sábado, 24 de janeiro de 2015

Porque hoje é sábado e ontem choveu em Vespó, vai aí um novo post




Semente de Adão - Viramundo, do álbum Cantoria 1, com quatro grandes cantores e compositores brasileiros: Elomar, Geraldo Azevedo, Vital Farias e Xangai. Com o adendo do Blog do Euler: "... Ainda viro este mundo. Em festa trabalho e pão..." - Mais festa e pão e menos trabalho, claro.

***


Porque hoje é sábado e ontem choveu em Vespó, vai aí um novo post

Meus novos textos são escritos agora assim, quando eu analiso o tempo. Se está muito quente, não há qualquer disposição para escrever, a não ser pequenas frases. Deve ser o contágio dos tempos atuais, com os twitteres que eu nem manuseio, entre outros. Mas ontem à noite, após um tenebroso verão, choveu em Vespó.

Tempos estranhos, os que vivemos nesse instante. De muito calor e algumas nuvens. Uma encruzilhada, talvez, entre caminhos que podem nos levar a novos sonhos, ou a novas derrotas. Um compasso entre o que está e o que será. Por que será?

No Brasil, e em Minas, houve uma vitória dos de baixo com a derrota dos tucanos. Mas os esquemas que dominam o poder real no Brasil são muito poderosos. A começar pela mídia golpista, dominada por meia dúzia de famílias que se locupletaram durante a ditadura e agora, na democracia meio que de fachada, posam de paladinos da liberdade de expressão. Me poupem! Não passam de patifes e artífices de grandes negociatas contra o Brasil e contra os de baixo.

Reconheço, estou enferrujado. O tempo roubou parte dos meus sonhos, da minha energia, da minha sede de poder, até, de poder expulsar os inimigos e abrir as veredas de que falava o presidente chileno Salvador Alende, morto por um tirano serviçal dos de cima.

Não vou negar: não gostei de algumas medidas que a nossa presidenta tomou recentemente, dentro de um jogo de pressão e de uma visão exportada, segundo a qual o país precisa passar por uma certa forma de choque neoliberal para poder avançar em seguida. Não foi essa a cartilha que empolgou milhões de brasileiros contra as tramas urdidas pela direita golpista durante as últimas eleições.

Não sou hipócrita para dizer que está tudo perdido e que o governo adotou de vez uma linha neoliberal. Não é o caso. Votaria mil vezes novamente em Dilma e Pimentel para derrotar os tucanos. Mas, isso não me torna um imbecil que aprova tudo o que o governo faz ou deixa de fazer. Nem mesmo quando era militante radical de esquerda, pronto para segurar um fuzil e enfrentar um exército inteiro, jamais compactuei com aquilo que minha consciência dizia que não estava certo. Agora então, que estou mais leve e solto, um pouco mais gordo talvez, além de calvo, aí é que não vou aceitar sem crítica qualquer forma de governo que quebre os compromissos com os de baixo.

Na minha generosa cota de bondade e paciência, ainda espero que Dilma aponte algumas diretrizes que demonstrem que o governo não está inteiramente refém da direita fisiológica e neoliberal. E que manterá as linhas gerais das políticas sociais em favor dos de baixo, com novos avanços. É fato que a nossa presidenta enfrenta uma crise em várias dimensões e esferas. No mundo externo, a crise continua, e isso tem impacto interno imediato. No mundo interno, a crise fica por conta principalmente das forças atrasadas e golpistas que passam os dias e noites a conspirar contra o Brasil dos de baixo.

O primeiro inimigo do povo brasileiro hoje se chama mídia golpista. E o governo federal e o PT e as forças de esquerda têm uma parcela grande de culpa nisso. Por terem permitido a continuação desse sistema de comunicações antidemocrático, golpista, e canalha até. Derrotamos uma ditadura civil militar que derrubou o presidente constitucional João Goulart, de saudosa memória, mas não fomos capazes de derrotar os barões da mídia que intoxicam a cabeça de milhões de brasileiros diariamente. Pior até do que qualquer droga que se vende nas esquinas do país é essa lavagem cerebral que a mídia faz.

A mídia brasileira, tal como funciona, é um atentado permanente à democracia, ao contraditório, à liberdade de imprensa e de expressão. É a mídia brasileira que pauta os temas que são ou deixam de ser relevantes. Converse com qualquer cidadão comum nas ruas e ele vai te falar sobre o escândalo na Petrobras e sobre o chamado mensalão do PT, mas não vai se lembrar de mais de uma dezena de grandes outros escândalos que a mídia abafou, pois envolvia os caciques tucanos.

Perguntem para as pessoas se elas já ouviram falar nos escândalos do Banestado, cujo prejuízo ao país foi seis vezes maior do que a chamada Operação Lava Jato. Perguntem sobre o Trensalão de SP, sobre o mensalão dos tucanos de Minas, sobre o helicóptero dos Perrela que foi preso com meia tonelada de pasta base de cocaína. Tudo isso desapareceu do noticiário, pois não interessa aos barões da mídia investigar qualquer coisa que atinja, direta ou indiretamente, os caciques tucanos. Eles são inimputáveis, intocáveis, imexíveis.

Mas, o PT e o governo federal têm sua dose de culpa nisso, também. Se tivessem apurado os prejuízos provocados ao país com a chamada privatização das estatais da era FHC, que não passou de uma doação de pai pra filho de empresas que valiam centenas de bilhões por alguns poucos bilhões, talvez a realidade seria outra. Um enorme prejuízo para o Brasil – Vale do Rio Doce, CSN, a rede ferroviária federal, tudo entregue de bandeja para grupos privados. E ainda por cima financiado com dinheiro do BNDES a juros que nenhum de nós jamais pagou de tão baixos.

Os governos do PT acertaram quando investiram em políticas sociais, que aqui citamos inúmeras vezes: Bolsa Família, Pronatec, Luz para todos, Minha casa minha vida, Mais Médicos, Prouni, além das políticas estruturantes voltadas para a geração de emprego e dos aumentos reais no salário mínimo. Tudo isso criou uma massa enorme de consumidores, fortaleceu o mercado interno que de certa forma blindou o Brasil das crises externas. Vários países mundo afora quebraram. O Brasil não, e isso tem a ver com a parte boa da política interna e externa do PT no governo federal.

Mas, infelizmente o governo federal não teve coragem de mexer com o criminoso monopólio da mídia. E ainda manteve generosas verbas publicitárias, a chamada Bolsa Mídia, que enriqueceu ainda mais os barões da mídia. A diferença em relação aos tucanos é que o PT paga a mídia para apanhar. Os tucanos não. Pagam para ser bajulados e blindados. Vejam o exemplo de Minas. Os 12 anos de governos tucanos. A mídia regional encheu os bolsos com a Bolsa Mídia. Dezenas de milhões de reais escoaram todos os anos para os principais meios de comunicação regionais. E a contrapartida foi a blindagem do governo tucano e o feroz ataque ao governo federal. Não se passou um dia sequer sem que a Itatiaia, o Estado de Minas, entre outros, deixassem de detonar sem piedade e sem direito ao contraditório ao governo federal. Enquanto blindavam e elogiavam o governo estadual.

No plano nacional, o governo federal paga para apanhar da Globo, da Band, do SBT. Esta campanha recente que a Globo fez contra a Petrobras é algo que deveria ser repudiado pelo país. A principal empresa do Brasil, que gera mais de 80 mil empregos diretos e milhares de outros indiretos, que investe bilhões no país, desenvolve tecnologia de ponta e descobriu recentemente um dos maiores estoques de petróleo do mundo, o pré-sal, é atacada diariamente pela mídia, Globo à frente. Claro que isso aí não se faz ingenuamente, como se estivessem preocupados com a moralidade e a eficiência em favor do Brasil. Nem quem acredita em duendes e Papai Noel deveria acreditar numa coisa dessa.

Querem destruir a Petrobras para depois privatizá-la a preço de banana, como fizeram com a Vale do Rio Doce e a CSN. Dois ou três ex-diretores da empresa, que se envolveram com corrupção, e que foram pegos numa operação montada no Paraná, onde juízes, policiais federais e outros mais são claramente anti-petistas e pró-tucanos. O que deveria ser uma operação policial e judiciária exemplar até, acabou se tornando palanque político contra o governo federal e contra a maior empresa do país, a Petrobras.

Dilma quase perdeu as eleições por conta desse esquema. Enquanto isso, no Congresso Nacional e mais especificamente na Câmara dos Deputados, a direita golpista, com sua mídia, aposta as fichas na eleição do deputado Eduardo Cunha, que a mídia vem blindando. Consta que este deputado esteve supostamente envolvido em negociatas desde a era Collor até os dias atuais. Mas, como é o preferido da mídia, tem todo o espaço de defesa e não há qualquer esforço da mídia em investigar o passado e o presente desse deputado. Dizem que ele captou grana para financiar a eleição de um bom número de deputados, o que lhe assegura uma forte base de apoio. Ele já declarou que não quer saber de mexer no monopólio da mídia e tem se apresentado claramente contra o governo federal, apesar de pertencer à chamada base de apoio do governo. Uma base que todo mundo sabe, é composta por uma ampla aliança, que reúne pessoas de esquerda, do centro e da direita, a maioria dos quais fisiológicos, ou seja, que defendem interesses próprios, ou de pequenos e poderosos grupos, e não os interesses da maioria da população que os elegeu.

A democracia brasileira precisa avançar, romper com esse esquema de poder que é um entrave ao avanço de políticas públicas em favor dos de baixo. Já era para termos exigido uma auditoria na chamada dívida pública, que come a maior parte dos impostos que pagamos. E beneficia uma minoria de pessoas. E nenhum órgão da grande imprensa reclama contra essa bolsa milionária que beneficia poucas famílias. Eles falam mal da Bolsa Família que beneficia milhões de brasileiros com pouca renda. Recursos de pouca monta para um monte muito grande de pessoas. Ao contrário da Bolsa Mídia e da Bolsa Banqueiros, que repassam bilhões de reais para poucos barões.

