domingo, 12 de abril de 2015

As manifestações de protesto e o golpe midiático paraguaio


Rádio Brasil Atual - 98.9 is on Mixlr



O Governador do PSDB do Paraná, Beto Richa, tratou os professores em greve naquele estado com tropa de choque, bombas de efeito moral, cães e balas de borracha. Cerca de 200 profissionais da Educação ficaram feridos com a violenta repressão. Em SP, o governador tucano Alckmin também tem tratado os educadores com desprezo e violência. Tal como fizeram os tucanos de Minas durante os últimos 12 anos. O que difere em muito do tratamento dispensado pelo governador Pimentel, do PT de Minas, aos educadores. Aqui em Minas, uma mesa de negociação entre governo e sindicato tem apresentado conquistas, embora haja uma grande demanda reprimida, e que precisa avançar ainda mais nas conquistas. Contudo, nada se compara ao jeito tucano de governar: sempre reprimindo os trabalhadores, cortando direitos, atacando os movimentos sociais. Neste 1º de Maio, os trabalhadores devem cobrar a não terceirização da atividade fim, que foi aprovada na Câmara pelos tucanos e pelo PMDB de Eduardo Cunha, entre outros. Somente o PT, o PCdoB e o PSOL votaram em peso contra. É preciso combater essa onda conservadora, de direita, fascista até, que é alimentada pela mídia golpista - Globo, Band, Itatiaia, entre outras -, e que se manifesta em propostas e práticas contra os interesses do nosso povo. Entre estas, citamos: a terceirização da atividade fim do trabalho, o que vai precarizar ainda mais as condições de trabalho e os salários; a maioridade penal, outra demagogia da direita, que não resolverá em nada o problema da criminalidade, já que as condições sociais do país, que engendram as práticas criminais, continuam as mesmas; a farsa do combate seletivo à corrupção, que deixam impunes todos os caciques do PSDB e visa apenas atingir ao PT; além da truculência de governantes como Beto Richa, que tratam os educadores com bombas e cães. O Brasil não pode aceitar isso. A parcela lobotomizada da classe média que vai às ruas pedir a intervenção militar e a derrubada da presidenta Dilma, deveria olhar para o Paraná para entender como a população era tratada na época da ditadura: debaixo de cassetete, bombas e repressão generalizada - além da tortura covarde e da execução sumária de dezenas de lutadores sociais.  Viva os trabalhadores que lutam e não se deixam iludir pelo discurso enganoso da direita e seus afins.

***




"O povo não é bobo, abaixo a Rede Globo!" - a emissora que apoiou a ditadura e organiza o golpismo contra o governo eleito legitimamente pelo povo brasileiro. É graças à Globo e afins (Itatiaia, Band, SBT, Veja, Folha, etc.) que grande número de pessoas foi lobotomizado pelo discurso único de direita: em favor da terceirização generalizada, da privatização da Petrobras, da maioridade penal, contra os direitos civis e humanos, enfim, tudo de ruim contra a maioria do nosso povo. É a agenda conservadora, de direita, que domina boa parte do judiciário, do Congresso Nacional do ditador fundamentalista Eduardo Cunha, e da classe média branca e lobotomizada, além de mentalmente colonizada, que pede a intervenção militar como solução para os problemas do Brasil.

Por isso, ao mesmo tempo que é fundamental lutar por demandas específicas, salariais, da comunidade, etc., não podemos perder de vista o que está acontecendo hoje no Brasil. Todos nós seremos atingidos se vingar o PL 4330, da terceirização das atividades-fins. É o primeiro passo para que haja redução generalizada de salários, desemprego, o fim dos concursos públicos e da CLT.

Os tucanos, juntamente com as bancadas dominadas pelo operador dos ricos, Eduardo Cunha, já aprovaram o PL 4330 na Câmara. É preciso pressionar para impedir sua aprovação no Senado e em seguida pressionar os deputados e exigir que a presidenta Dilma vete esta Lei da Escravização do trabalho.

A Globo, claro, apoia tudo isso, como apoia a privatização da Petrobras - ela e o juiz Moro quase destruíram a Petrobras, o que agradaria em cheio as empresas internacionais que estão de olho gordo no nosso pré-sal. Milhares de pessoas ficaram desempregadas por conta da Operação Lava Jato; setores estratégicos da nossa economia, como as indústrias da construção civil e Naval ficaram paralisados, representando enormes prejuízos para o Brasil, muitas vezes acima da corrupção apurada.

Todos nós perdemos com esses golpismos da mídia associada com parte do judiciário e dos parlamentares, todos representando interesses de classe dos de cima. Justiça se faça: no congresso, três partidos votaram contra essas medidas impopulares: o PT, o PCdoB e o PSOL. No senado, o presidente Renan Calheiros tem dito que vai barrar a emenda que permite a terceirização da atividade-fim.

É hora dos movimentos sociais, dos sindicatos, estudantes e toda a população colocar o bloco na rua e frear estes ataques da direita golpista contra o povo brasileiro.

Descomemorar os 50 anos da Globo tem tudo a ver com este combate dos de baixo. A mídia golpista não nos representa!

***




O senador Humberto Costa (PT-PE) denuncia a vergonhosa decisão da Câmara dos Deputados, que aprovou a terceirização generalizada, que representa a precarização do trabalho. Destaque para a postura do presidente do PSDB, Aécio Neves, que conduziu a bancada dos tucanos para apoiar em peso a nefasta terceirização generalizada. Ao contrário do PT, do PCdoB e do PSOL, além de alguns deputados de vários partidos (clique aqui para conhecer a lista completa), que votaram contra o projeto da terceirização. Agora, o projeto segue para o Senado, onde se espera que ele seja alterado e se proíba a terceirização das atividades finalísticas. Em seguida, caso haja esta mudança, o projeto voltará para a Câmara, que poderá derrubar a mudança feita pelo senado. Finalmente, a presidenta Dilma poderá vetar este projeto de lei, mas o veto poderá ser derrubado pela Câmara. E no decorrer de todo este processo, caberá aos trabalhadores se mobilizar e pressionar para que o projeto de terceirização generalizada seja derrotado. Se depender dos dos banqueiros, dos grandes empresários, dos políticos conservadores e da sua mídia golpista, voltaremos ao trabalho escravo no Brasil.

***

Atualização em 20 de abril: Os pupilos dos tucanos na mídia estão desesperados. Hoje na RTI (Rádio Tucana Itatiaia), em Minas, o jornalista tucano Carlos Viana reclamava de FHC, por este ter dado declaração contrária ao impeachment sem base legal. Ele reclamou também do comportamento em cima do muro do PSDB. Ou seja, para ele, os tucanos deveriam ser o tempo todo agressivos e favoráveis à derrubada da presidenta Dilma.

O outro jornalista, Eduardo Costa, que já foi mais democrático, parece ter assumido de vez a linha dominante da rádio. Ele esteve na manifestação contra o governo Dilma no último dia 12 - aliás, fez campanha pela manifestação, dizendo, poucos dias antes, que as ruas de BH estariam lotadas. Foi um fiasco. Havia pouca gente, a julgar pelas fotos. E Eduardo, coitado, reclamou da ausência de Aécio, como se isso fosse alterar alguma coisa nessas manifestações.

A Itatiaia, juntamente com o jornal Estado de Minas e a Globo receberam rios de dinheiro do governo de Minas durante os 12 anos de gestão tucana. E fizeram uma blindagem tão forte aos tucanos que nem uma notícia negativa contra o governo era divulgada.

Aliás, eles continuam assim. Não deram a menor ressonância para a auditoria feita pelo governo Pimentel nas contas dos governos tucanos. O déficit zero virou R$ 7 bilhões de dívida. Obras paralisadas e graves problemas na Educação, na Saúde, em quase todas as áreas, enfim, demonstrando que o choque de gestão não passou de marketing.

Os jornalistas dessas emissoras de Minas até hoje não ouviram falar numa tal de Operação Zelotes, ou no caso HSBC, ou até mesmo na notícia mais recente do mensalão do blogueiro tucano de SP, que ganha R$ 70 mil por mês do Governo Alckmin para detonar o PT e a presidenta Dilma na Internet. Dinheiro público jogado no lixo. Para eles, corrupção é só quando envolve alguma figura ligada ao PT.

A suspeitíssima prisão de Vacari, por exemplo, nessa mais do que carimbada Operação Prende Petista - também conhecida como Lava Jato, feita sob encomenda pela Globo e tucanos, aí sim, eles divulgam a todo momento.

Ah, que falta nos faz uma regulação da mídia, especialmente nas concessões públicas, que se tornaram verdadeiros partidos políticos golpistas com aparência de rádios e TVs.


***

Pimentel começa a cumprir o compromisso de pagar o piso

A mais recente proposta feita pelo Governo Pimentel ao sindicato da categoria apresentou melhoras em relação às propostas anteriores. Vou citar alguns pontos positivos e também os negativos: 1) o governo de Minas reconhece que não paga o piso salarial para os educadores, e com isso desmoraliza o discurso anterior, da gestão tucana, que dizia que pagava até 80% acima do piso; 2) Pimentel propõe acabar com o subsídio e voltar com o vencimento básico, o que é bom para a categoria, já que sobre este vencimento incidem gratificações e vantagens; 3) o governo de Minas assumiu o compromisso de pagar o valor do piso integral, sem mexer na jornada de 24 horas - e este é um ganho importante para a categoria; 4) o governo se comprometeu também a dar os mesmos reajustes que forem aplicados ao piso nacional, pelo MEC; 5) pelo que entendi, todas as carreiras da Educação terão os mesmos percentuais de reajuste salarial que serão concedidos aos professores.

Estes são alguns dos aspectos positivos que vi na proposta, e que já superam em muito as realidades impostas pelas gestões tucanas. Os pontos que podem e devem ser questionados, a meu ver são os seguintes: 1) não houve alteração nos percentuais de progressão e promoção rebaixados pelos governos tucanos. Mas, acho que essa demanda pode ser conquistada, senão agora, pelo menos nos próximos anos; 2) li algumas reclamações nos comentários sobre os aposentados. Pela leitura rápida que fiz no site do sindicato, o governo se compromete sim a pagar os mesmos percentuais aos aposentados, porém em momentos diferentes. Se for assim, acho errado, pois os aposentados têm que receber as mesmas correções salariais dos servidores da ativa; 3) o governo melhorou um pouco o prazo para pagar o piso integral: era em 2018, e passou para 2017. Penso que se a situação econômica melhorar um pouco, dá para antecipar para 2016.; 4) a proposta de 5% e 10% respectivamente para os títulos de mestre e doutor continua abaixo da crítica. O governo tem a obrigação de melhorar essa proposta, seja porque o impacto na folha será muito reduzido no imediato, e também para estimular os profissionais a investirem na sua formação profissional.

São estes alguns dos pontos que trago para a reflexão, num primeiro momento. O sindicato está devendo uma análise mais profunda da proposta do governo. Enfim, é isso: houve avanços, o que é bom para os educadores de Minas, mas pode melhorar bastante ainda.


***





No momento em que a mídia brasileira, Globo à frente, tem pensamento único e faz papel de partido político antipetista e contra o governo federal, é importante ouvir o outro lado. Ou seja, ouvir o que têm a dizer algumas lideranças do PT, como é o caso do deputado Sibá Machado, do Acre.

***



Em contraponto às minguadas manifestações de hoje - exceção de SP, sempre tucana e masoquista -, a TVT organizou várias rodas de discussão política ao vivo. Brilhante iniciativa, que deveria ser repetida com frequência. O Brasil dos de baixo precisa disso: mais debate, mais diálogo, mais diversidade de ideias, e menos Globo, Band, Itatiaia, etc. No dia 15, acontecerão manifestações e greves contra a terceirização do trabalho. Vamos apoiar esta luta e acompanhar os preparativos. Inclusive via redes sociais.
 

As manifestações de protesto e o golpe midiático paraguaio

Hoje, domingo, 12 de abril, haverá novo golpe, digo, novas manifestações de rua contra o governo federal, contra o PT e contra a corrupção seletiva. Certamente milhares de lobotomizados pela Globo, Itatiaia e afins sairão às ruas pedindo a intervenção militar e o impeachment da presidenta Dilma, eleita democraticamente pela maioria do povo brasileiro, em dois turnos. Infelizmente, o criminoso monopólio da mídia nas mãos de meia dúzia de famílias ligadas à direita internacional, golpistas e entreguistas, portanto, formou uma base social com ideias fascistas. 

As pessoas defendem a maioridade penal porque ouviram nas rádios e TVs sensacionalistas que isso resolverá o problema da violência urbana, o que é uma grande mentira. As nossas crianças precisam de mais escolas, melhor educação, mais espaços de lazer e cultura e esportes, e menos cadeias e repressão.

Ao mesmo tempo, um congresso nacional fundamentalista de direita, liderado por um despachante dos banqueiros, do agronegócio e dos empreiteiros, vem aprovando medidas contra os trabalhadores brasileiros e contra os direitos individuais e coletivos conquistados com muita luta.

Em pouco tempo, a câmara do deputados, presidida pelo fundamentalista Eduardo Cunha, já colocou em pauta ou aprovou medidas como: a maioridade penal, de ataques aos direitos de LGBT, e mais recentemente a aprovação do PL 4330, que legaliza e generaliza a terceirização, o que praticamente acaba com a legislação trabalhista e com todos os direitos conquistados nas últimas décadas. O trabalhador terceirizado tem salário menor, trabalha jornadas maiores, em piores condições de trabalho, e com nenhuma possibilidade de se organizar e defender coletivamente seus direitos. É a escravidão assalariada.

Nestes embates no congresso nacional, os posicionamentos dos partidos e seus representantes demonstram claramente de que lado eles estão. De um lado, PT, PCdoB e PSOL têm votado sempre em favor dos trabalhadores e dos direitos humanos e das minorias; do outro, à direita, estão: PSDB, PMDB de Cunha, PPS, DEM, PP, entre outros. Estes partidos da direita representam hoje a grande maioria no congresso nacional, e, portanto, farão aprovar todas as medidas em desfavor do nosso povo, com o apoio da mídia golpista, que faz vista grossa, enquanto mantém ataque pesado ao governo federal.

Nas manifestações de hoje certamente ninguém verá cartazes falando da Operação Zelotes, que investiga a sonegação e o suborno praticados por banqueiros e grandes empresários, atingindo algo próximo de R$ 19 bilhões em prejuízos para o Brasil. São 10 vezes mais do que as propinas das empreiteiras do caso Petrobras descobertas pela Operação Lava Jato.

Ninguém verá também cartazes pedindo a abertura das contas do HSBC na Suíça, onde dezenas de brasileiros ricos depositaram grandes quantias, nem sempre ou quase nunca declaradas no imposto de renda. É essa gente que posa de paladinos da ética e da moral.

