sábado, 30 de outubro de 2010

Dilma: Educação de qualidade e salário digno para os educadores andam juntos


No debate da TV Globo, no tema Educação, que é aquele que interessa a uma parcela considerável dos visitantes deste blog, Dilma foi a mais precisa, objetiva e direta: somente pagando bem aos professores poderemos exigir Educação de qualidade.

Enquanto o Vampirão enrolou, tentando cinicamente parecer preocupado com a educação das crianças - quando se sabe que em São Paulo ele promoveu a aprovação automática dos estudantes e recebeu os professores com cassetete e gás de pimenta -, a candidata Dilma, ao contrário, foi objetiva: não teremos uma Educação pública de qualidade se não pagarmos bem aos professores e oferecermos cursos de formação continuada aos mesmos.

O nosso colega e amigo professor Luciano (Luciano História) sintetizou bem em seu comentário o sentimento que deve reinar entre os educadores do Brasil:

""Educação de qualidade começa com uma boa remuneração dos professores", depois de escutar essa frase mais do que nunca quero Dilma presidente do Brasil."


Agora, é esperar o dia 31 e comemorar a vitória de Dilma, preparando-nos para cobrar de forma autônoma uma Educação pública de qualidade para todos, entre outros direitos que devemos conquistar com muita luta e união.

***

Incorporo ao texto central o comentário da nossa colega professora Graça Aguiar.

"S.O.S. Educação Pública:

Caro Euler

Mais uma vez o “Vampirão” foi genérico e jogou a educação, pela milésima vez, para o futuro. O Brasil que Serra enxerga, é o Brasil pré-Biotônico Fontoura, do Jeca Tatu amarelão, no qual não havia preocupação a educação popular e bastava estar de pé e continuar puxando o cabo da enxada de sol a sol nas terras dos “coroné”.

Gostaria de conhecer o Estado de São Paulo “virtual”, do qual o Vampirão enche a boca pra falar da educação perfeita; dos professores bem remunerados e do bem estar social. É incrível como ele subestima a inteligência da população com o seu trololó, só mesmo se o Brasil fosse uma grande Cracolândia para acreditar nas viagens do Serra.

Acho que ele anda tomando sangue genérico batizado com crack, ou serão os vapores da Cracolândia que estão provocando essa viagem?

Abraços

Graça Aguiar
"

7 comentários:

  1. Caro Euler

    Mais uma vez o “Vampirão” foi genérico e jogou a educação, pela milésima vez, para o futuro. O Brasil que Serra enxerga, é o Brasil pré-Biotônico Fontoura, do Jeca Tatu amarelão, no qual não havia preocupação a educação popular e bastava estar de pé e continuar puxando o cabo da enxada de sol a sol nas terras dos “coroné”.

    Gostaria de conhecer o Estado de São Paulo “virtual”, do qual o Vampirão enche a boca pra falar da educação perfeita; dos professores bem remunerados e do bem estar social. É incrível como ele subestima a inteligência da população com o seu trololó, só mesmo se o Brasil fosse uma grande Cracolândia para acreditar nas viagens do Serra.

    Acho que ele anda tomando sangue genérico batizado com crack, ou serão os vapores da Cracolândia que estão provocando essa viagem?

    Abraços

    Graça Aguiar

    ResponderExcluir
  2. Assisti uma parte do debate.

    Alguns fatores fizeram eu desistir de assisti-lo todo. Confesso que o calor que estava fazendo no barraco foi o principal.

    Acompanhei as respostas de três questionamentos.

    Sobre a educação, a ideia do Vampirão chega a ser esquizofrênica. Cômica, se não fosse trágica.
    A candidata Dilma Roussef só pode está mal acessorada na parte de educação ou não quiz fazer o enfrentamento correto. Apontou o piso salarial do magistério para 2010 como sendo R$1.024,00 (interpretação do MEC e do STF) e não falou sobre a jornada de trabalho (até 40hs). Limitou-se a dizer sobre a existência do piso e que é preciso melhorá-lo. Falar sobre a necessidade de uma boa remuneração para os educadores sem dizer como efetivamente irá fazer isso é limitar muito a temática, mesmo sendo só 02 minutos de resposta. Ademais, não tocou no ponto chave que é a necessidade urgente do investimento massivo em educação pública. Serra escondeu a média de 3,87% do PIB investidos em Educação na era FHC e Dilma não comentou que é preciso avançar consideravelmente com os 2.88% do PIB investidos em 2009.

    Sobre segurança pública só falaram em investimentos na repressão. Até a aeronove sem tripulação do Estado Genocida de Israel foi vangloriada.

    No questionamento sobre impostos e legislação trabalhista o Vampirão mentiu feio. Vagabundo! Cara de Pau! Teve a coragem de dizer que é favorável a uma maior tributação das grandes empresas. Ele é um arduo defensor da renúncia fiscal das multinacionais e da chamada "guerra fiscal" entre os estados.

