sábado, 16 de novembro de 2013

Remando contra a maré...

Remando contra a maré...

O Brasil inteiro assiste, desde ontem, dia 15, dia da chamada proclamação da república (estamos distantes de uma república verdadeiramente democrática), a coincidente ordem de prisão de vários personagens ligados ao chamado "mensalão". Tenho alguns comentários a fazer sobre tal tema, e também sobre a atitude do STF, comparando a ação deste órgão com outros casos e também com o nosso caso - nosso, dos educadores de Minas e do Brasil.

O chamado mensalão teve origem em Minas Gerais, com políticos e empresários ligados ao esquema de poder dos tucanos, e o no hall adquirido neste esquema foi transferido em parte para integrantes do governo do PT. Em linhas gerais, trata-se da conhecida prática de caixa dois de campanhas eleitorais, coisa moral e politicamente equivocada, mas que faz parte da vida política da "república" brasileira, desde muitos e muitos anos. Em cada esquina deste país, é difícil encontrar um político profissional ou um empresário que não tenha, de alguma forma, participado de algum esquema de caixa dois. Por isso considero hipocrisia, cinismo e falso moralismo atribuírem ao esquema chamado "Mensalão" a condição de "maior escândalo da história do Brasil".

A grande mídia, com o histórico de golpismo que lhe é peculiar, e ligada aos piores interesses contra o povo pobre do Brasil, há oito anos faz um carnaval sensacionalista em torno do tema, sempre dando foco aos ex-dirigentes do PT, como José Dirceu e Genoíno, tentando claramente envolver o governo federal e desbancar a liderança do PT na disputa pelo Palácio do Planalto.

É certo que o PT tenha a sua culpa nesse processo todo, tenho dito isto aqui. Foi conivente com as práticas que criticara em outra época; conciliou com a direita fisiológica em quase tudo; foi omisso em relação ao monopólio da mídia que se mantém criminosamente nas mãos de poucas famílias - todas elas a serviço dos piores interesses. A democracia brasileira não merece este nome enquanto não houver uma real democratização dos meios de comunicação - e nisso o PT pouco contribuiu para alterar.

Mas, daí a aceitar que o PT seja o único ou o principal protagonista do "maior escândalo de corrupção" do país vai uma grande distância. Dezenas de outros grandes casos de corrupção e desvios de dinheiro público, praticados por lideranças políticas de outros partidos, e envolvendo grandes empresários e outros tipos, continuam impunes. Só para citar alguns casos notórios: o mensalão mineiro, a privataria tucana, o propinoduto em SP, a compra de votos para a reeleição de FHC, entre muitos outros casos.  Nenhum deles recebeu o mesmo tratamento, tanto por parte do STF quanto por parte da mídia, que foi dispensado ao caso do mensalão ligado a ex-dirigentes do PT. Por que será?

Mas chamo a atenção também para a atitude coincidente do presidente do STF, que despachou as ordens de prisão em pleno dia 15 de novembro, quando o processo sequer havia sido encerrado no próprio STF. E me lembro aqui do nosso piso salarial, dos educadores, que o STF primeiro suspendeu de forma liminar, e depois, apesar de haver dado ganho de causa para os professores, jamais tomou qualquer atitude para fazer cumprir a sua decisão. Dois pesos, duas medidas. No caso do julgamento político do mensalão, o presidente do STF se apressou em querer fazer cumprir a decisão tomada pelo STF, mesmo ainda antes de haver "transitado em julgado", para usarmos o juridiquês da Corte brasileira. Já no caso do piso salarial dos professores e demais educadores, quando governos como o de Minas burlaram descaradamente a Lei Federal e a decisão do STF, nada aconteceu contra tais governantes, incluindo, justiça se faça, um governador do PT do RS, que também descumpriu a norma federal.

E para não fugir ao tema inicial e justificar o título que dei ao post, indico ao final do texto um link que contém um vídeo, segundo o qual, a principal denúncia do mensalão estaria sustentada numa farsa. São os tais R$ 73 milhões da Visanet, que supostamente os acusados teriam usado para comprar deputados. De acordo com o STF, trata-se de recursos públicos desviados para fins ilícitos. Mas o vídeo citado tenta mostrar que não houve desvio algum, que estes recursos eram privados - e não públicos -, e que teriam sido usados para pagar os serviços de publicidade para divulgação do cartão Visanet, por parte do Banco do Brasil. A maior beneficiária destes recursos, aliás, segundo o vídeo, teria sido a própria Globo. Uma perícia paralela teria sido realizada para provar que os recursos citados foram de fato aplicados na mencionada campanha de promoção da Visanet. Afinal, quem tem a razão? Em quem acreditar, num país cujas instituições são quase sempre pautadas pela grande mídia, que é dominada por poucas famílias, a começar pela TV Globo, confessamente envolvida com o golpe civil-militar que derrubou o presidente constitucional João Goulart em 1964. 

Aliás, é curioso que justamente neste mesmo dia 15 de novembro, quando a presidenta Dilma prestava merecida e tardia homenagem ao ex-presidente deposto Jango - cujo corpo foi exumado recentemente, com a suspeita de envenenamento quando este se encontrava exilado -, justamente nesta data, a mídia transfere todo o foco para as "prisões do mensalão do PT", orquestrada pelo novo herói da direita brasileira, o presidente do STF.

Ah, não dá para contemplar esta paisagem em silêncio. Que a população não se deixe enganar pelas aparências e pelos setores golpistas, que querem, em nome do mesmo falso moralismo que servira de pretexto para derrubar Getúlio e Jango, simplesmente destruir qualquer possibilidade de políticas sociais que favoreçam a maioria pobre sempre excluída.  O Brasil precisa mudar, mas não para cair nas mãos da direita golpista.

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

Link indicado: www.ocafezinho.com/2013/09/24/dinheiro-da-visanet-foi-pra-globo/


***

Frei Gilvander:

Uma ode à intolerância - AMALOU e ABRASEL-MG e suas orientações em relação à população em situação de rua

Por Pedro Paulo Gonçalves e Maria do Rosário de Oliveira Carneiro

No dia 02 de outubro de 2013, o jornal O Estado de Minas veiculou matéria intitulada “Bairro de Lourdes tenta evitar presença de mendigos”, que versa sobre o posicionamento e ações empreendidas pela Associação dos Moradores do Bairro de Lourdes (Amalou) e pela Associação de Bares e Restaurantes de Minas (Abrasel, MG) em relação à presença da população em situação de rua no bairro de Lourdes, em Belo Horizonte.

As ações empreendidas com o aval das associações ilustram e reforçam o modo extremamente agressivo e intolerante por meio do qual a população em situação de rua é vista e tratada por parte da sociedade brasileira. O título da matéria já começa com um tom injurioso e difamatório, o que contribui para legitimar as ações empreendidas por aquelas associações e, ademais, reforçar o preconceito embutido na palavra mendigo, se considerarmos sua origem etimológica: pessoa que possui algum defeito e que, por essa razão, é considerada inapta ao trabalho. A palavra é derivada do latim mendum e traz consigo a ideia de “defeito”, “vício”, que, inerentes à pessoa, precisam ser corrigidos, eliminados. (Para ler todo o texto, clique aqui).

O déficit habitacional cresce e com ele as Ocupações

Gilvander Luís Moreira

A especulação imobiliária está crescendo e com ela, o déficit habitacional e, conseqüentemente, as ocupações urbanas.

Políticas habitacionais populares estão quase só em discursos e vãs promessas. Somente na região metropolitana de Belo Horizonte, MG, já são mais de 25 mil famílias em Ocupações urbanas, umas planejadas e outras “espontâneas”. Direitos fundamentais, como o de morar com dignidade, estão sendo violados. Somente em quatro ocupações estão cerca de 12 mil famílias: 4 mil famílias na Ocupação William Rosa, em Contagem, MG; 4.500 famílias na Ocupação Vitória; 2 mil famílias na Ocupação Esperança; e 1.500 famílias na Ocupação Rosa Leão. Essas três na Região do Isidoro/Granja Werneck, em Belo Horizonte, com 8 mil famílias. (Para ler todo o texto, clique aqui).
 

184 comentários:

  1. Folha de S.Paulo

    17/11/2013 - 02h00

    Veja perguntas e respostas sobre algumas controvérsias do mensalão

    MARCELO COELHO
    COLUNISTA DA FOLHA

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/11/1372502-veja-perguntas-e-respostas-sobre-as-principais-controversias-do-mensalao.shtml

    ResponderExcluir
  2. Daqui a 30 ou 40 anos, a verdade "verdadeira" será matéria dos livros de História do Brasil.Pena que não estarei aqui prá dizer:eu avisei.Saqui a uns anos virá a anistia política,porque isto não passa de prisão política para tentar derrubar o poder que aí está. A elite não suporta ver o pobre vencer,pois lhe faltará escravos.

    ResponderExcluir
  3. Quando estudei OSPB ou,educação moral e cívica (há décadas atrás),me ensinaram que democracia significava governo do povo,pelo povo e para o povo...
    mas,não é bem assim.Há décadas atrás só haviam dois partidos,um era a situação e outro oposição.Mas era pouco,houve necessidade de criarem mais legenda para expandir a corrupção,a bandalheira.Agora é isso aí que estamos vendo.Não enganem-se senhores(as) profissionais da educação,a categoria não é prioridade de NENHUM político em nenhuma esfera,daí a valorização é utopia.Quanto mais inculta a sociedade for,melhor será para a manipulação.tornar-se-ão um exército de marionetes.Quanto as leis neste país,aplica-se muito bem em cima de ladrão de galinhas,biscoitos...
    tenho convicção de que morrerei sem contemplar uma nação democraticamente correta e justa.Mas,antes que Deus me chame,continuarei na luta.
    Solange Fagundes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Não vi em nenhum governo movimento para valorização( entenda-se - melhores salários e condições de trabalho) para o profissional da educação. A tal lei do piso foi uma lei política. Não tinha o objetivo de ser aplicada, pois o artigo que previa o enquadramento na Lei de Responsabilidade Fiscal do gestor que não a cumprisse foi vetada, donde se conclui que nos deram a esperança por um lado e deram ao mesmo tempo ao gestor a possibilidade de nos tirá-la. Nenhum partido valorizará devidamente a educação.

      Excluir
    2. Concordo.Até hoje nenhum partido dedicou seriamente à educação.

      Excluir
  4. A presidência da república precisa ter mais cuidado ao indicar os membros do STF e o congresso mais rigor ao sabatiná-los, visto que o presidente de tal instituição e grande parte dos seus componentes foram indicados pelo PT. É preciso mais rigor nessas escolhas para que haja impoarcialidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cuidado!!! Esse seu comentário tem uma conotação racista. Racismo é crime.

      Excluir
    2. Em nenhum momento meu comentário fez alusão ao racismo. Ele se baseou no fato de o artigo versar sobre as decisões do STF que, em tese, prejudicam membros de um partido que hoje é governo. O que eu disse foi o partido que no momento é governo é o responsável pelas escolhas dos membros da instituição STF. Daí a minha dúvida...Como a presidência indica para o STF alguém que irá legislar apenas para prejudicar os integrantes do partido que ora é governo? Não entendi conotação ao racismo em meu comentário.

      Excluir
    3. Ao anônimo das 18:49
      Não dirigi o comentário sobre racismo a você.
      Havia um outro comentário antes do seu em que o autor falava de um negro que havia sido escolhido pelo PT e etc
      Como o Euler é bem sensato excluiu o comentário.

      Excluir
  5. Mais uma vez a elite vem tentando tirar o poder de um partido que vem tentando fazer algo para a classe pobre desse pais.Não esqueçamos o passado,vamos tirar a cabeça do muro,tem muita coisa por traz do que vem acontecendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os Estédine disse que as elites estão apelando para o que lhes restou para manter seus privilégios: a midia e o judiciário. O judiciário sim. Porém, o mídia parece que não tá com essa bola toda não, vocês notaram que apesar da mídia ficar o tempo todo batendo, direta e indiretamente, a Dilma subiu nas pesquisas? Quem sabe nem tudo está perdido.

      Excluir
  6. LEONARDO BOFF*: POR QUE TENTAM FERIR LETALMENTE O PT?**
    Manter viva a causa do PT: para além do Mensalão

    De saída quero dizer que nunca fui filiado ao PT. Interesso-me pela causa que ele representa pois a Igreja da Libertação colaborou na sua formulação e na sua realização nos meios populares.
    Há um provérbio popular alemão que reza: “você bate no saco, mas pensa no animal que carrega o saco”. Ele se aplica ao PT com referência ao processo do “mensalão”. Você bate nos acusados, mas tem a intenção de bater no PT. A relevância espalhafatosa que o grosso da mídia está dando à questão mostra que o grande interesse não se concentra na condenação dos acusados, mas através de sua condenação, atingir de morte o PT.

    De saída quero dizer que nunca fui filiado ao PT. Interesso-me pela causa que ele representa pois a Igreja da Libertação colaborou na sua formulação e na sua realização nos meios populares. Reconheço com dor que quadros importantes da direção do partido se deixaram morder pela mosca azul do poder e cometeram irregularidades inaceitáveis. Muitos sentimo-nos decepcionados, pois depositávamos neles a esperança de que seria possível resistir às seduções inerentes ao poder. Tinham a chance de mostrar um exercício ético do poder na medida em que este poder reforçaria o poder do povo que assim se faria participativo e democrático. Lamentavelmente houve a queda. Mas ela nunca é fatal. Quem cai, sempre pode se levantar. Com a queda não caiu a causa que o PT representa: daqueles que vem da grande tribulação histórica sempre mantidos no abandono e na marginalidade. Por políticas sociais consistentes, milhões foram integrados e se fizeram sujeitos ativos. Eles estão inaugurando um novo tempo que obrigará todas as forças sociais a se reformularem e também a mudarem seus hábitos políticos.