Também vocês não verão no desfile uniformizado verde amarelo de hoje, com ampla cobertura da mídia - coisa que esta mídia não faz quando se trata das lutas dos trabalhadores -, vocês não verão, dizia, cartazes pedindo a condenação dos mensaleiros tucanos de Minas, cuja ação judicial praticamente prescreveu. Não verão também, seja aqui em Minas, ou na av. Paulista, ninguém pedindo a apuração e a punição dos envolvidos no escândalo do Trensalão, que atravessou quatro governos tucanos de SP impunemente.

A ordem do dia, para os lobotomizados da Globo e da Itatiaia e da Band e da Folha e do Estado de Minas é gritar contra os "ladrões do Petrolão", e pedir o "Fora Dilma", além da "intervenção militar".

De certa forma a gente até entende como este movimento neofascista, golpista, de direita, se formou e se fortaleceu no Brasil. De um lado, nós temos a mídia golpista de pensamento único agindo livremente. Basta ler os comentários - para quem tem estômago - nos portais dessa grande mídia para perceber o baixo nível das argumentações. Não há qualquer análise crítica. São chavões de baixo calão repetidos feitos robôs, sempre contra o PT, o governo federal, Lula, Dilma, o MST, os movimentos sociais, enfim.

É certo, de outro lado, que o PT e o governo federal têm a sua culpa, sim. Não por terem sido mais corruptos do que os tucanos, ou do que qualquer outro partido. Pelo contrário. Se fizermos um estudo detalhado, veremos que o PT cometeu muitos erros nessa questão moral do uso de caixa dois de campanha. Mas, nem de longe o PT se aproxima de outros partidos como PSDB, PMDB, DEM, etc. A diferença é que esses outros partidos são protegidos pela mídia golpista. E boa parte da população se desinforma somente através desses veículos de manipulação a que chamam equivocadamente de informação. Eles não informam nada, eles desinformam, deturpam, e formam opiniões de acordo com os interesses das elites dominantes.

Mas o PT, eu dizia, cometeu o pecado fatal de não travar o combate político e ideológico contra a direita e sua mídia. Isso tem sido fatal contra o PT e contra a esquerda em geral. É certo que tem uma certa esquerda que se tornou linha auxiliar da direita golpista. Adoram acusar o PT de ter feito muitas concessões aos aliados da direita - o que é fato -, mas, estes setores da esquerda não fazem outra coisa senão favorecer a direita mais golpista. O discurso de certa dita esquerda não é mais contra os partidos que representam as elites dominantes - e que votam pela terceirização, pela maioridade penal, contra os direitos de LGBT, contra os direitos humanos, em favor do golpe, pela privatização da Petrobras, etc. Não. Tal como a Globo, eles só atacam ao PT. E nem recebem cachê da CIA para isso.

Não há como dizer que todos os partidos são farinha do mesmo saco. Conversa mole de quem deseja ficar em situação cômoda, tipo lavar as mãos e não assumir a responsabilidade de identificar quem são os verdadeiros inimigos do povo brasileiro. Mesmo quando, aqueles que não são os inimigos do povo, cometem seus erros e devem ser criticados por isso.

Afirmo aqui claramente que o PT cometeu muitos equívocos, fez muitas concessões à direita para chegar ao governo federal, deixou de fazer muitas coisas - como a democratização da mídia e reformas política, agrária, etc. Contudo, o PT não é um partido da direita e seus representantes no congresso nacional em geral votam em favor dos trabalhadores. Foi o PT que bancou e garantiu a partilha e o conteúdo nacional na exploração do pré-sal, além de percentuais expressivos para a Educação e a saúde. Os dirigentes do PSDB, como Serra e Aloysio Nunes pedem, hoje, o fim da partilha, do controle operacional da Petrobras e sua privatização, servindo aos interesses de grupos estrangeiros, como a petroleira Chevron. O PSDB votou em peso pela terceirização do trabalho, ao contrário do PT, PCdoB e PSOL que se posicionaram contra.

Nos direitos humanos e das minorias acontece a mesma coisa: o blocão da direita passa o rolo compressor pra cima da esquerda, que não tem maioria no congresso. Na questão da reforma política, um dos pontos centrais é o fim do financiamento privado das campanhas eleitorais - por parte das empresas -, que é talvez a principal causa da corrupção. Como se posicionam os partidos da oposição golpista que vão às ruas neste domingo, dia 12? Claro, eles são a favor da manutenção do financiamento empresarial das campanhas. Novamente PT, PSOL e PCdoB se posicionam contra, e defendem o financiamento público e constituinte exclusiva.

Mas, vocês não verão nem um cartaz sequer pedindo o fim do financiamento privado das campanhas eleitorais, o que torna o processo eleitoral totalmente viciado, e favorável aos ricos, já que são eles que financiam as campanhas de deputados e senadores e prefeitos e governadores e presidentes, e depois cobram a sua parte no negócio.

Mas, quem disse que esses falso moralistas querem acabar de verdade com a corrupção? Criticam a corrupção na Petrobras - de R$ 2 bilhões que foram apropriados por poucos servidores corruptos de alto escalão, doleiros bandidos e algumas dezenas de políticos, especialmente dos partidos de direita. Mas, fazem vista grossa para outros escândalos muito maiores do que o da Petrobras, incluindo a sonegação de impostos. Muitos destes que vão para as ruas protestar contra o governo são sonegadores de impostos, ou já praticaram algum tipo de suborno para levar vantagem pessoal. Quem disse que eles querem tudo "certinho"?

As elites brasileiras são acostumadas a pagar magras gorjetas para os trabalhadores braçais, e geralmente não pagam os direitos trabalhistas dos seus empregados. Essas elites gostam mesmo de economizar para gastar em Miami. O problema é que essas elites dominantes passaram a se encontrar com seus empregados nos restaurantes ou nos aeroportos. Em condições de igualdade, ou seja, como cidadãos. É isso que irrita essa gente, que considera os pobres apenas um detalhe da natureza, que devem existir apenas para servi-la, ou então que sejam presos e torturados. É isso que parte das elites deseja para os pobres brasileiros.

Por isso vejo essas manifestações de lobotomizados pela Globo e afins como uma expressão da alienação coletiva a que impuseram ao povo brasileiro - e mundial também, claro. Enquanto não houver mídias alternativas com alcance de massa - ah, PT, Lula e Dilma, como vocês foram frouxos e não conseguiram bancar nem uma rádio, uma TV sequer, para se contrapor à direita -, podemos esperar a repetição dessas manifestações.

A seguir, vou publicar um outro comentário que fiz em blogs independentes ou "sujos" acerca da nossa realidade e do que eu acho que o governo federal e o PT deveriam fazer - embora considere que isso não vai acontecer.

Antes, contudo, quero dirigir algumas palavras aos nossos bravos professores que nos honram com sua visita. Não deixem de travar um debate político com seus colegas e com os estudantes. É fundamental quebrar este monopólio do pensamento único dirigido pela mídia golpista. Até mesmo para que haja uma mudança na Educação - e em favor dela - é importante que os alunos e seus pais comecem a pensar criticamente o Brasil e o mundo. E isto não significa ser a favor ou contra este ou aquele governo, mas saber identificar quais os interesses do nosso povo, e quem são aqueles que defendem ou atacam estes interesses. 

A mídia tenta passar a ideia equivocada de que todos os problemas são causados pela corrupção, e assim mesmo de forma seletiva, só contra o PT. Nada mais falso. A corrupção nas suas diversas modalidades sempre existiu e dificilmente será totalmente banida. Mas, o que atormenta mesmo o Brasil é a péssima distribuição de renda; é o baixo investimento nas áreas sociais; é  o monopólio da mídia pela elite rica, o que exclui os fazeres, as ideias, e os interesses dos de baixo.

Enfim, vamos ao comentário que mencionei acima.


***

O golpe contra os de baixo

Daqui a alguns meses ou anos, quando revisitarmos o atual momento, ficaremos incrédulos ao rever o que estamos passando. Inacreditável. O golpe contra o governo e contra o povo brasileiro vem sendo armado há algum tempo. As eleições foram o momento decisivo para uma virada, seja para a esquerda ou para a direita. A direita, com a ajuda da sua mídia golpista, quase levou. Mas, na última hora, com o apoio dos movimentos sociais e com um discurso de mudanças em favor do povo, a presidenta Dilma  conseguiu se reeleger.

Mas, os derrotados não aceitaram. Já havia toda uma operação em curso, desde a midiática Operação Lava Jato, feita por encomenda para atacar a Petrobras, o governo federal e o PT. Embora tenha perdido o pleito presidencial, a direita conseguiu fazer uma grande maioria no congresso nacional, especialmente na Câmara dos deputados, onde despachantes do agronegócio, dos banqueiros, dos empreiteiros e de ideologias fundamentalistas, liderados pelo projeto de ditador Eduardo Cunha, assumiram o poder naquela Casa. Ao mesmo tempo, a mídia continuou o bombardeio diário, como vinha fazendo, entorpecendo as mentes de milhões de brasileiros contra o governo federal, contra o PT, e contra os interesses do Brasil.

No meio deste cenário de guerra aberta, o que faz o governo do PT? De forma inacreditável, toma medidas impopulares contra o povão que apoiou o governo: ataca o seguro desemprego, as pensões, aumenta tarifas de gasolina, energia elétrica, e finge de morto em relação ao bombardeio contra a Petrobras, uma das maiores forças da nossa economia.

Em nome de um ajuste fiscal duvidoso nos rumos da economia, e sem discutir alternativas que não atacassem os trabalhadores, o governo entrega de bandeja mais essa munição para a direita golpista. Demora a se articular politicamente; a presidenta passa quatro meses sem se dirigir diretamente ao povo brasileiro que a elegeu, como se se tratasse de uma pequena crise, uma marolinha qualquer, que pudesse ser superada com o escorrer do tempo. Quanta imaturidade política, para dizer o mínimo.

Diante desse cenário, com a mídia golpista agindo sozinha e fazendo a cabeça de milhões de pessoas, começam a surgir os movimentos de massa de protesto. Coisa que a direita não tinha antes – movimentos de rua contra o governo em grande número de pessoas – se torna realidade. Só na Paulista, 200 mil pessoas, a maioria classe média branca, desfila, pedindo intervenção militar, impeachment da presidenta e manifesta seus preconceitos contra LGBT, negros, nordestinos, etc. O discurso falso moralista e seletivo de combate à corrupção (somente contra o PT e a Petrobras) dá a tônica, numa reprodução do pensamento único da mídia golpista.

Ao invés de fazer uma aliança direta com os movimentos sociais, em torno de um programa comum que atendesse as demandas de amplas camadas dos de baixo – moradia popular, reforma agrária, melhorias na Educação básica e na saúde pública, etc. – o governo federal manteve sua postura distante da população, com pequenas alterações na esfera política pelo alto – como a indicação de Temer para articulações institucionais -, onde o jogo já está ganho pelo inimigo.

A única forma do governo se livrar de um golpe imediato ou a médio prazo é ter a humildade de reconhecer que errou nos primeiros meses do novo governo e chamar os movimentos sociais para um diálogo com propostas imediatas, que envolvam a defesa da Petrobras, o fim da midiatização da crise com a abertura de novas concessões de rádios e TVs para os movimentos sociais com financiamento público; e um pacote de bondade com subsídios por parte do governo, que envolva:

a) redução nas tarifas de água, luz e telefone para quem recebe até 5 salários mínimos; b) transporte gratuito para estudantes e vale-transporte para os desempregados; c) incrementar a fase 3 do Minha Casa Minha Vida; d) cancelar as MPs 664 e 665 (que atacam o seguro desemprego e pensões); e) turbinar a TV Brasil, tanto na programação jornalística e de entretenimento, quanto na extensão e alcance nacional; f) implantar o projeto Banda Larga para Todos de imediato, garantindo acesso gratuito às famílias com renda de até 3 salários mínimos; g) instituir um abono salarial nacional para os educadores do ensino básico que percebam menos que o piso nacional (R$ 1.917) de forma complementar e até que se atinja o valor integral do piso; g) desenvolver parceria com o MST e o MTST para as políticas de assentamento, ocupações urbanas e rurais e financiamento de projetos de produção agrícola orgânica e cooperativas.

São medidas que teriam impacto positivo e direto na vida de milhões de brasileiros e brasileiras. E desmontariam o golpe. A pergunta que farão é: com que recursos o governo aplicaria tais projetos? Respondo: 1) com a queda da taxa de juros, o que aliviaria em muitos R$ bilhões os custos da dívida pública; 2) com o aperto pra cima da sonegação fiscal por parte dos mais ricos. São outros bilhões de reais nos cofres do governo; 3) com a taxação das grandes fortunas, o que garantiria mais um reforço de caixa; 4) se necessário, o governo pode lançar mão de duas outras fontes: um pequeno percentual das reservas internacionais (hoje em quase 400 bilhões de dólares) e empréstimo a juro baixo por parte do novo banco criado pelo BRICS.

Outros ajustes de menor monta e sem atacar em nada os trabalhadores podem ser realizados, desde que a premissa seja a geração de empregos, o fortalecimento do mercado interno e o aumento do poder de compra dos trabalhadores. Pois é isso que poderá criar um movimento de crescimento na economia em favor dos de baixo; e junto com isso, o crescimento na consciência política dos trabalhadores, de que é preciso lutar e defender os interesses de classe dos de baixo. É a luta política e ideológica que o governo do PT abandonou, de forma irresponsável até. Não há uma rádio, uma TV, uma revista nacional, que trave a luta ideológica contra o pensamento único da mídia golpista (Globo, Band, Itatiaia, Folha, Veja, Estadão, e afins).

Outra iniciativa importante por parte do governo federal é se posicionar publicamente contra a terceirização que foi aprovada na Câmara dos Deputados. Já foi um erro do governo ter enviado o ministro Levy para negociar pontos do PL 4330, o que torna dúbia a posição do governo. O PT e o governo federal deveriam se posicionar radicalmente contra, inclusive convocando a rede nacional de rádio e TV e explicando didaticamente o quanto este projeto trará prejuízos para todos os trabalhadores – e mostrar a cara dos que defendem o PL 4330 – PSDB, PMDB de Cunha, DEM, PSB, PPS, entre outros. É importante ficar claro quem são os amigos e os inimigos do povo brasileiro.

Se continuar do jeito que está, a tendência é que o governo seja derrubado vergonhosamente, sem luta, através de um golpe paraguaio que já está armado: operação Lava Jato + 300 e tantos deputados achacadores + MP pautado pela Globo + mídia golpista pautando o golpe e procurando legitimá-lo + base social da direita já pronta para comemorar o golpe. Com as bençãos da CIA. Não será uma derrota apenas do PT e do governo federal, mas de todo o povo brasileiro. Contudo, o PT e o governo federal são os principais responsáveis por esse quadro, pela omissão, pela falta de coragem de chamar a base social de apoio que sempre sustentou o governo para a luta – claro que chamar com propostas, enquanto estiver com a caneta do governo, e não apenas quando estiver derrubado, o que não vai adiantar nada.

