domingo, 6 de julho de 2014

Papo de bola, de política e outras coisas mais




Todo brasileiro se transforma um pouco em técnico de futebol, quando fica ligado aos jogos de um campeonato. Normal isso. Já me sinto um pouco assim, escalando a equipe do Brasil, fazendo críticas e torcendo pelo sucesso da Seleção Brasileira. A Copa do Mundo, como já se tornou notícia internacional, a despeito da torcida do contra por parte da mídia tucana e golpista, já é um sucesso total. A Copa das Copas. Para a felicidade do povo brasileiro, que ama futebol e que é conhecido no mundo inteiro pelos talentos nesta arte da pelota.

Certas coisas ainda não entendi na escalação feita pelo técnico Felipão. Por exemplo: por que insiste com Fred, com Paulinho e até antes do último jogo com Daniel Alves? E por que mantém na reserva um talento como o menino Bernard? Agora com o enorme desfalque e com a triste saída do craque Neymar - um ato covarde do jogador colombiano tirou o nosso craque de campo - Felipão terá que pensar em aproveitar o Bernard e o Willian para fortalecer o ataque, já que o Fred até agora não mostrou o futebol que sabe jogar.

Faz falta também na equipe de Felipão o nosso craque Ronaldinho Gaúcho, que apesar de não jogar tanto quanto antes, tem experiência, sabe lançar bem a bola, e poderia, sem dúvida, criar um clima de confiança e tranquilidade que tem faltado à seleção brasileira no segundo tempo dos jogos. De certa forma se compreende este descontrole emocional dos atletas brasileiros. Não somos europeus, somos latinos, um povo apaixonado, que se encanta com o futebol, com o carnaval, com as belezas que o clima tropical do Brasil consegue proporcionar.

Não é à toa que centenas de turistas europeus e de outras partes do mundo estão encantados com o Brasil, que antes era mostrado pela mídia tucana e golpista como o país do caos, do atraso, da derrota. Bastou que os turistas pisassem em solo brasileiro para mudarem de opinião. Há jornalistas estrangeiros que estão tão encantados com a organização da Copa, com a receptividade calorosa do nosso povo e com as belezas naturais do Brasil, que publicaram textos na Internet torcendo para que todas as Copas aconteçam no Brasil.

E pensar que a mídia tucana e golpista tenha torcido contra o Brasil e a Copa do Mundo o tempo todo. Dizia que não ia dar certo, que os aeroportos não funcionariam para atender a demanda, que o Brasil revelaria sua incompetência, que os estádios não ficariam prontos a tempo, que os turistas não viriam com medo da violência, que os protestos iam impedir a Copa, enfim, uma torcida contra a Copa visando exclusivamente a derrota da presidenta Dilma nas eleições de outubro.

Mas não adiantou. A Copa já é um sucesso total em todos os aspectos e a presidenta Dilma, que não fez política em torno do megaevento, agora saiu fortalecida. As pessoas começam a perceber que foram enganadas pela mídia. Os próprios empresários da área do turismo e do comércio já começam a se dar conta de que deixaram de faturar muito mais por causa da propaganda negativa que a mídia fez, dentro e fora do Brasil, espantando milhares de turistas, principalmente aqueles com mais recursos, que ficaram de fato com medo de comparecer no país que era visto lá fora como uma terra sem lei, formada por corruptos, incompetentes, ladrões, enfim, tudo aquilo que caberia muito bem em certos barões da mídia foi projetado ao povo brasileiro e ao governo federal.

Infelizemente, tivemos a notícia triste da queda do viaduto em BH. Uma perícia técnica deve investigar as causas do lamentável acontecimento, que provocou a morte de duas pessoas. Fazemos coro às manifestações de solidariedade às famílias envolvidas nessa tragédia. Que essas famílias tenham o conforto de Deus, acima de tudo.

Uma outra nota negativa neste mês de Copa com tantas notícias boas e notas positivas que a mídia sonegou do povo brasileiro, foi a repressão policial, especialmente em São Paulo, mas não somente, contra os protestos que ocorreram. Não tenho receio em dizer aqui que aquelas manifestações com a ação de quebradeiras de vitrines como fim em si mesmo, praticadas por pequenos grupos mascarados, acabaram por fornecer argumentos à direita para o recrudescimento da repressão. O povo que luta por alguma causa - os sem-teto, os sem-terra, os assalariados em greve, entre outros, acabou pagando pela ação isolada e sem causa de meia dúzia de pessoas.

Os governos tucanos, principalmente, torcem para que haja aumento na repressão; sua mídia golpista tenta criminalizar os movimentos sociais, vivem estimulando o uso da força militar contra problemas sociais, que se resolvem com diálogo, com respeito e com a busca pelo atendimento das reivindicações feitas. Mas, para os ocupantes da Casa Grande no Brasil, que se julgam os donos das terras e de todas as riquezas, o correto é descer o cacete, prender, torturar e matar os manifestantes, como se fossem os escravos fugidos dos engenhos desses senhores.

O Brasil que a maioria do povo brasileiro quer tem a cara das grandes torcidas durante os jogos da Copa do Mundo, que reuniam pacificamente diferentes povos, para a confraternização, a troca de sentimentos de amor, de carinho, de alegria, de solidariedade, enfim. Por isso eu torço para que a presidenta Dilma seja reeleita já no primeiro turno, de preferência, pois será um desastre para o Brasil se houver o retorno ao Governo Federal dos representantes da Casa Grande, os tucanos e seus aliados.

É preciso que haja, sim, uma constituinte exclusiva para fazer uma ampla reforma política no Brasil. Até eu me disponho a candidatar como deputado constituinte, pelo período de um ano apenas, sem remuneração (a não ser a do meu salário de servidor público, claro), e com alguns objetivos, da minha parte, pelo menos: a) acabar com o monopólio da mídia, criando políticas públicas e republicanas de valorização da imprensa alternativa, com milhares de TVs, rádios comunitárias, jornais de bairro e do Interior e blogs, e estabelecer o direito de resposta imediatamente; b) acabar com os privilégios da alta cúpula dos poderes constituídos, sobretudo nos legislativos - nada de verba disso, verba daquilo, mas apenas um salário decente e pronto. Se nós, mortais comuns, somos obrigados a pagar pelo transporte, aluguel, comida, vestuário, farmácia e lazer, ganhando pouco, porque os senhores deputados, vereadores, ministros do STF e governantes em geral, que têm os melhores salários, ainda recebem tantas verbas indenizatórias?, c) criar um sistema legislativo que esteja submetido diretamente ao controle dos eleitores. Que os temas mais relevantes sejam submetidos a referendos e plebiscitos, para que a maioria da população, e não meia dúzia de deputados, decidam de fato o que é bom e o que é ruim para o Brasil, d) que haja algum mecanismo de troca dos deputados ou vereadores eleitos, antes do término do mandato, caso não cumpram aquilo que prometeram. Entre outras medidas voltadas à real democratização da vida brasileira.

O Brasil hoje é uma potência econômica que começa a engatinhar em matéria de justiça social, sobretudo graças às política sociais de Lula e Dilma. Mas, ainda falta muito o que fazer. O Brasil ainda permanece com grandes, inaceitáveis, diferenças sociais, e somente com a ação política do estado será possível alterar este quadro. Se Dilma continuar no governo e os movimentos sociais continuarem cobrando nas ruas, e também através da Internet, temos tudo para avançar nas conquistas, com mais dinheiro para a Educação e para a Saúde, e para a moradia própria, etc. Se o governo federal voltar para as desastrosas mãos dos tucanos, aí sim, será um retrocesso total: desemprego em massa, salário arrochado, choque de gestão em forma de corte dos direitos dos servidores públicos, estado mínimo para os de baixo, e máximo para os de cima, política externa alinhada com os EUA e países ricos da Europa, que desejam voltar com a antiga colonização e partilha do mundo entre os poderosos. Não é à toa que eles investem na divisão interna dos países, como aconteceu no Egito, na Síria, na Ucrania, no Iraque, na Líbia, que hoje assistem seus povos se matando, enquanto os governos e grupos dos países ricos se apropriam das riquezas desses países.

A mídia tucana e golpista no Brasil tem este papel, de dividir o nosso povo, de passar uma imagem negativa do país, de tentar desmoralizar o governo federal, o parlamento, para que as pessoas passem a não acreditar em nada e aceitem passivamente um possível golpe de estado, ou uma intervenção estrangeira, ou se rendam a grupos que pregam a destruição sem sentido algum.

Não é este o destino que está reservado ao Brasil que os estrangeiros descobriram agora na Copa do Mundo. Estão todos encantados com a nossa gente humilde e acolhedora. A TV Telesur, por exemplo, bancada pela Venezuela, e que contratou Maradona como comentarista de um programa de esportes, tem transmitido um pouco das realidades nas favelas do Rio de Janeiro. Mostra a alegria do nosso povo em contato com turistas que não puderam pagar hotéis de luxo e foram para as comunidades pobres. Uma convivência pacífica, respeitosa, nada da violência que a mídia tucana mostra a toda hora, como se em cada esquina de cada cidade do Brasil as pessoas estivessem se matando.

Já disse aqui antes que a mídia não cria as realidades existentes, mas ela tem a força de reproduzir aquilo que interessa a alguns grupos, e com isso, acaba contribuindo para criar um clima positivo ou negativo. No caso da mídia tucana, que não aceita o bom governo que Dilma e Lula vem fazendo e querem voltar ao poder, só mostra o que há de negativo no Brasil. E falam tanto de coisas ruins, são tão pessimistas, semeiam tanto ódio, que acabam reproduzindo estes sentimentos entre parcelas do nosso povo.

Se as pessoas acordam ouvindo nas rádios que a economia vai mal - o que não é verdade -, que a inflação está subindo - o que também não é verdade -, que vai gerar desemprego - nunca houve tanto emprego no Brasil -, que não vale a pena investir no Brasil, que tudo está errado no país, que só há políticos corruptos e que o governo federal, que recebeu a votação do povo brasileiro para administrar bem o Brasil, é o culpado de tudo, que reação se pode esperar do cidadão comum? É lógico que as pessoas vão acordar mal humoradas, pessimistas, praguejando contra o vizinho, contra a pŕopria família, contra o mundo e sobretudo contra o Brasil.

A mídia tucana conseguiu que a maioria da população ficasse contra a Copa até um pouco antes de rolar a pelota nos gramados. A mídia torceu para que tudo desse errado, e que o povo, ao invés da alegria e das emoções causadas pela Copa do Mundo, ficasse com ódio nos corações, desejando mudar de governo, nem que fosse para algo pior, que é o que os tucanos representam. Vade retro, coisa ruim! Queremos nos livrar dessas aves de mau agouro, que torcem pelo nosso fracasso, que desejam um Brasil colonizado pelos EUA e países ricos da Europa, que torcem para que a Petrobras seja privatizada. Aliás, a mídia escondeu uma ótima notícia que aconteceu durante a Copa: a de que a Petrobras atingiu a marca de 500 mil barris por dia extraídos do pré-sal. Em breve vai jorrar muito dinheiro na Educação e na Saúde, graças ao governo Lula e Dilma, que impediu a privatização da Petrobras - iniciada no governo FHC - e garantiu 100% dos royalties do petróleo do pré-sal para a saúde e a educação, além de ter implantado o regime de partilha com grande favorecimento e controle por parte do estado brasileiro. Viva o Brasil dos de baixo!

Mas então, pessoal, voltando ao papo de bola, já nos finalmentes do nosso papo, penso que seria de bom proveito escalar o menino Bernard, que não teve ainda a oportunidade de mostrar o seu talento. De toda forma, o Brasil já ganhou a Copa do Mundo, é o que dizem agora os jornais estrangeiros. Pela belíssima organização do evento, por ter conseguido uma propaganda positiva do Brasil para o mundo que jamais conseguiria se não fosse o sucesso da Copa, a presença festiva e alegre de milhares de turistas. O Brasil sai fortalecido da Copa, tanto interna quanto externamente. Claro que a mídia tucana continua torcendo para que aconteçam notícias ruins, para que as pessoas esqueçam do sucesso da Copa. Mas, nós estamos atentos, o povo brasileiro começa a perceber que foi enganado pela mídia, que perde credibilidade a cada dia, e certamente a população começará a cobrar o fim desse criminoso monopólio da mídia nas mãos de poucas e bilionárias famílias. Eles torcem pelo nosso fracasso, enquanto acumulam rios de dinheiro às nossas custas.

Nos gramados, já estamos entre as quatro melhores equipes do mundo. Que a Seleção Brasileira avance! Mas, fora dos gramados, o povo brasileiro e o Brasil já ganharam a Copa do Mundo! É preciso agora avançar mais nas conquistas e não retroceder, jamais!

Um forte abraço a todos e força na luta! Até a nossa vitória!