Essa má distribuição da renda está na raiz dos principais problemas do país. Pior até do que a corrupção, convenhamos. A solução apresentada pelos neoliberais é o chamado mercado, que teoricamente daria oportunidades para todos que quisessem trabalhar ou investir. É o papo mais furado que já se ouviu. O deus mercado só beneficia aos mais poderosos. O velho e sábio Marx já ensinava que o capital, quando se reproduz, concentra riquezas, gerando opulência para alguns e miséria e fome para a maioria. A ação do estado, dos governos, que não tenham orientação neoliberal, vai justamente no sentido de tentar diminuir os estragos causados pelo mercado. Com políticas de proteção social, como as bolsas para os de baixo, o salário desemprego, as políticas sociais na área da Educação, da Saúde, do transporte coletivo, que precisaria ser bom, de boa qualidade, e preferencialmente barato ou de graça até.

Mas, enquanto tivermos o monopólio de uma mídia que serve apenas aos de cima e coloca como pauta apenas aquilo que interessa aos de cima, dificilmente o povo brasileiro conseguirá se livrar dessa carga pesada que precisa carregar diariamente. A mídia envenena e intoxica a cabeça das pessoas diariamente; cria um ambiente de naturalização da violência, sempre como coisa ligada aos pobres; faz as pessoas acreditarem que a culpa de todos os problemas da humanidade é do governo federal, ou do PT, ou de algum político da esquina, quando se sabe que a culpa é de todo um sistema, do qual a mídia se beneficia, com altos ganhos para poucos. A mídia e algumas poucas empresas e bancos, além dos burocratas do primeiro escalão dos poderes constituídos. Pouca gente, com muito poder.

A maioria do povo brasileiro passou a comer melhor nos últimos anos, a consumir mais bens, a viver melhor, até. Mas, ainda precisamos quebrar muitos anéis desse grilhão que nos prende. O Brasil tem tudo para ser um verdadeiro paraíso na Terra. Tem todas as riquezas ditas “naturais”, ainda que socialmente transformadas. Tem uma gente maravilhosa, com uma riqueza e variedade cultural que resiste, apesar da mídia que a esconde e tenta vender uma visão colonialista de mundo. Nem precisaríamos ser uma potência de primeiro mundo, que isso aí tem até implicações bélicas e imperialistas que não nos interessam. Bastaria uma forma de relação mais humana, mais justa, menos desigual, e teríamos um paraíso.

Mas,
enquanto não chega esse paraíso, mantenhamos afiadas as nossas lanças, prontos para os embates que haverão de fazer tremer o chão de Minas e do Brasil. Não para voltar ao que era antes, Deus que nos livre, mas para avançar mais e mais, nas conquistas sociais. Se for necessário, devemos ocupar as praças e ruas novamente, não com discursos falso moralistas, como se percebeu muito em junho de 2013. Não. Mas, para exigir novas conquistas para os de baixo, em forma de salários melhores, mais políticas de proteção social aos de baixo, menos pagamento de juros, mais educação pública de qualidade com valorização dos educadores, mais saúde pública de qualidade, mais transporte coletivo com tarifa zero – garantindo o direito de ir e vir a qualquer cidadão -, menos cortes nas áreas sociais, mais impostos para os mais ricos, e mais investimentos em favor dos de baixo.

Enquanto isso, vou curtindo as últimas gotas da chuva que caiu na noite passada em Vespó. Preparo, no meu espaço, uma dança, para atrair novas chuvas. O Brasil está precisando. Da chuva e da dança. Longe da minha aldeia, aguardemos os sinais. A Grécia, berço da civilização ocidental, a se confirmarem as previsões, começa a apontar outros rumos, de combate às políticas neoliberais. O mundo dos de baixo terá que refazer as relações atuais, se não quiser continuar preso aos grilhões impostos por fortes aparatos dominados por alguns grupos.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

                ***



167 comentários:

  1. Olá pessoal!
    Professores efetivos devem ficar atentos com a abertura das designações. Sugiro os professores que perderam aulas do REM, que comuniquem seus diretores sobre o interesse em relação a extensão de carga horária caso haja cargo vago e o servidor se enquadre para preencher o mesmo. Muitos diretores descumprem a Resolução e enviam a vaga para as SRE's.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e quando não enviam, as guardam para as cunhadas, primos, sobrinhos...

      Excluir
    2. Tenho dois cargos efetivos posso ter mais de 32 aulas?

      Excluir
    3. Me desculpe, mas pra que mais?????????

      Excluir
    4. Para morrer de trabalhar ué.

      Excluir
  2. IMPRENSA GOLPISTA É O CÂNCER DO BRASIL.

    DCM
    EXCLUSIVO: como a Globo conseguiu renovar a concessão apesar de dever ao Fisco

    Postado em 10 dez 2014por : Joaquim de Carvalho
    globo

    Esta é a nova matéria da série sobre o processo de sonegação da Globo. As demais podem ser lidas aqui.

    Para participar de nosso novo projeto de crowdfunding, sobre a falta de água em São Paulo e a responsabilidade de Alckmin e da Sabesp, entre no Catarse.



    Em 2007, ano em que o processo de sonegação da Globo foi subtraído da Delegacia da Receita Federal em Ipanema, Rio de Janeiro, a emissora teve as cinco principais concessões do grupo vencidas – São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Brasília e Distrito Federal.

    A Globo tinha sido autuada por crime contra a ordem tributária, por deixar de recolher o imposto de renda relativo à compra do direito de transmissão da Copa do Mundo de 2002. Seu débito, incluindo juros e multa, era à época de 615 milhões de reais.

    Apesar de devedora, a TV Globo teve as cinco concessões renovadas por um período de quinze anos (até 2022), conforme os processos 53000.020701/2007 (São Paulo), 53000.020700/2007 (Rio de Janeiro), 53000.020703 (Recife), 53000.020702/2007 (Brasília) e 53000.020704/2007 (Belo Horizonte).

    As informações constam do requerimento de informações apresentado pela deputada Luiza Erundina (PSB-SP) no dia 11 de novembro do ano passado, quatro meses depois que os primeiros documentos sobre a sonegação da Globo vazaram através do site O Cafezinho.

    A deputada fez três perguntas:

    – Como foi possível a renovação de concessões à Globo Comunicação e Participação S.A. “se a empresa não cumpria a exigência legal de regularidade perante o fisco federal?

    – A empresa apresentou certidão negativa de débito relativa aos tributos federais e à dívida ativa da união?

    – O Ministério das Comunicações está acompanhando a situação fiscal da Globopar? (na terceira pergunta, a deputada faz outro questionamento, talvez o mais importante – “existe a possibilidade de cancelamento das outorgas de radiodifusão destinadas à empresa frente ao claro descumprimento, pela entidade, da legislação relativa à renovação de outorgas?”).

    No dia 21 de novembro, a Mesa da Câmara aprovou por unanimidade o requerimento de informações.

    No dia 12 de dezembro, o requerimento seguiu para o Ministério das Comunicações e no dia 23 a resposta foi encaminhada à Primeira Secretaria da Câmara dos Deputados.

    O gabinete da deputada federal está com esse ofício desde o dia 6 de janeiro deste ano, mas não deu publicidade ao documento nem tomou nenhuma providência para aprofundar as informações ali contidas – a principal delas é que, apesar da dívida com o Fisco, a Globo teria apresentado a certidão negativa de débito perante a Receita Federal.

    No dia 20 de novembro, quando soube da existência do requerimento, entrei em contato com o gabinete da deputada Luiza Erundina, em Brasília, e falei com o chefe de gabinete, Marcos Mateus, a quem pedi uma cópia da resposta do Ministério das Comunicações.

    Mateus disse que estava com uma cópia do documento sobre sua mesa, mas pediu para falar com a deputada antes de liberar a cópia. Segundo ele, Erundina estava convalescendo e ele pediu quinze dias para me dar a resposta. Enviei um e-mail, para formalizar a solicitação, mas a mensagem nunca foi respondida. (...)

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/exclusivo-como-a-globo-conseguiu-renovar-a-concessao-apesar-de-dever-ao-fisco/

    ResponderExcluir
  3. Sou PT mas não sou cordeiro nem omisso. Para enfrentar a crise, o governo optou por achacar os assalariados, como sempre fizeram os governos de direita, em vez de enfrentar os sonegadores e o grande capital.Não foi nisto em que votamos.Em defesa de nosso projeto e do PT,FORA LEVI.

    ResponderExcluir
  4. Você falou e disse o que muitos de nós estamos pensando, torcendo, às vezes até surpresos, mas, a política de "acordos dá nisso. Esperar que Dilma e os governadores se imponham, e que este congresso não seja tão sórdido, e nossa esperança seja, como essa chuva que sempre alimenta as flores, e a tristeza da secura...

    ResponderExcluir
  5. Olha ,euler, não sejamos hipocritas !

    http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2015/01/25/interna_politica,611295/a-candidata-versus-a-presidente.shtml

    Dilma esquece promessas de campanha e adota "pacote de maldades"
    De mudança nas leis trabalhistas ao encarecimento do crédito para a população, medidas anunciadas por Dilma Rousseff (PT) depois das eleições se opõem a promessas de campanha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A DUPLA AA, ESTÁ EM BRASILIA, MAS COM OLHOS E OUVIDOS EM MG.

      Excluir
  6. Professor lendo mídia golpista..aí é o fim.Vamos abastecer nossas mentes de outras publicações.Como o Euler disse,o que atrapalha o Brasil é isto aí.Existe verdade nesta reportagem,mas é muito tendenciosa.Triste saber que pessoas que podem transformar o mundo se deixem levar por jornais que só publicam reportagens para favorecer ao partido que o alimentou com verbas do estado,dinheiro do povo.Puxe na internet e verá o que está acontecendo com este jornal.

