domingo, 29 de setembro de 2013

Domingo com chuva, e mais uma análise do descaso com os educadores de Minas

Domingo com chuva, e mais uma análise do descaso com os educadores de Minas

O domingo é de chuva, muito bem vinda, por sinal. Lavou um pouco a poeira das ruas, e especialmente no meu bunker, que passa por modesta reforma. Em todo canto do meu pequeno canto se encontra com pó. "Pó pará, governador". Cinco por cento de reajuste para receber em novembro é tudo o que sua excelência, o afilhado do faraó, ofereceu aos sofridos educadores. Carreira destruída, piso sonegado, salário congelado, e agora, para passar a imagem de preocupação com a área da Educação, toma 5% ao final de quatro anos de governo (quatro mais oito do faraó candidato a presidência, com muitos toques na madeira). E o pior são as assessoras, berrando aos quatro ventos que Minas paga até 55% a mais do que o piso nacional dos educadores. Ai, ai, ai, isso dói nos ouvidos.

Como o sindicato da categoria tem dificuldade de esclarecer para a sociedade que a versão do governo não corresponde à realidade, e a nossa mídia tem dificuldade de entender aquilo que desagrada aos governantes de plantão, vamos tentar desenhar abaixo, explicando a realidade do piso em Minas - que, diga-se, se estende à realidade brasileira, já que Educação não é prioridade em nenhum estado. Nem a saúde pública, embora os médicos contratados pelo governo federal - e que sejam bem-vindos os médicos cubanos! - pelo menos receberão um pouco mais do que os professores do ensino básico - R$ 10 mil contra R$ 1,5 mil.

Vamos enumerar para facilitar a compreensão geral da nação. Mas, antes, contudo, porém, entretanto, quero fazer três rápidos registros, de uma linha apenas, e em seguida volto ao tema central, qual seja, o de como o governo de Minas não paga o piso e ainda diz que paga até 55% a mais.

Primeiramente, nosso renovado repúdio contra a criminalização dos movimentos sociais, o que resultou em prisão de vários combatentes que se manifestaram nas ruas no dia 7 de Setembro. Dois destes jovens lutadores - Ameba e Rodrigo - continuam presos - presos políticos, diga-se. Minas, com sua parafernália estatal ditatorial, dá mau exemplo para todo o país - de intolerância, de desrespeito aos direitos civis e às liberdades democráticas duramente conquistadas pelos lutadores sociais. E que em todas as nossas manifestações e diálogos cotidianos possamos condenar essas práticas que agridem nossos direitos: pela liberdade imediata do Ameba e do Rodrigo, e pela descriminalização dos movimentos sociais, incluindo o caso do professor André, de Juiz de Fora, indiciado durante a nossa greve de 2011.

A segunda nota de registro é de pesar, pelo falecimento do ator, diretor de teatro e um dos coordenadores do Arena da Cultura de BH, Marcos Vogel, a quem tive a honra de conhecer recentemente nas minhas atividades profissionais. Vogel era uma pessoa extremamente dedicada, sensível e atencioso com todos. Natural do Rio de Janeiro, transferiu-se para BH na década de 90, dedicando-se apaixonadamente à vida cultural da cidade, contribuindo inclusive com a criação do Arena da Cultura, uma escola de artes, nas suas diversas linguagens. Aos familiares e amigos de Marcos Vogel, os nossos sentimentos. Sem dúvida, ele fará muita falta no cenário cultural de BH - cenário este sempre rico e desafiante.

A terceira e última nota é sobre o acampamento dos educadores, organizado pelo sindicato da categoria, nas proximidades da residência do governador. Pelo visto - que local mais sombrio e isolado do mundo! -, finalmente resolveram torná-lo itinerante. Considero uma boa iniciativa, já que o local escolhido inicialmente tem pouca visibilidade. Ou seja: o povão não passa na porta do Palácio das Mangabeiras. E como a mídia mineira não noticia praticamente nada, e o sindicato tem dificuldade de comunicação e expressão, penso que é exigir muito dos colegas que se disponham a acampar naquele local. Algumas sugestões de locais para a itinerância do acampamento: assembleia legislativa, cidade inadministrável, em frente à sede dos grandes (em poder econômico) meios de comunicação - quem sabe assim eles descobrem que há um acampamento de educadores na cidade? -, na Praça Sete, enfim, há muitos locais que podem ser "ocupados" por um tempo. Infelizmente, não tenho podido participar pessoalmente dos acampamentos, mas me sinto representado pelo comandante João Martinho, sempre presente em todas as lutas dos educadores de Minas e de outros movimentos sociais também. O correto é participar diretamente - como sempre fiz - mas, como não está sendo possível acompanhar as movimentações, já elegi o comandante Martinho meu representante junto aos movimentos dos educadores. Na ausência dele, o Rômulo me representa. E mais ninguém, rsrs (ah, claro, se morasse em Montes Claros tal atribuição caberia à combativa colega Marly, que merecidamente está se aposentando de um cargo. E em outras cidades de Minas, tal fardo caberia aos combativos colegas do NDG). 

Agora voltemos ao tema-tese inicial: o governo de Minas paga o piso salarial nacional aos educadores? Vejamos:

1) pela Lei do Piso - 11.738/2008 - o piso é vencimento básico, sobre o qual devem incidir as vantagens e gratificações conquistadas pelos educadores ao longo da sofrida carreira. Em Minas Gerais, para não cumprir a lei federal, o governo alterou (destruiu) a carreira dos educadores. Para isso, o governo de Minas criou o subsídio, uma forma de pagamento usualmente utilizada para remunerar os altos cargos comissionados do estado. Professor é cargo de carreira, de baixa remuneração, mas mesmo assim, para não pagar o piso salarial corretamente, o governo de Minas implantou o subsídio, acabando com o vencimento inicial, incorporando todas as gratificações ao baixo valor nominal do subsídio (e com isso eliminando estas gratificações) e alterando, inclusive, e para pior, a estrutura das carreiras dos educadores. Por exemplo: uma mudança de nível, que para qualquer outra carreira do estado corresponde a 22%, para os educadores foi rebaixada para algo próximo de 10%; na progressão, houve mudança também de 3% (comum a todas as carreiras do estado) para 2,5% apenas para os educadores. Não bastasse tudo isso, a carreira foi congelada até 2016.

2) foi graças a este tremendo confisco e arrocho nos salários dos educadores, que a longa gestão faraó-afilhado pode realizar algumas poucas obras faraônicas, tipo cidade inadministrável, além de poder remunerar melhor a polícia militar, responsável pelo choque aos movimentos sociais. Como já dissemos aqui, não somos contrários a uma remuneração digna aos policiais, ou a qualquer outra carreira do estado, mas seria importante que houvesse uma isonomia no tratamento entre as carreiras. A PM receberá, em 2015, como vencimento inicial, algo próximo de R$ 4.000,00. Os educadores, nesta mesma data, receberão, como salário total, algo próximo de R$ 1.500,00. Em 2010 a PM ganhava, como salário inicial, em torno de R$ 2.000,00, enquanto os educadores recebiam, como salário total, em média cerca de R$ 1.000,00. Isso nos dá a medida de como o governo de Minas, nas gestões tucanas, trata (destrata) a Educação no estado: com total descaso, como elemento de quinta importância, quando muito.

3) o governo diz aos quatro cantos do planeta que paga aos professores até 55% a mais do que o piso salarial nacional. Então resolvemos fazer umas continhas, para que o leitor possa entender a essência e a diferença entre o que se diz e o que se pratica. O valor do piso salarial nacional atualmente é de R$ 1.567,00. Este é o valor mínimo e por isso tem o nome de piso. O governo de Minas tem a cara de pau de pagar como teto praticamente R$ 1.400,00 e ainda diz que paga até 55% a mais do que o piso. Vejamos: R$ 1.567 mais 55% é igual a R$ 2.429,00. Quase R$ 1.000 de diferença entre o discurso e a prática, em desfavor dos educadores.

4) o governo alega que paga sobre uma jornada menor, de 24 horas de trabalho. Tal argumento é falacioso, pois a Lei do Piso diz que o valor do piso deve ser pago para uma jornada de até 40 horas, podendo, os governantes, pagá-lo de forma proporcional às jornadas praticadas. Logo, o governo de Minas pode até lançar mão deste expediente negativo para os educadores, de pagar um valor menor pela jornada menor, mas de maneira alguma pode dizer que paga a mais, já que, como demonstraremos a seguir, o governo sequer paga o piso corretamente. Para ser coerente, já que o governo sonegou o piso e paga teto salarial, em forma de subsídio, deveria pelo menos cumprir o que diz, e pagar R$ 2.429,00 de salário inicial para os educadores, ao invés dos R$ 1.400 e poucos reais de salário total.

5) como dissemos antes, o governo burlou a Lei do Piso. Se tivesse aplicado corretamente a lei federal, inclusive com o valor proporcional à jornada de 24 horas, teria feito da seguinte forma (pela tabela antiga, que foi rasgada): para o professor com formação em ensino médio, R$ 940,20 de vencimento básico, mais as gratificações (biênios, quinquênios, pó de giz, etc.);  para o professor com licenciatura curta, R$ 1.146,00 mais as gratificações mencionadas; para o professor com curso superior, R$ 1.399,40 mais as gratificações; para o professor com especialização, R$ 1.707,26 mais as gratificações; para o professor com mestrado, R$ 2.082,85 mais as gratificações; e finalmente, para o professor com doutorado, R$ 2.541,08 mais as gratificações. Reparem que o valor do piso (vencimento básico) do professor com curso superior para a jornada de 24 horas deveria ser de R$ 1.400,00 sem as gratificações, valor este que o governo paga atualmente como remuneração total e ainda diz que paga até 55% a mais do que o piso. Ora, onde está o jurídico do sindicato que não consegue questionar estes dados na justiça? Onde está o Ministério público, ou a imprensa de Minas, tão atenta a todos os problemas da humanidade, que não consegue desnudar estes dados explicados aqui de forma detalhada, tolerante, até.

Conclusão: Minas não paga nem o piso, quanto mais os aludidos 55% a mais do que o valor nacional do piso dos educadores. Quaisquer que sejam os ângulos que analisemos a questão - pela aritmética, pela jurisprudência, pela ética ou pelo bom senso -, veremos que o estado de Minas está em débito eterno com os educadores, pois trata com descaso a área da Educação pública, e especialmente aos profissionais da Educação, vítimas de sucessivos desgovernos estaduais e federais - já que, infelizmente, este descaso com a Educação pública não é privilégio do reinado de Minas.

Neste domingo calmo e chuvoso, eram essas as considerações que gostaria de trazer à análise dos nossos fiéis e valentes leitores.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

                           ***

172 comentários:

  1. Não podemos esquecer os 51 traíras da educação. Vamos colocar os nomes deles abaixo:
    João Leite
    Ana Maria
    Dalmo Ribeiro
    Arlen Santiago
    Gil Pereira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiano Tolentino
      Neider Moreira
      Gustavo Valadares

      Excluir
    2. O pior de todos:
      Duarte Bechir

      Excluir
    3. CANALHAS...A RESPOSTA SERÃO NAS URNAS!

