terça-feira, 17 de março de 2015

Os filhotes da Globo e da Itatiaia mostram a sua cara. Mas, desconhecem a cara de quem puxa os cordões.


Em depoimento à operação Lava Jato, o doleiro Youssef revelou que teria ouvido dizer que Aécio recebia propina (mensal, de mensalão) de um esquema de Furnas. Algo em torno de US$ 100 mil dólares mensais, num suposto esquema montado em torno de uma diretoria de Furnas, envolvendo o PP (o mesmo partido com o maior número de pessoas do esquema chamado Petrolão) e o PSDB. Isso entre os anos 1996 e 2000 - portanto, antes do esquema da Petrobras. Mas, o procurador Janot considerou que o depoimento do doleiro não era suficiente para abrir inquérito contra Aécio e por isso pediu o arquivamento da denúncia. Ouçam o vídeo neste link e percebam que o doleiro oferece detalhes do esquema: ele operava para o então dirigente do PP, José Janene, que teria dito para ele que o dinheiro das propinas de Furnas era dividido com o PDSB a cargo do então deputado federal Aécio Neves.
Claro que essa revelação jamais apareceu com destaque no Jornal Nacional como se faz diariamente contra o PT. Ou mesmo na Rádio Itatiaia. Os tucanos são inimputáveis. Como fazemos aqui, achamos que o senador Aécio tem todo o direito de se defender e até prova em contrário é inocente. Aliás, ele nem precisará se defender já que o procurador o inocentou sem fazer qualquer investigação. Assim como fizeram com os 500 quilos de coca base do Helicóptero dos Perrelas. Assim como fizeram com o Mensalão tucano de Minas, que já prescreveu e que deu origem ao chamado Mensalão do PT - este sim, foi julgado, televisionado em tempo real, e colocou na cadeia os principais dirigentes do PT, alguns sem prova alguma. O que se conclui é que no Brasil os tucanos são inimputáveis. Podem fazer o que quiserem e jamais serão alvos da mídia ou da justiça. Já o PT, Lula, Dilma, coitados, estão condenados a priori, antes de qualquer julgamento. Hoje em dia então, se o cara tem uma dor de barriga na rua ele vai dizer que é culpa da Dilma. É o resultado de uma década da  lavagem cerebral feita pela mídia golpista. Sem direito ao contraditório.

***

Preparar a PARALISAÇÃO do dia 31 de março: não aceitamos esmolas, Pimentel! 

Gilber Martins e Lídice Pimenta - Uberlândia

A proposta de abono de R$160, parcelada em quatro vezes, é uma afronta à inteligência dos trabalhadores em educação de Minas Gerais. Da mesma forma, é uma afronta mudar apenas o nome de SUBSÍDIO para PISO, deixando a nossa CARREIRA INALTERADA ou alterada para pior, quando, por exemplo, o governo fala em acabar com os níveis de mestrado e doutorado no estado, ou seja, não quer que os trabalhadores em educação da rede pública estudem, Fernando Pimentel? Por quê? Temos uma hipótese: gente mais esclarecida dá mais trabalho!
Nós, trabalhadores em educação de Minas Gerais, ficamos 12 anos escutando o PSDB dizer que o Estado não tinha dinheiro para educação e nos concedendo migalhas ano após ano. Duras lutas foram feitas contra o governo PSDBista até que os trabalhadores em educação, finalmente, nas eleições de 2014, se viram livres do PSDB no Estado. Orgulhosamente gritamos: PSDB NUNCA MAIS!
 (inteiro teor, aqui)

***
Sem-teto realizam manifestações

Parabéns ao movimento dos sem-teto que em várias regiões do Brasil, inclusive em Minas, realizou protestos em prol de moradia digna para todos. Um dos líderes do movimento na Grande BH é o nosso amigo Frei Gilvander, que tem destacado sempre que os governos precisam dar mais atenção à questão da moradia popular. Nas manifestações de ontem, 18, quando os sem-teto fecharam várias rodovias, o foco dos protestos foi contra qualquer forma de reintegração sem diálogo e sem alternativa de moradia digna; as lideranças do movimento reclamaram da ausência do governador Pimentel na reunião que tiveram com seus assessores. O MTST critica também o governo Federal exigindo que a terceira etapa do Minha Casa Minha Vida seja colocada em prática imediatamente, e de forma aprimorada, ou seja, que beneficie mais aos moradores de baixa renda e não aos empreiteiros. Nosso blog apoia e acha corretíssimas as reivindicações dos sem-teto.

 *** 


Os filhotes da Globo e da Itatiaia mostram a sua cara. Mas, desconhecem a cara de quem puxa os cordões.



No último dia 13 de março – data simbólica, do comício de João Goulart na Central do Brasil, RJ, em 1964 - houve manifestações em todo o Brasil, convocadas pelo MST e pela CUT, com apoio da UNE e outras entidades. Não houve grande divulgação. Nenhuma rede de TV ou rádio noticiou este ato, que aconteceu numa sexta-feira. Apesar disso, milhares de pessoas em todo o Brasil ocuparam as praças para defender a Petrobras, a democracia ameaçada, a reforma política pelo fim do financiamento privado das eleições, e em defesa dos direitos dos trabalhadores.



Estas manifestações do dia 13, embora tivessem sido expressivas – presença em 22 estados e mais de 40 mil pessoas em SP, debaixo de chuva e num dia normal de trabalho – não mereceram a menor atenção da mídia brasileira, claramente inimiga do governo federal, do PT e do Brasil quando governado por pessoas mais à esquerda.



Já no domingo, dia 15 de março - dia em que Joaquim Silvério dos Reis, o traidor da conspiração mineira realizou a delação premiada contra Tiradentes e seus colegas em troca do perdão da sua dívida e mais alguns favores -, justamente nesta data, milhares de pessoas saíram às ruas para protestar contra o governo Dilma. Com total cobertura midiática em tempo real.



Quem são essas pessoas, afinal? Pelos números, percebe-se que, apesar de toda a campanha midiática de convocação desse ato, houve grande adesão quase que somente em São Paulo, como já era de se esperar, e também em BH, embora em número bem menor. No Nordeste, os protestos foram reduzidíssimos. No Rio de Janeiro, igualmente fraco. Até no Sul do país não se percebeu tão grande mobilização, apesar de se tratar de uma região hostil ao governo Dilma.



Em Minas, podemos atribuir a presença de cerca de 20 mil pessoas, pelo que dizem, à influência negativa da mídia, especialmente da Rádio Itatiaia, uma concessão pública que se dedica 24 horas por dia a atacar o governo federal. Nas vésperas do segundo turno, a direção da Itatiaia, de forma vergonhosa, praticamente pediu aos eleitores para votarem contra o governo Dilma. Como não existe ministério público em Minas com independência para fiscalizar as falas dessa emissora e de qualquer outra, passou batido. Mesmo assim, Pimentel foi eleito no primeiro turno e Dilma ganhou no estado, embora tenha sido derrotada em BH.



Belo Horizonte, que em outra época se tornara um bastião vermelho em meio ao conservadorismo do Interior, agora inverteu tudo. O interior de Minas se tornou libertário, enquanto BH tem um eleitorado cada vez mais conservador, influenciado talvez pela Itatiaia, a emissora que traduz o pensamento neoliberal dos tucanos e golpista da Globo – o que significa dizer, de interesses estrangeiros.



Tenho autoridade para criticar a Itatiaia publicamente, por alguns motivos. Primeiro, porque já enviei alguns e-mails para reclamar da postura parcial dos seus comentaristas, e jamais obtive resposta. Não esqueçamos que a rádio é uma concessão pública, e deve satisfação a seus ouvintes. Segundo, porque, pela lista divulgada nos últimos dias do governo tucano, a Itatiaia aparece como uma das maiores beneficiárias das verbas publicitárias nos 12 anos de governos tucanos. Isso sem contar as estatais – Copasa e Cemig – que também pagaram muita grana para a Itatiaia, em troca, talvez, da sua postura de blindar o governo tucano e atacar os governos Lula e Dilma.



Talvez seja por isso que a Itatiaia, durante vários meses, ou anos, deu total destaque ao Mensalão do PT, enquanto escondeu o Mensalão dos tucanos aqui de Minas, como escondeu também a Lista de Furnas, o Helicóptero dos Perrelas, entre outras notícias que não viraram manchete nem na Itatiaia, nem na Globo, ou nos jornais Estado de Minas, Hoje em Dia e O Tempo. Ou seja, temos uma mídia partidária e empresarial, embora ela goste se apresentar como imparcial e paladina da liberdade de expressão e da democracia e defensora da moralidade. Sei.



Agora vamos para São Paulo. Na Avenida Paulista, enquanto a PM tucana dizia que havia 1 milhão de pessoas – logo a PM que sempre faz cálculos para baixo nas manifestações de esquerda – foi desmentida pela insuspeita DataFolha, da Folha de SP, que calculou o público presente em 210 mil pessoas. Na Avenida Paulista, dizem, não cabem 1 milhão de pessoas. Mas, o jornal O Globo foi logo escrachando: tinha 2 milhões! Logo quem.



É fato que 210 mil pessoas é um número representativo e mostra que a direita brasileira, sobretudo em SP, conseguiu formar uma base social bem razoável. Como ela conseguiu isso? Ah, não tenham dúvida: a mídia, a Globo, a Band, o SBT, a Folha, a Veja, entre outras, trabalham 24 horas por dia durante 365 dias do ano contra o PT, o governo federal e contra o Brasil quando governado por alguém que não seja da direita. Um verdadeiro massacre ideológico na cabeça das pessoas, que sequer têm tempo para questionar porquê estão contra o governo Dilma.



Poderiam dizer que estão contra essa ou aquela medida do governo. Eu também estou contra vários atos ou omissões do governo, o que nem de longe me coloca na condição de alguém que queira derrubar a presidenta que acabou de receber 54 milhões de votos contra 51 milhões do adversário e representante das elites brasileiras.



A Globo, a Itatiaia, enfim, a mídia brasileira em geral conseguiu formar uma massa incapaz de pensar para além das narrativas que a mídia, a serviço da direita golpista, construiu. As pessoas querem o Impeachment porque querem, não precisam explicar. Ou querem a intervenção militar porque ouviram dizer que na época da ditadura não havia essa roubalheira que há hoje. Como são ingênuas certas pessoas. As que estão nas ruas são ingênuas. Quem está por trás, puxando os cordões, estes não têm nada ingenuidade.



Os Marinhos, donos da Rede Globo e de uma fortuna calculada pela Revista Forbes em torno de R$ 70 bilhões, estão onde sempre estiveram: do lado dos ricos. Em 1964, apoiaram o golpe civil-militar contra o presidente João Goulart, que queria realizar Reformas de Base em favor da maioria pobre do Brasil. Depois, a Globo apoiou a ditadura, se enriqueceu com ela, tinha contatos com o governo dos EUA, ao qual servia – os documentos liberados recentemente pelos EUA comprovam isso – e foi contra a campanha pelas Diretas-Já, realizada em 1984. Eu estava lá, na Afonso Pena, junto com 1 milhão de mineiros, como estava também nas ruas do Rio de Janeiro, junto com mais de 1 milhão de pessoas na Candelária, onde o grande líder Leonel Brizola conseguia arrancar aplausos eufóricos. Que falta faz o Brizola nessas horas, para enfrentar a Globo!



Essa referência à campanha das Diretas-Já não foi por acaso. É que a manifestação do dia 15, convocada pela Globo e pela mídia em geral tinha uma certa aparência de campanha pelas diretas, embora com sentido trocado. Na época, há 31 anos, lutávamos contra a ditadura, pelas liberdades de imprensa, de expressão, de opinião; pelos direitos humanos, pela democracia, enfim. Hoje, ao contrário, os filhotes da Globo na Paulista, ou da Itatiaia em BH pregam a intervenção militar, a derrubada de uma presidenta que acabou de ser sufragada pelas urnas, pela vontade majoritária do povo brasileiro. É o oposto da democracia, que cinicamente a mídia e seus filhotes apresentam como sendo uma expressão da democracia.



Onde estava a Globo nas Diretas-Já? Ah, sim, agora eu me lembro. Em São Paulo, na mesma cidade onde agora as pessoas, especialmente a classe média, pregam a ditadura, há 31 anos os paulistanos foram precursores na luta pela redemocratização do país. Numa de suas manifestações pelas eleições diretas, a Globo teve a cara de pau de apresentar tal evento como sendo em comemoração pelo aniversário de São Paulo. Não foi a primeira nem a última vez que essa emissora distorceu os fatos, com narrativas alheias aos interesses da maioria do nosso povo. Eles são bons nisso. E estão fazendo escola.