Quanto mais o governo federal demorar a se posicionar, e continuar sangrando, mais fácil será o golpe da direita. Dilma e Lula precisam entender que o compromisso que eles têm - ou deveriam ter - não é com o ministro Levy, nem com os ajustes fiscais de resultados duvidosos e de longo prazo (o governo não tem este tempo para esperar), mas é com o povo brasileiro, com os de baixo, que estão (estamos) sendo atacados e prestes a sofrer a maior derrota dos últimos 100 anos, com perdas de quase todos os direitos conquistados nas últimas décadas.

***

A despeito do que fará o governo e o PT, que o povo brasileiro, nós, os de baixo, saibamos resistir, e nos unir, e nos organizarmos num forte movimento social e político para enfrentar a direita golpista.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

 ***

Sugestões de consulta na Internet:
 
- Blog Viomundo
- Jornal GGN
- Diário do Centro do Mundo

- Blog Tijolaço
- Blog O Cafezinho
- Revista Forum
- Blog da Cidadania
- Blog Escrevinhador
- Blog Conversa Afiada
- Blog do Miro
- Blog Maria Fro
- Carta Capital

- Rede Brasil Atual
- Blog Socialista Morena
- Blog do Mello
- Blog Cloaca News

- Mauro Santayana

- MST
- MTST
- Muda Mais
- Mais Mudanças
- Megacidadania
- TV Postv (Internet) (Novo)
- TV Brasil Internacional
- TVT - sindicato metalúrgicos ABC paulista
- Telesur ao vivo

- TV NBR (do governo Federal)
- TV do Governo Venezuelano
- Press TV do Irã
- RT - Russia Today - em espanhol 
- Portal EBC

- Rádio Brasil Atual (Novo)

289 comentários:

  1. Bravo, bravo!! Texto magnífico.

    ResponderExcluir
  2. Você é demaaaiiisssss

    ResponderExcluir
  3. Preocupa nao Euler. Na Poulista so' vao os eleitores do Tiririca.

    O golpe so' sera' dado se for "branco". Eles nao tem coragem de enfrentar uma grande "desordem".

    ResponderExcluir
  4. "A televisao e' a msior maravilha da Ciencia a servico da imbecilizacao da sociedade." (Aparicio Torelli, Barao de Itarare'.)

    ResponderExcluir
  5. Sim Prof Euler, mais uma manifestação fracassada. Os coxinhas são mesmo sem neurônios, a incoerência anda solta:são contra a corrupção e a favor do Aecin.Não entendo e não sabemos o q eles querem. Na verdade o q querem é aparecer na m´´idia. Plim plim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Defender Dilma ou Aécio, ou quem quer que seja. Fala sério, deixa isso para o Euler que - é bem provável - recebe para isso. Nós devemos nos importar com nossos direitos e quem nos nega eles, de certa forma é contra nós.

      Excluir
    2. Fraquinho e sem lógica seu comentário. Ofensivo até, já que vc invade o território, e diz que o blogueiro é pago? Qtas vezes vc já fez isso na FSP???? Ou no Globo? O espaço nos é cedido, com boa vontade e cada um diz o que quer, mas, sem ferir a moral do outro, isso é outra coisa...

      Excluir
    3. Acho o Euler bem intencionado e até ingênuo, mas já deixou de publicar vários comentários postados por mim. Logo, o espaço não é cedido por ele com tanta boa vontade. Respeito a ideologia do Conrado. Não sei se ele respeita a minha. Bem ... uma dia todos nós vamos morrer. Ponto final.

      Excluir
  6. Deixo a seguinte pergunta: De que adianta se espernear para defender a Dilma se ela não quer ser defendida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela não quer ser defendida? kkkkkkkkkkkk Faz- me rir!!!
      Dilma não tem motivos e nem precisa ser defendida, não é como o AÉCIO NEVES que teve o nome retirado da lista da LAVA JATO, mas que se surgir provas que justifique o nome do Aécio poderá voltar e Aécio jogou o B.O. pro "senhor" Anastasia. Não tem nem uminha prova sequer contra DILMA.

      Excluir
  7. As coisas não estão bem...Mas golpe, chamar militar, xingar presidente e crucificar apenas um partido, como se só houvessem cidadãos honrados naquele congresso, e nas nossas empresas,...Grandes patrões, que não tem moral para negar nunca um aumento a um empregado, porque ganhou sua vida(Riqueza)só a base de corrupção e dinheiro do próprio povo, é vergonhoso. Pra ir pra rua, tinha que saber o que ia fazer, ter em mente alguma liderança, e ter algum objetivo, mas, todos comungando de um propósito, acabar com essa safadeza. Isso tem que partir de nós, isso sim...

    ResponderExcluir
  8. Com tantas punhaladas que o recebidas ultimamente, talvez o povo reflita e perceb que não pode continuar alheio a tudo isso. É hora de mostrarmos a estes políticos de direita que não os deixaremos dormir, caso continuem avançando por cima dos nossos direitos conquistados a duras penas.

    ResponderExcluir
  9. Nem em Salvador tinha preto nas manivestacoes.

    No Rio um treseunte desavisado, de camisa vermelha, quase apanhou.

    Em Sao Paulo, preto e/ou pobre so' os que vendiam agua, sorvete e, e' claro, coxinha.

    ResponderExcluir
  10. Na manifestação são todos cordeirinhos do psdb. Oh povo despeitado!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. José Alfredo Junqueira13 de abril de 2015 06:38

    Detalhe;não havia negros nem na Bahia

    ResponderExcluir
  12. Esse pai's so' melhora quando os pobres, nem digo odiarem, pelo menos deixarem de amar os ricos.

    Nao existe rico bom. Se e' rico e' porque explora, direta ou indiretamrnte, os pobres. E' uma relacao de lobos e codeiros. Os lobos nao gostam dos cordeiros. Alia'as, os lobos gostam sim, tanto que os comem.

    Mas lobo nao come lobo...

    ResponderExcluir
  13. Na nova ADI 5267 contra Minas, foi decretado rito abreviado para que a decisão seja definitiva e não caiba recurso contra ela. Acho também que esta ADI será julgada rapidamente pela relevância da matéria. O governo de Minas não poderá mais ficar designando para cargos vagos e de natureza permanente, como acontece atualmente na educação, onde pessoas trabalham anos e anos como designados em cargos vagos. A designação deve ser temporária e em tempo curto, e não aplicar a designação em cargos vagos e de forma constante de anos e mais anos como o estado faz. Tem que fazer igual nas universidades federais, quando surge apenas uma vaga de professor, a instituição abre concurso, pois é assim que manda a lei, já que o cargo é de natureza permanente e de provimento efetivo. Depois do julgamento desta ADI o estado vai ser obrigado a abrir concursos constantemente, não apenas na área da educação, mas em todas as áreas do serviço público estadual. Eu que estou atrás de concursos vou adorar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concurso é bom para todo mundo.

      Excluir
  14. A Direita não quer acabar com a corrupção e sim parar acabar com o combate contra ela.

    ResponderExcluir
  15. Essa é a elite de BH, triste... Acessehttp://www.viomundo.com.br/voce-escreve/64-revisitado-em-belo-horizonte-a-caca-aos-padres-comunistas.html:

    ResponderExcluir
  16. Chega de BLÁ BLÁ BLÁ, todos sabem que para mudar este País só rasgando a Constituição, e fazendo outra com a participação do POVO, OAB, JURISTAS, INSTITUIÇÕES SÉRIAS, etc...
    e sem nenhum politico por perto.

    ResponderExcluir
  17. PT: Partido dos TRABALHADORES. Chega de beneficiar a quem não trabalha, pois a maioria faz questão de ficar à espera de bolsa, auxílio desemprego e outras coisas. Acho que deveria ajudar sim, mas, aquele que realmente não conseguiu nada. Sou a favor da atitude da presidenta Dilma quando estabelece regras para esses benefícios, pois eu conheço gente que faz questão de esperar até o último mês do seguro para arranjar emprego, e ainda diz que não está trabalhando direito.

    ResponderExcluir
  18. Dilma tem que anunciar logo seu VETO ao PL 4330 e convocar os trabalhadores para RESISTIR. Dilma deveria aproveitar o momento para mostrar quem está ao lado dos trabalhadores e quem está contra. O PT tem que se articular junto às Centrais para pressionar os deputados federais de cada estado…a hora é agora…

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ... e resolver em definitivo o problema da educação.

      Excluir
  19. Falta de incentivo global não foi.Para se ter uma ideia ela usou o intervalo do jogo de volei
    entre CRUZEIRO E SESC para mostrar os gatos pingados de pelo pais afora e quando retornou a transmissão o placar ja estava de 7×6 no terceiro set .Falta de respeito com todos os telespectadores ,patrocinadores e aos profissionais que estavam trabalhando no evento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela estava simplesmente informando a população brasileira, sobre um acontecimento importante para ´´TODOS``.

      Excluir
  20. Os inimigos do Governo atual. Eu disse inimigos… aqueles que destilam ódio e não os que pensam diferem, estão em Baixa. GLOBO (PIOR CRISE DE AUDIÊNCIA DE SUA HISTÓRIA), FOLHA DE SÃO PAULO E ESTADÃO (CRISE FINANCEIRA E DEMISSÕES EM MASSA), DEMOCRATAS/DEM (CRISE DE ELEITOS, LIDER DEMÓSTENES CASSADO E BANIDO E EM FASE DE FUSÃO COM O PTB PARA NÃO ACABAR)… PSDB- (PERDEU 4 ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS, SEUS GOVERNOS NO PARANÁ E EM SÃO PAULO, SOFREM COM GREVES DENÚNCIAS E TERÃO SEUS LIDERES EXECRADOS POR RECEBEREM DINHEIRO PÚBLICO, POIS NO STF ELES NÃO SEGURAM AS DENÚNCIAS). OPOSIÇÃO INTELIGENTE E COM PROPOSTAS CRÍVEIS É A QUE SOBREVIVERÁ.

    ResponderExcluir
  21. KKKK, agora quero ver eles se esbofetearem acusando um o outro de traição por não ter participado da manifestação.
    Vamos ver agora uma manifestação para defender o Brasil no dia 15 com as centrais sindicais contra o PL 4.330 da terceirização.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Aécio ficou na dele quietinho, só vendo o barco pegar fogo. Aquele povo bobo foi para as ruas e ele só na dele. O face dele bombou de críticas por ter se acorvadado!
      Pois fogo e caiu fora.
      Bobo é outro!

      Excluir
    2. Alienado, isso que ele é. Vem pra rua "massa de manobra", porque EU (aécio) não vou.

      Excluir
  22. DILMA veta esse projeto maldito PL 4330 da terceirização que a sua popularidade vai a 60% não perca tempo mulher NAO TERCEARIZE SUA OPiNIÃO VETA ESSA DROGA DILMA….

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se iluda , amigo(a), ela não vai vetar.

      Excluir
  23. Pergunta que não quer calar: porquê a unica capítal que mudou o horario do jogo de futebol foi a alienada São Paulo?Vocês deveriam se preocupar com a terceirização!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque lá em São Paulo o povo vai às ruas para defender suas opiniões. Simples assim, e ficaria difícil conciliar 02 grandes eventos - futebol e manifestação - no mesmo horário em lugares próximos.

      Excluir
    2. porque todo coxinha e trouxa e a mídia faz dele o que quer

      Excluir
  24. Esta gente ainda não sacou que o Brasil jamais será o mesmo de antes de 2003

    ResponderExcluir
  25. Não adianta, podem derramar lágrimas de sangue, o se desejam bater panelas, o Povo da Nação Continental Brasilis aprendeu a viver em Democracia e em plena liberdade, tanto assim que eles podem se dar o luxo de espernear e dar seus gritos na rua, agora é diferente, está escrito, nunca e jamais será como antes, a Nação Continental chegará até seu sagrado destino doa a quem doer, e continuará navegando até ele apesar de alguns filhos da patria amada mal informados e inconformados. A lei de Médios é uma necessidade, avante Povo Brasilis. Dales duro Dilma sem perder a ternura jamais.

    ResponderExcluir
  26. A globo receberá o troco do povo brasileiro, será o golpe de misericórdia antes do facebook entrar arrasadoramente no mercado brasileiro em parceria com o governo, para levar internet a todo o Brasil.
    A audiência do JN e da sua programação descerá ainda mais ladeira abaixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca fui partidária. Por ser de uma cidade do interior, sempre votei no candidato e não no partido. Dessa vez tomei partido pelo bem que Lula e Dilma fizeram pelo Brasil e contra o psdb de Aécio e Anastasia que acabaram com nosso plano de carreira que demoramos décadas para conseguir.
      Tomei maior antipatia de repórteres cínicos que ficam com a cara de nojo desfazendo do Governo Federal, criticando, sendo que eles precisam dessa verba de propaganda para receber seus salários. Não compro os produtos anunciados pela Fátima Bernardes de tanta raíva dela e do marido. Se começam críticas nos jornais ou horário eleitoral desfazendo, mudo de canal. Tomei uma antipatia da globo que agora raramente assisto.
      A programação está péssima. Tem que mostrar que eles não mandam no Brasil.

      Excluir
    2. Esqueçamos o nosso mísero salário e falemos mais sobre a Globo, a tucanalha, a direita filha da puta. Todos acham que assim vamos melhorar.
      Então, vão achando ...

      Excluir
  27. militante Pedro Rafael, da Frente Nacional pelo Direito à Comunicação, foi preso hoje cedo no Congresso depois de gritar “A verdade é dura, a Rede Globo apoiou a ditadura” durante sessão solene em homenagem aos 50 anos da Globo.

    ResponderExcluir
  28. O GLOBO
    Ação da Petrobras acumula alta de 18% em quatro pregões; Bolsa cai com JBS e bancos
    Vale sobe 5% com alta do minério; dólar cai 2%, a R$ 3,06, com varejo nos EUA
    POR RENNAN SETTI
    14/04/2015 9:37 / ATUALIZADO 14/04/2015 17:49
    PUBLICIDADE

    RIO — As ações da Petrobras subiram pelo quarto pregão consecutivo na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) nesta terça-feira, depois de a estatal ter informado que fará reunião no próximo dia 22 para discutir a aguardada divulgação do seu balanço financeiro auditado. As ações ordinárias (com direito a voto) avançaram 0,24%, enquanto as preferenciais (sem voto) registraram alta de 1,79%. A ação ON está cotada a R$ 12,45, sua maior valor em quase cinco meses, acumulando alta de 17,9% nos últimos quatro pregões. Apesar do bom desempenho da petroleira e de uma alta expressiva da Vale, destaque positivo do dia, o índice de referência Ibovespa caiu 0,48%, aos 53.981 pontos, prejudicado pelas ações da JBS e dos bancos.

    — A sinalização sobre a divulgação do balanço é muito positiva. Ter o balanço assinado é primordial, pois a companhia permanecerá paralisada enquanto não resolver esse problema de curto prazo - afirmou Daniela da Costa-Bulthuis, gestora na Robeco em Roterdã (Holanda) e que é porta-voz de um grupo de 14 fundos internacionais que têm participação na Petrobras. — A expectativa quanto a isso é o grande motivo para a alta da empresa na Bolsa nas últimas semanas, que vinha sendo negociação em um “valuation” muito baixo, quase como se estivesse em “default” (calote).

