e de todos os rincões de Minas tenham a oportunidade de avaliar melhor as propostas e o passado dos candidatos.

    A capital dos mineiros, minha capital- não pode cair assim, de pronto, nas mãos das aves de rapina, sem resistência, sem o suspiro dos justos, dos que sonham... Belo Horizonte é nosso ninho, a nossa casa, nosso ponto de encontro e de combate.

    Hoje no polêmico julgamento do "Mensalão", Ricardo Lewandowski, ministro-revisor cita dentre outros, Patrus, como pessoa idónea, digna de figurar entre aqueles que ele classificou como figuras públicas honradas, sem máculas, dignas de merecer crédito e que afirmaram desconhecer o dito "Mensalão e no entanto, figuras já previamente condenadas como Roberto Jefferson não poderiam servir de base para condenar ou inocentar quem quer que seja.

    O ministro-revisor Lewandowski absolveu Dirceu e Genoino de qualquer crime, visto que o MP não logrou, segundo o ministro produzir provas contra os mesmos , mas baseou-se apenas em ouvir dizer, ilações.

    “Não descarto a possibilidade de ele [José Dirceu] ter sido até o mentor, mas o fato é que isso não encontra ressonância nos autos. Não há prova documental, não há prova pericial. O que existem são testemunhos, alguns colhidos na CPI, alguns colhidos na Polícia Federal, muitos deles desmentidos diante de um magistrado”
    "Nada encontrei nos autos (...) É possível que exista [prova], mas estas imputações [contra José Dirceu] não foram provadas"
    Lewandowski foi muito claro: "As acusações são mais políticas do que só estritamente jurídicas".
    E como era de se esperar dois ministros hoje já votaram a favor do Relator Joaquim Barbosa, condenando Dirceu e Genoino, apesar da inexistência de provas. Oh! República...E todo este circo tem um objetivo: queimar o PT dentro do processo eleitoral.

    ResponderExcluir

  23. Vai cambaleando, cambaleando, cambaleando até cair, o Senador Cambaleante!!! kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

  24. Em TODA A MINAS GERAIS os Servidores Públicos, leia-se PROFESSORES, POLICIAIS, PROFISSIONAIS DA SAÚDE E OUTRAS CATEGORIAS injustiçadas devem nocautear,juntamente com amigos e familiares, domingo, TODOS OS CAMBALEANTES DO ENTORNO DESTE GOVERNO NEFASTO DE MINAS GERAIS, começando por Belo Horizonte. Aproveitem que estão cambaleando e derrubem-nos!!! Contagem regressiva 1....!!!

    ResponderExcluir
  25. temos que montar uma chapa anti PSDB e seus coligados já

    2014 vem ai temos muitos cabos eleitorais

    vamos dar o troco na urna

    ResponderExcluir
  26. ACABARAM COM NOSSA CARREIRA E SONHOS

    ACABAREMOS COM ELES AGORA E EM 2014

    VAMOS FAZER UMA GRANDE BATALHA CONTRA ESSES PELEGOS DO DINHEIRO PUBLICO

    ResponderExcluir
  27. RETIRADO DO BLOG DA MARLY GRIBEL PARTE 1
    LEONARDO BOFF analisa o julgamento do "Mensalão.
    Marly Gribel | sexta-feira, 5 de outubro de 2012 |
    Por Leonardo Boff, no sítio da Adital:
    Para não me aborrecer com e-mails rancorosos vou logo dizendo que não estou defendendo a corrupção de políticos do PT e da base aliada, objeto da Ação Penal 470, sob julgamento no STF. Se malfeitos forem comprovados, eles merecem as penas cominadas pelo Código Penal. O rigor da lei se aplica a todos
    Outra coisa, entretanto, é a espetacularização do julgamento transmitido pela TV. Ai é iniludível a feira das vaidades, o vezo ideológico que perpassa sobre a maioria dos discursos.
    Desde A Ideologia Alemã de Marx/Engels (1846) até Conhecimento e Interesse de J. Habermas (1968 e 1973), sabemos que por detrás de todo conhecimento e de toda prática humana age uma ideologia latente. Resumidamente podemos dizer que a ideologia é o discurso do interesse. E todo conhecimento, mesmo o pretende ser o mais objetivo possível, vem impregnado de interesses. Pois assim é a condição humana. A cabeça pensa a partir de onde os pés pisam. E todo o ponto de vista é a vista de um ponto. Isso é inescapável. Cabe analisar política e eticamente o tipo de interesse, a quem beneficia e a que grupos serve e que projeto de Brasil tem em mente. Como entra o povo nisso tudo? Ele continua invisível e até desprezível
    A ideologia pertence ao mundo do escondido e do implícito. Mas há vários métodos que foram desenvolvidos, coisa que exercitei anos a fio com meus alunos de epistemologia em Petrópolis, para desmascarar a ideologia. O mais simples e direto é observar a adjetivação ou a qualificação que se aplica aos conceitos básicos do discurso, especialmente, das condenações
    Em alguns discursos como os do Ministro Celso de Mello, o ideológico é gritante, até no tom da voz utilizada. Cito apenas algumas qualificações ouvidas no plenário: o "mensalão” seria "um projeto ideológico-partidário de inspiração patrimonialista”, um "assalto criminoso à administração pública”, "uma quadrilha de ladrões de beira de estrada” e um "bando criminoso”. Tem-se a impressão que as lideranças do PT e até Ministros não faziam outra coisa que arquitetar roubos e aliciamento de deputados, em vez de se ocupar com os problemas de um país tão complexo como o Brasil
    Qual o interesse, escondido por detrás de doutas argumentações jurídicas? Como já foi apontado por analistas renomados do calibre de Wanderley Guilherme dos Santos, revela-se aí certo preconceito contra políticos vindos do campo popular. Mais ainda: visa-se aniquilar toda a possível credibilidade do PT, como partido que vem de fora da tradição elitista de nossa política; procura-se indiretamente atingir seu líder carismático maior, Lula, sobrevivente da grande tribulação do povo brasileiro e o primeiro presidente operário, com uma inteligência assombrosa e habilidade política inegável
    A ideologia que perpassa os principais pronunciamentos dos ministros do STF parece eco da voz dos outros, da grande imprensa empresarial que nunca aceitou que Lula chegasse ao Planalto. Seu destino e condenação é a Planície. No Planalto poderia penetrar como faxineiro e limpador dos banheiros, como, aliás, parece ter sido oprimeiro trabalho do Ministro Joaquim Barbosa no STF. Mas nunca como Presidente.
    Ouve-se no plenário ecos vindos da Casa Grande que gostaria de manter a Senzala sempre submissa e silenciosa. Dificilmente se tolera que através do PT os lascados e invisíveis começaram a discutir política e sonhar com a reinvenção de um Brasil diferente. Tolera-se um pobre ignorante e mantido politicamente na ignorância. Tem-se verdadeiro pavor de um pobre que pensa e que fala. Pois Lula e outros líderes populares ou convertidos à causa popular, como João Pedro Stedile, começaram a falar e a implementar políticas sociais que permitiram uma Argentina inteira ser inserida na sociedade dos cidadãos.