      Excluir
  2. Pimentel confidenciou para diretores do PT que irá cumprir a Lei Federal sobre o Piso Salarial da categoria, caso seja eleito governador. Estamos com a faca e o queijo nas mãos. Será que vamos perder esta oportunidade??????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo das 09:58, não perderei essa oportunidade se o Pimentel decidir qual o partido de fato dele. Porque se aliar ao Clésio Andrade é aliar ao PSDB. Caso não se lembre, esse Clésio Andrade foi vice de Aécio e faz parte do mensalão tucano. Agora, se ele mostrar que está 100% com o PT, terá meu voto e de toda minha família. Mas, se dependesse de mim, escolheria o Patruz Ananias, Homem de palavra e sério com suas atitudes e compromissos.

      Christine, Montes Claros

      Excluir
    2. SERÁ VERADE MESMO? SÓ ACEITO SE ELE ASSINAR UM DOCUMENTO E REGISTRADO EM CARTÓRIO!

      Excluir
    3. Mentira, são todos iguais, veja o Tarso Genro é do
      PT e tem dado uma banana para os educadores, desde quando entrou no governo, fora do governo falava isso também, entrou manda é meter o cacete nos educadores, não se fie nessa fala, porque é tão somente eleitoreira, desejou que vazasse exatamente para parecer que é um segredo de futuro governo, mas é balela, tudo farinha do mesmo saco. Quer mesmo é ganhar votos com isso.

      Excluir
    4. Alguém vai acreditar? Eu não confio em ninguém.

      Excluir
    5. PT também não é confiável.Olhem como está o país.Farofa pura.

      Excluir
    6. Então vamos continuar divididos elegendo os sucessores do aecinho do pó, e do anasta filhote do demo. Aí choramos no berço, pois lá é quentinho.

      Excluir
  3. VAMOS DERROTAR ESSES TRAÍRAS NA PRÓXIMA ELEIÇÃO!!!

    ResponderExcluir
  4. Diniz Pinheiro. Próximo governador de Minas? Vamos deixar?

    ResponderExcluir
  5. Olá gente!!!!!
    Se Deus quiser, vamos derrubar este governo sem noção, do pedestal. O que é deles(s) está guardado e vai estourar a qualquer momento. Mesmo que ñ dê em nada na justiça em Minas, o que é mt fácil acontecer, mas na urnas ele e sua gangue não passam. Pode baixar acórdão de todos os tipos, mesmo que ele quisesse, não tem como nos pagar, pois Minas está endividada ao extremo. O jeito é esperar as eleições e fazer o certo.
    Os nossos sonhos serão realizados, se soubermos eleger o candidato certo. E isto vai acontecer. Fé em Deus!!!!!!!!.
    Marlise.

    ResponderExcluir
  6. O que mais me dói é o dedo no controle remoto da TV desviando de ver o "Aécinho do ..." vulgo Faraó.Estou contando pras pessoas do Espírito Santo e algumas do Rio de Janeiro quem é o "pré-candidato" a presidência e quem é o governador das Gerais.Minha parte tenho feito direitinho.Não suporto ver gente calhorda nem na TV."NÃO É PELOS R$0,20" e sim pelo CUMPRIMENTO DE UMA LEI FEDERAL (A DO PISO ).OBS:Acredito que não se pode fazer campanha antes de candidatura devidamente registrada,etc...etc..daí já dá pra ferrar o "Aécin..".

    ResponderExcluir
  7. Por favor colegas não vamos deixar ser influenciados pelos tucanos que vai usar a lei 100 para tentar nos convencer, na verdade sabemos que eles não podem fazer nada, se tem alguém que pode nos ajuda é o STF. Mas com certeza mesmo depois de ter nos traído, porque qualquer pessoa pode ler a defesa do estado dizendo que a lei 100 não garante estabilidade, ele fará de tudo para usar a lei a seu favor e enganar, aquelas pessoas que estão mal informadas por isso não podemos deixar isso acontecer, temos que divulgar o que está acontecendo. E Pimentel é a chance que a educação em Minas tem de melhorar. Vou colocar o site do STF. E por favor divulgue essa situação para os colegas que estão na lei 100.
    O link da ADI da lei 100:
    http://www.stf.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?incidente=4332889

    Nesse outro link estão os documentos anexos como parecer,petições :

    http://redir.stf.jus.br/estfvisualizadorpub/jsp/consultarprocessoeletronico/ConsultarProcessoEletronico.jsf?seqobjetoincidente=4332889
    Maria Helena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Helena estou fazendo como você mostrando para os colegas da lei 100 que Aécio e Anastásia não estão nem ai pra gente, só tiraram o deles da reta.

      Excluir
  8. Não acredito em promessas políticas. Como o Pimentel cumprirá alguma coisa se nem mesmo a madrinha Dilma não faz com que se cumpra a lei do piso em cenário nacional? kkkkkkkkkkkkkk... Essa é pra rolar de rir... Nem o Faraó de Minas, nem o Anasta, nem o Pimentel, nem o raio que o parta cumprirão promessa para a educação, enquanto nós, "PROFESSORES" não nos unirmos e lutarmos contra os desmandos de todos os governos: Federal, Estadual e Municipal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este papel não é de Dilma, mas do judiciário, que deve fiscalizar a aplicação da lei, ou estou errado?

      Excluir
    2. Tem muitos professores BABACAS que ainda acreditam que alguém vai fazer alguma coisa pra nossa carreira.Além de tudo uma minoria ainda apoia o satana.
      União de TODOS pode derrubar o governo, tá faltando empenho.

      Excluir
  9. Esse Pimentel não vai fazer nada .Depois que entrar vai dizer que o estado, que deixaram para ele está falido e que precisa fazer isso e aquilo para pagar as dívidas.Então vai enrolar e não vamos ver nada de piso.Não vamos acreditar em ninguém.Vamos sim é ter cautela e muita pois Minas não tem dinheiro.O aecinhodopó e seu comparsa afanou tudo.Vai deixar os cofres limpinhos e que se dane quem vier.Escuta só gente o que eu estou falando.No Rio parece que vai sair alguma coisa de bom para os professores de lá.Eles apanharam ficaram firmes e vão ter alguma melhora na carreira.Precisamos é mostrar nas urnas o que queremos mesmo.Ainda não dá para vislumbrar um ANJO que vai fazer alguma coisa.Não tem como.Só Deus por nós.Quem irá nos socorrer????O Chapolim Colorado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo.Não vão pelas promessas de pé de ouvido.É estratégia que eles usam para colher votos dos professores.Se todos os professores votarem nulo, quero ver o resultado desastroso que vai ser. Eu sempre anulei meus votos e não arrependo.Ainda vai nascer um merecedor do meu voto. Com tantos ratos que tem por aí... sei não.

      Excluir
  10. Respostas
    1. O QUÊ? Vc ña conhece esse cara como eu? Ele é capaz de vender a honra por uns trocados. Lembra da gangue dos 5 que ñ estavam presentes e deixaram a senha pros coleguinhas votarem por eles na mudança do nosso sistema de vencimento básico para subsídio? Pois é! Juninho Araújo, apoiador ferrenho do Satanazia e do Sopóécio ñ se dignou nem ir votar em solidariedade ao seu governador. Tá tão confiante que dá a senha pra votarem por ele enquanto cuida dos negócios. Nem precisa sair de casa pra votar, mas vota em tudo que é da vontade do Satanazia.

      Excluir

  11. http://diariodoestado.com/foguetorio-receber-aecio-mata-passaros-bosque-curitiba/

    ResponderExcluir
  12. Como é que pode! Eh... esse cara até quando tenta fazer campanha ele dá um tiro no pé do partido. É incrível como o psdBOSTA insiste em apostar nesse play-merda! Veja:
    http://diariodoestado.com/foguetorio-receber-aecio-mata-passaros-bosque-curitiba/

    http://diariodoestado.com/foguetorio-receber-aecio-mata-passaros-bosque-curitiba/

    ResponderExcluir
  13. Vejam a entrevista do CQC fez com os ministros STF e com os Rastos do CONGRESSO sobre o MENSALÃO TUCANO. Foi a saia mais justa que eu já vi. Rolei de rir. kkkkkkk
    http://www.youtube.com/watch?v=CEtcPypFO9s#t=10

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A déia já retirou o vídeo... Você tinha que ter copiado ele primeiro e enviado para o @rogeriocoreia

      Excluir
    2. ACABEI DE VÊ-LO NOVAMENTE. VC DEVE TER SE EQUIVOCADO. SEGUE O ENDEREÇO:

      CQC botando saia justa nos politicos do congresso e ministros de STF. É BOM demais. kkkkk

      http://www.youtube.com/watch?v=CEtcPypFO9s#t=10

      Excluir
  14. Caro Euler e demais professores. 2014 é ano eleitoral e temos a obrigação moral de varrer os tucanalhas deste Estado. Os tucanalhas conseguiram acabar com a segurança, a saúde e a educação públicas que atendem as camadas mais carentes, o povão. Para estes tucanalhas vale a premissa que para o povão sobram apenas as migalhas, mas para a elite, a riqueza. Já estão lançando presidente do Cruzeiro, do Galo e outros para cargos importantes. Querem nos dividir, por isto devemos estar unidos para elegermos um governo alternativo.
    Escolas públicas nós temos em todos os grotões de Minas. Vamos dar um basta nestes que nos reservaram apenas migalhas. Quero ver a cara do anasta, do aecinho do pó, da gazoza e da vitela após as eleições de outubro de 2014. Vou soltar muitos foguetes para comemorar. Mas devemos estar unidos!! Querem nos dividir para nos enfraquecer. Não podemos ficar mais 4 ou 8 anos comendo migalhas. Somos mais, somos elite pensante. Como disse um antigo filósofo: "NÃO PODEMOS PERDER JAMAIS A CAPACIDADE DE NOS INDIGNAR DIANTE DAS INJUSTIÇAS".
    Um forte abraço a todos e fora tucanalhas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  15. VAMOS ELEGER PIMENTEL PARA O GOVERNO DE MINAS. VAMOS FAZER O FORA DA TUCANALHADA. ESTA TURMA TEM QUE DEIXAR O PALÁCIO DA LIBERDADE DIRETO PARA O PRESÍDIO. TURMA DE LADRÕES QUE QUEBRARAM NOSSO ESTADO E ESCOLHEU A EDUCAÇÃO PARA PAGAR O PATO. VAMOS DAR O TROCO TRABALHANDO POLITICAMENTE. LEIAM AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS NO "NOVO JORNAL" E ME DARÃO RAZÃO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não confiem tanto assim.Cuidado!

      Excluir
  16. Euler, por favor explique o que isso quer dizer:

    http://redir.stf.jus.br/estfvisualizadorpub/jsp/consultarprocessoeletronico/ConsultarProcessoEletronico.jsf?seqobjetoincidente=4332889

    Navegue, 34 - Prestação de informações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mera prestação de informação acerca do edital do último concurso. Segundo o edital , as vagas remanescentes serão preenchidas pelos aprovados no presente certame, ou seja, caso seja declarada a inconstitucionalidade da lc 100, as vagas preenchidas por esses servidores entrarão como remanescentes. Isto é apenas uma hipótese.