                 ***


Sugestões de consulta na Internet:

- Blog Viomundo
- Jornal GGN
- Diário do Centro do Mundo
- Blog Escrevinhador
- Blog do Miro
- Blog do Mello
- Revista Forum
- Blog O Cafezinho
- Blog Cloaca News
- Blog Conversa Afiada
- Blog Tijolaço
- Blog Socialista Morena
 
 
- Blog Maria Fro      
- Blog da Cidadania
- Carta Capital
- Telesur ao vivo
 
- TV NBR (do governo Federal)
- Portal EBC

165 comentários:

  1. já que o artigo 73 da Lei das Eleições (9.504/97) restringe a nomeação, contratação ou admissão do servidor público nos três meses antes do pleito e até a posse dos eleitos, que neste ano será de 5 de julho a 1º de janeiro de 2015.
    "Além de proteger servidores públicos de perseguições políticas, esse dispositivo [artigo 73] coíbe o governante de usar suas competências com fins eleitoreiros, nomeando candidatos aprovados para ganhar votos”, afirma Fernando Bentes, diretor do Questões de Concursos.
    O importante é que o candidato preste atenção à data da homologação do concurso – a divulgação da relação final de aprovados. Se isso acontecer até 5 de julho, a nomeação pode ser feita, sem nenhum impedimento, em qualquer data do ano.
    “Em síntese, a única restrição da lei é proibir nomeações de concursos não homologados antes do período eleitoral”,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cidade Indministrável7 de julho de 2014 19:07

      Isso foi esclarecido por Joaquim Barbosa em alto e bom som: Não há ilícito em cumprir ordem do STF.

      Excluir
  2. as privatizações eram necessárias, e são ainda,verdadeiros cabides de emprego,como usiminas,vale, csn, dentre outras que só davam prejuizo ao país, os governos de lula e dilma nada mais são do que a continuação do governo de fhc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, é sim total continuação! Foi o FHC quem acabou como desemprego, que fez programas sociais como os de transferência de renda, de educação (sisu, prouni, pronatec), de moradia e obras (pac, minha casa, minha vida) de saúde (samu, + médicos)... Foi o FHC quem acabou com o desemprego e aumentou realmente o salário mínimo. Reduziu a miséria. Criou uma nova classe média. Foi o FHC quem construiu inúmeras universidades e institutos federais. Levantou a moral do país no mundo. Lula e Dilma só continuaram... Puta merda, é cada cego que me aparece.

      Excluir
    2. Nem merece resposta.Puta cegueira do anônimo das16:05.

      Excluir
    3. Esquenta não. O anônimo de 16:05, ou é da gangue que Aecim contratou ou sofre da síndrome de Estocolmo , que afeta a maioria dos professores de Minas.

      Excluir
    4. É esse o retrato da educação no país, professores desinformados e muito mal qualificados, este anônimo, certamente não sabe nem a matéria que leciona. Leia sobre as privatizações e as respectivas empresas.

      Excluir
    5. Em que mundo vc esteve na época de FHC? Estava em galgum cargo comissionado? Só pode pra fazer esta comparação . rsrsrsr

      Excluir
    6. quem dera tivesse, rsrsrsrs

      Excluir
  3. Quanta coisa estranha acontecendo no nosso País de encantos mil! Quem realmente faz a política do Avance Brasil? Quem realmente faz a politicagem do retroceda Brasil? No texto do Euler explica isso muito bem. A exposição das suas críticas tem fundamento em tudo. Politíca se faz com projetos e ações, exemplos, verdades e seriedades...Politicagem se faz com lábias e risos, ganâncias, deboches e mentiras. O brasileiro quer mesmo é política. Então vamos acompanhar quem está no caminho certo. Quem mesmo? Siga-me, porque estou seguindo Euler.

    ResponderExcluir
  4. Caro Euler. Hoje mais um companheiro competente exonera na educação do estado de Minas Gerais. passou em um concurso federal. Ele me disse que toda a carreira é clara, você sabe toda sua progressão até a aposentadoria. Que diferença com este estado de lástimas que se tornou nossa carreira. Veja só: anunciam antecipação das progressões para janeiro e nada até agora. não sabemos nada desta tabela de remuneração pelo suicídio. Se alguém souber alguma coisa, por favor esclareça-me. Este governo vai deixar um legado sem precedentes na educação em minas: O CAOS! Que Deus nos proteja. Amém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo das 12:43, este estado só nos engana.Eu tenho em mãos um contracheque extra de abril e a secretaria afirma que ele não existe.Pode uma coisa dessa? Me falaram poe e-mail que foi pago em janeiro,que são as perdas não sei de que.Por que apareceu no cx eletrônico do BB?

      Excluir
    2. Fico feliz pelo colega. Só espero que a ave de mau agouro perca as asas antes de chegar ao Planalto Central para bagunçar com a vida dos servidores federais.

      Excluir
    3. FHC promoveu a fuga de cérebros do Brasil durante seu governo; os demotucanos estão promovendo uma enxurrada de saída de bons e competentes profissionais da educação mineira. Mais um legado destes que ainda querem destruir a educação Brasil afora. Nós professores mineiros deveremos protagonizar a destituição do psdb/bosta do governo mineiro, e tentar juntar os cacos do que sobrou após 12 malditos anos de desgoverno.

      Excluir
  5. é amanhã Euler, que o brasil cai fora,com esse timinho já foi longe demais nessa copa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que você é brasileiro?

      Excluir
    2. Xô urubu da asa quebrada. De brasileiros deste tipo queremos fora do país.

      Excluir
    3. A esperança de vocês é o Brasil saindo da COPA DO MUNDO a gente não vote em DILMA PT 13? Esqueça, amizade. Com copa ou sem copa será DILMA NA CABEÇA!!!

      Excluir
    4. pássaro de mal agouro.

      Excluir
    5. Anônimo das 18:56, vc NÃO deve ser professor, está somente infiltrado aqui.Dilma não se mexeu pro nosso lado.E o piso salarial???????? Não faz nada pra educação, só falatório.Vote nela sim, vc merece o governo que tem, cheio de roubalheiras.

      Excluir
    6. Brasil não passa de amanhã.

      Excluir
    7. a seleção é um verdadeiro trem da alegria, um timeco comparado á outras seleções de outros mundiais.futebol pobre.

      Excluir
    8. Atencao setor de psiquiatria, o anônimo de 21:07 é mais um que sofre da síndrome de Estocolmo, de burrice aguda ou mau-caratismo tucanalha. Va se tratar e ler pra saber qual a função de cada um dos governos da federação. Ainda bem que vivemos numa democracia, pois de acordo com a sua ignorância a presidenta poderia mandar até dentro da sua casa. E se fosse o governo do psdbosta?Vcs já tiveram sua chance e o que fizeram? Nos fu#*¥¡*¿!#. Vá cuidar da sua síndrome de Estocolmo, antes que termine num hospício, porque a elite do cheirador só quer o seu voto e depois te descarta e governa para eles, a elite golpista.

      Excluir
    9. Anônimo das 09:48 quem sofre da síndrome de Estocolmo é vc.E para seu governo, nem Aécio e nem Dilma, seu ignorante! Tá satisfeito? Não falei que o Brasil não passava?????

      Excluir
    10. O Brasil sair da copa , não diminui em nada o Brilho da copa do mundo no Brasil.Perder ou ganhar faz parte do jogo , mas organizar um evento a nível de primeiro mundo poucos fazem. É Dilma Brasil.

      Excluir
    11. Não é bem assim. Temos que aguardar as urnas.

      Excluir
    12. Dá-lhe Dilma! Concordo plenamente com o anônimo das 09:48! É isso aí!


      Valéria..

      Excluir
    13. Brasil bom "B" maiúsculo por fazer . Você quer dizer a seleção sai né? Por que o Brasil é sempre vencedor.

      Excluir
  6. "O governo de Minas Gerais irá recorrer da decisão do Supremo Tribunal."
    Hoje completa os 5 dias, alguém sabe me dizer se o governo recorreu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente ! Se liga . Não tem o que recorrer, nem mais nada a fazer a ão ser estudar para o próximo concurso. A Leia é inconstitucional e assim os direitos não existem , o período político começou então agora só um novo concurso.

      Excluir
  7. O STF está em recesso, todos os prazos estão suspensos, começa a contar a partir de 04/08/2014, data em que o STF retorna às atividades normais.

    ResponderExcluir
  8. http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=270096

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é de doer, parece que é até combinado.

      Excluir
  9. Olá!

    Estou terminando de escrever um livro chamado "Um Homem sem Chão". É a história de um repórter que está com o casamento destruído e é obrigado a reconstruir sua vida. Jhonatan se percebe num mundo caótico e contraditório. Ele faz uma constatação: o mundo está dominado pelas drogas. Elas estão presentes nas vidas das mais variadas pessoas. É quando entra na história Nayane, adolescente que por intermédio do namorado conhece a maconha. A jovem para de estudar, se afundando no vício. Como repórter Jhonatan vivencia as várias contradições do mundo: moradores sem-teto; crianças fora da creche; especulação imobiliária.
    O livro também traz a história de Emily, mulher bonita, do corpo escultural, que trai Marcos William, dono do jornal onde Jhonatan trabalha.
    O pensamento de vários filósofos permeia o livro. Em suas especulações filosóficas, Jhonatan se pergunta o porque da vida e do sofrimento. Ele percebe que está cada vez mais afundando no vício do alcoolismo. Todas as noites, ele, Fernando e Wesley discutem temas filosóficos no Maresia bar.
    É quando conhece Laura e se convence que está amando de novo...

    Se você quer conhecer essa história, acesse phdescritor.blogspot.com.br, e baixe os 12 primeiros capítulos de "Um Homem sem Chão".

    Abraços!

    Paulo Henrique

    ResponderExcluir
  10. Viviane

    • Este conto participou do 2º Concurso do Festival de Contos da Literarte – RJ

    Eram seis horas da manhã. Viviane acordara sonolenta, quando o alarme do telefone celular começou a tocar. Levantou-se nua da cama e foi até uma cadeira pegar sua roupa.
    “Mais um dia de labuta” – pensou consigo mesmo. – “Tenho que me arrumar rápido senão perco o ônibus”. Depois de vestida, foi até a cozinha tomar café. Quando chegou lá, constatou que havia os mesmos pães velhos do dia anterior. “Mamãe reclamou que não tivera dinheiro para comprar pão, tomara que tenha café” – pensou com seus botões.
    Porém, quando verificara a lata de café, a mesma estava vazia. Teria que ir para o trabalho com a barriga vazia. “Vida de pobre é foda” – disse de si para consigo. Colocou a vasilha no lugar, passou pela sala e foi até a porta. Transpôs a mesma e adentrou o quintal da casa. As estrelas cintilavam no céu, ainda era noite. Destrancou o portão e ganhou a via pública.
    Caminhou até o ponto de ônibus e ficou esperando o coletivo. Deve ter esperado cerca de meia hora, até que o veículo virou a esquina. O ônibus parou no ponto e ela adentrou o mesmo.
    O ônibus se encontrava quase vazio. Naquele momento ele era ocupado pelos primeiros trabalhadores que iam para seus trabalhos. Pelo caminho ela observava as casas e os edifícios. A cidade ainda dormia.
    Ela ficou pensando em sua vida. Não pudera terminar os estudos, pois quando arranjara o emprego, ficava muito tarde para ela estudar, pois levantava muito cedo. Pensava que aquele emprego permitia que ela ajudasse os pais, porém o mesmo era representado pela exploração e pela opressão.
    Não gostava de sua patroa. Ela só sabia censurar-lhe a conduta e o serviço que ela fazia. “Como é difícil conviver com os outros” – pensava interiormente – “aquela coquete nunca trabalhou e não sabe fazer outra coisa além de me criticar”.
    Uma lágrima escorreu por suas faces. Pensava que o outro podia ser bem ruim quando ele queria. Mas espantou todos aqueles pensamentos, dizendo para si mesma que tempos melhores viriam.

    ResponderExcluir
  11. O ônibus adentrava a rua em que a patroa morava. Levantou-se, deu o sinal, cumprimentou o motorista e desceu.
    Pegou o molho de chaves e abriu a porta. A casa estava no mais completo silêncio. Foi para a cozinha, tinha que fazer café para os filhos do casal que estudavam cedo.
    Colocou a água na cafeteira, pegou um dinheiro que estava em cima da mesa e foi até a padaria comprar pão. Quando lá chegou, o balconista fez festa. Ele era gamado em Viviane fazia um bom tempo. Ficava cantando a moça, mais Viviane não sentia atração física por ele.
    - Oi minha linda! – exclamou com a fala macia.
    - Oi – respondeu seca.
    - Hoje você está mais bonita que ontem – disse fixando seus olhos nos olhos dela.
    Ironicamente, Viviane retrucou:
    - São seus olhos – disse sorrindo. Pegou o pão e se pôs de volta à casa dos patrões. Voltou à cozinha e foi colocar pó na cafeteira.
    Quem acordou primeiro foi Jhonatan. Aquele dia ele estava especialmente irritado. Não pudera ir até um bar com os amigos na noite anterior, pois tinha que levantar cedo. Ele entrou na cozinha e fingiu que não viu Viviane.
    Aquilo machucava a moça. Ela tinha 20 anos e o rapaz 16 e sentia uma intensa atração física por ele. Naquela manhã, ele estava sem camisa, onde Viviane ficou contemplando aquele peito cabeludo.
    “Eu tenho peito, tenho bunda, será que ele nunca percebeu isso?” – se perguntava a doméstica naquele momento. Ela estava perdida nestes pensamentos, quando a irmã do rapaz adentrou a cozinha para tomar água.
    - Bom dia Viviane! – disse risonha.
    - Bom dia Bianca – respondeu Viviane cordialmente – hoje você pulou da cama – observou.
    - Tem que ir para a escola, não é? – interrogou a moça – ainda bem que amanhã é sábado. Disse estas palavras e foi para o banheiro tomar um banho.
    Viviane então foi servir a mesa. Colocou a garrafa de café e os pães em cima de uma toalha. Ficou pensando em Jhonatan e de como ele podia desprezá-la tanto. Também conjecturou que um estudante de classe média jamais quereria alguma coisa com uma empregada doméstica. Naquele momento pensava na questão das classes sociais.