    Os papéis da mineradora Vale exerceram a maior influência positiva sobre o Ibovespa. As ações ordinárias subiram 2,80%, enquanto as preferenciais avançaram 5,03%. A companhia acompanhou o movimento das outras firmas do setor pelo mundo, que subiram com a alta de 4% na cotação do minério de ferro hoje. O preço do minério de ferro acumulaou alta de 6,83% esta semana,

    http://oglobo.globo.com/economia/negocios/acao-da-petrobras-acumula-alta-de-18-em-quatro-pregoes-bolsa-cai-com-jbs-bancos-15866487

    ResponderExcluir
  29. Para analistas políticos, boa parte da população que foi no dia 15 de março, se decepcionaram com a votação de seus representantes com o PL 4330, que diminuem os direitos dos trabalhadores com a terceirização.
    Essa parte da população, mesmo não avaliando positivamente a Presidenta Dilma, vê nela e no Partido dos Trabalhadores a possibilidade de defender os direitos dos trabalhadores, frente ao congresso conservador e de direita.

    ResponderExcluir
  30. E quanto ao piso? Carreira? Hei professores se lembram disso? Cuidado com o pão e circo as avessas - foquem em um objetivo real para a categoria Dilma, Aécio , Pimentel , pimenta , Anastásia, etc. tão com o bolso cheio, e nós idiotas discutindo a vida deles ( se todos se aposentassem hoje o dinheiro deles daria para sustentar quantos professores?) Foquem no nosso objetivo- - - PISO E CARREIRA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa. O pessoal fica comentando, "viajando" e defendendo Dilma etc. Vamos focar em nossa carreira. Até o momento, mudamos o governador e tudo está igual a 12 anos.

      Excluir
    2. Concordo, companheiro. Temos que focar no nosso caso. Todos preocupados com a Globo, e nós aqui nesse sufoco. PISO E CARREIRA!

      Excluir
    3. CONCORDO PLENAMENTE, ENQUANTO FICA OBA OBA AÍ, O PIMENTEL ESTÁ NOS ENROLANDO E TODOS NÓS ACEITAMOS CALADOS.

      Excluir
    4. É o tal caso, amigo: uns enrolaram de lá e outros estão enrolando de cá.
      Vamos acordar, gente!

      Excluir
    5. Eh, amigo! Se todos pensassem como você, o magistério iria para a frente! Mas até o nosso blogueiro esqueceu-se um pouco de nós. Sim, ele mesmo, que já pulou fora do magistério. 'Tá difícil, amigo!
      Uns enrolaram de lá e outros a enrolar de cá.

      Excluir
    6. Anonimo das 22 e 22, acredito que esteja muito preocupado com isso agora, mas nos anos anteriores estavamos todos muito tranquilos enquanto enfiavam a faca e cortavam direitos ficava aquela massa calada, falando baixinho nos corredores, chorando as pitangas, e se um falasse em paralisar por um dia como convocado pela CNTE era uma grita geral e acusavam de grevista, de incitar os outros a paralisar, vinha a pedagoga com o livro de pontos a comunicar como se algum duvidasse que o ponto seria cortado. Esse povo amedrontado, cheio de xiliques com os companheiros, que acusava e debochava, agora fica cheio de marra, cheio de gana, devemos aproveitar isso e fazer a grande greve dos nossos sonhos, agora eles podem aceitar, o governo ptralha merece isso mesmo que esteja negociando, ouvindo, e respeitando as partes envolvidas.

      Excluir
  31. Como tem pessoas que ainda aceitam a DITADURA no Brasil. Cada dia uma nova corrupção e a mídia não pode falar porque tem muita que acham que a verdade tem de ficar escondida. Os brasileiros tem que ficar sabendo da safadeza que acontece nos bastidores em Brasília. Não importa a mídia que noticia o fato. Esconder sujeiras debaixo do tapete já é hipocrisia.

    ResponderExcluir
  32. Hilário e patético. Kkkkkkk. E o povo trouxa que for na onda desse PSDB dessa mídia golpista, dessa direita vai quebrar a cara por apoiarem a Terceirização. Vai perder os empregos, passaram a ser terceirizados para fazer a mesma função, ganha sub salários sem direitos trabalhistas e jornada de trabalho escravo.

    É isso que dá votarem e apoiarem essa direita , esses partidos que só ferram o povo trabalhador e só defendem os ricos e os patrões.
    É isso que dá votar no PSDB , Dem, PPS e etc.

    O partido que defende o trabalhador e seus direitos são todos de esquerda, é o PT, PSOl, Pcdob.
    Isso ficou provado quando eles votaram contra essa lei da Terceirização. Mais uma vez o PT fica ao lado do povo e o PSDB contra o povo.
    Isso tem que ser transformado em propaganda eleitoral PT!

    Mostrar quem ta do lado do povo e quem sempre esteve e está contra os direitos dos trabalhadores e do povo.

    ResponderExcluir
  33. Graças aos meios de comunicação digitais e aos “blogs sujos” que reportam a verdade sobre o jogo rasteiro e golpista da direitona raivosa, da mídia golpista e de 03 patidecos mercenários ( psdb, pps e dem) grande parte do povo brasileiro não embarca na aventurazinha do golpe “paraguaio”.
    Ficou mais que claro e evidenciado o esforço pelo golpe com a ampla cobertura da globo ao evento e a edição forçada vinculando o protesto pelo impeachment da Presidente e pelo fim do Partido dos Trabalhadores!
    A corrupção tão arraigada aos políticos que não distingui partidos foi mera alegoria!
    Inclusive qualquer pessoa que se interessa pela verdade, sabe que a corrupção nunca foi tão combatida como no governo do PT, e ainda no ranking dos partidos com maior incidência de corrupção, o PT passa longe.
    A verdade que partidos da oposição como o trio dos mercenários: psdb, pps e dem lideram a triste e vergonhosa marca.
    Enfim, no mínimo é de corar a face, para quem tiver vergonha, sair em defesa e apoio desta gente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é partido que resolve problemas do povo sim a decência de quem entra para governar pelo que o povo brasileiro a família PETISTA passa longe deste fato. Olhem que desde a denúncia do mensalão estamos convivendo pura e simplesmente um governo desacreditado. Todos os dias corrupção. AFF AFF isso é Brasil.

      Excluir
  34. agora só falta o governo federal tomar vergonha na cara e parar de financiar esse rede de tv que está apostando alto no golpe, vergonhosa a cobertura que fazem de um movimento golpista e o jeito que escondem a greve dos professores, ver o “mal dia Brasil” ser patrocinado pelo BB é demais, muita burrice.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Não tem que dar dinheiro para esse povo falar mal dela. Deixa morrer a míngua. Tem que respeitar.

      Excluir
    2. Gente, tudo bem que essa tucanalha é pra lá de ridícula. Fato.
      Mas o que a Dilma fez por nós professores, até o presente momento?
      Esteve aqui em BH durante a nossa greve de mais de cem dias em 2011. Não ficou a nosso favor e nem contra (??????????????????). Ouviu os queixumes de nosso Sind-Ute e ... ficou por isso mesmo.
      Agora ela nos aparece com essa de que somos Pátria Educadora. E daí??? E daí??? Estou com fome e com contas a pagar.
      Afinal, entre milhões dos "de baixo", eu sou um deles. Eu sou um deles, porra! Votei na Pátria Educadora e continuo na masmorra.
      Ô ladainha desgraçada!!!!!!!!!!!!!!!!!! Puta que pariu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
    3. Enquanto os professores não saírem em MASSA para as ruas, vai continuar essa balela, este chove não molha de governador e sindicato, que ao meu ver não resolve nada.

      Excluir
    4. Anonimo de 16 de abril, continue achando que a Dilma responde pela nossa realidade, a tucanada deve rolar de rir de voce, a presidente responde pelas universidades e institutos de tecnologia, pelo que vejo nenhum daqui trabalha numa escola dessas, nosso empregador se chama ESTADO DE MINAS, Azeredo, Aecio, Nastinha, esses sim estiveram no governo e fizeram o que voce deve saber se ainda estiver em pleno uso das faculdades mentais. Pimentel responde por esse estado de janeiro 2015 adiante, ainda estamos em abril, e desejam que tudo esteja resolvido. A patria educadora precisa ser mais que um discurso, e esperamos a traduzir isso pra atitude, depende de cada um, em todos os lugares, no municipio, estado, Brasil!

      Excluir
  35. O nome correto da futura lei é Lei Eduardo Cunha de Terceirização e Escravização.

    Mas para horror do Eduardo Cunha (também conhecido por achacador por muitos, inclusive pelo Cid Gomes que apontou para um grande achacador na presidência da Câmara) a lei que leva o seu nome Lei Eduardo Cunha de Terceirização e Escravização terá vida curta. Veta Dilma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente ser funcionário público num país desde sempre e para sempre com governantes corruptos é o Máximo!!! O certo é que haja alterações nas leis da Terceirização. Terceirização SIM!!!

      Excluir
  36. Lamentável, os miquinhos foram para ruas sem seus lideres, como são adestrados apenas balbucionavam algumas palavras desconexas. Sem seus "mestres" revoltados, não tinha capacidade de se organizarm e movidos pela completa ignorância, perambularam de um lado para outro sem convicção de nada. Os lideres, não sairam às ruas com medo de serem presos talvez, por algum suposto envolvimento em corrupçao, pois sabemos que todos teem o teto de vidro, como acoteceu com o primo do govenador do Paraná, que é do PSDB e que esta envolvido em todo tipo de crime segundo a promotoria de justiça. Povo acorda, não vai ter terceiro turno, antes de irem para as ruas vão ler, vão se informar, para não cairem no riduclo de serem apenas massa de manobra de alguns corruptos aloprados que perderam o poder(eleição).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pau mandado do psdb. São rídiculos. Acham que estão o máximo!
      Vão estudar História.
      Se acham que está ruim com a Dilma, vai ficar bem pior!
      Para quem não sabe (muitos ignorantes não sabem mesmo), se ela sair o próximo a ocupar o cargo é o vice Michel Temer; o seguinte, presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (credo ,credo ,credo), barraqueiro; o próximo ainda, o presidente do Senado Renan Calheiros e se na eventual falta de todos esses, o presidente do STF. Está bom ou quer mais?
      Resumindo, o Brasil está praticamente na mão do PMDB e o Aécio Never ,NEVER.
      Sem chance alguma.
      Vai tralbalhar senador, estamos te pagando para isso e não para fazer futrica. Deixa a presidente trabalhar seu despeitado!!!!

      Excluir
  37. Novidade nenhuma!

    Cerca de 50 milhões de pessoas são contra Dilma e o PT. Só que cerca de 55 milhões são à favor! Enquanto os golpistas não reunirem mais de 55 milhões fica tudo como dantes no Quartel de Abrantes.

    Os iludidos, apoiados pela mídia golpista, fingem que corrupção é coisa do PT e do governo atual. São tão ridículos que se caissem de quatro, acho que nunca mais se levantariam...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse povo parece que nunca foi à escola!
      Precisa pegar um livro de História para conhecer o nosso passado.

      Excluir
  38. Sugiro criar um Crowdfunding - Financiamento Coletivo para criar divulgação para esquerdas!

    Imaginem pequenos jornais distribuidos GRATUITAMENTE com informações sobre a Direita no Brasil e USANDO APENAS A VERDADE?

    Temos material de sobra para estes jornais: Tem livros que podem ser usados com base de algumas matérias: O Cabeça de Planílias do Nassif, A Privataria Tucana do Amaury e MUITOS OUTROS!

    Alem do que está acontecendo na Zelotes!

    TUDO que pode ser DEMONSTRADO E VERIFICADO POR QUALQUER UM!

    Milhões de jornais distribuidos pelas grandes capitais de 4 a 8 vezes por mês!

    Podem ser contadas história de muitas mazelas atribuidas às esquerdas!

    Pode ter até ANUNCIANTES!

    Em 6 meses o PIG perde a pose!

    ResponderExcluir
  39. Gente, foi ridículo.

    Nem me refiro ao número baixo de "manifestantes" , mas sim ao nível "intelectual" dos "ativistas" e seus "líderes".

    Não há o que falar. Nem o que comentar.

    A maioria não tem a menor idéia do que está fazendo, quando muito soluçam um "fora dilma, fora pt, abaixo a corrupção". Só. O "discurso" é só esse. Um adestramento que poderia ser feito com papagaios também.

    A imprensa capitaneada por globo e folha chegam ao epílogo de suas histórias incentivando e apoiando débeis mentais nesse tipo de "protesto", na esperança de enfraquecer um governo e em um momento em que as vísceras desses grupos de mídia corruptos aparecem aqui e na Suiça.

    A única coisa que precisa ser analisada e lamentada (pelos próprios globais) foi a cobertura monstruosa que a Globo fez dessas manifestações. Superou em muito até os melhores momentos da Seleção Brasleira na Copa em matéria de uso de repórteres e do tempo usado. Algo realmente impressionante e que, pelo que percebi em casa e com muitos vizinhos, irritou muito as pessoas. Tanto é que a Globo, no momento que escrevo, (Faustão), está com uma audiência pífia perdendo para SBT e Tv Record. Pegou muito mal, ficou evidente a manipulação das imagens (as pessoas conferiam os abusos na internet) e a emissora dos Marinho, na ânsia de atacar o governo, deu um passo forte rumo a sua insignificância.

    O resultado que não se mede, mas se percebe é: Dilma e o PT saem fortalecidos do massacre global, até pela questão do comportamento de "solidariedade à vitima" e pela antipatia que a Globo desperta e só faz aumentar.

    Anotem aí: Vai custar muito caro para a Globo essa tentativa mambembe de golpe .

    É a grande derrotada.

    A bola tá quicando de novo na frente do gol vazio. Chuta Dilma!



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. A globo está insuportável.
      Falou mal da Dilma e do PT, mudo de canal.

      Excluir
  40. Vamos lá Dilma, se defende! Nós estamos com vc. Quero ver a globo cair e toda essa corja de empresários, Aécio Neves,

    ResponderExcluir
  41. Gente, voltemos ao que nos interessa! O pagamento do piso. Continuo batendo na mesma tecla: esta lei do piso tem que ser alterada urgentemente para o cargo de um turno ( máximo de 25 horas ) ou teremos que alterar a carga horária de MG ( 25 h dentro da sala e 15 fora da sala )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é corretíssimo. Há tempo que venho tentando mostrar que somos escravos. Mas, tem gente que acha certo essa migalha...

      Excluir
    2. Alterar carga horária não meu povo! O piso é uma miséria tem que manter a carga horária da lei do piso a qual diz ATÉ 40 horas semanais. Eu como professora leio cada comentário que sinto pena dos meus colegas. Vcs são muito Pobres de espírito, se contentam com muito pouco.

      Excluir


  42. PROFESSORA RECEBE R$ 30 MIL DE EX-ALUNO
    MARILYN MECHAM FICOU EMOCIONADA COM A HOMENAGEM



    Kevin Perz saiu da escola em 1977, mas ele é grato até hoje pelo que aprendeu com alguns professores da Parkway Central High, no estado norte-americano Missouri.