Estou aqui criticando a classe média e a burguesia paulistanas, de longa história conservadora e golpista – lembremos de 1932, contra Getúlio, ou de 1964, com a Marcha da Família com Deus pela Liberdade, contra Jango, que formou a base social para o golpe. Mas, em favor de SP, quero render um importante tributo: foi em SP que despontou a maior liderança operária do país, Lula, e onde emergiu o principal movimento operário grevista, o dos metalúrgicos do ABC, que praticamente enterrou a ditadura. Depois que mais de 100 mil operários entraram em greve no final dos anos 70 desafiando a ditadura (olha aí, filhotes da Globo e defensores da intervenção militar, naquela época, fazer greve ou falar mal do governo terminava em prisão, tortura e morte), ela simplesmente perdeu a autoridade moral para continuar existindo.



Voltemos ao dia 15 de março. Lá estavam na Paulista 210 mil pessoas, segundo a Folha, para pedir a cabeça da presidenta Dilma. Por qual motivo? Ah sim, porque a Globo e a operação Lava Jato do complô de Paraná descobriram a pólvora: a corrupção. Como se nos últimos 500 anos o Brasil tivesse sido um exemplo em matéria de moralidade pública. Como são desinformados os filhotes da Globo e da Itatiaia. Nem vou citar os tempos de Brasil Colônia ou do período entre a Independência formal (1822) e a proclamação da República igualmente formal (1889), porque aí vai cansar muito os nossos leitores. Na ditadura mais recente (1964 a 1985), a corrupção não aparecia porque a mídia era cúmplice e censurada ao mesmo tempo. O próprio golpe de 1964 já foi um ato de corrupção. Alguns generais receberam malas de dólares para trair João Goulart. Ah, a Globo nunca contou essa história para vocês? Que pena! E as torturas contra quem protestava nas ruas, como vocês estão fazendo agora livremente? Os empresários, banqueiros sobretudo, faziam caixas para premiar os torturadores de plantão, como o delegado Fleury e muitos outros agentes da repressão. Enquanto isso, grandes negociatas eram feitas, proporcionalmente muito maiores do que as propinas das empreiteiras que trabalham para a Petrobras.



Mas, vamos abreviar um pouco a prosa e passar da ditadura para o Príncipe da Privataria, também conhecido como FHC, o sociólogo que um dia se passou como de esquerda. Como tem ex-marxista traíra nesse país, é coisa impressionante. Nos oito anos de reinado dos tucanos, o Brasil entregou quase todas as suas estatais a preço de banana. A Vale do Rio Doce, que hoje custa R$ 300 bilhões ou mais, foi doada por dois bilhões, assim mesmo financiada pelo BNDES. Até a Petrobras começou a ser privatizada – doada -, mas, para a sorte do Brasil, o PT venceu as eleições e interrompeu esse processo. A Petrobras foi resgatada, turbinada e hoje, 12 anos depois, é a maior empresa de petróleo do mundo. O volume de recursos, empregos, investimentos que a Petrobras movimenta representa nada menos que 12 a 15% do PIB brasileiro, que já é o sétimo maior do mundo.



Talvez seja por isso que o complô do juiz Moro do Paraná e a Globo – quando falo da Globo falo de toda a mídia, porque os demais vêm na rabeira do carro-chefe, ou do estado-maior, que é a Globo – tenham atacado justamente a Petrobras, a maior empresa do país, aquela que paga mais impostos, que gera mais empregos, e a que movimenta a indústria naval, que na era FHC estava destruída e renasceu nos governos Lula e Dilma, hoje empregando 75 mil trabalhadores. De forma direta e indireta, a Petrobras movimenta 1 milhão de empregos no país. Isso apesar da corrupção, que nem de longe é capaz de afetar a força dessa empresa, ainda mais depois da pré-sal, que tem reserva de petróleo na ordem de alguns trilhões de dólares.



É de olho gordo nessas riquezas que grupos estrangeiros investem na divisão no Brasil, e detonam o governo Dilma e a Petrobras. Fizeram o mesmo em outros países, como no Oriente Médio e no Norte da África, e agora na Ucrânia. O lema deles é simples: dividir, destruir, para se apropriar das riquezas. Inconscientemente, a maioria dos 210 mil que ocuparam a Paulista, faz o jogo desses grupos de rapina de olho gordo no pré-sal, na indústria da construção civil, e nas riquezas humanas e materiais do Brasil.



Mas, há outros motivos para que boa parte da elite brasileira proteste contra o governo Dilma. Nem vou citar as infelizes medidas tomadas recentemente pelo governo federal, contra o seguro desemprego e as pensões, porque dessas, ou contra elas, nos encarregamos nós, os de baixo. Mais dia, menos dia, Dilma terá que revogar essas medidas. Não são essas medidas “levyanas” que atormentam a classe média alta brasileira. Não. O que irrita esse segmento da sociedade brasileira é a ascensão social de camadas populares. O direito que os de baixo adquiriram de comprar TVs, geladeiras, carros novos. De andar de avião, coisa que era exclusiva de ricos e classe média alta. De recusar a trabalhar para as madames por um salário de fome, já que o Bolsa Família remunera melhor do que as migalhas que as elites davam aos pobres para fazerem os serviços pesados nas suas mansões. Ninguém mais quer fazer esses serviços por mixaria. E isso irrita a classe média brasileira, que prefere, como dizem alguns, lavar as privadas dos ricos de Miami do que ficar no Brasil pintado pela Globo e pela Itatiaia.



O que os 210 mil da Paulista pediram? Os cartazes falam por si: a intervenção militar, o impeachment da Dilma, o fim da corrupção. Vejam bem quanta vaziez de proposta. Ir para as ruas pedir intervenção militar é o mesmo que pedir para ser castigado. Façamos aqui justiça ao atual momento dos militares das três forças: eles estão tranquilos, na deles, sem qualquer entusiasmo por aventuras golpistas. Eles sabem que uma intervenção agora causaria guerra civil, matança generalizada, e divisão física do país. Tudo o que o império do Norte sonharia para o Brasil.



Impeachment, no atual momento, é golpe de estado. Não há contra Dilma qualquer indício de envolvimento em qualquer denúncia de corrupção. Já se mencionou o suposto envolvimento de Aécio Neves na Lista de Furnas, nos aeroportos dos titios; já foi citado o nome de Anastasia na lista de Janot – pessoalmente duvido que ele esteja envolvido, pois ele é o típico técnico que virou político de carreira, sem o perfil de corrupto de carreira tão comum na política brasileira. Taí, Anastasia: dou-lhe toda a chance de provar que é inocente, e até prova em contrário, acredito que seja, embora vocês, tucanos, jamais deram essa chance aos petistas.



Não há, portanto, qualquer base material objetiva para pedir o impeachment da presidenta Dilma. Não basta estar descontente com o governo. Isso é normal que aconteça. As pessoas podem estar insatisfeitas com um milhão de coisas e vão colocar a culpa imediata no governo de plantão, seja ele qual for. Isso é compreensível, mas não dá direito a ninguém de querer a ruptura com a ordem democrática em nome dessas insatisfações pessoais. A pessoa não votou e não gosta da presidenta e por isso ela tem que deixar o governo? É assim que funciona? E o próximo governo, se eu não gostar, ele também vai ter que sair? Isso é democracia? É essa democracia que a Globo e a Itatiaia estão ensinando para vocês? Não disseram que consta da carta constitucional que a vontade majoritária da população tem que ser respeitada? E que essa vontade foi expressa nas urnas em 2014?



Aí aparecem os cretinos, políticos cínicos dizendo que não querem derrubar a presidenta, mas querem sangrá-la durante quatro anos. O que é isso, gente? Sangrar o governo que se inicia é o mesmo que desejar a ruína do país nos próximos anos. Isso lá é oposição séria, ou golpista?



Não estamos falando de uma oposição revolucionária, de esquerda, porque não existe hoje no Brasil nenhuma força de esquerda com força para assumir a hegemonia política contra o golpismo da direita. Na atual conjuntura, ou a pessoa está a favor do golpe – como é o caso dos filhos da Globo, ainda que desavisados – ou está a favor da manutenção do governo Dilma, ainda que faça muitas críticas a seu governo.



Já disse aqui muitas vezes: o PT é responsável por importantes conquistas sociais, que retiraram milhões de pessoas da miséria e da fome, e por outras políticas públicas que merecem o nosso aplauso, como: Mais Médicos, Minha casa minha vida (que precisa de aprimoramento), Pronatec, entre outros. Não foi por acaso que o PT, apesar de todo o bombardeio midiático nos últimos 12 anos, conseguiu eleger o (a) presidente da República quatro vezes, até o momento. Isso não acontece por acaso, pessoal. Sem mídia, sem travar um combate ideológico contra os ataques da direita, e desenvolvendo uma política externa não alinhada aos EUA, apesar disso, o PT ainda sobreviveu até 2014. Mas, está vivendo o seu pior momento. E justamente por não ter enfrentado a mídia, a Globo principalmente.



Em 12 anos de governo federal, o PT teve todas as condições para reduzir a influência da Globo e construir mídias alternativas, sob controle dos movimentos sociais e de indivíduos com independência de pensamento. Mas, foi omisso, covarde até. E está pagando um preço altíssimo por isso. E o pior é que não é só o PT quem paga por isso: todos nós, no campo da esquerda, pagamos por isso. Porque a mídia montou uma peça novelesca, uma narrativa segundo a qual o PT é sinônimo de corrupção, é sinônimo também de esquerda, de baderna, de terrorismo, enfim. Toda a esquerda foi queimada pela mídia. Não adianta dizer para o cidadão comum que você é de esquerda, mas não é do PT, como tentam fazer o Psol ou o PSTU ou qualquer outro grupo ou cidadão. Quanto mais a luta social, a luta de classe se acirra, mais as pessoas tendem a ver o mundo de forma maniqueísta: ou é uma coisa ou é outra, não existe o meio termo, ou um termo diferente.



A mídia trabalha este raciocínio simplista na cabeça das pessoas. Por isso as outras forças de esquerda têm dificuldade de crescer – além do radicalismo verbal, distanciado das realidades das pessoas. E quando o PT no governo não enfrentou essa luta política e ideológica, ele simplesmente entregou toda a base social, inclusive a que fora beneficiada pelas políticas públicas do governo federal, para o deleite da mídia golpista. Itatiaia e Globo e seus afins jogam sozinhas, e são muito bem pagas para isso, inclusive pelo governo federal. Os Marinhos encheram as burras de dinheiro público nos governos do PT. Marighella e Gregório Bezerra chamariam isso de ilusão de classe. O PT, apesar de sua origem operária, sempre teve ilusão de que uma parte da burguesia acabaria assumindo o seu projeto, quando na verdade era o PT quem estava se convertendo, se aburguesando.



O grande dilema do PT, ou de parcelas do PT – não vamos generalizar, pessoal, há pessoas seriamente comprometidas com as lutas dos trabalhadores no PT – é que a burguesia não quer o PT, nem aburguesado. A Globo não quer o PT, porque sua preferência é pelos tucanos, com os quais comungam em tudo no seu ideário neoliberal. Porque o PT não é somente a parte que sonha em se tornar estrela da Globo, mas também a parte comprometida com sua origem operária, com as lutas dos de baixo. E isso faz muita diferença. É isso que faz com que, por exemplo, o governo do PT não ceda em tudo para a direita. Ele faz acordos, faz concessões, mas quando é pressionado, acaba tendo que responder para uma base social proletária que lhe dá sustentação. Isso a Globo, a Itatiaia, e afins não toleram.



Eles – a mídia golpista e a elite brasileira - têm ódio do MST, dos sem-teto, das pessoas que recebem Bolsa Família, porque acham que isso é dinheiro alheio. Eles não acham que as bilionárias verbas publicitárias do governo que vão para o bolso dos donos das rádios e TVs são dinheiro alheio, não. Só a Globo recebeu R$ 6 bilhões em publicidade do governo federal nos últimos 10 anos. E mesmo assim comanda a campanha do Fora Dilma. Provavelmente eles querem muito mais, e isso só os tucanos podem dar. A Itatiaia recebeu dos tucanos de Minas alguns milhões de reais. Poucas famílias recebendo milhões de reais de dinheiro público não é apropriação de dinheiro alheio. Milhões de famílias recebendo pequenas quantias para sobreviverem com alguma dignidade, aí sim, é apropriação indébita de dinheiro alheio. São esses os ensinamentos que a Globo, a Veja, a Itatiaia, a Band repassam diariamente para seus filhos. São esses os valores invertidos que eles passam como sendo a coisa mais natural e correta do mundo.