    ResponderExcluir
  12. Os dois estudantes se sentaram à mesa e começaram a tomar café. Viviane aproveitou para tomar o seu escondido – já que a patroa não gostava que ela comesse na casa deles – já que não havia nada em casa para comer.
    Os dois estudantes então saíram para a garagem. Adentraram o veículo da família e se puseram em direção à escola. Viviane estava sozinha. Sentiu vontade de assistir televisão, mas se lembrou que a patroa não gostava que ela mexesse nos aparelhos eletrônicos da casa. Ficou então na cozinha pensando na sua vida de mulher pobre.
    Passou-se uma hora. Viviane estava na cozinha esperando que os patrões acordassem para tomar café. De repente, o marido de Fernanda adentrava a cozinha atrás dela. Ele cheirava-lhe o cangote e ela reclamava daqueles carinhos. Quando viram Viviane, os dois a olharam por alguns instantes, porém fingiram que ela não estava ali e o marido voltou a fungar-lhe o cangote. Ele parecia gostar que Viviane visse aquelas efusões afetivas. Ele então colocou a mão na bunda da mulher, no que ela lhe disse que mantivesse o respeito na frente de uma pessoa estranha. O homem reclamou da admoestação da esposa e foi para o quarto resmungando.
    - Hoje nós temos que conversar – disse Fernanda com ira na voz – uma calcinha minha sumiu e eu quero conta dela – finalizou virando-se e indo para o quarto.
    Viviane pensou que aquele dia seria de grandes humilhações. A patroa sempre insinuava que ela havia pegado esta ou aquela roupa íntima sua. Viviane sentiu vontade de chorar. Lembrou-se de seus pais e de como eles a haviam ensinado a não pegar nada de ninguém.
    Depois de cerca de meia hora o casal se sentava à mesa do café. Ele reclamava do preço da conta de energia elétrica; ela lhe cobrava dinheiro para colocar luzes no cabelo.
    - Você parece uma modelo – reclamava com a cara irritada – desse jeito você vai ter que começar a trabalhar para pagar seu cabeleireiro e sua manicure.
    - De jeito nenhum meu bem – redarguiu irônica – minha missão é cuidar de nossos filhos, aqui quem tem que trabalhar é você.
    Os dois ainda discutiram algumas coisas sobre dinheiro, no que ele levantou-se e foi até a garagem ligar seu carro. Fernanda deu graças a Deus de ter-se livrado do marido. Levantou-se da mesa do café e foi até a sala ligar a televisão.

    ResponderExcluir
  13. Depois que acabou de assistir televisão, Fernanda foi até a cozinha conversar com Viviane. – Uma calcinha minha sumiu, foi você que pegou? – indagou com desprezo na voz.
    - Não senhora – respondeu rápido Viviane – eu não pego nada de ninguém.
    - Então como foi que ela sumiu? – tentava colocar-lhe na parede a mulher, cuja irritação crescia visivelmente.
    - Veja com a lavadeira – sugeriu Viviane – ela é que lava as roupas, então ela é que deve saber.
    - Já estou cansada das coisas sumirem aqui em casa e você dar uma de anjinho – disse fixando-lhe o olhar. Fernanda estava vestida com uma camisola transparente, que lhe realçava os volumosos seios.
    - O que a senhora quer que eu faça? – perguntou em tom desafiador.
    - Eu quero que você vá embora desta casa – gritou a mulher – estou cansada de você e dos seus roubos.
    Viviane começou a chorar, mas sua dor era indiferente à patroa.
    - A senhora pode acertar o que deve comigo? – perguntou a moça chorosa.
    - Eu não te devo nada – disse colérica – roubo é justa causa.
    Viviane então pensou na crueldade daquela mulher, que demonstrava não ter quaisquer sentimentos pelo seu semelhante.
    Ela pegou suas coisas e passou indiferente pela patroa. Saiu da casa soluçando. Como aquela mulher podia acusar-lhe de roubo, ela que nunca tinha pegado nada de ninguém?
    Ficou no ponto de ônibus esperando o coletivo. Estava destruída por dentro. E agora, como ela faria para ajudar os pais? – interrogava a si mesma. Na sua casa estava faltando comida e agora ela não tinha emprego. Pensava que podia ter se humilhado para a patroa, mas recordou-se que aquela mulher não merecia aquilo.
    A doméstica observava o movimento dos carros, as casas e os edifícios. Decidiu-se que voltaria a estudar, pois só o estudo poderia dar-lhe uma vida melhor. Mesmo que para isso ela tivesse que passar fome. Recordou-se que a escola oferecia lanche, aonde poderia forrar o estômago. Mas e os pais? – se perguntava interiormente.
    Naquele momento, a moça pensava o quão dura era a vida dos trabalhadores brasileiros. Além de se ganhar um salário de fome, milhares de pessoas ainda tinham que passar pelas mais diversas humilhações de seus patrões Brasil afora. Isso era o ser humano – pensava consigo mesma.

    phdescritor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. N a minha cidade que são 150 mil habitantes e em várias cidades vizinhas o assunto é o seguinte NÃO VOTE EM DILMA aqui é AÉCIO, AÉCIO, AÉCIO....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coitado desses cidadãos, tenho pena, esses vão ter o governante que merecem. Sei não esse anônimo não seria um tucano? Vc está com cara de alienado viu meu filho.

      Excluir
    2. Na minha cidade está bombando a campanha petista de Dilma e Pimentel. Só louco ou aquele que gosta do pó para votar nos demotucanos. Que digam os professores de Minas.

      Excluir
    3. Idiotas, não conhecem o 'choque de gestão'?

      Excluir
    4. Vão comer capim depois... Capim com "farinha"... kkkkkkkkkkk

      Excluir
    5. Só se for na cidade dos pés juntos kkkk

      Excluir
    6. Nossa! onde fica essa cidade , fala ai... Precisamos comprovar esse milagre rsrsrsrsr

      Excluir
    7. Éh... Tem regiões no Brasil que são atrasadas mesmo e a sua deve ser uma delas , as informações só chegam pelos canais de tv coligados ao dito cujo.O progresso ainda não chegou ai , mais deixa pra lá aqui temos tecnologia de primeiro mundo , não somos manipulados , deixa que nós mudamos está triste realidade pra vocês.

      Excluir
    8. Que Aécio que nada, ele cheirou pó com doril e sumiu.

      Excluir
    9. Kkkkkkkkk... Mto boa essa do pó com doril. Deve ser desse que o Anastahitler cheiro pq ele sumiu, ninguém sabe e ninguém viu. Tomara que o Aecim do pó faça uma rodada com a tucanada toda e eles vão todos pra PQP, pq na minha cidade com mais de 200 mil eleitores quer ver Aecim e sua gangue pra lá dos quintos dos infernos.

      Excluir
  15. Pessoal fiquei sabendo que o SINDUTE-MG, em reunião com o governo, conseguiu um acordo para prorrogação do prazo de validade do último concurso. Não achei justo, porque:
    1º: Se pela Constituição só será chamado quem foi aprovado no concurso, que por regra do edital tinha um número "X" de vagas, só tem direito imediato de exigir nomeação quem passou dentro das vagas. Considero que o número de vagas exposto no edital seja o real interesse da Administração em nomear (em tese, sei que na prática a carência é absurda). Então não vejo fundamento em "excedente" exigir a prorrogação para ter sua “possível” vaga; vamos seguir a Lei: se a Constituição não beneficia o pessoal da "LC 100", também não poderá beneficiar "excedente" de lista de aprovado;
    2º: Fiquei sabendo que o governo, à época do concurso, enviou uma carta tranquilizando os "efetivados" quanto sua permanência no serviço público, logo, muitos não fizeram o concurso e agora estão desempregados. Para corrigir este ato imoral, o certo seria, chamar todos os aprovados dentro do número de vagas e apenas os excedentes, caso um aprovado válido desista; aí não prorrogar o concurso e reabri outro, com chances para todos, até aqueles ludibriados pelo governo devido a tal carta;
    3º: a prorrogação só vai ajudar a perdurar a situação precária que passa a educação mineira em relação a pessoal, o que vai continuar é um “bando de efetivados” fazendo bico na educação, sem direitos trabalhistas (pois nem seguro desemprego tem!), começa todo o ano desempregado e ainda ve vantagem quando consegue vencer a maratona das designações injustas e sem critérios; a pressão devia ser para um novo edital que atendesse as reais necessidades da educação (senão seria impugnado por iniciativa popular) e para todos os cargos.
    Temo esta politicas de interesses individuais que se apresenta como defensora de um coletivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse sind sei lá o que é um "barato' !!!!!!! kkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Eu passei no concurso, só não fui chamada por causa da Lei 100. Por isso, acho mais do que justo prorrogar o concurso.

      Excluir
    3. Caro Euler. Ao ler o comentário acima recordei-me do filme "O menino do pijama listrado", referente a Segunda Guerra Mundial. Os demotucanos usaram a mesma estratégia dos nazistas ao mandarem os judeus para o suplício final: "vocês só irão tomar um inocente banho" e depois jogavam pó químico para seu extermínio. A mesma estratégia este desgoverno usou contra os efetivados: "vocês estão seguros, não precisam prestar concurso". A Gazoza veio a público diversas vezes com o mesmo discurso. Valha-nos Deus para varrermos deste Estado estes tralhas neonazistas da pior espécie. Amém!

      Excluir
    4. Se o concurso foi realizado em 2012, ele pode ter a validade de dois anos prorrogável por igual período. Tudo dentro da lei.

      Excluir
    5. Em relação ao comentário do anônimo 8 de julho de 2014 14:44, se os professores acataram tal ordem de duas uma, ou são muito ingênuos a ponto de pensar que um governante estadual pode mais que uma lei federal, ou senão são aliados fortíssimos do governo de estado em vigor, cientes dos ônus e dos bônus de suas escolhas.

      Excluir
    6. Gente coloquem os pés no chão. Foi feito isso uma vez pelo Aécio e vai voltar a repetir, esse concurso já caducou, só não falaram isso ainda porque tem esperanças políticas eu passei por isso uma vez, no governo do Aécio, tinha passado dentro das vagas , para um concurso estadual , não regional, na minha cidade tinha 4 vagas ninguém entrou , simplesmente esperaram o fim da eleição e caducaram o concurso, ano seguinte fizeram outro e eu me efetivei. Não contem com o concurso, se ele tivesse de fazer alguma coisa faria agora , mas não fez então de agora pra frente é só descaso.

      Excluir
    7. Engano o seu! Ele tem que nomear para as vagas que foram colocadas no edital.É só entrar na justiça. É causa ganha.

      Excluir
  16. Percebe-se que a rede globo e demais emissoras alinhadas ao PSDB estão meio que numa "sinuca de bico". É o seguinte: a copa é um sucesso mas, ao mesmo tempo, não podem ficar falando muito bem já que falar bem da copa é falar bem do governo do PT, de Dilma e Lula. Assim a globo sempre insiste em anunciar: "se ligue na copa da globo", kkkk, até parece que é a globo que está organizando a copa e não a FIFA e o Brasil. Os jornalistas e demais profissionais da globo e demais emissoras dosam suas palavras e até evitam falar de governos já que senão é propaganda para Dilma, kkkk. Coitados, jamais imaginaram que teriam que passar por estes contratempos. Estão todos com um osso atravessado na garganta. Mas acho que o PT não pode apenas se limitar ao governo federal, com a presidência. Você Euler deve ressaltar em seus textos problemas da gestão Aécio/Anastasia para ajudar na eleição de Fernando Pimentel para governo de Minas. Eu penso que o PT acaba sendo muito ingênuo ao focar mais o governo federal e deixar um pouco de lado os governos estaduais. São os estados que acabam fortalecendo o PSDB. Assim o PT deve investir pesado também nos estados e principalmente aqui em Minas onde o PSDB impera há muito tempo. Tirar das mãos do PSDB o governo de Minas seria tirar o oxigênio do inimigo. Se você conhece alguma liderança do PT, alguma pessoa que organiza a campanha para candidatos do PT pode falar pra eles usarem carro de som com a voz de Lula apoiando Fernando Pimentel ao governo de Minas em todos os municípios de Minas que é vitória ganha pro PT. Aqui na minha cidade foi assim e tiramos o PSDB do governo municipal que já imperava há 12 anos. Lula tem forte influência sobre o povo e ao ouvirem Lula apoiando Fernando Pimentel com certeza votarão nele.

    ResponderExcluir
  17. Um breve comentário sobre o jogo de hoje entre Brasil e Alemanha. A primeira consideração: futebol é assim mesmo, pode acontecer resultados inesperados. Segundo, a equipe da Alemanha é bem superior, trabalha melhor o conjunto, e tecnicamente tem mais jogadores habilidosos.

    O Brasil jogou com dois grandes desfalques: Thiago Silva na defesa, e o Neymar no ataque. Claro que isso pesou. Difícil saber como seria se eles estivessem em campo. Depois do primeiro gol, a equipe teve um apagão e tomou mais 4 gols em 6 minutos. É o lado emocional da nossa equipe, que não teve aquela frieza europeia para segurar o jogo, fazer uma retranca para acalmar a pressão do adversário e contra-atacar.

    Mas, não compartilho da opinião de alguns comentaristas, que acham que foi um vexame, que foi o fim do mundo e até do futebol brasileiro. Pura besteira. Pelo time pouco entrosado, a equipe do Brasil até que foi longe, ficando entre os quatro melhores, e perdeu para a melhor equipe da Copa, a Alemanha, que vem mantendo um padrão nos jogos com qualidade técnica superior aos adversários.

    Acho até que emocionalmente teria sido pior se o Brasil perdesse para a Argentina numa final, em função da rivalidade construída principalmente pela mídia.

