domingo, 27 de maio de 2012

Um recorte do cotidiano: o descaso das elites político-empresariais contra os de baixo

  
Um recorte do cotidiano: o descaso das elites político-empresariais contra os de baixo

O cenário político nacional não traz novidades, já que as práticas de corrupção e os jogos de poder com óbvio conteúdo golpista não constituem nenhuma novidade. Não existe, entre os membros da elite política dos diversos partidos, uma demarcação clara de quem sejam os amigos - e inimigos - do povo pobre. Aliás, a grande maioria de todos os partidos e seus agentes é claramente inimiga dos de baixo. Formam maiorias eventuais para atingir seus objetivos nos legislativos corrompidos, ligados aos interesses dos de cima - do latifúndio, dos grandes empresários, dos tecnocratas das máquinas estatais -, mas se omitem ou cortam os direitos dos de baixo.

O que aconteceu com a Educação básica nos últimos anos, no Brasil e muito especialmente em Minas Gerais, foi uma clara demonstração do descaso generalizado das elites para com os direitos dos de baixo. Encenaram a implantação de um piso salarial nacional que seria uma espécie de redenção, após décadas de salários de fome para os educadores. A prática, contudo, demonstrou que tudo não passou de um engodo, uma farsa orquestrada pela elite político-empresarial, para tentar justificar publicamente um pseudo interesse por esta área. Eles não têm compromisso com a Educação básica, que é aquela que teoricamente deveria proporcionar um ensino de qualidade para milhões de famílias de baixa renda. Ao destruírem a carreira dos educadores e não pagarem nem mesmo o ridículo valor do piso salarial enquanto vencimento básico, os governantes de Minas e do Brasil deram um atestado de papel passado da total falta de compromisso com os direitos e os interesses dos de baixo.

Mas não é apenas na Educação que ocorre este descaso. Em todas as áreas sociais - moradia popular, Saúde pública, transporte coletivo, lazer e cultura - é grande e notória a falta de investimentos. Os governantes das elites conseguem financiamentos para erigir em poucos meses prédios, rodovias, estádios de futebol, viadutos, mas não têm essa mesma agilidade quando o investimento é voltado para o ser humano, mais especificamente para os de baixo.

O resultado disso é que temos um país que se torna "rico" de acordo com o seu PIB, enquanto a grande maioria da população continua vivendo e sobrevivendo em condições de penúria. Sobrevivem de bolsa família ou da oferta de "serviços" de morte que o tráfico oferece aos garotos das periferias do país. A elite rica usufrui de cenários paradisíacos em hotéis de luxo, viagens internacionais, ou condomínios fechados que tentam apartar e esconder a dramática realidade social existente. Realidade esta que eles alimentam diariamente quando sonegam aos de baixo o direito à moradia, à saúde, à Educação de qualidade, ao transporte coletivo decente. E até mesmo aos direitos democráticos conquistados em renhidas lutas, como o direito à greve, o direito a manifestar
diferentes opiniões.

No tocante à Educação básica, nossa área, considero que esteja praticamente destruída, em Minas Gerais com maior força - em função da deliberada política do faraó-candidato-à-presidência e seu afilhado -, mas também em todo o país, com a conivência do governo federal. Sem carreira, sem piso, com salário de fome, não há presente para a Educação básica, e muito menos futuro, já que o pré-sal é mais ou menos o equivalente às promessas de um futuro promissor que as elites, há séculos, pronunciam quando se dirigem aos interesses dos de baixo. A nossa melhor morada, no dizer dos de cima, será conquistada quando não mais existirmos fisicamente.

Enquanto isso, caminho pelas ruas da cidade, deparando-me o tempo todo com moradores de rua que enfrentam as noites frias e violências de toda ordem; nos metrôs ou nos ônibus superlotados o que mais conta é o calor humano, untado pelas conversas quase sempre apetitosas, que trazem os fazeres, os encontros e desencontros das famílias dos de baixo. De uma gente valente, que sobrevive e tem esperanças, apesar do peso de chumbo que carregam (carregamos). Este peso representado por uma elite político-empresarial cínica, que passa os dias e noites conspirando contra os de baixo, solapando o pouco de espaço democrático conquistado, e se apropriando dos recursos que deveriam retornar para os trabalhadores em forma de melhores condições de vida e salários mais dignos. Um dia tudo isso mudará, quando nós, os de baixo, percebermos a nossa força e aprendermos a construir, no nosso cotidiano, os instrumentos coletivos de luta, de resistência e de conquistas.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!
 

***

Em tempo: Não deixem de ler e de acompanhar ao blog da nossa combativa comandante Marly Gribel. Nesta semana, Marly publicou, além de um texto reflexivo, mais um vídeo, que apresenta uma rica leitura da nossa realidade nos últimos séculos, do Renascimento aos dias atuais. Uma aula de qualidade, apesar do salário de fome que o governo de Minas paga aos professores.