      Excluir
    2. Essa peça é apenas uma prestação de informações acerca das vagas remanescentes previstas no edital do último concurso. O que se destaca é a possibilidade de, nos termos do edital e caso seja declarada a inconstitucionalidade da LC 100, as vagas providas pelos servidores designados da ativa, podem entrar como vagas remanescentes do concurso. Isso é só uma hipótese, que particularmente na prática duvido que aconteça.

      Excluir
    3. Você clica nas petições, depois na defesa do estado.

      Excluir
    4. Falta apenas o parecer do relator, ministro Dias Toffoli, para que a Adin seja julgada pelo Supremo


      Pronta para o julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a ação direta de inconstitucionalidade (Adin) que pode anular a efetivação de servidores do estado de Minas Gerais ganhou mais um ingrediente. Depois de todas as peças de defesa e dos pareceres da Advocacia Geral da União e da Procuradoria Geral da República .

      E nessas peças de defesa que você vai encontrar a defesa do estado.

      Excluir
  17. Colegas qualquer um é melhor que o Anastásia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acabei de crer meus amigos sofridos como eu. Não é o partido que faz o candidato e sim a sua índole, que sempre vai falar mais alto. Eu li que Tarso Genro é como o de Minas, mas ainda tem candidatos bons sim. Eu tb creio na boa fé de Fernando Pimentel. Converso com quem o conhece bem e sempre falam bem ele: íntegro, ouve sempre o lado prejudicado, . Segundo que me disseram dele, ele está sendo o melhor para nossos ideais. .
      Até a nossa vitória !!!!!!!!

      Excluir
  18. UM RECADO AOS INGÊNUOS E INCAUTOS

    Caros colegas professores,

    só pode ser mesmo muita ingenuidade algum professor estadual achar que com uma suposta eleição de algum petista, mudará a condição da educação em Minas Gerais.

    De fato, passadas quase três décadas de falsa democracia neste país, o que temos visto é um rodízio de pilantras, bandidos e lesa-pátria no poder. E são bandidos pertencentes a todos os partidos políticos, inclusive o PT.

    Temos também provas de que tudo não passa de uma artimanha barata e já manjada, em que estes parasitas sociais buscam apenas o poder. Quando são eleitos ou reeleitos, eles se esquecem de todas as promessas de campanha. Um exemplo disso, temos no Rio Grande do Sul, onde o governo petista humilha e massacra os professores estaduais daquele estado, ainda com mais brutalidade do que o governador do PSDB de Minas Gerais.

    Portanto, não caiam nessa. Não sejam ingênuos em achar que uma suposta eleição de algum petista possa mudar a condição vexatória do professor estadual. Essa corja é farinha do mesmo saco sujo, e não farão nada, nadinha para mudar o "status quo" do qual tiram proveito imoral, ilícito e corrupto;

    Se não bastasse os exemplo que temos para rejeitar toda esta canalhice conchavada, observem bem o governo federal, que é petista. O que estas safados fizeram para melhorar a condição dos professores no Brasil? Como o governo federal não pressiona os governos estaduais a pagarem o piso nacional aos professores? Ou será que vocês acham que o governo federal não pode fazer isso?

    Portanto, enquanto o professor estadual não entender que somente com o engajamento apartidário é que poderemos mudar esta história, estaremos fadados a continuarmos aqui no Blog do Euler e também em outras mídias informais, a reclamar do salário, do piso que nunca é pago, da carreira que foi para a lata do lixo, do governo, etc...

    É preciso entender de uma vez por todas que estes bandidos travestidos de políticos não têm nenhum interesse de fazer alguma coisa em prol da educação.

    Atenciosamente,

    Raimundo Santos
    Belo Horizonte - MG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está ocorrendo um erro crasso: existe poder executivo, legislativo e judiciário. Delma não é judiciário para fiscalizar execução de leis. Nosso judiciário é uma merda, um bando de safados que olham o próprio umbigo e metem povão na cadeia. E os crimes de colarinho branco? Na sua concepção podemos fechar todos os poderes que Dilma é responsável. Se Bin Laden estivesse vivo, poderíamos chamá-lo para dar um jeito no aecinho do pó, no anasta filhote do demo, na gazoza e na vitela. Ele ia explodir esta desgraça de nossas vidas.

      Excluir
  19. No Rio o pau está comendo. Câmera de vereadores invadida e professores do município não deixam barato, nem se acomodam. Piso hoje 1800,mais os triênios, mas, eles estão lutando pela regularização de seu plano, e um piso maior, melhores condições de trabalho, são12h/aula e mais 6 de reuniões.
    O que não entendo é de onde se acha que aqui paga certo e nada se faz, este sr.dizer que nos paga algo decente. Ele é imoral, e deste jeito não ganha nem campeonato de bolas de gude.
    Esta semana vieram cobrar horas de Modulo 2, fora totalmente de nosso horário de trabalho, dizendo que todos os prof tem que estar juntos. De onde saiu isso? E quem trabalha em outro colégio, ou outro emprego?
    Afinal dedicação exclusiva, com 40h de 2800, vai a m...Desculpem, mas não aguento mais tanto arrocho e tanta obediência por parte dos diretores.

    ResponderExcluir
  20. Que aumento substancial do anasta, filhote da lacraia: R$36,00. Vamos eleger PIMENTEL. Por favor, quero ter dignidade e direito de sonhar! Que desgraça pairou sobre Minas. Os funcionários da saúde, polícia civil e tantos outros órgãos pensam como eu. VAMOS ELEGER PIMENTEL!!!!! Por que será anasta quer destruir a educação e a polícia civil? Alguém sabe? Sem educação e sem investigação!!!! Que beleza de Estado. CALAMIDADE!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  21. Companheiros,não basta votar no Anastasia.Temos que fazer campanha contra Aécio e Anastasia e cada um de nós conseguir ao menos 05 pessoas para não votarem no Aécio nem Anastasia.QUESTÂO DE HONRA. SE NÃO MI PAGAM O PISO NÃO TERÃO SEU TETO.Esse é o lema,VAMOS DIVULGAR.

    ResponderExcluir
  22. O que o Pimentel pretende fazer com nós, que somos efetivados?

    Nem o grande aumento de R$65,00 foi pago.

    E o premio de produtividade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. efetivados, parem de colocar os políticos contra a parede para que se mantenha a efetivação ilegal... isso já passou da hora de acabar, estudem e passem nos concursos para professores, que aliás não são lá muito difíceis...

      Excluir
    2. Quando eu falo que professor é burro...

      Diga : CONOSCO.

      E outra, o imbróglio jurídico da Lei 100,foge da

      competência de quaisquer político.

      A lei 100 é uma afronta à Constituição.

      Portanto, quem resolve é o STF.

      Vocês se venderam fácil e barato demais.

      Preocupados com prêmio produtividade que é um

      merreca e ainda é pago com quase 2 anos de

      atraso.

      Excluir
    3. Mais burro é quem pensa que sabe e nada sabe! Primeiramente , vá aprender português para depois criticar! Se o pronome "nós" está seguido do pronome relativo "que", este (que) funcionará como sujeito da oração "que somos efetivados", por sereferir ao seu antecedente (nós). É como se a oração fosse "Nós somos efetivados". Já pensou no desastre que seria um "conosco" ser sujeito de oração? Valha-me, Deus! Aff!

      Excluir
    4. Albert Einstein não sabia português.

      Excluir
  23. EI, PSIU! FULANDO, VAMOS CONVERSAR?

    Me fale dos 4 bi da COPASA
    dos 8 bi educação
    e dos 700% aumento dívida Estado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me fale do piso salarial e quando vai sair.
      Me fale quando serão pagas as diferenças da URV.

      Excluir
    2. O piso vai sair quando na galinha nascer dentes...esquece isso...virou comédia...estamos abandonados....

      Excluir
  24. http://www.novojornal.com/politica/noticia/justica-nega-pedido-de-aecio-para-extinguir-processo-06-04-2013.html

    ResponderExcluir
  25. http://www.novojornal.com/editorial/noticia/aecio-apoia-soneguetes-da-globo-24-09-2013.html

    ResponderExcluir
  26. Adorei o vídeo na coluna de Altamiro Borges sobre Aecinhodopó e os "cumpanheros".Por favor colegas vamos acabar com esses ladrões em Minas e no Brasil.Divulguem esse vídeo pois existem muitas pessoas que ainda estão dormindo em berço esplêndido.Através do aecinhodopo, todos que confabulam com ele e a irmã do capeta(Oh irmanzinha danada de ruim) é a madame Mim de Minas .Eu não faço parte de redes sociais.Peço a todos que repassem isso.Ele precisa cair de uma vez e de cabeça no abismo que ele mesmo criou.Ele vai se enterrar de vez nas próximas eleições.Não podemos de mencionar no filho de satâ de minas também o famoso anasta.Esse vai ter um belo fim.

    http://altamiroborges.blogspot.com.br/2013/10/aecio-neves-e-censura-imprensa.html

    ResponderExcluir
  27. Tem muitos colegados tirando onda com efetivados só pelo fato de ser concursado. Sou efetivado e já passei duas vezes no concurso da educação para professor de Geografia foi o concurso mais fácil que já fiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc pode explicar, como uma pessoa que passa tão facilmente num concurso, é EFETIVADO? Faça me rir.

      Excluir
    2. Só pelo fato de ser concursado???????????? Esse simples fato é o CONSTITUCIONALMENTE LEGAL----> Só é efetivo estável quem é aprovado por CONCURSO PÚBLICO.

      Excluir
    3. Estava no primeiro período do curso de Geografia da Unimontes no primeiro. No segundo passei pra outra cidade em primeiro lugar. Mas como tem casa, e outro cargo efetivo na minha cidade não fui. Entedeu ou quer que desenho.

      Excluir

    4. Se você fizer fora da Educação vai entender direitinho o que estou falando. Você pensa que estou contente passar duas vezes e continuar efetivado recebendo como se tivesse só o ensino médio, sabendo que passei eu não psso pegar minha vaga na minha cidade por ela não foi pro concurso porque estou efetivado nela. Vai entender...O fato de ser ou não concursado não prova a capacidade dos professores. Muitos efetivados não estão concursado por que o edital do concurso não deu abertura. Colegas efetivados não ligue com certos comentários idiotas.

      Excluir
  28. Os professores do Rio de Janeiro devem servir de exemplo para nós professores mineiros. A luta por lá está pegando fogo literalmente, e nós aqui, nesta brisa mansa, olhando a garoa cair.

    ResponderExcluir
  29. VAMOS DERROTAR ESTA CORJA QUE ESTÁ NO PODER!
    FÉ EM DEUS, VAMOS LÁ, ESTÁ NAS NOSSAS MÃOS: PAIS,ALUNOS, FAMÍLIA, COLEGAS ENFIM TODAS AS PESSOAS QUE TIVERMOS OPORTUNIDADE DE DIALOGAR.

    ResponderExcluir
  30. Bom gente vamos eleger Pimentel concordo.Mas,,antes ele tem que prometer que vai acabar com o subsídio e pagar o piso.Se possível registrar documento em cartório comprometendo isso.Ser enganado uma vez é sofrimento 2 vezes é suicídio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns!Apareceu um mais sensato.Pimentel ou não,qualquer promessa de campanha em prol dos professores deverá ser devidamente registrada em cartório e cópias deverão ser distribuídas a quem interessa.