    Também não acho que tenha havido um ou dois culpados pela derrota do Brasil. A equipe toda hoje jogou mal. Mas, pelo menos não apelou para a baixaria, perdeu com dignidade para uma equipe tecnicamente superior. É um ponto a se aplaudir. No esporte e em outras áreas da vida a gente tem que saber ganhar e perder, com postura, com elegância, ainda mais diante um adversário que jogou limpo.

    Coisas piores foram as derrotas em campo que o Atlético e o Cruzeiro já tiveram por conta da arbitragem comprada, favorecendo equipes de SP e Rio. Isto sim, era revoltante. Agora, perder na bola, faz parte do jogo.

    O Brasil sempre teve e tem bons talentos, meninos que aprendem a jogar bola nos times de várzea. Somos o país do futebol arte, embora a arte do futebol esteja meio sumida dos nossos gramados. Não por conta da Copa. Talvez até a Copa no Brasil estimule as novas gerações. Positivamente.

    Um outro dado: o Brasil ganhou a Copa fora dos gramados, e fez bonito dentro dos gramados, apesar da derrota para o melhor time. Analisando todos estes aspectos, temos razões para nos orgulhar do Brasil, do povo brasileiro, do governo brasileiro que organizou bem a Copa, e também da Seleção Brasileira, que venceu 5 das 6 partidas jogadas até aqui. E perdeu uma, para uma Alemanha que jogou a sua melhor partida desde que chegou ao Brasil.

    Enfim, é isso aí. Bola para frente, somos ainda o único país que tem cinco títulos mundiais, e se não foi dessa vez, talvez daqui a 4 ou 8 anos ganharemos o hexa.

    Viva o Brasil! Viva o povo brasileiro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ter entrosamento e fazer bonito é o mínimo que poderiam ter feito, tendo em vista o nível de um campeonato como esse e o altíssimo nível de salário que os jogadores recebem para estarem ali muito bem preparados e bem entrosados para fazerem um excelente trabalho a nível de profissionais de ponta. Ali não tinha amador, fazendo trabalho voluntário altruísta não. Se tratando de uma seleção, de melhores, diga-se de passagem, estarem sintonizados em equipe, seria o mínimo esperado, não estariam fazendo favor algum a ninguém, seria uma obrigação, pois se provou que apenas o jeito esperto do brasileiro não foi suficiente pra faturar essa vitória, faltou algo mais...

      Mas bola pra frente! Agora nos resta continuar pagando os investimentos da "Copa das copas" e que tenha a merecida vitória o time que se deu ao respeito de preparar e estar à altura de um evento desses, mostrando o seu melhor, com empenho, dedicação, garra, responsabilidade e muita categoria, pois só com muita competência pra encarar e vencer um desafio desse nível. Que a seleção brasileira se entrose melhor e seja digna de conquistar o 3ª lugar, com garra e competência, horando o legado de país do futebol que está sediando o evento.

      Excluir
    2. Curtí mil vezes Euler!


      Conceição!

      Excluir
  18. Viva o povo brasileiro! Viva o Brasil! Viva a Dilma! É desolador ver o Brasil perder naquilo que ele mais tem de melhor além é claro e notório, de que a FRATERNIDADE foi bem ampla e irrestrita. Temos permanentemente o sabor da alegria, da doçura, do empenho, do coração maior que o próprio peito, enfim, sabemos também perder o bonde. Vai um vem outro. O que importa é a festa merecida para os momentos dos jogos. Da camisa verde e amarela usada por funcionários de algumas lojas e repartições (onde se permitiu é claro), nas escolas. nos lares e em todos rincões desse nosso querido, amado,e apaixonante BRASIL! Eu, pessoalmente não conseguiria viver fora do Brasil. Com 5 títulos ganhos não é para qualquer um. Só para quem tem coragem, hombridade, movimento e dinamismo como nós. Nossa garganta fala o que está cheio o coração AMOR. Gritamos em alto e bom som que somos os mais mais do futebol. O que não deu certo, ficará para outra vez. Agora é torcer para o 3º lugar que também é muito bom. Chama mais a atenção do mundo. Somos os melhores em muitas coisas. Chegaremos lá. Estamos em desenvolvimento e o desenvolvimento como o progresso não dá saltos. Estamos no meio. O futebol é um caso à parte. Beijos pra todos e todas.

    ResponderExcluir
  19. Euler não tente justificar um vexame histórico, não seja dissimulado como felipão e seus jogadores.

    ResponderExcluir
  20. ao ver a camisa do mengão, a seleção amarelou de vezkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  21. uma meia dúzia que comenta nesse blog, não reproduz a maioria do povo brasileiro, o brasil é bem maior do que um simples blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E vc o mais insignificante, pois se não curte o que está fazendo aqui dando ibope? Vai ser idiota assim lá na sua casa. rsrsrsr

      Excluir
  22. PRIVADO 7 XPÚBLICO E NOTÓRIO 19 de julho de 2014 10:16

    Essa copa foi comprada pela Alemanha! A função do Brasil foi a de barrar o acesso de seleções como a do Chile e Colômbia que pudessem comprometer o acesso da Alemanha à final. E vou mais longe se a Argentina passar pela Holanda, que diga-se de passagem esta última está jogando um futebol digno de finalista, pois eliminou boas seleções na bola, virou contra o México e eliminou a forte Costa Rica, se a Argentina passar perde para a Alemanha, não de forma humilhante como foi a derrota do Brasil mas com placar de dois ou três gols de diferença.

    É muita politicagem no futebol. Como os comentaristas esportivos não podem e não tem como provar tal coisa meu comentário está postado, para não dizer que não falei de flores.

    ResponderExcluir
  23. os 7 a 1,se cura com outro alemão, o alzheimerkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá pra explicar por favor... o "kkkkkk".

      Excluir
  24. a copa que o pt fez pra agradar a globo,foi um fiasco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que idiotice...Acorda criatura.

      Excluir
    2. Não foi não! Não é porque o Brasil perdeu um jogo para desmerecer todo o trabalho que tiveram e alegria que deram para nossa nação. Os jogadores foram guerreiros e tentaram. Somos muito mais que uma bola rolando. Viva o BRASIL como nação, como um todo. Essa gente maravilhosa, guerreira e lutadora.
      Amo e tenho orgulho de ser brasileira independente ou não de ganhar no futebol.
      Ana Helena.

      Excluir
    3. PT* agradar globo kkkkkkkkkkkk Quem paga as dívidas da globo é o aécin do pó parar.

      Excluir
    4. Não sabia que os jogadores do Brasil eram petistas. Com toda certeza devem ser do psdb/bosta!

      Excluir
    5. Só se for no seu planeta...

      Excluir
  25. SÁBADO O BRASIL VAI LEVAR OUTRA CACETADA,DE ARGENTINA OU HOLANDA.

    ResponderExcluir
  26. LÁ NO CÉU, AO SABER QUE O BRASIL LEVOU DE SETE DA ALEMANHA, O GRANDE COSTINHA SOLTOU:TAISSSSSSSSSSSSSBRINCANDO??????????

    ResponderExcluir
  27. PARECIA TREINO,A ALEMANHA HUMILHOU A FRACA SELEÇÃO,SE ELES QUISESSEM A COISA FICAVA EM 10 X 0.FÁCIL,FÁCIL.

    ResponderExcluir
  28. hoje é dia de trocar as camisas de 340 reais nas lojas de artigos esportivos.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  29. a seleção achou, que a copa sendo no brasil,com a torcida toda do seu lado,que seria fácil,futebol não se ganha com oba oba,e sim com bola na rede.

    ResponderExcluir
  30. aqueles depoimentos de júlio cesar e de outros jogadores depois da paulada da alemanha é tudo palhaçada e dissimulação.

    ResponderExcluir
  31. Meu caro euller,eu estava dormindo,e quando acordei, no placar estava 5x0,quase cai pra trás.

    ResponderExcluir
  32. O AIDÉTICO NEVES,CHOROU MUITO COM A DERROTA DO BRASIL E NÓS VAMOS CHORAR DE ALEGRIA COM SUA DERROTA NO PRIMEIRO TURNO.

    ResponderExcluir
  33. EULER, ME DESCULPE, MAS COMO A MODA AGORA É CHORAR,EU TAMBÉM VOU:BUÁ,BUÁ,BUÁ,BUÁ,BUÁ,BUÁ,BUÁ.

    ResponderExcluir
  34. O trio AAA foi responsável pela decadência da educação mineira. Um professor com mestrado ganha menos que o inicial de um gari de BH. Este é indiscutivelmente um legado tucano. Os melhores profissionais, ainda longe da aposentadoria, estão deixando a educação mineira. Valeu psdb/bosta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AO VISUALIZAR MEU NADA CONSTA NO PORTAL DO INFERNO, VI QUE TEM COISA PIOR DO QUE LEVAR DE SETE DA ALEMANHA.

      Excluir
    2. SABE QUAL É A SEMELHANÇA DO FELIPÃO COM O PSDB? A ARROGANCIA.

      Excluir
    3. FHC, É IMPRESSIONANTE O CINISMO DO TRASTE,OBSERVEM O SEU SORRISO, DISSIMULADO, IGUAL A AÉCIO NEVES,OUTRO QUE DÁ NOJO.

      Excluir
    4. MEU CARO EULER, 7 A 1, É UM PLACAR INESQUECIVEL, NÃO SÓ PARA OS ALEMÃES, MAS TAMBÉM PARA OS BRASILEIROS.

      Excluir
    5. Se eu pudesse voltar a viver a minha vida novamente, trataria de ter mais problemas renais, do que imaginários.(jorge luis borges,poeta argentino).

      Excluir
  35. Pegou o molho de chaves e abriu a porta. A casa estava no mais completo silêncio. Foi para a cozinha, tinha que fazer café para os filhos do casal que estudavam cedo.
    Colocou a água na cafeteira, pegou um dinheiro que estava em cima da mesa e foi até a padaria comprar pão. Quando lá chegou, o balconista fez festa. Ele era gamado em Viviane fazia um bom tempo. Ficava cantando a moça, mais Viviane não sentia atração física por ele.
    - Oi minha linda! – exclamou com a fala macia.
    - Oi – respondeu seca.
    - Hoje você está mais bonita que ontem – disse fixando seus olhos nos olhos dela.
    Ironicamente, Viviane retrucou:
    - São seus olhos – disse sorrindo. Pegou o pão e se pôs de volta à casa dos patrões. Voltou à cozinha e foi colocar pó na cafeteira.
    Quem acordou primeiro foi Jhonatan. Aquele dia ele estava especialmente irritado. Não pudera ir até um bar com os amigos na noite anterior, pois tinha que levantar cedo. Ele entrou na cozinha e fingiu que não viu Viviane.
    Aquilo machucava a moça. Ela tinha 20 anos e o rapaz 16 e sentia uma intensa atração física por ele. Naquela manhã, ele estava sem camisa, onde Viviane ficou contemplando aquele peito cabeludo.
    “Eu tenho peito, tenho bunda, será que ele nunca percebeu isso?” – se perguntava a doméstica naquele momento. Ela estava perdida nestes pensamentos, quando a irmã do rapaz adentrou a cozinha para tomar água.
    - Bom dia Viviane! – disse risonha.
    - Bom dia Bianca – respondeu Viviane cordialmente – hoje você pulou da cama – observou.
    - Tem que ir para a escola, não é? – interrogou a moça – ainda bem que amanhã é sábado. Disse estas palavras e foi para o banheiro tomar um banho.
    Viviane então foi servir a mesa. Colocou a garrafa de café e os pães em cima de uma toalha. Ficou pensando em Jhonatan e de como ele podia desprezá-la tanto. Também conjecturou que um estudante de classe média jamais quereria alguma coisa com uma empregada doméstica. Naquele momento pensava na questão das classes sociais.

    ResponderExcluir
  36. Os dois estudantes se sentaram à mesa e começaram a tomar café. Viviane aproveitou para tomar o seu escondido – já que a patroa não gostava que ela comesse na casa deles – já que não havia nada em casa para comer.
    Os dois estudantes então saíram para a garagem. Adentraram o veículo da família e se puseram em direção à escola. Viviane estava sozinha. Sentiu vontade de assistir televisão, mas se lembrou que a patroa não gostava que ela mexesse nos aparelhos eletrônicos da casa. Ficou então na cozinha pensando na sua vida de mulher pobre.
    Passou-se uma hora. Viviane estava na cozinha esperando que os patrões acordassem para tomar café. De repente, o marido de Fernanda adentrava a cozinha atrás dela. Ele cheirava-lhe o cangote e ela reclamava daqueles carinhos. Quando viram Viviane, os dois a olharam por alguns instantes, porém fingiram que ela não estava ali e o marido voltou a fungar-lhe o cangote. Ele parecia gostar que Viviane visse aquelas efusões afetivas. Ele então colocou a mão na bunda da mulher, no que ela lhe disse que mantivesse o respeito na frente de uma pessoa estranha. O homem reclamou da admoestação da esposa e foi para o quarto resmungando.
    - Hoje nós temos que conversar – disse Fernanda com ira na voz – uma calcinha minha sumiu e eu quero conta dela – finalizou virando-se e indo para o quarto.
    Viviane pensou que aquele dia seria de grandes humilhações. A patroa sempre insinuava que ela havia pegado esta ou aquela roupa íntima sua. Viviane sentiu vontade de chorar. Lembrou-se de seus pais e de como eles a haviam ensinado a não pegar nada de ninguém.
    Depois de cerca de meia hora o casal se sentava à mesa do café. Ele reclamava do preço da conta de energia elétrica; ela lhe cobrava dinheiro para colocar luzes no cabelo.
    - Você parece uma modelo – reclamava com a cara irritada – desse jeito você vai ter que começar a trabalhar para pagar seu cabeleireiro e sua manicure.
    - De jeito nenhum meu bem – redarguiu irônica – minha missão é cuidar de nossos filhos, aqui quem tem que trabalhar é você.
    Os dois ainda discutiram algumas coisas sobre dinheiro, no que ele levantou-se e foi até a garagem ligar seu carro. Fernanda deu graças a Deus de ter-se livrado do marido. Levantou-se da mesa do café e foi até a sala ligar a televisão.