51 comentários:

  1. Parabéns, Professor Euler, por mais um texto de qualidade que nos faz refletir neste domingo de outono. Você é, realmente, um grande exemplo de fortaleza para todos nós, afinal com uma carga horária de trabalho semanal de mais ou menos 80h, ainda tem a sensibilidade de produzir um texto com essa qualidade para nos motivar a estar na luta sempre! Por isso reitero, PARABÉNS!
    Um abraço!
    Educadora Mineira

    ResponderExcluir
  2. Cindy/Nueva York27 de maio de 2012 14:04

    Hola teacher Euler te extranõ!
    Quiero que usted compartir el texto y el vídeo del profesora Marly
    un beso con carinõ
    Cindy

    ResponderExcluir
  3. Prezado professor Euler;

    Como disse a colega do primeiro post, mas um ótimo texto produzido por uma mente que sabe fazer as conexões entre a teoria e a realidade.
    Penso que os professores, e o povo brasileiro de maneira geral, anda muito desiludido com a política.
    Agora este escândalo do Cachoeira traz a tona a reflexão em que aonde há políticos, há esquemas.
    Quando estava na faculdade um colega de Filosofia nos disse uma frase que nunca esqueci: "Não é a política que vai mudar o mundo e sim a cultura".
    A nós educadores resta o papel de tentar mudar a mentalidade das futuras gerações, mas como mudar pré-adolescentes e adolescentes completamente apáticos - salvo algumas exceções - politicamente?
    Nossos alunos estão mais preocupados com seus telefones celulares android, seus tênis de marca e seus namoros. Nada censurável nisso, mas como mudar a mentalidade de pessoas que só pensam no presente e se esquecem que serão os assalariados de amanhã?
    Mas como você disse comandante, um dia a História vai mudar...

    Abraços!

    Paulo

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Professor Euler e amiga Cindy por compartilhar ideias e projetos comuns. Já aprendemos a caminhar juntos. Somos irmãos !

    ResponderExcluir
  5. Boa noite amigos.

    Boa noite amigo Euler - homem de estirpe, guerreiro e digno de todas honrarias.

    Parabéns.

    Izabel/Geografia

    ResponderExcluir
  6. Boa noite,Professor Euler. Obrigada por nos brindar mais uma vez com este texto maravilhoso.Peço a Deus sempre que lhe dê forças e coragem para continuar sendo nossa bússola porque senão nos desnortearemos.Que Deus lhe proteja! Um grande abraço. Professora Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os Sindicatos desse país não estão nem aí pros trabalhadores!

      Sindicato contraria assembleia, acaba com a greve e provoca revolta dos profissionais em educação de SP.
      Escoltado pela tropa de choque! Foi assim que o presidente Sinpeem (Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal de São Paulo) e também vereador pelo PPS, Claudio Fonseca, conseguiu sair da assembleia dos professores municipais que ocorreu nesta terça-feira (10) na Praça da Patriarca, em frente à Prefeitura de São Paulo.

      “Vendido, ladrão, só sai de camburão”, entoavam os manifestantes que atiram ovos e garrafas d´água no caminhão de som do sindicato. Essa revolta generalizada foi causada pela manobra e atitude antidemocrática do presidente do Sinpeem que pôs fim a greve contra a vontade da categoria. A grande maioria dos profissionais de Educação votou pela continuidade da paralisação, iniciada em 2 de abril. “O presidente ignorou a vontade da assembleia. Estava nítido que queríamos a continuidade da paralisação, nos sentimos desrespeitados e, por isso, nos revoltamos. Ele foi um ditador”, desabafou a professora Maria Filomena de Freitas Silva.
      Segundo a professora, a assembleia estava dividida, mas a maioria estava a favor da greve. “Ele deveria ter feito uma nova votação, mas simplesmente ignorou a base e acabou com a assembleia”, disse revoltada.

      A proposta apresentada pelo prefeito atendia algumas reivindicações, mas era insuficiente. Na discussão, 10 professoras (es) defenderam a continuidade da greve e dois a suspensão.

      A integrante do grupo de oposição ao Simpeem, minoria da direção do Sindicato e integrante da CSP-Conlutas, Lourdes Quadros Alves destacou que desta vez o presidente não conseguiu enganar os profissionais de Educação, que há tempos sofrem com as péssimas condições de trabalho e são enrolados pelo sindicato. “A categoria está insatisfeita com a forma de como o sindicato tem conduzido as greves, por isso, está revoltada”, destacou.

      Era noite, quando a policia, com muita truculência, dispersou os manifestantes e escoltou o caminhão de som. Só assim, o presidente e os dirigentes do sindicato conseguiram sair da praça.
      Os trabalhadores saíram de lá dispostos a fazer uma grande denuncia na categoria e fortalecer o movimento de oposição para tirar a diretoria do sindicato. “É uma vergonha o que foi feito aos profissionais da educação em um sindicato cutista pra proteger um prefeito ‘aliado’”, salientou o membro da CSP-Conlutas Luiz Carlos Prates, o Mancha, que esteve presente na manifestação.

      Os educadores que ficaram na praça até o final da noite, após a retirada do carro de som, realizaram uma nova assembleia no qual definiram que vão denunciar o posicionamento autoritário do sindicato e a truculência da policia. “É preciso denunciar essa truculência. É uma vergonha colocar a tropa de choque contra os educadores. Vamos fazer essa denuncia em todas as escolas e em todo país”, salientou Lourdes.

      Excluir
  7. É PRECISO USAR MEIOS MAIS CONCRETOS

    Caros colegas professores,

    o texto redigido pelo professor Euler é de muito boa qualidade, tanto do ponto de vista textual (linguístico, semântico e gramatical) quanto do ponto de vista cultural, ético, político e intelectual.

    Entretanto, que "este cenário político que não traz novidades", conforme escreve o professor Euler logo na introdução de seu texto, isso já é conhecido de todos nós. De fato, todos nós estamos cansados de ver a mesma situação política, o mesmo "status quo" vigente ser perpetuado a cada nova eleição neste país. E ninguém faz nada! Pelo contrário, a maioria quase absoluta da população brasileira continua ajudando a perpetuar este sistema político nefasto através do voto (cabresto) vastamente explorado pela mídia alienante deste país, que também faz tudo para manter o mesmo quadro vigente no Brasil.