    Por que muitos resistem e tentam ferir letalmente o PT? Há muitas razões. Ressalto apenas duas decisivas. (...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Blá, blá, blá, blá, blá ... e o "governador petista" do RS
      deixou os professores a ver navios ... "pra variar".
      NÃO SE ESQUEÇAM DISSO, caros colegas.
      NUNCA SE ESQUEÇAM DISSO, caros colegas.
      Como sempre diz o nosso colega Prof. Raimundo:
      - TODOS FARINHA DO MESMO SACO ... sujo (PSDBOSTA, PTREVAS).
      Meus irmãos, sofridos professores, " me ajuda aí", "tá difícil". Vejo MUITA INTELECTUALIDADE e POUCA PRATICIDADE em nome da CATEGORIA DOS PROFESSORES PÚBLICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Muita FALSIDADE grassando por aí. E não é de hoje. Tomemos muito cuidado com os INTELECTUALÓIDES.
      Cá pra nós: - Alguém está pensando, DE FATO, no bem estar social e econômico do PROFESSORES PÚBLICOS?????????????????????????????????
      Abraços e muita saúde para todos os meus colegas, incansáveis lutadores por uma EDUCAÇÃO MELHOR.

      E esse blog ... totalmente repleto de infiltrações politiqueiras. Não vejo isso entre os médicos e outras categorias. Eles lutam pela sua categoria e ... PONTO FINAL!
      A continuar assim, sempre ficaremos na MERDA!

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkk Você não vê política nos médicos?kkkkkkkkk Foi só Dilma trazer médicos de Cuba que viu né bem? Pimenta nos olhos dos outros é que não doía, por isso que você não via... Como disse a médica: "Somos bonitos, brancos e ricos..." Belíssimo argumento usado...kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Me diga, cara douta, o que você sugere?

      Excluir
    4. Que os senhores tenham dignidade, vergonha e devolvam os cargos que vocês sabem que não pertencem a vocês.

      Excluir
  7. (...) A primeira tem a ver com uma questão de classe social. Sabidamente temos elites econômicas e intelectuais das mais atrasadas do mundo, como soía repetir Darcy Ribeiro. Estão mais interessadas em defender privilégios do que garantir direitos para todos. Elas nunca se reconciliaram com o povo. Como escreveu o historiador José Honório Rodrigues (Conciliação e Reforma no Brasil 1965,14), elas “negaram seus direitos, arrasaram sua vida e logo que o viram crescer, lhe negaram, pouco a pouco, a sua aprovação, conspiraram para colocá-lo de novo na periferia, no lugar que continuam achando que lhe pertence”. Ora, o PT e Lula vem desta periferia. Chegaram democraticamente ao centro do poder. Essas elites tolerariam Lula no Planalto, apenas como serviçal, mas jamais como presidente. Não conseguem digerir este dado inapagável. Lula presidente representa uma virada de magnitude histórica. Essas elites perderam. E nada aprenderam. Seu tempo passou. Continuam conspirando, especialmente, através de uma mídia e de seus analistas, amargurados por sucessivas derrotas como se nota nestes dias, a propósito de uma entrevista montada de Veja contra Lula. Estes grupos se propõem apear o PT do poder e liquidar com seus líderes.

    A segunda razão está em seu arraigado conservadorismo. Não quererem mudar, nem se ajustar ao novo tempo. Internalizaram a dialética do senhor e do servo. Saudosistas, preferem se alinhar de forma agregada e subalterna, como servos, ao senhor que hegemoniza a atual fase planetária: os USA e seus aliados, hoje todos em crise de degeneração. Difamaram a coragem de um presidente que mostrou a autoestima e a autonomia do país, decisivo para o futuro ecológico e econômico do mundo, orgulhoso de seu ensaio civilizatório racialmente ecumênico e pacífico. Querem um Brasil menor do que eles para continuarem a ter vantagens.

    Por fim, temos esperança. Segundo Ignace Sachs, o Brasil, na esteira das políticas republicanas inauguradas pelo PT e que devem ser ainda aprofundadas, pode ser a Terra da Boa Esperança, quer dizer, uma pequena antecipação do que poderá ser a Terra revitalizada, baixada da cruz e ressuscitada. Muitos jovens empresários, com outra cabeça, não se deixam mais iludir pela macroeconomia neoliberal globalizada. Procuram seguir o novo caminho aberto pelo PT e pelos aliados de causa. Querem produzir autonomamente para o mercado interno, abastecendo os milhões de brasileiros que buscam um consumo necessário, suficiente e responsável e assim poderem viver um desafogo com dignidade e decência. Essa utopia mínima é factível. O PT se esforça por realizá-la. Essa causa não pode ser perdida em razão da férrea resistência de opositores superados porque é sagrada demais pelo tanto de suor e de sangue que custou.

    *Leonardo Boff é teólogo, filósofo, escritor e dr.h.causa em política pela Universidade de Turim por solicitação de Norberto Bobbio.

    ** Título original : "Para além do Mensalão"

    ResponderExcluir
  8. O mensalão foi uma tentativa de golpe articulado por um elite golpista e que não deu certo. Nos não acreditamos nesse processo, onde os réus foram julgados a revelia sem direito de defesa. Caixa dois no Brasil é comum. Eu fiz doação na última campanha eleitoral e tantos outros pelo Brasil. O que deveria ser feito era uma reforma política ampla.

    ResponderExcluir
  9. O presidente do STFato quis aparecer na mídia como mais um capitão do mato.

    ResponderExcluir
  10. Manobra do governo de Minas ameaça falir instituto de previdência do estado

    Apesar da grande mobilização dos servidores públicos do Estado e dos deputados da oposição, entre eles Rogério Correia, as propostas do governo de Minas sobre as mudanças na previdência do funcionalismo tiveram tramitação recorde na Assembleia Legislativa e agora já estão prontas para a apreciação em 1º turno no Plenário. Nesta quinta-feira, 14/11, os deputados da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO) aprovaram pareceres favoráveis aos Projetos de Lei Complementar (PLC) 53/13 e 54/13 que alteram o regime de previdência desses servidores.

    Na reunião da CFFO, o PLC 53/13 teve parecer pela aprovação com as emendas nºs 1 a 3 da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ele tem o objetivo instituir o regime de previdência complementar para os servidores efetivos do Estado e membros dos três Poderes, do Ministério Público, do Tribunal de Contas e da Defensoria Pública.

    Já o PLC 54/13, que passou com as emendas nº 1 e 2 da CCJ, tem o objetivo de reestruturar o regime de previdência dos servidores, por meio da extinção do Fundo de Previdência do Estado de Minas Gerais (Funpemg) e da unificação da administração dos pagamentos dos benefícios previdenciários no Fundo Financeiro de Previdência (Funfip).

    ResponderExcluir
  11. http://www.youtube.com/watch?v=ux6mrMJSL-c

    ResponderExcluir
  12. O PT criou cobra prá picá-lo .Cadê o mensalão tucano?

    ResponderExcluir
  13. A SOCIEDADE, OS JOVENS DEVEM APONTAR O CAMINHO:


    http://www.brasil247.com/pt/247/mundo/121053/Jovens-cobram-reforma-educacional-de-Bachelet.htm

    ResponderExcluir
  14. Pessoal, a resolução 2442/13 continua dando prioridade de escolha de turma a quem tem mais tempo na escola, independente se efetivou ou efetivado. Absurdo...na minha escola a resolução é seguida de forma mais fidedigna do que os ensinamentos bíblicos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cidade inadministrável17 de novembro de 2013 21:55

      Até onde eu li a resolução primeiro está claríssimo: Efetivos.

      Excluir
    2. Carioca arrependido17 de novembro de 2013 22:09

      Nunca antes na História desse país houve tantas filiações no PT* de pessoas que amam o partido protestando em resposta ao absurdo do STF:

      MOBILIZE-SE. VENHA PARA O PT.

      Num tempo em que ninguém nem sonhava com internet ou redes sociais, o PT já era um exemplo de mobilização. Nenhum outro partido mobilizou mais os brasileiros, e o resultado está aí: juntos, fizemos do Brasil um modelo mundial de distribuição de renda, de geração de empregos, de combate à fome e de defesa do meio ambiente. Agora, sua participação é fundamental para que o país continue mudando para melhor.
      Se você é brasileiro, tem mais de 16 anos e quer, como o PT, construir um Brasil cada vez mais forte, você pode se filiar. Comece preenchendo a ficha abaixo. O Diretório Municipal mais próximo de você vai entrar em contato para os passos seguintes.
      Você gosta das causas coletivas populares?
      FILIE- SE AO PT* E SEJA BEM VINDO COMPANHEIRO E COMPANHEIRA!


      http://acao.pt.org.br/page/s/mobilizebrasil

      Excluir
    3. Cadê isso?
      http://sindutemg.org.br/novosite/files/RESOLUCAO-SEE-N-2442.pdf

      Excluir
  15. Em 150 dias o mensalão tucano prescreve.... Temos que mobilizar URGENTE para que isso não aconteça!
    ´
    Márcia.....

    ResponderExcluir
  16. Resolução 2442/13
    Distribuição de turmas
    "Art. 18
    As turmas, aulas e funções serão atribuídas aos servidores efetivos e efetivados nos termos da Lei C
    omplementar n° 100, de
    2007, observando
    -
    se
    o cargo, a titulação
    e a data de lotação na escola"
    DESDE QUANDO LEI 100 TEM DATA DE LOTAÇÃO??????
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A partir do momento que foi removido ou mudança de lotação para outra escola. Agora tem o caso da titulação e isso é importante já que tem muitos efetivados que não têm licenciatura plena, e na hora da atribuição das turmas ficam depois dos efetivos que são habilitados.

      Excluir
    2. Só tem lotação APROVADOS EM CONCURSO PÚBLICO diretor não é burro para conceder lotação ilegal a pessoas inaptas...

      Excluir
    3. Pode ocorrer mudança de lotação sim! Tenho e conheço várias colegas que estão trabalhando aqui em Montes Claros e são efetivados. Se houver vagas, um efetivado por até fazer permuta com um efetivo, pois isso foi proposto para mim (sou efetiva em 2 cargos, 17 anos de serviços) e uma colega que é efetivada em 2 cargos.

      Excluir
  17. http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2013-11-18/aecio-neves-sonha-com-ministro-joaquim-barbosa-em-eventual-governo-tucano.html

    ResponderExcluir
  18. Palhaçada!! Sou efetiva e tenho que me submeter a humilhação de ficar como última servidora da escola para escolha de turma. Faço mestrado e não tenho todos os horários disponíveis, enquanto outros nem precisaram passar por tudo que passei estão gozando de privilégios que não acho justo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entra com um Mandado de Segurança. Vou fazer isso.

      Excluir
    2. Entra com um mandado de segurança aí que o juiz vai mandar atribuir aulas para você na frente dos efetivados. O juiz fará isso baseado na própria defesa e nas notícias dados pelo estado. O advogado que entrar com o mandado de segurança vai citar tanto a defesa do estado perante o STF quanto as notícias veiculadas pelo estado pelo seu site oficial que é o IOF. kkk entra que você ganha, eu te garanto. Olha um advogado do sindute que já tem experiência nessa área.

      Excluir
    3. Realmente, o próprio estado cita tanto na defesa lá no STF quanto em cartas e no site do IOF que o efetivado não tem nenhuma estabilidade no cargo, enquanto o efetivo tem sua estabilidade conseguida de forma constitucional. Vai ser difícil um juiz dar ganho de causa para um efetivado na frente do efetivo, visto que o titular definitivo do cargo é o efetivo. Um efetivo jamais deveria se transferir para outra escola sendo ele o estável e titular do cargo, enquanto um servidor não estável goza do cargo completo. Isso é um absurdo juridicamente falando. Isso é, na verdade, uma forma "moderna" de pedir votos nas eleições, kkkkk.

      Excluir
  19. Quem não leu,leia agora :Aécio e Joaquim juntos.....Meu Deus..http://www.viomundo.com.br/radio/wilson-lima-aecio-nao-descarta-joaquim-barbosa-como-vice-em-2014.html..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Juntinhos, no julgamento do MENSALÃO DO PSDB, e de preferência com aético algemado...

      Excluir
  20. Há muito tempo perdi o encantamento pelo Sr. Joaquim Barbosa... não será nenhuma surpresa para mim se ele vier a ser mesmo membro da chapa de Aécio. Penso que as prisões realizadas em data tão oportuna representam alguns coelhos escondidos em cartolas que aparecerão tbm em momentos igualmente oportunos.

    ResponderExcluir
  21. VIRAM??? fARINHA DO MESMO SACO E SUJO.ACHO QUE A ESMOLA DOS 5% NÃO SERÁ VOTADA A TEMPO DE INCLUIR NA FOLHA DE DEZEMBRO.OU SEJA NÃO RECEBEREMOS EM DEZEMBRO NADA.ele e os safados vão deixar tudo para depois porque assim ficará parecendo que teremos um grande aumento ao receber sei lá quando.Se será retroativo a Outubro façam as contas para receber em Janeiro hahahah Vergonha esse país.