Enfim, é essa a realidade brasileira e mundial, segundo a minha modesta forma de ver as coisas. O dado positivo nesse enredo é que os movimentos sociais de esquerda começaram a reconquistar as ruas. O primeiro chamado, sem muito barulho, colocou milhares de pessoas nas ruas do Brasil. Penso que o próximo será bem maior. Figuras como Lula, uma liderança nacional e até internacional, ainda nem entrou em campo. O setor progressista da Igreja Católica, igualmente. Quando os de baixo colocarem os blocos nas ruas, vai faltar praça para caber tanta gente.



E nem se trata mais de defender o governo Dilma como fim em si mesmo, mas de defender a democracia brasileira, contra o golpismo que vem envolvendo uma multidão desavisada, que, manipulada pela mídia empresarial das elites, acaba comprando a briga de seus futuros algozes. Os 210 mil filhotes da Globo que ocuparam a Paulista no dia 15 podem não saber quem puxa os cordões por trás dos panos. Mas, nós sabemos que se eles conseguirem dar o golpe, todos nós, os de baixo, perderemos. E antes que isso aconteça, os de baixo do Brasil inteiro vão se levantar. E neste caso, que a pequena Miami prepare o seu aeroporto internacional para a chegada dos novos inquilinos. Brizola dizia que, ao contrário do que aconteceu com Cuba, a elite brasileira não caberia em Miami. Se continuarem apertando e forçando a barra por aqui, vão ter que se apertar por lá também. A conferir.



Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!



                                          ***
 

192 comentários:

  1. Você só se esqueceu de falar das pessoas que realmente desejam uma mudança neste estado de coisas, não está levando em conta a sinceridade das pessoas ali envolvidas, não dá para generalizar. Nós pessoas comuns, que trabalhamos duro para pagar os impostos e verem seus direitos adquiridos irem para o ralo. Veja o que acontece com os trabalhadores da educação aqui em Minas. Estamos cansados, doentes do corpo e da alma. Há muita coisa a ser esclarecida neste país onde não existe santos na cúpula política de partido nenhum, o que existe é uma população cansada de pagar pelo que não fez. Cansada de ser sacrificada por crimes e roubos que não cometeu, isto não é democracia. É uma luta de egos de seres que nunca abriram mão de um centavo em favor dos pobres, ao contrário vivem uma vida de luxo e riqueza. Portanto muitos dos que participaram deste ato tem sim motivos de sobra para fazê-lo. Ou será que o só o pt tem o direito a manifestações quando é oposição? Viva e deixe viver!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, anônimo! Por maior que seja a simpatia que tivemos ou ainda temos por uma sigla partidária, não dá para tapar o sol com a peneira. O Brasil é maior que mitos produzidos por siglas partidárias, e, a mídia não inventa. Pode sim, dar um destaque maior a determinadas situações, segundo seus interesses particulares, que não são de forma nenhuma, mais demoníacos que os interesses dos partidos que se digladiam para arrancar um naco maior do nosso suor,convertido em impostos. Por mais ingênuos que sejamos, temos de entender que quem fornece o material para divulgação dos escândalos, são os senhores que hoje empunham a "espada" do poder.

      Excluir
  2. OS PROFESSORES MINEIROS PEDEM SOCORRO! Onde estão nossos direitos?
    Cadê o pagamento do piso nacional? Prêmio de produtividade?
    Quanta enrolação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que me perdoem no que deixo aqui, mas é a pura realidade. Este sindicato desacreditado, já está passando da hora de ser trocado. Não consegue nada em prol da classe massacrada. E falo mais:percebo que o Pimentel está com a cartilha do Anastasia debaixo do braço acrescentando ainda mais p/ nos prejudicar e com certeza vai ignorar esta greve, como fez o governo anterior.É gente,nossa classe está mesmo no fim do poço e um bando de desavergonhados se vangloriando das nossa situação lastimosa "e que se dane pátria educadora".

      Excluir
  3. Será que a liderança do PT ao longo do seu mandato, não tinha a menor noção de que seriam alvo da vigilância da oposição?! Por se tratar de um governo "popular", seria minuciosamente vigiado. Não poderiam se dar ao luxo de cometerem as mesmas falcatruas cometidas pelos outros, quanto mais superarem os mesmos de forma tão deslavada. Um governo que diz ter as as causas populares como prioridade, deveria ter feito a diferença. Por que será que eles nunca denunciaram as falcatruas que o Euler diz que imperavam em outras gestões? Se os outros não foram fiscalizados, com toda certeza um governo que se diz popular, seria, ou melhor foi e está sendo. Foram ingênuos, quando se afundaram em tanta corrupção? Não se deram nem ao luxo de requintarem as falcatruas... Por que não se defendem e não se dão ao respeito perante os brasileiros? E olha que nem tenho televisão, nem tempo, muito menos interesse de ouvir ou assistir os blá-blá-blás das mídias. Preciso trabalhar e muito para sobreviver e arcar com os impostos mais caros do planeta, e como não bastasse, carregar a culpa estar entre os milhares de cidadãos que ao honrarem seus impostos com tanto suor, patrocina essa monstruosa corrupção que tanto dilapida e denigre nosso país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo perfeitamente com você. Não é porque o PT já chegou e encontrou o rombo começado, que necessariamente precisaria dar continuidade à roubalheira.Pelo contrário, deveria ter denunciado, investigado e hoje, nós brasileiros não estaríamos nessa situação de dúvidas e incertezas.
      Mas ao invés disso preferiram fazer pior do que os que lá estavam e o povo agora é que está pagando o pato.
      Estão colhendo o que plantaram e não venha me dizer que a culpa é da mídia.

      Excluir
  4. Quem está ao nosso lado é o PT com 160,00 reais ,mui amigo o nosso partido. O resto tudo está errado menos o PT. Euler você não precisa mais trocar os seus textos, porque sua cartilha é a mesma. Tudo é a mídia, bom é a Venezuela e Cuba, você poderia se mudar para lá, seria uma boa você produzindo esses textos repetitivos.

    Agora, você deveria se esforçar e viver com vinte dólares para ver como é a vida de um cubano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido anônimo leia mais um pouquinho sobre o domínio dos Estados Unidos sobre oseus países e então entenderás toda a verdade
      A não ser que a sua intenção seja apenas, falar mal do PT. Pois dizem que o pessoal que foi mandado embora de cargos públicos de Minas estão invadindo os blog para injetar veneno contra o Pimentel.

      Excluir
    2. Dá para perceber claramente estes novos visitantes. E só vai na onda quem quer.

      Excluir
  5. Não sei mais em quem confiar, não acreditava em político nenhum e confiei meu voto pela primeira vez ao PT, estou bastante decepcionada, achei que seríamos valorizados - educação, no entanto levamos uma rasteira do governo, acreditar em quem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só podemos acreditar em nós mesmos. Cada um de nós sabe muito bem o que nos vai ao coração. Essa nossa angústia tem que ser revertida em ação. Nenhum governo vai nos dar essa valorização esperada. Somos nós e nós. Agora, a CNTE bem que poderia dar uma mãozinha porque o nosso problema é nacional. Sonhamos tanto com um piso nacional e agora nos falta até o chão. Temos que dar a volta por cima.

      Excluir
    2. Todos querem justica, mas ninguem quer ser justo. O governo do Pimentel nao tem nem tres meses ainda. Alem disso , ele herdou o tal choque de gestao, que como todos sabem era maquiagem das contas do estado. Paciencia, questoes politicas se resolvem com negociacao e nao com emocao.

      Excluir
    3. A gente não precisa confiar totalmente em ninguém, precisamos sim, sair do discurso de vítima e arregaçar asuas mangas rumo às lutas por futuro melhor.

      Excluir
  6. Presidenta Dilma:
    Pelo fim da concessão da Rede Globo
    Divulguem!!!
    https://www.change.org/p/presidenta-dilma-pelo-fim-da-concess%C3%A3o-da-rede-globo?recruiter=64512468&utm_source=share_petition&utm_medium=twitter&utm_campaign=share_twitter_responsive
    via @change_br

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca vou entender a peleja (risos) entre o PSDB e o PT culpando a Globo. Um diz que que a Platinada puxa o saco do outro.
    Minha inteligência não alcança.
    KKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eh Brasil!
      So tem anta.

      Excluir
    2. Saiba mais detalhes sobre a globo e verás a verdade sobre esta emissora distorcer tanto os fatos em prol de Aecio Neves.Ou talvez você já saiba e esteja simplesmente fazer como ela: confundir opiniões

      Excluir
    3. Já sabe amigo (a), deve ser uma daquelas "sainhas curtas" que fica saracutiando nos programinhas globais ou parente do despenado tucano que não aceita a derrota de modo algum e quer tirar Dilma na raça, arrastada pelos cabelos e batendo, como ele faz com as que andam na turma dele.

      Excluir
  8. Quem viu como o Ministro da educação, Cid Gomes Saiu hoje da Câmara dos deputados? Que feio! Ministro da Educação sem moral, e onde fica o respeito e a evolução do ensino? De mal para pior. O Cid tentou justificar o injustificável e saiu de lá escorraçado. Ah Cid, assim não deu! Engenheiro civil entender as necessidades da educação, estar por fora. Pimentel, mostre a sua face, mas não esconda a sua cara! Ajude-nos a comemorar a vitória da volta do piso com todos os adicionais dos direitos que o PSDB nos tirou. Com tantos desmandos, PT e PSDB nunca mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que o Cid falou demais? Simplesmente falou uma verdade ou você não escutou? Realmente a maioria dos deputados torcem para quanto pior melhor. Ou você não concorda?

      Excluir
    2. Não acho que ele saiu escorraçado ele simplesmente disse a verdade que o PMDB é o maior sangue suga do pais, apoia o partido que paga mais, ai o presidente da câmara cortou o seu microfone porque ele é do PMDB e o Cid estava falando a verdade e não pode falar a verdade na câmara.

      Excluir
    3. Seja adulto(a), nenhum partido vai ser sua mae. A gente escolhe o que pensa ser melhor, nao uma mae. 'E triste, mas a infancia acsbou. E mae so tem uma..

      Excluir
    4. Cid Gomes lavou minha alma. Aquilo sim é cabra macho. Assumiu o que disse mesmo assumindo o risco de perder o cargo. Saiu para não constranger Dilma. O Lula já havia dito que eram uns 300 achacadores e ele disse 400. Estou quase apostando na soma dos dois . : 700 achacadores e Aécio é o achacador Mor. É o chefe da gang.

      Excluir
    5. Para quem não sabe, o Cid foi obrigado a sustentar o que disse anteriormente, na câmara dos deputados, e se empolgou demais até que parecia um discurso. Na verdade, pra começar mandou bem! Apareceu um deputado(sei la de onde) e fez o Cid se calar. A coisa ficou tão feia que o Ministro Cid virou as costas e desceu imediatamente, ausentando-se do ambiente, sem concluir e agradecer aos demais. E com certeza, saiu ouvindo de longe as palavras dirigidas a ele: palhaço! Pra mim, o Cid pode ter falado bonito, mas que saiu de lá escorraçado, ah, saiu sim! E decepcionado, para completar.

      Excluir
  9. Bom dia meu caro Euler,
    É simplesmente lamentável tentar defender qualquer tipo de governo neste País, o sistema já está montado há muito tempo e todos são IGUAIS, sem diferença nenhuma. Sem contar que tem um povo que gosta de levar vantagem em tudo. Precisamos começar do zero. Radicalizar sim, com uma nova Constituição onde haja uma verdadeira punição e que não seja apenas um País de mentiras onde só os políticos e grandes empresários possam sobreviver.

    ResponderExcluir
  10. O projeto socialista do PT é bem claro todo mundo recebe o mesmo salário. Um abono para todos os funcionários no valor de 160,00 reais é um exemplo do socialismo praticado pelo PT.

    Socialismo é isso, é todo mundo na mesma merda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom é o capitalismo,que criou milhões de indigentes mentais.