    ResponderExcluir
  7. 24 milhões de reais é quanto custa POR DIA o congresso nacional, e quem paga isso tudo?????????????

    ResponderExcluir
  8. E NADA DE MUDAR A SITUAÇÃO DOS PROFESSORES QUE RECEBEM COMO LICENCIATURA CURTA, MESMO TENDO A PLENA, PEB T2 DEVERIA SER PEB 1, COMO SER FELIZ DESSE JEITO???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma das maiores injustiças que vivemos na educação é essa, eu também sou PEB T2 mesmo tendo licenciatura plena, pós graduação.
      Esperamos justiça!!

      Excluir
    2. VC ACHA QUE O GOVERNO NÃO SABE. MÃO DE OBRA QUALIFICADA E BARATA!!!!!! E A LÓGICA CAPITALISTA. MANTER OS EFETIVADOS REPRESENTA ECONOMIZAR MILHÕES COM A FOLHA.

      Excluir
  9. Os partidos nascem questionando, propondo mudanças e pregando para os mais carentes. Assim aconteceu com o MDB, atual PMDB, que nasceu para opor-se a ditadura militar, assim nasceu o PSDB para opor-se ao PMDB que já havia deixado seus ideais revolucionários, assim nasceu o PT, pregando a defesa dos direitos dos trabalhadores e uma nova revolução, assim nascem todos. Mas, ao assumirem o poder cedem as tentações de mante-lo a qualquer custo. Com o PT está ocorrendo exatamente o mesmo que ocorreu com os outros. O PMDB e hoje o maior balcão de permutas, tornou-se o partido do dando que se recebe. O PSDB nascido com ideias de esquerda, tornou-se o maior representante no neo-liberalismo, o partido do mercado e das privatizações. Agora chegou a vez do PT, acordos espúrios, fico envergonhado quando vejo o petistas posando ao lado de Maluf, na simples busca pelo voto, petistas defendendo Color de Melo,petistas defendendo Sarney e ai vai. Agora minha estupefação atinge o máximo quando vejo a equipe econômica indicada pela Dilma e as medidas adotadas. Gostaria também de comentar sobre a mídia, que você com propriedade acusa de manipular e induzir a população, as também essa mídia é mantida elo PT. E o pior e de tudo é ver tanta gente em quem acreditamos envolvidos em tanta bandalheira. Nesse caso não fecho meus olhos, infelizmente muitos daqueles que defendemos e pelos quais fomos às ruas estão atolados até o pescoço em caso de corrupção. A vontade de manter o poder fez a elite do PT tornar-se suja e corrupta. Restaram velhos petistas idealistas que não mais tem acesso à decisões. Quando o partido iniciou-se, nas pequenas cidades eram o de baixo que comandavam os diretórios, aos poucos deputados e lideranças foram tomando os diretórios das mãos dessas pessoas e entregando a caciques políticos. Na minha cidade, o fundador do PT, que lutava sozinho para dar ao partido os primeiros votos e que lutava contra a desconfiança, foi na última eleição expulso do diretório, pois um deputado formou uma nova comissão provisória, deixando-o de lado e por esse motivo deixou o partido. No dia em que perdeu a vaga no diretório ele chorou e me disse que estavam tirando-lhe a vida. Mas isso não interessa, o importante é ampliar a base, conquistar votos evencer eleições.

    ResponderExcluir
  10. ATENÇÃO CONCURSADOS
    Abaixo assinado pelo cumprimento da ADI 4876:
    Superior Tribunal Federal e Governo do Estado de Minas Gerais: Cumprimento da sentença da ADI 4876
    ASSINE AQUI
    https://secure.avaaz.org/po/petition/Superior_Tribunal_Federal_e_Governo_do_Estado_de_Minas_Gerais_Cumprimento_da_sentenca_da_ADI_4876/?ndcYAib

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro o governador tem que resolver a situação dos efetivos. Kd as vagas dos efetivados? Elas não foram liberadas para remoções e mudanças de lotação.






      Excluir
    2. Pois é, tomei posse na zona rural desde 2002, numa estrada de terra que só Deus sabe,faça chuva faça sol, enquanto uma efetivada ocupa os cargos que eu poderia ser remanejada, Fiz pedidos de movimentação 25 vezes e até hoje nada. Consegui 2 hérnias de disco e também muitas rugas. Continuo à mercê dessa lei cem vergonha. #INDIGNADA.

      Excluir
  11. PASSA UM ABAIXO ASSINADO EXIGINDO O PISO NACIONAL!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para pagar o piso nacional não pode haver "cabide de empregos" nos Estados, pois o país nos paga com o que pagamos de impostos e quanto mais "trem da alegria" efetivando sem concursos aumenta a folha para nós mesmos pagarmos.
      Fica a dica.

      Excluir
    2. é como diz aquele economista, o piso só é viavel para os efetivos, senão pimentel quebra o estado.

      Excluir
  12. não estou nada satisfeito com esse governo do Pimentel não, a Beatriz do sind ute, já disse na imprensa que não está descartada uma greve,essa coisa de auditoria é mais um motivo pra atrasar tudo propositalmente, tanta esperança no novo governador, pra nada?Espero que eu me engane, mas do jeito que a coisa caminha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente!!!

      Excluir
    2. Do jeito que entrou, sai.

      Excluir
    3. Será esse o estilo MACAZOLA??

      Excluir
  13. Gostaria de saber se vamos receber o reposicionamento que está previsto p jan/2015, quem sabe de alguma novidade sobre o piso em MG?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, iremos receber o reposicionamento que estava previsto, porém não se alegre mudei de letra A para letra G e tive aumento de 50,00. Quanto ao piso é preciso esperar os 90 dias para que a comissão avaliadora omita uma opinião

      Excluir
    2. tem que olhar a tabela PEB I G =1.687,70
      PEB II G =1.856,47

      Excluir
    3. Como viu isso? Bola de cristal? Poste o endereço, já pesquisei por toda a internete e isso não existe.

      Excluir
    4. Não esquecendo que VTAP caiu, vai dá no mesmo.

      Excluir
    5. Meu bem, não precisa bola de cristal, apenas o Google. Digite lá
      "GRUPO VI - ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO BÁSICA
      TABELA DE SUBSÍDIO - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA" dê enter e abra.

      Excluir
    6. A diferença no salário não será muita pois já estamos recebendo as diferenças de posicionamento há alguns anos atrás, pela VTAP. O que vai ocorrer agora será o governo inteirar a última parcela da VTAP e mudar a letra do posicionamento. O que vai aumentar de real no salário será apenas a parcela referente a última parcela da VTAP.

      Excluir
    7. "GRUPO VI - ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO BÁSICA
      TABELA DE SUBSÍDIO - PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA"
      Obrigadíssima...

      Excluir
  14. No portal já estamos reposicionados. Eu que era em dezembro PEB II B, sou agora PEB II H. Só espero que isto faça alguma diferença no pagamento de março, já que em fevereiro recebemos férias, referente ao ano anterior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas... e o aumento de outubro que não veio??? Eu estou aposentada na letra P, então eu não vou ter aumento? E os meus 12 anos de contratada que me subtraíram?

      Excluir
  15. Uma colega que era T2 disse que no portal do servidor, sua situação funcional mudou para PEB I. Espero que seja cumprido o que foi acordado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o meu está do mesmo jeito, peb t2.

      Excluir
    2. quanto tempo ela tem de estado? Pois efetivei em 2004 com licenciatur curta mesmo ja tendo aplena e ate hoje sou peb t2 so mudei de letra .

      Excluir
  16. Euler, Já não tenho muita paciência para ler no computador. Faço uma leitura dinâmica, mas não perco o fio.
    Amei isso:
    (...)
    Não sou hipócrita para dizer que está tudo perdido e que o governo adotou de vez uma linha neoliberal. Não é o caso. Votaria mil vezes novamente em Dilma e Pimentel para derrotar os tucanos. Mas, isso não me torna um imbecil que aprova tudo o que o governo faz ou deixa de fazer. Nem mesmo quando era militante radical de esquerda, pronto para segurar um fuzil e enfrentar um exército inteiro, jamais compactuei com aquilo que minha consciência dizia que não estava certo. Agora então, que estou mais leve e solto, um pouco mais gordo talvez, além de calvo, aí é que não vou aceitar sem crítica qualquer forma de governo que quebre os compromissos com os de baixo.
    (...)

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  17. respondendo ao comentário acima, a minha situação continua a mesma peb t2.

    ResponderExcluir
  18. Com esse salário que ganho como professor, tive que reorganizar as contas aqui em casa.Já cortei muita coisa. Reduzi no supermercado e na padaria ( compro o básico mesmo ). Chuveiro ? Só banho frio ( nesse calor dá pra ser assim ). Nada de passeios, pois vendi meu Uno 96. Dava uns 10 reais por mês para o Apae. Tive que cortar essa doação. Nada de cinema, locação de dvds. Internet ? Gato do vizinho. E assim vai.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho que aprender a fazer isso. Tenho apenas um cargo e ainda pago aluguel. Passo muito aperto e se não fosse uma pequena ajuda de meu pai, estaria em sérias dificuldades. Não tenho como comprar livros e não gasto com entretenimento também. Por causa dessa situação, já cheguei a chorar várias vezes, à noite, na hora de dormir. As vezes penso em morrer.

      Excluir
    2. Apesar de todos os entraves que a vida nos apresenta, tire essa idéia da cabeça, enquanto estamos aqui nesse mundo há de se ter uma esperança, der que dia melhores há de vir, nem tudo está perdido, eu também já cortei tudo que podia e vou seguindo. Um forte abraço, força na luta que a vitória está perto.