    ResponderExcluir
  22. Brecht, num de seus melhores momentos, falou que o pior analfabeto é o analfabeto político, que aqui vou tratar por AP, por razões de espaço e de facilidade.

    O AP, como sublinhava Brecht, facilita a vida da direita predadora, da plutocracia empenhada apenas em acumular moedas. O AP é facilmente manipulado pelos poderosos.

    No Brasil, como se fosse miolo de pão para pombos, a direita – pela sua voz, a mídia corporativa – arremessa ao AP denúncias de corrupção, quase sempre infladas ou simplesmente inventadas.

    E o AP é assim manipulado como se estivesse com uma coleirinha. Veja, Globo e Folha são mestras na arte de manobrar o AP.

    Penso nisso tudo ao ver o drama pelo qual passa José Genoino. Mal saído de uma cirurgia delicada no coração, Genoino foi preso por um capricho de Joaquim Barbosa, um heroi do AP.

    A filha de Genoino, Miruna, numa entrevista ao blogueiro Eduardo Guimarães, fez um pedido singelo. Pediu aos brasileiros que não se deixassem contaminar pela trinca suprema da canalhice jornalística brasileira – Veja, Globo e Folha.

    Miruna, 32 anos, é uma professora. Herdou do pai a simplicidade. É quase que o contrário de Verônica Serra, a multimilionária filha de Serra.

    “Tudo que meu pai fez, desde que saiu do Ceará, foi lutar por justiça social”, disse Miruna.

    Compare isso ao que vem fazendo, sistematicamente, Veja, Globo e Folha. É o oposto. A mídia corporativa teve e tem uma contribuição bilionária na construção de um país abjetamente desigual.

    Em 1964, a mídia tramou contra a democracia e saudou entusiasmadamente a ditadura que mataria tantos brasileiros e colocaria no topo da lista dos ricos as famílias que controlam o noticiário que chega à sociedade.

    Dez anos antes, a mídia levou Getúlio Vargas ao suicídio. Nas duas ocasiões, e em várias outras, o AP foi brutalmente manipulado pela imprensa.

    O apelo falacioso, cínico e indecente da “corrupção” sempre funcionou. Repito: era e é o miolo de pão atirado aos pombos, ou ao AP.

    Agora, vejo na internet alguns leitores dizerem o seguinte: “Pela primeira vez os poderosos estão na cadeia.”

    Pobres APs.

    Genoino poderoso? Ora, basta olhar seus bens: uma casa modesta no Butantã, bairro classe média de São Paulo.

    Poderosa é a Globo, poderosa é a Veja, poderosa é a Folha, mas o AP é enganado, intoxicado mentalmente por elas. (...)

    ResponderExcluir
  23. (...) A Globo, por exemplo, deve bilhões à Receita Federal, um crime que dá cadeia e repulsa coletiva em países socialmente avançados.

    E o que acontece com ela? Seus acionistas não são presos, e sequer quitam as contas na Receita.

    Pior: os múltiplos veículos da Globo cobrem a “corrupção” como se a empresa fosse São Francisco de Assis.

    O mesmo vale para a Veja e para a Folha. Seus jornalistas rottweilers fingem desconhecer que o dinheiro público é que ergueu a fortuna assombrosa de seus patrões.

    Os cofres do BNDES e do Banco do Brasil sempre foram frequentados pelas empresas de mídia como se fossem lupanares.

    Os jornalistas fingem desconhecer também – ou é ignorância apenas – que vigora na mídia uma absurda reserva de mercado que veda a empresas estrangeiras entrar no Brasil.

    Pesquise na Veja, na Folha e na Globo o número de reportagens que clamam por mercado aberto. Mas para os outros. Na sombra, elas conseguiram manter um privilégio inacreditável: a reserva.

    Vou contar um pequeno exemplo de assalto ao dinheiro público por parte da mídia. Na era de FHC, quando todos os anunciantes obtinham descontos enormes das empresas de mídia, apenas as estatais pagavam a tabela cheia.

    Importante: estatais federais, estaduais e municipais.

    Dinheiro – muito dinheiro — que deveria construir hospitais e escolas acabava na Globo, na Veja, na Folha etc.

    Isso é poder. Isso é corrupção.

    E então o pobre Genoino, com sua casa que é menor que a sala dos Marinhos, dos Civitas e dos Frias, é o “corrupto”.

    Miruna pede que as pessoas não acreditem na Globo, na Veja e na Folha.

    O AP acredita.

    Mas eles são cada vez menos, como se pode ver pelos resultados das eleições, e pelas sistemáticas quedas de audiência da Globo, da Veja e da Folha.

    O brasileiro acordou, e a internet tem um papel decisivo nisso, ao oferecer visões alternativas à voz rouca das ruas.

    O AP é um ser extinção, como a própria mídia que o manipula.

    E isso é uma notícia extraordinariamente boa para os brasileiros que, como o DCM, querem que o Brasil seja tão avançado socialmente como a Escandinávia.

    ResponderExcluir
  24. http://www.novojornal.com/politica/noticia/mensalao-tucano-podera-entrar-em-pauta-no-stf-no-inicio-de-2-18-11-2013.html

    ResponderExcluir
  25. 247 – A presidente Dilma Rousseff encontrou ar fresco em meio ao ambiente político poluído pelas prisões dos ex-dirigentes petistas José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soares em regime fechado. Pesquisa Estadão/Ibope divulgada na tarde desta segunda-feira 18 mostrou que Dilma, em qualquer cenário, estaria reeleita em primeiro turno como presidente da República.

    No quadro com Marina Silva como candidata do PSB, o levantamento realizado entre os dias 7 e 11 de novembro, em 142 municípios brasileiros, apontou 42% de intenções de voto para a presidente, 16% para a ex-ministra do Meio Ambiente e 13% para o senador Aécio Neves, presidente do PSDB. Com o governador Eduardo Campos, de Pernambuco, no lugar de Marina, Dilma marcou 43% e Aécio, 14%, com Campos ficando com 7%.

    A popularidade da gestão presidencial e a confiança em Dilma também subiram, segundo a pesquisa. Em relação à pesquisa anterior, a aprovação da gestão subiu de 53% para 55%, enquanto a confiança na presidente teve sua taxa aumentada de 49% para 51%.

    Para os socialistas, no entanto, a pesquisa não traz boas novas. As intenções de voto de Marina e Campos caíram em relação ao último levantamento, feito quando a entrada dos dirigentes do Rede no PSB ainda não havia sido anunciada. Com 21% antes, a ex-ministra marcou agora 16%. O governador pernambucano saiu de 10% para 7% de intenções. Talvez os números mostrem que, quanto antes escolherem qual será, afinal, seu candidato, melhor para o PSB.

    ResponderExcluir
  26. A RESPOSTA:


    http://www.brasil247.com/pt/247/poder/121168/Ibope-v%C3%AA-Dilma-vencendo-em-1%C2%BA-turno-e-confian%C3%A7a-maior.htm

    ResponderExcluir
  27. Deu no portal da globo:


    http://g1.globo.com/politica/noticia/2013/11/dilma-tem-43-aecio-14-e-campos-7-indica-pesquisa-ibope.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dilma é igual bolo: Quanto mais bate mais cresce!

      Excluir
  28. A ADI do ACRE tá andando heim. dia 20/11 quarta-feira terá mais lá no STF. Vejam:

    Voltar aos resultados Obtidos
    PROCESSO
    AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE 3609
    ORIGEM: AC
    RELATOR(A): MIN. DIAS TOFFOLI
    REDATOR(A) PARA ACORDAO:
    REQTE.(S): PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
    INTDO.(A/S): ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO ACRE
    INTDO.(A/S): ESTADO DO ACRE
    PROC.(A/S)(ES): PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO ACRE
    PAUTA TEMÁTICA
    PAUTA: P.10 SERVIDOR PÚBLICO
    TEMA: CONCURSO PÚBLICO
    SUB-TEMA: EXIGIBILIDADE DE CONCURSO PÚBLICO
    OUTRAS INFORMAÇÕES
    Data agendada: 20/11/2013

    TEMA DO PROCESSO
    Tema
    1. Ação Direta de Inconstitucionalidade em face do art. 37 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição do Estado do Acre, acrescido pela Emenda Constitucional nº 38, de 5 de julho de 2005.
    2. Sustenta o requerente, em síntese, que a norma impugnada contraria a previsão constante do art. 37, inciso II, da Constituição Federal, que prevê o postulado do concurso público. Afirma.......
    SEM CONCURSO PÚBLICO GALERA, DEFINITIVAMENTE NÃO DÁ......

    ResponderExcluir
  29. «Pela imediata cassação da concessão da Rede Globo de Televisão»

    Caros Amigos,

    Acabei de ler e assinar o abaixo-assinado: «Pela imediata cassação da concessão da Rede Globo de Televisão» no endereço http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR60179

    Concordo com este abaixo-assinado e cumpro com o dever de o fazer chegar ao maior número de pessoas.

    Caso você concorde, agradeço que assine o abaixo-assinado e que ajudem na sua divulgação através de um email para os seus contatos.

    Obrigado.
    no endereço
    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR60179

    ResponderExcluir
  30. Pizzolato revela na Itália dossiê que embaraça julgamento de Barbosa
    18/11/2013 16:29
    Por Redação, com colaboradores - de Roma, Rio de Janeiro e Brasília


    Jobim presidiu o STF no início do processo do ‘mensalão’
    O pior pesadelo do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, que tem dado repetidas mostras de interesse pela vida política, começa a se transformar em realidade nas próximas horas, em Roma. O ex-diretor do Banco do Brasil Francisco Pizzolato fará chegar às mãos de seus advogados italianos o relatório de perto de mil páginas, que o Correio do Brasil divulga, com exclusividade, no qual apresenta provas de que o dinheiro que deu origem à Ação Penal 470 no STF origina-se em uma empresa privada e não de um ente público, como afirma o relatório de Barbosa.
    Para ocultar este fato, que coloca por terra o argumento que levou os réus na AP 470 ao Complexo Penitenciário da Papuda, segundo o dossiê apresentado por Pizzolato, que tem cidadania italiana, o então procurador-geral da República Antonio Fernando de Souza e o ministro Joaquim Barbosa criaram, em 2006, e mantiveram sob segredo de Justiça dois procedimentos judiciais paralelos à Ação Penal 470. Por esses dois outros procedimentos passaram parte das investigações do chamado caso do ‘mensalão’.
    O inquérito sigiloso de número 2474 correu paralelamente ao processo do chamado ‘mensalão’, que levou à condenação, pelo STF, de 38 dos 40 denunciados por envolvimento no caso, no final do ano passado, e continua em aberto. E desde 2006 corre na 12ª Vara de Justiça Federal, em Brasília, um processo contra o ex-gerente executivo do Banco do Brasil, Cláudio de Castro Vasconcelos, pelo exato mesmo crime pelo qual foi condenado no Supremo Tribunal Federal (STF) o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato.
    Esses dois inquéritos receberam provas colhidas posteriormente ao oferecimento da denúncia ao STF contra os réus do ‘mensalão’ pelo procurador Antônio Fernando, em 30 de março de 2006. Pelo menos uma delas, “o Laudo de número 2828, do Instituto de Criminalística da Polícia Federal, teria o poder de inocentar Pizzolato”, afirma o dossiê.

    ResponderExcluir
  31. CONTINUAÇÃO

    Dinheiro da Visanet
    Ainda segundo o relatório que Pizzolato apresentará, em sua defesa, na corte italiana, um tribunal de exceção foi montado no Brasil com o único objetivo de desmoralizar o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em uma clara tentativa de apeá-lo do poder antes do tempo. Embora o estratagema tenha funcionado ao contrário, com mais um mandato popular surgido das urnas ao líder petista, que em seguida elegeu a sucessora, Dilma Rousseff, o STF seguiu adiante e conseguiu que o ex-ministro José Dirceu e o deputado José Genoino (PT-SP) fossem conduzidos à prisão.
    Pizzolato relata, em detalhes, as operações realizadas na campanha política de 2002 e suas ações na diretoria de Marketing do Banco do Brasil. No dossiê, ele contesta os documentos acatados como verdadeiros na AP 470.
    “Observem bem a data em que foi escrita a carta mentirosa do “tucano” (Antonio Luiz Rios, ex-presidente da Visanet que hoje trabalha como consultor para a Rede Globo de Televisão) e dirigida aos peritos da PF, foi em 02 de fevereiro de 2006, período em que os advogados não tinham acesso a nenhum documento. E esta carta mentirosa do “tucano” ditou, influenciou e/ou moldou todos os pareceres, perícias e fundamentalmente a própria “denúncia” da Procuradoria Geral da República e do Ministério Público Federal (PGR/MPF), bem como a argumentação do relator Joaquim Barbosa que por sua vez “convenceu” o plenário do STF. Ninguém, repito, absolutamente ninguém, nem o PGR/MPF e nem o relator, deram-se ao trabalho de observar a regra básica de uma relação de mercado, o respeito ao contrato. Pois existia um contrato que normatizava a relação da Visanet com seus sócios, os diversos bancos, sendo o maior acionista da VISANET, o Bradesco”.
    Em nove capítulos, Pizzolato também revela que, em março de 2006, quando ainda presidia o STF o ministro Nelson Jobim, a CPMI dos Correios divulgou um relatório preliminar pedindo o indiciamento de 126 pessoas. Dez dias depois, em 30 de março de 2006, o procurador-geral da República já estava convencido da culpa de 40 deles. A base das duas acusações era desvio de dinheiro público (que era da bandeira Visa Internacional, mas foi considerado público, por uma licença jurídica não muito clara) do Fundo de Incentivo Visanet para o Partido dos Trabalhadores, que teria corrompido a sua base aliada com esse dinheiro. Era vital para essa tese, que transformava o dinheiro da Visa Internacional, aplicado em publicidade do BB e de mais 24 bancos entre 2001 e 2005, em dinheiro público, ter um petista no meio. Pizzolato era do PT e foi diretor de Marketing de 2003 a 2005.
    Barbosa decretou segredo de Justiça para o processo da primeira instância, que ficou lá, desconhecido de todos, até 31 de outubro do ano passado. Faltavam poucos dias para a definição da pena dos condenados, entre eles Pizzolato, e seu advogado dependia de Barbosa para que o juiz da 12ª Vara desse acesso aos autos do processo, já que foi o ministro do STF que decretou o sigilo.