      Excluir
  11. O mais estranho é que o prefeito de São Paulo é do PT. Uma cidade de 10 milhões de habitantes e agora mostran esse ódio ao PT. Por que então elegeram ele há 2 anos atrás? Me expliquem por favor !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por que SP elegeu Tiririca com 1 milhão? Parece que paulista gosta de zoar, e não leva a sério as coisas...Porque elegeram um petista em vez de Serra, anos atrás? Há muita coisa que eles mesmo não explicam, só reclamam.

      Excluir
  12. URGENTE! Se recebermos R$ 160,00 de aumento, vou contratar um segurança para "me acompanhar" na saída do banco, no dia do pagamento!
    GREVE NELES....

    ResponderExcluir
  13. Há um blog na Folha SP de Sakamoto, excelente. Fechou os comentários esta semana. Cada um só pensa em si, não lê, não procura entender que não existe imediatismo, mandam ele pra Venezuela, pra Cuba, e algo me lembrou isso, e ele desistiu, não dá, até ameaças. Perderemos um espaço onde discutíamos opiniões, e cada um falava de sua cidade de suas dúvidas. Acho que blogueiro nenhum tem que ser taxado. Tem sua opinião, não deve ser "muro", mas as pessoas usarem do anonimato pra falar bobagem? Francamente. Sejam oposição, lógico, não estamos satisfeitos com muita coisa, mas foram 12 anos e já querem tudo resolvido? E não querem ouvir nenhuma opinião sincera mesmo sendo contra? Desculpem o desabafo, mas, somos professores, pretensamente uma classe mais culta e lida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso colega! Vamos dar um tempo a este senhor! Já esperamos sem diálogo e tantas mentiras, que acabamos ficando descrentes.É isso...

      Excluir
  14. MALES QUE VEM PARA O BEM:
    Se a elte derrubar a presidente, quem sabe nao abre espaco para a REVOUCAO. E assim passamos o Brasil, realmente, a limpo?

    Este sistema que permite a existencia de bilionarios e miseraveis nao merece outra coisa senao a morte. Nao e prrciso ter mais de dois neronios para concluir que esta ERRADO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abre sim, espaço para os Estados Unidos se apossarem mais ainda de nossas riquezas.Parem para ver, cada vez que o Brasil afunda este país se enriquece mais.Mas....o que realmente eles estão de olho é a petrobras. Enquanto os brasileiros brigam por divergências políticas Estados Unidos ataca.

      Excluir
  15. Desde a época do império que o povo fala que políticos são tudo "farinha do mesmo saco". No governo do PT teve mensalão, petrolão, tudo muito mais escancarado do que nas gestões do PSDB. Eu acho que o que fez o governo do PT se perpetuar no poder, foram os benefícios sociais que eles concederam aos mais pobres.
    A gente vê que todos eles são farinha do mesmo saco, pelo discurso do Pimentel antes da eleição e agora.
    Antes da eleição disse que ia pagar o piso etc e tal. Agora diz que não tem dinheiro.
    Eu vou continuar com esperanças em relação a esse governo, pelo menos agora existe diálogo. Porém, diálogo não é aceito no supermercado.

    Fui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais um que segue a cartilha da" globo"

      Excluir
  16. http://www.stf.jus.br/portal/pauta/verTema.asp?id=85813

    ResponderExcluir
  17. Quanta embromação deste políticos !!!! Falam da falta de dinheiro p/ fazer o pagamento do piso,mas votam a favor de auxílios, em benefício próprio.Se pousam de bonzinhos mas na verdade são lobos em pele de cordeiro. Parece que são eles quem esquecem que 4 anos se passam rapidinho e vão bater nas nossas portas, com aquelas carinhas de quem fez mt e ainda irão fazer mt mais se dermos mais um voto de confiança a eles.Bandos e hipócritas, é isto que são.Usam da boa fé do povo sofrido e ignoram após serem eleitos. Mas uma coisa eu tenho notado no povo, eles não estão mais com a memória tão curta e nem querem mais o trivial, querem mudanças. ABRAM OS OLHOS POLÍTICOS, .EU NÃO VOTO MAIS EM QUEM VOTEI NA ÚLTIMA ELEIÇÃO JAMAIS. E AINDA SOU CAPAZ DE FAZER CAMPANHA CONTRA ESTE INFELIZ E SUA GANGUE. APROVEITA ESTE SEU MANDATO, POIS ESTA TETA VAI SECAR!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POUSAM?????????? Deve ser posam.

      Excluir
  18. COISA DE LOUCO...Antes da eleição o "papinho" era: "vamos valorizar os professores, vamos pagar o piso, etc, etc, etc...." Sabem agora? Uma banana para os professores....RUMO A GREVE, GALERA..

    ResponderExcluir
  19. Essa Pátria Educadora tá falida!!! Não valoriza professora de educação Básica. Valoriza diretor e demais funcionários da Educação que não dão conta de fazer 10% do que uma professora faz. AFFFF

    ResponderExcluir
  20. Agora a Dilma resolveu pagar as dívidas do futebol.Só pra educação e saúde é que não tem dinheiro.

    ResponderExcluir
  21. Gostaria de relembrar algumas expressões que estão ficando "esquecidas", aqui nesse blog : piso salarial e valorização profissional. Infelizmente as expressões "esquecidas" cederam espaço absoluto para expressões como : golpismo, governo Dilma, mídia golpista, PT e PSDB. Só estou relembrando....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É culpa dos Estados Unidos o fato de não recebermos o nosso piso. A Cia infiltrou agentes nos governos do Brasil risos.... Além disso enquanto existir itatiaia ou Rede Globo não haverá condições para o nosso piso risos...

      PT,PSDB, PMDB, PP, não sei lá qual mais P.... não tem nenhuma relação com nosso piso... risos

      Excluir
    2. Concordo com você, penso que deveríamos focar em nossa situação como professores e não ficar defendendo partido político, ou pior, os próprios políticos.

      Excluir
  22. O piso bom só virá se a lei aprovada do pré sal realmente for colocada em prática

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse pré sal é enganar os bobos e o governo ganhar tempo!!
      Esse dinheiro nunca vai chegar na educação, ele vai todo para a corrupção.
      Não se iluda achando que algum partido ou governo fará alguma coisa pela educação. Eles só pensam neles. Eles não sabem que caixão não tem gaveta. Que o inferno existe e foi feito para políticos corruptos.

      Excluir
  23. Euler, estive aqui outro dia e dei um palpite...
    As pessoas podem discordar, sim, umas das outras. Isso é até bom, mas ser chamada de ANTA foi o fim para mim. A pessoa não me conhece, não sabe quem sou, que tipo de inteligência tenho e me chama de anta!!! Só não respondi à altura, porque me lembrei de uma meia dúzia de palavras que minha mãe me dizia a respeito desse tipo de ofensa.
    Aceito pedido de desculpas (risos).
    O que já foi esse Blog!
    Morro de saudades.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não se sinta ofendida.Outro dia vi uma reportagem, e uma bióloga explicava que a anta é um dos animais mais inteligentes da fauna brasileira.Então se sinta elogiada. Um abraço!

      Excluir
    2. O problema da anta nao e' a inteligencia, mas sim na vista.

      Excluir
  24. Queria dizer para o anônimo de 19 de março de 2015 às 21:39h que ele está muito mal informado quanto aos diretores, os diretores estão com seus salários congelados desde 2011; gostaria de falar para ele que os bons e responsáveis diretores trabalham muito e eles são necessários para que a escola forneça uma educação de qualidade.

    ResponderExcluir
  25. Governo oferece ESMOLA aos professores: R$40,00 de abono de 3 em 3 meses até o total de R$160,00..

    UMA VERGONHA.

    Do jeito que entrou, vai SAIR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele já sabe a força que tem os professores.Força pra entrar igual pra sair.

      Excluir
    2. De três em três meses é a sua incorporação ao vencimento básico.

      Excluir
    3. Se acabar com o subsídio não será necessário nem abono algum. Ficarei feliz em ter minha carreira de volta.

      Excluir
  26. Estamos sendo precipitados pois as negociações apenas começaram, não pensem que é fácil chegar a um acordo num tema tão complexo, mas o prazo solicitado foi de 90 dias e estamos dentro deste prazo. Espero que no dia 24 o estado apresente a proposta final de como será pago as vantagens adquiridas.

    Obs:
    se o estado pagar a proporcionalidade e as vantagens já considero uma grande vitória.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário sensato. A volta do vencimento básico como forma de remuneração já é um bom começo.

      Excluir
    2. Eu também. Concordo plenamente com vc.

      Excluir
    3. Também concordo que a volta do vencimento básico já é um começo. Repudiamos tanto o subsídio....o mais lógico é voltar tudo como era antes inclusive com os direitos adquiridos que nos foram injustamente retirados.

      Excluir
    4. O estrago todo foi feito em 2011. Considero que é importante voltar lá e desfazer o malfeito. Pagar o piso de acordo com a lei e restituir as vantagens que já estavam adquiridas nesta data. É importante que o sindicato se posicione melhor nesta fase de negociação. Exigir que a lei seja cumprida não é exigir demais.O piso salarial é para nível médio e não para licenciatura plena como está na proposta do Governo. Negociar bem é melhor do que ficar ameaçando greve e criando impasses que só vai nos prejudicar. Esperamos que o sindicato tenha esta clareza. A greve é o último recurso. Agora é hora de concentrar nas negociações. Quanto ao Governo esperamos que saia deste lugar de ficar inventando moda e mostre que está disposto a cumprir o que manda a lei. Se o Governo anterior nos retirou o que tínhamos direito, que o atual desfaça estas injustiças.

      Excluir
    5. O que faz com que a gente precipite é o sindute, pois se tem reunião dia 24, porque ele já convida para paralisação dia 31 e agenda do Piso já para abril e maio? Não é incoerente? Sinal de que o sindiute já sabe que não vai conseguir nada dia 24. Isto é o que me deixa desiludida.

      Excluir
    6. Do jeito que o tal pimenteira está fazendo se ele acabar com o tal subsídio vai é dividir o nosso salario grandioso em dois novamente chamar mais uns ex lei 100... kkkkkkkkkkk

      Excluir
    7. Para aumentar 40% o salário do secretariado não precisou comissão especial para estudar as possibilidades, nem negociação... Difícil conviver com as injustiças brasileiras. Elas vão além de siglas partidárias e ideologias!

      Excluir
  27. Ato contra a globogolpista dia 01/04 as 17:00 em frente a uma emissora globo de sua cidade.

    ResponderExcluir
  28. Cansei. Votamos em Vera Coutinho e Júnia Marise anos e anos que eram professoras do pmdb para melhorar nosso salário e nada. Mudamos pro psdb nada. Vem o pt e suja?

    ResponderExcluir
  29. O Governo não paga o piso aos professores pq o Estado está endividado com contas do governo anterior, mas ele se esquece que nós somos as dívidas que o governo sempre deixou e que se ele tem que pagar a tais dívidas, nós estamos inclusos nelas.Eu não consigo entender o pq que nunca fazemos parte das dívidas primordiais do governo e sempre ficamos lambendo o dedo.Pensam que somos idiotas que não percebemos a sua má intenção em ñ nos pagar !!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  30. GENTEMMMMMMMMMMMMMM,

    E A ESMOLA PRODUTIVIDADE, ALGUMA NOTÍCIA??????? (REFERÊNCIA 2013).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=YElptpDOkqc

      Excluir
    2. Não receberemos, o Estado está sem dinheiro, endividado...

      Excluir
    3. Sem dinheiro para os professores,para a educação, porque para as demais repartições está até sobrando.

      Excluir
    4. Qto aos aposentados?Nem issokkkkkkkkkk

      Excluir
  31. Alguém poderia me informar se nesse grande aumento para os professores, os aposentados serão excluídos ? Ouvi dizer que não seremos contemplados. Acreditei que com Pimentel seria diferente. Vamos continuar até quando esperando ? Não há como aguentar mais, nossa situação precisa ser resolvida ou vamos continuar acreditando em Papai Noel ?

    ResponderExcluir
  32. Continuamos tendo a pior remuneração entre o funcionalismo mineiro.

    ResponderExcluir
  33. o Sindute, na próxima reunião, deve rejeitar a política de bônus. Queremos o Piso Nacional proporcional com o retorno de todas as vantagens retiradas. É urgente o nosso reajuste! Será que o auxílio moradia vergonhoso também está sendo dividido em quatro parcelas?

    ResponderExcluir
  34. A greve dos professores em São Paulo está sendo, como sempre,ignorada pela mídia que sempre protege o PSDB. Aqui em Minas as coisas serão diferentes. A mídia fará cobertura 24 horas. A equipe de Pimentel deve se atentar a isso. Não é hora de desgastar ainda mais a imagem do partido. Cumpra o que prometeu!