    ResponderExcluir
  37. Depois que acabou de assistir televisão, Fernanda foi até a cozinha conversar com Viviane. – Uma calcinha minha sumiu, foi você que pegou? – indagou com desprezo na voz.
    - Não senhora – respondeu rápido Viviane – eu não pego nada de ninguém.
    - Então como foi que ela sumiu? – tentava colocar-lhe na parede a mulher, cuja irritação crescia visivelmente.
    - Veja com a lavadeira – sugeriu Viviane – ela é que lava as roupas, então ela é que deve saber.
    - Já estou cansada das coisas sumirem aqui em casa e você dar uma de anjinho – disse fixando-lhe o olhar. Fernanda estava vestida com uma camisola transparente, que lhe realçava os volumosos seios.
    - O que a senhora quer que eu faça? – perguntou em tom desafiador.
    - Eu quero que você vá embora desta casa – gritou a mulher – estou cansada de você e dos seus roubos.
    Viviane estava muito nervosa e desatou a chorar. As duas estavam próximas a pia e havia uma faca em cima da mesma. Naquele momento, Viviane sentia um ódio enorme da patroa.
    - E então? Não vai embora? – insistiu Fernanda.
    Viviane enxugou as lágrimas e virou-se, deparando-se com a faca. Num momento de ódio, ela pegou a faca e começou a golpear a patroa.
    - O que é isso sua vagabunda? – gritava Fernanda.
    Mas Viviane estava indiferente aos gritos. Colocando mais força na mão, desfechou-lhe um golpe no rosto. O sangue começou a jorrar do rosto de Fernanda, colorindo-o. Um pouco de sangue borrifou na cara de Viviane. A patroa gritava desesperada, enquanto Viviane desferia-lhe um novo golpe, desta vez no seio.
    A mulher caiu no chão da cozinha e Viviane subiu sobre ela. Num estado de alucinação, ela desferia golpes cada vez mais fortes em todas as direções do corpo de Fernanda. A mulher gritava, num último suspiro.
    Passados uns cinco minutos, Viviane percebeu que sua patroa jazia morta. Ela estava toda suja de sangue. Levantou-se de cima do cadáver e ficou horrorizada com o que fizera. “Como pude fazer isto?” – se perguntou deixando a faca cair.
    Ela ficou numa contemplação muda do cadáver, até que teve a ideia de ir até o quarto da patroa subtrair-lhe as jóias. Quando lá chegou, começou a revirar as gavetas do guarda-roupas, até que encontrou um pequeno saco. Verificou que dentro dele havia diversas jóias.

    ResponderExcluir
  38. Foi até o banheiro se lavar. Todo o seu rosto estava respingado de sangue. Percebeu que suas roupas estavam sujas de sangue. Pensou que aquilo não iria sair fácil e então voltou para a cozinha.
    Ainda teve a frieza de fumar um cigarro. Ela estava arrependida do que tinha feito. Sua vida estava destruída, pois todos os indícios levariam a ela como autora do homicídio. Agora era sair dali rápido, passar em casa para pegar umas roupas e alguns pertences e fugir sem destino.
    Resolveu então ir embora. Passou pela sala, deu uma última olhada na casa, despedindo-se daquele lugar aonde trabalhara um ano. Caminhou até o ponto de ônibus e pôs-se a esperar. Ela estava febril, agitada, pode-se dizer que até alucinada. Rememorava os instantes do homicídio, lembrando-se das facadas que dera na patroa.
    O ônibus passou e ela entrou. Quem estava no coletivo percebeu que suas roupas estavam sujas de sangue. Ela fingia indiferença, indo se sentar. Pelo caminho ficou pensando para qual cidade iria. Não conhecia o Brasil e a ideia de ter que perambular sem rumo, atormentava-lhe a ideia.
    Quando o ônibus parou no ponto que dava acesso à favela que morava, Viviane desceu e começou a subir o morro. Pensava que deixaria uma carta para os pais, informando o ocorrido e as jóias da patroa para que eles pudessem sobreviver por algum tempo.
    Chegou no barraco e, freneticamente, pegou uma sacola e começou a enchê-las de roupas. Nisto, a irmã menor saiu do cômodo em que ela estava e perguntou:
    - Vivi, você vai viajar? – interrogou inocente.
    - Sim – respondeu Viviane nervosa – a Vivi vai ter que fazer uma viagem, mas volto logo.
    Ela então se pôs a redigir a carta. Nela, pedia perdão aos pais e prometia que algum dia voltaria para revê-los.
    Viviane se despediu da irmã e saiu do barraco. Pegou o ônibus no ponto e se colocou em direção à rodoviária. Ficava pensando o quanto é fácil uma pessoa cometer um homicídio.
    Viviane acabou ficando numa estrada, pois o pouco dinheiro que tinha não dava para ela ir muito longe. Ela acabou se tornando prostituta de beira de estrada. Porém, nunca esqueceria o assassinato da ex-patroa, lembrança que a acompanhou pelo resto dos seus dias.

    phdescritor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  39. Caro Euler. Alguns professores que se manifestam em seu blog me fazem pensar se realmente somos mal remunerados. Ler alguns comentários me trás uma desilusão tremenda. O que estes profissionais ensinam em suas aulas? Posso compará-los à fraca atuação da seleção brasileira de ontem: NOTA ZERO! Defender aecinho do pó é um escárnio a nossas consciências. Valha-me Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que baixaria, aécim do pó, voce é pobre em espírito,como se refere assim ao melhor governador de minas em todos os tempos.

      Excluir
    2. NÃO FALE ASSIM DO AÉCIO,QUE EU FICO NERVOSA,HEIM?

      Excluir
    3. homem de carater.

      Excluir
  40. TOC

    • Este conto participou do concurso “Um conto e um ponto” – RJ

    O relógio da parede assinalava vinte e uma horas. Podia-se ouvir no ambiente suave música clássica emitida pelas caixas de som do kit multimídia de um computador. Da janela de grande sala, chegava ao interior do recinto uma amálgama de sons que se confundiam entre o barulho de carros, motos, ruídos de vozes entrecortadas, latidos de cães e o som fugidio de músicas, que se podia deduzir advindo do interior de veículos que passavam pela avenida que havia logo em frente.
    No teto da sala havia uma luminária com duas lâmpadas, que difundia por toda ela uma luz fluorescente muito alva, o que indicava que a pessoa que ali residia era afeita ao hábito da leitura, pela boa iluminação que o local dispunha.
    Havia também um jogo de sofá de cor bege quase na entrada da porta; no chão ao lado do sofá havia um cesto onde estavam empilhados jornais e revistas; mais ao canto encontrava-se um barzinho com várias garrafas de bebida enfileiradas, onde se podia encontrar vinhos, uísques e vodcas; no centro da sala havia uma grande mesa com vários livros empilhados uns sobre os outros.
    Defronte a um computador, podia-se divisar a figura de um homem que aparentava cerca de trinta anos. Seu nome era Miguel e parecia digitar algo num editor de textos. O mesmo estava sozinho – mas se alguém pudesse observá-lo – notaria que o comportamento de nossa personagem era no mínimo estranho.

    ResponderExcluir
  41. Em intervalos de tempo mais ou menos curtos, interrompia a digitação do texto abruptamente, no que deletava com a tecla tecla back space o que já havia sido escrito, para digitar tudo novamente; ao lado da mesa do computador havia um calhamaço de folhas que consultava em pequenos lapsos de tempo e que pareciam conter dados estatísticos, estranhamente Miguel lia uma página e parecia cumprir um ritual de ter que lê-la várias vezes seguidas; de momento em momento olhava para o celular com o intento de saber as horas, mas a ação se repetia tantas vezes, que nosso interlocutor não parecia acreditar no que o visor do telefone lhe informava. Todas essas ações as fazia repetidas vezes e lhe pareciam causar grande desconforto.
    Parecendo não suportar mais aquele estado, Miguel parou de digitar o texto, salvando o arquivo e, levantando-se da cadeira, caminhou até a janela de onde se podia ouvir o barulho das ondas quebrando nos rochedos.
    Era a praia de Ipanema. De olhos fechados, com a face suarenta, Miguel parecia sorver todo o frescor daquela brisa marítima. Passados alguns minutos – em que parecia mais aliviado – o mesmo pegou o celular do bolso da camisa e fez uma ligação.
    Ligava para Fernanda, moça que morava na Barra da Tijuca e com quem Miguel já se relacionava há alguns meses. Depois de duas ou três chamadas, a pessoa do outro lado da linha atendeu.
    - Alô... – Atendeu Fernanda.
    - Oi Fernanda! – respondeu Miguel – será que podia te ver hoje?

    ResponderExcluir
  42. - Claro, amor... Estava aqui deitada lendo um livro, pode vir que estou te esperando!
    - Está bem, daqui mais ou menos quarenta minutos estou aí... Beijos!
    - Beijos! - Respondeu Fernanda desligando o telefone.
    Depois de desligar o telefone, Miguel então foi se arrumar. Fernanda além de namorada, era uma espécie de confidente com quem desabafava suas “pirações”. A bem da verdade, nem sempre a moça conseguia compreender muito bem o que ele lhe relatava, mas não se importava de nestas horas fazer às vezes de “psicóloga”.
    A angústia e o desconforto que Miguel sentia naqueles momentos, quase que o obrigavam a buscar a companhia de alguém para desabafar, e Fernanda entendia isto como ninguém.
    Desligou o computador; foi até o barzinho e se serviu de um copo de vinho; depois caminhou até o banheiro onde passou uma água no rosto, encheu a tampa do vidro de enxaguante bucal para fazer um gargarejo, penteou os cabelos e passou perfume.
    Findo os cuidados com a aparência, passou pela sala, pegou a carteira e as chaves do carro que estavam em cima da mesa, apagou as luzes e ao fechar a porta da sala, se dirigiu até o elevador que o levaria até a garagem do edifício.
    Passados alguns minutos, encontrava-se Miguel dentro do seu carro em direção à Barra da Tijuca. Enquanto dirigia pela Avenida Niemeyer, pensava um pouco em tudo aquilo que estava acontecendo em sua vida.
    Já havia ultrapassado a “casa” dos trinta, mas aquele transtorno que sentia havia começado bem mais cedo, quando contava ainda onze ou doze anos de idade. Primeiro eram as idéias fixas, negativas, quase que intrusivas mesmo a lhe infernizar o íntimo. Alguns anos mais tarde, começariam os rituais: amarrar e desamarrar o cadarço do tênis várias vezes; se ver em um ambiente e de repente se deparar contando os azulejos das paredes; lavar excessivamente as mãos.

    ResponderExcluir
  43. No começo não sabia como classificar aquilo; a idéia de que tivesse algum transtorno mental apavorava-o imensamente, por isso jamais confidenciara o que sentia aos seus pais, irmãos ou amigos. Acreditava que tudo aquilo não passava de “manias” ou qualquer coisa parecida, menos loucura.
    Já com quase dezoito anos, quando ingressara na universidade, resolvera então procurar um psiquiatra e relatar-lhe todos aqueles sintomas que o incomodavam. O diagnóstico do profissional revelou ser ele portador do transtorno obsessivo compulsivo, ou TOC, terminologia também adotada pela especialidade.
    O médico disse-lhe ainda que poderia amenizar o desconforto de todos aqueles pensamentos intrusivos e rituais com a conjugação de fármacos e psicoterapia.
    Desde então Miguel trilhara um árduo caminho de terapias, psicotrópicos e leituras, que lhe acenava a tão sonhada cura e a tranqüilidade psíquica que almejava. Mas tudo em vão. É bem verdade que louco nunca ficara, nunca tivera nenhuma espécie de surto e aos olhos do mundo parecia uma pessoa normal como qualquer outra, mas hoje o TOC de Miguel evoluíra tanto que o mesmo se encontrava contando quantas letras as palavras possuíam, não pensando mais por imagens, e sim por palavras.

    ResponderExcluir
  44. Todas estas reflexões foram interrompidas quando avistou a Praça do Ó, já no bairro da Tijuca. Do interior do veículo pôde avistar a moça dependurada na sacada de seu apartamento no 3º andar. Estacionou o carro, atravessou a rua e após ser identificado na portaria, subiu até o seu encontro.
    Depois de tocar a campainha por duas ou três vezes, Fernanda abriu a porta da sala. Ao ver a moça, Miguel por alguns instantes esqueceu tudo aquilo que o atormentava.
    Fernanda parecia-lhe imensamente bela aquela noite. Antes de adentrar porta adentro – numa rápida olhadela - contemplou-lhe a imagem da cabeça aos pés.
    A moça trazia um sorriso simpático aos lábios que, pintados com um batom vermelho, realçava ainda mais o viço daqueles beiços carnudos; os pequeninos – mas penetrantes – olhos negros traziam um brilho de contentamento e voluptuosidade; os longos cabelos castanhos escorriam-lhe pelos ombros, chamando a atenção para a mini-blusa que destacava a proeminência dos seios e deixava à mostra o abdômem nu; podia-se ainda observar o torneado das pernas bronzeadas metidas dentro de pequeno short.
    Ao Miguel entrar, ambos trocaram um beijo na boca, onde o rapaz jogou a chave do carro em cima de pequena mesa posta ao centro da sala, se atirando no sofá.
    - De novo aquelas idéias meu amor?! – Interrogou Fernanda entre a curiosidade e a perplexidade.
    - De novo Fernanda... – desabafou Miguel com um suspiro. Não aguento mais tantas idéias fixas, tantos rituais, ficar pensando tantas coisas sem sentido!