    ResponderExcluir
  28. PARTR 2 BLOG DA MARLY GRIBEL
    A ideologia que perpassa os principais pronunciamentos dos ministros do STF parece eco da voz dos outros, da grande imprensa empresarial que nunca aceitou que Lula chegasse ao Planalto. Seu destino e condenação é a Planície. No Planalto poderia penetrar como faxineiro e limpador dos banheiros, como, aliás, parece ter sido oprimeiro trabalho do Ministro Joaquim Barbosa no STF. Mas nunca como Presidente.
    Ouve-se no plenário ecos vindos da Casa Grande que gostaria de manter a Senzala sempre submissa e silenciosa. Dificilmente se tolera que através do PT os lascados e invisíveis começaram a discutir política e sonhar com a reinvenção de um Brasil diferente. Tolera-se um pobre ignorante e mantido politicamente na ignorância. Tem-se verdadeiro pavor de um pobre que pensa e que fala. Pois Lula e outros líderes populares ou convertidos à causa popular, como João Pedro Stedile, começaram a falar e a implementar políticas sociais que permitiram uma Argentina inteira ser inserida na sociedade dos cidadãos.
    Essa causa não pode estar sob juízo. Ela representa o sonho maior dos que foram sempre destituídos. A Justiça precisa tomar a sério esse anseio a preço de se desmoralizar, consagrando um status quoque nos faz passar internacionalmente vergonha. Justiça é sempre a justa medida, o equilíbrio entre o mais e o menos, a virtude que perpassa todas as virtudes ("a luminossísima estrela matutina” de Aristóteles). Estimo que o STF não conseguiu manter a justa medida. Ele deve honrar essa justiça-mor que encerra todas as virtudes da polis, da sociedade organizada. Então sim se fará justiça nesta país.
    Comentário do BLOG:

    Felizmente, Os grandes intelectuais do Brasil começam a se posicionar diante do espetáculo que se tornou este julgamento do "Mensalão", que vai delineando o espaço desta "Repúbica" canhestra que vivemos. Não cabe mais silêncio e omissão, o povo brasileiro tem amadurecido ao longo desta jornada de corrupção e vergonha . Precisamos erguer nossa voz contra qualquer forma de manipulação e corrupção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vamos derrubar PSDB se unam companheiros(as)
      PSDB destruiu nossas carreiras!

      Excluir
  29. Vamos acabar com eles da mesma forma que acabaram com a gente.Estes infelizes precisam de uma lição:aprender a respeitar os mais velhos,valorizar o trabalho das pessoas,ter noção da forma como tratam e veem as pessoas com carinho e não pisando ou perseguindo.Malhando ou desvalorizando as pessoas. Pois um dia virará pó e será tarde demais.Esses políticos de hoje são sem Noção.

    ResponderExcluir
  30. Assistir e decidir.É a hora dos professores darem o troco. Vamos, gente!

    https://www.youtube.com/watch?v=2hv-z-XJXrs

    ResponderExcluir
  31. Do blog Beatriz Cerqueira:

    O artigo que a Folha de São Paulo não publicou

    O Jornal Folha de São Paulo publicou artigo do senador Aécio Neves analisando os resultados do IDEB em Minas Gerais. Como a avaliação do senador é muito diferente da realidade vivida pelas comunidades escolares e profissionais da educação, apresentei ao mesmo Jornal um artigo que apresentasse informações diferentes, afinal num Estado Democrático de Direito, o contraditório é sempre essencial nos meios de comunicação. No entanto, o Jornal retornou afirmando que, apesar da pertinência do artigo, não seria possível publicá-lo porque em função do julgamento do STF havia muitos textos para publicação.

    Socializo aqui o artigo que também foi publicado no site da CNTE.


    ALGUMAS REFLEXÕES SOBRE A EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS

    No processo de ensino-aprendizagem, cotidianamente, realizamos atividades de avaliação para diagnosticar cada aluno, identificando as suas dificuldades e o que aprendeu para dar continuidade ao trabalho. Investimos em metodologias específicas para que ele supere as dificuldades e continue avançando.

    Os mecanismos externos de avaliação da educação deveriam ser utilizados como instrumentos de diagnóstico para corrigir políticas e investimentos. No entanto, os resultados recentemente divulgados do Ideb cumpriram a função de marketing para vários governos. Sua divulgação já faz parte do calendário das campanhas publicitárias. Com esta prática, corremos o risco da população ter uma visão, muitas vezes, distorcida da realidade dos indicadores de qualidade da educação.

    Este tem sido o comportamento do Governo de Minas, que tratou de utilizar os dados para dar a falsa idéia de que a educação mineira teria uma "fórmula de sucesso".

    No entanto, ao realizar uma análise mais aprofundada dos dados divulgados pelo governo estadual, temos uma compreensão global da política educacional mineira, o que revela uma realidade preocupante.

    A primeira questão que merece atenção diz respeito ao acesso à educação básica. Nem todas as crianças e adolescentes têm vaga garantida na rede pública. Um recente estudo do Dieese apurou que, em Minas Gerais, faltam cerca de 1 milhão de vagas no Ensino Médio. São empurrados para a rede privada, que cresceu cerca de 10 % nos últimos anos.

    A educação Infantil é outra questão preocupante no Estado. Apenas 35% das crianças de 0 a 5 anos tiveram acesso a uma vaga na rede pública. O estado de Minas Gerais (aqui incluindo políticas municipais) investiu 0,28% do PIB neste nível de ensino.

    De acordo com o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), apenas 30,7% dos estudantes da rede estadual encontram-se num estágio recomendável em leitura, 18,8% em nível recomendável em matemática e 25% em nível recomendável em ciências.

    No que se refere à qualidade da educação, o estado de Minas Gerais tem resultado abaixo da média da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

    De acordo com o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), a escolaridade média da população adulta mineira é de 6,9 anos. Ainda analisando os dados deste Plano, constatamos que 93,4% das crianças de 6 a 14 anos estão na escola, mas apenas 68% dos adolescentes de 16 anos conseguem concluí-lo, e somente 48,5% dos jovens de 19 anos também.

    ResponderExcluir
  32. Parte 2
    No que se refere à qualidade da educação, o estado de Minas Gerais tem resultado abaixo da média da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

    De acordo com o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), a escolaridade média da população adulta mineira é de 6,9 anos. Ainda analisando os dados deste Plano, constatamos que 93,4% das crianças de 6 a 14 anos estão na escola, mas apenas 68% dos adolescentes de 16 anos conseguem concluí-lo, e somente 48,5% dos jovens de 19 anos também.

    O nosso Estado, quando comparado à média nacional, tem a pior colocação em qualidade da escola de Ensino Médio: 96% das escolas não têm sala de leitura, 49% não têm quadra de esportes e 64% não têm laboratório de ciências. De acordo com o Censo Escolar 2010 as escolas estaduais mineiras do Ensino Fundamental apresentam uma estrutura de atendimento precária: 76% não possuem laboratório de ciências, 55% não possuem quadra de esporte e 11% não possuem biblioteca.

    Uma visita a qualquer escola estadual mineira comprovará as condições de trabalho, carreira e salário dos profissionais da educação: são obrigados a assumir aula de disciplinas sem ter a formação correspondente. Há professores sendo obrigados a assumir a regência de até 8 disciplinas diferentes.