      Excluir
  31. Temos que trabalhar politicamente desde agora. Vamos imprimir contra cheques e mostrar para a comunidade escolar, pois até mesmo os alunos não acreditam que ganhamos tão pouco. E os pais? Temos que colocar a boca no trombone! Não vamos desanimar, outras secretarias de Estado também estão insatisfeitas com este desgoverno. Vamos eleger PIMENTEL, pois pior do que está só um terremoto, tornado, furacão, gazoza, aecinho do pó, anasta filhote do cruz credo, vitela (vilhena), danilo castrado, suicídio (subsídio), propagandas enganosas..................

    ResponderExcluir
  32. Falamos demais pelo Blog! Quero saber quando começaremos a fazer passeatas pelas ruas de Minas Gerais, desmoralizando esse governo? Não é GREVE e sim mostrando a população como ficou a educação e a saúde em Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  33. Acesse Novo Jornal e leiam a matéria a respeito dos tucanalhas fizeram em nosso Estado. Dizimaram a coisa pública sob os olhos da injustiça e da casa homologativa. Esta turma tem que ser presa. A PF está investigando, pois até recursos federais foram usados e desviados para outras finalidades. Vamos eleger PIMENTEL. Destruíram a educação e a polícia civil. Estado sem investigação e educação. Fora anasta, filhote da lacraia!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  34. Sexta-feira, 13 de setembro de 2013

    Direito a indenização por demora em nomeação em cargo público tem repercussão geral

    O Plenário Virtual do Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu a existência de repercussão geral no tema tratado no Recurso Extraordinário (RE) 724347, em que se discute se candidatos aprovados em concurso público têm direito a indenização por danos materiais em razão de demora na nomeação, efetivada apenas após o trânsito em julgado de decisão judicial que reconheceu o direito à investidura. No recurso, a União questiona se, nestas situações, o Estado pode ser responsabilizado civilmente.

    O recurso foi interposto após acórdão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) reconhecer, aos candidatos aprovados em concurso público, o direito a indenização por danos materiais, em decorrência da demora na nomeação determinada judicialmente. Para o TRF-1, a indenização deveria equivaler aos valores das remunerações correspondentes aos cargos em questão, no período compreendido entre a data em que deveriam ter sido nomeados e a posse efetiva, descontados rendimentos eventualmente recebidos, durante esse período, em razão do exercício de outro cargo público inacumulável ou de atividade privada.

    No recurso interposto no STF, a União sustenta que seria imprescindível o efetivo exercício do cargo para que um candidato tenha direito a receber sua retribuição pecuniária. De outra forma, diz a União, haveria enriquecimento sem causa.

    Para o relator do caso, ministro Marco Aurélio, a situação jurídica discutida nesse processo pode repercutir em inúmeros casos. Para o ministro, é preciso definir, sob o ângulo constitucional, o direito à nomeação, uma vez aprovado o candidato em concurso público, e às consequências da demora diante de um ato judicial que reconhece o direito à investidura.

    A manifestação do relator no sentido de reconhecer a repercussão geral foi seguida por unanimidade por meio de deliberação no Plenário Virtual da Corte.

    ResponderExcluir
  35. Euler
    Parabéns! Coloque isso no facebook.O Brasil precisa saber quem é esse ditador e o seu padrinho que deseja ,a qualquer custo ,o brinquedinho Brasil

    ResponderExcluir
  36. NOVA ORIENTAÇÃO DA SEE, VUL NORONHA, ACABARÁ POR PIORAR SITUAÇÃO DAS ESCOLAS
    ATB E ASB FICARÁ SEM SUBSTITUTO

    NUMA ESCOLA 18 TURMA, 6 SERVIÇAIS TIRAM LICENÇA
    FICARÁ SÓ COM 4, PROBLEMAS, PROBLEMAS

    ResponderExcluir
  37. Anastasia não quer colocar (posse) nem nas vagas do concursos , imaginem ir além das vagas prescritas antes do concurso?Olha, eu tb passei no concurso, não tão bem para ser encaixada dentro das vagas, mas sonhar com as vagas que nunca me ofereceram, é demais!
    Nós professores temos que sonhar com apenas o possível a nós, o impossível é de Deus e seria muita injustiça pensar assim. Se a lei 100 cair, como leio os comentários aqui, serão para contratos e não para concursados como acham que será.As vagas são as que foram levantadas antes do concurso. Repensem o que desejam, é pura falta entendimento .É por estas e outras que estamos onde estamos. Plantamos o que colhemos:maldade pura!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim que a Lei terminar de cair, porque cair ela já caiu desde que todos os Ministros afirmaram de sua inconstitucionalidade, abrirá- se- a concurso para todas as vagas, não será para efetivos nem tão pouco para contratados e sim para novo concurso público. Preparem- se.

      Excluir
  38. Pelo que vejo,todos já esqueceram que foi pimentel e aécio (com minusculas mesmo),que criaram o márcio lacerda.

    José Henrique

    ResponderExcluir
  39. PROFESSORES INGÊNUOS

    Caros colegas professores,

    respeito os comentários e a posição de todos aqui. Entretanto, campanhas nas redes sociais, divulgação de contracheques nas ruas, propaganda anti-psdb, etc, mesmo que boas ações, não mudarão a situação vexatória do professor estadual. O que realmente mudará a situação do professor estadual é o engajamento do professorado na luta por uma melhor educação, melhores condições de trabalho e salário digno.

    Também acreditar que uma suposta tomada do poder pelo PT mudariam os rumos da educação em Minas Gerais é muita ingenuidade e inocência. Isso, porque esta corja é toda conchavada. Já citei aqui o exemplo de nossos colegas no Rio Grande do Sul. O governo petista naquele estado massacra ainda mais os professores estaduais gaúchos. Portanto, entendam de uma vez por todas, que nenhum governo no Brasil, de qualquer que seja o partido político, não tem interesse de investir em educação pública e valorizar os professores estaduais. Caiam na real e não se deixam enganar.

    Somente com o engajamento em uma greve que arrebanhe pelo menos 20% dos professores de imediato, atingindo no seu ápice 50% do professorado, é que conseguiremos alguma coisa destes bandidos travestidos de políticos.

    E repito: tanto PSDB, PT ou sei lá o que, são todos farinha do mesmo saco sujo. A única coisa que eles querem é o poder. Uma vez lá, se esquecem totalmente das promessas vazias e politiqueira de campanha.

    Será que não já apanhamos demais para não deixarmos de ser ingênuos?

    Atenciosamente,

    Raimundo Santos
    Belo Horizonte - MG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Governo nenhum vai cumprir promessa em relação à saúde, educação e segurança.A coisa tá só piorando. Acorda professores, parem de acreditar em papai noel.

      Excluir
    2. E qual partido vc acredita que será mais prudente votar?

      Excluir
  40. kkkkkkkkk, está do efetivado que passou no concurso e continua efetivado é demais kkkkk e tira onda kkkkk

    ResponderExcluir
  41. E ainda aluno da Unimontes, grandes coisas, fraquim, fraquim kkkkk

    ResponderExcluir
  42. E quando será o ENORME prêmio de produtividade?????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não será. Isso já acabou faz tempo.!

      Excluir
    2. SE CORRER TUDO BEM, DEVE SER O ANO QUE VEM. ANO DE ELEIÇÃO JÁ VIRAM NÉ. VAI TER POLÍTICO ATÉ EM BATIZADO DE BONECA E INAUGURAÇÃO DE GALINHEIRO!

      Excluir
  43. Vejam a entrevista do CQC fez com os ministros STF e com os Rastos do CONGRESSO sobre o MENSALÃO TUCANO. Foi a saia mais justa que eu já vi. Rolei de rir. kkkkkkk

    DIVULGUEM BASTANTE. Vamos matar de raiva o Aecim do Pó e sua mana Dedéia.

    http://www.youtube.com/watch?v=CEtcPypFO9s#t=10

    ResponderExcluir

  44. VEJAM O NOVO PARTIDO QUE APOIA AECIM MALVADEZA
    http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2013/10/03/interna_politica,455706/vale-filiar-ate-morto-no-solidariedade.shtml

    ResponderExcluir
  45. CQC Mensalão Tucano : Azeredo é Pai e Aécio Neves Tio do mensal

    http://www.youtube.com/watch?v=CEtcPypFO9s#t=10

    ResponderExcluir
  46. Em 2014 vamos DILzimar o psdbosta.

    ResponderExcluir
  47. Teve ou não teve reunião? Porque não pulicam nada como nos do interior iremos dia 08 em BH discutir o que ? Você sabe de alguma coisa Euler? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Teve reunião sim, mas como sempre não deu em nada, pois com este governo é impossível estabelecer qualquer diálogo.
      Entre no site do SINDUTE, lá tem um vídeo onde a Beatriz explica o que aconteceu e convoca todos os professores para a Assembleia do dia 08, no pátio da ALMG. Vamos lá gente, depois não adianta ficar reclamando.

      Excluir
  48. Vamos eleger Pimentel, pois ele irá cumprir a piso salarial. Vamos botar fé e trabalhar bastante nas comunidades. Eu acredito que pior do que está não ficará. O governo federal quer retomar os governos de São Paulo e o de Minas e sepultar definitivamente o projeto psdb/osta. Estamos sem salário e dignidade. Lula está influindo na política partidária de Minas para garantir uma chapa forte o suficiente para derrotar o anasta e aecinho do pó. Vamos trabalhar juntos. Até a vitória.

    ResponderExcluir
  49. Temos que focar num só candidato.Não adianta votar contra Aécio e espalhar os votos.Assim não elegeremos ninguém.Vamos focar em Pimentel,é o que eu acho. O vice dele deve ser o Josué, filho do José Alencar,que tem a mesma linha de pensamento do pai e muita honestidade.

    ResponderExcluir
  50. Extra! Marina Silva se filia ao PSB

    http://www.ocafezinho.com/2013/10/05/extra-marina-silva-se-filia-ao-psb/

    ResponderExcluir
  51. Vocês foram a festa do casório do aético never? Para ser presidente ele faz qualquer coisa, até se casar com uma mulher...

    Aécio Neves se casa com namorada

    Provável candidato do PSDB à sucessão de Dilma Rousseff em 2014, Aécio Neves casou-se esta semana no Rio de Janeiro com a namorada, a ex-modelo gaúcha Letícia Weber. Entre idas e vindas, o romance já dura cinco anos. A loura tem as iniciais A. N. tatuadas atrás da orelha direita. O padrinho da discreta cerimônia foi o melhor amigo do político, o empresário Alexandre Accioly.

    Tomou naná? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CASAMENTO DO AÉTICO

      http://epoca.globo.com/colunas-e-blogs/bruno-astuto/noticia/2013/10/baecio-nevesb-se-casa-com-namorada.html

      Excluir
  52. QUE VERDADE Semana do ‘Saco Cheio"
    Efraim Rodrigues*
    Perdoem a expressão chula que não mais repetirei, mas este é o nome da semana que inclui o dia do professor. Uma tradição criada em escolas privadas há duas décadas, que o pacto da mediocridade (o professor finge que ensina, o aluno finge que aprende e o dono da escola finge que paga), dispersou por toda educação brasileira.