      Excluir
    3. tomo banho frio há dez anos, inclusive no inverno já acostumei,nunca gripei.

      Excluir
    4. Todos vamos morrer.Tenho fé e esperança que dias melhores virão!

      Excluir
    5. O Senhor e meu pastor e nada me faltara..

      Excluir
    6. Somos masoquistas? Por que, afinal, não abandonamos essa profissão que não dá-nos nem a dignidade de vivermos decentemente? Amo o que faço, mas estou procurando outras possibilidades. Não dá para viver eternamente de ilusões. Se você é professor, presume-se que seja inteligente, então faça o mesmo! Não desperdice sua vida com migalhas! Se quer ser professor mesmo, então capacite-se e procure outras formas de exercer sua vocação, seja em escola particular ou de outras formas. Mas temos de sair desse círculo vicioso e deprimente! E nem adianta falar que não tem dinheiro para estudar! Estude sozinho!

      Excluir
  19. Euler, agradeço o espaço que você nos concede, é o único aliás, para nossas discussões, nossos apelos, pois não é que o Sindute colocou no site deles, o resultado da reunião, aleluia. Pois antes todos sabem que ficávamos sem saber notícias, semanas a fio, devo dar parabéns ao Sindute e esperamos que seja sempre assim, notícias em tempo real, pois pagamos e queremos ter retorno. E agora esperamos que a próxima reunião dia 05/02 seja de resultados positivos para nós que estamos só na base da esperança. Continue assim Sindute, e terá nosso apoio. Obrigado,mais uma vez Euler. Lucia Passos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Lúcia postar mais rapidamente as notícias já é um avanço. Mas, ao ler sobre o resultado da reunião uma coisa me chamou atenção. Antes o sindute exigia o o piso integral, na nota dada para minha surpresa está a expressão "discutir o piso para a jornada existente na rede estadual" ou seja nosso sindicato começa a dar um passo atrás. Esse é o problema do envolvimento político de sindicato e governo. Tomara que eu tenha entendido errado e a cobrança seja em torno do valor integral com vencimento básico. A palavra vencimento básico e volta de nossas vantagens também não foram citadas.

      Excluir
    2. Mas Bia e C&A insiste em não ouvir a categoria:Queremos nossa carreira de volta tal qual era dantes e não que eles reunão e "criem" o que bem vier na cabeça com os "sacos de maldades" imbutidos e que a gente só descobre anos depois. Bia e C&A já acabaram com a nossa carreira assinando acordos com o psdb e agora vai aceitar o pt* "criar" outra ao invés de honrar o nome de MINAS GERAIS e cumprir o DESCONGELAMENTO que MINAS GERAIS nos deu a palavra de honra que descongelaria em 2015? SINDUTE, GOVERNADOR, BIAeC&A informamos que nós trabalhamos para o ESTADO DE MINAS GERAIS e não para aécio/anastasia muito menos para pimentel. HONREM O NOME DO ESTADO DE MINAS GERAIS e cumpram o que está escrito e depois sim,PAGUE O PISO.

      Excluir
    3. Pois é.....é o que eu já falei : vão nos dar uma migalha e ainda vão fazer estardalhaço na mídia !

      Excluir
    4. Não adianta lutarmos contra uma lei que não beneficia o professorado. Se não mudarmos a lei do piso para uma carga de 25h ( a lei é para 40 h), nunca conseguiremos o nosso piso.

      Excluir
    5. O que Beatriz quis dizer é que o piso será pago na nossa carga horária normal de trabalho, que é atualmente de 24 horas semanais. Ou seja, receberemos o piso completo pelas 24 horas normais do nosso cargo e não por até 40 horas, como cita a lei do piso.

      Excluir
  20. 247
    Minas 247
    GRUPO ABRE DIÁLOGO PARA ATENDER AOS PROFESSORES
    Manoel Marques/ imprensa-mg: Reunião do grupo de trabalho/ educação
    27-01-15 Cidade administrativa
    Foto: Manoel Marques/ imprensa-mg
    Governo e representantes de entidades sindicais participaram da primeira reunião do Grupo de Trabalho criado para discutir a valorização dos servidores da Educação; o governo incluirá os aposentados no plano de reestruturação da carreira, que atingirá não só o magistério, mas os demais cargos da Educação; outro consenso é a necessidade de projetos de formação continuada dos professores; na próxima reunião, marcada para semana que vem, outros pontos serão debatidos
    27 DE JANEIRO DE 2015 ÀS 17:35



    Agência Minas - Governo e representantes de entidades sindicais participaram nesta terça-feira (27), no Palácio Tiradentes, da primeira reunião do Grupo de Trabalho criado para discutir a valorização dos servidores da Educação. A ação faz parte do compromisso assumido pelo governador Fernando Pimentel de estabelecer um espaço de diálogo amplo e permanente com os educadores mineiros, servidores estaduais e com a sociedade.

    O secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, responsável pela coordenação dos trabalhos, afirmou que o encontro foi importante, uma vez que definiu a linha de ação a ser adotada pelo Grupo. Além de dar mais transparência às iniciativas, o Governo irá incluir os aposentados no plano de reestruturação da carreira, que atingirá não só o magistério, mas os demais cargos da Educação. Outro consenso é a necessidade de projetos de formação continuada dos professores. Segundo Magalhães, na próxima reunião, marcada para semana que vem, outros pontos serão debatidos. "Foi um encontro muito promissor", disse o secretário.

    A presidente do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE), Beatriz Cerqueira, também ficou satisfeita com o primeiro encontro da equipe. "No nosso ponto de vista, o balanço é positivo, porque as questões que trouxemos foram acatadas", afirmou. Para Beatriz, o desafio do Grupo de Trabalho é ser ágil para apresentar resultados. Instituído pelo Decreto 46.709, de 14 de janeiro último, o Grupo de Trabalho tem prazo de 90 dias para funcionar. "É importante que a comissão tenha agilidade e apresente resultados rapidamente. A categoria e a sociedade aguardam ansiosamente que os seus trabalhadores da educação sejam valorizados", completou.

    Para a secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, a primeira reunião do Grupo foi importante porque inaugura um novo procedimento do Governo em relação os trabalhadores da Educação. "Acho sempre positivo termos a possibilidade de dialogar, principalmente sobre a valorização do profissional, que passa por se pensar a carreira dos profissionais, e não só daqueles que estão na ativa, mas também dos aposentados e esse é um ponto importante que foi firmado aqui", concluiu.

    O Grupo de Trabalho é composto pelos secretários Odair Cunha (Governo), Macaé Evaristo (Educação), Marco Antônio Rezende (Casa Civil e de Relações Institucionais) e Helvécio Magalhães (Planejamento) e pelo presidente da Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge), Paulo Moura. As entidades de classe são representadas pelo Sindi-UTE e pela Associação de Diretores das Escolas Oficiais de Minas Gerais (ADEOMG).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É preciso olhar mesmo o lado dos aposentados, porque trabalham 25, 30 ou até mais anos e recebem só pelo tempo de efetivo.Sacanagem pura.

      Excluir
  21. VAMOS FALAR A VERDADE SOBRE SÃO JOÃO DEL REI.

    NÃO É NADA DO QUE AS NOVELINHAS DA MÍDIA APRESENTA. NÃO HÁ NADA BELO. VIOLÊNCIA DESENFREADA COM ALTAS TAXAS DE HOMÍCIDIO. TRÁFICO DE DROGAS E CTACK TOMANDO CONTA DE TODOS OS BAIRROS DA PERIFERIA. FALTA DE OBRAS DE INFRA ESTRUTURA MÍNIMA. VALOR EXTORSIVO DE ALUGUÉIS DE IMÓVEIS CAINDO AOS PEDAÇOS. ABSOLUTA FALTA DE EMPREGO E RENDA PARA OS JOVENS. E POLÍCIA ???? MELHOR NEM FALAR. EM RESUMO : A CIDADE É UMA VERDADEIRA EXTENSÃO DO INFERNO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha...Um conterrâneo no blog do Euler. Sou obrigado a concordar e ainda acrescento a ação das famílias tradicionais que mandam e desmandam na cidade, cometendo atrocidades e ficando impunes !!!!!!!!! São João del Rei é a cidade do coronelismo !

      Excluir
    2. Uma vez trabalhei numa escola em São João del Rei chamada Escola Estadual João dos Santos. Os professores de lá se achavam a última bolacha do pacote....um bando de explorados igual a todo mundo, mas com nariz empinado. Pelo que sei, até hoje é assim.

      Excluir
  22. Não encontro nada novo no portal. É na Seplag, reposicionamento? Onde?Expliquem, pois o meu ainda está em 2012.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É só clicar em Situação Atual, e você encontra sua progressão, pra que letra você foi. Cada dois anos equivale a uma letra, mas só a partir de sua posse no estado. Cada letra vale 2,5% de aumento. Pense que você entra na letra A. @ anos letra B e assim por diante. Tempo de designado nâo vale e Efetivado lei 100, não tem.

      Excluir
    2. Sou efetiva desde 2002 e estou no L, tempo de designado,contou sim.

      Excluir
    3. Eu sou efetiva desde 2004 com 9252 dias pronto para aposentar eles so contam para aposentar , mas recebo o valor referente ao tempo de efetivo e errado pois quando efetivei em 2004 ja tinha plena e pos e 15 anos de designada recebo como peb t2 g, PODE??

      Excluir
    4. Sou aposentada com quase 30 anos e só me pagam 17, tempo de efetivo.Nunca vi empresa nenhuma proceder assim quando um funcionário aposenta.Na área da educação a coisa é MUIIIIIIIIIIIIITO DIFERENNNNNNNNNNNTE.