    ResponderExcluir
  35. GOSTARIA DE SABER SE ISSO ESTA VALENDO?

    Introdução
    A aposentadoria por tempo de contribuição é o benefício previdenciário devido aos segurados da Previdência Social que cumprirem os requisitos previstos na legislação previdenciária para sua concessão, qual seja, atingirem o tempo de contribuição e a carência.
    A carência para concessão da aposentadoria por tempo de contribuição, conforme o artigo 223, inciso I, da IN/PRES nº 45/2010, é de 35 anos de contribuição para homens e de 30 anos para mulheres.
    No entanto, no caso dos professores, há uma diminuição neste tempo, que passa para 30 anos de contribuição para o professor e 25 anos para a professora, independentemente da idade, desde que comprove, exclusivamente, tempo de efetivo exercício em função de magistério na educação infantil, no ensino fundamental ou no ensino médio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No caso da aposentadoria especial para Professores, não basta só tempo é necessário que se tenha tempo e idade. Ou seja 25 anos de contribuição e 50 anos de idade para a mulher, e 30 anos trabalhados e 60 anos de idade para o homem. Caso tenha o tempo e não tem a idade é necessário que se complete também a idade, para que se dê o afastamento. Isso no estado de Minas Gerais para que vai se afastar pelo IPSEMG.
      Caso seja para o INSS, basta o tempo de contribuição, não esquecendo do fator redutor.

      Excluir
    2. Desculpas, mas a idade para o professor/homem se aposentar é 55 anos e não 60 anos como mencionado acima.

      Excluir
  36. O Sindicato tem uma grande responsabilidade em suas mãos. Está na hora de concentrar nas negociações e pensar que estão ali para representar os educadores de Minas Gerais que estão em situação de miserabilidade. Porque está ameaçando paralisação se nem ao menos as negociações finalizaram? Ao que parece a direção do sindicato está incomodada com as indicações feitas pelo Governador para as superintendências das Metropolitanas. Este tipo de problema não pode interferir nas negociações. Espero que o sindicato tenha esta lucidez. Estou achando que além de pressionarmos o Governo teremos que pressionar o sindicato também para que ele leve a coisa a sério.

    ResponderExcluir
  37. Anônimo das 15:15, gostei do seu raciocínio.
    Provavelmente, o governo não nos pagará o piso. Cabe ao Sindicato aceitar a melhor proposta.
    Abraços. Conte com a minha solidariedade.
    Lúcia.

    ResponderExcluir
  38. Estou sem dormir... quando chegará a vez dos professores? Minha mãe lecionou por 30 anos e eu já estou na casa dos 23 anos de professorado e ambos ainda temos salário de hum mil e poucos reais. Socorro!

    ResponderExcluir
  39. São PAulo está dando o exemplo: acorda MInas Gerais
    Frente a essa situação, dezenas de milhares de professores reunidos no vão do MASP, no último dia 13 de março, decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. A pauta de reivindicações é ampla e extensa, assim como é a lista de problemas que enfrentamos diariamente nas escolas e que vão muito além da nossa obscena condição salarial:

    - reabertura de todas as 3,3 mil salas de aulas fechadas

    - fim da superlotação das salas: máximo de 25 alunos por sala

    - readmissão de todos os professores demitidos: fim da “quarentena” e “duzentena”

    - fim da divisão da categoria: revogação da lei 1093.

    - revogação do decreto do reajuste ZERO!

    - reposição das perdas salariais: 75,33% de reajuste para equiparar os professores aos demais profissionais de nível superior.

    - redução da jornada de trabalho (1/3 extraclasse já!)

    - fim da política de bônus: pagamente de 14º salário a todos os professores

    - fim da prova de mérito e da quebra da isonomia salarial da categoria

    - convocação de todos os professores concursados e estabilidades aos professores temporários

    - fim da limitação de faltas médicas e direito ao atendimento no Iamspe a todos os professores.

    - direito de creche a todos os filhos de professores. Pagamento de adicional (auxílio-creche) às mães e pais professores, enquanto essa reivindicação não for atendida

    - reajuste do valor do vale alimentação (R$ 30) e vale transporte, e que sejam pagos a todos os professores.

    - não à Escola de Tempo Integral do governo tucano (gratificação de 70% para todos)

    - não à política de corte de verbas destinada à manutenção das escolas

    - garantia de abastecimento de água nas unidades escolares

    ResponderExcluir
  40. "SINDICATO" e necessário conscientizar o GOVERNO, prioridade da EDUCAÇÃO, NÃO É SÓ AMPLIAR ESCOLAS,PROJETOS, TRABALHO E MAIS TRABALHO PARA O PROFESSOR! É NECESSÁRIO PAGAR O "PISO ""URGENTEMENTE". É vergonhoso o nosso salário. Tenha piedade !!!..

    ResponderExcluir
  41. http://tijolaco.com.br/blog/?p=25752

    ResponderExcluir
  42. http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/174358/Audi%C3%AAncia-do-JN-derrete-e-vai-a-apenas-20-pontos.htm

    ResponderExcluir
  43. http://www.stf.jus.br/portal/pauta/listarCalendario.asp?data=25/03/2015

    ResponderExcluir
  44. Cambada de safados e ladrão, não sabe o que estar numa Escola ralando, por isso que fica fazendo falsas promessas e distribuindo migalhas, podia ficar com vergonha de tanto descaso.

    ResponderExcluir
  45. Até gari vai ter 10% de aumento mais vale refeição e os professores, ohhhhhhhhhhhhh

    ResponderExcluir
  46. É UMA VERGONHA NÃO AGUENTAMOS MAIS TANTA INJUSTIÇA COM A EDUCAÇÃO,REUNIÃO MAIS REUNIÃO E NUNCA RESOLVE NADA CHEGA DE TANTA ENROLAÇÃO,PIMENTEL NOS AGUARDE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CONCORDO.... Reunião só pra enrolação. CHEGA de DESCASO. Temos que agir. somos maioria.

      Excluir
  47. Beatriz Cerqueira em Cidade Administrativa de Minas Gerais Presidente Tancredo Neves


    Acabou agora a reunião de negociação com o governo. O relato estará no site do sindicato. Mas, de concreto, nada avançou sobre salário e carreira.
    O atual governo repete as mesmas ladainhas que o governo anterior sobre o Piso Salarial e carreira.

    Lamentável um governo eleito com tanta esperança ser tão incompetente para lidar com uma rede tão sofrida! Conversamos com pessoas que não sabem a realidade da rede estadual, fazem pegadinhas durante as reuniões e fingem desconhecer o texto da Lei Federal 11.738/08! Quando não se tem argumento para contrapor no debate, se desqualifica o outro!

    Esta é a minha opinião!

    Tivemos alguns retornos relevantes sobre outros assuntos:

    - reunião sobre a situação dos servidores da Lei 100/07 acontecerá na sexta-feira, dia 27/03;

    - nova reunião sobre salário e carreira será no dia 30/03, segunda-feira.

    - a partir do mês de abril a alimentação escolar também será destinada aos profissionais em educação em exercício na escola.
    É isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Absurdo, os representantes do atual governo desconhecem o texto da lei federal do piso.Como pode uma coisa dessa?
      Como negociar uma coisa que não conhece?
      Estamos (e vamos continuar) ferrados e mal pagos.
      Ô miséria!

      Excluir
  48. Ih; pimentel,em quem votei, já está mostrando a que veio, nada de piso, nada de carreira. Tratou e assinou, prometeu e pelo visto não tem nenhuma intenção de cumprir o que assinou. Mas para seus comissionados tem dinheiro, para deputados tem dinheiro, e outros... Professores não precisam nem do que é de direito,previsto em Lei. CUMPRA A LEI.

    ResponderExcluir
  49. PROPOSTA AOS PROFESSORES MG
    GOVERNO DO PT
    GOVERNADOR PIMENTEL

    PROPOSTA INDECENTE

    Sind UTE (...)
    2) Propostas sobre a carreira
    O governo mantém o congelamento da promoção estabelecido na Lei estadual 19.837/11. De acordo com as atuais regras, somente a partir de 2016, os profissionais da educação voltam a ter direito a escolaridade adicional. Isso se cumprirem os requisitos de 5 anos no mesmo nível com 5 avaliações de desempenho positivas, excluindo deste tempo o estágio probatório. Embora o Sindicato tenha apresentado a necessidade de mudar estas regras e atualizar a escolaridade dos atuais servidores, o governo pretende mantê-las inalteradas. De acordo com a proposta do governo não haverá escolaridade adicional em 2015.

    Outro problema da proposta é a exclusão dos aposentados que seriam contemplados apenas nas incorporações das 4 parcelas de R$ 40,00, mas não receberiam o abono.
    O governo afirma que a sua lógica é construir uma proposta de pagamento do Piso Salarial ao longo de 4 anos, mas não apresentou nenhuma proposta para além do abono de R$160,00.

    Postura lamentável (Sob tom de AMEAÇA)

    Diante da crítica que o Sindicato fez em relação à postura do governo de, a exemplo da gestão anterior, utilizar como referência para o Piso Salarial a licenciatura plena e não o nível médio, como determinado pela Lei Federal 11.738/08, os representantes do governo agiram de má-fé ao afirmarem que o Sind-UTE/MG nunca havia apresentado tal proposta e que, portanto, isso mudaria todo o cenário. Ainda, colocaram em debate, como forma de ameaça, a questão da proporcionalidade como uma questão que não queriam discutir, mas diante do “novo cenário”, teriam que considerar. Ainda, demostraram um desconhecimento da Lei Federal 11.738/08, inaceitável para a negociação. (...)

    http://www.sindutemg.org.br/novosite/conteudo.php?MENU=1&LISTA=detalhe&ID=7345

    Pimentel,
    Do jeito que entrou, VAI SAIR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se pensam que são donos do mundo, vão ver por que Deus é grande, não estamos pedindo esmola, queremos o que temos direito. milhões para seus salários e mordomias tem, pra fazer justiça não tem não. Ficam quatro anos e faz bastante desmandos, políticos também vão pra cadeia. Sem falar que daqui a 04 anos temos novos eleições.

      Excluir
  50. SE PIMENTEL PIMETEL PAGAR O PISO, ACHO MELHOR ESPERAMOS, AFINAL JÁ PERDEMOS TANTO QUE 1 ANO A MAIS NÃO VAI MATAR NINGUÉM E ESSE SUBSÍDIO SÓ VEIO POR PRESSÃO DO SINDICATO.

    GREVE AGORA NÃO, SÓ PRESSÃo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ACORDA!, ESTAMOS NA MISÉRIA TOTAL. ATÉ QUANDO...

      Excluir
  51. ESCREVI ACIMA QUE NÃO DEVERÍAMOS FAZER GREVE, MAS ERREI DEPOIS QUE LI ARTIGO SOBRE REUNIÃO. VOLTAR COM O PISO E NÃO PAGAR AS VANTAGENS JÁ ADQUIRIDAS É PIOR QUE O SUBSÍDIO, POIS TIRA OS DIRETOS E NÃO VALORIZA NADA, QUEREMOS O QUE PERDEMOS E NÃO PERDER AINDA MAIS. TEMOS QUE FAZER NÃO SÓ GREVE, MAS UMA QUEBRA QUEBRA GERAL UAI. TÔ NERVOSO

    ResponderExcluir
  52. Continuamos na mesma.Sem piso, sem seriedade por parte do governo, com muita enrolação.O jeito é partir pra greve.

    ResponderExcluir
  53. Lúcia, problema é que não existe melhor proposta.Na reunião de ontem não teve avanço nenhum nas negociações. Estamos todos ferrados.Enquanto não se resolve nada vamos ficando com esse salário de fome, onde tudo sobe e nem a correção da inflação temos direito.
    Muito decepcionada com esse governo...Tudo farinha do mesmo saco.