    A educação traz a ética, o conhecimento teórico e a estética para as pessoas valorizarem o ambiente em que vivem. Conforme se educam, os horizontes das pessoas passam do sorvete para a casa para a rua, a cidade, o mundo. Quando educadas, as pessoas se preocupam com o planeta onde vivem.

    A semana do supracitado repleto é o reconhecimento da falência do ensino. Ao invés de tornar a educação interessante, educadores assumem, ao lado dos alunos, que a educação é chata. Inclua todos aí na lista de chatos: professores, pedagogos e reitores. O prédio da escola também é chato.

    Emendemos de uma vez o Carnaval ao Dia da Bandeira, e aprenderemos ao acaso, enquanto os professores vão fazer coisa mais útil de suas vidas, plantar batatas, por exemplo.

    Os alunos estão gastando mais tempo tomando cerveja e conversando nos corredores do que envolvidos com o processo educativo, enquanto professores se viram como podem em outras atividades para fechar o orçamento. Esta cena pode parecer saída de um filme de ficção para os não educadores. Na verdade nós já emendamos o Carnaval ao Dia da Bandeira.

    Recebi muitas mensagens pelo dia dos professores, uma mistura de auto-ajuda com novela mexicana. Pareciam ser sobre algum hobby. Profissão é acerca de vender o único pão que se dispõe, e se a remuneração está ruim, a profissão está ruim. Não há aula possível quando o professor traz uma placa no pescoço dizendo “Sou um otário que trabalha por um salário menor do que qualquer um de vocês irá ganhar quando sair daqui”. A regra é válida para professores do ciclo básico, secundário e universitário. Seus alunos recém-formados ganham mais do que eles. A menos, é claro, aqueles que resolvem seguir a profissão dos seus mestres. Estes ganharão uma placa novinha em folha.

    Não se pode admirar intelectualmente alguém que vende sua força de trabalho a preço de banana. Sem admiração não há educação e sem educação não há ambiente sadio.

    Na área ambiental, por exemplo, as ONGS já aprenderam que podem contar com a mão de obra barata de professores-doutores. Elas ainda têm o desplante de chamar de “consultores” os escravos que usam para avaliar projetos, dar cursos e escrever artigos. Nenhum demérito com a causa das ONGS, legítimas em sua maioria. As ONGS usam um instrumento de coação para contar com o trabalho escravo dos professores. Muitas delas têm grandes projetos em seu portfólio. Ao servir de mão de obra escrava, os ingênuos professores crêem que irão participar da divisão do bolo. Santa ingenuidade. As ONGS são “hippies” na hora de pagar, mas yuppies na hora de receber.

    Veja sua rua, sua cidade e seu país. Nosso ambiente está assim porque nossa educação enche o saco.

    Efraim Rodrigues, Ph.D. ( efraim@efraim.com.br), colunista do EcoDebate, é Doutor pela Universidade de Harvard, Professor Associado de Recursos Naturais da Universidade Estadual de Londrina, consultor do programa FODEPAL da FAO-ONU. Participou, como palestrante, da IV Feira de RSE Bacia de Campos, em Macaé, RJ.

    ResponderExcluir
  53. Bom mesmo e se o Lula candidatasse para governador de Minas queria ver algum psdb/osta, ganhar dele...

    ResponderExcluir
  54. Olá Gente sofrida e mais uma vez decepcionada.
    O Anastasia, mais uma vez, ignorou a categoria e não deixou que filmassem a reunião e saiu sem dar a mínima em uma hora. Eu sabia que ia dar nisto.Olha, este cara tem que sentir o poder na eleição que vem. Vamos mostrar pra ele com quantos votos ele não vai poder contar.
    E tomara algum de nossa classe votar em algum dos dele por gratidão ou medo de algo. E quanto aos da Lei 100, se ele ou o Aécio tentar intimidá-los que perderão a efetivação se ele sair do poder, é mentira viu? A situação não está mais nas mãos deles e sim do STF, O que tiver de ser, será!!!! Qualquer insinuação será uma baita de chantagem e nada mais que isto! Abram bem os olhos. Nós estamos com a chance nas mãos. É agora ou nunca!
    Fé em DEUS e até a nossa VITÓRIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  55. Ontem ouvi um comentário que me deixou muito triste, de uma diretora ela disse:
    "Pessoal não podemos votar contra o PSDB porque se ele sair vai acabar com a lei 100, e como designada não posso continuar na direção"
    Desculpe publicar esse lamentavel equivoco, mas uma pessoa que pensa assim na direção de uma escola, como está escola vai ficar.

    ResponderExcluir
  56. O caminho “Coerente” de Marina Kaiowá de Calcutá SA

    Ela se uniu aos ricos: dono da natura, dona do itaú, e até virou evangélica, mas Deus não dorme... Assim será com aético que até se casou pra pagar de homem sério... kkkkkkkkk Deus vai nos ajudar a DILzimar todos eles... http://arnobiorocha.com.br/2013/10/05/o-caminho-coerente-de-marina-kaiowa-de-calcuta-sa/

    ResponderExcluir
  57. Euler, esclareça ao pessoal efetivado o fato de que a situação deles (julgamento da lei 100 e a decisão do que acontecerá após o julgamento) não está mais nas mãos do governo de Minas, para que eles possam entender que qualquer fala em contrario é apenas para ganhar o voto deles. Tem muita gente que não entende de leis e acha que ainda será possível algum político fazer alguma coisa e assim fica nas mãos destes imundos.

    ResponderExcluir
  58. Percebe-se que a lei 100 vai voltando ao noticiário aos poucos, pelo menos aqui no blog. Conversei muito e prolongadamente com amigos meus que são advogados sobre esta lei 100. Para os meus amigos e advogados esta lei 100 não passa de uma farça, uma espécie de "obra" eleitoreira. Esta lei não possui base legal, ou seja, ela não encontra suporte nem na CF/88 nem na Constituição estadual e em nenhum outro documento legal. Não há justificativas para se efetivar servidores públicos sem concurso, isso é simplesmente um contrassenso jurídico. Se esta lei fosse aprovada a uns 20 anos atrás tudo bem mas em pleno 2007, época em que os concursos públicos são coisa rotineira na administração pública. É claro que teve um viés político e foi usada na arrecadação de votos. Legalmente falando é muito inconveniente da parte do estado abrir concurso público para nomear vinte e poucos mil servidores e ao mesmo tempo manter no cargo outros milhares de servidores sem concurso para estes mesmos cargos. Porque para uns a forma de ingresso foi mediante concurso e para outros mediante lei 100? Onde está a explicação para tal fato? Os juízes do STF ficarão surpresos com esta situação criada pelo estado. Não há dois pesos e duas medidas na administração pública, aliás, isso é exatamente o que nunca deve ser feito na gestão da coisa pública a menos que se assuma o risco de ser injusto com cidadãos que pagam impostos e financiam o próprio governo. Para uns, lei 100, para outros, concurso público onde terão que disputar ponto por ponto sua vaga....engraçado, não? Mas o próprio estado se estrepou quando cita em sua defesa que os efetivados não possuem nenhuma estabilidade no cargo e que estão perdendo os cargos em virtude de nomeação de servidores aprovados em concurso público. Isso vai ser uma pena para os efetivados. Há uma petição junto ao processo da lei 100 no STF em que uma aprovada no último concurso esclarece que não tomou posse devido à muitas vagas estarem sendo ocupadas por servidores efetivados sem concurso. Essa informação juntamente com a defesa feita pelo estado faz as coisas ficarem meio sem sentido. Ou seja, os juízes do STF vão analisar: " Já que o estado cita em sua defesa que os efetivados não possuem nenhuma estabilidade porque o governo não nomeia servidores aprovados no último concurso sobre as vagas deles?" Analisando esta situação os advogados colegas meus disseram que mesmo que esta lei não venha a ser considerada inconstitucional, fato este que será muito mas muito difícil, os juízes do STF vão obrigar o governo nomear concursados sobre a vaga dos efetivados e nos futuros concursos a vaga deles terá que ser lançada nos editais. Sendo assim não se iludem professores e demais servidores efetivados, não precisa votar em Aécio e sua turma pensando que garantirão assim o emprego de vocês, porque na verdade o emprego de vocês não depende mais deles.

    ResponderExcluir
  59. Caro Euler e demais educadores sofridos. Lendo as últimas notícias e assistindo o vídio que relata o resultado da reunião de 5ª feira, só me resta concordar com muitos e iniciarmos uma campanha já em favor da candidatura de Pimentel ao governo de Minas. Este governo atual não tem decência, ou melhor, nunca teve. Temos que agir desde agora e rápido. Vamos trabalhar abertamente nas escolas a favor de uma candidatura opositora. Temos uma oportunidade única, pois se não for politicamente, não nos resta salvação. Vamos lutar sem medo. Avante!!!!!

    ResponderExcluir
  60. Acorda povo! Enquanto vc ficarem jogando problemas pra politicos resolverem nós ficaremos sem chances. Ignoram partidos e politicos.Vamos pensar naquilo que temos agora, o Anastacia. Este sim é que precisa consertar as coisas erradas que andou fazendo com os Educadores. Este sim precisa ser pressionado até a forca.

    ResponderExcluir
  61. É só sair o resultado da lei 100 favorável ou não que teremos a maior greve da história.Os safados nos desuniu, pois na minha escola tem professores da 100 fazendo campanha para o PSDB.

    ResponderExcluir
  62. Bom dia Euler! Tive a oportunidade de assistir esse vídeo do vereador Renato Cinco( Rio de Janeiro) publicado em 02/10/2013, diz respeito a greve dos professores de lá.Vale a pena vc dar uma olhada no link que estou enviando e se puder, gostaria que publicasse para que os colegas tenham acesso e também divulguem.Um abraço
    http://www.youtube.com/watch?v=lDjm-TsMoF0

    ResponderExcluir
  63. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk santa ignorância deste povo que fala em votar no PSDB por causa dessa "Lei 100 ". Fui efetivada por ela e me sinto envergonhada de se quer imaginarem , que eu votarei em PSDB só por esse motivo. Estava na escola naquele momento e fui privilegiada pela lei , mas sei muito bem da sua inconstitucionalidade e não me sinto nem um pouco favorecida pelo governo. Sabe porque? Isso foi para arrumar algumas tramoias do Governo do PSDB ,mas em nenhum momento feito para ajudar o professor. O professor que a vê dessa forma literalmente é um analfabeto político achando que governo da estabilidade ao inimigo número 1 , a educação. Que caia a Lei 100 e com ela esse governo desestruturado do PSDB.
    Tenho certeza que assim como eu, muitos professores da Lei 100 sentem-se mal nessa posição e sabem que são competentes o bastante para passarem em um concurso e garantirem suas vagas com honra e justiça.
    Essa esmola oferecida a nós por esse governo corrupto não nos da dignidade.
    A dignidade está no ato de você ser capaz de criar e escrever a própria história e não em se tornar um escravo de uma política suja por causa de um humilhante salário de um mil e poucos reais.
    Se é para dar dignidade ao povo . Diga não a Lei 100 e não ao governo do PSDB.

