domingo, 11 de janeiro de 2015

Porque hoje é domingo, de férias, vamos postar um novo texto...




Porque hoje é domingo, e mesmo que não fosse, trago essa beleza de vídeo, com a música Guantanamera, cantada e orquestrada por 75 cubanos. Viva Cuba! Viva o povo cubano e de toda a América Latina, com seus cantores e poetas. Viva José Martí! (O vídeo eu retirei do site do jornalista Luis Nassif, o GGN).


Porque hoje é domingo, de férias, vamos postar um novo texto...


Domingo ensolarado, em Minas, sem praia, mas com as montanhas a me cercar, é mais do que motivo para postar este novo texto. Temos muitas razões para estar felizes, e algumas, infelizmente, nem tanto. O atentado em Paris, por exemplo. A quem interessa aquela estupidez? A direita, certamente, já explora o fato com sua visão míope, sempre contra os de baixo, sempre contra os imigrantes pobres, os povos africanos e do Oriente Médio, especialmente os de confissão islâmica.

Fico aqui pensando como o radicalismo de terror dos grupos jihadistas se iguala em interesses e práticas à direita fascista de todo o mundo, especialmente dos EUA e dos países ricos da Europa. França, berço de grandes inspirações humanistas e de esquerda, é também o país que colonizou, explorou e mantém em segregação um amplo contingente de imigrantes. Mas, a revoltosa Paris da década de 60, espera-se, não tenha se rendido.

Nada justifica o terror e assassinato frio e covarde contra pessoas desarmadas. As 12 vítimas da revista Charlie Hebdo tombaram como vítimas de uma estupidez que não nasceu nesses dias. Há um caldo de cultura plantado pela estupidez maior do imperialismo norte-americano e de seus aliados, que financiam e patrocinam as guerras mundo afora, e agora especialmente no Oriente Médio e Norte da África. É a geopolítica imperialista, da morte.

O que Israel faz contra os palestinos na Faixa de Gaza, executando covardemente centenas de cidadãos, inclusive crianças, é igualmente um ato estúpido, que o Ocidente assiste praticamente sem protestos. A invasão do Iraque e a destruição da Líbia, outros dois exemplos de intervenção criminosa da geopolítica do império norte-americano e dos seus aliados europeus.

No meio desse cenário internacional macabro, uma revista francesa, dita até como de extrema-esquerda – sei lá se é mesmo -, mas que se notabilizou por charges satirizando o chamado fundamentalismo islâmico. Claro, é pólvora pura. Nada justifica o terror, a execução sumária de pessoas desarmadas, volto a repetir. Embora os estados ocidentais façam isso diariamente, covardemente, contra dezenas de povos desarmados. E a mídia mundial se cala de forma pusilânime.

Pessoalmente, talvez por ser de origem de esquerda, de um marxismo que pretendia virar o mundo ao avesso em defesa dos de baixo, sou contra este tipo de jornalismo que satiriza e até humilha outras culturas, outras crenças religiosas, outros povos. Aliás, no Brasil, quem pratica política de assassinato de reputação sempre contra os pobres, os negros e o PT, claro, é exatamente a mídia golpista. Impunemente. Se os movimentos sociais brasileiros reagissem contra a Globo, contra a Veja e contra os demais meios de comunicação, todos ligados aos interesses das elites dominantes, se reagissem, dizia, da mesma forma como os fundamentalistas islâmicos, esses meios seriam todos destruídos. Sou contra isso. Acho que a resposta o povo vem dando, democraticamente. Pacificamente. Nas urnas, nas ruas, nas manifestações populares e democráticas, quando, em palavras de ordem, detonam Veja, Globo, e etc. Tem faltado, da parte do governo federal e do PT, a mesma coragem do povo brasileiro para iniciar um processo de democratização da mídia no Brasil, hoje nas mãos de meia dúzia de famílias que servem aos interesses de minorias privilegiadas. Uma mídia colonialista, de direita, golpista e neofascista. Que fomenta ódio e pode provocar desunião.

O mundo, a humanidade, precisa encontrar o caminho dos consensos em favor da maioria, e não o caminho das guerras, da destruição, da ambição desmedida por mais lucros, da fome, pois neste ambiente quem sempre sai ganhando são os de cima, que detêm todos os instrumentos de poder e o capital. O terror nos últimos anos só tem beneficiado a direita. Nos EUA, o 11 de Setembro de 2001 salvou o mandato de Bush e foi o pretexto para a ação de ocupação do Iraque, que hoje está destruído, e que deu origem a um grupo mais fanático ainda, o Estado Islâmico.

Agora, na França, este atentado absurdo pode beneficiar ainda mais a direita francesa, que já vinha crescendo nos votos e no discurso contra o povo islâmico. O Ocidente tem realizado este criminoso ato de criminalizar a religião muçulmana, cuja ampla maioria de seguidores é formada por pessoas de bem, da paz, da caridade, do amor. Nada tem a ver com as minorias fundamentalistas. Assim como nós, como a maioria dos povos do mundo católico e protestante nada temos a ver com as ações terroristas e igualmente fundamentalistas dos estados que dizem nos representar. No Brasil de Lula e Dilma, pelo menos, prega-se a amizade e o respeito entre os povos de todo o mundo, especialmente entre os povos latino-americanos.

Pausa rápida para o café. E no próximo tema: a Educação em Minas em pauta. E para me despedir do tema acima, lembremos: a fonte de todos os males da humanidade é a desigualdade social, os preconceitos, a xenofobia, o capitalismo, enfim. Claro que não resolveremos estes problemas seculares num estalar de dedos. Ou com tiros de fuzil. A educação, literalmente, das pessoas, em favor da paz, da justiça, da igualdade, da solidariedade, da tolerância entre os diferentes. Este é o caminho, sem abrir mão, claro, das lutas cotidianas por conquistas imediatas. E vamos que vamos.

Retomando.

Porque hoje é domingo
, e estou de férias, e não estou mais na Educação, quero falar um pouco do tema. Se na rede estadual ainda estivesse certamente teria mais tempo para falar diariamente sobre o tema. Mas, jamais abandonarei a causa e as lutas em favor da valorização dos educadores, ponto central de qualquer discussão sobre a melhoria na qualidade do ensino público.

Percebo que o novo governo de Minas abriu o diálogo com o sindicato da categoria para dar início a um processo de pagamento do piso salarial nacional, coisa que o governo dos tucanos não fez. Ao contrário, em 12 anos os tucanos só fizeram cortar direitos e achatar os salários dos educadores de Minas. Agora, Pimentel tem a oportunidade de inaugurar um novo momento na vida dos profissionais da Educação. Com diálogo franco e com conquistas para os professores e demais trabalhadores da Educação. Um ponto essencial, a meu ver, é a retomada da carreira destruída durante a era tucana. Ou se mudam os planos de carreira de todas as categorias do governo mineiro, ou se restabelece o plano dos profissionais da Educação, com os mesmos critérios e percentuais, que fora destruído na gestão tucana. O segundo ponto é a implantação do piso salarial na carreira recuperada. Há outros pontos, como a valorização dos profissionais de carreira, um tratamento adequado e decente com os designados mais antigos – que deram uma vida de trabalho em favor da Educação -, a democratização no ambiente escolar, enfim, são muitos os temas.

De toda forma, temos que aguardar e acompanhar o processo de negociação. Sem expectativas mirabolantes, do tipo: ou devolve todas as perdas agora, ou estou fora. Isso não contribui. Quem está dentro não vai sair de uma hora para outra. É preciso negociar, dialogar, e cobrar os direitos. A categoria não aceitará qualquer coisa, embora tenha ocorrido tantas perdas que qualquer ganho imediato cairá bem. Mas, a categoria dos educadores não quer qualquer ganho. Quer a carreira, quer o piso, quer um salário digno e condições boas de trabalho. Quer poder sonhar com um novo horizonte, com um hoje e um amanhã cada vez melhores para todos. Dessa pequena trincheira, continuaremos apoiando a luta dos educadores de Minas. E se algum dia eu voltar – por que não? - quero encontrar uma categoria unida, forte, com um salário que garanta uma vida digna aos profissionais, que precisam de tranquilidade para se dedicarem com exclusividade a esta primordial atividade de educar, e de se educar.

Um forte abraço a todos, um bom domingo de férias, e força na luta! Até a nossa vitória!

                        ***


309 comentários:

  1. Que pena Euler! O Blog que sempre informou , tirou dúvidas, esclareceu equívocos inspirando confiança ; de repente transformou em lamúrias,implicações partidárias.Que falta você faz na educação com suas ideologias politizadas , coerentes e imparciais.Se tivesse ativo como professor, certamente já teria obtido informações e até mesmo possíveis cálculos de como ficaria o salário dos professores mineiros.Infelizmente Sindiute não informa nada.Totalmente desatualizado. Abraços IPATINGA

    ResponderExcluir
  2. Amanhã haverá encontro de representantes dos professores com a srª secretária de educação. Segundo entrevista dada por Beatriz Cerqueira, não há o que discutir, a não ser como se dará a implementação do piso salarial na carreira que nos foi tirada. Ainda que proporcional às 24 horas, estaremos no lucro com o retorno à carreira antiga.

    ResponderExcluir
  3. Água mole em pedra dura; tanto bate até que fura...
    TEMOS QUE LUTAR PARA QUE O PISO SEJA ESTABELECIDO PARA UMA CARGA HORÁRIA DE 25H. QUE A PROPORCIONALIDADE SEJA FEITA PARA QUEM TRABALHA 40H, E NÃO O CONTRÁRIO COMO ACONTECE HOJE. r$ 1917,00 DEVERIA SER O PISO PARA 25 H.

    ResponderExcluir
  4. Este piso é uma farsa. R$ 1917,00 é para uma carga horária de 40h e todos sabem que o cargo de um professor é por turno ( manhã, tarde ou noite) e é de no máximo 25h. Os governadores nos pagam na realidade um piso de aproximadamente R$ 950,00, o que é quase o salário mínimo. É uma vergonha este nosso Brasil e mais vergonhoso ainda é o salário dos professores mineiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia a Leia com mais propriedade e faça uma nova interpretação "o piso é para jornada de até 40 horas semanais" e não 40 horas semanais. Todo o problema vem da interpretação que estão fazendo do diploma legal.

      Excluir
    2. Esse valor é para professores com formação em ensino médio, porém não é divulgado o piso para os professores com ensino superior e até especialização....

      Excluir
    3. Sim, é porquê são diversos os planos de cargos e salários.No meu município temos 35,55% sobre o piso nacional e demais vantagens.

      Aparecida

      Excluir
  5. Então fique com o subsídio. Eu quero este piso na minha carreira .

    ResponderExcluir
  6. Piso salarial convertido para 24 horas... Uai, o governo tinha razão... paga(va) mais... Ô vida amargurada. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém me responda, por favor!
      O famigerado pisado Nacional do Magistério é para ATÉ 40 horas semanais ou para PARA 40 horas???
      Isso faria uma diferença enorme!!!

      Excluir
    2. É para a´te 40 horas ou seja se for diferente de 40 horas, será proporcional!.É só fazer a regra de 3.

      Aparecida

      Excluir
  7. Alguém me fala por favor, como ficou a situação dos efetivados para 2015?
    Urgente!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma lida nos informativos no site do Sindute, há alguns informes lá.

      Excluir
  8. Que vídeo maraaaaaviiiiiilhooooooso!!!!! Parabéns Euler! Estive sumida por um bom tempo , apenas lia os seus textos sem muito comentar, afinal foi um 2014 atípico... Estou de volta cheia de esperança , afinal preciso do meu plano de carreira de volta para brilhar a produção e qualidade . Estou feliz por você ter se acertado . Vania

    ResponderExcluir
  9. http://www.rogeriocorreia.com.br/noticia/sind-utemg-reune-com-a-secretaria-de-educacao-macae-evaristo/

    A tal reunião.....