    Desta forma, todas nossas ações em prol de um país mais justo, de uma educação de qualidade, de igualdade de direitos, de paridade salarial entre as diversas categorias do serviço público, etc sucumbem diante da triste realidade de nosso sistema político, que é perverso, sujo e nefasto. Os "lesa-pátria" que infestam a política nacional só buscam mesmo seus próprios interesses escusos, e não moverão uma pala sequer para mudar a história atual, da qual tiram proveito ilícito, imoral e criminoso. Assim, votar já não é mais a solução, pois as peças trocadas são confeccionadas com a mesma matéria prima. Trocam-se as peças, mas a essência é a mesma, ainda mais quando se tem um pluralismo partidário tão extenso como o brasileiro. Tivemos um exemplo claríssimo desta realidade quando tivemos nossa carreira jogada na lata do lixo por políticos provenientes de diferentes partidos políticos. Vejam que eles não pertencem exclusivamente ao partido governista do PSDB, mas a diversos partidinhos "hienas" criados apenas para fazer o joguinho sujo do governo.

    Portanto, palavras bonitas já não são mais suficientes para lidarmos com nossos algozes. É necessário ousar mais, encontrar meios mais concretos de enfrentar estes nossos inimigos que infestam o sistema político brasileiro.

    Quanto a mim, há muito tempo já não voto em nenhum safado (pertencente a qualquer um dos inúmeros partidos políticos brasileiros. A cada eleição não compactuo com esta vergonha mundial que é o sistema político nacional. Na maquininha alienante e enganadora do TRE, digito 0000 ou 9999 e anulo meu voto. Entretanto, particularmente no nosso caso aqui em Minas Gerais, tomei a iniciativa de fazer uma campanha maciça na Internet, nas redes sociais, na mídia informal contra os 51 bandidos que jogaram nossa carreia na lata do lixo. Mesmo votando nulo, paralelamente execro estes safados de todas as formas possíveis: na rua, na escola, na fila do banco, no clube, etc, etc, etc...

    Atenciosamente,

    Raimundo Santos
    Belo Horizonte - MG

    ResponderExcluir
  8. Destroem nossa carreira e fazem Planos sem nossa participação...INDIGNADA ! Leiam, por favor:

    CNTE ‏@CNTE_oficial

    Começa nesta terça a votação do Plano Nacional de Educação http://migre.me/9gjTG
    Expandir

    Responder
    Retweetar
    Favorito

    3 Retweets
    1 Favorito
    Débora Maria do Nasc Fernando Mineiro Professor Neivaldo

    14:24 - 28 maio 12 via web · Detalhes
    1 min Gracieusa Brito Gracieusa Brito ‏@GracieusaBrito

    @CNTE_oficial Depois que destruiram a carreira dos educadores ? Cadê o a Lei 11.738/08 do Piso Nacional? Pelegagem e politicagem.
    Ver conversa

    Responder
    Excluir
    Favorito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CNTE??

      PT JUNTO COM PSDB??

      A CUT É O BRAÇO POLÍTICO/SINDICAL DO PT + CNTE, DENTRO DO SIND UTE??

      ESTAMOS PERDIDOS, SEM NENHUMA REPRESENTAÇÃO E SENDO USADOS COMO MASSAS DE MANOBRA.

      PREFIRO ESTAR SOZINHO DO QUE MAL ACOMPANHADO.

      A MANUTENÇÃO NO PODER A QUALQUER CUSTO.

      ESTA POSTURA DO SIND UTE E SEUS PARCEIROS, É UMA VERGONHA. AGEM IGUAL AO GOVERNO.

      NÃO PRECISAMOS "DESTES" REPRESENTANTES.

      ESPERAMOS PELA PUBLICAÇÃO DOS EMBARGOS DECLARATÓRIOS PELO STF.

      STF??

      ESTAMOS REALMENTE PERDIDOS...

      OS PODERES CONSTITUÍDOS DESTE PAÍS ESTÃO FALIDOS.

      VEJAM O CASO DE MINAS GERAIS:

      - EXECUTIVO,IMPÕE UMA DITADURA ABSOLUTISTA;

      - TJMG E MPMG, SUBMISSOS;

      - ASSEMBLEIA HOMOLOGATIVA.

      O QUE O POVO DEVE ESPERAR DESTA COMBINAÇÃO, SENÃO INJUSTIÇAS E CORRUPÇÕES??

      O ÚLTIMO QUE SAIR APAGUE A LUZ.

      E AÍ DE MINAS GERAIS???

      Excluir
  9. Deputado Rogério Correia
    Voltar para todas notícias
    Notícias
    segunda-feira, 28 de maio de 2012, 11:38 HS
    Governador de Minas viaja muito e gasta muito, diz O Globo
    Os jornais mineiros repercutiram, neste domingo (27/5), uma pesquisa publicada pelo jornal O Globo em que o governador de Minas Gerais, Antônio Anastasia (PSDB/MG), é o primeiro no ranking de governadores de todo o País que mais gasta dinheiro público em viagens ao exterior.

    Anastasia é, também, o segundo colocado em relação ao número de viagens, acumulando 35 em um ano e meio de mandato. O que surpreende nesta pesquisa não é a quantidade de viagens, até porque sabe-se que algumas delas podem ter tido o mesmo foco dado pelo primeiro colocado do ranking, Jacques Wagner (PT/BA), que é o de fechar acordos comerciais ou colocar o Estado em voga no segmento turístico.

    A necessidade de viajar para tratar de acordos que visam ao desenvolvimento econômico e turístico do Estado é compreensível, o que não é compreensível é como o governador de Minas, Antônio Anastasia (PSDB), conseguiu gastar R$ 687 mil, em 35 dias de viagem, enquanto o governador da Bahia, Jacques Wagner (PT), gastou apenas R$ 285 mil, em 78 dias.