      Excluir
  23. Olhando os editais de designação achei interessante a quantidade de designações para artes, fiquei pensando por que, depois descobri que o PT (que eu infelizmente votei) acabou com o reinventando e colocou artes, ou seja eles desvestiram um santo e pintou a roupa no outro. O PT fala muito em pronatec como vai ser um aluno de um curso técnico que não teve aula de física e química, sera que ele vai apenas desenhar. Parabéns Macae você se mostra muito inteligente.

    ResponderExcluir
  24. Governo do Estado de Minas Gerais
    Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão
    Subsecretaria de Gestão de Pessoas
    Superintendência Central de Política de Recursos Humanos
    Diretoria Central de Carreiras e Remuneração
    Lei 21.058/2013 - Reajuste de 5% - Vigência: Outubro de 2013
    24 HORAS
    GRAU A B C D E F G H I J L M N O P
    Ensino Médio T1 1.237,01 1.267,93 1.299,63 1.332,12 1.365,43 1.399,57 1.434,56 1.470,42 1.507,18 1.544,85 1.583,47 1.623,06 1.663,65 1.706,86 1.747,86
    Licenciatura Curta T2 1.309,77 1.342,51 1.376,08 1.410,48 1.445,74 1.481,88 1.518,93 1.556,90 1.595,83 1.635,72 1.676,62 1.718,53 1.761,50 1.805,53 1.850,67
    Licenciatura Plena I 1.455,30 1.491,68 1.528,97 1.567,20 1.606,38 1.646,54 1.687,70 1.729,89 1.773,14 1.817,47 1.862,91 1.909,48 1.957,22 2.006,15 2.056,30
    Especialização II 1.600,83 1.640,85 1.681,87 1.723,92 1.767,02 1.811,19 1.856,47 1.902,88 1.950,46 1.999,22 2.049,20 2.100,43 2.152,94 2.206,76 2.261,93
    Certificação III 1.760,91 1.804,94 1.850,06 1.896,31 1.943,72 1.992,31 2.042,12 2.093,17 2.145,50 2.199,14 2.254,12 2.310,47 2.368,23 2.427,44 2.488,12
    Mestrado IV 1.937,00 1.985,43 2.035,07 2.085,94 2.138,09 2.191,54 2.246,33 2.302,49 2.360,05 2.419,05 2.479,53 2.541,52 2.605,06 2.670,18 2.736,94
    Doutorado V 2.130,70 2.183,97 2.238,57 2.294,53 2.351,90 2.410,69 2.470,96 2.532,74 2.596,05 2.660,96 2.727,48 2.795,67 2.865,56 2.937,21 3.010,63

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O valor de 1747,86 eu já ganho a muito tempo no grau P.E agora?

      Excluir
    2. Agora vão reduzir o seu salário. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Reduzir mais???? Pelo amor de DEUS. A coisa já tá brava.

      Excluir
  25. por onde andam mario de assis, presidente da fepaemg(só em mg mesmo)e dona joana darc, os fiéis escudeiros do quinteto AAAAA????? Voce sabe meu caro Costinha? TAIS BRINCANDO???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devem estar em BH, a cidade que sufoca.KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. O Maro!!
      Que Maro??
      Não vai me dizer que é aquele...
      da cidade inadministrável.
      Agora ele trabalha de porteiro,
      lá na guaicurus.

      Excluir
  26. Usando este espaço/blogdoeuler.
    Sou professor estadual de longa data.
    Foi emocionante a vitória de Pimentel no primeiro turno nestas eleições.
    Gostaria de saber o que está sendo feito, no sentido de voltar a nossa carreira, destruída pelos terríveis(A/A), principalmente no que diz respeito à revogação do Art. 152 da Lei 7.109 de 1977 (Estatuto do Servidor) que entrou em vigor em 01/ 01 /2015. Esta revogação (afastamento de sala após 25 anos de magistério) prejudicou-me e a milhares de professores.
    Uma Lei aprovada na calada da noite, no fim do ano legislativo de 2013, que em seu art. 74 revoga nosso direito adquirido de vários anos. Mais uma canalhice que tenho certeza será combatida nas reuniões que estão acontecendo. O que podemos esperar da atuação deste novo governo com relação ao retorno de nossa carreira? Que sirva de exemplo para toda a nossa Minas Gerais e o Brasil. Rechaçar de vez esse "jeito tucano de governar". Pelo retorno de nossa carreira e vantagens, que nos foi, sorrateiramente, usurpada e que jamais poderá ser compactuado com o nosso novo governo. Espero lealdade e coerência na nossa luta de anos a fio. Abraços e aguardo.

    ResponderExcluir
  27. O Sindute ainda não entendeu q queremos a nossa CARREIRA de VOLTA e o PISO nesta CARREIRA. Não queremos q façam outra CARREIRA c as MARACUTAIAS q sei lá pretendem fazer. Pai e nosso q estais no CEU, socorre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos num mato sem cachorro, voltar a carreira antiga, pagamento do piso que é bom nada. AFF

      Excluir
    2. O piso sem carreira antiga não vale nada, o que vai dar um alívio é o que adquirimos de benefícios a vida toda isso que significa carreira antiga, ou seja direitos adquirido. Não abrimos mão do que os tucanos usurparam com a conivencia da AGE. Vergonha, advogados do Estado ajudaram a nos roubar para ter aumentos exorbitantes para se próprios.

      Excluir
  28. é como dizia o ex governador ex vereador ex quase presidente ex avo do quase ex presidente aécio,ex senador ex ministro , o sr.trancafiado neves: professores, antes pingar do que secar. TAIS BRINCANDO?

    ResponderExcluir
  29. nós professores de mg deveriamos aprender a fazer greve com os metalurgicos do ABC em SP, a volks demitiu 800 trabalhadores, cem por cento de greve foi á adesão, dias depois a mesma volks readmitiu os mesmos 800, A UNIÃO FAZ A FORÇA. Chega até ser emocionante a atitude deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nosso problema é o sindicato que nos defende, o dos metalúrgicos cobram reajuste salarial na data certa e se não tiver acordo eles param tudo e fazem assim com todos os direitos de seus trabalhadores, já o nosso sindicato nem informação nos passa, já entrou em contato com eles para ver. Nos usam para defender interesse deles e aí vez ou outra se preocupam conosco, veremos no fim de 90 dias o que acontecerá - acho que nada, pois a última reunião deles foi tão banal.

      Excluir
  30. Espero que haja nova resolução para ferias prêmio.Os professores que tem mais tempo de serviço estão sendo muito prejudicados.
    A maioria esta se aposentando sem usufluir as ferias.
    Na resolução dos tucanos quem tem direito são aqueles que possuem maior saldo e não tempo.
    Natural que quem tem mais tempo esta mais cansado e mereça prioridade.
    Na minha escola,somente 2 professores tiraram as ferias por 3 anos seguidos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostaria muito de não ver aqui educador formado escrever tão errado como vejo atualmente.Não é erro de digitação mas sim de conhecimento.Devemos ler antes de postar isso somente nos deixa mais difamados.Mesmo erro de digitação devem ser evitados.USUFRUIR E NÃO USUFLUIR.

      Excluir
    2. Concordo inteiramente com você, anônimo das 18:07. Professor não tem o DIREITO de escrever errado. È o mínimo que se pode exigir de alguém que estudou, fez graduação e pós. Essa história de que digitou no celular, rápido, etc, etc. não cola mais. Quando entro em uma sala de aula e veja erros GRAVÍSSIMOS no quadro, fico indignada. Nós, professores, somos os maiores responsáveis pela transmissão da língua portuguesa. Por favor, façam uma revisão do que publicam. Maria Helena

      Excluir
    3. Olha Maria Helena, você revisou o que você acabou de escrever?

      Excluir
    4. Quando ENTRO ... e VEJA... Que concordância. hein?

      Excluir
  31. Eu espero que este grupo que está analisando nossa carreira e remuneração não extrapole o prazo de 90 dias estipulado por eles mesmos. Falo isso porque nós, professores, estamos com salário de outubro de 2013. A partir de outubro de 2013 o governo anterior nos deu sua última esmola de 5%, e nada mais até hoje. A outra esmola deveria ser dada a partir de outubro de 2014, mas até hoje, em pleno 2015, apenas um grupo para analisar nossa situação e, ainda assim, dentro de 90 dias. Eu espero que esse governo, esse grupo e o nosso querido sindicato, não deixe sempre de lembrar a todos que estamos com nosso salário de OUTUBRO DE 2013 ATÉ HOJE!!!!!! PRÊMIO POR PRODUTIVIDADE ENTÃO.......HUMM NEM SE FALA NISSO.......Mas todas as outras carreiras do serviço público estadual não estão com salários de 2013, eles tiveram seus reajustes, enquanto os da educação.........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, depois de toda essa "POEIRA" de 90 dias ... não se iluda muito.
      Cada professor deverá ter um reajuste de uns R$200,00 (algo em torno disso para menos), o que - "até lá" - terá sido comido pela "marvada inflação". E a EDUCAÇÃO ... na MESMICE. E todos os PROFESSORES, como bons IDIOTAS, ouvindo as "TAIS LOROTAS" ...
      dos "PATRIOTAS".
      "Pra variar".
      Continuem fazendo ... CONCURSOS para PROFESSOR do ESTADO de MG. O governo agradece e o Sindicato, também.
      Depois não me venham falar em GREVES.
      PT, PSDB, PMDB ... et cetera. Todos "partidos", nenhum "inteiro".
      A última esperança seria o PROF. EULER CONRADO se candidatar a alguma coisa. Mas ... o homem não se candidata, sô! 'Tá danado!