    ResponderExcluir
  10. Penso que Piso Nacional do Magistério é para Professores, e não para os demais profissionais da Educação. Afinal de contas somos nós professores os responsáveis pela aprendizagem ou não dos alunos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, é? Sai gritando!!!
      Com certeza, farão justiça também conosco!!!

      Excluir
    2. Não é apenas questão de justiça, mas sim de reconhecimento. Porque nenhum profissional da educação que atua fora da Sala de Aula quer conviver com os alunos, porém em se tratando de salário todos querem o benefício de um Professor.

      Excluir
    3. Eu sou ATB. Dentre as minhas funções, não está a de lidar diretamente com alunos em sala de aula. Também merecemos reconhecimento e justiça, embora pertençamos a outro quadro. Infelizmente, não sei desenhar. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    4. kkkk Realmente não sabe desenhar porque não é Professor. Caso fosse saberia desenhar, cantar, dançar... e tantas outras habilidades. Não falo de desvalorizar a sua função, mas sim, em não querer compará-la à função de um Professor.

      Excluir
    5. Realmente,

      Ser professor não é tarefa fácil mas como sou ATB também reconheço que é grande a nossa responsabilidade e somos sempre desvalorizadas!

      Excluir
  11. Sind-UTE/MG reúne com a Secretária de Educação, Macaé Evaristo
    Ainda em dezembro, o Sind-UTE/MG teve uma primeira reunião com a professora Macaé Evaristo, que assumiria o cargo de Secretária de Estado da Educação, a partir de 1º de janeiro. A reunião aconteceu no dia 23 na sede do BDMG. Na oportunidade, o Sindicato apresentou à nova Secretária, as principais demandas da categoria e os principais problemas da rede estadual, na visão da categoria. Ela afirmou que o compromisso seria de ouvir a categoria e que, em janeiro, já como secretária, reuniria com o Sindicato para os encaminhamentos necessários.
    A reunião com a nova Secretária aconteceu nesta segunda-feira, dia 12 de janeiro, a partir das 10 horas, na Cidade Administrativa. Representando o Sind-UTE/MG participaram a coordenadora-geral Beatriz Cerqueira e a diretora estadual Lecioni Pereira. Da Secretaria, a Secretária Macaé e o assessor Hércules.

    O Sindicato apresentou várias demandas. Algumas já tiveram retorno da Secretária. Outras serão avaliadas. Acompanhe:

    1. Piso Salarial Profissional Nacional e Carreira
    Nos próximos dias será publicado um Decreto do Governador instituindo uma Comissão de estudos para o pagamento do Piso Salarial. A Comissão terá a seguinte composição: Secretaria de Educação, Secretaria de Planejamento e Gestão, Prodemge, Sind-UTE/MG e Adeomg. A primeira reunião deve acontecer ainda em janeiro.

    2. Organização da rede estadual
    A Secretária de Educacão, Macaé, afirmou ser importante estabelecer um planejamento da organização da rede estadual ao longo do ano. Após ouvir a avaliação e propostas do Sind-UTE, ficou acordada a seguinte dinâmica:

    - Ampliação do cargo: os atuais efetivos poderão ampliar o cargo até o limite estabelecido por lei (16 horas de regência/24 hora/aula), corrigindo assim, a enorme distorção criada pela Secretaria a partir de 2013. Esta ampliação já estará prevista na Resolução de Quadro de Escola. Isso atende a uma reivindicação da categoria, que motivou a greve de 2014 e acaba com a precarização de cargos fracionados.
    - Servidores efetivados da Lei Complementar 100: permanecerão com vínculo no Estado através da Previdência Própria até o prazo limite estabelecido pelo Supremo Tribunal Federal, que é 01 de abril. O Sindicato reivindicou que, nos meses de fevereiro e março, haja um esforço redobrado para que sejam regularizados os pedidos de aposentadoria (que continuam sendo negados) e a avaliação médica para possíveis aposentadorias. Na Resolução do Quadro de Escola será mantida regra de vínculo com a rede, de modo que, após abril/15 possam continuar trabalhando.
    - remoção e mudança de lotação: apresentamos à Secretária a situação dos efetivos que estão com a vida funcional paralisada há mais de 5 anos. Relatamos o prejuízo que os atuais nomeados do concurso do edital de 2011 tiveram na escolha da lotação e a urgência de se estabelecer um processo sério e transparente para mudança de lotação. No próximo período para mudança de lotação (1º semestre de 2015), TODOS os cargos vagos serão disponibilizados para os servidores efetivos, inclusive quem está em estágio probatório.
    - Ajustamento funcional: rediscutir toda a política da Secretaria de Educação para o servidor que está em ajustamento funcional. Isso será feito em reunião especifica que deve acontecer em fevereiro deste ano.

    Continua ....

    http://www.sindutemg.org.br/novosite/conteudo.php?MENU=1&LISTA=detalhe&ID=7150

    ResponderExcluir
  12. UM ÓTIMO COMEÇO

    http://www.sindutemg.org.br/novosite/conteudo.php?MENU=1&LISTA=detalhe&ID=7150

    Se continuar assim será um Governo JUSTO com a categoria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara que as promessas de retorno sejam positivas e não apenas uma forma de protelar decisões. Ando escaldado de comissões que são formadas e cujas conclusões nunca aparecem ou quando aparecem em nada ajudam a categoria.Não estamos podendo esperar por definições tardias, a grande maioria viveu educação por longos anos, aposentou-se e nunca tiveram seu sonhos realizados. Eu não quero morrer assim,..

      Excluir
  13. http://www.sindutemg.org.br/novosite/conteudo.php?MENU=1&LISTA=detalhe&ID=7150

    ResponderExcluir
  14. Quero saber o que decidiu na reunião de hoje com representantes de professores e a secretária de educação. Se souberem, repassem por favor.

    ResponderExcluir
  15. LEIA NO SITE DO SINDUTE ESTÁ TUDO LÁ.

    ResponderExcluir
  16. Olá pessoal.Sempre confiro as notícias no site do Deputado Rogério Correia e hoje não consigui visualizar a página.Será algum ataque???Boa tarde.

    ResponderExcluir
  17. Em relação aos pleitos do sindute feitos por ocasião da reunião com a SEE, tenho uma restrição a vinculação entre o sindicato e a nomeação dos superintendentes regionais de ensino. Na minha opinião, a partir do momento que o sindicato passar a indicar nomes para compor o quadro do governo nossa luta vai perdendo legitimidade. O sindicato não deve se opor a qualquer ação de governo, mas também não deve participar de ações de governo. Precisamos de independência para cobrar e estando no governo essa independência vai por água abaixo. Em qualquer setor, seja público ou privado vale a máxima: Patrão é patrão e empregado é empregado é empregado e os interesses são diferentes. Seria ótimo que outras pessoas se posicionassem a respeito desse assunto, inclusive você Euler, gostaria de saber o que você pensa do assunto. Acho que não seria bom para nossa classe e também o indicado ficaria numa posição ei o conflitante entre defender interesses do governo, mesmo que legítimos, e interesses da classe.
    Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo sua fala,mas,decidi ir a BH para participar deste momento importante para Minas Gerais.Votei nos superintendentes mesmo nao sendo filiada.Quero ver o sindicato lutando por melhoras mas,vamos ser mais agradecidos a este pessoal que ,deu o sangue pela nossa classe.

      Excluir
  18. Quem diria heim.... no jornal nacional saiu notícia sobre Antônio Anastasia ex-governador de Minas Gerais e eleito senador, segundo o JN, Anastasia teria recebido um milhão de reais de uma pessoa lá em um apartamento em Belo Horizonte. O dinheiro teria origem da petrobrás. É como diz aquele ditado: "aqui se faz, aqui se paga". Anastasia você vai pagar tudo o que você faz para nós professores de Minas.

    ResponderExcluir
  19. Não consigo aceitar o Cid Gomes como Ministro da educação. Assistir a coletiva dele hoje sobre o ENEM e, sinceramente, ele é horrível e deixa qualquer professor mais desanimado ainda com o futuro da educação. Em um determinado momento ele disse que não entendia muito, pois era Engenheiro, nesse momento eu desliguei a televisão. Intragável isso! Sei que deveria ter uma palavra otimista e que cada um cuida da sua vida e faz o que dela bem entender, mas fiquei tão angustiado que decidi: NÃO FICO MAIS NA EDUCAÇÃO, NÃO É PELO DINHEIRO E NEM PELO PISO QUE NÃO É PAGO, MAS SIM PELA DIGNIDADE DE NÃO CONVIVER COM ISSO.
    Sou professor efetivo concursado em dois cargos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Cid Gomes é péssimo..

      Excluir
  20. Caro Euler,

    Obrigada pelo vídeo, simplesmente fantástico. Sempre que entro no blog dou uma apreciada nesse belo trabalho, que nos mostra que além do destaque na medicina, Cuba também tem uma musicalidade riquíssima. E sua cultura de forma geral, deve ser bastante interessante. O próprio vídeo já evidencia isso, uma vez que o arranjo da música oferece espaço tanto para a orquestra erudita como também para as diversas manifestações musicais populares, onde ambos interpretam com uma gostosa originalidade e com o gingado típico que pulsa no coração dos cubanos.

    Já conhecia o trabalho do grande maestro e violonista cubano Léo Brouwer, e esse vídeo foi uma bela oportunidade de conhecer, apreciar e me encantar com tantos outros valorosos artistas cubanos que tão bem expressam a legítima riqueza musical de seu país.


    ResponderExcluir
  21. Parece que no futuro a APPMG é que vai chamar para greves. Será o fim do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DONA JOANA DARC, APOIAR ILEGALIDADES VAI CONTRA OS PRECEITOS DO EVANELHO.

      Excluir
    2. ANASTASIA, O HOMEM DE UM MILHÃO DE DÓLARES.

      Excluir
  22. Os superintendentes das SRES deve ser os indicados pelos deputados e não pelos escolhidosm pelas plenárias das regionais do SINDUTE.

    ResponderExcluir
  23. Por que o SINDIUT não colocou na pauta nada sobre a progressão e promoção que temos direito a partir de Janeiro?
    Sabe o que acho? O governo já entrou com cara de enrolão e pior, sob a guarda de quem nos deveria defender( SINDIUT MG). Sabem o o que vai acontecer? O piso vai ser aprovado para ser pago em Janeiro de 2019, assim como fez Anastasia deixando as nossas vantagens para serem pagas pelo próximo governo e este pagará se quiser.
    Espero que o SINDIUT leve para a próxima reunião esta reivindicação e pressione o governo a nos pagar pelo menos o que já está em lei. O piso será outra história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como você está correto.Verdade.O posicionamento seria para janeiro de 2015 .Pimentel deveria pagar isso e fechar a conta do último ladrão e depois sim olhar sobre a remuneração do piso.Isso é enrolaçaõ.Goste ou não goste mas isso é para ganhar tempo e economizar mais uma vez nas nossas custas.Até esse piso cair na minha conta, eu já estarei ganhando o mínimo;Não tem jeito mesmo somos e seremos sempre o tal que jogou pedra na cruz.Pimentel pague a última parcela do reposicionamento e depois pense em nos devolver a carreira e pagar o piso.

      Excluir
    2. Derrotista!!! As palavras têm poder... Fico triste em ver um educador torcer contra si mesmo.

      Excluir
    3. O importante é o piso na carreira. Você deve ter votado no PSDB!!!!