    O professor não tem a garantia de 1/3 da sua jornada dedicada a estudo, planejamento e avaliação conforme definido pela lei federal 11.738/08, direitos, vantagens e férias-prêmio são ignorados, projetos são desenvolvidos sem qualquer interlocução com o profissional da educação, o tempo do professor é definido sem a sua participação, o currículo da escola é estabelecido por quem não está na escola, não há um referencial político- pedagógico.

    Diferentemente do que afirmou o senador Aécio Neves em recente artigo publicado pelo Jornal Folha de São Paulo, o Governo de Minas não priorizou o que é prioritário. Inúmeros dados revelam uma realidade diferente da qual descreveu. É importante lembrar que desde o seu governo, não se cumpre o mínimo de investimento de 25% em educação e de 12% em saúde.

    Confira:http://www.cnte.org.br/index.php/giro-pelos-estados/375-mg/10964-algumas-reflexoes-sobre-a-educacao-em-minas-gerais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NOSSA EULER PUBLICANDO TEXTO OMISSO DE BEATRIZ CERQUEIRA? DISCURSO ESTE BEM ALIENADO POR SINAL. MANDOU MAL!

      Excluir
    2. VOCÊ DESCEU A AVALANCHE ABAIXO COM BEATRIZ? FAZENDO APOLOGIA PARA INIMIGO?ACORDA EULER, ESTOU DECEPCIONADO;;; MORREU?

      Excluir
    3. é pra tirar o chapéu, turma.

      Excluir
  33. STF autoriza investigações contra Lacerda no mensalão: http://www.novojornal.com/politica/noticia/stf-autoriza-investigacoes-contra-lacerda-no-mensalao-02-10-2012.html … . Por que não dá na mídia mineira? http://www.youtube.com/watch?v=YnymxSzqB-s&feature=plcp …

    ResponderExcluir
  34. P/ tuitar e retuitar toda hora amanhã: Ranking dos Fichas-sujas - 1º lugar: PSDB, os tucanos!!! 2º: PMDB ... 8º: PT!!! http://www1.folha.uol.com.br/poder/1157670-maioria-dos-barrados-pela-ficha-limpa-foi-por-contas-rejeitadas.shtml …

    ResponderExcluir
  35. Patrus 13 está próximo da virada!

    Veja a última pesquisa da datafolha, resultado divulgado no jornal o tempo: O Datafolha divulgou neste sábado (6) a sexta pesquisa de intenção de voto sobre a disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte neste ano. Segundo o Datafolha, "este resultado não permite afirmar com certeza se a eleição será decidida no primeiro turno".

    Veja os números do Datafolha para a pesquisa estimulada:
    Marcio Lacerda (PSB) - 44% das intenções de voto
    Patrus Ananias (PT) - 38%
    Maria da Consolação (PSOL) - 3%
    Vanessa Portugal (PSTU) - 2%
    Alfredo Flister (PHS) - não atingiu 1%
    Tadeu Martins (PPL) - não atingiu 1%
    Pepê (PCO) - não atingiu 1%
    Branco/Nulo - 6%
    Não sabe/Não respondeu - 7%

    A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S. Paulo" e realizada entre os dias 5 e 6 de outubro. Foram entrevistadas 1.726 pessoas na cidade de Belo Horizonte. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), sob o número 01178/2012.

    Fonte - http://www.otempo.com.br/hotsites/eleicoes2012/ultimas/?IdNoticia=363588,NOT

    ResponderExcluir
  36. Prof Sérgio Amaral/bh6 de outubro de 2012 19:39

    impunidade é o que sempre houve. Se o STF e o judiciário no BRASIL fossem corretos nós não estaríamos passando por isso... sem piso com suicidio Más como a justiça no BRASIL TEM um histórico de conivência, comprada logo... Ela operará justiça para uns casos e outros não. Se o STF SEMPRE punisse os corruptos como o PSDB mais tudo tem um preço!
    amanhã dê o troco vote NO PATRUS!

    ResponderExcluir
  37. Prof Sérgio Amaral/bh6 de outubro de 2012 19:55

    O MENSALÃO COMEÇOU COM EDUARDO AZEREDO DO PSDB PARA QUEM, NÃO SABE. EM QUEM VOCÊ VAI VOTAR, NO DÉLIO OU NO MARCIO? VOCê SABE QUE UM ODEIA O OUTRO NÉ? E O QUE VOCÊ ACHA DO DÉLIO SER DO PV E TER 375 MIL ARVORES DE EUCALIPITO? VIRA BH, PATRUS É 13, UM PREFEITO DE VERDADE, DE AÇÃO E CORAÇÃO!!!

    ResponderExcluir
  38. RETIRADO DO BLOG DA MARLY GRIBEL
    PATRUS ANANIAS VENCERÁ AS ELEIÇÕES EM BH -só depende de nós!.
    Marly Gribel | sábado, 6 de outubro de 2012 | 15 comentários
    Ontem acordei cedinho e fui refazer meu jardim para aguardar as primeiras chuvas da primavera. Já previamente preparada para sujar as mãos na terra fui trabalhar meus tesouros: cravos, cravinas, ixoras. Qualquer luva atrapalha a sensibilidade e, para plantar flores é necessário mais que uma pá e uma muda. Vai muito além dos sentidos. Mas valeu a pena - o jardim foi renovado e descortina colorido diante dos meus olhos.
    Da mesma forma que parti com energia para inovar e colorir meu jardim digo aos meus amigos leitores- nossa luta na internet e nas ruas não poderá ter trégua até que a capital retorne para as mãos certas- a saber- Patrus Ananias. O que "aparentemente" parecia perdido retorna renovado, porque Minas é mais que o Curral Del Rei. Minas ultrapassa estes limites que a Casa Grande a todo custo quer nos relegar - subserviência, conformismo e este papel insignificante de cidadão de segunda classe. Vamos problematizar, vamos surpreender e principalmente ter coragem para renovar.
    Interessante destacar que a última pesquisa Ibope sobre Minas Gerais não foi colocado no G1 ontem nem falado nos seus telejornais. Tive que recorrer a página do instituto de pesquisa ibope para obter os números que publico abaixo. Se a imprensa golpista não divulgou o resultado de que PATRUS vai para o segundo turno, isto significa, que Patrus no segundo turno será imbatível.
    Estou pronta para ajudar nesta luta! E sei que conto com outros tantos mineiros, dispostos como eu a juntar sensibilidade com verdade e mudar os rumos desta história, porque Belo Horizonte é nosso principal jardim, nosso palco de histórias e lutas.