      Excluir
  32. SOS, PROFESSORES APOSENTADOS COM QUASE 30 ANOS

    Eu gostaria de saber, nós formados em Pedagogia/LP há mais de 25 anos, com especialização em Supervisão e Administração, e que atuamos como PEB e havíamos sido acessadas ao nível salarial da Supervisão Pedagógica com o subsídio tucano perdemos tudo e tivemos salário achatado ao nível de PEB1 início de carreira em cargos aposentados já. Vocês acham que podemos fazer o quê, uma vez que o sindicato faz encontrinhos com comes e bebes em hotéis mas o salário que é bom não dá mais para nada? Devemos mudar para debaixo das pontes?
    Respondam por favor.

    ResponderExcluir
  33. Alguém poderia me informar como fica a situação do servidor que está afastado da regência há mais de 4 anos por tempo(31 anos) e idade(51 anos)? Houve mudanças?grato.

    ResponderExcluir
  34. Inicia-se mais um ano, e claro a qualidade do ensino é uma b***a, pois todo mundo pode ser professor....
    Economista domestico - prof. química;
    Advogado - historia, português, sociologia;
    engenheiro jubilado em calculo - "matemática e física";
    qualquer dia atriz pornô - ciências;
    ladrão - matemática,
    bebum línguas ( todas após o 3° gole)
    é mas em um pais onde presidentes, senadores e outros são ladrões e traficantes.....

    ResponderExcluir
  35. 247
    Minas 247
    LAVA JATO: MP MANDA CASO ANASTASIA PARA O STF
    :
    Ministério Público Federal deu parecer contrário ao pedido da defesa do senador eleito Antônio Anastasia (PSDB-MG), que quer acesso ao depoimento em que ele é citado pelo policial federal Jayme Alves de Oliveira Filho, preso na Lava Jato, e afirmou que cabe ao Supremo Tribunal Federal fazer a análise das declarações; a questão será decidida pelo juiz Sérgio Moro; de acordo com o MPF, o depoimento faz "menção a pessoas com prerrogativa de foro"; o policial, conhecido como Careca, afirmou à polícia ter sido enviado a Belo Horizonte por Alberto Youssef para entregar R$ 1 milhão que seria do então governador Anastasia
    29 DE JANEIRO DE 2015 ÀS 17:47

    André Richter - Repórter da Agência Brasil

    O Ministério Público Federal (MPF) enviou nesta quinta-feira 29 à Justiça Federal parecer contra pedido da defesa do senador eleito Antônio Anastasia (PSDB-MG), que quer acesso ao depoimento em que ele é citado pelo policial federal Jayme Alves de Oliveira Filho, preso na Operação Lava Jato. No entendimento do órgão, cabe ao Supremo Tribunal Federal (STF) fazer a análise das declarações. A questão será decidida pelo juiz Sérgio Moro.

    De acordo com a petição do MPF, as declarações do policial fazem "menção a pessoas com prerrogativa de foro em decorrência da função que exercem, sendo necessário prévio exame do caso pelo Supremo". No documento, os procuradores também informaram que pediram para a Polícia Federal investigar o vazamento do depoimento do agente.

    De acordo com reportagem divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo no dia 8 de janeiro, o policial Jayme Alves, conhecido como Careca, afirmou, em depoimento à Polícia Federal, que foi enviado a Belo Horizonte para entregar R$ 1 milhão a pedido de Youssef.

    Segundo o agente, o dinheiro foi entregue em 2010, em uma casa da capital mineira, a uma pessoa que não se identificou. Conforme o policial, o doleiro disse que o dinheiro era para o então governador Antônio Anastasia.

    Em nota divulgada após a publicação da reportagem, Anastasia disse que nunca se encontrou com o policial e que não conhece Alberto Youssef.

    "Em primeiro lugar, registro que não conheço este cidadão. Nunca estive ou falei com ele. Da mesma forma, não conheço, nunca estive ou falei com o doleiro Alberto Youssef. Em 2010, já como governador de Minas Gerais, não tinha qualquer relação com a Petrobras, que não tinha obras no estado, ademais do fato de eu ser governador de oposição ao governo federal", declarou.

    Por determinação do juiz Sérgio Moro, Jayme Alves foi afastado das funções de policial federal em novembro passado. De acordo com as investigações, Jayme prestava serviços ao doleiro na entrega de remessas de dinheiro. Ele é réu em uma das ações penais da operação e não fez acordo de delação premiada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para o povo do PSDB tudo é fácil né, olha quem vai analisar a questão: Sérgio Moro, juiz do PSDB, kkkk. É claro que moro vai falar que Anastasia nunca pegou dinheiro algum. O juiz é do PSDB uai........

      Excluir
  36. Olá pessoal!
    ____________________[1]
    Quero ver a Bia Cerqueira bradar aos quatro cantos a palavras GREVE. O PT, que não é bobo, cedeu à categoria, ou melhor, aos sindicalistas, vários cargos comissionados. Tem gente que não tem extirpe e nem estofo para assumir cargo de tamanha envergadura. Eita MG!
    ____________________]2]
    Parece que as relações entre executivo e SINDUTE não é lá tão amistosa como nos fazem crer. A prócer da CUT vai ter muito trabalho porque por mais boa vontade que Macaé possa ter, a realidade é bem diferente.
    ____________________[3]
    ATenção Minas Sem Censura! Ajoelhou tem que rezar! Rogério Correia e Sávio Souza Cruz não têm tanto tempo para se explicarem. Pau que dá em chico, dá em Francisco. A mudança em perspectiva - remuneração do professorado na forma antiga e cumprimento do Plano de Carreira - é mais que necessária e deve ser eixo norteador a despeito da combalida e pobre categoria.
    ____________________[4}
    Pimentécio deve ser mais rigoroso com sua equipe de Governo. A incompetência no serviço público não muda mesmo quando as cores da legenda mudam. Me refiro as resoluções em que uma orienta e outra corrige.Quanto amadorismo. E o que dizer dos sites desatualizados e que remetem a imagem do executivo anterior?
    ____________________[5]
    O século virou e o pragmatismo sindical permanece o mesmo. Gostaria de saber se algum professor ou diretor que frequenta esse nobre espaço, foi consultados sobre o fim REM e outras demandas? FIQUEMOS DE OLHO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fim do REM foi uma das bandeiras levantadas pelos professores.

      Excluir
    2. A mesa da dona Macaé foi entupida até o teto com pedidos de fim dessa invencionice que foi imposta. Por acaso alguém perguntou as escolas se queriam essa modalidade de ensino que não é uma coisa nem outra? Impuseram e pronto! Não se iludam, isso não ia dar em nada mesmo se o tucanato ainda estivesse nas gerais. Tem gente sentindo a falta do chicote, tão cedo, nem começou as aulas e já reclama de tudo!

      Excluir
  37. Esse tal de vinculo e injusto e prejudica muita gente , eu com muito mais tempo , perco a chance de pegar aulas porque um recém formado deu aula ano passado por 90 dias. Esse governo não corrigiu nada os erros do outro. Me sentindo decepcionada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior aqueles que não tem tempo nenhum , pegou ano passado pelo concurso, e esse ano pega dois cargos , um pelo concurso e um pelo vínculo. absurdo. Ta pior do que era.

      Excluir
    2. Também não achei justo os critérios de designação, tem gente com um cargo com exigências curriculares, extensão,e outro cargo? Algo não está certo.

      Excluir
    3. Se usaram o tempo de efetivado para inscrição , como controlar agora a designação, se continuam como efetivados?

      Excluir
    4. Não levanto mais a bandeira do PT , com esses critérios de designação modelo PSDB, não merece meu respeito. Tenho muito tempo , e estou fora da escola.

      Excluir
    5. Assim como o vínculo só teve validade na escola em exercício,ou seja vínculo com a escola e não com o Estado ,o concurso também deveria, pois não foi estadual , foi feito para o município.

      Excluir
    6. Abril tem que chegar logo , para colocar ordem nesse barraco. Lei 100 , já era, e continua atrapalhando a vida de todos.

      Excluir
    7. Onde está a justiça que tanto esperamos?

      Excluir
    8. Onde está a justiça que tanto esperamos?

      Excluir
    9. Pessoal! A nossa classe tem de ser desvinculada deste projeto de poder que está sendo estabelecido. Se as famílias mais humildes não sentir em nós professores a alternativa de mudanças o que será do povo brasileiro? Não ralamos em bancos de faculdades para carregar sacos de pedras para partidos políticos. Está na hora de entrarmos na sala com atitudes de professores e não de pessoas que se vendem e estacionam os nossos alunos num ambiente como se fosse uma curva de rio. Nossos alunos estão sendo considerados os piores em aprendizado do mundo. Isto não nos incomodam? Vocês também não tem filhos, nesta porcaria que é a escola pública! Tirem de vocês este ranço de perseguição ,e entre na sala de aula pensando que ali pode estar o futuro da nação e você vai ser um responsável por isso. Estou plenamente de acordo com o anônimo que refletiu muito bem sobre o SINDIUT. Ele está corretíssimo.

      Excluir
    10. Descupe. Esta resposta era para o post 29 de janeiro de 2015 22:34

      Excluir
  38. Gente! Acorda! Vi no SINDIUT algo assim : Foi uma conquista acabar com o REM. A justificativa é que estava difícil conciliar os alunos com o transporte escolar e os professores estavam inaptos a desempenhar tal função. Hora, se a educação fosse ser levada por esse lado, SENHORA BEATRIZ CERQUEIRA, A educação em MINAS E NO BRASIL TERIA DE PARAR TAMBÉM, NÃO ACHA? O que eu acho senhores e senhoras é que diminuiu cargos nas escolas e isto vai trazer enormes consequências para famílias que dependem deste salário e serão desempregadas. Ver na página da entidade que nos representa, que acabar com o reinventando foi uma vitória! Esse sindicato começou o ano comendo bola do governo. Ele jamais nos representará,pois, está nele impregnado a vontade de manter no poder o partido que apoia. Se tivesse a intenção de fazer algo de bom para o professorado teria outro discurso. Por exemplo - recebemos muitas críticas das escolas sobre o REM e hoje vamos fazer pequenas reestruturações ao longo do ano para atender melhor os alunos e os professores, mas, vamos manter a sua continuidade. O que vimos foi uma medida arbitrária que desempregou muita gente e deixou os nossos jovens sem expectativas.A educação não pode parar para que os equívocos sejam solucionados. O que o atual governo está fazendo, com a aprovação do SINDIUT, é parar a máquina para que a mesma seja consertada no meio do caminho prejudicando professores e alunos. Como símbolo da demagogia do sindicato que nos representa, ainda fala, é uma conquista. Abram os olhos colegas os abutres estão à solta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Sind-Ute me representa super bemmmmm. Afinal de contas o Reinventando o Ensino Médio foi uma catástrofe de campanha do PSDBOSTA que acabou com a Educação Mineira. Quanto a vagas sempre têm milhares pelo estado. Tenho esperança no novo governo!!!