    ResponderExcluir
  32. CONTINUAÇÃO

    O relator da AP 470 interrompera o julgamento para ir à Alemanha, para tratamento de saúde. Na sua ausência, o requerimento do advogado teria que ser analisado pelo revisor da ação, Ricardo Lewandowski. Barbosa não deixou. Por telefone, deu ordens à sua assessoria que analisaria o pedido quando voltasse. Quando voltou, Barbosa não respondeu ao pedido. Continuou o julgamento. No dia 21 de novembro, Pizzolato recebeu a pena, sem que seu advogado conseguisse ter acesso ao processo que, pelo simples fato de existir, provava que o ex-diretor do BB não tomou decisões sozinho – e essa, afinal, foi a base da argumentação de todo o processo de mensalão (um petista dentro de um banco público desvia dinheiro para suprir um esquema de compra de votos no Congresso feito pelo seu partido).
    No dia 17 de dezembro, quando o STF fazia as últimas reuniões do julgamento para decidir a pena dos condenados, Barbosa foi obrigado a dar ciência ao plenário de um agravo regimental do advogado de Pizzolato. No meio da sessão, anunciou “pequenos problemas a resolver” e mencionou um “agravo regimental do réu Henrique Pizzolato que já resolvemos”. No final da sessão, voltou ao assunto, informando que decidira sozinho indeferir o pedido, já que “ele (Pizzolato) pediu vistas a um processo que não tramita no Supremo”.
    O único ministro que questionou o assunto, por não acreditar ser o assunto tão banal quanto falava Barbosa, foi Marco Aurélio Mello.
    Mello: “O incidente (que motivou o agravo) diz respeito a que processo? Ao revelador da Ação Penal nº 470?”
    Barbosa: “Não”.
    Mello: “É um processo que ainda está em curso, é isso?”
    Barbosa: “São desdobramentos desta Ação Penal. Há inúmeros procedimentos em curso.”
    Mello: “Pois é, mas teríamos que apregoar esse outro processo que ainda está em curso, porque o julgamento da Ação Penal nº 470 está praticamente encerrado, não é?”
    Barbosa: “É, eu acredito que isso deve ser tido como motivação…”
    Mello: “Receio que a inserção dessa decisão no julgamento da Ação Penal nº 470 acabe motivando a interposição de embargos declaratórios.”
    Barbosa: “Pois é. Mas enfim, eu estou indeferindo.”
    Segue-se uma tentativa de Marco Aurélio de obter mais informações sobre o processo, e de prevenir o ministro Barbosa que ele abria brechas para embargos futuros, se o tema fosse relacionado. Barbosa reitera sempre com um “indeferi”, “neguei”. O agravo foi negado monocraticamente por Barbosa, sob o argumento de que quem deveria abrir o sigilo de justiça era o juiz da 12ª Vara. O advogado apenas consegui vistas ao processo no DF no dia 29 de abril, quando já não havia mais prazo recurssório.

    ResponderExcluir
  33. Depois que fiquei sabendo do emprego arranjado e do apartamento que o excelentíssimo kkkkkk senhor Joaquim Babosa tem nunca mais vi esse TOGADO com bom olhos.Pesquisem , leiam e verão quem é esse homem "brasileiro" sim porque nesse país é difícil encontrar alguém realmente honesto .Eu não confio em ninguém e muito menos nesse "TOGADO" JB

    ResponderExcluir
  34. Carioca arrependido19 de novembro de 2013 08:31

    Notícias STF Imprimir
    Agenda do presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, para esta terça-feira (19)
    ??????
    19h - Posse dos ministros Marco Aurélio e Dias Toffoli na Presidência e Vice-Presidência do TSE

    OLHA O CALA A BOCA DA ADI 4876 AÍ GENTE!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Justo os que estão julgando as adis e as aps do psdb
      kkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Que isso, não tem nada a ver uma coisa com outra. Vários ministros do STF são presidentes de outras instituições no governo federal. A Carmem Lúcia é presidenta do Tribunal Superior Eleitoral até o momento. Isso é normal e não tem nada a ver com nenhum processo que tramita no STF, kkkk. Que isso gente aí já é apelar né.

      Excluir
    3. Carioca arrependido20 de novembro de 2013 13:04

      Bom saber, pq o mensalão do psdb eles lá da casa grande nem tomaram conhecimento e só a senzala levou chibatadas nas costas e açoitamento de toda ordem.

      Excluir
  35. O problema é a ADI 4876, ela permanece parada desde o dia 20 de maio, e saiu a resolução 2442, onde efetivos e efetivados continuam com os mesmo direitos, em algumas situações os efetivados estão com muito mais direitos, o caso das pessoas que passaram no ultimo concurso estão no estagio probatorio, e os efetivados não tiveram estágio probatorio é muito injusto.

    ResponderExcluir
  36. Perdi o encantamento pelo Sr. Joaquim Barbosa... como disse um colega acima, não será nenhuma surpresa se ele vier a ser mesmo membro da chapa de Aécio. Porque tudo se resolve no STF, só não acontece o julgamento da ADI 4876. E os problemas em Minas se multiplicam cada vez mais.

    ResponderExcluir

  37. AH, QUE CANSEIRA LER ISTO SEMPRE: o Ministro se sensibiliza, o Ministro reconhece a desvalorização dos educadores brasileiros. Mas só se sensibilizar e/ou reconhecer não paga as contas dos profissionais da educação e muito menos resolve a questão dos desrespeitos impetrados pelo desgovernos deste país, então está na hora de Excelentíssimo Ministro da Educação tomar as rédeas da questão e resolver o problema, porque o seu colega HADDAD tinha discurso parecido e no entanto hoje é prefeito de São Paulo e o Senhor Ministro vai sair da pasta só se dizendo sensibilizado com o nosso descaso! Não me canse Senhor Ministro!

    'Professores não são bem pagos', diz Mercadante
    Estadão ConteúdoPor Beatriz Bulla, Dayanne Sousa e Gabriela Lara | Estadão Conteúdo – 2 horas 17 minutos atrás

    Email
    Compartilhar 35
    Tweet
    Imprimir

    O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou nesta terça-feira, 19, durante o Fórum Estadão Brasil Competitivo, que os professores no Brasil não são bem pagos. "Eles não têm um salário competitivo no mercado de trabalho".

    Leia mais:
    Oferta de educação precisa melhorar, afirma pesquisador

    No debate entre palestrantes do primeiro painel do evento, o ministro concordou que a valorização do professor é o primeiro passo para melhorar o sistema educacional brasileiro. "Você precisa de bons professores na sala de aula, por isso é importante valorizar. O MEC não aceita a ideia de que reajuste (dos professores) seja feito só pela inflação, tem que haver um aumento real", disse. No entanto, ele ponderou que muitas vezes a prefeitura e o governo chegam a um "limite financeiro" que impede uma melhor remuneração do profissional.



    Mercadante também disse que é preciso rever a formação inicial do docente. "É necessário melhorar a remuneração, mas também melhorar o desempenho em sala de aula." Ele apontou ainda que "greve prolongada na educação não valoriza o professor e nem resolve o problema da área educacional."



    Depredação de patrimônio público



    O ministro também afirmou que considera "inadmissível a depredação do patrimônio de universidades públicas" no Brasil. "O patrimônio público é de todos, quem está usufruindo da possibilidade de acesso a educação pública precisa ter o instinto de valorizar esse patrimônio", declarou. "Acho inadmissível essa situação", disse. "A lei tem de valer nessas situações, quem depredou tem de responder junto ao Estado", completou.



    Na avaliação de Mercadante, estudantes que usufruem de universidades públicas "têm de ter como contrapartida o espírito público de preservar o patrimônio". "Acredito que aluno e ex-aluno têm de ajudar a melhorar a universidade da qual ele fez parte".



    Indicação política



    Mercadante afirmou que é preciso acabar com a indicação política para cargos de gestão de educação no Brasil. "Tem de acabar no País a indicação política, não é possível que prefeito ache que tem de indicar alguém que seja amigo", declarou.



    O ministro também voltou a defender a elevação de salários dos professores. "Concordo totalmente, mas não acredito que isso possa servir de pretexto para uma 'cultura corporativista' dos profissionais". "Professor não pode se vitimizar e ficar se queixando, porque aí todo ano faz greve de dois ou três meses e quem paga essa conta são as crianças", acrescentou. "É uma conta muito alta que não precisamos ter de pagar", concluiu.

    ResponderExcluir
  38. Mercadante afirma que professores não são bem pagos

    Agência Estado
    Publicação: 19/11/2013 11:54 Atualização: 19/11/2013 12:04
    O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou nesta terça-feira, 19, durante o Fórum Estadão Brasil Competitivo, que os professores no Brasil não são bem pagos. "Eles não têm um salário competitivo no mercado de trabalho".

    Saiba mais...
    Professores e PM entram em confronto no CE
    Polícia e Black Blocs voltam a se enfrentar em passeata dos professores no Rio
    Professores do Rio protestam perto do Palácio Guanabara
    Professores municipais do Rio fazem enterro simbólico da educação
    No debate entre palestrantes do primeiro painel do evento, o ministro concordou que a valorização do professor é o primeiro passo para melhorar o sistema educacional brasileiro. "Você precisa de bons professores na sala de aula, por isso é importante valorizar. O MEC não aceita a ideia de que reajuste (dos professores) seja feito só pela inflação, tem que haver um aumento real", disse. No entanto, ele ponderou que muitas vezes a prefeitura e o governo chegam a um "limite financeiro" que impede uma melhor remuneração do profissional.

    Mercadante também disse que é preciso rever a formação inicial do docente. "É necessário melhorar a remuneração, mas também melhorar o desempenho em sala de aula." Ele apontou ainda que "greve prolongada na educação não valoriza o professor e nem resolve o problema da área educacional."

    Depredação de patrimônio público
    O ministro também afirmou que considera "inadmissível a depredação do patrimônio de universidades públicas" no Brasil. "O patrimônio público é de todos, quem está usufruindo da possibilidade de acesso a educação pública precisa ter o instinto de valorizar esse patrimônio", declarou. "Acho inadmissível essa situação", disse. "A lei tem de valer nessas situações, quem depredou tem de responder junto ao Estado", completou.

    Na avaliação de Mercadante, estudantes que usufruem de universidades públicas "têm de ter como contrapartida o espírito público de preservar o patrimônio". "Acredito que aluno e ex-aluno têm de ajudar a melhorar a universidade da qual ele fez parte".

    Indicação política
    Mercadante afirmou que é preciso acabar com a indicação política para cargos de gestão de educação no Brasil. "Tem de acabar no País a indicação política, não é possível que prefeito ache que tem de indicar alguém que seja amigo", declarou.

    O ministro também voltou a defender a elevação de salários dos professores. "Concordo totalmente, mas não acredito que isso possa servir de pretexto para uma 'cultura corporativista' dos profissionais". "Professor não pode se vitimizar e ficar se queixando, porque aí todo ano faz greve de dois ou três meses e quem paga essa conta são as crianças", acrescentou. "É uma conta muito alta que não precisamos ter de pagar", concluiu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não adianta falar isso, pois isso todos já sabemos. Quero ver o reajuste do piso para o ano que vem. Já estou enjoado de ouvir que professor ganha mal. Cadê o reajuste do piso? De quanto será?

      Excluir
    2. O ESTADO está em "estado" de miséria,faliu.