    Ficam as indagações: qual era o tamanho dessa comitiva mineira? Que lugares foram frequentados? Em pesquisa na agência de notícias do Estado (Agência Minas) poucas são as viagens divulgadas e em nenhuma delas se vê detalhes desse tipo. Como ou com o que o governador Anastasia gastou mais que o dobro que o governador da Bahia, em menos da metade das viagens.

    O Deputado Rogério Correia comenta a repercussão, ressaltando que Minas Gerais precisa ser o primeiro estado dos rankings nacionais, mas é em economia e turismo, e não em gastos com viagens, que poderiam, comprovadamente, ter sido mais econômicas.

    Irregularidades

    A reportagem do jornal O Globo ainda mencionou que investigações em vários estados apontam que os desvios de recursos em viagens oficiais são comumente encontrados. De acordo com a reportagem, o promotor do Grupo de Defesa do Patrimônio Público de Minas, Daniel de Sá Rodrigues, afirma que falta controle dos gastos. “O sistema de pagamento de diárias é frágil. Em geral, não é preciso prestar contas”.

    http://www.rogeriocorreia.com.br/noticia/governador-de-minas-viaja-muito-e-gasta-muito-diz-o-globo/#.T8O_wbWAI6U.twitter

    ResponderExcluir
  10. João Paulo Ferreira de Assis28 de maio de 2012 18:22

    MODOS DE FAZER VALER O SEU VOTO

    Quero dirigir-me ao prezado leitor para fazer-lhe algumas perguntas. Você se lembra do seu último voto para vereador e prefeito? Quando você votou, o que você esperava dele? Da minha parte eu me lembro dos meus votos dados em 2008, como os de 2004.

    Um dos erros recorrentes do eleitor ressaquinhense, é quando está muito insatisfeito com a atuação de um prefeito, despejar os seus votos no candidato adversário, como fizeram em 2000, com o Dr. Manuel, a quem deram 1883 votos, contra 669 do nosso saudoso amigo Dr.Marcílio e 517 do Prefeito candidato à reeleição, o Dr. Onésimo. Só que deram ao Dr. Manuel uma maioria ínfima, seis vereadores a cinco. E se tivesse acontecido o que se passa atualmente? Dr. Manuel, com uma câmara contrária pouco poderia fazer. Nesse caso, os 1883 votos seriam de pouca ou nenhuma valia. Se o eleitor ressaquinhense tivesse o saudável hábito de vincular o voto, o Dr.Manuel teria tido uma câmara inteiramente a favor, ou na pior das hipóteses, com nove vereadores contra dois da oposição. Este modo equívoco de não vincular o voto é em nosso ponto de vista um meio de desprezar o Poder Legislativo. É um erro pensar assim, pois os vereadores são nossos representantes, eles é que propõem que o Executivo proceda aos serviços. por exemplo, dragagem num rio, capina numa rua que já começa a ser tomada pelo mato, construção ou reparos numa ponte ou numa estrada. Eles também têm obrigação de fiscalizar os atos do Executivo, e pela qualidade de fiscais, é que os vereadores não podem fazer parte de conselhos.

    Isto não quer dizer, porém, que não vincular o voto seja uma coisa má. Imagine-se, por exemplo, que numa cidade, dois ex-prefeitos candidatem-se à suprema magistratura do município. E no ano das eleições eles sejam condenados por improbidade administrativa em primeira instância. Recorrem ambos à instância superior. E assim podem se candidatar. O que faria o prezado leitor numa situação dessas, em que ambos os candidatos não transmitem confiança? Nesse caso, votar no que você acha o menos corrupto, mas por via das dúvidas, votar num vereador contrário. Pois o vereador da oposição fiscalizaria o prefeito.

    Temos também que pensar ao votar, na melhoria dos serviços públicos. Se educação e saúde de qualidade não estão sendo ministrados ao povo pela administração pública, PROCUREM MUDAR. E se os filhos estudam numa escola estadual pública, avaliar a qualidade do ensino dado no momento de votar num governador. E se este for do tipo ditatorial, não votar em candidatos que tenham apoio do mesmo governador e de seus deputados.

    Tivemos um professor de Estudo dos Problemas Brasileiros, matéria que então existia na grade curricular dos cursos superiores, e que foi retirada pela Constituição de 1988, que nos disse que o ''único momento de liberdade absoluta é o da hora do voto''. Ali, dentro da cabine eleitoral, você escolhe quem que você quer sem que ninguém esteja a te perturbar. Vamos, pois, aproveitar esse momento, e nos fazermos algumas perguntas:

    1-Meus filhos estão sendo beneficiados quando o Estado nega aos professores condições mínimas de trabalho?
    2-Meus filhos podem ficar bem numa sala de aula em que funciona outra turma de série diferente?
    3-Meus filhos podem se beneficiar quando o Estado age para retirar dos professores os seus direitos, como o de afastamento da docência, condenando-os a ficar na sala de aula cansados, e desanimados?
    E assim outras perguntas.

    Faça valer o seu voto pela vigilância, pelo comparecimento às reuniões da câmara municipal, pela participação, e pela iniciativa popular de projeto de lei.

    João Paulo Ferreira de Assis é Professor de História na EE Deputado Patrús de Sousa, em Carandaí e autor da História do Município de Senhora dos Remédios.