    Disputa em Belo Horizonte fica mais acirrada e deverá ser decidida no segundo turno entre Marcio Lacerda e Patrus Ananias
    04/10/2012
    ​A quinta pesquisa realizada pelo IBOPE Inteligência em parceria com a TV Globo, durante os dias 29 de setembro a 1 de outubro, mostra diminuição da distância entre os dois principais candidatos à prefeitura de Belo Horizonte. A vantagem, que já foi de 23 pontos percentuais para Marcio Lacerda (PSB), é hoje de 9 pontos percentuais. Enquanto o atual prefeito se mantém estável ao longo das medições e tem hoje 44% das menções, o candidato Patrus Ananias (PT), que iniciou a disputa com 21% das citações e teve 30% de menções na pesquisa anterior, tem hoje 35% das intenções de voto no município. Os demais candidatos atingem no máximo 2% das menções dos eleitores. Aqueles que pretendem votar em branco ou anular o voto somam 8%, o mesmo número para eleitores indecisos ou que não respondem a pergunta.=
    Período de campo: De 29 de setembro a 1 de outubro de 2012
    Tamanho da amostra: 1.106 eleitores
    Margem de erro: 3 pontos percentuais, considerando um grau de confiança de 95%
    Solicitante: GLOBO COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S/A.
    Registro: Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais sob o protocolo Nº MG-00936/ 2012
    Data de Publicação: 02/10/2012

    ​Votos válidos

    Considerando apenas os votos válidos, ou seja, o percentual de intenção de voto excluindo as taxas de indecisos e de eleitores que têm intenção de votar branco ou nulo, Marcio Lacerda passa de 58% na última pesquisa para 53% nesta, enquanto Patrus Ananias, que tinha 38% na pesquisa anterior, tem hoje 42% dos votos válidos. Considerando a margem de erro da pesquisa, não é mais possível afirmar que a disputa será decidida no primeiro turno.

    ResponderExcluir
  39. Altamiro Borges: Patrus encosta em Lacerda em BH
    Marly Gribel | sábado, 6 de outubro de 2012


    Como Altamiro não dorme nunca, temos sempre a sua CONVERSA AFIADA. Adorei!

    Borges: Patrus encosta em Lacerda em BH: http://www.minassemcensura.com.br Por Altamiro Borges O cambaleante presidencial do PSDB, Aécio Neves, não vai dormir esta noite -...

    ResponderExcluir
  40. Gente,
    Vamos dar o troco nesse governador anão de jardim!! Eu já votei e foi PT na cabeça!!! Se eles perderem a prefeitura de BH vão ter que fazer muita coisa pra nos agradar se quiserem ter alguma chance na eleição pra governador. Pensem nisso!!! Vamos ver quem pode mais!!! Agora é a nossa vez!!! Força aí, gente!!!!!

    ResponderExcluir
  41. Se o candidato do anãozinho ganhar pode apostar foi compra de votos.Em Minas toda vida foi sempre assim,voto de cabresto. Quem investir mais,leva.Eu votei na Margarida em JF-PT,esperança que seja vencedora,senão vai desandar.

    ResponderExcluir
  42. Olá pessoal!
    Se o prato indigesto das eleições para a capital mineira se confirmar, pode amarrar os munícipes de BH num tronco e descer o cipó capeta. Infelizmente, nós, professores, perdemos a grande oportunidade de quebrar as pernas na classe opulenta e obesa representa pelo prócer Craquécio.

    Vem ai o caminhão da higienização. O rolo compressor da "Turma do Chapéu" será impiedoso. Os mesmos que hastearam a bandeira madura do mofo e não resistiram aos trocados - parte do dinheiro público desviado com PIP em hotéis da RMBH cujo os donos são, também, políticos - ficarem nas esquinas da capital sob sol forte. Aliás, brancos, limpos e rostinhos bonitos na região centro-sul e pobres, negros, encardidos na região periférica.

    Infelizmente, o SINDINÚTIL só lembra dos mais pobres quando estes engrossam o movimento em dias de assembleias. É preocupante a ausência do sindicato em relação a gentrification. Temo pelos movimentos sociais, sobretudo pelas ocupações urbanas como Eliana,Dandara e outros. Eu, Buzina, da Brahma, Fernando cabeludo, Fabrício da boina e Lais Duque fomos os únicos professores vistos no "FORA LACERDA' protstando contra as arbitrariedades e imundíces do atual prefeito. E os demais? Onde estavam?

    Essa letargia e apatia de alguns colegas da educação só contribuem para que esse sistema excludente permaneça. Observe a quantidade de comentários "Anônimo" neste blog. É medo? É assim que querem melhoria na educação? É com essa ausência e esse temor pela exposição que querem algo melhor?

    Flávio/Bhte
    Professor de Geografia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A inteligência de parte do professorado mineiro ainda dorme. Perdeu a chance de começar a derrubar o PSDB.Como dizia minha mãe: O POVO tem o governo que merece.Se gosta de sofrer então que sofra as consequências do voto.
      Caminhada agora é para a eleição para governador.
      Acordem, professores!

      Excluir
    2. NÃO ADIANTA NADA ACORDAR NA VÉSPERA. TEM QUE COMEÇAR AGORA.

      Excluir
    3. Prof José Eduardo7 de outubro de 2012 21:48

      kkkkkkkkkkkkkkkkkk Militares e professores se dobraram a Aébrio em bh ....Prof Flávio eu vi sua luta a do André , eu votei no Patrus!
      Mas sabia que a grande maioria não ia votar, só falam em prêmio produtividade, efetivados , lei 100 ,13º .Agora aguentem!!!!

      Excluir
  43. BELO HORIZONTE CAIU DE JOELHOS PARA AÉCIO E ANASTASIA ..... KKKKK NORTE DE MINAS PT DISPUTA...
    JUIZ DE FORA MOSTROU QUE NÃO PERTENCE AO CURRAL DEL REI.....JUIZ DE FORA MOSTROU SUA FORÇA NÃO SE RENDEU...

    ResponderExcluir
  44. GOVERNADOR VALADARES DEU O TROCO EM AÉCIO E ANASTASIA
    VLW CATEGORIA UNIDA! NÃO É O CURRAL DEL REI(BH)

    ResponderExcluir
  45. Júlio/ Uberlândia /mg7 de outubro de 2012 20:42

    Uberlândia mostrou sua força , PT no coração aqui Aécio e Anastasia não domina!

    ResponderExcluir
  46. Prof José Eduardo7 de outubro de 2012 21:24



    Poços de Caldas também foi PT, AQUI Aécio e Anastasia não tem chance..
    Pouso Alegre PT

    Ipatinga PT

    Coronel Fabriciano PT
    Assim que dá a troco na turma de aécio e anastasia ,bh ajoelhou-se que feio!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Timóteo PT

      Governador Valadadres, também PT.

      Excluir
  47. Ipatinga, PT já no 1º turno,Cecília Ferramenta um banho na candidata do PSDB, a traidora da educação Rosangela Reis.

    ResponderExcluir
  48. Na nossa região os professores fizeram a lição de casa: nenhum psdbista eleito.kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kika /Montes Claros/m.g7 de outubro de 2012 21:54

      Parabéns a classe que votou contra Anastasia
      Ipatinga, Uberlândia,Coronel Fabriciano,Poços de Calda,Pouso Alegre.Hoje aqui em Montes Claros um coronel foi derrotado caiu do cavalo
      Agora vamos mostrar nossa força Paulo GUEDES!vlw Grande professora Marly!!!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
  49. Itabira PV na cabeça diferença de mais 70% para com o candidato PSDB, estamos felizes, o curral eleitoral dos 12 anos foi desfeito, não dava para aguentar mais 4 anos.

