terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Uma outra mídia é possível... em Minas, e no Brasil



Atualização em 28/12 - domingo: Ministros da Dilma - Muita gente ficou surpresa com o novo ministério da presidenta Dilma. Confesso que eu não. Porque não esperava que ela colocasse nos ministérios uma equipe completa de esquerda. Dilma foi eleita com um amplo leque de apoios, que vai da esquerda até setores da direita fisiológica. Ela não tem maioria no Congresso Nacional, a não ser quando negocia ministérios e favores e verbas parlamentares para obras. Isso faz parte do jogo democrático, ou da democracia limitada que nós, brasileiros e brasileiras, conseguimos construir até agora. Além disso, Dilma está sob forte pressão no congresso e sobretudo da mídia golpista, que não se cansa de tentar privatizar a Petrobras e envolver a presidenta Dilma e Lula no chamado escândalo da Petrobras. Escândalo que, como dissemos, precisa ser apurado até as últimas consequências, e não apenas quando respinga em políticos do PT. Mas, voltando ao ministério. Considero que Dilma tenha montado este primeiro ministério para enfrentar a crise interna no Brasil - a mídia - o principal causa da crise -, os golpistas no congresso, na PF, na Justiça, enfim, é um ministério político para garantir a chamada governabilidade. E a partir daí é que deve estar concentrada a nossa preocupação: quais serão as linhas gerais da política do novo mandato Dilma? Se cumprir os compromissos de campanha, investindo mais em Educação pública, em Saúde, na manutenção e fortalecimento dos programas sociais, na não privatização da Petrobras, no conteúdo nacional e social do pré-sal, e no início de uma regulamentação da mídia - para que seja democratizada - e nos aumentos reais do salário mínimo, tudo bem. Terá o apoio crítico de parcelas crescentes da população. Ministros de estado obedecem ordens e seguirão às determinações da presidenta Dilma.

Frente de esquerda - Já se fala muito na formação de uma frente de esquerda para enfrentar a direita golpista. Esta frente reuniria diversos partidos de esquerda e movimentos sociais, sindicais e estudantis. Seria uma boa iniciativa para reocupar as mobilizações de rua, que ultimamente têm sido ocupadas por bandos de neofascistas, saudosistas da ditadura. A rua é do povo, e especialmente dos de baixo, que transitam nela à pé e de ônibus diariamente. Essa elite privilegiada que resolveu marchar por alguns minutos pelas ruas é um corpo estranho. Claro que eles têm direito também de irem para as ruas. Mas, as ruas são do povão, não tenhamos dúvida disso. E é preciso que os de baixo não se deixem manipular pelo discurso enganoso da direita golpista e de sua mídia. A direita só tem um discurso: contra a corrupção, embora seja a mais corrupta de todos. O problema é que eles controlam os meios de comunicação e com isso abafam todos os casos dos escândalos envolvendo os tucanos, desde a privataria tucana, que teve o apoio da mídia, e que foi a maior entrega de patrimônio público para os interesses privados. A corrupção na Petrobras é um pingo no Oceano se comparada com o que o país perdeu com a privataria tucana. Empresas como a Vale do Rio Doce, CSN, rede ferroviária nacional, entre outras, que valiam juntas centenas de bilhões de reais foram praticamente doadas para grupos privados nacionais e estrangeiros. E a mídia se calou e se cala até os dias atuais. E o que dizer do Trensalão tucano de SP? E do mensalão tucano de Minas, anterior ao chamado mensalão do PT, o qual não se provou haver nenhum centavo de dinheiro público, ao contrário do mensalão tucano de Minas? Mas, isso a mídia não diz nada, pois os tucanos são inimputáveis. Pausa para o café da manhã. Daqui a pouco escrevo algumas linhas sobre o novo governo de Minas.

Governo de Minas - A vitória de Pimentel em Minas, derrotando os tucanos, teve um simbolismo todo especial. Agora é preciso acompanhar e cobrar os compromissos de campanha, especialmente com os educadores de Minas, que foram maltratados pelos tucanos. Mas, não se deve cobrar com irresponsabilidade. Quando leio em alguns comentários que algumas pessoas já estão contra o governador antes mesmo dele tomar posse, percebo que aí não se trata de educadores, mas de pessoas ligadas aos tucanos, que ainda estão ressentidas com a derrota nas urnas. Calma, pessoal. Deixa o Pimentel tomar posse primeiro, fazer um levantamento das contas - na verdade deveria fazer uma auditoria - e em seguida apresentar suas diretrizes políticas para os quatro anos de governo. Isto sem falar que os tucanos e sua base de apoio na assembleia legislativa estão deixando o governo de cofres vazios e sem sequer aprovar o orçamento do estado para o ano de 2015. Como consequência disso, Pimentel terá que governar o primeiro ano do seu mandato com limitações orçamentárias e legais. Claro que se espera que ele estabeleça um novo diálogo com  os profissionais da Educação, e que assuma metas claras visando restabelecer direitos e conquistas em relação à carreira dos educadores, às condições de trabalho e aos salários, principalmente, que estão defasadíssimos. É vergonho um professor com 15 anos de casa continuar ganhando de salário bruto em torno de dois salários mínimos. No município de BH, um professor com este tempo de carreira e com um cargo apenas - e jornada de 22h30 - não ganha menos que R$ 3 mil reais. Então é preciso que haja uma revisão geral nas carreiras dos educadores e substancial melhoria salarial. Não acho que isso acontecerá no primeiro ano do mandato de Pimentel - pode e deve ser um ano de conquistas para os próximos anos. Mas, é preciso que pelo menos ocorra a correção salarial este ano de acordo com a inflação. Se houver conquistas substanciais na carreira e nos salários para os próximos anos a categoria terá motivos para comemorar. Além da comemoração que já ocorreu com a derrota dos tucanos. Fora dessa perspectiva me parece demagogia, ainda que todos tenham a liberdade de querer o céu. Para quem passou 12 anos de arrocho salarial durante os governos tucanos, esperar um pouco mais, claro que com luta e com conquistas reais, não será tão doloroso assim. Finalmente, caso se perceba que o governo tenha o mesmo comportamento dos tucanos, aí só restará uma nova luta para derrubá-lo. Simples assim. Mas, nada de antecipar essa luta sem nem mesmo dar a chance ao novo governo de mostrar a que veio. 




O grande cantor cubano Pablo Milanés

Atualizações em 20/12 - sábado: CUBA - Finalmente o decadente império norte-americano resolveu reatar relações com Cuba, após anos de criminoso isolamento. Os coxinhas brasileiros adoram citar Cuba como se fosse uma terrível ditadura, que massacra o seu próprio povo. Nada mais falso. Cuba é um país pobre, com cerca de 11 milhões de habitantes, mas cujo povo, sob a liderança de Fidel, Che e outros, conseguiu a proeza de transformar uma ilha que funcionava como balneário dos ricaços norte-americanos em uma nação com mais igualdade e justiça social. Enquanto os países ricos exportam guerra, tanques, destruição, inclusive econômica, Cuba exporta médicos para o mundo inteiro. Há muito que Cuba exterminou com a fome, a miséria, o analfabetismo em seu país. Claro que tem seus problemas internos - quem não os tem? A nossa presidenta Dilma foi muito criticada por ter financiado, com dinheiro do BNDES, o porto de Mariel em Cuba. Foi um ótimo negócio para o Brasil e para Cuba. Cuba ganhou um porto, que é estratégico para eles. O Brasil fortaleceu os laços com o país latino-americano e ganhou milhares de empregos. A mão de obra usada para construir o porto foi quase toda brasileira. As matérias primas e equipamentos, quase todos da indústria brasileira. O empréstimo feito para as empresas que construíram o porto terá que ser pago normalmente, como acontece com qualquer empréstimo bancário. Foi um ótimo negócio para o Brasil. Se os EUA pudessem teriam feito o mesmo, e os coxinhas daqui iam aplaudir, porque têm complexo de vira-lata colonizados. Adoram elogiar tudo o que os EUA e  os países ricos da Europa fazem e criticam tudo o que o Brasil e os vizinhos latino-americanos realizam.

UNASUL - Por falar nisso, nossa mídia também vira-lata e colonizada não deu o menor destaque para o encontro entre os presidentes dos países da América do Sul em Quito, capital do Equador. Houve avanços significativos, inclusive aqueles voltados para fortalecer as democracias na América Latina, e criar uma escola para a área da defesa, substituindo a escola criada pelos EUA para treinar oficiais na cartilha do golpe e do neofascismo. A implantação da cidadania sul-americana, que garantirá o direito a qualquer cidadão de livre trânsito, e trabalho, e estudos, em todos os países da região, foi outro importante passo. Viva a América Latina. A mídia colonizada brasileira não deu também a menor bola para o encontro dos BRICS aqui no Brasil, que criou um banco internacional. Quando os EUA e países ricos da Europa dão uma declaraçãozinha qualquer a mídia daqui reproduz o dia inteiro nos noticiários. Êta povo colonizado, gente, essa elite brasileira! Eles trabalham contra o Brasil e só sabem falar em crise interna, que o país está quebrando, que a inflação vai disparar, que o mundo vai acabar. Êta povo mau agourento, o dessa mídia serviçal das elites colonizadas. Mas, enquanto isso, engulam, senhores: a inflação de 2014 ficou dentro da meta prevista pelo governo; o desemprego, abaixo dos 5%, o que caracteriza pleno emprego. Isto apesar da violenta crise internacional e do bombardeio midiático seletivo em torno da questão do escândalo da Petrobras.

DIPLOMAÇÃO - E não é que até hoje os tucanos não aceitaram a derrota nas urnas tanto no Brasil quanto em Minas? Tentaram que tentaram impedir a diplomação da presidenta Dilma e do agora governador Pimentel. Não adiantou. A maioria da população já se pronunciou nas urnas, rompendo o cerco midiático que os tucanos detêm país afora, inclusive em Minas. Viva o povo brasileiro, que não se ajoelhou perante o terrorismo chantagista da mídia golpista e votou pela continuidade de mudanças sociais, no plano federal, e por mudanças profundas no plano estadual. É hora agora dos novos eleitos tomarem posse, governarem e cumprirem o que prometeram.

MINAS - Um dos compromissos de campanha de Pimentel é com os educadores de Minas. Claro que ele não fará mágica, e não adianta cobrarem que ele devolva tudo o que foi retirado e corrija todos os problemas acumulados em 12 anos num passe de mágica. O importante é que haja clara sinalização do que se pretende fazer. A abertura de canais de comunicação, por exemplo, será um passo importante. E depois, dar respostas claras aos muitos problemas criados na área durante a gestão tucana. Vou enumerar alguns: a) a devolução da carreira destruída, b) o pagamento do piso salarial nacional, c) o restabelecimento de critérios que valorizem os servidores de carreira, d) o estudo, com carinho e atenção, da situação dos servidores contratados mais antigos, e que não podem ser jogados na rua, e) a real democratização na educação pública, sem a prática de perseguição, de mandonismo de cima para baixo, e estabelecendo mecanismos institucionais de diálogo permanente. Pimentel vai pegar um pepino, um estado quebrado, a verdade é essa. Mas, com boa vontade, com diretrizes políticas corretas, e com uma ajudazinha da presidenta Dilma, acho que será possível construir um bom governo para o bem de Minas Gerais. Vamos torcer para que seja assim. E cobrar também, claro, sem esse tipo de cobrança vazia, do tipo "ah, é tudo a mesma coisa", que isso não contribui com nada.


***


Uma outra mídia é possível... em Minas, e no Brasil

Terminadas as eleições, com a derrota acachapante de tucanos e linhas auxiliares – tipo Marina Silva e pastores de direita – é hora de recolocar uma questão central para a democracia brasileira: a construção de outra mídia.

Desde que a ditadura
civil-militar foi parcial e formalmente derrubada no Brasil em 1985, a democracia implantada vem sendo constantemente ameaçada. Uma das principais causas dessa ameça que paira sobre a nossa frágil democracia é o monopólio da mídia nas mãos de poucos grupos ou famílias comprometidas com o golpismo, com o neoliberalismo, com o imperialismo norte-americano e com tudo de ruim, em desfavor da grande maioria do nosso povo.

Não tenho o menor receio em dizer que o Brasil dos de baixo só não está melhor em função do bombardeio ideológico que a chamada grande imprensa submete o povo brasileiro. Basta ler as manchetes dos jornais e revistas, ou ouvir algum comentarista da Globo, da Band, da Itatiaia, do SBT, entre outros. Todos eles, com raríssimas exceções, estão ideologicamente ligados aos interesses das elites dominantes. Todos eles despejam diariamente notícias negativas sobre o Brasil e escondem os avanços, muitos deles importantes, como a redução da miséria, a retirada do Brasil do mapa da fome, entre outras.

Uma imprensa com este grau de concentração nas mãos de um grupo que é anti-povo não pode resultar em coisa boa. São milhares de notícias negativas sobre o Brasil, sobre os programas sociais, sobre as lutas sociais, sobre os movimentos sociais, todos eles criminalizados como se fossem bandidos. Até as questões essenciais, como a divisão do orçamento público dos governos, deixam de ser discutidas. Quanto se gasta com as políticas sociais e quanto se gasta com juros de pagamentos de dívidas públicas? Seria importante que a sociedade discutisse este tema, entre outros.

O governo federal, sob a liderança do PT, ainda que em aliança governamental com setores da direita fisiológica, tem sido vítima diária deste bombardeio da mídia golpista. Não se trata aqui de uma informação irresponsável da minha parte, não. Um minucioso estudo feito por pesquisadores da UERJ, que ficou conhecido como “Manchetômetro” (veja o link aqui), revelou, durante a campanha eleitoral, o altíssimo percentual de notícias e manchetes negativas contra o governo Dilma e contra o PT, enquanto os partidos e governos de oposição e seus candidatos eram poupados.

Claro que não precisaria de nenhum estudo científico para chegar ao mesmo resultado do Manchetômetro. Basta ouvir a Rádio Itatiaia, ou a Band News, ou a Rede Globo em quaisquer dos seus veículos (e são muitos) e será possível perceber a carga de ódio ideológico dos comentaristas contra o PT, contra a presidenta Dilma, contra Lula, contra os movimentos sociais, contra o povo brasileiro, enfim.

As raízes deste posicionamento ideológico de direita e neoliberal da mídia brasileira podem ser encontradas lá no golpe civil-militar de 1964. Praticamente toda a grande mídia – à exceção, na época, da TV Excelsior e do jornal Última Hora –, apoiou o golpe de 1964. A Rede Globo, por exemplo, se tornou o império que é atualmente graças ao golpe de 1964, ao qual apoiou, do qual se beneficiou e ao qual sobreviveu. A Folha de SP, da mesma forma, não só apoiou na linha editorial, como emprestou seus automóveis para a ação dos bandos de terroristas de estado travestidos de órgãos da repressão policial.

Mas, além deste vínculo
ideológico com a direita golpista, que durante 20 anos perseguiu, prendeu, torturou, exilou e executou centenas de cidadãos que se opuseram ao golpe e a seus desdobramentos, os  coronéis da mídia defendem também os seus interesses de classe, ligados aos de cima. Os donos da mídia do Brasil são grandes empresários, ricaços, que não têm qualquer compromisso com a história do povo brasileiro. Estão preocupados é com o faturamento de suas empresas de comunicação, como qualquer outro negócio, e sabem que este faturamento é sempre mais generoso quando se relacionam com governantes de direita e neoliberais. Não que os governos como os do PT também não sejam generosos com a mídia. Pelo contrário: Lula e Dilma nunca cortaram a bilionária bolsa-mídia que enche os cofres dos grandes meios de comunicação. O que aliás é uma grande falha, ou covardia, dos governos do PT.