      Excluir
    4. no sistema já está a progressão, se vai pagar, aí é outra história, de G FUI PARA P.

      Excluir
    5. Então sente e espere oK?Você verá se sai este ano.Espere e depois volte a dizer se é derrotista.Não adianta tampar o sol com a peneira .Isso vai entrar 2015 adentro.

      Excluir
    6. Esse comentário não é de derrotista, compartilho com ele. Por que ninguém de nossa classe questiona sobre o aumento que o governador está fazendo mil eu uma manobra para não ser votado. Esse blog tem de fazer jus ao propósito a que foi fundado, discutir o problema da educação, não de partidos políticos. Não vi em nenhum momento o colega torcer contra si mesmo. Ele ou ela simplesmente levantou uma questão que estava passando despercebida por nós.

      Excluir
    7. O importante é pagar o nosso, que já temos direito. Quanto ao partido! Que diferença faz PSDB OU PT?' O que está em discussão é a política educacional e a carreira do professor. O governo já entrou querendo nos enrolar, dizendo que o governo anterior não teria deixado recursos para pagar a folha de dezembro. Felizmente foi desmentido a tempo.
      Temos de lutar pelo piso ,mas, não podemos descuidar do que já conquistamos.

      Excluir
  24. o governador pimentel, abre concurso, mas vai empurrando com a barriga a situação dos ex efetivados, faça um concurso correto em que a vaga destes apareçam, esse pessoal da ex lei 100, parecem intocáveis, não concordo em prorrogar essa situação. chega de nepotismo e moleza, a constituição é clara investidura em cargo público só através de CONCURSO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza precisa de concurso, pois você não sabe concordar pessoal, substantivo coletivo, com o verbo parecer.

      Excluir
    2. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK - Adooooooooooooooooooooro. "A gente fomos". KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    3. Que bom!!! Você mesmo ou mesma percebeu o seu erro "... esse pessoal da ex lei 100, parecem intocáveis,...". Sendo que é ... esse pessoal da ex- lei 100, parece intocável. Agora, finalmente entendeu?

      Excluir
    4. Não foi o Pimentel que abriu concurso e sim o governo anterior que deixou a bomba nas mãos do próximo governante.

      Excluir
    5. Não corrigi o conteúdo do que você escreveu, mas o seu erro de concordância. Difícil, hein!!!

      Excluir
  25. DECRETO Nº 46.709, DE 13 DE JANEIRO DE 2015.
    Institui Grupo de Trabalho destinado a promover estudos relativos à remuneração das carreiras dos Profissionais de Educação Básica do Estado que especifica.
    O GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso de atribuição que lhe confere o inciso VII do art. 90 da Constituição do Estado e tendo em vista o disposto na Lei Delegada nº 180, de 20 de janeiro de 2011, e na Lei federal nº 11.738, de 16 de julho de 2008,
    DECRETA:
    Art. 1º Fica instituído Grupo de Trabalho destinado a promover estudos relativos à remuneração das carreiras dos seguintes servidores ocupantes de cargo de provimento efetivo:
    I - Professor de Educação Básica – PEB;
    II - Especialista em Educação Básica – EEB;
    III - Analista Educacional/Inspetor Escolar.
    Art. 2º O Grupo de Trabalho será composto:
    I - Pelo Poder Público, representado pelo titular de cada um dos seguintes órgãos e entidades:
    a) Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, que o coordenará;
    b) Secretaria de Estado de Educação;
    c) Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais;
    d) Secretaria de Estado de Governo;
    e) Secretaria de Estado de Fazenda;
    f) Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais – PRODEMGE;
    II – dois representantes de cada uma das seguintes entidades privadas:
    a) Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais – Sind-UTE;
    b) Associação de Diretores das Escolas Oficiais de Minas Gerais – ADEOMG.
    § 1º Os titulares poderão ser representados, em seus impedimentos, pelos respectivos substitutos legais.
    § 2° O Coordenador do Grupo de Trabalho poderá convidar representantes de outros órgãos ou entidades públicas ou privadas para participar das reuniões por ele organizadas.
    Art. 3º O Grupo de Trabalho, no prazo de noventa dias, apresentará relatório com seus resultados finais ao Governador do Estado.
    Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte, aos 13 de janeiro de 2015; 227° da Inconfidência Mineira e 194º da Independência do Brasil.
    FERNANDO DAMATA PIMENTEL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prepararemo-nos até o fim do ano de 2015 as conclusões ainda não sairão.Antes da eleição tudo era fácil, agora precisa de comissão, precisa de prazo. O que esperavamos era uma resposta mais rápida, mas tudo continua na mesma morosidade. Acho que vou aposentar e morrer sem ver nossa classe valorizada.

      Excluir
    2. Mas a CARREIRA ia ser DESCONGELADA NESSE MÊS. Estão PROTELANDO o descongelamento? Que vantagem teremos nisso? Quais garantias teremos de que esses SUPOSTOS ESTUDOS darão resultados positivos ao nosso PISO SALARIAL NA NOSSA ANTIGA CARREIRA como o SINDUTE nos orientou a OPTAR?
      NÃO TEMOS TEMPO PARA ESPERAR 90 DIAS, Sind-UTE/MG.
      ACELERA ISSO AÍ!

      Excluir
    3. A PRÓPRIA BIA DO SINDUTE, DISSE QUE 90 DIAS É MUITO TEMPO,EM ENTREVISTA AO PROGRAMA CHAMADA GERAL,NA ITATIAIA.

      Excluir
  26. Plantão Inspeção Escolar
    21 min · Editado ·
    DECRETO 46.709/15
    INSTITUI GRUPO DE TRABALHO DESTINADO A PROMOVER ESTUDOS RELATIVOS À REMUNERAÇÃO DAS CARREIRAS DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO BÁSICA DO ESTADO QUE ESPECIFICA ...

    ResponderExcluir
  27. Parece que as coisas estão realmente andando. Para quem não está acostumado com isso até estranha. Que Deus abençoe o Governador e o inspire no caminho de promover a justiça a todos os mineiros.
    DECRETO 46.709/15
    INSTITUI GRUPO DE TRABALHO DESTINADO A PROMOVER ESTUDOS RELATIVOS À REMUNERAÇÃO DAS CARREIRAS DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO BÁSICA DO ESTADO QUE ESPECIFICA... (Plantão Inspeção Escolar).

    ResponderExcluir
  28. Nem estou acreditando! Parece um sonho.
    Enfim o nosso Piso Salarial.
    Se o Pimentel continuar assim, não perderá nenhuma política mais.
    Tem que cumprir o que fala e assina.
    Meu voto valeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você surtou,,Alguém começou a pagar o piso, voltamos antiga carreira com vencimento básico no valor integral do piso,,,,Eu preciso acordar..

      Excluir
    2. Você que é mal educada, isso é jeito de uma educadora escrever. Você é quem surto.

      Excluir
    3. Seu voto valeu...aguarde..o meu também valeu...Fique esperta fomos enganados, ludibriados, passados para trás...Essa é a nossa sina, jogamos pedra na cruz. E por fim, não te chamar de mal educada.

      Excluir
    4. Calma aí, é muito cedo pra dizer alguma coisa. Esta comissão formada agora já poderia ter sido feita antes. Sabe o que parece significar isto, enrolação.

      Excluir
  29. Prazo de 90 dias para apresentar dados do relatorio, mais 90 para estudar os dados, mais 90 para criar lei, 90 para ser votada 120 , 90 ,90, 1 ano para implantar, 6 meses para acetar tudo, e assim se vai o tempo....., nao precisa de nada- piso na antiga carreira e so... - PISO NA ANTIGA CARREIRA - JA ESTA TUDO PRONTO - CHEGA DE EMBROMACAO SINDUTE E GOVERNO - ACORDA PROFESSORADA....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra que tanto prazo assim? Já tá tudo pronto e o Sindute sabe disso. Pra que tempo, chega de enrolação. É pagar e pronto. Nós Professores não aguentamos mais esperar.

      Excluir
  30. O grupo de trabalho destinado a olhar a situação da carreira dos profissionais da Educação deverá apresentar o resultado desse estudo em 90 dias ou seja três meses. Até la vamos ficar sem aumento algum, ou vamos ter o reajuste de janeiro? Olha que é um pequeno reajuste, mas será de grande ajuda, porque nossa situação, até prá comprar os remédios que sobem , tudo mais caro, se tiver que ficar esperando o estudo, depois decretos, leis, nas minhas contas, o governo pode dar o reajuste, que ainda vai faltar muito para completar o que nos foi tirado.

    ResponderExcluir
  31. Cidade Inadministrável14 de janeiro de 2015 17:19

    CONCURSADA RECORRE CONTRA APADRINHAMENTO DOS EX LEI 100, DE NOVO!
    É o que mostra a Professora
    Larissa Mariana
    Hoje às 08:53
    Atenção concursados, Ninguém tem dó de vocês e nem dos efetivos, olha ai o caso dessa professora que entrou com a ação contra os 98 mil efetivados, afinal ela a parte interessada no emprego. Tenho certeza que todos tem conhecimento que apesar do stf considerar a substituição imediata, o governo agora em 2015 continua a segurar as vagas. A NOVA RESOLUÇÃO TA VINDO AI E QUEM VAI CONTINUAR NA PRIORIDADE SEM NENHUMA DESIGNAÇÃO SÃO OS EFETIVADOS LEI 100. _____________________________________________________ inconstitucionalidade (Adin) que pode anular a efetivação de 98 mil servidores do estado de Minas Gerais ganhou mais um ingrediente. Depois de todas as peças de defesa e dos pareceres da Advocacia Geral da União e da Procuradoria Geral da República serem protocolados, uma professora entrou com uma petição alegando que 50 mil aprovados em concurso para o magistério do estado estariam sendo prejudicados pela falta de espaço e seriam beneficiados com a liberação das vagas dos chamados designados da educação. Como parte interessada no processo, Elizabete Pezzo Spinello, que se apresenta como professora desempregada, se manifestou informando ao ministro relator da Adin, Dias Toffoli, que é uma das 50 mil pessoas que prestaram o último concurso para o magistério em Minas e foram aprovadas. “Ocorre que ela não foi empossada porque na cidade de Poços de Caldas, local onde foi aprovada, há vários professores efetivados pela Lei Complementar estadual 100/2007 ocupando os cargos sem concurso público”, diz a petição assinada pelo advogado Vanderlei Spinello Xavier da Silva. E completa: “O mesmo está ocorrendo com dezenas de milhares de professores de Minas Gerais que, embora aprovados em concurso, estão desempregados porque apadrinhados do poder estão ocupando cargos com base em uma lei inconstitucional”.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela está correta e a Lei é bem clara, ninguém poderá entrar em um Órgão Público sem concurso. Esse povo da lei 100 já estavam se achando e querendo até desbancar efetivos.

      Excluir
  32. Quero muito minha carreira acertada.Trabalhei quase 30 anos, aposentei e só recebo 17 anos, que são tempo de efetivo exercício.Só mesmo com professores que isso acontece.Estou com muita esperança, principalmente depois que ouvi a Beatriz falar na Itatiaia.Que DEUS nos proteja!

    ResponderExcluir
  33. Tenho fé em DEUS que irão rever casos irregulares gritantes como o meu, aposentei com 32 anos e valeu para eles 23. Afinal para aposentar precisei de 32 mas não contaram 9 anos de contrato no reposicionamento .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mesmo aconteceu comigo.Aposentei com trinta e me pagam só 17.