    ResponderExcluir
  50. Viram como o voto de cabresto funciona? Em BH o povo não quer saber de 2 turnos.Aconteceu para governador, senador e até prefeito.Eta povinho sem noção. coloca o primeiro que aparece e pronto. Não espera acontecer o segundo turno pra ver como fica.Eta povinho feliz com a atual administração.Paga pau pro Aecim e Anastacia até hoje.Não se enxergam e nem caem na real.São uns grandiosos pau mandado.Meus PÉSAMES.

    ResponderExcluir
  51. Na nossa região Espera Feliz, Caparaó, Caiana os professores, como sempre, desunidos levantaram bandeira para o psdb e nestas três cidades os prefeitos deste partido ganharam. Que tristeza para nós que temos consciência do perigo que isso representa! Mas cada povo tem o governo que merece. Agora anastasia vai continuar cada vez mais nos espremendo sem compaixão pelo poder que acabaram de dar a ele sem o menor pudor.Que Deus nos dê forças e olhe por nós.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Pelo que estão dizendo na mídia, o prefeito de Carangola, que nem é de Carangola é de uma outra cidade que foi para lá comandar o povo é apoiado por Anastasia! Apesar de que parece que que tudo isso aconteceu porque o povo de Carangola não tinha para onde correr, ficou numa rua sem saída, de acordo com os números que estão no TSE por lá quase que as abstenções e os votos nulos é que ganharam a eleições,o caso de Carangola é um aparte. Mas o importante é que o nosso Divino, como sempre, se mostrou bem, deu uma bela lição a SEBASTIÃO CACUNDINHA!! A dinastia COSTA também tem que se escafeder!!

      Excluir

  52. Em Padre Paraíso venceu a candidata Néia de Saulo do PT a candidata Gisele do DEM, apoiada pelo inimigo da educação Neilando Pimenta de Teófilo Otoni.
    Gilson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. JOAIMA DONI PT MAIS DE 64%

      Excluir
    2. ITAOBIM PT
      ARAÇUAÍ PT
      PADRE PARAÍSO PT

      Excluir

    3. EM PADRE PARAÍSO APESAR DA MAIORIA DOS PROFESSORES TEREM APOIADO O DEM ( DEMÔNIOS) FORAM DERROTADOS POR NÉIA DO PT. PARABÉNS AOS POUCOS PROFESSORES QUE ABRAÇARAM A SUA CANDIDATURA NÉIA.
      PARABÉNS AO NOSSO PROFESSOR DE HISTÓRIA GILSON.

      Excluir
  53. Joao Júnior Belo Horizonte, MG7 de outubro de 2012 22:57

    Benvindos a mais quatro anos de descaso com a segurança publica, saude e educação em BH.cADA QUAL DESTE BLOG TEM UMA PARCELA DE CULPA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não concordo com a sua opinião.Se eu pudesse votar para todos os belorizontinos, com certeza o Patruz teria ganhado.
      Não podemos generalizar.

      Excluir
  54. Reinaldo Jr /Belo Horizonte7 de outubro de 2012 23:15

    QUEM VOTA NO PSDB DEVERIA ANTES LER SOBRE A IDEOLOGIA DO PARTIDO, O NEOLIBERALISMO AMERICANO. ESSA IDEOLOGIA, ALEM DE OUTRAS COISAS, TEM COMO BASE O ESTADO MINIMO, OU SEJA, PRIVATIZAM TODOS OS SERVICOS PUBLICOS. SE VC ACREDITA QUE TODOS OS SERVICOS PUBLICOS DEVEM ESTAR NA MAO DE EMPRESAS, CONTINUE VOTANDO NESTE PARTIDO. CASO CONTRARIO, REVEJA SEUS CONCEITOS. EM 8 ANOS DE PSDB, O SERVICO PUBLICO FEDERAL FICOU SUCATEADO. SOU SERVIDOR E SEI O QUE PASSAMOS NAS MAOS DE FHC. CONSEQUENTEMENTE, O POVO E PREJUDICADO, POIS OS SERVICOS PUBLICOS AJUDAM A DESENVOLVER UM PAIS.

    ResponderExcluir
  55. Olá, pessoal da luta!

    Boa noite!

    Uma rápida análise dos resultados eleitorais. Antes de entrar no mérito das disputas, comecemos por um pequeno conceito: a essência da eleição burguesa é marcada pela transferência de poder para outrem, ou seja, pelo não exercício direto do poder pelos próprios cidadãos, pelos de baixo.

    Mas, apesar disso, mesmo nos estreitos limites da democracia burguesa, como dissemos em outro post, é possível fazer escolhas que representem ou não avanços, de acordo com os interesses dos de baixo. Não cabe agora culpar os professores ou alguma pessoa individualmente por vitórias ou derrotas eleitorais. Há todo um processo que nos ajuda a entender as realidades políticas vigentes.

    No caso de Minas Gerais, por exemplo, a hegemonia dos tucanos até agora havia interessado ao governo federal, que realizou alianças informais com o faraó e seu afilhado para se contrapor aos tucanos de São Paulo. A expressão maior dessa aliança se deu em 2008 com a prefeitura de Belo Horizonte. Com a proximidade das eleições de 2014 e com o anunciado confronto direto entre os tucanos mineiros e o PT nacional, em disputa pelo governo federal, era natural que a mencionada aliança em torno da prefeitura de BH não se sustentasse. O rompimento acabou acontecendo muito próximo das eleições, com um partido despreparado para enfrentar três máquinas poderosas: a do município, a do estado e a da mídia pró-tucana com seus institutos de pesquisa. Nessas circunstâncias, o candidato do PT conseguiu até muito. E se de fato o partido conseguir renascer, com identidade própria, a médio prazo o PT poderá novamente se recuperar em BH. Política é assim mesmo. Não se ganha todas e as derrotas às vezes produzem ensinamentos.

    Por outro lado, o PT e seus aliados saíram fortalecidos em importantes cidades como Juiz de Fora, Montes Claros, Contagem e Uberlândia que, depois de BH, são as maiores de Minas. Betim foi uma perda que deve ser atribuída ou explicada pelo próprio PT, que estava no poder.

    No mais, no cenário geral, não houve grandes alterações, mantendo-se a polarização principal entre os dois partidos de maior peso nacional: o PT e o PSDB. No campo eleitoral, os dois maiores combates previstos acontecerão daqui a dois anos: para o governo de Minas e para a presidência da República.

    Mas, para além dessa disputa, existem outras, não resolvidas, e talvez muito maiores e mais importantes. Por exemplo: a luta que envolve os direitos dos educadores; ou a luta pela formação da consciência crítica, e pela auto-organização dos de baixo, entre outras. Sem que isso avance, as disputas eleitorais continuarão provocando expectativas que não se realizam, espetaculosas, condizentes com a essência midiática e vazia dessa forma de disputa.

    Um forte abraço a todos e força na luta, que continua, sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui em Ponte Nova zona da mata o candidato do PT ganhou e depois de quase 40 anos de psdb agora temos a liberdade. O candidato do psdb teve o apoio de Anastasia, Aécio e Danilo de Castro que vieram aqui, e mesmo com todos os grandes empresários da cidade fazendo uma fortíssima campanha para o candidato do psdb ele perdeu feio.... Bem feito, agora o PT não deve cometer o mesmo erro para as eleições federais, deve lançar a candidatura de seu candidato a governador com muito tempo de antecedência para que a campanha seja fortalecida. Patrus só perdeu em Belo Horizonte por causa do pouco tempo de campanha e das máquinas administrativas.