    Este ano, ele mandou um cheque de US$ 10 mil (cerca de R$ 30 mil) para Marilyn Mecham, que foi uma de suas professoras. Ele estava tentando encontrá-la há anos, segundo a rede de televisão ABC.

    Depois de finalmente conseguir o telefone de Marilyn, ele fez a ligação que esperava há tanto tempo. "É muito legal ver que alguém passou tanto tempo procurando por você para dizer o quanto você foi importante", afirmou a professora. Perz foi seu aluno no ano em que ela estava começando a dar aulas.



    Mas quando recebeu a ligação, Marilyn achava que era só um gesto bonito de gratidão. Ela não sabia que, dois dias depois, chegaria um cheque em sua casa junto com uma carta de agradecimento. "Ela me ligou na segunda-feira dizendo que tinha recebido o cheque na sexta e passou o fim de semana todo chorando", afirmou o ex-aluno à ABC. Na carta, ele especificava que o dinheiro todo deveria ser usado por ela, para alguma coisa pessoal.

    Não é a primeira vez que Perz faz isso. Ele começou a dar dinheiro para antigos professores em 1992, quando enviou US$ 5 mil para um professor de cálculo. Duas décadas depois, mandou dinheiro para o professor de economia. Este ano, foi a vez de Marilyn.

    Ela diz que pretende usar o dinheiro para viajar para a Noruega e para a Suécia, de onde vieram seus parentes. Desde que sua história ficou famosa, ela já recebeu mais de 500 emails e mensagens pelo Facebook de outras pessoas falando sobre professores que fizeram a diferença em suas vidas.


    Se isso fosse aqui! Aqui não dão valor a educação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem me dera aparecer um ex aluno meu e me oferecer para pagar meus inúmeros empréstimos na tal SEPLAG!

      Excluir
  43. Vamos focar no nosso vergonhoso salário! Enquanto ficamos discutindo Globo, Dilma , Aécio e outros, o Pimentel tá caladinho, e o tempo passando. Somos nós que pagamos nossa conta de luz, gás, armazém ... Eles estão com a conta bancária no azul...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, está na hora, mais que na hora de cobrarmos junto ao sindicato nossas pendências com o governo. Quando, datas, como as coisas se farão? Não podemos parecer mortos, isso não...

      Excluir
    2. Vc está certo ! Já passou da hora! Temos que olhar nesso país, mas, precisamos ver nossos problemas na mesa de discussão, claramente, e o sindicato se posicionando, com a categoria sobre datas. Pra frente, quando? Falar só não resolve, estipule seu plano, nosso plano, e vamos ver o que o governo pode apresentar, concretamente.

      Excluir
    3. Concordo plenamente com vc, o nosso foco tem que ser a nossa valorização, dignidade, respeito o que muita gente não sabe o que é isso.Cadê o NOSSO PRÊMIO PRODUTIVIDADE meu povo!!!!!

      Excluir
    4. Falou tudo!!! Quero minha dignidade que foi tirada há muito tempo.

      Excluir
    5. Amigo, você resumiu tudo com poucas palavras.
      Entra ano, sai ano é a ladainha de sempre. Falou-se em educação, entra a politicagem. Blogs e sindicatos da educação são sempre politiqueiros.
      Daí a ladainha de sempre. E o nosso salário ... ó ... ó ... (ou melhor: sem o acento agudo).

      Excluir
    6. Afinal, esse blog é para defender os professores ou o ParTido???
      Eu também votei na Dilma, no PimenTel e no PT, que são menos piores.
      E olhem que continuamos na mesmice, na ladainha de sempre.
      No entanto, continuo a perguntar (assim como pergunto ao Sind-Ute) :
      - Esse blog é para os professores ou para o PT??????????????????

      Excluir
    7. Para os dois! !!!

      Excluir
  44. golpe já foi dado agora é esperar pra ver os cochinhas comemorando uma vitoria que nao é deles lamentavel reagi dilma cade o lula esse eduardo cunha esse vigarista do renam calheiros nao pode dar as carta do jogo vamos dilma votamos em voce nao nesses vigarista do pmdb vai virar um pandemonio se esse Impeachment acontecer a terceira guerra mundial vai começar aqui infelismente ai é nois que vamos pra rua e sabemos lutar.

    ResponderExcluir
  45. MOVIMENTAÇÃO ADI 4876 EM 16/04/2015

    http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=4332889

    ResponderExcluir
  46. Segundo um folheto da manifestação os juízes e desembargadores recebem auxílio moradia de 5.309,21.E quem paga somos nós.É um absurdo.Nós, professores, não temos nem vale refeição, como muitas empresas oferecem aos seus trabalhadores.

    ResponderExcluir
  47. Com todo o devido respeito, mas tenho saudades da época em que você falava de educação....da luta da classe.....não que é desinteressante discutir a política, claro que não, mas é praticamente nula a educação e informações e críticas tão ricas que você dava.....abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Companheiro, eu também tenho saudades desse tempo.

      Excluir
  48. Quanto tempo será que o SINDUTE vai demorar para colocar no site o que foi dito , resolvido nessa milésima reunião com a comissão do governo. Já estamos há mais de 90 DIAS, sem o reajuste de janeiro, sem prêmio de produtividade, sem o reajuste do Piso Nacional, no mais completo prejuízo, e o povo , governo e sindute, só no blá, blá , blá. Uma sugestão, dê 40% de reajuste, e faça depois as reuniões para verificar o que o governo ainda nos deve, para parcelar este restante. Chega de reuniões, precisamos de dinheiro em nossa conta bancária, ninguém vive de brisa. Alô Sindicado, nos dê o retorno, coloque no site a reunião de ontem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você disse tudo, chega de tanto blá,blá,blá, não aguentamos mais. Eta povo enrolado, mas o rolo é só para o lado dos professores, os de cima num piscar de olhos fica tudo desenrolado.

      Excluir
    2. Gostei dessa sugestão.

      Excluir
  49. Vamos formar mais cidadãos:
    Há muito tempo, desde a redemocratização, talvez, o ensino médio não forma cidadão, mas vestibulando. O jovem chega à universidade desprovido de conhecimento das instituições democráticas brasileiras. Quais são? Como funcionam? Como seria nossa vida sem elas? Se o estudante opta por um curso de graduação das áreas de exatas ou biológicas, tende a passar ao largo dessas humanidades necessárias. Não é também qualquer curso de humanas que fornece as oportunidades de reflexão cívica. E a defesa aqui não é para a ressurreição da OSPB e sua doutrinação pseudopatriótica. Claro que o analfabetismo político é item estratégico e histórico do programa de formação formal dos brasileiros. Com o mundo aberto em que vivemos, isso vai acabar, e a informação cidadã útil é imperativa. Mas, infelizmente, a ignorância ainda viceja e floresce em várias gerações de compatriotas. Hoje os ensino por meio apenas dos livros didádios e dos PCN's e CBC'S agrega muita informação rica e útil para a vida. É tamanho o cabedal de instrução que não sobra tempo e espaço cognitivo para o aluno aprender para que serve um deputado, por exemplo. Noções básicas de Constituição? Qual o papel do Ministério Público? A tramitação de um processo na Justiça como se dá? Por que um candidato a vereador fica com a vaga no lugar de um concorrente que recebeu mais votos? Não, não dá para aprender também todas essas “noções práticas de civilização”.
    João Gualberto Jr., em OTEMPO
    http://www.otempo.com.br/opini%C3%A3o/jo%C3%A3o-gualberto-jr/vamos-formar-mais-cidad%C3%A3os-1.1023998

    ResponderExcluir
  50. Gente, vamos voltar a pensar no nosso caso. estamos com um salário de fome e votamos no Pimentel pensando em mudar isso, mas até agora nem o tal PRÊMIO PRODUTIVIDADE recebemos. Temos que cobrar do SIND-UTE uma providência urgente, pois além de não melhorar ainda está pior, se nem a merreca que estava prevista recebemos. Deixemos essa briga de PT e PSDB de lado porque nenhum deles está pensado em professor. Vamos lutar pela nossa classe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns, colega, parabéns! Resumiu tudo!!!

      Excluir
  51. EM VEZ DE FICARMOS AQUI LAMENTANDO E CHORANDO, VAMOS LOTAR A ASSEMBLEIA E ACABAR COM ESSES DEPUTADOS SAFADOS. VAMOS PEDIR A SAÍDA DELES COMO FIZERAM NO PARANÁ!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SUPER APOIADO! É o que devemos fazer. A merreca que nós ganhamos, tem que dar para pagar aluguel, não temos vale transporte nem vale alimentação, por que eles têm auxílio moradia ganhando a fortuna que ganham?

      Excluir
    2. Pessoal, no site do Sindute, já colocaram, desta vez rápido, parabéns, a tabela proposta pelo governo. Aposentados terão atraso de um ano para receber na íntegra os 190 reais de reajuste, em abril/2016. Mas eu não entendi, se é para todos os aposentados, ou somente para os que não têm paridade? Quem tiver mais informações, ou facilidade de contatar o Sindute, por favor, poste aqui, pois é a dúvida de muitos de nós. Obrigado. Abração, Euler continue nos dando esse espaço, vale muito prá nós.

      Excluir
  52. Colegas, nova proposta do
    GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS (colei do site do Sind-UTE)
    Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão
    1
    PROPOSTAS PARA IMPLANTAÇÃO DO PISO SALARIAL DO MAGISTÉRIO E
    REESTRUTURAÇÃO DAS CARREIRAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA

    17 DE ABRIL DE 2015
    POLÍTICA REMUNERATÓRIA
    1.
    PISO DO MAGISTÉRIO
    1.1.
    Reajuste de 31,78%
    n
    o
    vencimento básico inicial
    do Professor de Educação Básica
    ,
    a ser
    pago em 3 anos,
    ficando assegurado o pagamento do
    piso salarial
    para uma carga horária de
    24 horas semanais. O reajuste será implementado em parcelas de:
    a)
    aumento de 13
    ,06
    % na remuneração inicial do Professor de Educação Básica, em
    2015.
    Esse aumento no valor de R$ 190,00 será
    pago mensalmente a partir de maio de
    2015
    .
    b)
    aumento de
    8,21
    % na remuneração inicial do Professor de Educação Básica, em
    2016.
    Esse aumento
    no valor
    de
    R$
    135,00
    será pago mensalmente a partir de junho de
    2016
    . O
    que representa
    , em comparação com os valores vigentes,
    um aumento
    acumulado de
    22,3
    % na remuneração inicial do Professor de Educação Básica
    .
    c)
    aumento de
    7,72
    % na remuneração inicial d
    o Professor de Educação Básica, em
    2017.
    Esse aumento
    no valor
    de
    R$
    137,48
    será pago mensalmente a partir de julho de
    2017. Isso significa que em julho de 2017 o Professor de Educação Básica terá
    assegurad
    o o
    piso
    salarial
    para uma carga horária de 24 horas semanais.
    1.2.
    Garantia
    de
    atualização do piso salarial
    nos mesmos
    índices
    de
    correção
    do piso salarial
    nacional do magistério em
    janeiro de
    2016, 2017 e 2018,
    para as carreiras de Professor de
    Educação Básica, Especialista em Educação Básica e Analista Educacional na função de
    Inspetor Escolar,
    a serem concedidos
    na forma definida em lei
    .
    2.
    REAJUSTE PARA
    A
    POSENTADOS
    O
    s servidores aposentados
    na carreira de
    Professor de Educação Básica
    terão garantidos os
    valores descritos no item 1.1 em parcelas quadrimestrais a partir de 2015 e trime
    s
    t
    r
    ais a partir
    de 2016.
    Tendo integralizado um reajuste de 31,78%
    em
    julho
    2018
    ,
    conforme cronograma
    abaixo:
    a)
    R$ 40,00 em jul
    /15;
    R$ 80,00 out/15; R$ 135
    ,00 jan/16 e R$
    190
    ,00 abr/16, totalizando
    a parcela do item 1.1.a
    ;
    b)
    R$ 45,00 em out/16;
    R$ 90
    ,00 fev/17; R$
    135
    ,00 jun/17; totalizando
    a parcela do item
    1.1.b
    ;
    c)
    R$ 45,83 em nov/17; R$
    91,66
    mar/18; R$
    137,48
    jul/18;
    a parcela
    do item 1.1.c.
    ***Colegas, gentileza ler o restante no SITE do Sind-UTE/MG.

    ResponderExcluir
  53. Euler, o grande problema nas negociações com este Sindicato, da parte do Governo só aparece Sub. Exemplo: Adjunto disto, Subsecretário daquilo, etc.
    Não participam os Atores dos atos e nem tem a presença do Governo, do seu Líder na ALMG e nem dos seus Deputados como o tal Rogério Correia que quando era oposição esbravejava muito, hoje como é "situação" canta aquela musica TO NEM AI.
    Se o Pimentel não fazer nada pela nossa classe, pagar o prêmio que nos deve, na próxima ele esta fora como o outro Pimenta e não Pimentel, eu não voto mais em nenhum candidato "falso" a Governo, tipo: "prometo mas nunca irei cumprir"
    Este Sindicato não representa hoje ninguém, seja "filiados", pois, os não filiados mesmo que participem da greve com a de 2011 ( eu participei) nunca me representou em nenhuma ação. sabe o real motivo, pasmem! "NÃO SOU FILIADO A ELE" ( chupa esta manga.
    Sei que muitos neste Blog vão me criticar, e dai, sou livre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É livre para se filiar ou não . Só não é livre pra cobrar ou criticar o que não paga e não tem direitos. Eu sou filiada, sou bem servida e bem representada.Recebo todos os comunicados, sou bem informada e sempre que precisei fui bem atendida...agora ,milagres eles não podem fazer.

      Excluir
  54. A outra proposta do Sr Pimentel continua contra os Aposentados, com abono desta vez, porem reduzido comparados c os da ativa. Aposentados por paridade sendo excluidos e mal respeitados por este governo. Até então nenhum Governo tinha diferenciado os professores, Ativa/Aposentados.por paridade. Aff porcaria de Pimentel q colocamos p resolver nossos problemas c urgencia e fica adiando e colocando a nossa classe em 2° plano. Como assim: se sobrar dim dim a gente ver o q faz. Ele ainda não se mancou ou faz de besta p viver, sabendo q a maior dívida do Estado é a dívida p c os Professores? Continuamos lembrando este Senhor q Aposentados não s;ao LIXOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engraçado que na lei reza que, quem é aposentado por paridade, recebe todos os aumentos, abonos e por aí a fora, da mesma forma que os ativos receberem. Afinal, estão burlando a lei ou estão ignorando a constituição? Será que estão achando que os aposentados são cartas fora do baralho? A constituição assegura os nossos direitos. Temos que nos manifestar, senão nossos direitos caem no bolso do outro...Vamos respeitar a lei, gente! Ignorar e tirar do próximo é pecado! Eu quero meus direitos do mesmo jeito dos que estão na ativa, pois a constituição me assegura até aí. Afff! É demais! Esse País está todo errado. Não respeitar a Presidenta da república é uma coisa...passar por cima da constituição aí já é imoral. Por pouco estamos nadando no seco.