      Excluir
    2. acabou com o REM mas aumentou as aulas de ARTES, isto é muito produtivo KKKKKKKKK.

      Excluir
    3. O REM foi um engodo.Não estava contribuindo em nada para a formação dos alunos. Lembro-me que umas das perguntas que os professores tiveram que responder, quando o Rem foi introduzido ,era a gente achava que o projeto ajudaria a diminuir a evasão escolar. Pelo menos na escola onde trabalho o que aconteceu é que o número de alunos desistentes no primeiro ano foi muito maior que nos anos anteriores. A implantação sim é que foi arbitrária. Impor aos alunos algo que não estava funcionando e não estava acrescentando nada à sua formação escolar e cidadã só para não perder aulas/ cargos é algo no mínimo indigno. Esses cargos e aulas não existiam antes , ninguém foi capacitado para atuar neles, portanto não vejo motivo para defender a continuação desse engodo.

      Excluir
    4. Estou sentindo que você foi um dos professores que perdeu o cargo com o fim do REM. Por favor, admita, esse projeto não tinha nada pra dar certo. Na minha escola , os professores reclamavam o tempo todo sobre a falta de material de apoio e organizavam projetos que tumultuavam muito o recinto escolar. Devemos investir mais nas cargas horárias de Matemática, Química e Física, para podermos competir melhor nos vestibulares com alunos de escolas particulares.

      Excluir
    5. Também não consigo enxergar o fim do REM como uma grande conquista da classe. Tudo bem que deveria ser adaptado ou até mesmo se adequar ao Pacto do Ensino Médio. Conquista será, de fato, quando tivermos a nossa carreira com todas as vantagens, inclusive o direito ao afastamento da sala de aula após 25 anos de regência de volta. Nada menos que isto. Que se respeite a nossa opção quando nos foi solicitada naquele momento. Mesmo que, num primeiro momento, o pagamento do nosso tão sonhado piso salarial não seja uma realidade devemos lutar pela sua implantação. Este novo governo tem todas as condições de tornar tudo isso em realidade, pois se mostra sensível à nossa causa. Confio no Pimentel e sei que isto pode acontecer. Estaremos esperando pelas reais conquistas ou melhor, RECONQUISTAS, da nossa classe . As reuniões já começaram e acredito no diálogo como forma, inteligente e democrática, de se administrar conflitos.

      Excluir
    6. Claucir,
      Infelizmente acho que sua esperança na classe política brasileira é pura ilusão. Os políticos brasileiros nada fazem em prol da população que não lhes dê votos ou vantagens.No caso da educação, que não é uma mina de votos, nada importa, professores, demais funcionários, alunos e comunidade são tratados com total descaso. Acreditar que nossa situação vai ter conquistas significativas é acreditar em Papai Noel. No máximo nos darão algumas migalhas. Nos últimos li um livro de um velho professor, que já a algumas décadas sentia esse descaso, dizendo que Rui Barbosa tinha razão quando afirmava que o professor era o mendigo de gravatas, hoje nem as gravatas restaram. Um abraço

      Excluir
    7. Achei ótimo ter acabado com o REM! Dinheiro indo pelo ralo. Se queremos que melhore o nosso salário, deve-se sim, cortar gastos desnecessários!

      Excluir
    8. Eu jamais vi, até então, um professor elogiar o REM. Agora que, graças a Deus , ele acabou, tem gente que não queria. Dá p/ entender?

      Excluir
    9. Sou sim anônimo 30 de janeiro de 2015 13:34 um dos que perdeu o emprego. A nossa diferença está na dignidade. Enquanto você deve ter as suas conquistas puxando o saco, eu faço as minhas atrás dos meus direitos. Não posso pedir uma Xícara de sal em sua casa, pois, como puxa saco que és deve estar lutando pela mesma. A diferença aí está na dignidade de como conseguir.

      Excluir
    10. REM ,eu lecionava no curso de Empreendedorismo. E conversava muito com meus alunos, falava deste programa eleitoreiro, sem base, sem objetivo, sem capacitação, sem orientação, sem merenda, sem recurso, sem finalidade...fazia dos meus horários um momento de reflexão, de luta, de esclarecimento. Que bom que o REM acabou, meus alunos não precisam mais se dedicar a outros conteúdos que não úteis para o ENEM...Agora é acabar com a empurração ..já falei com minha supervisora Progressão parcial ninguém fica, ou fica ou passa.

      Excluir
    11. Defender a continuidade do REM é ser masoquista, o governo não assume seus deveres, começa um projeto sem nehum plano, as professoras da minha escola tinham que preparar aulas sem nem saber o que abordar, não tinha currículo básico, não tinha uma apostila, nada que pudese servir de base pra elas trabalhares. Foram as professoras da minha escola que montaram o programa dos cursinhos que foram abertos aqui,e depois a regional copiou pras outras escolas. O governo foi irresponsável bastante pra deixar embora sem as últimas aulas os alunos que estavam sem transpotte, e empurrou em nossas costas o dever de documentar os meninos pra livrar-lhe a cara, tinham que fazer um caderno de sexto período, que claro eles nunca faziam pois estavam abarrotados de um tanto de trabalhos, projetos, e invenções das "empregabilidades" e por fim os professores foram punidos por não entregarem os cadernos dos alunos no tempo estipulado pelo imperador! Acabou tarde, amém, louvado seja Deus! Só tenho dó dos alunos que estavam acabando e não tiveram o terceiro ano, mas fora isso, amei e adorei!

      Excluir
    12. "No caso da educação, que não é uma mina de votos, nada importa, professores,"
      COLEGA
      Anônimo30 de janeiro de 2015 18:45
      Em qual planeta você andou que não assistiu a vitória esmagadora dos professores de MG. Nós somos mina de votos de MG sim. E o PT* sabe bem disso, estavam com as eleições perdidas e nós o levamos a vitória pelas redes sociais e nos comitês das eleições. Somos mais e todos sabem. Ah, é sim nos odeia. "Beijos no ombro" pra ele e sua trupe. Se cuida Pimentel, SindUTE ou voltaremos para a tal appmjeka e "peitaremos" vocês também.

      Excluir
    13. O E.Medio devia ter o 6ºhorário, não com essa empulhação do reinventando, mas com aulas das matérias que estão faltando, como redação, biologia, e cada escola vendo sua grade da melhor forma. Mas, professores passando matérias só para cumprir sua carga? enganação? isso é absurdo. Escolas privadas tem esse sexto horário, no RJ tem, é necessário , há muito mais conteudos no E.Medio. Mas, os professores que trabalham em jornada dupla, não querem. Pensando bem,pelo aluno, como um "burro velho" de 15 anos não pode ficar até 12,15h na escola? Precisa de mamadeira, ou merendinha extra. Por favor, no CEFET, ficam, em qq lugar , ficam, pq essa criação de caso? Só se melhora esse E.Medio com seriedade, mesmo.

      Excluir
    14. Professor de qualquer matéria, dando empreendedorismo, pq faltavam aulas. Outro do curso de meio ambiente, que nada tinha a ver...Não dá para defender esse programa furado. Dá para exigir melhoria salarial, aulas bem elaboradas, laboratórios. E realmente tem que ganhar um adicional, pq se estuda muito mais, se quiser dar uma boa aula. Os tempos mudaram e fazer aluno se interessar e aprender a ler, tem que ter algo mais.

      Excluir
    15. Caros colegas,
      Ao afirmar que a educação não é uma nina de votos, tentei dizer que o povo não vota por causa de erros ou acertos na educação. Ainda bem que nessa eleição a categoria colaborou para derrotar o governo anterior. Na minha cidade sucessivos governos nunca olham para a educação e não deixaram de receber um voto sequer por esse motivo.
      Espero que a categoria tente manter-se unida e cobrar do novo governo as melhorias que pretendemos. Não somente melhorias salariais, mas também cobrando ações que visem o crescimento da escola publica, que recebe pedra de todo lado.

      Excluir
  39. aqui em neves, o ódio entre efetivos e ex lei 100, é total, existem escolas que tem sala de professor separada, para efetivos e ex lei 100, mas é assim que a dupla AA queria, desunir ainda mais a categoria, são dois peçonhentos mesmo, e o salário...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em Santa Luzia também é desse jeito.