    ResponderExcluir
  64. Aécio fala sobre antecipação do jogo eleitoral

    http://estadao.br.msn.com/ultimas-noticias/nem-eu-nem-serra-anteciparemos-o-jogo

    ResponderExcluir
  65. Pessoal adoreiiiiiiiiiiiii o vídeo do jornalista .Vamos botar para quebrar.Quem faz parte de redes sociais poste isso lá urgente.Esse cara do pó vai ver o que é bom para ele nas próximas eleições.Faça isso .A campanha já começou.Eu acho que esse filho do capeta naná , se estivesse mesmo querendo que o "padinho do pó" ganahasse alguma coisa, daria uma reviravolta em nossa carreira.Salário, dignidade etc.Daria pelo menos uma coisinha melhor do que temos.Se ele fica do jeito que estamos vendo, isso significa que não tá nem aí po pó do padinho.Ele não quer nem saber se vai ganhar ou não.Ele poderia fazer muita coisa por nós pois somos milhões para votar no padinho do pó.Credo credo.Que bom assim do jeito que ele nos trata , com tanto desdém e sem nenhuma dignidade e muito menos salário o padinho do pó vai virar mais que pó.Vai ser a piada do pó .

    http://www.youtube.com/watch?v=VogutYVngqM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O vídeo não está mais disponível. Que pena

      Excluir
  66. Pessoal do PT acho que está na hora de vocês divulgarem o que o Aécio fez em seu mandato em relação a lei 100, e ainda continua usando esta situação para pressionar servidores.

    ResponderExcluir
  67. .Estamos sendo tratados como idiotas. Vamos mostrar nossa forca gente.A sociedade inteira esta conosco.Vamos nos unir nesta luta pois estamos sendo desrespeitados demais.E questao de honra. Vamos lotar a patio da assembleia no dia 8.Vamos chamar pais e alunos com cartazes. Nao e mais possivel ficarmos so na queixa. Temos que agir e pressionar este governo e estes deputados. Vamos sair da fragilidade. Este salario e uma afronta. Temos que recuperar a nossa dignidade

    ResponderExcluir
  68. A pior coisa que nos aconteceu foi a destruicao de nossa carreira. Perdemos a dignidade como profissionais. Estou aposentada com 60 anos ganhando uma miseria. Pensem nisto. E muito grave. Voces vao querer isto para voces? Acordem colegas. Dia 8 ao inves de darem aula levem o seus alunos para o patio da Assembleia Legislativa para uma aula de cidadania.Queremos a nossa carreira de volta. Pensem que daqui 10, 20,30 anos voces estarao na miseria se nao fizerem nada agora. Tenham coragem professores.

    ResponderExcluir
  69. Ato em apoio aos professores do Rio e de todo Brasil dia 07/10 Praca Sete 18h. Veja assembleia popular horizontal
    Professor e meu amigo mexeu com ele mexeu comigo.

    ResponderExcluir
  70. Palavras emocionantes de MALALA YOUSAFZAI
    "Uma criança, um professor, um livro, uma caneta pode mudar o mundo."

    ResponderExcluir
  71. Acabo de ver a declaração da coordenadora geral do sindicato sobre o processo de negociação com o governo e gostaria de pontuar algumas questões:
    1º - Depois de um ano inteiro de reuniões o sindicato descobriu que o governo estava fazendo hora com a sua cara. pois esse encontro nunca foram de negociações , mas sim de informações, ou seja, o governo apenas informa o que quer;
    2º - Essa entidade passou , nos últimos 03 anos , por duas grandes greve em que ocorreram varias reuniões de negociação. Os diretores ou a comissão que representava a categoria nunca se preocupou em gravar essas reuniões. Agora que já não conseguem nada vêm com essas desculpas esfarapadas de que o governo tem "medo" de que se façam gravações das reuniões. Ora que ridiculo! Se fazer de vítima é o fim da picada.
    3º - Não vi em nenhum momento empenho do sindicato quanto a CONAE, pois os diretores estaduais mal sabem o que é e não contribuíram em nada para o debate, pelo menos na micro da qual participei. Eles estava apenas interessados em sair delegados. Acredito que vão enfiar os pés pelas mãos durante a conferencia, isso se não aproveitarem para fazer compras durante essa semana. Ana - Belo horizonte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejo o sindicato fazendo pressão sim no governo, a gravação serve para mostrar que ele não está lá apenas como figurante, o que acontece com a maioria dos outros que se fazem presentes nesta reunião, principalmente a tal de APPMG. Quando não se tem nada de útil para falar o melhor é ficar calada, suas palavras não acrescentam em nada, críticas vazias sem nenhum fundamento e se o governo age como tem agido, a culpa é em grande parte dos puxa saco que acham que devem favor a ele e por isso jogam a culpa de sua inatividade no sindicato, quando são chamados a participar se recolhem em sua insignificancia e sabem apenas criticar............

      Excluir
    2. Olhe, não me chamem de puxa saco do sindute, ms gente, milagre a Beatriz não pode fazer; se até a justiça mineira , desembargador julgando greve ilegal, porque esse mesmo desembargador não faz o governo cumprir os 25 por cento da educacão? E por aí vai...Cumprir a lei do piso? O pagamento do piso retroativo a abril/2011...Mas não, a lei tá sempre do lado do governo...A luta é árdua, até pra garantir nosso direitos adquiridos temos que entrar com ações na justiça, o que é sempre muito demorado...

      Excluir
  72. Creio que devo corrigir alguns erros de meu comentário:
    Onde se lê:
    "pois esse encontro nunca foram de negociações", digo: Pois esses encontros nunca foram de negociações" -
    "Eles estava apenas interessados em sair delegados" , digo Eles estavam apenas interessados em sair delegados.
    Ana - Belo Horizonte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que você corrigiu,Ana. Tenho lido cada pérola aqui no blog que tenho vergonha de estar lutando por melhores salários.Acho que todos devemos ler o que escrevemos antes de postar. Mas se lemos e ainda deixamos erros,a educação está indo mesmo pro brejo.Deus tenha piedade dos nossos filhos,netos e bisnetos.AMÉM.

      Excluir
  73. O Analfabeto Político
    O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.
    O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.
    Bertolt Brecht

    ResponderExcluir
  74. Colegas, gostaria de saber como é cumprida a hora extra-classe em sua escola, se há uma sala pra vocês ficarem, ou se tem que ficar no local de acesso de todos os funcionários ao banheiro e às salas de aula. Por aí há desconto dos tais 3 minutos que um professor gasta pra fechar a sala e descer escadinha? Por favor, preciso de notícias, não entendi nada disso. Não seria muito mais proveitoso ficar na sala onde estão os materiais que a gente usa e dos quais depende para trabalhar?
    Agradeço, Maria Isabel.

    ResponderExcluir
  75. Não podemos de jeito nenhum criticar o sindute pelo fato de não conseguir mobilizar toda nossa categoria. Devemos sempre ter em mente que o governo nos separou com a lei 100. Temos hoje no nosso meio 98.000 servidores efetivados que se sentem acobertados pelo governo PSDB. Os outros servidores não efetivados não têm essa relação de subserviência e apenas eles não terão força suficiente para muita coisa. O sindute precisa, juntamente com todos nós, batalhar para que esse julgamento da lei 100 aconteça logo lá no STF. Somente depois que voltarmos a sermos todos "ovelhas do mesmo redil" é que poderemos novamente ter a força que tínhamos em outros tempos. No momento estamos divididos pela situação funcional e isso é muito sério. Nenhuma outra classe é tão dividida assim como a nossa. Essa foi uma inteligência primordial do PSDB para nos destruir e conseguiram. É impressionante assistir a muitos professores efetivados, mesmo perdendo diversas vantagens em seus cargos, falarem bem do governo Aécio/Anastasia. É incrível mas o que não se faz por causa de um mísero empreguinho heim?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou farto de ver a ignorância de alguns colegas que acreditam que a Lei 100 é a grande culpada pela nossa falta de unidade. É fácil e útil achar alguém para bater. A verdade é que a grande maioria do educadores são um bando de egoístas, preconceituosos e covardes que não têm coragem de lutar, que não respeitam os colegas, que sempre votam por algum favor político. Agora quem votou em Anastasia foram só os efetivados? Não! Quem não fez greve foram só os efetivados,? Não! Quem não se mobiliza são apenas os efetivados? Não! Ora, os efetivados são 98000, mas não só da da educação, ainda que as outras categorias são bem menos. Por isso, deixem os efetivados em paz. Antes De serem efetivados, eles são educadores. EFETIVO REVOLTADO!!!!!

      Excluir
    2. Sinto lhe informar,mas na minha escola a maioria é efetivo ou designado e ,por incrível que pareça só os efetivos entram em greve.Até o quadro dos serventes é a mesma coisa. Você ainda tem dúvidas que eles não têm grande culpa da nossa desgraça?São uns covardes,isto sim. Não quero generalizar pois não conheço todos os efetivados,mas TODOS que conheço,SEM EXCEÇÃO é assim mesmo.

      Excluir
  76. O pessoal da educacao agora resolveu falar e com a imprensa sobre violencia nas escolas vejam noticias audio na itatiaia

    ResponderExcluir
  77. Este governo de Minas dá rasteira até na nossa sombra.
    Hoje consultei o meu processo da URV e o que eu leio?
    Processo julgado improcedente. Tem mais de um ano que o advogado me disse que tinha ganho a causa e que o juiz iria nomear um perito de confiança para calcular o valor que eu iria receber.Depois que o STF julgou e deu direito a quem tinha processo na justiça, a coisa virou. É fogo este governo, mas a batata dele está assando.Se depender da minha família, que não é pequena, ele não ganha pra nada, nunca mais.
    Ele está nas mãos de DEUS e nosso PAI não deixa passar NADA.

    ResponderExcluir
  78. Rio de Janeiro a coisa ta linda.Todos na rua em apoio aos professores .Te cuida ditador de Minas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É "o Rio de Janeiro continua lindo..." mas nós aqui de Minas só sabemos chorar,reclamar e deixar para que os outros lutem para apenas tirarmos o proveito e colher os louros da vitória.Não tivesse eu acamada amanhã estaria na luta,fizesse chuva ou sol.Depois que adoeci,ninguém mais na minha escola entra em greve.Eu é que era cabeça de greve,como diziam lá.Parem de reclamar e vão à luta.Não existe vitória sem batalhas.AMANHÃ É DIA DE LUTA.Chamem alunos amigos e parentes e vão à luta. em BH.Vocês viram o que os os professores estão pedindo no Rio e em São Paulo? E nós aqui sofrendo por 2 salários mínimos e nesta pasmaceira? Nós merecemos o que ganhamos.

      Excluir
  79. Quanta sabedoria!Quer dizer que antes de 2007,os professores sempre ganharam bem?Então,porque o professor é efetivado,ele não sabe votar?Quanta mesquinharia dos nossos colegas.Além de nos termos tornado uma classe empobrecida,também nos tornamos emburrecidos.Creio que o melhor a se fazer é lutar com todas as nossas forças contra os nossos opressores.Quanto ao Sind Ute,ninguém da subsede de Goval veio até minha cidade.É preciso fazer visitas.Quanto ao papo de efetivo,efetivado,designado,o melhor a se fazer é nos respeitarmos.Nenhum efetivado é efetivado porque quis.Nosso inimigo é o Governo.