      Excluir
  39. BOA TARDE!
    GOSTARIA QUE ALGUÉM ME ESCLARECESSE UMA DUVIDA . FUI INFORMADA PELA DIREÇÃO DA ESCOLA, QUE CASO HAJA UM CARGO VAGO, EU SÓ PODEREI EXTENDER MINHAS AULAS SE PEGAR TODO O CARGO VAGO . NÃO POSSO PEGAR APENAS UMA PARTE DAS AULAS . SENDO ASSIM , MUITOS NÃO PODERÃO FAZER EXTENSÃO, POIS COSTUMA O HORARIO BATER EM UMA OU DUAS AULAS. ALGUEM SABE DE ALGO, POIS LI A RESOLUÇÃO E NÃO VI NADA A RESPEITO.
    OBRIGADA

    ResponderExcluir
  40. Boa tarde Euler! Infelizmente as notícias não são boas para nós, o previsível acabou acontecendo. Veja:
    A Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Assembleia de Minas Gerais manifestou-se contrária a todas as oito emendas da oposição a um projeto do governo do estado que reajusta em 5% o subsídio das carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica; o parecer sobre as emendas já foi aprovado e a matéria, agora, será encaminhada para votação em 1º turno no Plenário

    19 de Novembro de 2013 às 15:12

    http://www.brasil247.com/pt/247/minas247/121249/Professores-sofrem-derrota-na-Assembleia.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles são pau mandado do governador só fazem sua vontade. Ele não quer dar os 5% porque administrou muito mal e não tem nem essa merreca para pagar. Cadê o dinheiro destinado à Educação? A fiscalização...

      Excluir
    2. ISSO JA ERA ESPERADO, BESTA É QUEM VOTAR NESSES DEPUTADOS AI.

      Excluir
  41. Euler,
    Gostaria de perguntar se você sabe em que data (iof-mg) foi publicado a lotação dos efetivados. Caso tenha essa informação, gentileza postar.
    Obrigado,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cidade inadministrável20 de novembro de 2013 00:24

      Isso não existe, só para concursados. A gente passa no concurso, toma posse de acordo com a classificação,assina ata na SEE, e assina outra ata na Escola e só depois tudo é publicado no iof-mg.

      Excluir
  42. STJ garante aos candidatos acometidos por câncer a posse em cargo público

    No julgamento do AREsp 76.328, em 2011, o ministro Cesar Asfor Rocha (hoje aposentado) entendeu ser impossível rever fatos e provas a ponto de alterar decisão de segunda instância que garantiu a posse de uma candidata em concurso público. Acometida por câncer de mama, ela já havia concluído o tratamento quando foi nomeada. Apresentou atestado, relatório e perícia médica do INSS para demostrar a aptidão para o trabalho, mas o órgão tornou sem efeito a nomeação.

    O Tribunal de Justiça de Minas Gerais considerou abusiva a exigência do transcurso de cinco anos de sua cirurgia de retirada do tumor, como condição para posse. Para o tribunal, trata-se de fator de risco de recidiva, fator incerto e futuro, que não pode ser empecilho para a posse.

    ResponderExcluir
  43. Está na hora, digo, já passou da hora a federalização da folha de pagamento do professor da educação básica. Vamos mandar mensagens em massa para Dilma. Além de melhorar consideravelmente nossos rendimentos, acabaria em grande parte com a corrupção de estados e municípios. Seria uma tacada de morte no psdb/bosta esta proposta e bate com o que o ministro falou. Pode ser que venha alguma coisa aí. Educação é política. Tudo é política. O pior analfabeto é o político!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aecin pó parar, além de falar que foram petistas que inventaram mentira que ele usa esta pedindo FEDERAÇÃO, "prestençãooooo", ele não pede FEDERALIZAÇÃO e sim, FEDERAÇÃO... KKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. Você conhece dicionário? Julgo necessário você consultá-lo. Consulte federalização e federação! Julgo que você dançou na maionese. Antes de escrever é bom consultar um BOM dicionário!!!!!!!!!!

      Excluir
    3. Dá-se o nome de Federação (do latim: foedus, foedera "aliança", "pacto", "contrato") ou Estado federal a um Estado soberano composto por diversas entidades territoriais autônomas dotadas de governo próprio.
      aecin do pó parar pede isso...
      NÓS PROFESSORES PEDIMOS Federalização da educação e da folha de pagamento como saída para garantir mais recursos para o setor e evitar "atravessadores" bicudos, principalmente. O senador Cristovão Buarque pediu a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2013, de sua autoria, que prevê uma carreira nacional para os trabalhadores da educação básica pública e garantia de obras, equipamentos e assistência.
      Entendeu? Como uma pessoa que não conhece a outra se dá o direito de ter o desplante de receitar dicionário para outra? Estou criticando os eleitores do senhorzinho de engenho, vulgo pó parar aecin, que podem votar pensando que ele está pedindo o que os professores querem. Se você não entendeu a ironia, você voltar pra escola para aprender que ele tenta fazer um intexto pra pegar "trouxas".

      Excluir
    4. Onde se lê você voltar, leia- se por favor: você pode voltar... Um lapso. Obrigada!

      Excluir
  44. A IMAGEM DO STF FICOU ARRANHADA NA HISTÓRIA POR FALTA DE COMPETÊNCIA OU POR SIMPLES VINGANÇA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carioca arrependido20 de novembro de 2013 10:29

      Manifesto dos juristas Dalmo Dallari e Celso Bandeira sobre a prisão dos acusados na AP 470, vulgo mensalão
      http://campanhavai.blogspot.com.br/2013/11/manifesto-dos-juristas-dalmo-dallari-e.html?spref=tw

      Ives Gandra: José Dirceu foi condenado sem provas
      http://revistaforum.com.br/blog/2013/09/ives-gandra-jose-dirceu-foi-condenado-sem-provas/

      Enquanto isso nas Minas das Gerais...
      Azeredo nega ter sido 'escondido' em evento do PSDB
      http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,azeredo-nega-ter-sido-escondido-em-evento-do-psdb,1098448,0.htm

      É mole, ou quer mais?

      Excluir
  45. http://www.ocafezinho.com/2013/11/19/bomba-o-contrato-da-globo-com-marcos-valerio/

    ResponderExcluir
  46. Até o jornalista da Folha admite: "...as coisas estão fora do lugar."

    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/ricardomelo/2013/11/1372759-supremo-tapetao-federal.shtml

    ResponderExcluir
  47. Recebi ontem na escola que trabalho um tablete, ou seja todos os professores do ensino médio receberam. Isso deve ser lavagem de dinheiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os tablets vem do FNDE do Governo Federal que os estados repassam aos professores do ensino médio, isso esta acontecendo em todo o Brasil.

      Excluir
    2. E é mesmo. Todos da mesma marca. No edital havia uma referência que não faz a mínima diferença paranada que só esta marca tinha. Só ela poderia ganhar. Coisas do eficiente ministro da educação que mete o bico em todo assunto do governo,menos na educação.Em breve ele vai sair,vai mudar de ministério sem ter feito NADA pela educação.

      Excluir
  48. Estão comentando que Anastasia vai fazer o pagamento do 14º este ano...será verdade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Estado está quebrado por causa da má administração tucana. Será mais um entre tantos outros calotes aos servidores.

      Excluir
    2. Você acredita em Papai Noel?

      Excluir
    3. Você, anônimo, deve ser o mesmo que indagou se seria verdade que o governo ia pagar metade do 13...vc fica "jogando" essas "notícias" aqui, pra criar algum "alvoroço". Deve ser, você, alguém do lado de lá, ou seja, do lado do capeta do anastazia.

      Excluir
    4. Primeiro,para ser 14 teria que ser o salário integral e sem desconto. Não ajude esta corja a enganar a sociedade enganando-se a si mesmo. É simplesmente um prêmio por produtividade que muitas vezes não chega a ser a metade do salário. "Não dê pérolas aos porcos". Acabe com esta coisa de décimo quarto salário. Isto é só para deputados.NÃO COLABORE COM PROPAGANDA ENGANOSA DO GOVERNO.

      Excluir
    5. As escolas já não tem nem merenda para os alunos... o dinheiro da merenda não entrou... tá um caos!

      Excluir
  49. MENTIRA!!!! Será o dinheiro da previdência ? Nunca aconteceu com este sr... no governo .Vai pagar o 13 afinal ele mesmo falou no primeiro trimestre de 2014.

    ResponderExcluir
  50. A Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO) da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou nesta quarta-feira (20/11/13) parecer de 2º turno favorável ao Projeto de Lei (PL) 4.647/13. A proposição, de autoria do governador, reajusta em 5%, a partir de 1º de outubro de 2013, o subsídio das carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica e da carreira de professor de ensino médio e tecnológico. Com a aprovação do parecer, o PL 4.647/13 agora já pode ser votado em 2º turno no Plenário.

    O relator, deputado Lafayette de Andrada (PSDB), apresentou o substitutivo nº 1. A principal novidade proposta é a retirada do prazo máximo para a concessão de mais 2,5% de reajuste ao servidor que estiver posicionado no último grau (P) de quaisquer dos níveis das tabelas das carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica e que tiver implementado os requisitos para a progressão. Na prática, estes servidores ganharão uma espécie de extensão da carreira, com o descongelamento da progressão.

    O substitutivo também revoga dispositivo que permite ao professor que houver cumprido o tempo de serviço para a aposentadoria ficar afastado das atividades de docência. Segundo o texto, isso gera um grande número de servidores encarregados de exercerem atividades administrativas sem que haja demanda. “Trata-se de uma adaptação da regra de lotação ao contexto previdenciário atual, que exige idade mínima de 55 anos, se mulher, e 60 anos, se homem”, aponta o parecer.

    Por fim, o substitutivo nº 1 também absorve sugestão de emenda encaminhada pelo Executivo que tinha por objetivo a incorporação da Gratificação Complementar, instituída pelo artigo 1º da Lei Delegada 44, de 2000, ao vencimento básico dos servidores das carreiras de analista de gestão e assistência à saúde, profissional de enfermagem, técnico operacional da saúde e auxiliar de apoio da saúde, pertencentes ao quadro de pessoal da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig).

    O PL 4.647/13 está tramitando em regime de urgência. O requerimento para este fim, do deputado Lafayette de Andrada, foi aprovado na Reunião Extraordinária da manhã desta quarta (20). O regime de urgência é uma tramitação especial que reduz os prazos de apreciação da matéria nas comissões e no Plenário, tornando sua análise mais ágil.

    Impacto – Segundo dados da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), reproduzidas pelo parecer, o projeto implica um acréscimo de R$ 143 milhões à folha de pagamento de pessoal do Poder Executivo, no exercício de 2013, e de R$ 463 milhões, no exercício de 2014. Tal impacto será suportado por meio de recursos ordinários do Tesouro Estadual, dentro dos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. O reajuste aplica-se também aos servidores inativos e pensionistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... RINDO LITROS... O TERCEIRO ESTADO EX MAIS RICO DA UNIÃO... FALIDO PELO PSDBosta... "CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE.

      Excluir
  51. A turma do desgoverno deve estar preocupada, pois na segunda-feira respondi a uma pesquisa sobre intenção de voto. (Eu não sabia que já era tecnológica). Não deu outra. Em quem você não votaria para o governo federal? Aecim do pó, é claro. Leiam matéria no NOVOJORNAL sobre as overdoses que o mancebo teve enquanto inquilino do palácio do governador! Que desgraça para o meu Estado, Minas Gerais das pessoas simples e honestas, dos trabalhadores honrados e cumpridores dos compromissos. Que vergonha para quem tem compromisso com o correto, com a disciplina da sabatina. Creio não poder ver podridão pior!!!!!!!! Se o governador age assim, do que esperar do incauto? O que dizer ao aluno que fuma dentro de sala??????????????????????????????

    ResponderExcluir
  52. amigos o 14º vai sair mesmo esse ano!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como você, anônimo das 21:52 gosta de causar alvoroços. Quanto ganha para colocar esses post"s?

      Excluir
  53. Parece que a lei 100 vai adormecendo novamente, o barulho foi só para promover a Joana candidata a diretoria da APMG.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A do ACRE caiu dia 20/11/2013 e com repercussão geral...

      Excluir
    2. Cidade inadministrável22 de novembro de 2013 00:30

      O mesmíssimo caso de MINAS GERAIS...
      A INCONSTITUCIONALIDADE JÁ ESTÁ DECIDIDA POR UNANIMIDADE DOS JUÍZES DO STF, NÃO HÁ MAIS O QUE NINGUÉM FAZER... A LEI JÁ CAIU AO SER JULGADA INCONSTITUCIONAL.

      O procurador-adjunto Davi Laert afirmou que o pleito do estado é para que o prazo de permanência dos servidores em seus quadros seja estendido, pois a inconstitucionalidade já foi decidida.

      LEIA NA ÍNTEGRA:

      http://www.contilnetnoticias.com.br/index.php/noticias-politicas/917-deputados-recebem-sindicalistas-para-debater-adi-dos-11-mil-servidores

      Excluir
    3. Só falta o quiquin psdbista determinar o dia do bota fora!

      Excluir
  54. Aécio é muito cara de pau sobre o Mensalão tucano diz que dará todo apoio para os culpados serem punidos. Na fala da jornalista da globo."A direção do PSDB, dará todo apoio para os culpados serem julgados".

    ResponderExcluir
  55. Boa tarde , colegas.
    Infelizmente, boa coisa não sairá nesta votação para o aumento dos professores. FIQUE DE OLHO!
    E com tantas propagandas políticas salientando que Minas Gerais tem a melhor educação do Brasil, com se justifica o professor não receber o piso salarial e nem poder alimentar nas escolas, não ter vale-alimentação, praticamente "mendigando " lanche nas escolas? QUE PAÍS É ESTE? QUE ESTADO É ESTE?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse o Rogério Correia na assembleia,eles estão raspando o taxo.Depois de feito o cadastro das crianças que aniversariam até abril, o Anastasia passou a idade para junho. Primeiro colocou as crianças com 6 anos,agora com 5 anos e meio. Tudo isto prá pegar o dinheiro do governo federal que vem para a educação básica. Agora tira o direito do professor com 25 anos de serviço se afastar de sala de aula prá não contratar outro em seu lugar. E assim vai...roubando sempre dos idiotas dos professore...e o que estes professores estão fazendo além de reclamar no muro das lamentações?