Mas, os donos da mídia não se contentam com a generosidade publicitária dos governos do PT. Eles querem mais. Para eles, é um absurdo que se invista alguns bilhões de reais com bolsa família para os pobres, e com outros programas sociais. Este dinheiro, na visão da direita golpista brasileira, deveria ser usado para os projetos dos ricos, dos banqueiros, dos empreiteiros, entre outros.

Além disso, os donos da mídia – e os jornalistas que aparecem com destaque comungam com suas ideias, do contrário não seriam contratados por eles – são ligados aos interesses do capital mundial. Não é à toa que defendem a privatização de tudo, que são contrários à reserva de mercado para a frágil indústria local, que são a favor de uma política externa aliada aos EUA e aos países ricos da Europa. É uma mídia colonialista, que não saiu ainda do Brasil colônia, quando éramos apenas fornecedores de riquezas para os países ricos.

Quando o PT, com todos os seus equívocos e covardias e fraquezas, ainda assim desenvolveu uma política interna de fortalecimento do mercado nacional, com aumentos reais de salários e maiores investimentos em programas sociais, a mídia brasileira não o perdoou. No manual neoliberal, política de estado boa é aquela que combina choque de gestão, ajuste fiscal, superavit primário,  e controle da inflação baseado no arrocho salarial e no desemprego em massa. Foi este o receituário defendido por Aécio Neves com 100% de apoio da grande mídia brasileira.

No momento atual,
a mídia tenta quebrar a maior empresa estatal brasileira, a Petrobras. As práticas de corrupção e superfaturamento agora – vejam bem, somente agora, no governo Dilma – apuradas, denunciadas e com prisões de grandes empreiteiros, na verdade não são de agora. Sempre existiram. Aliás, são práticas comuns em todo o Brasil e em praticamente todas as obras públicas. Não sou louco ou irresponsável de afirmar que em 100% das obras licitadas ocorrem práticas de superfaturamento, caixa dois, corrupção, propina, etc. Não cometeria um erro desses. Mas, que é público e notório que na maioria das obras contratadas pelos governos das diversas esferas, dos diversos partidos, isto acontece já de longa data, ninguém pode negar.

Toda essa propaganda midiática sempre contra o governo Dilma e Lula não passa de mais uma covarde tentativa de desgastar o governo Dilma e de colocar nas costas de um partido político o peso de toda uma prática lesiva aos interesses públicos, que é realizada por praticamente todos os partidos, à exceção talvez do PSTU e do PSOL que não governam em nenhum estado, ainda. A corrupção no Brasil é um grande problema, sem dúvida. E é cultural, até. Ela existe não apenas por parte de agentes públicos, não. Ela  existe inclusive no nosso dia a dia, quando, de alguma forma, os cidadãos tentam levar vantagens para auferir ganhos ilícitos. Muita gente deixa de declarar corretamente o imposto de renda; outros apelam para o suborno do guarda da esquina; enfim, de muitas formas ocorrem práticas que não são as mais republicanas. A mídia brasileira, de maneira alguma tem autoridade moral para cobrar de qualquer governo uma postura decente. Ela compactou com a ditadura, ela compactua com práticas de corrupção e desvios da oposição golpista, ela blinda governos com os quais tem afinidade ideológica e de interesses de classe. Enfim, a mídia brasileira é golpista – haja vista o que ela apronta durante as campanhas eleitorais – e foi condescendente com práticas que hoje ela condena.

Vou dar um exemplo, no âmbito do caso Petrobras. A mídia pouco divulga que foi durante o governo FHC que se quebrou a regra comum ao serviço público da exigência de licitações para contratação de bens e serviços. Está certo que a quebra dessa regra em 1988 por FHC foi mantida por Lula e por Dilma, mas esta iniciativa, que está na raiz do atual escândalo na Petrobras, nasceu no governo FHC. O próprio ministério público reconhece que as denúncias feitas pelos delatores – que são bandidos confessos – vêm de longa data, anteriores aos anos dos governos do PT.

Não estou aqui defendendo nenhum partido em relação às práticas de superfaturamento e caixa dois. Quem errou, tem que pagar. Mas, é fato que estas práticas são antigas e estão ligadas ao sistema de financiamento de campanha eleitoral, que é caríssimo e requer dinheiro que os partidos não têm por fontes próprias e legais. Todos os candidatos mais fortes na corrida eleitoral receberam dinheiro das empreiteiras que agora estão denunciadas pelo escândalo na Petrobras. Foram doações legais, é o que consta. Embora seja dinheiro legal, contabilizado, fica claro que o sistema eleitoral brasileiro está sendo mantido com dinheiro superfaturado das obras públicas. E é isto que precisa mudar.

Aí eu pergunto a vocês
: quem não quer mudar isto? Os tucanos, por exemplo, não querem. O PT e os partidos de esquerda querem. Aliás, a maioria dos ministros do STF já votou pelo fim do financiamento de campanha pelas empresas. Contudo, o ministro Gilmar Mendes, indicado por FHC e um claro defensor dos tucanos na alta corte brasileira, pediu vistas da ação e está postergando seu voto, impedindo, com isso, que seja proclamado o resultado final. Isto, a mídia golpista não esclarece ao povo brasileiro.

A mídia faz uma verdadeira novela seletiva dos escândalos na Petrobras, com o claro objetivo de quebrar a Petrobras, de entregar o Pré-sal para os gringos e de colocar na conta do governo Dilma toda a responsabilidade para as denúncias seletivas que a mídia faz.

Isto constitui uma irresponsabilidade e um desserviço ao país e ao povo brasileiro. Primeiro, porque é justamente no governo Dilma que a Polícia Federal teve autonomia para investigar este e outros casos de corrupção e propina – que a mídia não noticia, como é o caso do Trensalão dos tucanos em SP. Segundo, porque a mídia faz uma denúncia seletiva, escondendo as ligações mais profundas das empreiteiras com práticas semelhantes em todo o país, nas diversas esferas de poder, e envolvendo políticos de vários partidos, inclusive do PSDB. Terceiro, a mídia não esclarece ao povo brasileiro que estes esquemas estão ligados ao sistema eleitoral vigente, baseado no financiamento privado de campanha eleitoral. A própria mídia ganha muito dinheiro com este esquema, pois indiretamente ela acaba obrigando os governos a fazerem enormes campanhas publicitárias para não perderem apoio popular.

Portanto, fica cada vez mais claro que nós, os de baixo, precisamos de uma outra mídia. Claro que hoje nós temos a Internet com os blogs “sujos” que fazem um importante contraponto aos golpismos da mídia e dos agentes públicos envolvidos nas conspirações contra o governo eleito legitimamente. Mas, a força da Internet ainda não alcança um percentual desejável para se contrapor ao cerco midiático imposto pela mídia golpista. Seria preciso que houvesse pelo menos um grande jornal nacional, uma ou mais revistas, uma ou mais rádios e TVs controlados por pessoas independentes, progressistas, de esquerda.

Esta é uma verdadeira frustração da minha parte, e acredito que da parte de centenas de cidadãos brasileiros. Os governos ditos de esquerda não tiveram a coragem de patrocinar a criação de uma mídia independente, uma mídia popular, que fortalecesse uma escola de jornalismo não vinculada a estes grupos que são verdadeiras máfias midiáticas.

Portanto, coloco aqui o desafio por parte dos governos do PT e também por parte dos movimentos sociais, dos sindicatos, das entidades estudantis, enfim, de todos os que lutam por um Brasil mais justo, menos desigual, menos dominado por gangsteres de colarinho branco. É preciso construir uma outra mídia para se contrapor à mídia golpista. Não é preciso abolir a mídia que existe aí, não. Que ela dispute as publicidades de mercado, já que ela é tão favorável à privatização de tudo. Aliás, todos nós deveríamos questionar o discurso dessa mídia que só fala em privatização e neoliberalismo: por que vocês não abrem mão das verbas publicitárias das estatais e dos governos federal, estaduais e municipais?

Até mesmo para fortalecer as lutas sociais, as demandas dos trabalhadores – como a dos educadores de Minas – seria importante que houvesse uma mídia independente. Quem não se lembra dos boicotes que nós sofremos durante as nossas greves, e de como a mídia se omitiu durante a destruição das carreiras dos educadores pelo governo tucano em Minas? Ou de como o piso salarial nacional foi burlado em Minas e no Brasil, com o silêncio cúmplice da mídia? Ou de como o direito de greve, pisoteado por alguns desembargadores, não foi questionado através da mídia?

Uma mídia popular e independente teria outra postura. Não estaria vinculada aos interesses de nenhum governo e defenderia os interesses dos de baixo. Poderia e deveria até apoiar um governo popular e de esquerda que fosse ameaçado pela direita. Como é o caso do governo Dilma, ameaçado o tempo todo pela mídia, pelo congresso, pelo TSE, enfim, pelos senhores de engenho dos tempos atuais.

A população brasileira precisa deste contraponto diário ao noticiário que é produzido pela mídia golpista. Do contrário, não demorará muito para que a direita forme o seu exército fascista e tome o poder, no voto, ou através dos tribunais, ou pela força. A direita cresceu muito em representação parlamentar. E a fonte deste crescimento é a mídia golpista com sua versão anti-povo, anti-Brasil, anti-governo Dilma, anti-movimentos sociais. Eles atacam diariamente os defensores dos direitos humanos, e tratam as questões sociais de forma rebaixada, como se pudéssemos resolver tudo implantando uma linha dura, leis duras, repressão e tortura. Nada mais falso.

No fundamental dos problemas brasileiros está a desigualdade, a ausência de políticas públicas de qualidade na Saúde, na Educação, na moradia, no transporte público. Como o estado brasileiro trata mal aos de baixo, claro que o resultado é o aumento da criminalidade, da violência provocada por um tipo de disputa de mercado chamado tráfico de drogas. Sem opção adequada de trabalho, escola, lazer, cultura, muitos acabam se dirigindo para o crime organizado. Mas, não sejamos hipócritas: os crimes cometidos pelos de cima são bem maiores, bem mais nocivos ao povo brasileiro do que os recortes de notícia sensacionalistas com os chamados bandidos das “periferias” do país. Somente em sonegação de impostos, por exemplo, que a mídia nem toca neste assunto, o país perde bilhões de reais anualmente, mais até do que o que se perde com a corrupção. Quantas escolas e postos de saúde e hospitais e moradias deixam de ser construídos anualmente por conta da sonegação feita pelos de cima, principalmente?

Então, pessoal
, é preciso construir uma outra mídia para construirmos também uma outra cultura no país. Uma cultura de respeito ao próximo, de solidariedade, de valorização das coisas boas que são feitas no cotidiano das pessoas; de incentivo às milhares de práticas de ajuda mútua; de formação de uma visão de Brasil mais humanista, menos repressora, mais voltada para a justiça social, menos neoliberal, mais voltada para a inclusão de todos, e menos voltada para pequenas elites privilegiadas; que respeite as diferentes correntes de pensamento, que valorize os muitos fazeres cotidianos, e não apenas o consumismo como um fim em si mesmo.

Nos próximos anos, vou cobrar isso de Pimentel, da Dilma e dos movimentos sociais e das pessoas com as quais convivo diariamente. É preciso construir uma mídia alternativa, popular, independente, de esquerda, para se contrapor ao cerco midiático da mídia golpista.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

                                    ***


 Grande camarada Bambirra - Presente! -, com quem tive a honra de conviver nas lutas políticas no início dos anos 80.

 Acima (E), Bambirra Júnior, parecidíssimo com o pai, e a jornalista Maria Auxiliadora Bambirra, viúva do homenageado.

 O diretor Wladmir, acompanhando a entrevista na rádio da escola.


Do nosso amigo e professor da rede estadual Wladmir Coelho, que é diretor da E.E. Coração Eucarístico, recebo a importante notícia a seguir:

Espaço Cultural “SINVAL BAMBIRRA

A Escola Estadual “Coração Eucarístico” recebeu a visita da jornalista Maria Auxiliadora Bambirra e Sinval de Oliveira Bambirra Júnior.


Durante a visita a viúva do ex-deputado Sinval Bambirra concedeu entrevista à Rádio Escola Conexão e participou de uma roda de conversa com alunos do ensino médio, professores, a representante da ONG Internet sem Fronteiras e estudantes de comunicação do UNI-BH.


A comunidade da Escola Estadual “Coração Eucarístico” prestou ainda uma homenagem ao líder operário criando o  Espaço Cultural “Sinval Bambirra” .

https://www.facebook.com/pages/Escola-Estadual-Cora%C3%A7%C3%A3o-Eucar%C3%ADstico/236743823086563?ref=hl


Comentário do Blog: Parabéns ao Wladmir, aos professores, aos alunos e demais educadores do Coração Eucarístico, além dos familiares de Sinval Bambirra. No início dos anos 80, fui amigo e companheiro de lutas do Bambirra, um destacado combatente social. Líder sindical dos tecelões, foi deputado estadual pelo antigo PTB de Jango e Brizola, tendo sido cassado com o golpe de 1964. Foi exilado político, sofreu torturas, mas jamais abandonou as causas populares em defesa do nosso povo. Os profissionais da Escola Coração Eucarístico, ao prestar esta homenagem ao valoroso Bambirra, faz um importante resgate da nossa história recente. Das Minas que resistiu ao golpe - lembro aqui que o Wladmir já homenageou também o jornalista José Maria Rabêlo, fundador do jornal Binômio, e outra importante liderança de esquerda que foi exilado, retornou ao Brasil com a abertura política e, juntamente com Brizola, Bambirra, João Luzia e Theotônio dos Santos, entre outros, continuou a luta por transformações sociais e políticas no país. 
                                    ***

215 comentários:

  1. Até nossa vitória.... Parece que esse dia não vai chegar nunca. Aff

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É....infelizmente sou obrigado a concordar. As coisas estão piorando muito rapidamente, o que me faz lembrar de um discurso de Cristovam Buarque onde afirmou : " Depois de séculos de ataques destrutivos á educação brasileira, nada mais há a fazer, senão apenas medidas palhativas"

      Excluir
  2. Euler,
    Sempre fui admirador de sua postura crítica e de seu firme posicionamento na defesa dos princípios éticos na política e no serviço público. Mas, seus últimos comentários me deixaram perplexo, pois está faltando apenas você defender que roubar e corromper valem desde que feito por nossos aliados. Me desculpe, mas nesse momento não vejo apenas movimentos midiáticos anti-pt, vejo uma roubalheira descontrolada e absurda que dilapida nosso patrimônio e que humilha nosso povo. Sou muito crítico em relação ao Governo FHC, mas o atual não deve nada a ele ou melhor aperfeiçoou as práticas ruins, colocando gente da pior qualidade a frente do serviço público. Não podemos nos cegar. A política no Brasil transformou-se num mar de lama. Observe que a atual presidente noa consegue nem se pronunciar, o pt se cala e so você é a voz solitária na defesa dessa bandalheira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anônimo das 17:17,

      em qual parte do meu texto eu defendo que os aliados podem roubar? Fui muito claro ao dizer que quem errou tem que pagar, independentemente do partido a que pertença. Agora, não é verdade que o Brasil atual esteja vivendo um "mar de lamas". Isto é papo da oposição golpista e de sua mídia. O Brasil sempre esteve envolvido em grandes esquemas de corrupção, desvios de verbas, favorecimento às elites dominantes, internas e externas. Se a mídia que você acompanha escondeu isso de você, cobre dela.