      Excluir
  55. Como fica esse aumento para quem já está na letra "P", com salário de 2261,00?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gostaria de saber, pois estou nessa mesma condição. Por favor alguém que saiba nos responda.

      Excluir
    2. Na ativa: 2261,00 + 190,00

      Excluir
    3. Gostaria de saber também tenho 28 anos de serviço fui posicionado nas letras M e P.
      Gilson.

      Excluir
    4. Quais são os critérios para afastamento proporcional para serviçal. Tenho 60 anos e 23 de serviço? Sou ex efetivada.

      Excluir
    5. Parece que a letra P é referente aos aposentados.Eu estou nessa situação.

      Excluir
  56. VIOMUNDO
    Ângela Carrato: A morte coletiva da imprensa de Minas Gerais
    publicado em 17 de abril de 2015 às 13:18

    Captura de Tela 2015-04-16 às 20.02.45

    JORNALISMO EM MG

    Réquiem para a mídia mineira

    Por Ângela Carrato* em 14/04/2015, via Observatório da Imprensa, sugerido pelo Elder Pacheco

    Como as pessoas, os veículos de mídia nascem, crescem e morrem. Alguns chegam ao apogeu admirados e respeitados. Outros são menos reverenciados e podem até, em determinado momento, atingir um patamar tal de execração que equivale à morte. Razão pela qual esta morte tem início bem antes de seu fechamento formal.

    Como as pessoas, cada mídia tem sua data de criação e, raramente, morrem todas ao mesmo tempo. Em Minas Gerais, no entanto, este raro fenômeno de morte coletiva está sendo observado.

    Na contramão do que determinam a técnica e a ética jornalísticas, a maioria esmagadora da mídia mineira com sede em Belo Horizonte (aí incluídos jornais, rádios e TVs) distorceu, minimizou, manipulou e alguns simplesmente até ignoraram o resultado da auditoria realizada pelo governo Fernando Pimentel (PT) envolvendo os 12 anos de gestão do PSDB no estado.

    Divulgada no dia 06/04, durante entrevista coletiva convocada pelo governador, a auditoria recebeu o nome de Diagnóstico da Situação Atual de Minas Gerais e está dividida em 10 áreas, que cobrem aspectos-chave da realidade do estado.

    O diagnóstico pode ser acessado através do site www.diagnostico.mg.gov.br.

    Com a divulgação, Fernando Pimentel cumpriu com a palavra empenhada no discurso de posse: em 90 dias, apresentar para a população o relatório detalhado da situação em que recebeu o estado.

    A tarefa coube a Mário Vinícius Spinelli, que realizou trabalho semelhante em São Paulo, na condição de controlador-geral da Prefeitura, nos primeiros tempos da gestão de Fernando Haddad. Spinelli, à frente de uma equipe, vasculhou contas, licitações e contratos e o que encontrou deveria estar tirando o sono de muitos tucanos e de seus aliados, pois jogou por terra tudo o que foi alardeado sobre as maravilhas do “choque de gestão”.

    Notícia escondida

    O diagnóstico apontou um déficit orçamentário de R$ 7,2 bilhões, com 497 obras paralisadas, mais de 600 metros cúbicos de remédios vencidos, déficit de 30 mil vagas nos presídios e acúmulo de dívidas de R$ 94 bilhões. Só a Cidade Administrativa, menina dos olhos da gestão de Aécio Neves, consome R$ 120 milhões por ano. A obra, que custou R$ 1,7 bilhão, não gerou economia com alugueis e só com jardins e manutenção do mobiliário são gastos R$ 10 milhões por mês.

    Por dever de ofício, a mídia deveria ter publicado os principais aspectos deste diagnóstico, ouvindo o governador e membros de sua equipe, para detalhar os problemas apresentados e também, por compromisso com o contraditório, divulgar as justificativas, críticas e pontos de vista dos integrantes das gestões anteriores, em especial dos ex-governadores Aécio Neves e Antônio Anastasia. Nada disso foi feito.(...)
    http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/angela-carrato-a-morte-coletiva-da-imprensa-de-minas-gerais.html

    ResponderExcluir
  57. http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2015/04/processo-sobre-crimes-do-mensalao.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles tem tudo em mãos para caçar os safados que limparam Minas e não fazem nada !!!!Dá pra entender? E ainda tem mais: pagar dignamente os professores, não tem dinheiro em caixa, mas aumentar o auxílio do deputados, ah, isto sai mesmo!!! Este é um Estado democrático e fazendo mudanças !?!?!?!?!Só se for a favor eles !!!!!

      Excluir
  58. Processo sobre crimes do mensalão tucano será julgado pelo TJ-MG

    O Tribunal de Justiça de Minas Gerais vai julgar um dos processos que apura os crimes de peculato e lavagem de dinheiro na campanha de Eduardo Azeredo (PSDB) à reeleição para o governo estadual, em 1998. O caso, que envolve oito acusados, é conhecido como mensalão tucano. A mudança se deu por conta de um pedido do economista José Afonso Bicalho, réu na ação, que foi nomeado secretário da Fazenda do governo de Fernando Pimentel (PT).

    A decisão foi proferida na segunda-feira (13/4) pela juíza da 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte, Melissa Pinheiro Costa Lage, que baseou-se no artigo 106 da Constituição mineira. A norma prevê a competência do TJ-MG para julgar secretário de estado, bem como decidir sobre eventual desmembramento do processo em relação aos outros réus.

    Outros dois acusados pelo mesmo crime estavam sendo julgados pelo Supremo Tribunal Federal, mas tiveram seus processos remetidos à Justiça Estadual por terem perdido a prerrogativa de foro por função.

    O processo do ex-governador Eduardo Azeredo está concluso para sentença e a juíza já iniciou a análise dos 52 volumes da ação. Assim que finalizar essa etapa ela deverá sentenciar o processo. Já a instrução do processo do ex-senador Clésio Andrade (PMDB) ainda não foi encerrada, pois falta o interrogatório do réu.

    Renúncias

    O ex-governador Eduardo Azeredo renunciou a seu mandato de senador em fevereiro de 2014. No mês seguinte, o Supremo Tribunal Federal decidiu remeter seu processo para a primeira instância da Justiça de Minas Gerais. Na ocasião, os ministros entenderam que a autoridade que deixa o cargo perde a prerrogativa de foro por função. O mesmo aconteceu como senador Clésio Andrade, que renunciou ao mandato de senador em julho de 2014 alegando problemas de saúde.

    O caso apura um esquema de desvio de recursos públicos e financiamento irregular da campanha de Azeredo à reeleição para o governo de Minas Gerais em 1998. A suspeita é que o dinheiro teria saído de estatais mineiras para agência SMP&B, do empresário Marcos Valério, "sob a justificativa formal de patrocínio a três eventos esportivos". De acordo com a Procuradoria-Geral da República, à época, teriam sido desviados R$ 3,5 milhões. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-MG.

    Veja o processo

    6817960-07.2009.8.13.0024
    3317451-14.2014.8.13.0024
    2378231-34.2014.8.13.0024

    ResponderExcluir
  59. QUEM PLANTA VENTOS COLHE TEMPESTADE!

    Atestado de óbito

    Fundado em 1929 e o mais antigo em circulação em Belo Horizonte, o Estado de Minas, que integra os Diários e Emissoras Associados, enfrenta a maior crise de sua história, com sérios riscos de não sobreviver. Além dos constantes cortes de pessoal e de ter colocado à venda sua sede, está em vias de desfazer-se de mais uma emissora. Desta vez a escolhida é rádio Guarani, a caminho de tornar-se mais uma igreja eletrônica.

    Nos tempos áureos, os Associados, de Assis Chateaubriand, chegaram a ter o domínio absoluto da mídia mineira, com três jornais, duas emissoras de televisão e meia dúzia de rádios. Até meados de 1964, o Estado de Minas era apenas um entre os 13 jornais que circulavam em Belo Horizonte (12 diários e um semanário). Ter participado ativamente do golpe civil-militar que derrubou o presidente João Goulart garantiu-lhe vantagens e privilégios junto aos novos ocupantes do poder e estes foram usados para destruir concorrentes e perseguir profissionais que não rezavam por sua cartilha.

    ResponderExcluir
  60. Enquanto os professores não saírem em MASSA para as ruas, vai continuar essa balela, este chove não molha de governador e sindicato, que ao meu ver não resolve nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto existir Lei 100 os professores não serão uma "MASSA" pode ter certeza.

      Excluir
    2. CONCORDO PLENAMENTE!!!

      Excluir
  61. ABSURDO PROFESSORES APOSENTADOS FICAREM FORA DOS REAJUSTES POIS O DINHEIRO DA PREVIDÊNCIA , FOI DESVIADO PARA O CAIXA ÚNICO DO ESTADO, NA GESTÃO ANTERIOR, JUSTAMENTE A CONTRIBUIÇÃO DE ANOS E ANOS, NO MEU CASO 30 ANOS, AGORA NÓS, COM O SALÁRIO JÁ ACHATADO FICAREMOS , MESMO COM PARIDADE SEM REAJUSTES? O SINDUTE NÃO PODE ACEITAR ISSO.INDIGNADA, HORRORIZADA, ENOJADA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ILIGAL ,IMORAL ,INCONSTITUCIONAL -QUEM APOSENTOU POR PARIDADE ,TEM DIREITO AO MESMO REAJUSTE DO PESSOAL DA ATIVA E NA MESMA DATA .COMPARTILHEI ONTEM NO FACEBOOKO QUE ESTÁ ACONTECENDO É DISCRIMINAÇÃO,É CONSTITUCIONAL?

      Excluir
  62. Gostaria de saber de um aposentado sobre o pagamento das férias premio em espécie. Demora muito receber, depois que ja foi publicada no IOF?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou a quase 1 ano sem receber, o Estado diz que esta quebrado

      Excluir
    2. Para mim não demorou muito, mas isso foi a 5 anos.Nãosei como estáhoje,já que estão dificultando tudo para os profesores.

      Excluir
    3. Recebi 6 meses depois da publicação.

      Excluir
    4. Se for igual meu caso, foi uma luta! Procurei por todos os lados como receber. Na superintendência me disseram que tinha anos que o Sr governador não liberava nada de férias dos aposentados. Tinha muita gente na fila. Depois de 7 anos que minha aposentadoria saiu publicada definitivamente, eu liguei para a seplag e pedi para eles me explicarem como ficaria esse crédito meu das férias . E ela me respondeu q depois da publicação levaria no mínimo 90 dias p o pagamento. E isso aconteceu. Recebi o dindin de todas as minhas férias. Aconteceu de gente fala que eu não iria receber nada. Mas graças a Deus recebi e foi tudo. Um dinheirinho bom.

      Excluir
  63. Já que não sobra dinheiro para pagar o piso aos professores e sobra para a mordomia dos parlamentares, que tal começarmos uma campanha para diminuir o número se parlamentares de todo Brasil? Que tal nas próximas manifestações cartazes e faixas de repúdio a essa corja que só nos rouba? Que tal começarmos a espalhar na internet (Faces, blogs...) uma campanha pela redução desses parasitas? Porque uma coisa é certa, eles só estão a serviço deles mesmos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima ideia!!! Vamos começar logo.

      Excluir
  64. GREVE DE PROFESSOR NÃO RESOLVE, TEMOS SIM, INVADIR A ASSEMBLEIA E COLOCAR ESSES DEPUTADOS SAFADOS PARA CORRER, EXPULSÁ-LOS IGUAL FIZERAM NO PARANÁ.

    ResponderExcluir
  65. 18 DE ABRIL DE 2015 ÀS 09:10
    Minas 247 – O site da revista Época, das Organizações Globo, publica, neste sábado, uma irônica nota sobre o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Assinada pelo jornalista Leandro Loyola, ela informa que Aécio voou de graça, em aeronaves do governo de Minas, entre 2011 e 2012, para escapar de engarrafamentos.
    Leia abaixo a nota que faz menção ao Aeroporto de Cláudio, construído pelo governo mineiro, numa área próxima a uma das fazendas do senador:
    Senador Aécio usou helicóptero do governo de Minas para escapar de engarrafamento
    O senador tucano Aécio Neves voou em helicópteros do governo de Minas Gerais por cinco vezes para se deslocar em Belo Horizonte e pegou carona num avião – também do governo – para viajar da capital mineira até Brasília. Os passeios começaram logo após Aécio deixar o governo de Minas e se estenderam até 2012. Aécio diz que está tudo dentro da normalidade. Ao menos ele não voou até o aeroporto em Cláudio – aquele que foi desapropriado em seu governo nas terras do tio dele.
    O tom irônico da nota pode ter significados maiores. O mais imediato, o desembarque da Globo do projeto golpista de Aécio, que, (...)

    http://tijolaco.com.br/blog/?p=26340

    ResponderExcluir
  66. Gostaria de saber como fica o pó de giz, pois é insalubre (por isso ganhávamos ele como acréscimo), se não há mais pó de giz ,não recebemos por algo que agride a saúde e portanto os quadros de giz terão de ser trocados. Ou o governo terá que pagar pela insalubridade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lousa digital já!!! Quero ganhar por insalubridade por ter que conviver com alunos e pais/ responsáveis que não me respeitam.

      Excluir
  67. Seria um ABSURDO o sindute não aceitar essas novas propostas do governo. Já estamos anos luz melhores do que o PSDBosta. So de não ver mais escrito subsídio no meu contracheque já vais ser bom demais. E outra coisa boa foi a garantia de reajuste do vencimento básico de acordo com o reajuste do piso nacional. Isso é bom. Agora os aposentados foram incluídos. Cuidado sindute, cuidado. Quem tudo quer tudo perde. Agora o sindute não pode ficar correndo apenas atrás de carreira e salário tem que exigier também menos alunos por turma e acabar com a violência nas escolas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo anônimo das 11:55.Só uma coisa:como será que vão ficar as vantagens já adquiridas como quinq.biênio,serão calculadas no valor do piso?
      E reajustadas toda vez que o piso for reajustado?
      Temos que ficar alerta...senão teremos o piso e perderemos as vantagens.
      Estou muito preocupada,pois nada está claro sobre isso,

      Excluir
    2. Acho que uma coisa de cada vez. Devemos entender que não dá pra consertar tudo de uma vez. Acho que devemos aceitar esta proposta depois lutaremos por mais. Isto tem que ser decidido até este mês senão só no próximo ano. por causa da lei de responsabilidade fiscal.

      Excluir
    3. Concordo com você. Não acho que essa proposta possa ser melhorada agora. Provavelmente era essa a proposta desde o início. Colocaram aquela outra primeiro para que aceitássemos essa agora e ficássemos conformados. Mas, não vejo alternativa a não ser aceitá-la por enquanto.

      Excluir
    4. Quem quer muito nada tem, concordo com vocês.