    ResponderExcluir
  80. http://www.bbc.co.uk/news/world-latin-america-24439987

    Noticia na BBC de Londres sobre Brasil e protestos de professores por melhores salários.Isso aí gente só em Minas os professores não tem coragem para fazer o mesmo.Por que será?? Covardia?? Medo?? Acomodação?? Se não fizerem nada, não terão nada.

    ResponderExcluir
  81. Reforço! Nem todos os professores privilegiados pela Lei 100 se acovardam da luta.Eu mesma já deixei ai comentários ressaltando minha indignação de ter sido jogada nessa Lei. Não é misera posição e esse misero salário que irá me fazer escolher o meu governador. Sou oposição a essa rede PSDBISTA formadora de escravos pelo Brasil. Sou livre , e por essa liberdade luto , não tenho medo de perder essa posição , pois se estiver de escolher entre esse emprego e a minha dignidade. Escolherei a dignidade. GREVE já ....Vamos sair pelas ruas buscar apoio nos jovens mascarados ou não . Só a revolução muda a história. Olha o Rio de Janeiro... Se fossem mais estados nessa luta repercussão seria bem maior .
    Não é hora de pensar em civilidade. è hora de lutar por esta classe enfraquecida , mas de um valor inquestionável para as gerações futuras.A preocupação dos políticos e da imprensa é mais com monumentos pichados ,depredados , do que com a dignidade de pessoas que honestamente lutam e tentam mudar a história do país.
    Quantas vezes o professor não é pichado , humilhado, ridicularizado ,menosprezado e ninguém , digo! ninguém mesmo faz nada?
    É hora de mudar essa mudar esse ciclo vicioso da política que antes das eleições usam a educação para enfeitar as campanhas e depois coloca ela de tapete para limpar as sujeiras de seus gabinetes. Precisamos de algo mais forte na internet, precisamos buscar apoio nos que tem força e coragem de lutar , ai sim uma dúzia de nós educadores faremos a diferença na luta.

    SOL

    ResponderExcluir
  82. A panela de pressão carioca já foi pelos ares, quando que a panela de pressão mineira vai, também, explodir?

    ResponderExcluir
  83. O "SINDNÚTIL" É CÓPIA DO PROFESSOR ESTADUAL DE MINAS GERAIS

    Caro colegas professores,

    como muitos sabem aqui, sou crítico ferrenho do "sindnútil", seja por seu autoritarismo, sua relação nada honesta com partidos políticos, nomeadamente o PT, com o governo estadual e federal, etc...

    Entretanto, entendo que nenhum sindicato, por mais engajado e honesto que seja, conseguirá fazer alguma coisa com tanto pelego por aí...De fato, como podemos criticar o "sindnútil" por não termos sucesso nas nossas lutas, quando pouquíssimos são os professores que se atrevem a aderir aos movimentos grevistas??? Simplesmente não se pode fazer nada sem adesão da classe.

    Na minha escola, por exemplo, mesmo com um cartaz afixado na sala dos professores chamando para a paralisação desta terça-feira, 08 de outubro, não houve nem mesmo uma lista para adesão à mesma. E o mesmo deve acontecer em tantas outras escolas por aí, em tanto rincões perdidos das gerais...

    Portanto, continuo a criticar a postura política, interesseira e autoritária do "sindnútil", mas também entendo que os professores estaduais de Minas Gerais merecem é isso mesmo. Nós temos o sindicato que merecemos, pois não somos melhores do que ele. A propósito, o "sindnútil" tem a cara do professor estadual de Minas Gerais.

    E com a fragmentação da classe entre tantos "pedaços" (efetivos, efetivados, designados, lei 100, etc) não é de se esperar que se consiga arrebanhar professores para qualquer que seja nossa luta.

    Realmente, não há muito o que fazer. E o salário...???? E a carreira...?

    Atenciosamente,

    Raimundo Santos
    Belo Horizonte - MG

    ResponderExcluir
  84. caro anonimo das 21:15 já não são mais 98000 efetivados porque vários já estão aposentados (e estes não perdem a aposentadoria), vários que são realmente competentes passaram no concurso e respondendo a outra pergunta sua os efetivados nao entraram em greve.

    ResponderExcluir
  85. O fim da lei 100 é o que sustenta minha fé no TSF.Se ela não cair vou jogar meu exemplar da Constituição num lixo bem fedorento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lei 100 sempre no auge dos que queriam estar nela!!!!
      Minha querida(o) e estimada(o) professor(a), que ainda fala nesta tal de lei 100. Não faço parte mas vou te abrir os olhos. Se fosse para cair, já havia caído há

      tempos. Tantos martelos já desceram por situações que saíram depois da lei 100. Segundo falam, se ela cair, irá afetar outras leis que nem vou te falar. Muda o disco. Pense em você.Passe melhor no próximo pq aí vc vai pegar o que é seu por direito. Estas vagas nunca foram oferecidas a ninguém. Se não houvesse efetivados, elas nunca seriam de ninguém. Não alimenta este sentimento que fica corroendo dentro de vc. Isto tem um nome feio. Lute por uma coisa melhor. Sai desta!!!!!

      Excluir
    2. E você acha que vai cair mais o quê? Todos os ministros do STF já votaram pela inconstitucionalidade, o próprio governo de Minas já disse que não é garantia de estabilidade, o STF já mandou nomear concursados nas vagas dos tais efetivados e eles já perderam cargos e nenhum tirou as famosas férias prêmio e ainda nem estão na previdência dos professores efetivos concursados e sim no INSS... Falta mais o que para você entender que os famosos lei 100 voltaram ao status de CONTRATADOS COMUNS e tem que se preparar para futuro concurso urgentemente? Tem dó filha (o) acorda!

      Excluir
    3. Pessoal, qual é a lei maior do país? Pelo que eu saiba é a constituição. Sendo assim você acha realmente, que o julgamento vai ser baseado no " Segundo falam,".
      Fico com pena de quem está nessa lei , porque não foi culpa deles e sim do Aécio, mas acredito que caíram de para-quedas nessa situação, e são capazes de passar em um concurso.
      Alguns a gente percebe se sete tão humilhados, que nem assumem que está na lei, mas um motivo para ela acabar, não está existindo mais profissionais, não ha porque ela existir para garantir estabilidade, mesmo após ela acabar ninguém vai ficar sem trabalhar.
      Joana

      Excluir
  86. Ontem dia 7/10 teve no Rio de Janeiro um ato em favor dos professores lindo de se ver. Milhares de pessoas nas ruas lutando contra governos municipal e federal do Rio. Aqui em minas(com minúsculo mesmo) estamos deitados eternamente em berço esplêndido. Foi marcado um ato para a praça sete e aí? kkk ninguém né. É os cariocas dão aulas todos os dias de cidadania se bem que lá no Rio os governos municipal e estadual esqueceram de efetivar milhares de servidores para dividir a categoria e agora enfrentam essas aulas de cidadania dos professores. Será que semana que vem dia 15/10, dia dos professores, conseguiremos ir às ruas aqui deste nosso arraial pra fazer pelo menos a quarta parte do povo lá do Rio? Ao menos sonhar a gente pode né kkkk quem sabe isso acontece.

    ResponderExcluir
  87. Adorei, na página da Assembléia Popular Horizontal no facebook já tem o convite de um grande ato em favor dos professores marcado para o dia 15, dia dos professores. Vai ser na praça sete. Vamos lotar as ruas que tem anúncio da parte do governo federal sobre aumento do piso. E o que é melhor, no Rio e em São Paulo estão prometendo um gigantesco ato dos professores novamente para o dia 15 também, kkk no dia dos professores vai no facebook que vocês vão achar lá. Acho que dessa vez lá em São Paulo e no Rio o coisa vai ficar feia e vai ter mais gente do que nesta segunda dia 7/10. kkkk Estou achando ótimo e VAMOS PRA RUA!!!!

    ResponderExcluir
  88. Amigos, sempre acompanho esse blog e vou discordar de vários companheiros quanto à estagnação da categoria. Não somos covardes. O que ocorre é que estamos descrentes da Justiça, que não nos dá uma vitoriazinha sequer. Nenhum professor acredita na Justiça mineira. Em outros centros, há uma derrotazinha aqui, uma vitoriazinha acolá...mas aqui...Então, basta que um magistrado digno, julgue procedente alguma das milhares de causas do sindicato para "colocar lenha na fogueira " e reacender a esperança. Pronto , falei...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os magistrados se comportam como príncipes. Tenho a impressão que o judiciário existe somente para manter uma classe de privilegiados, já que eles só trabalham de vez em quando, e mesmo assim para punir os pobres e privilegiar os ricos e poderosos. Não entendo porque os pobres os respeitam tanto, deve ser porque não deixam o professor explicar como as coisas funcionam.( Ou então é burrice mesmo)

      Excluir
  89. DIA 15/10 TERÇA FEIRA DIA DOS PROFESSORES O BICHO VAI PEGAR

    VÁRIOS ATOS EM FAVOR DA EDUCAÇÃO E DOS PROFESSORES EM TODO O BRASIL.

    BELO HORIZONTE SERÁ AS 17 HORAS EM SÃO PAULO E NO RIO TAMBÉM

    VAI LOTAR VAI SER MAIS GENTE DO QUE TEVE LÁ NO RIO SEGUNDA FEIRA DIA 7/10

    ASSEMBLÉIA POPULAR HORIZONTAL E FACEBOOK

    ACESSE E PARTICIPE VAMOS PRA RUA VAMOS POR
    1 MILHÃO PELA EDUCAÇÃO NO DIA 15/10 AS 17 HORAS

    VEM VOCÊ TAMBÉM....................

    ResponderExcluir
  90. Engraçado, se é direito, porque meu processo foi dado como improcedente?

    Atenção Servidor Público: STF tem nova decisão sobre URV
    Publicado no dia 27 Set 2013
    O STF definiu que os estados e municípios converteram de forma errada os salários de seus servidores, quando a moeda do país mudou de URV para Real. Assim os servidores públicos devem pleitear estas diferenças salariais!

    Atenção Professor Público Estadual: Você tem direito a correção em suas vantagens!

    O Estado não corrigiu corretamente vantagens recebidas pela categoria.

    - See more at: http://www.fessergs.com.br/full_news.php?id=1839/aten-o-servidor-p-blico-voc-tem-direito-a-corre-o-da-urv#sthash.XB7Zhq2J.dpuf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que meu processo tá improcedente? Sou professora aposentada, tenho direito.

      Excluir
    2. Pelo que fiquei sabendo de colegas com o mesmo processo, é que já fomos recompensados no decorrer dos anos com os aumentos salariais, por isso é que foi julgado improcedente.
      Pelo que já li sobre,os funcionários do TJ e de outras repartições já receberam a anos atrás.Por que só professor é que não tem direito a nada?
      Aqui se faz, aqui se paga,o governo está achando que professor é bobo, vai ver o resultado das maldades nas urnas.Que chegue 2014.