    ResponderExcluir
  54. A VERGONHA QUE SE PERPETUA
    As propostas apresentadas pelo atual governo para a reforma da carreira de professor são uma afronta ao magistério público de Minas Gerais. Conseguiram produzir uma peça pior do que as produzidas pelo governo anterior. Um abono de R160,00, representa, para o iniciante de carreira, licenciatura plena, que hoje recebe R$1455,00, cerca de 11%. A principio parece um aumento mais significativo que o proposto pelo governo anterior, 4,62% retroativo a outubro de 2014, ou seja até maio passaram-se 7 meses e a inflação do período adicionada aos 4,62% praticamente empatam com os 11% propostos. Partindo dessa ideia o atual governo não propõe nada melhor que o anterior. Mas, temos embutido nisso o saco de maldades.
    1) Para os mais velhos de carreira, o bonus de R$160,00 já não mais atingem os 11% que representam para os iniciantes, assim sendo constata-se que não há nenhuma preocupação em relação aos que já dedicaram grande parte de sua a educação pública mineira.
    2) Esse bônus não inclui aposentados, que receberão o bônus em 4 parcelas fato não proposto pelo governo anterior, que nunca separou a categoria entre aposentados e não aposentados.Aposentados desde 0utubro de 2013 até maio de 2015 terão aumento de 40 reais.
    3) Segundo o governo extinguiram o subsídio, mas não voltaram com nenhuma vantagem. Fique tranquilo "companheiro" seu salário não vai mudar, acabaram com o subsídio sem acabar.
    Constatamos que nada mudou ou mudou para pior. Ficar apenas culpando a conjuntura mundial e o governo anterior não coloca comida na nossa mesa, não paga a energia elétrica( cada vez mais cara), não paga nossa conta de luz, não paga nosso aluguel.
    Mas, agora podemos comer na escola. Somos mendigos oficiais. Não passaremos fome. Falta permitir que levemos família para também se aproveitar da merendinha escolar, pelo menos pouparemos em supermercado.
    NÃO QUERO COMER NA ESCOLA. QUERO DIGNIDADE. QUERO TER SALÁRIO QUE ME PERMITA VIVER SEM SACRIFÍCIOS.
    Durante a campanha tudo era possível, agora nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns .Isso mesmo.Você falou com a total verdade.Concordo com sua idéia e opinião.

      Excluir
    2. Tem que haver mais objetividade nas reuniões , nossa necessidade é piso e carreira,

      Excluir
    3. Acabaram com o subsídio e com os quinquênios e os biênios.Isso é um desrespeito com aqueles que estão pagando o pato de toda incompetência desses governos.

      Sou a favor do piso proporcional ,preservando as vantagens,pelo menos as adquiridas até 2015.

      Excluir
    4. Realmente um monte de besta que pensam, pensam não acham que Professores são bestas.É uma afronta a nossa classe.Idiotas que subestimam as pessoas. Se é VENCIMENTO BÁSICO tem que voltar tudo os Biênios os Quinquênio, o Pó de Giz. Sejam claro chega de enrolação.

      Excluir
    5. Concordo com você.

      Excluir
  55. A promessa agora é que o piso será pago até 2018,gradativamente, em conta gotas.
    Afinal de contas Pimentel assinou documento se comprometendo a pagar, mas no documento não tinha data determinada .Teremos que esperar até o fim do seu mandato para ver se fará alguma coisa, e sem reclamar. Afff..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O quê?????? Sem reclamar colega??? Você está louca??? É por isso que aqui nesse país de ladrões o pobre fica sempre na pior porque não reclamam.Aceitam tudo calados e resignados.Lá fora eles vão para as ruas mesmo .Políticos é uma classe empregados nossos sabiam??? Eles são pagos por cada um de nós.O que eles fazem ou deveriam fazer é a obrigação deles e nada mais.Brasileiros precisam saber distinguir isso.O dinheiro que eles recem e nos roubam ainda muito mais é o nosso dinheiro.Eles tem que fazer o que nos precisamos e merecemos ou sair fora.Mas no Brasil da vergonha isso pode .Eles são respeitados literalmente.Não devemos nunca ter medo deles.Eles são os nossos empregados que devem nos honrar.Brasil vergonha desse país.

      Excluir
    2. Realmente agora o embasamento para reclamação fica restrito, pois esse documento deveria ter uma data determinada, como as famigeradas "metas" que somos obrigados a cumprir. Mas parece que ninguém pensou nisso.
      Político é safado, não dão ponto sem nó. Podemos até pressionar, mas nunca acusar que ele não cumpriu o que prometeu, pois ele terá até 2018 para fazê-lo.

      Excluir
  56. Aqui nesse país não se dá o valor suficiente( nem necessário) ao professor.Aí reclamam da violência e tudo mais que só cresce.Então o negócio é investir em penitenciárias mesmo.Fechar escolas e a marginalidade crescer sempre mais.Para eles, os políticos ladrões e safados, tudo pode e deve mas para o professor nada pode e nem deve.Sem dizer que se investe também na polícia.Sim puliça pois do jeito que eles fazem, eles mesmos sabem que devem se preparar para o futuro .Fazer a cama deles e a puliça desce o cacete no pobre.Oh país de merda esse aqui.Eu queria só saber o porque quem pode não vai embora daqui.Será que é a segurança? hahahha ou será que é por causa do churrasco com a família no domingo? Ou a tercerira opção o pagode? Não entendo porque gente séria e que tem um pouco de condições vai embora daqui .Aqui não existe futuro .Aqui nada vai em frente.Aqui é trabalhar muito para adquirir nada no final da vida.Ops não estou sendo injusta.Só os polítiquinhos ladrões decladaos mas que não ficam na cadeia , não trabalham e ganham muitoooooo.Não dá para ser feliz aqui nesse país .

    ResponderExcluir
  57. Sou petista desde os tempos de universidade. Fiz campanha violenta para eleger Pimentel. Mas esta proposta apresentada é uma aberração. Não tem como defender um governo deste. Vale lembrar que Minas Gerais foi decisivo na derrota de Aécio nos dois turnos e que a categoria trabalhou empenhada para isto. Nós que temos 20 ou mais anos vamos ficar mais uma vez a ver navios. Pimentel nos trata, como os tucanos, como escória da sociedade. Dia 31 vamos começar a dar o troco. Pimentel enfia estes R$ 40,00 no c..........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aécio Never deve estar rindo de nossa cara hahahahha.

      Excluir
    2. MUITO SIMPLES, GALERA...HORA DE PARALISAÇÃO E FIM DE PAPO!

      Excluir
    3. Nestes termos em que se dirige ao Governador fica mais do que claro que ganha mais que merece...e depois qure ser respeitado(a).Me envergonho de ser professora menos pelo salário do que pela classe sem educação e ética a qual pertenço. Deus me livre dos termos chulos que leio neste blog. Já não chegam tantos erros de português!

      Excluir
    4. Olha que esse lugar que você manda Pimentel enfiar os 40 reais, é o lugar preferido dos tucanos! Cuidado pra não aderir ao vocabulário tucanês!

      Excluir
  58. Beatriz Cerqueira em Cidade Administrativa de Minas Gerais Presidente Tancredo Neves:

    Acabou agora a reunião de negociação com o governo. O relato estará no site do sindicato. Mas, de concreto, nada avançou sobre salário e carreira.
    O atual governo repete as mesmas ladainhas que o governo anterior sobre o Piso Salarial e carreira.

    Lamentável um governo eleito com tanta esperança ser tão incompetente para lidar com uma rede tão sofrida! Conversamos com pessoas que não sabem a realidade da rede estadual, fazem pegadinhas durante as reuniões e fingem desconhecer o texto da Lei Federal 11.738/08! Quando não se tem argumento para contrapor no debate, se desqualifica o outro!

    Esta é a minha opinião!

    Tivemos alguns retornos relevantes sobre outros assuntos:

    - reunião sobre a situação dos servidores da Lei 100/07 acontecerá na sexta-feira, dia 27/03;

    - nova reunião sobre salário e carreira será no dia 30/03, segunda-feira.

    - a partir do mês de abril a alimentação escolar também será destinada aos profissionais em educação em exercício na escola.
    É isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Após eleição nossa palavras e pedidos (profissionais da educação), são RISCOS NA ÁGUA.. Vamos ganhar uma banana...

      Excluir
  59. Gente, que beleza..." - a alimentação escolar será também disponibilizada para os profissionais da educação em exercício na escola, a partir de abril deste ano."
    (copiei no site do Sindute). Viva Pimentel! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Absurdo acharem bom comer na escola.O que precisamos não é de "comer na escola" mas sim de salários dignos.Isso é para nos iludir como se fôssemos miseráveis realmente.Pensam" Tadinho dos fessores vmos liberar a comida e eles podem comer na escola pois o salarim deles não dá mesmo para isso" Não é aceitar e achar lindo colegas.É achar ainda mais vergonhoso essa "compra " de consciência dos professores.Será que eles pensam que nos dando comida vamos encher a apança e ficar satisfeitos apenas com "pão e circo"?" A gente não quer só comida a gente quer diversão e arte " já ouvi isso.Atenção não se sintam felizes colegas e sim sintam envergonhados com essa embromação.

      Excluir
    2. Anônimo de 06:38, você não percebeu a ironia do anônimo das 14:52?
      Ninguém está achando bom poder comer na escola ,acho que não precisamos disso.
      Entendi que o anônimo está é fazendo uma gozação.
      Estou certo?

      Excluir
    3. É verdade que precisamos de salário digno, mas passar fome na escola, vendo a comida na mesa, isso também ninguém merece! Vai dizer que leva marmita todo dia, e que não achou um absurdo quando nos proibiram de comer da mesma merenda servida a alunos! Olha que diziam que era a "Dilma que mandou cortar"! Gente que sente vergonha de merendar na escola... cada um com sua visão do mesmo fato, não acho humilhante merendar na escola, foi bom terem liberado! Salário melhor temos que buscar!

      Excluir
  60. Resultado da reunião Sind-Ute/ governo

    http://www.sindutemg.org.br/novosite/conteudo.php?MENU=1&LISTA=detalhe&ID=7345

    ResponderExcluir
  61. É até 31/3 a entrega de requerimento do site Sindute mg, para receber o imposto sindical de 2009 a 2012.Vale a pena, pq é rápido e não tem muita papelada. Entrem no site. Procurei saber do andamento de outros processos e parece que estão caminhando. Alguma coisa saiu por esses dias. Mas, precisamos nos informar mais sobre as ações, para quem é sindicalizado, estes recados.São nossos direitos, não há propaganda aqui, mas, há lugares que ninguem sabe. Abraços.

    ResponderExcluir
  62. Ora Joao Leite, Mourão e demais deputados do psdb; O que aconteceu com vcs, que na época da governância dos vossos partidos, foi criada a lei 100, acabou com o piso salarial do professorado, e todos vcs do PSDB votaram contra a classe. Ignoraram, deram risadas, aplaudiram a queda de todos os profissionais, sem piedade! Jogaram tudo e todos no esgoto do rio Arruda. Você não acha João Leite, que isso que foi feito não combina com homens de bem... principalmente para quem diz ser evangélico. Agora estão dando uma de preocupados com a lei 100 e o piso salarial dos professores, uma vez que todos os psdbistas votaram a favor da mesma. Eu assisto todos os dias a tv assembleia e fico procurando, em pelo menos um ponto da verdade e dignidade dessa turma.Vocês estão enganados! Política não foi feita para perseguir ninguém, agora que vcs não tem mais o poder na mão e estão dando uma de 'samaritanos' . Política foi feita para o cidadão escolher seus representantes, e assim, defenderem os direitos dos mesmos. O que está acontecendo na assembleia é vergonhoso. Não é assim que se faz política. O Psdb, mais uma vez está fracassando. Que vergonha senhores políticos! Acho que estão todos desorientados. O cidadão tem que atuar contra essa política de meia tigela do psdb. Vamos dar um tempo a Fernando(isso mesmo, pode ser Fernando de Dilma). Pior que a gestão do psdb, com certeza, não ficará!.Para quem votou no PT, todos eles, merecem respeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apoiado. Fico enojada quando vejo os deputados da oposição hoje, com esse discurso, apoiando os professores, isso só mostra o mau caráter que eles são. Vamos fazer oposição, mas com coerência galera, mudaram da água pro vinho. É coisa viu gente.João Leite, você realmente prega uma coisa e pratica outra, você seria mesmo evangélico? Não tem vergonha de ficar mentindo e iludindo as pessoas?

      Márcia

      Excluir
    2. Amigo, pelo que estou sentindo, tem jeito de ser pior! não é o que eu queria acreditar, mas, já estou me sentindo enganada, já que pelo menos no PSDB eu não votei, portanto não esperava nada deles, no entanto... o PT, esse sim, votei, trabalhei para ele e vejo que fiz papel de otária.