      Excluir
  68. Tá dificil engolir auxílio moradia para os safados. Todos são iguais perante à lei, todos nós deveríamos ter os mesmos direitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. JÁ DISSE E TORNO A REPETIR: VAMOS COMBINAR ATRAVÉS DO BLOG DO EULER UM ENCONTRO NA ASSEMBLEIA COM TODA A NOSSO CATEGORIA E PEDIR A SAÍDA DESSES DEPUTADOS SAFADOS.

      Excluir
    2. Escrevam no Face de Pimentel. Eu já fiz lá o meu desabafo.

      Excluir
  69. Tomei uma decisão: já que os aposentados não tem aumento nenhum, cancelei minha assistência médica.Pra que ficar dando dinheiro pro governo? Fiz isso porque já tenho outros dois planos, não faria se tivesse só ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leiam direitinho a última proposta...Os aposentados também serão beneficiados.

      Excluir
  70. BOECHAT DETONA AÉCIO: CHORO DE PERDEDOR
    :
    O jornalista Ricardo Boechat, comentarista da Band, bateu duro no senador Aécio Neves (PSDB-MG) por seu flerte com o impeachment; "ninguém é mais descategorizado do que o derrotado para propor a derrubada daquela que o derrotou", afirma; segundo ele, Aécio caracteriza-se como mau perdedor
    17 DE ABRIL DE 2015 ÀS 07:04


    Minas 247 - O jornalista Ricardo Boechat, comentarista da Band, detonou o senador Aécio Neves (PSDB-MG), em comentário de rádio na Band News.

    Segundo ele, a presidente Dilma Rousseff e seus aliados devem dar gargalhadas quando veem Aécio se tornar porta-voz da campanha por um eventual impeachment.

    "Ninguém é mais descategorizado do que o derrotado para propor a derrubada daquela que o derrubou", afirma.

    Segundo Boechat, Aécio crava em si a imagem do mau perdedor.

    Confira, neste vídeo, o comentário do jornalista.

    http://www.brasil247.com/pt/247/minas247/177586/Boechat-detona-A%C3%A9cio-choro-de-perdedor.htm

    ResponderExcluir
  71. Para mim está ótimo!

    ResponderExcluir
  72. GOSTEI MUITO DESTA IDEIA, CAMPANHA PARA DIMINUIR A QUANTIDADE DE SANGUE SUGA OU SEJA DEPUTADOS. GENTE 70 DEPUTADOS É MUITA GENTE RUIM, NÃO TEM NENHUMA NECESSIDADE, 35 JÁ ESTÁ DE BOM TAMANHO. TEMOS SIM QUE FAZER UMA CAMPANHA PARA DIMINUIR O NÚMERO DE DEPUTADOS QUE SÓ TRABALHA EM BENEFÍCIO PRÓPRIO.

    ResponderExcluir
  73. Os comentários postados pelo Euler sobre a nova proposta do atual governo, propositalmente ignora aspectos importante. Vamos a eles:
    1) Por que não se fala mais nas vantagens que perdemos ao ongo do governo anterior. è bom lembrar que Rogério Correa e companhai gritavam contra essa pratica durante toda gestão tucana. E agora?
    2) Por que as práticas restritivas em relação às férias continuam da mesma forma?
    3) Haverá alguma lei que garanta os repasses anuais do piso salarial ou em janeiro de 2016 ouviremos a mesma "lenga-lenga". Infelizmente os cofre do estado não suportam o aumento do piso...
    4) No caso do Mestrado e Doutorado, fato comentado pelo Euler, a proposta não é ruim,,,È INDECENTE
    5) Em relação aos aposentados a mesma frase se repete: É INDECENTE.
    Comecei no magistério no inicio dos anos 80 e nenhum governo foi capaz de valorizar o magistério. Fomos durante todo esse período penalizados. Os cortes são sempre na educação, para outras áreas sempre há solução e verbas.
    O atual governo começa no mesmo diapasão das demais administrações pelas quais passei, sempre alegando que o governo anterior deixou uma herança maldita. Até a atual presidenta culpa sua administração anterior pelas dificuldades que hoje vive.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com sua fala. As vantagens que perdemos, nem se fala mais? Está mais do que evidente que este Governo Pimentel quer continuar a mesma política do Governo anterior. A única diferença é que ele está fazendo encontros com o sindute.

      Excluir
    2. Daí a pouco, quem aguentar o tranco não vai aposentar, porque aposentadoria em Minas Gerais quer dizer: passar fome, prejuízo, empréstimos e mais.NÃO tem vantagem nenhuma em se aposentar no magistério.Não recebemos NADA quando aposentamos., somente este salarinho.Então, quem aguentar, vai enrolando.

      Excluir
  74. VIOMUNDO
    Ignacio Delgado: A trajetória de Aécio é uma tremenda fraude; golpista, entreguista e inimigo dos direitos dos trabalhadores
    publicado em 20 de abril de 2015 às 18:38

    Aécio e Paulinho da Força: Juntos a favor do PL da terceirização, contra os trabalhadores

    Elementos para entender a trajetória de uma fraude chamada Aécio Neves

    por Ignacio Godinho Delgado, especial para o Viomundo

    A Rede Globo de Televisão construiu meticulosamente a imagem de Collor de Mello, o “caçador de marajás”, que, afinal, elegeu-se presidente em 1989.

    O empenho na construção da imagem de Aécio Neves não foi tão sistemático, mas envolveu até a produção de uma minissérie inspirada no senador, que, em 2014, tentava se apresentar como um príncipe encantado a seduzir a nação brasileira.

    Aécio não é Collor, mas a expectativa da Globo era que, caso vencesse as eleições em 2014, ele desse curso ao mesmo projeto que alimentava ao final da década de 1980: prevalência absoluta do mercado e do capital estrangeiro, o rechaço a políticas desenvolvimentistas e de inclusão social, o casamento do rentismo com o entreguismo.

    Todavia, Aécio não é apenas portador de um projeto reacionário, elitista e antinacional. Toda sua trajetória é uma imensa fraude, em Minas ocultada por rigoroso controle sobre os meios de comunicação.

    No plano nacional, por ser o representante de plantão da direita e de seu braço midiático, passou a contar com a complacência da maior parte da imprensa, ao mesmo tempo em que busca reeditar a política de cerceamento à liberdade de expressão levada adiante em Minas Gerais (aqui e aqui)

    Tudo na vida de Aécio Neves foi muito fácil. Surfou desde cedo nos seus vínculos com Tancredo Neves para desenvolver uma carreira política medíocre, ainda que sempre bem promovida.

    Filho do deputado Aécio Cunha, do PFL, aos 17 anos de idade, Aécio era “secretário de gabinete parlamentar na Câmara dos Deputados” (1977-1981), embora morasse no Rio de Janeiro. Em 1985, foi nomeado por Sarney diretor do setor de loterias da Caixa Econômica Federal, num momento em que veio à tona o escândalo da máfia da loteria esportiva, sobre o qual inexistem notícias de alguma atuação de Aécio para desvendá-lo e punir os responsáveis.

    Eleito deputado constituinte em 1986, ainda no rastro da comoção causada pela morte de Tancredo Neves, Aécio foi considerado pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), um deputado de pouca firmeza na defesa dos interesses dos trabalhadores, alcançando apenas a nota 5,5 na pontuação atribuída pelo instituto aos constituintes. Em 1991 ausentou-se por três meses da Câmara para tratar de problemas pessoais.

    Aécio governou Minas Gerais de 2003 a 2010. Seu apregoado choque de gestão significou, entre outras coisas, o descumprimento das disposições legais de garantia de 25% do orçamento estadual para a educação e 12% para a saúde, salários miseráveis para professores e médicos, o esvaziamento crescente da economia mineira e a elevação espetacular do endividamento do estado.

    Apesar de alardear que gastou menos com o governo para gastar mais com as pessoas, até recentemente os mineiros só conseguiam lembrar da construção da cidade administrativa (envolta em diversas suspeitas de irregularidades) como uma obra de relevo da administração de Aécio.

    Em 2014 vieram também a saber que Aécio construiu um aeroporto perto da fazenda de sua família.

    Senador desde 2010, Aécio Neves acentuou o velho hábito de permanecer fundamentalmente no Rio de Janeiro, (...)

    http://www.viomundo.com.br/politica/ignacio-delgado-a-trajetoria-politica-de-aecio-e-uma-tremenda-fraude-golpista-entreguista-e-inimigo-dos-direitos-dos-trabalhadores.html

    ResponderExcluir
  75. VIOMUNDO
    (...)
    Em 2014 vieram também a saber que Aécio construiu um aeroporto perto da fazenda de sua família.

    Senador desde 2010, Aécio Neves acentuou o velho hábito de permanecer fundamentalmente no Rio de Janeiro, onde protagonizou cenas vexatórias para um representante do povo, como dirigir com carteira vencida e evitar o teste do bafômetro uma vez abordado pela polícia.

    No PSDB Aécio participou de embates sangrentos com José Serra, que envolveram insinuações do jornalista Mauro Chaves, no jornal O Estado de São Paulo, de 28/02/2009, sobre hábitos heterodoxos do então governador mineiro.

    O revide de Aécio materializou-se na investigação de Amaury Junior sobre a participação de José Serra na farra das privatizações do governo do PSDB, de FHC, que resultou, depois, no livro A Privataria Tucana. Por linhas tortas, esta, talvez, seja a maior contribuição à pátria da atuação do senador da Zona Sul carioca, com domicílio eleitoral em Minas Gerais: sua disposição vingativa favoreceu a investigação do mais absurdo dolo já perpetrado contra o patrimônio público brasileiro, naturalmente ignorado pela mídia convencional.

    Derrotado, Aécio Neves tem se empenhado em diversas iniciativas golpistas para tentar interromper o mandato que Dilma Roussef conquistou nas urnas, desde ações junto ao TSE para impedir a diplomação e a posse, passando pelo flerte com grupos fascistas que convocaram manifestações de rua (de onde brotaram, inclusive, apelos para a intervenção militar), até o anúncio da disposição de pedir o impeachment da presidenta.

    Numa suprema ironia da história, Aécio Neves tornou-se o principal representante dos herdeiros da velha UDN. Adversária da Vargas, Goulart, mas também de Tancredo Neves, a UDN centrava seu discurso nas denúncias de corrupção, para dissimular seus propósitos reais de combate ao nacionalismo e ao trabalhismo, caracterizados com xenofobia e populismo, na expectativa de resolver pelo golpe o que não alcançava nas urnas.

    Aécio completa sua conversão ao udenismo em sua expressão moderna ao defender a dissolução do regime de partilha do pré-sal, em favor do regime de concessão preferido das companhias de petróleo ocidentais, e ao repreender o próprio PSDB que, em acertos com o PT, buscou corrigir o PL-4330, que fere de morte a CLT, depois das repercussões negativas na rede e das manifestações contrárias das ruas ao propósito de se ampliar a terceirização no Brasil.

    Golpista, entreguista e inimigo dos direitos dos trabalhadores, Aécio Neves não é o “democrata indignado” com a corrupção, sobre a qual, aliás, teria muito a dizer se não contasse com a complacência da mídia no tratamento de casos com a Lista de Furnas, do mensalão tucano, da distribuição de verbas para rádios da família, do aeroporto de Cláudio…

    Aécio é, de fato, uma fraude embalada pela mídia, o porta voz do udenismo redivivo, desonrando a memória do próprio avô, sem qual, aliás, sua carreira nada seria.

    Ignacio Godinho Delgado é professor de História e Ciência Política na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e pesquisador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia-Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (INCT-PPED). Doutorou-se em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em 1999, e foi Visiting Senior Fellow na London School of Economics and Political Science (LSE), entre 2011 e 2012.
    Leia também:
    André Singer: Aécio Neves dá uma de Carlos Lacerda

    http://www.viomundo.com.br/politica/ignacio-delgado-a-trajetoria-politica-de-aecio-e-uma-tremenda-fraude-golpista-entreguista-e-inimigo-dos-direitos-dos-trabalhadores.html

    ResponderExcluir
  76. Professor tem que parar de achar que piso é a solução. Perdemos nossa carreira, perdemos os direitos adquiridos ao longo dos anos como quinquênios, biênios, os percentuais de progressões foram reduzidos a pó, nossa carreira foi destruída. e o tempo de serviço desconsiderado. Todas estas ilegalidades cometidas pelo governo anterior estão sendo ratificadas pelo digníssimo Pimentel que agora vem com esta história de discriminar aposentados. O lógico seria restituir a todos que foram usurpados, os direitos que adquiriram ao longo da carreira. O piso é apenas uma lei a ser cumprida mas as perdas que os professores antigos tiveram significa roubo. Que o sindute tenha esta a clareza, até porque os percentuais de reajuste do piso do magistério breve breve serão reduzidos por este congresso conservador que está aí. Ficaremos a ver navios achando 190,00 vai nos salvar.

    ResponderExcluir
  77. Tem que avisar para este governador que os aposentados foram os mais prejudicados. Deve está contando com a possibilidade de que no meio deste caminho aí muitos morram a mingua. Trabalharam a vida toda e perderam tudo que adquiriram. E a paridade não conta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PARIDADE GOVERNADOR, JÁ VIU FALAR, mais ações na justiça que levam de 10 a15 anos afff

      Excluir
  78. Chega de lenga-lenga. Proposta indecente. Será que eu entendi bem? Melhorou a proposta: em vez de dar abono de 160,00 vai dar aumento de 190,00. Não se fala mais em vantagens perdidas? Que história é esta de discriminar aposentado que tem paridade?

    ResponderExcluir
  79. Os professores mineiros trabalham e ganham por uma carga horária de 24h ( um turno). Os professores paulistas trabalham e ganham por uma carga horária de 40h, mas trabalham somente 25h em sala de aula ( o restante é em casa).Minas tem que acordar e mudar a carga horária para 40 h ( 25 na sala de aula e 15 em casa) é a única saída para recebermos o piso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem não está no magistério, não sabe como o professor leva atividades da escola para casa! Correção de mais ou menos 900 atividades, provas trabalhos, mensalmente! Só num cargo! Sem exagero. Sem contar as preparações das aulas para serem administradas diariamente. Aposentaram-me com 30 anos de serviço. Tinha 2 cargos. Aplicava avaliação para todas as turmas toda semana. Final de semana fazia a correção e ainda ficavam algumas p a próxima semana. Muitas vezes chorei de desespero, porque acontecia imprevistos , e não dava conta dos afazeres escolar. Era obrigada na semana seguinte cortar avaliações, porque senão tumultuaria atividades. Isso é escravidão! Levar serviço para casa do trabalho, e não ser remunerada por isso, é explorar, é sugar, é aproveitar do menos favorecido! A bagagem que o professor leva na sua vida profissional, não é fácil, porque eu sei e já passei por isso.

      Excluir
    2. Você é inimigo dos professores???

      Excluir
    3. Com toda certeza, você não é professor!!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
    4. Deve ser um instrutor de esportes na escola e nao leva trabalho para casa, ou seja, tem uma carga horaria de trabalho menor pelo mesmo salario. Proporcionalmente ganha 40 por cento a mais que os professores.