      Excluir
  40. Apoiado anônimo 29 de janeiro de 2015 22:34

    ResponderExcluir
  41. Olá pessoal!
    ____________________[único]
    Informação pública,
    Olha a lógica capitalista que aflige espíritos desinformados. Esse conluio formado pelo baronato midiático, Estado e transnacionais escondem essa lógica perversa desse sistema que tem como alicerce o CONSUMO. Na verdade, a natureza não consegue repor a demanda e o discurso do caos parece mais confortável. Empresas de bebidas, Mineradoras e de celulose são as grandes responsáveis por essa queda no volume dos reservatórios, tudo em nome do mercado e da manutenção de postos de trabalho. Há também outro ponto importante que torna o Estado refém desses grupos: as exportações. Enfim, essa camarilha que transforma um bem natural e público em ações - notadamente as empresas públicas responsáveis pelo abastecimento e manutenção destes - contribuem ainda mais com o pacote de maldades. Aqui em Minas, a COPASA mudou o foco de negócios e mergulhou no mercado financeiro. A alegria do passado se tornou uma grande dor de cabeça para os acionistas. A brilhante ideia de captação de recursos para serem aplicados na expansão de serviços tão regurgitado pelo PSDB no ano de 2006 parece ter sido um tiro pela culatra. Empresas públicas geridas por PSDB e PT só servem para abarrotar os bolsos de políticos astutos e ávidos pelo sangue alheio. Vou aproveitar o bordão do humorista mineiro Geraldo Magela: " é mui difici"

    ResponderExcluir
  42. Olá Euler e demais blogueiros.
    Peço desculpas pelos erros infantis cometidos num dos comentários. Sempre faço correções antes de qualquer publicação e desta vez acabei esquecendo rsrsrs. Abrçs!

    ResponderExcluir
  43. é como me diz aquele velho advogado, descendo a rampa da metropolitana, com um sorriso e com seu CAT na mão: VAI UM BICO AÍ???

    ResponderExcluir
  44. Meu caro, anastasia, voce concorda que enfermeiro lecione? CRUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUZES.

    ResponderExcluir
  45. SEM ÁGUA NÃO PODE HAVER AULA, CONCORDA MEU CARO COALHADA:FALOOOOOOUUUUUUU.

    ResponderExcluir
  46. Como acredito em papai noel, acredito no piso.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  47. em 30 dias de governo, pimentel já conseguiu fazer mais raiva nos professores, do que a dupla Aécio pai e Aécio júnior, o anastasia, em 12 anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e o dep. joão leite que não da trégua, é o tempo todo batendo no pimentel, que não cumpre suas promessas né, governador.

      Excluir
    2. recessão mundial e crise hídrica, duas boas desculpas que tem o executivo de mg,mas que não vão colar.

      Excluir
    3. É só você fazer suas malas e acompanhar Aecista e nazista em Brasília. Talvez seja mais um professor Psdbosta.

      Excluir
    4. em uma entrevista á tv, certa vez bionético neves, foi questionado pela entrevistadora sobre um bom aumento para os professores e ele respondeu que numa canetada poderia fazer isso, mas o preço era quebrar o estado. Qual será a desculpa de Pimentel?

      Excluir
    5. AINDA BEM QUE A VIDA É CURTA.

      Excluir
    6. E isso pode render várias desculpas para não assumir os compromissos com os professores. Tudo pode acontecer. Aff

      Excluir
    7. tenho dó é do Drácula, que dizem ter vida eterna. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    8. É uma coisa incrível, a criatura apanha calada e defende o agressor doze anos seguidos, depois reclama de qualquer esbarrinho, pedindo o chicote de volta! pelo amr de Deus, tem coisa pior que ser professor... ter colegas assim de tapa-olhos!

      Excluir
  48. nos meus 30 anos de magistério, já vi de tudo, até aluno escrevendo: TRABALIO DE INGUES. (MISTURA DE INGLES COM PORTUGUÊS).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkke eu que já vi cantineira aplicando prova bimestral só em minas mesmo.

      Excluir
  49. Em seu primeiro dia de profissão, o Professor entra na sala de aula tremendo mais que vara verde, e os alunos perguntam?professor que tremedeira é essa, o sr.está com medo de nós?ele responde, não é que estou queimando de febre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkessa é ótima, e a desculpa do professorkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Febre emocional por não saber fazer mais nada, a não ser dar aulas.É triste a realidade, a maioria não consegue largar o osso.

      Excluir
  50. sind inutil, mas sem ele creio que seria pior.

    ResponderExcluir
  51. Hoje, ouvindo TV assembléia, fiquei pasma com tanto trabalho ou melhor, projetos que saõ desenvolvidos em escola e no salário do professor, ninguém fala.
    Falaram do SIMAVE,PROEB,etc.Me lembrei que quando ainda lecionava, apliquei uma prova do governo,aquela que vinha lacrada, para meus alunos de 8 anos que era a nível de pré primário.Não esqueço de uma questão que os alunos teriam que ligar a palavra cavalo ao desenho do cavalo e outras besteiras.A prova foi tão boba que os próprios alunos se confundiram.Uma das melhores alunas foi reprovada.Fiquei PASMA.É muito blá, blá ,blá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc não observou a data do programa. 14/11/2014.

      Excluir
    2. Anônimo das 21:55, o programa foi gravado,como estava escrito lá, mas a data está bem próxima.

      Excluir
  52. Achei ótimo ter acabado com REM! Gastando dinheiro com um curso q n levava a nada!

    ResponderExcluir
  53. Aqui em São João del Rei, melhorias para a educação e salário digno para os professores era o que o prefeito e professor universitário Helvécio Luis Reis do PT prometia. Estamos esperando até hoje !

    ResponderExcluir
  54. Como fica o pagamento da bolsa do Pacto ? Incrível como o professorado tem valor de nada para o governo. Inventa-se muito para se reeleger, mas não se cumpre com a palavra.Das 5 parcelas de R$200,00 prometidas, em Montes Claros só uma foi paga.E o pior é precisarmos tanto desse dinheiro...

    ResponderExcluir
  55. Claro que foi uma vitória! Era um faz de conta inaceitável! Temos que sermos profissionais.

    ResponderExcluir
  56. Quero saber, esta fechado que vão pagar o retroativo desde 2013? o reposicionamento sai em fevereiro?

    ResponderExcluir
  57. O reposicionamento deve sair mesmo em fevereiro pois lá no portal do servidor eu abri margem para consignação e a margem aumentou.Se aumentou é porque o salário também aumentou.Entendeu?Quero ver o valor .Eu estava na letra H e irei para a P.

    ResponderExcluir
  58. desde pequeno ouço o refrão daquele samba que diz: a coisa vai melhorar, a coisa vai melhorar, e até hoje...

    ResponderExcluir
  59. O que os coordenadores do pacto de Viçosa falam sobre o atraso da 2ª a 5ª parcela? Me informem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí está até bom.Em Montes Claros só foi paga a terceira parcela....

      Excluir
  60. "Anônimo30 de janeiro de 2015 18:45"
    acabou com o REM mas aumentou as aulas de ARTES, isto é muito produtivo KKKKKKKKK."
    Que comentário triste, espero que não tenha vindo de um professor. Não sabe que LINGUAGENS engloba LINGUA PORTUGUESA, ARTES E EDUCAÇÃO FÍSICA?
    Estude companheiro(a).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anonimo 31 de janeiro de 2015, você não deve ter filho na escola para pensar que artes é produtivo. No dia que você tiver e ele prestar o enem e te falar mãe afundei em quimica fisica e matematica ai você vai pensar em mim.

      Excluir
    2. Arte pode ser produtivo sim.Meu filho trabalha com artes e ganha o triplo de mim.Trabalha divertindo.

      Excluir
  61. Fiz uma consulta na página da margem de consignação e em relação ao pagamento que recebi em janeiro, teve um acréscimo nos seguros e no pecúlio.Provavelmente virá aumento mesmo.Só aumenta estes itens quando tem aumento de salário.Vou aguardar pra ver.Quase que dobraram, mais ou menos 80% do valor de cada.

    ResponderExcluir
  62. Essa Comissão precisa chegar a um acordo urgentemente! Para a próxima semana aumento da gasolina e consequentemente de outros serviços. Precisamos do nosso Piso e acerto dos valores atrasados para ontem! 90 dias é tempo demais, pois
    qualquer decisão ainda passará para a homologação da fajuta Assembleia Legislativa ou melhor homologativa!

    ResponderExcluir
  63. SINDINÚTIL MESMO!
    "Sindicato ajuiza ações para nomeação de concursados

    Durante o ano de 2013, o Sind-UTE cobrou da Secretaria de Educação a nomeação dos concursados para todos os cargos vagos. No entanto, a Secretaria de Educação agiu com morosidade. "
    "Destaca-se: essa medida judicial abrange, tão somente, os candidatos aprovados dentro do número de vagas do Edital"

    ESSE SINDICATO MEIA TIGELA ESTÁ APENAS ETÃO SOMENTE DESTRUINDO O SONHO DOS APROVADOS DENTRO DA RESERVA TÉCNICA DO CONCURSO, HAJA VISTO QUE O SUPREMO TRIBUNAL MANDOU NOMEAR TODOS OS APROVADOS,E NO EDITAL ESTÁ CLARO QUE HAVENDO NOVAS VAGAS SERÁ CHAMADO MAIS APROVADOS NA RESERVA. ESSE SINDICATO ESTÁ LEGISLANDO EM CAUSA PRÓPRIA POIS VÁRIOS LÁ DENTRO SÃO EFETIVOS EM UM CARGO E EX LEI 100 EM OUTRO. COMO NÃO ENTRARAM COM MANDADO DE SEGURANÇA PARA TODOS OS QUE ESTÃO EXCEDENTES NA RESERVA TÉCNICA NO AGUARDO DAS CENTENAS DE MILHARES DE VAGAS QUE SURGIRAM COM A EXTINÇÃO DA LEI 1OO?
    ACORDA CONCURSADO, NAS ESCOLAS DE DIREITO VOCÊ CONSEGUE ADVOGADO GRATUITO PARA IMPETRAR SEU MANDADO DE SEGURANÇA. E MUITOS DA RESERVA TÉCNICA JÁ ESTÃO NOMEADOS. SURGIRAM VAGAS AO TERMINAR A LEI 100 E É ORDEM DO STF, NÃO DEIXE QUE USURPEM SEU DIREITO. LUTE POR ELE.
    ABRAÇOS E FÉ NA LUTA.

    ResponderExcluir