    ResponderExcluir
  11. Euler, acho que devemos denunciar todos os prefeitos que nbão cumprem a lei do piso, mas a atitude da direção do sindicato deixa claro que há uma briga de interesses do partido dos trabalhadores. Diante da última postagem que li no blog da coordenadora fiz o
    seguinte comentário.
    "CURIOSAMENTE PARA A DIREÇÃO DO SIND-UTE APENAS A PREFEITURA DE BETIM NÃO CUMPRE A LEI DO PISO.
    USAR O SINDICATO PARA BRIGUINHAS PESSOAIS E INTERNAS DE PARTIDO É FALTA DE MATURIDADE E ÉTICA, SE MANCA B(ATRIZ)
    NOSSA ENTIDADE TEM COMO PRINCÍPO SER APARTIDÁRIO, OU VOC~E NÃO CONHECE O ESTATUTO?".
    Infelizmente estamos muito mal representados com essa atual direção, que só pensa em seus interesses próprios e a categoria que se dane.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos no fundo da lama porque o PT assim o quer, no frigir dos ovos os partidos políticos tem interesses em comum e usam quem eles quiserem para o seu intento. Os políticos tem o controle da sociedade, até mesmo os crimes por mais hediondos que sejam tem a ver o controle político, serve como um instrumento de manipulação para manter a população amedrontada e alienada.
      O sindicato nos usou como bucha de canhão em 2010 e 2011 para juntamente com o PT e outros partidos conseguirem seus intentos políticos.

      Excluir
  12. Participe do tuitaço pelos 10% do PIB para a educação pública


    A mobilização via Twitter acontecerá na terça e quarta-feira, respectivamente, dias 29 e 30 de maio, a partir das 10 horas da manhã até às 20 horas de cada data.
    Veja abaixo algumas sugestões de tuítes do movimento “PNE pra VALER!”.
    Tuites sugeridos pelo movimento “PNE pra VALER!”:

    Deputados @angelovanhoni, @antonioroberto, @arturbruno #VOTA10 #PNEpraVALER!

    Deputados @canzianialex, @chico_lopes, @dep_ivanvalente #VOTA10 #PNEpraVALER!

    Deputados @dephugoleal, @deplelocoimbra, @depmarcosmontes @depneiltonmulin #VOTA10 #PNEpraVALER!

    Deputados @depronaldo, @deputadoariosto, @deputadobiffi, @deputadogilmar #VOTA10 #PNEpraVALER!

    Deputados @deputadojoaquim, @df_paulofreire @dpmarciomarinho @drubiali #VOTA10 #PNEpraVALER!

    Deputados @drrosinha, @eduardobarbosa, @eliseupadilha, @emiliano_jose #VOTA10 #PNEpraVALER!

    Deputados @esperidiaoamin_, @izalcilucas, @marchezan, @luiznoe #VOTA10 #PNEpraVALER!

    Deputadas @fatima_bezerra, @maragabrilli, @profdorinha e @teresasurita #VOTA10 #PNEpraVALER!

    ResponderExcluir
  13. Deputados @jorginhomello, @onyxlorenzoni, @osmar_serraglio, @paulorubem #VOTA10 #PNEpraVALER!

    Deputados @profnewtonlima, @raimundo_matos, @raulhenry, @renanfilho_, #VOTA10 #PNEpraVALER!

    Deputado @setimo1577, @severinoninho, @stepanrio, @waldirmaranhao, #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @alessandromolon PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @alice_portugal, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @andremourapsc, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @angelovanhoni, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @antonioroberto, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @arturbruno, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @canzianialex, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @chico_lopes, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública ##VOTA10 #PNEpraVALER!

    @dep_ivanvalente, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @dephugoleal, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @deplelocoimbra, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @depmarcosmontes, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @depneiltonmulim, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @depronaldo, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @deputadoariosto, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @deputadobiffi, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @deputadogilmar, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @deputadojoaquim, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @df_paulofreire, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @dpmarciomarinho, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @drrosinha, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @drubiali, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @eduardobarbosa_, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @eliseupadilha, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @emiliano_jose, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @esperidiaoamin_, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @fatima_bezerra, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @izalcilucas, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    ResponderExcluir
  14. @maragabrilli, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @marchezan_, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @onyxlorenzoni, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @osmar_serraglio, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @paulorubem, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @profdorinha, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @profnewtonlima, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @raimundo_matos, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @raulhenry, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @renanfilho_, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @setimo1577, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @severinoninho, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @stepanrio, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @teresasurita, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    @waldirmaranhao, PNE pra Valer é com 10% do PIB para a educação pública #VOTA10 #PNEpraVALER!

    ResponderExcluir
  15. é acho que vamos todos nos ferrar mesmo, até agora o sindicato não fez nada.

    será que a lei nesse pais só vale para os fracos?

    quando será cumprima, do jeito que vai, teremos nossas vantagens corrompidas antes de 2014, sem falar

    NO ESTATUTO, QUE VEM MUDAR SÓ PARA PIOR ASSIM COMO FIZERAM COM O IPSEMG
    NO MEU CASO O DESCONTO AUMENTOU.

    ResponderExcluir
  16. http://veja.abril.com.br/noticia/educacao/plano-nacional-de-educacao-camara-deve-iniciar-votacao

    ResponderExcluir
  17. Por que estamos reclamando do salário ? Já pertencemos à classe alta.

    É de morrer de rir, vejam:

    Cerca de 54% da população brasileira forma a chamada classe média atualmente, o que representa a maior classe social do país. Segundo a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE), pertencem a esse extrato social famílias com renda per capita entre R$ 300 e R$ 1.000.

    A definição foi aprovada nesta terça-feira após reunião do ministro da SAE, Moreira Franco, e o subsecretário de Ações Estratégicas da pasta, Ricardo Paes de Barros, com comissão de especialistas para avaliação dos critérios de identificação deste novo segmento da população.
    Dentro dela, foram definidos três subgrupos: a baixa classe média, com renda familiar per capita entre R$ 291 e R$ 441; a média, com renda familiar per capita de R$ R$441 a R$ 641; e a alta classe média, cuja renda familiar per capita fica entre R$ 641 e R$ 1.019.