      A diferença é que agora muita coisa está sendo investigada, denunciada e está produzindo resultados, com a prisão de pessoas envolvidas, inclusive empresários de peso; somente agora estamos vendo os envolvidos devolvendo dinheiro roubado, coisa que antes não acontecia.

      Mas, não sejamos ingênuos. Esta campanha da mídia golpista contra a Petrobras tem objetivos muito maiores do que a denúncia contra a corrupção e o superfaturamento. A mídia brasileira sempre foi conivente com práticas semelhantes em outros tempos. Se agora denuncia de forma SELETIVA, é porque tem objetivos claros.

      Um destes objetivos, como destaquei no post, é enfraquecer a Petrobras e abrir caminhos para a doação do Pré-sal para as empresas estrangeiras; o outro objetivo é desgastar o governo federal, para impedi-lo de colocar em prática políticas públicas em favor dos de baixo. Um governo fraco não terá condições de fazer mudanças profundas. Talvez haja outros objetivos, como agora aparecem em alguns blogs, como o da geopolítica na disputa entre EUA, Rússia, Irã, entre outros.

      O melhor que se pode fazer é procurar outras fontes de informação além da revista Veja, ou da Globonews, ou da Itatiaia, pois estas são figuras carimbadas, sempre prontas para servir aos esquemas de poder das elites dominantes.

      Excluir
    2. Euler,
      Observe meu texto não disse que você escreveu ser favorável a roubalheira, apenas disse que o raciocínio levava a esse entendimento, mas tudo bem. Não quero polemizar com você, pois em vários momentos estivemos do mesmo lado do muro, do lado da educação e de seus profissionais, Respeito sua posição. Se pareci agressivo, peço desculpas. Mas estou com saudade dos posts falando sobre nossa causa, nossos problemas e sua visão de como o novo governo vai enfrentar a questão. Mesmo fora da docência você ainda é um dos nossos. Divergências a parte, meu respeito e minha admiração por sua trajetória. Mas, estou triste com tanta notícia ruim,,,,estou
      Um abraço fraterno

      Excluir
    3. Gracieusa Brito @GracieusaBrito17 de dezembro de 2014 00:23

      Amigo Euler, agora a Petrobras vai subir nas bolsas de valores pelo mundo pois estamos pedindo Dilma para RECOMPRAR todas as ações que foram vendidas pelo FHC a preço de bananas e que agora eles estão brincando de sujar o nome da empresa. Vamos ver se eles agora vão brincar com a cara da empresa.

      Excluir
    4. GracieusaBrito @GracieusaBrito17 de dezembro de 2014 03:30

      Em tempo: Me esqueci da fonte, amigo.
      " Negócio mais polêmico da Petrobras vem da era FHC "
      http://www.brasil247.com/pt/247/rs247/133838/Neg%C3%B3cio-mais-pol%C3%AAmico-da-Petrobras-vem-da-era-FHC.htm

      Excluir
    5. Caro colega das 17:17

      Sua colocação ficou muito clara e já há um bom tempo também tenho tido a mesma sensação quando leio os textos postados por Euler... Até mesmo o vexame da seleção milionária da copa das copas teve justificativas aqui nesse blog. Chega de tapar o sol com a peneira e deixemos realmente de ser ingênuos... tá mais do que na cara que essa confusão toda é simplesmente disputa de poder e dominação de ambas as partes. Se continuarmos a cultivar essa cultura de falcatruas e corrupções apoiados nos erros do passado, consideremos então nosso país como uma nação sem futuro, ou melhor, futuro roubado, condenado. Se cada máfia que entrar for superar as que passaram, estamos lascados. E infelizmente é isso que tem acontecido. Bandido é bandido, não importa a máscara que esteja usando.

      Excluir
    6. Caro colega das 22:40,
      Acho que você entendeu bem minhas colocações. Não estou defendendo partidos ou tendências políticas, apenas cheguei a constatação que você bem explicitou. Cada ala que assume o poder quer bater recordes da ala anterior, ou seja desviar a maior quantidade possível dos recursos públicos. Outra coisa que me incomoda é que os CHEFES não pagam por nada, pois os nada passa diretamente pelas mãos desses mandatários e ai aparece a tradicional frase: NÃO SABIA DE NADA> Mas, tais recursos desviados são amplamente usados nas campanhas desses senhores ou senhoras postulantes a presidente, governadores, prefeitos, senadores e deputados. Alem disso percebe-se a vida nababesca que muitos deles usufruem mesmo após deixar seus cargos. De onde vem os valores para manter esse padrão absurdo de gastos?
      Hoje li a notícia que o Ilustre Paulo Maluf foi absolvido pelo TRESP e pode assumir por mais 4 anos como deputado federal..pasmem senhores!!! Vou repetir sua frase Bandido é Bandido é bandido não importa a máscara que está usando!!!
      Parabéns por sua postura.
      Abraços

      Excluir
  3. Quero ver o que o Pimentel vai fazer de concreto para os educadores, principalmente quanto aos salários, pois estamos em uma situação dificílima, INSUPORTÁVEL.

    ResponderExcluir
  4. Tenho 50 anos e 30 de Estado. Estou afastado da regência há mais de 4 anos. Fiquei sabendo que acabou com esse direito adquirido pelos docentes. É verdade? Ou só vai valer para quem se afastar a partir de janeiro de 2015? Gostaria que se alguém souber, responda-me, por favor.

    ResponderExcluir
  5. Momento histórico em nossa história! !!Superintendentes eleitos por representantes da educação. Minas caminha rumo a uma democracia de verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NOSSO PRINCIPAL PROBLEMA QUE EXIGE IMEDIATA SOLUÇÃO,
      SÃO OS NOSSOS SALÁRIOS.

      Quero ver o que o Pimentel vai fazer de concreto " E IMEDIATAMENTE" para os educadores, principalmente quanto aos salários, pois estamos em uma situação dificílima, INSUPORTÁVEL.

      Excluir
    2. Se para você isto não é importante, leia mais ou peça algum professor para te falar como era o tratamento dado aos professores com estes superintendentes indicados pelo governo do PSDB. Esperamos dinheiro sim,todos estamos no mesmo barco,mas fico feliz com cada acontecimento histórico em nossa categoria. Pimentel está mostrando para que veio.Que Deus o ilumine e afaste dele pessoas maldosas.Nova era ressurgindo.Novos ventos.Não dá nem para acreditar..Muito bom!!!!!

      Excluir
  6. É AGORA PIMENTEL,

    RECUPERAÇÃO DA RÁDIO INCONFIDÊNCIA,

    ou

    MANUTENÇÃO DO PATROCÍNIO DA RÁDIO ITUCANOTIAIA??????????????

    (Depois não adianta chorar)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pimetel sabe que em 2018 tem mais, se ele vacilar com os professores ele paga o preço.

      Excluir
  7. Estes marginais que desgovernaram Minas Gerais nos últimos anos estão dando as últimas provas que não estão o mínimo preocupados com o povo mineiro: estão destruindo o patrimônio mineiro antes do dia 31 de dezembro. É no mínimo uma atitude irresponsável; "se já está ruim, vamos piorar a situação para o próximo governador". Será que estão com medo que Pimentel faça uma revolução administrativa e recoloque Minas nos trilhos? Se Pimentel investir em educação e na melhoria dos serviços públicos, podem até colocar o mais notável demotucano que serão derrotados. Minas deu uma lição no Brasil: demotucano aqui não!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Respondendo ao anônimo das 22:14, acabou, sim. Eu mesma me enquadraria nessa situaçâo, porém quando fui requerer, já não consegui. Apenas terá o direito quem já estava fora da sala antes de ser votado pelos deputados na assembleia.

    ResponderExcluir
  9. Até no 13º eles descontam imposto de renda.O salário já tá uma mer... e ainda me descontaram 136 reais. Ainda descontam assistência médica.Quem consulta no 13º mês do ano? Existe? Só aí já são mais de 300 reais.

    ResponderExcluir
  10. É certo de que não teremos nenhum aumento pra janeiro?

    ResponderExcluir
  11. Brasil marcou gol de placa ao financiar porto de Cuba.Agora com o desbloqueio econômico dos Estados Unidos o Brasil terá ganhos enormes.

    ResponderExcluir
  12. Ouvi que aquele enorme aumento de 4,6% que seria votado para ser nos dado de esmola, não vai mais sair.Ficará para o PT Pimentel e ele já disse que não vai conceder pois vai quebrar as contas .Não acredito nisso.Se ainda nem tomou posse já está assim imagine depois!!!! Podemos tirar tudo que queremos da cabeça porque novamente nós seremos os sacrificados.Se fosse para conceder aumentos exorbitantes aos safados e ladrões políticos, já estaria votado , concedido e recebido .Não votarei em mais ninguém.Juro que para mim, acabou essa de "votar" anularei tudo até não ser mais possível votar devido a idade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fala o que você não sabe. Não queira envenenar o povo contra o Pimentel.

      Excluir
    2. Para mim, se o Pimentel executar uma política de valorização dos professores, desde o início de seu governo, estará abrindo as portas de uma ótima avaliação popular de seu governo.

      Agora, se vier com conversinha mole que o estado está quebrado e que irá procurar uma solução sem prazo determinado para solucionar o problema dos salários dos professores, podemos todos nós desistir dos políticos.

      Abaixar a cabeça e, tentar sobreviver com esse salariozinho de fome que o governo de minas nos paga.

      É agora ou agora ou nunca mais,

      Excluir
    3. Se você lesse ou (infelizmente) ouvisse a mídia deese encantado estado saberia o que estas falando e não eu.Eu leio, escuto mesmo que não seja uma mídia de credibilidade mas eu ouvi e li.Se não for verdade, veremos daqui alguns dias .Os deputados já falaram que Pimentel não vai dar esse aumento que seria retroativo a Outubro desse ano mas que não pode conceder devido as eleiçoes.Veremos mas eu li e ouvi colega.

      Excluir
    4. Todos do alto escalão estão tendo aumento.O nosso é travado por causa de eleição? Meus DEUS, não sei até quando...

      Excluir
    5. Os grandes já estão recebendo aumentos de 15,30%. E nós?

      Excluir
  13. como diria o ex senador ex vereador ex governador e ex quase presidente e também ex avo de patético neves o sr, trancafiado neves, um dia as relações entre cuba e states, chegariam ao normal.

    ResponderExcluir
  14. o estado que nos presenteou com guimarães rosa e carlos drummond, foi o mesmo que pariu a dupla maldita AA.fazer o que?

    ResponderExcluir
  15. UMA LUZ NO FIM DO TÚNEL. Há um projeto de lei no Senado em o pagamento do Piso Salarial para professores ficaria fora da Lei de Responsabilidade Fiscal, pois há estados que até tem verba para pagar, mas esbarram na LRF. Vamos ver se há vontade política de realmente passar a ser uma realidade o PSPN, pois eu já estou nos empréstimos para pagar empréstimos... Vinte e cinco anos de sala de aula e o salário parece gorjeta em comparação com o salário de alguns por aí. Tenhamos esperança, vem aí PIMENTEL. Fonte: Projeto de Lei www.senado.gov.br

    ResponderExcluir
  16. Secretária do atual governo, Renata Vilhena, gozará férias-prêmio na gestão futura.
    Renata Vilhena continuará recebendo por seis meses, mesmo ao fim da gestão tucana no Estado. Enquanto o governador eleito Fernando Pimentel (PT) discute nos bastidores os nomes dos secretários do futuro governo, uma coisa já é certa: a atual ocupante da pasta de Planejamento e Gestão (Seplag), Renata Vilhena, continuará recebendo os benefícios da função por pelo menos seis meses. É que o governo publicou as férias-prêmio a serem gozadas a partir do dia 30 de dezembro de 2014. Ela terá direito aos seis meses, sendo três em referência ao terceiro quinquênio e três ao quarto quinquênio de permanência no governo. A remuneração bruta de Renata Vilhena alcança R$ 11.117,33 pelo cargo na secretaria. Ela é funcionária de carreira do Estado.
    Curiosamente, a beneficiada Renata Vilhena já foi alvo de opositores por, segundo eles, dificultar o gozo de férias-prêmio por professores do Estado.
    De acordo com a Seplag, a aquisição e a concessão de férias-prêmio para servidores efetivos, ocupantes ou não de cargo em comissão, se dão a cada cinco anos, sendo que o servidor tem direito a três meses por período.
    Ainda segundo a secretaria, “as férias-prêmio adquiridas até 29 de fevereiro de 2004 e não usufruídas podem ser convertidas em espécie quando da aposentadoria. Após esse período, a legislação veda a conversão em espécie. O servidor efetivo ocupante de cargo em comissão pode ser exonerado no curso das férias-prêmio, de acordo com o interesse da administração pública, sem prejuízo de sua remuneração”. Isso significa que Pimentel pode até tirá-la formalmente da função, mas o salário terá que ser pago da mesma forma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Férias premio é para funcionário de carreira, ou seja, EFETIVOS e não para funcionários de cargos de confiança (ou seja: puxa sacos de confiança por ter atuado em campanhas) por isso não entendi essa nota... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Só rindo muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiitoooooooooooooooooooooo

      Excluir
  17. O pau que dá em Chico, não dá em Francisco. O Governo de Minas publicou 06 meses de férias prêmio para Renata Vilhena ( Secretária de Planejamento). Faz 3 anos que eu não consigo usufruir das minhas férias prêmios devido proibição desta mesma Sra. ( para não usar outras palavras)

    ResponderExcluir
  18. http://jornalggn.com.br/noticia/o-jeito-neves-de-controlar-a-midia-em-minas-gerais#.VJLzghJyEQQ.facebook

    ResponderExcluir
  19. Estou vendo, pelo andar da carruagem, que ficaremos na mesma. A negativa de deputados ligados ao próximo governador em não votar o aumento de 4,62% é um péssimo indício para nós professores> Esse aumento é uma "merreca", mas se a proposta feita por ele durante a campanha é a valorização da categoria, bem que poderiam conceder esse aumento de depois verificar se poderiam melhorar mais. Como dizia meu avô quando fazíamos algo errado: "Prepare o lombo"..o meu já está preparado para continuar apanhando. Já estou ouvindo as palavras...não temos condição de, no início, dar qualquer aumento pois o estado está sucateado...estudaremos no futuro melhorias para o magistério,,,quanto a volta a antiga carreira, o estado não tem condições de arcar. Culpar governos anteriores é a melhor forma para não cumprir promessas de campanha. Vide a atual presidente que está culpando o próprio governo pelas dificuldades que ela vai enfrentar.Estamos perdidos, o governo anterior nos humilhou e o próximo se cala e nao acena com nada de novo. Acho, também como dizia meu avô: Nós professores jogamos pedra na cruz". Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só reclamar sem saber a verdadeira situação fica difícil. Leia sibre este assunto maisbum pouco e verás toda a verdade.Um governo que foi péssimo para a classe da educação e agora,no final de mandato vem com esta de mandato.É pura maldade para atrapalhar o carinho que temos com estes deputados que deram o sangue , e quase a própri vida para nos defender. Pense nisto,antes de falar asneiras. Um bom tratamento com anti depressivo e um bom estudo sobre a realidade lhe fará muito bem.Ou então você é daqueles pagos,para fazer apenas política do contra.