      Excluir
  34. Resultado do ENEM, a sociedade admirada com os números em que os jovens não sabem calcular e nem escrever rsrs. Resultado das políticas pra educação: desvalorização do professor, aprovação automática(sem intervenção, pensam que o professor da turma tem que dar conta de tudo), ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De quem é a culpa de todo esse prejuízo na sociedade, principalmente mineira? O PSDB que nunca se lixou para esse fato. Desafiou a classe educadora, ignorou o que se passava dentro da educação. Mas por isso, tomou! Oh coisa boa! Deus é perfeito em tudo. E ainda tem coisa esperando pela turma maldita do PSDB que dilacerou a integridade profissional dos educandos. Espera, que pra ganhar é rapidão; mas para pagar o que se deve a muitas almas penosas, ah, isso vem à cavalo. Vamos observar se essa turma é duro na queda. Deus tarda, mas não falha. Pimentel neles! Espantou todo mundo...vamos queimar pólvora para desinfetar e descarregar minas,

      Excluir
  35. #DecretaPISOnaCarreiraAntigaPimentel . Simples assim.

    ResponderExcluir
  36. Por que o SINDIUT não colocou na pauta nada sobre a progressão e promoção que temos direito a partir de Janeiro?
    Sabe o que acho? O governo já entrou com cara de enrolão e pior, sob a guarda de quem nos deveria defender( SINDIUT MG). Sabem o o que vai acontecer? O piso vai ser aprovado para ser pago em Janeiro de 2019, assim como fez Anastasia deixando as nossas vantagens para serem pagas pelo próximo governo e este pagará se quiser.
    Espero que o SINDIUT leve para a próxima reunião esta reivindicação e pressione o governo a nos pagar pelo menos o que já está em lei. O piso será outra história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também é preciso reduzir urgentemente o número de alunos por sala. Está impossível dar aulas em salas com mais de 40 alunos. Cai muito a qualidade do ensino. Acho que 30 alunos no máximo por sala é um número suficiente tanto para as professoras quanto para os alunos.

      Excluir
  37. Melhorando as informações.Gostaria de saber como fica a situaçâo do aposentado com paridade.Meu posicionamento foi para nível J no cargo da ativa e conforme consta no portal iria para J também no cargo aposentado e sumiram com ele.SOCORRO...

    ResponderExcluir
  38. Piso na carreira antiga, com nossos direitos adquiridos,simples assim!! E tem viúva de Aético Neves, dizendo que preferem continuar com subsídio a ficar com piso proporcional às horas trabalhadas, "sabe de nada inocente" rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E so voltar para quem preencheu o requerimento optando pela velha e boa carreira.

      Excluir
    2. Isso mesmo! Nós que fomos obrigados a engolir esse subsídio, queremos nossa carreira de volta.

      Excluir
    3. Concordo. Carreira de volta com nossos direitos adquiridos urgente.Afastei-me preliminarmente para aposentar em dezembro de 2014 ,trinta e dois anos de magisterio e fui posicionada com vinte e dois.Justica com os 150 mil servidores que optaram pelo vencimento basico e o governo nao respeitou.

      Excluir
  39. Vejam o que ficou para tras.O aumento para o escalão do Pimentel teve 40% de aumento e nós nem ganhamos o final do reposicionamento."Nem que a vaca tussa nós não iremos ter nada e tão cedo." pobre de nós literalmente.

    ResponderExcluir
  40. 407/202 Novo Eldoradowww.planejamento.mg.gov.br/banco-de-noticias-banco/1639-governo-de-minas-envia-para-almg-projeto-de-lei-para-regulamentar-politica-remuneratoria-da-educacao
    Me esqueci .Estou decepcionada.Vou ligar agora para o sindinutil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso e notícia do governo anterior, data de 2014.Não se desespere.

      Excluir
  41. PISO NA CARREIRA ANTIGA - JA - NÃO PRECISA GRUPO DE TRABALHO- E SO VOLTAR O TEMPO QUE JA ESTA TUDO PRONTO NA SEE. ADICIONAR AO ANTIGO CARGO NOSSO TEMPO PERDIDO DURANTE O PRIODO AZIATICO-ANESTESICO.

    ResponderExcluir
  42. Antes da primeira quinzena de seu governo, Pimentel já publicou um decreto para analisar a remuneração dos servidores da educação e ainda tem gente falando mal. Acho que tem gente frustrada do PSDB infiltrada aqui. Quem sabe deve ser gente lá da APPMG... Saibamos cobrar outras coisas também. Por exemplo: salas com mais de quarenta alunos, alunos que chegam a hora que querem nas escolas, fazem o que querem, brigam, traficam, agridem funcionários, quebram tudo dentro das escolas e fica tudo por isso mesmo. O resultado disso são professores doentes, com depressão e um péssimo rendimento no trabalho. Claro que temos que lutar por nossa carreira e nosso piso, é óbvio. Mas há inúmeras outras coisas importantes também para exigirmos desse novo governo. As escolas precisam ser moralizadas. Hoje as pessoas passam na frente de uma escola e têm dó, têm nojo da instituição que vêem. Sabe porquê? Porque as escolas estão desacreditadas, desmoralizadas perante a sociedade. Precisamos resgatar o valor da escola perante a sociedade. Quando as pessoas passam em frente a um Banco do Brasil, de uma Caixa Econômica, de um Fórum, sentem respeito pela instituição.Pelo menos a secretária já pisou dentro de uma escola pública para lecionar e sabe muito bem o que passamos no nosso cotidiano nas escolas. Vamos ver o que vai acontecer já que o sindute agora está tendo voz, vez e lugar e o mesmo já lutou muito em outras gestões para corrigir tudo isso que citei acima. Vamos ver o que vai dar.

    ResponderExcluir
  43. Agora as coisas estão se encaixando né. Primeiramente foi um ex-presidente do PSDB que pagou para não abrir a CPI da Petrobrás. Porque será heim, que um presidente do PSDB não iria querer uma CPI da Petrobrás em um país governado pelo PT? Será que descobririam, com isso, muitos nomes importantes do próprio PSDB no caso? kkkkk, não demorou muito e já apareceu o nome do tal Anastasia, e outros do PSBD surgirão também. Agora dá pra começar a entender as coisas..... Aécio que se prepare pois aqui em Minas tem várias investigações como lista de furnas, copasa, Minas Arena, obra da cidade administrativa, não investimento dos percentuais na saúde e educação e por aí vai. O próprio ministério público já o tinha denunciado durante as eleições mesmo. Quanto mais Aécio e seus comparsas investigam a Petrobrás, aqui em Minas o PT deve procurar tudo sobre Aécio. E eu tenho certeza que vai achar muuuuuuiita coisa errada viu. Dá até para deixar o cara inelegível durante muito tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto mesmo.Professor que entende e outra coisa.Reportagens em jornais podem maquiar uma realidade.E esconder muitos erros destes politicos.

      Excluir
  44. É COMO DIZ AQUELE PHD EM ECONOMIA. PIMENTEL DEVE INSTITUIR O PISO SOMENTE PARA OS EFETIVOS, SENÃO ELE QUEBRA O ESTADO.

    ResponderExcluir
  45. PEB T2 GRAU H, CONTINUAMOS A RECEBER COMO LICENCIATURA CURTA? VOCE QUE ESTÁ NESTA SITUAÇÃO NÃO SE ESQUEÇA DE COBRAR ISSO DO GOVERNO. LIGUE PRA OGE(OUVIDORIA DO ESTADO)EU JÁ LIGUEI E ENVIEI ATÉ UM E MAIL.SINDIUTE POR FAVOR COBREM ISSO DO GOVERNO. SÃO MILHARES QUE ESTÃO NESSA SITUAÇÃO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem muita gente nessa situação.

      Excluir
    2. INFELIZMENTE O GOVERNO QUE OLHAR NÚMEROS. SOU EFETIVADO PASSEI EM UM CONCURSO PRA OUTRA CIDADE(NA MINHA NÃO TINHA VAGA) HABILITEI EM 2007 E GANHO COMO NÃO HABILITADO. QUANDO MAIS PESSOAS NESSA SITUAÇÃO MELHOR PARA O GOVERNO. "MENOS GASTOS" E SÓ FAZER CONTAS!! AQUI NO MEU MUNICÍPIO ELE ECONOMIZA MAIS DE 10 MIL MENSAIS COM A FOLHA.

      Excluir
    3. Quando você tomar posse receberá como habilitado ou como assumir um cargo designado.

      Excluir
  46. O PESSOAL DA LEI 100 TEM MUITO TEMPO DE SERVIÇO E NÃO PODE FICAR PREJUDICADO POR CAUSA DE UM GOVERNO SUJO QUE ARRASOU COM A VIDA DA CATEGORIA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês não vão ficar prejudicados, só vão concorrer ao edital como todo mundo, qual o problema nisso?

      Excluir
    2. Não haverá prejuízo, apenas igualdade de direitos, concorrência de igual para igual como deve ser.

      Excluir
    3. Não estão prejudicados, visto que entraram com este tempo na listagem de classificação. Haverá aulas para todos.

      Excluir
    4. inclusive para aqueles que vivem de bicos? ou isso vai acabar?

      Excluir
  47. No mandato do ex governador ele mandou cartas dizendo que estávamos assegurados e não precisávamos fazer o concurso o pessoal da lei 100.Agora não tem vagas no edital em muitas localidades,como fica a situação desse povo com mais de 15 anos, outros quase aposentando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Basta concorrer junto com os outros no dia do edital e pegar as aulas que estiverem disponíveis como todos os outros, qual o problema?

      Excluir
    2. Professor(a) que acredita em cartinha de governador tem que passar fome.

      Excluir
  48. O POVO DA LEI 100 NÃO PODE FICAR PREJUDICADO SEM EMPREGO COM SUAS CONTAS PARA PAGAR DEVIDO UMA FARSA DO GOVERNO ANTERIOR.VAMOS RESOLVER DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL POR QUE A MAIORIA SÃO PROFESSORES DE MUITOS ANOS DE CARREIRA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem vaga para todos é só ir no dia do edital e concorrer as vagas.

      Excluir
    2. É isso aí! Entrar no Estado sem concurso nem pensar. Eu tive que fazer um concurso para ser efetivo.

      Excluir
  49. FUNCIONÁRIOS DA LEI 100 NÃO VOTARAM EM AÉCIO E CIA. PIMENTEL CONFIAMOS EM VOCÊ NÃO JOGUE PEDRA NA CATEGORIA, PELO CONTRÁRIO RESOLVE DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL PARA NÃO FICARMOS PREJUDICADOS POIS NÃO TEMOS CULPA DE TUDO QUE ACONTECEU.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Votaram em Aécio e cia sim !

      Excluir
    2. Com certeza votaram. Na minha escola eles só faltavam bater na gente.
      Falasse mal do Aécio era comprar briga com o pessoal da Lei 100.

      Excluir
    3. Votaram e ainda fizeram campanha para aecio, agora ficam dando uma de cachorro sem rumo ksksksks.......

      Excluir
    4. Como vc sabe camarada, o voto é secreto.

      Excluir
    5. Pessoa revoltada essa em!!!!!!!!!!!!!!! não pode ser professor(a) espalha coisa ruim no meio e no ambiente, credo. De repente vc será também exclusiva porque vc não quer ninguém no Estado e nem na escola! não seja egoísta filha , uma oração faz bem e acalma os nervos, FICA a DICA.

      Excluir
  50. Finalmente uma luz no fim do túnel. Espero que não seja a chama de uma simples vela, capaz de se apagar com o sopro do vento da demora em resolver as coisas, quando elas são favoráveis ao povo, especificamente aos professores. Oremos.
    Um grande abraço. Fé no que virá!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomará que a solução não fique para 2019.