    De acordo com o trabalho, a renda familiar per capita da classe baixa vai até R$ 291 e a da alta, de R$ 1.019 em diante. Na classe alta, também foram definidos dois grupos: um com renda familiar per capita entre R$ 1.019 e R$ 2.480 e outro, que tem acima de R$ 2.480.

    Viram como no Brasil é fácil pertencer à classe alta? Só aqui mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse pais é mesmo uma piada!
      O PT, o PSDB, DEM etc, deveriam dar as mãos numa passeata e cantarem: "Somos todos iguais, braços dados ou não; vem...não vamos a lugar nenhum, não sabemos a hora de tomarmos vergonha na cara!
      Por isso, não vamos mudar nada! Lálalaiá...Lálalaiá..."
      Só tem que acertar o ritmo, encaixar a métrica etc.
      Professor Eliseu

      Excluir
  18. Reeditando...
    Anônimo29 de maio de 2012 09:00

    CNTE??

    PT JUNTO COM PSDB??

    A CUT É O BRAÇO POLÍTICO/SINDICAL DO PT + CNTE, DENTRO DO SIND UTE??

    ESTAMOS PERDIDOS, SEM NENHUMA REPRESENTAÇÃO E SENDO USADOS COMO MASSAS DE MANOBRA.

    PREFIRO ESTAR SOZINHO DO QUE MAL ACOMPANHADO.

    A MANUTENÇÃO NO PODER A QUALQUER CUSTO.

    ESTA POSTURA DO SIND UTE E SEUS PARCEIROS, É UMA VERGONHA. AGEM IGUAL AO GOVERNO.

    NÃO PRECISAMOS "DESTES" REPRESENTANTES.

    ESPERAMOS PELA PUBLICAÇÃO DOS EMBARGOS DECLARATÓRIOS PELO STF.

    STF??

    ESTAMOS REALMENTE PERDIDOS...

    OS PODERES CONSTITUÍDOS DESTE PAÍS ESTÃO FALIDOS.

    VEJAM O CASO DE MINAS GERAIS:

    - EXECUTIVO, QUE IMPÕE UMA DITADURA ABSOLUTISTA;

    - TJMG E MPMG, SUBMISSOS;

    - ASSEMBLEIA HOMOLOGATIVA.

    O QUE O POVO DEVE ESPERAR DESTA COMBINAÇÃO, SENÃO INJUSTIÇAS E CORRUPÇÕES??

    O ÚLTIMO QUE SAIR APAGUE A LUZ.

    E AÍ MINAS GERAIS???

    ResponderExcluir
  19. Fatima_Bezerra ‏@Fatima_Bezerra

    (A) Deputada Fátima assume coordenação da Frente Parlamentar em Defesa do Piso Nacional dos Jornalistas http://twitpic.com/9r1ice
    Ver foto

    Responder
    Retweetar

    falei que queremos o piso na nossa carreira que tinhamos ate 2009, pois após essa data foram diminuidos vários índices que compunham o nosso salário e ai o piso será insignificante.
    Favorito

    ResponderExcluir
  20. E aí professor EULER.Vamos nos mobilizar desde já pra irmos a MARCHA EM BRASILIA dia 05 de setembro? E fazer uma manifestação dia 06 e 07 lá. Vi esta sugestão aí de um Anônimo. Vamos mostrar nossa indignação com esses governos DILMA/ANASTASIA e também ao SINDTUR E PT do Rogério Correia. que usa a nossa categoria como massa de manobra.

    ResponderExcluir
  21. Gostaria de parabenizar todos o políticos do Brasil pela grande vitória! Já destruíram a educação, agora é só tocar o gado.

    ResponderExcluir
  22. Belo texto.
    É simplesmente o que eu acho.
    A elite manda e desmanda neste país de troxas e tudo o que fazemos é observar e observar.
    Essa elite gosta de explorar e espoliar tudo o que esse país consegue oferecer. Depois gostam de afirmar com orgulho os números de um PIB e o quanto foi que exploraram e dilapidaram a nação.
    Os alientados apenas ficam a se satisfazer com esses números e orgulhos ficam a se mostrar no papel o quanto a economia cresceu. Entretanto, não aparece na conta a exploração humana e a degradação do meio ambiente. Para os alienados o que importa mesmo é crescer a qualquer custo, o que importa é o PIB. Ridículo!!
    Alienação está corroendo esta nação!!!
    A solução passa pela educação...Mas infelizmente é a propria educação que vem sendo aniquilada pela elite!! Pobre dos pobres do BRASIL!!

    ResponderExcluir
  23. Tenho dois cargos de História, um efetivo e outro efetivado. Passei no concurso. Será que vou poder usar o tempo do cargo efetivado na prova de títulos?

    ResponderExcluir
  24. alguém tem o link para consulta da lista de classificados do concurso da see? não consigo acessar

    ResponderExcluir
  25. José Alfredo Junqueira31 de maio de 2012 15:52

    Vejam que a rede estadual da Bahia está em greve há 51 dias,a justiça mandou pagar os salários cortados,e pais de alunos estão apoiando os professores,acamparam esta noite em frente à governadoria e foram expulsos por PMs.

    ResponderExcluir
  26. Pessoal, alguém mais com contra-cheque errado aí?
    "REPOS.V.B.PROP.SUBS VALOR DESCONTADO: 179,68"

    Logo abaixo no campo OCORRENCIAS diz que "DEBITO REFERENTE A EC DE FEV E MAR RECEBIDO A MAIOR."

    Mas nao recebi nada além dos míseros 1320,00 nos meses passados. Alguém mais com esse erro? Onde posso recorrer?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  27. ... Eu não disse?
    O meu acerto não foi de CENTAVOS.
    Esse governo não presta, mas me pagou o que me deve.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  28. Viram o resultado da reunião de ontem, no site da SEE?
    Continuam empurrando a Bia, e nós também, com a barriga.
    Oh corja!!!