      Excluir
    2. Talvez um bom tratamento me faça bem. Para você será necessário mais do que isso. Será necessário:
      _ Educação para saber respeitar opiniões.
      _ um bom curso de Português para que aprenda a escrever e expressar-se.
      Depois disso retorne e faça as críticas que julgar interessantes e caso tenha argumentos sustentáveis poderemos discutir.
      Um abraço

      Excluir
    3. Eu acho que você me entendeu
      Falar asneiras sem saber direito. Ficar chorando por uma "merreca"como você diz e,não saber debater com educação sobre um assunto tão importante é lastimável. Agora,o importante será nos unirmos em prol de melhoras para nossa carreira.E não ficarmos acreditando em tudo que a mídia nos emburrece a cada dia.

      Excluir
    4. Vou manter minhas observações sobre sua postura. E também sobre os dois conselhos que lhe dei, ficam mantidos. Você continua precisando de EDUCAÇÂO e ACERTOS ORTOGRÁFICOS E GRAMATICAIS.

      Excluir
    5. nossa luta é pela implementação do piso, como pimentel prometeu, nada de 5 por cento de aumento, queremos como primeiro ato de pimentel como governador a implementação do piso nacional.

      Excluir
    6. Ai, que delícia de discussão! Para o outro lá, deve ser "Discursão". KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
      Ano a Língua Portuguesa!

      Excluir
  20. Governador antecipa pagamento do 13º salário dos servidores públicos

    Qua, 17 de Dezembro de 2014 08:45



    O pagamento, previsto para o dia 20 de dezembro, será efetuado na quinta-feira, 18 de dezembro a todos colegas da classe o dinheiro está na conta,,
    Ana Tereza

    ResponderExcluir
  21. Gente,nós somos o que pensamos e falamos.Se você quer viver neste negativismo fique só. Porque a maioria dos professores já estão sentindo a primavera invadir seus pensamentos.

    ResponderExcluir
  22. Para aqueles que pensam que sabem tudo mas criticam quando alguém vem aqui e fala algo que não quer ouvir(veja anônimo dia 18 18:26) apenas leia e tire suas conclusões.
    http://www.hojeemdia.com.br/noticias/politica/impasse-na-assembleia-de-minas-impede-reajuste-para-servidores-estaduais-em-2014-1.289016

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tirei......só midia tendenciosa.Converse com os deputados do pt sobre isto. Sabe de nada inocente.

      Excluir
    2. Espero que você esteja certa em querer sonhar com algo tão difícil(para eles, claro).Eu gostaria muito que nada disso estivesse acontecendo mas onde há fumaça há fogo.Espero o dia 1º de janeiro e os dias consecutivos para ver o que vai realmente acontecer.Se a mídia é tendenciosa eu também acho mas a realidade é essa agora no momento.Se você quer que seja o contrário, eu também quero.Mas jamais seja tão sem educação ao responder algum comentário aqui.Tenha mais diplomacia, mais ética e mais tolerância com a opinião dos outros.Eu até entendo pois os educadores estão estressados mas se policie e seja amável.Podemos ser francos mas sem ser arrogantes e sem educação.

      Excluir
    3. gentennnnnnnnn + paz e amor... brigar pra quê?

      Excluir
  23. É mole? E nós chupando dedo.
    Tem dedo de Aecim nisso.Não votaram no nosso aumento.Na próxima eleição vai levar de novo.

    Líderes acertam reajuste salarial: deputados, senadores, ministros do STF e PGR receberão R$ 33,7 mil em 2015

    http://bit.ly/1A79Ylz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E por cima se não bastasse, receberão mais de 4 mil de ajuda moradia e + de 4 mil para ajuda de custo.E nós temos que nos virar com este mísero salário.É o Brasil.

      Excluir
  24. Bem que os diários de classe poderia informatizar.
    O registro de dados dos alunos no Diário de Classe também poderá ser feito em sistema informatizado, nas escolas da rede estadual de ensino. A nova opção foi publicada no Diário Oficial de Minas Gerais, com a Resolução SEE nº 2.131, de 17 de julho de 2012. O documento ainda orienta que o registro em papel, como é feito atualmente com os formulários oficiais, poderá ser usado pelos professores que desejarem.

    “É um pedido de muitos educadores que queriam fazer o Diário de Classe usando o ambiente virtual. Todas as resoluções anteriores só falavam do registro em papel. Isso é uma forma de reforçar o uso da tecnologia nas escolas, até mesmo na parte administrativa”, explica a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica, Raquel Elizabete de Souza Santos.

    Mesmo com o ano letivo em andamento, o professor já pode adotar a opção de registro virtual, uma vez que o Diário de Classe é dinâmico e as informações são repassadas mês a mês.

    Para o professor que fizer a opção pelo registro virtual, a Resolução orienta que ele deverá salvar o Diário de Classe em uma mídia (pendrive ou CD, por exemplo), ou encaminhá-lo de forma online para a secretaria da escola até o final de cada mês, . Esse documento deverá ser impresso pelo setor, para que o secretário, responsável pelo Diário, e o professor façam a assinatura. O documento, impresso e assinado, será arquivado.

    Ainda de acordo com a Resolução, esse arquivo deverá ser mantido em absoluta segurança e ser manuseado tão somente por pessoal vinculado à secretaria da escola. A inserção dos dados do Diário de Classe no Sistema Mineiro de Administração Escolar (Simade) é de competência do serviço de secretaria sob responsabilidade do diretor da escola.

    ResponderExcluir
  25. caros colegas, educação melhor, não se faz com salários melhores, não se faz com profissionais da área, e sim com arrocho salarial, com os genheiros, devogados,economistas domesticos diministradores de empresas, fermeiros, etc lecionando.

    Para uma total reformulação da educação a SEE/ mg deveria mudar várias coisas:
    1 - Salários condizentes com o grau de formação; ( incentivo para pessoas procurarem cursos de licenciatura, a fim de surgir concorrencia edesta forma - os melhores para a educação)
    2 - Em um prazo de 5 ( para o ingresso e conclusão dos cursos de licen.) anos a contar da data de salários corretos, fica terminantemente proibido os (eiros vogados,etc) de lecionar lecionar apenas professores, que pelo bom salário disputariam com unhas e dentes uma vaga - ficando os melhores.
    3 - Desta forma teríamos os melhores e bem pagos professores do Brasil - consequentemente alunos mais qualificados, (claro que deveria ter uma reforma no sistema de empurra todo mundo).
    4- Alunos bem qualificados arrumam melhores empregos e bons salários - não havendo a necessidade de bolsas do governo( esmola, vale gás, etc)
    5 - Acabaria a politica traficante - vicia - para criar dependência;
    6- Desta forma todo o medíocre sistema politico Brasileiro e os políticos estariam fadados ao fim.
    7 -Por isso professor NUNCA vai ser valorizado neste País- "Politica Brasileira adverte professor faz mal ao sistema".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Importante análise. Nosso sistema educacional e as políticas de aniquilamento da classe nos levaram a situação caótica que nos encontramos hoje. Professores desmotivados,em grande parte desqualificados para a função como você bem disse, sistema de educação que se baseia apenas em números, na maioria das vezes manipulados e pouco desejo dos governantes de mudar o panorama, pois uma população despreparada é o cenário ideal para corrupção e arranjos.
      Além da imediata melhoria dos salários para motivar jovens a aderirem a cursos de licenciatura, precisamos acabar com as invencionices e nesse momento de dificuldades da escola pública tomar medidas simples e eficazes. Exemplo: o atual governo criou o REInVENTANDO O ENSINO MÈDIO, dinheiro joga fora...em alguma escola funciona bem? na minha é um horror...por que a quantia usada nessa invencionice não foi aplicada me algo mais consistente e produtivo, como por exemplo um coordenador de área em cada escola. Mas é preciso ter grife inventar novos nomes para carimbar projetos. Como você também estou desanimado acho que nosso processo de valorização e da melhoria da educação púbica e UTOPIA.
      Abraços

      Excluir
    2. Além de tudo citado acima - ainda tem professor iludido achando que o SINDU-PT-E VAI LUTAR POR NOSSO SALÁRIO E OUTROS DIREITOS - ALGUÉM VIU A PAUTA DE REVINDICAÇÕES DO SIND? A não ser que fiquei analfabeto em momento algum vi o SIND. questionar ou revindicar o retorno à carreira. (vale lembrar que durante todo o mandato do PSDB - o fato de estarmos no subsidio foi colocado como irregular, e ilegal - CF "forma da remuneração para cargos eletivos, sendo vedado esta forma da pagamento à cargos de carreira".
      O sindicato é manipulador e teve o que queria PT em Minas - e posso falar pois não sou PSDB e nem PT, ( votei em Pimentel - por falta de opção) iludido aquele que crê em políticos neste Brasil.

      Agora pessoas tidas como intelectuais - os Professores - serem massa de manobra, ridículo - será que agora com o PT em minas a pseudo luta de classes irá continuar? A gloriosa greve que tanto citada como a mais longa da História ira se repetir ? a luta pelos nosso diritos vai continuar?

      ONDE ESTÁ A MÁXIMA - PISO NA CARREIRA ANTIGA -

      Excluir
    3. Enquanto o sindute receber o seu dinheirinho mensal, não vai fazer nada.
      Nada falta para eles.Aí vc decide.Eu já pulei fora.

      Excluir
    4. Sou de Leopoldina. Votei no Pimentel. Nunca fui filiado. Sempre votei em candidatos do PT por achar que tinham discursos condizentes com nossa luta. Vibrei como nunca com a vitória de Pimentel e de Dilma. Emocionei e coisa e tal com a possibilidade de uma luz no fim do túnel para nós aqui em Minas. Mas concordo com o anônimo de 20 de dezembro das 11:18. Temos que continuar cobrando. Pimentel não pode, em hipótese alguma, usar o discurso que não tem caixa, que o Estado está quebrado, etc. Nossas necessidades são para "ontem". Agora, concordo também com a postura de alguns,que dizem que "ele" ainda nem assumiu, e coisa e tal. Então, aguardemos o dia 1 de Janeiro. Pimentel tem a obrigação pelo menos de assumir compromissos com a categoria, "QUE O ELEGEU. QUE DERROTOU AECIO.

      Excluir
  26. Eithya! Corrupção só no PT, PMDB. PPS. PSB e quando cita o PSDB, um único culpado, e ainda por cima está morto. Dá para descer esse melado na garganta? Nessa sopa tem mosca!

    ResponderExcluir
  27. Espero que no dia 01/01/2015 não tenha que escutar que o estado está quebrado, que vai exigir esforços de todos, que isto ou aquilo, que ...

    Se for prá ficar do jeito que está, não justifica um governo novo, nem esperança em nada.

    PRECISAMOS DE FATOS CONCRETOS.

    Se a coisa está tão ruim, então que larguem esta mer__ prá lá, pois já estamos fudi__ mesmo.

    O que realmente me interessa é saber qual a posição do novo governo, em relação aos salários dos professores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim é ser professor em mg. Com esse "salarim miserável" de passa fome, tenho muita vergonha quando sou perguntado em que trabalho. As coisas tão INSUPORTÁVEIS, é aluguel, é alimentação, é transporte, empréstimos consignados, filhos... Roupas e calçados nem se fala, há mais de 5 anos que trabalho com roupas ganhadas.

      Excluir
    2. Vai escutar tudo o que vc mencionou

      Excluir
    3. Professores em mg passam por sérias dificuldades financeiras devido ao "salarim" que recebem.

      Excluir
  28. PISO NA CARREIRA ANTIGA - PROGRAMA SALARIAL 2015 - OU GREVE
    Espero ver isso do SINDUTE.....KKKKKKK - Será?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai morrer esperando

      Excluir
    2. Isso foi só para ganhar a eleição à custa dos professores! Ainda bem que não votei em ninguém. Depois de 40 anos como professora do estado não dá para acreditar em ninguém. Pobres daqueles que ainda perdem tempo discutindo política.

      Excluir

  29. O LISTÃO DE CLASSIFICAÇÃO PARA OS DESIGNADOS JÁ ESTÁ DISPONÍVEL

    ResponderExcluir
  30. Se eu fosse mais nova, já tinha largado esta profissão.

    ResponderExcluir
  31. Não vamos aceitar nenhuma desculpa para o não pagamento do nosso Piso Salarial em 2015! Chega de enganação!Se om governo de Minas está quebrado, é só pedir ajuda ao Governo Federal. Queremos respostas já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ou então, muito rapidamente, gritaremos FORA PIMENTEL!

      Excluir
  32. Pessoal, caiam na real !

    Enxerguem a realidade !

    Não acontecerá algo de milagroso !

    O Estado está defasado sim !

    O PSDB com seu ideal neoliberal destruiu a dotação orçamentária do Estado.

    Se o país está com problemas na economia, o estado com essa bendita

    dívida para com a união afetará nesses benditos projetos de gastos.

    Algo será feito mais para frente e de modo escalonado !

    PIOR CEGO QUE NÃO ENXERGAR....

    ResponderExcluir
  33. Sabe o que eu acho e vou muito sincera:Para os políticos, juízes, etc sempre tem tudo.Eles não querem saber se o Brasil, se Minas ou São Paulo ou outro lugar qualquer , esteja "quebrado".Eles querem por que querem sempre mais.Nós os humildes de Minas Gerais já estamos acostumados com "miséria, merreca" sei lá que nome for.Nós vivemos nessa "cultura" sempre de que alguma coisa pode atrapalhar nossos aumentos, nossas vantagens, nossas "boas coisas" .Nós não sabemos pedir e muito menos exigir o que de fato nos é de direito.Eu, não quero nem saber onde "o galo canta" eu quero tudo que foi tirado de mim.Eu exijo minha carreira, eu exijo meu piso no meu contracheque.Esse vergonhoso país tem muito dinheiro.Aqui se arrecada muito em impostos e outras coisas mais .Então senhora presidenta, então senhor governador Pimentel, estou esperando viu? E não demore não pois eu e minha família não podemos e nem queremos esperar muito.Se vire nos trinta e cumpra o que prometeu.Nós precisamos exigir sempre deles.Tem dinheiro amigos,Não está nada quebrado.É só pensar um pouco e encontrarão o dinheiro para a educação .Vamos parar de ser "bonzinhos" e não querer exigir deles o que eles tem a obrigação de nos proporcionar.Pagamos os impostos altíssimos.Quero porque quero minha dignidade ouviu Dilma? Ouviu Pimentel? Estudei, trabalhei e trabalho muito para isso.Meu merecimento.Vamos parar de ficar com peninha deles pois é assim que "sempre os vemos" .Tem dinheiro.E muito.Peça a presidenta mesmo, se vire mas me dê meu salário , minha carreira ok?E o sind ute? Vá plantar bananas.Eu não sou sindicalizada.Não sustento pessoas que não mereçam;Isso a bons 20 anos.Quem paga , não reclame.Isso mesmo que alguém disse aqui.Enquanto o dinheiro dos trouxas estiver entrando na conta deles, nada farão.Ficarão de mordomias e politicagem.Se começar a faltar, aí terão que mudar de táticas .Falei e disse .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim seu aumento chega rapidinho.

      Excluir
    2. Quando vejo essa falta de princípio, ordenando, exigindo uma coisa que deveria ter feito lá atrás na gestão do PSDB e nada foi feito...agora está achando que está podendo! No mínimo, essa 'falei e disse' no dia da eleição de candidatos a presidente e governador estava encima do muro. Você desceu do muro muito tarde! Será que ao descer do muro bateu com a cabeça no chão e surtou?