      Excluir
  51. Boa noite!,,
    Como podemos achar a tabela salarial de professor com subsidio mais atual?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Basta acessar o site da SEPLAG que lá tem todos as tabelas salariais de todas as carreiras do estado de minas.

      facilitando a sua vida... copie o link e baixe o arquivo:

      http://www.planejamento.mg.gov.br/gestao-governamental/gestao-de-pessoas/politicas-de-carreira-e-remuneracao/grupos-de-carreiras?download=1092:educacao-basica-see-fha-fucam-e-cee

      Excluir
    2. Esquece este mal feito pelos PSDBosta, amigo (a), Tabela salarial c subsídio não queremos isto nos nossos contra-cheques nunca mais ESQUEÇA....

      Excluir
  52. Estranho é quando o aumento é para cargos comissionados, deputados, ou outros, não tem estudo nenhum de impacto da folha de pagamento, manda o projeto, que logo é aprovado, mas quando se trata do de pagar o que é LEI, para uma classe importantíssima como os educadores, só para o estudo são 90 DIAS, depois para criar o projeto de lei, mais 90 dias, é tempo demais para uma LEI QUE JÁ DEVERIA ESTAR VIGORANDO DESDE 2008. Haja paciência. Tem dinheiro para todos os aumentos, menos para professores. E não adianta dizer que sou infiltrado, não . Votei no Pimentel, porque ele não condicionou, as promessas que fez de que iria implementar o PISO NACIONAL aqui em Minas. Agiliza estes estudos , e vamos todos começar a receber o piso em nossa carreira, Nós merecemos, e como merecemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com você. Para os políticos os aumentos exorbitantes são aprovados da noite para o dia. Para os professores, essa palhação de grupo de estudos com prazo de 90 dia. Tô perdendo a paciência com essa enrolação.

      Excluir
    2. Uai? Cê perdeu a sua preciosa paciência durante os doze anos de enrolação dos tucanos? E agora? Se ocê perdê a sua paciência, vai fazer o quê? Hein? Ai que meda!!!!

      Excluir
  53. Infelizmente não vejo nenhuma boa perspectiva para os professores. Educação de qualidade parece um sonho distante. Dói profundamente dizer que nossa educação pública é um caos. Os professores ficam sempre à mercê de comissões e infelizmente a corda sempre arrebenta do lado mais fraco. Que Deus tenha piedade de nós.

    ResponderExcluir
  54. Euler, puxa saco dos ex efetivados que não deixa a gente efetivo falar como fomos prejudicados por eles. Será que você também prejudicou algum efetivo?
    Nós aposentados efetivos tivemos nosso tempo de contratado subtraído do tempo de efetivo exercício para que os efetivados passassem a nossa frente nas contagens. E os efetivos que estavam na ativa ficaram excedentes, ficaram e continuam sem férias prêmio, e muito prejudicados. Se temos 28 anos de estado retiram 10 de contratado é como se a gente tem apenas 18 anos. Daí os ex efetivados que tinham pseudos direitos iguais aos efetivos usurpavam sim os cargos dos efetivos. Por isso a Justiça está feita. Cabe ao governador, o sindute , ao ministério público e a advogcacia geral do estado tomar vergonha na cara e corrigir as injustiças. Não será Pimentel que irá dispensar os ex lei 100, e sim o supremo tribunal federal que já os dispensou desde o dia da publicação da ata do julgamento. Sem vergonha foi a appmg e a secretaria do estado da educação do governo da tia nana que não curmpriu o que o stf determinou. Os efeitos prospectivos era apenas e tão somente onde não havia concurso e não era para transformar todos os ex efetivados em contratados automáticamente pois nem sequer documentos de contratados o estado tem deles, apesar de que eles tiveram várias reuniões em hotéis de bh para correr com documentos para fraudar a ordem do stf e se passar por contratados do estado como fez crer a tal gorgonzola desecretária da deseducação de mg.
    Euler,para de censurar os comentário que diz a verdade nua e crua dos ex efetivados pois quem fez o concurso e passou tem direito de tomar posse e os efetivados querem ficar com vínculo para esconder o fato de que nem sequer habilitados para a função eles não o são. E quando abrir o concurso em 01/04/2015 eles não poderam fazer pois não se habilita para uma função em seis meses. Licenciatura Plena se faz em anos e anos de dedicação. A única profissão que qualquer um pode execurar é a de Professor? Pode ser policial, advogado, engenheiro, dentista, enfermeiro, farmaceutico? Agora vai um habilitado professor entrar na profissão deles e veja se consegue. Larga mão de "legislar" em causa própria Euler, votando em que comentário pode ou não pode contra a turma da appmg, psdb, sô maro e ex efetivados pois esse povo todo desgraçou a vida de nós efetivos dos estado de minas gerais. Escrevi tudo minúsculo de raiva mesmo, pois graças aos ex efetivados acoitados por vocês nossa carreira está assim> minúscula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu filho - ou minha filha, você tem que se benzer. Só pode. Que culpa tenho eu se os governos tucanos aprontaram com TODA a categoria, e não apenas com os colegas da então Lei 100? Fiquei quase 10 anos no estado e nunca pude usufruir de férias-prêmio - mesmo já tendo sido publicada. Entrei no estado com salário inicial e depois de quase 10 anos saí como PEBIA, ou seja, profissional em início de carreira, mesmo sendo servidor efetivo. Não é contra o blogueiro que você tem que descarregar a sua ira, mas contra os governos que fizeram o que fizeram, amplamente debatido aqui no blog.

      Todas as posições sempre foram publicadas aqui, salvo os casos de comentários que baixam o nível do debate, que atacam os colegas - para mim todos são colegas: efetivos, designados -, provocando divisão na categoria. Lembro-me durante as nossas greves o quanto uma parte da categoria caía no jogo divisionista do governo tucano e, ao invés de cobrar os nossos direitos, passava a atacar os colegas.

      Nunca deixei de defender aqui os direitos dos servidores efetivos, e de defender também um tratamento decente aos colegas designados, especialmente os mais antigos, que deram a sua vida em prol da Educação pública. Mas, algumas pessoas são muito egoístas, só pensam nelas, e com isso não ganham nada, porque as principais conquistas de uma categoria surgem com a união e com a luta coletiva dos trabalhadores.

      Que interesse há para a causa dos educadores você acusar de forma generalizada a todos os ex-efetivados, ou aos efetivos, ou a outro grupo de trabalhadores? Acrescenta o quê para a luta dos educadores dizer que todos os ex-efetivados votaram nos tucanos? Primeiro que ninguém tem procuração do outro colega para dizer em quem ele votou. Segundo, tal afirmação não é verdadeira, porque houve muitas manifestações, inclusive durante as nossas greves, de colegas então efetivados contra o governo anterior. E, finalmente, essa não é a questão principal, o foco central da luta dos educadores.

      O novo governo já formou uma comissão para negociar oficialmente uma nova proposta especificamente para os educadores - da questão da carreira ao pagamento do piso, entre outras demandas da categoria. É hora da categoria se unir, acompanhar esse processo, cobrar transparência nas discussões - lembram-se que o nosso blog assumiu essa cobrança do sindicato na linha de frente em outra época.

      Até mesmo o prazo de 90 dias para se chegar a resultados, desde que não fique na enrolação, não me pareceu tão fora da realidade assim para um governo em início de mandato. Para quem esperou 12 anos de perdas, é possível sim ter um pouco mais de paciência sobretudo porque são novas as possibilidades de conquistas. Desde que a categoria tenha a capacidade de acompanhar, cobrar, exigir a participação das bases no processo, e que haja transparência.

      Um outro caminho, diferente, é ficar choramingando negativamente, como se tudo já estivesse perdido, como se nada fosse mudar. Olha, para quem pensa assim, aconselho uma terapia intensiva e muita oração. Tem gente que gosta de se punir, de sofrer antecipadamente. É um direito das pessoas. Mas, a categoria precisa de outra coisa, de pessoas que queiram lutar, sonhar e se mobilizar para conquistar, de forma organizada e inteligente, os direitos dos educadores.

      É isso.

      Um abraço a todos e todas os/as guerreiros/as da Educação que nunca deixaram de lutar e de acreditar que é possível sempre avançar nas conquistas.

      Excluir
    2. Tomara que essa comissão constituída consiga, dentro do prazo previsto apresentar alguma alternativa positiva para a categoria. Mas, enquanto isso não acontece, na minha visão, o atual governo deveria ter enviado a assembleia uma mensagem propondo pleo menos a recomposição da inflação de out/2013 até jan/2015 para reparar nossas perdas nesse período sem aumentos, pois já estamos quase chegando ao nosso limite financeiro. Dentro de pouco tempo estaremos passando dificuldades extremas, ou seja FOME. Durante a campanha tudo era simples, agora em tudo é necessário ver o tal impacto financeiro.

      Excluir
    3. o governador Denis, o pimentel, gosta de fazer arte, pra que 90 dias? voce concorda meu caro Coalhada: FALOUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU.

      Excluir
    4. OS EX EFETIVADOS VOTARAM EM MASSA EM AÉCIO E ANASTASIA NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES, A POLICIA VOTOU EM MASSA EM ANASTASIA.

      Excluir
    5. O EX VEREADOR TANCREDO NÉVOA SEMPRE DIZIA: EM POLITICA É DANDO QUE SE RECEBE.

      Excluir
    6. PIMENTEL GOVERNA COM DUAS SOMBRAS EM SEU CALCANHAR, A DUPLA AA.

      Excluir
    7. ELA OU ELE TEM QUE ENTRAR NA INJUSTIÇA MINEIRA, COMO MUITOS ESTÃO FAZENDO, DEPOIS VOCE DÁ UMA OLHADA NO GRUPO PROTESTO CONTRA A LEI 100, NO FACE.

      Excluir
    8. Ela apenas reproduziu o que está engasgado em milhares de professores desse estado.

      Excluir
    9. Concordo com o colega de 16/01 das 12:59, igualar direitos com quem não passou pelas mesmas dificuldades para conseguir o cargo foi um absurdo um verdadeiro abuso com os efetivo, só não concordo com a acusação contra o Euler.

      Excluir
    10. 90 dias? kkk
      Eu acredito...
      Em papai noel!
      Rararara, vai indo que eu num vou.
      Nois sofre mas nois gosta!

      Excluir
  55. ALGUÉM TEM NOTÍCIAS DA RESOLUÇÃO DO QUADRO DE ESCOLA PARA 2015?
    OBRIGADA!
    SE PUDEREM, DEIXAR ENDEREÇO DE ACESSO!

    ResponderExcluir
  56. Lei 21.058/2013 - Reajuste de 5% - Vigência: Outubro de 2013
    24 HORAS
    "NÍVEL DE
    ESCOLARIDADE" GRAU A B C D E F G H I J L M N O P
    NÍVEL

    Ensino Médio T1 1.237,01 1.267,93 1.299,63 1.332,12 1.365,43 1.399,57 1.434,56 1.470,42 1.507,18 1.544,85 1.583,47 1.623,06 1.663,65 1.706,86 1.747,86
    Licenciatura Curta T2 1.309,77 1.342,51 1.376,08 1.410,48 1.445,74 1.481,88 1.518,93 1.556,90 1.595,83 1.635,72 1.676,62 1.718,53 1.761,50 1.805,53 1.850,67
    Licenciatura Plena I 1.455,30 1.491,68 1.528,97 1.567,20 1.606,38 1.646,54 1.687,70 1.729,89 1.773,14 1.817,47 1.862,91 1.909,48 1.957,22 2.006,15 2.056,30
    Especialização II 1.600,83 1.640,85 1.681,87 1.723,92 1.767,02 1.811,19 1.856,47 1.902,88 1.950,46 1.999,22 2.049,20 2.100,43 2.152,94 2.206,76 2.261,93
    Certificação III 1.760,91 1.804,94 1.850,06 1.896,31 1.943,72 1.992,31 2.042,12 2.093,17 2.145,50 2.199,14 2.254,12 2.310,47 2.368,23 2.427,44 2.488,12
    Mestrado IV 1.937,00 1.985,43 2.035,07 2.085,94 2.138,09 2.191,54 2.246,33 2.302,49 2.360,05 2.419,05 2.479,53 2.541,52 2.605,06 2.670,18 2.736,94
    Doutorado V 2.130,70 2.183,97 2.238,57 2.294,53 2.351,90 2.410,69 2.470,96 2.532,74 2.596,05 2.660,96 2.727,48 2.795,67 2.865,56 2.937,21 3.010,63

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha a sacanagem.eu com a plena peb t2 grau h 1.556,90. enquanto deveria ser peb 1 grau h, 1.729,89. como voce pode ser feliz num estado desse e como eu, muitos estão nessa situação.