      Excluir
  56. PL que reajusta em apenas 5% o subsídio dos educadores é aprovado em 1º turno


    Sob olhares atentos dos educadores mineiros e palavras de ordem dirigidas ao Plenário, os deputados mineiros deram, mais uma vez, um aval ao governo do Estado contra a educação.

    Depois de muita expectativa e de várias derrubadas de quórum por parte da base governista, finalmente o Projeto de Lei (PL) 4.647/13, do Executivo - que reajusta em apenas 5% o subsídio das carreiras do Grupo de Atividades de Educação Básica - foi a plenário na noite da última terça-feira (19/11/13). A votação só foi possível depois de muita pressão dos deputados do Bloco Minas sem Censura e do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG). Por parte da base do governo, não havia pressa na votação e o salário dos educadores novamente estariam sem o reajuste.

    Outra questão que o Sind-UTE/MG conseguiu garantir foi o percentual de progressão também para os servidores efetivados. Com a aprovação do projeto, os salários serão reajustados em 5% retroativos a outubro de 2013, e a progressão na carreira será concedida em janeiro de 2014.

    Saiba quem disse NÃO para a educação
    Na fase de encaminhamento da votação, deputados do Bloco Minas Sem Censura (PT, PMDB e PRB), defenderam a aprovação de um conjunto de emendas trabalhadas pelo Sind-UTE/MG. No destaque, a emenda de nº 7, que determina que os subsídios sejam reajustados utilizando o mesmo percentual adotado para o Piso Nacional, que é do custo aluno. Em 2012, o reajuste do Piso Salarial foi de 22,22% e, em 2013, foi de 7,92%. Já em Minas, o governo propôs reajuste de apenas 5%.

    Na tentativa de convencer os colegas, os deputados Sávio Souza Cruz e Rogério Correia (Bloco Minas Sem Censura) ressaltaram que as emendas acrescidas ao PL visavam tão somente minimizar o calvário da educação. Lembraram que nesse e em governos anteriores, os educadores só perderam. Como se não bastasse terem perdido o direito à carreira, ao estímulo pela formação, o respeito de um governo que se senta à mesa, negocia, mas não cumpre o assinado, a categoria está perdendo também a esperança de dias melhores e até o direito de se alimentar nas escolas.

    No entanto, mesmo diante de tais argumentos, o plenário por placares foram apertados (25 a favor de emendas e 33 contrários às emendas) e rejeitaram as emendas propostas pelo Sind-UTE/MG.

    Agora o projeto será votado em 2º Turno.

    ResponderExcluir
  57. Seu Euler,
    A defesa em favor da corrupção petista neste blog é uma coisa vergonhosa. Desde quando compra de voto de parlamentares e caixa dois de campanha são a mesma coisa? Isso é sim uma afronta ao bem mais precioso gerado pelas civilizações modernas que é a DEMOCRACIA. A verdadeira, no caso, com independência total dos poderes, segundo os melhores princípios. Ao que parece a democracia que este blog deseja é a mesma do PT, do Chaves e do Maduro. Oh! Que tédio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fraco!!!!! Sem noção.

      Excluir
    2. Carioca arrependido22 de novembro de 2013 00:16

      Não gostou, não leia... Vaza tucanalha.

      Excluir
    3. Para pensar assim, você deve se pautar pela Rede

      Globo, jornais de Minas. Leia os blogs, as mídias

      independentes para entender a injustiça que está por

      trás do AP 470.

      Quem comprou voto foi FHC/PSDB. Pagou $200.000 por parlamentar que votou a favor de sua reeleição.

      Foi FHC/PSDB que privatizou setores estratégicos do BR. E ainda financiou a venda com o dinheiro do BNDES.

      E em MG? Temos o berço do tal mensalão. Mais uma vez com o PSDB. E o desvio de 4 bilhões da saúde? 8 bi da educação?

      Pesquise e analise como estão os estados governados pelo PSDB. Alagoas, Minas, Paraná e Goiás. Sem mencionar São Paulo

      E você já se perguntou a razão dos políticos do PSDB não serem julgado?

      Simples. A direita controla o Brasil deste seu descobrimento. Esta praga está impregnada em todas as esfera de governo, inclusive no judiciário.

      Exemplo: Porquê o SindUTE não ganha nenhuma causa na justiça de Minas.

      Analise. Não tenha como verdade o que é dito na Globo, Folha etc. Procure outras fontes de informação.
      Assim você não ficará do lado de nossos inimigos.

      Excluir
    4. O PT está sendo passado a limpo,portanto os que sobrarem terão minha confiança.Quanto ao PSDB até então não posso confiar em ninguém,inclusive nos seus aliados.A podridão maior está aí,onde toda sujeira é jogada para debaixo dos ta petes com mensalões intermináveis pagos,principalmente pelo governo mineiro.

      Excluir
  58. Podridão esta Assembleia Legislativa que poderia pelo menos ter minimizado o mal que nos fizeram. VERGONHA este" aumento" de 5%.Ja escrevi para a ouvidoria da Assembleia e agora vou escrever para cada um destes pau mandados. Vamos fazer a mesma coisa gente. Isto tem que repercutir nos ouvidos deles.Eles precisam saber que estamos de olho.

    ResponderExcluir
  59. Dia 04/12 estejam atentos: votação redução reajuste do piso na Câmara dos Deputados. Ja estou enviando emails para os deputados, para Mercadante, para Dilma Vamos fazer pressão. Leiam no site da CNTE

    ResponderExcluir
  60. Sambinha noturno para a galera da Assembleia Legislativa Mineira : " Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão, se gritar pega ladrão...."
    QUE VENHA 2014, nossos votos serão certeiros...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente nossos votos não valem nada,as "urnas" são viciadas.Dia 29 haverá uma manifestação nacionas contra estas urnas safadas...

      Excluir
  61. Alguma notícia sobre o julgamento no STF da "lei 100 do Acre"??

    Era prá ontem 20/11/2013.

    ResponderExcluir
  62. A defesa da lei 100 que se promove neste blog distanciam discurso e prática.Acordem! Um pais democrático o é quando as lei que garantem iguais direitos para os cidadãos são respeitadas Por que cargas d'água 98 mil servidores não precisaram estudar para o concurso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isonomia...isonomia...cadê? Sou efetiva por concurso, estou trabalhando quase cem km distante de casa porque tem um efetivado ocupando a vaga. Valha me Deus!! Que isso!!! Ainda tenho que aguentar diretor que não consegue passar em nenhum concurso, nem mesmo de diretor , defender a Lei 100 noção! Essa educação, esses governos estão me adoecendo!! Quero ganhar na mega...e saltar fora...

      Excluir
    2. Procure um advogado...

      Excluir
  63. Caros colegas,
    Professor do Estado de MG, não recebe vale-transporte para trabalhar e ainda tem diretor que esta se achando no direito de obrigar o mesmo a trabalhar aos sábados sem hora extra e vale.
    ESTADO SEM LEI..., DIRETOR DITADOR... PROFESSORES ABANDONADOS SEM UMA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA.
    OBRIGAR O EMPREGADO A TRABALHAR COMO VOLUNTÁRIO É CRIME.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criminoso é o otário que aceita tudo. Para ser professor agora tem ter índole de cachorro? Onde está a sua personalidade? Embora sejamos treinados desde criança para acreditar o contrário, o ser humano é poderoso, ele só faz o que ele quer.

      Excluir
  64. Acabo de ler que a Adi 4631(a do piso dos professores) náo segue em frente, o ministro relator negou seguimento!!

    ResponderExcluir
  65. Euler, por favor, me explica como será essa progressão na carreira em 2014.
    Aposentei em 2009, tenho (ou tinha), 6 quinquênios, 10 biênios, trintenário,pós-graduação,47% de aulas facultativas e sou PEB2P.Recebo R$ 2.660.00. Se fosse pelo piso, estaria recebendo o dobro.
    Conto com sua informação.
    Maria Helena

    ResponderExcluir
  66. Venho trazer péssimas notícias para os professores de Minas Gerais!

    O Ministro Teori Zavascki, negou seguimento ao processo que pedia a anulação do recebimento por Subsídio dos professores estaduais.

    O teor do documento ainda não está disponível, porém pela observação no Acompanhamento Processual, não temos mais chance de receber o tão sonhado Piso Nacional.

    Segue o teor da observação: Em 21.11.2013: "...nego seguimento ao pedido, julgando extinto o processo, sem resolução de mérito, com base nos arts. 21, IX, do RISTF e 267, VI, do Código de Processo Civil. Publique-se. Intime-se."

    Quem quiser maiores detalhes, site do STF e procure por ADI 4631.

    Silvio Gontijo (Professor desmotivado)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora é desistir dessa carreira.

      Excluir
    2. Oi Silvio
      Mas vc não viu a data? Foi em julho de 2011.
      O que é lei é lei , mas há mts que não as cumprem. Se Deus quiser, vamos eleger um que vai ser menos pior que este governo. Não importa se não fazem justiça, lá no STF, mas um dia vamos ter o que merecemos, se elegermos um candidato do povo.(?)

      Excluir
    3. Ele negou porque esta ação foi mal formulada como muitos já citaram aqui no blog. Há de se fazer uma nova ação e bem fundamentada, citando questões como direito adquirido, a escolha que foi oferecida e depois se tornou o subsídio compulsório e etc e etc...

      Excluir
  67. Bom mesmo e para p pessoal de libras,1800,00.So para ser interprete.Eles nao tem nem faculdade.Nao passam nota,nem provas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sai "zoião"!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  68. http://www.viomundo.com.br/denuncias/altamiro-borges-os-secretarios-de-alkcmin.html

    ResponderExcluir
  69. Ano que vem tem eleição, sabiam?.Vamos ou não votar em quem queremos ( nos candidatos honestos, respeitosos para com os professores, com a população de alunados, com as famílias e assim por diante). Esses desmerecedores de nossos votos que aí estão - fora para com eles. Que eles vão lamber sabão. Vamos votar conscientes de que MINAS GERAIS precisa urgentemente de mudança. MINAS é o estado mais rico do Brasil. Estes bandidos engravatados, zumbis, barrigas de uísque, deverão sair empurrados mesmos.Não deverão ter vez em 2014. Quem quiser se candidatar a senador que vá para outro estado. Vamos desinfetar estes ratos da barriga branca. Beijos

    ResponderExcluir
  70. LEI 100 .....atenção nas páginas 3 e 4 do "Minas Gerais" do dia 22/11/2013, publicação de atos retirando servidores da Saúde da lei 100 e efetivando-os por meio da Emenda Constitucional nº 49.......façam suas deduções.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PESQUISEM:
      iomg pag 3 e 4

      Excluir
    2. Denuncie no Ministério Público...

      Excluir
    3. Pessoal, esclareça-nos:
      http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/107857
      O QUER DIZER ISSO????? SERÁ QUE ISTO TAMBÉM ACONTECERÁ NA EDUCAÇÃO???????? AI, MEU DEUS!!!!!

      Excluir
    4. EULER, QUAL A SUA VISÃO SOBRE A LC 100? CAI OU NÃO....?

      Excluir
    5. Euler, efetivada pela LC100, com quase 5.000 dias, antes da mesma.
      Na inscrição, orientaram a não lançar estes dias, pois está vinculado ao cargo de efetivação.
      Se a lei cair, quem está iniciando agora, passa na minha frente, com 19 anos de trabalho. O que o estado fará com os servidores se a lei cai?
      Como proceder para a inscrição, com ou sem lançar mão dos 5.000 dias?????
      Oriente, se possível, a agonia é muito grande. Obrigada!

      Excluir
    6. Se a lei cair, esse tempo morre junto amiga... Seu querido aébrio aético aócio never aprontou essa com vocês...

      Excluir
    7. Carioca arrependido24 de novembro de 2013 15:49

      Se caiu a 100, imagina a emenda 49 kkkkkkkkkkkkkkk, eles da saúde pensam que são inteligentes e estão correndo, então corram professores e façam o mesmo que aposto que alguém ensinou eles essa manobra protelatória, mas vai cair tudo que for inconstitucional, logo o MP vai atrás deles sem concurso onde for que estiverem, ainda mais na saúde, que vergonhaaaaaaaaaaa

      Excluir
    8. Cidade inadministrável25 de novembro de 2013 16:59

      SONHA, SENHORES SEM CONCURSO DA SAÚDE BRASILEIRA QUE HÁ ANOS ESTÁ NO CTI, ESTÃO PENSANDO QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO É BURRO? ESSA EMENDA ERA PARA QUEM ESTAVA COM TEMPO PARA APOSENTAR ATÉ 1988 E NUNCA PARA QUEM ENTROU DEPOIS... KKKKKKKKKKK BELA MANOBRA, MAS NÃO DARÁ BONS RESULTADOS HAJA VISTO QUE NENHUM DOS SENHORES TEM ESSE PERFIL, E MESMOS OS QUE ESTAVAM NAQUELA ÉPOCA FIZERAM PROVAS DE CONCURSO PARA FORMALIZAR A EXIGÊNCIA CONSTITUCIONAL.
      Artigo 106 da Emenda Constitucional nº 49, de 13/06/2001

      Art. 106 - Passam a integrar o quadro efetivo de pessoal da administração pública estadual, em cargo correspondente à função pública de que sejam detentores, os seguintes servidores admitidos por prazo indeterminado:

      I - o detentor de função pública admitido até a data da promulgação da Constituição da República de 1988;

      II - o detentor de função pública admitido no período compreendido entre 5 de outubro de 1988 e 1º de agosto de 1990, data da instituição do regime jurídico único no Estado.

      http://www.fazenda.mg.gov.br/servidores/cadastro_beneficios/legislacao/artigo_106.html

      Excluir
    9. Carioca arrependido26 de novembro de 2013 17:09

      Esse inciso ll "de 1988 a 1990" foi sumariamente derrubado pelo SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL na lei 100 do ACRE e o barbosão até riu e fez muita firula com ele... kkkkkkkkkkkk Desde quando uma Constituição Estadual pode desobedecer a Constituição Federal?????????????
      Desgovernadores safados...