      Excluir
    5. Poxa vida... como é difícil fazer com que os professores entendam que o aumento da carga horária para 40 h não alterará as horas trabalhadas em sala de aula. quem tem um cargo continuará trabalhando em um turno (manhã, tarde ou noite). Nos Estados que trabalham 40h, somente em torno de 25h são trabalhadas em sala de aula. O restante fica a critério do professor, inclusive em casa.Sendo assim, acabaríamos com esta palhaçada de não nos pagar o piso e continuaríamos a trabalhar na mesma quantidade de aulas que temos costume.

      Excluir
  80. Essa proposta apresentada pelo governo tá muito NEBULOSA, pelo tempo que a equipe gastou, já não era pra definir "extinguir subsídio e vencimento básico ACUMULÁVEL com vantagens a serem definidas? Acho temeroso ir aceitando esses 190 reais sem questionar como ficará a carreira, isso já deveria ficar definido como proposta. Temos que saber o que nos espera. Mesmo que não pague as vantagens, temos de saber, se vai haver mudança é só para nos tirar direitos. Queremos nossos biênios, nossos quinquênios de volta. Diminua o número de encostados , quero dizer comissionados, retire bolsa moradia, não tire de quem deveras trabalha, e merece ser valorizado. Sou aposentado, com 10 biênios, 5 quinquênios, e pós, a diferença do salário com iniciantes deve ficar em apenas mil reais. Neste contexto os aposentados é que são os mais prejudicados, após uma vida de contribuição e dedicação ao magistério. Abração Euler. obrigado pelo espaço.

    ResponderExcluir
  81. Realmente, estamos tão no fundo do poço, que qualquer merreca tá fazendo a alegria de alguns! Temos que falar de carreira, biênios, quinquênios, não há sinalização por parte do governo em valorizar a profissão. Muito duvidosa, a expressão piso "acumulável com vantagens a serem definidas", quando, como assim? Parece mais enrolação, aposentados amargando grandes prejuízo pois não podem fazer greve. Mas lembrem-se, todos serão aposentados no futuro...MAIS CLAREZA GOVERNADOR, NÃO SOMOS INGÊNUOS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amei o comentário acima. A Luta continua!!!

      Excluir








































    2. Gostei do seu comentário falou o q é preciso!!!!!!!!!!nossas vantagens não podem sumir e todos vão aposentar um dia!!!!!!!!!!!!!!!


      Excluir
    3. Muito bem, essa merreca pode ficar para ele, não faz diferença, ganhar 190,00 parcelado ???????????????? realmente chegamos ao fundo do poço. Gente vcs que são novos saiam dessa canoa furada, nunca teremos valor, eles nos fazem de bobos. Cadê a elite pensante?

      Excluir
  82. Não podemos nos contentar simplesmente com essa proposta apresentada pela comissão. Precisamos de um Plano de Carreira bem definido. Os aposentados ficaram mais uma vez prejudicados. Isso é inaceitável! A nossa carreira precisa ser revista desde a implantação desse maldito subsídio!

    ResponderExcluir
  83. Gente..
    .eu estava feliz com esta nova proposta.Parabéns professores que estão analisando de forma inteligente esta proppsta do governo. Queremos nosso piso de novo.Com todas as vantagens. E nada de tirar aposentados .Lei é lei.E aposentado com paridade pode recorrer se for lhe tirado seus direitos. Mas,também, não podemos negar
    Negociações são bem vindas.

    ResponderExcluir
  84. Voltamos para a carreira antiga com direito adquirido .Queremos nossos biênios, nossos quinquênios de volta junto ao piso. Temos documentos que nos comprova a nossa opção. Sou aposentada e não admito ser lesada.Temos que Unir, falar a mesma língua em busca dos nossos direitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente.!!! Vocês perceberam que piso sem carreira é uma miséria? Muita gente fez opção pelo vencimento básico por causa dos direitos adquiridos. Fomos roubados. Não é possível que o PT não vai reconhecer isto. Quando era oposição reconhecia. O sindicato precisa se posicionar melhor. Os professores mais antigos sofreram um maior assalto. E vem o PT fazer a mesma coisa?

      Excluir
  85. Estou com uma dúvida tremenda. Aquela lenga-lenga de pré sal, royaltes do petróleo foi tudo mentira? No discurso era com esse dinheiro que iriam "valorizar os professores".
    E aí? Ninguém fala mais nada. Cadê esse dinheiro?
    Os "ratos" da Petrobrás comeram tudo?
    Agora é só falar que não tem dinheiro, que o estado está quebrado, o rombo herdado é de milhões e por aí vai...
    Mas o pré sal está lá, o petróleo também e nós aqui nesse miserê pagando a conta enquanto os safados estão na maior mordomia.
    Isso é justo?
    Pimentel acreditei nas suas promessas, agora se vira, vá atrás da Dilma, cobra o seu quinhão do pré sal e nos pague o que é de direito.
    Ninguém é obrigado a prometer, mas uma vez prometido a obrigação é cumprir.Cumpra a palavra dada e assinada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em quatro meses de governo nao da' para fazer tudo. Paciencia! Vida real da' trabalho, nao se resolve em um click.

      Excluir
    2. Em 4 meses já melhorou em 80%. As propostas já estão boas. Acho que devemos aceitar isto e continuar lutando para melhorar. Ditado da era antes de Cristo: Quem tudo quer, tudo perde. Vamos devagar e sempre. Se isto não se resolver agora para entrar na folha de maio, entra na lei de responsabilidade fiscal e só poderá entrar no próximo ano . ALGUÉM SABIA DISTO?

      Excluir
    3. Eles só resolvem num click a vida deles, né?

      Excluir
    4. Anônimo das 05:55..As propostas estão boas,,,Meu Deus..As propostas são horrorosas, são um acinte...um abuso com nossa categoria,,,190 reais é uma esmola

      Excluir
  86. Interessante: A midia nao noticiou a pesquisa que aponta Lula como o melhor presidente que o Brasil ja' teve. Por outro lado, pesquisas de impopularidafe da presidente Dilma falam toda hora. Sera' porque os meios de comunicao pertencem aos ricos, e os ricosao contra os pobres e o PT? Ou sera' porque eles sao incompetentes na profissao que escolheram, mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje percebe-se muito bem que o PT com o Lula é um e com a Dilma é outro muito diferente. apesar de terem as mesmas caras.

      Excluir
    2. Em 4 meses mudou muito é a vida de quem faz parte da nova era de governo. Para nós o povo nada, nada e nada. Principalmente em MG.

      Excluir
    3. Ainda está nessa de defender políticos e partido? Que pena...

      Excluir
    4. Que palhaçada é essa de ficar defendendo político e partido. Enquanto isso estamos com salário de fome e eles rindo de nós. Vamos parar de sermos massa de manipulaçãoooooo!!!

      Excluir
  87. A LUTA A GORA É ´PARA PAGAR AS VANTAGENS CONGELADAS, COMO ELE FARÁ COM ELAS? QUEREMOS O PERDIDO DIREITOS ADQUIRIDOS, ETC.

    ResponderExcluir
  88. Os mais atentos e menos incautos já perceberam a estratégia : reuniões, reuniões e reuniões. O mandato chega ao fim e ainda estarão fazendo reuniões. Tudo tão igual ao governo anterior....tudo tão PSDB.....que pena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo.Só reuniões, reuniões e nada de concreto aparece.Vai chegar o final do ano e não vamos receber os retroativos SE tiver tido algum aumento
      Este sindicato é um governo em miniatura, só enrolação.Tá faltando bater o pé. Vamos ver dia 29 os gatos pingados na reunião.

      Excluir
  89. Estou decepcionada.Em janeiro de 2015 fui a PEB II P nos dois cargos.Um aposentado em 2014 outro na ativa.Subiu uns 250 reais em cada cargo.Sumiu minha vtap,aumentou o desconto e acabei recebendo liquido 300 reais a menos.Gente isso é um absurdo.Cada vez que mudam algo o salario diminui.Tenho cinco quinquênios em cada cargo e dez bienios,pós.Voltaram com Ed fisica e ainda tiraram mais.Qdo nos professores dos anos iniciais administramos ed.física aumentou 250;qdo retornou o prof de ed física descontaram 350.Não sei o fazer.Senhor tenha misericórdia.

    ResponderExcluir
  90. O movimento nas ruas agora tem que ser fora assembleia e senado (diminuir numero de deputados e senadores) Essa cúpula junto com o supremo tá quebrando e desmoralizando o país.Não votei p deputado nem p senador.Da próxima nem governador nem presidente.Não quero sentir remorso nem culpa pelo caos do país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Temos que diminuir a roubalheira.

      Excluir
  91. Estou achando muito estranha a proposta do governo para os professores. Não apresentaram tabelas. Os 190,00 e para o cargo inicial? Isto está muito confuso. Por que excluir aposentados com paridade? O sindicato fez uma grande reunião para discutir a proposta mas não apresentou o resultado. Como os professores podem decidir pela greve sem saber exatamente o que vai receber/?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho bem estranho essa proposta, eu gostaria que alguém fizesse uma simulação de tabela, para ver onde eles vão colocar esses 190,00.

      Excluir
    2. Concordo plenamente.Cadê AS TABELAS??????????

      Excluir
  92. Esse aumento do Mala-gueta é real ou só correção da inflação? porque a inflação esta ai ele além do aumento proposto vai corrigir o piso pela inflação?

    muitas dúvidas no ar, aumento para daqui a 5 anos é engodo.

    ResponderExcluir
  93. Serei sincero com vocês : que categoria é essa ???? Alienada, pusilânime, pérfida e fofoqueira. Professores que mais parecem escravos ladinos ( aqueles escravos que traíam os irmãos e ficavam do lado do senhor da casa grande). Diretores que mais se parecem capitães do mato do governo. Nas salas dos professores só se escuta fofocas. Que falta de ética !!! Qualquer outra categoria profissional tem mais senso crítico, união e bom senso que nós professores !!! É essa a categoria responsável pela formação do cidadão de amanhã ????? Se for, estamos completamente sem rumo e sem futuro !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, anônimo das 14:44, estou com vc e digo mais: a maioria dos professores quer receber tudo de mão beijada.No dia 29 haverá paralisação e vc vai ver a quantidade de professores dando aula e depois ficam perguntando como foi a reunião.Não querem lutar...

      Excluir
    2. Sincera serei eu: Enquanto professores aceitarem todo tipo de profissionais fazerem da EDUCAÇÃO um mero bico, todos serão alienados e todos os outros adjetivos que o senhor colocou e ainda mais...
      Lesa Pátria que assumem PROFESSAR algo pelo qual não está APTO a fazê- lo tornando- se uns DESQUALIFICADOS QUAISQUER.

      Excluir
    3. Somos uma nacao de imaturos. Para no's a culpa e' sempre do outro. Nos negamos a ver a dura realidade da vida e ficamos culpando os outros pelos nossos sofrimentos/aborrecimentos. Ningue'm quer fazer uma leitura realista e decidir/agir com sabedoria. Sabedoria, entende-se aqui, como a capacidade de fazer a melhor escolha diante da realidade dos fatos. E no's continuamos fugindo da realidade, feito criancas, culpando os outros. Sonha Alice, sonha!

      Excluir
  94. Isso mesmo, concordo com o anônimo da 20:42, temos que fazer movimentos pedindo a diminuição de toda essa corja que só serve para sugar do trabalhador. Nós pagamos todos os luxos desses bando de safados, governadores senadores e deputados, todos só trabalham em beneficio próprio. Nunca mais voto!

    ResponderExcluir
  95. Quando o governo, seja de que partido ou agrupamento político for, alardeia mudanças na educação, sinto um profundo calafrio e logo penso : lá vem desgraça !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, pois são mais de trinta anos lidando com mesmos problemas: governos que não estão nem aí para a educação, a não ser na hora do voto. pensei que iria melhorar, mas pelo visto....

      Excluir
  96. Dez razões para descomemorar
    Por Ângela Carrato em 21/04/2015 na edição 847
    13 comentários
    Era para ser uma festa de arromba, com eventos se sucedendo em todo o país. Grande parte do que a TV Globo preparou para comemorar seu cinquentenário, a ser completado no domingo (26/4), está mantido, mas, sem dúvida, não terá o mesmo brilho de outras épocas. Depois dos problemas verificados durante a sessão solene da Câmara dos Deputados em homenagem à emissora, em que três militantes em prol da democratização da comunicação tiveram que ser retirados por seguranças, as festas em locais abertos ou de acesso público estão sendo repensadas. Os cuidados se justificam.

    Nunca a audiência da TV Globo, centro do império da família Marinho, esteve tão baixa. O Jornal Nacional, seu principal informativo, que chegou a ter 85% de audiência, agora não passa dos 20%. Suas novelas do horário nobre estão perdendo público para similares da TV Record. No dia 1º de abril aconteceram atos em prol da cassação da concessão da emissora em diversas cidades brasileiras. O realizado no Rio de Janeiro, em frente à sua sede, no Jardim Botânico, foi o mais expressivo e contou com 10 mil pessoas. Número infinitamente maior participou, no mesmo horário, do tuitaço e faceboquiaço “Foraglobogolpista”.

    Artistas globais e a viúva de Roberto Marinho integram a relação de suspeitos de crimes de evasão fiscal e serão alvo de investigação pela CPI do Senado, criada para analisar a lista de mais de oito mil brasileiros que têm depósitos em contas secretas na filial do banco HSBC, na Suíça. Este escândalo internacional envolve milhares de pessoas em diversos países. A diferença é que fora do Brasil o assunto tem tido destaque e é coberto diuturnamente, enquanto aqui, a mídia, Globo à frente, prefere ignorá-lo ou abordá-lo parcialmente.(...)
    http://observatoriodaimprensa.com.br/tv-em-questao/dez-razoes-para-descomemorar/

    ResponderExcluir
  97. O PISO é importante mas e a carreira ??

    Ou sou muito burra ou não estou entendendo : co mo vão ficar as vantagens como quinq.,biênio,pó de giz,etc
    Serão proporcionais ao piso.? Por que não apresentam tabelas para deixar tudo transparente??? Tem caroço nesse angu.

    ResponderExcluir
  98. Os professores mineiros deveriam aprender com os professores paulistas como fazer uma greve. Em São PAulo o salário é muito melhor que o de MInas e eles estão lutando para melhorias.

    ResponderExcluir
  99. Quanto mais economizo energia, mais minha conta sobe.
    Ratos, ratos,ratos e muitos ratos sugando nosso dinheiro.
    Agora falaram que não alcançamos a meta do racionamento de água e por isso vai subir o valor.Quem comprova isso? Fazem do jeito deles e nós temos que aceitar.
    Revoltaaaaaaaaaaaaaaaada !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Colega, vivemos em um País onde a gatunagem é constitucional. Veja que este artifício depara assaltar o bolso do trabalhador foi foi elaborado no verão. Imagine quando chegar o inverno, com a chuveirada em potência máxima. Somos o único País em que os de cima roubam e os de baixo pagam.

      Excluir