    ResponderExcluir
  45. - Meu amor – principiou a dizer a moça, sentando-se no sofá com os joelhos dobrados – por que você fica pensando todas essas coisas sem nexo?
    - Não sei amor, não consigo me controlar – respondeu afagando-lhe uma das mãos, levando-a até a boca, onde ficou a beijá-la em pequenos intervalos.
    - Para te dizer a verdade – continuava a moça – nunca consegui compreender muito bem a natureza destas tuas idéias fixas ou negativas, como tu mesmo gosta de chamá-las.
    Miguel olhou para a moça por alguns instantes, onde a mesma prosseguiu:
    - Mas não te parece que apenas o que é racional é real? – finalizou com certa inflexão na voz.
    - Sim, minha razão corrobora teu raciocínio... Porém, tais idéias me provocam um desconforto tão grande, um sentimento de ansiedade que não consigo controlar, um estado depressivo que literalmente me “derruba”.
    - Ora, Miguel – respondeu afagando-lhe os cabelos – está na hora de você dar um basta em tudo isto... Seja senhor da sua mente!
    E, levantando-se, puxou-o até a sacada do apartamento. Dali podiam observar o luzir dos diversos edifícios e casas ao redor.
    - Meu amor, quanta coisa maravilhosa nos oferece a vida! – exclamou circunvagando os olhos pela parte da cidade do Rio de Janeiro que podiam contemplar naquele momento.
    - Observe a beleza da noite, o brilho das estrelas... Pense um pouco em nós dois – disse achegando o busto ao peito do moço – tente não ficar se martirizando por coisas ou idéias que simplesmente não existem no mundo concreto.

    ResponderExcluir
  46. Imprimindo significativa pausa à sua fala - no que Miguel aproveitou para ir buscar com os lábios a pele de seu pescoço – continuou:
    - Se você quer realmente ficar comigo, não quero mais saber desse assunto. Afinal de contas, tu mesmo não dizes que nosso amor é capaz de mitigar todos os contratempos e amarguras da vida?
    - É verdade Fernanda! – concordava o rapaz enquanto acariciava-lhe os cabelos – tenho sido um fraco; devia pensar mais na afeição que sentimos um em relação ao outro.
    - São coisas assim que quero ouvir dessa boca... Vamos entrar? – Inquiriu com um sorriso nos lábios.
    Os dois namorados então retornaram ao interior da sala, onde Fernanda fechou a porta que dava acesso à sacada do apartamento. Pediu que o moço aguardasse ali, pois iria à cozinha buscar uma cerveja.
    Depois de alguns minutos, voltava ela com uma garrafa de Antarctica às mãos e dois copos. Serviu Miguel – servindo-se também - e colocou a garrafa em cima da pequena mesa.
    Ficaram então a conversar trivialidades que haviam se passado naquele dia. Miguel relatava-lhe que a análise que a fundação para a qual trabalhava havia encomendado, estava quase concluso; tratava-se de um estudo sobre a inserção do negro no mercado de trabalho do Rio.
    Fernanda, por sua vez, foi lhe contar o que havia se sucedido durante o dia na boutique. Relatou-lhe o pouco movimento do comércio; o seu desconforto em ter que conviver com uma colega de trabalho que lhe tinha aversão; os comentários de algumas funcionárias sobre outra que tinha se separado e as especulações sobre os reais motivos da separação.

    ResponderExcluir
  47. Os dois riam; se acariciavam; trocavam comentários sobre assuntos diversos, de tal forma que se aquele leitor do início da narrativa pudesse observar Miguel agora, notaria a fisionomia de uma pessoa transformada; feliz da vida; radiante de alegria em razão da companhia de que privava.
    Durante aqueles momentos – entre um comentário, beijo ou risos outros – Miguel guardava a impressão em seu íntimo de que a felicidade era um estado de consciência e de que não importa tanto o caráter negativo de uma idéia ou preocupação, mas sim a importância de que damos a elas.

    phdescritor.blogspot.com.br


    ResponderExcluir
  48. Um pouco de humor e coisa séria para irritar os que jogam contra o Brasil.

    Quando fiquei sabendo que Aécio Neves e Mick Jagger estiveram no Mineirão no dia 08, e torceram pela seleção brasileira, não tive dúvidas: tá explicada a derrota do Brasil em campo por 7 a 1. A conhecida dupla de pé super frio certamente foi ao Mineirão para secar nossa seleção.

    Vejam que ninguém consegue explicar a péssima atuação dos nossos jogadores. Mesmo sendo uma equipe fraca, aos trancos e barrancos a seleção conseguiu chegar até a semi-final. Claro que a derrota acachapante do nosso time envolveu alguma força misteriosa, algo do além, que uma lógica científica jamais explicará.

    A presença de Aécio e Jagger no Mineirão, e ainda por cima torcendo para a nossa seleção, é a explicação. Se torcessem para a Alemanha, mesmo com este futebol bem calculado e bem treinado, o time alemão teria tomado de uns 10 a 0, no mínimo.

    Quando a nossa presidenta Dilma esteve no estádio, na abertura da Copa, foi vaiada pela elite branca, mas o Brasil ganhou. Pé quente a nossa presidenta. Ganhou de 10 x 0 da mídia tucana na organização e realização da Copa das Copas - eles diziam que a Copa seria um fracasso. Perderam feio; com a ajuda de Lula, Dilma está ganhando a luta contra o desemprego, a miséria, da redução da mortalidade infantil e da implantação de muitos programas sociais (Bolsa Família, Pronatec, Luz para todos, Minha casa minha vida, Mais Médicos, políticas de cotas nas universidades, Ciência sem fronteiras, aumentos reais de salários acima da inflação, etc.).

    Antes da era Lula, FHC ganhou duas eleições para a presidência (2 x 0), mas quebrou o país três vezes (0 x 3); vivia de pires nas mãos pedindo dinheiro emprestado para o FMI (0 x 10 para eles); perdeu a luta para o desemprego, emplacou um arrocho salarial para combater a inflação e mais uma vez perdeu feio. O Brasil dos de baixo saiu perdendo, aliás, de 20 a 0, pelo ,menos.

    Nossa seleção brasileira pode perder um jogo de 7 a 1 (já explicamos o motivo da derrota) para um time como o da Alemanha, que aliás outras vezes para o Brasil. Mas, mesmo no futebol, o Brasil tem história para se recuperar. É o único que carrega 5 títulos mundiais; é o único que produziu craques como Garrincha, Pelé, Reinaldo do Atlético, Tostão, Zico, Rivelino, e um sem número de outros talentos. O futebol é nosso, não adianta secarem.

    O problema é que antes a gente ganhava só no futebol. E agora a gente está ganhando em outras esferas da vida. Não adianta eles, com sua mídia, secarem a nossa seleção. O Brasil vai continuar ganhando, na ampliação dos programas sociais, na luta contra o desemprego, na extração do petróleo para irrigar as áreas da Educação e da Saúde.

    Enfim, eles podem até ganhar na propaganda pessimista, de ódio, de que tudo no Brasil é um caos, um vexame, mas na vida real, o Brasil dos de baixo não quer saber dessa gente. Quer viver, quer ser feliz, quer sorrir e quer chorar, mas quer torcer pelo Brasil, ao contrário daqueles que torcem do contra. E quando torcem a favor, para inglês ver, acabam secando o nosso time.

    Viva o Brasil dos de baixo! Que em 2018 Aécio e Jagger sejam proibidos de assistir aos jogos do Brasil na Rússia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes não ter explicação ou até mesmo atribuir esse vexame a alguma força misteriosa, e muito sinistra, do que tentar acobertar a incompetência da equipe ao pouco entrosamento da mesma , pois esse argumento só faz queimar o filme dessa equipe que recebe salários milionários, e que deveria ter demonstrado o entrosamento inerente ao nível da situação. Pena que se levarem outra chocolatada da Holanda, não fará diferença para o povo brasileiro, que tem o futebol como principal legado, e não se contenta com 2º, muito menos com 3º ou 4º lugar... Agora é seguir em frente, pagando o prejuízo por vários anos e torcendo para que essa seleção um dia se desperte desse pesadelo... força seleção!

      Excluir
    2. Caros amigos, será que o excesso de "ilusão", a arrogância, o "otimismo" exagerado não pode ter atrapalhado? Será que o complexo de "vira-latas" voltou? Sei que, num país como o nosso, onde tudo se manipula, tudo se distorce, tudo se maqueia, para atender a vontade dos que se julgam "sabedores de tudo", principalmente, atender os de cima, são capazes de tudo! Onde mentir, escamotear, jogar as sujeiras para debaixo dos tapetes, para eles é coisa fácil...
      Vender ilusões, vender mentiras, vender promessas,etc... pode levar até um certo ponto, depois as máscaras caem! O "país das chuteiras", do melhor futebol do mundo , dos melhores craques,etc acabou... E os demais "Brasis" das mentiras, quando cairão?

      Excluir
  49. O MEU TIME DE FUTEBOL DE BOTÃO DÁ DE 20 NA SELEÇÃO DO FELIPÃO.

    ResponderExcluir
  50. Engraçado é uma coisa: depois de doze anos de choque de gestão dos tucanos Minas está quebrada! kkk, engraçado né, já que enxugaram a máquina administrativa e cortaram salários de servidores ( principalmente dos da educação ) o estado hoje era pra ter a melhor educação, a melhor saúde, a melhor segurança e com investimentos pesados em muitas outras áreas também. Cadê o dinheiro da economia dos doze anos de choque de gestão heim, Aécinho? Cadê? Ele está doido para chegar à presidência para diminuir pela metade o número de ministérios, diminuir ao máximo o número de servidores federais em todas as repartições, reduzir salários, privatizar empresas públicas, aumentar carga horária de servidores, perseguir professores universitários e etc. Enfim, e depois de enxugar a máquina desse jeito o dinheiro não aparece, fica tudo ruim, a educação, a saúde, a segurança pública, transportes, etc. Já que tem choque de gestão tem economia de dinheiro, logo esse dinheiro economizado tem que aparecer em áreas importantes como a educação e saúde. Cadê as melhorias nos serviços oferecidos à população? É fácil gente entender o choque de gestão de Aecinho, kkkk, é dinheiro na mão dos grandes empresários, dos grandes patrões e o povo na miséria, assim como está sendo aqui em Minas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade esse choque é puro marketing, por que ele diminuiu funcionários de baixo salário e contratou outros para assumirem cargos de sua confiança. Aumentando os gastos da máquina pública em mais de 37%.
      Deu empresas públicas, praticamente , de presente para seus "amigos", demitiu trabalhadores, congelou salários e faliu o estado. Quer mais?

      Excluir
  51. em 1978, na copa da Argentina reinaldo foi barrado por roberto dinamite, e zico foi barrado por jorge mendonça,até hoje os flamenguistas dizem que zico não foi barrado,e sim estava machucado, mas flamenguista é assim mesmo,não dão o braço a torcer.

    ResponderExcluir
  52. PEDRO AUGUSTO - CURVELO-MG
    Gente, vamos parar com isso. Não dou a mínima para aquilo que vocês chamam de seleção brasileira, desde o fiasco de 1998, quando os maiorais desta mesma seleção se venderam comprovadamente para dar a taça para a França. Os bolsos deles estão cheios até hoje, inclusive os do Ronaldo fenômeno, que fingiu dor de barriga naquela ocasião. Desde este episódio, não perco meu tempo com este agente da alienação, como dizia Marx, que é a copa do mundo e seus afilhados. Os ricos ficam cada vez mais ricos com estes eventos. Moro no interior e estive em BH no dia do jogo entre Brasil e Alemanha, e fui obrigado e ver o grande contraste em que vivemos. De um lado gringos, empresários, turistas cheios da grana desfilando pela cidade ao lado de pessoas "escornadas" pelas ruas, sujas, mendicantes, drogadas, maltrapilhas, sem teto, sem comida, sem sonhos, sem esperança. Não acho justo isso. Nosso país fazer uma festa destas gastando nosso dinheiro suado para alegrar os ricos do mundo inteiro, enquanto nosso povo morre de fome. Minha vontade era de poder reunir todo o nosso povo e tomar todos os 12 estádios construídos com nosso dinheiro impedindo a realização da copa. Mas sou um grão de areia lançado no oceano. Ou simplesmente uma voz gritando no deserto. Não se trata aqui de criticar Dilma e o PT, ou o Aécio e o PSDB. A crítica é para todos os hipócritas que ainda acham que pão e circo resolvem o problema de nossa sociedade. Está tudo dominado pelo sistema cruel e sanguinário. Tudo é manipulado da forma como a FIFA e seus patrocinadores querem. Pena vivermos no fundo da caverna sem conseguir enxergar isso. Leiam, reflitam e tentem perceber o que acontece em todas as copas e provavelmente em muitos campeonatos esportivos mundo afora. Vale a pena ler e repassar o texto que deixarei a seguir. Talvez após a leitura do mesmo, muitos aqui deixem de gastar suas energias com coisas tão fúteis e passem a gastá-las com coisas mais construtivas que possam de fato tornar não somente nossa nação, mas o mundo inteiro em um campeão em desenvolvimento, em infraestrutura, em educação, em participação, em solidariedade, em competência e principalmente em respeito à vida e a tudo que seja necessário para sua manutenção e perpetuação.
    Leiam!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PEDRO AUGUSTO – CURVELO-MG
      O texto que enviei não foi publicado. Gostaria que o gestor do Blog explicasse o porquê da não publicação. E segue aqui o link para que todos possam acessar as informações contidas no texto não publicado.
      http://forum.esporte.uol.com.br/copa-2014---divulgado-o-escandalo-que-todo-mundo-suspeitava_t_3101907

      Excluir
    2. Anônimo das 07:15. Li este texto e não faz sentido. Se apresentarem provas ,aí sim, vale a pena ler. Pra mim não passa de uma baita mentira. Os alemães não precisam comprar resultados. Besteira.