      Excluir
  71. http://blogdoenem.com.br/resultado-enem-belo-horizonte/

    ResponderExcluir
  72. Reação ao golpe contra aposentados do FUNPEMG:
    MP apresenta ação civil pública no caso FUNPEMG
    A Promotoria de Justiça Especializada na Defesa do Patrimônio Público, do MPMG propôs ação civil pública para a anulação do processo legislativo que resultou na aprovação do Projeto de Lei Complementar 37/2013 que extinguiu o direito ao plebiscito que os servidores públicos estaduais detinham, caso fossem mudadas as regras do FUNPEMG.

    Ver mais detalhes no link:
    http://www.minassemcensura.com.br/conteudo.php?MENU=&LISTA=detalhe&ID=1192

    ResponderExcluir
  73. http://anexo.novojornal.com/100809_1.pdf

    ResponderExcluir
  74. Segundo as últimas informações os professores não irão poder repor as paradas greve e terão que colocar dias a mais nos diários e fazerem a chamada e lançar matéria para fechar a carga horária dos alunos, diz que é ordem da secretaria.
    EULER isso pode? O QUE FAZER?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha escola jà colocou como dia letivo. Segundo a inspetora, tendo aluno é dia letivo. A diretora não deixou falar pros alunos não virem. As professoras tiveram que dizer que elas não iriam mas que a escola ia funcionar normalmente.Apareceram uns gatos pingados de cada turma. Reuniram todos vendo filmes ou brincadeiras no pátio,pois não tinha professor.Então colocaram como dia letivo,só que os professores tiveram falta,descontara no salário e não têm direito à reposição.Pior é que os professores gostaram pois disseram que não queriam pagar. Só que não sei onde está a inteligência destes professores que aceitam roubarem os seus direitos.Já estou afastada para aposentadoria. Se eu estivesse lá eu teria dado o grito.Nas paralisações eu ainda estava lá.Estas faltas foram para a minha pasta funcional.

      Excluir
  75. Em defesa dos servidores
    MP apresenta ação civil pública no caso FUNPEMG
    A Promotoria de Justiça Especializada na Defesa do Patrimônio Público, do MPMG propôs ação civil pública para a anulação do processo legislativo que resultou na aprovação do Projeto de Lei Complementar 37/2013 que extinguiu o direito ao plebiscito que que os servidores públicos estaduais detinham, caso fossem mudadas as regras do FUNPEMG.
    Quatro são os motivos alegados pelo MP:
    a) A fraude regimental que precedeu a “emenda frankstein” do deputado Zé Maia, que contrabandeou, fora dos padrões do processo legislativo, a proposta apresentada em 2º turno de votação, sem acordo de lideranças, por se tratar de matéria nova.
    b) Por ser matéria de natureza previdenciária, a mesma é de iniciativa privativa ao chefe do Executivo. Não poderia o deputado aecista, Zé Maia, apresentar emenda sobre o tema.
    c) Os membros do Conselho Administrativo e Fiscal do FUNPEMG não foram consultados. E isso é condição para a alteração realizada. Ainda que sem provocação dos autores da proposta, os conselheiros citados se pronunciaram contrários à matéria.
    d) O deputado aecista, Zé Maia, membro do Conselho Gestor do FUNPEMG estaria impedido regimentalmente de votar matérias relevantes à estrutura do Fundo. No entanto, não só apresentou a proposta, como a omitiu dos demais conselheiros do citado Fundo e ainda votou pela sua aprovação!
    Ou seja, temos aí um caso de má fé, fraude e, no conteúdo, de flagrante prejuízo ao interesse público, notadamente aos direitos dos servidores e servidoras estaduais, quanto à poupança que fazer para lhes garantir aposentadoria.

    Veja, no link abaixo, a íntegra da Ação Civil Pública.

    http://www.minassemcensura.com.br/conteudo.php?MENU=&LISTA=detalhe&ID=1192

    ResponderExcluir
  76. Anônimo das 14:49 onde vc escreveu raspando o TAXO, não seria raspando o tacho?

    ResponderExcluir
  77. Anônimo24 de novembro de 2013 08:56 amigo(a) isso é algum esperto tentando salvar ao menos o tempo de serviço, se a lei cai, acaba tudo!

    http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/107857

    ResponderExcluir
  78. Mas tem professor que envergonha a classe nos erros de português.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É porque para ser professor, hoje em dia, não precisa saber nem escrever. Preocupa não, vai piorar. Coitado de quem tem filho!

      Excluir
    2. PROFESSOR NÃO, LEI 100 DIPLOMAS/SEM CONCURSO. NEM TODOS, MAS A MAIORIA DELES.

      Excluir
    3. Concordo.É cada erro de envergonhar a classe daqueles que se propõem a ensinar.

      Excluir
  79. Fiquei sabendo que haverá manifestação dos professores aposentados, porque Anastasia não dará aumento para eles. Alguém sabe de alguma coisa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, não se pode confiar no tal . Mas ele disse que o aumento também para aposentados, até porque há os aposentados com paridade.Esperemos que ele não cometa essa falseta conosco. Meu Deus , eta estado-país sem lei. Mensalão tucano vem aí. Tomara que alcance todos esses, que têm estado à frente desses desmandos aqui em Minas. Aécio e seus ratos amestrados...

      Excluir
  80. Não é ele que vai resgatar os tucanos
    Aécio tem alguma chance de ser presidente de algo que vá além do PSDB?

    A melhor resposta é: tem chances matemáticas. E ponto.

    Ele tem dois obstáculos monstruosos pela frente com vistas a 2014.

    O primeiro é o seu partido: o PSDB há anos perdeu o rumo. Deslocou-se para a direita quando o zeitgeist – o espírito do tempo, na grande expressão alemã – é o oposto.

    Os tucanos não se deram conta de que o grande mal do mundo moderno se chama iniquidade social.

    Até a Igreja Católica, em sua lentidão monumental, captou isso e fez de Francisco um papa devotado aos pobres e desvalidos.

    Em busca da sobrevivência, o Vaticano foi buscar o homem que pode reaproximar a Igreja das pessoas. Dos 99%, para usar o brilhante termo consagrado pelo movimento Ocupe Wall St.

    Porque quem pode lotar missas é o 99%.

    Francisco deu um choque positivo nos fiéis e até nos infiéis como eu: ora, enfim um papa que anda de ônibus, viaja de econômica, vai visitar pobres e é claramente contra a injustiça social.

    Um papa que é, genuinamente, contra um modelo econômico em que poucos têm muito e muitos não têm nada.

    Parecia óbvio o que a Igreja tinha que fazer para combater o declínio, mas é só olhar para Ratzinger para ver que não era.

    Aécio não é Francisco, definitivamente.

    E então chegamos ao segundo obstáculo da candidatura Aécio: o próprio Aécio.

    Há muito tempo ele pertence, inteiramente, ao 1%. Imaginar que ele vá conseguir convencer as massas a optar por ele é o chamado triunfo da esperança.

    O PSDB, se não quiser desaparecer, tem que encontrar o seu Francisco, o seu anti-Serra. Ou formá-lo.

    Aécio não é esse homem.

    (VIOMUNDO)

    ResponderExcluir
  81. NA ESCOLA ONDE TRABALHO NÃO HOUVE AULA DURANTE AS PARADAS GREVE, NESSE CASO SOMOS OBRIGADOS A FAZER A REPOSIÇÃO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escola é obrigada a fazer reposição.Não pode faltar nem 1 hora na carga horária da criança. O professor que não pagar será substituído e ele perderá o dia.

      Excluir
  82. Bomba!
    TCMG averigua denúncia de desvios e quebra no erário do Estado oriundos da SEE. Vai ter diretor rasgando o fiofó com as unhas. E o Gustavo Perrela? Dizem as más línguas que ao invés de usar helicóptero, o Craquécio recorria as canções do Balão mágico no Palácio do Governo. É mole!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloca o link de onde viu essa notícia, por favor. Obrigada.

      Excluir
  83. Professor realmente está na pior. Neste blog o professor tem vergonha de se indentificar. è sempre anônimo. rsrsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja o exemplo! Dê o número do seu CPF.

      Excluir
    2. Estamos sendo sistematicamente perseguidos...

      Excluir
  84. NÃO SOU PROFESSOR MAS APOIO A CLASSE, PARA MIM ESTA ATITUDE DESTE GOVERNO SERÁ O ULTIMO TIRO DE MISERICÓRDIA NA CLASSE JÁ CAMBALEANTE FRENTE A TANTAS OMISSÕES E COVARDIAS ENFRENTADAS.

    25/11/2013 - 12h28
    MEC lança pacto para formação de professores do ensino médio
    PUBLICIDADE
    FLÁVIA FOREQUE
    DE BRASÍLIA

    Ouvir o texto
    Portaria publicada nesta segunda-feira (25) no Diário Oficial da União define o modelo para concessão de bolsas a professores e coordenadores da rede pública do ensino médio no país.

    O objetivo é valorizar a carreira e "rediscutir e atualizar as práticas docentes em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio", como afirma o texto, assinado pelo ministro Aloizio Mercadante (Educação).

    Caberá aos Estados e Distrito Federal aderir ao modelo de formação continuada dos docentes, que será dada por instituições públicas de ensino superior previamente cadastradas. Professores e coordenadores do ensino médio terão aulas com duração de 200 horas anuais - antes, os responsáveis por orientar esse público terão curso de carga horária de 90 horas ao ano.

    A bolsa será paga pelo governo federal, responsável pelo "apoio técnico e financeiro". O valor deve ser próximo ao montante hoje pago aos professores alfabetizadores.

    Como mostrou reportagem da Folha publicada em junho, a concessão do benefício segue modelo definido para o pacto nacional voltado para a alfabetização. Esses docentes vêm recebendo desde 2012 auxílio de R$ 200 para participar de curso de formação de dois anos.

    Os detalhes do chamado "Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio" devem ser divulgados na tarde de hoje em coletiva de imprensa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vai ter idiota que vai fazer!

      Excluir
    2. De que adianta fortalecer o Ensino Médio, se a base, isto é, os anos iniciais está jogado às traças.
      Será que eles não sabem que o que sustenta qualquer construção é o alicerce.

      Excluir
    3. Porque não param de dar essas miseráveis bolsas e pagam salário digno para os professores?Tô cheia disso,por isso recusei, graças a Deus fazer o tal pacto da Alfabetização.

      Excluir
  85. http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2013/11/helicoptero-com-cocaina-no-es-e-da-familia-do-senador-zeze-perrella.html

    ResponderExcluir
  86. 247
    Dono da agropecuária proprietária da aeronave apreendida nesta segunda-feira 25 pela Polícia Federal, deputado Gustavo Perrela (SDD-MG, à esq., abaixo) é filho do ex-presidente do Cruzeiro e atual senador Zezé Perrela (PSD-MG); havia 450 kg de cocaína dentro do helicóptero; apreensão se deu no interior do Espírito Santo; Zezé e Gustavo não se pronunciam; advogado da família, Antônio Carlos de Almeida Castro diz que piloto pegou aeronave "sem autorização" e deu entrada a queixa por apropriação indébita do aparelho; quatro pessoas estão presas
    25 DE NOVEMBRO DE 2013 ÀS 17:28

    247 – Mandatário do Cruzeiro Esporte Clube, do qua foi presidente por mais de um mandato, o senador Zezé Perrela (PDT-MG) está com mais um grande problema para administrar. Dono de trajetória polêmica na política mineira, ele viu na tarde desta segunda-feira 25 seu filho, o deputado Gustavo Perrela (SDD-MG) ser envolvido na apreensão de 450 quilos de cocaína, que estavam sendo transportadas no helicóptero da Limeira Empresa de Pesquisa Agropecuária, que funciona em nome de Gustavo e seus irmãos.

    A apreensão ocorreu na cidade de Afonso Cláudio, no interior do Espírito Santo. O piloto foi preso com mais três pessas, cujas identidades ainda não foram reveladas. O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, contratado pelos Perrela, afirmou que o piloto pegou o helicóptero sem autorização da companhia.

    "Ele usou fora do ambiente de trabalho, sem autorização, e ainda para fim absolutamente ilegal", afirma Almeida Castro, conhecido como Kakay. De acordo com ele, Gustavo Perrella estava em Brasília no momento da operação. O helicóptero costuma ficar estacionado em um restaurante em Belo Horizonte, segundo o advogado. Kakay afirmou que a família procurou a Polícia Civil para registrar uma ocorrência por apropriação indébita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai sobrar para o piloto. Ele é a parte fraca da cerca.Há sempre um bode espiatório para levar a culpa.