      Excluir
  91. http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/10/1353818-aliado-historico-de-marina-abandona-rede-e-diz-ter-feito-papel-de-bobo.shtml

    ResponderExcluir
  92. Não consigo entender o que acontece aqui em MG. A mídia fala de manifestações no Rio, São Paulo, Goiânia,etc, mas MG parece que não existe.Professores acampados há mais de um mês e ninguém fala nada.
    Será que é precisa sair quebrando tudo para virar notícia?

    ResponderExcluir
  93. Gente, o sindicato não consegue fazer nada sozinho, leiam:
    "A Secretaria de Estado de Educação de MG informou que 99,48% dos educadores da rede trabalharam normalmente nesta terça-feira, durante o dia de paralisação. Uma escola estadual suspendeu totalmente os trabalhos e 140 pararam parcialmente as atividades."
    Aí fica difícil.
    Na minha escola, a maioria está satisfeita com os 5% de reajuste, e dizem que é melhor que nada.Oh! pobreza de espírito!
    E lá no Rio os professores rejeitam salários de mais de R$6.000,00.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc acha que um pós doutor ganhar R$6000,00 não é para rejeitar? Isto equivale ao salário de um professor com licenciatura em MG.

      Excluir
    2. R$6000,00 é salário com licenciatura em MG? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Então me paga R$4600,00 de cada cargo porque é isso que está faltando nos míseros R$1400,00 que eu recebo... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, R$6000,00 só se for para você! E olha que eu tenho duas licenciaturas. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Esse anônimo das 21:07 só pode ser capacho do Naná. Onde será que ele viu que professor com licenciatura em MG ganha R$6000,00?
      Oh! sonho!

      Excluir
    4. Nunca recebi esse salario. Nem em sonho. Tirou isso de onde?

      Excluir
  94. Minas é outro departamento. Aqui vai tudo de ré.
    A luta do Rio de Janeiro é de impressionar.Quem dera se o povo daqui pudesse ter a mesma coragem.Huuuuuummmmmmmmmmmmm !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  95. Meu Deus!!!! Ando mt chateada com inúmeros comentários deixados aqui. Quanta ignorância! Quanta desunião! Meus amigos de luta, lutemos unânimes por algo bom, se formos coerentes em nossos objetivos que é a luta pelo piso. Os concursados só falam da lei 100, alguns falam do sindicato. Que horror!!!!! Não adianta mandarmos pedra e sim agirmos. O governo deve ficar mt feliz quando lê ou alguém passa pra ele estes comentários de desunião deixados aqui.Vamos mudar de atitude.Pense nisto!!!!!!
    Marlise-Lavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lei 100 não é desunião, é vergonha na cara e legitimidade. É ficar do lado do correto e exigir todas as 100 mil vagas da suposta lei para concurso público, imediatamente. Ninguém pode exigir um país honesto aceitando uma safadeza tão ilegal como um trem da alegria que nomeia tanta gente sem concurso porque para cada um de salarinho de fome entra um amigo com salário milionário.

      Excluir
  96. PROFESSORES COVARDES

    Caros colegas professores,

    já disse aqui e repito quantas vezes forem necessárias:

    uma classe pelega e covarde como a nossa merece é isso mesmo: salário baixo e congelado, péssimas condições de trabalho, desvalorização e falta de reconhecimento tanto por parte do governo quanto pela sociedade em geral e a perda da carreira.

    Portanto, sugiro àqueles professores engajados na luta que não fiquem esperando esta pelegada ter coragem e vergonha na cara não. Ocupem-se com outras atividades, procurem outras ocupações, tentem trabalhar em outras áreas ou até mesmo em escolas particulares.

    Hoje, além de não termos salário digno e nem carreira, a maioria também perdeu até mesmo a dignidade.

    Também sou crítico do "sindnútil", mas convenhamos, por melhor que fosse o sindicato, não conseguiria nada com uma classe tão covarde como a dos professores estaduais de Minas Gerais.



    Atenciosamente,
    Raimundo Santos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dignidade, meu caro Raimundo, é algo a que o professor não tem direito... e NUNCA terá. Não destrua seu fígado e o seu sistema nervoso e circulatório com escola, não vale a pena. Podem fechar as escolas e abrir uns "butecos", dá mais lucro. Aliás, em um boteco você será bem mais respeitado e as terá suas chances de dignidade ampliadas.

      Excluir
  97. Olha Raimundo eu sempre leio tudo que dizes e escreve.Concordo plenamente.Chega de ficar chorando o leite derramado e que ainda está e continuará derramando por muitos anos.Professores de Minas são realmente covardes e medrosos.Depois vem aqui chorar sobre salário reconhecimento, dignidade.Qual dignidade? qual salário? Eles têm realmente o que merecem.O que plantamos colhemos.Essa é a lei .Não fazem greve, não vão atrás do que perderam, então colhem esse miserável salário.Eu teria uma vergonha enorme em dizer para quem quer que fosse que eu sou uma "fessora de escola pública de minas gerais" Imediatamente, quem ouvisse isso ficaria até mesmo com pena, dó de mim.Sabe o que eu vejo? Muitos fessores , mulheres e mesmo homens, vivem as custas de seus companheiros.Vão a escola naqueles carrões, vestem melhores roupas, viajam e muito.Qualquer feriadinho sem vergonha, vão a praia.As mulheres tem o marido para ajudar nessa mordomia.O que ganham(dois salários mínimos) é para pagar escola de criança e comprar roupas.Só isso.O marido paga o resto.Homens também fazem isso.Muitas vezes tem uma companheira que trabalha em outra rede e ficam acomodados.Qualquer miséria completa a outra.E assim vão se matando de trabalhar.Pulam de uma escola a outra e daqui alguns anos, enfartam, adoecem e cadê o salário???Aí verão que não podem mais correr daqui e dali para outra rede de ensino e vão viver miseravelmente até morrer.Enquanto estão dando conta do recado, vão vivendo felizes sem fazer greve se achando que está uma beleza: Carros, roupas, viagem.Mas e o futuro? Se não pensarem nisso agora, o final será muitos fessores doentes, sozinhos, sem condições mais de trabalhar e ganhando mal até para comprar os seus remédios.É isso que eu vejo nas escolas.è isso que uma grande parte pensa .Não querem perder a miséria que completa o salário dos companheiros.Tá bom né amor? E o tempo vai passando?

    ResponderExcluir
  98. Mandei um comentário sobre o problema dos professores do Rio, que aparentemente, e realmente, hj, ganham mais que nós por 12h. Mas, o que o Eduardo Paes quer é fazer vários planos de horas, até misturar neste balaio, e chegar a subsidio, ou piso ou teto, como quiserem, mas, só teremos achatamentos daqui para a frente. Vcs conhecem a mídia? Ela diz uma coisa e é outra. Os prof do Rio são concursados, não vão se abater fácil.É o estado que raramente contrata. Se os federais podem ter seu plano bem acima disto, pq nós temos que nos rebaixar?
    O que se quer é que se respeite o início de carreira no Rio,essa é o plano que entramos , por concurso, para este é o piso, que sempre foi 12-16(pedag) , o resto é acima.
    Se deixar viram esse piso nacional, com 40h, aqui, óóó...Já chega aqui em MG, essa sacanagem.

    ResponderExcluir
  99. Um milhao pela educacao. Vamos participar. Chamem os alunos. Vamos para ruas gente!!!
    Agora que temos o apio popular nao podemos recuar. Parem de ficar atacando uns aos outros.

    ResponderExcluir
  100. Salário de professor do Rio supera o de SP

    Com novo plano, docente carioca irá ganhar R$ 4.147 por 40 horas semanais; paulistano recebe vencimento de R$ 2.600

    Em São Paulo, os docentes têm dez níveis de progressão por tempo de serviço, sendo que cada um deles dá direito a um aumento de 6,5% no vencimento. Além disso, há 5% de aumento no chamado quinquênio (período de cinco anos). No Rio, são sete níveis de progressão, com um acréscimo de 4% no salário por cada um deles. Esse tem sido um dos principais pontos apontados pelo Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) como negativos no novo plano carioca. A categoria quer uma progressão de 15% para cada nível. No Rio, em vez de quinquênios, há os triênios (a cada três anos). O primeiro dá direito a 10%. E os restantes, a 5%.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/salario-de-professor-do-rio-supera-de-sao-paulo-10318963#ixzz2hKD6Ppce
    © 1996 - 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

    ResponderExcluir
  101. Os professores que estão satisfeitos com o que ganham e vibrou com 5% de reajuste são os imcopetentes, que lhes faltaram opção para fazer outra coisa ou foram rejeitados, ou melhor, semi analfabetos transvestidos de professor, FALEI...

    ResponderExcluir
  102. Com esta diretora do Sindicato aí , assim é que não conseguiremos nada mesmo. Não adiante insistir mais.Adeus aos salários dignos enquanto ela estiver aí se achando.

    ResponderExcluir
  103. Percebe-se que a lei 100 vai voltando ao noticiário aos poucos, espero que o ministro relator esteja acompanhando as noticias em relação a lei e perceba a urgência que a situação requer, porque ele é o relator e agora depende dele colocar a ADI7648 na pauta para que aconteça o julgamento. Só ainda não entendi porque isso ainda não aconteceu, porque a ultima movimentação foi em 20 de maio.

    ResponderExcluir
  104. Raimundo, faço suas as minhas palavras. Tenho 2 filhas bancárias que estão há uma semana em casa de greve. Só voltarão quando o Sindicato autorizar.

    ResponderExcluir
  105. O BICHO VAI PEGAR DIA 15 DE OUTUBRO,OS PROFESSORES IRÃO FAZER MANIFESTAÇÕES EM TODO O BRASIL. ÁS VEZES A REDE GLOBO VAI MOSTRAR O QUE VAI ACONTECER. TEM MUITA GENTE APOIANDO OS PROFESSORES, SE LIGA PSDB. VOCÊS ESTÃO NA LAMA, NOS AGUARDEM BANDO DE PIRATARIA.IREMOS MULTIPLICAR SEUS NOMES PARA OS ALUNOS E TODA A FAMÍLIA DOS MESMOS , JÁ NÃO FALAMOS NAS NOSSAS. VIU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  106. É muita cara de pau.
    "Temos a consciência de que não faremos a travessia para um novo patamar de desenvolvimento sem uma radical transformação da educação brasileira" - Aécio Neves
    Tá lá no Faceebok

    ResponderExcluir
  107. Concordo totalmente com o anônimo do 00:31

    ResponderExcluir
  108. Concordo totalmente com o anônimo de 00:01 e não 00:31 que não tem acima

    ResponderExcluir
  109. Euler sempre achei você uma pessoa muito sensata imparcial, sei que você é efetivo mas nem por isso critica os efetivados, Mas sempre sabe analisar a questão com um olhar realista, gostaria que postasse o que você acha que ira acontecer com a lei 100, será que o julgamento vai acontecer esse ano, porque ela está com relator a quase 5 meses, se ele é o relator tem interesse que o julgamento aconteça, para ser sincera acho até estranho o julgamento ainda não ter acontecido.
    Laura

    ResponderExcluir