      Excluir
    3. Não minha querida, deixe de ser hipócrita e saiba exigir mais desses políticos que não fazem favor nenhum ao povo .Eles, aqui no Brasil e culpa nossa, se acham.Acham que são os "deuses",e não são.Eles são os nossos empregados e pronto.Devem fazer o que nós queremos e é de nosso interesse.Eu não fiquei em cima do muro não.Jamais eu tinha certeza para onde eu deveria dar o meu voto.O que é preciso é que nós devemos exigir sim assim como em países ditos"primeiro mundo" eles fazem.Tem dinheiro.Isso está mais do que certo.Então que não demore mais para nos dar o que foi nos "roubado".A família deles não esperam e as nossas? Por isso que a educação fica nessa "merda" sempre.Temos pena, dó, compaixão deles .Ficamos esperando o tempo que "eles" querem e então vão nos " enrolando".Claro somos nós os educadores que "sabemos" esperar, sabemos ter paciência.Então eles deitam e rolam.Quero quero quero tudo o que foi me roubado descaradamente tá Pimentel? Sei que tem dinheiro , sei que você pode e a "Chefe" de nosso estado maior é do seu partido .Votei em vocês e agora eu quero e exijo o que foi roubado e que você (como sabedor que é que o dinheiro tem) deve me devolver.Vocês estão aí por que queremos e não porque vocês são os donos da "cocada preta " Vocês são nossos empregados e não o contrário.E nós temos que deixar de ser "mansos" , humildes, pacientes, bobos até" Que eles deixam de dar os aumentos para outras classes avantajadas que existem nesse Brasil e que agora devolvam tudinho que os ladrões do PSDB nos roubaram .EU QUERO, EU EXIJO.EU MEREÇO.

      Excluir
    4. Não temos nada a perder.
      Queremos soluções urgentes em relação a nossos "salarim de passa fome"
      Se não nos atenderem, simplesmente partiremos para novas propostas.
      Não temos nada a perder.

      Excluir
  34. Não confio no Sindicato. Desde que o Pimentel ganhou a eleição, o site do sindicato se calou. As grandes demandas que eles defendiam, foram esquecidas. Não vão pedir aumento salarial, o retorno à carreira e outras coisas mais. Não venham com essa conversa fiada de que o estado está quebrado. Não sabiam disso quando assinaram um termo com o sindicato prometendo mundos e fundos? se isso tudo se concretizar, todos devem se desfiliar deste sindicato de paus mandados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O site do Sind UTE nunca se preocupou em ser interativo com a categoria. Não é um site democrático. Por isso o pessoal se encontra e discute os problemas que afligem a categoria aqui no Blog do Euler. O máximo que conseguem é fazer alguns comunicados de interesse da direção. São fechados quanto a discussão dos problemas da entidade, talvez para manutenção do poder. Usam a categoria em proveito de projetos próprios, talvez por isso não é confiável.

      Excluir
  35. COMENTÁRIO SENSATO, PURO, LIMPO E PERFEITO do colega que comentou acima (20/12 - 21:51). Parabéns, amigo.
    Vejam : " Desde que o Pimentel ganhou a eleição, o site do sindicato se calou. As grandes demandas que eles defendiam, foram esquecidas. Não vão pedir aumento salarial, o retorno à carreira e outras coisas mais".
    Esperemos até o final do 1º bimestre de 2015. Se as coisas não acontecerem, DESFILIAÇÃO EM MASSA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acorda anônimo 02:31 do 21/12, Pimentel ainda não assumiu. Minas ainda está nas mãos do PSDB. ainda vão subtrair muito dinheiro.

      Excluir
  36. Colegas, quem disse que não há DINHEIRO, que o ESTADO está quebrado, bem assim a UNIÃO???
    Esqueceram-se do "MONTOEIRO" de LOTERIAS. Esqueceram-se de que cada ganhador de cada LOTERIA recebe o "RATEIO"??? A MEGA SENA, por exemplo,
    mais ACUMULA do que PREMIA.
    Minha gente, para ONDE vai "ESSA GRANA" toda, afora os IMPOSTOS EXORBITANTES???
    Gente, gente, gente ... essa "TAL HISTÓRIA" de Estado quebrado, Brasil quebrado é aquela velha história da "ROUPA INVISÍVEL DO REI". "Me enganha, que eu gosto". Só não pode haver criança por perto, pois verá o REI PELADO.
    Lembrem-se de que o falecido político ENÉAS nos deixou bem claro que no Brasil HÁ MAIS MAIS DINHEIRO CIRCULANDO do que ÁGUA NO OCEANO.
    Vamos ACORDAR, colegas!
    Pergunta: - Quando se trata de BENEFÍCIO aos PROFESSORES, somos obrigados a ouvir
    as LOROTAS, como "BONS IDIOTAS"??????????????????????????????????
    Amigos, acordemos.

    ResponderExcluir
  37. Quero meu piso salarial, sem desculpas, se o sindute ficar de corpo mole, porque agora é situação, nós temos que ir a luta, ou então desfiliar em massa. Agora é nossa vez, se não for agora não será nunca mais. Já fizemos greve independente.

    ResponderExcluir
  38. Queremos nosso salário corrigido,não se trata de aumento , se não quem vai pagar para concertar minas somos nós.Aumento sim, mais tarde.

    ResponderExcluir
  39. Dívida de MG com a União quase empata com o orçamento do estado para 2014

    Dívida ultrapassa R$ 70 bilhões. Orçamento de 2014 é de R$ 75 bilhões. Mudança no cálculo está na pauta do Senado

    Enquanto aguarda a votação do Congresso para recalcular a dívida dos estados com a União – o que deve acontecer na primeira sessão deliberativa do Senado, no retorno do recesso, em fevereiro –, a dívida de Minas Gerais com a União ultrapassou os R$ 70 bilhões neste mês e se aproxima do orçamento total do estado para 2014: R$ 75 bilhões, valor sancionado nessa quinta-feira pelo governador Antonio Anastasia (PSDB). Se o novo indexador não for aprovado pelo Congresso ainda no primeiro semestre, a dívida ultrapassará o total do orçamento.

    Saiba mais

    Renegociação forma 80% de dívida de estados, diz relator
    Mudança no indexador de dívidas de estados e municípios está ameaçada
    Aécio diz que mudança no indexador das dívidas dos estados é
    Aécio diz que mudança no indexador das dívidas dos estados é "passo tímido"
    Dilma sanciona Orçamento da União para 2014
    Dilma cobra de estados e municípios equilíbrio nas contas públicas com
    Dilma cobra de estados e municípios equilíbrio nas contas públicas com "robustez fiscal"

    De acordo com a lei do orçamento sancionada, a amortização da dívida pública de Minas Gerais deve consumir R$ 2,25 bilhões neste ano, sendo que o estado pagará ainda mais R$ 2,7 bilhões de juros e encargos da dívida. O débito mineiro com a União foi renegociado em 1997, quando o montante ainda era de R$ 14,8 bilhões. Desde então, o governo do estado já desembolsou quase R$ 30 bilhões, mas teve a dívida multiplicada ao longo dos anos.

    O mesmo aconteceu com outros estados, que no fim da década de 1990 aceitaram recalcular suas dívidas usando como indexador o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) e taxas de juros que variavam de 6% a 9%, dependendo do montante inicial desembolsado no pagamento da dívida. Com o tempo, as dívidas foram aumentado e os recursos usados para quitar o débito não alcançavam nem mesmo o valor dos juros cobrados.

    O projeto que tramita no Congresso prevê mudanças na forma de cobrança da dívida. A proposta altera o indexador atual para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), mais 4% ou a taxa Selic, o que for menor a cada mês. Dessa forma os estados poderiam reduzir os juros e passariam a diminuir mensalmente o montante devido à União. Para Minas, se a nova regra para calcular a dívida estivesse valendo no ano passado, o governo estadual teria economizado mais de R$ 2 bilhões no saldo devedor.

    O orçamento total de Minas Gerais neste ano, com receitas e despesas, é de R$ 75 bilhões, o que representa um aumento de 10,13% na comparação com o de 2013. As despesas de pessoal e encargos sociais são as de maior peso no orçamento, correspondendo a 55,9% do total das despesas correntes. A partir da proposta orçamentária de 2014, as despesas com pagamento de pensões civis e militares deixam de ser classificadas como outras despesas correntes e passam a ser classificadas como despesas de pessoal e encargos sociais.

    As transferências constitucionais aos municípios, os juros e encargos da dívida e as demais despesas correntes participam com 20,84%, 4,95% e 27,80%, respectivamente. Pela Constituição Federal, o estado tem o dever de aplicar, sobre sua receita de impostos e transferências (total de R$ 37,55 bilhões), 25% na educação, 12% na saúde e 1% em pesquisa científica. Em valores, esses gastos no orçamento serão os seguintes: R$ 9,39 bilhões, R$ 4,5 bilhões e R$ 375,58 milhões, respectivamente.

    http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2014/01/17/interna_politica,488806/divida-de-mg-com-a-uniao-quase-empata-com-o-orcamento-do-estado-para-2014.shtml

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. """OH, OH, OH, OH! """
      "Bravos economistas". E ... os PROFESSORES a "PAGAR O PATO" ...
      "pra variar".
      Minha gente, vamos ACORDAR.
      QUE É DE (QUE É FEITO DE) = QUEDÊ = CADÊ o "TUTU" das LOTERIAS??? Cadê o OURO dos IMPOSTOS EXORBITANTES!!!
      P Q P !!!

      Excluir
  40. Reprodução

    Economista explica como governo maquiou os números para esconder falência

    06/10/2014

    Thaíne Belissa,

    Belo Horizonte (MG)

    Uma dívida de quase R$ 80 bilhões e uma coleção de déficits históricos. Quem mora em Minas Gerais e está acostumado a ler apenas boas notícias sobre o governo estadual nem pode imaginar que esses números negativos são de seu Estado. Mas uma análise detalhada dos dados da Secretaria da Fazenda feita pelo doutor em economia e professor da Escola de Governo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Fabrício Augusto de Oliveira aponta que, ao contrário do que dizem as propagandas sobre o Choque de Gestão, Minas Gerais está em maus lençóis em sua situação financeira.

    O economista, que também foi professor da UFMG e da Fundação João Pinheiro, estudou a dívida mineira e escreveu diversos artigos sobre o assunto, além do livro “Dívida Pública do Estado de Minas Gerais: A Renegociação Necessária”. Para ele, o que acontece é um exemplo da prática da Contabilidade Criativa, técnica usada por empresas públicas e privadas, desde 1970, para mascarar números não favoráveis.

    “Os governos começaram a usá-la principalmente depois da Lei de Responsabilidade Fiscal para não sofrerem punições. Eles fazem isso escondendo gastos, jogando despesas em outras rubricas, lançando no orçamento receitas não recorrentes, ou seja, que não vão ocorrer todo ano”, diz. Em Minas Gerais, ele afirma que a prática acontece desde 2003, no início da gestão de Aécio Neves. De acordo com o economista, o governo adotou o conceito de resultado orçamentário em suas contas, o que permitiu a maquiagem dos números.

    “Na avaliação de finança pública esse conceito não tem significado e foi usado só para vender boa imagem. A questão é que ele inclui na conta a contratação de crédito, o que não é receita, mas um recurso para o pagamento de uma dívida. Além disso, ele não inclui os juros e amortização da dívida com a União”, explica. Segundo o professor, o conceito adequado para a avaliação das contas no Estado é o de resultado nominal, que inclui os juros da dívida pública.

    Peça de marketing

    O economista afirma que, apesar de o governo ter divulgado que estava resolvendo o problema da dívida, a verdade é que o estado nunca deixou de ser deficitário e o Choque de Gestão foi muito mais uma peça de marketing do que uma estratégia eficiente. “Em Minas Gerais todo mundo tem medo de falar, seja imprensa ou consultores. Parece que estamos no paraíso, mas isso é uma ilusão. O governo fala muito em saúde e em educação, mas sempre foi devedor dessas áreas”, frisa.

    Baseado em dados da Secretaria da Fazenda do Estado de Minas Gerais, o economista destaca que, no ano passado, o Estado teve déficits em todos os conceitos: orçamentário, nominal e primário. Ele chama a atenção para o déficit primário, de R$86 milhões, que não acontecia desde 1999. De acordo com o professor, esse número é preocupante, pois significa que o governo não está sendo capaz nem de pagar seus gastos básicos.

    “Além de não dispor de recursos para pagar um centavo dos encargos da dívida, o governo ainda se vê obrigado a recorrer a novos empréstimos para honrar suas despesas primárias”, afirma. Ele também destaca o déficit nominal, de R$8,9 bilhões, que compromete 20% da receita líquida do Estado. Diante desse desequilíbrio orçamentário, a dívida consolidada líquida só aumenta, tendo saltado de R$70,4 bilhões em 2012 para R$79,7 bilhões no ano passado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parafraseando JUCA CHAVES: "E o povo sem COMIDA escuta as tais
      LOROTAS ... dos "patriotas".
      O que PENSA um ECONOMISTA: DINHEIRO não vale NADA. Por favor, me dê o seu. E ... "muito obrigado". Deus te ajude.
      Colegas, cuidado com esses papos pseudocientíficos de DÍVIDA pra lá, DÍVIDA pra cá ...
      Essas LADAINHAS sempre acabam por favorecer "OS DE CIMA" ...
      "KADÊ" o dinheiro das lotecas e dos impostos exorbitantes???????
      Ah! É pra ser usado nas campanhas eleitorais, exaltando a EDUCAÇÃO, a SAÚDE e a SEGURANÇA???
      P Q P!!!
      "pra variar".

      Excluir
  41. Ataque ao Funpemg

    O economista afirma que a situação financeira do Estado ficou tão crítica que ele acabou sem caixa e precisou lançar um pacote de ajuste fiscal, em agosto de 2013. Mas, segundo o professor, como as pequenas intervenções não resolveram o problema imediato do governo, ele arriscou uma manobra maior, extinguindo o Fundo de Previdência do Estado de Minas Gerais (Funpemg) e lançando mão dos quase R$4 bilhões arrecadados pelos servidores.

    Aprovadas em tempo recorde e de maneira eticamente condenável, as Leis Complementares 128 e 131, de 2013, não só garantiram o fim do Funpemg, como a transferência de todo seu dinheiro para o Fundo Financeiro da Previdência (Funfip). Para o diretor jurídico do Sindicato dos Servidores da Justiça de 2ª Instância de Minas Gerais (Sinjus-MG), Wagner de Jesus Ferreira, a manobra foi uma atitude desesperada do governo para cobrir seu rombo financeiro.

    “Diferente do Funpemg, no Fumpip não há representantes dos trabalhados e tudo fica no controle do Estado. Na prática, o governo se apropriou dos recursos do fundo, levando tudo para cobrir os déficits de seu caixa”, afirma. Ele explica que, justamente por não ter controle, o Funpip foi alvo de desvios históricos, chegando a uma dívida de R$10 bilhões. Agora, os servidores temem que o ataque à previdência prossiga, ameaçando suas aposentadorias.


    http://www.brasildefato.com.br/node/30063

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Porque não se divulga isso na FSP? Há blogs onde se pode escrever, desde que possamos comprovar, óbvio. Sendo verdade ele passa até a piar, em vez de urrar...

      Excluir
  42. PIOR CEGO QUE NÃO QUER ENXERGAR...

    LEIA A MATÉRIA NO SITE NO LINK ABAIXO E VEJAM SE A HISTORIA DA DIVIDA : http://www.brasildefato.com.br/node/30063

    É PURAMENTE FALACIA...