      Excluir
  56. Sabará deu um basta aos Borges. Após 12 anos de pura

    dinastia. Conseguimos tirar Wander Borges do poder.

    ResponderExcluir
  57. Aqui em Bom Sucesso, sul do estado, venceu a candidata petista Cláudia do Carmo Martins de Barros, petista, professora em exercício, grevista. Ironicamente por uma diferença de 13 votos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns, que Deus a abençõe para que ela não se contamine no lamaçal de corrupção que infelizmente, a maioria dos políticos estão imersos.

      Excluir
  58. Manhuaçu, Orizânia e Divino, onde o povo inteligente não esqueceu o que o PSDB fez. Por aqui fizemos nossa parte. PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
  59. Recebi um comunicado de um escritório de advocacia chamado Pinelli & Silvestre, falando de uma cobrança indevida do IPSEMG e que temos direito a receber o que nos foi cobrado indevidamente. Não sou filiada ao SINDINÚTIL e não sei se posso confiar nesse escritório de advocacia mencionado acima. Alguém ai já entrou com ação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu processo a respeito já está correndo a muito tempo.Corra enquanto é tempo, senão pode ter algum prazo e aí vc perde.
      Boa sorte!

      Excluir
  60. O povo de Nova Serrana derrota Aécio/Anastasia e seu afilhado.

    Veja charge neste link http://edu10.net/e10/images/choro.jpg

    Atte.
    Professor Vandir

    ResponderExcluir
  61. Pará de Minas deu o troco ao deputado Inacio Franco; Parabéns Antonio Julio......

    ResponderExcluir
  62. Em São João del-Rei, terra de Tancredo, o Aecim dançou...deu PT na cabeça... O candidato que ele apoiou perdeu feio...

    ResponderExcluir
  63. Em Ponte Nova, zona da mata, ganhou o candidato do PT Guto Malta. Apesar da turma toda ter vindo fazer campanha para o candidato do PSDB, Aécio, Anastasia e Danilo, mesmo assim ele amargou o 3° lugar. Engraçado que no dia em que a turma teve aqui em Ponte Nova não tinha nem 100 pessoas vendo-os falarem mentira, kkk bem feito. A campanha do PSDB em Ponte Nova foi um absurdo com um faraônico investimento por parte da mídia, do governador e da maioria dos empresários da região a favor do candidato do PSDB mas mesmo assim o povo soube separar o joio do trigo e foi 13 na cabeça bem feito.

    ResponderExcluir
  64. E em João Monlevade, onde Anastasia foi vaiado fortemente, quem ganhou? O candidato de Anastasia? Não adianta apenas vaiar o cara quando ele vem, o importante são as urnas. Em várias cidades o governador não foi vaiado mas foi derrotado. Gostaria de saber o resultado em Monlevade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hora, "Anônimo8 de outubro de 2012 11:15", não basta vaiar? Eles tiveram a iniciativa e o mínimo que podemos fazer é apoiar e agradecer por esta atitude louvável, e você o que fez? Quem dera se todos fizessem o que foi feito em Molevade, mesmo que o candidato da escória tenha ganhado, eles deram o recado ao inútil do governador e estão de parabéns por isso.

      Excluir
    2. De uma coisa tenho certeza. Aqueles que mostraram sua indignação, vaiando o Anasta, com certeza não votaram no candidato apoiado por ele. E tiveram a audácia se mostrarem. Pena que os demais da categoria além de não seguir o exemplo, ainda quer criticar. Por isso não somos valorizados.

      Excluir
  65. RETIRADO DO BLOG DA MARLY GRIBEL
    No palco das Eleições o espetáculo é possível sim! E SP provou isto.
    Marly Gribel | segunda-feira, 8 de outubro de 2012
    O eleitor resolveu "meter o bico"
    Por Saul Leblon, no sítio Carta Maior:
    Foi um domingo para não esquecer. A história rugiu, rangeu e se mexeu; repôs certas correlações entre a nervura social e o voto; entre o discernimento popular e o legado histórico de projetos e propostas antagônicas. As urnas falaram e, como é natural, em escrutínios municipais marcados por peculiaridades locais, emitiram vereditos ecumênicos.
    Mas certas linhas se destacaram: primeiro, o PT superou o PMDB e se tornou o partido mais votado no país, com 17,3 milhões de votos; cresceu 4% sobre 2008. Seu rival, o PSDB perdeu 4%. Em segundo lugar: o PT ganhou 627 prefeituras (14% mais que em 2008) e disputa o segundo turno em seis das maiores cidades do país. Não só.
    Ali onde a natureza da disputa incorporou a tensão do conflito entre dois grandes blocos de interesses contraditórios -- não apenas no âmbito local, mas nacional e também no plano da crise global-- a resposta do voto desautorizou o prognóstico conservador. Ou seria melhor dizer a torcida e, em alguns casos, a quase fraude?
    O domingo mostrou que o mundo seria perfeito para o conservadorismo se a democracia pudesse ser resolvida no campo das 'ilações', tão a gosto de certas togas e dos interesses aos quais elas se oferecem, sendo por eles obscenamente desfrutadas. Se bastassem as 'ilações' do Datafolha, por exemplo, Serra iniciaria hoje um passeio pelo segundo turno para desmontar o frágil Russomano.
    O Datafolha modelou esse cenário; insistiu nele até o último instante, reservando a Haddad uma 3ª colocação algo desanimadora. Em 24 horas, tudo mudou: o candidato do PT saltou dos 19% que lhe eram atribuídos pelo instituto dos Frias e encostou nos 29%. Como um instituto que se pretende isento não capta um migração de votos dessas proporções?

    Se Haddad fosse um furacão e o Datafolha um serviço de meteorologia, que destino caberia aos responsáveis por tão clamorosa falha?
    As ''ilações' tampouco se revelaram pertinentes na tarefa de derrotar Chávez neste domingo. Maciçamente apresentado como uma ruína política pelo jornalismo conservador - incluindo-se os mervais brasileiros - o 'autoritário' Chávez venceu Henrique Capriles, num pleito difícil, mas limpo, por uma diferença da ordem de 10 pontos (54% a 44%).
    Domingo memorável esse em que o eleitor resolveu 'meter o bico' em São Paulo, em Caracas e outras praças, para horror daqueles que não suportam 'estrangeiros' em seus currais. Mas também uma jornada recheada de advertência às candidaturas de esquerda que seguem para o 2º turno: é hora de vestir a camisa do bloco progressista ao qual pertencem, se quiserem obter os votos que - tradicionalmente - a eles se destinam. A ver.

    ResponderExcluir
  66. Na minha cidade 3 Marias, o candidato do PSDB perdeu feio. De 18 mil eleitores 11425 votaram no cadidadto de oposição. Foi uma vantagem de mais de 60% dos votos válidos. Estamos de alma lavada! Vamos derrotar também os candidatos do PSDB para deputados, Governador e presidente, nas próximas eleições.
    Márcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns!!!!!Continuem firmes até a eleiçao para governador e presidente.