    ResponderExcluir
  29. Olá anônimo das 13:26!

    Acesse o link:
    http://www.concursosfcc.com.br/concursos/spgmg110/listaResultado/index.html
    E escolha na lista, o cargo de seu interesse.

    Espero ter ajudado!

    Abraços

    ResponderExcluir
  30. Euler e demais seguidores .
    Hoje é dia da nossa cidade . O partido do prefeito daqui é PSDB. Hoje eu tirei chapéu para um professor,que luta pelo piso sozinho aqui , na nossa cidade .Pois ele e mais uns 4 professores, estavam com um cartaz, o qual eles cobravam compromisso do deputado Rômulo Viegas e ainda estavam panfletando os 51 deputados que votaram contra a educação.
    Estas faixas estavam voltadas para o palanque e todos que passavam por ali, liam o que estava escrito. Eu não esperei para ver se o tal deputado subiria no palanque, mas eu ouvi dizer , que ele já havia sumido. Eu já fui professora , mas todos da minha família ainda são,então eu sofro com eles, por tão desagradável situação que vive a educação no Brasil.
    Um grande abraço. Marília

    ResponderExcluir
  31. Meu Deus! Espero que ninguúem se esqueça do que este PSD...b...ta nos impôs e NÃO VOTEM NO MENINO DO RIO PARA DESGOVERNAR O PAÍS. Neste triste país tupiniquim tudo é possível...São mtos palhaços, goleiros de Deus, jogadores de futebol, filhinhos de papai sanguessugas do poder. Confesso que a decepção é grande!

    ResponderExcluir
  32. "CAROS COLEGAS EDUCADORES!!! NÃO DÁ PARA ESQUECER ESTAS FIGURAS!!! Amebas do poder. “Deputados inimigos da Educação pública e dos educadores: Duarte Bechir, Alencar da Silveira Junior, Ana Maria Resende, Anselmo José Domingos, Antônio Carlos Arantes, Antônio Genaro, Antônio Lenin, Arlen Santiago, Bonifácio Mourão, Bosco, Célio Moreira, Dalmo Ribeiro, Deiró Marra, Délio Malheiros, Doutor Viana, Doutor Wilson Batista, Duilio de Castro, Carlos Henrique, Carlos Mosconi, Cássio Soares, Fabiano Tolentino, Fábio Cherem, Fred Costa, Gilberto Abramo, Gustavo Corrêa, Gustavo Valadares, Gustavo Perrella, Hélio Gomes, Hely Tarquinio, Inácio Franco, Jayro Lessa, João Leite, João Vitor Xavier, José Henrique, Juninho Araújo, Leonardo Moreira, Luiz Carlos Miranda, Luiz Henrique, Luiz Humberto Carneiro, Luzia Ferreira, Marques Abreu, Neider Moreira, Neilando Pimenta, Pinduca Ferreira, Romel Anízio, Rômulo Veneroso, Rômulo Viegas, Sebastião Costa, Tenente Lúcio, Tiago Ulisses, Zé Maia,”

    ResponderExcluir
  33. VALE A PENA LEMBRAR: Vídeo dos 51 inimigos da Educação - Ô gentinhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
    http://www.youtube.com/watch?v=FB04s-NeC5g

    ResponderExcluir
  34. Gente as licenças médicas para professores "completamente"doentes são negadas. Enquanto os alunos arrumam atestados médicos sem nenhum esforço. Virou bagunça. Que país é este!!!

    ResponderExcluir
  35. Alô Euler,
    Nós aqui de Barão de cocais e Catas Altas não temos contato com o sindute de João Monlevade, estamos sozinhos e sem nenhuma informação; foi assim durante toda a mobilização de greve no ano de 2011. Ficamos isolados. Para onde vai a nossa contribuição sindical?
    Como voce pode nos ajudar. POR FAVOR PUBLIQUE ESTA RECLAMAÇÃO. FIZEMOS OUTRAS MAS SEU BLOG NÃO PUBLICOU.

    ResponderExcluir
  36. A mudança tem que acontecer na verdade é dentro da sala de aula enquando nós agentes políticos não temos a interferência de supervisores,diretores,sre e see.Se todos os dias nossos alunos e pais tivessem a realidade do cotidiano teríamos o suporte suficiente para conseguir nossos objetivos. O dia "D" é o melhor que está tendo.

    ResponderExcluir
  37. oi meu nome e kelly sou uma aluna da izabel/geografia estou fazendo um trabalho da feira cultural o meu tema e politica de minas gerais, tenho vergonha de dizer o quanto eles roubao da gente.

    ResponderExcluir
  38. Alguém pode me informar se o pagamento sai quarta ou sexta.
    No portal diz que é sexta.
    Será que vão antecipar?
    Ana Letícia Barros.

    ResponderExcluir
  39. terça-feira, 5 de junho de 2012

    E aí, Aécio e Anastasia?
    MPF suspeita de corrupção tucana no Mineirão

    Como se não bastasse a CPI do Cachoeira, os tucanos de Minas caíram na malha fina do MPF por fazer vista grossa a suspeitas de corrupção na reforma do estádio do Mineirão.

    A obra no estádio é feita por um consórcio das empreiteiras Construcap, Egesa, e Hap Engenharia, sob concessão do governo mineiro, na forma de parceria público-privada para exploração comercial do complexo esportivo por 25 anos, e precisa ter prestação de contas aprovada pelo TCE-MG (Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais).

    O Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) que não libere o financiamento para as obras enquanto o (TCE-MG) não atestar a regularidade das contas e da execução.