      Excluir
    3. Eu não quero esmola de merenda . Quero poder ter a dignidade de comprar o meu sustento, ou será que eles tão achando que professor também se compra com merenda. Do jeito que está indo, daqui algum tempo, teremos que ir à escola para merendar mesmo para não passar fome, e é bem capaz do senhor governador incluir essa merenda no nosso contra cheque kkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    4. Tudo é uma questão de interesse "deles".Depois de garantir um aumento de 40%, auxílio de tudo que se possa imaginar, bolsa disso e daquilo, vem dizer que está preocupado com os coitados dos professores, só para fazer média ?
      Seus safados vão catar coquinho na ladeira.

      Excluir
    5. Desde quando ser evange'lico e' garantia de bom cara'ter?

      Excluir
    6. Ô, gente! O João Leite de hoje é o Rogério Correia de ontem; O Rogério correia de hoje é o João Leite de ontem... simples assim...cada um defendendo seus interesses partidários e particulares. Votei em Pimentel, mas nunca acreditei que teríamos uma realidade diferente. Sempre pensei que o chicote apenas mudaria de mãos.

      Excluir
    7. Adorei sua observação colega.E não é que você está certo??? Exatamente mudaram de cadeiras só isso.

      Excluir
  63. Se tivéssemos que fazer um diagnóstico da posição subjetiva deste Governador chegaríamos a conclusão que ela é uma posição cínica. Seu discurso guarda um distanciamento de sua prática. Ele acha e se posiciona de forma tal a não respeitar a verdade de seu discurso mantendo um antagonismo entre o que diz e o que faz. Há um desprezo pelo outro e uma total falta de auto crítica. Falando de uma forma mais direta, o que falta é vergonha na cara. É isto o que este Governador já mostra no início de seu mandato. Não honra sua palavra. Lamentável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente político nesse nosso país não tem caráter, ética e nem compromisso com a palavra dada e muito menos com documento assinado.
      Bobo é quem confia e acredita.
      Tudo farinha do mesmo saco, independente do "partido de merda" que faça parte.

      Excluir
  64. O PT parece que tem uma vacina que trás calmaria aos professores.
    - Acabam com o REM;
    - Não deixam votar um mísero aumento de 4,5%;
    - Oferecem 160,00 dividido em 4 x;
    - Pede 90 dias para uma comissão apresentar uma proposta salarial, para na verdade, enrolar os professores.
    Conhecem a história do sapo que foi colocado na água e foi aquecendo a lentamente até ele morrer? Pois é, estamos parecendo esse finado sapinho. Só esperando sem ragir. Até quando?

    ResponderExcluir
  65. Agora sabemos quanto vale a dívida que Minas tem com os educadores mineiros!
    R$160,00 dividido em 4 vezes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E os aposentados, nem isso vão ter direito, pode?

      Excluir
  66. Esse governo que aí está é só um período de transição para o retorno do PSDB,lamentavelmente perdi meu voto!

    ResponderExcluir
  67. Senhor Pimentel, a gente não quer só comida. A gente quer diversão e arte. Para tudo isso, precisamos de dinheiro.
    Eu não quero comida da escola. Minha família não pode ir comer lá...
    Eita, que avanço! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  68. Temos que colocar para quebrar. A começar pela cara do governador. Safado. Vagabundo. Vou almoçar na escola todos os dias, jantar e ainda levar marmita para casa. Que vergonha. A que ponto chegamos. Ficamos com as migalhas. Mas que mal eu fiz ao escolher esta profissão???????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÃO QUEREMOS ESMOLAS...QUEREMOS SALÁRIOS DIGNOS...

      Excluir
    2. LEVE TAMBÉM SUA FAMÍLIA PARA ELES NÃO MORREREM DE FOME EM CASA.

      Excluir
  69. Cidade Inadministrável26 de março de 2015 00:01

    Gente, o sô maro, atrás do armário, aquele amiguinho da trupe do ah, é sim do pó que também era o da associação dos tataravôs de alunos de MG está na foto junto com outros tucanalhas como senso PROFESSOR EX LEI 100 MARO ATRÁS DO ARMÁRIO
    DÊ UMA OLHADA NISSO EULER KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    https://www.facebook.com/pages/SOS-LEI-100/355330184660174

    ResponderExcluir
  70. Parte I:

    Boa noite a todos. Não sou professor, mas sempre acompanhei a luta do magistério estadual. Sou servidor estadual de outra secretaria, e gostaria de colocar aqui alguns pontos, a quem possa interessar. Dizem que quem está de fora enxerga melhor. Bom, vamos lá:
    1. No decorrer do ano de 2015, o governo Pimentel estará limitado ao orçamento definido no ano passado, durante a gestão do PSDB. A mesma dinâmica é vigente em todo o país, os orçamentos públicos são anuais, e definidos no ano anterior. Por isso esse abono de R$160 foi visto com incredulidade e enorme surpresa pelos servidores de todas as outras secretarias, pois que representa um esforço orçamentário enorme, haja vista estar totalmente imprevisto. O governo tira água da pedra ao oferecê-lo aos educadores. O Estado está quebrado.
    2. Durante os 12 anos de governo do PSDB, os salários de todos os servidores de MG (com uma notável exceção) afundaram vertiginosamente. Hoje, os salários do funcionalismo de Minas estão entre os piores do país. Todas as secretarias, Receita, Saúde, Educação, Polícia Civil, amargam vencimentos baixíssimos, se comparados aos de suas respectivas carreiras em outros estados da Federação. Até os servidores da Receita Estadual, com salários considerados altos pela SEPLAG, têm vencimentos vergonhosos quando comparados às Receitas dos outros estados. A Saúde e a Polícia Civil, então, estão jogadas às traças. Não são só os educadores que passam por dificuldades.
    3. Ao longo de 12 anos, o PSDB obteve sucesso na criação de um Estado com nuances autoritárias, baseado em três pilares: O investimento maciço em propaganda, o incremento da Polícia Militar e o aparelhamento do Judiciário e do Ministério Público. Esse paradigma de gestão deixou diversos problemas de difícil solução para a nova administração petista.
    4. Um destes grandes problemas é a folha de pagamento da Polícia Militar. Em que pesem os bons serviços prestados pela corporação, os salários dos militares mineiros beiram a insanidade, e fogem, e muito, à realidade mineira. Basta dizer que um soldado PM estará recebendo, agora em abril de 2015, R$4.098,43 (vencimento básico). Se não me engano, é o maior salário do país, com exceção do Distrito Federal. A PMMG incha por demais a folha de pagamento e empurra o orçamento estadual em direção aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal. A fatia do bolo dedicada a eles é simplesmente desproporcional, não sobra muito para as outras secretarias. É importantíssimo frisar que os PMs não têm absolutamente nenhuma culpa, afinal, trata-se apenas de uma política de governo do PSDB. Pimentel herdou esse estado de coisas, e agora não há como reequacionar os salários dos militares ou de qualquer outro servidor.
    5. Pimentel foi apoiado por todos os sindicatos de todos os servidores do Estado, e não só dos professores. Ainda assim, reconheço a criticidade da contribuição do magistério. São mais numerosos, estão representados em todos os municípios e são formadores de opinião, até mesmo pelo contato diuturno com seus alunos e suas famílias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assessor dele?????? Por que ele prometeu?

      Excluir
  71. Parte II:

    5. Pimentel foi apoiado por todos os sindicatos de todos os servidores do Estado, e não só dos professores. Ainda assim, reconheço a criticidade da contribuição do magistério. São mais numerosos, estão representados em todos os municípios e são formadores de opinião, até mesmo pelo contato diuturno com seus alunos e suas famílias.
    6. A impaciência que tenho visto nos educadores - principalmente dos mais novos - é plenamente justificável. O salário está, objetivamente falando, péssimo mesmo.
    7. Mas com meros três meses de governo, Pimentel já realizou diversas reuniões com os representantes dos educadores. O diálogo tem sido franco e aberto. Desconheço que qualquer outra secretaria ou instituição tenha recebido a mesma consideração por parte do governo.
    8. Além de garantir e reiterar que o piso será pago até o final do mandato, o governo tem apresentado propostas e ouvido contrapropostas. Agora, saiu até um dinheiro, ainda que insuficiente para resgatar a carreira dos professores. É, no entanto, uma óbvia manifestação de boa fé. Novamente, ressalto que nenhuma outra das combalidas - e não tão radicalizadas - carreiras do estado recebeu igual tratamento.
    9. Somente para o ano de 2016, Pimentel terá a oportunidade de propor um orçamento mais condizente às suas propostas, ideologias e promessas de campanha. O governo tem dado todos os sinais possíveis de que atenderá as reivindicações do magistério estadual.

    E muitos de vocês querem greve geral. Sério mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você acha que passar necessidades não é sério?? Claro que falamos sério.Eu não acho justo isso.Para os deputados 40% pode e tem verbas.Para auxílio isso e aquilo tem e para a educação nunca tem.Tudo isso é uma vergonha.Ele precisa é de vontade política e não ficar fingindo que quer fazer e nunca faz.Isso é embromação.Dinheiro tem e muito.Pede a president.Existe na constituição isso.Se mostrar, provar que não tem dinheiro, o governo acrescenta ou eu estou enganada.Não me digam por favor que temos que esperar mais.Nós estamos sendo usados por todos os meios.Estamos sendo usados e abusados pelos governantes desse país.Eu quero dignidade e não falsidade.Mãos a obra Pimentel que o dinheiro aparece.Basta querer.

      Excluir
    2. ACHO QUE TRABALHA para o governo. Me deu até dó do governador.... Vá catar coquinho, vem dizer agora que ele não sabia que o Estado estava quebrado e prometeu mundos e fundos. CHEGA DE ENROLAÇÃO....

      Excluir
    3. Mais uma vez os educadores vão pagar a conta? Então vamos fechar as escolas e aguardar até 2018 para voltarmos às atividades. Sou petista e Pimentel tem que se virar para corrigir a distorção herdada dos demotucanos. Não suportamos mais sermos tão desvalorizados. Oferecer merenda na escola? Tá de brincadeira!!!!!!!

      Excluir
    4. Que lindo o que vc escreveu ! Comovente ! Estou até pensando em doar meu salário para o governo....

      Excluir
    5. Os discursos mudam muito. Antes a oposição defendia o pagamento do piso e afirmava que o governo tucano não o fazia por pura insensibilidade política e social. Agora, a antiga oposição e atual situação, quer nos enrolar com 40 reais em 4 vergonhosas parcelas.

      Excluir
    6. Não adianta só fazer reunião.A coisa tem que fluir, fica nessa enrolação danada.

      Excluir
    7. anônimo 01:29 vc é louco ou trabalha para o Pimentel?

      Excluir
    8. anônimo 01:29 a forma como vc escreve é muito parecida com a do Euler!
      Incrível a semelhança!
      Parece até que são a mesma pessoa...

      Excluir
    9. Seu comentário é do tipo "me engana que eu gosto". O atual governador era do meio político, ex-prefeito de BH, ex-ministro do governo federal e pelos cargos ocupados sabia bem das condições financeiras do estado e se não sabia era um ingênuo. Então conhecendo oda realidade fez promessas que não podia cumprir configura-se mais um caso de estelionato eleitoral. Prometer sabendo que não irá cumprir é, com certeza, uma prática bem comum em todos os partidos políticos e o PT tem se especializado nisso. O que o partido criticava nos outros, ele tornou especialista. Bons tempos aqueles em o PT no interior de Minas era um partido de segregados que lutava por justiça social, hoje mesmo nos pequenos municipios foi tomado por espertalhões que tomaram conta tudo. chega de promessas e de embromação> A conversa é sempre a mesma: " Aguardem,,,tenham paciência,,,< A Cemig não tem paciência comigo,,A Copasa também não..O supermercado não aguarda o pagamento para 2016. Mas, eu PROFESSOR posso esperar..

      Excluir
    10. TEM DINHEIRO PARA COMPRAR HELICÓPTERO, ABRIR MAIS SECRETARIAS E SUBSECRETARIAS E AUXÍLIO MORADIA E SÓ NÃO TEM PARA A EDUCAÇÃO. QUANDO FEZ CAMPANHA EM CIMA DE NÓS TUDO ERA POSSÍVEL, AGORA NADA PODE.

      Excluir
  72. EXCELENTE COMENTÁRIO. Espero que todos vejam a hipocrisia dos deputados do PSDB.
    Acrescento o desesperado Gustavo Valadares.É clara a sua falta de coerência.Lafaete Andrade tb.