      Excluir
  67. DOCE ILUSÃO

    Caros colegas professores,

    passadas as eleições, e agora? Fazer o que? O que ganhamos com isso? Ganhamos ou perdemos?

    De fato, em quase três décadas de falsa democracia, temos sempre perdido, sendo retaliados e humilhados...Sem piso e sem carreira. Esta é a nossa situação. E nossos algozes não pertencem a um único partido político como alguns aqui ingenuamente pensam.

    De fato, o tempo passa, trocam-se os nomes, os partidos, as siglas, mas "tudo continua como antes no quartel de Abrantes". E assim continuará, a não ser que tenhamos uma reforma política e eleitoral neste país.

    Portanto, acho que ao invés de colocar a culpa em um único partido político e, ingenuamente, inocentar outros partidos, só mostra que estamos fazendo o joguinho sujo destes canalhas que se revezam no poder.

    Quero deixar claro aqui que não apoio partido algum. Muito pelo contrário, sou crítico ferrenho de todos eles, pois para mim todos estes partidos políticos são "farinha do mesmo saco sujo". Eles apenas se revezam no poder. Entretanto, ao longo de quase três décadas permanece o mesmo "status quo" vigente, do qual estas sanguessugas "lesa-pátria" tiram proveito ilícito, imoral e corrupto. O próprio número de partidos políticos denuncia a canalhice de nosso sistema político. Os partidinhos "hienas" são criados apenas para servirem aos interesses escusos dos partidos maiores (PT e PSDB), que se alternam no poder, tanto na esfera municipal, estadual e federal. E assim o circo continua...

    Portanto, não entendo como nós, professores estaduais, ainda sejamos "apaixonados" por estes nossos algozes, que nos maltratam, nos humilham e nos enganam.

    Observem que, independente do partido político, as políticas destes safados são as mesmas. Enquanto o "anastasia" do PSDB nos maltrata e humilha, o mesmo acontece, por exemplo, com os nossos colegas professores do Rio Grande do Sul, que são igualmente maltratados e humilhados pelo governador petista daquele estado.

    Portanto, é preciso fortalecer a classe, conscientizar os colegas professores de nossa força, de nossa capacidade de mudar os rumos da educação deste país. Se continuarmos com a ilusão de que apoiar um ou outro candidato, apoiar um ou outro partido resolverão os problemas sociais urgentes deste país, estaremos muito enganados. Já se passaram quase três décadas e nada. Muito pelo contrário, somente perdas, achatamento salarial, retaliações e a perda do piso e da carreira. Isso não basta?
    Voltemos nossos esforços, nossas lutas, nossas paixões em favor da unidade da classe. Esta corja de bandidos que está aí não farão nada, nadinha para se reformar nosso sistema político e eleitoral, que é uma vergonha internacional. E até que isto aconteça, não existe outra alternativa senão execrá-los a todos.

    Atenciosamente,

    Raimundo Santos
    Belo Horizonte - MG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apoiadíssimo Raimundo Santos.
      Um erro não justifica o outro. Nenhum cacique importante de outros partidos apareceu para nos defender da sanha maléfica de aenastasia. Esses partidos são todos iguais.

      Excluir
  68. Em Cachoeira de Pajeu
    O Candidato de Aecio,Anastasia, Gustavo Correia dançou
    deu PT. Gilão 13

    ResponderExcluir
  69. Em Cataguases, derrota do candidato e atual prefeito do psdb, renovação quase total da câmara dos vereadores.Decisão tomada pelos professores, que tiveram excelente participação na candidatura do prefeito Eleito CEsinha PCdoB.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A zona da mata quase toda deu o troco a dupla AA.
      Nem toda a grana de Danilo conseguiu reeleger o prefeito aqui em cataguases.
      Até a escola, de volta, colegas professores: prefeito e secretários!

      Excluir
  70. Em Poços de Caldas deu pt com o dobro de votos, os coronéis não estão acreditando, pois reinaram muito tempo aqui.

    fora anastasia.

    ResponderExcluir
  71. RETIRADO DO BLOG DA MARLY GRIBEL
    Minas Gerais e as eleições.
    Marly Gribel | segunda-feira, 8 de outubro de 2012
    BELO HORIZONTE, capital dos mineiros não conseguiu fazer a travessia para o segundo turno. Muitos fatores pesaram nesta disputa e gostaria de discutir com meus leitores alguns deles:
    A militância de MG - mostrou-se frágil antes e no dia da eleição, fato este, confirmado pela imprensa - que descreve este dia (o da eleição) como morno/tranquilo em BH , comprovado também por professores que me escreveram. Um dia importante de disputa de votos, ficou vazio ou em aberto, resultando nos números gritantes de abstenções e votos brancos e nulos.
    O sindicato que nos representa- o SindUTE e também a CUT não se posicionaram como deveriam e nem trabalharam pela vitória de Patrus, visto que a coordenadora do SindUTE e também da CUT fez um discurso morno no seu blog às vésperas da eleição, que ajudava em muito qualquer partido, inclusive os partidos anões, que acabaram por sangrar a candidatura de Patrus e sagrar a de Lacerda.
    As mídias alternativas, incluindo aí, os blogs e redes sociais mostraram também pouca expressão, demonstrando fragilidade e acanhamento para disputar espaços de discussões.

    Os Institutos de pesquisa: Datafolha e Ibope, estes sim, fizeram direitinho o dever de casa - tentaram modelar o cenário tanto de São Paulo quanto de Minas Gerais e investiram nisto até o último momento.
    Mas São Paulo escapou do cerco midiático e deu sua resposta( espetaculosa) nas urnas e infelizmente, Belo Horizonte e várias cidades mineiras sucumbiram diante de todos estes elementos acima elencados.
    Mas o PT alavancou em BH e isto está confirmado pelos 40% de aprovação de Patrus. Caberá agora ao Partido reconstruir sua base.
    Quanto ao Brasil- O " Mensalão e outras tentativas burguesas de minar a voz do povo nas urnas se tornou infrutífera, visto que :
    "(...)Certas linhas se destacaram: primeiro, o PT superou o PMDB e se tornou o partido mais votado no país, com 17,3 milhões de votos; cresceu 4% sobre 2008. Seu rival, o PSDB perdeu 4%. Em segundo lugar: o PT ganhou 627 prefeituras (14% mais que em 2008) e disputa o segundo turno em seis das maiores cidades do país."
    Bem, Montes Claros continua na disputa e pretendo nela me deter daqui para frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que são 627 prefeituras apenas aqui em Minas? Bom, se for será fácil elegermos em 2014 um candidato do PT para governador de Minas. Basta uma atuação conjunta de todos estes prefeitos em cada uma de suas cidades juntamente com alguns empresários e outros afins do partido. O PT precisa traçar desde já uma articulação forte entre todos rumo a uma campanha forte e ampla para o governo de Minas. O que não pode é deixar pra última hora. Uma boa chapa seria Patrus e Hélio Costa juntos, um destes governador e o outro vice. Seria uma chapa forte heim.