      Excluir
    2. Carioca Arrependido17 de janeiro de 2015 14:04

      PEB COM PLENA DEPOIS DO PROJETO VEREDAS?
      KKKKKKKKKKK
      HÁ QUE SE APRENSENTAR DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR/LP E O CURRÍCULO, POIS CURSO VEREDAS NÃO É CURSO SUPERIOR FOI MAIS UMA FALCATRUA DO AECIO/ANASTASIA/SEEMG
      É A ADI 2501
      "ADI 2501 - AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE (Processo físico)
      [Ver peças eletrônicas]
      Origem: MG - MINAS GERAIS
      Relator: MIN. JOAQUIM BARBOSA
      REQTE.(S) PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
      INTDO.(A/S) ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
      INTDO.(A/S) AFEESMIG - ASSOCIAÇÃO DAS FUND. EDUC. DE ENSINO SUPERIOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS
      ADV.(A/S) CÁSSIO EDUARDO ROSA RESENDE
      ADV.(A/S) TOSHIO MUKAI "
      http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp
      OS EX LEI 100 SERÃO EX LICENCIADOS POIS CURSO SEM CURRÍCULO, SÓ "PARA INGLES VER" NÃO TEM VALIDADE EM AMBIO NACIONAL.
      SE CUIDEM EX LEI 100 É CRIME CONCORRER A CONVOCAÇÃO COM DOCUMENTO INVALIDO E APROVEITAR PARA FAZER POS, MESTRADO, DOUTORADO E POS DOUTORADO COM DIPLOMA SEM CURRÍCULO É CRIME. SABEM QUE O DIPLOMA DE VOCÊS É SÓ VÁLIDO "DA PORTA DA SALA DE AULA PARA DENTRO" POIS O PROJETO VEREDAS FOI O "JEITINHO" QUE AECIO/ANASTASIA/SEE MG ARRUMOU DE TER TODOS OS PROFESSORES COM PSEUDO CURSO SUPERIOR E FICAR BONITO NA LDB. Se vocês estão espertos levando essa farsa adiante vão agravar o crime de vocês e haja cadeia para caber todos depois.
      Fica a dica!

      Excluir
    3. O crime de quem é estudado, conhece as Leis e finje de bobo dando uma de espertinho chama- se FALSIDADE IDEOLÓGICA.

      Excluir
  57. DCM
    Não há como comparar Murdoch com os barões da imprensa brasileiros

    Postado em 16 jan 2015por : Paulo Nogueira

    Murdoch com a ex-editora do Sun, Rebekah Brooks

    Murdoch é muito diferente dos nossos barões de mídia.

    Respeito Nassif como jornalista, e reconheço nele o pioneirismo, ao lado de Paulo Henrique Amorim, em erguer consistentemente na internet uma voz alternativa ao conservadorismo petrificado das grandes empresas de mídia.

    Mas Nassif tem comparado Murdoch aos barões brasileiros em suas práticas, e nisto ele está completamente errado.

    A única semelhança que os une é a ideologia de direita.

    Murdoch, ao contrário dos Marinhos, dos Civitas e dos demais, jamais encontrou mamatas públicas em seu caminho.

    Não foi bafejado com reserva de mercado, com eternos Mensalões na forma de verbas publicitárias governamentais, com financiamentos de bancos oficiais, com a compra cativa de livros editados pelas empresas de mídia, com concessões – e por aí afora.

    Foi, e é, um empreendedor que correu o tempo inteiro riscos. E, diferentemente dos barões brasileiros, é jornalista: sabe escrever, sabe fazer reportagem, sabe o que é manchete e o que não é nada.

    Ele herdou um pequeno jornal de seu pai na Austrália e construiu um império mundial sem ganhar nada de graça.

    Instalou-se na Inglaterra no final dos anos 1960, e enfrentou desde logo uma competição feroz num mercado extremamente disputado.

    Foi malvisto desde o início pelos rivais, em boa parte por ser australiano. (A Austrália era uma colônia usada pelos ingleses para despachar presos.)

    Graças a sua competência executiva e jornalística, ele se tornou o maior nome entre os donos de empresas de mídia na Inglaterra.

    Com o Times, jornal clássico, e com o Sun, tabloide aguerrido, ele foi ganhando mais e mais espaço.

    O melhor exemplo dos riscos que correu veio na década de 1980, quando decidiu entrar na tevê por satélite, com uma empresa que batizou de Sky.

    Era um negócio caríssimo, e o retorno se mostrou bem mais demorado que o previsto por Murdoch.

    Ele quase quebrou. Não tinha como pagar as dívidas que fizera com os bancos – privados, e ávidos por recuperar o que tinham emprestado a Murdoch.

    Sem outra saída, ele foi obrigado a se associar ao rival em tevê por satélite, a BSB, igualmente em apuros. Dali surgiria a BSkyB.

    Só muitos anos depois Murdoch teve os meios de comprar a parte que não era sua. Só não comprou porque, com o escândalo de um outro tabloide seu, o News of the World, o governo inglês decidiu proibir a operação.

    Sempre correndo riscos, Murdoch acabou deslocando da Inglaterra para os Estados Unidos a sede de seu conglomerado.

    Comprou marcas consagradas como a Fox e, no papel, o Wall Street Journal.

    Nada em sua jornada é parecido com os privilégios dados, no Brasil, a três ou quatro famílias.

    É um empreendedor de verdade, e também um jornalista em condições de discutir jornalismo com qualquer de seus editores de qualquer plataforma.

    De que barão da imprensa brasileiro se pode dizer o mesmo?

    ResponderExcluir
  58. E PIMENTEL TÁ QUE CRIA SECRETARIAS PARA ACOMODAR A COMPANHEIRADA.

    ResponderExcluir
  59. SERÁ QUE IREMOS RECEBER EM FEVEREIRO/15 RETROATIVO Á 10/13.?????

    ResponderExcluir
  60. VOCE IMAGINA ALGUÉM COM DOUTORADO LECIONANDO EM MG, SÓ LOUCO.

    ResponderExcluir
  61. Euler que bela resposta sua das 23:35 que você escreveu. Você disse tudo correto,eu mesma com 23 anos na função sou efetivada,fiz greve respondi processo não tenho medo, pelo contrário as colegas efetivas na minha escola tinham medo da greve, quando a gente chamava para a luta dizia: eu não vou entrar porque quando eu aposentar vai dar um trabalho, fulano chegou a hora de aposentar e teve que ficar mais tempo devido a greve, inclusive paralisações não faziam nem uma. Eu mesma tenho saldo de 3 meses de férias premio mas não tive oportunidade de tirar,fiz pedagogia e complementação de supervisão e orientação até hoje não mudaram o meu grau de escolaridade.Votei no Pimentel e não tenho medo.Ajudei as pessoas no período de greve,inclusive Euler eu mesma depositei ajuda naquela conta que você postou no período da greve para ajudar os colegas e aí vai eu quero é melhoras para todos mesmo sendo efetivada. Então eu não quero ficar prejudicada por que eu lutei, espero que as pessoas não julguem as pessoas da lei 100.Até a nossa vitória!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou efetivada ou ex-efetivada, não importa, sou PROFESSORA fiz greve 120 dias corte nos salários, enquanto colega efetivo ficou em sala e ainda entrou no meu lugar como contratado, recebeu salário que nunca recebe e nem por isso mudou algo em nossas vidas, muito pelo contrário fortaleceu muito mais o meu profissional. Parabéns Euler por defender a nossa classe de TRABALHADORES indiferente de grau em que se encontra no Estado mas como PESSOAS merecedoras de respeito , somos EDUCADORES TRANSFORMADORES e acredito em dias melhores, com todos em seus devidos lugares para trabalhar. O SOL brilha para TODOS .FÈ E MUITA LUTA sem maltratar e prejudicar outro.

      Excluir
    2. Pessoas julgar lei 100? Como assim cara pálida? Quem julgou foi o famoso JOAQUIM BARBOSA JUIZ DO STF e disse: RUA IMEDIATAMENTE onde há concursado para assumir. Qual parte disso você não entendeu? Os efeitos prospectivos são apenas e tão somente onde não houve concurso: AS TIAS DA CANTINA E DA LIMPEZA, PROFESSORES DE ENSINO RELIGIOSO. Ou me enganei?
      Vocês falam mal de ah é sim, mas não se diferem dele pois só querem levar vantagem em tudo. Vá fazer concurso e pare de mimimi.

      Excluir
    3. A parte que não entende..........é que vc é uma egoísta e se acha dona da razão e do mundo, enquanto se diz professora deve ser uma fracassada e cheia de recalque para ofender tanto assim o outro como se passar em concurso te faz melhor ou superior ,conheço em nosso meio pessoas bem mais.....e são educadas e não se presta a este comportamento duvidoso como o seu , quanto a passar no concurso já passei e não fico me achando, deve ter passado bem loooooooooooooonge de ser chamada, no próximo estuda mais um pouquinho para ser a primeira.

      Excluir
    4. Esse povo da Lei 100 acorda para a realidade! Vão fazer um concurso.

      Excluir
    5. Resposta:

      "deve ter passado bem loooooooooooooonge de ser chamada"
      Pessoa, já sou aposentada no cargo um e faltam uns 3 anos para aposentar- me no segundo cargo.
      Concursadíssima , aprovadíssima entre os dez primeiros lugares, e petitissíma. Mas se vocês ex lei 100 ficarem no lugar dos novos concursados NÃO VOTAREI MAIS NO PT* NEM QUE A VACA TUSSA. Porque? Vocês ex lei 100 tem mania de atirar pra todo lado, usurparam direitos dos efetivos sim, mas a verdade que dói é que para ser FUNCIONÁRIO DO ESTADO DE MINAS GERAIS só passando em concurso. Elegemos PIMENTEL para DESBANCAR vocês./E Pimentel vai trair os efetivos ativos e os efetivos aposentados? Nós conseguimos fazer valer a CONSTITUIÇÃO FEDERAL. De resto, só posso lhe dizer o mesmo que falamos para o ah é sim: O CHORO É LIVRE!