    ResponderExcluir
  73. Este DESGOVERNO está conseguindo uma proeza INCRÍVEL, ser PIOR do que o DESGOVERNO anterior. Parabéns. KKKKKKKKKKK!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como pior????? O atual governo não está agindo de acordo com suas promessas. Mas ser pior do que o anterior, é impossível. Será que os educadores estão acometidos da "síndrome da memória curta" ???????

      Excluir
    2. Deixe de ser abestado, esse governo ainda nem começou e quer colocá-lo na mesma vala do governo tucano duns 20 anos no poder sem te atender? Você ainda não tem elementos pra classificá-lo como melhor, nem como pior, pois ainda estamos no início desse ciclo. Vamos ver o que vai ser, se nada do dito for feito, aí sim, vamos fazer o mesmo que fizemos com o outro: Mandar catar latas! Até lá encontre paciência no mesmo lugar que encontrava quando tucaninho sambava na nossa cara e a maioria ainda achava era bom! Tinha gente que não aceitava nem aquela paralisação de um único dia, era um escândalo se um outro professor parava, "tudo ptralha querendo atrapalhar o governo"!

      Excluir
  74. Salve Euller e a tod@s! O carreira/ladeira essa nossa... fazia tempo que não visitava teu blog. Confesso que não tive tempo de ler todas as suas reflexões e inicialmente concentrar-me-ia nos comentários feitos por vári@s usuári@s mas... todos anônimos!? Abç!

    ResponderExcluir
  75. NA ÚLTIMA REUNIÃO DO SINDUTE MG COM EQUIPE DO GOVERNO FOI ABORDADA A VOLTA DA CARREIRA ANTIGA COM AS VANTAGENS PORÉM COM O PISO PROFISSIONAL PROPORCIONAL, O QUE NOS DARIA UMA GRANDE VANTAGEM EM RELAÇÃO AO SUBSÍDIO.O SINDICATO NÃO ACEITOU .INSISTEM EM QUERER GANHAR O PISO DE 40H EM 24H.ESTOU VENDO QUE SAIREMOS PERDENDO NOVAMENTE DEVIDO A ESSE IMPASSE.VCS QUE SÃO SINDICALIZADOS DEVERIAM INSISTIR NESSA PROPOSTA PROPORCIONAL, JÁ QUE É UM FATO PACIFICADO EM TODOS OS TRIBUNAIS. FAÇAM AS CONTAS E VERÃO O QTO VANTAJOSO É GANHAR PISO PROPORCIONAL COM VANTAGENS EM RELAÇÃO A PISO INTEGRAL EM CONTA- GOTAS ATÉ 2018.

    HELENA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo,HELENA. Piso proporcional e as vantagens.Façam as contas.É melhor para todos.Será que o sindicato é insano?

      Excluir
    2. Concordo com vocês. Uma vez que a proporcionalidade pode ser aplicada, não adianta insistirmos no piso integral para 24 horas. Sejamos realistas: o fim do subsídio é um bom começo.

      Excluir
    3. Por que o sindicato não faz reunião com os professores e coloca em votação o que o governo está sugerindo? No dia 31, poderia se fazer isso.Imprimir as propostas, os professores marcam a opção e devolve pro sindicato.Acho que os professores tem direito de opinar.

      Excluir
    4. Concordo plenamente com o piso prporcional.

      Excluir
  76. Muito bem, pintaram, bordaram e abusaram deveríamos ter feito, como foi feito com o governador, deveríamos ter tirado essa corja de desenvergonhados, chega de abuso e descaso com o povo.

    ResponderExcluir
  77. PIMENTEL NÃO ESTÁ COM NADA, QUE PROPOSTA É ESSA COM OS PROFESSORES. DAQUI ALGUNS DIAS TEM GENTE MENDIGANDO PRA PROFESSOR DÁ AULA. COITADOS DE QUEM PRECISA ESTUDAR NA REDE PÚBLICA, ESTAMOS TODOS DESANIMADOS PORQUE O SALÁRIO É UMA VERGONHA E TUDO ESTÁ MUITO CARO,O DINHEIRO QUE RECEBEMOS NÃO ESTÁ DANDO PARA PAGAR ALUGUEL E DESPESAS COMO FICA ESSA SITUAÇÃO? NÃO TEM NEM UM FILHO DE DEUS QUE OLHE PARA NOS.FAZER OUTA COISA É BEM MELHOR QUE IR PRA SALA DE AULA, AGUENTAR DESAFORO, ADQUIRIR DOENÇAS E MAIS DOENÇAS. VAMOS DAR UM BASTA NA SITUAÇÃO QUE A COISA ESTÁ FEIA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo em número, gênero e grau...

      Excluir
  78. Várias centrais sindicais e movimentos sociais estão convocando para manifestações no dia 31 de março. Para esse dia está marcada a nossa paralisação. Será que a escolha da data foi uma mera coincidência? Será que estamos sendo ludibriados? Em tempo: Não vou para as ruas defender partido nenhum!!! Vamos reunir forças para defender a nossa classe.

    ResponderExcluir
  79. Pelo amor de DEUS ,PISO PROPORCIONAL E VANTAGENS.

    A quem posso recorrer para implorar isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você tem Face, é só entrar no da Beatriz Cerqueira ou no do Pimentel e escrever em mensagem. Eu faço isto sempre.

      Excluir


  80. Página Inicial » Brasil

    25/03/2015 - 15:00 - Atualizado em 25/03/2015 - 19:19
    Projeto de lei pode acabar com doutrinação nas escolas

    O deputado Izalci Lucas afirma que o projeto é urgente e necessário para o Brasil

    Aconteceu na tarde de terça-feira, 24, em Brasília, a audiência pública Doutrinação Política e Ideológica nas Escolas. A audiência foi sugerida pelo deputado Izalci Lucas (PSDB-DF), que é autor de um projeto de lei que pretende acabar com essa prática ilegal na sala de aula.

    Professores universitários, do ensino médio e representantes da rede particular estiveram na audiência. Eles confirmaram que os educadores brasileiros têm um viés ideológico de esquerda, até mesmo por causa da sua formação pedagógica.

    O professor de sociologia do Departamento de Educação da Universidade de Brasília (UnB) Braúlio Porto de Matos defendeu que o problema da doutrinação começa na formação dos professores, essencialmente esquerdista.

    O sociólogo da UNB citou o famoso Paulo Freire – tido como patrono da educação brasileira – como um dos autores de pedagogia que, na verdade, usou sua obra para doutrinar os professores em favor exclusivamente das teses da esquerda.

    QUE "AVANÇO" DO PSDB,AO CONTRÁRIO:
    MAIS UM TIRO NO PÉ, POIS A MAIORIA DAS UNIVERSIDADES SÃO CONTRA DILMA, LULA E O PT*.

    http://noticias.gospelprime.com.br/projeto-de-lei-acabar-doutrinacao-escolas/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querem podar a liberdade de expressão. Querem nos tirar o único direito que temos, o da palavra, já que salário, só eles tem. Precisamos divulgar isso e não deixar ir adiante. Que cada um tenha direito a se manifestar, mas, tenha direito, e com educação.Que palhaçada é essa de viés de esquerda? Pq estamos pobres, somos todos de esquerda agora? Coisa mais antiga!!!!

      Excluir
  81. Vamos pressionar o sindute e exigir o piso proporcional e a permanência das vantagens:quinq.,biênios ,pó de giz...É melhor para todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Não dá pra resolver tudo de uma vez. Então vamos aos poucos. Com o piso e as vantagens fica mais fácil depois.

      Excluir
    2. Mas parece que as vantagens antigas, eles do governo não querem!

      Excluir
    3. SIM CONCORDO C VC, vamos pressionar o PISO proporcional na CARREIRA ANTIGA.

      Excluir
  82. Concordo com você! Não podemos perder esse foco : Piso Proporcional e retorno das vantagens retiradas. Vamos defender essa proposta, pois não vejo outra melhor para o momento! Força a todos!

    ResponderExcluir
  83. Não queremos desculpas para o não cumprimento das promessas de campanha.SE o estado está quebrado não era hora de ter cortado nas mordomias da assembleia legislativa . Não vamos aceitar!

    ResponderExcluir
  84. Em São Paulo, os professores da rede estadual fizeram um vídeo muito bacana sobre as péssimas condições das escolas e o total descaso do governo com a categoria e alunos. Está na hora do Sindute também lançar campanhas na mídia sobre a nossa situação, preparando o terreno para a greve, que pelo que vejo, será inevitável.

    ResponderExcluir
  85. Pessoal, FIQUEM ATENTOS...
    A SINDUTE já mostrou "sua eficiência".....(buá..buá..)
    Que preguicinha desse pessoal... (dos representantes de Araxá, principalmente)
    Prof. Cidinha

    ResponderExcluir
  86. Pimentel foi outro enganador igual ao Rogério Correia que só tem um discurso falar mal do Aécio. Infelizmente fomos enganados novamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conseguem ser piores que Aécio/Anastasia.

      Excluir
    2. Difícil ser pior que eles.

      Excluir
  87. joao leite quer continuar com a lei 100 e o PT apoia, ou seja joao leite para governador sendo a sim perfessores acabaram as perfissao dos senhores(as).

    ResponderExcluir
  88. Publicação do facebook da Beatriz Cerqueira:

    A reunião com o Governo marcada para hoje a tarde acabou de ser cancelada!
    Em 3 meses, o governo não fez uma única reunião para discutir a situação dos servidores da Lei 100/07, as pastas de aposentadoria continuam paradas nas SREs ou simplesmente não são recebidas, apesar do compromisso da Seplag de que isso seria resolvido, quem adoeceu trabalhando no estado não sabe como ficará sua situação!
    Fico com a sensação de que o governo enfiou a cabeça num buraco. E não tira!

    ResponderExcluir
  89. Quem tudo quer, tudo perde. Assim diz um antigo ditado popular, não é mesmo? Pois é, e assim pode acontecer novamente conosco. Nós, educadores, temos que entender que as coisas não virão assim num estalar de dedos. Estamos vindo de uma dúzia de anos de desgoverno do PSDB que nos assolou, enquanto assistíamos os outros servidores terem aumento em seus salários. A polícia está recebendo bem hoje em dia, mas esse aumento foi paulatinamente acertado nos últimos quatro anos de PSDB. Agora nós, professores, temos que aprender a ter paciência e aceitar de imediato o que o governo tem a oferecer e pronto. Não que temos que ser acomodados, é claro que não, mas um estrago de doze anos e com um orçamento previamente aprovado em outra gestão no ano passado, não teremos muita coisa mesmo não. O sindute tem que aceitar a volta do vencimento básico mesmo com as restrições impostas pelo governo. Depois, a cada ano, e com novos orçamentos aprovados pelo governo do PT, aí sim, vamos ter condições de crescermos nas negociações e termos melhorias mais substanciais. Não esqueçamos o ditado, "Quem tudo quer, tudo perde".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colega preste atenção:Para conceder o auxílio moradia e etc mais o aumento de uma noite para o dia de 40% aos puxas sacos eles não precisaram esperar o orçamento de uma ano para o outro.Eles não viram nada disso que vc fala.Tadinho de nois tudo nois .NÃO E NÃO.Ou impomos mais respeito ou vamos ficar vivendo de esmolas sempre.Tem dinheiro e muito basta pedir a presidenta ou essa constituição é para inglês ver???? Nós somos muito resignados.Eu odeio essa palavra.Temos que lutar para sermos valorizados.O dinheiro é para a educação, saúde etc e não para os ladróes colocarem nos seus próprios contracheques .Não concordo com essa conversa de gente humilde e boba.EU SOU EDUCADOR BRASIL EU QUERO SER RESPEITADO PELO AMOR DE DEUS

      Excluir
  90. Os governos nos imaginam mendigos, talvez observando nossos contracheques até estejam certos, por esse motivo todo alarme para a volta da merendinha na escola. Podem comer professores, Não deixaremos que morram de desnutrição. O governo anterior cometeu a insensatez de proibir e o atual julga estar concedendo à classe um enorme. Como diz uma canção do Skank: " Uma esmola pelo amor de Deus". Cansei. Já me decidi, nunca mais entro em uma seção eleitoral e deposito meu voto para qualquer candidato, pois não há nenhuma diferença entre os políticos dos diversos partidos. Todos exatamente iguais, pensam apenas no próprio bolso.

    ResponderExcluir
  91. PARALISAÇÃO 31/03/15 !!!
    Vejam convocação sindute...
    É hora de mostrar o quanto estamos insatisfeitos.Chega de sofrer!
    Mobilizemo-nos agora ou nos calemos para sempre!!!!

    ResponderExcluir