    NÃO ESPEREM POR MARAVILHAS !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso já vem acontecendo há tempos.
      Será que os professores é quem pagarão essas contas??
      Não foi pra isso que elegemos o novo governador.
      Mas se assim for, procuraremos outro e outro e outro...

      Excluir
  43. Sabe qual a diferença entre os professores e os médicos? Os médicos tem ética profissional e professores virou "M".

    ResponderExcluir
  44. Fala para os deputados e senadores de Minas Gerais diminuirem seus salários, abrir mão de tantos auxílios.Fala isso para as famílias deles.Fala tudo isso para os juízes .Quero ver se eles abrem mão de seus aumentos e mordomias.Isso cai exatamente no salário dos professores.Somente nós pagamos essa dívida e não se fala nada mais.Não me interessa nada disso.Repito.Quero tudo o que me foi roubado .Tudo tudo.Está na hora de mudar essa história.Sempre é a mesma conversinha para cima de nós.Não quero saber.Eu estudei, trabalhei muito, ajudei esse estado todos esses anos .Agora chegou a minha hora Pimentel e Dilma.Vocês não acham que estamos recebendo uma miséria? Tenho vergonha de dizer que sou professor tá?

    ResponderExcluir
  45. "DÍVIDA DE MINAS COM A UNIÃO"?. Ehhhhhhh ... começou o "PAPO FURADO"
    dos ECONOMISTAS DE PLANTÃO". E o dinheiro das LOTERIAS??? E os IMPOSTOS EXORBITANTES??? Não contem com o SINDgato, que, por certo, permanecerá EM SILÊNCIO ("ardiloso", como todos os gatos).
    ATENÇÃO: Fiquemos de olhos abertos! Não podemos aceitar um NOVO TARSO GENRO (versão MG) em 2015. Estamos TOTALMENTE DEPENADOS e, portanto, APENAS a reivindicar o que nos é de DIREITO.
    NÃO EMBARQUEM em PAPOS PSEUDOCIENTÍFICOS de ECONOMISTAS DE PLANTÃO, verdadeiros INIMIGOS dos TRABALHADORES. Foi, tem sido assim e sempre será.
    Já se esqueceram das "DICAS" do falecido ENÉAS ????????????????????? Era outro "SANTINHO DO PAU OCO", mas "PELO MENOS" nos deixou essa "DICA".
    Sejamos ARGUTOS em nossas observações. "COISAS" vêm por aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Totalmente Depenados"??

      Alto lá camarada! Eu não estou "depenado", nem nunca vou estar!
      Se vc está depenado, é porque vc não passa de um Tucano ressentido.
      O ano ainda não acabou, dá tempo de ir para Maiami ainda! Vá lá!!

      Excluir
    2. Camarada, você não está "muito bom" em interpretação de texto.
      Onde já se viu um "tucano ressentido" votar em Dilma para Presidente e em Pimentel para Prefeito??? De fato, a expressão "depenado" está um pouco carregada, como carregada e sofrida é a vida de um professor.
      Sejamos ARGUTOS em nossas observações.

      Excluir
  46. Na "Folha de São Paulo de hoje tem uma crítica sobre as atitudes de Aécio. No relatório sobre as denúncias que ele fez para justificar o anulamento da posse de Dilma dando posse ao Aécio tem um tópico que ele reclama que os sindicatos trabalharam contra ele e cita o Sindutemg como um dos causadores de sua derrota. Citou os out dors do sindiute até com os endereços de cada um. ADOREI saber que ele viu que ajudamos a derrota-lo e que perdeu em Minas por causa dos professores. LEIAM.Até "A Folha esta criticando sua atitude.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloca o link aqui para a gente ler. Adorei saber. #PSDBnuncaMAIS

      Excluir
  47. Oi Euler e colegas educadores, gostaria de informações sobre as plenárias realizadas pelo sindicato para indicação de nomes às SRE's do Estado. Os contatos que tenho feito é de uma total desorganização e falta de democracia. É uma pena pois acredito que o papel do sindicato é defender a categoria e não ficar provocando discórdia por cargos públicos. Diretor II é cargo de confiança, reza na cartilha do governo, não adianta ficar achando que eles vão defender servidor. O sindicato tá queimando o seu filme e o filme dos educadores, pois dessas reuniões só se tem notícias de baixaria, desrespeito, brigas, ofensas e até policia já deu. CREDO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ser DIRETOR I ---> CARREIRA e CURSO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR e não " pseudo diretor II fake " sem curso e sem nada, safadeza, todos falam mal dos lei 100 mas todos querem um jeitinho brasileiro de se apossar das coisas que os outros lutaram para ter e eles puxa saco usurpam na maior cara de pau. Óleo de Peroba para todos!

      Excluir
  48. Na área da educação essas desculpas de estado quebrado não vão colar bem não! A lei do piso prevê uma ajuda da parte da união no pagamento dos salários dos professores em caso de, o município ou estado, não terem condições de pagar. Mas para isso têm que abrir as contas públicas e provar que não têm condições de arcar com os salários dos professores. Aí entra o "x" da questão, pois nenhum estado ou município e nem político algum gostam de expor as contas públicas. Acho que expondo as contas deve ficar mais difícil de roubar né.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc Anônimo de 16;59 22/12 tocou no X da quetão. Expondo as contas
      do estado fica muito dificil de roubar descaradamente, como tem acontecido. Bora p pressionar o Eleito ao Governo..

      Excluir
  49. Eu pessoalmente participei de uma em Belo Horizonte. Foi a coisa mais emocionante que já vi.Muito bom!!! Ver o povo escolhendo seus representantes. Fato inédito em Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  50. Professores temos que buscar melhorar o salário e as condições de trabalho. Tais como um diário de classe informatizado( Perdemos tempo fazendo esses diários em papel, principalmente no final do ano.) Respeito dentro da sala, Capacitações. Só se discute salário e melhorias nas condições de trabalho.

    ResponderExcluir
  51. A todos os professores e frequentadores desse blog e ao dono dele, um belíssimo Natal e que o ano vindouro venha principalmente com saúde para todos nós, para que tenhamos mais um ano de luta,mas que essa luta seja produtiva. FELIZ NATAL!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém.Á você e sua família também.Um abraço.

      Excluir
  52. Pessoal, o melhor a fazer é mudarmos de profissão pois o novo ministro da educação é nada mais nada menos que Cid Gomes, inimigo declarado de professor. Meu Deus! Jogamos pedra na cruz??

    ResponderExcluir
  53. http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=282496

    ResponderExcluir
  54. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/ce/professor+deve+trabalhar+por+amor+nao+por+dinheiro+diz+cid/n1597184673225.html

    ResponderExcluir
  55. http://www.folhapolitica.org/2014/12/novo-ministro-da-educacao-disse.html?m=1

    ResponderExcluir
  56. E em Minas? Quem será secretário(a) da educação? Aqui no interior, não estamos sabendo de nada! No site do Sind Ute nenhuma notícia! Será que só ficaremos sabendo pelos jornais? E esse novo Ministro, o que vocês sabem sobre ele?

    ResponderExcluir
  57. Euler faça um comentário sobre o novo ministro da educação Cid Gomes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentar o que diante de uma tragédia dessas ???????????

      Excluir
    2. Sem comentários. Nenhuma fala justifica a escolha para ministro da educação de alguém que, enquanto governador, sempre se posicionou contra as causas dos professores, fazendo, inclusive, comentários desagradáveis por ocasião dos movimentos por melhores salários no estado que governava. Não tenham ilusões. O chicote apenas mudou de mãos.

      Excluir
  58. Veja a fala do Novo Ministro da Educação, na greve dos professores do Ceará em 2011:
    "Quem entra em atividade pública deve entrar por amor e não por dinheiro..."
    "Quem quer dar aula faz isso por gosto e não pelo salário, se quer ganhar melhor
    peça demissão e vá para o ensino privado."

    Será que ele mudou de opinião? Que Deus nos ajude!! E em Minas, como andam as coisas, que silêncio é esse? O que vem por aí?

    ResponderExcluir
  59. Presente de Natal : Cid Gomes ministro da educação. Hohohohohohho
    http://www.folhapolitica.org/2014/12/novo-ministro-da-educacao-disse.html?m=1

    ResponderExcluir
  60. Cid Gomes cuidando da educação ????????????????? Isso é governo que se preocupa com os menos favorecidos ??????????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÃO NOS ENGANE, PORQUE NÃO GOSTAMOS.

      DILMA E PIMENTEL,

      FIQUEM ATENTOS,

      NÓS OS ELEGEMOS,

      MAS NÓS TAMBÉM OS ABANDONAREMOS, SE FOR NECESSÁRIO.

      SEJAM JUSTOS CONOSCO.

      Excluir
  61. Mais um arrogante no Ministério da Educação! Péssima escolha para a nossa classe!
    Enquanto governador do Ceará, esse senhor se negou a cumprir a Lei do Piso e o Plano de Carreira dos professores.Estou decepcionada, triste ,desmotivada com a nossa carreira. O que esperar meu Deus?

    ResponderExcluir
  62. Já li em algum lugar, que o Estado do Ceará, terra do ex governador e nosso futuro Ministro da Educação, Cid Gomes ,paga o Piso Nacional Integral.Será verdade? Podemos ter um pouco de esperança? Pois estamos confiando no Governo Federal para complementar nossos salários em Minas caso o nosso estado não cumpra com esse direito nosso !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo ou amiga, Cid Gomes foi o governador da intrigante frase dirigida aos professores do Ceará: " se quiser ganhar dinheiro procure outra profissão"
      A escolha para o ministério da educação foi excelente, como a maioria das escolhas feitas por nossos governantes. Estamos feitos, quem sabe agora ele possa repetir a frase a nível nacional.
      Por fim uma sugestão > Em MG por que não Newton Cardoso, aliado do governador eleito, que dizia que professoras não ganhavam mal, que na verdade eram mal-casadas.
      Vamos em frente continuando nossa via crucis.

      Excluir
    2. O Aético Never também dizia que em Minas os professores recebiam o piso.

      Excluir
  63. Todos meus amigos, que votaram em Aécio, soltaram retumbantes gargalhadas na minha cara ao saberem que Cid Gomes será ministro da educação. Está mais uma vez desmistificada a ideia de que há alguma diferença significativa entre PT e PSDB. Ambos governam para a elite. Durante 20 anos fiz papel de trouxa ao acreditar em políticos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem ministro para todo lado, mas o país ainda não acertou encaixar um ministro da educação consciente da real necessidade do país. Muita conversa bonita, muitos projetos perfeitos fora da realidade da sobrevivência das comunidades. Hoje sou aposentada e me lembro muito bem como era a educação quando engajei na área em 1978. O ensino na época era de qualidade. Professor planejava suas aulas e era acompanhado por especialistas, pelo menos comigo foi assim. E o acompanhamento não era para tesourar o professor, não; e sim para ajudar resolver as dificuldades que se tinha em classe. Os planejamentos eram levados uma vez por semana para serem vistos pelo diretor. Quando aconteceu uma reviravolta na educação, muda isso, muda aquilo; eu sentir a evolução do sistema cair e aposentei sem ver o sistema reerguer novamente. Tudo que estava bom foi jogado no ralo, e até hoje não entendi porque sucatearam a educação. Suspeitei na época o envolvimento da política. Não sei ao certo. Prefiro resguardar os meus conceitos quanto a isto. Mas uma coisa eu tenho certeza: cumpri com lealdade minha missão, mesmo com a saúde depenada. Hoje não vale à pena ser professor. Desculpe-me se estou sendo grosseira, mas é uma realidade.

      Excluir
    2. Nada mais parecido com um PSDBosta que um PT no poder! "RARARA, nóis sofre mais nois gosta, vai indo que eu num vou!"

      Excluir
  64. O (a) colega das 22:49 que me pediu o Link que fala sobre a queixa do Aécio ao sindute é só entrar no Google e digitar: Choro de perdedor com Bernardo Mello Franco. Folha de São Paulo 21/12.

    ResponderExcluir
  65. Com certeza, a maioria das pessoas que escrevem e acompanham o blog do Euler, já trabalham há vários anos e muitos como eu , já se encontram aposentados.Sabemos que não é fácil mudar quando gostamos e dominamos o nosso trabalho.Ensinar é muito gratificante ... Sabemos que as condições são pouco motivadoras.Não devemos abandonar o barco e sim nos unirmos cada vez mais para mudar a realidade profissional em que nos encontramos.Não vamos conquistar nada sem muita luta!.Com a mudança de governo vejo uma luzinha no fim do túnel! Tomara que seja real!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, pois a ESPERANÇA, que não enche a pança, é a última que morre.
      Espero que ela não morra logo em 2015.

      Excluir
  66. Joaquim Levy, George Hilton, Helder Barbalho, Gilberto Kassab, Cid Gomes(educação...kkkkkk) , Kátia Abreu....Se eu tivesse desmaiado no sábado anterior a eleição e acordado hoje com esses nomes na mídia, EU DIRIA: Meu Deus o Aécio venceu.....Como dizia um antigo personagem do Jô Soares: Desliga o tubo...

    ResponderExcluir
  67. O Sindicato dos Professores do Ceará (Apeoc) diz que o governador do Ceará, Cid Gomes, não cumpre a Lei Federal do Piso e o plano de cargos e carreiras dos professores. A categoria reivindicava na época, a aplicação do piso para os profissionais de nível médio, graduados e pós-graduados.

    ResponderExcluir
  68. Acho que Dilma colocou peças bem diferentes do que pensávamos em seu novo governo. Acho também, que nada como colocar aquele que era uma peste, próximo dos que vai ferrar, sendo assim, ele começa desde cedo a ser cobrado. Levy, Katia Abreu, Cid Gomes e outros ...Surpresa? Não, ou ela faz isso para conseguir governar, ou a colocam na parede e não deixam que vá pra frente e acho que idéias ela tem, precisa de gente que não dê pra trás, como o povo de S.Paulo. Ela tem que governar com um olho no peixe , outro no gato...FELIZ NATAL! Não estressem.

    ResponderExcluir
  69. Euler,
    Em relação a um dos seus posts, fiz um comentário, que foi pro você respondido e que em seguida fiz questão de esclarecer e citar que, embora divergindo de seu atual posicionamento, tenho grande admiração por sua trajetória de vida. Mas, gostaria de retomar minhas impressões sobre o quadro político no Brasil e saber se você tem as mesmas convicções que tenho agora. Você com certeza já analisou os nomes dos ministros indicados pela presidenta Dilma, não há sequer um nome que represente os movimentos sociais. Imagine Joaquim levy(fazia parte dos articuladores da equipe que assessorava a campanha de Aécio Neves), Helder barbalho(aff), Cid Gomes na educação(tapa na cara dos prof. do ceará), Kátia Abreu, Gilberto Kassab(cria política de José Serra, que aderiu a Dilma por puro interesse eleitoreiro) e outros da mesma estirpe. Que análise você faz dessas escolhas? Será que não há mesmo nenhuma esperança de mudanças? estou desanimado e certo que nesse país não há chance de as camadas mais baixas ascenderem às melhorias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fisiologismo! "s.m. Bras. Prática política voltada para o interesse e proveito personalizados do praticante, mercê de atos de prevaricação e corrupção ou afins."