    Não aguentava de calor. Peleguei! Fui até o "buteco do Chupinha" tomar um "refrigereco".

    Chegando lá o bar estava lotado. A galera fazia um som. Alegremente cantavam Zé Ramalho:
    "Quem é rico mora na praia, mas quem trabalha nem tem onde morar. Quem não chora dorme com fome, mas quem tem nome joga prata no ar."

    Dilma Roussef deverá vencer as eleições presidenciais de 2010 e, tudo indica, fará um governo mais conservador ainda.

    A Luta de Classes continua!

    ResponderExcluir
  3. Profecia da vidente Neila Alckmin
    “A filha distante de vermelho e sem amor pela nossa terra se elegerá graças aos votos de Minas Gerais. Tomará posse usando vermelho, mesmo diante da enorme tragédia que acontecerá pouco antes no Brasil, ofendendo aqueles que prezam o luto. Haverá apenas um lenço branco. Um governo triste e sombrio, porem breve, se iniciará sob o signo da tragédia das pedras. Governará ate o dia da grande festa dos soldados, de onde sairá para o hospital. A doença invisível que lhe corrói as entranhas mostrará sua força como nunca antes visto. Lutará e receberá medicação dos americanos que despreza. Sua agonia será forte e intensa. O Turco Branco tentará inutilmente se mostrar contrito e respeitoso, mas conspirará na grande casa branca perto do lago, ajudado pelo homem dos cabelos negros que foi falso amigo de Tancredo. Serão dias e noites de traição e disputas espúrias e de agonia no grande hospital dos patrícios.

    O Brasil sofrerá com os conchavos e a incerteza. Virão dias de medo e ameaças. Nunca foi amada e o povo acompanhará sua agonia distante. Não terá povo no seu funeral próximo ao carnaval.”
    Será verdade ou apenas especulação?????

    ResponderExcluir
  4. Cristiano Augusto Possas30 de outubro de 2010 20:26

    Dilma foi candidata porque o Lula pediu. Não havia mais ninguém. Todos os outros caíram por corrupção ativa. Começando a campanha antes do permitido, infringindo a lei, conseguiu chamar atenção para a sua candidata, aproveitando-se do seu governo bem avaliado. Dilma foi uma boneca durante toda a campanha, fazendo tudo o que lhe soprava, porque nunca teve experiência de campanha, nunca foi candidata a nada. Em todos os debates ela ficou nervosa e até se perdeu muitas falas. Nem de longe ela tem a desenvoltura no trato com o povo e a experiência de luta inegável do Lula. Lamento muito termos que escolher entre Serra e Dilma. Novamente o menos ruim entre os ruins. A grande questão é: se vencer, como será a Dilma Presidente da República? Terá voz? Saberá se impor sobre a companheirada do PT? Suportará a pressão do PMDB, da mídia e da própria sociedade? E do mundo? Quantos conselheiros precisará e cargos terá que doar para ser ouvida? E a sombra do Lula? Até quando pairará sobre ela? Se conseguir se manter forte,Dilma não fará mais do que um governo razoável, "conservador". E o povo não sentirá saudades. Se não aguentar, será um desastre, pois muitos mal intencionados e pensando que têm mais poder que a Presidente pela sua falta de experiência vão querer tirar proveito, ganhar espaço. E a memória de Lula será manchada por patrocinar um governo tão fraco. Assim, acredito que a Era Lula acabou, de um jeito ou de outro, com ou sem Dilma.

    ResponderExcluir
  5. Eh gente, mas não se iludam. O piso nacional do magistério é muito ruim. Para os estado pobres pode até ser que tenha resolvido, mas pra nós se vc converter esse valor para as 24 horas ainda que fosse o vencimento básico ainda assim, o afilhado paga um valor maior!!! Acho que independente de quem entrar teremos muita luta porque ainda está pra nascer um governante que veja na educação a solução para os problemas do país.

    ResponderExcluir
  6. Cristiano Augusto Possas31 de outubro de 2010 13:19

    Fé e esperança são inerentes à alma do brasileiro, um crente acima de tudo. Educação de qualidade e salário digno para os educadores andarão juntos no governo de Dilma? Por que não andaram no governo Lula? Companheiro, diante da completa falência do sistema público de educação, só acredito sentindo no bolso. Lula foi polpado na greve dos 47 dias. Dilma não pode ser polpada nas próximas por posições ideológicas.

    ResponderExcluir
  7. Caro Euler,
    precisamos alelrtar todo o povão, sindicatos, educadores, funcionários, bater na porta dos deputados estaduais, visitar todos os blogs possíveis...
    A tal Lei Delegada, precisamos fazer cartazes criticando os deputados!!! perguntar a eles para serve o Legislativo??? passa uma procuração e pronto, não precisa falar mais nada!!! Não é possível, é palhaçada uma após a outra, o mais certo é o osso hino - Deitado eternamente em berço...
    Linder

    ResponderExcluir