      Excluir
    3. Colega, isso já foi incansavelmente dito nas manifestações do ano passado...

      Excluir
    4. Ah! Pedro, será que você acredita mesmo nisso?

      Excluir
  53. meu tio que mora na roça estava dando milhos para as galinhas, quando entrou em casa o julio césar já tinha engolido sete frangos, e meu tio falou xiiiiiiiiii, que trem doido é esse sÔ.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não achei graça nenhuma! Que comentário idiota!

      Excluir
    2. Oh, gente! Pelamordedeus... Querem tirar sarro da seleção, copiem umas boas piadas na internet.

      Excluir
  54. A DENGUE INFORMA: ALEMANHA 7 BRASIL 1KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  55. O ÚNICO CULPADO PELA ELIMINAÇÃO DO BRASIL É O SENADOR PATÉTICO NEVES.

    ResponderExcluir
  56. O JAGGER TAMBÉM ESTAVA NO JOGO DO BRASIL CONTRA A COLOMBIA, O CULPADO MESMO É O AÉCIO.

    ResponderExcluir
  57. MEU MEDO É QUE AÉCIO E CAMPOS SE COLIGUEM,SÃO TRAÍRAS. OLHA O QUE FEZ LACERDA COM O BURRO DO PIMENTEL?

    ResponderExcluir
  58. TAMBÉM ESTAVA PRESENTE,NO MINEIRÃO, SÓ QUE DE FORMA INVISIVEL, O EX GOVERNADOR ANTONIANTIÉTICO ANESTESIÉTICO.

    ResponderExcluir
  59. MEU PRIMO,QUE TRABALHA NO STF, TAMBÉM FOI AO MINEIRÃO,MAS QUANDO ESTAVA 5 A 0 PRA ALEMANHA,ELE SAIU CORRENDO PARA CASA COM UMA BAITA DOR DE BARRIGA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A goleada que o Brasil tomou serviu para alguma coisa, o povo esqueceu as ofensas e a lei 100

      Excluir
  60. Colocar jogador numa granja ta nisso!!!!!! O que se cria na granja???
    FRANGOOOOOOOOOOOOOO,,,,,,,,,,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkessa é boakkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk eu não havia pensado nessakkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

      Excluir
  61. Boa noite! Alguém sabe me informar quando as pessoas que passaram no concurso vão ser nomeadas após a publicação do acórdão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. como bem disse o governador alberto pcc, ele nomeia quem e quantos ele quiser.

      Excluir
    2. Pela lei TERIA que ser imediatamente. Só que vão esperar o fim do ano até lançarem novo concurso, pra quem não fez este fazer.

      Excluir
  62. Serão nomeadas se entraram com Mandado de Segurança. Simples assim !

    ResponderExcluir
  63. *** DESGOVERNO
    AS IMPLICAÇÕES DA INCONSTITUCIONALIDADE DA LEI 100 SÃO MUITO MAIS GRAVES DO QUE PENSAMOS. ***

    Plantão Inspeção Escolar
    10/07/2014

    SOBRE LICENÇA DE SAÚDE DOS EFETIVADOS Colaboração da colega Josie

    Senhores Diretores,

    No caso de recusa do INSS em agendar perícia para os servidores da Lei 100, favor orientar para solicitarem uma negativa formal do INSS, explicitando as razões da recusa desse agendamento. Precisamos entender o que está ocorrendo, para pensarmos nas possíveis soluções.

    Ressaltamos que não há uniformidade de conduta nas diversas agências do INSS.

    Atenciosamente

    Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão - SEPLAG

    Avenida Pedro Nolasco, 425

    Bairro Centro. Coronel Fabriciano - MG. CEP: 35.170-300

    cel@planejamento.mg.gov.br

    Tel.: (31) 2142 3002 (Direto SEPLAG)

    (31) 3842 4041 Ramal.: 4228

    ResponderExcluir
  64. Amigos, como tudo em Minas Gerais e no Brasil "é o melhor!", a melhor educação,a melhor saúde, o melhor transporte, a melhor energia ,as melhores administrações públicas, tudo dentro do padrão fifa, etc; isso segundo todos os MCM do país, e é claro, por parte de alguns políticos brasileiros que se julgam os donos da verdade! Ontem :100714, recebi minha conta de luz: foi um susto! Subiu quase 25%, baseado em quê? Se a nossa inflação anual não chega a 7% , segundo nossos políticos/economistas ?
    Será que estão aproveitando a "copa das copas", que por sinal foi concretizada, entramos mais uma vez para a História, para sorrateiramente começar a subir tudo? E mais uma vez, nós os de baixo é que vamos pagar as contas! Os rombos, as "coisas que estão caindo ou que já caíram", os prejuízos provocados pelos nossos líderes, devido á má administração pública e privada...
    Estamos praticamente na reta final para as eleições, e já começaram assim? São descuidados, desatentos ou querem ignorarmos mais uma vez?
    A minha preocupação é para onde estão nos levando! Estamos classificados como um dos países que mais se paga taxas, impostos,tarifas, etc... do mundo; e não temos retorno de nada do país, nem do Estado, nem das prefeituras... Então, o que estão fazendo conosco? Será que a intenção é de fortalecer ainda mais a "ditadura institucional", e levar-nos de volta á Idade Média?

    ResponderExcluir
  65. É incrível como tem empresas como guaraná antárctica e itaú que patrocinam a seleção brasileira. Uma seleção que tem jogadores que ganham milhões de reais por ano não precisa de nenhum patrocínio. Os jogadores é que deveriam ter vergonha na cara e oferecerem o dinheiro dos patrocinadores para hospitais, asilos, escolas, casas de recuperação de drogados, ongs e outras instituições mais por aí, e assim, eles próprios, bancarem a seleção em suas estadias nos hotéis, suas viagens e alimentação e tudo mais. Aí sim eles se tornariam inesquecíveis e estimados por todo povo brasileiro. Quem tá nadando no dinheiro não precisa de nenhum centavo de patrocínio. É claro que as empresas querem popularidade, notoriedade e consumidores ao patrocinarem a seleção, mas é um absurdo isso. A CBF deveria reverter todo esse dinheiro dessas empresas às instituições que citei acima e a própria CBF, juntamente com os milionários jogadores, bancarem a seleção. Tenho certeza que Felipão encheu o bolso com a convocação de certos jogadores, onde, os empresários dos mesmos, ofereceram rios de dinheiro para levar este ou aquele jogador: "ahhh, eu sou empresário do jogador fulano de tal e quero que seu passe se valorize, se você o convocar para seleção te dou tantos milhões de reais", e assim a seleção foi sendo escalada... Só isso mesmo pra justificar um Fred na seleção brasileira, poxa vida viu..... Enquanto eles nadam no dinheiro em seus barcos, hotéis de luxo, carrões, jatinhos, helicópteros, planos de saúde nos melhores hospitais, com seus filhos nas melhores escolas, nós, os de baixo, ficamos apenas com a raiva da desclassificação e com nossos ônibus lotados, escolas públicas, hospitais públicos e filas nos bancos e tudo mais. Eu não estou nem aí pra seleção brasileira.... há coisas mais importantes e que realmente vão nos dar lucro para se preocupar, fiquemos espertos.

    ResponderExcluir
  66. Eu acredito que os concursados terão que entrar com mandado de segurança para garantir sua nomeação. Já deu pra perceber que o estado está enrolando.

    ResponderExcluir
  67. Cidade Inadministrável11 de julho de 2014 14:50

    VAI VENDO:

    Plantão Inspeção Escolar
    há 15 horas
    SOBRE LICENÇA DE SAÚDE DOS EFETIVADOS Colaboração da colega Josie

    Senhores Diretores,

    No caso de recusa do INSS em agendar perícia para os servidores da Lei 100, favor orientar para solicitarem uma negativa formal do INSS, explicitando as razões da recusa desse agendamento. Precisamos entender o que está ocorrendo, para pensarmos nas possíveis soluções.

    Ressaltamos que não há uniformidade de conduta nas diversas agências do INSS.

    Atenciosamente

    Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão - SEPLAG

    Avenida Pedro Nolasco, 425

    Bairro Centro. Coronel Fabriciano - MG. CEP: 35.170-300

    cel@planejamento.mg.gov.br

    RESPOSTA DO INSS:
    Devido aos senhores psdbistas terem AFANADO a contribuição dos ex lei 100 eles não podem ser atendidos sem pertencer ao INSS... KKKKKKKKKKKKKKK Pague a contribuição deles primeiro, senhores psdBOSTAS.

    ResponderExcluir
  68. Gostaria de um esclarecimento sobre a questão dos efetivado que foram aprovados no concurso: Quando falam em NOMEADOS, essa nomeação não se refere à da efetivação? Caso contrário, não creio que justificaria a modulação e não haveria necessidade de frisar a questão "no cargo para o qual foram aprovados". A lei tem certa peculiaridades...

    ResponderExcluir
  69. CONVERSA AFIADA
    Publicado em 11/07/2014
    POR QUE NEYMAR FOI À GRANJA ?
    QUEM É WAGNER RIBEIRO ?
    Como Dantas, ele é um subproduto da Privataria Tucana.

    COMPARTILHE Vote: Avaliação NegativaAvaliação Positiva (+103) | Imprimir Imprimir
    Ribeiro e o galinho dos ovos de ouro


    Neymar foi à Granja Comary, quando devia ficar em casa em repouso.

    Se o presidente do Barcelona fosse sério, punia o rapaz …

    O que ele foi fazer na Granja ?

    Marketing, diz o Hedyl Valle Jr, em comunicação meta-sensorial, via BrOi.

    Marketing na veia, nas costelas.

    Foi lá chorar, ser aplaudido por meia dúzia de jornalistas parvos, ganhar 12 minutos no jornal nacional, passar mel nos patrocinadores, entrar na capa de todos os jornais do PiG (*), e confirmar a hipótese de que ele é um Rei e a Globo seu domínio.

    Ou o inverso – a Globo é que domina ele.

    Mas, quem manda no Neymar ?

    O Felipão, o Presidente do Barcelona, o pai, os filhos do Roberto Marinho – que não têm nome próprio -, os patrocinadores (1001) dele …

    Quem ?

    O Conversa Afiada formula uma hipótese.

    Que manda nele é o empresario Wagner Ribeiro, segundo o Hedyl, melhor jornalista esportivo do Brasil.

    Neymar é um produto de marketing.

    Cujo talento e eficiência ainda estão por provar-se, como o mensalão do PT.

    Um Narciso promissor, transformado em celebridade, que enriqueceu um presidente do Barcelona, o pai, deu audiência à Globo e, provavelmente, reforçou as finanças do Wagner Ribeiro de forma substantiva.

    Wagner Ribeiro é agente do Neymar, do Kaká, do Lucas, e do Robinho.

    Desses, o Felipão só levou o Neymar.

    O que talvez explique a grosseria que lançou contra Felipão, depois da derrota para a Alemanha.

    Wagner Ribeiro, na serena avaliação do Hedyl, é um dos homens mais poderosos do futebol brasileiro.

    Está ali, pau a pau, com os diretores da Globo que programam e bancam o Brasileirinho e a Seleção.

    Nenhum diretor da CBF – nem o presidente – manda mais do que ele no conjunto do das instituições que ordenam (?) o futebol brasileiro.

    Wagner Ribeiro é outro que precisa subir ao palco.

    Vir para debaixo das luzes.

    Como a Globo, que tem que ir embora.

    Como a Lei Pelé, que inventou Wagner Ribeiros, e que a Dilma e o Aldo Rebelo já criticam.

    Wagner Ribeiro está para o futebol assim como Daniel Dantas está para a telefonia – é um subproduto da Privataria Tucana.

    “Moralizar”, “consertar”, “passar a limpo” o futebol brasileiro sem chamar a Globo e o Wagner Ribeiro para conversar é oportunismo ou udenismo.


    Paulo Henrique Amorim e Hedyl Valle Jr


    (*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

    ResponderExcluir
  70. Navalha
    Quem se dá ao sofrimento de ouvir a cascata de parvoices do Galvão não entendeu nada.

    Desde que a Globo e seus militantes repórteres derrubaram o Dunga, o Mano era o nosso Guardiola.

    A seleção da Globo era a da Copa de 70.

    O Neymar, que até hoje não se sabe o que faz na seleção, era o Pelé jovem, da Suécia.

    O Galvão e seus assessores – o Brasil é o único lugar do mundo que tem “comentarista de arbitragem”- vendiam ao incauto espectador – quem manda ver a Globo ! – uma fraude.

    Era uma ilusão de ótica.

    A Seleção que eles descreviam não era o que se via na tela.