    O BNDES está pronto para liberar R$ 200 milhões correspondentes a metade do financiamento. Já reteve a liberação por 45 dias, aguardando parecer TCE-MG e até agora nada.

    O BNDES cogitou de liberar o dinheiro após os 45 dias, caso o TCE-MG não se manifestasse. O MPF-MG considera “inadmissível que uma empresa pública federal repasse verbas a um empreendimento desse porte sem a certeza de que o projeto e sua execução estejam isentos de vícios ou irregularidades”.

    Sem parecer de regularidade do TCE, se o BNDES não libera, pode atrasar obras para a Copa. Se libera, os dirigentes do BNDES podem ficar expostos a responderem por responsabilidade sobre eventuais corrupção alheia do tucanato.

    A pergunta que não quer calar é porque o governador Anastasia (PSDB) e os demotucanos que estão no poder no estado, não exigem o parecer da fiscalização do TCE, já que é exigência recomendada desde 2011? É importante para garantir lisura das contas, ainda mais em tempos de acusações de propinas de empreiteiras, como é o caso da Delta no governo de Perillo (PSDB-GO) e dos "60% para o Serra", no Rodoanel. (Com informações do MPF-MG).

    * (Retirado do blog do lula, amigos do presidente lula).

    ResponderExcluir
  40. E AÍ MINAS GERAIS??


    http://www.youtube.com/watch?NR=1&v=Jv6XQr8D5VA&feature=endscreen

    ResponderExcluir
  41. Gente, hoje vi uma propaganda do PSDB, e quem estava lá falando em educação?...Pasmem... ele mesmo, o desgoverndor. Propaganda enganosa de novo!

    ResponderExcluir
  42. http://www.brasil247.com/pt/247/minas247/63715/Vereador-emprega-filho-de-doador-da-campanha.htm

    ResponderExcluir
  43. http://www.domomb.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  44. http://brasil247.com/pt/247/minas247/

    ResponderExcluir
  45. http://brasil247.com/pt/247/rio247/

    ResponderExcluir
  46. Sem tino político, Anastasia preocupa aliados

    PERFIL EXCESSIVAMENTE TÉCNICO DO GOVERNADOR MINEIRO É COMPARADO AO DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF, COM UMA DIFERENÇA: COM MENOS DINHEIRO EM CAIXA, O ESTILO IRRITA MAIS NO TUCANO, PRINCIPALMENTE OS APOIADORES DO INTERIOR DO ESTADO. UMA PREOCUPAÇÃO A MAIS PARA AÉCIO NEVES VIABILIZAR-SE COMO CANDIDATO COMPETITIVO À SUCESSÃO DE DILMA
    08 de Junho de 2012 às 16:04

    Minas 247 - Num estilo que muitas vezes é citado como muito parecido com o da presidente da República, Antonio Anastasia começa a preocupar seus aliados em Minas Gerais, inclusive gente do próprio PSDB. Diferentemente de Dilma Rousseff, porém, o governador mineiro, até pela menor amplitude do cargo - e, principalmente, por ter menos dinheiro - sofre mais as consequências do pouco traquejo político.
    Prefeitos do interior de Minas já reclamam, nos bastidores, do que consideram um perfil exageradamente técnico de Anastasia. No governo tucano, pessoas do círculo mais forte do poder e com características, digamos, mais “políticas”, perderam poder. É o caso, por exemplo, da atual presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Andrea Neves, irmã do senador Aécio. Ou do secretário de Governo, Danilo de Castro (PSDB).
    Por outro lado, ganharam peso junto ao governador duas secretárias com perfil eminentemente técnico, a da Casa Civil, Maria Coeli Simões Pires, e a de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena. “Esta última é a mulher do não, só sabe dizer não”, reclama um prefeito do interior mineiro.
    O colunista Claudio Humberto chegou a falar que, sem a menor paciência para o jogo de negociações, Anastasia causa irritação nas reuniões com o chamado baixo clero da política mineira. “Usa um relógio com alarme a cada 20 minutos, para cronometrar a duração da conversa”.
    É um modo de governador totalmente oposto ao do seu antecessor e padrinho político, o que ajuda a aumentar os lamentos. Aécio tem a política no DNA, neto de Tancredo Neves e filho de Aécio Cunha. De perfil conciliador, o ex-governador e hoje senador e presidenciável tucano marcou seu governo em Minas fazendo amigos, na base da conciliação. A parte, digamos, mais “fazedora” de seus dois mandatos foi delegada para Anastasia.
    O problema é que, agora, não dá para conciliar tanto. O caixa do governo estadual está na conta certa, o que reduz o raio de ação do governador na hora dos acertos com a base de apoio, principalmente no interior.
    O temor de tucanos é que a mágica do “choque de gestão”, que garantiu a popularidade de Aécio e a fama de competente a Anastasia, se desfaça com o tempo. É tudo o que o presidenciável do PSDB menos quer, já que precisa a vitrine de Minas para viabilizar-se nacionalmente. Anastasia sabe disso, mas vive diariamente a contradição de um círculo vicioso: o dinheiro que falta o deixa menos sensível aos apelos dos políticos aliados; e essa dureza “técnica” torna o governo estadual mais frágil, exigindo exatamente maior tino político.

    ResponderExcluir
  47. Não tenho palavras p explicar as injustiças com os professores mineiros.Com 29 anos de serviço ao me reposicionarem confiscaram 5 anos do tempo.Ao passar para o subsidio confiscaram vantagens adquiridas.Após um ano sumiram com 11 horas de exigencia curricular.Afastei p aposentar e retiraram o vencimento basico proporcional ao subsidio. Só faltam me tirar a vida.Reclamaçoes em vão.Tem q haver pelo menos justiça divina.Pois em Minas não existe lei p os políticos.

    ResponderExcluir