      Excluir
  72. O Vale do Aço fez o dever de casa. Deu PT nas 4 maiores cidades do Vale. Aqui não beijamos tucano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns!Sigam firmes para as próximas eleições.

      Excluir
  73. A era Aécio/Anastasia está chegando ao fim. A maioria dos prefeitos eleitos são de partidos contrários. O Norte de Minas mostrou que sabe escolher melhor que a capital.

    ResponderExcluir
  74. Na cidade de Arcos também o candidato do PSDB também foi derrotado.

    ResponderExcluir
  75. No curral eleitoral dos Andradas - Barbacena - o candidato do aécio/anastasia infelizmente se abanca outra vez. Que triste Barbacena! Quando será liberta desta triste sina!

    ResponderExcluir
  76. em caratinga o povo esta de alma lavada nunca mais psdb nnnnnnnnnnnunca mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns, povo de Caratinga! Terra da minha mãe.

      Excluir
  77. Os candidatos a vereadores em Ipatinga do sind ute não foram eleitos, será por quê???

    ResponderExcluir
  78. Gostaria que essa lei complementar fosse comentada:

    "Lei complementar estadual 123/2012: O patronal passou de 11% para 22% a contar de novembro de 2012."

    "ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
    · Majoração da alíquota da contribuição patronal de servidores públicos – Lei
    Complementar nº 123/2012
    Ementa: Altera o art. 28 da Lei
    Complementar nº 64, de 25 de março de
    2002, que institui o Regime Próprio de
    Previdência e Assistência Social dos
    servidores públicos do Estado de Minas
    Gerais e dá outras providências.
    Origem: Projeto de Lei Complementar nº
    28/2012, de autoria do Governador do
    Estado.
    Essa lei complementar altera o art. 28 da Lei Complementar nº 64, de 2002,
    que institui o Regime Próprio de Previdência e Assistência Social dos servidores
    públicos do Estado de Minas Gerais, majorando de 11% para 22% a alíquota da
    contribuição patronal referente aos servidores que ingressaram no serviço público
    estadual até 31 de dezembro de 2001, com efeitos retroativos a 1º de janeiro de 2012.
    É importante ressaltar que a Lei Complementar nº 64, de 2002, reformou o
    sistema previdenciário dos servidores públicos do Estado de Minas Gerais, criando
    dois fundos: o Fundo de Previdência do Estado de Minas Gerais – Funpemg –, ao qual
    compete o pagamento dos benefícios dos servidores que ingressaram no serviço
    público estadual até 31/12/2001; e o Fundo Financeiro de Previdência – Funfip –, ao
    qual compete o pagamento de benefícios dos servidores que ingressaram a partir de
    1º/1/2002.
    Dessa forma, a lei complementar visa melhorar a realidade previdenciária do
    Estado, ajustando o valor da contribuição patronal à necessidade do Funfip,
    classificando adequadamente os recursos que lhe eram anteriormente aportados.
    GCT/GFO/MRC"

    Será o que estou pensando? Mais uma forma de prejudicar os funcionários mais antigos?

    Por favor, quem puder esclareça para nós.

    ResponderExcluir
  79. Em Uberlândia, Gilmar Machado bateu o candidato do Governador por 69% contra os 28% de Luiz Humberto. Aécio e Anastasia vieram várias vezes a Uberlândia demonstrar apoio ao Luiz Humberto e o fez cair ainda mais nas pesquisas. Realmente, os grandes derrotados foram a dupla AA.

    ResponderExcluir
  80. Infelizmente aqui em Bocaiúva (Norte de Minas) não conseguimos derrotar o PSDB.

    ResponderExcluir
  81. Em Prudente de Morais, perto de Sete Lagoas, venceu um grande candidato, padre, PT, comprometido inteiramente com a causa dos de baixo. O PSDB não viu nem o cheiro dos votos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns para vocês de Prudente de Morais.

      Excluir
  82. Vamos lá pessoal de Montes Claros. É hora de vocês mostrarem a força e a cara. Ruy Muniz é detentor de Escolas em vários lugares. Pra ele não interessa Educação de qualidade para os filhos dos pobres.
    PAU NELE NO SEGUNDO TURNO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O candidato do PT precisa contar aí em Montes Claros com a ajuda da presidente Dilma e Lula. Aqui em Ponte Nova o candidato do PT colocou Lula falando a favor dele pelas ruas e deu PT na cabeça. Montes Claros corra atrás da ajuda dos grandes do nosso país, corra atrás de Dilma e Lula.

      Excluir
  83. COLEGAS,não deixem de ler e repassar o "NOVO JORNAL":Degravação comprova que Naback grampeou superintendente da PF/MG.A "Gangue dos Castros" já está sendo investigada pelo STF,MPF e polícia Federal.LEIAM TAMBÉM em " asintoniafina.blogspot.com.br/2012/no-jogo-mata-lula-veja-blefa-e-nao-tem.hyml" e TAMBÉM "asintoniafina.blogspot.com.br/2012os-segredos-do-tucanoduto.html" Roberto Civita,dono da VEJA acusa: "Serra me usou como um boy de luxo.Mas agora vai todo mundo para o ralo" Não deixem de ler todas. São importantíssimas. REPASSEM,por favor.

    ResponderExcluir
  84. Gostaria de saber, na quantidade certa, o número de prefeituras aqui em Minas que são do PSDB e suas coligações e do PT e suas coligações. Seria bom sabermos disso para analisarmos a influência dos partidos na vida das pessoas e das cidades e já traçarmos os rumos da campanha ao governo de Minas. Dependendo do número de prefeituras do PT e coligações podemos sonhar sim com um futuro governador do PT aqui em Minas que é um curral eleitoral do PSDB. Mas o PT deve pensar direitinho em quem vai mandar na chapa. Uma chapa forte do PT seria Patrus e Hélio Costa. Enquanto o PSDB não tem nome certo ainda.

    ResponderExcluir
  85. A respeito do projeto de 1/3 extra-classe o sindicato deveria publicar na folha de São Paulo e vários jornais aqui em Minas a carta enviada aos professores e alunos falando que a implementação do tempo extra-classe seria este ano e junto com a carta uma pequena parte do projeto onde cita que a implementação será apenas no ano que vem, ou seja, 2013. Isso vai ajudar o povo entender como o governo faz propagandas enganosas pois o povo vai ver que na carta o governo fala uma coisa e na prática foi feita uma outra coisa bem diferente. Precisamos desmascará-lo. Vamos cobrar isso do sindicato Euler.

    ResponderExcluir
  86. Russomano em São Paulo vai ser comprado a preço de ouro kkk. Com certeza o PSDB vai oferecer a ele uma pequena ou quem sabe uma grande fortuna para apoiar o tucano. E quem Russomano apoiar vai vencer as eleições em SP. Espero que o Russomano apoie os trabalhadores, que afinal de contas, é o que mais tem em SP com tantas fábricas por lá. Fico surpreso pelo fato de SP ser um estado com tantos trabalhadores por causa das inúmeras indústrias e mesmo assim o PSDB reinar por lá. Exatamente em SP o PT deveria tomar conta com o estado e a prefeitura em suas mãos. Finalizando, espero que o Russomano apoie os trabalhadores, enfim espero que apoie o PT.

    ResponderExcluir