      Excluir
    2. Com doi$ carrõe$ importado$ carí$$imos na pi$ta e$perando... kkkkkkkkkkkkkkkkk Que piloto podero$o... kkkkkkkkkkkkkkk $ó $e o Jui$z$ for muito bobinho para acreditar... kkkkkkkkkk E o outro avião que caiu há pouco cheio de drogas no sul de Minas, será dele$ também? $ó prejuízo... A$$im ele quebra o patrão aécin do pó.

      Excluir
  87. Leiam as últimas notícias do Novo Jornal que estão bombando. Apreensão de drogas em helicóptero de político mineiro, aecinho do pó envolvido no mensalão mineiro. Não dá para perder, ou melhor, leitura diária do blog do Euler e do Novo Jornal. Minas gerais não será a mesma depois de 2014, vai sobrar para muita gente. Nossa vitória está se aproximando. Quem viver verá!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  88. Euler,

    O seu conhecimento jurídico, provavelmente é melhor que o meu.
    O documento extinguindo a ADI 4631, foi publicado no site do STF.
    Pela leitura que eu fiz, o CNTE não tem legitimidade para ter entrado com a ação.
    Caso isso seja verdade, a ação em si não foi julgada e ainda temos chance de anular o Subsídio.
    O SindUte teria que analisar a questão.
    Leia o documento e deixe o seu parecer!

    Silvio Gontijo

    ResponderExcluir
  89. NOVOJORNAL http://www.novojornal.com/

    Piloto de helicóptero detido é funcionário da Assembleia de Minas
    A situação do deputado Perrella começa a complicar, pois o piloto detido transportando cocaína está lotado em cargo na Assembleia de Minas
    Confira também
    Piloto de helicóptero detido é funcionário da Assembleia de Minas
    Governo recua e já admite nova destinação para casarão
    Funcionários da Cemig protestam na capital e em Contagem
    Saneamento é falho em um quinto das moradias mineiras
    Escassez de moradias afeta mais de 460 mil famílias mineiras
    Interação
    Imprimir
    Enviar por e-mail


    Delicious
    Digg
    Google bookmarks
    Reddit
    Windows live
    Yahoo my web
    Na segunda-feira (25), Perrella declarou em entrevista coletiva que o piloto teria sido indicado por um amigo da capital, é natural de Campinas, São Paulo, e fazia serviços particulares para a empresa da família. “Analisamos o currículo dele e ele tem experiência, tem horas de voo”, explicou Gustavo.

    Ao contrário do que foi informado pelo deputado na coletiva, o piloto do helicóptero da empresa do deputado estadual Gustavo Perrella (SDD), preso no Espírito Santo, é lotado na terceira secretaria da Assembleia Legislativa. Com um salário de R$ 1,7 mil, Rogério Almeida Antunes, foi nomeado em abril desse ano na cadeira ocupada pelo deputado Alencar da Silveira Júnior (PDT).

    Como dito anteriormente, em coletiva na segunda-feira (25) Perrella informou que o piloto trabalhava para Limeira Agropecuária – empresa administrada por ele – há pouco mais de um ano e que a aeronave era usada apenas pela família. Segundo companheiro de Antunes ele teria sido indicado a Perrella pelo senador Aécio Neves, devido forte amizade.

    Alencar confirmou a nomeação, mas disse que se trata de uma indicação do próprio Perrella. Ele explicou que Antunes faz parte do pacote de indicações do qual Gustavo tem direito por presidir a Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa.

    “Olha, ele está lotado na terceira secretaria por causa da comissão. O Perrella preside a comissão, acho que de Turismo ou da Copa, e essas nomeações não são feitas no gabinete. Não fazem parte do gabinete, mas eles nomeiam nas secretarias”, declarou Alencar.

    Ele declarou, ainda, que não questionou Perrella sobre a indicação.

    “Não interfiro (nos pedidos de nomeação). Nunca interferimos na nomeação de nenhum deputado. A indicação é do deputado”, explicou o pedetista.

    Até outubro desse ano, Perrella era filiado ao PDT, partido de Alencar da Silveira. Ele e outros deputados migraram de legenda depois que o deputado federal paulista Paulinho da Força, ex-PDT, fundou o Solidariedade (SDD).

    Agente de serviços

    Antunes foi nomeado em abril desse ano como agente de serviços de gabinete I, VL18, com exercício na terceira secretaria.

    Há alguns anos as vagas das comissões eram centralizadas na presidência. Agora, são distribuídas entre as secretarias.

    Notícias relacionadas

    Polícia apreende helicóptero de Perrella transportando cocaína

    ResponderExcluir
  90. Então pessoal me diz aí se iremos colocar as mãos no grande aumento concedido pelo tão grande idiota a nós professores.Sim quero saber pois tenho que contratar um segurança já.Como receber esse dinheirão sozinha?? Acho que vai ficar para quando Janeiro vier.Se estamos já no final do mês e a folha já fechou?? Não vamos ficar ricos em dezembro?? Meu pai amado que triste fim de Policarpo Quaresma nas Minas Gerais.

    ResponderExcluir
  91. http://www.viomundo.com.br/denuncias/sobre-a-apreensao-de-cocaina-em-minas-gerais.html

    ResponderExcluir
  92. VIOMUNDO
    Piloto diz que fez duas ligações a deputado antes de voar; fazenda destino da cocaína era dos Perrella, diz advogado
    publicado em 26 de novembro de 2013 às 16:35
    por Luiz Carlos Azenha

    O advogado Nicácio Pedro Tiradentes, que representa Rogério Almeida Antunes, disse esta tarde ao Viomundo que o deputado estadual Gustavo Perrella (Solidariedade-MG) mentiu ao dizer, em entrevista, que o piloto roubou o helicóptero que estava em nome da Limeira Agropecuária e foi apreendido em uma fazenda no município de Afonso Cláudio, Espírito Santo, com mais de 400 quilos de cocaína a bordo.

    A apreensão aconteceu domingo.

    Nicácio, que foi contratado pelo pai do piloto, passou algumas horas com o acusado e saiu do encontro dizendo que Rogério era homem “de confiança” do deputado Perrella, tanto que ocupava um cargo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde não trabalhava. Segundo o jornal O Estado de Minas, o piloto era “agente de serviço de gabinete da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Com salário de R$ 1,7 mil, Antunes está lotado desde abril deste ano na 3ª Secretaria da ALMG, presidida pelo deputado Alencar da Silveira Júnior (PDT)”. O pedetista informou que Rogério seria demitido nas próximas horas.

    De acordo com o advogado, o piloto fez duas ligações para o deputado Perrella antes de voar o frete. Ele sustenta que tanto o piloto quanto o deputado acreditavam tratar-se de implementos agrícolas. Disse também que o deputado estaria tentando “empurrar o pepino” para o piloto. Sugeriu que haveria a tentativa de livrar outro envolvido, pessoa “de posses” que acompanhava o vôo, mas não identificou esta pessoa, com a qual o advogado deve se encontrar ainda hoje para obter novas informações.

    ResponderExcluir
  93. Nao deixem de abrir o blog de Waldecy Alvez. Ajudem a campanha para reitrada de votacao da A PL 3776/2008. Vamos sair do coro dos fracos e fazer alguma coisa. Temos que mobilizar contra esta PL urgente. Confira no blog do jurista Waldecir Alvez e entrem nesta campanha.

    ResponderExcluir
  94. 247
    Advogado Nicácio Pedro Tiradentes, que representa o piloto Rogério Almeida Antunes, afirmou que o deputado estadual Gustavo Perrella (foto) mentiu ao dizer que o piloto roubou o helicóptero que estava em nome da Limeira Agropecuária, empresa do parlamentar; a aeronave foi apreendida com 400 quilos de cocaína em Afonso Cláudio, Espírito Santo; para o magistrado, Perrella quer "empurrar o pepino" para o seu cliente
    26 DE NOVEMBRO DE 2013 ÀS 18:47

    Minas 247 – O advogado Nicácio Pedro Tiradentes, que representa o piloto Rogério Almeida Antunes, afirmou, nesta terça-feira (26), ao site Viomundo que o deputado estadual Gustavo Perrella (Solidariedade-MG) mentiu ao dizer que o piloto roubou o helicóptero que estava em nome da Limeira Agropecuária e foi apreendido, no domingo (24), com 400 quilos de cocaína em uma fazenda no município de Afonso Cláudio, Espírito Santo. Para o magistrado, Perrella quer "empurrar o pepino" para o seu cliente.

    A empresa responsável pelo helicóptero pertence a Perrela, que é filho do senador Zezé Perrela (PDT-MG), ex-presidente do Cruzeiro. Segundo o advogado, Rogério era "homem de confiança" do deputado estadual, lembrando que o piloto ocupava um cargo como na Assembleia Legislativa de Minas (ALMG) – agente de serviço de gabinete. Porém, Antunes será exonerado nesta quarta-feira (27).

    Tiradentes disse, ainda, que tanto Gustavo Perrella como o seu cliente achavam que se tratavam de implementos agrícolas e não de cocaína. Enquanto Antônio Carlos de Almeida Castro, o advogado da família de Perrella, alega que Antunes fez uso indevido do helicóptero ao transportar a droga, o advogado do piloto diz que, para provar que o seu Antunes "não fez nada sem autorização", pedirá a quebra de sigilo telefônico do seu cliente. "Deu duas ligações (para o deputado). Aí que mora o perigo", acrescentou.

    O advogado denunciou, também, que o helicóptero por comprado pro cinco vezes acima do valor de mercado. "O deputado (Gustavo Perrella) não poderia enlamear o menos favorecido pela sorte", afirmou o advogado.

    ResponderExcluir
  95. Caro professor Euler e demais companheiros de magistério.
    É de estarrecer a notícia do NOVOJORNAL de que o piloto dos Perrella é lotado como funcionário da gloriosa Assembléia de Minas Gerais. E saber que nossos gloriosos deputados, inclusive com o voto do deputado Gustavo Perrella, votaram para recebermos apenas 5% de aumento depois de não sei quantos anos. Pela matéria parece que até o aecinho do pó está envolvido. Mas que vergonha!!! É por isto que só escuto que ninguém mais quer ter cargo de direção em escola, pois este governo e as esferas do judiciário e legislativo estão na podridão. Estamos vendo o reflexo nas ruas, e a coisa só vai piorar. 2014 é o momento de virar a mesa e dar um fim ao aecinho do pó, ao anasta filhote da lacraia, a gasosa, ao danilo castrado, vilhenana, aos deputados.......(basta ler os nomes no Sindutemg). Nosso estado não merece permanecer desgovernado como se encontra. Faça política em sua escola. Peça para que leiam as notícias do estado de lástima que tornou-se esta parte da federação. Vamos atuar nos corredores, nas reuniões, nos bate-papos ao pé do ouvido. Tenho esperanças na vitória ao retirar estes trastes do governo. Esta turma vai entrar para a história como os desgovernados e responsáveis diretos pelos males que vivemos hoje!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  96. E a extinção do FUNPEMG? PL poderá ser votado amanhã..

    E os professores com 25 anos de trabalho não poderão mais exercer outras funções na escola. Mais um presentinho dos deputados governistas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carioca arrependido26 de novembro de 2013 23:24

      É o Dia da Desconsciência Branca comemorando mais um Dia da Consciência Negra: ESCRAVOS SOMOS TODOS NÓS POBRES, DE QUALQUER COR, ANALFABETOS POLÍTICOS DE QUAISQUER NÍVEIS DE FORMAÇÃO.

      Excluir
  97. Alencar da Silveira Júnior (PDT): picareta, vigarista, inimigo da educação...não precisa voltar em Ubá para ludibriar os efetivados não. Fora Alencar!!!

    ResponderExcluir
  98. blog o terror do nordeste mostra a amizade deste canalha perrela com o senador carioca, Tu podes ter tudo mas,se perderes o teu nome de que mais vales.

    ResponderExcluir
  99. "Perrella é herança de Aécio Neves", diz Juca Kfouri

    http://mais.uol.com.br/view/t2pjn3videvl/perrella-e-heranca-de-aecio-neves-diz-juca-kfouri-04024E18366AE0B91326

    Aécio Neves Cheirador?
    OHHHHHH CALÚNIA, DIZ SEUS CABOS ELEITORAIS DA TURMA DO PÓ, OPSSSSSSSSSSSS QUERO DIZER, TURMA DO CHAPÉU... KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    http://afarsaaeciococaina.blogspot.com.br/2013/10/aecio-cheirador.html

    O PILOTO FOI
    INDICADO POR AÉTICO??????????

    JESUSSSSSSSSSSSSS!!!!!!!!!!!!!!

    A CASA CAIU SENADOR ZÉ DO PÓ PARAR CARIOCA AÓCIO NEVER.

    ResponderExcluir
  100. Euler e colegas, preciso de uma informação a respeito da Inscrição para Designação 2014. Servidor Efetivado pela LC100, que não tem pretensão de concorrer a outro cargo, mas para resguardar futuras surpresas pode utilizar todo o seu tempo para se inscrever? Como está acontecendo em suas cidades? Espero que alguém me ajude.

    ResponderExcluir