    Assim como o Brasileirinho, esse campeonato da Globo, que merece uma terceira divisão de qualquer liga européia.

    E os “analistas de tabela” da Globo a exaltar o Neymar.

    O Neymar é um patrimônio da Globo.

    Como foi o Ronaldo, o Gordo, quando estava Gordo, e veio para o Corinthians, já aposentado na Europa.

    Foi um fenômeno de Ressurreição – com vinte quilos a mais.

    Agora, Neymar é o que segura o Brasileirinho e a Selecinha.

    (O pai do Neymar devia pedir uma bonificação por volume em cima dos patrocínios que a Globo vende no Brasileirinho e na Selecinha.)

    É por isso que a Globo descreve um falso Neymar, que não se vê em campo.

    O Galvão vende o Neymar como o Pelé de 1958 e o Neymar é um Ronaldinho Gaucho de 2012.

    Como o mensalão (o do PT), o Neymar ainda está por provar-se.

    Alguém devia explicar ao Neymar o que é o Narcisismo e no que pode resultar.

    O Pelé de 1958 conquistava uma namorada por jogo (ou por dia, dizem alguns biógrafos).

    E não ficava três horas diante do espelho, como um assistente de palco.

    Como disse o Galvão, depois que a Holanda empatou: ” a coisa já esteve melhor para a seleção brasileira”.

    Quem manda ver o Galvão.





    Em tempo: interessante a Folha. O Abel ganha o campeonato e quem deve ir para a seleção é o Tite … Essa mania de bajular o Corinthians, de achar que a Chuíça (**) é o Brasil.


    Paulo Henrique Amorim


    (*) Folha é um jornal que não se deve deixar a avó ler, porque publica palavrões. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Daniel Dantas DEPOIS de condenado e pergunta o que ele achou da investigação; da “ditabranda”; da ficha falsa da Dilma; que veste FHC com o manto de “bom caráter”, porque, depois de 18 anos, reconheceu um filho; que matou o Tuma e depois o ressuscitou; e que é o que é, porque o dono é o que é; nos anos militares, a Folha emprestava carros de reportagem aos torturadores.

    (**) Chuíça é o que o PiG de São Paulo quer que o resto do Brasil ache que São Paulo é: dinâmico como a economia Chinesa e com um IDH da Suíça.

    ResponderExcluir
  71. 11/07/2014
    Plantão Inspeção Escolar
    há 46 minutos
    CONTRIBUIÇÃO DE NELSON MORAIS

    CONTRIBUIÇÃO SOBRE A LEI CEM: Os servidores ex-efetivados não apresentam os códigos de efetivos: 1 e 16 e nem de designados: 2 em seus contracheques. O código 20-efetivados, está extinto, portanto mês que vem deve constar em seus contracheques o código 2: designados.

    Observando contracheques de servidores ex-efetivados, constata-se que no campo de situação funcional está presente o código 26. Analisando a lista de códigos do SISAP, percebe-se que este código descreve o seguinte: "26: revogação, anulação de posse/ exercício do cargo efetivo, por decisão judicial"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "ELES" gostariam que isso passasse despercebido.

      ENGANAÇÃO ESTILO 45.

      Excluir

    2. http://www.ocafezinho.com/2014/01/27/policia-federal-confirma-abertura-de-inquerito-contra-sonegacao-da-globo/

      Excluir
    3. Será que as vítimas dessas tramoias vão acordar ou ainda continuarão deixando se enganar? Pior cego é aquele que se recusa a enxergar.

      Excluir
  72. Processo da Globo apareceu!

    Postado em : julho 10th, 2014 | 119 comentários
    Com essa os Marinho e os Kamel não contavam.
    Mal digeriram o “vexame” dos 7 x 1, que trataram editorialmente como uma vitória da teoria deles, dos vira-latas, de que o Brasil é mesmo uma merda, e agora podem ter uma indigestão.
    O processo da Receita Federal, contendo todos os detalhes da sonegação da Globo nas Ilhas Virgens Britânicas, finalmente apareceu.
    No ano passado, os blogs vazaram apenas algumas páginas.
    Agora ele será vazado na íntegra.
    A bomba foi agendada para explodir neste domingo.
    Nesta sexta, pela manhã, serão distribuídos no Centro Aberto de Mídia da Copa, no Rio de Janeiro, resumos em português, espanhol e inglês, para toda a imprensa internacional.
    A sonegação da Globo se deu, segundo apontaram os auditores da Receita, durante a compra dos direitos de transmissão da Copa de 2002.
    Essa é a Copa das Copas!
    Leia o texto do Alexandre Teixeira, do blog Megacidadania:
    *
    O Núcleo Barão de Itararé RJ acaba de confirmar que a íntegra do processo “sumido” de dentro da Receita Federal será divulgado a partir deste domingo 13/07.
    Apareceu a íntegra original do processo da Receita Federal que estava sumido. Com aproximadamente duas mil páginas ele contém documentos comprovando o envolvimento da própria família Marinho na fraude contra o sistema financeiro além da já conhecida sonegação bilionária.
    O Núcleo Barão de Itararé RJ irá nesta sexta-feira, dia 11/07, ao Centro Aberto de Mídia do RJ distribuir informativo à imprensa internacional informando a existência deste explosivo material.
    É importante destacar que no recente encontro nacional de blogueiros realizado em SP, mais de 500 participantes aprovaram a campanha MOSTRA O DARF REDE GLOBO
    Já foram feitas diversas cópias do material que está sendo distribuído aos principais blogs brasileiros para divulgação ao distinto público a partir do fim da Copa.
    No momento em que o tema corrupção é tratado como aspecto central para a eleição de outubro, fica evidente que a divulgação desta monumental documentação, com toda certeza, poderá ser um balizador para se entender como funciona e se sustenta o império Rede Globo e suas relações com a FIFA e o submundo do crime internacional.
    FACEBOOK: https://www.facebook.com/pages/Mostra-o-Darf-Rede-Globo/250421645160657?fref=ts
    BLOG: http://mostraodarfglobo.wordpress.com/
    TWITTER: @Mostraodarf darf globo
    Confirme seu interesse em auxiliar na ampla divulgação pelo e-mail mostraodarfglobo@gmail.com
    Os blogs O Cafezinho, Megacidadania, Correio do Brasil e Tijolaço, que integram o Núcleo Barão de Itararé RJ, participam do esforço cívico de levar ao conhecimento do distinto público mais esta importante informação que é sonegada pela velha mídia empresarial.
    ALEXANDRE Cesar Costa TEIXEIRA
    http://www.megacidadania.com.br/
    - See more at: http://www.ocafezinho.com/2014/07/10/processo-da-globo-apareceu/#sthash.CelXeOVv.dpuf

    ResponderExcluir
  73. Desintoxicando um pouco as funções hepáticas:
    O Brasil não conseguiu o HEXA, mas ... levou o HEPTA!

    ResponderExcluir
  74. Desintoxicando as funções hepáticas:
    O Brasil tem Neymar, a Argentina tem Messi, a Holanda tem Robben ...
    e a Alemanha tem um time.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O governo militar e o psdBOSTA ensinaram a gente, nas lindas propagandas, a pensar que o Brasil é o país do FUTEBOL mas basta dar uma pesquisada de leve na HISTÓRIA DO FUTEBOL para ver quantas vezes a seleção da ARGENTINA já "humilhou" a seleção do BRASIL. Maradona é melhor que pelé mesmo, até no amor pelo país. Enquanto MARADONA defende a ARGENTINA de unhas e dentes, pelé fica por aí junto aos neoliberais falando mal do BRASIL...

      Excluir
  75. Euler,
    Eu espero que toda esta turma que fica brava com o Aécio e Anast... não esqueçam de se tornarem formadores de opinião, mostrar a todos o que é a realidade... Como na revolução francesa... não temos a mídia, mas temos os panfletos e as praças públicas - Falei..
    Linder

    ResponderExcluir
  76. 12/07/2014
    Plantão Inspeção Escolar
    há 2 horas
    REUNIÃO SEPLAG E SINDUTE

    Seplag altera data de reunião com o Sind-UTE/MG
    A terceira reunião deste ano acontecerá dia 17 de julho
    A reunião entre representantes do Sind-UTE/MG e Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão (Seplag) para dar continuidade ao processo de negociação da pauta de reivindicações dos trabalhadores em educação de Minas Gerais, foi alterada, a pedido da Seplag, de hoje (11/07) para o próximo dia 17/07 (quinta-feira), às 11h, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

    Essa será a terceira rodada de negociações esse ano. Vale lembrar que o governo de Minas decidiu receber o Sind-UTE/MG pela primeira vez, em 2014, somente seis meses após o protocolo da pauta de reivindicações, ocorrido em janeiro último. Foi preciso muita pressão da categoria para que esse diálogo fosse aberto, sendo necessária além da deflagração de uma greve de 15 dias, várias mobilizações em Belo Horizonte e interior, fechamento de BR’s e ocupação da SRE Metropolitana A.

    ResponderExcluir
  77. Hoje pela manhã, ouvi pelo rádio que a Dilma vai fazer mudanças no futebol.Tem tanta coisa mais importante pra ela mudar e vem com essa agora.
    Só JESUS na causa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PT - PSDB são farinha do mesmo saco. A negociata entre Fernando Pimentel e Aécio Neves estabelecia o acesso do primeiro ao governo de estado. Agora é chegada a vez de Pimentel.

      Excluir
    2. É também uma mudança necessária para acabar com o monopólio e corrupção na CBF.

      Excluir
  78. Publicou hoje as nomeaçoes de quem entrou com mandato de segurança12/07

    ResponderExcluir
  79. 12/07/2014
    Plantão Inspeção Escolar compartilhou um link.
    há 4 horas · Editado
    ATENÇÃO!

    PUBLICADAS NO IOF/MG NOMEAÇÕES DECORRENTES DE MANDADO DE SEGURANÇA.

    CONFIRAM

    Página 11
    jornal.iof.mg.gov.br
    http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/125825?paginaCorrente=015&posicaoPagCorrente=125829&linkBase=http%3A%2F%2Fjornal.iof.mg.gov.br%3A80%2Fxmlui%2Fhandle%2F1234567

    IOF PAG. 11
    em cumprimento à liminar deferida pelo Juiz de Direito da vara Cível
    da Comarca de Perdizes, no Mandado de Segurança, processo de autos
    nº 0498 .14 .000475-1, nomeia, em virtude de aprovação no concurso
    público de que trata o Edital nº 01/2011, para o provimento de cargo da
    Secretaria de Estado de Educação:
    PRoFESSoR DE EDucAÇÃo BáSIcA – NÍvEL I – GRAu A
    BIoLoGIA/cIÊNcIAS
    PAtRocÍNIo/PERDIZES
    IDENTIDADE NOME CLAS . vAGA
    MG-10489494 Francini Pereira Bianchini 3 ED 431
    em cumprimento à liminar deferida no Mandado de Segurança,
    processo de autos nº 1 .0000 .14 .034962-2/000(Órgão Especial),
    nomeia, em virtude de aprovação no concurso público de que trata o
    Edital nº 01/2011, para o provimento de cargo da Secretaria de Estado
    de Educação:
    PRoFESSoR DE EDucAÇÃo BáSIcA – NÍvEL I – GRAu A
    EDucAÇÃo FÍSIcA
    tEÓFILo otoNIo/áGuAS FoRMoSAS
    IDENTIDADE NOME CLAS . vAGA
    MG-11973266 Daniely Moreira Rodrigues 4 ED 439
    LINK
    http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/125825?paginaCorrente=015&posicaoPagCorrente=125829&linkBase=http%3A%2F%2Fjornal.iof.mg.gov.br%3A80%2Fxmlui%2Fhandle%2F123456789%2F&totalPaginas=112&paginaDestino=11&indice=0

    ResponderExcluir
  80. TEM ERRO E BURLAREM DA LEI, VI CONTRACHEQUES MEUS E MESMO OS DE 2010 ESTÃO COM SITUAÇÃO, (20 - DECISAO ADI N.4876 - STF ) erro se um contracheque é um comprovante de pgto alteraram dados a é inconstitucional, deveriam manter o que estava escrito. ALTERAÇÃO DOCUMENTO É CRIME.

    ALTERAÇÃO GRAVE DOS CONTRACHEQUES ANTERIORES A DECISÃO STF. CONSULTEM E VEJAM.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vergonha, devemos nos unir e denunciar isso lá nos DIREITOS HUMANOS da Assembleia Legislativa e no Ministério Público, juntamente com o SindUTE/MG isso é um CRIME CONTRA OS TRABALHADORES.

      Excluir
    2. Por favor, explique melhor, não entendi.

      Excluir
    3. " Juntamente com o SindUTE"....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  81. Aí uma notícia de nosso interesse, precisamos divulgar e pressionar para a realização desse plebiscito
    http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/07/senado-discute-realizacao-de-um-plebiscito-para-federalizacao-da-educacao/

    ResponderExcluir
  82. o viaduto da pedro I DEVERIA TER CAIDO EM CIMA DAS CABEÇAS DO QUARTETO AAAA.

    ResponderExcluir
  83. A Copa já foi.Será que dá pra gente cuidar de nossos problemas agora?????

    ResponderExcluir
  84. Por favor, gostaria de saber se as férias prêmio estão liberadas ou ainda não estão. Fiz o pedido e ainda não obtive resposta.

    ResponderExcluir
  85. Sou professor afastado da regência por tempo de serviço e gostaria de saber se posso tirar férias prêmio quando houver necessidade de minha parte. Tenho prioridade ou não?

    ResponderExcluir