      Excluir
    6. Continua chorando linda já que o choro é livre, pois nada do que foi será um dia e em breve quero ver vc chora do mesmo jeito que outros , a espero do nada como sempre.pois a vitória de muitos talvez é

      Excluir
  62. Eu não entendo tanta gente falando contra o novo governo de Pimentel. Enquanto Anastasia nos seus primeiros dias estava fazendo cortes pra cima da gente, Pimentel, já na primeira quinzena de seu governo, publicou um decreto para analisar nossa carreira e remuneração. Estamos saindo de um ciclo de 12 anos de exclusão e querem que a situação se resolva em menos de 90 dias. É simplesmente um absurdo! O novo governador ainda não tem informações suficientes de todas as secretarias e do caixa do estado, tanto que o mesmo já pediu uma auditoria. Tanto o governo, quanto cada um de nós, sabemos que o estado pode e deve pedir ajuda financeira para nos pagar o piso. E, cá pra nós, Pimentel com certeza fará isso sim. Dilma já disse que o lema de seu novo mandato será "Pátria educadora", e além do mais tem recursos do pré-sal. Ou seja, elementos a nosso favor não faltam. O que está faltando é paciência da parte de alguns aqui no blog. Quem sabe são amigos do Aécio/Anastasia do um milhão de reais, kkkkk? Ou quem sabe é gente lá da APPMG? Brincadeira é claro, kkk. Nem Jesus Cristo agradou a todos, por isso, sigamos em frente, participando, cobrando, e apoiando o nosso sindicato, pois é ele, que bem ou mal, tem legitimidade para nos representar legalmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem tem que ter as informações não é Pimentel e sim a advocacia geral do estado e todas as informações estão no site da seplag mg e da see mg. Pare de querer nos enrolar, nós não somos bobas. Isso ele fica sabendo em 48 no máximo em se havendo vontade política. Como você pensa que ele dá aumento aos políticos, a ele e aos outros cargos do primeiro escalão? Acorda.

      Excluir
    2. Dilma deu ao Brasil o título de pátria educadora e deu um corte de 600 milhões na educação. E ainda levou a sério isso?
      kkkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Vou dizer sinceramente que aqui tem tanta gente que finge de bobo porque não é porque falamos a verdade que somos ou torcemos pelo PSDBOSTA .Não confunda as coisas .Isso é somente bobeira dizer que , se achamos ou pensamos diferentes , votamos ou torcemos para esse fúnebre partido ou que torcemos para o cambaleante aecim.Não eu também acho que o Pimentel poderia já entrar e colocar todos os órgãos afins para olhar nosso minguado salário.Veja o escalão dele.Já de entrada, ganhou 40% de aumento.Se ele quisesse mesmo fazer, ele poderia já ter feito muito no dia em que estava com a equipe na transição do governo.Votei no PT em tudo.Mas acho que teremos que esperar ou fechar as escolas.Se alegam que nós somos milhares e não há dinheiro para pagar professor, então feche as escolas .Deixe o povo cada vez mais analfabeto.Tenha um país como está esse Brasil.Uma baderna total.Tudo começa pela educação.Políticos safados é o que tem nesse país.Não adianta dizer que ele entrou a apenas dias .Nós estamos sofrendo a anos e ele sabe disso.Agora também estou muito decepcionada com o corte da educação que a Dilma fez.Mais ainda o que o digníssimo Rogério Correa tentou mostrar , dizer no final do ano passado.Ele disse que nós não teríamos o pagamento em Janeiro porque o estado não tinha dinheiro e foi desmentido pelo então ex governador.Tinha em caixa dinheiro suficiente para o nosso pagamento em janeiro.tanto que recebemos.Não dá para acreditar muito mais em nenhum político.Tudo cheira a corrupção e ladroeira.Enfim esse país não tem jeito.Não venham me dizer que eu sou isso ou aquilo pois eu não sou .Eu apenas vejo as coisas e tiro as conclusões óbvias.Quem não quer enxergar que siga em frente na ilusão de que teremos isso ou aquilo.Eu sou realista e com todas as atitudes e notícias que leio , tirei minhas amargas conclusões.Quem não enxerga é quem não quer ver.Escalão 40% sem nenhum estudo.E nem precisava pois eles já ganham milhões.Por favor Euler publica meu comentário.

      Excluir
    4. Penso que precisamos manter nossa indignação sim. Afinal, foi ela que nos uniu par tirar o governo anterior. É bom que saibam que estamos de olho. Não nos mobilizamos para permanecer na mesma situação. A cobrança tem que ser constante sim, e isso não quer dizer que estamos contra o governador que ajudamos a eleger, e sim, que temos consciência de que nossa classe não pode esperar tanto tempo mais. O argumento de que ficamos doze anos reféns de um governo que nos humilhava e nos tratava como inimigos não pode ser usado para dizer que agora temos de ter paciência. Mobilizamo-nos justamente por que tínhamos pressa e nenhuma reivindicação sensibilizava o (des)governo passado. Caso fiquemos sem cobrar nada, corremos o sério risco de ficar aceitando desculpas e mais desculpas, simplesmente por que elas vêm daqueles que representam o partido pelo qual trabalhamos. Antes de pensar em partidos e governos, temos de pensar em nossa dificílima situação salarial e mantermos marcação cerrada para que os governos, sejam eles de que partido forem, estejam sempre cientes de nosso poder de mobilização.

      Excluir
    5. É......na verdade o que mais estamos vendo é a nossa classe afundar. Muita gente, muita mesmo, já encara a profissão de professor como um bico, uma alternativa para quem não conseguiu coisa melhor. O que vai acontecer depois desses 90 dias de análise é que o governo dará aumento salarial sim ! Vai dar uns 200 reais de reajuste e a maior parte da categoria ficará satisfeita e grata, pois já se acostumou com migalhas. Apenas isso

      Excluir
  63. Quem fala contra o nosso novo governador, está claro meu povo, são os bicos(PSDB) aqui no blog. Os que carregaram Pimentel para a vitória na raça, acreditam e esperam com serenidade e confiança. Já os outros, juntam com a indignação da derrota e ainda querem afogar o homem no seco. Mas não vão conseguir, até porque o Pimentel é digno, humano, competente, responsável, e mais...não bebe cachaça e nem faz uso de remédio faixa preta.

    ResponderExcluir
  64. http://www.hojeemdia.com.br/noticias/politica/tre-volta-com-pedido-de-cassac-o-de-pimentel-na-pauta-1.293640

    ResponderExcluir
  65. Chora tucanalhas, vocês perderam a eleição. Viva a educação mineira!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As viúvas de Aético Never estão sofrendo tanto!! O luto demora um pouco, mas passa. Tenham paciência e não encham o saco de quem lutou pra enterrá-lo.

      Excluir
    2. Pimentel até agora está honrando meu voto, as mudanças de lotação já estão acontecendo!!! Sei que nossas necessidades são muitas e deve levar um tempo para que ele coloque a casa em dia, inclusive atendendo todas as nossas reivindicações.

      Excluir
  66. Quando é que esse governo vai mandar atualizar aquele Portal do Servidor? Até hoje lá consta que o governo vai pagar o 13º salário.

    ResponderExcluir
  67. Vocês acreditam mesmo que o Pimentel vai dar aumento salarial para os professores?

    Fiquem esperando.

    Daqui uns trinta dias vocês começarão a perceber.

    ResponderExcluir
  68. Me desculpem, vejo aqui muitas opiniões versando sobre os mais diversos aspectos. Vou deixar de hipocrisia, no momento a única coisa que me preocupa é a melhoria do salário.Vivo do meus vencimentos de professor e tudo aumenta, meu aluguel, o preço da gasolina, da água, da luz e somente meu salário está estagnado. Lógico que muita coisa precisa mudar na educação em MG, mas primeira mudança precisa ser a elevação de nossos vencimentos. A cada mês tenho maiores dificuldades em manter minhas contas. Não tenho um centavo de reservas, caso enfrente algum problema de saúde ou outro somente me resta recorrer ao sistema público de saúde, ao nosso maravilhoso IPSEMG ou morrer. Estou cansado de tanto sofrimento. A cerca de alguns dias minha filha me cobrou uma viagem de férias, mostrei meu extrato bancário do mês de janeiro pra ela, o mês ainda no meio e apenas R$967,00 na conta. Ela olhou, me abraçou e foi pro quarto. Mas, na visão dos governantes, somos muitos, resultamos em grande impacto nas contas do governo, precisamos ter paciência. Assim,vamos constituir comissões, dar um prazo para análise, depois mais 90 dias para verificar se o relatório tem consistência, depois mais um prazo para estudar a criação de uma lei e enquanto esses prazos vão se ampliando, minha filha vai pro quarto e chora.
    Desculpem o desabafo. Mas, estou no meu limite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senti tocada por seu depoimento. Como toda uma categoria profissional pode ficar um ano sem aumento? Esses governos, sejam de quais partidos forem, são terríveis. Na campanha, EDUCAÇÃO, SAÚDE, SEGURANÇA. No governo, aumento para os companheiros, jetons, auxílio moradia para juízes, 40% de aumento para governador, vice, deputados, juízes, secretários, etc , etc. Ainda tem professor que acredita em política. Já sou aposentada e fiquei 40 anos como professora no estado de Minas.Já vi de tudo. Já tive piso de 5 salários mínimos, acreditem na época do Newton Cardoso. Agora meu subsídio de PEB II P, com mais 60% de aula facultativa dá 2261,00. Minha vantagem pessoal cai a cada ano. Toda vez que mudava o plano de carreira, eu que estava no grau máximo, voltava para o primeiro, no máximo no segundo. Passei por vários planos de carreira.
      Aceitem um conselho de quem não tem mais esperança. Saiam da educação. Vocês são jovens, tem uma vida toda pela frente, seus filhos precisam de vocês. Não confiem em político. Vocês vão chegar na minha idade muito tristes e decepcionados. Um abraço.
      Em tempo: não confio nas superintendentes indicadas pelo NOSSO SINDICATO.

      Excluir
    2. Não sei se tem professor que ainda viaja nas férias.Tem muito tempo que não saio de casa, o dinheiro não está dando para pagar as contas do mês, como viajar??? Ficar nas costas de parente?? Só Deus pra nos ajudar.

      Excluir
    3. Amigo das 23;00 do dia 17/01/15, tb não entendo pra q tanto este prazo, se ta bem claro q é necessario, urgente pagarem o nosso Piso na carreira, pq a gente não aguenta mais receber este salario de fome. Já ficamos tempo demais pagando salarios milionarios de políticos, juizes, desembargadores. Sim, agora é a nossa vez, a pioridade, caso o Governador honrar o prometido, o mais rápido possível. Q os Anjos dizem amém.

      Excluir
    4. Maria Helena,
      Li suas palavras e concordo com você. Narrei o caso de minha filha apenas para desabafar. Não sei nem o que cobrar de um governo, pois nunca, em tempo algum, alguém abriu as contas e mostrou o que era possível fazer. Partindo de algo que já li, se o Estado provar que não tem condições de pagar o piso salarial a União deveria complementar, assim sendo abrir as contas seria a solução. Você acredita que vai acontecer? Infelizmente estamos caminhando para ouvir as mesmas mentiras ouvidas em outros governos. Enquanto isso, vou repetir, terei que ver nos olhos de minha filha a lágrima que escorre por não ter chance de férias alegres, diferentes e dignas. Na minha cidade, o máximo que professores conseguem fazer em férias é hospedar-se em casa de parentes ou ir a Guarapari em uma excursão com 50 pessoas que ficarão em uma única casa. Uma "delícia": 50 pessoas, 5 banheiros e 7 pessoas por quarto e nem nessa pude ir,,
      Um abraço colega Maria Helena

      Excluir
    5. Professora, não viaja é nunca.
      Com esse salário passa fome, não dá nem para as despesas, quem dirá prá viajar.

      Excluir
    6. Para quem tem família, as despesas são enormes e o salário, oh!
      - Aluguel;
      - Alimentação;
      - Farmácia;
      - Transporte;
      - Educação dos filhos;
      - Empréstimos consignados;
      - Luz, água e celular;
      - Outros, outros e outros...
      *** ROupas só as ganhadas, já faz tempo.

      Dignidade!