      Excluir
  70. Caros colegas,

    A palavra coxinha, até onde eu sabia se referia a um tipo de salgado. Mas recentemente usaram bastante este termo no facebook se referindo aos médicos brasileiros. Ao que tudo indica estão usando esta palavra como um tipo de rótulo pejorativo no sentido de burgueses metidos. Seria isso mesmo? Perdoe-me a ignorância, mas gostaria de saber qual a relação do termo "coxinha" nesse contexto. O que a coxinha tem a ver com os burgueses? rs... Minha ficha ainda não caiu... rs... Caso alguém possa gentilmente me explicar, desde já agradeço!
    Neste post por exemplo, Euler usa o termo "coxinhas brasileiros".

    E por falar em médicos, 03 médicos cubanos que prestavam serviço no norte de Minas, uma em Catuti e dois em Montes Claros, pelo programa "Mais Médicos", desapareceram, ou melhor, fugiram para Miami. Tudo indica que não foram bem vigiados. Esses médicos fugitivos estariam sendo ingratos com o governo cubano? Seriam eles coxinhas, iguais aos médicos brasileiros?

    Outro fato curioso é a resposta das crianças cubanas quando os turistas perguntam a eles o que gostariam de ser quando crescerem... Pasmem! Eles respondem que gostariam de ser gringos... É de comover o coração de qualquer turista. Porém fico tranquila quando leio os relatos do nosso confiável analista Euler aqui neste blog, que me levam a crer que na verdade essas crianças são mesmo é felizes e não sabem disso. Tomara que seja isso mesmo!

    ResponderExcluir
  71. Ehhhhhhhhhhhh ... com essa de "CID GOMES" na EDUCAÇÃO,
    Dilma já começa por me DECEPCIONAR.
    É Cid Gomes ou CID "FOMES" ??? Se assim o for, "JÁ FOMOS".
    Bem que eu "GOSTaria" de ter a minha língua queimada, já que
    a ESPERANÇA (que não enche a PANÇA) é a ÚLTIMA que MORRE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É minha gente, sei que é difícil governar um país, mas, complicado mesmo é tentar governar, dividir e entregar tarefas e depois confiar e pronto; colocar viseira para não saber o que se passa; quem ganha ou quem perde. Se agrada ou decepciona. O resultado da omissão dos fatos gera clamor, muito arrependimento, choro, e prejuízo aos seres mortais. Pelo que eu vejo, o penoso trabalho do professor vai continuar. Tem cheiro de desilusão no ar. Se for para acabar, que não tente entrar! Pois o povo não estar mais para suportar. A dignidade e a honra vencerão as imposições que chegarão de salto alto, ao encontro das rasteirinhas e chinelo de dedo posicionados ao chão firme, sem medo de quedas...mesmo porque já estão calejados. Com a escolha do ministro da educação pela presidente, acredito na plena consciência da sua transferência de responsabilidade. Que o novo ministro da educação traga bálsamo para as doresdosprofessores, alunos, pais e toda a comunidade escolar.

      Excluir
    2. Ele disse aos professores que se o salário está baixo é só procurar outro emprego.Agora tá ele lá.Que esperança teremos?

      Excluir
    3. O novo ministro da educação, enquanto governador do Ceará, não respeitou os professores de seu estado e ainda afirmou que quem escolhe essa profissão deve trabalhar por amor. Caso não esteja satisfeito na educação pública, que peça demissão e vá pra a iniciativa privada. Colega, nuvens negras pairam no ar... temos que nos unir, pois os sindicatos não irão nos representar, haja vista que assumem claramente posturas político-partidárias e não de interesse da classe...

      Excluir
    4. Se ele não estiver a altura, faremos ele procurar outro emprego...Não passa agora a ser do governo(pago pelo povo)? Passe para a iniciativa privada, se não convir a seus pares, que somos nós. Agora, sabemos que algum poder temos, e bola pra frente, esse não consegue fazer mais ninguem de trouxa, antes de ouvir suas palavras de "um dia"...Sempre serão lembradas. E certamente , ainda terá que pedir desculpas por isso.

      Excluir
    5. A Gazolla seria melhor.

      Excluir
    6. Tem gente que não aceita nenhuma mudança, nem para ver como fica, nem para cobrar e quebrar o pau...Francamente Gazolla???? Nunca fez nada, pau mandado, inútil. A pior secretária, é pq é mineira, só?

      Excluir
    7. "Anônimo26 de dezembro de 2014 13:38

      A Gazolla seria melhor."

      LEVE-A PARA VOCÊ, IGNORANTE!

      Excluir
    8. Acho que o comentário do anônimo da 13:38 foi irônico. Entendi o sentido. Acho que estamos meio ansiosos e rapidamente nos desesperamos e criticamos. Acredito que seu desejo foi apenas fazer uma comparação com a infeliz ideia da presidenta Dilma nomeando o laborioso educador Cid Gomes.

      Excluir
    9. O Pimentel tem um dia para se pronunciar sobre os salários dos professores.

      Caso contrário, tô fora, aliás...

      FORA PIMENTEL!

      Excluir
    10. volta Anastasia,

      Excluir
    11. Análise:

      "Anônimo26 de dezembro de 2014 13:38

      A Gazolla seria melhor."

      Não precisa ser nem um pouco genial para entender a evidente ironia do comentário acima, uma vez que tá mais do que na cara, mesmo para quem não queira enxergar, que a situação está piorando para os professores de MG e agora do resto do Brasil. Estão conseguindo superar a crueldade dos tucanos. Pra quem achava que a Gazolla era o fundo do poço, as evidências estão nos mostrando que o buraco ainda é mais fundo, ou pelo menos estão conseguindo cavar um poco mais...

      Excluir
    12. Pelo amor de Deus, nem em sonhos!Ou melhor. nem em pesadelos!!!!
      Tomara que nós mineirinhos,aprendemos a lição:
      PSDB nunca maissssssssssssssss

      Excluir
  72. "CHORO DE PERDEDOR" (Folha de São Paulo). Confiram.
    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/bernardomellofranco/2014/12/1565480-choro-de-perdedor.shtml

    ResponderExcluir
  73. Não tinha ilusões com o PT. O mais importante para mim era desbancar Aécio. Eu votaria em um poste.

    ResponderExcluir
  74. Aécio Neves quis muito ganhar a eleição presidencial de 2014. Não conseguiu. Insistente, o tucano, junto ao PSDB e à coligação Muda Brasil, lançou dúvidas sobre a lisura do pleito, desdenhou da pequena diferença no resultado do segundo turno da eleição, conclamou a população a sair às ruas contra a presidente reeleita e, por último, enviou ao STF um pedido de cassação do registro de candidatura de Dilma Rousseff e a diplomação como presidente da República adivinha de quem? Dele mesmo.

    Já que Aécio ainda não aceitou a derrota e quer tanto governar, sugerimos a ele, como presente, uma ilha privada (sim, existem ilhas à venda pelo Brasil). Não será um presente muito barato, mas pelo menos assim ele poderá criar seu pequeno “reino” e convidar apenas pessoas que desejam ser governadas por ele para morar por lá. Seus problemas estarão resolvidos, senador!

    terra.com

    ResponderExcluir
  75. Vamos relaxar e descansar um pouco, afinal merecemos. Se até a presidente está um bagaço, nós tambem dessa luta. Recuperar o ânimo, bola pra frente , relaxar até o ano novo, e ter a certeza que sabemos o que queremos e saberemos lutar para isso! Bom Natal! E Grande Ano a todos!

    ResponderExcluir
  76. Cid Gomes! Brincadeira! Amigo Euler, fala alguma coisa! Estamos preocupados.

    ResponderExcluir
  77. Por que temos que aturar tudo? Não aguento mais defender professor em conversas de todo tipo. Hoje somos considerados os culpados de todas as mazelas do país. Em todo lugar sempre existe alguém quer critica nossa atuação, sem conhecer nosso trabalho e nossa dura realidade. Mas, em parte merecemos certas críticas, pois não reagimos, não nos impomos. Veja o caso da indicação de Cid Gomes. A presidenta escolhe um nome de acordo com os interesses políticos, se lixando com o que pensa a classe, se lixando se o indicado tem serviços relevantes prestados a educação no país, se lixando se o indicado conhece ou não do assunto. A escolha só leva em consideração aspectos políticos e eleitorais .
    Viva Ciro Gomes,,viva Cid Gomes..viva o Brasil!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cidade Inadministrável27 de dezembro de 2014 14:34

      Aqui colega, já mostramos nossa força e ministro não é cargo vitalício... Acorda, luta e para de lamurias. Dá medo uma classe tão chorona. Sabe a força que temos, que somos e que representamos. Que inferno, enquanto a gente lutou e derrubou o psdBOSTA tem tipos que só chora e desmorona toda a nossa luta e a nossa garra. Vamos pra cima dele e ponto. Simbora Sind-UTE/MG sua força é a nossa força e luta. Avante tropa de professores mineiros e do Brasil. A batalha nos aguarda. "O PROFESSOR UNIDO JAMAIS SERÁ VENCIDO" e juntos somos mais!

      Excluir
    2. È bom e ver seu otimismo, mas não compartilho dele. Tenho 34 anos de magistério e infelizmente vi, a cada novo governo, as coisas se repetirem. Você fala sobre o nosso sindicato, mas o que o sindicato conseguiu produzir para a classe os últimos anos. Reconheço que o sindicato somos todos nós, mas uma entidade organizada e produtiva ajuda muito. Nas últimas greves a organização e a mobilização foi ZERO, por isso o governo não arredou pé nem um centímetro e não tivemos um ganho sequer. Não sou do tipo que só chora, participei ativamente da última greve, lutei pelo fim da ditadura do psdb em MG, mas não tenho ilusões, pois até o momento não tivemos nenhum aceno do novo governo sobre mudanças positivas para a classe. Pelo contrário, já ecoam as tradicionais alegações de falta de caixa, de terra arrasada e as promessas de melhorias para quando foro possível. Eu, em virtude do apoio integral da categoria ao Pimentel, esperava que ele se manifestasse garantindo conquistas.

      Excluir
    3. Se for preciso começaremos uma campanha contra Pimentel e Dilma.

      Não tem essa de ficar nos enganando e continuar no poder.

      Seja quem for.

      NÃO TEMOS MAIS NADA A PERDER.

      Excluir
    4. "Anônimo27 de dezembro de 2014 20:26

      Se for preciso começaremos uma campanha contra Pimentel e Dilma.

      Não tem essa de ficar nos enganando e continuar no poder.

      Seja quem for.

      NÃO TEMOS MAIS NADA A PERDER."

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Morri de rir!
      E colocar quem cara pálida palaciana kkkkkkkkkkkkk Ah, é sim?
      Esqueceu que somos PROFESSORES, formadores de OPINIÃO?
      Nem tente nos dizer o que devemos fazer,quando e porque devemos. A gente nos convence a nós mesmos. Estamos em campanha contra a direita liberal desde 2010, e com a morte inexplicável de E. Campos agora somos TOLTALMENTE contra a maria osmarina, vulgo marina que o traiu... kkkkkkkkkkkkkkkk... Já ouvimos essa música antes...
      Dica? Fica na sua, tucanalha.

      Excluir
  78. Todos os funcionários da educação do Estado do Ceará estava em Brasília em 2011 lutando pelo PISO Nacional só não viu quem não foi , já conhece o Governo de Cid Gomes sempre que posso converso com amigos de lá e a política dele é igual a de Aécio ou pior não tem futuro definido p/ professor. É uma pena ne gente infelicidades nossa como sempre.

    ResponderExcluir
  79. Alguém saberia me dizer se as progressões estão mantidas para janeiro de 2015? O que vai ocorrer com todos que optaram pelo piso nacional?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Colega,
      Ninguém tem resposta para nada, ninguém sabe de nada ninguém tem esperança de nada.

      Excluir
  80. Por que não saiu concurso pra serviçal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pq o governador quer tercerizar essa categoria.

      Excluir
  81. Infelizmente para maioria de nós professores não vai mudar muita coisa. Em 2015 Pimentel vai alegar que não dinheiro para pagar a progressão e o piso, e que o fará em momento oportuno. Nós continuaremos choramingando no Blog do Euler e não seremos capazes de abraçar a nossa causa e lutar pelos nossos interesses.Ficaremos sempre sentindo pena de nós mesmos e esperando o "Messias" aquele que nos libertara do sofrimento, mas ele nunca virá. Estaremos sempre adiando nossos sonhos. Somos covardes demais para arregaçarmos as mangas e irmos à luta, teremos sempre que nos contentar com as migalhas que nos são atiradas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo que vai acontecer, concordo plenamente com o anônimo das 14:47, mais um ano com descaso dos professores.

      Excluir
  82. Sra Presidenta! Faça borrada em tudo nesse país, menos na educação. Pare, olhe , pense! A educação cansou de meias palavras. A educação cansou de prosseguir no empurrão. Queremos esse país caminhando em direção aos princípios da moralidade, dignidade e da paz. Moralidade a educação, Dignidade aos professores e Paz aos alunos. Solução p isso tudo é o investimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas CiDilma insistir no erro?

      - Perderá o apoio dos professores em todo o Brasil.

      Excluir
  83. eu também gostaria de saber,,,,,

    ResponderExcluir
  84. Li a tese de mestrado da próxima secretária. Pelo ou menos ela está preocupada com a questão indígena. É um bom sinal.

    ResponderExcluir
  85. A revista Veja publicou o que chama de " ranking do progresso", propostas para transformar o Brasil em um país moderno e competitivo. A nota de Aécio, segundo critérios da revista, é zero. Morrerei feliz. Coloquem em meu túmulo o epitáfio: Aécio não. Aécio jamais. Aécio nunca. Aécio never.

    ResponderExcluir
  86. Leio acima comentários de devemos deixar o Pimentel governar. Concordo, mas também acredito que a lenga lenga de dizer que o estado de Minas está quebrado , que nossa carreira de volta no primeiro ano é impossível, aí já é demais, pois eu votei nele por causa do compromisso dele com a Educação, em nenhum momento condicionada a esta ou aquela restrição, somente prometeu. Agora que ganhou,resta cumprir, promessa de campanha. Como é que para aumento de outros servidores, do legislativo, deputados sempre tem dinheiro? Comprove que o Estado não dispõe de recurso e peça ajuda ao governo federal e nos pague o piso. E o Sindute que nos representa , negocie e coloque no site as negociações e os resultados das mesmas. Não somos afiliados para sermos os últimos a saber, ou até sermos excluídos e ignorados como tem sido até agora. Somos profissionais da Educação, formadores de seres humanos, mas temos também filhos que dependem de nosso trabalho, temos compromissos financeiros, contas a pagar como qualquer trabalhador. Espero que esta de que não tem dinheiro em caixa, não seja o motivo para não recebermos o PISO SALARIAL NACIONAL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente e se Minas foi assaltada e não tem dinheiro para nos pagar no mínimo o reposicionamento, quem irá nos defender???? Claro é só chegar para a presidenta e dizer " olha aqui estão as contas, não dá para pagar o reposicionamento e muito menos o piso que já é lei a muito tempo. Preciso de dinheiro presidenta para cumprir com minhas palavras e com a lei .Me dê o dinheiro pois não é assim que está na constituição?? Ou não sei onde mais? A verdade é que eu preciso pagar os educadores um salário decente tá? " Aí sim ficarei feliz.QUERO O QUE É MEU PIMENTEL.PARA MEUS FILHOS NÃO TEM MAS PARA OS DEPUTADOS E AFINS TEM???

      Excluir
    2. Acho que o que vai acontecer em Minas é o mesmo que acontece no Brasil inteiro. O sindicato põe todos os filiados na rua para fazer greve e depois cedendo as benesses do governo falam que a administração está as mil maravilhas. Na verdade são uns bandos de pessoas que se aderem às instituições para passar a perna no povo. Estou pronto para iniciar uma nova greve, e aí Sindiut! Topa encarar?!