      Excluir
    7. Eu conheço muito professor (a) que, para manter as contas em dia, desenvolvem atividades paralelas. Alguns vendem Avon , outros consertam aparelhos eletrônicos em casas de clientes... um amigo meu, que passa muita dificuldade por ter um filho deficiente, vende dvd pirata e outro amigo trabalha, em meio período, como boy em uma imobiliária. Fora umas duas outras atividades paralelas que não posso mencionar aqui por respeito ao blog. Parece piada, mas infelizmente não é.

      Excluir
  69. Vamos entrar em greve no primeiro dia de aula,motivo o não cumprimento do governo quanto a devolução da nossa carreira,porque 90 e não 30 dias.Somos obrigado a aceitar a primeira oferta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e o premio de produtividade?ninguém fala mais nada? será que todos esqueceram?

      Excluir
    2. EU PREPARO UMA CANÇÃO QUE FAÇA ACORDAR OS HOMENS E ADORMECER AS CRIANÇAS.(CDA)

      Excluir
    3. Será que teremos que aceitar a primeira proposta do governo?
      Será que "eles" vão oferecer de retornar com a carreira em 2019?

      Excluir
    4. O Estado está quebrado, carreira de volta só em 2019.

      Excluir
    5. E o reajuste salarial de 5% em 2013 e 2014?

      Vamos ficar sem estes reajustes?

      Excluir
    6. O Estado não cumpre a sua parte.

      Excluir
    7. Nem quero saber de Estado quebtado. Quebrada está eu, q não consigo nem chegar no meio do mes c este salario pra lpa de defasado. Essa é a vergonha nacional

      Excluir
  70. 33 anos do massacre dos campos de refugiados de sabra e chatila, no Líbano, por trás dessa barbarie ariel sharon, e os EUA, aquela imagem de bebes enfileirados,mortos me pertubam a mente até hoje, para sempre, a minha vida aquelas imagens vão marcar. Meu deus, meu deus pra que aquilo? Oro, acendo uma vela, o que mais posso fazer?

    ResponderExcluir
  71. O Pimentel não será aquela BRASTEMP para os professores(as).
    Muito em breve vocês perceberão.

    ResponderExcluir
  72. Euler e demais amigos, esse papo de que o Pimentel pode ser cassado procede ? Além de ler um comentário sobre isso aqui no blog, escutei de alguns jornalistas aqui da minha cidade. Fiquei preocupado, pois eu espero que ele melhore algumas coisas, ainda que poucas, para a nossa classe.

    ResponderExcluir
  73. Calma galera, pelo menos o novo governo está mais aberto ao diálogo. Se não conseguirmos melhorias; teremos que nos reorganizar para a luta. O momento é de esperar passar esses 90 dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 90 dias?????????????????
      NEM QUE A VACA TUSSA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
    2. Só diálogo não basta.

      Queremos resultados.

      Pimentel precisa mostrar para que veio, ou nós vamos mostrá-lo como vai sair.

      Excluir
  74. Alguém postou aqui que os efetivados vão permanecer na escola com o Vínculo. Mas e os que fizeram Concurso? O correto seria seguir a lista do Concurso já que o mesmo foi prorrogado.Se alguém souber de alguma coisa a respeito me responda por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os efetivados terão só até 1º de abril, como mandou o STF, palavras da Macaé. Os únicos que permanecerão é o pessoal da limpeza, porque não houve concursos para eles. Gente vamos cair na real, essa Lei 100 caiu, acabou.

      Excluir
    2. Os ex-efetivados são ESPECIAIS, têm cadeira cativa e vagas reservadas.

      Excluir
    3. O governo de minas continuará no mesmo erro do governo anterior.

      Dará prioridade ao pessoal ex-efetivados, ou melhor os SEM CONCURSOS.

      Isso é justo????????

      Excluir
  75. Atenção!
    _____________________________[1]
    Efetivados permanecem na escola por vínculo até abril - data em que completa-se um ano de publicação da ata do STF. Após essa data, os efetivados permanecerão na escola, mas sem garantia que seus cargos sejam preenchidos por concursados. Quanto ao regime previdenciário, este também muda após abril. Portanto, os efetivados devem estudar para o próximo concurso caso queiram pertencer ao quadro funcional do Estado. Para ser efetivo é preciso cumprir o hall taxativo... ser aprovado em concurso, nomeado, empossado, cumprir estágio, probatório (que implica em três avaliações positivas) e, finalmente, conseguir a estabilidade. Vale lembrar que NINGUÉM É DONO DE CARGO PÚBLICO. Efetividade diz respeito ao cargo. É um erro crasso dizer que fulano, beltrano ou ciclano é efetivo. Logo, é o cargo público que você PREENCHE que lhe dá a estabilidade e não efetividade. Tanto é que, se você for improbo ou for reprovado em três avaliações de desempenho, é exoneração na certa.
    ___________________________[2]

    Pimentécio ou SINDUTE não devem ser responsabilizados pela aberração desse "trem da alegria" que demorou a descarrilar. O problema é que as pessoas ingressam no serviço público e sequer sabem dos seus direitos ou deveres. Lei 869 e tantas outras não são exigidas nos concursos. Daí a confusão armada!
    _________________________[3]
    Alguém ai conhece policial civil ou militar efetivado?

    Feliz 2015 a todos!

    ResponderExcluir
  76. Em plena era da informação, da tecnologia, 90 dias é tempo demais para análise de contas do governo, não acham? Não temos prazo para pagar tantos impostos e reajustes de início de ano! Queremos, pelo menos, o que já estava previsto para a nossa categoria para esse início de ano e continuar lutando pelo nosso Piso Salarial incansavelmente.

    ResponderExcluir
  77. Eu votei em Pimentel mas não podemos misturar as coisas. O grupo de estudo nesses 90 dias deve sinalizar a data do pagamento do prêmio por produtividade, o retroativo que ficamos sem receber e os 4,5%. Em seguida como ficara a Nova Carreira com o piso nacional.

    ResponderExcluir
  78. Plantão Inspeção Escolar
    LEI 100

    Servidores ficam até 1º de abril

    PUBLICADO EM 12/01/15 - 22h45
    GUILHERME REIS

    Segundo a presidente do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE), Beatriz Cerqueira, o governo se comprometeu a manter os servidores efetivados pela Lei Complementar 100 até o dia 1º de abril.

    Os funcionários enquadrados na legislação – considerada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e que efetivou os trabalhadores em cargos comissionados – permanecerão com vínculo no Estado por meio da previdência própria até essa data e, depois, podem continuar trabalhando, mas entrarão em outro regime previdenciário.

    Normas. A secretaria prometeu publicar o quadro-escola no próximo dia 16. A medida, que define o número de funcionários, turmas e turnos de cada unidade de ensino e as regras para a contratação de designados, deveria ter sido publicada em dezembro, mas a mudança de governo atrasou o trâmite.

    O Sind-UTE pediu ao governo que o quadro-escola contemple a reabertura das classes noturnas, o retorno dos professores habilitados de educação física e ensino religioso nos anos iniciais e o aumento do número de auxiliares de serviços da educação básica, dentre outras demandas da categoria.

    Troca

    Cobrança. O Sind-UTE exigiu a exoneração dos atuais superintendentes de Educação e a nomeação de novos. O governo do Estado prometeu publicar a medida até o fim de janeiro.

    ResponderExcluir
  79. Pessoal a vaga dos efetivados não foram lançadas no concurso, então podem ficar tranquilos. Agora no próximo concurso sim, mas nem todas as escolas. Mantenha calma pessoal vai dar tudo certo para todos.

    ResponderExcluir
  80. Estou numa pindaíba danada, resultado dos últimos 12 anos de perdas irreparáveis. Sempre lutei contra o desgoverno ribanceira abaixo do psdb/bosta. Agora, cobrar do governo atual, com 19 dias de administração, os desmandos de 12 anos é demais. As melhorias virão. Vamos dar um tempo, para que isto possa acontecer. Será que muitos que estão criticando tiveram a mesma postura durante o desgoverno passado???????????????

    ResponderExcluir
  81. Chora tucanalhas safados que perderam a boquinha dos milhões desviados da educação e da saúde mineira. Vocês merecem cadeia!!!!!!!!!!!!! e pelotão de fuzilamento!!!!!!!!!!!!! SAFADOS. Imaginem aecinho do pó e o anasta, filhote do coisa ruim, atrás das grades.

    ResponderExcluir
  82. Na Indonésia fuzilaram um brasileiro por causa de 16 quilos de cocaína. E a meia tonelada de cocaína pura financiada pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais? Quem está preso? E o helicóptero? São coisas da antiga administração!

    ResponderExcluir
  83. MULHER APAIXONADA E PROFESSOR DE MG, ACREDITAM EM QUALQUER PROMESSA.

    ResponderExcluir
  84. Pimentel não seja o Agnelo de amanhã, por favor.Mas que lambança aí no destrito federal,heim Agnelo, mas que lambança.

    ResponderExcluir
  85. Carioca Arrependido19 de janeiro de 2015 09:58

    Euler, por favor publique e deixe os companheiros julgarem, eles tem direitto de saber de tudo.Obrigada.
    Atenção:
    Companheiros efetivos da ativa
    Companheiros efeitivos aposentados
    Vamos dar um ultimato ao SINDUTE/MG para COBRAR legalidade do PT* Pimentel no sentido de dar posse imediata aos novos efetivos e dispensar os ex efetivados imediatamente. Saímos da APP-MG para fundarmos o SINDUTE/MG por ser o primeiro sindicato não combativo na época e só organizar viagens e festinhas e apoiar erros do governo deixando a categoria a margem dos acontecimentos por isso agora não podemos apoiar ilegalidades do sindicato fundado. Vamos sair do SINDUTE/MG caso ele não cobre postura legal, dentro do que manda a LEI pelo senhor Governador. Quem apoia ilegalidades é corrupto também e FUNCIONÁRIO PÚBLICO não pode ser conivente com isso. Vamos ligar, mandar e-mails ou ir a sede do SINDUTE/MG pois para apoiar ilegalidade basta a margarida da APP-MG, ao menos é um sindicato mais humilde. No meu caso se for necessário eu retorno para a APP-MG só para mostrar ao SINDUTE/MG que estou odiando ele apoiando atitudes ilegais do novo governo.

    ResponderExcluir
  86. Sofressores!
    assista ao vídeo em que Bia Cerqueira - dirigente do SINDUTE e presidenta da CUTMG -,fala sobre acordos firmados com o atual executivo durante o pleito de 2014, perspectivas e críticas contudentes em relação ao PSDB.

    Segue o link: http://inconfidencias.com.br/beatriz-cerqueira/

    ResponderExcluir
  87. Liberar remoção e mudança de lotação sem poder fazer movimentações sobre os cargos ocupados pelos ex-efetivados de nada adianta. As vagas ocupadas por eles continuam indisponíveis para os efetivos de 10, 15, 20 anos de estado, e que estão, exatamente por causa dos ex-efetivados, lecionando longe de suas casas. O estado deveria ter cancelado temporariamente o último concurso e completado os cargos dos efetivos que estão com cargos reduzidos, fazer mudança de lotação e remoção. Depois da vida de todos os efetivos resolvida, aí sim, fazer um novo levantamento de vagas, mas agora, seriam vagas reais mesmo, e jogá-las no concurso. Após isso o concurso estaria liberado novamente. O estado está liberando aos poucos nossos direitos mas, está fazendo isso ao acaso, sem analisar direito o que realmente deve ser feito. Se continuar do jeito que está, vamos continuar sendo prejudicados novamente, mesmo tendo décadas de serviço. Eu mesma pedi mudança de lotação para uma escola aqui pertinho de minha casa e vamos ver se farão para as vagas que os ex-efetivados estão ocupando. Se não fizerem de nada terá valido para nós, efetivos de muitos anos, essas movimentações.

    ResponderExcluir