      Excluir
  87. URGENTE, URGENTÍSSIMO

    http://www.folhademinas.net/?p=1446

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Onde e o quê? Não vi nada.

      Excluir
    2. Que bom que o deputado esta nos avisando. Não podemos reclamar da falta de aumento salarial.Afinal pegaram um cofre vazio. antes da campanha havia solução para tudo, agora coitadinho do Pimentel se fosse ele em retaliação renunciava e sacaneava o Pimenta dizendo "toma que o filho é teu". Obrigado Rogério, ainda bem que temos gente com você que nos alerta, seremos eternamente grato.Gostaria de saber onde está o deputado que na última greve defendia o piso, defendia nossa antiga carreira,,você poderia me responder como Roberto carlos >"esse cara sou eu" e exigir soluções, mas como agora o aliado é governo é melhor dizer, aguentem, esperem, vai melhorar. Na assembleia, em qualquer cargo ganha-se muto mais que nós professores e par deputados e seus apadrinhados nunca falta dinheiro e os aumentos são regulares...Joguei meus votos fora,,,,

      Excluir
    3. Absurdo, esses salafrários não vão deixar pedra sobre pedra. Vão dar um jeito de acabar com tudo. Agora é o já sucateado IPSEMG. Pega ladrão!(ões)

      Excluir
  88. Cidade Inadministrável chega ao fim...

    É uma choradeira só.

    https://www.youtube.com/watch?v=TttkcU5sxaI
    (música proibida na rádio TIA DI NANÁ ou TIA DI IAIÁ)

    São caminhões e caminhões de mudanças por toda banda...

    Comandados pela SAPONA, renatinha barata tonta e por DAQUILO CASTRADO...

    Porém, alguns insubordinados gritam:

    renatinha barata tonta, NAFITALINA NELA!

    É SAPONA OU É UMA SANFONA???

    A zona está instalada.

    O clima é horrível...

    É um mal cheiro danado...

    É sujeira em todo canto.

    Além disso, são carros de polícia rodando com as sirenes ligadas,

    Ouve-se muitos gritos: pega ladrão, pega ladrona, pega ladrões...

    Tem até na portaria vários “caburões” a disposição.

    Calma, calma, muita calma nesta hora,
    o fim chegou...
    fala SÔ MARO, o porteiro experiente , que já conseguiu um novo emprego lá na Guaicurús,

    Cuidado para não se esquecerem de nada,

    Carreguem tudo que puderem.

    Serei o último a sair e podem deixar que acionarei as descargas e apagarei as luzes.

    Está previsto uma terrível evaporação de odores por todo os arredores.

    Sobrarão nas gavetas dos móveis apenas algumas caixas de supositórios, alguns litros abertos de cachaça, muita sujeira e pó.

    TRISTE FIM DESTA CIDADE DE FAZ DE CONTA, DELÍRIO DE UMA ÉPOCA QUE NÃO EXISTE MAIS.

    The end

    FIM

    ACABOU

    Já era e já foi

    *** Professores, a população mineira, a torcida do galo, da raposa juntamente com a inumerosa torcida da América, cristãos e evangélicos,...

    TODOS TRANSBORDANDO de alegrias e felicidades aplaudem o fim tão sonhado,

    Deste pesadelo que viveram acordados.

    FELIZ 2015!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleluiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!
      Helena Thaereh(Enfim.............)

      Excluir
    2. AMEI. Queria ver de perto esta situação. ALELUIA.

      Excluir
  89. BROTHERS IN ARMS
    Companheiro de batalha

    Estas montanhas cobertas de névoa
    são um lar para mim agora
    Mas meu lar são as planícies
    E sempre serão
    Algum dia vocês voltarão para
    Seus vales e suas fazendas
    E não mais arder o desejo
    De ser um companheiro de batalha


    Por estes campos de destruição
    Batismos de fogo
    Assisti a todo o seu sofrimento
    Enquanto a batalha se acirrava
    E apesar de terem me ferido gravemente
    Em meio ao medo e ao pânico
    Vocês não me desertaram
    Meus companheiros de batalha


    Há tantos mundos diferentes
    Tantos sóis diferentes
    E nós temos apenas um
    Mas vivemos em mundos distintos


    Agora o sol foi para o inferno
    E a lua está alta
    Deixe-me dizer adeus
    Todo homem tem de morrer
    Mas está escrito nas estrelas
    E em todas as linhas da palma da sua mão
    Somos tolos de guerrear
    Contra nossos companheiros de batalha

    https://www.youtube.com/watch?v=j62MZSaLRLw

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maravilha!!!!!!!!!!!!!!!!
      Helena Thaereh

      Excluir
  90. A torcida do AMÉRICA/MG é fã do EULER CONRADO!

    ResponderExcluir
  91. Caros colegas,

    Pelo jeito se a categoria chorar demais, a presidenta com certeza indicará outro nome para o ministério da educação. E o novo indicado será alguém do partido dos trabalhadores, escolhido com todo critério e cuidado estratégico para comungar a proposta de trabalho do PT para com os Educadores e a Educação Brasileira. E todas as evidências nos levam a crer que este novo indicada será nada mais nada menos que o PETISTA TARSO GENRO.

    Enquanto isso vamos apreciar a letra da bela e triste música de Chico Buarque, inspirada no cotidiano dos operários da construção em 1965, mas que retrata também a situação dos professores da rede pública brasileira há décadas...

    Pedro Pedreiro (Chico Buarque)

    Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
    Manhã, parece, carece de esperar também
    Para o bem de quem tem bem
    De quem não tem vintém
    Pedro pedreiro fica assim pensando
    Assim pensando o tempo passa
    E a gente vai ficando pra trás
    Esperando, esperando, esperando
    Esperando o sol
    Esperando o trem
    Esperando o aumento
    Desde o ano passado
    Para o mês que vem

    Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
    Manhã, parece, carece de esperar também
    Para o bem de quem tem bem
    De quem não tem vintém
    Pedro pedreiro espera o carnaval
    E a sorte grande no bilhete pela federal
    Todo mês
    Esperando, esperando, esperando
    Esperando o sol
    Esperando o trem
    Esperando aumento
    Para o mês que vem
    Esperando a festa
    Esperando a sorte
    E a mulher de Pedro
    Está esperando um filho
    Pra esperar também

    Pedro pedreiro penseiro esperando o trem
    Manhã, parece, carece de esperar também
    Para o bem de quem tem bem
    De quem não tem vintém
    Pedro pedreiro está esperando a morte
    Ou esperando o dia de voltar pro Norte
    Pedro não sabe mas talvez no fundo
    Espera alguma coisa mais linda que o mundo
    Maior do que o mar
    Mas pra que sonhar
    Se dá o desespero de esperar demais
    Pedro pedreiro quer voltar atrás
    Quer ser pedreiro pobre e nada mais
    Sem ficar esperando, esperando, esperando
    Esperando o sol
    Esperando o trem
    Esperando o aumento para o mês que vem
    Esperando um filho pra esperar também
    Esperando a festa
    Esperando a sorte
    Esperando a morte
    Esperando o norte
    Esperando o dia de esperar ninguém
    Esperando enfim nada mais além
    Da esperança aflita, bendita, infinita
    Do apito do trem

    Pedro pedreiro pedreiro esperando
    Pedro pedreiro pedreiro esperando
    Pedro pedreiro pedreiro esperando o trem
    Que já vem, que já vem, que já vem (etc.)

    ResponderExcluir
  92. ... o fim tão sonhado,

    deste pesadelo que viveram acordados.

    FELIZ 2015!

    ResponderExcluir
  93. Mais uma vez ficaremos aguardando "quando eles quiserem" Sim nós os educadores jogamos pedra na cruz literalmente.Tudo pesa , tudo é contra nós.Os juízes, deputados etc Não são penalizados nem sacrificados.Para esses tudo pode, tudo tem.Vamos ficar "chupando o dedo " com mais esse golpe para cima de nós.Até quando???

    ResponderExcluir
  94. http://www.rogeriocorreia.com.br/noticia/governo-estadual-comecara-2015-com-desafio-de-aumentar-a-arrecadacao/

    Esqueci de colocar o link.
    Não tenho mais esperanças em políticos .Para mim, acabou aqui.Fim da linha.

    ResponderExcluir
  95. Cid Gomes para Ministro da Educação e Idalina Superintendente Metropolitana A é difícil. Ai eu choro... !
    ________________________ PT/CUT vão engessar movimento de greve e o bicho vai pegar. Pimentel já deu mostras que não haverá pagamento de Piso Salarial em 2015. E mais, Tá na hora de colocar na pauta, questões como vale-transporte, auxílio cultura e incentivo para quem contribui com a queda do nível de absenteísmo. Dizer que não pode aumentar salário em virtude do erário público está quebrado, é conversa pra boi dormir. Já viram os salários dos educadores do Colégio Tiradentes? Uai, não pertencemos a mesma secretaria? E ai Bia? O que tens a dizer?

    ResponderExcluir
  96. Pares professores,

    pressão pra cima da CNTE/CUT e SINDUTE por conta dessa aberração do Cid Gomes para Ministro da Educação. Vamos ver de que lado Bia & cia estarão quando Pimentel assumir o Governo. Não me venham dizer que sou anti-petista ou coisa parecida. Aliás, esse blog tá mais pra Petista que afiliados do Sindute. Vamos ver se o Sindute terá transparência e publicizará as reuniões e/ou deliberações no que se refere às negociações.Pago pra ver se apoiarão os concursados após a batida do martelo do STF pondo fim a Lei 100. Vale lembrar que têm vários servidores lecionando sem nenhuma comprovação de conclusão de curso. Feliz 2015!

    ResponderExcluir
  97. Não entendo tanta reclamação. Afinal estamos acostumados com essas desculpas. Ouvimos isso do Hélio Garcia( esse eu desculpo, pois sempre falava de porre) Newtão(companheiro de primeira hora do Pimentel), do Azeredo(mensalão), do Aécio(o homem da lei 100) do Anastasia( a cria do Aécio) , do Albertinho(esse nem teve tempo pra falar...alguém se lembra que ele é governador?) e agora do Pimentel( homem das promessas? será?). Espero errar, mas duvido,,,já soam nos meus ouvidos a tradicional frase,,,Caixa arrasado, vamos primeiro arrumar a casa,,ai se vão 4 anos,,ai votamos em outro,,,ai de novo ouviremos a mesma historinha,,,vc se aposenta sempre ter vivido dignamente,,,mas como diz o ministro Cid Gomes: quer ganha dinheiro,,,deixe o magistério,pois professor trabalha por ..e vamos em frente

    ResponderExcluir
  98. O que vamos fazer para impedir a posse do Ministro Cid Gomes? Vamos usar as redes sociais e nossa indignação. Blog do Euler é bom,mas é restrito.. Vamos começar a fazer críticas na redes sociais que até os Aecistas vão dar uma força.. Votei em Dilma,mas não vou engolir sapos dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou com você. Temos que manifestar nosso repúdio a esta escolha infeliz.Este povo fala, fala em melhorar a educação mas não se lembram que a mola mestra da educação são os professores. Não se melhora a educação com professores insatisfeitos. Temos que deixar bem claro o nosso DESCONTENTAMENTO. Como fazê-lo?

      Excluir
  99. Caros colegas,
    Não tenho tantos sonhos, já que esta possibilidade foi me arrancada nos últimos anos pela crueldade de um governo, que só nos massacrou. Um dos meus poucos sonhos ... Ver esta turma longe, bem longe. Como sonhei isto!
    Não vamos apagar o brilho desta conquista. Deixemos o 2015 chegar... E aí sim vivamos cada dia no seu momento certo. Não sou do sindicato, nem petista, mas acredito nas palavras do Tiririca : "Pior que tá, num fica."
    Muita paz, amor e saúde para todos nós!

    ResponderExcluir
  100. A última postagem do Euler sobre a escolha de ministros do governo Dilma,reforça o que eu durante a campanha acreditava e por esse motivo votei na Luciana Genro. PT e PSDB são partidos com as mesmas ideias ou seja O PODER A QUALQUER PREÇO. E, aqui, por várias vezes defendi a indicação do Euler para algum cargo importante na educação, mas hoje acho que com ele tudo ficaria na mesma. Hoje Euler defende acordos inconcebíveis, acordos espúrios...tudo pela governabilidade,,,e ai temos Cid Gomes, Maluf, Barbalhos, Kassab, Sarney, Newton Cardoso, George Hilton, ..acho paciência. Luciana Genro você estava certa...

    ResponderExcluir
  101. É simplesmente o cúmulo da ironia:

    Cid Gomes como Ministro da Educação, e os professores ainda terem que engolir a justificativa de que escolhas como esta para os ministérios, se devem ao fato da crise interna brasileira... a educação por acaso não faz parte desta crise?!

    Mas é por estas e outras que o Brasil lamentavelmente, inevitavelmente, se aproxima de uma grande guerra civil. E está realmente se comprovando que esses tais camaradas de esquerda, são mais que companheiros, são cúmplices, coniventes, pactuantes das tenebrosas transações e bandidagens deslavadas e descaradas que escandalizam os brasileiros e o resto do planeta a cada episódio desastroso de falcatruas.

    Nas copas do mundo, por exemplo, a FIFA costuma pagar os devidos impostos aos países de sediam a copa. Mas no Brasil, país da "copa das copas", foi diferente. Aqui a FIFA não pagou os impostos... alguém explica isso?! Alguém ou alguma quadrilha teria recebido algo por fora?! Sem contar o fato da "copa das copas" ter custado mais que o triplo gasto com as últimas copas.

    E ditadura comunista mesmo, só se for em cima dos que ganham o pão de cada dia com seu sangue, suor e lágrimas para pagar tantos altos impostos, por que o patrimônio dos chefes dos tais "companheiros" mesmo, atualmente é assombroso e escandaloso e com certeza ninguém confiscará. Na verdade assaltarão mesmo as parcas e suadas conquistas de quem ganha a vida com dignidade, como já fazem descaradamente o com o patrimônio público deste sucateado país.

    Digo e repito: apostei meu voto de confiança nesta cambada desde os meus 16 anos. Mas nesta última eleição não pactuei com nenhuma dessas quadrilhas que há décadas destroem o futuro desta nação.

    Essa cambada deveria se dar ao respeito e provar ao povo brasileiro que são realmente melhores que a ditadura civil militar que já houve neste país, e com atitudes dignas, mostrar ao mundo que nossa presidenta é algo mais que ladra de banco, terrorista e sequestradora. Provem aos brasileiros que o Brasil não está nas mãos de mais uma quadrilha.

    ResponderExcluir
  102. Aí está a reforma previdenciária do Governo Dilma, com o consentimento do Lula e o PT, retirando direitos conquistados dos trabalhadores, dos estudantes, da população.

    EU não voto nunca mais no PT.

    "NEM QUE A VACA TUSSA"

    ResponderExcluir
  103. Direitos tão importantes dos trabalhadores estão sendo alterados pela presidente que disse que os outros candidatos é que iriam alterar as leis trabalhistas. È um estelionato eleitoral. Quero ver sindiute, cut, cgt, etc etc nas ruas. Terão coragem de desafiar a toda poderosa? Trabalhadores que se danem. Auxílio moradia para juízes, auxílio paletó, viagens em aviões da FAB, etc, etc. Será que a toda poderosa vai cortar também?

    ResponderExcluir